Issuu on Google+

Informativo da Diocese de Nova Iguaçu - www.mitrani.org.br Ano XXVIII - nº 256 - Outubro/2012 - Distribuição Dirigida

VIVÊNCIA PASTORAL DE OUTUBRO

DIOCESE SAÚDA O NOVO BISPO DE DUQUE DE CAXIAS!

Outubro será marcado por três momentos na vida pastoral de nossa diocese: o Mês das Missões, o Dia Nacional da Juventude e VII Congresso Regional da Pastoral da Família. Sabemos que por sua natureza, a Igreja é essencialmente missionária. À luz dos Documentos da Igreja, a nossa Diocese se compromete a ser discípula missionária para que “todos tenham Vida e a tenham em abundância” (Jo 10,10). Com o objetivo de recordar aos cristãos essa identidade, todos os anos, no mês de outubro, realiza-se a Campanha Missionária. O tema deste ano é “Brasil Missionário, partilha a tua fé”, é um apelo para que não guardemos somente para nós o que recebemos. O tema está em sintonia com a proposta do 3º Congresso Missionário Nacional, realizado em Palmas (TO) e com o 4º Congresso Missionário Americano e 9º Congresso Missionário Latino-Americano, que acontecerá em 2013, na Venezuela. Para ajudar a refletir e conhecer mais sobre a Missão, todos os anos, as Pontifícias Obras Missionárias (POM), preparam um roteiro para a Novena Missionária, um DVD com diversos testemunhos, cartazes, orações dos fieis e envelopes para a coleta no Dia Mundial das Missões, celebrado este ano no dia 21 de outubro. Nossa diocese remete as coletas para as POM que envia ao Fundo Universal de Solidariedade Missionária, em Roma, e, dali, os recursos são distribuídos para atender às necessidades missionárias no mundo inteiro. Pedimos que essa coleta seja incentivada nas comunidades, como um gesto concreto de solidariedade com a missão da Igreja espalhada pelo mundo todo. Lembramos também que a Comissão Diocesana Missionária preparou um subsídio de orientação para a vivência do mês das missões. O Dia Nacional da Juventude este ano será celebrado em nossa diocese também no dia 21 de outubro, e para motivar a juventude em nossas comunidades em vista da Jornada Mundial da Juventude, será organizada em cada um dos dez regionais. O tema para este ano será: “Juventude e Vida” e o lema: “Qual vida vale a pena ser vivida?”. É um grande momento para refletir sobre os principais problemas que afetam os jovens e também para celebrar sua vida. Desejamos que as atividades voltadas para a nossa juventude, por ocasião desse dia, possam trazer bons frutos e ajudem nossos jovens a lutar por uma “vida em plenitude”. Sobre o VII Congresso Regional da Pastoral da Família, indico a leitura da mensagem de dom Luciano na página 03. Santa Terezinha do Menino Jesus, Padroeira das Missões. Rogai Por Nós!

No dia 03 de novembro será empossado o novo Bispo de Duque de Caxias, Dom Tarcísio Nascentes dos Santos. D. Tarcísio é fluminense de Niterói, onde nasceu a 27 de Fevereiro de 1954. Foi ordenado padre no dia 8 de Dezembro de 1978 e Bispo no dia 18 de Abril de 2009, neste mesmo ano tomou posse na Diocese de Divinópolis, em Minas Gerais. Seu lema é: “Spe Salvi” (Salvos na Esperança). Dom Luciano, em nome da Diocese saúda e deseja um bom pastoreio ao mais novo Bispo da Baixada Fluminense.

Pe. Geomax de Jesus Guimarães Ramos Coordenador de Pastoral

JOVENS QUEREM VIVER! A Caminhada e a Missa foi uma prece a Deus e o lamento contra o sistema que mata ou exclui milhares de jo ven s d e forma direta ou indireta com políticas ineficientes para a juventude. Pág. 06

CONGRESSO PASTORAL FAMILIAR E ENSINO RELIGIOSO Por sua vez, a CNBB ensina: “Se faz necessário empregar todas as forças para que a Pastoral Familiar se afirme e desenvolva... Deve ocupar lugar prioritário com a certeza de que a evangelização do futuro passa pela Igreja Doméstica”. A Palavra do Bispo. Pág. 03

PASTORAL DA ACOLHIDA PARTE II Criar Comunidades acolhedoras envolve ter paciência e prudência para aprender fazendo. Inicia-se pela espiritualidade do grupo, como mola mestra de motivação. Pág. 04

OS CANDIDATOS SÃO TODOS IGUAIS? É compreensível uma pessoa não gostar de ópera, jiló ou cor marrom. E mesmo de política. Impossível é ignorar que todos os aspectos de nossa existência, do primeiro respiro ao último suspiro, têm a ver com política. Centro Sociopolítico. Pág. 07


2

Outubro

GOVERNO DIOCESANO Provisão 36/12 - Pe. Matteo Vivalda Administrador Paroquial Paróquia Nossa Senhora de Fátima Queimados 37/12 - Pe. Jan Demyttenaere, 38/12 - Pe. Jospin Wetunu CICM Gbamosape, CICM Vigário Paroquial Vigário Paroquial Paróquia Nossa Senhora da Paróquia Nossa Senhora de Conceição – Marapicu Fátima – Cabuçu

agenda pastoral Dia 09 - 09h - Cenfor - Reunião do Conselho Presbiteral Dia 16 - 09h - Cenfor - Reunião do Clero Dia 23 - 09h - Cenfor - Reunião do Conselho Pastoral Dia 27 - 08h30min - Cenfor - Encontro com os Coordenadores de Crisma

Novembro - Mês de Cristo Rei Dia 06 - 09h - Cenfor - Reunião de Pastoral Dia 07 - Arrozal – Encontro dos Conselhos Presbiterais Dia 10 - 10h - Cenfor - Reunião da Pastoral de Comunicação Dia 13 - 09h - Cenfor – Reunião do Conselho Presbiteral

FESTA DE SANTA CRUZ EM PARACAMBI A Comunidade Santa Cruz, d a P a r ó q u i a S ã o S e b a stião/Lages-Paracambi, agradece a todos que compareceram e colaboraram com a festa em Exaltação a Santa Cruz que aconteceu dos dias 11 a 15 de setembro. Celebraram conosco nestes dias os Padres: Marcio Horácio, Paulo Machado e Rodrigo, juntamente com o Diácono Permanente Anselmo e o nosso Pároco Pe. Luiz André, ao qual agradecemos em especial por todo apoio e incentivo que sempre recebemos. Também se

Expediente

fizeram presente membros dos Grupos jovens de Lages, Para-

LIVRARIA DIOCESANA ...

cambi e Japeri, trazendo com eles a linda cruz da JMJ. Com a paz e um forte abraço. Coordenadoras Adelaide e Zilda

Jornal Caminhando

Publicação da Diocese de Nova Iguaçu Bispo Diocesano: Dom Luciano Bergamin Coordenador de Pastoral: Pe. Geomax de Jesus Guimarães Ramos Vice-Coordenador de Pastoral: Pe. Ricardo Barbosa de Freitas Assessor da Pastoral da Comunicação: Pe. Edemilson Figueiredo Revisão de Texto: Pe. Carlos Antônio da Silva

CALENDÁRIO SOCIAL Nascimento Dia 01 - Pe. Antônio Vilberto Ferreira, Ad.P (São Pedro e São Paulo Paracambi) Dia 01 - Ir. Tereza de Maria Imaculada, OSCl (Mosteiro Santa Clara) Dia 09 - Ir. Maria Zenaide Reckziegel, OSF (IESA) Dia 09 - Ir. Ana Neusa Cândida de Oliveira, FSA (Lar Santana - Lages) Dia 10 - Ir. Maria Luiza de Faria (Casa São José - Conrado) Dia 11 - Ir. Nair Soares Guimarães, ISJ (Vila de Cava) Dia 13 - Diác. José Luiz, CP (Nsa. Sra. da Conceição - Rosa dos Ventos) Dia 13 - Ir. Nair Ana Luft, 0SF, (IESA) Dia 16 - Pe. Geraldo João de Lima, VP (São Francisco de Assis - Queimados) Dia 17 - Pe. Ivanildo de Holanda Cunha, Chanceler (Uso de Ordens) Dia 18 - Ir. Maria del Carmen Torralba Medina, MJC (Mesquita) Dia 20 - Ir. Maria de Fátima do Divino Coração, OSCl (Mosteiro Santa Clara) Dia 23 - Pe. Davenir Andrade, P (Nsa. Sra. de Fátima e São Jorge - Nova Iguaçu) Dia 23 - Pe. Paulo Pires Campos, P (Nsa. Sra. Aparecida - Jardim Gláucia) Dia 24 - Ir. Josedir Rita da Silva, ISPC (Santa Eugênia) Dia 28 - Ir. Ana Maurília Gomes de Matos, FSA (Lar Santana - Lages) Ordenação Dia 12 - Pe. José Edilson de Lima, Uso de Ordens(Com. Nsa. Sra. do Perp. Socorro e S. Judas Tadeu) Dia 15 - Pe. José Dilson Ferreira Maciel, P (Cristo Ressuscitado - BNH) Dia 15 - Pe. Ricardo Barbosa de Freitas, P (Santa Rita - Santa Rita) Dia 15 - Pe. Paulo Pires Campos, P (Nsa. Sra. Aparecida - Jardim Gláucia) Dia 16 - Pe. Roberto Guedes Araújo, P (Nsa. Sra. de Lourdes - São Benedito) Dia 30 - Diác. Francisco Sales Filho, CP (Nsa. Sra. da Conceição - Japeri) Votos Dia 02 - DOM LUCIANO BERGAMIN, Bispo Diocesano Dia 06 - Pe. Gabrielle Stella, PSSC, P (Nsa. Sra. de Fátima - Santa Maria) Dia 07 - Ir. Maria dos Prazeres do Sagrado, OSCl (Mosteiro Sta. Clara) Dia 23 - Ir. Rosana Maria da Conceição Aparecida, OSCl (Mosteiro Sta. Clara) Dia 23 - Ir. Maria de Fátima do Divino Coração, OSCl (Mosteiro Sta. Clara) Dia 25 - Ir. Maria Conceição da Imaculada, OSCl (Mosteiro Sta. Clara)

Projeto Gráfico e distribuição: Rita Rocha Tiragem: 14.000 exemplares Fotolito e impressão: Suhett e Marques Gráfica Ltda - Telefone: (21) 2761-3484 End.: Rua D. Adriano Hypolito, 08, s 208 Moquetá - Nova Iguaçu - RJ CEP.: 26285-330 Telefones: Fax: (21) 2667-4765 2767-7943 - Ramais: 208 ou 221

Os artigos não representam, necessariamente, a opinião do informativo

SUBSÍDIOS PARA CONTRIBUIR NA EVANGELIZAÇÃO

COMO ENVIAR MATÉRIAS PARA O JORNAL As Paróquias que queiram aumentar ou diminuir a quantidade, cancelar pedidos dos exemplares, enviar notícias,artigos, comunicados, (tamanho padrão para as matérias: 1 FOLHA DE A4, FONTE ARIAL TAMANHO 12) ou fotos para o Jornal Caminhando ou para o encarte de Núcleos Missionários / Círculos Bíblicos, terão até o dia 15 de cada mês, no Cenfor, salas 208 ou 221, nos horários de 09 as 12h e das 13 as 17h. Telefones da Cúria: (21) 2767-0472 e 2767-7943 Ramais 208 ou 221. Telefax: 2667-4765 - SITE: www.mitrani.org.br E-mail: caminhandojornal@gmail.com


Abril Outubro

3

CONGRESSO DA PASTORAL FAMILIAR E ENSINO RELIGIOSO De 19 a 21 deste mês, nossa Diocese sediará o 7º Congresso da Pastoral Familiar do Leste 1 (Estado do Rio de Janeiro), que se iniciará na Catedral e prosseguirá no IESA. Cerca de 200 pessoas trabalharão para seu bom êxito. Preparado há mais de um ano pela Equipe Diocesana da Pastoral Familiar, (à qual agradeço profundamente!), e em comunhão com a Comissão Regional, terá como tema central: “Família: lugar de perdão, participação e festa”. O eixo principal será o bem das famílias, assim como a importância da implementação em todas as Dioceses e Paróquias da Pastoral Familiar. Já o Papa João Paulo II afirmava: “Em cada Diocese o Bispo estará fazendo investimento altamente compensador, estará construindo sua Igreja Local, à medida que der o máximo apoio a uma Pastoral Familiar efetiva. De fato, esta deve ser a grande prioridade pastoral”. Por sua vez, a CNBB ensina: “Se faz necessário empregar todas as forças para que a Pastoral Familiar se afirme e desenvolva... Deve ocupar lugar prioritário com a certeza de que a evangelização do futuro passa pela Igreja Doméstica”. Graças a Deus em nossa Diocese contamos com diversos movimentos relacionados com a família. Realizam eventos de um ou mais dias para oferecer oportunidade aos casais de “reencontrarem-se” consigo, com os filhos, com a comunidade, com a sociedade e, sobretudo, com Deus, enfim, para revitalizar o primeiro amor que, às vezes, por rotina, fraqueza e diversas circunstâncias foram apagando-se. Quantos casais bendizem a Deus por ter renovado o vigor e a alegria do convívio familiar graças a tais encontros. Tantas famílias sofrem vítimas de situações negativas e de problemas, por falta de amor, diálogo, respeito, oração, sacrifício, con-

dições dignas... Perante tais realidades a Igreja, iluminada pela Palavra de Deus e pela Tradição viva, deve oferecer valores fortes, horizonte claro e esperança concreta. Para tanto nasceu e se desenvolveu a Pastoral Familiar, que pretende ofertar um apoio seguro a todas as famílias que buscam felicidade e realização.

Os principais objetivos da Pastoral Familiar são: a)Evangelizar as famílias a partir das famílias; b) Oferecer-lhes instrumentos válidos para a formação e promoção; c) Fornecer orientações para a vivência familiar; d) Levar a todos a Boa Nova do sacramento do matrimônio; e) Colaborar na transformação da Sociedade pela obra de evangelização humana e cristã. Espero e rogo a Deus para que o Congresso possa trazer muitos frutos bons às nossas

Dioceses, sobretudo a implantação da Pastoral Familiar, tão urgente, em todas as Paróquias.

ENSINO RELIGIOSO NAS ESCOLAS A Comissão Diocesana da Pastoral da Educação preparou um folder que está sendo distribuído nas comunidades a fim de esclarecer as famílias a preciosidade do Ensino Religioso nas escolas. É muito importante que os pais e os próprios alunos tomem conhecimento disto, para poder, na hora da matrícula ou rematrícula, pedir as aulas desta disciplina indispensável para conseguir uma formação humana integrada e plena. Caso contrário, sem desmerecer as demais disciplinas transmitidas, não teremos um currículo capaz de preparar nossa juventude a uma visão da vida e das realidades do mundo de maneira satisfatória e integrada. Ensino Religioso nas escolas não é catequese, nem doutrinação de algum seguimento religioso específico (tudo isso compete às próprias entidades religiosas!), mas é a formação para uma cultura capaz de permitir o diálogo, o respeito e a sadia democracia em torno de valores essenciais. Esse é o caminho para o ser humano que desejamos e esperamos. Sem dúvida o Ensino Religioso ajudará bastante na construção de uma sociedade melhor, inculcando sentimentos e atitudes de fraternidade e paz e conscientizando que todos somos irmãos, pois temos um único Pai. As recentes e horríveis chacinas de jovens em nossa Baixada revelam, com extrema clareza, mais uma vez, a necessidade do ensino religioso em vista de uma sólida convivência humana. Portanto, renovo o apelo para que peçamos às escolas o cumprimento da Lei que estabelece para os alunos que desejarem o Ensino Religioso. A Sociedade inteira vai ganhar com isto! Abraço fraterno com as bênçãos de Deus! Dom Luciano Bergamin, CRL

3º CONGRESSO MISSIONÁRIO NACIONAL EM PALMAS - TO Escolher Palmas para este Congresso foi um modo de tornar mais presente a igreja do norte do país. Palmas é a mais nova arquidiocese do Brasil. Nossa Diocese foi representada por: Dom Luciano Bergamin, Águida Maria Pires, (Secretária da Comissão Missionária Diocesana COMIDI) e Cristina Alves (Coordenadora da Infância e Adolescência Missionaria - IAM). O que impulsiona alguém a ser missionário? A missão provem de Deus e é seu espírito quem nos impulsiona. Somos sinal de Deus para o mundo, deste modo, temos que estar prontos para todos os que necessitam e que sofrem. O congresso nos uniu despertando o espírito missionário em todos os batizados. Mais de 600 missionários e representantes da Venezuela e da Itália também se fizeram presentes. Juventude A juventude é chamada a ser o presente da Igreja, pois já diz Bento XVI “Sem o rosto jovem a igreja se apresenta desfigurada”. É preciso estimular no jovem o espírito missionário para que saia em missão levando outros jovens a um encontro pessoal com Cristo. Quando se torna apóstolo, ele esquece um pouco de si e se dedica ao outro. Infância e Adolescência Missionária A infância constitui uma ocasião maravilhosa para a transmissão da fé. Algumas orientações pastorais estão no Documento de Aparecida que diz: “Inspirar-se na atitude de Jesus para com as crianças, de respeito e acolhida, como os prediletos do reino”. Promover processos de reconhecimento da infância como um setor decisivo e de especial cuidado por parte da Igreja, da sociedade e do Estado. Apoiar as experiências pastorais de atenção à p r i m ei r a i n fâ n c i a. Fomentar a instituição da IAM. É preciso renovar a vocação, alimentar, despertar e ter uma nova motivação. Isso

exige serviço, preparação e envolvimento de muitas pessoas. Vamos nos UNIR, para que todos os Regionais de nossa Diocese, junto com a COMIDI, despertem o espírito missionário em todos os batizados. Você tem sido um missionário na sua comunidade? Que Deus desperte em nós o ardor missionário. Cristina Janielle Alves - Coordenadora Infância Missionaria Elisa Theodoto - Coordenadora do COMIDI

42ª FESTA DA COMUNIDADE NOSSA SENHORA DE APARECIDA - FRATERNIDADE Com a Mãe Aparecida acolhemos Jesus, nossa alegria! De 03 a 11 - Novena Missionária - nas casas No dia 06, às 18h, Novena na Paróquia São José Operário e, logo após, “MISSA DE UM AN O DE FALECIMENTO D O PE. AGOSTINHO”.

DIA 12 - DIA DA PADROEIRA Missa às 7h30min - Pe. Edmilson 10h - MISSA SOLENE Pe. Davenir e Pe. Edmilson 12h - Almoço Festivo 18h - Procissão e Missa - Pe. Edmilson Dia13 - 19h - Missa com Dom Luciano Bergamin e logo após Festival de Massas Dia 14 - 8h30min - Missa em homenagem ao Professor Dia 20 - 19h - Missa em honra a Nossa Senhora da Penha Dia 27 - 18h - COROAÇÃO DE NOSSA SENHORA Dia 28 – Almoço de Confraternização Rua Lafaiete Pimenta, 290 Paróquia de São José Operário Rua Mucuripe, 325 - Califórnia - Tel. 3768-9364 Pároco: Pe. Edmilson da Silva Figueiredo


4

Outubro

PASTORAL DA ACOLHIDA - PARTE II Estrutura: A Pastoral da Acolhida (PA) pode ser assim organizada: - Coordenador - Vice-coordenador - Tesoureiro - Secretário - Representante de liturgia - Equipe Rotina dos Trabalhos: - Reuniões de toda a equipe, - Escala de trabalho nas missas e outros eventos da Igreja, - Atividades externas: visitas aos doentes, aos ausentes, famílias, - Visitas a outras paróquias e comunidades, - Grande Encontro anual na São José Operário em outubro, - Participar dos Conselhos de Liturgia e Comunitário. Toda a equipe deve se reunir pelo menos uma vez por mês para planejar e tratar dos assuntos relativos aos trabalhos, tarefas, participação em eventos e celebrações, visitas aos doentes, ausentes, novos moradores e quem mais precisar, também tratará da parte administrativa, ou seja, caixa, despesas, etc. A reunião deve começar e terminar com oração. Após a oração inicial, lê-se uma passagem do Evangelho que será meditado. DIMENSÕES DA PAZ Evolução e crescimento - A utopia de

formar de fato uma comunidade acolhedora começa a se tornar realidade com um grupo mínimo de pessoas imbuídas do mesmo espírito acolhedor e fraterno. Assim o sonho de uma comunidade verdadeiramente acolhedora para a maior glória de Deus começa a ser realidade. A organização e o planejamento da equipe de Pastoral não constitui um trabalho simples de só seguir regras de outras atividades. Criar comunidades acolhedoras envolve ter paciência e prudência para aprender fazendo. Iniciase pela espiritualidade do grupo, como mola mestra de motivação. Aprofundamento da formação é requisito para dar os contornos das primeiras ações concretas. A Pastoral da Acolhida requer um estado de espírito acolhedor. O integrante da PA deve ser uma pessoa com características acolhedoras, tais como: ter prazer em se relacionar com o outro, ser comunicativo e agradável aos irmãos, respeitar as individualidades e as diferenças de cada um. A PA deve trabalhar e se esforçar para tornar a Igreja cada vez mais acolhedora, um lugar de comunhão e partilha, procurando har-

AVICRES REALIZA ASSEMBLEIA No dia 16 de agosto aconteceu na sede administrativa da Associação Vida no Crescimento e na Solidariedade - AVICRES a Assembleia Geral da Instituição, para a aprovação das mudanças do Estatuto, como a criação de um Conselho Superior, o aumento no período do mandato da Diretoria Executiva da Instituição e a eleição do Conselho Deliberativo. A Assembleia Geral é composta pelos membros do Conselho Deliberativo, da Diretoria Executiva, por um representante de cada setor da ONG e pelo representante dos funcionários. Sendo a Assembleia Geral, o órgão responsável pelas decisões de interesse da AVICRES. O Conselho Superior será o órgão soberano da Administração da AVICRES de todos os seus bens e serviços. E também será responsável pelo futuro da Instituição. Será formado por cinco membros, que serão escolhidos pelo fundador e teólogo Johannes Niggemeier. No dia 23 de agosto, a AVICRES comemorou seus 21 anos de trabalho pela população carente da Baixada. A festa aconteceu na Igreja Sagrado Coração de Jesus, no bairro do Caonze, e contou com a presença dos funcionários da entidade, das crianças e adolescentes atendidos e por alguns de nossos parceiros, colaboradores e amigos. Pe. Antônio Pedro realizou a celebração em comemoração aos 21 anos de trabalho na opção preferencial pelos mais pobres. Conheça nossa história através do nosso Blog: www.ongavicres.blogspot.com Camila Carvalho

COLETA ÓBULO DE SÃO PEDRO Essa oferta anual é a expressão mais significativa da participação dos fiéis nas iniciativas de caridade da Igreja Católica no mundo. Tem a finalidade de reunir recursos para a manutenção das obras sociais e caritativas do Papa Bento XVI, para obras eclesiais, iniciativas humanitárias, promoção sociais e sustentação das atividades da Santa Sé. TOTAL ENVIADO PELA DIOCESE A NUNCIATURA APOSTÓLICA NO BRASIL - R$ 32.928,76. A Diocese agradece a colaboração de todos!

monizar a convivência cristã, preferindo as atitudes inclusivas e não permitindo discriminações ou exclusões. Ela deve procurar tornar a comunidade um lugar de aproximação de pessoas, fazê-las felizes por pertencer ao rebanho de Cristo e por Ele transformadas. A Pastoral deve estar sempre em sintonia com a ação evangelizadora da Igreja, procurando: - Ser serviço que acolha a pessoa, como ela é garantindo condições de permanecer na comunidade; - Ser diálogo, abrindo-se e escutando o outro, deixando-o à vontade e acolhido como filho de Deus; - Anunciar a Boa-Nova do evangelho, pela própria ação de acolher e exemplo de vida. Continua na próxima edição Nilândio Leite

Aviso Está chegando o dia do 7º Grande Encontro de Pastoral da Acolhida na São José Operário de Mesquita: 20 de outubro, de 8h30min às 12h. Venham todos!

FAMÍLIA VIDA: UMA COMUNIDADE DE CRISTÃOS LEIGOS A SERVIÇO DA PALAVRA DE DEUS! No dia 15 de Setembro, a Família Vida se reuniu na Capela Jesus de Nazaré, localizada na Casa do Menor, em Miguel Couto. O Grupo é responsável pelo Ministério Espiritual da Instituição que possui princípios Católicos e Ecumênicos. O carisma da Família Vida é levar a missão de esperança e de resgate para aqueles que se encontram em situação de vulnerabilidade social e risco pessoal. Inspirados pela palavra de Deus e pelos os testemunhos de Pe. Renato Chiera, seus membros almejam apresentar as demais pessoas da comunidade a importância de atuar na obra de Deus se doando ao próximo. Leandro Monteiro

OFICINA DO CLUBE DE MÃES No dia 25 de outubro, das 09h às 17h, será realizada na Comunidade de São Benedito e Nossa Senhora da Glória, Paróquia de Santa Rita, em Cruzeiro do Sul, a última Oficina do Clube de Mães. Endereço: Rua Ipaussu, 242 - Andrade Araújo Como chegar: pegar oônibus da empresa Vera Cruz nº 205 (o ponto final fica nos fundos do Supermercado Guanabara) e saltar um ponto depois da linha do trem.


Outubro

5

"A LETRA MATA, O ESPÍRITO É QUE DÁ A VIDA" (2Cor 3,6) Continuamos a responder às inúmeras perguntas feitas pelos Ministros Extraordinários da Comunhão Eucarística. O momento de louvor, na Celebração da Palavra, pode ser realizado, eu repito, com Salmos, Hinos, Cânticos bíblicos ou Louvações populares. Não faz parte desta Celebração a Oração Eucarística da Missa, nem o Canto do Cordeiro de Deus, pois este é um canto que acompanha a Fração do Pão . Não se deve substituir o louvor e a ação de graças pela adoração ao Santíssimo Sacramento. O que fazer quando a partícula (Hóstia) cai no chão? O Ministro ou o próprio comungante apanha a hóstia caída. Se não caiu em lugar sujo pode ser dada àquele que comunga ou o próprio ministro a consome. Caso con trário a mantém segura na mão ou a deposita n a patena sobre o Altar. Depois a coloca num copo

d'água até que se d issolva. Quando estiver totalmente dissolvida, despeja-se a água nas flores ou numa planta. N un ca despejar no esgoto. Há situações em que o ministro pode recusar a da r a com u n h ã o a algum fiel. Claro que é melhor preveni r, sobretudo, quando por certas ocasiões, como Semana Santa, Sétimo Dia, Missa de Mês, 15 Anos, há pessoas que não estão preparadas e nem entendem o valor e o compromisso da Comunhão Eucarística. Devemos evitar as situações constrangedoras. Mesmo assim pode haver situações em que o Ministro, em consciência e com m uito j eito haverá de recusar a dar a comunhã o: a) Às crianças que ainda não fizeram a Primeira Comunhão; b) Às pessoas que pelo seu comportamento durante a celebração manifestaram que não

HOMENS QUE REZAM

Foi com muita alegria e felicidade que os Homens que Rezam da Paróquia São José Operário em Mesquita receberam a visita de Dom Luciano no dia 20 de agosto para participar da oração do Terço e para comemorar o primeiro aniversário de encontro deste grupo. Com, apenas um ano de existência, já conta com mais de 50 homens que todas as segundasfeiras às 20h se encontram na paróquia para rezar o Terço. Nossa alegria foi ainda maior porque veio para comemorar conosco os Homens que Rezam da Paróquia Sagrada Famí-

lia da Posse, que aproveitamos para agradecer a presença. A presença de Dom Luciano foi muito importante para nós, pois ele é o Pastor que não nos deixa desanimar da caminhada. Esperamos depois da sua visita fortificar cada vez mais a fé neste trabalho dos Homens que Rezam. Por fim, irmãos, “vivei com alegria, tendei a perfeição, animai-vos, tende um só coração, vivei em paz, e o Deus de amor e paz estará convosco ”(2Cor 13,11). Ênio Antônio

estão conscientes e nem entende m o que fazem; c) Às pessoas que são publicamente conhecidas e reconhecidas como sendo de outra rel igião, mesmo que não se apresentem em traje típico. Os casais de segunda união e os que não são casados na Igreja não devem comungar. Mas é bom n ão esquecer que esses não são os únicos pecados graves que não permitem alguém ser admitido à Eucaristia. “A mesma coisa vale da injustiça manifesta no trato dos operários, do arbí trio p oli ci al (torturas), do abuso do poder etc.” (da Nota de Rodapé do Código de Direito Canônico Cân. 915). Lembro que o Ministro não é juiz para decretar quem pode ou não pode, quem deve ou não deve receber a comunhão. Mas age em t odas as situações com prudência e bom senso, evitando escândalos. O bom é convidar estas pessoas para uma conversa depois da Celebração, explicando-lhes o motivo da recusa e aproveitando a ssim desse primeiro momento de conscientizaçã o que pode contribuir na conversão desse irmão ou d essa irm ã. Pe. Jorge Luiz

JOVENS DE MESQUITA PARTICIPAM DO PHN O Grupo Jovem da paróquia Nossa Senhora das Graças de Mesquita participou do evento PHN (Por Hoje Não). Este evento é um movimento de combate ao pecado criado para jovens, que prega a luta pelas coisas divinas no dia a dia, criado por Dunga, missionário da Comunidade Canção Nova. O PHN é um retiro em que os jovens passam uma semana de es pir itu alida de , show e pregação. Este ano ocorreu em Cachoeira PaulistaSP, no mês de Julho. Convidamos os jovens do Centro de Mesquita que estejam interessados em participar mais diretamente na Jornada Mundial da juventude para fazer parte do nosso Grupo Jovem Na Trilha do Senhor. Nosso Grupo Jovem se reúne todos os domingos às 17h. Paróquia Nossa Senhora das Graças Rua Paraná, 175 - Mesquita – Centro Rua do Supermercado Novo Mundo Maiores informações na secretaria pelo telefone: 2796-0810 Aguardamos sua presença! Daiana, Fausto, Jessica, Juliana, Sergio e Thales - Coordenação

PJMP - SEMANA DO ESTUDANTE A partir do tema: "Semana do Estudante - 10 anos sonhando e construindo a civilização do amor", do lema "No caminho da história, a opção por uma educação libertadora" e iluminados pela passagem dos Discípulos de Emaús em Lucas 24, 13-35 sonhamos que cada jovem retome o debate sobre a educação brasileira, relem-

brando valores essenciais para nós que acreditamos em uma educação que aceite a pluralidade e as nossas experiências, que tenha um caráter libertador e que leve em consideração o estudante como protagonista de sua história. Q u es t i ona m os e debatemos esta realidade do ensino brasileiro, visando sempre a trans-

formação social, e também propagar a Boa Nova utilizando a pedagogia que Jesus Cristo utilizou e que nós percebemos como cerne da nossa missão evangelizadora enquanto discípulos, discípulas, missionários e missionárias d'Ele. Esta décima edição foi um marco para um debate tão importante que é a educação e que, de fato, é uma maneira de reafirmar a importância de uma educação integral e libertadora. Guilherme Monteiro Cerqueira http://profguimonteiro.blogspot.com/ Coordenação Nacional da PJMP – RJ Equipe de Comunicação


6

Outubro Abril

Comissão Diocesana da Pastoral do Dízimo

“AH! SE NAS NOSSAS PASTORAIS NÓS FOSSEMOS COMO OS GANSOS...”!

Gostaríamos de agradecer a presença de todos e todas no nosso Encontro de Fé e Espiritualidade, promovido pela Comissão Diocesana da Pastoral do Dízimo, no dia 15 de Setembro. Foi um momento de alegria, aprendizagem e partilha. Contamos com a Presença do Conselho Administrativo Diocesano (CAD), do nosso Bispo e dos representantes da Pastoral de quase todas as Paróquias. A todos e todas o nosso muito obrigado. Valeu! AQUI SEGUEM ALGUMAS IDEIAS PARA BEM TRABALHAR O DÍZIMO 1.Conhecer o seu valor (fazer a experiência, como diz a Palavra). 2. Conhecer a Bíblia, confiar. 3. Conhecer os fiéis, acolher bem.

4. Amor que faz acreditar, não desistir. 5. Organização do secretário que ajuda o missionário do Dízimo. 6. Nunca prometer demais. 7. Dízimo resolve o problema da paróquia, falar sobre isso as pessoas. 8. Fidelidade a toda prova, não desanimar. 9. Evitar a imaginação curta, cobranças e discussões. 10. Buscar dizimistas arrojados, testemunhos. 11. Enviar bilhetes, cartões, mensagens de agradecimento aos contribuintes. 12.Você pode mudar a sua paróquia – Fará parte de tudo o que acontecer sendo dizimista. 13. Mostre o benefício do Dízimo, os resultados, o seu verdadeiro valor. Bom trabalho na Pastoral a todos! Pe. José Dílson Ferreira Maciel /- Assessor Diocesano da Pastoral

JOVENS QUEREM VIVER! No dia 16 de setembro foi realizada a Missa de Sétimo Dia pelos Jovens vitimados nas chacinas: quatro foram assassinados dentro de casa em Japeri, seis outros que buscavam um momento de lazer, um Cadete da PM, um Pastor evangélico e outro jovem que testemunhara o assassinato do Pastor em um total de nove vitimados de forma brutal por traficantes na região da Chatuba, em Nilópolis. Neste momento de dor, o Centro de Direitos Humanos e a Diocese organizaram uma caminhada e uma missa em comunhão com todas as Pastorais, com a presença de nosso Bispo Dom Luciano Bergamin, dos familiares, dos amigos das vitimas, de jovens representantes da Arquidiocese do Rio de Janeiro, das Dioceses de Volta Redonda, Valença e Duque de Caxias e das

Mães dos Anjos de Realengo. Todos demostravam com esse ato de fé o repúdio à violência em nossa sociedade. Todos os presentes ressaltaram que é preciso políticas públicas para a Juventude. Os jovens presentes vestiam camisas com os di z er es : “ Ch eg a de Extermínio de Jovens”. Em outro m om ento, todos os presentes pararam em frente de uma das escolas onde quatro dos jovens estudavam, fizeram uma prece e lembraram que a educação de qualidade retira os jovens do mundo da violência e das drogas, pois OS JOVENS QUEREM VIVER . Cerca de cinco mil pessoas iniciaram

a caminhada com um momento de silêncio, de joelhos, na Praça Canário, em Olinda na cidade Nilópolis e dali foram rumo ao bairro Cabral onde moravam os Jovens vitimados. A Caminhada e a Missa foi uma prece a Deus e o lamento contra o sistema que mata ou exclui milhares de jovens de forma direta e indireta com políticas ineficientes para a Juventude. Foi feita uma prece coletiva que este não seja apenas mais um caso como muitos que ocorreram na Baixada Fluminense e em nossa sociedade: “Chega de manchar o nosso chão com sangue dos nossos filhos e irmãos!”.

Lembramos a todos que no dia 8 de outubro teremos a missa de um mês pelos jovens falecidos na Paróquia São Sebastião de Olinda / Nilópolis. Daniel Nonato

VII CONGRESSO REGIONAL DE PASTORAL FAMILIAR LESTE 1 C om o t e m a “ FA M Í LI A L U G A R D E PER D Ã O , PARTICIPAÇÃO E FESTA ” e o lema “FAMÍLIA, PESSOA E SOCIEDADE ” será realizado, no Regional Leste 1, em nossa Diocese, nos dias 19, 20 e 21 de outubro, no IESA - Instituto de Educação Santo Antônio, o VII Congresso Regional de Pastoral Familiar e o IV Encontro Regional de Assessores. O Congresso Regional da Pastoral e o Encontro de Assessores visam oferecer uma reflexão sobre a realidade dos relacionamentos familiares e a importância da ação evangelizadora pelos Agentes da Pastoral Familiar, tendo como enfoque o Setor Pré-Matrimonial, Setor Pós Matrimonial e o Setor Casos Especiais e, como objetivo geral, aprofundar os temas do XIII Congresso Nacional de Pastoral Familiar “Família Pessoa e Sociedade”, realizado em Agosto de 2011, na cidade do Belo Horizonte e do VII Encontro

Mundial das Famílias “Família, Trabalho e Festa”, em maio deste ano, na cidade de Milão, Itália. Informações: Regional Leste 1: Assessor Pe. Ademar E. Pimenta ( 21) 2712-1000 - E- mai l: par sga@ig.com.br) Representante do Regional 1 José e Natividade: (21) 2667-9334, 9355-5723 E-mail: jvaline@uol.com.br e josesilva@portosrio.gov.br Coordenador Diocesano da Pastoral Sebastião e Fátima : (21) 2768-1461 E-mail: sebastiaodizao@gmail.com Coordenador do VII Congresso Regional Paulo e Cristina: (21) 2667-5236 E-mail: crisitna.lisboa@hotmail.com / paulomaravilha@hotmail.com / 7congressopastoralfamiliar@gmail.com


Outubro

7

OS CANDIDATOS SÃO TODOS IGUAIS? Época de eleição é época de emoção. A razão entra em férias, a sensibilidade fica à flor da pele. Em família e no trabalho, todos manifestam opiniões sobre eleições e candidatos. O tom das opiniões varia do palavrão (a desqualificar toda a árvore genealógica do candidato) à veneração acrítica de quem o julga perfeito. Marido briga com a mulher, pai com o filho, amigo com amigo, cada um convencido de que possui a melhor análise sobre os candidatos... Um terceiro grupo insiste em se manter indiferente ao período eleitoral, embora não o consiga em relação aos candidatos, todos eles considerados corruptos, mentirosos, aproveitadores e/ou demagogos. Não há saída: estamos todos sujeitos ao Estado. E este é governado pelo partido vitorioso nas eleições. Portanto, ficar indiferente é passar cheque em branco, assinado e de valor ilimitado, a quem governa. Governo e Estado são indiferentes à nossa indiferença e aos nossos protestos individuais. É compreensível uma pessoa não gostar de ópera, jiló ou cor marrom. E mesmo de política. Impossível é ignorar que todos os aspectos de nossa existência, do primeiro respiro ao último suspiro, têm a ver com política. A classe social em que cada um de nós nasceu decorre da política vigente no país. Houvesse menos injustiça e mais distribuição da riqueza, ninguém nasceria entre a miséria e a pobreza. Como nenhum de nós escolheu a

família e a classe social em que veio a este mundo, somos todos filhos da loteria biológica. O que não deveria ser considerado privilégio por quem nasceu nas classes média e rica, e sim dívida social para com aqueles que não tiveram a mesma sorte.

Somos ministeriados do nascimento à morte. Ao nascer, o registro segue para o Ministério da Justiça. Vacinados, ao da Saúde; ao ingressar na escola, ao da Educação; ao arranjar emprego, ao do Trabalho; ao tirar habilitação, ao das Cidades; ao aposentar-se, ao da Previdência Social; ao morrer, retornase ao Ministério da Justiça. E nossas condições de vida, como renda e alimentação, dependem dos ministérios da Fazenda e do Planejamento. Em tudo há política. Para o bem ou para

o mal. A política se faz presente até no calendário. Já reparou: dezembro, último mês do ano, deriva de dez? Novembro de nove, outubro de oito, setembro de sete? Outrora o ano tinha dez meses. O imperador Júlio César decidiu acrescentar um mês em sua homenagem. Criou julho. Seu sucessor, Augusto, não quis ficar atrás. Criou agosto. Como os meses se sucedem na alternância 31/30, Augusto não admitiu que seu mês tivesse menos dias que o do antecessor. Obrigou os astrônomos da corte a equipararem agosto e julho em 31 dias. Eles não se fizeram de rogados: arrancaram um dia de fevereiro e resolveram a questão. O Brasil é o resultado das eleições de outubro. Para melhor ou para pior. E os que o governam são escolhidos pelo voto de cada eleitor. Faça como o Estado: deixe de lado a emoção e pense com a razão. As instituições públicas são movidas por políticos e pessoas indicadas por eles. Todos os funcionários são nossos empregados. A nós devem prestar contas. Temos o direito de cobrar, exigir, reivindicar, e eles o dever de responder às nossas expectativas. A autoridade é a sociedade civil. Exerçaa. Não dê seu voto a corruptos nem se deixe enganar pela propaganda eleitoral. Vote no futuro melhor de seu município. Vote na justiça social, na qualidade de vida da população, na cidadania plena. Frei Betto

ENCONTRO COM OS PREFEITÁVEIS DE MESQUITA Na noite de 14 de setembro no Centro Comunitário Padre Daniel realizou-se o encontro com os candidatos a prefeito de Mesquita. Dos 7 convidados, dois, lamentavelmente estiveram ausentes: Gelsinho Guerreiro e Ivan Calais. O encontro, não um debate, foi organizado pelo Movimento Fé e Política de Mesquita, Centro de Direitos Humanos (CDH), Centro Sociopolítico da Diocese e Pastorais Sociais. O tema era: A cidade que temos e a cidade que queremos, a fim de que o povo conheça os planos dos candidatos e escolha democraticamente quem melhor poderá conduzir os destinos da nossa jovem cidade. Centro Comunitário lotado, povo participativo, ordeiro e atento, prenúncio de que a voz do povo poderá ser a voz de Deus a se ouvir em 7 de outubro. Ao final foi assinada a carta-compromisso por cada um dos candidatos com 16 sugestões para os seus programas. Voto não tem preço, tem consequências! A nossa Igreja e o povo de Mesquita exercendo a cidadania!

COMO ENFRAQUECER SUA COMUNIDADE Não frequente as reuniões de sua pastoral, mas quando o fizer, procure algo para reclamar. Encontre falha no trabalho de quem está atuando no grupo. Nunca aceite uma incumbência, lembre-se que é mais fácil criticar do que realizar. Se pedirem sua opinião sobre algum assunto, responda que não tem nada a dizer e depois espalhe como deveriam ser as coisas. Não faça mais do que absolutamente necessário, porém quando a equipe estiver trabalhando com boa vontade e com interesse para que tudo corra bem, afirme que a pastoral está dominada por um grupinho. Não ouça avisos nas missas, afirmando nada dizerem de interesse e, melhor ainda, diga que não foram dados. Se for convidado para qualquer atividade dentro da comunidade, recuse, alegando falta de tempo, e depois critique com afirmações do tipo: há um grupinho que quer fazer sempre tudo dentro da comunidade. Quando tiver divergência com alguma pessoa, procure com toda intensidade vingar-se dela; faça ameaças e pesadas acusações sobre essa pessoa com membros da Igreja.

Sugira, insista e cobre a realização de cursos de formação, seminários sobre determinados temas, retiros espirituais e etc. Quando a Igreja realizá-los, não compareça. Se receber algum questionário solicitando sugestões, não preencha. E se o Padre não adivinhar suas ideias e pontos de vista, critique-o e espalhe a todos, que é ignorado. Após todas essas colaborações espontâneas, quando cessarem as discussões e as reuniões, as pastorais se dissolverem, enfim, quando sua comunidade estiver completamente desestruturada, estufe o peito e afirme com orgulho: EU NÃO DISSE? NÃO FOI POR FALTA DE AVISO!!! (Texto sugerido por Francisco Carlos Guimarães

Carlitus Chaplin de Figueiredo


8

Outubro

INFORMES DA JMJ INFORMES DA JMJ INFORMES DA JMJ INFORMES DA JMJINFORMES DA JMJ INFORMES DA JMJ

NOVA IGUAÇU SE PREPARA PARA A JORNADA MUNDIAL DA JUVENTUDE 2013 A Jornada Mundial da Juventude, que acontecerá no Rio de Janeiro em 2013, está trazendo grandes expectativas também para a Baixada Fluminense. A Paróquia Nossa Senhora da Fátima e São Jorge promoveu no dia 15 de setembro uma caminhada até a cruz do Morro do Cruzeiro, ponto turístico do município, para rezar pelo maior evento católico do mundo.

Cerca de 100 pessoas caminharam junto com os jovens e crianças da Paróquia, carregando a Cruz Peregrina Diocesana. A cruz foi entregue pelo Bispo da Arquidiocese do Rio de Janeiro, Dom Orani Tempesta, a Dom Luciano Bergamin, no dia 13 de junho, data em que a cidade comemorou o dia de Santo Antônio, seu padroeiro. Pe. Davenir Andrade falou sobre a importância de rezarmos junto à cruz do Morro do Cruzeiro já que, segundo ele, ela é o grande sinal de Jesus em nossa cidade. “Estamos rezando pela Jornada, pela nossa cidade e pelos nossos jovens”, disse ele, que lembrou ainda dos jovens assassinados em Mesquita na última semana. Durante a caminhada e ao longo da celebração, crianças carregavam cruzes com os nomes dos jovens mortos. A prefeita Sheila Gama, que estava presente no evento, participou das orações e

ouviu do padre um pedido especial pela comunidade do Morro do Cruzeiro e pela juventude. Ele pediu que o poder público tenha uma atenção especial com as crianças e os jovens do município, que precisam de boa educação e oportunidades no mercado de trabalho, se mantendo assim longe da violência, criminalidade e das drogas. Luciana Carvalho

MISSA DIOCESANA EM INTENÇÃO AOS PROFISSIONAIS DE EDUCAÇÃO

Dia 14 de Outubro às 10h Catedral de Santo Antônio

Este ano o DNJ será Regional. Organize o seu e faça uma bonita festa neste dia!

21 de Outubro ‘‘Como São Judas Tadeu, somos enviados à Missão’’

OUTUBRO - FESTA EM HONRA À SANTA EDWIGES Dia 13 - 19h30min - “Ano da Fé: convite para uma autêntica e renovada conversão ao Senhor, único Salvador do mundo” De 13 a 15 - Tríduo com o tema: “Igreja de Santa Edwiges vivendo o Ano da Fé” Dia 14 - domingo - 19h - “Descobrir de novo a alegria de crer e reencontrar o entusiasmo de Comunicar a fé” Dia 15 - 19h30min - Riquezas do Concílio Vaticano II na vida da Igreja

DIA 16 - DIA DA PADROEIRA Igreja aberta o dia todo 18h - Procissão seguida de Missa - saída da procissão será no semáforo em frente ao Colégio Médici Dia 20 - 20h - Festa Social - Festival das Massas - Convite a R$ 8,00 (oito reais) Local: Comunidade Santa Edwiges Rua Julieta Kill, 69, Rodilvânia - Nova Iguaçu - Informações: (21) 9287-2039 www.facebook.com/ComunidadeSantaEdwigesNI Paróquia Nossa Senhora de Fátima Praça Maria Cristina, s/n - Jardim Cabuçu - Tel.: 2695-0006 Pároco: Pe. Bernard Marie Raymond Masson, CICM

DE 19 À 27 DE OUTUBRO

19/10 Enviados às famílias Celebrante: Pe. Germano

20/10 Enviados aos jovens Celebrante: Pe. Jean

Enviados a curar os 21/10 males Celebrante: Pe. Cícero

22/10 pobres

Show de prêmios a partir das 15h com apresentação dos grupos: OPERÁRIOS DO SAMBA e SOM VITAL

Vários ritmos com o cantor ELTON

Celebrante: Pe. Josinaldo

a ser 23/10 Enviados comunidade Celebrante: Pe. Matteo

a busca da 24/10 Enviados espiritualidade Celebrante: Pe. Márcio

Enviados a fazer 25/10 novos discípulos

SOM JUDAS TADEU (Show Católico) a partir das 15h

Bateria da Escola de Samba INOCENTES DE BELFORD ROXO a partir das 20h

Celebrante: Pe. Geraldo

26/10 Enviados a santificar

Animado FORRÓ na creche

Celebrante: Pe. Ailton

Enviados a buscar a 27/10 união

Noite das Nações Amigas

Celebrante: Pe. Maristelo

28/10

DIA DO PADROEIRO

ALMOÇO DO PADROEIRO ÀS 12h Paróquia São Judas Tadeu Rua Sérgio João Pereira, 108 Tel: (21) 2761-0501

Heliópolis - Belford Roxo - RJ

allace uedes

9297-9458


Caminhando Outubro 2012