Page 1

Modelos da Terra www.modelosdaterra.com.br

Fluidez nas araras do Verão Moda recifense nas passarelas Moda intima sem frescura

EDIÇÃO 11 - ANO 1 - OUTUBRO DE 2011

Revista digital


Editorial Qualidade de vida na saúde, na cultura e na moda é o ponto alto da nossa nova edição que traz uma série de matérias, com foco na importância do bem estar com uma boa alimentação e cuidados adequados ao corpo e no sabor da gastronomia com um dos pratos mais tradicionais do mundo. Pesquisas apontam que índices de obesidade estão em alta no mundo e no país e, por isto, é importante ficar de olho e não dormir no ponto para aumentar estas taxas. Bem estar também implica em mudanças de hábitos, fugindo da vida sedentária com atividades físicas, que hoje são essenciais. Da mesma forma, a moda e a cultura estão atreladas a questão do bem estar. As tendências expressam isto com opções que destacam as cores, as texturas e as tecidos que valorizam a boa forma. Então, vale a pena ficar de olho nas sugestões nas páginas das nossas revista, que ainda conta com editoriais especiais dentre os quais o “Luxo Sombrio”. Não fique sem conhecer esta proposta arrojada e encantadora que mostra o futuro da cena pernambucana, assinados por jovens estilistas da Faculdade de Boa Viagem.

04 Editorial: Luxo sombrio

ÍNDICE

12 Uma massa cai bem, porque não? 15 Obesidade e Saúde: Mitos e realidade 16 No Foco da cultura literária 18 Fluidez nas araras do Verão 22 Moda intima. Sem frescura 26 Acessórios em alta 30 Moda recifense nas passarela 32 Saúde e Qualidade de Vida: não tem preço 34 Editorial: Flores do deserto


Edição: Ivelise Buarque (Jornalista responsável DRT/PE 2467) Redação: Ivelise Buarque Jô Ferreira Mariana Menezes Priscila Soares Maquiagem e cabelo Érica Lins Modelos da 11ª edição Jéssica Leão Laís Fiori Aline Dantas Letycia Scaquetti Bárbara Carréra Danny Sobreira Tayana Gargantini Capa: Aline Dantas Letycia Scaquetti Foto capa: Claudio Barreto Publicação eletrônica mensal: www.modelosdaterra.com.br http://issuu.com/modelosdaterra/docs/modelosdaterra Contato: (81) 8529.1136

Revista digital

Modelos da Terra

www.modelosdaterra.com.br

EXPEDIENTE

Fotos, criação e diagramação: Claudio Barreto (fotográfo ARFOC/PE Reg. A695 )


“Existe um lugar misterioso, quase no meio do nada, onde habitam mulheres sombrias, luxuosas, quase impecáveis... Suas peles parecem porcelana e reluzem na luz. Seus vestidos feitos à mão demostram luxo e poder. São extremamente minuciosos e os mais belos de todos os tempos”.


Luxo sombrio


8


Revista digital Modelos da Terra

9


10


Tema: Luxo sombrio Hair & Make: Érika Lins - Lumi Cosméticos Roupas: Alunos de Moda FBV Sapatos: Acervo Modelos: Aline Dantas Letycia Scaquetti Styling: Arlytton Lopes Assistente de Styling: Joao Victor Fotografia/edição: Claudio Barreto

11


Uma massa cai bem, porque não?

Por Ivelise Buarque

Sabe aquela premissa de que massa engorda e faz mal à saúde? Pesquisa encomendada pela Oxfam, ONG internacional contra a pobreza, mostrou que a massa não é só o alimento preferido em todo o mundo, assim como possui propriedades nutricionais importantes também para o planejamento alimentar. Segundo a Abima - Associação Brasileira das Indústrias de Massas Alimentícias, um documento elaborado por 15 cientistas especializados em nutrição de 13 países - o Consenso Científico Internacional sobre a Saudabilidade do Macarrão -, recomenda a inclusão de carboidratos no consumo diário a fim de garantir uma refeição rica em nutrientes. Para isto, representantes da entidade de pastas têm visitado capitais do Nordeste durante este ano para a divulgação deste arquivo. “Este trabalho começou no Nordeste, em Fortaleza e no Recife, com o objetivo de acabar com o mito e desmistificar a idéia de que a massa engorda, porque já foi provado que esse alimento é ideal como produtor de energia, como muitos outros carboidratos”, destaca o presidente da Abima, Cláudio Zanão. Para isso, a associação está munida deste documento que aponta que as refeições com massas alimentícias e outros alimentos de baixo índice glicêmico (influencia na saudabilidade dos alimentos) podem ajudar a controlar a glicemia e o peso corporal, especialmente em indivíduos com sobrepeso ou obesidade, uma vez que assim como a diabetes esta taxa tem crescido em todo mundo. 12

Os dados ainda mostram que dietas de redução a zero de carboidratos reduz a capacidade de raciocínio porque 70% do cérebro é gordura, segundo a nutriocionisra e fitoterapeuta Vanderlí Marchiori, secretária geral da Associação Brasileira de Nutrição Esportiva e uma das duas brasileiras a assinarem o Consenso Científico Internacional sobre a Saudabilidade do Macarrão. Esta declaração foi assinada durante o Congresso Científico (Scientific Consensus Conference on the Healthy Pasta Meal), em outubro de 2010, no Rio de Janeiro, realizado paralelamente ao IV World Pasta Congress. Com isso, ele coloca em cena à massa como um mocinho e não vilão das dietas, ganhando, desta forma, amplo destaque na mídia nacional dentro da ação de divulgação da Abima, que, inicialmente, envolve as palestras técnicas de esclarecimento à jornalistas e profissionais de saúde, incluindo nutricionistas. E nessas duas primeiras apresentações no Nordeste, não só foram mostrados dados reveladores sobre as tendências de consumo alimentar do Brasil, como ainda o comportamento atual do consumidor e o posicionamento do Mercado de Massas, pelo diretor comercial da Vitarella, Massud Junior, empresa pernambucana associada à entidade e que é recall de marcas há 10 anos neste segmento. Essa primeira etapa de esclarecimento, com palestras e ações de relacionamento, segue até agosto quando serão realizados encontros ainda no Rio de Janeiro, Belo Horizonte e Porto Alegre. Mas,


em 2012, vão ampliar a iniciativa com campanha publicitária institucional que envolverá mídia televisiva, exterior, ações em pontos de venda e spots de rádio. “O conceito da campanha será ainda o de esclarecimento aos consumidores e de quebra do mito do mal das massas na alimentação, da mesma forma o mito do glúten impacta no consumo direto de pães, por exemplo”, comenta Cláudio Zanão. De acordo com o presidente, a investida não tem nenhuma motivação comercial a pequeno ou médio prazo, mas admite que o mito impacte diretamente no comércio desse produto. E isso pode vir a muda em 5 a 10 anos com uma campanha adequada, como a que a Abima pretende desenvolver, uma vez que a expectativa é antes de tudo mudar a mentalidade do consumidor com relação às massas. Mercado – Pela história da humanidade, as primeiras massas semelhantes ao macarrão surgiram nas civilizações da assíria e babilônica, por volta de 2500 A.C., mas ainda há registros de um alimento deste tipo na Roma Antiga do Século VII A.C. Contudo, a versão mais comum relata sua presença na China do Século XIII, por meio do contato daquela nação com o mercado veneziano Marco Polo em suas viagens pelo Ocidente. A partir daí, foi se expandindo enquanto importante refeição, até tornar-se referência de alimentação na Itália já em 1279. E hoje a massa é o primeiro lugar no top ten das comidas favoritas no mundo, segundo pesquisa encomendada pela Oxfam, ONG internacional contra a pobreza. Realizado em 17 países incluindo o Brasil, o estudo ouviu 16 mil pessoas que citaram este alimento como preferência mundial com 9%, deixando para trás a carne (segundo lugar com 6%) e o arroz (terceiro com 5%). A Itália se destaca como o primeiro maior consumidor de macarrão do mundo, enquanto os Estados Unidos é o segundo e o Brasil fica em terceiro, atualmente. Para se ter uma idéia, no Brasil, a média anual de consumo per capita em 2010 manteve-se estável em 6,4 kg por habitante em 2010 em relação a 2009, diferentemente do que ocorreu nos anos anteriores quando foi registrada uma queda. Pesquisa anual da Abima com a Nielsen, aponta que o mercado brasileiro de massas alimentícias registrou um faturamento de R$ 5,9 bilhões em 2010, o que representa crescimento de 1% em relação a 2009. E o volume de produção de macarrão também manteve o ritmo de crescimento e ultrapassou 1,2 bilhão de toneladas. E para a associação o aumento se deve à mudança de “valores de consumo” no País. “Os brasileiros estão à procura de produtos que ofereçam mais benefícios à saúde, e, que sejam de fácil preparo”, justifica Zanão. De acordo com o diretor comercial da Vitarella, Massud Jr, a massa atinge diferentes consumidores de diferentes hábitos: os heavy users e os lights users. Os primeiros representam 19% da população e representam aqueles que consomem quatro vezes

mais que a média com uma média de compra duas vezes maior, correspondendo a 44% do mercado de massa alimentícia, segundo o Kantar Worldpanel. Já o segundo corresponde a 50% da população, consumindo um volume 74% menor do que o primeiro. “Isto é um reflexo da nova mentalidade e comportamento do consumidor que mudou sua postura e busca valores adicionais com escolha dos produtos focados mais em amplos benefícios, como saúde (20%), conveniência (19%) e indulgências (21%)”, ressalta o empresário. E, dentro deste cenário de mudanças, um novo mercado vem crescendo dentro do setor: os dos instantâneos, que são amplamente mais consumidos pela população na faixa C (38% da população), D e E (juntas 39%). As instantâneas são o grande destaque das massas, por conta da praticidade e do preço, o que facilita o seu acesso a estas camadas da sociedade. “Elas estão em primeiro lugar na preferência do consumidor hoje com mais de 900 mil domicílios compradores hoje, o que representa 91% de penetração em 2010 contra 89% em 2009”, destaca Massud. O mais curioso nisso tudo é que este nicho dentro das massa s alimentícias pode ajudar a quebrar o paradigma de que massa engorda, de acordo com o executivo. 13


Obesidade e Saúde: Mitos e realidade Por Ivelise Buarque

No último dia 11 de Outubro, diversas atividades marcaram a luta contra obesidade pelo país afora, em virtude da grande preocupação com um mal que vem crescendo progressivamente no mundo. O país enfrenta uma transição nutricional com a substituição do arroz com feijão por alimentos processados com excesso de gorduras e não saudáveis. Apenas 18% dos brasileiros seguem a recomendação de comer 400 gramas ao dia de frutas, legumes e verduras. “Alimentos gordurosos e pouco liquido, associado à longa exposição solar e poucas horas de sono são grandes vilões da qualidade de vida e saúde, nos tempos atuais. O grande gasto energético agride o organismo, causando stress físico e debilitando o sistema imunológico, podendo predispor a viroses”, defende a endocrinologista Claudia Simões Lins. O baixo consumo de arroz, feijão, frutas e hortaliças são reflexos desta má alimentação adotada pela população brasileira, que atualmente, preferem refeições ricas em gorduras, sal e açúcar e com pouco teor nutritivo. Para a nutricionista Lussandra Gallindo, deve-se manter um alto consumo de porções de frutas e verduras por dia porque contêm muitas fibras, de proteínas e de água, que deve ser no mínimo dois litros por dia. “É importante ainda quebrar mitos associados à alimentação saudável. Para muita gente, tomar muito suco, por exemplo, é bom. Mas, este consumo excessivo vai inibir absorções de nutrientes e aumentar as calorias consumidas do dia-a-dia. O mesmo acontece com a bolacha cream cracker que, em muitos casos, é o substituto do pão, porque tem menos calorias, porém em excesso engorda e aumentar as gorduras totais”, destaca a especialista. 14

Um ponto que se torna unanime entre muitos profissionais é a necessidade de aliar praticidade à necessidade alimentar. Esta tendência leva a população mundial a correr atrás de ofertas saborosas nas gôndolas de supermercado, restaurantes e fastfood, que não oferecem nenhum benefício agregado. Tudo isso naturalmente pode ser contornado com equilíbrio alimentar, acrescentando naturalmente na dieta diária a ingestão ainda de aveia e outros cereais. Eles trazem diversas qualidades à saúde como regular a função intestinal, manter o peso e o controle das taxas de glicose e colesterol. “Contudo, como em tudo que está associado à saúde e alimentação, é preciso manter equilíbrio e variedade, pois até o consumo excessivo de cereais pode causar, em algumas pessoas, meteorismo, flatulência e refluxo”, alerta a médica Claudia Simões Lins. O consumo diário de sal é ainda outro fator que contribui para a conjuntura atual de sobrepeso e má qualidade de vida dos indivíduos. No Brasil, por exemplo, atualmente é de 12 gramas, enquanto que o recomendado pela Organização Mundial de Saúde (OMS) é de apenas 5 gramas. O sal em excesso constitui fator de risco para doenças cardiovasculares, como a hipertensão arterial


Revista digital Modelos da Terra

28,1 e mulheres 28,3). Enquanto isto, a população do Japão é a menos afetada pelo sobrepeso, apresentando o menor IMC (22 para os homens e 24 para as mulheres) entre os ricos. As mulheres de Bangladesh registram o menor índice entre as mulheres, enquanto a República Democrática do Congo é a primeira entre os homens. Por sua vez, o Brasil ocupa 19ª posição no ranking mundial da obesidade masculina e 15ª, na feminina.

geek gear

e doenças renais. Outro problema no país é a ingestão em excesso de açúcar, um grande aliado para o aparecimento da diabetes e o aumento da obesidade entre os brasileiros. De acordo com a POF 2008-2009 (Pesquisa de Orçamentos Familiares do IBGE), 61,3% da população consomem açúcar de forma exagerada.

Uma pessoa pode ser considerada obesa quando o Índice de Massa Corporal é igual ou superior a 30. No caso do sobrepeso, o índice é igual ou superior a 25. Para calcular é preciso dividir o peso (em quilos) pelo dobro da altura (em metros). Esse quadro registra hoje no país uma média de 45 milhões de brasileiros afetados: a obesidade. Especialistas já estimam que 25% da população brasileira sofre deste problema, que atualmente também afeta o público infantil.

Obesidade hoje - De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), a obesidade é um dos maiores problemas de saúde pública no mundo e acomete mais de 1 bilhão de pessoas, respondendo como a quinta causa de mortes em todo o mundo. No planeta, 1,46 bilhão de adultos registram sobrepeso e a obesidade quase dobrou, afetando 205 milhões de homens e 297 milhões de mulheres, ou seja, 9,8% dos homens e 13,8% das mulheres.

O Brasil trata a questão como um grande desafio, uma vez que a proporção de adultos com excesso de peso tem aumentando de forma progressiva. Os dados do Vigitel (2010) indicam uma prevalência de 48,1% dos adultos (52,1% em homens e 44,3% em mulheres) com excesso de peso. No período 20062010, houve um aumento de excesso de peso em 1,2 ponto percentual ao ano entre os homens, enquanto, entre as mulheres, esse aumento foi de 2,2 pp. A frequência de obesidade aumentou, em média, 1 pp ao ano em mulheres no período 2006-2010.

Entre os países ricos, os Estados Unidos lideram o ranking da obesidade com um IMC de 28,5, seguidos pela Nova Zelândia e Austrália entre as mulheres e Grã-Bretanha e Austrália entre os homens. A pequena ilha de Nauru (Pacífico sul), com 14.000 habitantes, registrou, em 2008, a maior média de IMC: 33,9 nos homens e 35 nas mulheres. A ilha já liderava, em 1980, a classificação da obesidade no mundo, mas com níveis consideravelmente menores (homens

Os níveis de atividade física, no lazer, na população adulta, são baixos (15%) e apenas 18,2% consomem cinco porções de frutas e hortaliças em cinco ou mais dias por semana; 34% consomem alimentos com elevado teor de gordura e 28% consomem refrigerantes cinco ou mais dias por semana, o que contribui para o aumento da prevalência de excesso de peso e obesidade, que atingem 48% e 14% dos adultos, respectivamente. 15


No Foco da cultura literária Por Ivelise Buarque*

O filme “O contador de histórias” mostra a importância da leitura e da literatura para a construção do conhecimento, do sabor e da melhoria de vida de um indivíduo. Dentro desta premissa, uma iniciativa que movimenta o estado há mais de seis anos prova a importância deste hábito milenar. É a Fliporto, que nesta sua sétima edição, tem como tema Uma Viagem ao Oriente e o grande homenageado é Gilberto Freyre. A Festa Literária será, entre os dias 11 a 15 de novembro, na cidade de Olinda. Um dos pioneirismos de Gilberto, mestre de todos nós, foi ver a matriz oriental no Brasil. Basta ler “Sobrados e Mucambos” e “China Tropical”. Ora, foi buscando as Índias que Portugal descobriu o Brasil. Será uma viagem no tempo, na geografia, nos diálogos culturais. E mais uma vez este grande evento contará com o projeto Feira do Livro, realizada ano passado simultaneamente à sua sexta edição, com a participação de mais de 40 editoras e de 30 lançamentos, expostos em 22 estandes distribuídos em área instalados no Pátio do Carmo. Nesta segunda edição, ocuparão as prateleiras da Feira de Livros da Fliporto 150 mil livros de 60 editoras. Os livros são vendidos a preço de editora, uma boa maneira de ampliar a biblioteca pessoal e a dos filhos, o que quer dizer que todos os exemplares terão preços abaixo do normal, o que é atrativo. Afinal, segundo pesquisa do Ibope Inteligência, as regiões Norte e Nordeste, juntas, respondem por apenas 20% dos livros vendidos no País. O preço é a 16


Revista digital Modelos da Terra

justificativa principal para a não-compra. E, mais uma vez, a proposta integrará diversos nomes que farão lançamentos especiais durante os dias de realização, como a atriz Maria Paula que virá para lançar o seu livro “Liberdade Crônica”, uma obra que fala sobre política, meio ambiente, religião e feminilidade, numa compilação de histórias e crônicas dividas em três partes: Atitude Cidadã, Atitude Familiar e Atitude Feminina. Casa da UBE - Com o objetivo de valorizar e dar oportunidade a artistas literários do nosso estado, a Fliporto oferece, mais uma vez, um espaço destinado a todos os escritores e amantes das letras: a Casa da União Brasileira de Escritores Pernambucanos (UBE-PE). Presente na festa literária pelo quarto ano consecutivo, o espaço funcionará nos mesmos dias e horários do evento, de 11 a 15 de novembro, e contará com uma programação exclusiva.

Valorizando a interação entre público e palestrantes, a Casa ainda contará com um momento onde escritores, poetas e artistas trocam ideias com a platéia presente, despertando noções literárias e o gosto pela escrita e cultura. Este ano, o espaço homenageia o centenário de nascimento dos escritores Mauro Mota e Amaro Quintas. A abertura da Casa da UBE-PE acontecerá às 16h do dia 11 de novembro, seguida de apresentação do Vocal Vozes da Casa Rosada. * Com informações da Assessoria de Imprensa da Casa da UBE-PE.

Localizada no Sítio de “Seu” Reis, no Parque do Carmo, a Casa da UBE-PE abrigará um auditório para 60 pessoas. Na programação haverá recitais, shows, bate-papos, palestras, debates, mesasredondas e outras atividades culturais. Tudo isso em um ambiente preparado para a valorização da literatura regional. Entre as atividades desenvolvidas no espaço, destaque para a mesa redonda “Mulheres Alfa”, onde a atriz Maria Paula conversa com Bia Willcox, Zeca Fonseca e Helder Caldeira, sob mediação de Eduardo Côrtes, coordenador executivo da Fliporto. 17


Fluidez nas araras do Verão Por Ivelise Buarque* Durante a estação mais quente do ano, a sensação que se tem é a de que o corpo ferve e, por isto, o período pede suavidade. E esta pedida integra a coleção de diversas marcas que apostam nos agitos do verão com novas opções grifadas em suas araras. A coleção da multimarcas Add Store, por exemplo, é sinônimo de peças fluídas em cores vivas. Na loja das empresárias Paula e Renata Marques, que firmaram parceria com a grife carioca Espaço Fashion, os modelitos destacam o contraste de estampas, matérias e muitas assimetrias. Tudo com base no grafismo do artista australiano Leif Podhajsky. Já A Côrte, de Bia Meira e Rennan Ribeiro, turbinou a loja na Zona Sul com sugestões para elas e eles. A ala feminina está com novíssimas produções de grifes como a Fato Básico e a On Top. As peças chegam com a leveza e descontração da estação do calor, ou seja, vestidos midi super leves, tops, blusas de um ombro, shortinhos jeans e t-shirts arrojadas. Já para os homens, as novidades giram em torno de etiquetas gringas da Abercrombie, Aéropostale, Hoolister e Penguin, entre outras. As camisetas com bordados, prints urbanos e tecidos macios e resistentes a amassos estão entre as principais características. As prateleiras também estão com modelos xadrez, que ultrapassaram as barreiras do inverno e deve continuar firme e forte por várias outras temporadas. 19


A leveza também chega com muito charme em opções em xadrez nobre, que mais uma vez venceu as barreiras do inverno e continuou firme e forte no verão das mais antenadas. A proposta é da grife catarinense Dudalina, que investiu sem medo nas produções desse tipo para a estação do calor. As blusas em alfaiataria chegam com jogos quadriculados modernos, em cores alegres e com detalhes elegantes, como botões de cristais Swarovski e a primazia leve do algodão egípcio, resistente a amassos. Tudo em referência ao balneário Saint-Tropez, considerado a meca de jet sets e celebridades adeptos do estilo de vida hedonista. 20

Serviço: A Côrte Av. Conselheiro Aguiar, 3572 - Galeria Corta Jaca Boa Viagem – Recife/PE Fone: (81) 3465-0631 Add Store Av. Domingos Ferreira, 1472 - Galeria Trade Center Boa Viagem – Recife/PE. Fone: (81) 3325-4200. Dudalina Shopping Recife. Fone: (81) 3028-0884. * Com informações da Assessoria de Imprensa da A Côrte e da Dudalina.


21


Moda intima. Sem frescura Por Ivelise Buarque*

Na hora da produção, é importante se preocupar com os mínimos detalhes que vão da maquiagem adequada e bem feita, cabelos impecáveis e roupas da moda. Mas, é verdade que o vestuário underwear fica em segundo plano? Não, lógico, que para uma produção correta é importante não esquecermos da moda íntima, que passou por diversas e marcantes transformações no mundo moderno, até a queima dos soutiens como reflexo da liberação feminina na década de 60. Hoje, a mulher pensa e tem certeza de que deve estar sempre linda até por baixo das roupas. Ela é muito importante antes de tudo para se estar confortável e para a auto estima, além de expressar as transformações e conquistas femininas em termos de liberdade de expressão, mudanças culturais e sociais com mudanças nos tipos de tecidos, ocorridas desde a década de 1920 até a atualidade. E a evolução tecnológica possibilitou o surgimento de novos materiais, que tornou a lingerie mais confortável e durável, duas exigências da vida moderna. Escolher a lingerie certa garante mais conforto para o dia a dia e ainda consegue corrigir algumas imperfeições do corpo e valorizar outras partes, aliando conforto e sensualidade. Fazendo muita diferença na hora de se vestir, requer antes de tudo um pouco de bom senso. Quando o assunto é sutiãs, por exemplo, atualmente existem muitas opções de modelos que se adéquam ao tipo físico de cada mulher, podendo ser utilizados para levantar, afastar ou aproximar os seios, 22

dependendo dos modelos específicos para o seu biótipo. Quanto às calcinhas, elas acompanham os nossos movimentos e o corre-corre diário e para isso é preciso sentir-se confortável. A pedida neste caso é que se opte por calcinhas de microfibra, pois o tecido proporciona conforto, uma melhor respiração da região e um caimento perfeito. Nas araras - Se tem algo que uma mulher deve ter com qualidade no closet é lingerie. E se existe uma grife que faz isso com perfeição o nome é Fruit de la Passion. A nova coleção da marca, batizada de Madeleine, destaca a sensualidade das Pin Up’s ou garçonetes americanas (em tradução livre). Nesta série, o tule tipo “poit d´sprit”, que forma pequenos poás em relevo bicolor, foi combinado ao bordado em fio codornê, resultando em uma coleção super requintada e luxuosa. A linha dia traz três modelos de soutien e quatro de calcinha para combinações em todas as ocasiões. O corselet foi elaborado com design inédito, com saia ricamente bordada sobreposta à liga e discreta transparência, detalhes que conferem à peça um nível de sofisticação inigualável. A camisola curta também é um charme: traz bojo flexível bordado, saia em cetim mellow e barra em tule com Poá, fazendo dupla perfeita com o robe sem transparência. Para seduzir ou para ficar confortável, a Madeleine traz, ao todo, 12 modelos em três cores: Malve, Cristal Blue e Preto. Novidade no mercado – Sensualidade e conforto também são possíveis com baixo custo é esta a proposta da marca americana Baci que chega ao Brasil com conceito de luxo acessível, para concorrer com demais já existentes no


Revista digital Modelos da Terra

23


24


Revista digital Modelos da Terra mercado. Empresa norte-americana tem produto com limite de preço de venda determinado em contrato. A marca foi lançada em 2010, na Feira Internacional da Lingerie em Las Vegas, e divulgada em eventos como o Salão da Lingerie de Paris, na França, e a Venus Fair, em Berlim, na Alemanha. A distribuidora no Brasil será a paulista Elos do Amor, do setor de produtos sensuais, a empresa disponibiliza duas coleções, a White Label e a Black Label, com mais de 500 modelos de roupas íntimas e 250 tipos de cílios postiços. A empresa lançou ainda a subcoleção Dreams este mês em Las Vegas, com 150 fantasias. Este último lançamento estará à venda no Brasil em 2012 e terá tecidos leves. A companhia americana pretende tem como objetivo se tornar a maior rede de lingerie e estar presente nas principais lojas de departamento. Hoje, a Baci está presente em mais de 24 países, com cerca de cinco mil lojas nos Estados Unidos e 25 mil no mundo. Proposta arrojada – Depois de escandalizar a moda e associar sua imagem à um dos maiores ícones pop do mundo, a cantora Madonna, o estilista francês Jean-Paul Gaultier aposta e m iniciativa ousada que já anda causando frisson no mundo. Ele lançou sua coleção de verão em Paris, no último dia 1º de Outubro, que foca a moda underwear com tecidos leves e poucas cores, predominando o preto e o nude. Sua linha de lingerie se baseia no seu estilo consagrado de lingerie outwear – moda lingerie. Ela mantém estampas que imitam tatuagens que também estiveram presentes em desfile, em modelos tatuadas. Este grande mestre da alta costura brinca com os tons das peles e as cores das peças na campanha de divulgação com o efeito sensual do nude – cor da pele – sobre a pele mais escura e o efeito do preto, da renda e tatuagens sobre a pele clara. Uma parte da coleção lingerie verão 2012 de Gaultier tem inspiração indiana, ressaltando toda a criatividade do arrojado estilista. SERVIÇO Fruit de La Passion Shopping Recife e Av. Conselheiro Aguiar. Fone: (81) 3465-1911. * Com informações e fotos da Assessoria de Imprensa da Fruit de La Passion.

25


Acessórios em alta Por Ivelise Buarque*

Reza uma lenda que a ruína da Rainha francesa Maria Antonieta se deu início com uma intriga envolvendo um colar especial. Esta é apenas uma das inúmeras anedotas que marcam a força e importância dos acessórios na composição de um visual, que ganhou talvez uma das suas principais embaixatrizes a Duquesa de Devonshire, titulo da Lady Georgiana Spencer, conforme retratada no filme “A Duquesa” de Saul Dibb, que lançava moda com adereços diferenciados à sua época, começo do Século XIX. Hoje, eles são elementos essenciais que vão de jóias a bijouterias, calçados, bolsas e diversos outros tipos. Acessórios femininos são bem-vindos nas montagens de visuais porque eles dão aquele up no visual, complementando o look e deixando-o ainda mais bonito, mais moderno e muito mais feminino. Eles estão presentes em todas as estações do ano e na primavera-verão obviamente isso não poderia ser diferente. Dividem-se em 26

vários elementos e vão aparecer super chamativos, coloridos, cheios de estilo e que ganham ainda mais destaque na composição do look. Porém, deve-se ficar atento para usar o equilíbrio no look para não ficar over, afinal, tudo o que se quer é uma combinação que fique ótima e com tudo no lugar. Nos acessórios para a Primavera-Verão 2011-2012 temos entre as diversas peças os maxi acessórios e ainda por cima as cores, que vão estar em alta com tons chamativos, como o azul, vermelho, laranja, isso vai deixar o visual ainda mais com a cara do verão. Neste caso, aposte nas bijuterias com desenhos de flores, que são excelentes para o dia a dia, e o colar sempre com um comprimento mais longo. Os acessórios de cabeça estarão em evidência mais uma vez, mas a aposta são nas headbands combinadas com vestidos florais. Esta proposta remete ao look aos anos 70, que é a grande inspiração da maioria das coleções das principais grifes.


Revista digital Modelos da Terra

No quesito jóias e bijuterias, deve-se opte por brincos e colares dourados para eventos mais chique, que estão sempre em alta e não tem como errar, principalmente se combinados com vestidos mais neutros. Mas, nesses casos, o ideal é apostar em um colar mais extravagante. Nas demais situações, investir em opções super chamativos, coloridos, cheios de estilo são a pedida. Eles ganham ainda mais destaque na composição do look em formatos diferenciados onde se destacam os retangulares, assim como nos comprimentos em que variaram bastante, mas aparecem mais próximos ao pescoço e com muitas contas penduradas, no caso de colares. Assim como brincos, colares, pulseiras e tantos outros acessórios, os relógios e óculos de sol ganham destaque nas produções do dia a dia, seja no trabalho, faculdade ou mesmo para passear. No caso dos óculos, as tendências de moda apostam em modelos redondos e armações coloridas e nas lentes degradê. Já os relógios vão manter as tendências de cores diferenciadas neste Verão, mas quem está a fim de arriscar, poderá apostar com muito acerto nos modelos mais clássicos em ouro, prata, preto e branco, que vêm aliados com designers e tecnologias arrojadas.

modelos em cores mais sóbrias chegam com detalhes mais modelos, que serão o frisson da estação. Mas, claro, as queridinhas da estação são as bolsas de mão, que se mostram nos mais variados modelos: formas retangulares e estruturadas, em couro, com vazados feitos a laser; modelos mais compactos no estilo carteira, variando entre materiais como couro engomado, vinil e até mesmo madeira; bolsas mais leves e clássicas, com aplicações de flores e franjas. Quando o assunto são bolsas e cintos, o verão 2012 será marcado pela sutil marcação na cintura feminina, no caso dos cintos. Antes, eles serviam apenas para segurar as calças, mas agora estão sendo usados para marcar a cintura. E não faltam modelos para essa função, para isso, a aposta é nos modelos finos, lenços e faixas, que prometem dar um up no visual. Já as bolsas aparecem com modelos divertidos e em cores mais vivas e vibrantes, sempre variando de acordo com cada situação e tipo físico. Elas também variam de acordo com a ocasião como as mais estruturadas, as menores e sem alças, que combinam com a noite, enquanto aquelas grandes, no estilo sacola, são ideais para o dia-a-dia. Porém,

As principais tendências de moda para calçados femininos em 2012 são os modelos coloridos, as flats, os modelos de salto anabela, as clogs e as amarrações. Mas, naturalmente, adereços e elementos variados chegam para tornar os pisantes bastante diferenciados. Nas lojas - As lojas Chilli Beans, por exemplo, já apresentam os primeiros modelos de óculos de sol e de grau para a temporada Verão 2012. As apostas chegam com uma pegada mais urbana, em que prints alusivos ao streetwear são destacados nas hastes, cases e acessórios. Lentes no formato dégradé também estão bem cotadas na marca da pimenta, que conta com pontos de venda em todos os shoppings da cidade, além do Aeroporto. 27


Na linha de óculos, a Chilli Beans turbinou suas prateleiras com opções de relógios em aço e em couro, materiais resistentes e versáteis para as mais variadas composições deles e delas. Os pulsantes, a partir de R$248, chegam com grandes visores e números destacados para facilitar a visualização. Já em termos de bolsas e calçados, a grife paulista Capodarte, que mantém loja no Shopping Recife, aposta em estilos diferenciados voltado ao perfil do seu usuário. Em calçados, por exemplo, eles investiram em modelos com uma tendência única: as tachinhas, que são sinônimos de um visual mais rocker ou com detalhes ligados ao inverno. A investida está relacionada na força que esses pequenos pontos ganham, nesta temporada, aparecendo nas vestes e ainda nos acessórios das fashionistas. A tendência já está com tudo nas suas prateleiras, onde se destacam bolsas e vários tipos de pisantes, em couro, cravejados com tachas douradas e redondas, responsáveis por um ar mais delicado e sofisticado. Outra forte aposta é no lifestyle tranquilo que é retratar em cima do conceito de que o valor da vida se dá nos simples prazeres encontrados nos mais variados momentos, aproveitados minuto a minuto. Dentro desta tendência, traz todo encanto das paisagens da Toscana, na Itália, para o seu verão 2012. Esses belos cenários são inspiração para os detalhes e acabamentos dos acessórios de maneira delicada e contemporânea. As bolsas são estruturadas em alças curtas com detalhes de correntes, trazendo essa super tendência das passarelas para o dia a dia das mulheres cosmopolitas. A composição da vez é o linho, que aparece entre os materiais, imprimindo charme rústico às peças. Os couros trabalhados com estampas de animais – Florido e Pitone – e o nobuke e camurça de cabra também são usados. Serviço: Prima Santa http://www.primasanta.com.br Chilli Beans Shoppings: Recife, Plaza, Guararapes, Tacaruna, Boa Vista e Costa Dourada. Aeroporto. Recife/PE Capodarte Shopping Recife Boa Viagem – Recife/PE. Fone: (81) 3037-3753. * Com informações e fotos da Assessoria de Imprensa da Chilli Beans e da Capodarte. 28


Moda recife nas pass Descobrir novos talentos e lançá-los no potencial mercado de moda pernambucano e nacional, para o qual partiram nomes de destaque como Joana Gatis, Walério Araújo, Melk Zda e Leopoldo Nóbrega, entre tantos outros. Este é um dos objetivos do projeto Moda Recife, que movimenta o shopping Paço Alfândega, entre os dias 25 e 26 de novembro. Idealizado pelo diretor criativo Ricardo Coller, o projeto também serve como vitrine, divulgando para Pernambuco e o Brasil a moda feita aqui por nossos estilistas. Coller começou a trabalhar na área de moda aos 17 anos, fazendo algumas produções locais. Depois foi trabalhar fora do Estado, realizando trabalhos para Fause Haten, Revista CLUB de Portugal, Tommy Hilfiger e produção executiva para catálogo da coleção de Walter Rodrigues, entre outros. Além de trabalhar com moda, Ricardo é proprietário da empresa Casa de Produção que realiza eventos coorporativos, promovendo empresas que precisam de um profissional para lançamento de produtos, congressos e eventos de confraternização.

30


Revista digital Modelos da Terra

ense sarelas Criado em 2008, o evento traz uma proposta diferenciada mostrando que moda é informação e cultura. Por isto, precisa ser passado para todos os públicos, não restringindo o acesso e a participação de todos interessados por esse universo. “Pernambuco precisa ter mais eventos ligado a este segmento. Não precisa ser um evento exclusivo, como o Moda Recife. Mas, isso é muito importante para divulgação local. Hoje, o Moda Recife tem um conhecimento nacional”, comentou Coller, referindo-se a repercussão do evento no ano passado. Não há inscrições para participar como estilistas. “Não existe uma seleção exata, já que alguns trabalhos já são conhecidos. Os que não conhecemos, pedimos alguns materiais para analisar e convidamos para integra o evento se a proposta for interessante e se adequar ao padrão do projeto. Já as modelos são selecionadas através de agencias”, completou Ricardo.


Saúde e Qualidade de Vida: não tem preço Por Ivelise Buarque Na década de oitenta, personagem curioso do humorista Jô Soares usava um verdadeiro jargão “Saúde é que interessa. O resto não tem pressa”. Este slogan é aplicado cada vez mais nos dias atuais no que diz respeito à bem estar do indivíduo que está associado à diversos fatores, como boa alimentação e prática de alguma atividade física. Para muitos os argumentos para viver no sedentarismo é o mesmo, falta de dinheiro ou oportunidade para freqüentar espaços adequados para se exercitar. Mas, quem tem a oportunidade de participar de atividades de um programa como o Academia da Cidade, por exemplo, não se beneficia apenas com a possibilidade de cuidar da estética ou da saúde física, mas também de receber orientação adequada para esses processos, a partir do 32

trabalho cuidadoso de profissionais de educação física, que em alguns casos detém especializações diferencias para este ofício. Este programa é uma estratégia da política de promoção da saúde da Prefeitura do Recife, com ênfase na atividade física, lazer e alimentação saudável, desenvolvida em espaços públicos de lazer construídos ou requalificados para tal finalidade, desenvolvida pela Secretaria Municipal de Saúde em parceria com a Secretaria de Serviços Públicos do Recife. “A iniciativa não só é um benefício à saúde como também um resgate da integração social da população e das comunidades, em especial nos subúrbios e periferias, que sofrem com as mudanças do desenvolvimento da cidade”, ressalta a assistente social Solange Mota.


Revista digital Modelos da Terra

As ações do Academia da Cidade hoje já integram 80 profissionais de Educação física e são desenvolvidas em 108 espaços distintos, sendo 21 locais públicos requalificados (denominados de pólos pela Prefeitura), 21 Centros de Apoio Psicossocial (Caps) e 64 equipamentos de saúde ou sociais, tais como, Unidade Básica de Saúde (UBS), com organizações não-governamentais (ONGs), com associações comunitárias e em outros espaços públicos de lazer identificados para atuação do Programa. Com investimentos de R$ 13 milhões na construção e requalificação dos espaços, o programa criado há mais de sete anos, funciona em dias e horas regulares, de segunda a sextafeira, das 5h30 às 11h30 e das 14h às 20h, contemplando os pólos do programa e demais equipamentos de saúde no território. Resultados - Em 2007, o Programa Academia da Cidade foi avaliado pelo Ministério da Saúde, em parceria com universidades brasileiras, Centro de Controle de Doenças dos Estados Unidos e universidades americanas. Os resultados apontaram para a elevada satisfação dos usuários com as ações do projeto, consolidando o programa como uma das principais ações da prefeitura municipal do Recife. E em 2010 o projeto foi adaptado para prestigiar também o presídio Professor Aníbal Bruno, numa ação pioneira no Brasil dentro da unidade prisional no Brasil, como parte do projeto de reestruturação que está sendo feito no local.

33


Flores do deserto “Em um lugar quente e desértico começou a brotar, a surgir do nada as mais belas cores. De repente, essas cores foram sendo misturadas e começaram a dar formas. Daí surgiram flores, flores jamais vistas, que enfeitam e encantam tudo e a todos”!


São Flores Para você qual o significado das flores? Vermelha, amarela, branca, rosa, champanhe. As flores podem ter vários significados: Um pedido de desculpa, agradecimento, demonstração de amizade, amor, desejo, podendo transmitir com muita força e presença diversos sentimentos. Elas têm o poder de transformar um dia comum em uma data especial, um ambiente simples em aconchegante e um momento qualquer em inesquecível. As flores fazem parte da lembrança de bons momentos e das principais celebrações da vida. As flores sempre estiveram em destaque para serem transformadas em poesias, pinturas, obras de arte e porque não na moda. Elas estampam vestidos, saias, blusas e outros acessórios. O que dizer da margarida estilizada, símbolo do Flower Power do movimento hippie; das flores enormes e vistosas presente nas Chitas ou mesmo nas bermudas dos surfistas que encantam nossas belas praias. Há muitas temporadas que elas não se faziam tão presentes nas coleções e nas novidades que renovam as vitrines, mas basta dar uma circulada pelas melhores lojas da cidade e ver que elas voltaram com tudo. Rosas, gérberas, orquídeas, flores do campo, margaridas, violetas não faltam nessa nova temporada. A grife Colcci já antecipou essa tendência na sua nova coleção, que além de trazer cores fortes e vibrantes, faz uso das flores nas estampas sem medo de ser feliz. Para os homens as flores ganham espaço nas camisas de botões, que são ideais para praia. Em tons que vão do azul ao vermelho, elas aparecem com desenho grande em formato de margarida. Já na coleção feminina as flores são mais espalhadas e não ficam restritas apenas a roupas. Sandálias, bolsas e cintos interagem para montar um look perfeito e cheio de alegria. Com flores em primeiro plano e muita criatividade em mangas, bolsos, golas e nos arremates os vestidos ganham uma nova modelagem contemporânea.

Outra grande marca que inovou no uso das flores foi a Corpo Seguro com a coleção “Estão voltando as flores”. A estilista Sílvia Werner buscou inspiração na beleza das flores em contraste com a degradação ambiental. Estão entre as estampas mais em voga em maiôs e biquínis, por isso as estampas foram exclusivas para esta temporada. Elas se destacam com cores fortes e alegres, trazendo beleza e alegria para os dias atuais. Flores mais românticas e delicadas agradaram muito mais o público feminino, junto com elas os tecidos mais delicados como a seda, rendas e laise ganham maior destaque. Com tantas flores é preciso ter um certo cuidado, para não errar e acabar exagerando na hora de montar o look. Se o sapato tiver flores, a roupa não deve ter flores e vice-versa. O mesmo vale para as bolsas e os cintos e todos os outros. Para a estilista Marcia Jorge, as estampas por si já dão um toque de informalidade à roupa. E no caso das flores, quanto maior a estampa, mais informal será a peça. Para as gordinhas, as estampas menores são sempre a melhor opção. Já para as altas e magras, as maxiestampas são ótimas pedidas. Sinal verde para as saias floridas. Mas com que blusa? O bacana é escolher a blusa lisa de acordo com o tom das flores da saia ou se for difícil, apostar nas cores clássicas: blusa branca ou preta. As cores das estampas variam em tons pastéis, flúor, multicoloridas, vermelhas e laranjas. Algumas ainda vêm mescladas com estampas de bicho, mas cuidado para a peça não ficar com muita informação. Seja no vestido, na saia, sapato, colar ou brinco as cores estão aí. Os cabelos também podem receber destaque com as flores, podem ser naturais ou artificiais, mas sempre com muita delicadeza nas cores e tamanhos.

35


36


38


39


Flores no deserto

Flores do Deserto Modelo: Tayana Gargantini Styling: Arlytton Lopes Hair & Make: Bela Lins Fotografia/edição: Claudio Barreto Serviço: 3meninas R. Santo Elias, 358 Espinheiro, Recife/PE Escarpaim e Cia R.Barão de Souza Leão, 75/loja 06 Boa Viagem - Recife/PE


Revista digital Modelos da Terra www.modelosdaterra.com.br

Moda Recife  

Qualidade de vida na saúde, na cultura e na moda é o ponto alto da nossa nova edição que traz uma série de matérias, com foco na importância...

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you