Page 1

www.mizote.com.br

Grupo

Mizote

Fone/Fax (77)3611-3759 / 4218

Informativo do Grupo Mizote – Ano 1 - N° 3 – SETEMBRO/OUTUBRO - 2012

Investimento que reduz gastos futuros e aumenta a produtividade. Pág. 03 Tecnologia em favor do campo.

Uma preocupação do Grupo Mizote com a equipe

Mais um ano de conquista

Pág. 02

Pág. 04

O Mapa da Administração, Programa de Metas, Nosso Time e muito mais...


EDITORIAL A palavra da diretoria A nossa evolução como equipe foi testada e colocada à prova neste mês. Tivemos grande satisfação em sermos reconhecidos e recebermos a menção de aprovação com notas superiores a 95% de cumprimento das exigências socioambientais. Isto é um reflexo do trabalho e empenho de todos os colaboradores e parceiros. Hoje, usufruímos de um ambiente melhor para nossa convivência, temos mais segurança e trabalhamos com maior clareza e visualização do que almejamos. O Grupo Mizote tem como visão crescimento em médio prazo que se baseia na equipe como um todo, bem preparada e focada para atingir resultados. Precisamos que exemplos como o da certificação do programa PSOAL, se estendam a outros, como consciência que o trabalho bem feito depende da qualificação da equipe, da motivação, do ambiente de trabalho e vivencia, dos cuidados com as maquinas e veículos e, principalmente a nossa integridade física. Agora que iniciamos a safra 2012/13 precisamos do comprometimento e empenho de todos, para assim conseguirmos um excelente resultado no manejo do solo, plantio, monitoramento de pragas e colheita. Estamos trabalhando para que todos os requisitos sejam alcançados e, com apoio de toda a equipe, temos a certeza de que conquistaremos o nosso crescimento e seremos referencia no nosso setor, o setor do agronegócio Brasileiro. Aproveitando a oportunidade, gostaríamos de informar que estaremos implantando um novo canal de comunicação com a diretoria: Uma caixa de sugestões, criticas, dúvidas, etc, que estarão localizadas nos refeitórios de cada unidade. Com isso, esperamos sempre melhorar o acesso e o atendimento aos nossos colaboradores e acreditamos que podemos juntos trabalhar cada vez mais em favor de bons resultados. Com a participação e a determinação da equipe, alcancaremos o nosso objetivo! Parabéns a todos (um forte abraco!).

TREINAMENTO & QUALIFICAÇÃO Treinamento e desenvolvimento O cenário do Agronegócio exige hoje uma maior profissionalização das empresas, tornando-se imprescindível a modernização no contexto produtivo, com significativas evoluções no desenvolvimento tecnológico, gestão e pessoas. Neste sentido, investir em treinamentos significa investir em desenvolvimento profissional, otimização dos recursos, qualidade do produto oferecido e melhoria no processo produtivo. Essa cultura do Grupo Mizote traz um benefício recíproco, empresa e profissional colhem os resultados de um trabalho conjunto. A saúde e segurança estão em primeiro lugar, por isso, além das oportunidades de crescimento profissional, os treinamentos buscam preparar o colaborador para exercer suas atividades de uma forma segura, indivi-

O mapa da administração A gestão por processos está em andamento na Mizote, a partir do mapeamento das atividades – do campo ao administrativo. A engenheira agrícola Letícia Cibele da Silva Ramos Freitas, coordenadora de processos administrativos da empresa, diz que o trabalho é desenvolvido por meio de fluxogramas que consideram todos os passos a serem realizados através de procedimentos, os quais conferem eficiência ao trabalho. Ela explica que no processo a atividade é mapeada de forma sucinta e no procedimento exibe-se passo a passo. “Nos fluxogramas descrevem-se, em detalhes, as etapas a serem cumpridas, ferramentas necessárias, pessoas envolvidas e a maneira de executar cada função, integrando a atividade ao nosso sistema

A Mizote aposta em ações voltadas às constantes capacitações dos seus colaboradores.

dual e coletiva. Tratamento de sementes, preparo de solo, plantio, mecanização, operação, orçamentação, controle de estoques, dentre outros, são tópicos para próximos os temas dos próximos treinamentos.

de informações gerenciais, para facilitar a orientação ao setor que tiver dúvida”, esclarece e complementa: “os processos estão sendo elaborados em conjunto com toda a equipe, visando um procedimento onde os setores estejam envolvidos para que o desempenho seja eficiente e conquiste os resultados almejados”.

Programa de Metas Paulo e Eunice Mizote

Foto da Capa Desenho feito por Gabriel Coelho Rodrigues, de 12 anos. Filho de Luciano, operador de máquinas na Fazenda Mangabeira – do Grupo Mizote – e Gildete, dona de casa. Gabriel, irmão de Júlia, de seis anos, cursa a 6ª série em Roda Velha, distrito do município São Desidé-rio – BA. O menino diz ter o dom de desenhar equipamentos agrícolas e já escolheu sua profissão: quer ser engenheiro de design. Quando perguntado sobre o porquê da escolha, ele é direto: “quero fazer o design de um novo modelo e vai ser um trator”, antecipa e deixa sua mensagem: “faça sempre o melhor e nunca desista do seu sonho”. Expediente

02

Traçar metas é o primeiro passo para alcançar resultados profissionais, pessoais e organizacionais, além de proporcionar uma relação mais harmônica entre empresa e colaboradores. Neste sentido, toda a equipe do Grupo Mizote trabalha sempre a missão de produzir com qualidade e excelência, visando ser referência e modelo de gestão no agronegócio, com expansão de área e produtividade. Nosso ano agrícola encerra-se em 30 de setembro de 2012, ocasião em que observaremos nossos resultados e traçaremos novas metas para a safra 2012/2013, que se inicia em 01 de outubro de 2012. Maria Isabel de Sene Corado

Letícia e Michelle em apresentação do processo de aquisição e financiamento de bens à diretoria e equipe.

Coordenadora de RH

Informativo bimestral do Grupo Mizote | Periodicidade - Bimestral | Endereço – Rua Barão de Cotegipe, 807 - Centro | Barreiras, BA | 47805-020 | Tel.: (77) 3611-4218 Diretor Presidente - Paulo Mizote ; Coordenação - Maria Isabel de Sene Corado ; Produção e Edição - Fátima Vasconcelos Nunes - Jornalista responsável Reg.Prof. 2.390/DF/FENAJ (diretora.america@gmail.com); Criação, Projeto Gráfico e Diagramação - Eduardo Cambuí Junior (ecambui.jr@gmail.com) Impressão - Gráfica Irmãos Ribeiro

Informativo do Grupo Mizote - Setembro / Outubro de 2012


CAPA

Mecanização Agrícola Inovação em favor do campo

Com tecnologia de ponta, as máquinas otimizam o trabalho, economizando tempo e combustível, garantindo melhores resultados nas operações. Segundo Jeovan Caron, gerente de mecanização do Grupo Mizote, o parque de máquinas da empresa está dimensionado ao atendimento de toda demanda do campo, com tecnologia sofisticada para o setor agrícola. “Nosso sistema de precisão é utilizado de forma a racionalizar os custosno preparo, plantio e colheita, minimizando desperdícios com fertilizantes, defensivos e maquinário”. O sistema AMS da John Deere permite o direcionamento via satélite, que recebe o sinal por meio de uma antena receptora instalada na máquina. O piloto automático opera em reta ou em curva sem a interferência do operador, que segue uma linha programada de aplicação, indicada na tela do monitor. Equipadas com rádio, ar condicionado e alavancas multifuncionais, as cabines garantem todo conforto aos operadores.

Qualificação Profissional A intensa modernização da agricultura demanda profissionais bem preparados para acompanhar essa evolução e é nesse contexto que buscamos constantes treinamentos e acompanhamentos para o desenvolvimento da nossa equipe, afirma Jeovan e complementa: “de profissionais experientes a iniciantes, o Grupo Mizote oportuniza aprendizado e crescimento profissional. Colaboradores treinados e capacitados se

orgulham em fazer parte da equipe”. Jeovan assegura que o cuidado e a conservação das máquinas iniciam no recebimento de fábrica, com a largada técnica no campo e treinamento específico, seguidas de orientações nos cuidados necessários, desde operação de máquinas e suporte do comboio às manutenções e revisões. Diariamente são realizadas reuniões com a equipe para largada das atividades de cada setor. “Os melhores rendimentos dependem do empenho e dedicação de toda equipe, a partir do investimento realizado”, conclui. O operador de comboio Claudir Sarmento de Oliveira realiza uma atividade muito importante no campo. Habilitado com o curso MOPP (Movimentação e Operação de Produtos Perigosos), para conduzir veículos de transporte de produtos perigosos, diz: “a manutenção preventiva é essencial para a continuidade do trabalho ao longo do dia. Com um caminhão equipado para conservação e suporte às máquinas, busco atender necessidades diárias do campo”. Para o mecânico Nadson Oliveira Pereira, “a prevenção evita problemas maiores e ajuda a corrigi-lo, além de evitar acidentes”. Conhecido como Paraná, o operador de máquinas Valdecir Salomão defende a expe-

riência para obter-se o máximo de rendimento; “com boa regulagem e um operador treinado não tem perdas nem desperdício”, sentencia.

Manutenção preventiva A manutenção preventiva é uma prática levada muito a sério no Grupo Mizote. Diariamente, máquinas e implementos que estão em atividade passam por esse procedimento, isso faz com que sejam evitados desgastes prematuros e gastos desnecessários. Além da atenção diária, anualmente as máquinas passam por uma revisão geral; “não podemos ter máquinas paradas durante os períodos de plantio, colheita e preparo”, diz Jeovan Caron, gerente de Mecanização do Grupo, “nossos prazos para essas atividades estão se estreitando cada vez mais”. Ele destaca o bom relacionamento entre a lavoura e a manutenção: “isso faz com que tenhamos sucesso em nossas atividades. Dispomos de um sistema de informações gerenciais para suporte no controle dos custos de cada peça ou serviço realizado, que fornece um histórico de cada máquina”, prossegue e completa: “prezamos muito pela organização de nossas oficinas, um modelo diferenciado que estamos implantando”.

M a n u t e n ç ã o p r e v i n e ga st o s n o f u t u r o

Largada Técnica: conhecimento na operação e manutenção de máquinas agrícolas é fundamental para aumentar a eficiência produtiva; Jeovan e equipe: reuniões matinais diárias para distribuir as atividades; Paraná: experiência e tempo de serviço; Para Claudir, prevenção é essencial; Nadson e João revisam trator Ford 7630.

Informativo do Grupo Mizote - Setembro / Outubro de 2012

03


PSOAL A Mizote participa do Programa Sócio Ambiental da Produção de Algodão (PSOAL), uma ação desenvolvida pela ABAPA (Associação Baiana dos Produtores de Algodão) com apoio do Fundeagro e ABRAPA, buscando demonstrar a situação real da empresa e orientar sobre o cumprimento da legislação pertinente às rotinas trabalhistas, segurança, saúde e meio ambiente do trabalho. Quem explica é Maxmilian Macedo da Silva, coordenador de Saúde e Segurança Ocupacional da Mizote; “O Programa é de grande importância, pois intensifica a atenção dos setores, independente do nível hierárquico, para a questão socioambiental em todas as etapas do processo produtivo, colaborando para o desenvolvimento sustentável, que é o objetivo maior”, diz Max.

ria exige atendimento de no mínimo 80% para conceder a certificação e este ano o Grupo Mizote chegou a 96%”, comemora Max. A lista verifica o cumprimento da legislação trabalhista, gestão de resíduos, medidas de proteção pessoal e coletiva, alojamentos e instalações sanitárias, passando por gestão de segurança, saúde e ambiente de trabalho, proibição de trabalho infantil, uso racional de agrotóxicos, dentre outros.

Educação Social O Brasil aprovou em 2011 a Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS). Essa política procura organizar a forma como o país trata o lixo, incentivando a reciclagem e a sustentabilidade. Esse esforço não é só do governo federal, é de competência também dos estados e municípios e dá a todos a responsabilidade e de lidar com a questão do fim dos lixões, de incrementar a reciclagem, a logística reversa, de discutir as regiões do país que não têm

uma destinação ambientalmente adequada aos resíduos do município, apoia e incentiva seus colaboradores através de Programas de Metas e também contribuiu com camisetas de promoção do projeto que foi lançado no dia 05 de setembro. Rogério Lustosa de Moura Coordenador de projetos agrícolas

SOS Seca - Bahia A fim de prestar assistência alimentar, humana e animal às famílias que sofrem com a estiagem no estado da Bahia, o Grupo Mizote contribuiu, no dia 09 de agosto de 2012, com mais de 26 mil quilos de milho, que seguiram com destino aos municípios mais atingidos pela seca. A iniciativa faz parte da mobilização promovida pela AIBA (Associação dos Agricultores e Irrigantes da Bahia) junto aos seus associados, a fim de arrecadar grãos e subprodutos, e se insere na Campanha S.O.S Seca, promovida pelo governo do estado. A Bahia enfrenta a maior seca dos últimos anos. De

Auditor durante verificação na parte física da Mizote Sede

Mizote conquista certificação Auditoria e certificação são realizadas pela Intertek do Brasil, líder mundial em certificações, com Sede em São Paulo. Segundo Max, a cada ano cresce o número de exigências, por isso é fundamental o envolvimento de toda a equipe para essa conquista e manutenção. A partir de um checklist com 161 itens, a audito-

Solidariedade: alimentos a caminho.

Coleta seletiva na Mizote.

aterros sanitários. A Secretaria de Meio Ambiente está realizando o projeto Programa de Coleta Seletiva no Distrito de Roda Velha, que visa promover a educação e mobilização social. O Grupo Mizote, preocupado em oferecer

NOSSO TIME

Gileno Novais de Macedo

sivos. Nem bem o galo canta e Gileno já está de pé, checando tudo: lubrifica, confere óleo e água, calibra pneus e aí sim, começa mais uma jornada de trabalho. “A conservação diária evita problemas maiores”, diz ele, que antes trabalhava com manutenção. Ele começou a lidar com máquinas em Mato Grosso e compara aquelas máquinas –que não faz tanto tempo assim – com as de hoje; “a tecnologia evolui de um ano para o outro, e só quem está preparado pode operar esses equipamentos”, diz e prossegue: “um

Operador de máquinas agrícolas

No dia 10 de setembro Gileno completou 35 anos e para ele a receita de sucesso é simples: ter saúde, trabalhar no que gosta e ser feliz no amor. De bem com a vida, é esse amor que ele celebra - pela mulher, Girlene, e pelo trabalho que realiza na Mizote, onde está há seis anos, operando máquinas que preparam a terra, plantam, colhem e fazem aplicação de defen-

“Um dos pontos altos da Mizote é que quando ela vê que há interesse do colaborador, dá oportunidade, qualificação, investe na pessoa”.

acordo com a Defesa Civil, mais de 250 municípios declararam estado de emergência e quase três milhões de pessoas foram atingidas. Michelle Petronilia de Oliveira Auxiliar administrativa

dos pontos altos da Mizote é que quando ela vê que há interesse do colaborador, dá oportunidade, qualificação, investe na pessoa”. Nem de folga Gileno consegue ficar parado, ao contrário, ele aproveita o tempo livre para cuidar da horta, fazer ração para as galinhas e estudar. Este homem simples e sem ambição, como se auto define, está realizando uma grande aspiração: incentivado pela mulher, conseguiu concluir o Ensino Fundamental em 2011 e este ano está cursando o Ensino Médio. “Temos que ter fé, dedicação e fazer sempre bem feito, não importa o que seja”, acredita Gileno, e conclui; “o que importa é trabalhar com vontade, sem preguiça”. Criado na roça desde criança, ele aprecia a vida no campo, a pelada no domingo e um churrasquinho com a família. Ao lado de Girlene, na casa simples e de samambaias na varanda, é um homem feliz e realizado; “temos que acreditar em Deus, porque um dos maiores problemas é a falta de fé”.

Informativo do Grupo Mizote - Setembro / Outubro de 2012

04


No Campo - N°03  

Ano 1 – setembro/outubro de 2012

Advertisement
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you