Page 1

!"#$%$&$'($)*$&$+,-.#$/)%) -.

1

Qualidade de Vida Hipnose: mergulhando no inconsciente. Pág. 10

Escrivinhos Vinho e comida japonesa. Pág. 19

Turismo Caminho de Santiago de Compostela. Paz, força e fé. Pág. 22

Março 2010


Fotos: Acervo pessoal

2

Marรงo 2010


Foto: Acervo pessoal

Editorial

3

Amigo leitor, D#1$ #$ B#-,.8#$ ?,:4"3#$ 1,2;$ 9#-:4$ 4;B-4A#$ #$ 432:#rial de março da nossa Mon Quartier. Antes de tudo porque ela vem cheinha de coisas boas, as quais eu poderia enumerar aqui e falar um pouquinho de cada uma, com entusiasmo. Mas, peço aquela licença amiga e uso esse espaço para dividir com vocês um assunto pelo qual sou grande - e eterna - apaixonada: o Caminho de Santiago de Compostela. Percorri a Rota Compostelana pela primeira vez em 2000, uma menina de 25 anos, sozinha, de mochila ",;$ B#;:,;$ 4$ B,6,3#$ ",$ 18#G$ 0-,$ 12"E,$ =-2142-,$ A4M$ fora da América do Sul, encarando um começo de inverno cheio de neve. Saí do Recife para fazer um 1#":4$34$><2FN14:-#;G$'8#$><4-2,$14$4"B#":-,-5$14$ =4-34-5$"41$;42$F7$#$><JG$'8#$;#<$1O;:2B,5$"41$:2"E,$ motivos religiosos. Queria mesmo era viajar e conhecer mais um pedacinho do mundo. Pois, que surpresa! Passados dois anos, minha vida tinha virado de cabeça pra baixo. Meus entendimentos do que precisava para ser feliz, minha ideia do que é o ser humano e os porquês de estarmos aqui: tudo tinha mudado. Quando ,;$LBE,;$14$B,O-,15$4":4"32$><4$=-4B2;#$1<2:#$=#<B#$ =,-,$A2A4-5$1,;$><4$4;;4$=#<B#$:41$<1$A,F#-$2"L"2:#$4$ ><4$"8#$;4$B#":,$B#1$1#43,;G Parti para meu segundo Caminho em 2003, dessa vez em puro agradecimento a Santiago por ter ido antes, por ter aberto os caminhos, por caminhar na minha 9-4":4G$ P,-:2$ ,C-,34B23,$ ,$ @4<;5$ "8#$ =#-><4$ 4-,$ 9#-:4$ #$ ;<LB24":4$ =,-,$ =4-B#--4-$ #;$ Q))$ R1$ ,$ =S$ T$ ;215$ esse tinha sido meu agradecimento quando cheguei à Catedral pela primeira vez. Filha de pai diabético, já naquela época sem uma das pernas, o fato de eu ter 9#-.,$ ",;$ =4-"#B,;$ L",;$ 4$ BE4C,-$ ,:S$ ,F25$ 4-,$ B#1#$ ;4$:2A4;;4$B,12"E,3#$=#-$"K;$3#2;$T$1,;5$=,-:2$1<2:#$ grata, por saber que minha fortaleza, assim como a de todos, está dentro do peito, num motor bravo que impulsiona todo o restante do corpo e nos faz, mais ><4$ ,"3,-5$ A#,-$ ?41$ ,F:#G$ P4";425$ 4":8#5$ ><4$ :4-2,$

sido minha última aventura por Compostela. Um ciclo que se fechava. 01$ 1,2#$ 34$ /))*5$ 67$ "8#$ 9#2$ :,":,$ ;<-=-4;,$ ><,"3#$ me vi, de novo, percorrendo terras compostelanas. Dessa vez, 1.600 km, em dois meses ininterruptos de caminhada, sendo o primeiro na França e o segundo na Espanha. Eu estava de volta, sete anos após a primeira experiência. Mais feliz, mais madura, mais mulher. Voltava na certeza de que o agradecimento a Santiago 45$;#?-4:<3#5$,$@4<;$"8#$34A4$;4-$,$B,3,$A2,C41$#<$,$ cada descoberta, mas a cada dia. Voltava na certeza 34$><4$#$D,12"E#$4$#$4"B#":-#$B#";2C#$"8#$;4$37$",$ Espanha, na França, ou em Santiago de Compostela, mas em qualquer lugar e em qualquer momento que você se presenteia a estar sozinho e a mergulhar em você mesmo. Hoje, tenho a felicidade de compartilhar meus dias B#1$1<2:#;$=4-4C-2"#;5$?-,;2F42-#;$#<$"8#G$H8#$2-18#;$ do Caminho, os quais a gente nunca esquece. Uns de =4-:#5$<";$34$F#"C45$1,;$:#3#;5$;41$4IB4.8#5$9<"3,mentais para que em algum momento, o dia tenha sido mais bonito, o despertar tenha sido mais intenso. De forma muito especial, dedico a matéria sobre o Cami"E#$><4$A#BJ;$F4-8#$",;$=-KI21,;$=7C2",;$,#$=4-4C-2"#$ Juan Pablo Ausín Iglesias, que me mostrou, bem reB4":414":45$><4$,;$B<-A,;$3#$D,12"E#$;8#$2"L"2:,;$45$ sim, caminhar a dois é mais bonito. Boa leitura a todos.

@2-4:#-,$34$U43,.8# naidenobrega@hotmail.com '#$VW2::4-X$Y',234'#?-4C, Março 2010


4

Índice Feedback O espaço do leitor.

Pág. 06

Meio Ambiente$ 22 de março: Dia mundial da Água.

P7CG$)*$

Qualidade de Vida$ Quente ou gelado: renda-se ao chá.

P7CG$)Q

Gastronomia Aceita um Chai?

Pág. 09

Cidadania Pág. 11 @#,.8#$34$H,"C<4X$ Exercício de cidadania e solidariedade. Gastronomia Pág. 12 Gostinho francês na =-,.,$34$,F214":,.8#G O direito de cada um Pág. 13 Imposto de Renda. '8#$B,2,$",$1,FE,$L",Z Capa Pág. 16 !"#$%$&'('&)*+,+-./%' Entendendo o homem para chegar à cura. P7CG$%Q

Escrivinhos Pág. 19 Vinho e comida japonesa.

Março 2010

Pág. 20

Turismo Caminho de Santiago de Compostela. Paz, força e fé.

Pág. 22

Personagem Jean Victor Martin: um francês com jeito brazuca.

Pág. 24

Qualidade de Vida Pág. 26 P43,F,"3#$B#1$=,2I8#G

Qualidade de Vida Pág. 10 Hipnose: mergulhando no inconsciente.

Mauriceias$ Polêmicas à parte.

Acordes


Imagem da capa: Homem Vitruviano de Leonardo da Vinci

Expediente

+#"$[<,-:24-$S$<1$=-#64:#$3,$',234$'K?-4C,$D#1<"2B,.8#5$A#F:,3#$,#;$1#-,3#-4;$4$9-4><4":,3#-4;$3#;$?,2--#;$ 3#;$!\2:#;5$0;=2"E42-#$4$]-,.,;G

Diretora de Redação ',234$'K?-4C,$^@UV$/_`%aP0b$ naidenobrega@hotmail.com 0#$12+3(*",+*)'4"&-("()"5)+(/&'6 ',234$'K?-4C,$^@UV$/_`%aP0b$ 7*+8")+(9*:/%+("(;$'4*'<'12+ Luciana Oliveira lua1211@hotmail.com Diretora Comercial Rosaly Almeida rosalyalmeida@monquartier.com.br Diretor Industrial José Gomes das Chagas josegomes@monquartier.com.br c1=-4;;8#X$P-#A2;<,F$]-7LB, V2-,C41X$*$12F$4I41=F,-4;


6

“Parabéns pela iniciativa e pela qualidade da revista. Nesses dias de globalização, fazia falta um texto mais local, com a cara da >"1,";6 Luiz Antonio Emerenciano Alcoforado.

cebê-la em minha residência, pois apesar de não morar no bairro das Graças, tenho vários amigos e parentes que moram aqui, além de +"#% .1/"% 4:1C'+% 2!C'+% "+,*/'4;6%% Silvana de Albuquerque Melo.

“Sempre que recebo a Mon quartier tenho uma grata surpresa. A edição de carnaval estava linda! As matérias são super agradáveis. É tão bom ter um espaço como esse em nosso bairro. Ler sobre coisas que vivenciamos no nosso dia a dia. Só quem é morador da Zona Norte - e não troca por nenhum outro !*>'#% ?% +'<"% /:++.6% @.1>"A:/'/"B;6 Inês Calado.

“Por acaso tive acesso à revista de fevereiro e achei-a muito interessante, de fácil leitura e abordando assuntos atuais. Apesar de ser uma revista de bairro, não é piegas. Mas, se assim o fosse, cantaria a 49+:3'% /.% DC:3!","% 3.4% E'1'1'F% ‘Se você mora nesses bairros, Deus te abençoa, se não mora, Deus te perdoa’. Desejo me cadastrar para começar a recebê-la em casa. Pa#'<81+B;6 Maria de Lourdes Farias Colaço.

“Conheci a revista Mon Quartier 1'%3'+'%/"%*4'%'4:>'%"%2)*":%+*per interessada pelos artigos nela abordados, gostaria de poder re-

Foto: Acervo pessoal

d443?,BR$&$e$4;=,.#$3#$F42:#-G

A criança acima é Luíza Diniz, seis anos, leitora assídua da Mon Quartier. A foto nos foi enviada por sua mamãe, Juliana Diniz. “Sempre que recebemos a Mon Quartier, Luíza não deixa ninguém chegar perto. Como ela já sabe !"#$%&'(%)*"+,-.%/"%0'++'#%.%0"1,"%21.% /.%3.4"5.%'.%246%7!'%8%&-%194"#.%*46% Os demais interessados da casa devem :#%0'#'%'%2!';$%<#:13'%=*!:'1'6

Envie suas críticas, comentários e sugestões para naidenobrega@hotmail.com

Março 2010


01?#-,$ *)i$ 3,$ :4--,$ ;46,$ B#";:2:<O3,$ 34$ água, uma mínima parcela desse todo é própria para o consumo. Ignorando o fato, a sociedade continua dando um mal uso a água, além de seguir poluindo rios e nascentes. É preciso atentar para o fato de ><4$ <1$ ;4I:#$ 3,$ =#=<F,.8#$ 1<"32,F$ "8#$ tem acesso a água potável e que, segun3#$3,3#;$3,$e'h5$;4$#;$,:<,2;$=,3-g4;$34$ consumo se mantiverem, até 2025 duas 41$B,3,$:-J;$=4;;#,;$"#$1<"3#$A8#$;#9-4-$ escassez moderada ou grave de água. A Mon Quartier faz a sua parte nessa cam=,"E,$ =4F,$ =-4;4-A,.8#$ 3#$ "#;;#$ 1,2#-$ tesouro natural, trazendo alguns alertas e dicas do professor da UFPE Ricardo Braga, =-4;234":4$3#$D#12:J$3,$j,B2,$k23-#C-7Lca do Rio Capibaribe.

* Pernambuco é o estado brasileiro com menor disponibilidade de água por habitante. * O montante de até 160 litros desperdiçado durante um banho sem controle corresponde ao volume que atenderia a pelo menos quatro pessoas no semiárido, com sua irrisória taxa de consumo diário em torno de 40 litros por habitante. Ou ainda, se a água é potável, mataria a sede de 120 pessoas por dia. * Uma torneira pingando pode desperdiçar 45 litros por dia. Isso, em um ano, equivale a 16 mil litros, volume de uma cisterna que o sertanejo está construindo a duras penas para manter a família na zona rural, durante os nove meses sem chuva. l$'#$?,"E42-#$#B#--41$*)i$3#$B#";<1#$3,$7C<,$ em uma residência. Por isso, deve-se manter a torneira bem fechada ao escovar os dentes, ao se barbear ou ao se ensaboar no banho. l$!$F,A,C41$34$-#<=,;$41$:,"><4$"8#$34A4$;4-$ feita em água corrente e é importante estar atento à possibilidade de vazamentos.

Março 2010

7

Meio ambiente

@4;34$%``f5$;4C<"3#$-4;#F<.8#$3,$e-C,"2M,.8#$3,;$',.g4;$h"23,;$T$e'h5$,$B,3,$ 22 de março comemora-se o Dia Mundial da Água. Sem tantos motivos para celebrar, é uma data para que possamos re\4:2-$4$,",F2;,-$,$=#;:<-,$><4$:41#;$,;sumido diante do nosso principal recurso natural.


Foto: Acervo pessoal

Qualidade de vida

8

Nutricionista Rebeca Lasmar: â&#x20AC;&#x153;Con+*4:#%3CG+%8%:1A"+,:#%1'%+'9/";6 Março 2010


Quem assistiu a novela Caminho das Indias, da Rede ]F#?#5$LB#<$"#$1O"21#$B<-2#;#$=,-,$B#"E4B4-$#$BE,25$ ?4?23,$34$,=,-2.8#$9-4><4":4$",;$B4",;$C-,A,3,;$",;$ locações indianas. Assim como o nosso cafezinho, o BE,2$S$;4-A23#$=4F#$,"L:-28#$2"32,"#$F#C#$,=K;$,;$-4942ções, sendo também encontrado em estabelecimentos comerciais, como restaurantes, lojas e lanchonetes. !$?4?23,$S$=-4=,-,3,$,$=,-:2-$34$<1,$2"9<;8#$34$BE7$ verde, misturada com um blend de masala - mistura de cravo, canela, gengibre, pimenta, noz moscada e B,-3,1#"#G$P#-$2"\<J"B2,$3,$B#F#"2M,.8#$2"CF4;,5$B#;tuma ser servido com leite frio.

Foto: Naide Nóbrega

[<4-$=-#A,-$<1$BE,2$3#;$?#";m$!$@,F4",$V#-:,;$d2",;$ ^!A4"23,$ U#;,$ 4$ H2FA,5$ _f%5$ 0;=2"E42-#b$ #94-4B4$ <1$ 4I41=F,-$ 1,-,A2FE#;#$ ^9#:#bG$ [<41$ =-#A,5$ -4B#14"da. Que nos perdoem os mais entendidos, mas uma B#1=,-,.8#$=#34$;4-$942:,$B#1$<1$B,=<BB2"#5$41$:4-1#;$ 34$ B#";2;:J"B2,5$ #"34$ #$ BE#B#F,:4$ 4$ #$ B,9S$ ;8#$ trocados pelas especiarias. Uma dica: ao chegar o seu BE,25$14I,$?,;:,:4$4$"8#$=#"E,$,.nB,-G$!$12;:<-,$67$ S$3#B4$#$;<LB24":4$=,-,$><4$A#BJ$A#F:4$=,-,$B,;,$B#1$ um gostinho divino na boca.

Março 2010

Gastronomia

9


O que vem a sua mente quando você ouve a paF,A-,$E2="#;4m$V,FA4M$<1$=J"3<F#$?,F,".,"3#$"<1$ 1#A214":#$ B#";:,":4$ 4$ -2:1,3#G$ V,FA4M$ 34;4"E#;$ C4#1S:-2B#;$ ><4$ ,FC<S1$ 34A,$ #FE,-$ LI,14":4$ ,:S$ começar a responder perguntas que o hipnólogo esteja fazendo ao seu pé do ouvido. Essas imagens que 9#-1,1#;$;8#$9-<:#$34$<1$=,;;,3#5$><,"3#$,$E2=nose era usada em palcos e voltada muito mais ao espetáculo, do que ao bem-estar do paciente. “Era uma técnica sem crédito, devido ao grande número 34$BE,-F,:g4;$4$=4;;#,;$"8#$B,=,B2:,3,;$,$-4,F2M,-$ um trabalho sério. Atualmente, a hipnose tem sido utilizada para ajudar a vida das pessoas no controle de doenças, tratamento de fobias e distúrbios da "#A,$4-,o5$,L-1,$#$E2="KF#C#$,1,=,4";45$=4-",1?<B,"#$34$B#-,.8#5$k4-1,"#$DE,:4,<?-2,"3G !$ E2="#;4$ ,3><2-2<$ ;:,:<;$ B24":OLB#$ "#$ ;SB<F#$ qrccc5$ ,:-,AS;$ 3#$ 1S32B#$ ,F418#$ Franz Mesmer. A palavra vem do grego hipnos, que quer dizer sono, com o latim #;2;5$><4$;2C"2LB,$,.8#$#<$=-#B4;;#G$'#$4"tanto, contrariando a nomenclatura, o hip"#:2M,3#$"8#$4;:7$3#-12"3#5$1,;$14-C<FE,3#$ num estado de vigília - atento as informações ao redor -, induzido pelo seu próprio consciente. “Engana-se quem acha que o hipnólogo é quem comanda o processo da hipnose. Ele apenas conduz o paciente, para que ele próprio trabalhe o seu 2"B#";B24":4o5$4;BF,-4B4$k4-1,"#G$$e$;#"#$4$,$E2="#;4$ ;8#$ 4;:,3#;$ 34$ B#";B2J"B2,$ 32;:2":#;5$ =#34"3#$ ,;$ 32ferenças ser comprovadas por exames eletroencefaloC-7LB#;5$><4$,=-4;4":,1$#"3,;$B4-4?-,2;$34$9#-1,;5$ frequências e padrões distintos. A hipnoterapia tem sido utilizada para o combate à ansiedade, mudança de hábitos comportamentais e tratamentos de diversos problemas, a exemplo das fobias ao tratamento odontológico, gagueira, psoríase, 34=-4;;8#5$ ;O"3-#14$ 3#$ =s"2B#5$ :-,";:#-"#$ #?;4;;2A#$ compulsivo, anorexia nervosa, bulimia, timidez e in;N"2,G$ V,1?S1$ :41$ ;23#$ <;,3,$ B#1$ ;<B4;;#$ =,-,$ #$ controle emocional de pessoas perante situações de estresse, como provas de vestibular, concursos, entrevistas de emprego ou cirurgias. Segundo Hermano, o processo da hipnose é simples. O primeiro passo é fazer um apanhado de todos os acon:4B214":#;$ ;2C"2LB,:2A#;$ 3,$ A23,$ 3#$ =,B24":45$ 34;34$ ;4<$",;B214":#$,:S$#;$32,;$,:<,2;G$!$=,-:2-$34$4":8#5$ S$942:#$<1,$;4;;8#$=,-,$;,?4-$;4$,$=4;;#,$S$;4";OA4F$ Março 2010

ao processo. “Assim como acontece nos tratamentos psicológicos ou psicoterapêuticos, o paciente só é passível de hipnose se desejar, de fato, ser tratado. Ele torna-se capaz de utilizar os recursos naturais do corpo e da mente em prol da sua saúde, sendo fun3,14":,F$ ,$ B#"L,".,$ 4":-4$ =,B24":4$ 4$ E2="KF#C#o5$ ,L-1,G$e$=-KI21#$=,;;#$S$,$E2="#;4$41$;25$><4$=#34$ ser feita através de dois processos: pelo cansaço ou =4F#$ -4F,I,14":#G$ '#$ =-2142-#5$ ;8#$ <:2F2M,3,;$ :SB"2B,;$B#1#$#$#FE,-$LI#$=,-,$<1$;K$=#":#5$#<$#<:-,;$ que literalmente cansem o nervo óptico. Já através do relaxamento, técnica usada por Chateaubriand, o processo tem início através do relaxamento total do =,B24":4$4$B#":-#F4$3,$-4;=2-,.8#G$ '#$j-,;2F5$,$=-7:2B,$3,$E2="#;4$",$#3#":#F#C2,5$14dicina e psicologia é regulamentada por decreto e habilitada pelos seus respectivos Conselhos Federais, sendo seu exercício restrito ,#;$=-#L;;2#",2;$3,$7-4,$34$;,n34G$k4-1,"#$ DE,:4,<?-2,"3$ S$ B2-<-C28#$ 34":2;:,$ 9#-1,do pela Faculdade de Odontologia da UFPE e trabalha com hipnose há dezenove anos. É 9#-1,3#$ =4F#$ D<-;#$ 34$ d#-1,.8#$ 41$ k2="KF#go, realizado pela Sociedade Pernambucana de Hipnose Médica, entidade da qual é membro e 4Ip=-4;234":4G$V,1?S1$S$<1$3#;$><,:-#$=-#L;;2#nais habilitados em hipnose em Pernambuco pelo Conselho Federal de Odontologia. Serviço Hermano Chateaubriand. E-mail: hermanochateaubriand@hotmail.com

“Hipnose tem ajudado no controle de fobias e /:+,9#<:.+;6% Hermano Chateaubriand.

Foto: Acervo pessoal

Qualidade de vida

10


Foto: Jorge Venâncio

Cidadania

11

O Brasil é considera3#$ =4F,$ e-C,"2M,.8#$ 3,;$ ',.g4;$ h"23,;$ p$ e'h5$ <1$ 3#;$ =,O;4;$ que mais cresce em ações solidárias e programas de voluntariado. O que muita gente "8#$;,?4$S$><4$,$3#,.8#$A#F<"tária de sangue passa por esse A2S;G$ '8#$ S$ t$ :#,$ ><4$ B4-B,$ 34$ oito mil pessoas procuram mensalmente a Fun3,.8#$k41#=4$B#1$,$2":4".8#$34$;4$:#-",-$<1$ doador. Mesmo assim, o número de doações de ;,"C<4$S$2";<LB24":4$=,-,$,:4"34-$,$341,"3,$ solicitada pela rede hospitalar de Pernambuco. P,-:2"3#$ 34;;,$ =-412;;,5$ ,$ d<"3,.8#$ k41#=4$ tem como compromisso, dentro de um conjun:#$ 34$ ,.g4;$ 4;:-,:SC2B,;5$ ,$ 9<".8#$ 34$ F,".,-$ campanhas educativas no intuito de sensibiF2M,-$ 4$ B#";B24":2M,-$ ,$ =#=<F,.8#$ =,-,$ ,$ 21=#-:s"B2,$ 3,$ 3#,.8#$ 4;=#":s"4,$ 34$ ;,"C<4G$ “Além das campanhas sazonais, como CarnaA,F5$ H41,",$ H,":,$ 4$ H8#$ u#8#5$ "#;;,$ 14:,$ S$ criar outras ações pontuais que possam desper:,-$ #$ 2":4-4;;4$ 3,$ B#1<"23,34$ =,-,$ ,$ 3#,.8#$ 34$;,"C<4o5$,L-1,$#$1S32B#$@2A,F3#$H,1=,2#5$ presidente do Hemope. Para a diretora de Hemoterapia do Hemope, ,$1S32B,$0F2M,?4:E$r2F,-5$#$34;,L#$34$;4";2?2-

lizar, estimular, e, principalmente, despertar responsabilidades no doador, gerou novas atitudes, transformando a consciência das pes;#,;$ =,-,$ ,$ B#1=-44";8#$ 3#$ 4I4-BOB2#$ =F4"#$ da cidadania e solidariedade. “Certamente, ,$ 3214";8#$ 34;:4$ "#A#$ #FE,-$ 1<3#<$ #$ =4-LF$ do doador de sangue. A cada dia, apesar de ,2"3,$2";<LB24":4;$=,-,$;<=-2-$,$341,"3,5$$#;$ "n14-#;$B#1=-#A,1$#$,<14":#$3,$,34;8#$3#;$ 3#,3#-4;$><4$=-#B<-,1$#$k41#=4o5$B#141#ra Elizabeth Vilar. k#645$ #$ 3#,3#-$ S$ <1$ B23,38#$ B#";B24":4$ 3#$ seu papel. Exercita a cidadania com solidarie3,34G$@#,$;,"C<4$$=4F,$L34F23,345$F4,F3,34$4$ responsabilidade. Dissemina por onde passa, ,"#"21,14":45$ $ ,$ 21=#-:s"B2,$ 3#$ ;4<$ C4;:#5$ sem nunca perceber quantas vidas foram salvas com o seu sangue.

Serviço Para doar sangue, o interessado precisa estar na 9,2I,$4":-4$%Q$4$vw$,"#;5$:4-$,B21,$34$w)$><2F#;5$ gozar de boa saúde e apresentar documento de 234":2LB,.8#$B#1$9#:#G e$ k41#B4":-#$ U4B294$ 9<"B2#",$ 3,;$ *E%w$ t;$ %QEf)5$34$;4C<"3,$,$;7?,3#5$",$U<,$u#,><21$',?<B#5$%*%$T$]-,.,;G

Março 2010


12

Gastronomia

A caprichada culinária francesa se aliou à fartura da mesa brasileira no mais novo restaurante do Grupo Couvert: o Bistrô Couvert. Localizada na nova praça 34$,F214":,.8#$3#$HE#==2"C$V,B,-<",5$,$B,;,$;4C<4$ a linha de fast-food, porém com 25 bem servidas opções de pratos de alta gastronomia, de preços entre R$ 13 e R$ 19. O cardápio, elaborado pelo chef Liberato Pereira, traz opções de saF,3,;5$-2;#:#;5$1,;;,;5$=-,:#;$t$?,;4$34$LFS5$9-,"C#5$=42I4;$4$B-<;:7B4#;5$B#1#$?,B,FE,<5$B,1,-8#$4$;,F18#G$u<":#$B#1$#$=4323#5$B,3,$ BF24":4$-4B4?4$B#1#$B#-:4;2,$<1$B#<A4-:5$1#32LB,3#$,$B,3,$32,5$><4$ dá uma amostra dos saborosos ingredientes do Bistrô. Outro detalhe interessante é que nenhum prato é preparado com fritura.

e;$34;:,><4;$LB,1$=#-$B#":,$3,$H,F,34$H,2":px:24""4$^,F9,B4$B-#B,"te, carpaccio de vitelo, presunto de Parma, mussarela de búfala e ><426#$]-,",$P,3,"#$,#$=4;:#$34$,FB,=,--#"4b$p$Uy%_5`)5$3#$+2C"#"$ 02994F$^143,FE8#$34$LFS$C-4FE,3#$B#1$:#--4$34$:#1,:4$;4B#$4$1<;;,-4F,$ 34$?n9,F,5$;=,CE4::2"2$,#$=#1#3#-#$4$=4;:#b$T$Uy$%Q5*)5$3#$H,<1#"$t$ z,$P-#A4".,F4$^=#;:,$34$;,F18#$C-4FE,3,$B#1$1,":42C,$34$,FE#$4$4-A,;$ 34$=-#A4"B45$B<;B<M$1,--#><2"#$4$;,F,32"E,$3#$BE49b$T$Uy$%Q5*)5$,FS1$ 3#$ U,A2#F#"2$ ,<$ r4,<$ ^1,;;,$ ,-:4;,",F$ ,?4-:,$ -4BE4,3,$ B#1$ A2:4F#$ 4$ B-4,1$BE44;4$B#1$B,;;4$34$:#1,:4$4$1,"64-2B8#$9-4;B#b$T$Uy$%w5v)5$ entre outros. O projeto do restaurante é do arquiteto Romero Duarte, que conseguiu criar um espaço clean, diferente dos demais fast-foods de praça 34$,F214":,.8#G$@4;34$,;$B#-4;$3#$4;=,.#$,#$B,-37=2#$3#$-4;:,<-,":4$ e as fardas dos atendentes, criadas pelo estilista Romildo Alves, re1#":,1$t$d-,".,5$F41?-,"3#$#$BE,-14$3,$V#--4$02994F$4$3#;$DE,1=;p Élysées. A franquia também tem outra unidade em funcionamento no Shopping Recife. jcHVU{$c'@cD!$T$e$j2;:-N$D#<A4-:$3#$V,B,-<",$4;:7$B#1$<1$B,-37=2#$ especial de sete diferentes pratos, todos por R$ 13,90, a unidade. O 14"<$ 2"BF<2$ ?,B,FE,<5$ =42I45$ B,1,-8#$ 4$ 9-,"C#5$ ;4C<2"3#$ #$ 14;1#$ conceito dos demais pratos da casa. Cada dia, no almoço, é oferecido <1$34;;4;$=-,:#;$=-#1#B2#",2;G$|$"#2:4$4$"#$L",F$34$;41,",5$#$BF24":4$:41$,$#=.8#$34$4;B#FE4-$4":-4$:#3#;$4F4;G Serviço Bistrô Couvert e"34X$P-,.,$eF2"3,$3#$HE#==2"C$V,B,-<",$^"#A,$4:,=,bG Funcionamento: 9h às 22h de segunda a sábado e 12h às 20h domingos e feriados. d#"4X$^Q%b$f_/%pQwQ_ Cartões: Master, Visa e Hiper.

Março 2010


U4;C,:4;$34$P-4A23J"B2,$P-2A,3,$T$H8#$2"9#-1,3#;$=4las empresas de previdência. Portanto, caso ocorram, declare-os.

Imposto de Renda '8#$B,2,$",$1,FE,$L",Z DE4C#<$,$E#-,$34$,B4-:,-$,;$B#":,;$B#1$#$z48#5$4$6<":#$B#1$4;;,$#?-2C,.8#5$;<-C41$A7-2,;$3nA23,;5$34":-4$ 4F,;X$}+,FE,$L",5$B#1#$=#;;#$14$=-4A4"2-moG c"9#-1,.g4;$3,$U4B42:,$d434-,F$^Udb$-4A4F,1$><4$:#3#;$#;$,"#;$B4-B,$34$wi$3#;$B#":-2?<2":4;$B,41$",$1,FE,$L",5$;4"3#5$34;;4$:#:,F5$%)i$=#-$=<-,$9,F:,$34$><,F23,34$",;$2"9#-1,.g4;$=-4;:,3,;G$0I2;:4$<1$=,3-8#$",$ E#-,$34$-4,F2M,-$,$34BF,-,.8#$3#$c1=#;:#$34$U4"3,$^cUb$ que minimiza os riscos. Esteja atento! r,F#-$3#$cU$-4:23#$",$9#":4$T$e;$B#1=<:,3#-4;$3,$Ud$ realizam com muita competência o cruzamento das 2"9#-1,.g4;$;#?-4$;<,$34BF,-,.8#$4$#$21=#;:#$><4$9#2$ retido, em face das informações prestadas pelas pessoas jurídicas por intermédio das DIRF’s. Do mesmo modo, é o caso da ausência de fontes pagadoras, a qual também é informada pelas pessoas jurídicas, via

Despesas médicas - Aqui reside o maior número de =-#?F41,;5$41$9<".8#$34$><4$1<2:,;$A4M4;$#;$A,F#-4;$ =,C#;$;8#$2"B#1=,:OA42;$B#1$,$-4"3,$?-<:,$34BF,-,3,5$ 2"32B,"3#$4--#$4$BE,1,"3#$,:4".8#$3#$L;B#5$><4$-4:S1$,$34BF,-,.8#G$ r,-2,.8#$=,:-21#"2,F$T$@4A4-7$4I2;:2-$;41=-4$-4F,.8#$ 4":-4$ ,$ -4"3,$ 34BF,-,3,$ 4$ ,$ A,-2,.8#$ =,:-21#"2,FG$ Caso contrário poderá indicar possível fraude ou omis;8#$34$-4B42:,G 0;;4;$ ;8#$ ,FC<";$ 3#;$ 1#:2A#;$ ><4$ =#341$ 4";46,-$ <1$ =-#B43214":#$34$L;B,F2M,.8#G$z41?-,1#;$,2"3,$,$9,F:,$ 34$ 34BF,-,.8#$ 34$ ,><2;2.8#$ 34$ A4OB<F#$ "#A#5$ 21KA42;$#<$-4B4?214":#$34$,F<C<42;5$34":-4$#<:-#;G$V#3,;$ as operações que envolvam sua renda e seu uso po34-8#$ ;4-$ -,;:-4,3,;$ 4$ 14-4B41$ ,:4".8#$ 4;=4B2,FG$ V4"E,$B<23,3#$B#1$4;;4;$34:,FE4;$4$9<6,$3,;$C,--,;$ 3#$z48#G * Dalônio Carvalho é advogado.

Março 2010

Direito

DIRF, todos os pagamentos efetuados quando acima 13 34$Uy$v$12Fa,"#G


Capa

16

Entendendo o homem para chegar à cura Diante de um dor de cabeça forte, náuseas, tontura... Uma dor muscular, uma dor de ouvido, ou um incômodo intestinal. O que você faz? Oito entre dez brasileiros de classe média, mediante alguma ;2":#1,:#F#C2,5$;46,$C-,A4$#<$"8#5$ procura, de imediato, os serviços de emergência dos hospitais particulares. Muitas vezes demorado e frio, o serviço dos hospitais mais =,-4B4$<1,$C-,"34$LF,$-4;#FA43#-

><4$ 4"9#><41$ "8#$ ,;$ B#";4><J"cias, mas sim a origem das sinto1,:#F#C2,;$ 3#;$ =,B24":4;5$ 4;:8#$ surgindo no Brasil espaços como o Integrar, no bairro do Rosarinho. Ao chegar ao local, o que se encontra é uma casa com um lindo jardim, um banco de balanço daqueles bem lúdicos, que certa14":4$ A#BJ$ <;#<$ ",$ 2"9s"B2,5$ 4$ gente tranquila. É um ambiente de luz e paz. Um lugar onde o

tada de um todo e de uma ordem =;O><2B,G$x$B#1#$;4$#$B#-,.8#$"8#$ :2A4;;4$",3,$,$A4-$B#1$#$=<F18#5$#$ -21$4$341,2;$K-C8#;G$x$B#1#$;4$#$ ;,"C<4$"8#$=4-B#--4;;4$:#3#$#$"#;so corpo, como se os sentimentos 4$,;$41#.g4;$"8#$34;4"B,34,;;41$ reações químicas e como se a célula "8#$ B,=:,;;4$ ,$ 34;#-341$ 3#$ :#3#G$!$,":-#=#;#L,$#?;4-A,$<1$;4-$ humano quadrimembrado em corpo 9O;2B#5$4:S-2B#5$,;:-,F$4$#-C,"2M,.8#$

ra de problemas, onde você chega, é atendido por um médico que sequer sabe seu nome e, em seguida, sai com um arsenal de remédios na receita, prometendo alívio imediato.

9#B#$ "8#$ S$ ,$ 3#4".,$ 4$ ;21$ #$ ;4-$ humano. Onde a cura vem através de homeopatia, deslizamentos rítmicos, psicoterapia, massagem ayurvédica e, sobretudo, medici",$ ,":-#9#;KLB,5$ <1,$ "#A,$ ;,O3,$ para quem busca qualidade de vida, equilíbrio e saúde.

3#$ 0<o5$ ,L-1,$ P,:-OB2,$ ]<,<-2"#$ ^9#:#;b$5$1S32B,$3#$0;=,.#$c":4C-,-G

e;$,":2C#;$1S32B#;$3,$9,1OF2,5$:8#$ conhecidos nas épocas das nossas ,AK;5$ 67$"8#$;8#$1,2;$:8#$ B#1<";$ nas famílias brasileiras e, infelizmente, na maioria dos casos, os tratamentos emergenciais dos centros hospitalares resolvem os ;2":#1,;5$ 4$ "8#$ ,$ B,<;,$ -4,F$ 3#;$ problemas. Para tentar entender os desequilíbrios da saúde de uma forma mais humanizada e buscar tratamentos Março 2010

Instituída pela médica, nascida 41$ u,A,$ ^c"3#"S;2,b5$ c:,$ ~4C1,"$ ^%Q*v$ T$ %`_fb$ 4$ =4F#$ LFK;#9o austríaco Rudolf Steiner, a medicina ,":-#=#;KLB,$ #?;4-A,$ #$ =,B24":4$ de uma forma mais ampla e profunda que a medicina tradicional, ultrapassando os limites do corpo 9O;2B#G$$}'#-1,F14":45$#$=,B24":4$ é visto como se cada parte de seu corpo fosse totalmente desconec-

H4C<"3#$ ,$ ,":-#=#;#L,5$ #$ B#-=#$ físico é o responsável pela estru:<-,.8#$3#$#-C,"2;1#$E<1,"#$4$S$ ligado ao reino mineral. O etérico desempenha as funções do cresci14":#5$-4C4"4-,.8#$4$-4=-#3<.8#5$ é o corpo ligado à vida vegetativa. e$ B#-=#$ ,;:-,F$ LB,$ B#1$ #$ 4"B,-C#$ 3,$,:<,.8#$3#$;4-$E<1,"#5$S$,$=#-.8#$B#-=K-4,$><4$#$,"21,5$#$B#-=#$ ligado aos instintos. Já o que se de"#12",$#-C,"2M,.8#$3#$0<$S$,$"#;;,$ parcela responsável por pensar e comandar as reações somatopsíquicas. É o corpo ligado à vida suprassensível. “Esse desmembramento é apenas para facilitar o entendimen-


'#$0;=,.#$c":4C-,-$1S32B#;$4$:4-,peutas se dispõem a acompanhar e ajudar os pacientes a partir do que o corpo está falando. “A doença é um chamado do corpo dizendo que há algo de errado conosco. O problema é que, normalmente, as =4;;#,;$ 4;:8#$ 34;,:4":,;$ ,$ 4;;4;$ sinais, assim como à vida que es:8#$ F4A,"3#G$ @,O$ #;$ ;2":#1,;$ ,=,recem, desde uma simples gripe ,$<1$Bs"B4-5$4$,;$=4;;#,;$"8#$4":4"341$34$#"34$A42#$#$=-#?F41,o5$ ,L-1,G$$@294-4":414":4$3#$,:4"3214":#$}:E4$\,;Eo$-4B4?23#$41$,Fgumas clínicas e grandes hospitais, o paciente que chega ao Espaço

de um contato maior do paciente com seu médico, além do uso de -41S32#;$ E#14#=7:2B#;5$ L:#:4-7=2B#;5$,":-#=#;KLB#;$45$41$,FC<";$ casos, os tradicionais alopáticos. }'8#$ B#"34",1#;$ ,$ ,F#=,:2,5$ 1,;$ o exagero dos tratamentos convencionais. A depender do caso, também receitamos alopatia, mas ;41=-4$ B#1$ 1<2:#$ B-2:S-2#o5$ 32MG$ Segundo a médica, existe uma tendência por parte da maioria dos pacientes de pensar que o médico tem a fórmula mágica para todos os seus problemas de saúde. “De certa forma, eles podem, sim, prescrever algo que venha a melhorar a saúde do paciente de um modo geral, mas se ele busca uma terapia mais profunda, deve assumir a sua responsabilidade nisso. O :-,:,14":#$"8#$=#34$;4-$-4;:-2:#$t$

toma formas cada vez mais com- 17 =F4I,;$34$4I=-4;;8#o5$,F4-:,G$ Anestesiologista, Patrícia Guaurino mergulhou no universo da medici",$,":-#=#;KLB,$E7$;42;$,"#;G$}01$ 9<".8#$ 3,$ ",:<-4M,$ 3#$14<$ :-,?,lho, senti a necessidade de ter mais contato com os pacientes e entendê-los melhor. Foi quando conheci ,$ E#14#=,:2,$ 45$ 41$ ;4C<23,5$ LM$ 4;=4B2,F2M,.8#$"#$,;;<":#G$0;;4$9#2$ o caminho que me levou à medici",$ ,":-#=#;KLB,G$ ',$ S=#B,5$ ,2"3,$ em 2004, o curso mais próximo ao U4B294$ 4-,$ 41$ !-,B,6<$ ^H0bG$ d2M$ contato com eles e consegui que o curso viesse para o Recife. Após quatro anos de estudos, percebi o quanto seria maravilhoso trazer a =-7:2B,$ =,-,$ P4-",1?<B#Go$ !FS1$ da anestesiologista, compõem a

Capa

to. O que cartesianamente chamamos de corpo físico nada mais é do ><4$,$<"28#$3,$,:<,.8#$34;;4;$><,:-#$B#-=#;o5$4I=F2B,$P,:-OB2,G

Fotos: Juan Pablo Ausín Iglesias.

Integrar passa por uma verdadeira análise da sua vida. “Antes de tudo é necessário fazer um estudo ?2#C-7LB#$3#$2"32AO3<#$4$34;B#?-2-$ em qual grupo ele se enquadra. Existem pessoas de personalidade B#FS-2B,5$ \4<C17:2B,5$ ;,"C<O"2,$ 4$ malancólica. É fundamental saber onde cada um se encaixa, para entender os sinais do seu corpo. Além disso, tudo tem que ser analisado no paciente, partindo das crises pessoais, existenciais e cronológiB,;G$!$1432B2",$,":-#=#;KLB,$"8#$ é uma especialidade, mas uma forma mais profunda de se enxergar #$=,B24":4Go5$4;BF,-4B4$,$1S32B,G D#1$-4F,.8#$,#$:-,:,14":#$41$;25$ ,$ 1432B2",$ ,":-#=#;KLB,$ 3494"-

=-4;B-2.8#$34$=OF<F,;$4$9K-1<F,;G$e$ médico deve ter em mente, dentre #<:-#;$,;=4B:#;5$,$,F214":,.8#5$#;$ hábitos de vida e os aspectos anatômicos do paciente, além de uma 2"A4;:2C,.8#$;#?-4$#$;4<$=,;;,3#$4$ seu presente, buscando trabalhar de forma ampla e profunda o mecanismo que levou seu corpo a adoecer. É preciso levar o paciente a despertar a consciência esquecida 41$;4<$=-K=-2#$B#-=#G$V-,:,-$3#4"ças com medicamentos sem levar 41$B#";234-,.8#$#$:#3#$3#$=,B24":45$"8#$B<-,5$,=4",;$=,F2,$#<$B,F,$,$ 4I=-4;;8#$ 3,$ 34;#-341$ 41#B2#",F$ que continua caminhando silenciosamente. O corpo é o palco da desordem psíquica e esta desordem, à medida que vai sendo silenciada,

equipe do Espaço Integrar a pediatra Ângela Santana e a ginecoF#C2;:,$ d7:21,$ H8#$ +,-B#;5$ :#3,;$ B#1$ 9#-1,.8#$ 41$ E#14#=,:2,$ 4$ ,":-#=#;#L,G$V,1?S1$9,M41$=,-:4$ 3,$ 4><2=4$ #$ 1S32B#$ z4,"3-#$ ~4"ceslau, especialista em medicina preventiva e social, a enfermeira e massagista rítmica Vera Macêdo, ,$ =;2B#:4-,=4<:,$ 0F2SC4$ j-,"38#$ 4$ o psicoterapeuta transpessoal para adolescentes, adultos, gestantes e vestibulandos Elny Banks. Serviço Espaço Integrar Rua André Rebouças, 109, U#;,-2"E#$p$U4B294aP0 d#"4X$Q%$f/_%G)**v E::=XaaWWWG4;=,B#2":4C-,-GB#1G?Março 2010


Mauriceias

18

Longe de mim querer a unanimidade. Viva o debate de idéias. A crítica pela crítica, o mero prazer em discordar, em ser do contra, isto S$><4$14$B,<;,$21=,B2J"B2,G$V#3#$1<"3#$B#"E4B4$ ,FC<S1$ ><4$ B<F:2A,$ #$ ,M43<14G$ V41$ sempre uma palavra negativa, uma observa.8#$3,"#;,5$ ,$ =4-1,"4":4$ =#;:<-,$ B#":-7-2,5$ ;46,$F7$><,F$9#-$,$#=2"28#$,$B#"9-#":,-G$0;;4;$ me cansam. Quer discordar? Bem-vindo! Mas ,-C<14":4Z$$r2A,$,$32;B#-3s"B2,$=-#3<:2A,G$ e;$ F42:#-4;$ B#":<1,M4;$ 3,$ +#"$ [<,-:24-$ E8#$ de lembrar do tema da coluna Mauriceias da 432.8#$=,;;,3,G$@4?,:O,1#;$;4$<1,$n"2B,$-<,$ =#32,$34L"2-$<1$?,2--#G$0$><4$-<,$;4-2,$4;;,G$ ',$ 7-4,$ 34$ ,:<,.8#$ 3,$ -4A2;:,$ ><4$ A#BJ$ :41$ 41$ 18#;$ T$ !\2:#;5$ 0;=2"E42-#$ 4$ ]-,.,;$ T5$ 4<$ sugeria a Rua da Hora como resumo-mor dos três bairros. Enumerei suas virtudes, suas contradições, suas belezas. Pedi comentários e 32;B#-3s"B2,;G$U4B4?2G$!3#-42G Polyana Rezende dos Santos concordou com a escolha. “Moro em Candeias há 30 anos e sou bastante acostumada com o aspecto ‘praiano’ do bairro, porém como trabalho no Espinheiro, é a Rua da Hora que faz as vezes de shopping, na hora das compras, de happy-hour, na hora de ir pra um barzinho depois do trabalho, e ainda centro gastronômico, na hora de escoFE4-$><,F$#$-4;:,<-,":4$3#$32,$=,-,$,F1#.,-o5$ enumera ela. É isso mesmo. Essa diversidade é uma das facetas dos bairros por onde adoramos circular, por isso a rua eleita tem que ser múltipla, prática, cheia de serviços, aconchegante. Polyana sintetiza: “É a cidade grande resumida numa rua, sem perder seu lado buBKF2B#$4$,B#FE43#-Z$d,":7;:2B#oG$ Já Rafael Pérez gosta mesmo da Rua Amélia, ",;$]-,.,;5$14;1#$;4"3#$1#-,3#-$3#;$!\2:#;G$ }0F,$S$?41$,-?#-2M,3,o5$6<;:2LB,G$!$U<,$!1Slia e a Rua da Hora, vale dizer, se cruzam. É o

encontro das duas ruas preferidas dos nos;#;$F42:#-4;G$+,;$"8#$S$;KG$V41$#<:-,$-<,$ ><4$,C-,3,$4$1<2:#$U,9,4FG$}V,1?S1$C#;:#$ muito de caminhar pela Rua do Futuro, que foge um pouco do rush da sua paralela, a U#;,$4$H2FA,Go$e$B#":-,;:4$4A234":4$B#1$,;$ duas avenidas que a cercam é certamente um dos grandes charmes da Rua do Futuro. E parece que eu cometi a injustiça de nem B2:,-$#;$,:-2?<:#;$34;;,$-<,$:8#$BE,-1#;,G$ V41$ ",3,$ "8#5$ ><4$ ,$ F42:#-,$ !F4:E42,$ H#ares Sampaio descreveu muitíssimo bem: “Começando ainda ao lado do Parque da Jaqueira, a Rua do Futuro expressa as sombras provenientes da área verde do parque, passando pelas galerias de lojas para todos os tipos de consumidores, com seus cafés e livrarias, como a Livraria Jaqueira, =#-$4I41=F#5$,FS1$3#;$-4;:,<-,":4;$^[<2",$ 3#$d<:<-#5$r2,$!==2,b5$?,-4;$4$F,"BE#"4:4;$ ^H<?W,$ 4$ 1,2;$ -4B4":414":4$ ,$ E,1?<-C<4-2,$r2":,C4b5$,FS1$34$4;B#F,;5$=-S32#;$4$ ,FC<1,;$=#<B,;$B,;,;$;#?-4A2A4":4;oG$ e$ BF218#$ 34F2B2#;#$ 3#$ F<C,-$ "8#$ 9#C4$ t$ #?;4-A,.8#$ ,=<-,3,$ 34$ !F4:E42,G$ }P4F,$ 1,"E8$ 4$ "#$ L",F$ 3,$ :,-345$ =#341p;4$ A4-$ crianças indo à escola a pé, idosos indo caminhar na Jaqueira e muitas pessoas pas;4,"3#$ B#1$ ;4<;$ B84M2"E#;$ ",;$ B#F42-,;5$ num clima bem bucólico, que coexiste com #$1#A214":#$34$A,2AS1$3#;$B,--#;$"#$:-s";2:#5$ ,;;2",:<-,$ 3#;$ B4":-#;$ <-?,"#;G$ '#;$ L",2;$34$;41,",$#$BF21,$?<BKF2B#$S$,2"3,$ 1,2;$ 4A234":4Go$ !F4:E42,$ :41$ <1,$ ,12C,$ que mora na Rua do Futuro e acha mesmo que é como morar dentro de uma novela de Manoel Carlos, autor da novela Viver a vida, entre outros sucessos globais. Será? Acho que vou andar mais por lá para conferir essa rua que é quase um universo à parte no ruge-ruge dos arredores

Melissa de Andrade é jornalista e executiva da área de tecnologia. Adorou receber emails dos !":,.#"+%/'%H.1%I*'#,:"#6%7!'%)*"#%4':+6%FJ Março 2010


Escrivinhos

19

[<,"3#$A#<$,$-4;:,<-,":4;$6,=#"4;4;5$:4"E#$#$B#;:<14$34$#?;4-A,-$#$><4$,;$=4;;#,;$4;:8#$ ?4?4"3#G$'8#$S$B#1<1$4":-4$#;$?-,;2F42-#;$#$E7?2:#$34$:#1,-$;,><J5$?4?23,$6,=#"4;,$t$?,;4$ de arroz fermentado, que, teoricamente, acompanha bem os sushis, sashimis, etc e tal. A grande maioria aposta na boa e velha Coca-Cola para acompanhar as iguarias da culinária oriental. Mas todo apreciador de vinho que se preze já pensou em tentar ou tentou harmonizar a ?4?23,$B#1$,$B<F2"7-2,$3,$:4--,$3#$;#F$",;B4":4G$!L",F5$,FC<1$A2"E#$B#1?2",$B#1$6,=#"4;,m 01$12"E,$#=2"28#5$4I2;:41$:-J;$A2Fg4;$6,=#"4;4;$><4$=#341$}9<F12",-o$<1$A2"E#X$#$1#FE#$ ;E#<5$#$C4"C2?-4$4$#$W,;,?2$^-,2M$9#-:4bG$V4":,"3#$E,-1#"2M,-$;41$,$=-4;4".,$34;;4;$2"C-4dientes ou usando o mínimo deles, o resultado pode ser satisfatório. Os molhos adocicados :,1?S1$ =#341$ B,<;,-$ <1,$ 34;,-1#"2,$ ",$ B#1?2",.8#G$ P#-:,":#5$ ;46,$ =,-B21#"2#;#$ "#;$ acompanhamentos. e;$ A2"E#;$ ?-,"B#;$ 6#A4";5$ 4;=<1,":4;$ ?-<:$ ^;4B#;b$ 4$ #;$ -#;S;$ ;8#$ #;$ 1,2;$ 2"32B,3#;$ =,-,$ acompanhar comida japonesa. Outros vinhos que também harmonizam com os pratos típicos 3#$u,=8#$;8#$#;$=-#;4BB#;$^4;=<1,":4;$942:#;$B#1$,$<A,$=-#;4BB#b$4$#;$64-4M$L"#;$4;=,"EK2;5$ ><4$;8#$A2"E#;$9#-:2LB,3#;G$+,;$#;$B,1=4g4;$",$E,-1#"2M,.8#$;8#$#;$?-,"B#;$942:#;$ B#1$,$<A,$,F418$U24;F2"CG V,1?S1$4I2;:41$E#64$"#$14-B,3#$,FC<1,;$2":4-4;;,":4;$#=.g4;$34$ vinhos feitas exclusivamente para acompanhar os sushis e cia. h1,$34F,;$S$#$,-C4":2"#$e-#,5$=-#3<M23#$",$-4C28#$34$+4"doza, na Argentina. A bebida foi desenvolvida pela enóloga 6,=#"4;,$ €#R#$ H,:#5$ ><4$ <:2F2M#<$ ,;$ <A,;$ V#--#":S;$ 4$ P2"#:$ '#2-$ ",$ B#1=#;2.8#G$ x$ <1$ A2"E#$ 6#A41$ 4$ B#1$ acidez equilibrada. e<:-,$ #=.8#$ S$ #$ ?-,;2F42-#$ H<;E2$ r2"G$ P-#3<M2do na Serra Gaúcha pela vinícola Valmarino, F4A,$41$;<,$B#1=#;2.8#$,;$B4=,;$DE,-3#"",5$ Malvasia Bianca e Moscato. A proposta do primeiro vinho nacional feito para harmo"2M,.8#$ B#1$ ,$ C,;:-#"#12,$ #-24":,F$ S$ 34$ uma bebida leve e refrescante, com ricos aromas. Foi criado em parceria por uma equipe composta por agrônomos, enólogos e sommeliers, em busca do equilíbrio com a comida japonesa. 0;B#FE,$#$;4<$4GGG$R,1=,2Z$^<1$?-2"34Zb * Fabiana Gonçalves é jornalista e somme!:"#%0#.2++:.1'!%0"!'%K++.3:'5-.%E#'+:!":#'% /"%L.44"!:"#+%MKEL?LNJ6 Março 2010


Quem tem mais de 30 anos, como eu, vai lembrar da febre que foi o river -,23$"#;$,"#;$Q)G$e$6#C<2"E#$3#$A234#C,14$!:,-25$41$><4$#$6#C,3#-$34A4-2,$ B#"3<M2-$#$,A28#M2"E#$,:S$,$;<,$?,;45$34;A2,"3#$34$:2-#;$3#;$,3A4-;7-2#;$ ^r46,$"4;;4$F2"R$4$-4F41?-4X$http://www.jogueaki.ig.com.br/jogos-onli1"60C0OP.>.Q#:A"#R#':/JG$e$6#C,3#-$,2"3,$:4-2,$><4$,?,;:4B4-$#$,A28#M2"E#$ =,-,$"8#$;4-$4F212",3#G$P#2;$?415$A234#C,14$"8#$:41$",3,$,$A4-$B#1$4;;4$ espaço. Mas foi apenas para fazer referência a uma banda pernambucana que, ao que parece, tem combustível de sobra para o sucesso.

Música

20

O nome da banda? River Raid. d#-1,3,$=#-$U2B,-3#$z48#$^C<2:,--,5$A#Mb5$03<,-3#$P4-42-,$^?,2I#b5$+,-B4F#$ P#1=2$ ^C<2:,--,5$ A#Mb5$ P43-#$ k4"-2><4$ ^?,:4-2,b$ 4$ ]2F?4-:#$ j4M4--,$ ^C<2:,--,b5$,$U2A4-$U,23$=#34$,:S$"8#$:4-$#$34;:,><4$",B2#",F$><4$14-4B4G$ +,;$9#-,$3#$j-,;2F5$A41$,--4?4":,"3#G$0$"8#$S$34$E#64G$k7$%)$,"#;$",$4;trada, a River Raid detona um rock dos bons, conseguindo arrancar elogios 3,$B-O:2B,$4;=4B2,F2M,3,$=4F#;$0;:,3#;$h"23#;G$'#$L",F$3#$,"#$=,;;,3#5$#$ ><2":4:#$F,".#<$}c"$,$d#-4;:o5$><4$:-,M$%)$1n;2B,;$C-,A,3,;$41$+2,125$"#;$ 4;:n32#;$3,$U43$V-,II$4$P#W4-$H:,:2#"5$34$=-Sp=-#3<.8#$34$U#3-2C#$D#4FE#$ ^U4B294b$4$=-#3<.8#5$12I,C41$4$1,;:4-2M,.8#$34$$u#E"$D#-"L4F35$=-#3<:#-$ inglês que traz no seu currículo trabalho com bandas do naipe de Oasis, H<=4-C-,;;5$+<;45$U#?4-:$PF,":5$H:#"4$U#;4;$4$VE4$r4-A4G A bolachinha já começou a causar efeitos colaterais satisfatórios. A River U,23$B#"><2;:#<$<1$F<C,-$"#$k#:w))$3,$-4A2;:,$j2FF?#,-35$#$><4$"8#$S$=#<ca coisa para quem faz um rock a la Sonic Youth na terra do mangue beat. h1,$=#;2.8#$><4$;K$9,M$B#";#F23,-$,$E2;:K-2,$3,$?,"3,$"#$B4"7-2#$2":4-",B2#",FG$0$><4$"8#$9#2$97B2F$B#"><2;:,-G$e$=-2142-#$32;B#$9#2$C-,A,3#$41$ /)))$4$F,".,3#$"#$14-B,3#$41$/))*G$U4"34<$<1,$:<-"J$><4$=,;;#<$=4F#$ V4I,;5$ '4W$ €#-R$ 4$ +,;;,BE<;;4:;G$ '#$ ,"#$ =,;;,3#5$ :4A4$ 1,2;G$ !FS1$ 34$ ,=-4;4":,.8#$"#$D#FF4C4$+<;2B$u#<-",F5$#$1,2;$,":2C#$94;:2A,F$34$1n;2B,$4$ B2"41,$34$'#A,$c#-><45$><4$-4"34<$,:S$14;1#$C-,A,.g4;$34$B,1=,"E,;$ publicitárias de uma empresa londrina. D#1#$;4$AJ5$B#1$#$:,"><4$BE42#$34$:21?-4;5$?,-<FE#$4$2"9#-1,.8#5$#$,A28#$ River Raid tem tudo para conseguir voos ainda maiores pelo planeta em 2010. Boa sorte, moçada!

Foto: Divulgação

[<41$ ><2;4-$ B#"E4B4-$ 14FE#-$ ,$ ?,"3,5$ B#"L-,X$ http://www.youtube. com/watch?v=Qb0JeVbJ9Qw

Março 2010


Música

Qual disco você está ouvindo ultimamente? 21 S"1C.%.*A:/.%<'+,'1,"%.%1.A.%/:+3.%/.%D:/'/-.%T1+,:>'/.$%.%UVC***B;$% pela excelência e virtuosismo na produção musical, nos arranjos, na 0"+)*:+'%/"%,:4<#'>"4$%+"4%3.1,'#%)*"%'+%49+:3'+%+-.%4*:,.%&G3":+% de digerir, e as letras muito corajosas. Sou fã do Cidadão ao estilo fã de Los Hermanos, sei todas as letras decoradas e cantarolo todos os arranjinhos de teclado e solos de guitarra. Qual disco você está ouvindo ultimamente? Quando presenteio discos, geralmente gosto de dar discos históricos, W+%A"("+%',8%"4%A:1:!F%UX:1/%.&%E!*";$%UK%@.A"%L*0#"4";$%US:4"%Y*,;$% UK<<"Z% [.'/;$% US#'1+';$% UK+% D:/'/"+;$% UK&#.3:<"#/"!:';$% ",36% H'+% hoje, se fosse presentear alguém, daria o novo disco do Otto, “Certa H'1C-%K3.#/":%/"%L.1C.+%T1,#'1)*:!.+;$%0"!.%0./"#%)*"%,"4%/"%'>#'/'#%'%,./.%,:0.%/"%09<!:3.%0.#%3'*+'%/'%)*'!:/'/"%:13.1,"+,GA"!%/'+% canções. Uma canção que faz você “viajar” U\*/";$%/.%['/:.C"'/6 Um disco que mudou sua vida. Na verdade, não é nem um disco que mudou minha vida, mas é quase :++.F% UE*"1'% ]:+,'% L.3:'!% D!*<;$% 2!4"% /"% ^:4% ^"1/"#+% )*"% >"#.*% também um trabalho musical com o produtor americano Ry Cooner. Às vezes tenho a impressão que foi depois de me emocionar com T<#'C:4%_"##"#%)*"%/"3:/:%/"%&',.%+"#%49+:3.%0#.%#"+,.%/'%A:/'6 Foto: Lua Durand

* Marcelo Cavalcante é jornalista.

Março 2010 Fone: 2126.2266 | www.setsistemas .com.br


V<-2;1#

22

Em meados dos anos 90, uma nova febre instalava-se em terra brasilis: o Caminho de Santiago de Compostela, na Espanha. Misto de turismo, aventura, força e fé, a viagem ganhava fôlego e mídia através do livro O Diário de Um Mago, do acadêmico Paulo Coelho, que, numa experiência pra lá de exotérica e mística, relatava o encontro do caminho da própria vida naquelas terras espanholas. H,":2,C#5$ =,-,$ ><41$ ,2"3,$ "8#$ F2C#<$ #$ "#14$ t$ =4;;#,5$ S$ V2,C#5$ <1$ 3#;$ ><,:-#$ =-2142-#;$ 32;BO=<F#;$ 34$ D-2;:#G$ !=K;$ a morte do seu Mestre, V2,C#$ =-4C#<$ ,$ =,F,A-,$ B-2;:8$ "#$ B#":2"4":4$ europeu por sete anos. Retornando à Palestina, foi perseguido e morto a mando de Herodes, tendo seus restos mortais depositados fora dos muros da cidade. Anos depois, aos 44 da era D-2;:85$#$:n1<F#$34$V2,go teria sido encontrado =#-$,FC<";$3#;$;4<;$LS2;$ e enterrado em terras desconhecidas. Reza a lenda que oito ;SB<F#;$34=#2;5$<1$4-412:,$3,$-4C28#5$=,;:#-4,"3#$#A4FE,;5$ observou uma estranha chuva de estrelas indicando um único ponto nas montanhas. Seguindo-a, encontrou o local exato 3#$:n1<F#$34$V2,C#$4$,F2$9#-,1$B#";:-<O3#;$<1$1#",;:S-2#;$ 4$ <1,$ B,=4F,$ 34$ =43-,;G$ D-2;:8#;$ A2"E,1$ 34$ :#3,;$ ,;$ =4-tes e nascia, naquele momento, uma das peregrinações mais importantes em todo o mundo: o Caminho de Santiago do D,1=#$ 3,;$ 0;:-4F,;$ ^D,1=<;$ $ H:4FF,4b5$ <1,$ -494-J"B2,$ ,#$ 4;=4:7B<F#$=-4;4"B2,3#$=4F#$4-12:8#G P,;;,3#;$><,;4$3#2;$12F$,"#;5$,$=4-4C-2",.8#$:#-",p;4$B,3,$ dia mais conhecida no mundo, tendo ultrapassado as fronteiras da Igreja Católica para se transformar, muito mais do ><4$<1$B,12"E#$-4F2C2#;#5$"<1,$-#:,$34$<"28#$4":-4$=#A#;$34$ diferentes credos, raças e objetivos. Uma troca de energia e 9#-.,5$34;=-4:4";2#;,$4$n"2B,5$><4$9,M$=4;;#,;$;4$234":2LB,-41$,:-,AS;$34$#FE,-4;5$,=4-:#;$34$18#$4$,?-,.#;$=4-4C-2"#;G$ Um lugar onde nada é mais forte do que trocar experiências, sorrisos e estímulos ao próximo. Março 2010


V<-2;1#

E,A2,$34;2;:23#$T$4$,=-4"34-$,$A2A4-$B,3,$32,$2":4";,$ 23 4$=F4",14":4o5$B#":,G Muitas pessoas têm o sonho de percorrer o Caminho, mas se acham velhas, fora de forma ou, por alguma raM8#5$2"B,=,M4;$34$9,MJpF#$4$LB,1$,F214":,"3#$#$;#"E#$ por anos, sem coragem de dar o primeiro passo. Quem 67$4;:4A4$=#-$F75$C,-,":4G$'8#$4I2;:41$?,--42-,;5$"8#$ existem fronteiras. Se o Caminho lhe convoca, atenda o chamado e vá. “Embora seja interessante estar bem B#"32B2#",3#$ L;2B,14":45$ <1,$ A4M$ ><4$ #$ D,12"E#$ #94-4B45$ ;215$ <1$ 34;,L#$ 9O;2B#5$ ,$ 1,2#-$ 32LB<F3,34$ para um peregrino é quebrar os paradigmas, as regras de vida e de comportamento do dia a dia. O Caminho é um recomeço, onde você é livre para fazer tudo diferente, se quiser, só que dessa vez você será adulto para aceitar e compreender as inevitáveis consequênB2,;o5$LF#;#9,$d7:21,G !$ 4IB4.8#$ 3#$ ,F:#$ 2"A4-"#5$ 4":-4$ 34M41?-#$ 4$ ,?-2F5$ quando a neve pesada põe em risco a vida do cami"E,":45$ ,$ =4-4C-2",.8#$ =#34$ ;4-$ 942:,$ 41$ ><,F><4-$ época do ano, sendo as mais aconselháveis entre maio

Fotos: Naide Nóbrega

k7$1#:2A#;$32;:2":#;$><4$F4A,1$<1$B23,38#$,$=4-B#--4-$ ,$ -#:,$ B#1=#;:4F,",G$ k7$ #;$ ><4$ A8#$ ,$ 0;=,"E,$ 9,M4-$ trecking, uma vez que o percurso mais famoso possui ",3,$14"#;$><4$*v)$R15$;4=,-,"3#$,$B23,34$9-,"B4;,$ de Sean Jean Pied Port da cidade de Santiago de Com=#;:4F,5$",$F2"3,$4$A4-34$-4C28#$4;=,"E#F,$3,$],FOB2,G$ Há os que peregrinam religiosamente, como prova de fé. Outros se metem na aventura por turismo, pelas paisagens incríveis, pela beleza das cidades medievais, gastronomia de ponta e tantos outros encantos da terra de Gaudí, Picasso e Federico Garcia Lorca. V,FA4M$,$C-,"34$1,2#-2,$A2,64$=,-,$:4;:,-$;4<;$F212:4;$ #<5$=-2"B2=,F14":45$?<;B,-$#$,<:#B#"E4B214":#G$'8#$ importa o motivo, o fato é que o número de brasileiros a caminho está em pleno crescimento e em Per",1?<B#$ "8#$ S$ 3294-4":4G$ }!$ B,3,$ ,"#$ =4-B4?#$ ,<mentar o interesse do pernambucano por caminhar, se agrupar. Muitas dessas pessoas já se encontram, de uma forma ou de outra, contaminados pelo vírus do Caminho, mas precisam de um primeiro passo em terras conhecidas para, em seguida, se deixar seduM2-$ =4F#$ BE,1,3#$ 34$ H,":2,C#o5$ ,L-1,$ ,$ =-4;234":4$ 3,$ !;;#B2,.8#$ j-,;2F42-,$ 3#;$ !12C#;$ 3#$ D,12"E#$ 34$ Santiago em Pernambuco, a arquiteta Fátima Ananias. Com sede no Rio de Janeiro, a As;#B2,.8#$ =-#1#A4$ -4<"2g4;$ 14";,2;$ para informações sobre a peregrina.8#5$ :-#B,$ 34$ 4I=4-2J"B2,;$ 4$ 2":4-,.8#$=4-4C-2",5$,FS1$34$412:2-$C-,:<2tamente a Credencial do Peregrino, espécie de passaporte com o qual o aventureiro terá acesso aos albergues e outros benefícios na Espanha, dentre eles o recebimento da Compostelana, um tipo de diploma, concedido pela Igreja Católica aos peregrinos que cumprem pelo menos os últimos 100 km a pé, de bicicleta ou a cavalo. “Aqui no Recife funcionamos de maneira bem informal, com reuniões mensais abertas a todos os interessados. Somos amigos que amamos e somos gratos ao Caminho. Por isso, nos propomos a orientar e acolher os protoperegrinos, mantendo sempre em crescimento essa rede de amor fraterno, que repliB,$#$><4$,B#":4B4$41$D#1=#;:4F,o5$32M$d7:21,5$B#1$ #FE#;$34$41#.8#5$B#1#$;41=-4$,B#":4B4$><,"3#$9,F,$ de Santiago. !$-4=-4;4":,":4$3,$!;;#B2,.8#$67$94M$#$D,12"E#$3<,;$ vezes e conta um pouco do que aprendeu por lá. “Como muitos brasileiros, meu interesse foi desper:,3#$=#-$<1,$432.8#$3#$]F#?#$U4=K-:4-5$41$%```G$!$ reportagem surgiu como resposta ao desejo que me -#"3,A,$34$41=<--,-$14<;$F212:4;$p$L;2B#;$4$=;2B#FKC2B#;$T$=,-,$B,3,$A4M$1,2;$F#"C4G$$z7$4<$=<34$-434;B#?-2-$ ,$ 12"E,$ B#"L,".,$ "#$ ;4-$ E<1,"#$ p$ #$ ><4$ 67$

e junho ou setembro e outubro, primavera e outono, -4;=4B:2A,14":4G$!$,B#1#3,.8#$;4$37$41$,F?4-C<4;5$ onde o peregrino tem dormida, banho quente e às vezes, comida garantida. Para os que desejam maior conforto, a rota está praticamente toda servida pelos BE,1,3#;$ E#;:,2;$ T$ =4><4"#;$ E#:S2;$ B#1$ :#3,$ 4;:-<tura e privacidade. Mas, conversando com peregrinos, "8#$-4;:,$3nA23,X$",3,$14FE#-$3#$><4$#$4":-#;,14":#$ dos albergues à noite. Jantares regados a bom vinho espanhol, comidas feitas pelos próprios caminhantes e muita, muita energia boa, proveniente de estrangeiros 34$A7-2,;$=,-:4;$3#$1<"3#5$><45$"#$L",F$3,;$B#":,;5$ 9,F,1$ <1$ ;K$ 232#1,X$ ,><4F4$ ><4$ "8#$ ;4$ ,=-4"34$ ",$ 4;B#F,$4$;4$9,F,$B#1$#$B#-,.8#G Serviço !;;#B2,.8#$3#;$!12C#;$3#$D,12"E#$34$H,":2,C#$T$B,12nhodesantiago.org.br '#$U4B294X$d7:21,$!","2,;p$Q%$``**G)_`%$a$9,Y?-G2":4-G"4: Março 2010


Personagem

24

UY%E#'+:!%8%4:1C'% +">*1/'%0G,#:';% Jean Victor Martin.

Quem estudou na Aliança Francesa Derby ou Boa Viagem nos últimos quatro anos ou, de alguma outra forma, manteve contato com o francês Jean Victor Martin, que atuou durante esse período como diretor das Alianças no Recife, por essas horas alimenta uma certa saudade. É impossível ter conhecido e convivido de perto com esse francês - de jeito todo brasileiro - e "8#$,312-7pF#$=#-$;<,$;21=,:2,5$=-4;:,:2A23,34$4$,F4C-2,$34$A2A4-G$ k7$;42;$14;4;$#$9-,"BJ;$A2,6#<$=,-,$,$F#"CO"><,$'#A,$‚4Fs"32,5$=,-,$4"B,-,-$1,2;$<1,$12;;8#$3,$-4"#1,3,$2";:2:<2.8#$9-,"B4;,X$;4-$32-4:#-$",$B23,34$34$~4FF2"C:#"$^B,=2:,F$3,$'#A,$‚4Fs"32,b$4$34F4C,3#$C4-,F$3,$!F2,".,$"#$ país, o que o leva a coordenar doze unidades da rede. u4,"$r2B:#-$",;B4<$",$B23,34$34$!"C4-;5$"#$r,F4$3#$z#2-45$-4C28#$#4;:4$3,$ França, conhecida pelos belíssimos castelos e apurada gastronomia. As viaC4";$=4F#$1<"3#$4;:,A,1$41$;4<$34;:2"#G$@4$%`*/$,:S$E#645$,$;<,$B,--42-,$ na Aliança Francesa já o fez mudar de residência por dez vezes, passando =#-$=,O;4;$B#1#$V,2Fs"32,5$0><,3#-5$r,"<,:<$^P,BOLB#$H<Fb5$c:7F2,5$,FS1$3#$ Brasil e da própria França. '#$L",F$3#;$,"#;$;4:4":,5$><,"3#$:-,?,FE#<$"#$j-,;2F$=4F,$=-2142-,$A4M5$41$ dF#-2,"K=#F2;5$B#"E4B4<$ƒ"C4F,5$><4$A2-2,$,$;4-$,$;<,$4;=#;,5$L4F$4;B<342-,$ e companheira de viagens. “Ela era dona de uma casa de chá e chocolates ao lado da Aliança Francesa e eu, como sou um pouco guloso, frequentava 1<2:#$ ,$ F#6,o5$ B#14":,5$ B#1#$ ;41=-45$ BE42#$ 34$ E<1#-G$ [<,"3#$ 41$ /))v$ ;<-C2<$<1,$"#A,$#=#-:<"23,34$34$:-,?,FE,-$"#$j-,;2F5$#$B,;,F$LB#<$",$:#-B23,G$}e$B,-C#$4;:,A,$32;=#"OA4F5$14<$B,F4"37-2#$=-#L;;2#",F$14$=4-12:2,$ A#F:,-$=,-,$#$4I:4-2#-$4$,$9<".8#$B#--4;=#"32,$t;$12"E,;$B,=,B23,34;G$ Passei por várias entrevistas e acabei sendo escolhido. Para Ângela foi 21=#-:,":4$,$:O:<F#$=4;;#,FG$P,-,$1215$,$:O:<F#$=-#L;;2#",F$4$,94:2A#5$ =#2;$B#";234-#$#$j-,;2F$,$12"E,$;4C<"3,$=7:-2,o5$B#":,G$ Além de desenvolver atividades pedagógicas e culturais, o diretor 3,$!F2,".,$d-,"B4;,$:41$#$=,=4F$34$B<23,-$3,$?#,$,312"2;:-,.8#$4$ 9,A#-4B4-$#$=-4;:OC2#$3,$!F2,".,$6<":#$t$=#=<F,.8#$4$2";:2:<2.g4;$F#cais. “É um trabalho ao mesmo tempo administrativo, de chefe de 4><2=4$4$34$-4F,.g4;$=n?F2B,;o5$4I=F2B,$+,-:2"G$+,;5$",$A4-3,345$#$ 9-,"BJ;$<F:-,=,;;#<$#;$1<-#;$3,$2";:2:<2.8#$4$94M$<1$B,12"E8#$34$ laços afetivos. O carinho que cativou foi tamanho que, próximo ,$;<,$=,-:23,$=,-,$'#A,$‚4Fs"32,5$-4B4?4<$3,$Ds1,-,$+<"2B2=,F$ #$VO:<F#$34$D23,38#$3#$U4B294G !$4;:,32,$"4#M4F,"34;,$:41$;23#$:-,"><2F,5$1,;$#$9-,"BJ;$"8#$ 4;B#"34$ ,;$ ;,<3,34;$ 3#$ j-,;2FG$ }!=4;,-$ 3#$ 9-2#5$ ,$ '#A,$ ‚4-

Março 2010


Fotos: Acervo pessoal

Personagem

Fs"32,$S$<1$=,O;$1<2:#$C#;:#;#5$34$C4":4$,?4-:,5$43<B,3O;;21,5$=,2;,C4";$ 25 34;F<1?-,":4;$ 4$ C,;:-#"#12,$ A,-2,3,G$ d#1#;$ 1<2:#$ ?41$ -4B4?23#;G$ '#$ 4":,":#5$:4"E#$1<2:,;$;,<3,34;$3#$B,F#-$3#$'#-34;:4$?-,;2F42-#5$=#34-$;,2-$ de casa às nove da noite com uma simples camiseta nos ombros, sentar no terraço de um bar e tomar alguns chopes ou caipirinhas ao ar livre. Mas, é também do calor humano do recifense que sinto falta. Deixamos aí muitas ,12M,34;5$?#,;5$9#-:4;$4$B#-32,2;o5$,L-1,G

Jean Victor e Ângela: parceiros nas viagens pelo mundo.

Sobre o que mais fascina no Recife, Jean Victor destaca a riqueza patrimonial e cultural da cidade. “Passava horas caminhando nas ruas do Recife !":2C#5$ ,312-,"3#$ ,;$ 9,BE,3,;$ 3#;$ =-S32#;$ ,":2C#;G$ V,1?S1$ ,3#-,A,$ #$ carnaval, a alegria, o festival de cores, movimentos, sons e ritmos. Gosto 1<2:#$ 3#$ 642:#$ 34$ ;4-$ 3#$ -4B294";4X$ <1$ B23,38#$ =-4;#$ "<1,$ B23,34$ 1#vimentada, às vezes caótica, infelizmente violenta, mas, apesar disso, ;#--234":4$4$94F2MG$e$9-,"BJ;$S$1<2:#$-4;1<"C8#$B#1=,-,3#$,#$?-,;2F42-#G$ Ele deveria considerar as vantagens que tem e que só uma parte privilegia3,$3#;$?-,;2F42-#;$=#;;<2X$;4C<-#$;#B2,F5$,=#;4":,3#-2,$34B4":45$43<B,.8#$ gratuita e, por isso, reclamar menos. Admiro a postura do brasileiro, que LB,$ L-14$ "<1$ ,1?24":4$ ?41$ 14"#;$ 9,A#-7A4F$ 4$ ;41=-4$ B#"L,":4$ "<1$ 9<:<-#$14FE#-o5$LF#;#9,G Assumidamente bom de garfo, Martin também alimenta saudades da culinária brazuca. “Destaco os frutos do mar, peixes, além das carnes e frutas tropicais. Morávamos na Avenida Beira Rio e um dos meus divertimentos =-494-23#;$4-,$2-$,#$+4-B,3#$3,$+,3,F4",$"#$;7?,3#$=4F,$1,"E8$B#1=-,-$ ,FC<1,;$34FOB2,;G$!FS1$32;;#5$;#<$98$3,$B,2=2-2"E,$4$3#<$#;$14<;$=,-,?S";$ ,#;$ A2"2B<F:#-4;$ 3#$ r,F4$ 3#$ H8#$ d-,"B2;B#5$ ><4$ B#";4C<41$ =-#3<M2-$ <1$ A2"E#$-4;=42:7A4FoG$e$B#14":7-2#$:41$=4;#$3#?-,3#5$:4"3#$41$A2;:,$><4$,$ França produz alguns dos melhores vinhos do mundo. E por falar na França, Jean Victor possui uma forma toda particular de F23,-$ B#1$ ,$ 32;:s"B2,G$ }[<,F><4-$ ;4-$ E<1,"#$ B,--4C,$ ,$ ;<,$ :4--,$ ",:,F$ "#$B#-,.8#G$0F,$4;:7$,><2G$P#;;#$;4":2pF,$;41=-4$B#12C#G$P#-$2;;#5$"8#$37$ pra ter saudades. Sou francês desde sempre e meio brasileiro, desde que B#"E4B2$ 4;;,$ ?4"32:,$ :4--,$ 34$ A#BJ;G$ '<1,$ =-#L;;8#$ B#1#$ ,$ 12"E,5$ ;4$ A#BJ$"8#$4;:2A4-$=-4=,-,3#$=,-,$,C<4":,-$,$32;:s"B2,5$"8#$4;:2A4-$32;=#;:#$ ,$34;B#?-2-$:4--,;$"#A,;$4$=#A#;$3294-4":4;5$S$14FE#-$LB,-$41$B,;,G$P#-$ outro lado, vamos a França duas vezes por ano e podemos rever os amigos 4$"#;;#;$LFE#;5$z,<-4":$^fw$,"#;b$4$011,"<4FF4$^/f$,"#;b5$><4$1#-,1$41$ P,-2;oG e$B,;,F$9-,"B#p?-,M<B,$67$:41$3,:,$B4-:,$=,-,$A#F:,-$34L"2:2A,14":4$,#$ U4B294G$P-4A4"3#$><4$4;:,$;4-7$,$nF:21,$12;;8#$,":4;$3,$,=#;4":,3#-2,5$ Jean Victor comprou um apartamento por aqui e já tem planos para futu-#G$}@4A4-41#;$4;:,-$34$A#F:,$"#$L",F$34$/)%fG$V4-41#;$<1,$=2;B2"2"E,5$ um terraço, uma churrasqueira, o ventinho gostoso, chope geladinho, amiC#;$4$?#";$=,=#;G$e$><4$1,2;$=#341#;$34;46,-mo5$=4-C<":,G A Mon Quartier aproveita a oportunidade para dar as boas vindas ao novo diretor das Alianças no Recife, o francês Eric Lahille, e desejar boa sorte a u4,"$r2B:#-$+,-:2"5$"4;;4$"#A#$34;,L#$=4F#$1<"3#G$[<4$4;;4;$,"#;$=,;;41$ depressa e a gente possa logo contar com essa boa energia e esse franco alto astral, bem de perto.

Março 2010


Qualidade de vida

26

Foto: Michel Guimarães Soares

O que faz uma pessoa pegar a sua bicicleta, sair do ReB294$B432"E#$4$=43,F,-$%`)R1$,:S$d,M4"3,$'#A,5$+<"2cípio do Brejo da Madre de Deus? Pois há seis anos cerB,$34$_)$,12C#;$4"B,-,1$#$34;,L#$4$4"9-4":,1$,$jU$ 232 com todas as suas subidas, sob um sol escaldante. A cicloviagem passa por diversos municípios, a exem=F#$34$+#-4"#5$j#",".,5$r2:K-2,$34$H,":#$!":8#5$P#1bos, Gravatá, Bezerros e Caruaru e é dividida em duas 4:,=,;G$'#$=-2142-#$32,5$><4$",$432.8#$/)%)$;4-7$"#$ =-KI21#$32,$/*5$;8#$=4-B#--23#;$B4-B,$34$%f)$R15$:#3#;$ 41$4;:-,3,5$,:S$,$B23,34$34$D,-<,-<G$'#$32,$;4C<2":4$ #$ 34;,L#$S$ ,$ :-2FE,$ 34$ v)$ R1$ ><4$ ;4=,-,$ D,-<,-<$ 3#$ 32;:-2:#$34$d,M4"3,$'#A,5$#"34$4;:7$F#B,F2M,3#$#$1,2#-$ teatro ao ar livre do mundo, nessa época encenando #$4;=4:7B<F#$3,$P,2I8#$34$D-2;:#G$!$4:,=,$B#":41=F,$ Alto do Moura, Riacho da Onça, Pedra do Cachorro e Serra do Moleque.

zerros e Caruaru, além da trilha do segundo dia. Para garantir a segurança dos ciclistas e facilitar a logística de infraestrutura, o passeio é para seletos convidados, sendo a maioria deles componentes dos grupos de ciclismo Cansadus e Pedal Clube de Pernambuco, 67$,B#;:<1,3#;$,$=43,F,3,;$34$F#"C,$32;:s"B2,G$!$3#-mida é em hotel, em Caruaru, e sempre conta com <1,$?#,$9,--,$"#:<-",5$B#1$32-42:#$,$A#M$4$A2#F8#G$e;$ ciclistas voltam para o Recife em ônibus especialmen:4$F#B,3#$4$,;$?2B2BF4:,;$41$<1$B,12"E8#$3,$U,=238#$ Cometa, uma dos patrocinadores do evento, além do Hotel Jardim, Cantina Giuseppe, Grendene, Academia Gym, Impacto Bike, Faab, Supermercado Juazeiro, Construtora Pottencial e Revista Mon Quartier.

}!":4;$ 34$ :<3#5$ ;#1#;$ 1#A23#;$ =4F,$ ;<=4-,.8#G$ H8#$ muitos quilômetros no sol forte, mas o apoio e a companhia dos amigos fazem com que a gente se supere. Mesmo com muito sofrimento, todos os anos queremos -4=4:2-G$ P,-:2B2=#$ 34;34$ #$ =-2142-#$ ,"#$ 4$ ;K$ "8#$ 9<2$ "<1,$n"2B,$432.8#5$=#2;$4;:,A,$34$F<,$34$14Fo5$,L-1,$ #$ ,",F2;:,$ 34$ ;2;:41,;$ +2BE4F$ ]<21,-84;$ H#,-4;5$ 34 anos.

P,-,$><41$:41$2":4-4;;4$41$-4,F2M,-$<1$34;,L#$34;;4$ =#-:45$LB,$,$32B,$34$><41$67$B#"BF<2<$#$=4-B<-;#$B2"B#$ vezes: “Corro três vezes por semana e pedalo duas A4M4;G$',$S=#B,$3#$„P43,F,"3#…$2":4";2LB#$#;$:-42"#;5$ aumentando a quantidade de quilômetros nas pedaladas semanais e, principalmente, nas trilhas de sábado. Além disso ao se aproximar a data, temos que meFE#-,-$ ,F214":,.8#$ 4$ E23-,:,.8#o5$ 32M$ +2BE4F$ H#,-4;5$ membro dos Cansadus, grupo que, juntamente com U#;,F5$#-C,"2M,$#$4A4":#$,"<,FG$}D#"BF<O3#$#$34;,L#5$ S$<1,$;4";,.8#$34$;<=4-,.8#$><4$,=4",;$><41$67$=,-:2B2=#<$;,?4$#$><4$;2C"2LB,o5$,L-1,$+2BE4FG

Segundo a organizadora, Rosaly Almeida, as etapas 1,2;$329OB42;$;8#$#$:-4BE#$4":-4$#;$1<"2BO=2#;$34$j4-

!$+#"$[<,-:24-$,=K2,$#$P43,F,"3#$B#1$P,2I8#$4$34;46,$ sorte, sucesso e fôlego para os corajosos ciclistas.

Março 2010


n007.201003  

Pág. 22 Pág. 10 Pág. 19 $QRR10DUoRRUoUoUoUoUoUoUoUoUoUoUo 1 Março 2010 2 Março 2010