Page 1

jornal do commercio 3

Recife I 1º de maio de 2014 I quinta-feira

cidades

www.jconline.com.br/cidades

maissaude@jc.com.br jconlineblogs.ne10.uol.com.br/maissaude twitter: @jc_maissaude telefone: (81) 3413.6187

Rodrigo Lobo/JC Imagem

Quando falta previdência

Adoecer e se tornar incapaz estão longe do ideal de qualquer trabalhador. Mas quando acontecem, só resta apelar para o direito ao auxílio-doença ou à aposentadoria. Recursos, aliás, que tornaram-se normas há muito tempo, mesmo inicialmente reservados só a algumas categorias. A Lei 217, de novembro de 1892, instituiu a aposentadoria por invalidez dos operários do Arsenal da Marinha do Rio de Janeiro. A de nº 3.807 de 1960 tratava desse direito de forma mais ampla e a 8.213/91 deu caráter temporário à aposentadoria enquanto durasse a incapacidade. Mas na prática não é tão fácil adquirir os benefícios. O agricultor Manoel Alexandre de Lima (foto), 25 anos, morador de Triunfo (Sertão), pai de duas crianças, tem sequela de febre reumática, passou por duas cirurgias e enfrenta grave insuficiência cardíaca. Sem condições de trabalhar e vivendo da caridade alheia já tentou pela sexta vez, sem sucesso, a aposentadoria. A sétima perícia, ainda sem resultado, foi realizada este ano, no posto da Previdência Social em Flores. Assim como ele, muitos trabalhadores neste 1º de maio sofrem duplamente pela doença e humilhação, fato inconcebível num País que tem na mão de obra a sua principal fonte de desenvolvimento.

JC – Como vê a dificuldade dos pacientes em obter apoio da Previdência? * LURILDO SARAIVA – É um absurdo. Estou cansado de encaminhar meus pacientes portadores de sequelas da febre reumática à Justiça Federal para que tenham assegurado o direito à aposentadoria. A pobreza só prejudica mais ainda a condição de saúde dessas pessoas, expostas a novas infecções. * Lurildo é cardiologista

k Eu reclamo!

Enquanto puder lutarei por meus direitos. Preciso criar meus filhos. Vivo cansado e com dor no peito. Os médicos do Procape atestam minha invalidez, mas não consigo me aposentar”, Manoel Alexandre de Lima, agricultor

Risco aumentado de leptospirose PET no SUS para 4 tipos de câncer

Transeuntes que se cuidem! Obras deixam esgoto à mostra nas ruas do Recife e a chegada das chuvas só piora o cenário. O Ministério da Saúde agora garante a tomografia especial em caso de câncer de pulmão, colorretal, linfomas de Hodgkin e não Hodgkin.

k Compartilhe k Odonto

k Remédios

k Hipertensão

k Índios

Faculdade de Odontologia do Recife inscreve para pós em disfunção mandibular, estomatologia, dentística estética e endodontia. Informe-se: (81) 3037-3325

Neste domingo tem pedalada do Grupo RespirarBR e dos Familiares de Portadores de Hipertensão Pulmonar para conscientizar sobre a doença. Sairá às 7h, do Dona Lindu (Boa Viagem).

Segunda, Dia Nacional do Uso Racional de Medicamentos, a Faculdade Pernambucana de Saúde e o Imip vão esclarecer sobre o tema. O instituto já recebe medicamento vencido.

O secretário nacional de Saúde Indígena, Antônio Alves, abriu ontem em Pesqueira (Agreste do Estado) o mês de vacinação nas aldeias. Hoje inaugura dois postos na área xucuru.

Clemilson Campos/JC Imagem

k Opinião

Trabalhadores vão fazer festa no Pina

FERIADO A celebração do Dia do Trabalho voltará a acontecer, pela quarta vez, na praia da Zona Sul. Haverá shows de Musa e Almir Rouche e sorteios de carro e motos

H

oje se comemora em várias partes do mundo o Dia do Trabalho. No Recife, o feriado é celebrado pela Força Sindical com uma festa gratuita na Praia do Pina, na Zona Sul. A edição deste ano, a quarta organizada pela entidade, vai contar com dois palcos onde se apresentarão atrações como Musa, Nádia Maia e Almir Rouche. Além das apresentações musicais, sorteios também serão promovidos para os milhares de trabalhadores que o evento espera reunir na orla. Este ano o tema da comemoração é “Avançar na democracia com desenvolvimento social”. A pauta escolhida para ser discutida nesta edição foi a mobilidade urbana. A Força Sindical Pernambuco pretende cobrar respostas do governo do Estado sobre o Arco Metropolitano e a cobrança de pedágio para os trabalhadores que atuam em Suape. A festa tem início às 9h e segue até às 17h30 com apresentação do jornalista da TV Jornal Sérgio Dionísio e do artista Marcilio Montier. Às 15h30, acontece o sorteio de um fiat Uno Mille Economy 1.0/ano 2014 e de duas motos também zero quilômetro. Para participar, é preciso ter mais de 16 anos de idade, preencher o cupom da premiação e doar um quilo de alimento não perecível que será encaminhado às instituições Lar do Neném e Cristo Redentor. De acordo com a organização do evento, 900 mil cupons serão distribuídos na festa em cinco pontos de distribuição com urnas móveis. Para levar o prêmio para casa, o participan-

Priscilla Buhr/JC Imagem

Verônica Almeida

te precisa estar na praia no momento do sorteio com documento de identificação. A segurança da festa será feita por policiais militares e 100 profissionais contratados pela organização do evento. Além disso, 60 bombeiros civis também estarão no local e terão o suporte de duas ambulâncias, rádio-comunicadores e profissionais de enfermagem.

SERVIÇO

Por conta do feriado, muitos serviços não funcionarão no Recife. O comércio do Centro e dos bairros estará fechado. O Expresso Cidadão, o DetranPE e os bancos não abrirão. Quem precisar realizar operações bancárias terá que utilizar os canais alternativos de atendimento, como caixas eletrônicos, internet banking, mobile banking e por telefone. As agências dos Correios também estarão fechadas, com exceção da unidade do aeroporto, que estará aberta das 9h às 13h. Os mercados públicos abrem das 6h às 13h e as feiras livres funcionam das 6h às 18h, ou de acordo com o horário habitual de cada centro de compras. As únicas exceções são o Centro de Comércio Popular Calçadão dos Mascates (conhecido como Camelódromo) e o Mercado Público das Frutas, ambos no bairro de São José, que estarão fechados durante todo o dia. Nos shoppings, funcionam apenas os cinemas e praças de alimentação. O zoológico Dois Irmãos, o Jardim Botânico e os parques estarão abertos, bem como o Paço do Frevo, das 9h às 21h, e o Museu Cais do Sertão, das 9h às 18h.

MULTIDÃO Festa na praia começa às 9h e segue tarde adentro

k ciência/meio ambiente

Planeta gigante que gira a 90 mil km/h

DESCOBERTA Pela primeira vez, um astro localizado fora do Sistema Solar, 16 vezes maior e 3 mil vezes mais maciço que a Terra, tem a sua rotação medida por cientistas

P

ARIS – Cientistas conseguiram medir, pela primeira vez, a rotação de um planeta em outro sistema solar, um gigante jovem e gasoso girando a vertiginosos 90 mil quilômetros por hora. Na órbita de uma estrela cerca de 63 anos-luz distante da Terra, o Beta Pictoris b é mais de 16 vezes maior e 3 mil mais maciço que o nosso planeta, mas seus dias duram apenas oito horas. “O Beta Pictoris b gira significativamente mais rápido do que qualquer planeta do Sistema Solar”, a uma taxa de cerca de 25 quilômetros por segundo (90 mil quilômetros por hora), relatou a equipe de astrônomos holandeses em artigo na revista científica Nature, publicado na edição de ontem. O equador de Júpiter gira a cerca de 47 mil quilômetros por hora e o da Terra, a 1.700 quilômetros por hora. Essa medição, feita com o Very Large Telescope, do La-

ESO/AFP

mais saúde

JOVEM O Beta Pictoris b tem apenas 20 milhões de anos

Astro orbita estrela cerca de 63 anos-luz da Terra

boratório Europeu Austral, repercute uma tendência observada no Sistema Solar de uma velocidade de giro crescente à medida que a massa dos planetas aumenta. Essa associação permite prever um giro, inclusive, duas vezes mais rápido, de cerca de 50 quilômetros por

segundo (180 mil quilômetros por hora) para Beta Pictoris b, mas a equipe observou que o planeta ainda é jovem e quente e, provavelmente, vai acelerar à medida que for resfriando e encolher para chegar ao tamanho de Júpiter nas próximas centenas de milhões de anos. O planeta orbita a estrela Beta Pictoris, na constelação austral de Pictor (Cavalete do Pintor). Descoberto cerca de seis anos atrás, ele orbita sua estrela a uma distância oito vezes maior que a entre a Terra e o sol. Beta Pictoris b tem cerca de 20 milhões de anos, sendo muito jovem para os padrões astronômicos. A Terra, por exemplo, tem 4,5 bilhões de anos. Os astrônomos usaram uma técnica chamada espectroscopia de alta dispersão para medir as mudanças nos comprimentos de onda da radiação emitida pelo planeta e, com isso, determinar sua velocidade de giro.


12 15  
Advertisement
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you