Page 1

Ano 5 | nº 20 | Junho . Julho 2013

JOINVILLE

Duo Moda War Fashion Army Sensualidade Loira Gelada Dia dos Namorados Casais provam que nada separa dois corações apaixonados Festival de Dança Dança Joinville Noivas Ideias românticas para seu casamento

PARCEIROS | MODA | TENDÊNCIAS | CULTURA | BELEZA | SAÚDE | SOCIAL


ANUNCIO MULLER


ANUNCIO MULLER


shopping mueller joinville garten shopping


Fotos Still: Gris Fotografia


Editorial

EXPEDIENTE

FATO Agora que eu sei que não é só a minha mãe quem lê o que escrevo aqui (risos), é fato que estou super feliz com tudo o que acontece no universo da DUO. Fato, que vem do latin factu, significa coisa ou ação feita, acontecimento, sucesso. Fato que precisamos fazer e muito pra nos tornarmos dignos de quaisquer comentários seus sobre nosso trabalho, pois como diz aquele velho ditado, “fale bem ou fale mal, mas fale de mim”. Colocamos a cada edição um material “suado” para a sua leitura e nosso trabalho só faz sentido se você disser algo sobre a revista. Então, precisamos saber ouvir críticas, levantar a poeira e dar a volta

Capa

Fotografia e Tratamento de Imagem Primo Tacca Neto Produção e Styling Renata Tacca Jardel Sousa Modelos | DF Models Jackson Prestes Gabriela Stein Veste Song Modas Beleza Amanda Riege

por cima. Sempre inovando e construindo com muito trabalho nossa querida revista

Diagramação

DUO. Geminianos, esse mês, me entendem ainda melhor. Como é pesado esse signo da criatividade, da comunicação e das tentativas de ajudar que nem sempre são mensuradas ou levadas em consideração quando colocadas em pauta, não é mesmo? Porém, como junho é o mês de tantos geminianos que fazem a DUO, é o mês que mais nos comunicaremos com vocês. É Dia dos Namorados, Festival de Dança, a cidade toda em atividade e a melhor edição do ano saindo do forno. Fato que “não tô cabendo dentro de mim de tanta felicidade”. Fato que esta DUO está linda. Parabéns a todos os envolvidos. O que é o Primo Tacca fazendo capa e editorial de moda super conceitual? O que é o material das loiras geladas? Com todo o profissionalismo e cuidado do Vanderlei do VPF Estúdio Fotográfico, ficou simplesmente incrível. O que é o editorial de noivas? “Romântico pra cachorro” que você pode adotar todos os cãezinhos das fotos. A matéria especial do Dia dos Namorados super local, com pessoas conhecidas. Além disso, temos o material do Festival de Dança, dicas de colônias de férias para seus filhos... Ufa! Bem, eu sempre sou suspeito para dizer, mas essa edição da DUO renovou todas as minhas forças. Fato que estou muito satisfeito! Fato que meio ano já se passou e você, está fazendo 2013 valer a pena? Leia a DUO e continue dividindo suas opiniões conosco. Sabemos ouvir ideias construtivas e com certeza crescer com isso. Adoro Joinville e vou continuar batendo na tecla que temos, sim, condições de fazer um material de ponta com profissionais e artistas locais.

47 3043 2150

Anúncios Denivaldo da Silva design@revistaduo.com.br Tiragem 5.000 exemplares Gráfica Impressul Jornalista Responsável: Mariana Woj (MTB 3580/SC) Fotografia Eberson Theodoro Revisão de Texto Bruno Arins Financeiro Marcelo Kuhnen Colaboradores Camila D’amato Marinaldo de Silva e Silva Leandro Camargo Carlos Bust Drag Conchita Marcos Thomas Osny Martins Leandro Schmidt Windson Prado Rose de Farias Aldo Cadorin Manoella Hoffmann Fabrício de Agustinho Eliezer B. Júnior Distribuição JLC Distribuidora

Nos vemos pela cidade. Boa leitura!

Toni Furtado,

Editor da revista DUO Foto: Matheus Alves

Anuncie em nossa revista! Departamento Comercial Toni Furtado

3025.4990 | 8423.3934 toni@revistaduo.com.br Rua dos Ipês, 525 - Boa Vista 47


Índice 17 111

53

Casa e Decoração

Duo Moda

Duo Viagens

Dança Joinville

99

131

43

Especial de Capa: Dia dos Namorados

Duo Noivas editorial_rose_2.indd 3

73

19/05/2013 17:33:24

141

Social

Loira Gelada

29 editorial_turmadacuca.indd 1

Acampamento Legal

23/05/2013 14:27:18


DUO Casa e Decoração

Ar Gelado

Casa Quente

Cortinas encorpadas, tapetes felpudos, aquecedores e mantas por todos os lados. A estação do frio pede ambientes mais aconchegantes para recepcionar os amigos ou curtir um bom filme. Por Mariana Woj

O inverno está chegando e o friozinho da época agrada a muitos. Nesta estação as pessoas ficam mais elegantes e bem vestidas. Além disso, todos procuram mais aconchego e conforto dentro de casa. Por isso, vale caprichar na decoração. Claro que ficar mudando os móveis em todas as estações não é uma tarefa nada barata, mas apenas acrescentar ou trocar alguns objetos já torna o ambiente mais acolhedor e sem gastar muito.

DUO

17


Tapetes e abajur Para aquecer a temperatura, é indispensável um bom tapete, de preferência felpudo, ainda mais se o ambiente tiver pisos frios, como mármore ou porcelanato. Outra coisa que ajuda muito é adquirir uma peça bonita, como um abajur que pode ser ligado no final da tarde para criar um clima mais gostoso.

Sofás e poltronas Outra sugestão é abusar das mantas nos sofás. Elas deixam o espaço mais aconchegante e ainda podem ser utilizadas quando bate aquele friozinho. As mantas de tricô estão em alta, assim como as almofadas. As cortinas e o papel de parede, principalmente de tecido, também são elementos que ajudam a aquecer a casa. Optar por móveis como sofás e poltronas bem confortáveis é fundamental, mesmo porque é nestes dias que as pessoas aproveitam para

curtir muito mais sua casa. Em um ambiente onde o clima é frio, faz a diferença colocar poltronas com encosto mais alto, com braço e um tecido acolhedor e à frente um puff para esticar os pés. Os sofás mais compridos, em “L” ou que tenham puffs tornam o espaço mais apropriado na estação. O suede, camurça e a lã são os tecidos mais usados nesta época. Já o couro, por ter um toque mais frio, usa-se mais no verão. Para quem não quer trocar as peças, é possível fazer capas, só para ter um toque mais aquecido no inverno.

Dica: Nesta época, as namoradeiras são uma pedida para espantar o frio e curtir a dois.


Abusar das velas Nesta época, as cozinhas e espaços gourmet são muito importantes, pois são lugares de convívio para receber amigos ou familiares em um lanche ou uma refeição com vinho, fondue, massa, sopa ou uma receita bem quentinha. Para deixar o ambiente mais requintado e aquecido, a ideia é utilizar velas aromáticas.

Cores Para quem quer reformar ou construir, as cores devem ser bem pensadas, pois fazem bastante diferença nas sensações de calor e frio. As tonalidades mais quentes são as que têm os tons de alaranjado, marrom e preto. Já as cores nos tons branco e cinza claro deixam o ambiente mais frio, sendo melhor no verão. Para acabamentos em reformas ou construções e objetos de decoração, a madeira com certeza é um dos elementos mais usados, pois aquece e torna os locais mais confortáveis.


Lareiras portáteis Hoje em dia, a maioria das construções não possui mais aquelas lareiras tradicionais, mas a alternativa que está bem em alta é a lareira portátil. Práticas, elas podem ser colocadas na sala de estar ou em qualquer lugar da casa ou apartamento, pois ajudam bastante a conter o frio, além de não produzir fumaça.

Flores As flores ideais para o inverno são flor de cerejeira, gérbera, boca-de-leão, copode-leite, gypsophila (mosquitinho), flor de ervilha, rosas, alstroeméria e orquídeas das variedades chuva-deouro e cymbidium. Esta também é a melhor época do ano para apostar em tulipas, tanto pelo preço quanto pela durabilidade.

Dica: para aqueles que têm dificuldade de acordar nas manhãs frias, o ideal é programar o ar condicionado para estar a 23°C próximo ao horário de despertar. O início do dia ficará bem mais fácil e agradável.


Publieditorial

Paisagismopara áreas dePiscina

A maior dificuldade para áreas de piscina é a escolha certa da vegetação. Estas áreas são muito utilizadas e requerem um bom planejamento, já que a vegetação precisa se adequar a dinâmica do local.

Anuncio Decoração Gui Não podemos utilizar vegetação que caiam muitas folhas. O porte das plantas não pode comprometer a circulação e nem ter problemas com raízes. Entre as plantas que podem ser utilizadas com segurança estão Bromélias, Cycas, Ixoras, Palmeiras (dependendo o porte), Buxus, Strelitzas e Podocarpos. A harmonia estética também é muito importante. Devemos cuidar para não misturar muitas espécies e procurar escolher o estilo de jardim mais adequado ao local. Para isso, é importante a contratação do projeto. Hoje, os projetos de paisagismo realizados em maquete eletrônica dão um realismo impressionante. O cliente pode passear em seu jardim antes mesmo de ele ser executado. Isto traz uma segurança do que ele irá encontrar na entrega da obra, podendo durante a elaboração deste projeto, participar na escolha das plantas e detalhes da decoração.


Na elaboração do projeto, é possível definir alguns itens como: •Captação de água da chuva, que hoje é um item bastante importante, pois pode ser usada para rega do jardim e também na piscina; •Sistema de iluminação; •Desenho do deck e escolha da madeira; •Revestimentos; •E por aí vai. Também é preciso contar com ótimas parcerias para a execução do projeto, pois o cliente que o solicita também quer que o paisagista cuide da implantação do mesmo para que tudo saia de acordo com o que foi projetado. Neste caso, uma boa equipe fará toda diferença, que vai desde a decoração até a jardinagem.

Ivana F. Borba é paisagista há 18 anos. Iniciou sua carreira em Porto Alegre/ RS, atuando por vários anos na área do paisagismo ambiental. Em Joinville desde 2006, foca seu trabalho nas áreas residencial e industrial. Também atuando em espaços públicos, foi convidada para planejar e implantar a vegetação na revitalização da Rua das Palmeiras, em 2012. Ivana F. Borba ivana.fk@terra.com.br www.ivanapaisagista.com.br (47) 9636-5766

(47) 3028-0280


Fotos: Eberson Theodoro


Publieditorial

Algumas pessoas vendem produtos. Outras vendem objetos, e até presentes! A gente distribui felicidade, emoções, sorrisos e surpresas pra fazer o presente muito mais feliz! Uatt?, Pra espalhar coisas boas por aí! Por Mariana Woj Aonde mais você encontraria uma fronha para dois travesseiros? Ou um suporte para notebook com luminária, um despertador em forma de TV ou uma almofada em forma de coração? Bom, tudo isso e mais (dois) mil itens são encontrados na Uatt?, especializada em presentes ( criativos), e irreverentes. Uatt? em Joinville

formatos diferenciados e mensagens alegres

e

irreverentes.

Marli trouxe a franquia para a cidade.

Tornando

A Uatt? inaugurou em Joinville em

assim o ato de presentear uma forma,

A loja comercializa presentes e itens

novembro de 2011 após a identificação

carinhosa de emocionar, surpreender

de decoração coloridos, com formatos

de uma oportunidade de mercado.

e divertir através de presentes e

diferenciados e mensagens alegres e

“Naquela época minha filha mais nova

que ainda assim tivessem preços

irreverentes desenvolvidos por artistas

estava em uma fase que era convidada

acessíveis”, conta a proprietária Marli

catarinenses como Luciano Martins

para vários aniversários de colegas

Marques. Conversando com outras

e Marlowa Marin. Dois peritos em

da escola e eu sempre sentia muita

mães percebeu que não era a única

despertar, através da criatividade, a

dificuldade de encontrar presentes

que passava por esse problema e foi

criança que adormece em cada um.

que fossem Criativos, coloridos, com

ai, com sua visão empreendedora, que

Fotos Eberson teodoro


Marli foi brutalmente

que a vida nos impõem. Tenho somente

surpreendida

pela

a agradecer, primeiramente a “Deus”,

vida. Seu marido e até

minha família e amigos, sem esquecer

então também sócio,

os meus colaboradores que acreditaram

veio a falecer em um

na minha capacidade, de gestão e

fatal acidente de carro,

juntos unimos nossas forças e fomos à

poucos

luta”, relembra.

terem

Mulher sexo forte Marli é empresária há 20 anos. Após se

formar

em

Administração com Gestão em Logística através da

(UFSC)

1993

em

mudou-

se para Joinville, juntamente seu

marido,

com onde

lançaram a respeitada marca Interiori Di Bagno, uma boutique de banho que trabalhava com todos os tipos de acabamentos. Porem em 2002,

meses

após a

Depois da fatalidade, mesmo sem o

nova sede da empresa,

inaugurado

apoio do companheiro, Marli se saiu

que na época contava

muito bem na nova fase. Alguns anos

com 16 colaboradores,

mais tarde, pagou o financiamento,

diretos

indiretos.

aumentou suas instalações e em 2007

Marli viu subitamente

recebeu uma bela proposta de compra

sua vida mudar do dia

de uma marca concorrente que queria

para noite, com dois filhos pequenos

entrar na cidade. Após provar sua

para criar, e em consequência da

capacidade como empresária, Marli

construção e inauguração da nova

optou por vender sua marca e se dedicar

sede, um financiamento junto ao

a família – nesta época, além dos dois

BNDES (Badesc) com parcelas a vencer

filhos, sua família era composta por um

de 48 meses para pagar, pois parte

novo amor e uma filha.

foi construída com recursos próprios

Apenas em 2011, após os filhos estarem

e parte através de financiamento.

crescidos, decidiu voltar ao mundo

Diante dessa situação inesperada a

dos negócios e, foi aí, que conheceu a

empresária, na época, se redescobriu

franquia da Uatt? e resolveu apostar nos

e

produtos coloridos e divertidos.

não

se

deixou

e

abater,

pelas

contingências da vida. “Nos mulheres somos muitos mais fortes e capazes do

Novidades

que podemos imaginar, infelizmente

A escolha pela franquia deu tão certo

somente diante de uma tragédia como

que breve os joinvilenses terão mais

esta

um espaço para comprar presentes da

conseguimos

enxergar

nossa

capacidade diante das dificuldades

Confira algumas sugestões de

Marque na agenda as próximas

presentes para todas as idades:

datas comemorativas e não deixe

0 -15 anos | Almofodas antialérgicas, trocador para bebe, caderno de papel de carta, álbuns, 15-30 anos | Fone de ouvido, pijama, bandeja de notebook, Linha diva (kit de maquiagem, nécessaire), squeeze, jogos.

Uatt?. Aguardem!

de surpreender quem te ama! 12 26 11 12 15 25

de de de de de de

Junho: Dia dos Namorados Julho: Dia da Vovó Agosto: Dia dos Pais Outubro: Dia das Crianças Outubro: Dia do Professor Dezembro: Natal

30- 90 anos | Bonecos para jardim, relógios de parede, Canecas, Aromatizadores de ambiente, aventais animados, kit de vinho, pantufa, bolsa de água quente, capachos para porta.

Uatt? Joinville | Joinville Garten Shopping - Av. Rolf Wiest, 333 -Bom Retiro - Joinville 47 3043 9295


DUO Kids

Para quem não possui o privilégio de folgar no mês de julho, as opções de colônia de férias garantem a diversão das crianças e a tranquilidade para os pais. Escolha a melhor opção e não deixe os pequenos ociosos. Por Ariadna Straliotto Fotos: Divulgação

Nem parece, mas o primeiro semestre do ano já terminou. Logo, as férias escolares estão chegando. Para as crianças e adolescentes é a hora de aproveitar o tempo livre. Interagir, brincar muito e gastar a energia, que, cá entre nós, eles têm de sobra. Se para a criançada o recesso escolar é motivo de comemoração, o desafio para os pais é, mais uma vez, conciliar o trabalho com a rotina de ‘tempo livre’ dos filhos. Enquanto alguns já planejaram a viagem de férias em família, outros buscam formas de propiciar diversão para os pequenos. E não dá para deixálos somente com a televisão, o vídeo game e a internet. Eles precisam se movimentar. A colônia de férias é uma ótima alternativa para envolvê-los, já que permite a participação das crianças em atividades lúdicas, criativas e educativas, mesmo fora da sala de aula. E, claro, eles gostam demais. É a oportunidade de fazer novos amigos, estar em outros espaços, viver novas experiências e descobertas. Nestes dias, há sempre aprendizado, muitos sorrisos e uma alegria contagiante. Em Joinville, várias instituições de ensino e empresas de outras áreas irão abrir as portas para receber as crianças durante o recesso escolar de julho. São diversas opções que prometem

garantir a diversão dos pequenos e tornar as férias inesquecíveis. O “Brincando nas férias”, projeto do Serviço Social do Comércio (Sesc) de Santa Catarina, oferece uma programação de lazer completa em período integral para crianças de três a 11 anos. O objetivo é contribuir para o desenvolvimento cognitivo e sociocultural em um ambiente descontraído. A próxima edição já tem data definida: de 15 a 26 de julho. São atividades, brincadeiras e passeios alinhados com um tema sugerido pelos colaboradores do Sesc. Além das atividades a inscrição dá direito passeios, lanches e modalidade período

e da monitoria, a uma camiseta, almoço para a integral. O Sesc

recebe uma média de 200 crianças por semana. Os valores das inscrições são diferenciados para comerciários, conveniados e usuários e variam de R$65 a R$145 reais para meio período e de R$100 a R$250 reais para período integral. A partir de junho, os pais interessados já podem entrar em contato pela Central de Atendimento em 0800 645 5454 ou pelo 3441-3300.


E não são somente as instituições tradicionais que têm programação especial para esse período. A The Best Academy inovou em julho de 2012 com a organização da primeira edição da “The Best Kids”, a colônia de férias da academia. As crianças de seis a 11 anos são convidadas para aproveitar cinco dias com muito esporte, cultura e lazer. Entre as atividades, destacam-se circo, gincana, piscina e cinema. A turma participa ainda de aulas de karatê, capoeira, ballet e jogos cooperativos. São apenas 25 vagas. A grande demanda nem sempre permite atender a todos e, normalmente, a academia faz lista de espera. As inscrições devem começar no fim de junho e as atividades estão previstas para a segunda quinzena de julho, das 13h30 às 17h30. Para garantir uma vaga, vale ficar atento e se informar pelo 39033158. O investimento, cujo valor ainda não foi definido, inclui coffe break diário e ingresso para o Mueller Play. Profissionais da academia e parceiros como, por exemplo, professores da Escola de Teatro Bolshoi orientam as crianças. O encerramento é em alto estilo com uma “balada teen”, uma festinha com músicas para a criançada se fantasiar e dançar muito. A escola de idiomas Yázigi também propõe uma aproximação com a

comunidade. Para promover essa integração, o projeto Winter Camp foi desenvolvido em 2012 e já atende a um grande grupo - cerca de 200 crianças. A escola se preocupa com o planejamento de atividades dirigidas para cada faixa etária. São oficinas de artesanato, culinária, conscientização ambiental e proteção animal, contação de histórias, músicas em inglês e muitas brincadeiras. Para participar, basta estar dentro

da faixa etária atendida: de sete e 11 anos. As crianças aprendem brincando e tendem a ter mais interesse pelo idioma. Por isso, ter conhecimento em inglês não é pré-requisito. A previsão da escola é receber o público do Winter Camp na segunda semana de julho, das 14h às 18 horas. O valor do investimento ainda não foi definido. Os pais interessados podem buscar mais informações a partir do início de julho pelo telefone 3801-2150.

DUO

29


Lazer já é tradição no 62º Batalhão de Infantaria Joinville tem novos formatos colônia de férias, mas têm opções que já se consolidaram. Algumas instituições se preparam durante o ano para receber os alunos no início das férias prolongadas: em dezembro. É o caso do 62º Batalhão de Infantaria, que há mais de 20 anos organiza a colônia de férias de verão e acolhe, em média, 900 crianças, de sete a 12 anos, durante uma semana em período integral. Militares e monitores civis têm formação para receber as crianças. Além de explorar o espaço do batalhão em atividades como caminhada na mata e pista de cordas, a galerinha participa de várias oficinas: trânsito, judô, dança, pescaria, pintura, teatro, gincana e palestras sobre combate à violência, higiene pessoal e bucal e outras tantas que as próprias crianças podem conferir. A programação de lazer para dezembro já está garantida. Para mais informações, basta entrar em contato em novembro pelo 3433-0338.


Por Marinaldo de Silva e Silva mdesilvaesilva@hotmail.com

Coisas DUO Amor

Menino

Língua Solta

- Mãe, quando é hoje? - Willy, já te falei que não se fala desse jeito... O que você anda fazendo com o Aurélio que eu te dei? - Tio Aurélio tá embaixo do “trabessero” igual você me ensinou pra eu nunca esquecer coisas que aprendo. - Willy, não é “trabessero”, é tra-ves-sei-ro! - Si você gritá “cumigo” vai ficar sem sabê o que vi papai escondendo onte di noite. - Anjinho, não tô gritando... Tô entusiasmando o pedido! Escuta, você já tem 5 aninhos, estamos no ano 2000, e hoje é 14 de fevereiro, meu amor! Mas me diga: o que, onde e por que teu pai anda escondendo coisas de mim? - Porque eu não sei, mas vi ele botando um caixão desse tamanho na portinhola que fica lá atrás da tua máquina de costura. E pôs cadeado. Willy é filho de nosso casal, nascido na edição anterior. Aos 5 anos de idade é um falador, curioso, perguntador, quer saber tudo. Desde o porquê de, na novela Uga Uga, o índio ser branco e ter cabelo loiro e por que Coragem - O cão covarde ser sempre associado ao papai quando mamãe brigava. A mãe tentava explicar isso para o pequeno, quando o pai chegou, entusiasmado, em casa. - Meu amor, você não vai acreditar, eu vi uma estrela agorinha que tem exatamente a tua beleza! - Não disfarça, vai abrindo o jogo.

Prometemos não ter segredos um com o outro. Está pensando em sair de casa? Senti falta de uma porção de livros, inclusive o Harry Potter que você estava lendo pro Willy. - Mãe, esse eu joguei no lixo da escola. Muita mentira, muita mentira... - Willy, vai brincar um pouquinho, não piora as coisas... - Escuta aqui - ela estava irritada segurando a vassoura - o Willy já me contou tudo... Você escondendo caixas pela casa... - começou a chorar. - Mas que menino língua-solta! Mas por quem puxou esse moleque! Amor, é que hoje é nosso dia lá nos Estados Unidos... Feliz Valentine’s Day, meu amor! - Boiei! - Ah, é dia dos namorados lá fora, descobri ontem lendo uma edição da Super Interessante. Queria fazer surpresa! - Mãe, achei o chave do cadeado, tava escondida embaixo do tapete.

Willy vinha empurrando a caixa até a cozinha. Depois de abrir a caixa ele fez dela um esconderijo e escondeu-se. Dela saiu uma almofada gigante bordada com o nome dos três. Beijando-a, ele emendou: “Tô vendo exatamente nesse momento uma estrela tão linda quanto a que vi lá fora”.


DUO Direito

Por Eliezer José Bonan Júnior - Advogado eliezer@bonanmartins.adv.br

Contrato

de Namoro Você já pensou na possibilidade de fazer um contrato com seu namorado/namorada para prever as cláusulas do namoro? O contrato de namoro tem como função principal resguardar o casal dos efeitos gerados pela união estável, que, aliás, são exatamente os mesmos do casamento. Dentre tais efeitos, podemos citar a possibilidade de partilha de bens, a pensão, direitos sucessórios em caso de falecimento, entre outros. O namoro não gera direitos e obrigações tais quais a união estável, que gera a obrigação aos companheiros de obediência aos deveres de lealdade, respeito, assistência, de guarda, sustento e educação dos filhos. O contrato de namoro serve, portanto, para que o casal declare que o relacionamento não se configura em uma união estável, na tentativa de proteger, especialmente, os bens pessoais de cada um dos contratantes. Atualmente a legislação entende que uma união estável começa pelo simples fato de um homem e uma mulher conviverem de forma pública e duradoura, com o objetivo de constituir família. Ou seja, a

diferença do simples namoro para a união estável é muito tênue e subjetiva, porque qualquer relação, não importando o seu tempo de existência, poderia, teoricamente, desde que verificada a estabilidade e o objetivo de constituição de família, configurar-se como união estável. Apesar do fato de que as uniões estáveis, em sua maioria, se originarem de um namoro, vários autores têm apontado alguns aspectos que podem identificar a “passagem” do namoro para a união estável: a coabitação; o nascimento de um filho comum, sendo este assumido, registrado, mantido e educado por ambos os pais; a comunicação à sociedade – família e amigos – sobre a decisão de morarem juntos; a abertura e a administração de conta bancária conjunta, dentre outros. A elaboração do contrato de namoro não requer formalidades muito rígidas. Como qualquer contrato, o texto deve prever com exatidão a que se refere quais as partes contratantes, qual o prazo de duração e que as partes renunciam expressamente ao interesse de constituir família.

Quanto ao prazo de duração este pode ser fixado livremente, porém há a necessidade de renovação deste contrato, não podendo ser por tempo indeterminado. A Justiça brasileira ainda mantém restrições quanto ao contrato de namoro já que, na prática, as normas referentes à união estável se sobrepõem ao contrato. Ou seja, mesmo que haja um contrato de namoro e o casal, na prática, viva em união estável, prevalece esta última. Aceita-se o contrato de namoro com a finalidade de proteção patrimonial, por exemplo. Porém, caso seja identificada a tentativa de fraude à eventual partilha de bens, o contrato perderá sua validade, dando lugar ao reconhecimento da união estável. Conclui-se, portanto, que o contrato de namoro pode ser um meio interessante para resguardar direitos do casal que ainda está vivendo o momento de se conhecer. Ainda assim, caso a realidade observada seja de união estável, anula-se o contrato. Portanto, não se trata, ainda, de um meio totalmente seguro para confirmar a inexistência de união estável.


Lado DUO

Rozane

Campos:

Profissionalismo, energia e beleza em uma combinação de sucesso A empresária, jornalista, modelo e apresentadora revela suas multifacetas e o ritmo acelerado que dá o compasso à rotina cheia de desafios e adrenalina

Por Graziella Bilá Fotos: Elton Costa


Mulher de negócios Foi justamente essa volta ao princípio que norteou Rozane na criação do método de ensino implantado na escola de idiomas que ela fundou, a Winds (antiga Wisdon). “Depois de trabalhar dez anos como franqueada, adquiri know-how para desenvolver uma forma diferente e mais eficaz de aprendizado. Decidi, então, criar minha própria marca e oferecer um serviço diferenciado ao público”. Na Winds, o aluno conhece um novo idioma da mesma forma como aprende a sua língua mãe. “Desenvolvemos vídeos apresentados

Adrenalina Mas para quem imagina que a vida de Rozane Campos limita-se a administrar a escola e posar para os flashes em campanhas publicitárias e editorais de moda – atividades suficientes para lotar qualquer agenda diária - ela adverte: a adrenalina é o seu combustível e sempre existe tempo para novas empreitadas. Formada em jornalismo e aficionada por esportes, Rozane Campos aproveitou sua intimidade com as câmeras para criar o programa Esporte Aventura. Além de participar ativamente da produção e direção, Rozane é apresentadora e personagem das reportagens dignas de tirar o fôlego. Nas matérias, Rozane aparece desprovida de maquiagem ou qualquer outro tipo de produção e encara aventuras como saltos de paraquedas, partidas de paintball, descidas em fortes corredeiras praticando acquaride, acompanhamento ao trabalho da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros e muito mais. “Estamos em negociação com emissoras de TV local e nacional que têm grande interesse em ter o Esporte Aventura em sua grade. A proposta do programa é inovadora e combina dois elementos super apreciados pelo público: aventura e naturalidade. Faço questão de preservar ao máximo a originalidade das matérias, mostrando as dificuldades, falhas e, ao final, o prazer que o esporte de aventura proporciona aos seus adeptos. No Esporte Aventura, as emoções são cem por cento reais”, diz Rozane. Enquanto novas edições do programa estão no forno, Rozane se prepara para mais um trabalho como modelo.

por fonoaudiólogos estrangeiros que enfatizam, além da parte gramatical, a pronúncia das palavras. Porque acreditamos que para uma pessoa se comunicar bem, precisa aprender a falar corretamente”, explica Rozane. Além de escola, a Winds também é uma franquia. Ou seja, os empreendedores que buscam uma nova oportunidade de negócio podem iniciar sua empresa com o respaldo de uma marca já reconhecida no mercado e, ainda, com sistemas operacional e pedagógico estruturados. “A Winds é uma franquia diferenciada. Todo o nosso projeto foi desenvolvido a partir de um minucioso planejamento

estratégico, elaborado com pesquisas de mercado e com a expertise de profissionais qualificados”, completa Rozane. De olho na Copa de 2014 e no crescimento econômico e empresarial de Joinville, a Winds também atua como agência de eventos e oferece serviços especializados como recepções em eventos, traduções de textos e traduções simultâneas envolvendo inglês, espanhol, francês, alemão e italiano. Atualmente, a Winds Idiomas conta com quatro unidades em Joinville, uma em Minas Gerais, duas em Recife, além de uma unidade móvel em São Paulo.

Dessa vez, em solo internacional: ela foi convidada para estrelar um editorial de moda que será produzido na Europa, tendo como cenário as cidades de Londres, Paris e Amsterdã.

em casa, onde cuida dos seus cinco cachorros e fica alheia ao corre-corre. Embora a loucura urbana dê o compasso à sua vida, é na natureza que esta jovem guerreira encontra a sua essência. “A água é o meu vício. A natureza e a vida saudável são as minhas paixões. Sou uma pessoa superpositiva e acredito que é justamente o meu jeito espontâneo o ímã para tantas pessoas e coisas boas que surgem ao longo do meu caminho. Quero sempre mais do que a vida tem a oferecer”, finaliza Rozane.

Adicional de energia Se você está se perguntando de onde vem tanta energia, prepare-se, porque entre um trabalho e outro, Rozane também faz trilha de moto, anda de skate, luta muay thai e acabou de voltar a surfar e fazer yoga. Para Rozane, descanso mesmo é apenas


Especial Dia dos Namorados

Com a chegada do dia dos namorados, a Revista Duo foi atrás de três casais para comprovar que só o amor une e que a distância, diferença de idade ou dificuldades são apenas desculpas para quem não acredita na existência do amor.

Por Mariana Woj Fotos: Eberson Theodoro

DUO

43


Cupido Virtual Namorar ou ter algum tipo de relação à distância é uma coisa que todo mundo viveu, viverá ou conhece alguém próximo com essa história. Normalmente, essas relações não têm um final feliz, porém a proprietária da empresa Trapo Novo, Joana Cristina Fernandes, 25 anos, e o publicitário Gustavo Loureiro Gomes, 27 anos, conseguem tirar de letra a distância de 520 quilômetros e provam que o amor não tem limites.

De repente, era amor “Como a comunicação faz parte do meu mundo, resolvi seguir uma página do Facebook de uma agência de publicidade de São Paulo, pois achei o conteúdo legal. Por coincidência, a pessoa que administrava a página começou a me seguir também. Depois ficamos conversando por Skype e telefone até marcarmos o primeiro encontro“, revela Joana, que foi vítima do cupido virtual e conheceu seu atual namorado pelo Twitter. “No início, poucas pessoas acreditavam que poderia dar certo, eu mesma achava que um namoro à distância (ele mora em São Paulo e ela, em Joinville) seria muito complicado. Até eu conseguir aceitar essa forma de amor, levou um ano”, relembra a jovem. Os dois, que estão namorando há quase três anos, contam que hoje em dia levam a relação numa boa. “Estamos o dia inteiro em contato por meio da tecnologia e nos revezamos para nos ver de uma a duas vezes por mês”, explica Joana.

Fotos: Arquivo Pessoal


Ele completa ela e vice-versa Segundo ela, os dois são muito seguros e conseguem se resolver muito bem com fatores como ciúme, desconfiança e saudade. A jovem destaca que nunca havia passado por uma situação assim, mas que existe o lado positivo numa relação deste tipo. “Era muito dependente da vida dos meus outros namorados e com o Gustavo isso não ocorre, pois tenho ele me apoiando e posso frequentar lugares que gosto sem cobrança. Além disso, como nos vemos poucas vezes, ficamos planejando como será o encontro, o que um quer mostrar para o outro ou quem quer apresentar”, comenta a empresária.

“Como tudo na vida, namorar à distancia também tem seu lado positivo.”

Novo mundo Joana comenta que nunca foi de desbravar lugares novos, mas para ver Gustavo, viajou pela primeira vez de avião, foi até São Paulo sozinha e começou a descobrir um novo mundo. A jovem declara-se ao amado dizendo que seu melhor amigo é o seu amor. “O Gustavo é a pessoa que mais me apoia, me dá dicas e faz as coisas acontecerem. Se estamos juntos, hoje tenho certeza que é pela persistência dele e por acreditar que daria tudo certo”. No final deste ano, o namoro dos dois passará para um novo estágio. Joana está de malas prontas e vai morar em São Paulo, acabando definitivamente com a distância entre eles.


Um Ensina o Outro

Quando é pra ser, não adianta fugir

Todo mundo sabe que a idade não define muita coisa. No fundo, o que importa é a maturidade. E muito mais significante que a maturidade de cada um, é a maturidade do casal. O quanto eles combinam, o quanto se somam, o quanto, apesar das diferenças, se gostam. Quando Tatiana Koneski de Souza, 38 anos, e João Fernando Calixto, 26 anos, se conheceram nunca imaginaram que o amor entre os dois seria tão forte e um completaria o outro.

Depois de uma separação, Tatiana estava começando a redescobrir o mundo, a se conhecer novamente e não pretendia se envolver tão cedo. Porém, a vida não age como nós queremos. Em 2010, no meio da diversão de uma balada, em Florianópolis, João decidiu que queria conhecer aquela mulher melhor. No início, Tatiana chegou a relutar e até se apresentou com outro nome. Mas João foi atrás do que queria, conversou com uma amiga em comum

e não hesitou em entrar em contato poucos dias depois do primeiro encontro. Passados alguns meses, os dois assumiram o romance. “Tive um pouco de receio para apresentar ele às minhas filhas, porque me preocupava com a reação delas. Porém, quando ele as conheceu, elas se encantaram”, conta.


Novo momento

Sintonia

Ano passado o casal teve que tomar uma grande decisão. Tatiana recebeu a proposta de gerenciar a marca Dudalina em Joinville. “Namoro à distância nem passava pela minha cabeça. Quando conversamos, tinha certeza que iríamos terminar, mas ele me surpreendeu dizendo que abandonaria sua boa vida na em Florianópolis – morava com sua mãe, fazia apenas faculdade e sua vida era baseada em festa com amigos – para morar comigo aqui”, conta Tatiana. Esse momento serviu para os dois analisarem e fortalecerem o relacionamento. “Estamos aprendendo a viver com a convivência e decidimos que queremos apenas ser feliz”, destaca a empresária.

Segundo ela, o único problema da pouca idade dele é sua experiência, Ainda assim, ele se mostra muito empenhado a desenvolver os vários papéis que teve de assumir – marido, pai, cuidar da casa. “Nós dois tivemos que aprender a ter paciência. Eu, por ele não saber como fazer as coisas e ele, por eu achar que sei demais”, conta. Tatiana ainda brinca que a relação também preencheu a “cota” da sua casa e da família dele, pois além da diferença de idade, os dois possuem diferença de cor. “Ele é o primeiro negro na minha família e eu e minhas filhas, as primeiras brancas na família dele”, ri. Para evitar que a união caia na rotina - problema enfrentado por muitos casais, os dois procuram sair uma vez por semana e ainda existe uma noite em que eles não assistem televisão para que possam namorar e conversar.

“Há sentimento, há razão, há vontade de permanecer juntos e de enfrentar as barreiras, inclusive essas da idade”


Força do Destino Óbvio que ter dinheiro facilita muito a vida e principalmente uma relação, mas não é isso o que realmente importa. Coragem, atitude e ter ao lado uma pessoa para te apoiar são ainda mais importantes. Marcio da Silva Vargas, 42 anos, e Rosilene Mendes Vargas, 39, estão casados há 22 anos e já passaram pelos altos e baixos da vida sem nunca pensar em se separar. A história de amor do casal é tão bonita como o quanto os dois combinam quando estão juntos.

Na alegria e na tristeza Os apaixonados se conheceram quando eram muito jovens – ele tinha 15 e ela, 12 anos – na cidade de Gravatal. Passaram por um bom tempo namorando escondido e brigando por várias vezes, mas a vida pregou uma peça nos dois. “Quando completei 15 anos, descobri que estava grávida do Jonas. Não tínhamos condições financeiras de morar juntos”, conta Rosilene. Marcio então decidiu mudar-se para Joinville e trabalhar com seu irmão Toni, que possuía um salão de cabeleireiro na cidade. “Conseguia visitar a Rosi, que ficou morando em Gravatal com seus pais, uma vez por mês apenas”, relembra Marcio.

Depois de um ano, Rosilene veio morar com seu marido e as dificuldades foram muitas. “Nosso lar era um quarto que minha tia cedeu para que pudéssemos ficar juntos”, explica Marcio. Dois anos depois a família ganhou mais um integrante, o Jean. Como o quarto ficou pequeno, eles se mudaram para o bairro Aventureiro. Nesta mesma época, Marcio resolveu arriscar e abriu seu primeiro salão. “Era uma sala bem pequena e só tinha eu e uma manicure”, destaca. Enquanto isso, Rosilene foi trabalhar como corretora de imóveis. “Não tínhamos carro. Tanto eu como o Marcio fazíamos tudo de ônibus”, lembra.


Um por todos e todos por um Com o passar dos anos, a vida dos dois começou a melhorar e definitivamente entrou nos eixos quando decidiram trabalhar juntos no salão. Hoje administram dois salões na cidade e sentem orgulho da história que viveram. “Quando olhamos para trás e vemos que conquistamos tudo isso sozinhos, temos uma satisfação muito grande. Só podemos agradecer aos nosso clientes e a nossa equipe que agora divide esse sonho com a gente”, emociona-se Marcio. A união profissional dos dois garantiu ao espaço o título de melhor salão de Joinville. Mesmo estando juntos 24

horas por dia, os dois administram muito bem a relação. “O segredo é ter funções distintas. Eu sou responsável pelos cortes e ela pelas químicas. Tem dias que a gente nem chega a conversar de tão corrido que estão as coisas”, explica o profissional.

“Existem valores bem mais importantes do que o dinheiro”

Novos horizontes Hoje em dia, a vida cheia de surpresas dos dois proporciona algumas regalias, como as duas viagens que fazem por ano – uma para o exterior e outra no Brasil, a compra de um sítio que é o xodó de Marcio e viver com muito conforto, porém nunca deixando de lado o que mais importa: o carinho e o amor entre eles. “O que eu mais gosto no Marcio é sua dedicação e preocupação comigo”, declara-se Rosilene.

Fotos: Arquivo Pessoal


Modelo: Chaienne Cardozo.


Por Manoela Hoffmann manoelah@gmail.com

Fashion List! Beautiful Não há nada mais sexy, em qualquer estação, do que um vestido para dar um ar feminino ao look. No inverno, porém, por vezes eles são esquecidos já que a mulherada prefere apostar nas calças, que ficaram guardadas durante as estações mais quentes. Mas Girls, os vestidos caem bem em qualquer estação. No inverno o bacana é usar os vestidos curtos, manga longa, com as meias fio 40. O legal aqui é que dá para usar tanto de dia quanto à noite, vai depender apenas dos acessórios que acompanham o visual. Com os sem casaco, eles são tudo!! Invista firme nas botas de cano longo, incluindo as overthe-knee (modelo acima do joelho) – com ou sem salto - que ficam lindas com os modelos mais curtinhos!

Luxo master No mundo da moda, se existe cores imprescindíveis são preto e branco. Chiques e luxuosos os looks com essa combinação certamente são a composição perfeita em qualquer ocasião. Contudo, porém, entretanto, essa onda da calça listradinha é mega over! Que tal algo menos óbvio?Eu amo essa pegada Chanel de misturar os dois “favoritinhos”, porque um erro nesse caso é praticamente impossível!

Se você está na “vibe” do black and white, super apoio, sugiro um composê – camisa preta e calça branca (pode até ser listrada), ou quem sabe um vestido, com um pouquinho cinza pra quebrar esse estigma? E um acessório com cor? As geométricas também se encaixam como luvas por aqui! Ah, e se você se deparar um casaqueto branco, agarre com todas as forças, são o quebra galho em qualquer momento. Na Zara e na Siberian, por exemplo, tem uns lindos, com preços bem acessíveis!

DUO Variedades

Futurista Como toda a fashionista, toda a estação me apaixono por uma estampa luxo! Dentre as que estão “bombando” nesse inverno, meu voto vai para os temas que trazem cores e texturas futuristas, puxando para um perfil mais geométrico. Algumas incluem também aplicações de pedrarias e tecidos cintilantes: puro glamour. As cores para dar o tom no estilo são vinho, cinza, azul claro, laranja, marinho e mostarda. Tá com tudo!

Metálica Querídissimas da estação as cores metálicas estão em tudo! Tudo mesmo! Casacos, sapatos, bolsas, blusas ou calças! O metálico deixa as composições elegantes e dão um toque a mais nos looks festa tornam os momentos casuais mais elegantes. Para manter o estilo o bacana é misturar com peças mais básicas, só assim fica tudo bem harmonizado e sem clichês fashion. As cores variam e aparecem nas mais variadas nuances, minha dica é o prata envelhecido e o bronze, que ganharam mais espaço nas semanas de moda.

Fotos: Divulgação


DUO Moda

DE UM LADO OS HOMENS NOS CAMPOS DE BATALHA. DE OUTRO, AS MULHERES AGUARDANDO EM CASA O RETORNO DE SEUS HERÓIS DE GUERRA. MULHERES TÃO GUERREIRAS QUANTO SEUS SOLDADOS. MULHERES FORTES, ELEGANTES E CHARMOSAS. NESTE EDITORIAL VOCÊS CONFEREM TODO O GLAMOUR DO MILITARISMO.

FOTOGRAFIA PRIMO TACCA NETO PRODUÇÃO EXECUTIVA RENATA TACCA STYLIST JARDEL SOUSA BELEZA AMANDA RIEG DUO

53


EDITORIAL DIA DOS NAMORADOS


Onde Encontrar: R. Princesa Izabel, 74 3433 3149


Momentos para

serem compartilhados

Eu, Renata Seliprim e Rafael Custódio...

Eu, Renata Seliprim e Rafael Custódio. Foi o nosso primeiro almoço após nosso primeiro Jornal do Almoço juntos novamente. Marca o início de uma nova etapa na minha vida, longe da minha antiga editoria, o esporte, mas próxima de pessoas especiais, com quem tenho prazer e orgulho de trabalhar. Um novo desafio.

Dizem que joaninhas dão sorte...

Quer momento mais delicado? De repente uma joaninha pousou na minha mão. Ficou caminhado, caminhando… Quando resolvi tirar a foto, ela decidiu ficar paradinha. Parecia fazer pose. Muita gente brincou que parecia uma unha com esmalte em 3D. Dizem que joaninhas dão sorte. Eu acredito!

Vivendo uma nova fase em sua vida, a jornalista Emilim Schmitz é amante de viagens, de esportes e, é claro, do Instagram.

Adorei o resultado desse rímel da foto...

Qual mulher não é apaixonada por looongos cílios?! Eu não dispenso uma boa máscara, daquelas que realçam e muito os nossos olhos. Adorei o resultado desse rímel da foto, então decidi dividir com as meninas. Afinal, dicas de beleza são sempre muito bem-vindas.

Dia de cortar o cabelo...

Dia de cortar o cabelo. A cabeleireira foi fazendo a escova e quando vi estava toda enrolada. A cena que me veio à cabeça foi aquela da famosa frase: “O senhor não gostaria de entrar para tomar uma xícara de café?”. Achei engraçado, postei.

Delícia de hambúrguer!

Só de rever essa foto já volta a me dar água na boca. Delícia de hambúrguer! A composição do prato é linda, mas posso garantir que nada se compara ao sabor. Cuido da minha alimentação durante a semana, mas sábado e domingo está tudo liberado: doce, fritura, exageros… Só alegria!

Momentos especiais...

Esses são meu sobrinho Enzo e meu noivo Luiz. Essa foto tem um significado bem importante pra mim. Foi um dos momentos especiais que me ajudaram a decidir voltar para Joinville. Família não tem preço!


DUO Cabelos Por Junior Borges

Naturalidade

da Cor

Por mais que os profissionais de beleza acreditem que estamos vivendo um ano democrático e que exista espaço para todas as mulheres exercerem suas vontades diante do espelho, algumas características serão adotadas e outras cairão em desuso no inverno. Os cabelos

devem ter, obrigatoriamente, pontos de luz, que são criados de acordo com cada pessoa e o tom natural dos fios. Elegante mesmo será não saber onde começa e onde termina a mecha. São sem marcas e têm a delicadeza do reflexo natural dos cabelos das crianças.

Essa luminosidade criada sob medida para cada mulher - de preferência fio a fio, da raiz até as pontas - darão o tom do ano porque a grande tendência são cabelos equilibrados, clássicos e sem exageros. É hora de dar adeus às pontas claras e raízes escuras.

Ombré Hair

Fios de ouro

Vermelho, sim!

O Ombré Hair, que vem ganhando força desde o verão, também é uma aposta bem forte para o inverno. A técnica consiste no clareamento das pontas dos fios, bastante semelhante à técnica usada para fazer mechas californianas. Para as morenas que querem mudar, mas sem clarear muito o cabelo, uma excelente opção são as ombré lights chocolate, que iluminam suavemente a coloração.

Ao contrário do que aconteceu nos anos anteriores, as nuances mais claras irão predominar na estação, por isso o castanho ganha força, mais iluminado do que nunca. Mas isso não significa que não haverá mudanças. O platinado deixa de estar em voga. É a vez do dourado. Saem o branco e o acinzentado para dar lugar aos tons frios. Aposte nos beges e nuances mais quentes.

O número de ruivas só aumentou. E essa tendência tem tudo para continuar. A cor é um sucesso. Porém, o lema da naturalidade também vale para quem gosta de mechas avermelhadas, portanto, nada de abusar no vermelhão. Os acobreados estarão em alta por serem quentes e luminosos. Outra aposta são os cobres evitando as nuances muito abertas, puxando para o laranja. Porém é preciso ficar atenta, pois nem todas as pessoas combinam com o vermelho. O tom cai melhor nas mulheres de pele clara.

Fotos: Divulgação


DUO Estrelas

Por Marcos Thomas contato@marcosthomas.com

Fotos: Divulgação


Marcos Veras nasceu no Rio de Janeiro, em 09/05/1980. É ator formado pela Escola de Teatro Dirceu de Mattos e publicitário pela Universidade Estácio de Sá. Com um carinho especial pela comédia e pelo humor em geral, desde pequeno, em casa e na escola, imitava os colegas e professores. Na TV, já era fã de Chico Anysio, Ronald Golias, Jô Soares e Os Trapalhões. Era fã também dos seriados O Gordo e o Magro, Jerry Lewis, além de ser admirador dos filmes de Charlie Chaplin. No teatro, também fez dramas e tragédias. Na época da escola de teatro, chegou a representar Shakespeare, onde fez Hamlet e Otelo, e ainda montou Viúva, Porém Honesta

de Nelson Rodrigues. Em 2002, foi contratado pela Cia Time de Teatro sob direção de Iran Mello

“O lado humor nasceu naturalmente, mas gosto de arte.” para espetáculos musicais e esquetes teatrais no shopping temático Barra

World, em que fez Romeu e Julieta, Sonhos de Uma Noite de Verão e musicais como Mouling Rouge, Chorus Line, Sing the Rain e Grease. Nesse tempo, junto com amigos, fez parte da banda cover dos Beatles, a Apple Tree, na qual fez várias festas temáticas no Rio de Janeiro. Atualmente, Marcos Veras está no humorístico Zorra Total da Rede Globo, interpretando vários personagens, como o mafioso gay Frescone, o Menino Soluço, Ruan Santana, entre outros. Além do humorístico, Veras está todas as manhãs no programa Encontro com Fátima Bernardes, também pela Globo.


Revista DUO (RD): Fale um pouco sobre o início da sua carreira. Marcos Veras (MV): Após terminar o segundo grau (antigo ensino médio), percebi que queria trabalhar com comunicação. Entrei em uma escola de teatro, fiz algumas peças infantis, depois adultas e assim foi indo. Percebi que ser ator realmente estava na veia. RD: Sua entrada na TV foi algo que você desejava? MV: Nunca levei minha profissão pensando em TV. Apenas queria ser ator e as coisas foram acontecendo naturalmente. Fiz um cadastro na Globo e me chamaram para uma participação. Logo após, fui ao Programa do Jô e apresentei meu show em 3 blocos. Isso

bombou na internet. Fui chamado para novos testes e cheguei no Zorra Total. RD: Qual foi sua primeira aparição na TV? MV: Acho muito cômica essa situação, pois fui chamado para participar do Sítio do Pica-Pau Amarelo. Fiquei feliz e falei para todos que iria aparecer na TV. Na hora de gravar, percebi que eu ia ser um pavão, coberto da cabeça aos pés e que ficava apenas pulando. Resumindo, ninguém me viu, ninguém me ouviu, ninguém sabe que sou eu (risos). RD: Quem cria seus personagens e textos? MV: Gosto de criar o que vou interpretar

e dar sugestões nas produções em que vou participar. Eu crio e escrevo tudo o que vou trabalhar. Gosto de dar a minha cara a cada trabalho, fala e personagem. RD: O seu lado forte é o humor? MV: O lado humor nasceu naturalmente, mas fui estudando e me aperfeiçoando. Sempre fui fã de programas de humor e ao assistir, sempre reproduzia nas festas de escola e para familiares. Gosto de arte. Se for preciso interpretar um vilão ou um mocinho, acredito que farei direitinho também. Tenho um lado de humor forte, mas não me limito a isso.


RD: Fale um pouco sobre o stand-up Falando a Veras. MV: Estou levando esse show para todo o Brasil, um show super divertido em que ironizo o cotidiano e alguns assuntos do momento. Tenho uma versão completa e outra mais compacta dependendo do que me solicitam. Sou suspeito a falar porque o show é meu, mas está muito bom, vale a pena conferir. RD: Além deste stand-up, você está com a peça Atreva-se junto com sua esposa. Como é essa experiência? MV: Divertida. Como os dois são atores, falamos muito sobre trabalho, discutimos às vezes, mas isso fica lá quando saímos da porta para fora. Quando chegamos em casa, o assunto não tem nada de profissional (risos). RD: Como tem sido a experiência de repórter no programa Encontro com Fátima Bernardes? MV: Tem sido bem importante para a minha carreira, algo novo que tem dado certo. A Fátima é um amor e me ajuda muito, uma excelente profissional. Tem sido bem interessante a experiência. RD: Novos projetos chegando? MV: Sempre tenho, afinal, um artista nunca para. Mas se falar que vou fazer mais alguma coisa no momento, minha esposa me bate (risos). Hoje estou no Zorra Total, Encontro com Fátima, faço rádio e teatro, mas ainda falta o cinema ou novela, que tenho grande vontade, então creio que o próximo projeto é o cinema. RD: Como é conviver com um time de humoristas como no Zorra Total? MV: No Zorra, a gente se diverte muito, pois são comediantes incríveis, e cada vez surgem novos talentos. Eu me sinto honrado em trabalhar ao lado daquela galera. É uma mistura muito boa. RD: O Zorra Total está há 13 anos no ar. Você não tem medo de se tornar algo batido? MV: São mais de 10 anos de programa, isso significa sucesso. Novos humoristas nascendo todo ano, muitos partindo para novos desafios. Digamos que é uma verdadeira escola, e já são tantos anos que acredito em muitos mais pela frente. RD: O que faz o humorista Marcos

Veras perder o humor? MV: Política. Não acredito em política e cada vez acredito menos. Creio que nosso voto é apenas uma desculpa para fazerem o que quiserem e no final falar: “estou aqui porque eles confiam em mim”. Sinto que política tem se tornado um grande espetáculo de deslealdade com as pessoas que confiaram e depositaram seus votos. RD: Você acredita que os humoristas são valorizados em nosso país? MV: Creio que somos, mas sinto que estamos sendo levados a sério demais. Um humorista faz piada de tudo, independente do tema e nem sempre assim é interpretado, principalmente pelos políticos que estão incomodados com certas piadas que na realidade estão expondo as badernas que eles mesmos fazem. Mas no geral, somos valorizados; são novos humoristas

chegando, velhos ressurgindo, humor nunca sai de moda.

o

RD: Um recado para os leitores da DUO? MV: Quero parabenizar a equipe pela qualidade, conteúdo e beleza da revista, realmente muito boa. Sair na revista em que saiu a Xuxa e Susana Vieira com certeza é uma honra para mim, vocês não vão se arrepender de me colocar aqui (risos). Obrigado pela oportunidade e continuem assistindo o Zorra e Encontro com Fátima, sempre estarei por lá. Grande beijo a todos!


Fotos: Alana Schwoelk


DUO novidade

Por Mariana Woj Fotos: Tiago Cazaniga

Organização do evento surpreendeu os convidados e marca um novo momento para a beleza joinvilense


Um verdadeiro espetáculo foi montado para a escolha da representante oficial da beleza de Joinville. Requinte, glamour e tecnologia marcaram a disputa. “Foi o primeiro concurso que organizamos e ainda estamos em fase de aprendizado. Parabenizo à equipe e todos os envolvidos no Miss Joinville 2013. A partir dessa experiência, já começamos a pensar e planejar a edição 2014 para atingirmos um resultado ainda melhor”, explicou Diego Tridapalli, proprietário da Cromma Eventos. Segundo Diego, após a realização do concurso, que há alguns anos estava esquecido na cidade, ficou claro que a população sentia falta de eventos deste porte. “É a maior cidade do estado, merece ter um concurso que a destaque e que o joinvilense possa prestigiar com sua família. Eventos como esse enaltecem a cultura da cidade, deixando-a ainda mais bem vista para o estado e o Brasil”, destaca. O número de candidatas participantes também chamou atenção. Treze meninas entraram em cena para se apresentar aos jurados desfilando individualmente, com traje de gala e de banho. Além disso, todas foram avaliadas pelo carisma e desempenho intelectual por meio de perguntas.

Com vocês, nossa Miss: Nathana Vicenti A vencedora Nathana Vicenti tem 21 anos, é formada em Educação Física e atua como personal trainer. Como vem de uma família de músicos, já gravou um CD. A jovem, que já participou de outros concursos, acredita que entre a funções de uma miss não está somente em mostrar a beleza, mas sim de representar muito bem sua cidade e sua história. “Ela tem a responsabilidade de ajudar a sociedade, buscando melhorias para a saúde, educação e cultura”, explica. Segundo Nathana, não foi tão simples conquistar a coroa. “É uma sensação maravilhosa, procurei estar confiante desde o início, mas a disputa estava realmente difícil. Todas as candidatas são lindas, mas quando ouvi meu nome foi uma emoção muito grande. É a realização de um sonho que, naquele

momento, se tornou realidade”, lembra. A mais bela da cidade se compromete a representar muito bem Joinville e espera durante o seu reinado, que durará por um ano, que muitas portas sejam abertas.


DUO Sexo

Por Claudia Petry contato@sussurra.com.br

Viva o Sexo

com Prazer!

“Nós, mulheres, já queimamos sutiãs em praça pública, conquistamos direitos - e também deveres, abocanhamos grande fatia do mercado de trabalho, levantamos bandeiras e encurtamos saias. Mas na hora de comprar um simples vibrador, muitas ainda ficam com as bochechas rosadas!”. É com essa frase, retirada do blog Guia da Mulher, que inicio esta matéria. Os sex toys, brinquedos eróticos ou brinquedos de gente grande, como costumo falar, podem ser usados como um meio de autossatisfação, para aumentar o prazer durante a masturbação, mas também podem e deveriam ser usados para intensificar as fantasias sexuais, o prazer do casal. É preciso lembrar que temos 5 sentidos e estimulá-los durante o ato sexual é importantíssimo. É aí que entram os acessórios eróticos. Eles proporcionam não apenas estimulação, mas autoconhecimento. Sabendo quais são os pontos que dão mais prazer, você e seu parceiro poderão explorar essas áreas, mesmo sem os acessórios. O importante é usar o acessório como aquilo que ele é: um acessório. O que não é legal é ficar dependente de qualquer tipo de acessório para ter ou dar prazer. Introduzir sex toys numa relação não precisa ser algo embaraçoso ou desconfortável para si ou para a seu parceiro. Vamos analisar a melhor maneira de inserir estes brinquedos numa relação, que proporcionará uma melhor e mais divertida vida sexual. Os fatos são simples: a manutenção de uma vida sexual plena é essencial para a felicidade numa relação de longo prazo para de qualquer casal. Uma vida sexual pouco preenchida e sem novidade

levará a uma frustração e tensão entre o casal que, em último caso, resultará num total desinteresse e insatisfação da sua vida sexual. Os sex toys oferecem um método pelo qual o casal pode enriquecer e enaltecer a sua vida sexual, aumentando não só os benefícios que retirariam do sexo, como passam a viver uma melhor relação entre ambos. Qual é a aproximação correta, então? A comunicação é a chave de qualquer relacionamento. Quando pretende inserir estes brinquedos numa relação, a comunicação é particularmente importante. Primeiramente, é essencial que discuta primeiro as fronteiras sexuais do seu companheiro ou companheira, tal como as suas. A abordagem errada ou o produto inadequado podem deixar o outro intimidado. Simplicidade é a palavra chave nestes casos. É recomendado os casais começarem por pequenos sex toys, que em nada lembram os “realísticos” que eram os únicos apresentados neste mercado. Os novos produtos e acessórios podem dar prazer a ambos. À medida em que o casal começa a ganhar mais confiança com os sex toys, pode começar por explorar as suas fantasias e partir para os mais arrojados. Tem tudo a ver com derrubar os muros do preconceito.

O tabu que acompanha desde sempre estes brinquedos para adultos tem sido combatido ao longo dos anos. Para a alegria de muitos, hoje o mercado de sex toys oferece alta tecnologia e design primoroso e premiado. Produtos feitos de silicone macio e com toque suave. Adicione a sofisticação e o conforto na sua vida amorosa. E, juntamente com uma pitada de criatividade do casal, ambos terão o prazer que sempre buscaram. Deixo aqui uma dica: conheçam o Lelo Tiani ou o Lelo Lyla, que foi criado com o pensamento de que um massageador não é apenas para massagear, mas sim, para criar uma noite memorável ao casal. Resistente à água, recarregável, com tecnologia SenseMotion e controle remoto sem fio com alcance de até doze metros de distância. O prazer nunca foi tão fácil de ser locomovido, pois com seu pequeno tamanho, ele pode ser levado a qualquer lugar. Sinta o prazer que estes “brinquedos de gente grande” podem oferecer e melhore cada vez mais sua relação. Claudia Petry é apaixonada pela vida e, inconformada com a hipocrisia com o qual o sexo era discutido, resolveu então, falar abertamente do tema sem tabus e preconceitos.


DUO

73


DUO Make Por Camilla D’Amato

Planeta Mulherzinha Desvendando Mitos da Maquiagem: Verdade ou Mentira? Mudar o visual, arrojar , experimentar , tudo isso faz parte deste mundo lindo e colorido , mas você sabe quais são os maiores mitos envolvendo maquiagem ? Espia .... “ O CORRETIVO DEVE SER MAIS CLARO QUE O TOM DA SUA PELE” MENTIRA Na verdade o corretivo deve ser exatamente da cor da sua pele, o fato dele ser mais claro ao invés de cobrir pode evidenciar ainda mais além de deixar a área mais acinzentada. A dica é aplicar a base na área das olheiras e só depois o corretivo , assim você só aplica a quantidade necessária evitando acúmulo de produto nessa área. “HIDRATAR O ROSTO ANTES DE FAZER A MAQUIAGEM DEIXA O RESULTADO MAIS NATURAL” VERDADE Sim , sim , sim . Quando você vai se maquiar ou até mesmo fazer uma maquiagem no salão faça uma limpeza caprichada, usando demaquilante, tônico facial e hidratante . O importante é usar o hidratante específico para o seu tipo de pele. As gatas de pele oleosa costumar não usar hidratante, nada disso, existe um produto para cada tipo de pele , se necessário consulte sua dermatologista para encontrar o produto adequado ao seu tipo de pele. “MAQUIAGEM DEFINITIVA DURA PARA SEMPRE”

MENTIRA Era uma vez a maquiagem definitiva .... hoje esta técnica recebe o nome de micropigmentação exatamente porque ela vai “desbotando” com o passar do tempo e necessita de manutenção . Pele oleosa , exposição solar sem protetor , uso de esfoliantes e ácidos fazem a micropigmentação durar menos. A dica : desconfie do barato demais , faça vários orçamentos e procure material fotográfico do profissional que você quer contratar , afinal de contas você vai ter que conviver bastante tempo com essa imagem “quase” definitiva. “PASSAR O BATOM COM PINCEL AJUDA NA FIXAÇÃO DO PRODUTO” VERDADE Usar o pincel pode garantir um melhor preenchimento dos lábios , dando uma cobertura e acabamento caprichado, além de fazer o papel do lápis labial e desenhar o contorno com perfeição , principalmente se o batom escolhido for bem colorido ou de cor mais escura. A dica use sempre base e pó nos lábios antes de aplicar o batom , além de aumentar a duração do produto nos lábios revela a cor original . “COMBINAR A COR DA SOMBRA COM A COR DOS OLHOS “

MENTIRA Este tópico sempre causa desconforto por aí, mas é necessário e muda a vida de qualquer mulher, vamos sair do lugar seguro e seguir a regra básica do círculo cromático, que é estudado ou pelo menos deveria por todos os maquiadores profissionais. Usando a regra básica de que os opostos se complementam e por isso causam um maior contraste: (lembrando que o preto é neutro e pode ser usado sempre por todas) Olhos azuis: marrons avermelhados , vinho , laranja , dourado Olhos verdes e cor de mel: ameixa , marrons escuros , roxo , rosa antigo Olhos castanhos : rosa chá , beges naturais , bronze , cobre , azul marinho e verde esmeralda.

A gente se vê por aí ..... Damatocamilla – Instagram Ou me add no Facebook


DUO Sensualidade

Por Andreia Berté andreiabertew@andreiaberte.com.br

Dama na sociedade e a

perversa na cama

Essa edição caiu como uma linda luva de seda francesa em minhas mãos. Véspera de Dia dos Namorados. O tema inspirador vem de encontro a um momento muito mágico da minha carreira no qual fui eleita a Diva do estilo SexyElegante em palestras sensuais pela mídia. Adorei! Principalmente o quanto tenho sido solicitada pelas empresas e pelas mulheres em todo o Brasil a falar sobre esse tema e sobre como alcançar uma feminilidade e sensualidade poderosa e que passe muito longe de qualquer manifestação apelativa e vulgar.

Fotos: Divulgação


Todo o trabalho que desenvolvo, seja em palestras, treinamentos, workshops, consultorias, debates, textos e livros que escrevo é embasado em aprofundadas pesquisas sobre a sensualidade e sexualidade feminina em toda a história e no mundo todo e na eficácia das criativas atitudes antirrotina para manter a chama acesa e pra lá de apimentada nos relacionamentos. Para mim, não há fórmula mais eficiente que:

PODER FEMININO FATAL = TÉCNICAS SEXUAIS MILENARES ORIENTAIS + SENSUALIDADE ELEGANTE DA MULHER FRANCESA É o descritivo ideal para o antigo ditado popular masculino de que a mulher dos sonhos é a “dama na sociedade e a perversa na cama”, ou seja, ser detentora das mais enlouquecedoras artes eróticas e sexy appeal sem perder a elegância, charme, discrição e estilo de uma mulher de classe. Parfait!

Então aqui vão algumas dicas poderosas de criatividade sensual pra você arrasar, seduzir e conquistar no melhor estilo: liberté, equalité, sensualité! • Perfume: os perfumes não são feitos para serem sentidos, mas sim descobertos... Pegue uma pequena gota e distribua-a nas pontas dos cabelos, atrás do lóbulo de uma orelha, embaixo de um dos seios, na pontinha de um dos pés e, por fim, no final da coluna no osso cóccix. Peça para seu amado percorrer esse delicioso e perfumado caminho do pecado com as mãos, dedos, boca e língua. • Lingerie: sabe aquela nude sem costura ultraconfortável? Esqueça-se dela! Usar um maravilhoso conjunto de lingerie (que, sim, pode ser ao mesmo tempo confortável) faz com que você se sinta linda, segura, poderosa, provocante e exale desejo por todos os poros. Uma ótima maneira de despertar o tesão em você mesma e no seu amado. • Meia 7/8, cinta liga e scarpin: essa é uma combinação ma-ta-dora! Escolha um conjunto de lingerie acompanhado dos três itens acima com uma dica especial: vista a calcinha sobre a cinta liga... Assim, quando a calcinha for tirada (ou arrancada com os dentes junto com seu fôlego) poderá continuar com o trio imbatível. Visão divina!

• Lenços de seda: as charmosas echarpes fazem jus ao mistério que instigam ao desenrolarem-se do pescoço para serem usados para vendar os olhos, amarrar as mãos ou tocar o corpo do seu amado. • Unhas cor de vinho: as francesas utilizam uma combinação interessante: renda nas unhas das mãos e vinho nas unhas dos pés. Mais uma revelação do estilo sexy-elegante: mãos delicadas e charmosas... Pés ultrapoderosos! Deite seu amado na cama e use os dedos dos pés para provocar todo seu corpo. Dica hot: Que tal também banhá-los numa taça de vinho e dar os dedos para seu amado chupar? Cena sexy de um filme memorável para viver a dois. • Colar de pérolas: seu uso vai muito além de compor perfeitamente seu Chanel... Em segundos, ele se transforma em um incrível objeto de tortura erótica. Pegue as pontas do colar e envolva os braços do seu amado e vá brincando, descendo e subindo com o colar numa inusitada provocação tátil. Repita os movimentos nas pernas até as coxas para então, repeti-los suavemente no pênis. • Luvas de Seda: que tal fazer uma massagem sensual seguida de massagem íntima erótica utilizando, a invés de cremes, uma linda luva de seda? O toque macio é relaxante

e envolvente, trazendo sensações incomparáveis e excitantes. • Palavras poderosas: há uma expressão na França, avoir du chien, que significa ser sexy, atraente e inteligente, ou seja, para uma mulher ser realmente sensual ela deve ser inteligente. Atraia seu amado para uma noite de amor com um visual incrível e as dicas acima. Mas no dia seguinte, mantenha-o ao seu lado com carinho, bom humor, aconchego e assuntos interessantes. No mais, o toque final de sabor, a cereja do seu petit gateau: confiança! Acredite no seu poder fatal totalmente liberta de puritanismos e preconceitos e embalado por convicções e posturas que refletem uma linda aceitação de você mesma, da sua sensualidade e sexualidade! Acredite em você com segurança, ousadia e convicção. Você nasceu para brilhar, para ser feliz, para ter e dar prazer junto com quem ama!

Vivre la Vie Beijocas,

Andreia Berté - Palestrante motivacional, Educadora Sexual, Especialista em criatividade sensual e outras iDeias sobre o universo feminino.


DUO Saúde

O Cigarro e a mudança de

Comportamento Por Alexandre Perger Fotos: Eberson Theodoro

A nicotina chega ao cérebro entre três e sete segundos, libera a dopamina e causa sensação de alívio imediato. Enquanto isso, o coração dispara e a pressão arterial aumenta. Nesse momento, junto com a fumaça, a pessoa está colocando para dentro do organismo 4,7 mil substâncias tóxicas, que podem causar diversos tipos de câncer. Essa é a reação causada no corpo de um fumante a cada tragada que ele dá no cigarro. A Organização Mundial da Saúde estima que 1,2 bilhão de pessoas sejam fumantes no mundo, o que representa um terço da população mundial adulta - quase uma China inteira de fumantes. No Brasil, de acordo com a Vigitel (Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico), do Ministério da Saúde, 14,8 % dos brasileiros acima de 18 anos fumam, cerca de 25 milhões de pessoas. Apesar de significativo, o número de brasileiros fumantes diminuiu nos últimos 24 anos: em 1989, eram cerca de 60 milhões. No passado, fumar representava glamour, era elegante aparecer com

um cigarro entre os dedos. Musas e galãs do cinema apareciam fumando nos filmes. No entanto, ao longo das últimas duas ou três décadas, o tabaco perdeu o status e a sociedade vem cada vez mais fechando cerco ao cigarro. O principal motivo é a saúde e os males causados pelo vício. O tabagismo está relacionado a mais de 50 doenças, como câncer de boca, pulmão, problemas no coração, bronquite, enfisema, derrame cerebral e outras. Todos os anos, morrem cerca de 6 milhões de pessoas no mundo em decorrência de problemas com o tabaco, de acordo com a OMS (Organização Mundial de Saúde). Entre brasileiros, conforme dados do Inca (Instituto Nacional do Câncer) o número é de 200 mil mortes por ano (23 pessoas por hora). Somente em 2012, foram gastos R$ 12 milhões no tratamento de doenças causadas pelo cigarro no Brasil. Em compensação, o governo federal anunciou para este ano um incremento de R$ 12 milhões na prevenção e no combate ao fumo. O dinheiro será investido na ampliação do Programa

Nacional de Controle do Tabagismo no Sistema Único de Saúde, que oferece tratamento gratuito para a população, incluindo apoio psicológico e medicamentos, atendimentos educativos e terapêuticos. Atualmente, 3 mil unidades de saúde estão credencias para oferecer o tratamento. Desde a criação do programa, cerca de 600 mil pessoas foram atendidas, 175 mil somente em 2012, espalhadas em 1.159 municípios. A meta é reduzir o número de fumantes na população adulta de 14,8% para 9% até 2022. Em Joinville, os resultados do programa são animadores. Das 1.419 pessoas que iniciaram o tratamento nas Unidades Básicas de Saúde desde 2005, 529 (37,28%) pararam de fumar. O número está acima dos 30% estabelecidos como meta pela OMS. Ao todo, das 57 unidades de saúde da cidade, 40 unidades oferecem o tratamento. Além disso, de 2005 a junho de 2011, foram realizados 24 treinamentos para “Abordagem e Tratamento do Fumante no SUS”, com pouco mais de 1 mil profissionais da saúde de diversas


áreas capacitados. O fumante que estiver interessado no tratamento deve procurar a Unidade da Saúde mais próxima e se inscrever no programa. Primeiro, será feita uma avaliação com o médico e, depois, inserção nos grupos com abordagem cognitivo-comportamental. São realizados dez encontros, que ajudarão o paciente a entender suas dependências (física, comportamental ou psicológica), métodos de parada,

sintomas da síndrome de abstinência, dificuldades no processo de parada (como engordar, por exemplo) e prevenção de recaída. Em caso de dependência física elevada, será indicado medicamento ao paciente. A psicológa responsável pelo Programa Municipal de Controle do Tabagismo em Joinville, Karina Viana Pereira, explica que a principal dificuldade encontrada pelas pessoas quando querem parar de fumar é ter a certeza de que

realmente vão conseguir. “Diante da mudança de hábitos, eles começam a colocar empecilhos”, conta. Segundo ela, não há como largar o cigarro sem sofrimento e nem sempre as pessoas estão dispostas a isso. Por isso, uma das primeiras perguntas feitas ao fumante, é se ele realmente quer parar de fumar. “A pessoa precisa ter um estímulo, uma motivação e para cada um é diferente”, ressalta.

Assim como na maioria dos casos, os três primeiros dias foram os mais difíceis. O monitor Ivonir Luiz Nervis, 48 anos, evitava sair de casa para não

saúde. Hoje, orgulhoso, garante que o cigarro é passado e está determinado a recuperar tudo o que o tabaco lhe tirou. Diagnosticado com bronquite asmática crônica, recebeu dos médicos a recomendação de parar de fumar. “Eles disseram: ou você para com o cigarro ou o cigarro para você.” Chegou a tentar algumas vezes por conta própria, mas sem sucesso. Em 2010, resolveu se inscrever no Programa Municipal de Controle do Tabagismo. Foi chamado este ano. Habituado a fumar 30 cigarros por dia, precisou se acostumar a fumar apenas um por dia nos seis primeiros dias de tratamento. Passado esse período, não fumou mais. “No que o tratamento podia me ajudar, a eficácia foi de 100%, agora é comigo, preciso ser persistente”, reconhece. Além do

acompanhamento, o monitor recebe medicação gratuita: adesivo e remédio para ansiedade. Desde que parou de fumar, Nervis vem percebendo alguns resultados positivos, como melhora na respiração e no paladar. Antes do tratamento, ele nem cogitava a possibilidade de fazer uma longa caminhada. Agora, anda quatro quilômetros tranquilamente, sem parar. Apesar disso, sabe “que ainda tem muito para melhorar.” Nervis começou a fumar aos 14 anos, quando recebeu um cigarro de um amigo, enquanto jogava cartas. “Na época, fumar era status, tinha propaganda com gente bonita, quem não fumava, ficava para trás”, lembra. No começo, era escondido, até que o pai autorizou.

Ou você para com o cigarro ou o cigarro para com você. encontrar alguém fumando e cair na tentação de pedir um cigarro. Em alguns momentos, chegava a ficar tonto e uma vez chegou a sair de casa determinado a comprar um maço de cigarros. Mas não comprou, se manteve firme no tratamento oferecido na unidade de


A luta para vencer o vício A professora Sibele Seppe, 44 anos, também começou a fumar na adolescência, aos 15 anos, de brincadeira. Os primeiros cigarros eram comprados soltos, para que os pais não descobrissem. Até que aos 18 anos, a mãe encontrou vestígios e descobriu. Passados 28 anos de vício, Sibele decidiu parar de fumar por conta própria, sem recorrer a tratamentos. “Na época, era moda, não existia essa aversão ao cigarro”, lembra. Há cinco meses, a professora não fuma mais. Além de todo o incômodo e já não suportar mais conviver com o vício, uma das motivações para largar o tabaco foi um tratamento dentário. Depois de cinco tentativas frustradas, Sibele conseguiu parar. Ela reconhece que ainda sente vontade de fumar e que no começo foi muito difícil segurar a fissura. “Comecei a avaliar e ver que não queria isso para mim, não valia a pena”, relata. Sibele tem consciência de que é viciada e, por isso, afirma que não coloca mais nenhum cigarro na boca, pois prefere não se arriscar e voltar a fumar. Nos primeiros dias sem tabaco, ela conta que ficou irritada e explosiva. “Precisei ser bem radical para conseguir parar”, assume. Mas, hoje, ela colhe os frutos, com resultados significativos. A professora pratica muay thai e garante que o desempenho no esporte melhorou muito.


Salvando o bolso e a saúde No dia 4 de julho de 2012, quando completou 32 anos de idade, Fernando Manteufel deu importante passo: fumou os últimos cigarros. Desde então, largou o tabagismo e não caiu na tentação. As principais motivações foram o ganho de peso e as melhorias de saúde. “Todo fumante pensa em parar, o que muda é o pretexto para isso”, comenta. Mas parar de fumar no dia do aniversário não foi algo casual. Manteufel começou a planejar tudo seis meses antes, criando uma meta pessoal e uma pressão que acabaram dando certo. Outro fator importante para ter sido bem sucedido foi a preparação: “estudei bastante sobre as dificuldades e também os benefícios que teria ao largar o cigarro.” Assim que parou de fumar, foi até uma loja, comprou um home theater e começou a pagar mensalmente o mesmo valor que costumava gastar com cigarros. O principal problema pelo qual Manteufel passou quando parou de fumar foi no relacionamento com a esposa – também fumante -, pois nos primeiros 15 dias ficou

um pouco irritado. Ele confessa que sente vontade de fumar, mas garante que consegue administrar tranquilamente. As melhoras foram sentidas no condicionamento físico, sono, paladar, na autoestima e no “bolso”. Manteufel instalou no seu iPhone o aplicativo Brasil sem cigarros. Com isso, ele consegue mensurar o quanto está economizando com o fim do vício. Até o momento, são cerca de 5 mil cigarros e menos e mais de R$ 1,4 mil não gastos.

Conforme aplicativo, até o momento Fernando: Está há 9 meses e 20 dias sem fumar Economizou R$ 1.373,67 Deixou de fumar 4.995 cigarros

Números sobre o cigarro O cigarro é responsável por Fumantes no mundo: 1, 2 bilhão 47% de toda a população masculina e 12% da feminina no mundo fumam

30% das mortes por câncer de boca 25% das mortes por derrame cerebral

Fumantes no Brasil: 25 milhões

Mortes pelo cigarro no mundo: 6 milhões Mortes pelo cigarro no Brasil:200 mil Pacientes já atendidos pelo PNCT no Brasil: 600 mil Pacientes já atendidos pelo PMCT em Joinville: 1.419

25% das mortes por doença do coração 85% das mortes por bronquite e enfisema 90% das mortes por câncer de pulmão


Publieditorial

Uso de Aparelhos Auto-ligáveis A Clínica Odontologica Orto & Odonto foi uma das primeiras clínicas em Joinville a ter profissionais credenciados no tratamento ortodôntico com uso de aparelhos auto-ligáveis tipo DAMON SYSTEM®, uma verdadeira inovação na Ortodontia. Na entrevista desse mês, os ortodontistas Dra. Larissa e Dr. Fabrício, esclarecem algumas dúvidas com relação a esse método inovador que tem chamado à atenção dos pacientes que procuram um sorriso perfeito e tratamentos cada vez mais rápidos.

Fotos: Divulgação


DUO: Porque está ocorrendo uma procura tão grande pelos aparelhos auto-ligáveis? O&O: A resposta desta pergunta requer a analise de vários fatores. Hoje em dia, o mercado dos braquetes auto-ligáveis ainda é restrito e pouco conhecido, contudo por ser uma mecânica muito mais simples e biologicamente mais segura que a mecânica convencional, o sistema auto-ligavel traz grandes benefícios para os pacientes. Dependendo da complexidade do caso possibilita tratamentos sem extrações dentarias, mais rápidos (redução significativa do tempo de tratamento e do numero das consultas), mais confortável, minimizando a necessidade de cirurgias dos maxilares e de expansão rápida da maxila. DUO: Qual a indicação deste tipo de aparelho? O&O: Os resultados ortodônticos com o uso de aparelhos auto-ligáveis são fantásticos clínica e cientificamente comprovados, sendo indicado para todas as faixas etárias. Porém, mesmo sendo um produto pouco diferenciado no mercado de ortodontia, essa inovação tecnológica ainda é pouco conhecida o que causa um menor interesse de uso quando comparado ao tratamento convencional. Em função da extraordinária tecnologia, o aparelho favorece melhores resultados biológicos, aplicação

de forças mais leves fazendo uma movimentação dental com melhor qualidade óssea, diminuição dos efeitos indesejáveis, maior conforto, além da diminuição significativa do tempo de tratamento. Estes benefícios são ideais e mais indicados para pacientes adultos que necessitam de um tratamento ortodôntico mais rápido e com menor frequência de consultas, ou até mesmo pacientes jovens com a dentição permanente que querem se beneficiar desta inovação ortodôntica. DUO: Quais as principais vantagens do aparelho auto-ligável em relação à técnica convencional? O&O: As vantagens deste aparelho de alta tecnologia estão não apenas no que diz respeito ao tempo de tratamento menor e aos resultados biológicos mais seguros e sim por resultar em diagnósticos e planos de tratamento mais simples com menor necessidade de mecânicas invasivas. O planejamento do caso é direcionado pela face do paciente, proporcionando um posicionamento dentário ideal e uma melhora na simetria do rosto, minimizando a necessidade de extrações dentárias, expansão rápida da maxila (alargamento do céu da boca através de aparelhos desconfortáveis) e cirurgias dos maxilares. DUO: Por que essa técnica é rejuvenescedora? O&O: O uso do aparelho auto-ligável proporciona resultados expansionistas

possibilitando um maior suporte para a musculatura facial e por consequência uma aparência mais jovem do paciente, minimizando as linhas de expressão e promovendo o efeito de “lifting” facial. DUO: Qual tipo de aparelho autoligável é o mais indicado? O&O: Existem vários fabricantes no mercado, porém o mais importante é que o ortodontista esteja habilitado para trabalhar com essa tecnologia. Há braquetes nacionais e importados, a Dra. Larissa e o Dr. Fabricio optaram por uma pós-graduação com ênfase no Sistema Damon® , um braquete Americano que se diferencia por sua qualidade, tecnologia e constante inovação. Este credenciamento capacitou os ortodontistas, não apenas a utilizar este sistema (DAMON SYSTEM®) e sim qualquer tipo de aparelho auto-ligado, também utilizado na clinica. Equipe Clínica Dra. Larissa Clementino da Rocha Ruas CRO/SC - 8805 (Responsável Técnica) Graduada e Especialista em Ortodontia Unesp-Araqura-SP Credenciada Damon System (Autoligado) Participante da ABOA (Associação Brasileira de Ortodontia Autoligavel) Especialistas em Ortodontia Dra. Janine Gina Gerber - CRO/SC – 5185 Dra. Lisandra NicheleManguzzi CRO/SC – 6334 Especialista em Ortodontia e Credenciado Damon System (autoligável) Dr. Fabricio Silva Viana CRO/SC – 7880 Implantodontista e Cirurgião Buco Maxilo Dr. Marcos Rogério Takashima CRO/SC – 6500 Endodontista Dr. André Luiz de Campos Freitas CRO/SC – 9646 Clínico Geral Dr. Marcos Estevam Zucconi CRO/SC – 9317 Dra. Sâmara Hayumi Iwanaga CRO/SC – 14063

R. Alexandre Dohler, 66 - Joinville/SC 3026-1500 - www.ortoedontocom.br Dr. Larissa Clementino da Rocha Ruas e Dr. Fabricio Silva Viana, Ortodontistas credenciados na técnica autoligável (Damon System).

Acompanhe-nos no facebook facebook.com.br/ortoeodonto


DUO Inverno

Rejuvenescimento

Natural

Segredos para manter a pele jovem e saudável em todas as idades. Por Mariana Woj Fotos: Divulgação

Pesadelo de muitas mulheres, as marcas de expressão e rugas se formam com a perda da elasticidade e de algumas substâncias que mantêm a pele hidratada e lisa. Com o progresso natural somado a diversos fatores, cerca de 80% do envelhecimento se torna visível na pele do rosto e corpo. Por ser o maior órgão do corpo humano, a cútis merece cuidados especiais. Para ter noção, a pele de um adulto chega a pesar 2,5 quilos e são removidos em torno de 19 quilos de pele morta durante toda a vida. Fatores externos e internos podem influenciar na formação de rugas e agravar os sinais da idade, como a exposição ao sol, a falta de água e de alguns nutrientes, assim como doenças digestivas, que alteram a textura da pele. O frio, o vento e o calor em excesso,

bem como uma alimentação deficiente, também causam danos, como a perda de sua maciez e coloração. Fãs de dietas devem ficar atentos aos inibidores de apetite, pois aumentam a contração dos vasos da pele, deixando-a com coloração acinzentada, efeito que também é causado pelo cigarro. O consumo de álcool também deve ser evitado, pois desidrata e reduz os níveis de vitamina B, D, potássio e magnésio, facilitando o enrugamento. A flacidez, causada pelo envelhecimento cutâneo com perda de vitaminas e minerais necessários para a saúde da pele, pode ser causada por estresse, depressão, ansiedade e regimes hipocalóricos. As infecções crônicas, obstipação intestinal, desequilíbrio hormonal,

alergias alimentares e baixa imunidade contribuem para o aparecimento de acne, descamações e manchas. Na alimentação, é preciso tomar cuidado com os diuréticos. Esse tipo de medicamento, além de retirar água do corpo, principalmente do espaço intercelular que banha as células e as nutre, propicia a perda de sódio - que faz o balanço eletrolítico com o potássio que nutre as células, e de nutrientes como magnésio e manganês, importantes para a beleza celular. É preciso, ainda, evitar consumir café, chá e chocolate em excesso, pois alimentos ricos em cafeína são prejudiciais à pele. Plantas como alcachofra, bardana e cardo são depurativas, limpam o fígado e melhoram a textura da pele.


Nutrientes que ajudam a manter a pele jovem Zinco: aumenta o colágeno, melhora a cicatrização, a sudorese, atua na acne, dermatites e celulites. Enxofre: excelente para cabelos e unhas. Participa da síntese de queratina. É indicado para eczemas de pele. Silício orgânico: hidratante, elimina bactérias, melhora a cicatrização e é indicado no tratamento de herpes labial. Cobalto: previne acne rosácea. Magnésio: indicado na alopecia (queda de cabelo), Manganês: indicado em urticárias, alergias de pele e acne. Cobre: auxilia a síntese de colágeno. Vitaminas: A: diminui a queda de cabelos; B: melhora o fígado e a cor da pele; C: forma colágeno; E: para deixar a pele sedosa; Biotina: trata a queda e cabelo e dermatites; Acido fólico: combate a acne e eczemas.

Receitas de sucos rejuvenescedores: 20 anos

30 anos

Ingredientes: Meia laranja pera Meio kiwi 1 morango Meia fatia de abacaxi 100 ml de suco de água de coco Bater com gelo e tomar 2 vezes por semana.

Ingredientes Meia papaia Meia ameixa 1 colher de chá de linhaça dourada Meio caju 100 ml de suco de limão Bater com gelo e tomar 3 vezes por semana.

40 anos

50 anos ou mais

Ingredientes Meio abacate Meio caqui Meio damasco 100 ml de chá verde Meia manga 1 colher de chá de chia Bater com gelo e tomar 4 vezes por semana.

Ingredientes 1 colher de sopa de aveia 1 folha de alga Meia banana 2 acerolas Meia maçã 1 fatia fina de melão Suco de 100 ml de melancia Bater com gelo e tomar 5 vezes por semana.


Diário de Uma Solteira

Por Iêda Camargo iedacamargo@hotmail.com

Com tanto coração espalhado por todas as partes, a constatação é óbvia: mais um dia dos namorados chegando! Quanto maior a idade, maior a pressão social para que você esteja com alguém. Ser solteira, seja para homens ou para mulheres, pode doer especialmente neste dia. A “deprê” bate e por mais que você tente mostrar que não está nem aí, no fundo está e sofre antecipadamente pela cobrança da família e amigos. O dia parece o mais longo de todos. Você queria estar em outro planeta sem Dia dos Namorados.

Calma, companheira, é apenas uma questão de perspectiva! Planeje o seu Dia dos Namorados, isso mesmo! É melhor que rosnar com todos os casais que tiverem a infelicidade de se cruzarem. Também não adianta por a camiseta discreta escrita I hate happy couples. Acredite: seu estado civil não define a sua personalidade, mas não precisa ficar agressiva só porque está prestes a entrar no dia do seu bullying. Há que fazer grandes planos, seja solo, com as amigas, amigos, família... Enfim. Sugiro que esqueça os restaurantes a abarrotar com aqueles vendedores de rosa e cantores românticos na mesa. Nesse dia, essas situações não passarão despercebidas e pior que a fama de encalhada é a de chata ou

estraga festa. Fala sério! Por favor, assista a filmes ou séries divertidos! Não veja nada que possa lhe deixar pra baixo, que lembre alguém que foi seu namorado e que leve a questionamentos ocultos sobre seu estado de “solteirice”. Se o cara fosse bom mesmo, não era ex, amiga! Abstrai! Há filmes e séries de suspense e policiais que são tão instigantes que você nem vai lembrar que é Dia dos Namorados! Vai passar o tempo tentando desvendar o desenrolar da história.

Aproveite a noite para por em dia algo que anda a adiar há muito tempo.

Faça “a limpa” no seu guarda roupa e separe aquilo que não usa mais para doar. Isso vai deixar seu guarda roupa com mais espaço e você ainda vai realizar uma boa ação.

Encha-se de energia positiva, divirtase e aproveite o dia ao máximo!

Nunca, jamais xerete os perfis do exnamorado e sua atual no Facebook. Se vai tentar suicídio, tenho gilettes aqui, dói menos!

Agora, queridinha, se você está solteira porque está namorando um homem comprometido e que não pode estar com você nesses dias de comemoração, crie um perfil em um site de arranjar namorado e dá um chute nesse bobão. As pessoas fazem conosco o que permitimos. Ame-se muito, esse é o começo de tudo.

Em casa, vai rolar uma noite divertida com as amigas: margaritas e a agenda para irmos fofocando por ordem alfabética!


Publieditorial

Grandes

Articulações

Como de conhecimento comum, nossa

Conheça nossos programas terapêuticos

clínica

COLUNA

para as grandes articulações, usufruam

VERTEBRAL e POSTURAL, mas também

é

especializada

em

desta metodologia única e tecnologia

destaca-se pela excelência em tratamentos

diferenciada, sempre com atendimento

para as patologias das grandes articulações,

personalizado dentro do conceito de Saúde

as mais acometidas sem dúvidas são os

Integral e exercício inteligente abordados de

QUADRIS, JOELHOS e OMBROS.

forma global.

A maior parte das lesões e doenças

Se os resultados até agora são insatisfatórios

específicas

invista em nossas soluções e mude seus

ou

estão

indiretamente

relacionadas com

a

principalmente com a POSTURA.

direta

coluna

e

conceitos sobre reabilitação.


Publieditorial

Dr. Salomão Ostetto Implantes Dentários O Dr. Salomão Ostetto é cirurgião dentista com Especialização e Mestrado em Implantodontia e atualmente frequenta o Doutorado também na mesma área. Isso mostra que seu dia a dia está inteiramente relacionado ao tratamento com os implantes dentários. Desta vez Dr. Salomão nos falou um pouco sobre a relação da Implantodontia com a Estética Dental. Revista Duo (RD): O senhor nos contou que um dos objetivos do consultório é aliar a Implantodontia com a Estética. De que forma? Salomão Ostetto (SO): Existem muitos materiais na atualidade que são resistentes e estéticos ao mesmo tempo. Desta forma, o paciente poderá mastigar de forma eficiente com uma estética avançada.

Estes materiais são as cerâmicas. O tipo mais utilizado na atualidade é o dissilicato de lítio, um material altamente resistente e com infinitas possibilidades estéticas. Hoje em dia os pacientes querem muito ter os dentes fixos de volta por meio dos implantes dentários, mas o sorriso final realmente é muito importante. RD: Estes materiais, que o Sr. diz que são as cerâmicas, são aplicáveis apenas em quem deseja fazer implantes? SO: Estes materiais podem ser utilizados para revestir os dentes naturais também.

Quando realizamos os casos, em muitas situações há a necessidade de tratar esteticamente também alguns dentes naturais que estão com formato inadequado ou mesmo com a coloração deficiente. Então realizamos as facetas estéticas em cerâmica, conhecidas na atualidade também como laminados cerâmicos. RD: E o que são as lentes de contato? SO: São fragmentos cerâmicos extremamente finos, colados nos dentes naturais. Servem para mudar o formato e a cor dos dentes, sem que para isto haja o


desgaste dos mesmos. Eles recebem este nome pela espessura que apresentam. Em muitas situações, são realmente tão finos e delicados como lentes de contato. RD: E o que usa-se hoje em dia para ter uma mudança no sorriso? São os clareamentos? SO: Os clareamentos servem para clarear os dentes, mas este procedimento não vai clarear restaurações antigas e também não irá modificar o formato dos dentes. Hoje em dia, os casos avançados esteticamente são resolvidos aliando o clareamento dental com os laminados cerâmicos, ou seja, estas películas de cerâmica são responsáveis em grande parte pela mudança do sorriso do paciente. RD: Estes tratamentos estéticos são finalizados em quanto tempo? SO: Quando são instalados implantes, o tempo pode variar bastante e será de acordo com a complexidade do caso. Quando o tratamento estético é realizado sobre os dentes naturais, geralmente finaliza-se o tratamento com 3 consultas ou aproximadamente 10 dias. Lembramos, é claro, que esta é uma média de tempo e não uma regra, pois os casos podem ser muito diferentes uns dos outros. RD: O que vem a ser a técnica da carga imediata? SO: Trata-se de um procedimento de instalação dos implantes e 3 dias depois os dentes definitivos já estarão prontos.

É uma técnica muito utilizada para os casos chamados totais, ou seja, aqueles em que já não existe nenhum dente na boca do paciente ou todos os dentes precisam ser removidos. Mesmo para os casos menores, existe uma tendência para que os tratamentos sejam executados de forma cada vez mais rápida. RD: E quando não é possível realizar esta técnica da carga imediata, quanto tempo levará um tratamento com implantes para ficar pronto? SO: Existem muitas outras situações disponíveis na atualidade para a execução mais rápida dos casos. Existem alguns tipos de implantes capazes de acelerar a integração com a estrutura óssea. São os implantes com superfície tratada quimicamente. Estes implantes permitem uma cicatrização óssea em aproximadamente três semanas, um período muito mais curto do que o esperado quando utiliza-se implantes que não possuem esta tecnologia. RD: Sabemos que o Sr. viaja todos os meses para frequentar o Doutorado em Implantodontia e também alguns cursos de estética dental. Qual a importância destes estudos? SO: A Implantodontia é uma área da odontologia que muda muito, com muita frequência. A própria tecnologia faz com que as técnicas evoluam muito. Por isto, para que possamos nos manter sempre atualizados, sentimos a necessidade de estar sempre estudando. No momento, estamos no doutorado em implantes dentais e também aperfeiçoando os

resultados estéticos por meio dos estudos com os laminados cerâmicos. RD: Seria este então o objetivo atual do dr.? Aliar a Implantodontia com a estética? SO: Exatamente, são áreas complementares. Todos os pacientes querem mastigar com eficiência, mas também sorrir de forma natural. RD: Como saber mais sobre estas técnicas citadas? SO: Estamos com nosso site sempre atualizado, com informações sobre as técnicas mais atuais. Há vários casos de pacientes já tratados e alguns vídeos tanto informativos como também com depoimentos de pacientes que receberam o tratamento.

Dr. Salomão Ostetto Cirurgião Dentista – CRO 5344 Especialista em implantodontia Mestre em implantodontia Doutorando em Implantodontia Rua Alexandre Döhler, 129 Centro Clínico União Sala 406 – Centro - Joinville Fone: (47) 3026-3676 / (47) 9176-3851 Acesse nosso site:

www.salomaoostetto.com.br


Vitaville Publieditorial

Clínica de Emagrecimento Jocemar).

A CLÍNICA

dietas mais adequadas para cada caso.

Nossa clínica foi surgiu com o objetivo de atuar na área de emagrecimento

EMAGRECIMENTO

e

A

estética

do

ponto

de

para

vista

clínica

oferece

ACADEMIA uma

série

de

Contamos

com

uma

academia

completa

programas combinados com seis, oito

completa, com ambiente climatizado e

satisfação dos nossos clientes, ambos

ou dez semanas, que incluem consulta

atendimento personalizado individual

os sexos.

com médico e com o nutricionista,

administrada

avaliação e plano de atividade física

Coradelli Sports Fitness-promovendo saúde e bem estar.

multidisciplinar,

Abordamos

o

emagrecimento

em

parceria

desde

com personal trainer, e a utilização

medicamentos,

de vários aparelhos para tratamento

orientação nutricional, a prática de

estético corporal de acordo com a

TRATAMENTOS CORPORAIS

atividade física na própria clínica, além

necessidade individual.

Contamos

em a

todos

seus

prescrição

de

aspectos,

vácuo

de tratamentos estéticos corporais

com

terapia,

aparelhos corrente

com

de russa,

realizados por técnicos em estética

NUTRIÇÃO

eletrolipoforese, ultrassom (Manthus)

e fisioterapeutas (Silvete, Michele e

A Dra. Josiane Martins Sobrinho, nossa

e rádio frequência entre outros.

Andriele) e enfermeiros e técnicos de

nutricionista, avalia o cliente do ponto

A lipocavitação oferece uma redução

enfermagem (Alexsandra, Dandara e

de vista nutricional preparando as

significativa

de

gordura

corporal

Fotos: Eberson Theodoro


diminuindo medidas completamente

de rugas e sulcos além de aumentar

TRATAMENTO CAPILAR

sem dor.

lábios e a

Realizamos para queda de cabelos

maçã do rosto.

inclusive com transplante capilar para

método de acabar com a gordura

Toxina Butolínica – é o conhecido

os casos de alopécia androgenética.

localizada, mesmo as mais resistentes.

Botox que serve para as rugas de

A carboxiterapiatrata de forma muito

expressão

CIRURGIA PLÁSTICA ESTÉTICA, isto

eficiente os casos de flacidez de pele

chamadas estáticas.

é um assunto para a próxima edição.

e estrias com resultado estético muito

Fios

benéfico.

– são os fios russos e búlgaros que

contamos com sua visita. Temos

Temos também em nosso arsenal as

corrigem

um tratamento personalizado a sua

enzimas (kit enzimático) e lipossomas

a flacidez facial (lifiting)sem cirurgia.

espera.

A

hidrolipoclasia

de

girassol,

é

que

medicamentos

na

um

são

eficiente

potentes

redução

das

de

Dermossustentação

Facial

Enfim,

depois

dessa

apresentação

Formulações Magistrais – receitamos a fórmula ideal para tratar a sua pele -

gorduras.

(laboratório da pele)

TRATAMENTOS FACIAIS

LASER

de Emagrecimento

corporais,

Contamos com tratamento a laser

Dr. Marco Antonio Martins

contamos com uma série de técnicas

com equipamentos ultra modernos

Médico - CRM 4076/SC

faciais que objetivam o tratamento

para tratamento facial e corporal

dos sinais do envelhecimento tais

(rejuvenescimento,

como rugas estáticas e dinâmicas,

acne,

manchas de pele, flacidez facial além

principalmente

de cicatrizes de acne.

depilação definitiva.

Vita Ville Centro Integrado Além

dos

Peelings

tratamentos

químicos

manchas,

sequelas estrias,

para

de

etc...)

e

epilação–

a

superficiais,

médios e profundos com ênfase no

MICROPIGMENTAÇÃO

peeling de

Silvano Espíndola faz parte da nossa

de

fenol

que

proporciona

um

rejuvenescimento excepcional. Bioplastia – para o preenchimento

equipe desenvolvendo um fantástico trabalho de maquiagem definitiva.


E-mail: fabiolacolunista@terra.com.br Site: www.fabiolabernardes.com.br Siga no twitter - @FabiolaBernardes Facebook - Fabiola Bernardes III

01

02

28º ENCONTRO CLUBE ESTRELAS COM CHAMPANHE – FESTA A FANTASIA Fotos: Débora Scharf Foto Aurea e Gi Cerutti 01 - Fabíola Bernardes e Luiz Knupp (Elo & Manu Transporte) Foto Gi Cerutti

03

02 -Welcome drink por Vinicola Aurora Foto Gi Cerutti. 03 - Djeiny Sotopietra (Chapa Quente Getúlio), Káca (Káca Eventos), Guillaume Verger (Arquitetos da Pizza), Joana Darc de Souza e Adriana Zunchetta (Mc Donald’s) Foto Gi Cerutti 04 - Daizi Tomas Prawutzki, Camila Hererra, Michelli Pereira Jorge (Angelina Sensual), Larissa Agne (Eletra Iluminação) e Brigida Ferreira dos Santos (Gata Pintada) Foto Gi Cerutti

04 05 - Lilian D’ Mira (D’Mira Eventos) e

Andrelise Cunha (Lallu Festa) com as modelos do Desfile - Foto Gi Cerutti 06 - Patricia Araujo (Pimenta Pura) e Gisele Caetano (Di Mangiare) Foto Gi Cerutti 07 - Luciene Rodrigues e Cida Petry

05

06

07

08

08 - Camarote Mirian Anversi Foto Gi Cerutti


DUO FabĂ­ola Bernardes

09 - Camarote Gy Knies Foto Gi Cerutti 10 - Camarote Cinara Fernandes Foto Gi Cerutti 11 - Camarote Eliete Oliveira Foto Gi Cerutti 12 - Camarote Fernanda Ourique Foto Gi Cerutti 09

13 - Camarote Jaqueline de Souza Foto Gi Cerutti 14 - Camarote Dietlein Reimer Foto Gi Cerutti 15 - Camarote Gina Devienne Foto Gi Cerutti

10

11

12

13

14

15

16

17

18

19

16 - Jamili de Souza Arins Foto Gi Cerutti 17 - Fabiola Bernardes e Gi Cerutti 18 - Camarote Viviani Doerner Krieger Foto Aurea 19 -Maike Mohr, Fabiola Bernardes, Ana Lucia Orselli e Vanessa Martinelli - Foto


DUO Fabíola Bernardes

20 - Camarote Mari Braunn Foto Aurea 21 Camarote Raquel Beckhauser Foto Aurea 22 - Camarote Luiza Meneghim Foto Aurea 23 - Camarote Josi Malmann Foto Aurea 24 - Débora Scharf (Foto Aurea) e

20 Fabiola Bernardes

25 - Andréia da Costa, Emanuele Genari, Angelita Carvalho, Sheila Bianchi, Aline Ladeira Mendes e Adriane Borges- Foto Aurea 26 - Camarote Roberta Buss Rocha Foto Aurea 27 - Heloisa Creuz, Fabiola Bernardes e Maria Aline Lima 21

22

23

24

25

26

27


DUO Fabíola Bernardes

28 - Camarote Cristina Baggio Foto Aurea 29 - Liani Regina Wust Stein, Michele Rosa, Claudia Frühstück e Marilza Stein - Foto Aurea 30 - Camarote Marilene Parise Foto Aurea 31 - Patrícia Brych, Fabiola Bernardes e Letícia Akemi Sakuma Foto Aurea 32 - Clivanda Tomio, Nair Goulart Danielski Kammradt e Alessandra Kussumoto - Foto Aurea

28

33 - Larissa Schuetzler Hardt, Ana Carolina Bohn e Flavia Bitencourt Foto Aurea 34 - Camarote Carol Massari Foto Aurea 35 - Ivanise Burguesan, Ivana Linsmeyer, Albertina Ávila e Andreia Torres - foto Aurea

29

30

31

32

33

34

36

37

36 -DJ Ramon Danielski e Fabiola Bernardes - Foto Aurea 37 - Silvia S. Saito, Tábita Monteiro, Tatiane Stueber e Samantha Barboza de Oliveira

35


É TEMPO DE DANÇA! Por Mariana Woj Fotos: Divulgação

DUO

99


Abram as cortinas que a 31ª edição da maior vitrine da dança está prestes a começar. Concentração, nervosismo, expectativa e muita animação fazem parte do espetáculo.

Homens de Salto Alto O grupo de Dança Millennium é pentacampeão do Festival de Dança e no ano passado, na Noite de Gala, enlouqueceram os telespectadores com um elenco que trouxe homens dançando de salto alto e mulheres que fazem saltos acrobáticos com perfeição. A coreografia é tão criativa que neste ano está participando do programa de televisão Got Talent Brasil, transmitido pela Rede Record.

A 31ª edição do Festival de Dança de Joinville acontece de 17 a 27 de julho e reúne os mais conceituados bailarinos e especialistas do tema. Mas o ano passou tão rápido que a 30ª edição ainda está na memória. Como se esquecer do Grupo de Dança Millennium e seus homens de salto alto, da coreografia criada por Matheus Brusa, do grupo Dança de Rua do Brasil que estava há muitos anos longe do Festival e conseguiu voltar com força e contagiar o público, da apresentação do

Grupo Raça ou do bailarino Ivan Sehnem Duarte flutuando no palco. Para reacender as lembranças da trigésima edição e criar uma expectativa maior para este ano, a equipe da Revista DUO procurou alguns dos destaques do ano passado para saber como estão e o que esperam do festival em 2013. Além disso, batemos um papo com os organizadores do evento, que explicam o sucesso das edições.

História

Festival de Dança

O grupo foi fundação em 28 de Julho de 1997, na cidade de Itajaí, tendo como idealizador e fundador o dançarino, professor e coreógrafo Thurbo Braga. O elenco, composto por 25 bailarinos, participa de competições por todo o país e dentre as 41 que participou, obteve 37 primeiros lugares, sendo de níveis nacional e internacional.

Segundo Thurbo Braga, O Festival de Joinville significa visibilidade, proporciona mais experiência e fortalece os participantes como profissionais. “É um evento onde os especialistas interagem e trocam experiência”, comenta. Para tristeza dos fãs, em 2013, devido a agenda, o grupo optou por participar apenas dos workshops, assistir algumas apresentações e não competir.


Coreógrafo Revelação Matheus Brusa propõe coreografias baseadas em muita pesquisa. Pesquisas consistentes que possuem conceitos esmiuçados para atingir identidades e qualidades peculiares. Com essa visão, Matheus levou para casa o título de coreógrafo revelação da 30ª edição.

Música com Defeitos, Dança com Efeitos Tricampeões do Festival, o grupo D-Efeitos trabalha com pocket shows e intervenções inspiradas no estilo Glitch Hop, músicas com defeitos de programação ritmados. Utiliza-se de elementos da Glitch Art como padrão estético de figurinos e identidade visual, fortalecendo a influência da era digital nas criações.

História A história do D-Efeitos teve início quando Andre Bidu, dançarino viciado em música

História

Festival de Dança

Iniciou sua carreira artística como ator no ano de 1999, atuando até o ano de 2006. Em 2002 optou por estudar dança no Ballet Margô, escola dirigida por Margô Brusa, onde participou de aulas e coreografias de Gislaine Sacchet, Ricardo Vinícius e Carlos Garbin, tendo recebido quinze prêmios com apenas três coreografias levadas a festivais do estado entre 2002 e 2003. Nestes, o de Melhor Bailarino e Melhor Duo na modalidade de dança contemporânea. Ainda em 2003, foi convidado a integrar o elenco da Cia. Municipal de Dança de Caxias do Sul entre os anos de 2003 e 2006, dirigidos por Sigrid Nora e, consequentemente, por Renato Fillippini. Desde então, desenvolve sua pesquisa em dança. É diretor, pesquisador, coreógrafo, professor, intérprete, designer cênico, iluminador e produtor de vídeo da Cia. Matheus Brusa desde o ano de 2006.

Matheus relata que ao ganhar o prêmio, um filme passou na sua cabeça. “Fiquei muito feliz, especialmente por dois motivos: ver que o prêmio trouxe muita alegria para tantos alunos, professores e diretores da Cia. Matheus Brusa e do Ballet Margô, afinal somos uma equipe; e segundo, mas não menos importante, ouvir inúmeras vezes a frase, de amigos, colegas de profissão e mestres da dança: ‘Parabéns, tu mereces muito!’”. Após a conquista, Matheus foi convidado a coreografar em escolas e companhias como, por exemplo, a escola de dança do Vila das Artes, em Fortaleza, dirigida por Ernesto Gadelha. Também recebeu o convite do mestre da dança clássica Jair Moraes para coreografar sua companhia. Por meio da vaga de primeiro lugar do ano passado, o grupo participará novamente com um trio nos palcos joinvilenses.

e pesquisador desde 2003, conheceu o gênero musical Glitch. Foi ouvindo o clássico álbum Crying over pros for no reason, de edIT (Los Angeles), que decidiu formular um trabalho que construísse algo novo. “Alguma coisa, qualquer coisa!”. A ideia, ainda sem identidade, começou a ser moldada em 2008. Os efeitos corporais das coreografias inspiram-se no estilo Glitch Hop, músicas com “defeitos de programação” ritmados que, naturalmente, instigam movimentos fragmentados, vibrados e (des)acelerados – baseados nas técnicas de danças urbanas como waving, animation, robotting e warping. Faz parte da essência D-Efeitos juntar a qualquer apresentação elementos da Glitch Art – cores vibrantes e sensação futurista, meio nerd e não-cool. Em 2009 o grupo foi premiado com

primeira colocação nas três competições nacionais que competiu: Festival Mery Rosa (SC), Festival Passo de Arte (SP) e Festival de Dança de Joinville (SC). No mesmo ano, venceu a primeira temporada da competição de talentos promovida em rede nacional pela SBT, “Qual é o seu talento?”. Desde então, o grupo viaja o país como convidado especial de uma série de eventos de dança, para fazer pockets shows e divulgar os novos trabalhos coreográficos.

Festival de Dança No ano passado, o grupo foi convidado para participar da Noite de Gala do Festival apresentando o espetáculo A História de uma Dança, sob direção artística do coreógrafo Ricardo Scheir.


Bela Bailarina Virgínia Mazoco dançou pela primeira vez no Festival aos 12 anos, na categoria infantil. Depois disso, teve mais duas oportunidades de participar: uma na noite de gala, em que a Escola Bolshoi dançou Giselle, com a presença dos bailarinos russos Marianna Ryzhkina e Andrei Uvarov; e na abertura da noite no ano passado dançou o III Ato do Ballet Raymonda com a primeira bailarina do Teatro Municipal do Rio de Janeiro, Cecilia Kerche.

História

Festival de Dança

Virgínia, uma jovem tímida, mas de sorriso fácil, dança desde os quatro anos de idade. Foi no Espírito Santo, local onde nasceu, que começou a se dedicar ao balé, mas em 2009 – quando foi para a Escola do Teatro Bolshoi no Brasil – ela decidiu que a dança seria sua profissão. A partir de agosto, os passos da bailarina brasileira vão ganhar os palcos de uma das melhores escolas de balé do mundo, a Vaganova Ballet Academy, em São Petersburgo, na Rússia. Recémaprovada no Programa Internacional de Trainee 2013, Virgínia Mazoco, de apenas 16 anos, embarca para a escola que formou nada mais, nada menos que Mikhail Baryshnikov, um dos ícones mundiais da dança.

Segundo a bailarina, o festival é um ótimo palco para início de uma carreira profissional. “Dancei pela primeira vez no evento a variação de Cupido do Ballet Don Quixote. Além de dançar na noite competitiva, dancei várias vezes durante os 10 dias de festival pelos palcos abertos da cidade. Isso me proporcionou certa confiança, pois em cada palco que dançava tinha um público diferente e sempre queria dançar melhor”, relembra.


Entenda porque o Festival de Dança de Joinville está entre os melhores do mundo!

Iracity Cardoso Curadora do Festival de Dança

Ely Diniz Presidente Instituto Festival de Dança “O Festival de Dança de Joinville é um evento de sucesso porque ao longo dos anos soube se reciclar, renovar e manter-se conectado com as mostras e festivais mais importantes do mundo. O evento deixou de ser apenas uma mostra competitiva de grupos amadores para ser um encontro de companhias profissionais, coreógrafos, diretores, pesquisadores e acadêmicos que aproveitam os onze dias do evento para troca de ideias e informações. Todos os anos o Festival apresenta alguma coisa de novo, não apenas nas atrações, mas em todas as atividades didáticas. Temos a consciência de que se o Festival começar a se repetir e ficar deitado no sucesso será o início da queda. Uma equipe altamente comprometida e qualificada, aliadas a uma competente curadoria artística que se renova anualmente e a um grupo de patrocinadores que percebem um ganho de imagem para suas marcas formam o tripé do sucesso do Festival de Joinville”.

“O Festival de Dança de Joinville, desde sua criação e até os dias de hoje, tem passado por inúmeras transformações, que em geral têm sido benéficas para incentivar a dança no nosso país. Não só em relação aos vários projetos relacionados, mas também no grande incentivo aos profissionais da dança brasileira que participam e trocam saberes com as várias gerações de estudantes que por ali passam. Palco de excelência, transformador para os jovens, proporciona oportunidades para todos que participam de expandir experiências e adquirir sabedoria.”

Andrea dawil Curadora do Festival de Dança “Um dos maiores méritos do Festival é permanecer em estado de mudança, sempre! É essa ebulição constante que, no meu ponto de vista, contribui para garantir a consistência das ações e seus desdobramentos. Ao longo dos anos que tenho frequentado o Festival, primeiro como jurada depois como conselheira, presenciei algumas dessas ebulições. Mudanças que vão desde formato de programação até o regulamento da mostra competitiva, propriamente dita. Com o tempo, novas ações formativas foram se integrando à mostra competitiva: a mostra contemporânea, os seminários, os lançamentos de livros, a diversificação e ampliação dos cursos, etc. Algumas mudanças são mais visíveis para o público e os participantes – como aquelas que alteram a rotina das apresentações, por exemplo – e outras são mais sutis, visíveis apenas para quem está na organização, mas igualmente necessárias. O que importa é garantir os canais de escuta com público e participantes, a fim de que um processo de avaliação se constitua de forma continua e legítima. É isso que nos torna mais fortes!”


Prato DUO do Mês

Sororoca em crosta pinhão, camarões VG, bolacha de mangarito com alho negro, dijon e mela Receita para 2 pessoas Ingredientes:  2 filés altos de sorcoroca com pele (aproximadamente 160g cada)  20 pinhões cozidos e descascados  50g de farinha biju  4 camarões VG grandes e limpos  300g de peru de mangarito  10 alhos negros picados  50g de farinha de trigo

 50g de mostarda dijon  50g de melaço  1 colher de sopa de cachaça de butiá

Modo de preparo: Para a crosta, processe o pinhão, a farinha biju com sal e pimenta a gosto. Pegue o purê de mangarito e coloque o alho negro e metade da farinha. Com a ajuda de um aro, empane com o restante da

farinha. Doure essas bolachas em azeite bem quente. Misture o dijon com o melaço e cachaça. Em uma grelha, grelhe a sororoca e pinhões, tomando cuidado para deixar a pele da sororoca muito crocante. Sobre a pele, jogue a crosta do pinhão e leve para gratinar no forno a 250°C. Sirva esta sororoca sobre os camarões grelhados e sobre a bolacha tostada de mangarito. Risque em um prato o dijon e o melaço e sirva com um vinho branco catarinense.

Em cada edição da Revista DUO, o Chef Fabio Espinosa, do Bistrot Mama Lu, irá preparar um prato sofisticado e delicioso. A receita também estará disponível no cardápio do restaurante para ser degustada.

DUO

89


Por Leandro Schmitz leandro.eros83@gmail.com

DUO Perfil

Fabi

e seu Amor

por Joinville

Olá, pessoas queridas! Muita gente tem me perguntado se a menina louquinha da revista sou eu. Então, cheia de satisfação respondo que sim! Por que será que as pessoas identificam? Sei lá, deve ser o meu jeito aventureiro de ser. Eu chego e agito, sabe? Ah, e não esqueço as boas coisas que Joinville tem, seja show, balada, feira, festinha... Qualquer coisa eu estou lá! Gente, estamos em junho e agora comemora-se o famoso Dia dos Namorados. Sim, estou solteira, mas não me importo, afinal sei aproveitar como ninguém esta romântica data sem trágicos desfechos. Não caio na balada igual uma desesperada, mas também não vou ao cinema sozinha para chorar. Na verdade, estou bem assim. Até arrisquei alguns relacionamentos, mas como sempre acabo ficando com meus amigos,

pois eles de fato me entendem, nunca cobram nada e estão sempre dispostos a uma boa companhia, nem que seja para assistir Desperate Housewives ou ouvir Nana Caymmi no dedilhar de um violão. Bem, chega de falar de mim, vou sugerir agora boas opções para os apaixonados, aqueles que diferente de mim são prósperos no trato com o cupido. Além dos tradicionais jantares românticos, devidamente preparados por 90% dos restaurantes da cidade (que, diga-se de passagem, são um arraso), uma boa pedida é sair do programa clichê e inovar. Fazer coisas diferentes não dá aquela esquentada na relação? Pois então, aí vão algumas opções que Joinville oferece e que, certamente, você ainda não conhece! Que tal fazer um programa à moda

antiga e namorar um pouquinho curtindo a calmaria da Rua das Palmeiras? O namorinho de banco de praça... Hmmm! Ou uma volta no Parque Morro do Finder, no Iririú, curtir a bela paisagem do Morro do Amaral, a parte sul-litorânea de nossa cidade! O que é mais romântico do que assistir ao pôr-do-sol olhando o mar, acompanhado do seu par? Estão vendo? Nem só de badalação vive Fabi! Também sei dar boas dicas românticas! E neste clima apaixonado, despeçome de vocês desejando um ótimo junho a todos nós, não esquecendo que esta é a época do frio: tempo de usar as melhores roupas, beber alguma coisa, ficar à beira de uma lareira e juntar a turma toda para jogar uma partida de baralho! Bora? Te vejo na próxima edição da Duo! Bye with love!


DUO Viagem Por Osny Martins

Saiba aproveitarOfertas e não cair em Ciladas Quase todos os dias nos deparamos com bonitos anúncios de viagens maravilhosas, excursões fantásticas, cruzeiros inesquecíveis, passeios a verdadeiros paraísos na Terra e tudo isso por preços animadores. Cuidado! Por trás de fotos de sonho e de propostas irrecusáveis em pacotes que cabem em quase todos os bolsos, podem estar pegadinhas perigosas. Nem sempre o que é promocional, realmente interessa. Ou, se interessa a alguns, pode não interessar a outros. Por isso mesmo, preste atenção aos detalhes. Mesmo que se trate de uma promoção de operadora confiável, você pode ser vítima de férias frustradas e indesejadas. Uma das mais típicas são aquelas viagens oferecidas a preços avassaladoramente baratos no Caribe nos meses de setembro e outubro. A não ser que se trate do Caribe Sul, evite, sob pena de passar alguns apertos, afinal estamos falando dos dois meses de maior ocorrência de furacões na região. O barato sai caro. Fará você, na melhor das hipóteses, ter que relatar a experiência tenebrosa de ser o centro do furacão e não o de estar numa paradisíaca ilha caribenha. Há também aquela proposta de um cruzeiro em navios de alto luxo por um preço por dia que é de um quinto que o preço normal, com as mesmas regalias e em cabine superior à média. Como isso é possível? Fácil. Basta optar por um cruzeiro de retorno da temporada

brasileira de cruzeiros para a temporada européia. Pra não retornarem vazios, as grandes companhias lançam cruzeiros de retorno por bom preço e ainda pagam a passagem aérea de retorno ao Brasil – seja de Portugal, Espanha ou Itália principalmente. Pode servir pra muita gente que realmente quer descansar por três semanas em média, com poucas paradas na costa brasileira e européia e vários dias em alto mar seguido. Mas para outra parte de turistas não é exatamente a viagem dos sonhos. Preço não é tudo. Pergunte, leia sobre o cruzeiro, as escalas, dias, portos, horários. Analise de compensa.

Outro erro freqüente é o da frase “milagrosa” de alguns pacotes: “Não se incomode com nada, fazemos tudo por você, levamos para todos os lugares”.

Geralmente se refere a lugares como a Disney em Orlando ou Las Vegas, ambos nos Estados Unidos. Pra marinheiro de primeira viagem, os preços mais salgados que os pacotes normais pra estes destinos, vale a pena. Ledo engano. A não ser que

se trate de pessoas de idade avançada e com problemas de locomoção, este tipo de pacote pode não ser nada vantajoso. Mesmo para famílias grandes ou grupos, este tipo de passeio pode ser uma armadilha. Você pode não se incomodar com os traslados e passeios, mas ficará preso a horários e obrigatoriedade de parques, passeios e shoppings. Em quaisquer destes e de tantos outros casos do gênero, é evitar o impulso. Controle o ímpeto e o medo de viajar para um lugar que não conheça, que não sabe a língua, agravado se for com alguém na mesma situação. O senso de novidade é estimulante, principalmente se você se munir de muita leitura sobre o destino e de muita conversa com pessoas que já foram para lá. Não esqueça também que sua disponibilidade de férias, nem sempre é a única coisa que importa pra escolher a época pra ir pra determinados destinos. Avalie a época, baixa estação é sempre melhor, temperatura, fuso horário, eventos fixos nos lugares escolhidos etc. Lembre-se que você começa a viajar no momento em que decide viajar. Uma boa viagem não acontece apenas quando você arruma as malas e vai pro aeroporto. Bom viajante é aquele que curte o seu passeio desde o momento que o escolhe até o momento do retorno, quando monta seu álbum de fotografias ou deleta as fotos indesejáveis da memória do seu tablet. Boa viagem!


São Paulo não é só trabalho e negócios nem só cimento e trânsito A maior cidade brasileira e uma das maiores do mundo, vai muito mais além do que uma metrópole voltada ao trabalho, onde o trânsito infernal e a poluição sufocante, aliada ao barulho e ao temor pela violência é só o que tem pra mostrar. São Paulo pode ser muito mais que isso. Muito agradável e convidativa também. E se você está imaginando que vamos nos refugiar na argumentação sedutora da gastronomia maravilhosa que é oferecida por lá, engana-se. Além da gastronomia ímpar, São Paulo é um reduto maravilhoso da cultura, nas mais diferentes artes – seja daquela tradicional,

como a dos museus clássicos como o do Ipiranga e das famosas galerias de arte, seja pela arte high tech, pelos grafiteiros,

museus inovadores como o da Língua Portuguesa e outros.

oferecer. Peças de teatro para todos os gostos, shows musicais e até aquela ida básica a 25 de Julho, vão te cativar. Seja pelo exotismo do passeio ou pela estratégia comercial. E quando for na rua de comércio popular mais famosa do país, não esqueça do lanchinho básico no Mercado Municipal. Nunca reserve menos de uma hora (melhor duas) pra passear por lá. É divertidíssimo e vai acabar encontrando de tudo. Pensará até que está em outro país. Ta com o filhão que quer conhecer um estádio de futebol? Ótimo. Mas se por acaso não tiver jogo no dia em que estiver de folga em São Paulo, vá até o Pacaembu e se emocione com o Museu do Futebol. É original, lindo, empolgante. Não esqueça das fotos. Tem o lado religioso clamando por uma igreja ou algo do gênero? Não se preocupe, opção não falta. O lado histórico oferece a Catedral da Sé, em frente ao marco zero da cidade. Mas há templos igualmente bonitos como da Igreja Universal, inúmeras mesquitas, a Catedral Ortodoxa na Rua Vergueiro no Paraíso, próximo da Paulista e a moderna Igreja do Padre Marcelo na zona Sul, pros lados do autódromo de Interlagos e da represa de Guarapiranga. Enfim, São Paulo é plural, é múltipla,

agrada e desagrada, tem seus defeitos e suas virtudes. Descubra a cidade... Irá se descobrir também. E se quiser algo realmente inusitado, diferente, tão simples quanto gostoso, vá até uma das multicoloridas e interessantes feiras livres. Passe pela Avenida Paulista, desça a Consolação, faça um lanchinho na Bella Paulista, aberta 24 horas, na Bella Cintra, 50 metros da Paulista e se delicie com o que bem entender. Lá tudo é gostoso. E tem de tudo. O cardápio é uma bíblia de tão completo. Quer mais? Esqueci alguma coisa? Claro que sim, né? Ou você acha que estas páginas de turismo da Duo serão suficientes para abordar tudo que podemos sobre São Paulo? Nem que sejam tópicos... faltará espaço. Cada vez que for a São Paulo, poderá descobrir endereços novos, um cantinho lindo, um restaurante único, uma loja maravilhosa, um lugar interessante... Essa é São Paulo. Você descobre a capital paulista e se descobre entre as sugestões e as buscas que fará (e olha que nem falamos do Ibirapuera, da Liberdade, da Bienal, da Vila Madalena, Pinacoteca do Estado...).

Experimente São Paulo O universo de opções, museus, casas noturnas, baladas, restaurantes, shoppings, endereços famosos, históricos, por certo vão fazer o turista perceber o quanto desprezou a cidade, sem nem conhecê-la. Até o próprio paulistano não sabe muitas vezes o que tem ao seu lado, na sua cidade. Com a facilidade que temos hoje com a internet, busque o que mais lhe agrada e verá que São Paulo lhe ofertará um roteiro bem amplo a respeito. No caso do joinvilense, outra vantagem é a proximidade. São 45 minutos de distância apenas. E se aproveitar uma das costumeiras promoções de companhias aéreas, pode ser tão barato quanto viajar de ônibus até Florianópolis, por exemplo. Pra quem tem que ir a São Paulo a trabalho, procure marcar o compromisso profissional numa sexta-feira ou segunda. Assim, terá um sábado e domingo pra “descobrir” São Paulo. O mesmo vale pra quem costuma visitar as inúmeras feiras profissionais do Anhembi ou eventos empresariais ou artísticos. Uma esticada de um, dois ou quantos dias puder, só vai lhe fazer bem. Derruba preconceitos em relação à cidade, à vida urbana agitada e tantos outros que possa ter. Conheça São Paulo e descubra o que uma grande e agitada metrópole, mesmo longe do mar, pode

DUO

111


DUO Esporte

Por Fabricio de Augustinho fabrício@sevenfit.com.br

Por um fio

Slackline, Escalada esportiva e Rapel

Escalada esportiva

Slackline

Modalidade que visa escaladas nas quais o praticante usa apenas as força corporal, sobretudo das mãos e dos pés, para a ascensão. Geralmente ela é realizada sob superfícies de rochas as mais sólidas possíveis, quase sempre verticais ou negativas, onde a parede forma com o chão um ângulo menor que noventa graus.

É um esporte em que uma fita é montada entre dois pontos, sendo que o objetivo é atravessá-la se equilibrando. Surgiu na década de 1980, nos Estados Unidos. No Brasil, o esporte chegou por volta do ano 2000 nas praias do Rio de Janeiro.

Em escalada o importante não é a altura, mas sim a beleza e complexidade. A meta é subir a via de baixo para cima sem cair. Para concluir, é preciso salientar que escalada esportiva tem relação com a busca de nossos limites físicos e mentais.

Equilíbrio, concentração e tônus muscular corporal são possíveis e importantes nas diferentes fases da vida e todos só terão benefícios ao se dedicarem a este esporte. É preciso um equipamento próprio. Então, com o kit montado em uma altura que pode ser próxima a dos joelhos, é só subir na fita e tentar dar os primeiros passos. Rapel Técnica usada para efetuar uma descida vertical com o auxílio de uma corda geralmente utilizada por escaladores, bombeiros ou mesmo pequenos aventureiros que descem viadutos, prédios, pontes, etc. Dependendo de onde é praticado, afirma-se que a descida é negativa ou positiva, ou seja, positiva é quando há apoio para os pés e negativa quando desce no vazio, sem qualquer tipo de apoio. Portando, é só o aventureiro e sua corda. O equipamento deve estar sempre em boas condições, ser de boa marca e procedência e necessita passar sempre por uma manutenção simples, podendo ser feita por qualquer pessoa. Porém, se você quiser praticá-lo, é essencial que faça um curso. Procure instrução de um guia qualificado para garantir a segurança durante a prática do esporte.


DUO Moda Masculina Por Mariana Woj

Muito além do básico Quem nunca ouviu a máxima de que homem só precisa de camiseta e jeans para estar pronto para ir a qualquer lugar? Pois é... Mas hoje com os conceitos de moda cada vez mais apurados, eles não querem mais uma simples camiseta e sim se sentirem de acordo com o universo fashion. Foi com a ideia de unir as tão usadas t-shirts às inspirações do mundo moderno que surgiu a marca Liverpool Camisetas. O foco dos criadores – os publicitários Tiago Durante e Rafael Lange – foi criar modelos especiais para quem preza qualidade, diversão e estilo na hora de se vestir. “Sempre gostamos de um toque de moda na hora de escolher uma roupa, então porque não traduzir isso em uma marca própria?”, questiona Rafael, responsável pela criação das coleções da Liverpool. “As inspirações das estampas vem de coisas que nós gostamos, como músicas e filmes antigos, ícones da nossa infância etc. Sempre quisemos colocar um pouco de diversão no que estávamos fazendo”, complementa Tiago.

das coleções, a penúltima fotografamos em Nova Iorque e a última, chamada de B-Side London, foi inspirada na parte underground da capital inglesa, fotografamos em oito bairros de lá, está super diferente”, descreve Tiago. Com a intensidade da procura pelo trabalho dos dois, que caiu nas graças de atores globais, cantores de bandas nacionais e VIP`s pela Brasil afora, os empresários estão aumentando o mix de produtos, que também conta com versões femininas. Famosos que vestem Liverpool A Liverpool Camisetas já é nome certo nas semanas de moda pelo País, esteve em março, pela terceira vez na SPFW e em maio, marcou presença na semana de moda carioca. A lista de famosos que curtem a marca é bem extensa. Entre os principais estão Emerson Nogueira, a atriz Natália Rodrigues, o ator Luciano Safir, os integrantes do Detonautas e da banda Fresno, Titi (VJ da MTV), Teddy Correa da banda Nenhum de Nós e por aí vai...

Ideia promissora Segundo os sócios, a empresa surgiu com uma modelagem própria como marca registrada – especialmente criada para o mundo masculino. “A Liverpool já nasceu com um referencial muito próprio e isso, com certeza, fez o nosso diferencial”, afirma Rafael. “Nos trabalhamos em cima Foto: Divulgação


DUO Bebidas

Por Aldo Cadorin aldocadorin@demarseille.com.br

Namoros

no Cone Sul

Namoramos e já casamos com o vinho sulamericano, sobretudo com suas uvas emblemáticas, aquelas que nos reportam imediatamente a seu país. Nas últimas décadas, argentinos, chilenos e uruguaios apostaram suas fichas em uvas tintas francesas, que mostraram excelente adaptação ao seu terroir. Hoje, eles são a cara de seu país. No mês dos namorados, brindemos aos nossos amores: à pessoa amada, à vida e ao vinho! ¡Salud! Saúde!

Argentina e Chile, em especial, vêm se saindo muitíssimo bem no Brasil e no mundo. Os argentinos têm o papa, agora a rainha da Holanda, mas tem na uva Malbec a sua rainha também. Ela é originária da região de Cahors, França. Lá, produtores como o Château

Legrezette buscam manter viva esta bela casta. Já na Argentina, ícones da Malbec local como Catena Zapata, Luigi Bosca, Achaval Ferrer, Riglos, Viña Alicia e tantos outros cada vez mais nos presenteiam com ótimas garrafas. Os hermanos fazem malbecs

de todos os tipos: jovens, de média e muita estrutura e em assemblage com outras uvas. Além de vinhos comerciais, mas também de grande elegância e longevos.

O Chile, por sua vez, com seus vales é um paraíso para qualquer enólogo: Antartida, Cordilheira dos Andes, Pacífico e Deserto do Atacama. O país conseguiu trabalhar a uva Carménère, quase extinta na França, descobrindo-a quase por acaso no meio de vinhedos da Merlot. Faz dela uma identificação única com o Chile. São vinhos fáceis de beber, macios e que agradam

ao paladar brasileiro e mundial. Também há carmeneres de extrema elegância. Trabalhar em cortes com outras uvas tem feito maravilhas. Produtores como De Martino tem conseguido expressar os aromas desta uva difícil, dando-lhe grande complexidade e elegância. O Chile, como ninguém, soube não ficar refém de uma uva só. Compartilha

sua produção com igual importância e qualidade com a Cabernet Sauvignon, sem desprezar a Merlot, Syrah e, recentemente, até com belos resultados, na Grenache. Tem forte destaque para seus brancos, produzidos em áreas mais frias, perto do mar como no Vale Casablanca.

Para fazer jus a sua parrilla, o Uruguai, escolheu a francesa Tannat como sua uva emblemática. Na França, vignerons como Alain Brumont de Madiran, região de origem da Tannat, mantém a alta qualidade da cepa local. Entre os uruguaios, bodegas como a Bouza, dos arredores de Montevidéu, tem conseguido domar os taninos exagerados da uva, produzindo vinhos extremamente cativantes, só com a Tannat ou em instigantes cortes com a

Merlot e Tempranillo. Aos poucos o mundo vai se rendendo a estes vinhos uruguaios, que no meu entender têm grande futuro, já que se assemelham muito aos vinhos europeus. Não é paixão à primeira vista como acontece com a Malbec e a Carménère, mas uma afetividade que crescerá de forma lenta e gradual. Os mesmos ingredientes de um namoro estão presentes no mundo do vinho: amá-los de forma arrebatadora já

no primeiro gole ou evoluir numa conquista lenta, mas firme e segura. E nós, brasileiros, se não temos ainda uvas que podemos chamar de emblemáticas, podemos, sim, brindar com um belo espumante brasileiro, que já é referência no Cone Sul e começa a se projetar pelo mundo. Mas esta já é uma história que merece um capítulo à parte.

Aldo Cadorin Sommelier profissional Abs/Brasil e Fisar/Itália


DUO Gastronomia

SaboreanDUO

Petit Gateau Ingredientes:

Modo de preparo:

 200 g de chocolate meio amargo  2 colheres de manteiga sem sal  1/4 de xícara de chá de açúcar  2 colheres de sopa rasas de farinha de trigo  2 ovos inteiros (tirar a pele da gema)  2 gemas

1. Derreta a manteiga e o chocolate em banho-maria. 2. Bata os ovos e as gemas com açúcar na batedeira até ficar bem claro. 3. Junte o chocolate derretido e a farinha de trigo, misturando com uma espátula. 4. Depois, unte as forminhas de empadinha, passe trigo e coloque a massa. 5. Pré-aqueça o forno e leve para assar de 6 a 10 minutos em fogo alto até os bolinhos crescerem. O meio deve ficar molinho. 6. Deve-se desenformar quente. 7. Sirva diretamente no prato, acompanhado com sorvete de creme. Obs.: os bolinhos podem ser assados também na omeleteira Fun Kitchen. Quem tiver, os bolinhos ficam ótimos e no ponto certo!

Convidada da edição Michella Pierri Publicitária e proprietária da Druidas Marketing e Comunicação


Tinta na

Tri Legais

pele

Para muitos, a tatuagem não é apenas um simples desenho, é um estilo de vida que movimenta um mercado cada vez maior, mais organizado e rentável, no mundo inteiro. Em Joinville, essa evolução não está sendo diferente. Os estúdios estão cada vez mais profissionais, não somente com os cuidados que cercam o ato de riscar a pele, mas também com questões relacionadas ao atendimento. Confira uma entrevista com três grandes nomes da cidade e conheça mais dessa arte que viaja pelo mundo no corpo de cada ser humano tatuado.

Por Mariana Woj Fotos: Arquivos pessoais


Especialista em arte viva Sandro Chaves, conhecido por todos como Maga, trabalha como tatuador há 23 anos. É formado em técnico de Enfermagem e possui cursos internacionais de despigmentação a laser e remoção a laser. Maga é referência na cidade e faz em média de 50 tatuagens por mês. Revista Duo (RD): O que o levou a escolher essa profissão? Maga: No começo foi um hobby, depois fui me profissionalizando. RD: Conte como foi quando fez sua primeira tatuagem? Maga:Fizemmim,umcometanomeupé. RD: Como é um bom tatuador? Maga: Sempre atualizado nas tendências, técnicas e oferece materiais de alta qualidade. RD: Qual a recomendação que faz para quem tem dúvida do desenho que deve escolher? Maga: Na dúvida, é melhor não fazer. Sempre pesquise e não faça desenhos que outras pessoas têm, como artistas e atletas. Procure fazer algo exclusivo. RD: O que uma pessoa precisa levar em consideração antes de fazer uma tatuagem? Maga: Vários fatores. Local da tatuagem, desenho e tatuador. É importante sempre pedir para ver outros trabalhos feitos pelo artista e verificar se o local oferece segurança. RD: Aproximadamente quantas pessoas andam com desenhos seus? Maga: Já tatuei mais de 10 mil pessoas. RD: Quantas tatuagens possui no seu corpo e o que significam? Maga: Tenho 30. Cada uma feita em um momento e época com seu devido significado pessoal. RD: Como foi a aceitação da família quando contou que queria ser tatuador? Maga: No começo não aceitaram muito bem, mas com o passar do tempo viram que era uma coisa séria e hoje me apóiam e tem muito orgulho do que faço.


Profissional desenvolvedor de arte na pele

de e

Fausto Rafael Fissmer, 35 anos, também é um veterano no assunto. Tatuador profissional há 10 anos, descobriu sua paixão depois do incentivo de um amigo e já tatuou aproximadamente duas mil pessoas.

RD: Quantas tatuagens possui no seu corpo e o que significam? Fausto: Atualmente tenho bem poucas, apenas 11. Não faço tatuagens por algum significado, e sim porque gosto dos desenhos. Ainda pretendo fazer muitas mais.

Revista Duo (RD): O que o levou a escolher essa profissão? Fausto:Foiporacaso,umamigotatuador me viu desenhando e me perguntou por que não tatuava, respondi que achava difícil e muita responsabilidade marcar a pele das pessoas para sempre. Dois meses depois, estava trabalhando como atendente do seu estúdio e aprendendo a tatuar. Nove meses depois já estava tatuando. RD: Qual o desenho mais diferente que já tatuou? Fausto: Nunca fiz nada muito fora do comum. Uma mãe me pediu para tatuar uns rabiscos do filho pequeno, acho que isso foi o mais estranho. RD: O que uma pessoa precisa levar em consideração antes de fazer uma tatuagem? Fausto: Primeiro precisa saber o que quer tatuado em seu corpo e em que local do corpo, depois só procurar por um bom profissional, sempre pedindo recomendações e analisando os trabalhos anteriores deste tatuador. Se ele não tiver fotos de trabalhos, desconfie. RD: Como é um bom tatuador? Fausto: Um bom tatuador precisa primeiramente saber desenhar e ter consciência de que seu trabalho vai acompanhar a pessoa pela vida toda. Já me recusei a tatuar algumas pessoas por serem muito indecisas e mudarem de ideia a cada vez que falavam comigo. RD: Conte como foi quando fez sua primeira tatuagem? Fausto: As minhas três primeiras tatuagens fiz em mim mesmo. Foram um kanji, um dragão tribal e uma carpa, todas nas pernas. RD: Desde gostava de Fausto: Sempre tive para desenhar. Aos

pequeno desenhar? facilidade 3 anos

(Crédito da foto: Gisela M. Fialkowski)

idade já desenhava motos carros bem detalhados.

RD: Como foi a aceitação da família quando contou que queria ser tatuador? Fausto: Acho que não foi muito tranquilo de início, mas já estava com 25 anos e não teriam muito que fazer.


Perito em detalhes Luciano Marissales, 39 anos, conhecido por Marissales Bronco Billy, atua há 17 anos como tatuador e possui muito talento para criar desenhos exclusivos. Segundo ele, se atualizar é necessário. Já fez cursos de desenho artístico, estudou anatomia, artes visuais e sempre que pode adquire livros e frequenta workshops com tatuadores renomados mundialmente. Revista Duo: O que o levou a escolher essa profissão? Marissales: A facilidade na criação de desenhos, o gosto pela arte da tatuagem, a postura undergrond que esse trabalho tinha na época e principalmente porque queria fazer algo que realmente gostasse. RD: Qual o desenho mais diferente que já tatuou e onde? Marissales: Fica difícil escolher um desenho, pois todos são diferentes uns dos outros, já que tatuo desenhos próprios. Mas teve uma cliente que tatuou um selo de carta na planta do pé, e outra que fez cinco borboletas dando a impressão que estavam descendo pela virilha, como se estivesse saindo de uma flor. RD: Aproximadamente quantas pessoas andam com desenhos seus? Marissales: Mais de quinze mil. RD: Para você, o que significa uma tatuagem? Marissales: Tatuagem no meu corpo significa o projeto da minha vida, toda minha história é contada pelas tatuagens que tenho. Mas para os clientes, cada um tem sua história, para aumentar a autoestima, a realização de um sonho, uma homenagem, uma tribo, um estilo de vida. RD: Qual a recomendação que faz para quem tem dúvida do desenho que deve escolher? Marissales: E certo e correto que na dúvida, não tatue no primeiro momento, e sim pesquise sobre estilo, cultura, significados e busque tatuar algo que represente aquele momento, quem você é ou o que você busca ser. RD: Desde pequeno gostava de desenhar? Marissales: Sim, sempre tive uma

veia artística muito forte e na infância, muitas vezes, fui reprimido por ficar desenhando na escola. RD: Quantas tatuagens possui no seu corpo e o que significam? Marissales: Tenho uma tatuagem que está se espalhando pelo corpo todo que vai contando a história da minha vida. Sempre que tiver um espaço em branco na pele, será preenchido com mais um capítulo dessa história. RD: Como foi a aceitação da família quando contou que queria ser

tatuador? Marissales: Tive que ir embora de Joinville e ficar fora por dois anos para ingressar de cabeça nessa profissão. Quando voltei já tatuado no corpo e rosto (chamas na sobrancelha e um tribal no queixo), meu pai chorou por uma semana e dizia que assim eu não iria conseguir arrumar um emprego na Schultz (risos). Na época, olhei para o meu pai e disse que eu tinha nascido pra ser artista. Hoje em dia, ele anda com cartões do estúdio fazendo propaganda.


DUO Humor Por Drag Conchita

No clima da Estação Olá, meninos, meninas, androides, indecisos e não rotulados! Cá estou de novo, novamente, outra vez, em mais uma edição escândalo da Revista DUO. Afinal de contas, sou uma intelectual e não estou morta, queridinhas! Depois de uma temporada no spa da beleza e da magia, sedução e do amor, muito amor, se é que você me entende, vamos falar da estação mais deliciosa do ano. É hora de hibernar, meu amor... Ah, o inverno e todo seu bucolismo romântico! Sim, meu bem porque eu sou quase uma europeia, meu amor! Cá pra nós, o inverno não é uma maravilha? As pessoas se vestem melhor, você não vê na rua aquelas moças com as pernas envarizadas e celulitizadas à mostra, se poupa de encontrar aquela tia gorda que adora colocar seu biquíni fio dental para bronzear os pneuzinhos, nem aquela barriga de chope do alemão Scnekerm. Sim, meu bem, todos capricham na produção, carregam o glamour colocando aqueles casacões e tapam tudo o que jamais deveriam mostrar. É um alívio aos meus olhinhos, não é verdade?

E mais: nesta época dá até para encarar aquela moda retrô, numa releitura, é claro. Nada de pegar aquele suéter mofado da vovó e achar que está arrasando, meu bem. Retrô não é isso, sua perturbada! Seja atual como eu. Só use pele sintética. Pele é digno, mas tem que ser ecologicamente correta. Eu já estou há dois anos guardando sambiquira de galinha para confeccionar uma echarpe! Fica a dica, é a tendência, colega! Ainda falando em produção, é pena mesmo que ainda não inventaram um sobretudo transparente para os boys magias exibirem seus tanquinhos. Só nesta questão sinto falta do verão, das areias de Balneário Barra do Sul! Mas isso a gente resolve com muito calor humano, se é que vocês me entendem. Blupt! Ui, perigosa! Mas o inverno já está aí, não é mesmo, com suas temperaturas minúsculas. Aí falando em coisas minúsculas, me lembrei de um boy magia que trabalhava na Renner... Oh, dozinha, mas ah, deixa isso prá lá! Vamos falar do frio, que é melhor. Já reservei alguns clássicos para me

deliciar neste inverno. Vou de Cabernet, ChâteauLatour, Vinho do Porto e o nosso delicioso Kissuco de Uva e um exclusivo vinho Sinuelo – que dá o que fala meu amor!Mas tem que ser tinto e suave! Oi perigosa! Huhum! Já até encomendei um queijo Camembert e o Brie, e também o queijinho da barraquinha do terminal para arrasar no fondue. É como eu sempre digo: cada um na sua condição! Pra você que não sabe o que é fondue, vá estudar, sua preguiçosa! Muito franca! Mas falando em vinho, eu lembro de quentão! Hmmm... Pinhão, piroca, ops... Pipoca, pescaria, a cobra, ui, que perigo! Sim, meu amor... Adoro um perigo, viu?! Ah, as festas juninas e julinas sempre têm um bafo, não é verdade? Sempre tem a palhaçada do casamento caipira - só assim para eu ser a noivinha ou a mulher do padre! Ai, mafiosa! Mas a melhor parte é quando gritam “olha a cobra”! Uh! As passivas vão à loucura, meu amor... É quase uma guerra, iguais àquelas das encalhadas à espera do buquê da noiva! Taí uma coisa que me choca!


Olá, meninos, meninas, androides, indecisos e não rotulados! Cá estou de novo, novamente, outra vez, em mais uma edição escândalo da Revista DUO. Afinal de contas, sou uma intelectual e não estou morta, queridinhas! Depois de uma temporada no spa da beleza e da magia, sedução e do amor, muito amor, se é que você me entende, vamos falar da estação mais deliciosa do ano. É hora de hibernar, meu amor... Ah, o inverno e todo seu bucolismo romântico! Sim, meu bem porque eu sou quase uma europeia, meu amor! Cá pra nós, o inverno não é uma maravilha? As pessoas se vestem melhor, você não vê na rua aquelas moças com as pernas envarizadas e celulitizadas à mostra, se poupa de encontrar aquela tia gorda que adora colocar seu biquíni fio dental para bronzear os pneuzinhos, nem aquela barriga de chope do alemão Scnekerm. Sim, meu bem, todos capricham na produção, carregam o glamour colocando aqueles casacões e tapam tudo o que jamais deveriam mostrar. É um alívio aos meus olhinhos, não é verdade?

E mais: nesta época dá até para encarar aquela moda retrô, numa releitura, é claro. Nada de pegar aquele suéter mofado da vovó e achar que está arrasando, meu bem. Retrô não é isso, sua perturbada! Seja atual como eu. Só use pele sintética. Pele é digno, mas tem que ser ecologicamente correta. Eu já estou há dois anos guardando sambiquira de galinha para confeccionar uma echarpe! Fica a dica, é a tendência, colega!

ChâteauLatour, Vinho do Porto e o nosso delicioso Kissuco de Uva e um exclusivo vinho Sinuelo – que dá o que fala meu amor!Mas tem que ser tinto e suave! Oi perigosa! Huhum! Já até encomendei um queijo Camembert e o Brie, e também o queijinho da barraquinha do terminal para arrasar no fondue. É como eu sempre digo: cada um na sua condição! Pra você que não sabe o que é fondue, vá estudar, sua preguiçosa! Muito franca!

Ainda falando em produção, é pena mesmo que ainda não inventaram um sobretudo transparente para os boys magias exibirem seus tanquinhos. Só nesta questão sinto falta do verão, das areias de Balneário Barra do Sul! Mas isso a gente resolve com muito calor humano, se é que vocês me entendem. Blupt! Ui, perigosa!

Mas falando em vinho, eu lembro de quentão! Hmmm... Pinhão, piroca, ops... Pipoca, pescaria, a cobra, ui, que perigo! Sim, meu amor... Adoro um perigo, viu?! Ah, as festas juninas e julinas sempre têm um bafo, não é verdade? Sempre tem a palhaçada do casamento caipira - só assim para eu ser a noivinha ou a mulher do padre! Ai, mafiosa! Mas a melhor parte é quando gritam “olha a cobra”! Uh! As passivas vão à loucura, meu amor... É quase uma guerra, iguais àquelas das encalhadas à espera do buquê da noiva! Taí uma coisa que me choca!

Mas o inverno já está aí, não é mesmo, com suas temperaturas minúsculas. Aí falando em coisas minúsculas, me lembrei de um boy magia que trabalhava na Renner... Oh, dozinha, mas ah, deixa isso prá lá! Vamos falar do frio, que é melhor. Já reservei alguns clássicos para me deliciar neste inverno. Vou de Cabernet,

Pensando bem, acho que este ano vou ser voluntária nas festas de junho e julho. Vou trabalhar na barraca do “Ketty”, ops do beijo. Mas já to avisando que só beijarei meninos com menos de 30 e que tenham todos os dentes na boca. Porque não sou obrigada e não tô a fim de fazer caridade, né Wanda?! Ai! Isso vai bombar, viu... Então tá combinado. É só um telefonema, meu amor. Um beijo e aproveite sem moderação a estação mais caliente do ano, nem que seja debaixo do edredom!

Drag Conchita é jornalista, escritora, radialista, apresentadora e produtora cultural. Atriz performática que trabalha com shows em boates, festas, telegramas animados, casamentos e eventos em geral. Contatos: e-mail: dragconchita@gmail.com SKIPE: dragconchita Twitter @dragconchita Facebook e Orkut: Drag Conchita Fotolog: www.fotolog.com/dragconchita Concha’s fone: 47/8415-3472.


DUO Música @Jupamplona

Lily Blumerants Tenho o prazer de entrevistar um grande nome pra Joinville, Lily Blumerants. Dona de uma voz única, uma personalidade marcante e uma bagagem que não cabe em qualquer lugar não!

Juliana Pamplona: Como começou seu contato com a música? Lily Blumerants: Hoje em dia, Aline está bem mais confiante e de bem com a própria imagem. “O que está me ajudando muito é ser modelo plus size, isso está mudando minha vida, não apenas de maneira externa, mas psicologicamente dizendo.” O trabalho como modelo começou há pouco tempo. Ela decidiu entrar para o mundo da moda por causa da insistência das amigas. “Minhas amigas falaram muito que eu deveria ir a uma agência de modelos para tentar ser uma modelo plus size, mas eu não levava muito a sério.” Aline procurou uma agência e em setembro do ano passado fez seu primeiro catálogo. JP: Você é uma grande voz para Joinville e um grande orgulho para a cidade. Relembre a gente de seus trabalhos. LB: Saí de Curitiba direto para a Vanguarda Paulistana, participando do primeiro disco de Itamar Assumpção. Lá montei uma banda de rock cujo guitarrista era o Edgar Scandurra (Ira). Tempo depois, participei como vocalista da Pop Band durante 6 anos e depois montei o grupo Influência do Jazz, em Joinville também. Tenho divulgado meu trabalho em turnês regulares pela Europa, apresentando o repertório dos meus quatro discos: Lillith a Lua Negra, Influência do Jazz, LilyBlumerants Ao Vivo e o Bar Request. E agora com novo disco pronto pra lançar, totalmente autoral. JP: Hoje você está em São Francisco do Sul. Conte um pouco do que está inventando?

LB: Tenho viajado bastante pelo mundo, mas sempre volto ao Brasil e fico transitando entre São Chico, Joinville, Florianópolis, Rio e São Paulo, trabalhando com música, shows e projetos culturais. Acabei de gravar um novo álbum autoral que se chama Criaturas com músicos muito conceituados no cenário artístico, que atuam acompanhando grandes estrelas, como o violoncelista Jaques Morelenbaum (Caetano e Gil), o guitarrista Fernando Caneca (Maria Gadu), o harmonista Gabriel Grossi (Hamilton de Holanda), o baterista Marcelo Costa (Caetano, Ana Carolina e Maria Bethânia) o pianista Danilo Andrade (Ana Carolina e Vanessa da Mata), o contrabaixista Jefferson Lescowich (Léo Gandelman), a cantora Miriam Mirah (Grupo Tarancón) e o vocal do Quarteto Primo (Danilo Caymmi). O álbum foi gravado no Rio de Janeiro, no estúdio do produtor Muri Costa (violonista da família Caymmi por mais de 15 anos) que além de assinar a produção musical gravou violão, cavaquinho e vocais. São 10 músicas entre boleros e bossas, blues e salsa - que revelam a minha trajetória musical de 30 anos, vivências e influências. Algumas em parceria, como Old Church e Espinho – ambas compostas com o escritor Domingos Pellegrini. O projeto gráfico é do publicitário Neto Picelli e a fotografia de Diogo Goulart. JP: No começo do ano você ganhou um prêmio no Destaques Culturais do Ano. Como foi a sensação? LB: Recebi este prêmio pelo projeto JAM NO MAJ – Jazz no Jardim do Museu de Arte de Joinville, que irá para a 3ª edição este ano, caso seja aprovado pelo

SIMDEC da Fundação Cultural. Estou muito orgulhosa. É gratificante saber que o projeto foi reconhecido como destaque no meio de tantos eventos culturais. Este projeto foi idealizado por Caroline Lisa Schultz, Carlos Franzoi e eu. Tínhamos a mesma ansiedade em relação ao espaço do jardim do Museu de Arte. Realmente, a JAM NO MAJ é um evento muito agradável, ao ar livre, onde as pessoas ocupam o gramado do jardim, em clima de piquenique e ao som de boa música. JP: Quais são seus planos e sonhos? LB: No momento estou ensaiando com uma nova banda para os shows de lançamento do meu novo álbum autoral. A pré-estreia foi no dia 4 de maio no café do Museu Nacional do Mar em São Francisco do Sul, em petit comité para a imprensa e amigos. Depois prosseguimos nos teatros e casas de show pelo Brasil e pelo mundo. São muitos os planos e projetos para desenvolver na área social com arte educação. Tenho trabalhado como professora de violão num projeto de extensão comunitária mantido pelo Museu do Mar, juntamente com outros professores de violino, piano e teclados. Meu sonho é trabalhar bastante para contribuir da melhor maneira com a sociedade. Acredito que a arte aplicada na educação é efetivamente a solução para os problemas de aprendizagem e crescimento pessoal.


Publieditorial

Graduado em Eventos e pós-graduado

Ministra palestras e treinamentos de equipe

em MBA em Marketing e Vendas, atua

em instituições que prestam serviços de

como professor universitário para o Curso

eventos. Profissional liberal, atua no mercado

de Eventos da Faculdade Anhanguera

de Joinville e região, dedicando-se à

de Joinville e ministra curso de Eventos

assessoria, planejamento, desenvolvimento

e Técnicas de Decoração no Instituto

e organização de cerimoniais, eventos

Brasileiro de Design de Interiores – IBDI.

corporativos e socioculturais.

A

planejamento,

demais por um preço muito abaixo do

apresenta como um quebra de paradigma,

execução e controle de eventos, seja ele uma

preocupação

ideal. Pessoas sem compromisso com o

exibindo competência e resultado em todos

feira, um congresso, um show, uma festa de

cliente que visam apenas o lucro, acabam

os eventos em que atua.

casamento ou aniversário, são atividades

prestando um serviço de qualidade muito

O mercado de eventos está em ascensão

dos profissionais de eventos. A preocupação

inferior, gerando um cenário geral de

e cresce constantemente. Porém, os

com cada detalhe, o relacionamento

insatisfação.

profissionais não conseguem acompanhar

com fornecedores, com o cliente e o

Apesar da pouca idade, possui experiência

esse ritmo dinâmico e acabam ficando

comprometimento com o sucesso do

prática comprovada. Jackson Waschel atua

para traz. Buscar novos conhecimentos e

resultado devem ser atributos destes

a mais de 6 anos no mercado, e possui uma

manter-se atualizado é uma preocupação

profissionais. Acima de tudo, o profissional

extensa agenda de eventos. O marketing

de Jackson. A participação em feiras e

de eventos deve ser uma pessoa que gosta

viral (boca-a-boca) foi o principal meio de

congressos de eventos por exemplo, é um

do que faz, meticulosa, organizada e atenta

divulgação de seu trabalho que cresce a

dos meios de ficar antenado no que rola de

a detalhes. Deve ser ainda desembaraçada,

cada dia. O reconhecimento de seu trabalho

mais atual no momento para poder oferecer

saber coordenar pessoas e ouvir o cliente.

se dá basicamente por sua criatividade,

sempre o melhor para o cliente.

O

ousadia e inovação em tudo o que lhe é

Para Jackson, o melhor cartão de visitas

proposto.

é aquele em que o cliente fica satisfeito

qualquer conhecimento teórico ou prático

Em um universo dominado ainda em sua

com o resultado e a partir disso passa a

se aventuram neste meio autoconfiantes

maioria por mulheres, Jackson Waschel se

recomendar seu trabalho.

mercado

encontra-se

de

com

eventos

prostituído.

atualmente

Pessoas

sem

Equipe Jackson Waschel À sua disposição, uma equipe altamente qualificada e treinada compartilha do mesmo objetivo: satisfazer o cliente. Dedicação, simpatia e atenção a cada detalhe do evento do cliente são características dos membros do time de profissionais Jackson Waschel. www.jacksonwaschel.com.br cerimonialjw@yahoo.com.br 47 3027 4740 | 9648 1762


DUO Noivas

Corações Apaixonados Que mulher não sonha com um casamento digno dos contos de fada? O estilo romântico consente com os mais loucos devaneios apaixonados, transmitindo aos convidados do casamento a intensidade do amor entre o casal. Por Mariana Woj

Na hora de planejar um casamento, são muitos os detalhes com os quais os noivos têm que se preocupar. Decoração, local, buffet, vestido... Uma infinidade de coisas. Para ajudar você, a Revista DUO preparou uma lista com as sete melhores dicas para um casamento perfeito. 1. Os padrinhos e as músicas O primeiro item a ser decidido são os padrinhos e a ordem em que eles vão entrar na igreja. Deixe isso combinado com sua cerimonialista. Também não se esqueça das músicas para cada momento na igreja: entrada da noiva, entrada do noivo, saída dos noivos da igreja e o momento da benção das alianças.

3. A trilha sonora da festa Depois da cerimônia, vem a festa. O momento da entrada triunfal dos noivos na festa pede uma super música. Não se esqueça dela! Outros momentos da comemoração, como o brinde e também a dança dos noivos, pedem uma trilha sonora especial. E claro, não se esqueça das músicas que vão animar a festa e fazer seus convidados se acabarem dançando na pista. 4. Criando um ambiente aconchegante A decoração, a disposição das mesas e dos convidados para que todos se sintam confortáveis é muito importante.

2. Registro

5. A importância do buffet.

Fotos e vídeos são essenciais para que o momento possa ficar registrado e guardado. Converse muito com seu fotógrafo antes para que você não se preocupe com isso no momento da cerimônia.

Comida e bebida não podem faltar. Se faltar bebida e a comida não for boa, sua festa vai ser lembrada, mas certamente não com uma referência positiva.

6. Garçons exclusivos Pode parecer bobo, mas na euforia muitos noivos acabam esquecendo-se de comer e beber. Para isso não acontecer, providencie um garçom exclusivo para o casal! 7. Mimo para os convidados Combine com a sua cerimonialista para que ninguém saia sem lembrançinha do casamento. É muito triste ver que sobrou um monte de lembrançinhas depois de tanto trabalho em escolhê-las.


DUO

131


EDITORIAL NOIVAS


DUO Aplauzzo Por Leandro Camargo

Merecedor de Aplauzzos

Rodrigo

Marzagão

Hoje o espaço que eu, Leandro Camargo, assino para a nossa sempre sucesso Revista DUO apresenta um homem que possui tanto suas trajetórias pessoal e profissional pautadas pela honra, ética e amor familiar. Homem cordato, de acertadas palavras, gestos nobres e com um invejável senso humanitário. Falo do Dr. Rodrigo Marzagão, um expoente

da área médica catarinense, que não mede esforços para ir além em seu fazer profissional e oferecer o que há de mais moderno no segmento em que atua, a Oftalmologia. O Dr. Rodrigo Marzagão é filho de Levi Ferreira Marzagão e Wilma Nogari Siqueira, sendo natural de Curitiba, no

Paraná. Há 13 anos é casado com a Dra. Naima Marzagão, cirurgiã-dentista com ênfase em ortodontia e, atualmente, aluna do curso de Design de Interiores do Centro Europeu de Joinville. Desta feliz união, nasceram as gêmeas Ana Luiza e Beatriz e, ainda, o Heitor, de nove meses de idade. A família está radicada em Joinville há cinco anos, aqui prosperando


e impulsionando o desenvolvimento de nosso município através de acertadas e muito bem planejadas ações que são motivos para os mais efusivos aplausos. Convém ressaltar que tanto o Dr. Rodrigo Marzagão quanto a Dra. Naima Marzagão, cientes de seu papel social em nosso meio, apoiam, participam de maneira atuante e incentivam as campanhas sociais que aqui são levadas a efeito – como a recente Eu abraço o São José, coordenada pela ACIJ e produzida pela agência de publicidade HcomFalcan. Se como homem, esposo e pai o Dr. Rodrigo Marzagão merece o nosso reconhecimento, como profissional, então, nem se fala! E com um invejável currículo, é um privilégio poder apresentálo para vocês, fiéis leitores da DUO. Ele é médico formado pela Universidade Federal do Paraná (UFPR), com residência em Oftalmologia pela mesma instituição. Possui o título de Especialista em Oftalmologia pelo Conselho Brasileiro de Oftalmologia (CBO) e é membro da Sociedade Brasileira de Lentes de Contato, Córnea e Refratometria (SOBLEC) e da Sociedade Brasileira de Catarata e Implantes Intraoculares (SBCII). Está sempre em busca de aperfeiçoamento, marcando presença em inúmeros congressos nacionais e internacionais. Esteve presente no conceituado congresso da American Academy of Ophthalmology, nos Estados Unidos e atualmente está nos preparativos para conferir as novidades que serão apresentadas no VII Congresso Brasileiro de Catarata e Refrativa e V Congresso da Sociedade Brasileira de Administração em Oftalmologia, que acontece em Salvador, na Bahia. Ainda neste ano, o Dr. Rodrigo Marzagão fará um estágio na área de cirurgia refrativa, no Bascon Palmer Eye Institute, em Miami, nos Estados Unidos. Ao conversar com Marzagão, é impossível não constatar o seu amor pela profissão escolhida, pela medicina e por devolver a qualidade de vida às pessoas. A sua habilidade no manuseio dos mais atualizados equipamentos para detecção dos erros de refração e das principais doenças oftalmológicas é digna de nota. Sua principal especialidade na Oftalmologia é a cirurgia de catarata por meio da

Foto: Arquivo pessoal

técnica mais moderna hoje realizada: a Facoemulsificação com Implante de Lente Intraocular Dobrável. Marzagão também é expert quando surgem as cirurgias oftalmológicas – refrativa à laser ou correção de grau para miopia, astigmatismo e hipermetropia; exerése de pterígio com transplante de conjuntiva e plástica ocular. Promove a adaptação de lentes de contato e intensifica exames diagnósticos, bem como oftalmologia clínica, refratometria, implante secundário de lente intraocular, emergências

oftalmológicas, oftalmopediatria, retina clínica, neuro-oftalmologia, lentes de contato gelatinosas, lentes de contato rígidas gás-permeáveis, segmento anterior e glaucoma clínico. Para finalizar, desde que fundou o Centro de Catarata e Laser, em 2008, foram mais de 15 mil pessoas atendidas e mais de 2000 cirurgias realizadas. Como vocês puderam comprovar, o Dr. Rodrigo Marzagão realmente faz jus ao título de Merecedor de Aplauzzos!

Leandro Camargo

Foto por: Tiago Cazaniga

Gaúcho de Passo Fundo/RS, hoje reside em Joinville/SC, onde apresenta o programa televisivo Aplauzzo com Leandro Camargo pelos canais 20 TV Cidade Net e 10 Viamax e em tempo real pelo www.tvdacidade.com.br . Exibição inédita às quartas feiras, a partir das 20h, com reprise aos sábados, às 20h30. Ainda mantém coluna social semanal no Jornal da Cidade, com edição on line pelo www.jdcj.com.br. Seu blog é leandrocamargojornalista.blogspot.com. E-mail: cruzleandrodecamargolara@yahoo.com.br - Twitter: @leandrocamargo2


DUO Social Carlos Büst

01 - O gerente comercial da Zaav Arquitetura, Amandus Zibell Neto e o diretor da Zibell Imóveis Rui Carlos Zibell na inauguração do Edifício Marquês Trade Center, um empreendimento da Zibell e Koncreta 02 - Karina Zibell, Norma Zibell, Beatriz Back Neves e Vivian Zibell na inauguração do Edificío Marquês Trade Center 01

02

03 - O supervisor nacional de vendas Frederico Fuchs, o diretor do grupo Top Car, Marcelo Monteiro, o titular do grupo Top Car Oswaldo Scheer e o responsável pelo desenvolvimento da Rede Chrysler, Mario Smynniuk no evento de inauguração da Top Car em Joinville 04 - Tina Marcato e o diretor da Incorposul Luis Marcato comemorando os 10 anos de Construtora

03

05 - A presidente do Joinville Convention Bureau, Ana Luiza Moeller Wetzel e o diretor comercial do Perini Business Park, Jonas Tilp no jantar da Expogestão 2013 06 - O prefeito Udo Döhler e o deputado federal, MarcoTebaldi em recente encontro, na pauta a Ferrovia do Maracaju

04

05

Fotos : Alana Schwoelk, Alexandre Medeiros, André Kopsch , Cristiano Daberkow , Fernando Formentto, Maristela Sdrigotti , Mauro Artur Schlieck , Max Schwoelk, Nilson 06 Bastian., Pablo Teixeira, Sabrina Seibel


DUO Social Carlos Büst

01 – Nathana Vicenti foi eleita a Miss Joinville 2013 e o vice-prefeito Rodrigo Coelho em concurso realizado na AABB 02 - O colunista Carlos Büst em recente visita a Casa Hope, em São Paulo 03 - Luciana Areias e Mauricio Veras Fortes na Back To The Party Symbols na V12 04 - Mauricio Cesar Xavier e Zuleica Ramos Xavier no lançamento do Edíficio Solarium de Ibiza da Construtora SUR-89 05 - O presidente da Tupy, Luiz Tarquínio homenageado pelos 75 anos da empresa e o presidente da Câmara de Vereadores, João Carlos Gonçalves

01

02

03

04

05

06

08

09

06 - Carolina Song e o estilista Cristiano Alessandro que apresentou sua nova coleção de vestidos de noivas 07 - O modelo Lucas Gil com os sócios da DF Model Sérgio Ferreti e Dangelo Peixer na comemoração dos 10 anos da agência 08 - Gil Riback, Leonardo Maia Moll que comemorou seu aniversário em Balneário Cambóriu e Mario Del Monte 09 - O presidente do Bolshoi Brasil, Valdir Steglich, o Ministro do Turismo Gastão Vieira,e a diretora administrativa do Bolshoi Brasil, Célia Campos na apresentação do Bolshoi em Brasília

07

DUO

141


DUO Social Carlos Büst

01 - Os pais Beto Caroço e Ane Cristine Oliveira, a cantora Ana Clara, e seus irmãos Maria Claudia Oliveira e João Alberto Oliveira no show de lançamento do CD Aos Quatro Cantos 02 - A participação especial do cantor Péricles, no show da cantora Ana Clara na V12 03- O presidente do Núcleo de Agências de Propaganda e Marketing 01 da ACIJ, Darthanhan de Oliveira e os membros da diretoria Geraldo Furtado, Inês Loureiro, Tatiane Córdova e Gabriel Krieger, no 2º Prêmio Manchester Catarinense 04 - A empresária Claudia Petry e a palestrante Dra. Ligia Virmond em evento organizado pela Sussura Boutique Sensual 05 - A Superintendente do Shopping

02 Mueller, Aurea Raquel Pirmann com

os proprietários do Mc Donald’s, José Roberto e Ana Nogueira 06 - A Superintendente do Shopping Mueller, Aurea Raquel Pirmann, o Presidente da Associação dos Lojistas, Enio José Vieira, a Gerente de Marketing, Maria Helena da Silva e Osnildo de Souza, proprietário da Jordanni Jóias

03

04

05

06


DUO Social Carlos Büst

01 - Ana Carolina Bohn, a consultora de estilo Samira Campos e Fabiane Bohn Stein no coquetel de lançamento da coleção Abrazô na loja Olivia 02 - A coordenadora de vendas da Abrazô, Andreza Darós e a modelo Bruna Lecardeli 03 - O comunicador Cacá Martan e Gilson Bohn 04 - Gilson e Beatriz Bohn, Ana Carolina, Luís Fernando Stein e Fabiane Bohn Stein

01

02

03

04

05

06

05 - Jack Simonéia em noite de desfile na loja Olivia 06 - Bruna Lecardeli, Carlos Büst e Andreza Darós 07- Willian e Nivan Correia, na Copa Construtora Correia de Tênis no Joinville Tênis Clube 08 - Nivan Correia e sua filha no estande da Construtora e Incorporadora Correia 09 - O casal Iara e Nivan Correia na Copa Construtora Correia de Tênis no Joinville Tênis Clube

07

08

09


DUO Fabíola Bernardes

E-mail: fabiolacolunista@terra.com.br Site: www.fabiolabernardes.com.br Siga no twitter - @FabiolaBernardes Facebook - Fabiola Bernardes III

SONG MODAS – DESFILE COLEÇÃO OUTONO/INVERNO 2013 A coleção da Song Modas está bem mesclada entre o clássico e o fashion... e deixou os convidados com a sensação de “eu quero”!!! As irmãs Daniela e Carolina Song estavam com um brilho especial nos olhos , afinal... a casa lotada de clientes e amigos animados! 01

02

03

01 - Matheus, Elisabet, Carolina, Kwan e Daniela Song- Foto Fabiola BernardesVILLA DAMIANI- FASHION & BURGER NIGHt A Villa Damiani é sinônimo em novidades para quem busca novas tendências. Foi o que conferimos no desfile que contou com a parceria da Schutz calçados, Márcio Vargas Cabeleireiros e Rádio Burguer. O show do Elvis Presley Cover também foi um sucesso no evento, ele cantou ao vivo durante todo desfile causando um charme especial. 02 - Priscila Damiani com Rose VargasFoto Fabiola Bernardes

NADOVILLE INAUGURA MAIS UMA UNIDADE EM JOINVILLE Carlos Kaminski e Jane Lucia de Souza, juntamente com o sócio Killian Greipel presentearam Joinville com mais uma bela estrutura para quem gosta de atividades aquáticas na Sociedade dos Ginásticos. A piscina aquecida vai receber alunos desde bebês até idosos para aulas 04 de natação, hidroginástica, hidrobike entre outras tantas modalidades. Parabéns pela iniciativa ! 03 - Carlos Alberto Rosa Kaminski Foto Fabiola Bernardes 04 - Jane Lúcia de Souza e Killian Greipel - Foto Fabiola Bernardes COQUETEL SILLY MODAS Adorei o coquetel Silly Modas para o Lançamento da Coleção Outono/ Inverno 2013! Tanto a coleção feminina quanto a masculina estão super diversificadas, modernas e de bom gosto. Destaque para o lançamento do setor de Presentes e Decoração.


DUO Fabíola Bernardes

05 - Valdira Gripa Pedroso, Vilma Gripa Rodrigues, Amábile Gripa, Silly Gripa Ransdorf e Viviane Gripa- Foto Fabiola Bernardes DESFILE TURMA DA CUCA O desfile no estilo Rock Roll apresentou a irreverência das tendências Teen/Kids. As crianças cheias de estilo mostraram na passarela por que querem as roupas da Turma da Cuca para inovar seu guarda-roupa. Parabéns aos empresários Minéia e Jackson e toda equipe! 06 - Jackson e Minéia Giacomelli Paul com Patrick Paul - Foto Arthur Andrade

05

06

07

07 - Patrick e Yohan Paul- Foto Arthur Andrade DESFILE CLARICE MODA Requinte e sofisticação no Desfile que comemorou os 20 anos no mercado Joinvillense. Clarice Modas já é referência para pessoas de bom gosto e que consideram a importância do visual na arte de se vestir bem. A Loja enriquece a cada estação as marcas da sua coleção. Como não poderia ser diferente o evento foi um sucesso e o coquetel maravilhoso o que tornou uma noite muito agradável.

08

08 - Clarice Giacomelli Rodriges com as modelos vestindo a colecao outono inverno Clarice Moda - Foto Alana Schwoelk 09 - Clarice Giacomelli Rodrigues e Marcio Rodrigues DESFILE LOJA CATAVENTO BABIES & KIDS Com motivos Country, o Desfile da Coleção Outono/Inverno 2013 da Loja Catavento Babies & Kids surpreendeu na variedade das estampas e riqueza dos detalhes. Focada em proporcionar não apenas estilo, mas também conforto às crianças, Fabiani Estevão e sua equipe estão de parabéns pelo maravilhoso Desfile que encantou a todos.

09

10

10 - Dineo Eduardo Silvério com Fabiani Estevão - Foto Soho Imagens 11 - Desfile Catavento Babies & Kids Foto Soho Imagens 11


DUO Fabíola Bernardes

HOPE JOINVILLE APRESENTA COLEÇÃO GISELE BÜNDCHEN BRAZILIAN INTIMATES A coleção faz um passeio entre o romântico e o sensual, com peças de tecidos leves, como o laise e a seda. A renda apareceu em vários modelos e tons escuros. Novidades das peças anatômicas também surgiram, principalmente, para não marcar sob a roupa. No entanto, o animal print veio em diversos looks. Modelos com aplicações, estamparia, floral deram um 12 toque de sensualidade e estilo a nova coleção. 12 - Elayne Pereira, Luciana Mayumi Sakuma, Leticia Akemi Sakuma, Ildenis Pereira e Pedro Massanori Sakuma- Foto Fabiola Bernardes 13 - William Rodrigues de Carvalho, Leticia Akemi Sakuma, Mariela Linzmeyer e Décio Correia -Foto Fabiola Bernardes COQUETEL LOJA MARULO Marisa Cobo Lopes não mediu esforços 13 para receber seus clientes e amigos no coquetel de lançamento da coleção Outono/Inverno 2013 da Loja Marulo. No desfile, podemos conferir as tendências com muito glamour e atitude, especialmente para mulheres chiques e homens requintados. 14- Marisa Cobo Martins Lopes brindando com clientes e amigos-Foto Ayrton S da Costa Filho 14

LELITÁ BOUTIQUE O Desfile da Lelitá Boutique foi super prestigiado por clientes e amigas que não perdem o evento por nada nesse mundo! Após o desfile foi servido um delicioso coquetel para brindar a entrada da estação mais elegante do ano! 15- Evelise Vieira Meurer e Rafael Meurer Foto Fabiola Bernardes

15

CAPODARTE A coleção outono inverno da Capodarte está um luxo! Peças super confortáveis 16 carregadas de glamour enriquecem a vitrine que torna objeto de desejo para mulheres de bom gosto. Coquetel e muito papo entre as clientes aqueceu a loja para comemorar também o sucesso da marca em Joinville. 16 - Carolina Piccinini de Pinho com Geovana Salles- Foto Fabiola Bernardes


DUO Crônica

Priscila Andreza de Souza priscilandreza@gmail.com

Cair, levantar, cair e Levantar de Novo!

Ei! Você aí que está assustado com as dores do mundo, vem aqui! Senta do meu lado que vou te explicar uma coisa: a vida é feita de ganhos e perdas. Entendeu? Sei que não somos educados para perder e lidar com a dor. Somos orientados para sorrir, acenar e agradecer pelas medalhas, mas o outro lado da moeda também existe. Dias de tristezas, dores, perdas e choros fazem parte da jornada de cada um e isso não significa que você fracassou na trajetória. Caiu? Levanta, põe um band-aid no joelho e continue a caminhar. Errar é humano já dizia o poeta e eu assino em baixo, você vai errar mais vezes. O importante não é o acerto e, sim, o aprendizado durante a aventura. Pensa um pouco, não seja tão extremista, somente porque todos os dias não são de sol não quer dizer que a sua vida é nublada por completo. Se não existisse os dias maus, como identificaria os bons? Surpreso com a novidade? É. Não tem nada de errado contigo nem comigo.

A vida de todos é uma montanharussa mesmo. Parece mentira, porque o convencional é desfilar por aí com o nariz arrebitado, acenar com as unhas feitas e sorrir com os dentes de porcelana. Mas sabe, não é vergonhoso mostrar que hoje não foi um dia tão bom assim. Hoje

Menos perfeição e mais humanismo, por favor! você não deu conta do recado. Hoje está muito cansado para responder: tudo bem. Menos perfeição e mais humanismo, por favor! Sorrir na sala e chorar no quarto não está com nada. Larga desta máscara. Quem você quer enganar? Não estou aqui para condenar, mas

para informar que não há nada de errado com você (repito, porque quero que decore) que se machuca, esperneia e perde as esperanças. O sofrimento não é eterno. Não, a sua vida não acabou. Os erros produzem reflexão, que produz aprendizado, que produz experiência e finalmente você pode ajudar o outro que está passando pela mesma situação que você passou. Porém, somente se você quiser. E é aí que está a mágica do negócio. Porque no fundo a intenção é um ajudar o outro. Pessoas se tratando como irmãos. Não seria lindo? Depende de você, mais precisamente da sua escolha de se tornar um cidadão amargurado que sofreu muito na vida e não aprendeu nada ou um sábio que aprendeu a sorrir com os arranhões. Enquanto você pensa aí, eu vou lá viver e já volto, ou melhor, vem comigo! Me dá a mão e vamos juntos para a próxima aventura que é esta vida.


Revista Duo - 020  
Advertisement