Page 1

O Jornal de Turismo do Espírito Santo Ano V - Publicação Bimestral n° 34 - Dezembro / Janeiro de 2013

Espírito Santo Praias de Norte a Sul

Moqueca Capixaba o prato do litoral pág 4

Entrevista Ricardo Amaral Presidente da Abremar págs 10 e 11

Museus de Vila Velha pág 15


2

Sumário Setur apresenta resultados do plano de Marketing.....................................................3 Moqueca Capixaba.................................... 4 Matizes Capixabas - souvenirs de qualidade................................................... 5 Praias Capixabas...................................6 e 7 Pontos Turísticos ES e Aventura.............. 8 Carnaval de Vitória..................................... 9 Entrevista..............................................10 e 11 Rede de Blogueiros................................... 12 Hotelaria......................................................13 Artigo - Carta de Caminha o o turismo capixaba........................................................14 Museus de Vila Velha................................ 15 Turistando Check In / Out........................ 16 Fatos & Eventos..................................... 17 Gastronomia........................................... 18 Secretarias Turismo e Tels. Úteis.......... 19

Expediente Diretora Executiva: Amália Queiroz E-mail: turismoeservicos@gmail.com Comercial: (27) 9927-2887 Colaboradores: Fabrício Faustini e Luis Carlos Borges Representante (RJ): Larissa Bello Representante (MG): Michelle Oliveira Fotografia: Banco de Imagens SETUR, Tadeu Bianconi e Arquivo SECOM/PMV Impressão: Gráfica Lisboa Tiragem: 5.000 CNPJ: 12.084.483/0001-39

Editorial “É verão, bom sinal, já é tempo”... de elaborarmos mais uma edição de Turismo & Serviços para aquecer ainda mais o turismo no Brasil e no Espírito Santo, de um mercado que está repleto de expectativas diante dos novos prefeitos e secretários municipais de turismo que acabaram de chegar. O Verão nos inspira a buscar informações, matérias, serviços e notícias quentes para esta edição, na expectativa de que você, leitor, mergulhe com mais profundidade nas informações e curta intensamente nosso Espírito Santo, repleto de belezas e peculiaridades. A campanha de divulgação dos principais atrativos turísticos do Estado denominada “Descubra o Espírito Santo”, lançada recentemente pelo governo estadual em alguns canais de TV, fechada e aberta, e nos principais polos emissores de turistas, gerou expectativas e orgulho para o trade turístico local e a sociedade em geral, quando as praias e as montanhas foram destacadas. Apresentamos a seguir, o que o litoral capixaba oferece de Norte a Sul, com seus 400 km de praias para todos os gostos. Programe-se para curtir a tranquilidade, a aventura, o lazer, a gastronomia ou, simplesmente, uma água de coco à beira mar. E por falar em litoral, confira a entrevista com o presidente da Associação Brasileira de Cruzeiros Marítimos (Abremar), que além de esclarecer como funciona a operacionalização dos navios no litoral brasileiro, explica o porquê da queda das escalas no Brasil. E para não ficarmos a ver navios, outra opção neste verão é dar uma esticadinha ali, nas Montanhas Capixabas, e curtir outro clima. Experimente essa sensação. Lá você encontrará bons hotéis, bons restaurantes e uma belíssima paisagem. O aspecto

anúncio contatus Vou coloca-lo amanhã Arquivo está na contatus

cultural é mais uma atração imperdível no território capixaba. Além de praias e montanhas, o turista poderá conhecer o patrimônio histórico em um agradável giro pelo Centro de Vitória, com visitas monitoradas, e alguns museus interessantes e charmosos de Vila Velha. Além disso, é possível apreciar as manifestações culturais de Norte a Sul do Estado, como as bandas de congo, Ticumbi, Folia de Reis e tantas outras. E por falar em folia, lembramos que o carnaval começa aqui, no Espírito Santo. Trata-se da antecipação de uma semana à data oficial do calendário carnavalesco, o que confere às escolas de samba capixabas, a primazia na abertura do carnaval no Brasil. Destacamos que, a cada ano, as escolas surpreendem pelas alegorias, samba enredo e alegria que tomam conta do Sambão do Povo, atraindo um público crescente. Por fim, desejamos a todos um novo ano de muitas realizações e um excelente carnaval. E lembre-se: se beber, não dirija! Boa Leitura! Equipe Turismo & Serviços.

A palavra-prêmio desta Edição é escuna cores do mar. O primeiro leitor que a encontrar , ganhará um maravilhoso passeio de escuna, com direito a acompanhante. Participe, enviando seu e-mail para: turismoeservicos@gmail.com


3

Primeiros resultados do plano de marketing são apresentados durante reunião do Contures Durante a 38ª e ultima reunião de 2012 do Contures - Conselho Estadual de Turismo, realizada no ano passado, a empresa contratada pela Secretaria de Estado do Turismo (Setur) apresentou os primeiros resultados do plano de marketing turístico do Espírito Santo. A ação desenvolvida durante o ano de 2012 e com o investimento de R$ 253 mil reais tinha como objetivo elaborar um plano de marketing turístico para o Estado do Espírito Santo, com base na análise da pesquisa de mercado, propondo ações que sejam posteriormente implantadas pela Setur e demais envolvidos no setor, de forma a definir uma estratégia global para as ações de divulgação e comercialização do turismo capixaba. Após analise da equipe especializada da empresa Ornellastour consultoria destacou-se pontos

3

importantes para o desenvolvimento do setor turístico do Estado. O consultor José de Freitas Ornelas apontou a diversidade capixaba como um dos trunfos a serem explorados pelo turismo do Espírito Santo.

1

2

01 - Valdeir Nunes Presidente do MCC&VB na primeira fila com o Secretário Alexandre Passos e Márcia Abrahão - Gerente da Gestão do Turismo / SETUR 02 - Alexandre Passos - Secretário de Turismo e Luciano Guimarães /vice-presidente da ABBTUR/ES 03 - Lucas Izoton /Grupo Izoton 04 - Diomedes Berger / Subsecretária de Turismo 05 - Andrea / Sindbares, Cida /UVV, Vania / Setur, Philipi/UVV e Carla / Setur 06 - Lucas Izoton, Maely Coelho, Valdeir Nunes e Alexandre Passos 07 - As gerente Ângela Modolo e Carla Rezende / SETUR

Para o Secretário de Estado do Turismo, Alexandre Passos, o plano de marketing terá importância fundamental para o desenvolvimento do setor no Estado “Essa iniciativa será um marco para o turismo do Espírito Santo. Estamos realizando um estudo detalhado sobre como devemos trabalhar o marketing turístico do Estado. Vamos aprimorar as nossas qualidades para tornar o Espírito Santo um destino cada vez mais competitivo”. Na ocasião, vários empresários, autoridades e profissionais do trade turístico estiveram presentes.

4

7 5

6

Fonte: Assessoria de Comunicação da Setur Contato: imprensa@turismo.es.gov.br


4

Moqueca Capixaba – o prato do litoral Um dos pratos mais solicitados por capixabas e turistas nas praias e que há anos trava uma saborosa disputa com a moqueca baiana, é a moqueca capixaba. Quem visita as praias do Espirito Santo, não pode deixar de degustar um dos pratos mais tradicionais e famosos do estado.

ROTEIRO DA MOQUECA CAPIXABA

De tradição indígena, o prato era consumido por populações ribeirinhas e hoje possui restaurantes especializados e diferentes versões, que pode ser preparada com vários tipos de peixes, dependendo do que se pode desembolsar. Dourado e badejo são os preferidos, mas o cacão também pode compor uma moqueca, já que o preço é mais em conta. Importante é usar sempre o peixe fresco. Um dos primeiros registros da tradicional receita da moqueca capixaba foi lançado em 1974 – Espírito Santo - Nossos Segredos e Sabores, pelo querido empresário José Carlos Monjardim, carinhosamente chamado pelos capixaba de Cacau Monjardim. É apaixonado pela moqueca e por tudo que diz respeito à cultura e ao turismo do Espírito Santo. É de sua autoria a célebre frase: moqueca é capixaba, o resto é peixada. Outro item indispensável e que faz parte da cultura da moqueca é a panela de barro – utensílio fundamental no preparo da moqueca, é típica do Espírito Santo. Produzida com esmero pelas conhecidas paneleiras de Goiabeiras, a panela demora mais para esquentar, mas conserva o calor como poucas e mantém a temperatura mesmo depois de quase 1h longe do fogão.

Panela de Barro

A produção artesanal da panela de barro, um saber repassado por gerações há mais de quatro séculos, é uma das maiores expressões culturais do Espírito Santo. O ofício de fazer as panelas que compreende a modelagem, a queima e o açoite com tintura de tanino, foi reconhecido pelo IPHAM como um Bem Cultural de natureza imaterial e titulado como Patrimônio Cultural Brasileiro. Onde comprar a Panela de Barro: no Galpão das Paneleiras de Goiabeiras. Tel: 27 3327-0519

Conceição da Barra – Restaurante Abrolhos – 27, Praia de Guaxindiba. Tel. (27) 3762-1818 e Restaurante Dona Teresa, em Itaúnas. Tel. (27) 3762-5031. São Mateus - Petiscos & Cia ( noturno). Tel: (27) 3761 1937 e Taverna da Ilha Tel: (27) 3761 3342 Aracruz – Restaurante Mocambo, próximo ao rio Piraqueaçu. Tel. (27) 3250-6293 e Restaurante Travessia. Tel. (27) 3250-2392. Serra – Espaço Maria Mariana, na Praia de Maguinhos. Tel. (27) 8826-2441. Vitória – Restaurante Papaguth, na Praça do Papa e Restaurante Pirão, Vila Velha – Restaurante Atlântica, na Praia da Costa. Tel: (27) 3329-2341 e Restaurante Barramar, na Barra do Jucú. Tel: (27) 3260-1101 Guarapari – Restaurante Cantinho do Curuca, na Praia de Meaípe. Tel. (27) 3272-2000 Anchieta – Restaurante Moqueca do Garcia, na Praia de Ubú. Tel: (28) 3536-5050 e em Iriri o Recanto da Pedra. Tel: (28) 3534-1599. Piúma - Restaurante Onda de Peixe, Avenida Beira Mar. (28) 3520-6130 Itapemirim - Restaurante 235, na Praia de Itaipava. Tel: (28) 3529 3444. Presidente Kennedy - Restaurante Rei da Moqueca (Praia).


5

Avental de cozinha com a receita da moqueca capixaba Por João Zuccaratto

Maria Amália Queiroz Bello e Vania Chiabai, militantes no segmento do turismo do Estado do Espírito Santo e criadoras de souvenirs de qualidade oferecidos sob a marca Matizes Capixabas, estão com mais uma novidade. Agora, além de camisetas decoradas com ícones do turismo e da cultura do Espírito Santo, oferecem um lindo avental de cozinha com toda a receita da moqueca capixaba impressa na sua parte da frente, na cores branca e preta. O texto, disposto como se fosse um verso, e ilustrações dos ingredientes formam um conjunto de grande beleza e simplicidade, reproduzindo a sensação que se sente quando esta iguaria chega à mesa na panela de barro. Esta iniciativa do já consolidado projeto Matizes Capixabas é importante elemento de promoção desta inigualável riqueza culinária mundo afora, pois, como é sabido por muitos, “moqueca é capixaba, o resto é peixada”. Lançado no 12° Salão Técnico de Gastronomia, Sabor ES 2012, o avental foi aplaudido e aprovado por todos os chefs presentes, que, imediatamente, passaram a usá-lo enquanto preparavam as delícias oferecidas aos milhares de visitantes. O público a ser alcançado é formado pelos turistas que visitam as terras capixabas, em viagens de lazer, a negócios ou participando de eventos, e queiram levar uma lembrança para uso próprio ou como presente especial. E, também como as camisetas, são excelentes opções para organizadores ou patrocinadores de eventos ofereceram como brindes sofisticados a convidados de destaque, palestrantes de renome, dirigentes de entidades...

Interessados em comprar os aventais com a receita da moqueca capixaba podem entrar em contato: Telefones: (27) 9927-2887 ou 9963-3630 | E-mail: matizescapixabas@gmail.com Facebook: Matizes Capixabas


6

Curta as praias de Norte a Sul do Espírito Santo Convidamos os turistas que visitam o Espírito Santo a desfrutarem os 400 Km de litoral, onde a pesca, esportes náuticos, campeonatos de vôlei e futebol de areia tomam conta da orla capixaba, além dos eventos e shows que são atrações à parte. Pensando em oferecer aos capixabas e turistas o melhor desta temporada, selecionamos as principais praias de nossa costa para que a curtição seja a principal atração desse verão. PRESIDENTE KENNEDY – ao sul do estado e a 154 km de Vitória (Capital), possui acesso fácil pela BR 101 Sul e Rodovia do Sol. As principais praias desse pitoresco lugar são a Praia das Neves e a Praia de Marobá, de águas limpas e tranqüilas. Informações: (28)3535-1900 ou www.presidentekennedy.es.gov.br MARATAÍZES - ao sul do estado e 127 Km distante da capital, possui acesso pela Rodovia do Sol. As suas principais praias são a Central, da Cidade Nova. A Lagoa do Siri também é bastante freqüentada no verão. A prática de esportes nas praias se intensifica com o verão, quando destacamos a ginástica aeróbica. Informações: (28) 3532-1538 / 3532-3636 e www.marataizes. es.gov.br

Itapemirim também se destaca na pesca do atum. Informações: (28) 3529 6347. PIÚMA – localizada a 90 km de Vitória, com acesso pela Rodovia do Sol, possui uma extensa faixa de areia com cerca de 4 km, é rasa, com ondas fracas e areia monazítica fina. Na maré baixa, possibilita caminhadas mar adentro por longos metros. O Monte Aghá é o cartão postal da praia com 300 m de altura. As ilhas do Gambá e dos Cabritos possuem refúgio de aves e animais marinhos. Informações: (28) 3520-2172 e www. piuma.es.gov.br anchieta

itapemirim

ITAPEMIRIM – ao sul do estado, à 115km de Vitória, com acesso pela BR 101 Rodovia Safra x Marataízes Rodovia do Sol, as principais praias são Itaipava e Itaoca. A praia de Itaipava tem ancoradouro natural para barcos, ondas fracas e areia escura e fina. Sua colônia de pesca é a mais ativa da região. Já a praia de itaoca possui Vila de Pescadores e pedras nas extremidades. Sedia o Campeonato Nacional de Pesca de Arremesso.

ANCHIETA – ao sul do estado, a cidade famosa por abrigar belas praias e o santuário do Padre José de Anchieta, está distante da capital a 79KM, com acesso fácil pela Rodovia do Sol e pela BR 101. Os principais eventos são o Festival Capixaba de Frutos do Mar, no balneário de Iriri. No mês de Junho acontece a Festa Nacional do Beato Anchieta, que tem como ponto alto a chegada dos andarilhos dos Passos de Anchieta, considerada uma das principais caminhadas da América Latina. As principais praias são Iriri e Castelhanos que ficam lotadas no verão. Informações: (28) 35363143 e www.anchieta.es.gov.br

guarapari

GUARAPARI – ao sul do estado, o mais famoso balneário do litoral capixaba está localizado a 52 Km da Capital Vitória. Com acessos pelas BR - 101 / Rodovia do Sol (ES - 060), sendo suas principais praias a Praia do Morro, a Praia da Areia Preta e a Praia da Bacutia, considerada a mais badalada do Espírito Santo, com gente bonita e animada. A praia de Meaípe é de águas límpidas e reduto de bons restaurantes especializados na culinária capixaba. Informações: (27) 3262-8759 e www. guarapari.es.gov.br VILA VELHA – capital histórica do ES está ligada a Capital pela 3ª Ponte a uma distância de 3,5 Km, e pela Rodovia Carlos Lindenberg a 12 Km. As principais praias são a Praia da Costa uma das mais belas e badaladas praias do Espírito Santo, a Praia de Itapoá, a Praia de Itaparica. Possuem áreas reservadas a práticas esportivas, areias douradas e águas límpidas. Ideal para a prática de esportes náuticos. O balneário da Barra do Jucú ficou famoso pelas bandas de congo que cantam a Madalena do Jucú e também por ser a terra da Pentacampeã Mundial de Body Board – Neymara Carvalho. Encontra-se bons restaurantes de frutos do mar por toda orla. Informações: (27) 3388-4344 e www.vilavelha.es.gov.br


7

vila velha

VITÓRIA – a capital do Espírito Santo é uma Ilha com 105 Km2 e está distante das demais capitais da região sudeste: RJ 521 Km, SP 882 Km, BH 524 Km, DF 1.238 Km e BA 1.202 Km. As principais rodovias de acesso são BR 101, BR 262 e a Rodovia do Sol pela 3ª Ponte que liga Vila Velha (continente) a Vitória. As principais praias são a Praia Grande, na Ilha do Boi, a Praia de Camburi e Cuva da Jurema. Vitória detém o recordo mundial do Marlim Azul com 636 Kg, e é reconhecida como uma das melhores regiões para a pesca oceânica e raias para a prática de vela. O carnaval de Vitória que acontece uma semana antes da data oficial, apresenta desfiles de escolas de samba que a cada ano surpreendem pela beleza de suas alegorias e pela qualidade dos sambas enredo. Informações: (27) 3315-5540 e www. vitoria.es.gov.br

náuticos, como surf, bodyboard, windsurf e kaitsurf. No Carnaval, o destaque é a Praia de Manguinhos, onde acontece o tradicional banho de mar à fantasia. A praia de Nova Almeida também é bastante conhecida onde pilotos praticam o parapente em suas falésias. Lá encontramos a Igreja e Residência de Reis Magos, um patrimônio histórico nacional fundado pelos jesuítas no ano de 1580. Informações: (27) 32912334 e www. serra.es.gov.br FUNDÃO – ao norte do estado e a 56 Km da Capital, possui praias para todos os gostos. Com acesso fácil pela rodovia ES 010 ou chegando pela sede do município, pela BR 101 Norte. As principais praias desse delicioso balneário são Praia Grande e a Enseada das Garças. No Verão, alguns campeonatos de esportes náuticos e de areia são realizados na Praia Grande, onde ocorre uma maior concentração de turistas a procura de mar, sombra e água fresca. Informações: (27) 3287-0437 / 3267-1762 e www.fundao.es.gov.br

LINHARES – ao norte do estado a 138 km da Capital, com acesso fácil pela BR 101 Norte, a cidade possui praias para todos os gostos. A praia do Pontal do Ipiranga é a maior em extensão e lá se encontra a Casa do Artesão com exposição de peças de 42 artistas, a Praia de Regência é considerada uma das melhores do Brasil para a prática do Surf, onde está situado o Projeto Tamar. A Praia da Barra Seca – única praia naturista do ES e a Lagoa Juparanã, também são destaques Informações: (27) 3372.1808 e www.linhares.es.gov.br conceição da barra

aracruz

serra

SERRA – localizada a 27 Km, ao norte da Capital, possui acesso fácil pela BR 101. Possui praias paradisíacas como o bucólico balneário de Manguinhos, onde a gastronomia também é destaque. Abriga um dos maiores eventos gastronômicos do Estado, o Manguinhos Gourmet. A praia de Jacaraípe é a orla de maior extensão, onde são praticados diversos esportes

sendo as principais o balneário de Guriri e a Barra Nova. Neste verão esses balneários recebem um grande número de turistas que procuram sol, mar e diversão. Informações: (27) 3767-8898 e www. saomateus.es.gov.br

ARACRUZ – ao norte do estado e distante da Capital a 60 Km, tem como principal via de acesso a Rodovia ES – 010. Com inúmeras praias, destacam-se duas principais: a Barra do Sahy com 3 Km de extensão,com calçadão, bares e quiosques é considerada o point do verão. A praia de Santa Cruz, localizada na bucólica Vila de mesmo nome é ideal para quem procura tranquilidade, onde se encontra passeios de escuna. Informações: (27) 3296 4026 / 3296 4567 e www.aracruz.es.gov.br SÃO MATEUS – localizado ao norte do estado e distante da Capital a 220 Km, com acesso pela BR 101 Norte, oferece história, cultura e praias,

CONCEIÇÃO DA BARRA - ao norte do estado e distante da capital 257 Km, possui acesso pela Rodovia BR 101 Norte e a ES 421. Suas principais praias são Praia da Guaxindiba e Itaúnas, famosa pelas dunas de areias e pelo forró pé de serra. Com um forte apelo ambiental, o Parque Estadual de Itaúnas é considerado um dos lugares perfeitos para a prática do ecoturismo, com seus rios, alagados, restingas e praias, onde se destaca as belezas do Riacho Doce. Os principais eventos são o Réveillon e o Carnaval, quando a Vila de Itaúnas fica lotada de turistas de várias partes do Brasil. Os principais eventos culturais programados são as apresentações do Ticumbi e a Festa de São Benedito e São Sebastião, no período de 20 a 28 de Janeiro, em Itaúnas. Informações: (27) 37620216 e www.conceicaodabarra.es.gov.br


8

Pontos Turísticos da Região Metropolitana A Região Metropolitana do Espírito Santo é formada pelos municípios de Vitória, Vila Velha, Serra, Cariacica, Guarapari, Viana e Fundão. Repleta de belezas naturais como praias, lagoas, cachoeiras, tradições, parques, reservas e outros. Nesse cenário, essa região se destaca por proporcionar várias atrações turísticas, boa infraestrutura para turistas que estão a lazer ou participando de eventos ou a negócios. O contraste entre as várias paisagens e a proximidade do mar e a montanha, sempre foi um dos principais atrativos turísticos do estado. Em menos de uma hora, é possível sair de uma praia de águas claras, após saborear uma moqueca capixaba e escuna cores do mar chegar à montanha para curtir um clima de inverno e degustar um vinho. As Rotas Turísticas criadas, também agregam características semelhantes dos municípios que as compõem e facilitam a escolha do roteiro. Conheça: a Rota do Sol e da Moqueca, a Rota do Mar e das Montanhas, a Rota do Verde e das Águas, a Rota dos Vales e do Café, a Rota da Costa e da Imigração, a Rota do Caparaó, a Rota Caminho dos Imigrantes e a Rota do Mármore e do Granito. Selecionamos alguns pontos turísticos considerados imperdíveis para qualquer turista:

Casa de Pedra – localizada em Jacaraípe, no município de Serra, é um espaço cultural desenvolvido pelo escultor Neusso. É uma construção exótica, feita com pedras e restos de madeira da região, que atrai turistas de várias localidades e do mundo. Tel: 3251-5866. Centro Histórico de Vitória – Projeto Visitar – oferece visitas monitoradas e gratuitas por sete monumentos do Centro que contempla dois roteiros – “Vitória, de vila a cidade” e “De Carmurus e Peroás”. A visitação pode ser realizada de terça a domingo, inclusive feriados, das 09 às 17 horas. Tel: 27 3235-2910. Centro de Documentação e Memória - CDM e Programa de Visitas Garoto - Chocotur - O Centro de Documentação e Memória (CDM) da Chocolates Garoto conta a doce trajetória da maior fábrica de chocolates da América Latina. Conheça

como são produzidos os famosos chocolates. Tel: 27 3320-1708. Convento da Penha - localizado a 154 metros de altura, fundado em 1558 por Frei Pedro Palácios, em Vila Velha, é uma das mais antigas e belas construções do Brasil Colonial. Tem em seu acervo a tela de Nossa Senhora as Alegrias trazida de Portugal no início do século XVI. São realizada missas diárias e sempre tomadas de muitos devotos. A Festa da Penha é considerada uma das mais expressivas do país. Tel: 27 3329-042 Paneleiras de Goiabeiras - a panela de barro é o mais expressivo artesanato capixaba de origem indígena. Uma tradição que passa de geração em geração com mais de 400 anos. Torna os pratos típicos à base de frutos do mar, como a moqueca e a torta capixaba. Onde comprar: Associação das Paneleiras de Goiabeiras, em Vitória. Tel. 27 3327-0519 Praia de Camburi - localizada em Vitória, possui 06 Km de extensão é ideal para a prática de espores,

como vela, kitesurf e pesca. Recentemente, ganhou uma reforma em toda sua orla com novos quiosques, ciclovias e novos hotéis foram instalados em sua orla Parque Estadual da Fonte Grande – possui vista privilegiada de toda a Ilha de Vitória e municípios vizinhos. É a última área contígua de grande porte com vegetação característica de encostas da Mata Atlântica. Tel: 3235-2910 Praias da Costa, Itapoã e Itaparica - compõem um recorte de praias urbanas na cidade de Vila Velha, consideradas de águas limpas e contornadas por calçadão, com ciclovias, quiosques, hotéis e restaurantes à base de frutos do mar. Vários esportes são praticados em toda sua extensão como vôlei, futvôlei, futebol de areia, skate, patins, frescobol, bodyboarding e kitesurf. Praia da Areia Preta – localizada em Guarapari, a 50 km de Vitória, é famosa pelas suas areias monazíticas e pela beleza natural. É um segmento das Praias das Castanheiras e Namorados, no Centro do balneário.

Anúncio Francez Vou coloca-lo amanhã Arquivo esta na Contatus


9

O Carnaval do Brasil começa aqui - Vitória / ES O Carnaval começa em Vitória, nos dias 31 de janeiro, 01 e 02 de fevereiro, a cidade promoverá o primeiro desfile de escolas de samba do País, no Sambão do Povo. Desde que teve a data antecipada uma semana antes do período oficial de Carnaval em todo o Brasil, Vitória passou a ser destaque entre as capitais brasileiras por promover uma folia de qualidade, além de ser um bom negócio para o turismo da capital, já que atrai capixabas de outros municípios e turistas de outros estados. A qualidade dos enredos, das fantasias, dos carros alegóricos e os demais adereços das escolas, ganham a cada ano, um brilho a mais na avenida, com a profissionalização do carnaval capixaba. E neste ano, uma atenção especial foi dada à questão da acessibilidade. Dois setores das arquibancadas ganharam elevadores para que pessoas com dificuldade de locomoção ou cadeirantes possam ter acesso e curtir a folia sem problemas. O principal é “não deixar o samba morrer” e curtir com alegria a Vitória da Folia!

Confira os dias e a ordem dos desfiles das Escolas e “vamos para a avenida, desfilar a vida, carnavalizar”! Dia 31/01/13 - Quinta-feira Grupo de Acesso – início às 22 horas • Barreiros • Chegou o que faltava • Rosas de Outro Dia 01/02/13 - Sexta-feira Grupo Especial – início às 22 horas • Tradição Serrana • Novo Império • Andaraí • Pega no Samba • São Torquato Dia 02/02/13 - Sábado Grupo Especial – início às 22h: 30 min • Unidos da Piedade • Imperatriz do Forte • Boa Vista • Mocidade Unida da Glória • Unidos de Jucutuquara

Fonte: Lieses - Liga Espirito-santense das Escolas de Samba. www.lieses.com.br

Informações: Semtur Vitória (27) 3239-2910


10

entrevista

Ricardo Amaral • Presidente Abremar

Diretor Geral da Royal Caribbean para o Brasil, México e América Latina, Ricardo Amaral foi responsável pela implantação do escritório da companhia no país, em 2009. Durante esses quase três anos, dirigiu com sucesso as operações, superando as metas da companhia e tornando o país um dos principais mercados para a Royal Caribbean. Em maio de 2011, conquistou o cargo de Diretor Geral também para o México e América Latina, colocando o país mais uma vez em destaque na operação da companhia em todo o mundo. No mesmo ano, foi nomeado uma das “50 pessoas mais poderosas do turismo brasileiro” pelo jornal Panrotas. Em 2009, Ricardo Amaral foi eleito presidente da ABREMAR (Associação Brasileira de Cruzeiros Marítimos), conquistando inúmeras vitórias para o setor. Em fevereiro de 2012, foi reeleito pela associação, assumindo o cargo por mais dois anos. Ricardo é graduado em hotelaria pelas Faculdades Integradas Hebraico Brasileiras Renascença, turma de 1991. Em 2002 tornou-se mestre em turismo pela Universidade de São Paulo (USP) e em 2009 finalizou, na mesma universidade, seu doutorado em Comunicação Social com foco em Relações Públicas, Propaganda e Turismo. Professor há 18 anos em diversas instituições de ensino superior no país, incluindo as Faculdades de Turismo e Hotelaria do Senac/SP e o MBA de Turismo na USP, é autor do livro Cruzeiros Marítimos, referência para estudos na área.

T&S: Quando se deu e quais foram os principais fatores que impulsionaram a criação da Abremar e quais empresa e entidades a integra? No ano de 2006. Atualmente, a entidade representa 19 empresas associadas, entre elas Grupo Costa Cruzeiros, MSC Cruzeiros, Pullmantur e Royal Caribbean. T&S: Quais são os principais objetivos institucionais? Desde sua criação, a Abremar desenvolveu e consolidou o conceito dos Cruzeiros Marítimos na economia brasileira. Sua ação institucional abriu portas ao diálogo com autoridades governamentais e com todos os segmentos do mercado turístico. Nesse período, a associação enfrentou grandes desafios e tratou de projetos importantes para a continuidade da presença dos navios e crescimento do mercado de Cruzeiros Marítimos no país, como a modernização dos terminais marítimos de passageiros e portos e a adequação do custo da operação e tributos. T&S: De que forma a Associação pode interferir ou sugerir adequações na infraestrutura de

um destino turístico? Nos últimos anos, a Abremar desenvolveu e consolidou o conceito dos Cruzeiros Marítimos no curso da economia brasileira. Sua ação institucional abriu portas ao diálogo com autoridades governamentais e com todos os segmentos do mercado turístico. Na Comissão de Turismo da Câmara dos Deputados, Amaral expôs a realidade dos Cruzeiros Marítimos e posicionou de forma clara o papel dos Cruzeiros. Nesse período, a associação enfrentou grandes desafios e tratou de projetos importantes para a continuidade da presença dos navios e crescimento do mercado de Cruzeiros Marítimos no país, como a modernização dos terminais marítimos de passageiros e portos e a adequação do custo da operação e tributos. T&S: Como explica a queda no número de escalas na costa brasileira? Vínhamos com temporadas repletas de mini cruzeiros, com duração de 3 a 5 noites, mas percebemos que o turista brasileiro prefere passar mais tempo a bordo. Por isso, esticamos as saídas e agora teremos menos viagens, porém mais longas, com média de 7 noites.

Esse é um dos motivos pelos quais a temporada terá uma oferta 15% menor se comparada aos 894 mil leitos disponíveis na temporada 2011/2012. T&S: A infraestrutura dos portos brasileiros atende os navios de cruzeiros? A infraestrutura tem melhorado ano a ano, porém ainda não atende a demanda do consumidor em termos de qualidade de serviços. A avaliação da infra pelos hóspedes mostra o quão superior é o serviço oferecido pelas companhias marítimas a bordo e o quanto esse serviço difere no momento do embarque e desembarque. T&S: Os custos operacionais no Brasil são altos se comparados a outros países da América do Sul e outros? No Brasil, os custos de cabotagem têm sido elevados, principalmente no que diz respeito a PIS/COFINS de charter e combustível (o que não acontece no transporte de cargas). Essa elevação de taxas faz com que as companhias busquem itinerários com menor custo e Buenos Aires


11

têm se apresentado mais atrativo. Não é um itinerário mais barato, mas, no fim das contas, acaba compensando por causa dos custos nacionais com impostos. Assim ocorre em comparação a outros destinos. T&S: Quais são os principais parceiros da ABREMAR? Entre suas parcerias, a Abremar estreitou laços institucionais com a CLIA (Cruise Lines International Association), o ECC (European Cruise Council) e a PSA (Passenger Shipping Association), autoridades mundiais do setor, para interlocução junto ao Ministério da Justiça, Ministério das Relações Exteriores e Ministério do Trabalho e Emprego para desenvolver projeto de simplificação do processo de vistos de tripulantes dos cruzeiros. Também está sempre presente, juntamente com a Associação Brasileira de Agências de Viagens (ABAV) e a Associação Brasileira das Operadoras de Turismo, BRAZTOA, na discussão de questões tributárias inerentes ao turismo e participa de grupo de trabalho da SEP, Secretaria Especial dos Portos, para criação de espaço para debates dos problemas do setor, bem como desenvolvimento de projeto e ações comuns. T&S: Quais são os principais entraves no Brasil? Legislação? Dentre os entraves, podemos citar a questão das condições de infraestrutura portuária para o turismo, as dificuldades burocráticas, as altas cargas tributárias e demais custos operacionais que tornam o Brasil um dos destinos de Cruzeiros caro. Além disso, a falta de uma legislação mais específica que ofereça segurança aos investimentos estrangeiros também limita as operações no Brasil. A ausência de uma legislação transparente, que não dê margem à interpretação dúbia, compromete o potencial turístico do Brasil. Em decorrência da insegurança jurídica e aumento de custos, os armadores acabam restringindo investimentos no Brasil. É preciso eliminar as distorções e diminuir a burocracia. T&S: Os impactos econômicos para os destinos receptores de navios de cruzeiros são sem-

pre expressivos? Os Cruzeiros Marítimos têm impacto positivo na economia das cidades onde fazem escala. Elas obtém ganho significativo com os cruzeiristas e toda a cadeia de comércio, serviço e transporte se mobiliza. A chegada de um navio aumenta em até 40% o movimento de restaurantes, táxis e comércio. Além disso, muitos dos insumos necessários para a operação do navio são adquiridos nas escalas. A geração de empregos é outro ponto importante.

aos brasileiros. São gerados diversos empregos, como pessoal de embarque, transporte, agências de viagens, todo o pessoal da área de provisões (hortifruti, alimentos e bebidas, não perecíveis, flores), pessoal de receptivo, excursões etc. Além do comércio e serviço das cidades-escala. Já o trabalho a bordo é dirigido, em sua maioria, a jovens entre 18 e 35 anos com inglês fluente, que se candidatam a vagas nas áreas de restaurante, bar, limpeza, recreação, fotografia, massagista, manicure, cabeleireiro e outros. Para trabalhar em navios de cruzeiro, no entanto, é preciso procurar uma agência recrutadora especializada em mão-de-obra para navios, onde o futuro tripulante irá receber as orientações e a qualificação para trabalhar a bordo. T&S: Quais são as principais expectativas para o setor de cruzeiros marítmos no Brasil? O setor registrou um crescimento de cerca de 600% na última década, sendo que na última temporada teve um impacto de R$ 1,4 bilhão na economia brasileira. Isso mostra que, hoje, os cruzeiros marítimos têm um papel fundamental para a economia e o turismo brasileiros.

T&S: Qual o número aproximado de empregos gerados em um navio de cruzeiro? Na temporada 2010/2011, um estudo da Fundação Getúlio Vargas (FGV) em parceria com a Abremar mostrou que 5.603 tripulantes brasileiros foram empregados nos 20 navios que estiveram no País - um aumento de 72% na comparação com a temporada anterior, 2009/2010, quando 3.254 brasileiros trabalharam a bordo. Além disso, o setor de cruzeiros marítimos gerou aproximadamente 20.638 postos de trabalho na economia brasileira, de forma direta e indireta, pelos gastos dos turistas nas cidades portuárias e na cadeia produtiva de apoio ao setor.

É preciso levar isso em consideração. Entretanto, sabemos que as condições brasileiras limitam o crescimento do setor (burocracia, Custo Brasil, infraestrutura) e isso prejudica o desempenho do segmento e compromete cenários futuros. Aos poucos, no entanto, ao perceberem este impacto positivo, as autoridades estão compreendendo a real importância dos cruzeiros e estão trabalhando no sentido de desatar os nós que atravancam a atividade.

T&S: Onde se qualificar para atuar em navios de cruzeiros? As vagas para trabalhar nos Cruzeiros que percorrem o litoral brasileiro aumentam na medida em que cresce o número de navios que vêm para o Brasil. De acordo com a legislação vigente, as operadoras são obrigadas a reservar pelo menos 25% da tripulação de cada navio

Por isso, digo que apesar da atual realidade, somos otimistas, pois nosso país tem um potencial incrível como destino de cruzeiro marítimo e não podemos desperdiçar esta oportunidade. Mesmo com todas essas questões a serem resolvidas, somos o quinto maior mercado de cruzeiros, mas temos potencial para crescer ainda mais.


12

A hora e a vez dos Blogueiros Um espaço que reúne o trabalho de mais de 150 pessoas e informações sobre aproximadamente três mil destinos, no Brasil e no exterior. Essa é a Rede Brasileira de Blogueiros de Viagem, que neste mês de novembro ( dia 27) comemora um ano. A RBBV nasceu maneira despretensiosa, como um espaço para troca de experiências entre pessoas de um grupo restrito, todas apaixonadas por viagens e com o costume de escrever sobre elas. Neste um ano de atuação, a Rede cresceu, se organizou, e conseguiu ampliar seu espaço na internet. O grupo criado na rede social Facebook conta agora com quase duzentos membros, todos responsáveis por conceituados blogs de viagem e turismo. As ações no Twitter, promovidas pelos blogueiros com a hashtag #RBBV, e no Instagram, por exemplo, também tem chamado a atenção. Em maio foi criado o site da Rede( www.rbbv. com .br) reforçando essa troca de experiência, não só entre os bloggers, mas também entre eles e os leitores. Para os blogueiros, além da possibilidade de divulgar os trabalhos, a RBBV representa um canal de debates sobre temas como profissionalização, comportamento, relacionamento com a mídia e agências de publicidade, e aspectos técnicos. E foram várias conquistas ao longo destes doze meses de existência, como o encontro com o Ministro do Turismo, Gastão Vieira, e a participação no Eibtur- um encontro internacional direcionado para os que escrevem sobre viagens e turismo, que aconteceu no Brasil. Para o público, é uma excelente fonte de informação sobre destinos e serviços turísticos. Quer saber sobre o Espírito Santo, Bahia, Porto Alegre, Nova Iorque, Tanzânia, Nepal e até Vanuatu? Lá na rede tem. Na página há um diretório dividido por área geográfica, com

links para os destinos, fruto do material que é produzido em centenas de blogs. Para quem planeja uma viagem, ou simplesmente gosta de ler sobre o assunto, o índice é o caminho para dicas valiosas, opiniões pessoais, fotos belíssimas. Basta escolher e clicar. Os blogueiros não apenas descrevem as características de um determinado lugar. Eles contam sobre os serviços prestados em hotéis, companhias aéreas, restaurantes, parques e podem fazer um texto mais opinativo, mostrando todos os lados de uma viagem. E o Espírito Santo? Como fica nessa história? Os blogueiros capixabas também marcam presença na RBBV e fazem bonito, falando sobre o Estado e também sobre os passeios feitos pelo mundo. Nossos representantes na Rede são: Descortinando Horizontes, de Melissa Zorzanelli: www.descortinandohorizontes.com Mala da Sogra, de Leandro Simoni: www.maladasogra.com.br

Rotas Capixabas, de Tiago Reis: www.rotascapixabas.com Viagem Massa, de Elaine Castro: www.viagemmassa.com Viagem para Mulheres, de Flávia Mariano: www.viagemparamulheres.com Como todo acontecimento que ganha proporção, a RBBV está passando por um processo de reestruturação, inclusive com a criação de um conselho escolhido em votação aberta, mas os envolvidos ressaltam no site que “a Rede continuará, sobretudo, uma rede: uma organização estruturada de forma horizontal, não-hierárquica, onde todos estão interligados da mesma maneira”. É acompanhar pra ver. Ah, aposto que você ficou curioso para saber onde fica Vanuatu. Acertei? É um lugar paradisíaco na Austrália, um dos milhares de destinos descritos pelos blogueiros da RBBV. Elaine Castro - jornalista e blogueira. E-mail: limagastroelaine@gmail.com


Hotelaria

13

Brasil tem 26 meios de hospedagem classificados pelo SBClass Brasília (DF) – Três novos hotéis foram incorporados à lista de empreendimentos certificados pelo Sistema Brasileiro de Classificação de Meios de Hospedagem (SBClass). Com as novas adesões, o país começa o ano de 2013 com 26 hotéis classificados pela metodologia desenvolvida pelo Ministério do Turismo, em parceria com o Inmetro. “É um bom resultado, já que a adesão é voluntária. Aos poucos, os empresários vão entendendo a importância de classificarem seus empreendimentos por esse sistema chancelado pelo governo brasileiro”, avalia o secretário Nacional de Políticas de Turismo do MTur, Vinícius Lummertz. Os empreendimentos recém-classificados estão localizados em Brasília (DF), Porto Alegre (RS) e Campo Mourão (PR). O processo de classificação começou em 2011. Atualmente, 11 estados de todas as regiões contam com hotéis, resorts e pousadas que podem ser identificados pelas “estrelas” do SBClass. Fonte: ASCOM. imprensa@turismo.gov.br

Categorias | O Brasil conta hoje com nove

empreendimentos com cinco estrelas; seis com quatro estrelas; nove com três estrelas e dois com duas estrelas. O SBClass classifica sete tipos de meios de hospedagem: hotel, hotel histórico, hotel fazenda, flat/apart hotel, resort, pousada, além de cama e café.As estrelas são marca exclusiva do governo federal e identificam a categoria dos estabelecimentos. Eles são avaliados de acordo com as condições de infraestrutura, equipamentos, serviços oferecidos aos hóspedes e práticas de sustentabilidade. Saiba mais sobre o SBClass: www.classificacao.turismo.gov.br

Copacabana Palace é reinaugurado O Copacabana Palace Hotel realizou no mês de dezembro passado, um evento que marcou a reabertura do prédio principal, após reforma iniciada em meados de julho de 2012. Com a reinauguração, o meio de hospedagem passa a atender com capacidade total já que durante o período de obras recebia seus hóspedes num prédio anexo, com 96 apartamentos e que faz parte do complexo hoteleiro. O investimento realizado na revitalização de seu prédio principal foi de cerca de R$ 30 milhões. A reforma estava nos planos da empresa há tempos, contudo foi protelada durante alguns meses, pois o imóvel é tombado e exige autorização em três instâncias – municipal, estadual e federal. Saiba mais: www.copacabanapalace.com.br

Allia Hotels anuncia mais dois empreendimentos no Rio de Janeiro Rede terá, até 2015, 8 novos hotéis no estado. Novos empreendimentos em São João da Barra serão midscale e flat, de frente para o mar na praia do Grussaí. A Allia Hotels, rede que administra atualmente 28 hotéis no país, fechou mais dois contratos para construção de dois empreendimentos no estado do Rio de Janeiro. As duas unidades são na cidade de São João da Barra e farão parte da bandeira Bristol. A construção dos novos hotéis acontecerá em duas etapas: uma tem início no segundo semestre de 2013 e a outra no início de 2014. A previsão de inauguração é em março e dezembro de 2015 respectivamente. Os investimentos são da ordem de mais de 30 milhões de reais.

Allia Hotels A Allia Hotels nasceu em outubro de 2010 e conta com 28 hotéis em operação, espalhados pelos Estados de Minas Gerais, São Paulo, Goiás, Espírito Santo e Distrito Federal. Recentemente a rede anunciou investimentos de mais de R$ 800 milhões em novos hotéis no país. A previsão é que até o final de 2015 a Allia Hotels some mais 40 hotéis ao grupo. Mais informações: www.alliahotels.com.br


14

Carta de Pero Vaz de Caminha ao turismo contemporâneo capixaba grande responsabilidade de escrever um documento da nossa história. Este documento só foi publicado pela primeira vez 317 anos depois. O texto descreveu sobre animais, relevo, vegetação, clima, plantas, solo, produtos da terra como também de pessoas. Também sugeriu ao Rei a concretização de caminhos para o aproveitamento do território e de seus habitantes, da cristianização dos índios e do desenvolvimento da agricultura, evidenciou ainda mais enfrentar as desigualdades entre visitantes e habitantes. A grande preocupação do escrivão era de fato “de informar, procurando transmitir o máximo possível de dados a respeito do que ocorria e do que o escrivão via, ouvia e sentia.”.

ca, entre outros, que o Setor de Alimentação totaliza 9.121 postos de trabalho ocupados em 2010 representando 76% do total de empregos no turismo. Podemos dizer então para os gestores de que o setor de alimentação é um setor estratégico para a economia. Este é um momento de expectativa quanto aos novos gestores, com relação ao turismo em suas cidades. Posso me ater a este fato por ter tido a oportunidade de facilitar 74 oficinas de planejamento nos municípios capixabas, no âmbito do Programa Nacional de Regionalização, realizado pela Secretaria Estadual de Turismo em convênio com o SEBRAE-ES. Como não existem indicadores para subsidiar o aumento do orçamento municipal chega-se a conclusão de que a atividade econômica não encontra sustentabilidade porque seus gestores não se baseiam nas pesquisas. Necessário se faz à implementação de metodologias para auxiliar estes municípios, sob a condição de valorizarmos a retórica em detrimento da ação.

Bem, a Organização Mundial do Turismo estabeleceu a Conta Satélite de Turismo, instrumento capaz de mensurar economicamente a atividade turística que possibilita uma investigação das atividades do turismo, permitindo a busca de indicadores, variáveis, agentes econômicos e agregados, visando o aperfeiçoamento do setor na economia interna. Países que aderiram: Austrália, México, Nova Zelândia, Noruega, Singapura, Suécia e Estados Unidos e em fase de implantação, Brasil, Argentina, Espanha e Suíça. No Brasil ainda os sistemas de vários órgãos, instituições e empresariais, não conseguem conversar... A Prefeitura de São Paulo, por sua vez, instituiu o Observatório de Turismo onde busca informações nos parceiros efetivos para a concretização de seus resultados e publica seus eventos, a saber: Fórmula Truck, Bienal do Livro, Parada GLBT, SP Indy 300, Virada Cultural, Carnaval e Fórmula 1 e outros indicadores mensais sobre Meios de Hospedagens, Terminais Rodoviários, Centrais de Informação Turística e ISS sobre a atividade de serviços turísticos. A Secretaria de Turismo de Vitória – ES elaborou o Boletim de Turismo em Números, e nele desta-

De todos eles, ouvimos atentamente a exaltação sobre suas potencialidades. Na maioria, todos esses atrativos estão dissociados de como colocá-los na prateleira em razão de não conseguirem agregar valor ao produto turístico que se almeja; não interagem com o poder público por razões políticas ou não conseguem formar rede de negócios. Singularmente, as prefeituras não fomentam o turismo em seus orçamentos, os empresários não investem por receio, a sociedade acha que turistas não visitam sua cidade e os turistas ainda persistem em descobrir novos lugares, alguns elogiam, outros divulgam negativamente.

Se caso não se aperceberem, voltaremos ao romantismo da carta de Caminha: "De ponta a ponta é toda praia... muito chã e muito fremosa... Nela até agora não pudemos saber que haja ouro nem prata... Águas são muitas e infindas. E em tal maneira é graciosa que, querendo-a aproveitar dar-se-á nela tudo por bem das águas que tem, porém o melhor fruto que nela se podem fazer me parece que será salvar esta gente e esta deve ser a principal semente que vossa alteza em ela deve lançar”.

Moacir Durães Especialista em Gestão do Turismo Setorial e Territorial do Programa de Regionalização do Turismo. moacir.duraes@hotmail.com


15

Conheça os Museus de Vila Velha A cidade de Vila Velha, com seus 477 anos é o marco da colonização do estado do Espírito Santo e uma das cidades mais antigas do Brasil. Fundada em 1535 pelo colonizador Vasco Fernandes Coutinho, tem no bairro da Prainha, edificações que registram a história em seus monumentos que foram erguidos no século XVI. Possui vários atrativos turísticos e culturais como: o Convento de Nossa Senhora da Penha, a Igreja do Rosário, a Gruta do Frei Pedro, entre outros. O Convento de Nossa Senhora da Penha é o ponto turístico mais visitado do estado e atrai turistas e

devotos durante todo o ano. Do alto de seus 154 metros acima do nível do mar, de onde se tem uma das mais belas vistas da baía de Vitória e das cidades de Vila Velha e Vitória. O dia de Nossa Senhora da Penha – padroeira do estado, é feriado estadual. É uma data móvel, celebrada oito dias após o domingo de Páscoa, precedida de uma vasta programação. Dentre as várias atrações, o ápice da festa tem como destaque a famosa procissão dos homens, que parte da Catedral Metropolitana de Vitória (capital), à noite, e percorre doze quilômetros até o Parque da Prainha, em Vila Velha, onde

é celebrada uma missa. Para os turistas que visitam a cidade, algumas opções de museus e ateliês que guardam a história de Vila Velha, do Espirito Santo e do povo capixaba.

Museus e ateliês de Vila Velha: Ateliê Kleber Galvêas Mostra permanente de obras do artista e o resultado dos trabalhos de pesquisa do artista. Endereço: Rua Antenor P. Carneiro, 66, Barra do Jucú. Tel: 27 3244-7115 Museu do Convento da Penha O museu de Nossa Senhora da Penha exibe vários objetos do acervo histórico do Convento, selecionados nas raras coleções que documentam o cotidiano do Santuário, por mais de quatrocentos anos. Aberto à visitação somente aos finais de semana. Endereço: Rua Vasco Coutinho, s/n, Prainha. Tel: 27 3329-0420 Museu Homero Massena É a antiga residência de Homero Massena e retrata o modo como viveu o artista na época. O interior do museu busca reconstituir o ambiente em que ele trabalhou e viveu. Endereço: Rua Antonio Ferreira Queiroz, 281, Prainha. Tel: 3388-4311

Casa da Memória Possui um acervo permanente de fotos que tratam do Sítio Histórico da Prainha e bairros vizinhos, que resgatam a história e a memória de Vila Velha e do Espírito Santo. Atualmente, em seu pátio, está em exposição o bonde que circulava desde 1912 e que deixou saudades para os saudosistas moradores que o utilizam como meio de transporte. Endereço: Rua Luciano das Neves, Prainha. Tel: 27 3388-4344

Forte São Francisco Xavier da Barra Dispõe de um centro cultural com duas salas, sendo uma da colonização do solo espiritossantense e uma outra que conta a história do Exército Brasileiro na cidade. Além de filmes sobre a colonização. Endereço: Praia de Piratininga, Prainha. Tel: 27 3229-5117

Museu do Chocolate / CDM - Centro de Documentação e Memória Conta a doce trajetória e a história da maior fábrica de chocolates da América Latina. Endereço: Praça Meyerfreund, 01, Glória. Tel: 27 3320-1708

Museu VALE Museu histórico e de arte contemporânea, que conta a história da Estrada de Ferro de Vitória a Minas por meio de uma exposição permanente. Realiza exposições temporárias com artistas nacionais e internacionais. Endereço: Antiga Estação Pedro Nolasco, s/n, Argolas. Tel: 27 3333-2484

Informações / Asevila - Tel: (27) 3062-5502


Turistando

16

CHECK IN A Secretaria de Turismo do Estado - SETUR investiu pesado em mídia nacional (TV aberta e fechada), na produção e campanha de divulgação do Espírito Santo, cuja garota propaganda é a atriz Fernanda Vasconcelos. Cerca de 3,5 milhões de reais foram aplicados. Guarapari, no litoral sul do Espirito Santo é repleta de praias, atraindo, a cada verão, um número expressivo de capixabas e turistas, graça às suas belezas naturais, em especial, as famosas areias monazíticas. O Carnaval de Vitória, se fortalece a cada ano, tornando-se um produto turístico para a capital e para o Espírito Santo. Com cobertura em rede nacional, pela TV Band, a expectativa é que a folia seja potencializada com a merecida divulgação para os quatro cantos do país de que “o carnaval do Brasil começa aqui”.

CHECK OUT Viajar pelo Brasil está mais caro do que viajar para o exterior. As passagens aéreas encareceram muito os pacotes para destinos brasileiros, com preços altos se comparados a outros países da América Latina. Uma viagem para Fernando de Noronha, por exemplo, fica em torno de R$ 5.130,00, enquanto que viajar para Machu Picchu no Peru, custa R$ 2.625,00. Uma diferença de 48% de economia. Guarapari, apesar de seu forte apelo turístico com suas inúmeras praias e belezas naturais, é acometida pelos mesmos problemas há alguns verões. E esse ano não foi diferente. A falta de água, somada ao despreparo da municipalidade, arranharam os esforços do governo estadual e dos empresários locais em promoverem uma boa imagem do balneário. Piers e atracadouros de Vitória estão à “deriva”. O Pier de Iemanjá, na Praia de Camburi está com iluminação precária, comprometendo a imagem da Rainha do Mar; o Cais do Hidroavião em Santo Antonio, há tempo “não decola” e o Atracadouro da Ilha das Caieiras parece que deu às costas para a Rota Manguezal e afundou. E o turismo náutico, como é que fica na Capital Ilha?

Natal Luz de Gramado

O Reino Encantado de Arthur e de todos nós Eu já conhecia Gramado, mas dessa vez havia dois motivos muito especiais para voltar: meu filho Arthur me acompanharia e conheceríamos o tão famoso Natal Luz. Embora tenha sido de última hora, a viagem foi bastante sonhada e, quando chegamos, pareceu que estávamos entrando em um mundo mágico, uma cidade todinha decorada para o Natal em pleno início de novembro! Gramado é, a meu ver, uma das cidades mais children frendly do país e, nessa época do ano, o espírito natalino a torna ainda mais receptiva aos pequenos! Todos os lugares exibem laços, bolas, fitas, renas, duendes, bonecos de madeira, soldadinhos de chumbo. O encantamento também aparece nas vitrines das lojas de roupas, de artesanato, de chocolate e de cristais, nos hotéis e restaurantes, sem falar na exuberante decoração das ruas do centro e na linda árvore de Natal. Uma profusão de luzes e de vermelho, verde, dourado e branco, em todos os lugares e parques, como a Aldeia do Papai Noel, onde por sinal, para o deleite de Arthur, vivem renas de verdade. Com seis anos de idade ele acredita em Papai Noel.

mente. Arthur curtiu todos os passeios, tais como o Mini Mundo, o Lago Negro e o Mundo a vapor; as vinícolas de Garibaldi, onde experimentou o suco de uva branca e se apaixonou; a Aldeia do Imigrante, em Nova Petrópolis; a Cascata do Caracol, em Canela. Também assistimos ao aclamado “A fantástica fábrica do Papai Noel” na noite fria em que chegamos; os outros espetáculos, como o Nativitaten e o Grande Desfile de Natal, ficarão para a próxima. Quem sabe para o Natal Luz 2013?

Lindo ver no rostinho dele e nas suas mil perguntas diárias a empolgação de estar em uma cidade mágica, de ver e falar com Noel e de se divertir muito na neve. Sim, neve artificial, mas o que importa se o encantamento é verdadeiro? Adultos e crianças se emocionam. Até porque, em Gramado, quando você passeia pelas ruas, além da música clássica tocada baixinho nos alto-falantes, um carro vermelho conversível passa e Papai Noel ao volante acena doce-

Simone Lemos Vieira Servidora Pública Estadual simone.lemos4@gmail.com


Fatos & Eventos

17

Palavra-prêmio

Manguinhos Jazz & Blues Festival - 2013

A primeira leitora a encontrar a palavra-prêmio - programa de visitas, da 33a. edição foi Rosângela Monti, do departamento financeiro da Acimaq. Ela foi curtir a visita na Chocolates Garoto - Chocotur -, com seu filho Guilherme Monti Silva, de 13 anos, e aproveitou para saborear os deliciosos chocolates. Nossos agradecimentos aos leitores que participaram e aguardem a nossa próxima edição.

A 2ª. Edição do Manguinhos Jazz & Blues Festival acontecerá nos dias 28, 29 e 30 de março de 2013 (semana santa), com várias novidades. Para este ano, serão 18 atrações no palco principal de músicos nacionais e internacionais. Uma outra novidade é que a organização do evento firmou parceria com os países do Mercosul. A intenção é de realizar intercâmbio musical entre os artistas capixabas e músicos dos Festivais de Jazz da Argentina, Paraguai, Uruguai e Venezuela. Tudo isso para proporcionar ao público momentos inesquecíveis. Informações: 27 9965-2800.

Turismo em crescimento O Espírito Santo Convention & Visitors Bureau (ESC&VB) anuncia seus primeiros números para o turismo de eventos capixaba. Ainda em aberto, o calendário da Fundação já prevê a realização de 11 eventos técnicos/científicos. Juntos, eles serão responsáveis pela vinda de 17.700 turistas, que deixarão em solo capixaba mais de R$ 30,9 milhões. “O valor representa 63% de tudo que foi movimentado pelo segmento em 2012. O resultado é fruto do nosso trabalho de captação. O ano será muito positivo, já que o calendário de eventos está em aberto e costuma receber mais confirmações a partir do primeiro trimestre”, conta o presidente do ESC&VB, Alfonso Silva. Informações: 27 3345-8477.

Rota do Charme na Serra

ATPA & Montanhas Capixabas Convention & Visitors Bureau Realizaram reunião com o trade turístico da Região para ajustar os problemas de comunicação que afetam os empreendimentos locais. Serviços de internet e pagamentos de contas com cartão poderão ser solucionados, caso haja empenho e interesse dos empresários, destaca o Presidente do Convention Bureau das Montanhas Capixabas. Informações: 27 3248-0035 e 28 3546-2049.

anúncio gráfica lisboa

Em uma iniciativa inédita quatro empresárias se uniram na Serra para implantar a Rota do Charme. A Rota vai contar com quatro restaurantes que, além de ter um diferencial de produtos de qualidade e excelente atendimento, tem a característica de serem lugares charmosos e requintados. A rota vai funcionar sempre de segunda a quinta-feira, nos horários delimitados pelos estabelecimentos participantes. Informações: Huslana: (27) 9892-4233 ou Tânia: (27) 9628-4393.


18

Gastronomia

Salada Mediterrânea Pela Chef Cleuza Costa

O termo salada significa comida salgada e é caracterizada pela mistura de vegetais crus, temperados com sal, vinagre e azeite. Ela normalmente é servida acompanhada de molho frio, que tem o papel de umedecer e acentuar o sabor da preparação, podendo ser à base de maionese, iogurte, óleo ou especiarias. Por ser uma preparação fria e ter grande quantidade de água, ela contribui para a hidratação do corpo e ainda, promove uma digestão fácil e rápida, evitando sensação de moleza, bastante comum após a ingestão de alimentos gordurosos nas estações quentes. Uma alimentação leve e saudável ajuda a manter a forma e, principalmente, a saúde e a disposição para se curtir uma das estações mais alegres do ano - o verão.

Ingredientes: 1 maço de rúcula 1 pé de alface roxa 250g de camarões sem casca 5 tomates cerejas 1 abobrinha em juliene grelhada suco de 1 limão siciliano 5 colheres de azeite 1 cálice de vinho branco seco flor de sal Modo de preparo: Misture as folhas já higienizadas e secas, corte os tomates cerejas ao meio; grelhe os camarões temperados com sal em 1 colher de azeite numa frigideira bem aquecida rapidamente e perfume com o vinho branco. Disponha-os ture o suco te do azeite re com flor

com as folhas e misde limão com o restane regue a salada, tempede sal na hora de servir!

Cleuza Costa é Chef do Restaurante Villa Vecchia, na Praia da Costa, Vila Velha/ES.

REC SEU N NE O QUE O SAR D U T . E O SEU TUDO QUE R I O PREC PRECISA R. IO IS EG IO O SEU NEGÓC UE O SEU O PREC PRECISSA EGÓCIO UN O SE OQ QUE U UE O SE . TUDO QUE O . TUDO AR. TUD O PRECISA DO QUE ISSAR. TUDO Q ECIS R U IS A T C S . I E R R A P R IS EC O SEU NEGÓCIO O TUDO QUE EGÓCIO CIO PR PRECISAR IO PR GÓCIO PRECISSA EGÓCIO PREC NEGÓC E O SEU NEGÓ QUE O SEU NE O QUE O SEU N DO QUE O SEU U N E U S E O S R. TU QUEAUTOMAÇÃO UE O UDOCOMERCIAIS, CLIMATIZAÇÃO, COMERCIAL, MÓVEIS E REFRIGERAÇÃO ISSA DO QU EQUIPAMENTOS R. TUDED ESCRITÓRIO PRECISA EGÓCIO PREC R. TUDO PRECIS CISAR. T CIO RECIISSA GÓCIO ISAR. TU IIO A E O P S R I O P I C E O R N Ó E C EU P IO G NEGÓC E O SEU NEGÓ QUE O SEU NE O QUE O SEU N DO QUE O SEU TUDO QUE O S U E S O ISSA QUE DO QU TUDO R. TUD ISAR. TU IO PRECISSAR. ÓCIO O PREC PRECIS ISAR. TU IO PRECISSAR. ÓCIO PRECISSA EGÓCIO C O C G Ó E E G R N E P U S N C O O E N SE Ó EG EU

Contato: cleo.criscosta@gmail.com


19

secretarias municipais de turismo

Telefones úteis

Afonso Cláudio

(27) 3735-4011 R: 045

paulofalqueto@gmail.com

Águia Branca

(27) 3745-1357

fedfzen@hotmail.com

Alegre

(28) 3552-4411 / 1129

alegre_turismo@yahoo.com.br

Anchieta

(28)3536-3143/ 9939-4328

turismo.anchieta@hotmail.com

Aracruz

(27) 3296-4025

turismo.cultura@aracruz.es.gov.br

Cachoeiro de Itapemirim

(28) 3155-5110

turismocachoeiro@es.gov.br

Cariacica

(27) 3346-6363

turismo@cariacica.es.gov.br

Conceição da Barra

(27) 3762-0234

turismocb@hotmail.com

Domingos Martins

(27) 32691471

secturdomingosmartins@.es.gov.br

Dores do Rio Preto

(28)3559-1241

riopreto@pmdoresdoriopreto.com.br

Fundão

(27) 3287-0437

turismo.fundao.es@gmail.com

Guarapari

(27) 3262-8759

turismodeguarapari@yahoo.com.br

Ibiraçu

(27) 3257-1788 / 2737

prefeituraibiracu@yahoo.com.br

Itapemirim

(28) 3529-6347

turismo.itapemirim@oi.com.br

Itarana

(27) 3720-1022 / 0172

jrfollador@hotmail.com

Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes .....................................................................Denuncie 100

Linhares

(27) 3372-2127 / 2128

setel@linhares.es.gov.br

Guarda Civil Municipal de Vitória.............(27) 3382-3053

Marataízes

(27) 3532-1538

maratur1@yahoo.com.br

Museu Vale...............................................(27) 3333-2484

Aeroporto de Vitória – Balcão info. INFRAERO.............................(27) 3236-6350 e 3236-6351 Ambulância..................................................................192 Artesanatos..........................(27) 3391-6930 e 3315-0174 Associação das Desfiadeiras de Siri...........(27) 3233-4595 Capitania dos Portos.................................(27) 2124-6526 Chocolates Garoto – Lojinha.....................(27) 3320-1502 Convento da Penha...................................(27) 3329-0420 Defesa Civil...........................................................(27) 199 Delegacia Anti-sequestro..........................(27) 3137-9052 Delegacia de Proteção ao Turista..............(27) 3137-9117 ES Convention & Visitors Bureau..............(27) 3345-8477 Estação Ferroviária Pedro Nolasco............(27) 3333-2444

Marechal Floriano

(27) 3288-1867

marechalturismo@hotmail.com

Mimoso do Sul

(28) 3555-1359

pmmtuirsmo@yahoo.com.br

Museu de Arte do ES.................................(27) 3132-8393 Palácio Anchieta.........................................(27)3636-1032

Mucurici

(27) 3751-1463

turismomucurici@gmail.com

Paneleiras de Goiabeiras...........................(27) 3327-0519

Muqui

(28) 3554-1771

turismodemuqui@bol.com.br

Passeio de Escuna naPraia de Camburi.....(27) 3222-3810

Pancas

(27)3726-1560

turismocultpancas@yahoo.com.br

Passeio de Escuna na Rota Manguezal......(27) 3200-3155

Piúma

(28) 3520-2172

seturpiuma@yahoo.com.br

Polícia Civil...................................................................147

Presidente Kennedy

(28) 3535-1900

seturpk@hotmail.com

Polícia Militar.................................(27) 3334-9100 ou 190

Santa Leopoldina

(27)3266-1722

turismo@santaleopoldina.es.gov.br

Polícia Rodoviária Estadual........................(27) 3222-8800

Santa Maria de Jetibá

(27) 3263-2633

turismo@pmsmj.es.gov.br

Polícia Rodoviária Federal....(27) 3212-6925 (24h) ou 191

Santa Teresa

(27) 3259-2357

culturalst@yahoo.com.br

Posto de Informações (Praia de Camburi).(27) 3135-8009

São Mateus

(27) 3767-8898

turismo@saomateus.es.gov.br

Procon Estadual.............................(27) 3381-6222 ou 151

Serra

(27) 3251-5866 / 5872

turismo.setur@serra.es.gov.br

Rodoviária................................................(27) 3203-3666

Venda Nova do Imigrante

(28) 3546-1188

turismo@vendanova.com.br

Secretaria de Estado do Turismo.............. (27) 3636-8026

Viana

(27) 2124-6712 / 6736

turismoviana@yahoo.com.br

Serviço de Imigração..................................(27) 3331-8000

Vila Velha

(27)3388-4344 / 4345

semcutpmvv@gmail.com

Vitória – Informações Turísticas............................(27) 156

Vitória

(27) 3235-2910

turismo@vitoria.es.gov.br

Anuncie na Edição Especial -

Festa da Penha 2013


Jornal Turismo & Serviços - Edição Especial Verão 2013  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you