Issuu on Google+

www.diariodepernambuco.com.br/brasil

Te le fo ne : 2122.7508 e-mail : brasil.pe@dabr.com.br

P E R NA M B U C O DIARIOdeP

Editor: Kauê Diniz Editores-assistentes: Andrea Pinheiro, Glauce Gouveia e Bruno Vasconcelos

BRASIL

Combate à pedofilia em 14 estados Pelo menos oito homens foram presos em operação da Polícia Federal para reprimir a pedofilia e o turismo sexual durante a Copa

Recife, QUI - 22/05/2014

Vai ter Copa! E sem caos nos aeroportos

Ministro da Aviação, Moreira Franco, disse ontem que os aeroportos estão prontos para a Copa do Mundo GLADYSTON RODRIGUES/EM/D.A PRESS

ANNACLARICE ALMEIDA/DP/D.A PRES

Prisão de um homem no Recife

U

m padrasto que assumiu na internet abusar da enteada de 9 anos de idade foi um dos episódios chocantes revelados na Operação Proteja Brasil, desencadeada ontem em 14 estados pela Polícia Federal. O balanço até ontem à noite indicava oito pedófilos presos: dois em São Paulo, dois no Rio Grande do Sul, e os outros em Goiás, Paraná, Pernambuco e Minas Gerais. A ação é uma tentativa de repressão ao turismo sexual e à pedofilia durante a Copa. Em Goiânia, a PF prendeu um homem de 30 anos de idade que possuía um computador recheado de imagens de crianças nuas. Não se sabe se o preso fez as imagens ou se as salvou para enviar a outros pedófilos. dóf ilos. A operação visava cumprir 40 mandados de busca e apreensão, mas havia a determinação de prender em fla f lagrante quem fosse encontra-

Grande parte dos crimes de pedofilia nos dias atuais são cometidos pela internet do com imagens de crianças e adolescentes em situação de pornografia e abuso sexual. O possível padrasto fflag lagrado foi um dos que teve mensagens interceptadas por organizações não-governamentais de proteção de crianças e adolescentes, e pela polícia, classificadas como prováveis abusos, assédios e tentativas de sedução. O padrasto diz que tem 29 anos de idade e

WILTON JUNIOR/ESTADÃO

POLÍCIA CIVIL

conversa com outro homem, contando vantagem ao afirmar que namora a própria enteada de 9 anos. Outra conversa flag f lagrada é a de um homem que se passa por atriz mirim, de 10 anos, e tenta convencer uma menina a tirar toda a roupa diante da câmera do computador enquanto conversa com ele. A investigação durou seis meses e contou com a inter-

GREVE

Manifestações foram mais fortes no Rio

Transtorno do paulistano deve ser menor

A paralisação de 24 horas de agentes da Polícia Civil no Rio de Janeiro recebeu o apoio do chefe da corporação, delegado Fernando Veloso. No fim da tarde de ontem ele classificou como justas as reivindicações, mas disse que não pode se comprometer com a incorporação das gratificações aos salários. Os adicionais (entre R$ 850 e R$ 1.500) equivalem a pelo menos um terço dos ganhos dos policiais, que perdem esse valor em caso de aposentadoria ou de licença médica. “É uma demanda justa e eu apoio as reivindicações dos policiais civis. Eles têm o di-

O grupo de motoristas e cobradores grevistas prometeu voltar a trabalhar na madrugada hoje. A decisão foi anunciada ontem à noite, após uma reunião na Delegacia Regional do Trabalho (DRT) e está condicionada a uma reunião com o prefeito Fernando Haddad (PT), às 10h de hoje. A intenção da DRT é que Haddad reabra as negociações da campanha salarial, que se encerrou após uma assembleia da categoria na segunda-feira à noite. Durante toda a manhã de ontem, dezenas de ônibus desembarcavam passageiros fora dos pontos e estacionavam

Policiais do Rio de Janeiro ganharam apoio do chefe reito de se expressar. Mas não posso me comprometer com a incorporação. Quem decide é o governador, afirmou Veloso. Segundo ele, o governador Luiz Fernando Pezão se comprometeu a receber hoje pela manhã uma comissão

B12

de policiais. A paralisação nacional dos policiais civis ocorreu em diversos estados, mas não chegou a criar muitos transtornos. As maiores manifestações foram registradas no Rio de Janeiro.

ceptação de mensagens criptografadas trocadas entre alguns dos investigados, sinalizando para a existência de uma rede. A operação envolveu 200 agentes e ocorreu simultaneamente em Goiás, São Paulo, Alagoas, Ceará, Espírito Santo, Mato Grosso, Minas Gerais, Paraná, Pernambuco, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Roraima, Santa Catarina e Tocantins.

NELSON ALMEIDA/AFP

A Polícia Federal em Pernambuco prendeu um homem e investiga outros quatro por crime de pedofilia, nas cidades do Recife, Olinda, Paulista e Carpina. Os proprietários de notebooks, pen drives e CDs, denunciados pela população como sendo fontes de armazenamento de imagens pornográficas envolvendo crianças e adolescentes, já vinham sendo investigados, em cinco inquéritos federais, graças a denúncias def lagrade vizinhos. Com a deflag ção, ontem, da Operação Proteja Brasil, os policiais do estado cumpriram seis mandados de busca e apreensão, expedidos pelas 4ª e 13ª Vara Criminal da Justiça Federal no estado. De acordo com o chefe de comunicação da PF, Giovani Santoro, um homem chegou a ser preso, no Recife, depois de fflag lagradas imagens de nudez de uma menina menor de 18 anos em seu computador pessoal. "No entanto, ele foi liberado, por se tratar de um crime afiançável. Foi arbitrada uma fiança no valor de R$ 1 mil e ele foi liberado", explica.

SALVADOR

Morre o arquiteto Lelé

Ônibus parados ontem ao longo de três importantes vias da zona oeste da cidade: Avenida Brigadeiro Faria Lima, Avenida Rebouças e Rua Teodoro Sampaio. Motoristas que aderiram à greve faziam uma espécie de piquete em diversos pontos.

Responsável por grandes obras espalhadas em várias cidades do país, pela implantação da Universidade de Brasília (UnB), além da Rede Sarah de hospitais, o arquiteto João da Gama Filgueiras Lima, o Lelé, morreu ontem à tarde, em Salvador (BA), aos 82 anos, vítima de câncer. Um dos mais conceituados arquitetos brasileiros, Lelé participou da construção da capital federal Brasília, ao lado Oscar Niemeyer. No centro do poder do país, assinou projetos como o do Instituto Central de Ciências, conhecido como Minhocão, na UnB, e do Quartel-General do Exército. (ABr)


Dp combate à pedofilia