Page 1

Caminhos & EDIÇ ÃO 2 · ABRIL 2012

RIO UEZAS ~ A MANTIQUEIRA EM TRANSFORMAÇÃO


Editorial Caminhos &

RIO ~UEZAS A MANTIQUEIR A EM TR ANSFORMAÇ ÃO

Expediente Editora e Diretora Comercial Janaina Taliani taliani@monterosamkt.com.br Diretor de Arte Hare Lanz hare@monterosamkt.com.br Arte e Design Tobias Bárány Bartolomei tobias@monterosamkt.com.br Jornalista Responsável Abiane Souza jornalismo@monterosamkt.com.br

Santo Antônio do Pinhal se prepara para a Temporada 2012 A cidade de clima ameno, no interior de São Paulo, encanta, e não tem como! Ela já é o novo endereço de turismo na Serra da Mantiqueira. E quando o frio começa a chegar, vêm os turistas, que buscam aconchego, tranquilidade e natureza. E para recepcioná-los, a estância está com uma programação repleta. Na Páscoa, a avenida principal vai virar palco da encenação da Paixão de Cristo que acontece na sexta-feira Santa, dia 6 de abril. Por volta das 10 horas da noite, será realizada a procissão do enterro de Jesus. No dia 7 de abril, acontece a Vigília Pascal com benção do fogo novo, e a meia noite, a procissão da Ressureição do Senhor. No domingo de Páscoa, missas serão celebradas durante o dia. Santo Antônio do Pinhal, também proporciona durante o feriado o 12º Festival da Truta onde 11 restaurantes da cidade oferecem aos turistas pratos especiais elaborados com o peixe. Na Praça do Artesão, no centro da cidade, várias barracas

vão vender produtos artesanais feitos com truta; como pastéis, linguiças entre outras guloseimas. Mas as atrações, não param por aí. A partir do dia 29 de abril, a cidade se prepara para o Festival do Pinhão, com término em 13 de maio. E na temporada de inverno, acontece o Festival Regional de Inverno, com opções variadas de música de raiz e apresentações culturais ao ar livre. Além do Festival, nos meses do frio, também acontecem a FEIRART – tradicional feira de artesanato regional -, a Festa da Orquídea – uma das mais belas festas do Vale para homenagear os produtores de orquídea e uma infinidade de eventos. A cidade é inspiradora e é por este caminho, que nós mostramos nesta edição, as riquezas que ela oferece.

Janaina Taliani - Editora

Capa: A Estação Eugênio Lefévre, em Santo Antônio do Pinhal em ilustração de Hare Lanz.

2

abril de 2012 » Caminhos & Riquezas

Produção Monte Rosa Marketing contato@monterosamkt.com.br Exemplares podem ser solicitados pelo: caminhoseriquezas@monterosamkt.com.br Colaboraram nessa edição Texto enviado pelo site De Olho no Mundo www.deolhonomundo.com.br por Paula Azzar Mariosa Lino Matheus de Sá Pereira - Fundação Mantiqueira Marketing Para conhecer as soluções de comunicação que temos para os seus produtos, sua empresa ou para nos propor negócios e parcerias, escreva ou ligue: contato@monterosamkt.com.br (12) 3664-7124 Para anunciar Fale com Taliani taliani@monterosamkt.com.br (12) 3664-7124 Distribuição Gratuita UMA PUBLICAÇÃO

Proibida a reprodução de qualquer parte desta publicação sem autorização expressa da empresa produtora. • Fotos dessa edição cedidas pela Secretaria de Turismo de Santo Antônio do Pinhal.

APOIO


Esporte de aventura

Perto do Céu! Santo Antônio do Pinhal é uma das melhores opções para Voo Livre no Estado de São Paulo. O Voo Livre feito com Asa Delta ou Parapente foi iniciado por paraquedistas com a intenção de estar mais perto do céu! E não é à toa, que este esporte de aventura foi o primeiro a ser praticado na cidade paulista, afinal a decolagem sai do Pico Agudo, há 1.700 metros de altitude. De lá, pontos turísticos como a Pedra do Baú em São Bento do Sapucaí podem ser vistos, bem como o Vale do Paraíba, onde durante o dia, se vê até a Basílica do Santuário Nacional de Aparecida. Em meio às montanhas da Serra da Mantiqueira, o Pico Agudo é um dos lugares mais radicais de Santo Antônio do Pinhal e fica aproximadamente a 4,5 quilômetros do centro da cidade. Para saltar são quatro rampas de decolagens; uma rampa de madeira e uma natural, com possibilidades simultâneas. O pouso pode ser realizado em algumas opções de lugares abaixo da decolagem, sendo o pouso oficial um pouco longe. A melhor época para praticar o Voo Livre além do inverno, é entre setembro e dezembro. Deu um friozinho na barriga? Uma vontade de sentir adrenalina nas alturas? Para que isso aconteça, o esportista deve fazer um curso de instrução com aulas práticas e teóricas para reconhecimento das chamadas

Em meio às montanhas da Serra da Mantiqueira, o Pico Agudo é um dos lugares mais radicais de Santo Antônio do Pinhal e fica aproximadamente a 4,5 quilômetros do centro da cidade.

correntes térmicas. Além disso, é necessário saber usar os equipamentos para conseguir planar suavemente no ar e chegar às alturas. O equipamento de asa-delta é feito com um tecido especial, resistente e que absorve o ar quente fazendo com que o piloto e a estrutura de tubos de alumínio consigam ganhar altura. Nesta modalidade esportiva os voos são feitos com a ajuda das forças da natureza. Os mais treinados conseguem praticar o voo de “Cross-Country” onde o piloto pode viajar de uma cidade para outra ou a lugares muito distantes do ponto de decolagem. Em dias de céu nublado ou muito frio, o

voo não é aconselhável. Além disso, o uso de equipamentos de segurança como o capacete, cinto e mosquetão são obrigatórios. Mas para quem quer só ter a sensação de voar, o mais indicado é fazer um voo duplo, onde não é necessário nenhum tipo de preparo ou técnica. Para sentir o vento e os efeitos da natureza no ar, o Pico Agudo é uma excelente opção. E para esticar o passeio, a dica é separar um final de semana, praticar o esporte e ainda conferir de perto o aconchego das pousadas, pontos turísticos e a gastronomia que Santo Antônio do Pinhal oferece.

A Hands é a agência que te dá uma mãozinha na hora de viajar!

contato@handsturismo.com.br www.handsturismo.com.br

55 12 55 12

9724.5510 9142.2629

• Traslados • Roteiros personalizados • Transporte e organização em eventos e confraternizações • Pacotes com opções de hospedagem, alimentação e atividades de lazer para todas as idades.

abril de 2012 » Caminhos & Riquezas

3


Matéria da Capa

Estação das flores... A Estação Eugênio Lefévre, em Santo Antônio do Pinhal possui além de uma vista deslumbrante das montanhas, espécies de orquídeas de várias formas, cores e tamanhos. Ela está logo no trevo da cidade, no caminho de quem vai para Santo Antônio do Pinhal, e a parada é obrigatória! A Estação Eugênio Lefévre, conhecida como “Estação do Bondinho”, foi inaugurada em 1916, é uma verdadeira relíquia da história ferroviária do país. Embora fique no município, nunca teve oficialmente o nome da cidade. Eugênio Lefèvre homenageia um engenheiro que juntamente com Euclides da Cunha projetou a ferrovia, nunca construída, que ligaria Mogi das Cruzes ao porto de São Sebastião. Ela já foi o principal acesso para Campos do Jordão em meados da década de 40 e hoje é um ponto turístico. Na estação há um bar e lojas. Os trens ainda funcionam com trajetos de Campos do Jordão à Santo Antônio do Pinhal- 19 km que ligam as estâncias. Durante o percurso, o trem faz paradas em diversos pontos turísticos, como o ponto férreo mais alto do país no Alto do Lageado. Próximo à estação, existe o Mirante Nossa Senhora Auxiliadora, padroeira da cidade de onde se avista o Vale do Paraíba. Mas e as flores? Na Estação também existe uma estufa de orquídeas de várias espécies que podem ser vistas o ano inteiro. Santo Antônio do Pinhal é uma das primeiras e princi-

pais cidades de cultivo desta planta. A colônia Japonesa no Bairro de Renópolis concentra o maior número de produtores de orquídeas da região. São muitas as espécies cultivadas de variadas formas, tamanhos e cores. Para os produtores locais a primavera, a estação das flores, dura dez meses do ano. As variedades mais comuns são a cymbidiun - uma das mais comercializadas e adoradas no Brasil; possui 44 espécies, mas a maioria das que são vendidas são híbridas -, e a oncidiun- a principal característica deste gênero é a presença de um calo situado na base do labelo da flor. Mas existem muitas plantas raras, uma delas a wanda que não consegue ser cultivada na Serra por causa do clima frio. O cultivo das orquídeas é uma das

principais atividades econômicas do município. As sementes são utilizadas em processos naturais de reprodução, para se conseguir variedades novas, com coloração diferente e maior resistência. As plantas destinadas aos colecionadores são produzidas em pequena escala e valem pela raridade, podendo alcançar valores impensáveis, ao contrário das comerciais, que são cultivadas em grande escala e são as mais vendidas no dia-a-dia. Uma das espécies que mais chamam a atenção é a orquídea que tem cheiro de chocolate. Essa flor é resultado do cruzamento das variedades oncidiun e odontoglossun, que recebeu o nome de ondontocidiun. O vaso é um dos mais vendidos na estufa montada na Estação Eugênio Lefréve.

Temos tudo em plantas para o seu jardim e sua casa. 12 9709-9070 12 3666-1242

4

abril de 2012 » Caminhos & Riquezas

Av. Ministro Nelson Hungria, 260 Centro, Sto. Antônio do Pinhal, SP


Santo Antônio do Pinhal Texto enviado pelo site De Olho no Mundo www.deolhonomundo.com.br

O charmoso endereço turístico da Serra da Mantiqueira Mineira ou paulista. Não importa, a charmosa Santo Antônio do Pinhal está preparada para receber desde turistas de negócios ao de aventuras. A cidade que fica a uma hora e meia de São Paulo, cerca de 180 km, já foi palco de conflito entre Minas Gerais e São Paulo e só em 1.785 foi concedida a primeira sesmaria da região pela capitania de São Paulo. Santo Antônio do Pinhal conta com dezenas de restaurantes e mais de cinquenta aconchegantes pousadas. A cidade abriga diversos eventos culturais, esportivos e de aventura. Não é pra menos. A cidade coloca aventureiros e paraquedistas mais

conta com toda a infra-estrutura

perto do céu. No Pico Agudo com

para quem quer passar o dia, já que

1.700 metros de altitude, é possível

tem bancos, banheiros e até chur-

fazer voos de parapentes sozinho

rasqueira.

ou acompanhado por instrutores.

Não dá pra deixar de visitar a Es-

O lugar fica próximo à cidade e tem

tação Eugênio Lefévre e conhecer

uma vista de 360 º . De lá é possível

um pouco da história do lugar que

avistar, pelo menos, seis cidades do

já foi o principal acesso a Campos

Vale do Paraíba.

de Jordão na década de 40.

quilidade e ter contato com o ar da

Nem tanto radical é visitar a Ca-

Santo Antônio do Pinhal é o ro-

montanha. Com menos badalação,

choeira do Lageado, que tem uma

teiro obrigatório da Serra da Man-

mas com o aconchego e charme que

queda d’água de 27 metros. O lugar

tiqueira para quem gosta de tran-

a bucólica cidade oferece.

Edu Longo ARQUITETURA E INTERIORES C O N S U LTO R I A C O M E R C I A L

edulongo.arquiteto@gmail.com 11 6651-5040 11 8503-1915 P R O J E T O S - E V E N T O S - A C O M PA N H A M E N T O TREINAMENTO - ORGANIZAÇ ÃO - PLANE JAMENTO

abril de 2012 » Caminhos & Riquezas

5


Asfalto

8

Pinheiros

Estradas de terra

Campista

Bairros

Toldi

12

Atelier Gourmet

Campos do Se

Bocaina

12 3664-2620

12

Can

Baú de cima

3026-1918 9144-7893

2

Eventos personalizados e Temáticos. Coffee Break, Finger Foods, Cup Cakes. Petit Fours, Truffas, Cones Truffados. Pães de Mel e Chocolataria em geral.

3 5

11

16

4

10

9

15

17

1

phgourmet@hotmail.com www.phgourmet.com.br

12

1

13

Zé da Rosa

12 3666.1360 contato@pousadaalema.com.br www.pousadaalema.com.br

Centro Serrano São José

Av. Ministro Nelson Hungria, 720 Centro, Santo Antônio do Pinhal, SP

2

14

Monjolinho Rodovia Floriano Rodrigues Pinheiro SP-123

CAMPOS DO JORDÃO

CAMPOS DO JORDÃO

28

Mellos

A sorveteria da fazenda

Estrada Barreiro-Lageado

contato@eisland.com.br 12 3666.1354 Fazenda www.eisland.com.br 12 3666.1360 Loja

25

2 17

29

Vino

Desfrute de todo o potencial do seu vinho desde a primeira taça!

Wine Acessories

24

26

23

3645-7826

www.rozendo.com.br

15

Venda, Locação e Manutenção de Máquinas. Assessoria e treinamento com técnicas de barista. Venda de cafés e insumos.

1 2

19 18

2

20

34

9

Av.Ministro 12 11 Nelson Hungria, 720 Centro

Estrada do Machadinho

Av.Matheus da Costa Pinto Rodovia Monteiro Lobato SP-50

22

SJCAMPOS MONTEIRO LOBATO

abril de 2012 » Caminhos & Riquezas

Fazenda Velha

27

SUL DE MINAS

6

Estrada do Lageado

Bairro José da Rosa

12 7816-9969 ID 964*18563 www.vinoxbr.com.br

DISTRIBUIDORA

12

Lageado

13

14

Rodovia Oswaldo Barbosa Guisardi SP-46 Acesso ao Sul de Minas Gerais

Estrada Barreirinho

São Gotardo


errano Vila Maria

Estrada da Campista

Acesso à São Bento do Sapucaí

Praça do Capivari

Portal Campos do Jordão

CAMPOS DO JORDÃO

Renópolis

Estrada do Barreiro

CAMPOS DO JORDÃO

Barreiro Centro Estação Eugênio Lefévre

10

5

31

4

30 3

8

1

6

16

32

7

Rodovia Oswaldo Barbosa Guisardi SP-46 Acesso ao Sul de Minas Gerais

21 Leite na Pista

KM 10 Rodovia Floriano Rodrigues Pinheiro

Asfalto Estrada de terra Estrada do Pico Agudo

Estrada secundária

25

Arte Madeira & Memória

26

Morito Ebine

1

Shopping Villarejo do Pinhal

27

Cerâmica Dejulis

2

Praça de Eventos São Benedito

28

Fazenda Renópolis

3

Boulevard Araucária

29

Casa da Mata

4

Mirante N. Sra Auxiliadora

30 Fonte São Geraldo

5

Orquidário

31

Fonte Santo Estevão

6

Estação Eugênio Lefévre

32

Ecco Parque

7

Pico Agudo

33

Pesqueiro Arco íris

8

Igreja Matriz

34

Casa do Artesão

9

Igreja de São Benedito-1948

10

Fonte Sto Antonio

11

Trilha das Cruzes

12

Morro do Cruzeiro

13

Pesqueiro Sítio Matão

14

Cachoeira do Sítio do Matão

15

Cachoeira do Cassununga

16

Cachoeira do Arco Íris

17

Cachoeira do Lageado

18

Bodega

19

Capri Alemão

20

Pharmácia de Quintal

21

Prata da Lua

22

Jardins de Barro Cerâmica

23

História em Retalhos

24

Atelier de Cerâmica

Rodovia Floriano Rodrigues Pinheiro SP-123

33

Pico Agudo

SANTO ANTONIO DO PINHAL

SÃO PAULO

Atrações Fontes Cachoeiras Arte Igrejas Gastronomia

SÃO BENTO DO SAPUCAÍ

9

Cachoeira do Barão

10

Cachoeira do Encontro

1

Rampa de Vôo Livre

11

Cachoeira do Poção

2

Pedra da Divisa

12

Cachoeira do Baú

3

Cachoeira do Quilombo

13

Cachoeira do Monjolinho

4

Cachoeira dos Amores

14

Cachoeira do Torto

5

Cachoeira do Toldi

15

Pedra do Baú

6

Cachoeira do Tobogã

16

Museu da Revolução de 32

7

Cachoeira das Morenas

17

Ecoparque Pesca

8

Cachoeira da Duchinha

Caminhos &

na Montanha

RIO ~UEZAS A MA N T I Q U E I R A E M T R A N S F O R MAÇ ÃO

Mapa integrante da Revista Caminhos & Riquezas. Reprodução do mapa total ou parcial não autorizada. Todos os direitos reservados. Mapa fora de escala. Distâncias aproximadas.

N

ntagalo

Para anunciar contato@monterosamkt.com.br 12 3664-7124

abril de 2012 » Caminhos & Riquezas

7


Moda Outono/Inverno 2012

Makeup. As cores da estação! A estação mais aconchegante e de mais glamour da Mantiqueira está chegando, e com ela a badalação é certa. Os desfiles de casacos, botas, chapéus e maquiagens tomam as ruas e as fazem de passarela. Nesta edição falaremos do Makeup! Nas vitrines de lojas especializadas, já está fácil encontrar as tendências tanto de maquiagem quanto de esmaltes. A moda de outono/inverno apresenta para este ano, nuances fortes com ideias inovadoras. Para o inverno vamos ter 4 tipos de maquiagem variando de acordo com cada estilo. Olhos Para a noite, um delineador com traço mais grosso ou olhos esfumaçados com sombras coloridas estão no auge. Já para o dia, o delineador marca um olhar mais preciso e a versão “gatinha” com traços inferiores e puxados são mais evidenciados com sombras mais naturais. Blush Este tem que estar na bolsa sempre! Ele vai aparecer mais

S Spa da Beleza Educação e Saúde

marcado, deixando o rosto mais fino, ora garantindo aspecto mais saudável. Destaque para as cores rosa, rosa pálido e o terracota. Batom As tendências seguem para os vermelhos intensos e vibrantes com nuances escuras como o bordô e amarronzados, além dos próximos ao vinho. Podemos ainda apostar nas cores roxo, coral e nude.

CAMPOS DO JORDÃO

Ivete Mello 12 9783-6278 12 8866-2842

ivetemello@hotmail.com Anexo a pousada Boa Vista, Santo Antonio do Pinhal

8

abril de 2012 » Caminhos & Riquezas

EVENTOS

Esmaltes Além dos clássicos para a estação como o nude, terrosos, vermelhos e cinzas, as apostas como tendências também são as cores do verão, como o azul, verde, laranja, lilás, porém, numa versão mais discreta. Assim, a temporada promete chegar mais leve e colorida! Lembrando que a moda tem que ter seu estilo e identidade.

(12) 3663 2166

diretoria@camposdojordaoeventos.com.br

WWW.CAMPOSDOJORDÃOEVENTOS.COM.BR


História e meio ambiente Lino Matheus de Sá Pereira

Mantiqueira, um “país de paisagens”... Uma Bandeira, muitos caminhos... Este é um depoimento de alguém que há mais de três décadas, procura encaminhar uma proposta abrangente para a região, que costuma chamar de País de Paisagens... desestruturando todas as relações produtivas entre o homem do campo e seu ambiente natural e cultural. Neste momento, sobretudo, de graves e já irreversíveis crises ambientais, sociais e político-econômicas, em que o chamado “desenvolvimento sustentável”, (conceito enganoso que não passa de mais um chavão do jogo financeiro internacional) é de máxima importância e essencial que nos compenetremos das ameaças que podem arrastar a região para os mesmos descaminhos percorridos por outros conhecidos “paraísos descobertos e perdidos”. Sem aqui considerar os impactos crescentes e incalculáveis das mudanças climáticas, são três os vetores principais de degradação regional que devem ser combatidos a todo o custo. O primeiro e mais imediato é a citada “turistificação” desenfreada e sem critérios, que vem sendo promovida, seja por governos e administrações municipais (que veem nesse fenômeno uma panaceia barata e curativa para suas ineficiências) ou, por uma mentalidade empresarial especulativa que não sabe enxergar limites na busca por ganhos. Em segundo lugar, o parcelamento e a ocupação desordenada do solo, os loteamentos, gerando a favelização e as já conhecidas mazelas sociais, decorrentes do fator acima e que tem por resultado o abandono das atividades rurais. Finalmente, numa perspectiva mais abrangente, como resultado, a destruição da biodiversidade e a degradação do patrimônio natural e

cultural regionais, com suas óbvias consequências incalculáveis sobre o clima, a paisagem e a qualidade de vida de sua população. Tudo isso agravado pela inexistência de efetiva fiscalização, apesar desta região constituir uma APA. Nesse sentido, o objetivo precípuo e almejado, do Projeto da Fundação Mantiqueira, sua bandeira primeira de luta, será o de apontar rumos, indicar Caminhos e buscar meios para devolver à região sua vocação produtiva estratégica, continuando a ser uma fábrica de águas e de ar puros, indispensáveis para a nossa sobrevivência e a das futuras gerações. Fazemos votos para que essa nova publicação que chega a boa hora “Mantiqueira, Caminhos e Riquezas” possa ser mais um eficaz instrumento nessa direção. foto Arquivo pessoal

Saudando essa nova publicação! Ao contrário da visão predominante, que relega a região a um mero quintal de recreio turístico, há muito enxergo a Mantiqueira como uma área de excepcional e estratégica importância geopolítica; nos aspectos ambientais, paisagísticos e culturais para o Sudeste brasileiro. Todo o arcabouço ideológico que tenho procurado desenvolver e difundir reflete essa preocupação e esse “projeto”, que é ao mesmo tempo tão simples e tão complexo. Buscar, conscientizar, estimular e difundir uma identidade geopolítica própria e genuína para esta macroregião, resgatando o conjunto dos seus valores rurais/agrícolas, produtivos e procurando devolver para as comunidades uma renovada autoestima, da qual vem sendo alijada através de um histórico abandono político e cultural, relegadas a meros assistentes passivos do processo avassalador e desreguladas de “turistificação” do seu espaço. À falta de opções melhores e mais producentes, em áreas rurais, podemos admitir como benéficas, modalidades mais adequadas dessa atividade, como é o caso do agro-turismo, de baixo impacto, como praticado em alguns países da Europa. De qualquer modo, é importante que se diga, numa visão mais aprofundada e responsável, que, no momento em que o turismo convencional ultrapassa os 30 % das atividades econômicas de uma dada região rural, ele começa a se transmutar em fator socioambiental negativo e descaracterizado, gerador de dependências,

Lino Matheus de Sá Pereira Ambientalista, produtor rural e presidente do Conselho Curador da Fundação Mantiqueira . *Para ilustrar o acima exposto e inteirar-se melhor da abrangência do tema, recomendamos assistir o documentário “Caminhos da Mantiqueira“ de Galileu Garcia Júnior e visitar o site: www. fundacaomantiqueira.org e a página da Fundação no FaceBook.

abril de 2012 » Caminhos & Riquezas

9


Social

A casa e a gastronomia são portuguesas, e o vinho, do Porto! Foi neste clima, que o Restaurante Vila Chã em Campos do Jordão, recebeu no último dia 7 de março, o W i n e C o c k t a i l da Qualimpor. Convidados especiais entre eles o jornalista Antônio Luiz Schiavo Júnior e o diretor do Guia Campos do Jordão, Ricardo Castelfranchi abrilhantaram o evento além dos hoteleiros, restauranters, representantes da Asstur e da Cozinha da Montanha e, empresários de São José dos Campos, Gonçalves e Campos do Jordão. As boas vindas do evento foram dadas pelo On Trade da Qualimpor, João Palhinha que falou sobre os vinhos a serem servidos com a ajuda do representante comercial da região Neil Neri. No evento, o lançamento foi o Vinho do Porto da Quinta do Crasto, onde são produzidas anualmente diversas categorias de Vinho de mesa e de Vinho do Porto com características típicas do Douro. Os principais Vinhos do Porto são: o Finest Reserve, um Vinho do Porto “Ruby” com envelhecimento médio de 3 anos em tonéis de Carvalho Português; O LBV Port um vinho de uma só colheita, que é engarrafado após 4 a 6 anos depois de envelhecer em tonéis e o Vintage Port, que são engarrafados sem filtração após dois anos de estágio em madeira de Carvalho Português. E para harmonizar, o Chef de Cozinha Nélson Gonçalves Jr., preparou

fotos Daniel Cardoso

Wine Cocktail Qualimpor

acepipes salgados como Bolinho de Bacalhau, Bolinho de Alheira, Duo de Presunto Português de Chaves e Azeitonas Pretas Portuguesas, Duo de Salpicão Português e Tremoços, Torresmo de Bacalhau, Torresmo de Sardinha, Patanisca de Bacalhau e Caldo Verde. Os doces ficaram para o grand finale e aguçaram o paladar dos convidados. Entre as delícias, Mini Pastel de Belém, Pastel de Tenturgal e Duo de Figo e Queijo Serra da Estrela. E depois de degustarem todas as delícias, os convidados ainda conferiram o lançamento da Revista Caminhos & Riquezas, publicação da Monte Rosa Marketing, responsável também pela organização do evento.

A Qualimpor foi criada em 1995 por João Roquette desafiado pelo Esporão para importar e distribuir os vinhos e azeites da Herdade do Esporão, localizada na região do Alentejo. Posteriormente, em 2002, a importadora passou a trazer os vinhos da Quinta do Crasto, região do Douro. A origem do nome Qualimpor veio da junção das palavras “qualidade de alimentos portugueses”. A importadora tem um perfil diferenciado e trabalha com exclusividade duas marcas próprias, de uma mesma família.

Uma casa Portuguesa com certeza... No ponto mais elegante de Campos do Jordão. Ambientes aconchegantes e um cardápio variado.

www.vilacha.com.br (12) 3663-4702 Av. Engenheiro Diogo de Carvalho, 99, Capivari - Campos do Jordão - SP

10

abril de 2012 » Caminhos & Riquezas


Janaina Taliani, Diretora Executiva da Monte Rosa Marketing e João Palhinha da Qualimpor, brindam o sucesso do evento. João Palhinha, On Trade da Qualimpor e o Chef Nelson Gonçalves Jr., restaurante Vila Chã.

A equipe de gastronomia do SENAC Campos do Jordão abrilhantou a noite como sommeliers informando aos convidados sobre a ficha técnica de cada rótulo apresentado.

MONTEROSAM

KT.COM.BR

Vinho do Porto da Quinta do Crasto - Finest Reserve, foi a sensação da noite.

WINE COCKTAIL

A Qual impo r impo rtad ora e distr ibuid ora, tem de conv idar para o praz er o wine cock tail vinh os e azeit es com apre senta ção de a ser reali zado no dia 7 de març 2012 às 20h no o de Resta uran te Vila Chã. Informações:

Monterosa marke ting 12 3664.7124 contato@monterosam kt.com

Cartaz desenvolvido pela Monte Rosa Marketing.

.br

A cesta de produtos oferecida pela Elly Cestas, acompanhou vinho e azeite da Qualimpor. O contemplado do concorrido sorteio foi Alex Rodrigues, associado da ABS - Associação Brasileira de Sommeliers do Vale do Paraíba.

Alguns dos ilustres convidados!

abril de 2012 » Caminhos & Riquezas

11


Caminhos &

RIO UEZAS ~ A MANTIQUEIRA EM TRANSFORMAÇÃO

12

abril de 2012 » Caminhos & Riquezas

02_2012  

Revista que tem como foco divulgar as cidades da serra da mantiqueira, suas riquezas e possibilidades de negocios e trazer a tona propostas...