Issuu on Google+

Estudo

FUTEBOL E OS TORCEDORES NA ERA DAS Mテ好IAS SOCIAIS


Índice

Introdução.......................................................................03 A aposentadoria de Ronaldo...........................................05 O retorno ao futebol.........................................................09 Torcida e torcedores........................................................10 Marcas, esporte e mídias sociais....................................14 Comentários....................................................................17 Metodologia....................................................................18 Ficha técnica...................................................................19

2


FUTEBOL E OS TORCEDORES NA ERA DAS MÍDIAS SOCIAIS

O futebol e a paixão dos torcedores são coisas difíceis de serem encaradas separadamente no Brasil. Como afirma a frase que ganhou fama com o jornalista Juca Kfouri, mas que é de autoria do antropólogo Gabriel Cohn, ―sociólogo no Brasil que não tiver os fundilhos das calças puídas pelas arquibancadas não entenderá este país‖. E, em muitos momentos, o comportamento da população brasileira está diretamente ligado à importância que damos ao esporte por aqui.

3


Durante o período de 11 a 15 de fevereiro, a MITI Inteligência monitorou o nome dos principais clubes do futebol nacional (série A / campeonato brasileiro / 2011) nas mídias sociais para mensurar o buzz que o universo futebolístico causa. Confira uma tabela com o ranking dos clubes a partir do número de citações: Posição

Clube

Citações

Corinthians

25240

Flamengo

12806

Vasco

11965

Palmeiras

8929

Botafogo

7939

Santos

6548

Grêmio

6145

São Paulo

5850

Cruzeiro

5650

10°

Fluminense

5308

11°

Internacional

3346

12°

Atlético MG

2303

13°

Avaí

2214

14°

Coritiba

2175

15°

Bahia

1945

16°

Figueirense

1551

17°

Atlético PR

1321

18°

Ceará

582

19°

Atlético GO

351

20°

América MG

38

Entre as demonstrações de amor pelos times, os torcedores pintam suas caras, levam bandeiras, cantam hinos compostos para motivar os jogadores e compram tudo que estiver relacionado ao brasão do clube — de caneca a camisa oficial — sem medir os custos. Até aí, tudo bem. Os problemas residem quando o limite da paixão é excedido e adentra a inconsequência do fanatismo. Temos, somente na última década, dezenas de casos — alguns trágicos, outros ainda mais — relacionados ao excesso de alguns torcedores e, até então, faltam leis específicas para controlar e inibir essas ações. Seja pela revolta de uma derrota ou pela irracional rivalidade entre os times, presenciamos destruição de estádios, tumultos, brigas e até a perda da vida de inocentes nos cenários de guerra que rondam os estádios em dias de jogos. As torcidas organizadas tiveram e têm papel fundamental nesses ocorridos e nisso reside uma explicação lógica: o fervor e a idolatria que seus integrantes têm por tudo relacionado ao universo do time que torcem, defendendo suas convicções com unhas e dentes, literalmente. 4


Recentemente, um caso que ganhou repercussão na mídia foi do protesto da torcida do Corinthians no qual o ônibus pertencente ao clube foi apedrejado. Indignados com a eliminação do clube na Pré-libertadores, mais de 300 torcedores compareceram às portas do CT do clube para contestar a má fase do clube, cobrando principalmente o dirigente Andrés Sanchez e o até então atacante Ronaldo Fenômeno.

A aposentadoria precoce de Ronaldo

Esse embate, travado dentro e fora do campo, também teve um destaque extra no Twitter. Ronaldo rebateu muitas acusações através do seu perfil @ClaroRonaldo, além de ter utilizado a conta para desabafar algumas mágoas. Apesar de ter declarado que estava pronto para voltar a treinar no dia 08/02, Ronaldo surpreendeu a todos ao anunciar, no dia 13/02, que iria se aposentar. O fenômeno falou em rede nacional durante o programa Fantástico e realizou um pronunciamento oficial para a imprensa no dia seguinte, na hora do almoço: ―'É muito duro abandonar algo que nos faz tão feliz. Mentalmente eu poderia seguir, mas eu tenho que assumir algumas derrotas. Eu perdi para o meu corpo. Esse é o momento.‖ — disse o craque em meio a muitas lágrimas. Observe agora um gráfico de repercussão por dia, em um recorte com as quatro principais equipes do estado de São Paulo: 5


Interações por palavras-chave por período - plataforma postX Corinthians

Palmeiras

Santos

São Paulo

6928

5791

4327

4202

4172 2534 1742 1325 1216

1982 1501 1066 925

845

11/fev

12/fev

13/fev

2016 1325 1323

1346

1216

965

14/fev

15/fev

Sem nenhuma surpresa, o Corinthians foi o time mais comentado durante todo período. Todas as polêmicas que cercaram os jogadores, principalmente Ronaldo Fenômeno e Roberto Carlos, assim como a diretoria trouxeram uma avalanche de manifestações de torcedores e opressores do timão.

Mesmo somando-se o boca a boca dos outros três grandes times do estado de São Paulo, tivemos uma repercussão total menor do que a do Corinthians.

O ídolo pentacampeão brasileiro Roberto Carlos deixou o Pacaembu e foi para o futebol russo, sendo alvo dos comentários da sexta, dia 11/02.

Contudo, as homenagens e lembranças a Ronaldo devido à sua atuação no Corinthians fizeram com que o clube fosse bastante mencionado ao longo do dia 14/02. A nova vitória e a manutenção da liderança do paulistão conquistada pelo arquirrival Palmeiras foram ofuscadas — pelo menos no buzz online — pelas reviravoltas corintianas.

6


Como exemplo comparativo, veja o panorama do futebol carioca também através dos quatro times mais tradicionais:

Interações por palavras-chave por período - plataforma postX

Vasco

Fluminense

Flamengo

Botafogo

3751 3286

3454

2425 2114

2332

1999 1647 1287 1058

2739 2167

1555

1741 1355

1170

1225 1188 850

675

11/fev

12/fev

13/fev

14/fev

15/fev

Diferente do paulista, a rodada como um todo foi mais comentada, com ápice no domingo. A goleada de 9 a 0 que o Vasco aplicou no América-RJ fez com que o clube permanecesse como o mais citado do final de semana. Mesmo com uma atuação pouco expressiva durante a primeira fase, os torcedores encararam a goleada como um sopro de renovação para os atletas.

Devido aos jogos com placares menos expressivos, a classificação já garantida do Fluminense, Botafogo e Flamengo tiveram uma projeção similar de citações durante a rodada.

O Flamengo voltou a ser o mais citado na segunda-feira, 14/02 relacionando à aposentadoria de Ronaldo. Vários torcedores se manifestaram nas redes pelo fato de o craque ter se esquecido de agradecer à assistência que o clube carioca deu em sua recuperação quando voltou ao Brasil.

7


Veja abaixo alguns exemplos de interações relacionando o fato:

Neste misto de torcedores, um episódio que chamou a atenção durante o estudo e mobilizou tanto a torcida paulista e carioca foi o da “Taça das Bolinhas”. Trata-se de uma taça criada em 1975, que deveria ser entregue ao primeiro pentacampeão brasileiro ou ao clube que conquistasse o Brasileirão por três vezes de forma consecutiva. Embora o Flamengo tenha lutado para conseguir a taça, os problemas com a validade do título de 1987 fizeram com que a CBF considerasse o São Paulo o primeiro pentacampeão brasileiro. Dessa forma, o troféu foi para o time da capital paulista. Acompanhe abaixo os dados (envolvendo os quatro grandes paulistas e os quatro grandes cariocas) divididos por mídia social.

8


Interações por mídias sociais - plataforma postX Twitter

Facebook

Blog

3,68%

Youtube

Fórum

1,01%

8,70%

31,63%

54,98%

Assim como em vários outros monitoramentos de diversas áreas diferentes, o Twitter foi responsável pela maior fatia de posts. Porém, o que chama a atenção é a evolução do Facebook para este tema, que obteve mais da metade dos comentários do Twitter no período. A rede de Zuckerberg já ultrapassou 12 milhões de usuários e segue crescendo em ritmo acelerado.

Percebemos acima uma quantidade razoável de conteúdo em blogs, com mais de 5.000 posts/comentários. A presença de vídeos no Youtube também é forte, com mais de 800 postagens sobre os clubes, uma média de mais de 150 por dia, incluindo principalmente gols e melhores momentos de partidas.

O retorno dos craques ao futebol nacional

Não há como falar de futebol e grandes clubes e não mencionar os craques ou ainda suas escolhas. Mesmo com o desempenho razoável nas últimas duas Copas do Mundo e a perda do 1º lugar no ranking da FIFA, a seleção brasileira continua sendo referência no mundo do futebol. Apesar das estrelas de salários milionários estarem, em sua maioria, jogando em clubes de países europeus, todos têm algo em comum: o início da carreira e a revelação em clubes nacionais. 9


Entretanto, uma tendência resgatada nos últimos anos é o processo inverso, ou seja, do retorno de jogadores já consagrados no exterior a clubes brasileiros. Ronaldo chegou no final de 2008 ao Corinthians, depois de passar por uma breve fase de treinos no Flamengo. Irritados com a ―troca‖ que o Fenômeno fez — do Rio de Janeiro para São Paulo —, os torcedores rubro-negros celebraram, no meio do ano seguinte, a chegada de Adriano, jogador que foi um dos principais pivôs da conquista do campeonato brasileiro em 2009. Seguindo a receita, o Santos acertou com Robinho por meia temporada em 2010 e o Corinthians trouxe o reforço de Roberto Carlos para acompanhar Ronaldo no mesmo ano. Por fim, Ronaldinho Gaúcho foi recepcionado por 40.000 flamenguistas na Gávea em janeiro de 2011 e, de maneira mais tímida, Rivaldo chegou ao São Paulo na mesma época. Confira a tabela abaixo: JOGADOR

CLUBE

ENTRADA

SAÍDA

TEMPO

JOGOS

GOLS

TÍTULOS

Ronaldo

Corinthians

dez/08

fev/11

26 meses

69

35

Paulista/2009 e Copa do Brasil/2009

Adriano

Flamengo

mai/09

mai/10

12 meses

47

34

Brasileiro/2009

Robinho

Santos

fev/10

ago/10

6 meses

31

13

Paulista/2010 e Copa do Brasil/2010

R. Carlos

Corinthians

jan/10

fev/11

13 meses

64

5

Nenhum

R. Gaúcho

Flamengo

jan/11

-

-

-

-

-

Rivaldo

São Paulo

jan/11

-

-

-

-

-

A vinda de jogadores consagrados em final de carreira para o Brasil é algo delicado, uma vez que a cobrança da torcida é muito maior e nem sempre os atletas conseguem manter o desempenho vivenciado em seus tempos áureos. Porém, dos atletas citados acima — com exceção de Ronaldinho Gaúcho e Rivaldo, que retornaram há pouco —, todos viveram bons momentos com a conquista de títulos. Roberto Carlos, mesmo não ganhando qualquer campeonato com o clube, foi considerado o melhor lateral esquerdo do brasileirão de 2010. Mas, ao que tudo indica, o principal motivo de saída do craque do futebol nacional foi o descontentamento com a torcida.

Torcida e torcedores Em busca de entender de maneira mais aprofundada como o torcedor se comporta nas mídias sociais, rastreamos as torcidas dos quatro maiores clubes do Brasil, de acordo com dados do DataFolha e IBOPE. Através dos clubes Corinthians, Flamengo, São Paulo e Palmeiras filtramos apenas conteúdo que envolve os termos “torcida”, “torcer”, “torcidas”, “torce”, “torço”, “torcemos” e “torcendo” e obtivemos o seguinte resultado: 10


Interações por palavras-chave - plataforma postX São Paulo

Corinthians

Palmeiras

Flamengo

831

433

398 373

269

264 153 105

89 49

11/fev

141 140 139

13/fev

233

124 101 68

52

12/fev

232

14/fev

54

15/fev

As interações envolvendo as torcidas representaram pouco menos de 10% de todo o conteúdo monitorado.

O time menos citado com esses filtros foi o Palmeiras com menos de 500 citações no período. O São Paulo teve mais de 600 interações relacionando a torcida e o Flamengo 848.

O time mais citado foi o Corinthians, com 2.299 citações envolvendo os torcedores.

O motivo foi como mostra a curva do gráfico, a repercussão sobre as ações de revolta da torcida corintiana e o encerramento da carreira do Fenômeno.

11


Confira abaixo os assuntos mais comentados através de uma categorização proporcionada pela plataforma postX:

Interações por categoria - plataforma postX

Citação

2,77%

Briga/Agressão

2,55%

Premiação

2,34%

Notícia

9,15%

Ronaldo

40,64%

Torcida

27,87%

Partida

9,79%

Jogadores Diretoria

4,26% 0,64%

O gráfico ilustra claramente que grande parte do buzz circulou em torno de Ronaldo, conforme a categoria atribuída.

Os demais assuntos foram periféricos, inclusive as ocorrências relacionando as agressões da torcida corintiana na semana anterior.

A categoria Torcida foi a segunda mais presente no conteúdo avaliado e Diretoria foi a menos citada.

12


Abaixo seguem alguns exemplos de citações do período, separados por cada torcida:

Essa ―rivalidade‖ das torcidas até sobre o tema, acabou gerando uma percepção diferente da saída do craque dos gramados. Em seguida, temos um gráfico mostrando o teor geral — englobando todas as torcidas — dos comentários acerca de Ronaldo:

13


Tonalidade das interações - categoria “Ronaldo”- plataforma postX Neutro

Positivo

Negativo

Negativo

Positivo

25,13%

16,75%

Neutro

58,12%

Marcas, esporte e mídias sociais Conhecido como um dos maiores fenômenos publicitários, Ronaldo mobilizou também seus patrocinadores. A ―Nike Futebol‖ é apontada como a página brasileira no Facebook que tem o maior número de fãs (quase 250.000). Homenageando o atacante, a marca colocou a tag #prasemprefenomeno nos Trending Topics mundiais e engajou mais de 5.000 fãs que curtiram as publicações de fotos do craque em uma página do Flickr. Fora, claro, uma camiseta especial com a hashtag que foi dada a Ronaldo.

14


A marca Claro também aproveitou a oportunidade para reverenciar Ronaldo, que possui mais de 1,2 milhões de seguidores junto ao perfil @ClaroRonaldo. Dentre os patrocinadores, apenas a Neo Química Genéricos e a Hypermarcas (detentora do Avanço) não se manifestaram expressivamente no meio online em relação à aposentadoria do craque.

O que mudou com as redes sociais? Ultimamente, os contratos dos jogadores de alto custo sempre envolvem acordos publicitários e patrocínios. Tanto que, graças a Ronaldo, o Corinthians alcançou o patamar do time com a quarta maior receita de patrocínio do mundo. As expectativas, no entanto, são de continuar lucrando com o craque até pelo menos junho/2011, já que existirá uma despedida e o clube permanecerá com uma exposição mais intensa. A realidade das mídias sociais traz o famoso papo do boteco ou do intervalo do trabalho para o meio online — isso explica porque a torcida vibra, comemora e extravasa o tempo todo em relação a seus times. A diferença é que os astros também estão lá e, de certa maneira, estão mais próximos das pessoas comuns, comentando seu dia a dia em 140 caracteres.

15


Veja a lista dos brasileiros famosos do futebol mais seguidos no Twitter: PERSONALIDADE

PERFIL

SEGUIDORES

Kaká

twitter.com/kaka

2.796.000

Mano Menezes

twitter.com/manomenezes

1.760.000

Ronaldo

twitter.com/claroronaldo

1.242.000

Ronaldinho Gaúcho

twitter.com/10ronaldinho

992.000

Neymar

twitter.com/njr92

651.000

*dados de 15/02/2010.

Segundo a revista Exame, Ronaldo conseguiu ser o jogador nacional que mais atrai mídia criando um contato direto e muito próximo com os fãs, principalmente em redes sociais como Twitter, Facebook e Youtube. É pelo Twitter e por vídeos no Youtube que se disseminam algumas das principais ações que o jogador protagoniza para a Claro, por exemplo. Ronaldinho Gaúcho tem tudo para estender sua base de fãs e seguidores no Brasil durante seu contrato com o Flamengo (que vai até 2014), a maior torcida do Brasil. Uma grande diferença é que o Twitter do atacante é mantido por uma assessoria de imprensa, ou seja, sem a participação ativa do jogador — o que pode criar uma distância entre a personalidade e o público. Agora nos resta esperar para saber se um contrato mais longo e um momento mais favorável na carreira, já que Ronaldinho tem boas chances de jogar a Copa de 2014, serão suficientes para justificar o alto investimento e o salário mais alto do futebol brasileiro. O craque Neymar, recém-campeão do torneio sub-20 pela seleção brasileira, é outro jogador na mira dos patrocinadores. Com carisma e gênio forte, o jovem cria uma identificação com o brasileiro e já estrelou algumas campanhas, como Seara e Nike. Sua permanência no Santos manteve-se graças às novas parcerias em 2011, como Nextel, Red Bull e iG. Especula-se, entretanto, que o jogador estaria fechando com a 9ine, empresa especializada em marketing esportivo criada pelo fenômeno Ronaldo. A agência do ex-atacante estreou com o astro de MMA Anderson Silva e busca novos expoentes do esporte a fim de transformá-los em sucessos absolutos de marketing – algo que o know-how de Ronaldo pode ajudar muito.

16


O clube dos 13 fixou a venda dos direitos de transmissão dos jogos em TV aberta em R$ 500 milhões para o campeonato brasileiro, durante o triênio 2012-2014. Só para se ter uma ideia da evolução, o campeonato brasileiro de 1995, isolado, teve seus direitos de transmissão vendidos por apenas R$ 10 milhões na época. É claro que a crescente profissionalização do mercado nacional de futebol e jogadores que chamam a atenção do público ajudam a aumentar esse orçamento. Os bastidores do mundo dos esportes acontecem de maneira rápida e, hoje em dia, qualquer grande transmissão também é comentada em tempo real via Twitter e Facebook. Dentro do universo que envolve um clube, desde o presidente até jogadores e comissão técnica podem ter suas imagens arranhadas através da repercussão e disseminação de fatos e notícias — sejam eles meros boatos ou verdadeiras.

Comentários sobre a plataforma - postX Através do monitoramento do postX foi possível verificar qual a posição ocupada pelas mídias sociais na hora do público se reportar sobre o futebol nacional. Após a captura das palavras-chave relacionadas, pudemos ter acesso a um conteúdo filtrado e relevante para saber o que o brasileiro pensa sobre o tema e seu sentimento sobre os assuntos mais comentados do período. As avaliações e categorizações possibilitadas pela plataforma ajudaram a embasar e aprofundar considerações no estudo.

Aplicabilidade do Estudo A velocidade com que as informações são disseminadas na rede é surpreendente e assim também é a capacidade de mobilização da população perante alguns fatos. O monitoramento, além de filtrar informações relevantes de maneira funcional, possibilita um acompanhamento contínuo do feedback, mensuração da resposta da população e capacidade de tomar atitudes de maneira mais ágil e assertiva.

17


Metodologia As mídias sociais representam uma área movimentada para qualquer debate, principalmente quando se fala em questões do esporte mais popular do planeta. Para analisar o buzz gerado pelo internauta, realizamos um monitoramento de 5 dias nas mídias sociais envolvendo as palavras-chave de referência. Utilizando a plataforma postX como ferramenta de rastreamento, conseguimos uma cobertura do Twitter, Facebook, YouTube, Blogs, Fóruns e Sites de Reclamação. Os dados coletados para este estudo de apresentação são quantitativos e qualitativos, a partir de uma amostragem de 11% do conteúdo filtrado (capturado com assuntos referentes a torcidas) para categorização e 4,5% para a tonalização exclusiva da categoria ―Ronaldo‖, revelando em números o quanto as palavras-chave analisadas tiveram repercussão nas mídias sociais.

18


Ficha Técnica Plataforma postX: Período monitorado: 11/02/2011 a 15/02/2011. Total de interações: 112.206. Interações por palavra-chave: 

Corinthians: 25.240

Flamengo: 12.806

Vasco: 11.965

Palmeiras: 8.929

Botafogo: 7.939

Santos: 6.548

Grêmio: 6.145

Sâo Paulo: 5.850

Cruzeiro: 5.650

Fluminense: 5.308

Internacional: 3.346

Atlético MG: 2.303

Avaí: 2.214

Coritiba: 2.175

Bahia: 1.945

Figueirense: 1.551

Atlético PR: 1.321

Ceará: 582

Atlético GO: 351

América MG: 38

19


Total com filtros aplicados para torcidas: 4.248. Filtros aplicados: ―torcida‖, ―torcer‖, ―torcidas‖, ―torce‖, ―torço‖, ―torcemos‖ e ―torcendo‖. Total filtrado por palavra-chave: 

Corinthians: 2.299

Flamengo: 848

São Paulo: 629

Palmeiras: 472

Esse estudo foi desenvolvido pela MITI Inteligência. Acesse nosso site: HTTP://miti.com.br Siga-nos no Twitter: HTTP://twitter.com/fontemiti 20


ESTUDO: FUTEBOL E OS TORCEDORES NA ERA DAS MÍDIAS SOCIAIS