Page 1



www.molamagazine.com




www.molamagazine.com




Editorial Ficha técnica

Mola brick magazine Revista Trimestral Ano 2 – Edição #04 Setembro – Novembro 2011 Editor - Projecto Gráfico Luís Vedorias Edição e Produção CAZULODESIGNERS® Praça Mártires da Liberdade nº 3 7050-356 Montemor-o-Novo www.cazulodesigners.pt Colaboradores: Américo Verde, Carla Antues, Filipa Porto, Luís Baixinho, Luís Reis, Marcos Bessa, Mark Ziemer, Maria José Batista, Marisa Silva, Pedro Sequeira, Tito Nobre, Vítor Pereira Agradecimentos: Comunidade 0937, Ilha dos Piratas, Cazulodesigners, UPÉvora e para todos os fãs de LEGO® e em espacial à Comunidade 0937 e aos seus membros. Revisão Filipa Porto - filipaporto@gmail.com Tradução Claudia Pombinho Contactos www.molamagazine.com molamag@gmail.com

FOTO CAPA

Ponto da situação

luis vedorias

Caro leitores e fãs de LEGO® Este quarto número representa o início de um novo ciclo, uma transformação com novos desafios, maior empenho e dedicação, em particular dos nossos construtores nacionais e AFOL’s. Começa agora uma nova fase da revista com menos páginas mas com maior regularidade, passando a trimestral. A dar os primeiros passos neste segundo ano de vida, este projecto editorial tem ainda muito a dar aos seus leitores. Há mais de um ano que dá a conhecer o panorama actual do hobby em Portugal, tendo conseguido destacar as comunidades que existem, outra conterrânea que permite dar a conhecer o que muito se sabe fazer do outro lado do atlântico e vários AFOL’s atentos a esta realidade, que demonstram grandes capacidades criativas e projectos que dar que falar em contexto nacional e no estrangeiro. A MOLA veio para ficar e com ela o que de melhor se faz com peças LEGO®. Com pouco mais de um ano, chegou a hora de fazer um ponto da situação e pensar nos próximos números. Nesta edição, vamos recordar os últimos cinco anos da Comunidade 0937, realçar o concurso comemorativo e mostrar os MOC’s vencedores deste aniversário. Vamos conhecer melhor a AFFOL por detrás da versão CUBE-DUDE de Luís de Camões e continuar a aprofundar a tendência da micro-escala com Luís Baixinho. Em portfólio vamos ao encontro de uma recriação do jogo Scrabble com peças LEGO®, através da dedicação de um estudante norte americano chamado Mark Ziemer. Para os amantes de exposições, o Arte em Peças 2 realizado em Paredes de Coura e considerado por muitos a referência nacional, é apresentado aqui no seu melhor, com cenários deslumbrantes e construções originais de qualidade internacional. A MOLA esteve lá e recomenda vivamente uma visita já no próximo ano com a família e os amigos, sendo este, de certo um evento a não perder! Por fim voltam as opiniões, análises completas aos SET’s e notícias sobre o mundo LEGO®, concursos e até novidades exclusivas para as próximas edições. Obrigado a todos e não se esqueçam de ler a MOLA Brick Magazine, sendo que a próxima edição da MOLA (#05) está prevista para Fevereiro de 2012.

Luís Baixinho AFOL - Comunidade 0937

www.molamagazine.com




ÍNDICE | INDEX

Partilhar LEGO® ano após ano... 06

Comunidade \\ LUG Comunidade 0937

Concurso 5º Aniversário

08

Perfil \\ AFOL Profile

10

Tendências \\ Trends

12

Exposição \\ Exhibition

22

Espaço criança \\ 4Kids

26

Tijolos à Lupa \\ Set Reviews

30

Portfólio \\ Design Student

32

Peça à Peça \\ MOCs

da Comunidade 0937.

40

Exposição \\ Exhibition

42

Concurso \\ Quiz

46

Notícias \\ News Próxima Edição \\ Next Issue

Marisa Silva

Micro-escala (2ªparte)

Arte em Peças 2 - Paredes de Coura

LEGO Primo - Brinquedo para a vida

#8070 + #6754 + #10196

Mark Ziemer - LEGO Scrabble

Vencedores do concurso 5º Aniversário

Constrolândia - El Corte Inglês 2011.

LEGO Ninjago & LEGO Games

www.molamagazine.com

O LEGO® é um espaço sem limites para a tua imaginação!




06 08

10 30

22 32

40 www.molamagazine.com




COMUNIDADE | Lug

Texto | Luís Baixinho

Comunidade 0937 concurso - 5º Aniversário muitas construções para comemorar No passado mês de Agosto a Comunidade 0937 celebrou o seu quinto aniversário. Para comemorar esta data realizou-se um concurso onde os aficionados do hobby LEGO foram desafiados a participar com construções de temática livre. Neste concurso as construções originais foram avaliadas nos seguintes parâmetros: Design, Técnicas de construção, Apresentação da Construção e Jogabilidade. Os prémios em jogo revelaram a importância da data. O primeiro classificado recebeu os seguintes conjuntos: 6242 Soldier’s Fort, 8961 Crystal Sweeper, 8185 Ferrari Truck, 7632 Crawler Crane e 7637 Farm. O segundo classificado recebeu os seguintes conjuntos: 6242 Soldier’s Fort e 8185 Ferrari Truck. O terceiro classificado recebeu o seguinte conjunto: 6242 Soldier’s Fort. Por fim foram sorteados um 7632 Crawler Crane e um 8961 Crystal Sweeper pelos restantes participantes não vencedores. Foram vinte e um os participantes, que abordaram temáticas tão dispares como comboios, Bionicle, cidade, piratas, etc. O júri composto por doze membros da Comunidade 0937 avaliou as construções numa nova forma. Para cada um dos parâmetros, cada um dos júris teria que avaliar a construção de um a cinco. No fim foi feita a média de cada um dos MOCs participantes para revelar a tabela classificativa. (à direita) A embarcação voadora Niveus Sanctus de LBaixinho foi a vencedora deste concurso. Esta construção insere-se num tema alternativo, o OutroMundo, imaginado pelo autor e em que vão sendo

www.molamagazine.com

adicionadas construções ao longo dos anos. Niveus Sanctus é baseado no 10210 Imperial Flagship, possui um pouco mais de um metro de altura e setenta e cinco centimetros de comprimento. O segundo classficado foi o LL-386 Sledgehammer do MReizinho que foi apresentado de forma perfeita e além de incluir técnicas avançadas possui peças invulgares neste tipo de construção com origem em vários temas LEGO como Bionicle, Fabuland e Technic. O terceiro classificado foi atribuido ao Buggy MP27 do Biczzz, perfeita miniatura dos conhecidos carros tele-comandados e com a qualidade a que este AFOL nos habituou. Muitas das restantes construções a concurso são de elevada qualidade e podem ser vistas na galeria da Comunidade 0937 neste link: http://comunidade0937. com/galeria/index.php?concurso=40 O sucesso desta atividade evoca a direção que a própria 0937 teve nestes cinco anos de vida: A promoção junto dos seus membro da construção original de qualidade. Não se limitando a isso, a 0937 continua a promover várias atividades através do fórum, também a servir de base de conhecimento do hobby como na wiki bem como a promoção do passatempo e da própria Comunidade em eventos um pouco por todo o país. Não se deve esquecer a participação em eventos internacionais como aconteceu na Alemana no ano passado e na Dinamarca este ano. De certeza que os próximos cinco anos prometem mais e melhores atividades para os membros da 0937 prosseguindo a evolução dos primeiros anos de vida.

OutroMundo: Niveus Sanctus 4.40909 LL-386 Sledgehammer 4.39394 Buggy MP27 4.38889 Great Western Train 4.06944 Fábrica nº0937 Factory nº0937 4.04545 Lisboa - Lisbon 3.95833 Full Barrel Tavern 3.69697 Pirate Rock House 3.66667 Couraçado Sovetsky Soyuz 3.65278 “Arcanum” 3.56944 The Owl Bank 3.54545 Torneio Medieval 3.31944 Desfile 0937 3.27778 TEOG Driller 3.11111 Smoke and Steam Factory 2.62500 Contry Level Crossing 2.59722 Jogador de Hóquei em Patins 2.40278 Honoo no Masuta 2.40278 Surrealism 2.38889 Estação de Comboios 2.25000 Um por todos... 2.16667


Fotos | concorrentes

COMUNIDADE | Lug



www.molamagazine.com




perfil | afol profile

Texto | Marisa Silva

Marisa Silva Construtora Marisa silva Comunidade 0937

Chamo-me Marisa Silva, tenho 32 anos e vivo em Estarreja, Aveiro. Ao contrário da maioria dos AFOLs, os tijolinhos coloridos não fizeram parte das minhas brincadeiras de infância. A paixão pelo LEGO surgiu há cerca de cinco anos, aquando a saída da dark age do meu marido Ricardo Silva (evildead). Nessa altura encorajei-o a recuperar os sets LEGO guardados em casa dos seus pais e a adquirir alguns novos. Contudo, não existia tanta variedade e quantidade de sets em Portugal como actualmente, o que nos levou a procurar em Espanha. Essa viagem “secreta” foi uma aventura e a verdade é que viemos com a mala cheia e a mente a fervilhar de ideias novas! Aos poucos fomos montando a nossa Legoficina e continuámos a comprar sets e peças LEGO frequentemente. O ingresso na Comunidade 0937 desenvolveu o meu gosto pelo LEGO e estimulou bastante a minha criatividade. Os desafios colocados por esta Comunidade têm sido a minha maior motivação para construir. Considero que como AFFOL não me enquadro em nenhum género específico, mas o System é o que me cativa mais. Durante o meu, ainda pequeno, percurso como AFFOL fiz vários mocs que se enquadram em diferentes temas, principalmente City e Pirates. Já participei em vários concursos online no fórum da Comunidade 0937 e em muitas exposições em diferentes zonas do país. O meu primeiro moc foi o Exotic Resort and Spa que levei ao evento CoimbraShopping realizado pela Comunidade 0937 em 2007. Tenho um carinho especial pelo meu mosaico, primeiro porque foi o meu amigo Romão Santos que me ensinou a fazer e depois dadas as circunstâncias em que foi construído. Como tinha sido operada, encontrava-me internada nesse momento e era engraçado ver as reacções da equipa médica, enfermeiwww.molamagazine.com

ros e auxiliares ao verem diariamente a evolução da construção e a vislumbrarem aos poucos o meu rosto naquele “amontoado de peças”. Também me deram particular gozo os mocs: VW “Pão de Forma” (um dos meus veículos preferidos e que adoraria ter na vida real); cubedude do Camões (aprecio bastante este tipo de construção e pretendo vir a construir no futuro outras personalidades); Casa dos Piratas (esta é uma taberna construída em cima de um tronco de árvore e tem feito parte do display de piratas que integra várias exposições da Comunidade 0937); Pet and Flower Shop (dos três edifícios que construí, este é o meu favorito, devido à combinação de cores e por ter andares passíveis de incluir interiores); Casino (onde se destaca a utilização de luzes com motor de 9V da Lego na parte frontal do edifício); cena do jogo do Prince of Persia (gostei especialmente da arquitectura, da sensação de movimento transmitida pelos minifigs e dos

pormenores introduzidos pelos tecidos da Lego); vignettes do circo (foi muito divertido poder retratar através das peças Lego o mundo colorido e mágico do circo); entre outros. O que mais me fascina no LEGO é que me permite activar o meu potencial criativo, construindo com bastantes detalhes aquilo que surge na minha mente. A imensa variedade de peças disponíveis no mercado facilita esse processo. Tive a oportunidade de visitar a Legoland de Windsor e a de Billund que me deixaram completamente rendida. Foi extraordinário ver construções tão grandiosas e fantásticas e divertir-me nas atracções dos parques. A visita à fábrica da Lego em Billund revelou-se uma experiência inesquecível, pois foi interessantíssimo saber que pequenas partículas de ABS dão origem aos famosos bricks. Observar as diferentes fases do processo de produção, bem como o embalamento de vários sets foi de facto um privilégio.


Fotografias | Marisa Silva

perfil | afol profile



“O que mais me fascina no LEGO é que me permite activar o meu potencial criativo...”

+ criações

http://www.brickshelf.com/cgi-bin/gallery.cgi?m=marisa

www.molamagazine.com


10

tendências | trends

Texto | luís baixinho

Micro-escala (2ª Parte) Luís Baixinho Comunidade 0937

Nesta segunda parte irei fazer uma apreciação geral da utilização da microescala LEGO em terras lusas. Mesmo antes de haver comunidades organizadas de AFOLs, MGuerreiro construiu inúmeros edifícios, estruturas e embarcações. Estas construções podem ser encontradas nesta pasta do BrickShelf (http://www.brickshelf.com/cgi-bin/gallery.cgi?f=240070) e mostram mesmo o que se poderia construir nos inícios dos anos 70. Construções simples mas bem realistas tendo em conta a variedade de peças existente naquela altura. Mais recentemente e já com o advento da Internet, eu e a Tânia apresentamos no início de 2005 uma cidade medieval fortificada com uma faixa do terreno circundante. Esta construção em pequena escala utilizava na sua maior parte técnicas básicas mas com a utilização de peças em situações originais criando estruturas bem simples mas facilmente reconhecíveis.. Com o aparecimento da Comunidade 0937 e com a proliferação de construções originais, a micro-escala começa a ser utilizada regularmente. Como referido no artigo anterior, é ótima para se conseguir “grandes” estruturas sem a utilização intensiva de peças. Por exemplo, Eínon utiliza esta escala com regularidade para as suas embarcações militares. O maior exemplo é mesmo o Cruzador de batalha VL CB0937 D. Gualdim Pais apresentado em 2009 durante o 2º TOMARLEGO organizado pela 0937. Este cruzador em micro-escala tem quase 3 metros de comprimento e milhares de peças. Mas o Eínon não trabalha somente com embarcações reais (ou próximas do real), a Aristia baseada na série de animação Last Exile é outro bom exemplo das capacidades do Eínon nesta escala. Mesmo o MGuerreiro voltou a esta escala com uma lindíssima cidade medieval á sombra de uma montanha nevada e repleta de pormenores. Outro especialista nesta escala mas com um tema mais virado para o futuro é o Catarino. Dois MOCs espelham bem a sua qualidade não só a nível de técnicas de construção mas também na busca de www.molamagazine.com

proporções e estetíca agradáveis. Nave de Batalha de Agosto de 2008 e a W-01 “Aria” Space Station de Junho de 2009 são os seus mais belos exemplos. Em Setembro e Outubro de 2008 a Comunidade 0937 entra em força no Mini Castle Contest no site Classic-Castle e além de boas participações alcança um primeiro lugar numa das categorias e várias menções de honra. Além da Argo de Luís Baixinho já relatado no artigo anterior, os trabalhos nomeados foram o Living Tree da Tânia, o Volcano MiniLand do marcosbessa e o Lonesome Valkyrie do Evildead. No entanto outros de elevada qualidade não ficaram entre os lugares cimeiros. No ano seguinte o marcosbessa volta a cometer a proeza e vê o seu Running Up That Hill ser nomeado como um dos melhores do concurso. Fora da Comunidade 0937 existem também bons exemplos de utilização da micro-escala. Os comboios que JMCampos construiu em LDD a partir do conjunto 4837 conseguem ser muito realistas apesar das dificuldades de construção nesta escala. Também é de destacar dois trabalhos do gsantos, Construction of an highway e Electric Power Plant onde a quantidade de pormenores num pequeno espaço é enorme aliada à qualidade e à utilização de peças em situações não tão comuns. É de destacar um trabalho que o marcosbessa fez para um concurso da 0937 que envolvia uma prova de miniaturização de conjuntos LEGO. Marcosbessa em Janeiro de 2009 pegou no lendário 10182 Café Corner e converteu-o numa lindíssima miniatura que além de ter feito furor na Comunidade AFOL, criou a moda de miniaturizar os edifícios modulares desta série. Para o fim ficam os trabalhos de arquitectura do F.Alves. Esta linha criada pelo próprio, baseia-se numa linha que a LEGO está a lançar com grande sucesso com miniaturas de edifícios reais. F.Alves no entanto não imita construções reais, mas constrói edifícios completamente originais, modernos e estruturalmente realistas.

“Casa” por MGuerreiro

Cidade Medieval por Tânia e Luís Baixinho

“Aria” Space Station por Catarino


TendĂŞncias | trends

Fotografias | Respectivos AFOLs

Livingtree Tânia

11

Running up that hill Marcos Bessa

Electrico gsantos

Electrico gsantos

Lonesomevalkyrie evildead

Atlas F.Alves

www.molamagazine.com


12

Exposição | exHibition

Texto | ricardo Prates

Arte em Peças 2 LEGO® Fan Event exposição de construções lego® Paredes de coura - portugal No passado mês de Junho, entre os dias 8 e 12, teve lugar, no Centro Cultural de Paredes de Coura, a segunda edição do evento Arte em Peças. Esta iniciativa, realizada pela Comunidade 0937, contou com a presença de cerca de 50 membros deste grupo de fãs de LEGO® que e encheram o Centro Cultural desta vila minhota. Nesta evento, que contou com o apoio oficial da LEGO®, foram expostas centenas de construções espalhadas por 10 áreas temáticas, divididas por vários sub-temas, desde veículos automóveis, soldados, Steampunk, vinhetas, Toy Story e os clássicos super-carros do tema Technic. Presentes, estiveram ainda dois convidados especiais: Jan Beyer, Community Operations Manager da LEGO® e Marcos Bessa, LEGO® Designer português e também ele membro da Comunidade 0937.

A exposição À entrada, os visitantes puderam ver o tema Piratas. Este é um tema inspirado no mar e, claro, nos antigos piratas. Teve a particularidade de se encontrar em aquários, sobre a água, o que lhe conferiu um aspecto único. Este tipo de apresentação foi visto pela primeira vez num evento anterior da Comunidade 0937 e tem vindo a ser aperfeiçoado até aos dias de hoje. As construções são ilhas, fortes, edifícios e navios, todos com o aspecto característico do tema. Em seguida, foi possível observar o mundo das máquinas no tema Technic. Aqui os visitantes puderam ver um tema muito especial, com várias máquinas e veículos funcionais. Destacaram-se uma enorme grua, o estaleiro onde era construída, uma ponte e uma competição de veículos todo-o-terreno, o Trial 0937. Ao lado encontravam-se os MOC’s individuais, uma exposição de construções originais e alguns conjuntos oficiais muito apreciados pelos AFOL. Um pouco mais à frente, numa homenagem aos filmes de cowboys; a exposição Western, representava uma www.molamagazine.com

cidade do Oeste americano e um forte, assim como uma linha férrea e uma locomotiva clássica. Uma montanha separava esta cidade dos nativos e da respectiva aldeia. Avançando na exposição, ainda no primeiro andar do Centro Cultural, estiveram presentes os temas GBC, Espaço e Star Wars. No GBC, os visitantes puderam ver um conjunto de módulos, dispostos em circuito fechado, cuja função era fazer circular sobre eles um conjunto de bolas. Criados separadamente por vários membros da Comunidade e seguindo um conjunto de normas definidas, estes módulos cheios de motores e componentes móveis cumpriram a sua função e tornaram esta área na mais movimentada da exposição. O tema Espaço foi um misto de construções originais e conjuntos clássicos. Aqui estiveram presentes dezenas de criações futuristas inspiradas na exploração espacial e ficção científica. Muito se pode ver, desde veículos a estações espaciais completas, com o acréscimo dos conjuntos clássicos que muitas memórias trouxeram aos visitantes. Destaca-se aqui o mono-carril que circulava em grande parte da área de exposição. Para quem gosta da saga Star Wars, na mesma área existia também uma exposição de conjuntos raros e edições especiais de coleccionador, ao lado de quatro vinhetas que representavam várias cenas dos filmes. Descendo ao rés-do-chão do Centro Cultural , mais três exposições. Para começar, a cidade clássica, uma enorme exposição de conjuntos clássicos destinados a trazer boas memórias aos visitantes mais crescidos. Aqui, encontravam-se alguns dos conjuntos mais marcantes e que fizeram as delícias das crianças nas décadas de 80 e 90, desde veículos e casas até aos comboios e aeroporto. Mais à frente, a grande cidade. Constituída por construções actuais, tem vindo a evoluir ao longo dos tempos até chegar ao estado que a conhecemos hoje. Este conjunto, contou com a participação de quase todos os membros da Comunidade 0937, onde foi possível admirar algumas das construções mais marcantes. Exemplo disso, as estações de comboio do Barreiro

e São Bento, inúmeros edifícios premiados e reconhecidos internacionalmente e o famoso museu construído por Marcos Bessa antes de se tornar LEGO® Designer. Tudo isto, animado por várias cenas do dia-a-dia em que os personagens foram as famosas figurinhas LEGO® e também pelo constante movimento dos comboios realistas que circundavam a cidade. Por fim, regressaram os tempos medievais com a exposição Castelo. Sem dúvida, uma das mais marcantes devido à sua rica e detalhada vegetação e à intensa batalha em torno da grande muralha que no seu interior albergava uma cidade cheia de vida. Em redor , encontrava-se um cenário bem mais calmo, com várias cenas inspiradas por histórias e fantasia. Destaca-se a torre de Rapunzel, a aldeia junto ao mar, a batalha de feiticeiros, o grande templo e uma batalha inspirada no filme O Senhor dos Anéis. No canto oposto, uma torre bastante original na sua construção e um moinho que deu algum movimento a esta exposição.


Fotografias | luís vedorias

exposição | exhibition

13

www.molamagazine.com


14

Exposição | exHibition

www.molamagazine.com


Actividades

exposição | exhibition

15

Este evento contou com o apoio oficial da LEGO®, que se fez representar por Jan Beyer e Marcos Bessa. Jan Beyer desempenha funções como Community Operations Manager da LEGO®, estando envolvido e trabalhando directamente com os vários grupos de fãs de LEGO ® em todo o mundo. Marcos Bessa é um dos mais recentes LEGO® Designers, trabalhando na concepção dos produtos que daqui a algum tempo poderemos comprar nas lojas. Durante o evento esteve disponível para responder às mais variadas perguntas colocadas pelos visitantes, apresentando também os novos conjuntos dos Piratas das Caraíbas, incluindo um conjunto por si desenhado. Para os visitantes, foi disponibilizada, mais uma vez, uma Playzone, um local onde as crianças se puderam divertir com um enorme sortido de peças, podendo ao mesmo tempo participar num concurso de construção. Houve ainda espaço para um concurso de fotografia e uma actividade de caça ao monólito, que consitiu em procurar os vários monólitos espalhados pela exposição. Todas estas actividades tiveram direito a prémios para os vencedores. Por fim, os visitantes puderam levar um pouco do material de que foi feito este evento, podendo comprar conjuntos oficiais na loja à entrada.

www.molamagazine.com


16

Exposição | exHibition

www.molamagazine.com


exposição | exhibition

17

Novidades Mais uma vez, o Arte em Peças contou com a apresentação mundial de novos conjuntos. Este ano foram apresentados (a nível mundial) a 5.ª série de minifigs prevista para Setembro, assim como o fantástico 8110 - MercedesBenz Unimog do tema Technic. Foram grandes novidades que surpreenderam fãs um pouco por todo o mundo e que deram enorme visibilidade a este evento. Apesar de já se conhecer a sua existência, nunca antes tinham sido revelados em tão grande detalhe. As fotos publicadas na Internet atingiram milhares de visitas, algo nunca visto até hoje. Abertas apenas a membros da Comunidade, foram realizadas várias apresentações, uma delas a cargo de Marcos Bessa, que falou sobre o processo de desenvolvimento de novos produtos. Houve ainda lugar para actividades destinadas aos membros, sempre relacionadas com o tema LEGO® e com a própria Comunidade.

www.molamagazine.com


18

Exposição | exHibition

www.molamagazine.com


exposição | exhibition

19

Depois do evento O evento contou com mais de 8500 visitantes. A reacção foi bastante positiva e o ambiente foi de grande festa. Tanto a LEGO® como a Câmara Municipal de Paredes de Coura contribuíram de forma imprescindível e ajudaram a Comunidade 0937 a criar um dos melhores eventos com construções LEGO® a nível nacional e com qualidade equivalente a alguns dos melhores eventos internacionais. O impacto foi tão positivo que a exposição de Castelo deste evento, assim como algumas outras construções, estiveram presentes no LEGO® Fan Weekend, em Skærbæk na Dinamarca, de 23 a 25 de Setembro. A edição de 2012 já se encontra em preparação e espera-se que seja ainda melhor. Novidades sobre o evento serão publicadas no portal da Comunidade em comunidade0937.com ou na página oficial do evento em www.arteempecas.com. Muito obrigado a todos os que nos visitaram ou acompanharam através dos vários meios de comunicação e …até ao próximo ano!

www.molamagazine.com


20

Exposição | exHibition

SPACE 0937 Arte em Peças 2011

www.molamagazine.com


exposição | exhibition

21

www.molamagazine.com


22

espaço Criança | 4kids

Texto e Fotografias | luís vedorias

LEGO® Primo Brinquedo para a vida Luís Vedorias - afol e pai em construção Montemor-o-novo - portugal Jogar, manipular, tactear, são atitudes indispensáveis para o desenvolvimento das crianças. Através destas múltiplas actividades livres, as crianças exercitam a sua motricidade fina, desenvolvem e coordenam a sua habilidade gestual e visual e constroem as suas próprias experiências. Os produtos da gama LEGO® Primo disponibilizam peças para crianças com pouco mais de 3 meses de vida que permitem aplicar todas estas características que visam despertar os sentidos e desenvolver a imaginação, oferecendo-lhes uma nova forma de multiplicar as descobertas. Este modelo de aprendizagem foi descontinuado pelo LEGO®. O tema LEGO® Primo foi muito explorado e adoptado por pais e educadores que viram nesta gama muitas potencialidades, especialmente para os bebés, ao proporcionar às crianças mais pequenas a possibilidade de descobrir as suas capacidades manuais e mentais. Esta gama do brinquedo fez parte de uma geração que cresceu com este ABS pouco comum e desenvolvido entre 1995 e 1999. Entre 2002 e 2004 foram também lançados no mercado nacional SET’s Primo na linha Explore que substituiu o duplo durante algum tempo. O LEGO® soube

www.molamagazine.com

assim explorar uma nova escala nunca antes utilizada, com características muito próprias, formas mais básicas, mas com a mesma robustez que caracteriza os brinquedos da marca LEGO®. Podemos ver nesta gama uma iniciação ao mundo do LEGO®, sobretudo se focarmos a essência do brinquedo através do processo de encaixe. O brinquedo podia, e pode, ainda ser manuseado com muita facilidade porque é duas vezes maior que as peças LEGO® Duplo destinadas às crianças mais novas e bem maiores que os tijolos comuns do LEGO® System.

Estes conjuntos destinam-se a bebés e crianças mais pequenas uma vez que são pensados para brincar, estimular os sentidos e são de fácil construção. Com o crescimento das crianças, acentua-se o realismo e os conjuntos evoluem com elas e promovem a livre construção. Com o tempo os elementos LEGO® ajustam-se e estão sempre adequados ao crescimento da criança. Por isso, se dizia na altura que todos os dias se fazia do LEGO® um brinquedo novo, é porque este brinquedo tem essa mais valia, o de poder ser todos os dias, uma coisa nova.

O LEGO® Duplo Primo foi especialmente concebido de forma a possibilitar aos mais pequenos o uso e descoberta das próprias mãos, promovendo as primeiras brincadeiras a um processo de aprendizagem bem divertido. Com estas peças, uma criança com poucos mais de três meses pode, numa primeira fase, descobrir pela primeira vez o mundo do LEGO®. Em termos pessoais posso dizer que a minha filha de 10 meses já começou aos poucos a experimentar momentos de continuada brincadeira com movimentos simples, criando criar sons e dando início à destreza das suas mãos com peças de LEGO® Primo.

É de facto um brinquedo fantástico, que estimula a imaginação e os sentidos dos mais pequenos, por isso, se ainda tiver elementos conhecidos da gama LEGO® Primo, ponha em marcha o pensamento dos mais pequenos e divirta-se com eles, numa descoberta do que melhor se pode fazer em família com peças LEGO®.


Fotografias | pedro agnelo

Grandes construçþes | big creations

23

www.molamagazine.com


24

www.molamagazine.com


25

www.molamagazine.com


26

Tijolos a lupa | Set reviews

As imagens dos conjuntos s達o propriedade da LEGO速

www.molamagazine.com


Tijolos a lupa | Set review

27

“Este é para mim o melhor set Creator de 2010”

Sonic Boom Review set #5892 Por noro

Referência: 5892 Nome: Sonic Boom Tema: Creator Ano de Edição: 2010 Número de Peças: 539 Preço LEGO®: 49.95 € Preço por peça: 0.092 € Dados de compra: Leilão Club Meeting - Viana Instruções: três livros A5 Autocolantes: Não Minifigs: Não Modelos alternativos: Sim Lista de peças: Sim

As peças São 539 peças predominantemente vermelhas, brancas, pretas e cinzentas. Imensas cheese slopes, bastantes round slopes e uma excelente selecção de plates grandes (asas) e pequenas. Tem também algumas peças Technic usadas nos mecanismos dos motores, cockpit e trem de aterragem. Visto ser um SET grande e recente poderíamos esperar o uso de mais peças novas/ incomuns, mas a única excepção são as duas 87609. Este SET traz também dois light bricks vermelhos. A construção Foi um prazer construir o modelo principal: um processo fluido e sem repetições monótonas, algo que acontecia por diversas vezes no 4953, por exemplo. Os mecanismos interiores estão muito bem pensados e dissimulados. Quando terminado, o tamanho do avião a jacto impressiona: são aproximadamente 40 cm de comprimento por 33 cm de largura!

O desenho Lindo! O design do jacto é claramente baseado em caças como o Eurofighter ou o Dassault Rafale. O trem de aterragem é retráctil, mas infelizmente (talvez o único ponto negativo do SET) não fica completamente escondido. A meio do avião está localizado um switch com duas funções, quando empurrado para a frente eleva a carlinga e quando puxado para trás activa os dois light bricks colocados nos motores, criando o efeito de after burner. Jogabilidade Embora sendo um SET Creator, podemos admitir que o 5892 tem um nível de jogabilidade bastante interessante. Apesar de muito grande, o que poderá fazê-lo destoar quando colocado num aeroporto City, convém ter presente que tratando-se de um jacto, é impossível resistir ao Swoosh Factor! No entanto, a verdadeira cereja no topo do bolo é o facto de este avião ser verdadeiramente à escala minifig. Com uma alteração mínima (basta retirar ou substituir as 3956 que servem de cadeiras) é possível colocar dois minifigs como piloto e co-piloto, transmitindo ainda mais realismo ao modelo. OUTROS O 5892 apresenta ainda dois modelos alternativos, um bonito avião bimotor e uma (fraquinha) lancha rápida. CONCLUSÃO Este é para mim o melhor set Creator de 2010 e mesmo um dos melhores do ano em toda a linha LEGO. Tanto o 5893 como o5891 são interessantes e não ficam muito atrás, mas para os amantes dos aviões este set é uma escolha lógica.

www.molamagazine.com


28

Tijolos a lupa | Set review

“o conjunto é bom e apelativo tanto nas peças como no desenho...”

The London Escape

Review set #4193 Por Luís Baixinho

Referência: 4193 Nome: The London Escape Tema: Pirates of the Caribbean Ano de Edição: 2011 Número de Peças: 462 Preço LEGO®: 59.95€ Preço por peça: 12,9 cêntimos Dados de compra: Martins’ Store, Jun. 2011 Instruções: Dois livros (pouco maiores que o A5 com 40 e 60 páginas) Autocolantes: Não Minifigs: 5 Modelos alternativos: Não Lista de peças: Sim

As peças Apesar de apresentar um preço por peça relativamente alto, a quantidade de peças interessantes é significativa. Apesar de não ser grande apreciador dos minifigs em flesh, devo reconhecer que, exceptuando o Jack Sparrow, os restantes são interessantes e fáceis de inserir em outras construções. Os acessórios representam uma mais valia com os cabelos, os tricórnios estampados, o balde e a alça de ombro. Em termos de peças, temos as necessárias para duas pequenas carroças com os respectivos cavalos. Na casa, há que salientar o quadro (tile 2x2 impressa), os barris, a quantidade de peças nos dois tons de cinzento, a porta e as janelas (onde se inclui a nova portada). A apontar, apenas o facto de algumas peças terem sido claramente escolhidas por já existirem no inventário do conjunto, em detrimento de outras mais óbvias e, eventualmente, melhores. A construção A construção é simples, sendo incluída a caixa de peças necessárias a cada passo. As saquetas www.molamagazine.com

estão divididas em quatro, uma para cada carroça e uma para cada andar da habitação. Algumas peças technic são incluídas para o gadget de uma das carroças. O desenho Gosto muito do desenho da carruagem, apesar de ser um pouco comprida e ter um topo demasiado “quadradão”. A carroça possui um gadget que a torna inútil para outras utilizações. Nas carroças, noto a falta de cordas para segurar, dirigir os cavalos. No que respeita à habitação, esta está bem conseguida, muito bonita, incluindo bons pormenores. No entanto, o pé-direito é relativamente baixo: cinco bricks de altura no rés-do-chão e quarto no primeiro andar. Inclui ainda um gadget para uma entrada secreta ou para caírem os barris.. como não conheço o filme, não entendi bem. Uma das paredes, possui dobradiças, no entanto, sua existência é inconsequente, não se verificando qualquer efeito. Jogabilidade Em termos de minifigs e respectivos acessórios não há nada a apontar. A quantidade faz com que sejam “um jogo dentro do jogo”. A carruagem cumpre perfeitamente a sua função e inclui uma pequena funcionalidade ao permitir “saltar” um minifig que se encontre no topo. A suposta funcionalidade na carroça (transformando o carvão em carvão em chamas) inutiliza-a para outras funções… inclusive, até o transportar alguma coisa. Neste caso, o desenho para uma jogabilidade baseada no filme poderia ter procurado outra solução sem danificar a própria função da carroça. A habitação, além de ser um pormenor muito positivo para um brinquedo de construção, permite a interacção das personagens noutro local.

OUTROS Inclui uma carta do personagem Joshamee Gibbs e um poster A1 de dois lados. Uma imagem genérica e outra com um CGI da cena retratada pelo conjunto. Conclusão Apesar de não reconhecer grande valor ao tema Pirates of the Caribbean, devo dizer que um SET deste tipo seria praticamente impossível num tema genérico. Fico com pena de algumas soluções serem claramente fracas, mas no geral, o conjunto é bom e apelativo tanto nas peças como no desenho e jogabilidade. Fez com que fique mais atento aos restantes conjuntos do tema.


Tijolos a lupa | Set review

29

“um set com uma boa jogabilidade e bonito...”

Toys R Us City Truck

Review set #7848 Por nuno 2500

Referência: 7848 Nome: Toys R Us City Truck Tema: City / Transportes Ano de Edição: 2010 Número de Peças: 356 Preço LEGO®: 29,90€ (exclusivo Toys R Us) Preço por peça: 0,083€ Dados de compra: Toys R Us Colombo – Out. 2010 Instruções: Sim – Dois livros Autocolantes: Sim Minifigs: Sim (3) Modelos alternativos: Não Lista de peças: Sim

As peças A nível de peças não há nada de especial neste SET. Destaco os 11 painéis em branco, uma boa dose de plates e as slopes azuis de vários tipos sempre do agrado dos construtores de veículos. No entanto, há um pormenor de relevo: o SET gémeo 3221 tem apenas 278 peças face a este 7848 que tem 356 e inclui uma base plate 16 x 8 em Dark Grey. Os minifigs deste SET são três: O condutor, uma “mãe” e um “puto”. Na loja temos ainda um ursinho. O condutor é auxiliado por um carrinho de mão nas tarefas de carga e descarga. A construção A construção segue as normas habituais, começando pelos minifigs de cada saco. Os sacos, em número de quatro, contêm as peças separadas de acordo com as etapas de construção. Os passos não incluem a lista das respectivas peças, mas tal não se mostra necessário e, mesmo tendo em conta a faixa etária (5-12), é quase impossível deixarmos passos incompletos. Se a construção do reboque

quase que peca por simples e desinteressante, o tractor já proporciona uns minutinhos de satisfação sobretudo nos passos finais em que os studs começam a desaparecer revelando um desenho limpo e com alguns detalhes.

Preço por peça do SET 7848: 0,083€ Preço por peça do SET 3221: 0,107€

Além do camião este 7848 oferece ainda em relação ao 3221, uma pequena loja. Com um livro de instruções à parte, é construída em cima de uma baseplate 16 x 8 e a sua montagem não oferece desafio nem satisfação em especial.

Número de minifigs do SET 7848: 3 Número de minifigs do SET 3221: 2

O desenho Pessoalmente, gostei logo do SET 3221 quando saiu mas neste (SET 7848) o esquema de cores em azul e branco revelou-se prejudicial, tornando o camião demasiado deslavado, sobretudo no que respeita ao reboque. Penso que os autocolantes poderiam ter minorado este problema se fossem maiores e em maior número (mas sem exageros). Como já referi, o tractor tem um aspecto agradável e bem conseguido com alguns detalhes tais como portas, degraus, bocal de abastecimento em cada depósito de combustível, escapes verticais, grelha frontal e espelhos. Jogabilidade Ora bem, neste aspecto com este SET obtemos um camião “TIR” com reboque, com portas que abrem, cama e televisão para o condutor, “mini caixas de SET’s LEGO®” (pena serem menos do que no 3221, incompreensivelmente), um carrinho de mão para as cargas e descargas, uma mãe e um filho, bem como uma loja de brinquedos “recheada”. Quem não encontrar jogabilidade nisto ou não está de saúde ou não gosta do tema.

Número de peças do SET 7848: 356 Número de peças do SET 3221: 278

No entanto, o esquema de cores impede um 10/10, uma vez que o efeito wow do 3221, para mim, é superior. CONCLUSÃO Em jeito de conclusão, considero o 7848 um SET com uma boa jogabilidade, bonito (a meu ver), constituindo uma boa opção na faixa de preço, sobretudo face ao 3221. É pena o esquema de cores não ter sido complementado com uma decoração mais viva, tratando-se, ainda por cima, de um exclusivo Toys “R” Us, o que permitiria usar o logo com o nome da loja, de forma mais apelativa. Nota negativa também para a redução nos bricks 2x2 com a respectiva tile e autocolante (mini SET’s LEGO®) o que a meu ver retira alguma jogabilidade ao SET. Por fim, uma busca pela net permite verificar a maior valorização deste SET face ao seu irmão gémeo.

OUTROS Numa comparação inevitável aqui ficam alguns dados: www.molamagazine.com


30

Portfolio | design student

LEGO® Scrabble Mark Ziemer

Jogo scrabble com peças lego® atlanta - estados unidos

O design deste produto assim como a sua embalagem, combina o jogo de scrabble com a diversão e funcionalidade dos “tijolos de Lego” uma caixa de viagem, que se abre (desdobra) e se transforma num tabuleiro pronto a utilizar a capa do involucro foi criada para guardar o jogo e auxiliar na venda do produto.

www.molamagazine.com

Product and packaging design that combines the game of Scrabble with the fun and functionality of Lego bricks. A travel-ready box was crafted that doubles as the game board when fully opened. A packaging slip cover was also created to encase the board for retail purposes.


Fotografias | mark ziemer

portfolio | design student

31

www.molamagazine.com


32

www.molamagazine.com


Peça à peça | MOCs

33

Niveus Sanctus Autor: Luís Baixinho Concurso 5º Aniversário Comunidade 0937 Niveus Sanctus é uma embarcação lendária do final da Era do Gas Calx, construída pela Guilda dos Mercadores com o objetivo de explorar novas rotas comerciais. Foi inspirada nos monges Pacis e explorou e cartografou inúmeras zonas desconhecidas das Civilizações do Oeste durante mais de um século. Desapareceu numa missão de exploração e cartografia às Terras Desconhecidas. Dimensões 94 Studs (75,2 cm) de comprimento 66 Studs (52,8 cm) de largura 105 bricks (100,8 cm) de altura

www.molamagazine.com


34

Peça à peça | MOCs

LL-386 Sledgehammer Autor: MReizinho Concurso 5º Aniversário Comunidade 0937 O LL-386, conhecido como “Sledgehammer”, entrou ao serviço da United Planetary Federation em 2356 DC na batalha do sistema Calakmul. A sua utilização foi um factor decisivo para a vitória sobre os Heechee. Enviado como primeira linha da força de ataque, a sua rapidez e o grande poder e concentração de fogo eliminaram as principais defesas permitindo assim a entrada segura da frota estelar no sistema. Os marines encontraram muito pouca oposição no desembarque no planeta Kashmir, planetamãe dos Heechee tendo assumido a partir daí o controlo dos mundos alienígenas.

www.molamagazine.com


Peça à peça | MOCs

35

Buggy MP27 Autor: Biczzz Concurso 5º Aniversário Comunidade 0937 Este é o Buggy MP27. Como o nome indica, é um buggy, um veículo muito familiar para os amantes de carros telecomandados. Este modelo em particular é inspirado em alguns modelos das marcas Tamiya e Kyosho. Inspirado no antigo tema Model Team, trata-se de um modelo estático (sem motores nem Power Functions) mas que inclui suspensão independente e funcional nas quatro rodas e um cockpit detalhado. Todos os detalhes foram pensados para tornar este MOC o mais parecido possível com os modelos RC reais, desde as dimensões, suspensões e, por fim, uma antena na carroçaria. Dimensões Comprimento: 34cm Largura: 18,5cm Altura: 11cm (12cm com antena) www.molamagazine.com


36

www.molamagazine.com


37

www.molamagazine.com


38

exposição | exhibition

Texto | Luís Vedorias

Constrolândia El Corte Inglés 2011

PLUG - Associação portuguesa de utilizadores de LEGO® Lisboa - portugal A MOLA esteve este ano no El Corte Inglês para ver uma exposição a cargo de vários AFOL’s da PLUG. Esta exposição, teve como principal objectivo a venda do mais famoso brinquedo do mundo - o LEGO®. O evento, realizado numa tenda no exterior do último piso do centro comercial, continha muito expositores com os mais recentes conjuntos da marca. Para além dos SET’s disponibilizados em especial para esta mostra LEGO®, foi possível observar alguns cenários bem simpáticos com alguns pormenores de relevo que fizeram as delícias dos visitantes da exposição. A MOLA conseguiu fotografar algumas construções de destaque, com especial relevo para as esculturas de LEGO® que costumam estar presentes nestes eventos. Este ano, no entanto, a exposição ficou à quem das expectativas para os mais curiosos e sobretudo para os fãs de LEGO®. A PLUG acolheu os visitantes com edifícios típicos da baixa de Lisboa, o que causou grande impacto e motivou o interesse dos mais pequenos e dos mais velhos, ao revisitar a arquitectura da capital lisboeta. Contudo, no piso térreo desta cidade, os pormenores urbanísticos deixaram de existir e deram lugar ao pouco detalhe e incoerência, onde foi possível observar

www.molamagazine.com

veículos de diferentes dimensões, desde a escala minifigure a outras escalas varáveis, não sendo valorizada a altura dos edifícios, desperdiçando assim um aspecto que poderia tornar mais rica e interessante a exposição. Os MOC’s relacionados com a época natalícia estiveram representados apenas por um pequeno presépio que, face à quadra festiva em que nos encontramos, foi um pouco decepcionante. A cidade criada este ano, à escala minifig, foi mais do mesmo, apresentando ruas com muito pouco movimento, pobre em pormenores, mas com um elemento de destaque, um centro comercial interessante, dotado de pormenores reais, mas que não chegou para salvar o conjunto de construções apresentadas no display. O layout do espaço esteve bem representado e composto por vários elementos bem característicos dos cenários espaciais que conseguiram dar uma ideia geral do potencial deste tema criado por AFOL’s. Por fim, quero destacar um último layout de uma pista de carros, que conseguiu destacar-se pela riqueza dos pormenores, pela junção de vários temas como o Cars, Racers e City, onde sobressaía a excelente realização e bons aspectos técnicos de qualidade.

A inserção de uma pequena moldura digital deu mais realismo ao conjunto e os arredores foram muito bem trabalhados com muitas viaturas e figuras, o que acabou por dar mais vida ao cenário do grande prémio. Nas costas do mesmo estava a decorrer uma invasão num campo de batalha medieval com um ataque à muralha e muitas personagens em acção. Resumindo, pode dizer-se que foi uma exposição com alguns pormenores de qualidade, o que acabou por salvar um evento que esteve longe de atingir o sucesso e o número de visitantes esperados, o queacabou por se traduzir no fraco número de vendas. Esperamos que em 2012 a próxima Constrolândia venha a ser uma exposição de referência no panorama do que de melhor se faz em LEGO® em Portugal.


Fotografias | luís vedorias

exposição | exhibition

39

www.molamagazine.com


40

exposição | exhibition

www.molamagazine.com


exposição | exhibition

41

www.molamagazine.com


42

passatempo | quiz

Concurso LEGO® 1,2,3 Quiz

LEGO SPC Quiz - Script, photo and construction Passatempo - mola brick magazine

Escreve uma frase original com as palavras MOLA + NINJA. Prémio: Porta chaves NINJAGO e minifig NINJA serie 1 + 2 posters NINJAGO + Assinatura anual da MOLA Brick Magazine

Fotografia Photography

www.molamagazine.com

Escrita Script

Sê criativo e envia uma fotografia com uma ou mais minifigures e cria uma cena onde a minifigure fica incerida na paisagem. É simples, basta juntar uma minifigure LEGO numa boa fotografia. Prémio: 3 Minifigures + poster da fotografia vencedora + Assinatura anual da MOLA Brick Magazine


passatempo | quiz

43

Construção Construction Vignette:

Cria uma cena (tema livre) construida apenas com peças LEGO numa pequena base com 8x8 studs. 1º Prémio: 1 porta-chaves 2x4 Brick + 3 Minifigures + 1 LEGO Games + Assinatura anual da MOLA Brick Magazine 2º Prémio: 1 porta-chaves 2x4 Brick + 2 Minifigures + 1 Mini Racers + MOLA#04 3º Prémio: 1 porta-chaves 2x4 Brick + 1 Minifigure + MOLA#04

www.molamagazine.com


44

www.molamagazine.com


45

www.molamagazine.com


46

NOTÍCIAS | NEWS

LEGO®

EXPERIENCE

Programa - Introdução - 15’ - Emissão de um filme LEGO Ninjago (Parte 1 de 4) - 10’ - Workshop com LEGO Games - 45’ O público vai experimentar alguns jogos, com a ajuda e presença de alguns colaboradores da LEGO e AFOLs da PLUG. Em principio os jogos no workshop serão: CREATIONARY, NINJAGO, and HARRY POTTER - Apresentação sobre o que é ser um AFOL (PLUG/Fernando Correia) - 30’ - Emissão de um filme LEGO Ninjago (Parte 2 de 4) - 10’ - Workshop/Concurso de construção creativa, dedicado ao tema “Natal” - 45’ - Entrega de prémios e diplomas / Encreeamento - 20’ - Emissão de um filme LEGO Ninjago (Parts 3, 4 de 4) - 20’

Datas e locais Sexta 16 Dezembro FNAC CascaiShopping

Sexta 17 Dezembro FNAC Colombo

Sexta 18 Dezembro FNAC NorteShopping

Próxima Edição #05 Next Issue Comunidade \\ LUG

Tendências \\ Trends

Comunidade 0937

Miniland

Perfil \\ AFOL Profile

Portfólio \\ Artist

Construtor: Luís Baixinho

EncontrArte Animação stop motion

Exposição \\ Exhibition

Peça à Peça \\ MOCs

Hispalug 2011

O melhor das construções

Entrevista \\ Interview

Peças Soltas \\ Letters

Marcos Bessa LEGO Designer

Mais um artigo de opinião

Vida às Peças \\ Bricks in Life

Espaço Criança \\ 4Kids

Wagner Cavalli

NinjaGo 2011/2012

www.molamagazine.com


47

www.molamagazine.com


48

www.molamagazine.com

MOLA#04  

LEGO Bricks Magazine

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you