Page 192

Ao longo das quatro últimas edições da MITsp, as atividades de intercâmbio criativo entre artistas convidados e participantes brasileiros consolidaram-se como um eixo fundamental do festival. A troca de experiências, o diálogo entre diferentes visões de mundo e as possibilidades de convívio, ainda que efêmeras, permitiram que saberes diversos circulassem e trouxessem à tona novos modos de ver, de dizer e de fazer. Em tempos de embrutecimento e deliberado egoísmo, iniciativas que possibilitem o estar junto e a elaboração conjunta e criativa de discursos e práticas podem ser extremamente potentes. E ainda: desta vez, as ações estão mais espalhadas por várias regiões de São Paulo, propiciando uma experiência artística e política de/da cidade para além do centro.

192

ações pedagógicas

Curadoria: Maria Fernanda Vomero

Vozes, ruídos e silêncio

1. Textos cotidianos em cena – Susanne Kennedy (Alemanha)* Depois da participação na 4ª edição da MITsp com o espetáculo Por que o Senhor R. Enlouqueceu?, a encenadora alemã Susanne Kennedy volta ao festival para conduzir uma residência artística, cujo mote principal é o trabalho com novas formas de linguagem verbal aliadas à precisão das expressões corporal e vocal. Serão escolhidos dez artistas brasileiros para trabalhar sob a orientação de Susanne, com apoio das performers holandesas Suzan Boogaerdt (atriz de Senhor R.) e Bianca van der Schoot, que conduzirão a preparação física. A residência faz parte da pesquisa artística de Susanne, que vem explorando as possibilidades da escrita não criativa, conforme definição do poeta e crítico estadunidense Kenneth Goldsmith, no espaço teatral. Deste modo, procura incorporar expressões, diálogos e ruídos cotidianos na cena a fim de ampliar as possibilidades narrativas. * A residência conta com o apoio do Goethe-Institut São Paulo De 19/2 a 4/3, segunda a sábado, das 10h às 15h, com apresentação do experimento cênico no domingo (horário a definir). Onde: Goethe-Institut São Paulo

ARTISTA EM FOCO 2. Ateliê Enciclopédia da Fala – Joris Lacoste (França) Dando continuidade ao projeto Encyclopédie de la Parole, um trabalho artístico coletivo que procura compreender de maneira transversal a diversidade das expressões orais, o encenador francês Joris Lacoste, artista em foco da MITsp 2018, conduzirá um workshop com 12 brasileiros. A primeira parte da atividade será baseada na pesquisa e seleção de documentos que possam estabelecer uma paisagem sonora dos dizeres e modos de falar presentes na cidade de São Paulo. Na sequência, os artistas participantes vão trabalhar com esse material para criar uma “restituição cênica” dos documentos escolhidos. De 5 a 9/3, segunda a sexta, das 10h às 15h. Onde: Oficina Cultural Oswald de Andrade

Catalogo Mitsp 2018  

Catalogo Mitsp 2018

Catalogo Mitsp 2018  

Catalogo Mitsp 2018

Advertisement