Page 36

entrevista com joris lacoste

36

Ainda questionando o que é uma ação em sua relação direta e íntima com a mente do espectador, Lacoste cria, também em 2004, o projeto Hypnographie (Hipnografia). Trata-se de conceber a hipnose como um meio de criação artística capaz de ativar intensamente a capacidade imaginativa do espectador: Eu me dei conta que quando se conta uma história a alguém em estado hipnótico, ele a ouve, e a vive de maneira muito mais intensa. A pessoa está literalmente mergulhada na ficção. Ela vai viver a ficção como em uma situação real. (KEIL, 2012) Partindo dessa constatação, Lacoste começa a estudar as características da fala hipnotizante, a fim de entender suas capacidades e possibilidades de agir na imaginação do espectador. Hypnographie dará origem a diversos trabalhos: Au Musée du Sommeil (Museu do Sono), peça radiofônica e instalação criada em 2009; Le Cabinet D’Hypnose – Bestiaire (O Gabinetede Hipnose – Bestiário), performance e instalação em vídeo criada em 2010; 12 Rêves Préparés (12 Sonhos Preparados) em 2012, performance na qual um espectador hipnotizado em público descreve o sonho imaginado em estado hipnótico; e Le Vrai Spectacle (O Verdadeiro Espetáculo) em 2011, no qual se ousava hipnotizar uma plateia de duzentos espectadores induzidos pela fala do ator, ou seja, o espetáculo se dava inteiramente no espaço mental do espectador. Em 2007, junto com um grupo de artistas e pesquisadores de diferentes áreas, Joris Lacoste cria o Encyclopédie de la Parole (Enciclopédia da Fala), projeto no qual desembocam ou sintetizam-se as intuições fermentadas em Projet W e Hypnographie. O projeto tem por ambição estudar de maneira rigorosa e inventiva a oralidade em suas mais diversas manifestações, através de uma metodologia que consiste em coletar, selecionar, arquivar, analisar e classificar gravações de formas orais, constituindo assim um imenso e exemplar banco de falas. Os frutos deste trabalho titânico são apresentados e compartilhados no site do coletivo (www.encyclopédiedelaparole.org). Nele descobre-se, de maneira clara, a envolvente complexidade da pesquisa. Muito mais do que uma simples plataforma de informações, o site do Encyclopédie de la Parole pode ser visto como uma obra criativa em si. Sua mise en scène, produzindo ricos jogos entre ver e ouvir, convida seu usuário a experienciar uma dupla abordagem da enciclopédia. Na parte inferior da página estão alinhadas as rubricas definindo os diferentes fenômenos orais catalogados pelo coletivo. São eles: alternâncias, cadências, coralidades, compressões, dobras, ênfases, espaçamentos, focalizações, melodias, pontuações, projeções, repetições, resíduos, responsabilidades, saturações, séries, simpatias e timbres. Ao clicar sobre cada uma dessas categorias, o usuário começa a ouvir as falas que correspondem à definição detalhada por escrito, ou seja, a apreensão do conceito se dá simultaneamente pela experiência da escuta e pelo entendimento da leitura. Outra maneira de navegar pelo site é se deixar levar aleatoriamente pela imagem de um enovelamento de falas que vai sendo desenhado na tela. Cada fio colorido que se desenrola corresponde a uma fala, mas não se pode distingui-las visualmente pois, assim como em nossa escuta do mundo, os sons estão entrelaçados. Essa segunda possibilidade de passeio em meio ao alvoroço sonoro incita o usuário a identificar, como em um jogo, o fenômeno oral associado àquilo que ouve. É a partir dessa coleção de falas lúdica e metodicamente catalogadas que são criados os espetáculos do Encyclopédie de la Parole, dirigidos ora por Joris Lacoste, ora por Emmanuelle Lafon, uma das cocriadoras do projeto. Lembro-me de ter conhecido o trabalho do Encyclopédie de la Parole indo assistir a seu primeiro espetáculo, Parlement (Parlamento, título que joga com a palavra “parler” que, em francês, significa falar), criado em 2009 e reapresentado na Maison de la Poésie em Paris em 2013. Era um solo com a direção de Joris Lacoste. Em cena apenas um microfone, uma estante para parti-

Catalogo Mitsp 2018  

Catalogo Mitsp 2018

Catalogo Mitsp 2018  

Catalogo Mitsp 2018

Advertisement