Issuu on Google+

Papa Francisco I

Diรกrio Espiritual Abril 2013


Mensagem da Rainha da Paz (Medjugorie) “Queridos filhos, hoje também os convido à oração. O pecado atrai vocês para as coisas terrenas, mas eu vim para guiá-los rumo à santidade e rumo às coisas de Deus, enquanto vocês lutam e gastam suas energias na luta entre o bem e o mal que está dentro de vocês. Por isso, meus filhos, rezem, rezem para que a oração se torne alegria para vocês e a sua vida se tornará um simples caminho rumo a Deus. Obrigado por terem respondido ao meu chamado.” (25 fevereiro 2013)

“Queridos filhos, hoje os convido a se abrirem à oração. Meus filhos, vocês vivem um tempo em que Deus concede graças, mas vocês não sabem como aproveitar. Vocês estão se preocupando com tudo, menos com sua alma e sua vida espiritual. Acordem-se desse mundo cansado, do sono cansado da sua alma e digam sim a Deus com toda sua força! Decidam-se para a santidade e a conversão! Queridos filhos, estou com vocês e os convido à perfeição e à santidade de sua alma e de tudo o que vocês fazem. Obrigado por ter respondido ao meu chamado” (A Ivan, 4 março 2013)

2

"


"Ah, como queria uma Igreja pobre, para os pobres!"

Aparecendo ao mundo, pela primeira vez, uma hora depois de ser eleito, Papa Francisco I quis ter ao seu lado o nosso querido Cardeal Hummes, seu grande amigo pessoal, e no discurso aos jornalistas explicou, de maneira humana e simpática, o motivo da escolha do nome “Francisco” “Eu vou contar a vocês a história (do nome Francisco). Durante a eleição, eu tinha ao meu lado o Arcebispo Emérito de São Paulo e Prefeito Emérito da Congregação para o Clero, Cardeal Hummes, um grande amigo. Quando a coisa estava se tornando perigosa, ele me confortava. Quando os votos subiram aos dois terços, veio a salva de palmas, normal porque o Papa foi eleito, e ele me abraçou, me beijou e me disse: ‘Não se esqueça dos pobres!’ Aquela palavra entrou aqui (coloca o dedo na testa): ‘os pobres, os pobres…’ Depois, logo, em relação aos pobres, pensei em Francisco de Assis. Depois pensei nas guerras, enquanto o escrutínio prosseguia até o final dos votos. E Francisco é o homem da paz. Assim veio o nome ao meu coração. Francisco de Assis é, para mim, o homem da pobreza, o homem da paz, o homem que ama e guarda a criação. O homem que nos dá esse espírito de paz, o homem pobre. Ah como queria uma Igreja pobre, para os pobres!”

3


Vida do Papa Francisco •

• •

4

Nasceu em Buenos Aires (Argentina), em uma família de origem italiana (do Piemonte, norte da Itália, a mesma região de Don Bosco) em 17 de dezembro de 1936. É um dos cinco filhos de Mario José, funcionário das linhas de trem e de Regina Maria Sivori, uma mulher do lar, com sangue do Piemonte da de Genova. Com 21 anos sofreu uma grave pneumonia, foi operado e tiraramlhe a parte superior do pulmão direito (por esse problema físico não entrava na lista dos “papáveis”). Formou-se em Química na Universidade de Buenos Aires. Nesse tempo teve também uma namorada, antes de entrar no Seminário, segundo ele mesmo contou («Era del gruppo di amici con i quali andavamo a ballare. Poi ho scoperto la vocazione religiosa." In Estratto da el gesuita, Francesca Ambrogetti e Sergio Rubin, Javier Vergara Editor 2010). Em 11 março do 1958, com 22 anos, entrou no noviciado da Companhia de Jesus (Jesuítas), passando um tempo no Chile. Depois voltou para Buenos Aires para se formar em Filosofia (1964). Em seguida, por três anos, ensinou Literatura e Psicologia na capital. É ordenado padre em 13 de dezembro de 1969.


• •

• • A frase do lema é de Beda, o Venerável e seu significado é “Jesus o olhou com misericórdia e o escolheu” (falando de São Mateus que estava sentado no banco dos cobradores de impostos junto aos “pecadores”).

• •

De 1973 a 1979 foi Superior Provincial da Argentina e Reitor da Faculdade de Teologia e Filosofia. Em 22 de abril de 1973 fez sua Profissão Perpétua. Em 1979 participou de Puebla (III Conferência Geral do Episcopado Latino-Americano). Em 1986 se transfere para a Alemanha, para o doutorado. Em 1992, é nomeado Bispo Auxiliar de Buenos Aires por João Paulo II. Em 28 de fevereiro de 1998, se torna Arcebispo de Buenos Aires. Em 21 de fevereiro de 2001, João Paulo II o nomeia Cardeal.

Eis as primeiras palavras pronunciadas pelo nosso Papa Francisco Irmãos e irmãs, boa-noite! Vós sabeis que o dever do Conclave era dar um Bispo a Roma. Parece que os meus irmãos Cardeais foram buscá-lo quase no fim do mundo… Eis-me aqui! Agradeço-vos o acolhimento: a comunidade diocesana de Roma tem o seu Bispo. Obrigado! E, antes de mais nada, quero fazer uma oração pelo nosso Bispo Emérito, Bento XVI. Rezemos todos juntos por ele, para que o Senhor o abençoe e Nossa Senhora o guarde (Pai Nosso, Ave Maria, Glória). E agora iniciamos este caminho, Bispo e povo... este caminho da Igreja de Roma, que é aquela que preside a todas as Igrejas na caridade. Um caminho de fraternidade, de amor, de confiança entre nós. Rezemos sempre uns pelos outros. Rezemos por todo o mundo, para que haja uma grande fraternidade. Espero que este caminho de Igreja, que hoje começamos e no qual me ajudará o meu Cardeal Vigário, aqui presente, seja frutuoso para a evangelização desta cidade tão bela! E agora quero dar a bênção, mas, antes, peço-vos um favor: antes de o Bispo abençoar o povo, peço-vos que rezeis ao Senhor para que me abençoe a mim; é a oração do povo, pedindo a bênção para o seu Bispo. Façamos, em silêncio, esta oração vossa por mim. […] Agora, dar-vos-ei a b ênção, a vós e a todo o mundo, a todos os homens e mulheres de boa vontade. [Bênção] Irmãos e irmãs, tenho de vos deixar. Muito obrigado pelo acolhimento! Rezai por mim e até breve! Ver-nos-emos em breve: amanhã quero ir rezar aos pés de Nossa Senhora, para que guarde Roma inteira. Boa noite e bom descanso!

5


Homilia da S. Missa com os Cardeais “Vejo que estas três leituras têm algo em comum: é o movimento. Na primeira leitura, o movimento no caminho; na segunda, o movimento na edificação da Igreja; na terceira, no Evangelho, o movimento na confissão. Caminhar, edificar, confessar. Caminhar. “Vinde, Casa de Jacó! Caminhemos à luz do Senhor” (Is 2, 5). Tratase da primeira coisa que Deus disse a Abraão: caminha na minha presença e sê irrepreensível. Caminhar: a nossa vida é um caminho e, quando nos detemos, está errado. Caminhar sempre, na presença do Senhor, à luz do Senhor, procurando viver com aquela irrepreensibilidade que Deus pedia a Abraão, na sua promessa. Edificar. Edificar a Igreja. Fala-se de pedras: as pedras têm consistência; mas pedras vivas, pedras ungidas pelo Espírito Santo. Edificar a Igreja, a Esposa de Cristo, sobre aquela pedra angular que é o próprio Senhor. Aqui temos outro movimento da nossa vida: edificar. Terceiro, confessar. Podemos caminhar o que quisermos, podemos edificar um monte de coisas, mas se não confessarmos Jesus Cristo, está errado. Tornar-nos-emos uma ONG sócio-caritativa, mas não a Igreja, Esposa do Senhor. Quando não se caminha, ficamos parados. Quando não se edifica sobre as pedras, que acontece? Acontece o mesmo que às crianças na praia quando fazem castelos de areia: tudo se desmorona, não tem consistência. Quando não se confessa Jesus Cristo, faz-me pensar nesta frase de Léon Bloy: “Quem não reza ao Senhor, reza ao diabo”. Quando não se confessa Jesus Cristo, se confessa o mundanismo do diabo, o mundanismo do demônio. Caminhar, edificar-construir, confessar. A realidade, porém, não é tão fácil, porque, às vezes, quando se caminha, constrói ou confessa, sentem-se abalos, há movimentos que não são os movimentos próprios do caminho, mas movimentos que nos puxam para trás. Este Evangelho continua com uma situação especial. O próprio Pedro, que confessou Jesus Cristo com estas palavras: Tu és Cristo, o Filho de Deus vivo, diz-lhe: Eu sigo-Te, mas de cruz não se fala. Isso não vem a propósito.

6


Sigo-Te com outras possibilidades, sem a cruz. Quando caminhamos sem a cruz, edificamos sem a cruz ou confessamos um Cristo sem cruz, não somos discípulos do Senhor: somos mundanos, somos bispos, padres, cardeais, papas, mas não discípulos do Senhor. Eu queria que, depois destes dias de graça, todos nós tivéssemos a coragem, sim a coragem, de caminhar na presença do Senhor, com a cruz do Senhor; de edificar a Igreja sobre o sangue do Senhor, que é derramado na cruz; e de confessar como nossa única glória o Cristo Crucificado. E, assim a Igreja vai para diante. Faço votos de que, pela intercessão de Maria, nossa Mãe, o Espírito Santo conceda a todos nós esta graça: caminhar, edificar, confessar Jesus Cristo Crucificado. Assim seja.”

Primeiro "Angelus" do Papa Francisco Irmãos e irmãs, bom dia! Nesses dias, pude ler um livro de um Cardeal, o Cardeal Kasper, um teólogo capaz, um bom teólogo, sobre a misericórdia e me fez muito bem, aquele livro, mas não pensem que estou fazendo propaganda aos meus Cardeais! Não é assim, mas me fez muito bem... O Cardeal Kasper dizia que a palavra “misericórdia” muda tudo. É o melhor que nós possamos sentir: muda o mundo. É bonito... Lembro, logo que fui ordenado Bispo em 1992, chegou a Buenos Aires Nossa

7


Senhora de Fátima e teve uma grande Missa para os doentes. Eu fui confessar naquela Missa. Quase no final, levantei-me porque devia administrar a Crisma, mas veio até mim uma mulher anciã humilde, muito humilde, que tinha passado os 80. Eu olhei para ela e disse: “Nona”, porque é assim que na Argentina se chamam os anciões: -Nona, a senhora precisa confessar? -Sim... -Mas se a senhora não tem pecados... -Todos temos pecados - disse-me ela. -O Senhor perdoa tudo - falou-me segura. - Mas como a senhora sabe?! -Se o Senhor não perdoasse tudo, o mundo não existiria. Eu senti uma vontade de perguntar-lhe: “Fale para mim, a senhora estudou na Gregoriana?” Porque aquela é a sabedoria que o Espírito Santo dá, a sabedoria interior rumo à misericórdia de Deus. Não esqueçamos essa palavra: “Deus nunca cansa de perdoar-nos, nunca! -Eh padre... -Qual é o problema? -Eh, o problema é que a gente cansa de pedir perdão. A gente não quer e se cansa de pedir perdão. Ele nunca se cansa de perdoar, mas nós, às vezes, cansamos de pedir perdão! Nunca cansemos, nunca cansemos! Ele é o Pai amoroso que sempre perdoa e que tem no coração a misericórdia para todos nós. Agora rezemos todos o Angelus”.

8


SANTA MISSA DO INÍCIO DO SEU MINISTÉRIO (Festa de São José) Queridos irmãos e irmãs! Ouvimos ler, no Evangelho, que «José fez como lhe ordenou o anjo do Senhor e recebeu sua esposa» (Mt 1, 24). Nestas palavras, encerra-se já a missão que Deus confia a José: ser custos, guardião. Guardião de quem? De Maria e de Jesus, mas é uma guarda que depois se alarga à Igreja, como sublinhou o Beato João Paulo II: «São José, assim como cuidou com amor de Maria e se dedicou com empenho jubiloso à educação de Jesus Cristo, assim também guarda e protege o seu Corpo místico, a Igreja, da qual a Virgem Santíssima é figura e modelo» (Exort. ap.Redemptoris Custos, 1). Como realiza José esta guarda? Com discrição, com humildade, no silêncio, mas com uma presença constante e u ma fidelidade total, mesmo quando não consegue entender. Desde o casamento com Maria até ao episódio de Jesus, aos doze anos, no templo de Jerusalém, acompanha com solicitude e amor cada momento. Permanece ao lado de Maria, sua esposa, tanto nos momentos serenos como nos momentos difíceis da vida, na ida a Belém para o recenseamento e nas horas ansiosas e felizes do parto; no momento dramático da fuga para o Egipto e na busca preocupada do filho no templo; e depois na vida quotidiana da casa de Nazaré, na carpintaria onde ensinou o ofício a Jesus... A propósito, deixai-me acrescentar mais uma observação: cuidar, guardar requer bondade, requer ser praticado com ternura. Nos Evangelhos, São José aparece como um homem forte, corajoso, trabalhador, mas, no seu íntimo, sobressai uma grande ternura, que não é a virtude dos fracos, antes pelo contrário denota fortaleza de ânimo e capacidade de solicitude, de compaixão, de verdadeira abertura ao outro, de amor. Não devemos ter medo da bondade, da ternura! Na segunda Leitura, São Paulo fala de Abraão, que acreditou «com uma esperança, para além do que se podia esperar» (Rm 4, 18). Com uma esperança, para além do que se podia esperar! Também hoje, perante tantos pedaços de céu cinzento, há necessidade de ver a luz da esperança e de darmos nós mesmos esperança. Guardar a criação, cada homem e cada mulher, com um olhar de ternura e amor, é abrir o horizonte da esperança, é abrir um rasgo de luz no meio de tantas nuvens, é levar o calor da esperança! E, para o crente, para nós cristãos, como Abraão, como São José, a esperança que levamos tem o horizonte de Deus que nos foi aberto em Cristo, está fundada sobre a rocha que é Deus. Guardar Jesus com Maria, guardar a criação inteira, guardar toda a pessoa, especialmente a mais pobre, guardarmo-nos a nós mesmos: eis um serviço que o Bispo de Roma está chamado a cumprir, mas para o qual todos nós estamos chamados, fazendo resplandecer a estrela da esperança: Guardemos com amor aquilo que Deus nos deu! Peço a intercessão da Virgem Maria, de São José, de São Pedro e São Paulo, de São Francisco, para que o Espírito Santo acompanhe o meu ministério, e, a todos vós, digo: rezai por mim! Amen.

9


Seu filho é incompatível com a vida, mas vive! A história de Luciano, que se restaurou nas nossas casas, e de sua esposa Márcia. Contra o parecer dos médicos, que queriam o aborto, decidiram acolher seu bebê que nascia com uma gravíssima malformação no cérebro.

“...O médico queria fazer um documento p’ra gente ir à Justiça pedir um aborto. Mas decidimos que de jeito nenhum faríamos isso! Assim caminhamos firmes até o dia do nascimento!” Eu, Luciano, conheci a Missão Belém há seis ou sete anos atrás. Nunca fui um cara de balada, de passar a noite toda em festa, porém usei droga. Infelizmente, com 11 anos, experimentei cocaína, e gostei; tinha fácil acesso onde eu morava. Fui usando, usando e acabei me viciando já na minha infância.

10


Houve uma época em que participei de um retiro, fui meio enganado, mas comecei a caminhar com Deus, na Igreja, a trabalhar e a estudar. Esta experiência com Deus me ajudou a ficar quase cinco anos limpo. Quanto parei de caminhar na Igreja, veio meu primeiro tombo. Voltei para a minha vida antiga. Um dia, uma pessoa me chamou p’ra ir a um rodízio. Cheguei lá, o pessoal estava tomando cerveja. Para não ser diferente, tomei uma sem álcool... Dessa cerveja sem álcool… eu saí dali muito mal, peguei uns “papelotes”, e voltei à minha vida de antes, voltei p’ra droga. Foi muito pior, porque parecia que eu estava descontando todos os anos sem droga. Um dia, sofri um acidente, quebrei o tornozelo e fiquei bastante machucado. Fui parar no hospital, acabei numa cadeira de rodas e minha família, apesar de tudo, cuidou de mim. Assim, bloqueado, voltei para o grupo de Oração e novamente encontrei força. Devido à situação, consegui sair das drogas. Porém, quando fiquei bom, tive outra queda. Nesse mundo de loucuras, aconteceu que perdi um amigo. Mataram ele e botaram fogo no corpo. Era amigo desde pequeno, fomos criados juntos. Aí me revoltei e tudo começou de novo, até acabei adquirindo outro vício, o jogo. Queria matar aqueles que fizeram isso com o meu amigo. Ainda conseguia trabalhar, mas tudo que eu ganhava não dava, porque pegava e gastava em droga e em jogo. Isso foi saturando e acabei tendo um começo de parada cardíaca. Foi quando meu pai e minha mãe me levaram p’ro CAPS. Fiquei internado um tempo, depois voltei e comecei a ir ao grupo terapêutico. Nesse grupo, acabei conhecendo a Márcia. A gente começou a namorar e pensei: “agora salvei a minha vida, acabaram todos os meus problemas”. Mas não foi assim: mesmo sendo em dois, caímos juntos, perdemos o respeito um pelo outro e começamos a usar droga juntos, até a brigar por causa de droga! Ela acabou engravidando do Pedro Tomé, que é nosso primeiro filho e, pela graça de Deus, ela parou, mas eu continuei e acabei… acabei comigo mesmo e com as pessoas que estão em volta, com mulher, com filho, com mãe, com pai, não ligava p’ra nada, perdi a sensibilidade do que é certo e do que é errado. Era uma briga contínua. Nesse tempo, Márcia abortou (tinha engravidado do nosso segundo filho, mas com sete semanas abortou). Eu perdi a cabeça! Peguei um dinheiro e fui p’ro Rio de Janeiro. Sumi de casa só com o tênis, a bermuda e uma camisa. Nesse tempo no Rio, dormi na rua, virei um morador de rua mesmo, me larguei. Um dia, decidi voltar e em São José dos Campos, na praça, limpo, falei com Deus e disse: “Deus, eu não posso morrer assim, não é possível... me ajuda!” Aí, pensei no Robson, na Mirna (que são meus amigos missionários), pensei no primeiro retiro que eu tinha feito. Voltei, e logo procurei a Missão Belém, fiz a triagem, fui p’ra “Balsa” e fiquei sete meses lá. Voltei a caminhar com Deus. Sentia-me bem com as orações, os terços. Cuidava da liturgia, da capela e virei até “ajudante decatequista” lá.

11


Depois desse “grande retiro” de sete meses, voltei com a Márcia, e recebemos o convite do Paulinho p’ra fazer o Caná (retiro querigmático para casais). Lá, a gente viveu um momento muito especial. Foi o primeiro momento especial que a gente viveu juntos, num local apropriado. Voltamos a “namorar” e a caminhar juntos. Novamente ela engravidou. Um belo dia, ela me disse: “Luciano, preciso fazer um ultrassom morfológico!” Fomos juntos. Quando o médico atendeu, nos falou: “Vocês sabem que o nenê de vocês tem um problema…”, “ah, é um menino”… ficou uns 40 minutos fazendo o exame, parecia que havia um problema… No final, disse que o cérebro estava mal formado! — O Luciano começou a chorar e eu comecei a tremer de nervoso. Foi um baque, porque até então os problemas que eu tinha tido foram comigo, ela também, mas pela primeira vez a gente sentiu um problema real e que fugia do nosso controle. A gente foi a vários hospitais, porém o que os médicos falavam é que queriam cuidar dela e deixar o nosso filho de lado. Diziam que se quisesse podia abortar ou que era melhor abortar. Eles diziam que o nosso filho era incompatível com a vida. Mas sempre falei p’ra Márcia: “Eu acredito em milagre!”. — Se Deus me deu um serzinho assim, não sou eu que vou tirar. Se é p’ra tirar, Ele é que vai tirar. Mesmo não sendo planejado, eu amava meu bebezinho, eu não ia matar ele. Lá na chácara da Missão Belém a gente fez um curso de Batismo … quando falou do aborto eu fiquei muito emocionado. Logo em seguida, Deus me deu a graça de ser catequista, eu não posso e não quero dar um contratestemunho. O médico queria fazer um documento p’ra gente ir à Justiça pedir um aborto. Mas decidimos que de jeito nenhum faríamos isso! Assim caminhamos firmes até o dia do nascimento. Naquele dia tão esperado, falei: “Deus, chegou o momento. Só tive força até aqui, a partir de agora eu dependo do Senhor, porque as minhas forças estão acabando, eu não aguento mais”. Um pouco antes de subir, eu tinha pedido autorização p’ra batizar o menino logo que saísse do ventre, porque sabia que, segundo os médicos, não ia sobreviver e nós queríamos batizá-lo antes de qualquer coisa. Quando entrei na sala de parto a médica já tava abrindo a barriga da Márcia. Cheguei perto dela e segurei sua mão… Olhei no olho dela e falei “estamos juntos, Márcia!”. Quando o nenê estava saindo, o médico falou: “pai, olha…”. Logo que colocou a cabecinha para fora, ele puxou o ar e começou a chorar! Falei “não acredito que ele está chorando, então respira!” Comecei a chorar, emocionado, e agradecendo a Deus. Mas um pouco depois disso ele teve uma parada respiratória. Pensei que meu filho já tinha morrido. A médica perguntou se eu ia batizar. Respondí: “Vou batizar sim. Ela colocou um tubo na boca do nosso nenê e começou a bombear. Ele retomou a respiração. Naquele momento, eu chorando, olhando p’ra ele, todo sujo ainda, peguei a bacia… Deus me deu a graça e a força de batizar. Assim pronunciei as palavras: “Antônio, eu te batizo em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo.”

12


Depois que batizamos ele, veio em nós uma paz enorme. Logo tive que sair, mas me alcançaram e me pediram para voltar para a UTI. Lá, o médico falou: “Pai, seu filho está bem!”. “Depois que você o batizou, ele voltou a respirar!”. Era o milagre que tínhamos pedido. O milagre havia acontecido! Antonio é incompatível com a vida, mas VIVE! Ele nasceu em 28 de fevereiro e VIVE! Hoje está com 20 dias. Ele vive e me ensina a viver. P’ra mim, é a própria presença de Deus. Quando eu vejo meu filho, entubado ainda, mas está lutando… Penso quantas vezes eu lutei p’ra morrer, e vejo ele lutando pela vida… isso me dá força p’ra viver, p’ra aprender a cuidar daqueles que estão precisando, a cuidar da Márcia. Ele tem graves malformações, mas VIVE! Ele me ensina que a vida é dom de Deus e o que vale é se doar àqueles que mais precisam. Obrigado, Senhor, pelo dom desse filho! (Luciano e Márcia)

13


“Deus te ama!” O anúncio de Cristo ilumina a noite escura dos nossos irmãos encarcerados.

No norte da Itália, os nossos irmãos levam o Ruah para dentro do cárcere Os nossos irmãos italianos levaram a evangelização do Ruah a um cárcere no norte da Itália. Eis o testemunho dos milagres de Deus. 16/2/2013 O Ruah (retiro de evangelização) na cadeia foi uma experiência muito intensa. É, para mim, uma graça poder evangelizar nossos irmãos presos. Na seção masculina, no início, não foi nada fácil, porque os irmãos estavam muito fechados, quase “petrificados”. Eu sentia dificuldade em conduzir, sorrindo, diante daquela dureza, causada, sem dúvida, por sofrimentos enormes, que ninguém pode imaginar. Graças a Deus, na tarde do sábado seus rostos começaram a mudar e seus corações a se abrirem. Diante dos meus olhos estava acontecendo o milagre do amor de Jesus, derretendo aqueles corações congelados pelos sofrimentos. Nesse Ruah pude ver com meus próprios olhos quanto o amor de Deus cura de verdade e preenche, doa paz e derrete as pedras do pecado. No decorrer das horas, acontecia uma verdadeira mudança,uma autêntica transfiguração. Aqueles rostos falavam mais que mil discursos e palavras. A graça de Deus desceu como um rio sobre esses irmãos e também sobre nós da equipe, que tínhamos uma união muito forte e nos sentíamos um só corpo e um só espírito. Eu, no inicio, não me sentia muito útil, porque, tendo um joelho machucado, não podia fazer muita coisa, mas depois percebi que Jesus me usava e eu era um instrumento em suas mãos. Senti forte isso quando falei sobre o tema do Filho Pródigo. Sentia que não era mais eu que falava, mas o próprio Jesus que agia. Não foi fácil, porque o tema fala de “liberdade”, e como podia falar de “liberdade” a esses meus irmãos presos? Jesus ia mostrando que a verdadeira liberdade começa de dentro e o pecado é a primeira escravidão que deve ser vencida. Mais que dar, recebi. Recebi paz e alegria, porque vi que o amor de Deus pode tudo. Agradeço a Deus, que confia em mim mais do que eu mesma. Obrigada, Senhor!” Maria Teresa Paolella

14


“Eu (Jesus) estava preso e vocês vieram me visitar… Venham, benditos do meu Pai, recebam o Reino… o Paraíso”

Testemunho de Ângela “A experiência do Ruah na ala masculina foi mais dura do que na feminina, mas muito intensa. A maior parte do povo que ali estava devia pagar penas muito longas e eram jovens, na maioria. Todos tinham uma grande vontade de falar e comunicar. João me disse que não viu nascer sua filha. Passou dois anos e meio sem contato nenhum com ela e, hoje, sente dificuldade em abraçá-la e dar carinho para ela. Diz que não se sente digno do amor de Deus. Vitório é um rapaz que tem muito ódio e raiva em seu coração, mas me encheu de perguntas sobre a Vida Eterna. Renato matou seu filho porque chegava sempre em casa bêbado e drogado e batia em todo mundo. Muitas pessoas estão ali por homicídio. Paulo está nessa cadeia há 16 aos e chegou a se confessar no Ruah. Roberto foi o primeiro a se jogar nos braços de Roco para receber o “abraço” do Pai, chorando e soluçando, e fazendo chorar meu marido também. Tentamos transmitir para eles a paz e o amor. Quando estava com eles, para mim, não eram assassinos, mas irmãos sedentos de carinho e do amor de Deus. Todos se aproximaram para receber a “efusão do Espírito Santo” e, ao despedir-nos, foi um “choro recíproco”, porque nos sentíamos uma só família e não queríamos nos separar. Obrigado, Jesus, pelas maravilhas do teu amor”. Ângela Assim dois irmãos escreveram, no final do encontro: “Queridos, estou muito agradecido e sinto uma grande alegria por tudo o que aconteceu. Sinto-me forte, feliz, seguro. Vocês trouxeram esperança e me fizeram sentir amado, sustentado, importante, e me deram um novo ânimo.” (Filippo) “A alegria é a linfa de vocês e vem do amor do Senhor. Nunca, como hoje, pude sentir Deus tão vivo, tão presente, através dos cantos de vocês, do seu carinho, da gentileza que tiveram para conosco. Peço-vos, por todo o tempo que ainda deverei ficar entre esses quatro muros, para ficar em contato com vocês e esperar sereno o momento em que tudo isso acabará! Depois, asseguro que eu, minha esposa e minha filha iremos visitar vocês. Eu os amo muito!”

15


ESCOLA SANTO ANDRÈ CURSO MARANATHA

A “Escola Santo André”, promovida pela Missão Belém e pela Paróquia de São João Batista do Brás, já está no seu segundo ano. Com 25 cursos, forma os cristãos para uma evangelização querigmática e oferece um aprofundamento catequético-teológico, de forma simples e dinâmica, de modo que se possa automultiplicar com facilidade e cada um possa se tornar um verdadeiro discípulo e missionário de Cristo, capaz de “dar razão da sua fé” e de transmitir a outros, com entusiasmo e alegria, a sua experiência de Deus. Essa caminhada faz parte da formação-base dos leigos da Missão Belém e pode se tornar um válido instrumento para as paróquias de nossa Arquidiocese que o desejarem, como acontece na Paróquia de São João Batista. Na foto acima, os leigos que participaram do Curso Maranatha: um percurso através do livro do Apocalipse, para aprender a ler a história com os olhos de Deus. Falar do APOCALIPSE é falar de um livro que todo mundo cita e poucos leem. Ele abraça e ilumina toda a história: é um livro para animar e confortar os cristãos que estão sofrendo perseguições e que têm dificuldades para viver sua fé.

16


Palavras dos Cursistas depois do curso Maranatha: “Obrigado Senhor por mais um lindo dia na sua presença. Hoje mais uma vez sinto como è bom ser comunidade. Às vezes aparecem as dificuldades, mas a graça de Deus é maior que tudo. Sou feliz e por grandes que foram os problemas sempre vou me lembrar que tenho um Deus, que é o maior do que todos meus problemas. Te amo Jesus e obrigado por me amar tanto assim. Felizes aqueles que lavam as suas vestes para ter direito à árvore da vida e poder entrar na cidade pelas portas (Ap.22,14)”. Márcio “ Me tocou a hora da adoração. Fiquei feliz porque eu havia acabado de me confessar e assim que saí da confissão fui para a adoração. Aquilo me aliviou muito. Meu coração ficou mais leve e tranquilo. No momento do filme foi bom mostrar a fé do Papa Karol Wojtyla, um homem que tinha uma decisão: ser padre, e no final se tornou Papa. Ele enfrentou muitas coisas, sofreu bastante, mas conseguiu o que quiz, também a paz no seu país. Obrigado Senhor por esse retiro! Te amo Senhor Jesus!” Jeyce Conteúdo: A evangelização fundamental (Kerygma) com uma metodologia ativo-participativa. Objetivo: Experimentar a salvação de Deus mediante um encontro pessoal com Jesus Ressuscitado e uma nova efusão do Espírito Santo, que nos faça capazes de evangelizar com o vigor do Espírito. Conteúdo: Visão panorâmica do plano universal de salvação e seu desenrolar no tempo e no espaço. Objetivo: Adquirir mentalidade bíblica mediante uma visão panorâmica do plano universal de salvação e seu desenrolar no tempo e no espaço, dando-nos conta de que a História da Salvação é nossa própria história. Conteúdo: Curso de Líderes, que mostra especialmente o itinerário pastoral de todo “líbertador” cristão, através da figura de Moisés. Objetivo: apresentar o caminho da comunidade cristã que se dirige à Terra Prometida, mas especialmente o itinerário pastoral de todo líder da Igreja.

ESCOLA ESTRELA Paróquia São João Batista do Brás. Largo Senador Morais Barros, s/ n° (altura n 600 da Celso Garcia), Brás - São Paulo - SP CEP 03014-000. Tel.: (11) 2693-2645 e (11) 26942746

... e muito mais! 17


Caminhemos com a Palavra, Leia hoje: Romanos 15-16

TRECHO PARA O DIÁRIO: Mateus 28, 9-15 . De repente, Jesus foi ao encontro delas, e disse: “Alegrem-se!” As mulheres se aproximaram, e se ajoelharam diante de Jesus, abraçando seus pés. 10. Então Jesus disse a elas: “Não tenham medo. Vão anunciar aos meus irmãos que se dirijam para a Galiléia. Lá eles me verão.” 11. Quando as mulheres partiram, alguns guardas do túmulo foram à cidade, e comunicaram aos chefes dos sacerdotes tudo o que havia acontecido. 12. Os chefes dos sacerdotes se reuniram com os anciãos, e deram uma grande soma de dinheiro aos soldados, 13. dizendo-lhes: “Digam que os discípulos dele foram durante a noite, e roubaram o corpo, 9

18

enquanto vocês dormiam. . Se o governador ficar sabendo disso, nós o convenceremos, e vocês não precisam ficar preocupados.” 15. Os soldados pegaram o dinheiro, e agiram de acordo com as instruções recebidas. E assim, tal boato espalhou-se entre os judeus, até o dia de hoje. 14


Espiritualidade Belém: “Os Membros Imolados que desejam emitir os Votos, depois da oportuna formação, prepararão uma Carta Pedido para o Conselho do Presépio, dois meses antes do término do Ano dos Votos. O Conselho do Presépio, por sua vez, se comprometerá a dar uma resposta em quinze dias.” (Estatutos 227) Anote aqui as frases que mais te atingiram e mexeram com você: _____________________________________________________ _____________________________________________________ _____________________________________________________ Escreva aqui seu PROPÓSITO de hoje (pequeno, preciso, concreto) _____________________________________________________

À noite: O que Jesus fez, de especial, para mim hoje? _____________________________________________________ _____________________________________________________ _____________________________________________________ Como vivi meu propósito (Preencha todas essas linha contando todas as vezes que você se lembrou da Palavra, como foi, como te ajudou)?

____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ Senhor eu te peço perdão por... (preencha somente se você quiser, se não escreva numa folha a parte)

________________________________________________________ ________________________________________________________ 19


Caminhemos com a Palavra, Leia hoje: I Coríntios 1-2

TRECHO PARA O DIÁRIO: João 20, 11-18 . Maria tinha ficado fora, chorando junto ao túmulo. Enquanto ainda chorava, inclinou-se e olhou para dentro do túmulo.12. Viu então dois anjos vestidos de branco, sentados onde o corpo de Jesus tinha sido colocado, um na cabeceira e outro nos pés. 13. Então os anjos perguntaram: “Mulher, por que você está chorando?” Ela respondeu: “Porque levaram o meu Senhor, e não sei onde o colocaram.” 14. Depois de dizer isso, Maria virou-se e viu Jesus de pé; mas não sabia que era Jesus. 15. E Jesus perguntou: “Mulher, por que você está chorando? Quem é que você está procurando?” Maria pensou que fosse o jardineiro, e disse: “Se foi o senhor que levou Jesus, 11

20

diga-me onde o colocou, e eu irei buscá-lo.” 16. Então Jesus disse: “Maria.” Ela virou-se e exclamou em hebraico: “Rabuni!” (que quer dizer: Mestre).17. Jesus disse: “Não me segure, porque ainda não voltei para o Pai. Mas vá dizer aos meus irmãos: ‘Subo para junto do meu Pai, que é Pai de vocês, do meu Deus, que é o Deus de vocês.’ “18. Então Maria Madalena foi e anunciou aos discípulos: “Eu vi o Senhor.” E contou o que Jesus tinha dito.


Espiritualidade Belém: “Quando, por graves motivos, um Membro Imolado pretende se afastar da Obra, preparará uma Carta Pedido para o Conselho Nacional e esperará o Vencimento do Ano de renovação dos votos e o Pronunciamento favorável do Conselho Nacional, sobretudo quando o membro é de Votos definitivos.” (Estatutos 228) Anote aqui as frases que mais te atingiram e mexeram com você: _____________________________________________________ _____________________________________________________ _____________________________________________________ Escreva aqui seu PROPÓSITO de hoje (pequeno, preciso, concreto) _____________________________________________________

À noite: O que Jesus fez, de especial, para mim hoje? _____________________________________________________ _____________________________________________________ _____________________________________________________ Como vivi meu propósito (Preencha todas essas linha contando todas as vezes que você se lembrou da Palavra, como foi, como te ajudou)?

____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ Senhor eu te peço perdão por... (preencha somente se você quiser, se não escreva numa folha a parte)

________________________________________________________ ________________________________________________________ 21


A PROFISSÃO DE FÉ (Parte 1–Secção 2-Cap.3) “Creio no Espírito Santo” 687. «Ninguém conhece o que há em Deus, senão o Espírito de Deus» (1 Cor 2, 11). Ora, o seu Espírito, que O revela, faz-nos conhecer Cristo, seu Verbo, sua Palavra viva; mas não Se diz a Si próprio. Aquele que «falou pelos profetas» (5) faz-nos ouvir a Palavra do Pai. Mas a Ele, nós não O ouvimos. Não O conhecemos senão no movimento em que Ele nos revela o Verbo e nos dispõe a acolhê-Lo na fé. O Espírito de verdade, que nos «revela» Cristo, «não fala de Si próprio» (6). Tal escondimento, propriamente divino, explica porque é que «o mundo não O pode receber, porque não O vê nem O conhece», enquanto aqueles que creem em Cristo O conhecem, porque habita com eles e está neles (Jo 14, 17). 688. A Igreja, comunhão viva na fé dos Apóstolos que ela transmite, é o lugar do nosso conhecimento do Espírito Santo: — Nas Escrituras, que Ele inspirou: — na Tradição, de que os Padres da Igreja são testemunhas sempre atuais; — no Magistério da Igreja, que Ele assiste; — na liturgia sacramental, através das suas palavras e dos seus símbolos, em

que o Espírito Santo nos põe em comunhão com Cristo; —  na oração, em que Ele intercede por nós; —  nos carismas e ministérios, pelos quais a Igreja é edificada; — nos sinais de vida apostólica e missionária; —  no testemunho dos santos, nos quais Ele manifesta a sua santidade e continua a obra da salvação. I. A missão conjunta do Filho e do Espírito 689. Aquele que o Pai enviou aos nossos corações, o Espírito do seu Filho (7), é realmente Deus. Consubstancial ao Pai e ao Filho, é d’Eles inseparável, tanto na vida íntima da Trindade como no seu dom de amor pelo mundo. Mas ao adorar a Santíssima Trindade, vivificante, consubstancial e indivisível, a fé da Igreja professa também a distinção das Pessoas. Quando o Pai envia o seu Verbo, envia sempre o seu Espírito: missão conjunta na qual o Filho e o Espírito Santo são distintos mas inseparáveis. Sem dúvida, é Cristo quem aparece, Ele que é a Imagem visível de Deus invisível; mas é o Espírito Santo quem O revela.

Escreve as frases do Catecismo que mais te atingiram:

_____________________________________________________ _____________________________________________________ _____________________________________________________ O que você deveria fazer para colocar em prática o que o Catecismo me fala?

_____________________________________________________ _____________________________________________________

22


ESCRITOS DO BEATO JESUÍTA JOSÉ DE ANCHIETA, APÓSTOLO DO BRASIL DE SÃO VICENTE, A 15 DE MARÇO DE 1555 (73) Morte de Pero Corrêa e João de Sousa. (...) RESUMO De acordo com as informações de Anchieta, nesta e na carta anterior, bem como de S. de Vasconcelos (o. c , 1. 1,ns. 171 a 184), os sucessos da expedição, que terminou com o martírio de Pero Corrêa e João de Sousa, podem ser assim resumidos: Manuel da Nóbrega, desejando iniciar a catequese dos Ibirajáras ou bilreiros, estabelecer a paz entre Tupis e Carijós e assegurar a livre passagem para o Rio da Prata de alguns castelhanos que Leonardo Nunes, anos antes encontrara no porto dos Patos e trouxera para São Vicente, encarregou dessa tríplice missão os irmãos Pero Corrêa, João de Sousa e Fabiano de Lucena. Partiram os três a 24 de agosto de 1554 para Cananéa, principal porto dos Tupis. Aí evangelizaram os índios e livraram da morte um castelhano e um índio cristão. A 6 de outubro, Pero Corrêa e João de Sousa, deixando Fabiano de Lucena como enfermeiro do castelhano que se achava ferido, seguiram para a terra dos Carijós. Estavam eles entre os índios pregando o Evangelho e a paz quando, em novembro, apareceram dois intérpretes, um espanhol e outro português. Aquele já era conhecido dos Jesuítas de São Vicente, por haver sido salvo, tempos atrás, por Manuel de Chaves, quando, com uma sua concubina carijó, estava cativo entre os Tupis. Apesar de livrado de

morte certa pelos jesuítas, o espanhol lhes tinha ódio pelo fato de o haverem separado da concubina, que se casou com outro em São Vicente. De maneira que começou logo a embaraçar a missão de Pero Corrêa e João de Sousa, incitando os Carijós á guerra contra os Tupis. No Natal, que parece ter sido a data marcada por Nóbrega para deixarem a terra dos Carijós e procurarem a dos Ibirajáras, Pero Corrêa e João de Sousa, acompanhados de dez ou doze principais até os limites da região que ocupavam com sua gente, se embrenharam pelo sertão e aí morreram flechados por alguns carijós, que o ódio do intérprete castelhano instigara. Estando, pois, este intérprete dos Castelhanos e o outro Português em certas terras, viram descer por um, rio alguns índios Carijós, movidos como se crê por aquele intérprete, que os concitava á guerra com muitas mentiras, e que nos tinha em ódio por não lhe darmos uma sua concubina índia, mataram logo dois índios que vinham com os nossos e depois voltaram-se contra o nosso Irmão João de Sousa, que andava enfermo, e começaram a atirar-lhe flechas; este, porém, caiu de joelhos louvando o Senhor e deste modo o mataram.

23


Caminhemos com a Palavra, Leia hoje: I Coríntios 3-4 13. Nesse mesmo dia, dois discípulos iam para um povoado, chamado Emaús, distante onze quilômetros de Jerusalém. 14. Conversavam a respeito de tudo o que tinha acontecido. 15. Enquanto conversavam e discutiam, o próprio Jesus se aproximou, e começou a caminhar com eles. 16. Os discípulos, porém, estavam como que cegos, e não o reconheceram. 17. Então Jesus perguntou: “O que é que vocês andam conversando pelo caminho?” Eles pararam, com o rosto triste. 18. Um deles, chamado Cléofas, disse: “Tu és o único peregrino em Jerusalém que não sabe o que aí aconteceu nesses últimos dias?” 19. Jesus perguntou: “O que foi?” Os discípulos responderam: “O que aconteceu a Jesus, o Nazareno, que foi um profeta poderoso em ação e palavras, diante de Deus e de todo o povo. 20. Nossos chefes dos sacerdotes e nossos chefes o entregaram para ser condenado à morte, e o crucificaram. 21. Nós esperávamos que fosse ele o libertador de Israel, mas, apesar de tudo isso, já faz três dias que tudo isso aconteceu! 22. É verdade que algumas mulheres do nosso grupo nos deram um susto. Elas foram de madrugada ao túmulo, 23. e não encontraram o corpo de Jesus. Então voltaram, dizendo que

24

tinham visto anjos, e estes afirmaram que Jesus está vivo. 24. Alguns dos nossos foram ao túmulo, e encontraram tudo como as mulheres tinham dito. Mas ninguém viu Jesus.”25. Então Jesus disse a eles: “Como vocês custam para entender, e como demoram para acreditar em tudo o que os profetas falaram! 26. Será que o Messias não devia sofrer tudo isso, para entrar na sua glória?”27. Então, começando por Moisés e continuando por todos os Profetas, Jesus explicava para os discípulos todas as passagens da Escritura que falavam a respeito dele. 28. Quando chegaram perto do povoado para onde iam, Jesus fez de conta que ia mais adiante. 29. Eles, porém, insistiram com Jesus, dizendo: “Fica conosco, pois já é tarde e a noite vem chegando.” Então Jesus entrou para ficar com eles. 30. Sentou-se à mesa com os dois, tomou o pão e abençoou, depois o partiu e deu a eles. 31. Nisso os olhos dos discípulos se abriram, e eles reconheceram Jesus. Jesus, porém, desapareceu da frente deles. 32. Então um disse ao outro: “Não estava o nosso coração ardendo quando ele nos falava pelo caminho, e nos explicava as Escrituras?”


Espiritualidade Belém: “O Casamento com Deus, vai além da Obra onde somos chamados a viver e nada pode interrompê-lo. Os Coordenadores se empenhem a acompanhar com amor o irmão que, iluminado pelo seu Diretor Espiritual, busca entender a Vontade de Deus.” (cont. Estatutos 228) Anote aqui as frases que mais te atingiram e mexeram com você: _____________________________________________________ _____________________________________________________ _____________________________________________________ Escreva aqui seu PROPÓSITO de hoje (pequeno, preciso, concreto) _____________________________________________________

À noite: O que Jesus fez, de especial, para mim hoje? _____________________________________________________ _____________________________________________________ _____________________________________________________ _____________________________________________________ Como vivi meu propósito (Preencha todas essas linha contando todas as vezes que você se lembrou da Palavra, como foi, como te ajudou)?

____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ Senhor eu te peço perdão por... (preencha somente se você quiser, se não escreva numa folha a parte)

________________________________________________________ ________________________________________________________ 25


26

Caminhemos com a Palavra, Leia hoje: I CorĂ­ntios 5-6


TRECHO PARA O DIÁRIO: Lucas 24, 35-48 35. Então os dois contaram o que tinha acontecido no caminho, e como tinham reconhecido Jesus quando ele partiu o pão. 36. Ainda estavam falando, quando Jesus apareceu no meio deles, e disse: “A paz esteja com vocês.”37. Espantados e cheios de medo, pensavam estar vendo um espírito. 38. Então Jesus disse: “Por que vocês estão perturbados, e por que o coração de vocês está cheio de dúvidas? 39. Vejam minhas mãos e meus pés: sou eu mesmo. Toquem-me e vejam: um espírito não tem carne e ossos, como vocês podem ver que eu tenho.” 40. E dizendo isso, Jesus mostrou as mãos e os pés. 41. E como eles ainda não estivessem acreditando, por causa da alegria e porque estavam espantados, Jesus disse: “Vocês

têm aqui alguma coisa para comer?” 42. Eles ofereceram a Jesus um pedaço de peixe grelhado. 43. Jesus pegou o peixe, e o comeu diante deles. 44. Jesus disse: “São estas as palavras que eu lhes falei, quando ainda estava com vocês: é preciso que se cumpram tudo o que está escrito a meu respeito na Lei de Moisés, nos Profetas e nos Salmos.” 45. Então Jesus abriu a mente deles para entenderem as Escrituras. 46. E continuou: “Assim está escrito: ‘O Messias sofrerá e ressuscitará dos mortos no terceiro dia,47. e no seu nome serão anunciados a conversão e o perdão dos pecados a todas as nações, começando por Jerusalém’.48. E vocês são testemunhas disso.

Espiritualidade Belém: O VÍNCULO DOS CASAIS TOTALMENTE ENTREGUES Esses irmãos expressam através dos “vínculos” a própria pertença a Jesus, e a obra Missão Belém PARA A VIDA INTEIRA.” (Estatutos 229) Anote aqui as frases que mais te atingiram e mexeram com você: _____________________________________________________ _____________________________________________________ _____________________________________________________ _____________________________________________________ Escreva aqui seu PROPÓSITO de hoje (pequeno, preciso, concreto) _____________________________________________________

27


À noite:Como vivi meu propósito (Preencha todas essas linha con-

tando todas as vezes que você se lembrou da Palavra, como foi, como te ajudou)?

____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ Senhor eu te peço perdão por... (preencha somente se você quiser, se não escreva numa folha a parte)

________________________________________________________ ________________________________________________________ 690. Jesus é Cristo, «ungido», porque o Espírito é d’Ele a Unção; e tudo quanto acontece a partir da Encarnação, decorre desta plenitude (8). Finalmente, quando Cristo é glorificado (9), pode, por sua vez, enviar de junto do Pai, o Espírito, aos que creem n’Ele: comunicalhes a sua glória (10), quer dizer, o Espírito Santo que O glorifica (11). A missão conjunta desenvolver-se-á, a partir desse momento, nos filhos adotados pelo Pai no Corpo do seu Filho: a missão do Espírito de adoção consistirá em uni-los a Cristo e fazê-los viver n’ Ele: «A unção sugere...”. que não há nenhuma distância entre o Filho e o Espírito. Com efeito, do mesmo modo que entre a superfície do corpo e a unção do óleo, nem a razão nem os sentidos encontram qualquer entremeio, assim é imediato o contacto do Filho com o Espírito, de tal modo que aquele que vai tomar contacto com o Filho pela fé, tem que contatar primeiro com o óleo. Com efeito, não há pane alguma que esteja despida do Espírito Santo. É por isso que a confissão do Senhorio do Filho se faz no Espírito Santo para aqueles que a recebem, pois o Espírito vem, de

28

todos os lados, ao encontro daqueles que se aproximam pela fé» (12). II. O nome, as designações e os símbolos do Espírito Santo O NOME PRÓPRIO DO ESPÍRITO SANTO 691. «Espírito Santo», tal á o nome próprio d’Aquele que adoramos e glorificamos com o Pai e o Filho. A Igreja recebeu este nome do Senhor e professa-o no Batismo dos seus novos filhos (13). O termo «Espírito» traduz o termo hebraico « Ruah» que, na sua primeira acepção, significa sopro, ar, vento. Jesus utiliza precisamente a imagem sensível do vento para sugerir a Nicodemos a novidade transcendente d’Aquele que é pessoalmente o Sopro de Deus, o Espírito divino (14). Por outro lado, Espírito e Santo são atributos divinos comuns às três Pessoas divinas. Mas, juntando os dois termos, a Escritura, a Liturgia e a linguagem teológica designam a Pessoa inefável do Espírito Santo, sem equívoco possível com os outros empregos dos termos «espírito» e «santo».


ESCRITOS DO BEATO JESUÍTA JOSÉ DE ANCHIETA (escritos) “Creio que sabereis estarmos alguns da Companhia em uma terra de índios, chamada Piratininga, cerca de 30 milhas para o interior de São Vicente, onde Nosso Senhor favorece, com a sua glória, a salvação desta almas; e ainda que a gente seja muito desmandada, algumas ovelhas há do rebanho do Senhor. Temos uma grande escola de meninos índios, bem instruídos em leitura, escrita e em bons costumes, os quais abominam os usos de seus progenitores. São eles a consolação nossa, bem que seus pais já pareçam muito diferentes nos costumes dos de outras terras; pois que não matam, não comem os inimigos, nem bebem da maneira por que antes o faziam. Está conosco um principal dos índios chamados Carijós (Carijis), o qual é senhor de uma vasta terra, e veio com muitos dos seus servidores só a nossa procura, afim de que corramos ás suas terras, para ensinar, dizendo que vivem como bestas feras, sem conhecer as coisas de Nosso Senhor. Digo-vos, caríssimos Irmãos, que é um muito bom cristão, homem muito discreto, tocado por Deus. Com ele resolveu-se o nosso Padre Manuel ir ou mandar alguns, e só espera a chegada do Padre Luiz da Grã (74). Além desta, outras nações há, inumeráveis e muito melhores, pelo que dizem pessoas que as têm frequentado, principalmente uma, a que chamam Ibirajáras; a esses desejando enviar um, o nosso Padre Manuel escolheu o Irmão Pero Corrêa, para que fizesse, demais, outros trabalhos do serviço divino na mesma viagem, e especialmente ajudasse certos Castelhanos que tinham de se passar para o Paraguai, aos quais o dito Pero Corrêa desse socorro, se os visse em

grande necessidade, de matalotagem, e lhes desse companhia para irem com segurança. E começou pelos índios dessas paragens, que muito bem receberam a palavra de Cristo e determinaram reunir-se e viver em uma grande terra, onde pudessem mais fácil ser ensinados nas coisas da Fé. Tinham os índios prontos para comerem, um Cristão, que era dos Carijós. Pero Corrêa pediu este índio cristão e logo lhe fizeram entrega sem taxar preço algum, e o mesmo obteve acerca de outro prisioneiro inimigo, o que não é pouco, como sabeis, porquanto nisto põem os índios Brasis toda a sua honra. Estávamos a 6 de Outubro de 1554 quando Pero Corrêa com outro chamado João de Sousa, também nosso, e os dois índios que tinham livrado, partiram para essas terras dos Carijós e se internaram muitos dias pelas terras mencionadas pregando o Evangelho de Jesus Cristo, nosso Senhor, passando muitos trabalhos, as mais das vezes fome, não tendo que comer e estando enfermo João de Sousa. “

29


Caminhemos com a Palavra, Leia hoje: I Coríntios 7-8

TRECHO PARA O DIÁRIO: João 21, 1-4 1.

Jesus apareceu aos discípulos na margem do mar de Tiberíades. E apareceu deste modo:

2. Estavam juntos Simão Pedro, Tomé chamado Gêmeo, Natanael de Caná da Galiléia, os filhos de Zebedeu e outros dois discípulos de Jesus. 3. Simão Pedro disse: “Eu vou pescar.” Eles disseram: “Nós também vamos.” Saíram e entraram na barca. Mas naquela noite não pescaram nada. 4. Quando amanheceu, Jesus estava na margem. Mas os discípulos não sabiam que era Jesus.

30


Espiritualidade Belém: “Pronunciam publicamente o VINCULO DE OBEDIÊNCIA para se tornar sempre mais “Escravos” do Amor através da Obediência ao próprio Cônjuge, no campo matrimonial, em primeiro lugar e, depois ao Conselho do Presépio, no respeito do “dever do próprio Estado”. (Estatutos 230) Anote aqui as frases que mais te atingiram e mexeram com você: _____________________________________________________ _____________________________________________________ _____________________________________________________ Escreva aqui seu PROPÓSITO de hoje (pequeno, preciso, concreto) _____________________________________________________

À noite: O que Jesus fez, de especial, para mim hoje? _____________________________________________________ _____________________________________________________ _____________________________________________________ _____________________________________________________ Como vivi meu propósito (Preencha todas essas linha contando todas as vezes que você se lembrou da Palavra, como foi, como te ajudou)?

____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ Senhor eu te peço perdão por... (preencha somente se você quiser, se não escreva numa folha a parte)

________________________________________________________ ________________________________________________________ 31


Caminhemos com a Palavra, Leia hoje: I Coríntios 9-10

TRECHO PARA O DIÁRIO: Marcos 16, 9-18 9.

Depois de ressuscitar na madrugada do primeiro dia após o sábado, Jesus apareceu primeiro a Maria Madalena, da qual havia expulsado sete demônios. 10. Ela foi anunciar isso aos seguidores de Jesus, que estavam de luto e chorando. 11. Quando ouviram que ele estava vivo e fora visto por ela, não quiseram acreditar.12. Em seguida, Jesus apareceu a dois deles, com outra aparência, enquanto estavam a caminho do campo. 13. Eles também voltaram e anunciaram isso aos outros, que não acreditaram nem mesmo nestes.14. Por fim, Jesus apareceu aos onze discípulos enquanto estavam comendo. Jesus os repreendeu por causa da falta de fé e pela dureza de coração, porque não tinham acreditado naqueles que o tinham visto ressuscitado.

32

15. Então Jesus disse-lhes: “Vão pelo mundo inteiro e anunciem a Boa Notícia para toda a humanidade. 16. Quem acreditar e for batizado, será salvo. Quem não acreditar, será condenado. 17. Os sinais que acompanharão aqueles que acreditarem são estes: expulsarão demônios em meu nome, falarão novas línguas; 18. se pegarem cobras ou beberem algum veneno, não sofrerão nenhum mal; quando colocarem as mãos sobre os doentes, estes ficarão curados.”


Espiritualidade Belém: “Sinal irrenunciável desse empenho será a “Avaliação Mensal”, que o Casal entregará, pontualmente ao Moderador do Presépio: uma síntese da sua vida no mês que passou.”(cont. Estatutos 230) Anote aqui as frases que mais te atingiram e mexeram com você: _____________________________________________________ _____________________________________________________ _____________________________________________________ Escreva aqui seu PROPÓSITO de hoje (pequeno, preciso, concreto) _____________________________________________________

À noite: O que Jesus fez, de especial, para mim hoje? _____________________________________________________ _____________________________________________________ _____________________________________________________ _____________________________________________________ Como vivi meu propósito (Preencha todas essas linha contando todas as vezes que você se lembrou da Palavra, como foi, como te ajudou)?

____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ Senhor eu te peço perdão por... (preencha somente se você quiser, se não escreva numa folha a parte)

________________________________________________________ ________________________________________________________ 33


A PROFISSÃO DE FÉ (Parte 1–Secção 2-Cap.3) “Creio no Espírito Santo” AS DESIGNAÇÕES DO ESPÍRITO SANTO 692. Jesus, ao anunciar e prometer a vinda do Espírito Santo, chama-Lhe o «Paráclito», que, à letra, quer dizer: «aquele que é chamado para junto», ad vocatus (Jo 14, 16. 26; 15, 26; 16, 7). «Paráclito» traduz-se habitualmente por «Consolador», sendo Jesus o primeiro consolador (15). O próprio Senhor chama ao Espírito Santo «o Espírito da verdade» (16). 693. Além do seu nome próprio, que é o mais empregado nos Atos dos Apóstolos e nas epístolas, encontramos em S. Paulo as designações: Espírito da promessa (Gl 3, 14; Ef 1, 13), Espírito de adoção (Rm 8, 15: Gl 4, 6), Espírito de Cristo (Rm 8, 9), Espírito do Senhor (2 Cor 3, 17). Espírito de Deus (Rm 8, 9. 14; 15, 19; 1 Cor 6, 11; 7, 40), e em S. Pedro, Espírito de glória (1 Pe 4, 14). OS SÍMBOLOS DO ESPÍRITO SANTO 694. A água. O simbolismo da água é significativo da ação do Espírito Santo no Batismo, pois que, após a invocação do Espírito Santo, ela torna-se o sinal sacramental eficaz do novo nascimento. Do mesmo modo que a gestação do nosso primeiro nascimento se operou na

água, assim a água batismal significa realmente que o nosso nascimento para a vida divina nos é dado no Espírito Santo. Mas, «batizados num só Espírito», «a todos nos foi dado beber de um único Espírito» (1 Cor 12, 13): portanto, o Espírito é também pessoalmente a Água viva que brota de Cristo crucificado (17) como da sua fonte, e jorra em nós para a vida eterna (18). 695. A unção. O simbolismo da unção com óleo é também significativo do Espírito Santo, a ponto de se tomar o seu sinônimo (19). Na iniciação cristã, ela é o sinal sacramental da Confirmação, que justamente nas Igrejas Orientais se chama «Crismação». Mas, para lhe apreender toda a força, temos de voltar à primeira unção realizada pelo Espírito Santo: a de Jesus. Cristo («Messias» em hebraico) significa «ungido» pelo Espírito de Deus. Houve «ungidos» do Senhor na antiga Aliança (20), sobretudo o rei David (21). Mas Jesus é o ungido de Deus de maneira única: a humanidade que o Filho assume é totalmente «ungida pelo Espírito Santo». Jesus é constituído «Cristo» pelo Espírito Santo (22).

Escreve as frases do Catecismo que mais te atingiram:

_____________________________________________________ _____________________________________________________ _____________________________________________________ O que você deveria fazer para colocar em prática o que o Catecismo me fala?

_____________________________________________________ _____________________________________________________

34


ESCRITOS DO BEATO JESUÍTA JOSÉ DE ANCHIETA (escritos) Isto seria talvez em Novembro quando apareceu nessas terras um intérprete dos Castelhanos e outro Português; escreveulhes Pero Corrêa para se reunirem todos em um lugar, afim, de que conformemente pregassem a mesma coisa, por ser uma só a verdade, do que fizeram pouco caso: todavia, veio visitá-lo o Português e esteve uma noite com os nossos e ouviu Pero Corrêa pregar grandes coisas de Nosso Senhor e também que fizessem a paz com os outros. O intérprete Castelhano, que muito tempo estivera entre os Carijós e vivera em seus costumes deles, pregava o contrário, que fizessem guerra, que os ajudaria; e tais intérpretes, obreiros da iniquidade, soem muitas vezes pregar coisas semelhantes. Ouviu-o também o Português dizer muitas palavras que patenteavam a malícia daquele coração, e entre outras dizia aos Carijós, que o nosso Irmão Pero Corrêa abria a estrada pela qual haviam de vir os inimigos para matá-los e outras coisas para incitá-los (contra os padres). Querendo, pois, no tempo marcado da obediência, que era o Natal, havendo semeado a palavra de Deus naquelas nações que tão bem dispostas estavam, o que fez dizer a Pero Corrêa para o Português que nunca vira igual, acompanharam-no 10 ou 12 Carijós dos principais até ás fronteiras dos seus inimigos. Do que é testemunha de vista o Português que nomeei acima; o qual assim o narrou ao padre Manuel e a mim, estando doente em perigo de vida, já confessado e comungado; pelo que se

presume, outra coisa não direi a não ser a verdade. ...Vendo assim nosso irmão Pero Corrêa que assim maltratavam a João, começou a arrazoar com os índios, não sabemos sobre que assunto, mas cremos que se tratava de Nosso Senhor. A resposta que lhe davam eram flechadas e ao recebê-las não cessou de clamar por um pouco de tempo, vindo a termos de não mais poder suportar deixou cair o bordão que trazia e ajoelhou-se encomendando sua alma a Deus e assim acabaram de matá-lo, despiram-no e deixaram-no no caminho. O mencionado intérprete que tudo moveu foi o mesmo que estando preso entre os índios, seria morto e comido se não fosse libertado pelos da Companhia. Pagou com o mal o bem que lhe foi feito; ainda que tenhamos de encomendá-lo a Deus pelo bem que a nossos Irmãos fez, qual o de lhes deparar a morte, pela obediência e pela pregação do Evangelho de Jesus Cristo e pela paz e amor de seu próximo; e para que lhes não faltasse em sua coroa esta pedra preciosa, morreram pela verdade e justiça e finalmente pela exaltação da nossa fé, que andavam a pregar. Bem aventurados esses que mereceram lavar a estola no sangue do cordeiro imaculado, dando-lhe a ele e ao próximo a vida, que maior caridade não podiam exercer.

35


Caminhemos com a Palavra, Leia hoje: I Coríntios 11-12 19. Era o primeiro dia da semana. Ao anoitecer desse dia, estando fechadas as portas do lugar onde se achavam os discípulos por medo das autoridades dos judeus, Jesus entrou. Ficou no meio deles e disse: “A paz esteja com vocês.” 20. Dizendo isso, mostrou-lhes as mãos e o lado. Então os discípulos ficaram contentes por ver o Senhor.21. Jesus disse de novo para eles: “A paz esteja com vocês. Assim como o Pai me enviou, eu também envio vocês.” 22. Tendo falado isso, Jesus soprou sobre eles, dizendo: “Recebam o Espírito Santo. 23. Os pecados daqueles que vocês perdoarem, serão perdoados. Os pecados daqueles que vocês não perdoarem, não serão perdoados.” 24. Tomé, chamado Gêmeo, que

36

era um dos Doze, não estava com eles quando Jesus veio. 25. Os outros discípulos disseram para ele: “Nós vimos o Senhor.” Tomé disse: “Se eu não vir a marca dos pregos nas mãos de Jesus, se eu não colocar o meu dedo na marca dos pregos, e se eu não colocar a minha mão no lado dele, eu não acreditarei.” 26. Uma semana depois, os discípulos estavam reunidos de novo. Dessa vez, Tomé estava com eles. Estando fechadas as portas, Jesus entrou. Ficou no meio deles e disse: “A paz esteja com vocês.” 27. Depois disse a Tomé: “Estenda aqui o seu dedo e veja as minhas mãos. Estenda a sua mão e toque o meu lado. Não seja incrédulo, mas tenha fé.”


Espiritualidade Belém: “O consiste em se tornarem sempre mais imitadores de Cristo, pobre, que “não tinha uma pedra onde reclinar a cabeça”, administrando os bens segundo o que esta escrito no capitulo da “Pobreza dos Raios”. (Estatutos 231) Anote aqui as frases que mais te atingiram e mexeram com você: _____________________________________________________ _____________________________________________________ _____________________________________________________ Escreva aqui seu PROPÓSITO de hoje (pequeno, preciso, concreto) _____________________________________________________

À noite: O que Jesus fez, de especial, para mim hoje? _____________________________________________________ _____________________________________________________ _____________________________________________________ _____________________________________________________ Como vivi meu propósito (Preencha todas essas linha contando todas as vezes que você se lembrou da Palavra, como foi, como te ajudou)?

____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ Senhor eu te peço perdão por... (preencha somente se você quiser, se não escreva numa folha a parte)

________________________________________________________ ________________________________________________________ 37


Caminhemos com a Palavra, Leia hoje: I Coríntios 13-14

TRECHO PARA O DIÁRIO: Lucas 1, 26-38 26. No sexto mês, o anjo Gabriel foi enviado por Deus a uma cidade da Galiléia chamada Nazaré. 27. Foi a uma virgem, prometida em casamento a um homem chamado José, que era descendente de Davi. E o nome da virgem era Maria. 28. O anjo entrou onde ela estava, e disse: “Alegre-se, cheia de graça! O Senhor está com você!” 29. Ouvindo isso, Maria ficou preocupada, e perguntava a si mesma o que a saudação queria dizer. 30. O anjo disse: “Não tenha medo, Maria, porque você encontrou graça diante de Deus.31. Eis que você vai ficar grávida, terá um filho, e dará a ele o nome de Jesus.32. Ele será grande, e será chamado Filho do Altíssimo. E o Senhor

38

dará a ele o trono de seu pai Davi,33. e ele reinará para sempre sobre os descendentes de Jacó. E o seu reino não terá fim.” 34. Maria perguntou ao anjo: “Como vai acontecer isso, se não vivo com nenhum homem?” 35. O anjo respondeu: “O Espírito Santo virá sobre você, e o poder do Altíssimo a cobrirá com sua sombra. por isso, o Santo que vai nascer de você será chamado Filho de Deus. 36. Olhe a sua parenta Isabel: apesar da sua velhice, ela concebeu um filho. Aquela que era considerada estéril, já faz seis meses que está grávida.37. Para Deus nada é impossível.”38. Maria disse: “Eis a escrava do Senhor. Faça-se em mim segundo a tua palavra.” E o anjo a deixou.


Anote aqui as frases que mais te atingiram e mexeram com você: __________________________ __________________________ __________________________ _____________________________________________________ _____________________________________________________ Escreva aqui seu PROPÓSITO de hoje (pequeno, preciso, concreto) _____________________________________________________

À noite: O que Jesus fez, de especial, para mim hoje? _____________________________________________________ _____________________________________________________ _____________________________________________________ _____________________________________________________ Como vivi meu propósito (Preencha todas essas linha contando todas as vezes que você se lembrou da Palavra, como foi, como te ajudou)?

____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ Senhor eu te peço perdão por... (preencha somente se você quiser, se não escreva numa folha a parte)

________________________________________________________ ________________________________________________________ 39


A PROFISSÃO DE FÉ (Parte 1–Secção 2-Cap.3) “Creio no Espírito Santo” A Virgem Maria concebe Cristo do Espírito Santo, que pelo anjo O anuncia como Cristo aquando do seu nascimento (23) e leva Simeão a ir ao templo ver o Cristo do Senhor (24). É Ele que enche Cristo (25) e cujo poder emana de Cristo nos seus atos de cura e salvamento (26). Finalmente, é Ele que ressuscita Jesus de entre os mortos (27). Então, plenamente constituído «Cristo» na sua humanidade vencedora da morte (28), Jesus difunde em profusão o Espírito Santo, até que «os santos» constituam, na sua união à humanidade do Filho de Deus, o «homem adulto à medida completa da plenitude de Cristo» (Ef 4, 13), «o Cristo total», para empregar a expressão de Santo Agostinho (29). 696. O fogo. Enquanto a água significava o nascimento e a fecundidade da vida dada no Espírito Santo, o fogo simboliza a energia transformadora dos atos do Espírito Santo. O profeta Elias, que «apareceu como um fogo e cuja palavra queimava como um facho ardente» (Sir 48, 1), pela sua oração faz descer o fogo do céu sobre o sacrifício do monte Carmelo (30), figura do fogo do Espírito Santo, que transforma aquilo em que toca. João Baptista, que «irá à frente do Senhor com o espírito e a força de

Elias» (Lc 1, 17), anuncia Cristo como Aquele que «há de batizar no Espírito Santo e no fogo» (Lc 3, 16), aquele Espírito do qual Jesus dirá: «Eu vim lançar fogo sobre a terra e só quero que ele se tenha ateado!» (Lc 12, 49). É sob a forma de línguas, «uma espécie de línguas de fogo», que o Espírito Santo repousa sobre os discípulos na manhã de Pentecostes e os enche de Si (31). A tradição espiritual reterá este simbolismo do fogo como um dos mais expressivos da ação do Espírito Santo (32). «Não apagueis o Espírito!» (1 Ts 5, 19). 697. A nuvem e a luz. Estes dois símbolos são inseparáveis nas manifestações do Espírito Santo. Desde as teofanias do Antigo Testamento, a nuvem, umas vezes escura, outras luminosa, revela o Deus vivo e salvador, velando a transcendência da sua glória: a Moisés no monte Sinai (33), na tenda da reunião (34) e durante a marcha pelo deserto (35); a Salomão, aquando da dedicação do templo (36). Ora estas figuras são realizadas por Cristo no Espírito Santo. É Ele que desce sobre a Virgem Maria e a cobre «com a sua sombra», para que conceba e dê à luz Jesus (37).

Escreve as frases do Catecismo que mais te atingiram:

_____________________________________________________ _____________________________________________________ _____________________________________________________ O que você deveria fazer para colocar em prática o que o Catecismo me fala?

_____________________________________________________ _____________________________________________________

40


Beato José de Anchieta, evangelizador do Brasil (escritos, continua...) Procuraremos haver os corpos deles ou parte. Não foi pequena consolação essa que nos causou tão gloriosa morte, porque semelhante morte queremos todos e continuamente pedimos ao Senhor. E até cremos, que quer Jesus Cristo fundar aqui uma grande igreja, havendo posto por alicerces estas duas pedras. Quisera a bondade divina que fosse eu a terceira, o que já teria sucedido se o não tivera impedido os meus muitos pecados: porque quase me quis mandar com eles o nosso Padre, bem que não se resolvesse. Nosso irmão Pero Corrêa entrou na Companhia aqui no Brasil; era dos principais Portugueses que estavam nesta terra e andava em uma nau, por toda a parte, matando índios ou aprisionando-os, parecendo-lhe que fazia um grande serviço a Nosso Senhor e por sua prudência, edificante bondade e nobreza de sangue era dos que mais temiam a Deus entre os Cristãos que aqui encontramos. E logo que a trombeta de Cristo começou a soar pelos da Companhia, foi ele o primeiro que dobrou o colo ao jugo dela e dizia muitas vezes, e de tal se persuadira, que se queria salvar-se, era mister que todo se desse ao serviço destes índios, até morrer pela alma deles, não achando nenhuma satisfação com que reparasse o mal que lhes havia feito. Assim, em cinco anos que esteve em nossa Companhia, pregou sempre o Evangelho de Cristo aos mesmos índios, por ser dos melhores línguas da terra e de mais autoridade, com grandíssimos trabalhos, por muito dos matos e campos e desertos, afadigandose fielmente na pregação, até que conseguiu o feliz termo que tanto desejava morrendo em serviço de suas almas. Sempre entre nós conversou sem

ofensa, muito humilde, muito obediente, sempre desejoso da perfeição, mudando a prudência da carne, que primeiro tinha, naquela que é verdadeira segundo Cristo. Pelo seu bom exemplo de vida e pregação na língua desta terra havia mais edificado do que nenhum outro, de maneira que todo este povo de S. Vicente, de índios, havia fundado, reformado e ensinado a viver segundo Cristo; e bem o hão mostrado todos porque fizeram em toda a terra geral pranto por ele. Era coisa de grande compaixão ver as muitas lamentações de homens e mulheres, que relatavam as suas virtudes, e não é de maravilhar, porque cada um sabia que o lume que tinha e notícia do seu Criador e Redentor Jesus Cristo, por meio da sua pregação e caridosas exortações, o havia recebido de Deus. O outro nosso Irmão, João de Sousa, foi dos primeiros que entraram para a Companhia, sendo ainda no mundo no meio da iniquidade; era pessoa santa, jejuava todas as semanas, a quarta-feira, a sexta e o sábado, e não consentia diante de si que se fizesse ofensa a Deus Nosso Senhor. E sendo desprezado daqueles que eram de má vida, o suportava com muita virtude. E desde que entrou na Companhia a todos excedia na penitência, humildade, simplicidade e caridade. E assim, e detrás das panelas da cozinha, porque era o nosso cozinheiro, tirou-o o Senhor e o elegeu para tão grande coroa.

41


Caminhemos com a Palavra, Leia hoje: I Coríntios 15-16

TRECHO PARA O DIÁRIO: Atos 4, 32-37 . A multidão dos fiéis era um só coração e uma só alma. Ninguém considerava propriedade particular as coisas que possuía, mas tudo era posto em comum entre eles. 33. Com grande poder, os apóstolos davam testemunho da ressurreição do Senhor Jesus. E todos eles gozavam de grande aceitação. 34. Entre eles ninguém passava necessidade, pois aqueles que possuíam terras ou casas as vendiam, traziam o dinheiro 35. e o colocavam aos pés dos apóstolos; depois, ele era distribuído a cada um conforme a sua necessidade. 36. Foi assim que procedeu José, levita 32

42

nascido em Chipre, apelidado pelos apóstolos com o nome de Barnabé, que significa “filho da exortação”. 37. Ele vendeu o campo que possuía, trouxe o dinheiro e o colocou aos pés dos apóstolos.


Espiritualidade Belém: “Ninguém dizia que era propriedade sua nenhum só de seus bens , pelo contrário, tudo era comum… todos os que tinham campos ou “casas”, vendiam tudo e levavam aos pés dos Apóstolos. A distribuição era feita segundo a necessidade de cada um. (At 4,32-37)” (cont. Estatutos 231) Anote aqui as frases que mais te atingiram e mexeram com você: _____________________________________________________ _____________________________________________________ _____________________________________________________ Escreva aqui seu PROPÓSITO de hoje (pequeno, preciso, concreto) _____________________________________________________

À noite: O que Jesus fez, de especial, para mim hoje? _____________________________________________________ _____________________________________________________ _____________________________________________________ _____________________________________________________ Como vivi meu propósito (Preencha todas essas linha contando todas as vezes que você se lembrou da Palavra, como foi, como te ajudou)?

____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ Senhor eu te peço perdão por... (preencha somente se você quiser, se não escreva numa folha a parte)

________________________________________________________ ________________________________________________________ 43


Caminhemos com a Palavra, Leia hoje: II Coríntios 1-2

TRECHO PARA O DIÁRIO: Atos 5, 1-11 1.

Um homem chamado Ananias fez um acordo com sua esposa Safira: vendeu uma propriedade que possuía, 2. reteve uma parte do dinheiro para si e entregou a outra parte, colocando-a aos pés dos apóstolos. 3. E Pedro lhe perguntou: “Ananias, por que você deixou Satanás tomar posse do seu coração? Por que você está mentindo para o Espírito Santo, conservando uma parte do preço do terreno? 4. Você não podia conservá-lo para si sem vendê-lo? E mesmo que o vendesse, você não podia ficar com todo o dinheiro? Então, por que fez isso? Você não mentiu para os homens, mas para Deus”. 5. Ao ouvir isso, Ananias caiu no chão e morreu. E grande temor se apoderou de todos os que estavam ouvindo. 6. Os mais jovens se levantaram,

44

enrolaram o corpo de Ananias num lençol e o levaram para enterrar. 7. Umas três horas mais tarde, chegou a esposa de Ananias, sem saber o que havia acontecido.8. Pedro lhe perguntou: “É verdade que vocês venderam o terreno por esse preço?” Ela respondeu: “Sim, foi por esse preço”. 9. Então Pedro disse: ‘Por que vocês fizeram acordo para tentar o Espírito do Senhor? Veja! Os que foram enterrar seu marido estão chegando. Eles vão levar você também!”10. No mesmo instante, Safira caiu aos pés de Pedro e morreu. Quando os jovens entraram, a encontraram morta e a levaram para enterrar junto do marido.11. E grande temor se espalhou por toda a Igreja e entre todos aqueles que ouviram falar do que havia acontecido.


Espiritualidade Belém: “Realizam assim o sonho de Jesus para todos os seus discípulos “Não tenham medo, pequeno rebanho, vendei o que possuis dai-o em esmola … fazei para vós bolsa que não se gastam, um tesouro no céu” (Lc 12,32-34)” (cont. Estatutos 231) Anote aqui as frases que mais te atingiram e mexeram com você: _____________________________________________________ _____________________________________________________ _____________________________________________________ Escreva aqui seu PROPÓSITO de hoje (pequeno, preciso, concreto) _____________________________________________________

À noite: O que Jesus fez, de especial, para mim hoje? _____________________________________________________ _____________________________________________________ _____________________________________________________ _____________________________________________________ Como vivi meu propósito (Preencha todas essas linha contando todas as vezes que você se lembrou da Palavra, como foi, como te ajudou)?

____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ Senhor eu te peço perdão por... (preencha somente se você quiser, se não escreva numa folha a parte)

________________________________________________________ ________________________________________________________ 45


A PROFISSÃO DE FÉ (Parte 1–Secção 2-Cap.3) “Creio no Espírito Santo” No monte da transfiguração, é Ele que «sobrevém na nuvem que cobriu da sua sombra» Jesus, Moisés e Elias, Pedro, Tiago e João, nuvem da qual se fez ouvir uma voz que dizia: “Este é o meu Filho, o meu Eleito, escutai-O!”» (Lc 9, 35). E, enfim, a mesma nuvem que «esconde Jesus aos olhos» dos discípulos no dia da Ascensão (38) e que O revelará como Filho do Homem na sua glória, no dia da sua vinda (39). 698. O selo é um símbolo próximo do da unção. Com efeito, foi a Cristo que «Deus marcou com o seu selo» (Jo 6, 27) e é n’Ele que o Pai nos marca também com o seu selo» (40). Porque indica o efeito indelével da unção do Espírito Santo nos sacramentos do Batismo, da Confirmação e da Ordem, a imagem do selo («sphragis») foi utilizada em certas tradições teológicas para exprimir o «caráter» indelével, impresso por estes três sacramentos, que não podem ser repetidos. 699. A mão. É pela imposição das mãos que Jesus cura os doentes (41) e abençoa as crianças (42). O mesmo farão os Apóstolos, em seu nome (43). Ainda mais: é pela imposição das mãos dos Apóstolos que o Espírito Santo é dado (44). A Epístola aos Hebreus coloca a imposição das mãos no número dos «artigos fundamentais» do seu ensino (45). Este sinal da

efusão omnipotente do Espírito Santo, guarda-o a Igreja nas suas epicleses sacramentais. 700. O dedo. «É pelo dedo de Deus que Jesus expulsa os demônios» (46). Se a Lei de Deus foi escrita em tábuas de pedra «pelo dedo de Deus» (Ex 31, 18), a «carta de Cristo», entregue ao cuidado dos Apóstolos, «é escrita com o Espírito de Deus vivo: não em placas de pedra, mas em placas que são corações de carne» (2 Cor 3, 3). O hino «Veni Creator Spiritus» invoca o Espírito Santo como «digitus paternae dexterae» — «Dedo da mão direita do Pai» (47). 701. A pomba. No final do dilúvio (cujo simbolismo tem a ver com o Batismo), a pomba solta por Noé regressa com um ramo verde de oliveira no bico, sinal de que a terra é outra vez habitável /48). Quando Cristo sobe das águas do seu batismo, o Espírito Santo, sob a forma duma pomba, desce e paira sobre Ele (49). O Espírito desce e repousa no coração purificado dos batizados. Em certas igrejas, a sagrada Reserva eucarística é conservada num relicário metálico em forma de pomba (o columbarium) suspenso sobre o altar. O símbolo da pomba para significar o Espírito Santo é tradicional na iconografia cristã.

Escreve as frases do Catecismo que mais te atingiram:

_____________________________________________________ _____________________________________________________ _____________________________________________________ O que você deveria fazer para colocar em prática o que o Catecismo me fala?

_____________________________________________________ _____________________________________________________

46


Beato José de Anchieta, evangelizador do Brasil Não podemos nos confundir de ver que os espanhóis aqui no Brasil correram mais do que nós que viemos de Portugal, e foram dignos de alcançar aquele prêmio, ao qual todos corremos. Praza a Nosso Senhor de dar-nos graça, que nos conformemos, vivendo com sua santa vontade, de modo que mereçamos receber da sua bondade na morte tal coroa. De S. Vicente, a 15 de Março de 1555. Por comissão de nosso Padre Manuel da Nóbrega. Servo indigno da Companhia. TRIMENSAL DE MAIO A AGOSTO DE 1556, DE PIRATININGA Evangelização dos índios. — Assistência aos doentes. JESUS Maria. A paz de Jesus Nosso Senhor esteja sempre convosco. Nas passadas cartas, foram já detalhadamente narradas as coisas que se passam entre nós, agora tocarei de leve nas que se me oferecem. Na doutrinação dos índios guardamos a mesma ordem: duas vezes por dia são chamados á igreja, pelo toque da campainha, ao qual correm as mulheres daqui e dali, e lá recitam as orações no próprio idioma, recebendo ao mesmo tempo contínuas exortações, e se instruindo em tudo quanto respeita ao conhecimento da fé. Algumas se mostram de tal maneira dedicadas que não passam um só dia sem que vão duas vezes á igreja, e de lá se não apartam, nem mesmo com o rigor do frio, que é intensíssimo nesta quadra do ano, algumas se confessam todos os anos, duas ou três vezes, outras tantas

se aproximam da mesa eucarística. Certa mulher uma vez se admirou de que nós não aplicássemos os remédios de que usamos no curativo de um indivíduo, atacado de doença contagiosa, que parecia lepra; e também porque não tratávamos de lhe restituir a saúde, nós que ensinávamos que se devem praticar as obras de misericórdia. Para com esta mulher que tais coisas pensava e desejava, nós nos desculpávamos, dizendo que isso nos parecia acontecer por culpa dos próprios índios que, muitas vezes, em ocasiões de grandes enfermidades e mordeduras de cobras, prometiam pautar a sua vida pela lei de Deus e pelos costumes cristãos e que, restituídos á saúde, persistiam nos maus costumes, o que ela julgava que nos afastava dos curativos desta espécie, capacitando-se de que dependia de nós a restituição á saúde, porque conhecemos e pregamos a Deus. Esta e uma outra que estava doente eram visitadas por nós e uma delas se restabeleceu, após alguns dias, e perguntando-lhe a mãe como estava, ela respondeu que ia muito bem, e que não havia que admirar, visto que o padre lhe tinha imposto a mão; por isso é que as mulheres nos demonstram extraordinária estima.

47


Caminhemos com a Palavra, Leia hoje: II Coríntios 3-4

TRECHO PARA O DIÁRIO: João 3, 14-21 14. Assim como Moisés levantou a serpente no deserto, do mesmo modo é preciso que o Filho do Homem seja levantado.15. Assim, todo aquele que nele acreditar, nele terá a vida eterna.” 16. “Pois Deus amou de tal forma o mundo, que entregou o seu Filho único, para que todo o que nele acredita não morra, mas tenha a vida eterna. 17. De fato, Deus enviou o seu Filho ao mundo, não para condenar o mundo, e sim para que o mundo seja salvo por meio dele.18. Quem acredita nele, não está condenado; quem não acredita, já está condenado, porque não acreditou no nome do Filho único de Deus. 19. O julgamento é este: a luz veio ao mundo, mas os homens preferiram as trevas à luz, porque suas ações eram más.

48

20. Quem pratica o mal, tem ódio da luz, e não se aproxima da luz, para que suas ações não sejam desmascaradas. 21. Mas, quem age conforme à verdade, se aproxima da luz, para que suas ações sejam vistas, porque são feitas como Deus quer.”


Espiritualidade Belém: “Os casais totalmente entregues, assim como os imolados, se esforçarão de viver todo dia, ao pé da letra, a palavra que alicerça a nossa pobreza: ”(cont. Estatutos 232) Anote aqui as frases que mais te atingiram e mexeram com você: _____________________________________________________ _____________________________________________________ _____________________________________________________ Escreva aqui seu PROPÓSITO de hoje (pequeno, preciso, concreto) _____________________________________________________

À noite: O que Jesus fez, de especial, para mim hoje? _____________________________________________________ _____________________________________________________ _____________________________________________________ _____________________________________________________ Como vivi meu propósito (Preencha todas essas linha contando todas as vezes que você se lembrou da Palavra, como foi, como te ajudou)?

____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ Senhor eu te peço perdão por... (preencha somente se você quiser, se não escreva numa folha a parte)

________________________________________________________ ________________________________________________________ 49


Caminhemos com a Palavra, Leia hoje: II Coríntios 5-6 1. Depois disso, Jesus foi para a outra margem do mar da Galiléia, também chamado Tiberíades. 2. Uma grande multidão seguia Jesus porque as pessoas viram os sinais que ele fazia, curando os doentes.3. Jesus subiu a montanha e sentou-se aí com seus discípulos.4. Estava próxima a Páscoa, festa dos judeus. 5. Jesus ergueu os olhos e viu uma grande multidão que vinha ao seu encontro. Então Jesus disse a Filipe: “Onde vamos comprar pão para eles comerem?”6. Jesus falou assim para testar Filipe, pois sabia muito bem o que ia fazer.7. Filipe respondeu: “Nem meio ano de salário bastaria para dar um pedaço para cada um.” 8. Um discípulo de Jesus, André, o irmão de Simão Pedro, disse: 9. “Aqui há um rapaz que tem cinco pães de cevada e dois peixes. Mas, o que é isso para tanta gente?” 10. Então Jesus disse: “Falem para o povo sentar.” Havia muita

50

grama nesse lugar e todos sentaram. Estavam aí cinco mil pessoas, mais ou menos. 11. Jesus pegou os pães, agradeceu a Deus e distribuiu aos que estavam sentados. Fez a mesma coisa com os peixes. E todos comeram o quanto queriam. 12. Quando ficaram satisfeitos, Jesus disse aos discípulos: “Recolham os pedaços que sobraram, para não se desperdiçar nada.” 14. As pessoas viram o sinal que Jesus tinha realizado e disseram: “Este é mesmo o Profeta que devia vir ao mundo.”15. Mas Jesus percebeu que iam pegá-lo para fazê-lo rei. Então ele se retirou sozinho, de novo, para a montanha. {João 6, 1-15}


Espiritualidade Belém: ““Se alguém tiver bens (qualquer que seja) neste mundo e fechar o coração (e os olhos) ao seu irmão que passa necessidade, como o Amor de Deus permanece nele…?Não amemos nem com palavras e nem com a língua, mas com os fatos na verdade” (1Jo 3,17-19)” (cont. Estatutos 232) Anote aqui as frases que mais te atingiram e mexeram com você: _____________________________________________________ _____________________________________________________ _____________________________________________________ Escreva aqui seu PROPÓSITO de hoje (pequeno, preciso, concreto) _____________________________________________________

À noite: O que Jesus fez, de especial, para mim hoje? _____________________________________________________ _____________________________________________________ _____________________________________________________ _____________________________________________________ Como vivi meu propósito (Preencha todas essas linha contando todas as vezes que você se lembrou da Palavra, como foi, como te ajudou)?

____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ Senhor eu te peço perdão por... (preencha somente se você quiser, se não escreva numa folha a parte)

________________________________________________________ ________________________________________________________ 51


A PROFISSÃO DE FÉ (Parte 1–Secção 2-Cap.3) “Creio no Espírito Santo” III. O Espírito e a Palavra de Deus, no tempo das promessas 702. Desde o princípio até à «plenitude do tempo» (50), a missão conjunta do Verbo e do Espírito do Pai permanece oculta, mas está atuante. O Espírito de Deus prepara o tempo do Messias: e um e outro, ainda não plenamente revelados, já são prometidos com o fim de serem esperados e acolhidos quando da sua manifestação. É por isso que, quando a Igreja lê o Antigo Testamento (51) perscruta nele (52) o que o Espírito, «que falou pelos profetas» (53), nos quer dizer acerca de Cristo. Por «profetas», a fé da Igreja entende aqui todos aqueles que o Espírito Santo inspirou no anúncio vivo e na redação dos Livros santos, tanto do Antigo como do Novo Testamento. A tradição judaica distingue a Lei (os cinco primeiros livros ou Pentateuco), os Profetas (os livros ditos históricos e proféticos) e os Escritos (sobretudo sapienciais, em particular os Salmos) (54). NA CRIAÇÃO 703. A Palavra de Deus e o seu Espírito estão na origem do ser e da vida de todas as criaturas (55). É próprio do Espírito Santo reinar, santificar e animar a criação, porque Ele

é Deus consubstancial ao Pai e ao Filho [...]. PertenceLhe o poder sobre a vida, porque, sendo Deus, guarda a criação no Pai pelo Filho (56). 704. «Quanto ao homem, foi com as suas próprias mãos (quer dizer, com o Filho e o Espírito Santo) que Deus o moldou [...] e sobre a carne moldada desenhou a sua própria forma, de modo que, mesmo o que havia de ser visível, tivesse a forma divina» (57) . O ESPÍRITO DA PROMESSA 705. Desfigurado pelo pecado e pela morte, o homem permanece «à imagem de Deus», à imagem do Filho, mas está «privado da glória de Deus» (58) , privado da «semelhança». A promessa feita a Abraão inaugura a «economia da salvação», no termo da qual o próprio Filho assumirá «a imagem»(59) e restaurá-la-á na «semelhança» com o Pai, voltando a dar-lhe a glória, o Espírito «que dá a vida». 706. Contra toda a esperança humana, Deus promete a Abraão uma descendência, como fruto da fé e do poder do Espírito Santo (60).

Escreve as frases do Catecismo que mais te atingiram:

_____________________________________________________ _____________________________________________________ _____________________________________________________ O que você deveria fazer para colocar em prática o que o Catecismo me fala?

_____________________________________________________ _____________________________________________________

52


Beato José de Anchieta, evangelizador do Brasil Alguns homens também assistem, aos Domingos, á celebração da Missa, e nessa ocasião, depois do ofertório, se lhes prega alguma coisa a respeito da fé, da observância dos mandamentos e além disso, o que é pouco, atendendo á sua rude natureza, nenhum dia deixamos passar, sem que vamos a sua casa, exortando ora uns, ora outros a aceitar a fé, tomando parte na sua conversação, e tratando com eles na máxima familiaridade; com especialidade aqueles a quem este encargo é imposto pela obediência; pois que as conversações particulares os impressionam muito, ao verem o nosso esforço e o nosso cuidado, não podem deixar de admirar e reconhecer o nosso amor para com eles, principalmente, porque veem que empregamos toda a diligência no tratamento de suas enfermidades, sem nenhuma esperança de lucro. E fazemos isto, na intenção de preparar para o recebimento do batismo, caso haja necessidade, os seus espíritos, em tais circunstancias mais redutíveis e mais brandos: por igual motivo é que desejamos assistir as parturientes, afim de batizar mãe e filho, se o caso exigir. Assim acontece atender-se á salvação do corpo e da alma. Certo rapaz, tendo vindo de outra parte para aqui, tão ardente desejo demonstrava em abraçar a fé cristã, que abandonando seus parentes se juntou a nós, e se reunindo aos meninos para aprender os primeiros elementos, queria se converter todo ao culto de Deus; esforçava-se por aprender as orações e muitas vezes, em noite de frio, deixando a casa dos parentes, dormia debaixo de uma

espécie de pórtico, pedindo que se lhe concedesse o batismo, o qual em seguida foi admitido como catecúmeno, admoestado entre os perseverantes, e depois levado ao batismo. (...) Uma catecúmena que havia dois anos estava enferma de calenturas, fez-se trazer a Piratininga pelos seus parentes, para que a curássemos: fizemos-lhe os remédios que podíamos, mas como a febre já estava arraigada, a curamos mais da saúde da alma, incitando-lhe os desejos da eterna vida, a qual ela abraçando com todo o afeto do coração, rogava e pedia o batismo. Daí a alguns dias foi a uma aldeia vizinha, mas logo, mandou logo uns moços a chamar-nos. Fomos sem tardança, sendo o sol posto, e a encontramos já no extremo , e dandolhe de comer, a admoestamos que se aparelhasse para o batismo: respondeu ela que estava aparelhada e que o desejava muito; logo nessa hora a trouxemos a Piratininga de noite, aonde um irmão e outro que lá havia diziam, que se deferisse para outras: a instruímos mais compridamente na Fé, o que ha muitos meses havíamos feito, e a batizamos: logo parece que se lhe mudou o rosto e se tornou mais alegre, quando antes pelas angustias da dor estava afligida sem nenhum sossego: começou logo a repousar, e a duas ou três horas se passou para a vida.

53


Caminhemos com a Palavra, Leia hoje: II Coríntios 7-8

TRECHO PARA O DIÁRIO: João 6, 16-21 . Ao cair da tarde, os discípulos de Jesus desceram ao mar. 17. Entraram na barca e foram em direção a Cafarnaum, do outro lado do mar. Já era noite, e Jesus ainda não tinha ido ao encontro deles. 18. Soprava vento forte e o mar estava agitado. 19. Os discípulos tinham remado mais ou menos cinco ou seis quilômetros, quando viram Jesus andando sobre as águas e aproximando-se da barca. Então ficaram com medo, 20. mas Jesus disse: “Sou eu. Não tenham medo.” 21. Eles quiseram recolher Jesus na barca, mas nesse instante a barca chegou à margem para onde estavam indo. 16

54


Espiritualidade Belém: “Sinal dessa entrega será o balancete ­­­ económico sintético de todo o dinheiro que foi movimentado no mês em prol dos pobres.” (Estatutos 233) Anote aqui as frases que mais te atingiram e mexeram com você: _____________________________________________________ _____________________________________________________ _____________________________________________________ Escreva aqui seu PROPÓSITO de hoje (pequeno, preciso, concreto) _____________________________________________________

À noite: O que Jesus fez, de especial, para mim hoje? _____________________________________________________ _____________________________________________________ _____________________________________________________ _____________________________________________________ Como vivi meu propósito (Preencha todas essas linha contando todas as vezes que você se lembrou da Palavra, como foi, como te ajudou)?

____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ Senhor eu te peço perdão por... (preencha somente se você quiser, se não escreva numa folha a parte)

________________________________________________________ ________________________________________________________ 55


Caminhemos com a Palavra, Leia hoje: II Coríntios 9-10 15. Depois de comerem, Jesus perguntou a Simão Pedro: “Simão, filho de João, você me ama mais do que estes outros?” Pedro respondeu: “Sim, Senhor, tu sabes que eu te amo.” Jesus disse: “Cuide dos meus cordeiros.”16. Jesus perguntou de novo a Pedro: “Simão, filho de João, você me ama?” Pedro respondeu: “Sim, Senhor, tu sabes que eu te amo.” Jesus disse: “Tome conta das minhas ovelhas.” 17. Pela terceira vez Jesus perguntou a Pedro: “Simão, filho de João, você me ama?” Então Pedro ficou triste, porque Jesus perguntou três vezes se ele o amava. Disse a Jesus: “Senhor, tu conheces tudo, e sabes que

56

eu te amo.” Jesus disse: “Cuide das minhas ovelhas.18. Eu garanto a você: quando você era mais moço, você colocava o cinto e ia para onde queria. Quando você ficar mais velho, estenderá as suas mãos, e outro colocará o cinto em você e o levará para onde você não quer ir.”19. Jesus falou isso aludindo ao tipo de morte com que Pedro iria glorificar a Deus. E Jesus acrescentou: “Siga-me.” {João 21, 15-19}


Espiritualidade Belém: “A não entrega da Avaliação e do balancete mensais serão considerados erros gravíssimos contra o Espírito Evangélico de comunhão, transparência e pobreza. Essa falha reiterada pode levar ao desligamento da obra, e acarreta advertências por parte do Moderador do Presépio. Depois de três advertências o desligamento será automático.(Estatutos 234) Anote aqui as frases que mais te atingiram e mexeram com você: _____________________________________________________ _____________________________________________________ _____________________________________________________ Escreva aqui seu PROPÓSITO de hoje (pequeno, preciso, concreto) _____________________________________________________

À noite: O que Jesus fez, de especial, para mim hoje? _____________________________________________________ _____________________________________________________ _____________________________________________________ _____________________________________________________ Como vivi meu propósito (Preencha todas essas linha contando todas as vezes que você se lembrou da Palavra, como foi, como te ajudou)?

____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ Senhor eu te peço perdão por... (preencha somente se você quiser, se não escreva numa folha a parte)

________________________________________________________ ________________________________________________________ 57


A PROFISSÃO DE FÉ (Parte 1–Secção 2-Cap.3) “Creio no Espírito Santo” III. O Espírito e a Palavra de Deus, no tempo das promessas 702. Desde o princípio até à «plenitude do tempo» (50), a missão conjunta do Verbo e do Espírito do Pai permanece oculta, mas está atuante. O Espírito de Deus prepara o tempo do Messias: e um e outro, ainda não plenamente revelados, já são prometidos com o fim de serem esperados e acolhidos quando da sua manifestação. É por isso que, quando a Igreja lê o Antigo Testamento (51) perscruta nele (52) o que o Espírito, «que falou pelos profetas» (53), nos quer dizer acerca de Cristo. Por «profetas», a fé da Igreja entende aqui todos aqueles que o Espírito Santo inspirou no anúncio vivo e na redação dos Livros santos, tanto do Antigo como do Novo Testamento. A tradição judaica distingue a Lei (os cinco primeiros livros ou Pentateuco), os Profetas (os livros ditos históricos e proféticos) e os Escritos (sobretudo sapienciais, em particular os Salmos) (54). NA CRIAÇÃO 703. A Palavra de Deus e o seu Espírito estão na origem do ser e da vida de todas as criaturas (55). É próprio do Espírito Santo reinar, santificar e animar a criação, porque Ele

é Deus consubstancial ao Pai e ao Filho [...]. PertenceLhe o poder sobre a vida, porque, sendo Deus, guarda a criação no Pai pelo Filho (56). 704. «Quanto ao homem, foi com as suas próprias mãos (quer dizer, com o Filho e o Espírito Santo) que Deus o moldou [...] e sobre a carne moldada desenhou a sua própria forma, de modo que, mesmo o que havia de ser visível, tivesse a forma divina» (57) . O ESPÍRITO DA PROMESSA 705. Desfigurado pelo pecado e pela morte, o homem permanece «à imagem de Deus», à imagem do Filho, mas está «privado da glória de Deus» (58) , privado da «semelhança». A promessa feita a Abraão inaugura a «economia da salvação», no termo da qual o próprio Filho assumirá «a imagem»(59) e restaurá-la-á na «semelhança» com o Pai, voltando a dar-lhe a glória, o Espírito «que dá a vida». 706. Contra toda a esperança humana, Deus promete a Abraão uma descendência, como fruto da fé e do poder do Espírito Santo (60).

Escreve as frases do Catecismo que mais te atingiram:

_____________________________________________________ _____________________________________________________ _____________________________________________________ O que você deveria fazer para colocar em prática o que o Catecismo me fala?

_____________________________________________________ _____________________________________________________

58


Beato José de Anchieta, evangelizador do Brasil “Depois de muitos dias duas de suas irmãs (mulher batizada na hora da morte) caíram em uma grande enfermidade; uma delas morreu em Piratininga, cristã e casada: sangrei-a duas vezes, e ficou melhor; a outra, que ainda era catecúmena, e morava em outro lugar, bem instruída nas coisas da Fé, e que na bondade natural parecia exceder a todas as outras, adoecendo de febre nos fez saber: até que passaram quatro ou cinco dias fomos visitá-la, sangramo-la, e juntamente lhe ensinamos, e depois da sangria ficou melhor: depois de alguns dias, agravando-se mais a doença, mandou-me chamar para que a tornasse a sangrar: fui bem depressa, mas quando cheguei não tinha os sentidos, nem sinal de vida, e o corpo estava já frio, de maneira que parecia morta; mas como se lhe lançasse água na cara, começou a mover os olhos; enfim tornando a si lhe perguntei se queria que a batizasse: toda sua vida nenhuma outra coisa mais desejava, assim que a batizei, e pronunciei ás duas horas da manhã o Santíssimo Nome de Jesus, foi confessando a verdadeira Fé, até que deu o espírito ao seu Criador para ir receber o prêmio eterno. Depois de alguns meses sucedeu a outra irmã, que acima falei, muito firme na Fé, e confessada muitas vezes. De outros muitos podia contar, sobretudo dos escravos, dos quais alguns morreram batizados de pouco, e outros já há dias que o foram: acabando sua confissão iam para o Senhor. Pelo que, quase sem cessar, andamos visitando varias Povoações assim dos índios como de Portugueses, sem fazer caso das calmas e chuvas, grandes

enchentes dos rios, e muitas vezes de noite por bosques muito escuros a socorrer os enfermos, não sem grande trabalho, assim pela aspereza dos caminhos, como pela incômodo do tempo, ainda mais sendo tantas estas Povoações, estando longe umas das outras, que não somos bastantes a acudir tão varias necessidades como ocorrem, e, mesmo que fossemos muito mais, não poderíamos bastar. Ajunta-se a isto, que nós que socorremos as necessidades dos outros, muitas vezes estamos mal dispostos e fatigados de dores, desfalecemos no caminho, de maneira que apenas o podemos acabar, e assim ainda que mais parece termos necessidade ainda de médico que os mesmos enfermos. Mas nada é árduo a quem tem por fim somente a honra de Deus, e a salvação das almas, pelas quais não duvidamos dar a vida. Muitas vezes nos levantamos do sono, ora para os enfermos e os que morrem, ora para as mulheres de parto, sobre as quais pomos as relíquias dos Santos e logo nascem as crianças, e o que elas não ignoram. Começando a sentir as dores, logo pedem que ponham as relíquias, havendo-se primeiro confessado. Entre estas coisas acontece que se batizam e mandam ao Céu alguns meninos que nascem meio mortos, e outros movidos, o que acontece muitas vezes mais por humana malícia que por desastre, porque estas mulheres brasílicas muito facilmente movem: ou iradas contra seus maridos, ou os não tem por medo; ou por outra qualquer ocasião muito leviana matam os filhos; ou bebendo para isso algumas beberagens; ou apertando a barriga; ou tomando alguma carga grande, e com outras muitas maneiras que a crueldade desumana inventa.

59


Caminhemos com a Palavra, Leia hoje: II Coríntios 11-12

TRECHO PARA O DIÁRIO: João 6, 24-29 24. Quando a multidão viu que nem Jesus nem os discípulos estavam aí, as pessoas subiram nas barcas e foram procurar Jesus em Cafarnaum. 25. Quando encontraram Jesus no outro lado do lago, perguntaram: “Rabi, quando chegaste aqui?” 26. Jesus respondeu: “Eu garanto a vocês: vocês estão me procurando, não porque viram os sinais, mas porque comeram os pães e ficaram satisfeitos. 27. Não trabalhem pelo alimento que se estraga; trabalhem pelo alimento que dura para a vida eterna. É este alimento que o Filho do Homem dará a vocês, porque foi ele quem Deus Pai marcou com seu selo.” 28. Então eles perguntaram: “O que é que devemos fazer para

60

realizar as obras de Deus?” 29. Jesus respondeu: “A obra de Deus é que vocês acreditem naquele que ele enviou.”


Espiritualidade Belém: “COM O VÍNCULO DE CASTIDADE CONJUGAL se comprometem a viver a Constância Evangélica, o uso dos Métodos Naturais e a abertura à vida, segundo as orientações ” (Estatutos 235) Anote aqui as frases que mais te atingiram e mexeram com você: _____________________________________________________ _____________________________________________________ _____________________________________________________ Escreva aqui seu PROPÓSITO de hoje (pequeno, preciso, concreto) _____________________________________________________

À noite: O que Jesus fez, de especial, para mim hoje? _____________________________________________________ _____________________________________________________ _____________________________________________________ _____________________________________________________ Como vivi meu propósito (Preencha todas essas linha contando todas as vezes que você se lembrou da Palavra, como foi, como te ajudou)?

____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ Senhor eu te peço perdão por... (preencha somente se você quiser, se não escreva numa folha a parte)

________________________________________________________ ________________________________________________________ 61


Caminhemos com a Palavra, Leia hoje: II Coríntios 13

TRECHO PARA O DIÁRIO: Atos 7, 51-8,1 51. Homens teimosos, insensíveis e fechados à vontade de Deus! Vocês sempre resistiram ao Espírito Santo. Vocês são como foram seus pais!52. A qual dos profetas os pais de vocês não perseguiram? Eles mataram aqueles que anunciavam a vinda do Justo, do qual agora vocês se tornaram traidores e assassinos.53. Vocês receberam a Lei, promulgada através dos anjos, e não a observaram!” 54. Ao ouvir essas palavras, eles ficaram enfurecidos e rangeram os dentes contra Estêvão.55. Repleto do Espírito Santo, Estêvão olhou para o céu e viu a glória de Deus, e Jesus, de pé, à a direita de Deus.56. Então disse: “Estou vendo o céu aberto e o Filho do Homem, de pé à direita de Deus.”

62

57. Então eles deram fortes gritos, taparam os ouvidos e avançaram todos juntos contra Estêvão.58. Arrastaram-no para fora da cidade e começaram a apedrejá-lo. As testemunhas deixaram seus mantos aos pés de um jovem chamado Saulo. 59. Atiravam pedras em Estêvão, que repetia esta invocação: “Senhor Jesus, recebe o meu espírito.”60. Depois dobrou os joelhos e gritou forte: “Senhor, não os condenes por este pecado.” E, ao dizer isso, adormeceu.


Espiritualidade Belém: “Com o VÍNCULO “BELÉM” se empenham a participar da vida, da formação, dos encontros da obra a fim de reviver, com a radicalidade da Sagrada Família de Belém.”(Estatutos 236) Anote aqui as frases que mais te atingiram e mexeram com você: _____________________________________________________ _____________________________________________________ _____________________________________________________ Escreva aqui seu PROPÓSITO de hoje (pequeno, preciso, concreto) _____________________________________________________

À noite: O que Jesus fez, de especial, para mim hoje? _____________________________________________________ _____________________________________________________ _____________________________________________________ _____________________________________________________ Como vivi meu propósito (Preencha todas essas linha contando todas as vezes que você se lembrou da Palavra, como foi, como te ajudou)?

____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ Senhor eu te peço perdão por... (preencha somente se você quiser, se não escreva numa folha a parte)

________________________________________________________ ________________________________________________________ 63


A PROFISSÃO DE FÉ (Parte 1–Secção 2-Cap.3) “Creio no Espírito Santo” A EXPECTATIVA DO MESSIAS E DO SEU ESPÍRITO 711. «Eis que vou fazer algo de novo» (Is 43, 19): duas linhas proféticas vão ser traçadas, incidindo uma sobre a expectativa do Messias e outra sobre o anúncio dum Espírito novo, convergindo ambas no pequeno «resto», o povo dos pobres (73), que aguarda na esperança a «consolação de Israel» e «a libertação de Jerusalém» (Lc 2, 25.38). Vimos mais atrás como Jesus cumpriu as profecias que Lhe diziam respeito. Limitamo-nos agora àquelas em que aparece mais clara a relação entre o Messias e o seu Espírito. 712. Os traços do rosto do Messias esperado começam a aparecer no Livro do Emanuel (74) (quando Isaías [...] teve a visão da glória» de Cristo: Jo 12, 41), particularmente em Is 11, 1-2: «Naquele dia, sairá um ramo do tronco de Jessé e um rebento brotará das suas raízes. Sobre ele repousará o Espírito do Senhor: espírito de sabedoria e de entendimento, espírito de conselho e de fortaleza, espírito de conhecimento e de temor do Senhor». 713. Os traços do Messias são revelados sobretudo nos cânticos do Servo (75).

Estes cânticos anunciam o sentido da paixão de Jesus, indicando assim a maneira como Ele derramará o Espírito Santo para dar vida à multidão: não a partir do exterior, mas assumindo a nossa «condição de servo» (Fl 2, 7). Tomando sobre Si a nossa morte, Ele pode comunicar-nos o seu próprio Espírito de vida. 714. É por isso que Cristo inaugura o anúncio da Boa-Nova, apropriando-Se desse passo de Isaías (Lc 4, 18-19) (76) : «O Espírito do Senhor Deus está sobre Mim, porque o Senhor Me ungiu. Enviou-Me a anunciar a Boa-Nova aos que sofrem, para curar os desesperados, para anunciar a libertação aos exilados e a liberdade aos prisioneiros, para proclamar o ano da graça do Senhor». 715. Os textos proféticos, respeitantes diretamente ao envio do Espírito Santo, são oráculos em que Deus fala ao coração do seu povo na linguagem da promessa, com os acentos do «amor e da fidelidade» (77), cujo cumprimento São Pedro proclamará na manhã do Pentecostes (78)».

Escreve as frases do Catecismo que mais te atingiram:

_____________________________________________________ _____________________________________________________ _____________________________________________________ O que você deveria fazer para colocar em prática o que o Catecismo me fala?

_____________________________________________________ _____________________________________________________

64


Primeira Missa celebrada no Brasil

Beato José de Anchieta, evangelizador do Brasil “Isto me tem dito os doentes, porque o que se ha de julgar verdadeiro fruto que permanece até o fim, porque dos sãos não o fazem contar nada a ninguém, por ser tanta a inconstância em muitos, que não se pôde nem se deve prometer deles coisa que haja de durar. Mas bem aventurados aqueles que morrem no Senhor, que livres das perigosas águas deste oscilante mar, abraçada a Fé, mandamos ao Senhor, transladados á vida, soltos das prisões da morte! E assim os bem aventurados êxitos destes nos dão tanta consolação, que pode aliviar a dor que recebemos da malícia dos vivos, e com tudo trabalhamos com muita diligência na sua

doutrina, os admoestamos em públicas predicas, e particulares práticas, que perseverem no que tem aprendido, confessando-se e comungando muitos a cada domingo. Vem também de outros lugares onde estão dispersados a ouvir as Missões e confessar-se, sobretudo quando querem ir á guerra (!). A confissão e mais sacramentos tem muita reverência, e tanto, que muitas vezes afirmam os enfermos que se lhes abrandam as dores depois da confissão. Assim não ha dúvida, que se acharia muito fruto neles se estivessem juntos, onde se pudessem ensiná-los, de que se fez agora experiência na Baía, onde juntos em umas grandes aldeias por mandado do Governador, aprendem muito depressa a doutrina e rudimentos da Fé, e dão muito fruto, que durará em quanto houver quem os traga a viver naquela sujeição que temos.

65


Caminhemos com a Palavra, Leia hoje: Gálatas 1-2

TRECHO PARA O DIÁRIO: João 6,32-40 . Jesus respondeu: “Eu garanto a vocês: Moisés não deu para vocês o pão que veio do céu. É o meu Pai quem dá para vocês o verdadeiro pão que vem do céu, 33. porque o pão de Deus é aquele que desce do céu e dá vida ao mundo.”34. Então eles pediram: “Senhor, dá-nos sempre desse pão.” 35. Jesus disse: “Eu sou o pão da vida. Quem vem a mim não terá mais fome, e quem acredita em mim nunca mais terá sede. 36. Eu já disse: vocês me viram e não acreditaram.37. Todos aqueles que o Pai me dá, virão a mim. E eu nunca rejeitarei aquele que vem a mim,38. pois eu desci do céu, não para fazer a minha própria vontade, e sim para fazer a vontade daquele que me enviou.39. E a vontade daquele que me enviou é esta: 32

66

que eu não perca nenhum daqueles que ele me deu, mas que eu os ressuscite no último dia.40. Esta é a vontade do meu Pai: que todo homem que vê o Filho e nele acredita, tenha a vida eterna, e eu o ressuscitarei no último dia.”


Espiritualidade Belém: “Os “vínculos”, como os Votos, podem ser pronunciados somente depois do segundo ano (o do “Compromisso”) e serão renovados por três anos antes de se tornarem definitivos.” (Estatutos 237) Anote aqui as frases que mais te atingiram e mexeram com você: _____________________________________________________ _____________________________________________________ _____________________________________________________ Escreva aqui seu PROPÓSITO de hoje (pequeno, preciso, concreto) _____________________________________________________

À noite: O que Jesus fez, de especial, para mim hoje? _____________________________________________________ _____________________________________________________ _____________________________________________________ _____________________________________________________ Como vivi meu propósito (Preencha todas essas linha contando todas as vezes que você se lembrou da Palavra, como foi, como te ajudou)?

____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ Senhor eu te peço perdão por... (preencha somente se você quiser, se não escreva numa folha a parte)

________________________________________________________ ________________________________________________________ 67


Caminhemos com a Palavra, Leia hoje: Gálatas 3-4

TRECHO PARA O DIÁRIO: João 6, 48-51

48

. Eu sou o pão da vida.

. Os pais de vocês comeram o maná no deserto e, no entanto, morreram.

49

. Eis aqui o pão que desceu do céu: quem dele comer nunca morrerá.”

50

. E Jesus continuou: “Eu sou o pão vivo que desceu do céu. Quem come deste pão viverá para sempre. E o pão que eu vou dar é a minha própria carne, para que o mundo tenha a vida.”

51

68


Espiritualidade Belém: “Os Casais Totalmente Entregue expressam os próprios Vínculos com a seguinte oração: Meu Senhor, meu Deus, meu amor, meu tudo, Eu,me ofereço a Ti inteiramente. Nada sou, Senhor, somente um pobre vermezinho, uma pobre larva apaixonada por Ti. ” (Estatutos 238) Anote aqui as frases que mais te atingiram e mexeram com você: _____________________________________________________ _____________________________________________________ _____________________________________________________ Escreva aqui seu PROPÓSITO de hoje (pequeno, preciso, concreto) _____________________________________________________

À noite: O que Jesus fez, de especial, para mim hoje? _____________________________________________________ _____________________________________________________ _____________________________________________________ _____________________________________________________ Como vivi meu propósito (Preencha todas essas linha contando todas as vezes que você se lembrou da Palavra, como foi, como te ajudou)?

____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ Senhor eu te peço perdão por... (preencha somente se você quiser, se não escreva numa folha a parte)

________________________________________________________ ________________________________________________________ 69


A PROFISSÃO DE FÉ (Parte 1–Secção 2-Cap.3) “Creio no Espírito Santo” Segundo estas promessas, nos «últimos tempos» o Espírito do Senhor há de renovar o coração dos homens, gravando neles uma lei nova; reunirá e reconciliará os povos dispersos e divididos; transformará a primeira criação e Deus habitará nela com os homens, na paz. 716. O povo dos «pobres» (79) , dos humildes e dos mansos, totalmente entregues aos desígnios misteriosos do seu Deus, o povo dos que esperam a justiça, não dos homens mas do Messias, tal é, afinal, a grande obra da missão oculta do Espírito Santo, durante o tempo das promessas, para preparar a vinda de Cristo. É a qualidade do seu coração, purificado e iluminado pelo Espírito, que se exprime nos salmos. Nestes pobres, o Espírito prepara para o Senhor «um povo bem disposto» (80). IV. O Espírito de Cristo na plenitude do tempo JOÃO, PRECURSOR, PROFETA E BAPTISTA 717. «Apareceu um homem, enviado por Deus, que tinha o nome de João» (Jo 1, 6). João é «cheio do Espírito Santo já desde o seio materno» (Lc 1, 15) (81), pelo próprio Cristo que a Virgem acabava de conceber por obra e graça

do Espírito Santo. A « visitação» de Maria a Isabel tornou-se, assim, «visita de Deus ao seu povo» (82). 718. João é «Elias que devia vir» (83). O fogo do Espírito habita nele e fá-lo «correr à frente» (como «precursor») do Senhor que chega. Em João o Precursor, o Espírito Santo acaba de «preparar para o Senhor um povo bem disposto» (Lc 1, 17). 719. João é «mais do que um profeta» (84). Nele, o Espírito Santo consuma o «falar pelos profetas». João termina o ciclo dos profetas inaugurado por Elias (85). Anuncia como iminente a consolação de Israel; é ele a «voz» do Consolador que vai chegar (86). Tal como fará o Espírito da verdade, «ele vem como testemunha, para dar testemunho da Luz» (Jo 1, 7)  (87). A respeito de João, o Espírito cumpre assim as «indagações dos profetas» e o «desejo» dos anjos (88): «Aquele sobre Quem vires o Espírito Santo descer e permanecer, é Ele que batiza no Espírito Santo. Ora, eu vi e dou testemunho de que Ele é o Filho de Deus [...] Eis o Cordeiro de Deus!» (Jo 1, 33-36).

Escreve as frases do Catecismo que mais te atingiram:

_____________________________________________________ _____________________________________________________ _____________________________________________________ O que você deveria fazer para colocar em prática o que o Catecismo me fala?

_____________________________________________________ _____________________________________________________

70


Beato José de Anchieta, evangelizador do Brasil:

Alguns trechos de suas cartas Aos IRMÃOS ENFERMOS DE COIMBRA, DE SÃO VICENTE, 1554 (44) PAX Christi. A graça de Nosso Senhor vos console, caríssimos Irmãos enfermos, e vos dê obras conforme ao nome que tendes. Amém. (...) Muito tendes, caríssimos Irmãos, que dar graças ao Senhor, porque vos fez participantes de seus trabalhos e enfermidades, nas quais mostrou o amor que nos tinha: razão será que o sirvamos algum pouco, tendo grande paciência nas enfermidades e, nestas, aperfeiçoando a virtude. A larga conversação que tive nessas enfermarias me faz não me poder esquecer de meus caríssimos coenfermos, desejando vê-los curar com outras mais fortes mesinhas, que as que lá se usam; porque sem dúvida pelo que em mim experimentei, vos posso dizer que as mesinhas materiais pouco fazem e aproveitam. Por outras cartas vos tenho já escrito de minha disposição, a qual cada dia se renova, de maneira que nenhuma diferença ha de mim a um são, ainda que algumas vezes não deixo de ter algumas relíquias das enfermidades passadas, porém não faço mais conta delas que se não fossem. Até agora sempre tenho estado em Piratininga, que é a primeira aldeia de índios, que está a 10 léguas do mar, como em outras cartas tenho escrito, na qual estarei agora, porque é terra muito boa; e porque não tinha purgas nem regalos de enfermaria. Muitas vezes era necessário comer folhas de mostarda cozidas com outros legumes da terra e manjares que lá

podeis imaginar, junto com entender em ensinar gramática em três fases diferentes; e ás vezes estando dormindo me vêm a despertar, para fazer-me perguntas; e em tudo isto parece que saro, e assim é, porque em fazendo conta que não estava enfermo comecei a estar são, e podeis ver minha disposição pelas cartas que escrevo, as quais parecia impossível poder escrever estando lá. Toda quaresma comia carne, como sabeis, e agora a jejuo toda. O mesmo digo do Irmão Gregório, o qual ainda que não está tão são como eu, por ser mais fraco fisicamente, todavia não quer ele dar-me a vantagem: ao menos vos sei dizer que para um negócio de importância ir daqui a Piratininga muito depressa, que é caminho muito áspero e segundo creio o pior que ha no mundo dos atoleiros, subidas e montes, o escolheram a ele como mais rijo, havendo outros mais sãos em casa, e assim foi, dormindo com a camisa ensopada em água, sem fogo, entre montes; "et vivit et vivimus". Neste tempo que estive em Piratininga servi de médico e barbeiro, curando e sangrando a muitos daqueles índios, dos quais viveram alguns de quem se não esperava vida, por serem mortos em muitas daquelas enfermidades.

71


Caminhemos com a Palavra, Leia hoje: Gálatas 5-6

TRECHO PARA O DIÁRIO: João 6, 51-59 51. E Jesus continuou: “Eu sou o pão vivo que desceu do céu. Quem come deste pão viverá para sempre. E o pão que eu vou dar é a minha própria carne, para que o mundo tenha a vida.” 52. As autoridades dos judeus começaram a discutir entre si: “Como pode esse homem dar-nos a sua carne para comer?” 53. Jesus respondeu: “Eu garanto a vocês: se vocês não comem a carne do Filho do Homem e não bebem o seu sangue, não terão a vida em vocês.54. Quem come a minha carne e bebe o meu sangue tem a vida eterna, e eu o ressuscitarei no último dia. 55. Porque a minha carne é verdadeira comida e o meu sangue é verdadeira bebida. 56. Quem come a minha carne e bebe o meu sangue vive em mim e eu vivo nele.

72

57. E como o Pai, que vive, me enviou e eu vivo pelo Pai, assim, aquele que me receber como alimento viverá por mim. 58. Este é o pão que desceu do céu. Não é como o pão que os pais de vocês comeram e depois morreram. Quem come deste pão viverá para sempre.” 59. Jesus disse essas coisas quando ensinava na sinagoga de Cafarnaum.


Espiritualidade Belém: “Que Tu, ó Altíssimo, possa encontrar em mim o teu Prazer, a Tua Alegria, a Tua Complacência. Que o Teu amor misericordioso despose a miséria da minha terra, árida e sedenta, porque sou pó, Senhor.” (Cont. Estatutos 238) Anote aqui as frases que mais te atingiram e mexeram com você: _____________________________________________________ _____________________________________________________ _____________________________________________________ Escreva aqui seu PROPÓSITO de hoje (pequeno, preciso, concreto) _____________________________________________________

À noite: O que Jesus fez, de especial, para mim hoje? _____________________________________________________ _____________________________________________________ _____________________________________________________ _____________________________________________________ Como vivi meu propósito (Preencha todas essas linha contando todas as vezes que você se lembrou da Palavra, como foi, como te ajudou)?

____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ Senhor eu te peço perdão por... (preencha somente se você quiser, se não escreva numa folha a parte)

________________________________________________________ ________________________________________________________ 73


Caminhemos com a Palavra, Leia hoje: Efésios 1-2

TRECHO PARA O DIÁRIO: João 6,60-69 . Depois que ouviram essas coisas, muitos discípulos de Jesus disseram: “Esse modo de falar é duro demais. Quem pode continuar ouvindo isso?” 61. Jesus sabia que seus discípulos estavam criticando o que ele tinha dito. Então lhes perguntou: “Isso escandaliza vocês? 62. Imaginem então se vocês virem o Filho do Homem subir para o lugar onde estava antes! 63. O Espírito é que dá a vida, a carne não serve para nada. As palavras que eu disse a vocês são espírito e vida. 64. Mas entre vocês há alguns que não acreditam.” Jesus sabia desde o começo quais eram aqueles que não acreditavam e quem seria o traidor. 60

74

. E acrescentou: “É por isso que eu disse: ‘Ninguém pode vir a mim, se isso não lhe é concedido pelo Pai.’ “ 66. A partir desse momento, muitos discípulos voltaram atrás, e não andavam mais com Jesus. 67. Então Jesus disse aos Doze: “Vocês também querem ir embora?” 68. Simão Pedro respondeu: “A quem iremos, Senhor? Tu tens palavras de vida eterna. 69. Agora nós acreditamos e sabemos que tu és o Santo de Deus.” 65


Espiritualidade Belém: “Nas tuas mãos, eu me entrego, ó Criador, modela-me como vaso nas mãos do oleiro. Que a minha pequenez, sempre, te torne feliz, Meu Deus e Senhor.” (cont. Estatutos 238) Anote aqui as frases que mais te atingiram e mexeram com você: _____________________________________________________ _____________________________________________________ _____________________________________________________ Escreva aqui seu PROPÓSITO de hoje (pequeno, preciso, concreto) _____________________________________________________

À noite: O que Jesus fez, de especial, para mim hoje? _____________________________________________________ _____________________________________________________ _____________________________________________________ _____________________________________________________ Como vivi meu propósito (Preencha todas essas linha contando todas as vezes que você se lembrou da Palavra, como foi, como te ajudou)?

____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ Senhor eu te peço perdão por... (preencha somente se você quiser, se não escreva numa folha a parte)

________________________________________________________ ________________________________________________________ 75


A PROFISSÃO DE FÉ (Parte 1–Secção 2-Cap.3) “Creio no Espírito Santo” 720. Finalmente, com João Baptista, o Espírito Santo inaugura, em prefiguração, aquilo que vai realizar com e em Cristo: restituir ao homem «a semelhança» divina. O batismo de João era para o arrependimento: o Batismo na água e no Espírito será um novo nascimento (89). «ALEGRA-TE, Ó CHEIA DE GRAÇA» 721. Maria, a santíssima Mãe de Deus, sempre virgem, é a obra-prima da missão do Filho e do Espírito na plenitude do tempo. Pela primeira vez no desígnio da salvação e porque o seu Espírito a preparou, o Pai encontra a morada na qual o seu Filho e o seu Espírito podem habitar entre os homens. É neste sentido que a Tradição da Igreja muitas vezes lê, em relação a Maria, os mais belos textos sobre a Sabedoria (90): Maria é cantada e apresentada na Liturgia como «o Trono da Sabedoria». Nela começam a manifestar-se as «maravilhas de Deus», que o Espírito vai realizar em Cristo e na Igreja: 722. O Espírito Santo preparou Maria pela sua graça. Convinha que fosse «cheia de graça» a Mãe d’Aquele em Quem «habita corporalmente a plenitude da divindade» (Cl 2, 9). Ela foi,

por pura graça, concebida sem pecado, como a mais humilde das criaturas, a mais capaz de acolher o dom inefável do Omnipotente. É a justo título que o anjo Gabriel a saúda como «Filha de Sião»: «Ave» (= «Alegra-te») (91). É a ação de graças de todo o povo de Deus, e portanto da Igreja, que ela faz subir até ao Pai, no Espírito Santo, com o seu cântico (92) , quando já portadora, em si, do Filho eterno. 723. Em Maria, o Espírito Santo realiza o desígnio benevolente do Pai. É pelo Espírito Santo que a Virgem concebe e dá à luz o Filho de Deus. A sua virgindade torna-se fecundidade única, pelo poder do Espírito e da fé  (93). 724. Em Maria, o Espírito Santo manifesta o Filho do Pai feito Filho da Virgem. Ela é a sarça ardente da teofania definitiva: cheia do Espírito Santo, mostra o Verbo na humildade da sua carne; e é aos pobres (94) e às primícias das nações (95) que Ela O dá a conhecer. 725. Finalmente, por Maria, o Espírito começa a pôr em comunhão com Cristo os homens que são «objeto do amor benevolente de Deus» (96);

Escreve as frases do Catecismo que mais te atingiram:

_____________________________________________________ _____________________________________________________ _____________________________________________________ O que você deveria fazer para colocar em prática o que o Catecismo me fala?

_____________________________________________________ _____________________________________________________

76


Beato José de Anchieta: alguns trechos de suas cartas Agora estou aqui em São Vicente, que vim com nosso padre Manuel da Nóbrega para despachar estas cartas. Demais disso tenho aprendido um ofício que me ensinou a necessidade, que é fazer alpergatas, e sou já bom e mestre e tenho feitas muitas para os Irmãos, porque não é possível andar aqui com sapatos de couro pelos montes. Isto tudo é pouco pelo que Nosso Senhor vos mostrará quando cá vierdes. Quanto á língua eu estou adiantado, ainda que é muito pouco, pelo o que soubera se me não ocupara em ler gramática; todavia tenho coligido toda a maneira dela por arte, e por mim tenho entendido quase todo seu modo; não o ponho em arte porque não ha cá a quem aproveite; só eu me aproveito dela e aproveitar-se-ão os que de lá vierem e souberem gramática. Finalmente, caríssimos Irmãos, sei dizer que se o padre Mirão quiser mandar-vos a todos os que andais opilados e meio doentes, a terra é muito boa e ficareis muito sãos. As medicinas são trabalhos e tão melhores quanto mais conformes a Cristo. Também vos digo que não basta com qualquer fervor sair de Coimbra, senão que é necessário trazer alforge cheio de virtudes adquiridas, porque de verdade os trabalhos que a Companhia tem nesta terra são grandes e acontece andar um Irmão entre os índios seis, sete meses no meio da maldade e seus ministros e sem ter outro com quem conversar senão com eles; donde convém ser santo para ser Irmão da Companhia. Não vos digo mais, senão que aparelheis grande fortaleza interior e grandes desejos de padecer, de maneira que ainda que os trabalhos sejam muitos, vos pareçam poucos. Não vou dizer mais, a não ser que preparem uma grande força interior

e grande desejo de sofrer, de forma tal que os muitos trabalhos pareçam poucos. Criem-se um grande coração interior porque vocês não terão lugar para meditar e se recolher a não ser no meio da iniquidade e em cima dos “rios de Babilonia” (frase que significa algo tipo o “inferno”)... Mais uma carta a Sto Inácio de Loyola Ao Padre mestre Inácio de Loyola, geral da Companhia de Jesus, de Piratininga (=São Paulo), julho de 1554 A paz de Nosso Senhor Jesus Cristo esteja sempre em nossas almas Em todo esse tempo que estamos aqui, enviaram para nós algumas crianças órfãs que acolhemos e que estão conosco. Estamos sustentando-as com muito trabalho e dificuldade. Isso fez com que também aqui recolhêssemos alguns órfãos sobretudo mestiços dessa terra para os amparar e educar, porque são os mais perdidos, nessa terra e alguns se comportam muito mal... Estamos tendo alguns problemas com as crianças que nos enviaram do Portugal, porque fugiram, mas conseguimos recuperá-las. Acreditamos que devemos criá-los e educa-los como fazemos com os índios e depois manda-los para a Espanha, onde há menos perigos do que aqui, onde as mulheres andam nuas e não sabem se negar a ninguém, sendo que elas mesmas importunam os homens jogando-se com eles nas redes porque consideram uma honra dormir com os “cristãos”...

77


Caminhemos com a Palavra, Leia hoje: Efésios 3-4

TRECHO PARA O DIÁRIO: João 10, 27-30

27. Minhas ovelhas ouvem a minha voz, eu as conheço, e elas me seguem. 28. Eu dou a elas vida eterna, e elas nunca morrerão. Ninguém vai arrancá-las da minha mão. 29. O Pai, que tudo entregou a mim, é maior do que todos. Ninguém pode arrancar coisa alguma da mão do Pai. 30. O Pai e eu somos um.”

78


Espiritualidade Belém: “Que Tu, ó Altíssimo, possa encontrar em mim o teu Prazer, a Tua Alegria, a Tua Complacência. Que o Teu amor misericordioso despose a miséria da minha terra, árida e sedenta, porque sou pó, Senhor.”(cont. Estatutos 238) Anote aqui as frases que mais te atingiram e mexeram com você: _____________________________________________________ _____________________________________________________ _____________________________________________________ Escreva aqui seu PROPÓSITO de hoje (pequeno, preciso, concreto) _____________________________________________________

À noite: O que Jesus fez, de especial, para mim hoje? _____________________________________________________ _____________________________________________________ _____________________________________________________ _____________________________________________________ Como vivi meu propósito (Preencha todas essas linha contando todas as vezes que você se lembrou da Palavra, como foi, como te ajudou)?

____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ Senhor eu te peço perdão por... (preencha somente se você quiser, se não escreva numa folha a parte)

________________________________________________________ ________________________________________________________ 79


Caminhemos com a Palavra, Leia hoje: Efésios 5-6

TRECHO PARA O DIÁRIO: João 10, 1-10 . “Eu garanto a vocês: aquele que não entra pela porta no curral das ovelhas, mas sobe por outro lugar, é ladrão e assaltante. 2. Mas aquele que entra pela porta, é o pastor das ovelhas. 3. O porteiro abre a porta para ele, e as ovelhas ouvem a sua voz; ele chama cada uma de suas ovelhas pelo nome e as conduz para fora. 4. Depois de fazer sair todas as suas ovelhas, ele caminha na frente delas; e as ovelhas o seguem porque conhecem a sua voz. 5. Elas nunca vão seguir um estranho; ao contrário, vão fugir dele, porque elas não conhecem a voz dos estranhos.” 6. Jesus contou-lhes essa parábola, mas eles não entenderam o que Jesus queria dizer. 1

80

. Jesus continuou dizendo: “Eu garanto a vocês: eu sou a porta das ovelhas.8. Todos os que vieram antes de mim são ladrões e assaltantes, mas as ovelhas não os ouviram.9. Eu sou a porta. Quem entra por mim, será salvo. Entrará, e sairá, e encontrará pastagem.10. O ladrão só vem para roubar, matar e destruir. Eu vim para que tenham vida, e a tenham em abundância. 7


Espiritualidade Belém: “Eu te amo, Senhor, e me ofereço a Ti com o Vínculo de obediência, para me tornar plenamente teu escravo, ó Amor Infinito.” (cont. Estatutos 238) Anote aqui as frases que mais te atingiram e mexeram com você: _____________________________________________________ _____________________________________________________ _____________________________________________________ Escreva aqui seu PROPÓSITO de hoje (pequeno, preciso, concreto) _____________________________________________________

À noite: O que Jesus fez, de especial, para mim hoje? _____________________________________________________ _____________________________________________________ _____________________________________________________ _____________________________________________________ Como vivi meu propósito (Preencha todas essas linha contando todas as vezes que você se lembrou da Palavra, como foi, como te ajudou)?

____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ _____________________________________________________ Senhor eu te peço perdão por... (preencha somente se você quiser, se não escreva numa folha a parte)

________________________________________________________ ________________________________________________________ 81


A PROFISSÃO DE FÉ (Parte 1–Secção 2-Cap.3) “Creio no Espírito Santo” 726. No termo desta missão do Espírito, Maria torna-se a «Mulher», a nova Eva «mãe dos vivos», Mãe do «Cristo total» (97). É como tal que Ela está presente com os Doze, «num só coração, assíduos na oração» (At 1, 14), no alvorecer dos «últimos tempos», que o Espírito vai inaugurar na manhã do Pentecostes, com a manifestação da Igreja.

às multidões, quando revela que a sua carne será alimento para a vida do mundo (89). Insinua-O também a Nicodemos (99) , à samaritana (100) e aos que tomam parte na festa dos Tabernáculos (101). Aos seus discípulos, fala d’Ele abertamente a propósito da oração (102) e do testemunho que devem dar (103).

JESUS CRISTO

729. Só quando chega a Hora em que vai ser glorificado, é que Jesus promete a vinda do Espírito Santo, pois a sua morte e ressurreição serão o cumprimento da promessa feita aos antepassados (104). O Espírito da verdade, o outro Paráclito, será dado pelo Pai a pedido de Jesus; será enviado pelo Pai em nome de Jesus; Jesus O enviará de junto do Pai, porque do Pai procede. O Espírito Santo virá, nós O conheceremos, Ele ficará conosco para sempre, habitará conosco; há de ensinar-nos tudo, há de lembrar-nos tudo o que Cristo nos disse e dará testemunho d’Ele; conduzir-nos-á à verdade total e glorificará a Cristo. Quanto ao mundo, confundi-lo-á em matéria de pecado, de justiça e de julgamento.

727. Toda a missão do Filho e do Espírito Santo, na plenitude do tempo, está contida no facto de o Filho ser o ungido do Espírito do Pai, desde a sua Encarnação: Jesus é o Cristo, o Messias. Todo o segundo capítulo do Símbolo da Fé deve ser lido a esta luz. Toda a obra de Cristo é missão conjunta do Filho e do Espírito Santo. Aqui mencionaremos somente o que se refere à promessa do Espírito Santo feita por Jesus, e à sua doação pelo Senhor glorificado. 728. Jesus não revela plenamente o Espírito Santo enquanto Ele próprio não for glorificado pela sua morte e ressurreição. No entanto, sugere-O pouco a pouco, mesmo no seu ensino

Escreve as frases do Catecismo que mais te atingiram:

_____________________________________________________ _____________________________________________________ _____________________________________________________ O que você deveria fazer para colocar em prática o que o Catecismo me fala?

_____________________________________________________ _____________________________________________________

82


A PROFISSÃO DE FÉ (Parte 1–Secção 2-Cap.3) “Creio no Espírito Santo”  730. Chega, por fim, a «Hora de Jesus» (105) : Jesus entrega o seu espírito nas mãos do Pai (106) , no momento em que pela sua morte vence a morte, de tal modo que, «ressuscitado dos mortos pela glória do Pai» (Rm 6, 4), logo dá o Espírito Santo «soprando» sobre os discípulos (107). A partir dessa «Hora», a missão de Cristo e do Espírito tornase a missão da Igreja: «Assim como o Pai Me enviou, também Eu vos envio a vós» (Jo 20, 21) (108). V. O Espírito e a Igreja nos últimos tempos O PENTECOSTES 731. No dia de Pentecostes (no termo das sete semanas pascais), a Páscoa de Cristo completou-se com a efusão do Espírito Santo que Se manifestou, Se deu e Se comunicou como Pessoa divina: da sua plenitude, Cristo Senhor derrama em profusão o Espírito (109). 732. Neste dia, revelou-Se plenamente a Santíssima Trindade. A partir deste dia, o Reino anunciado por Cristo abrese aos que n’Ele crêem. Na humildade da carne e na fé, eles participam já na comunhão da Santíssima Trindade. Pela sua vinda, que não cessará jamais, o Espírito Santo faz entrar no mundo nos «últimos tempos», no tempo da Igreja, no Reino já herdado mas ainda não

consumado: «Nós vimos a verdadeira Luz, recebemos o Espírito celeste, encontrámos a verdadeira fé: adoramos a Trindade indivisível, porque foi Ela que nos salvou» (110). O ESPÍRITO SANTO – DOM DE DEUS 733. «Deus é Amor» (1 Jo 4, 8.16) e o Amor é o primeiro dom, que contém todos os outros. Este amor «derramou-o Deus nos nossos corações, pelo Espírito Santo que nos foi dado» (Rm 5, 5). 734. Uma vez que estamos mortos, ou pelo menos feridos pelo pecado, o primeiro efeito do dom do Amor é a remissão dos nossos pecados. E é a comunhão do Espírito Santo (2 Cor 13, 13) que, na Igreja, restitui aos baptizados a semelhança divina perdida pelo pecado. 735. Ele dá-nos então as «arras» ou as «primícias» da nossa herança (111): a própria vida da Santíssima Trindade, que consiste em amar «como Ele nos amou» (112). Este amor (a caridade de que se fala em 1 Cor 13) é o princípio da vida nova em Cristo, tornada possível graças ao facto de termos «recebido uma força vinda do alto, a do Espírito Santo»(Act 1, 8).

Escreve as frases do Catecismo que mais te atingiram:

_____________________________________________________ _____________________________________________________ _____________________________________________________ O que você deveria fazer para colocar em prática o que o Catecismo me fala?

_____________________________________________________ _____________________________________________________

83


Caminhemos com a Palavra, Leia hoje: Filipenses 1-2

TRECHO PARA O DIÁRIO: Atos 11, 19-26 . Aqueles que se haviam espalhado por causa da tribulação que se seguiu à morte de Estêvão, chegaram à Fenícia, à ilha de Chipre e à cidade de Antioquia, embora não pregassem a Palavra a ninguém que não fosse judeu.20. Contudo, alguns deles, habitantes de Chipre e da cidade de Cirene, chegaram a Antioquia e começaram a pregar também para os gregos, anunciando-lhes a Boa Notícia do Senhor Jesus. 21. A mão do Senhor estava com eles, de modo que foi grande o número dos que acreditaram e se converteram ao Senhor. 22. A notícia chegou aos ouvidos da igreja de Jerusalém, e esta enviou Barnabé para Antioquia.23. Quando Barnabé chegou e viu a graça de Deus, ficou muito contente e os 19

84

animou a permanecerem de todo o coração ligados ao Senhor.24. Barnabé era homem bom, cheio do Espírito Santo e de fé. E uma considerável multidão se uniu ao Senhor.25. Barnabé foi, então, para Tarso em busca de Saulo. 26. E o encontrou e levou para Antioquia. Passaram um ano inteiro trabalhando juntos nessa igreja, e instruíram muita gente. Foi em Antioquia que, os discípulos receberam pela primeira vez, o nome de “cristãos.”


Espiritualidade Belém: “Comprometo-me a obedecer ao meu esposo/a e aos teus representantes na terra, nos quais transborda tua soberana autoridade, fonte de vida.” (cont. Estatutos 238) Anote aqui as frases que mais te atingiram e mexeram com você: _____________________________________________________ _____________________________________________________ _____________________________________________________ Escreva aqui seu PROPÓSITO de hoje (pequeno, preciso, concreto) _____________________________________________________

À noite: O que Jesus fez, de especial, para mim hoje? _____________________________________________________ _____________________________________________________ _____________________________________________________ _____________________________________________________ Como vivi meu propósito (Preencha todas essas linha contando todas as vezes que você se lembrou da Palavra, como foi, como te ajudou)?

____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ Senhor eu te peço perdão por... (preencha somente se você quiser, se não escreva numa folha a parte)

________________________________________________________ ________________________________________________________

85


Caminhemos com a Palavra, Leia hoje: Filipenses 3-4

TRECHO PARA O DIÁRIO: João 12, 23-30 . Jesus respondeu para eles, dizendo: “Chegou a hora em que o Filho do Homem vai ser glorificado.24. Eu garanto a vocês: se o grão de trigo não cai na terra e não morre, fica sozinho. Mas se morre, produz muito fruto.25. Quem tem apego à sua vida, vai perdê-la; quem despreza a sua vida neste mundo, vai conservá-la para a vida eterna. 26. Se alguém quer servir a mim, que me siga. E onde eu estiver, aí também estará o meu servo. Se alguém serve a mim, o Pai o honrará.27. Agora estou muito perturbado. E o que vou dizer? Pai, livra-me desta hora? Mas foi precisamente para esta hora que eu vim.28. Pai, manifesta a glória do teu nome!” Então veio uma 23

86

voz do céu: “Eu manifestei a glória do meu nome, e vou manifestá-la de novo.”29. A multidão que aí estava ouviu a voz, e dizia que tinha sido um trovão. Outros diziam: “Foi um anjo que falou com ele.”30. Jesus disse: “Essa voz não falou por causa de mim, mas por causa de vocês.


Espiritualidade Belém: “O meu coração anseia por Ti, Senhor, Eu e o meu Esposo(a) somos uma só carne, um só coração. Junto a ele(a), eu me vinculo a uma vida de Castidade conjugal, segundo as orientações da Santa Mãe Igreja, para nos tornar um sinal vivo da união de Cristo com a sua Igreja.” (cont. Estatutos 238) Anote aqui as frases que mais te atingiram e mexeram com você: _____________________________________________________ _____________________________________________________ _____________________________________________________ Escreva aqui seu PROPÓSITO de hoje (pequeno, preciso, concreto) _____________________________________________________

À noite: O que Jesus fez, de especial, para mim hoje? _____________________________________________________ _____________________________________________________ _____________________________________________________ _____________________________________________________ Como vivi meu propósito (Preencha todas essas linha contando todas as vezes que você se lembrou da Palavra, como foi, como te ajudou)?

____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ Senhor eu te peço perdão por... (preencha somente se você quiser, se não escreva numa folha a parte)

________________________________________________________ ________________________________________________________ 87


Caminhemos com a Palavra, Leia hoje: Colossenses 1-2

TRECHO PARA O DIÁRIO: Marcos 16, 15-20 . Então Jesus disse-lhes: “Vão pelo mundo inteiro e anunciem a Boa Notícia para toda a humanidade. 16. Quem acreditar e for batizado, será salvo. Quem não acreditar, será condenado. 17. Os sinais que acompanharão aqueles que acreditarem são estes: expulsarão demônios em meu nome, falarão novas línguas; 18. se pegarem cobras ou beberem algum veneno, não sofrerão nenhum mal; quando colocarem as mãos sobre os doentes, estes ficarão curados.” 19. Depois de falar com os discípulos, o Senhor 15

Jesus foi levado ao céu, e sentou-se à direita de Deus.

88

. Os discípulos então saíram e pregaram por toda parte. O Senhor os ajudava e, por meio dos sinais que os acompanhavam, provava que o ensinamento deles era verdadeiro.

20


Espiritualidade Belém: “Contigo, Senhor, sou o mais rico do mundo e nada mais desejo. além da Tua Santa Pobreza, que quero abraçar com a força do Vínculo de Pobreza.” (cont. Estatutos 238) Anote aqui as frases que mais te atingiram e mexeram com você: _____________________________________________________ _____________________________________________________ _____________________________________________________ Escreva aqui seu PROPÓSITO de hoje (pequeno, preciso, concreto) _____________________________________________________

À noite: O que Jesus fez, de especial, para mim hoje? _____________________________________________________ _____________________________________________________ _____________________________________________________ _____________________________________________________ Como vivi meu propósito (Preencha todas essas linha contando todas as vezes que você se lembrou da Palavra, como foi, como te ajudou)?

____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ Senhor eu te peço perdão por... (preencha somente se você quiser, se não escreva numa folha a parte)

________________________________________________________ ________________________________________________________ 89


Caminhemos com a Palavra, Leia hoje: Colossenses 3-4

TRECHO PARA O DIÁRIO: João 14, 1-6 . Jesus continuou dizendo: “Não fique perturbado o coração de vocês. Acreditem em Deus e acreditem também em mim. 2. Existem muitas moradas na casa de meu Pai. Se não fosse assim, eu lhes teria dito, porque vou preparar um lugar para vocês. 3. E quando eu for e lhes tiver preparado um lugar, voltarei e levarei vocês comigo, para que onde eu estiver, estejam vocês também.4. E para onde eu vou, vocês já conhecem o caminho.” 5. Tomé disse a Jesus: “Senhor, nós não sabemos para onde vais; como podemos conhecer o caminho?”6. Jesus respondeu: “Eu sou o Caminho, a Verdade e a Vida. Ninguém vai ao Pai senão por mim. 1

90


Espiritualidade Belém: “Toma a minha vida, Senhor. Como o holocausto do Cordeiro Imolado. seja, hoje, o meu sacrifício diante de Ti e Te seja agradável.” (cont. Estatutos 238) Anote aqui as frases que mais te atingiram e mexeram com você: _____________________________________________________ _____________________________________________________ _____________________________________________________ Escreva aqui seu PROPÓSITO de hoje (pequeno, preciso, concreto) _____________________________________________________

À noite: O que Jesus fez, de especial, para mim hoje? _____________________________________________________ _____________________________________________________ _____________________________________________________ _____________________________________________________ Como vivi meu propósito (Preencha todas essas linha contando todas as vezes que você se lembrou da Palavra, como foi, como te ajudou)?

____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ Senhor eu te peço perdão por... (preencha somente se você quiser, se não escreva numa folha a parte)

________________________________________________________ ________________________________________________________ 91


Caminhemos com a Palavra, Leia hoje: I Tessa 1-2

TRECHO PARA O DIÁRIO: Atos 13, 47-52 . Porque é esta a ordem que o Senhor nos deu: ‘Eu coloquei você como luz para as nações, para que leve a salvação até aos extremos da terra’. “ 48. Os pagãos ficaram muito contentes quando ouviram isso, e começaram a elogiar a palavra do Senhor. E todos os que estavam destinados à vida eterna abraçaram a fé. 49. Desse modo, a palavra do Senhor se espalhava por toda a região.50. No entanto, os judeus instigaram algumas senhoras ricas e piedosas, e também os líderes da cidade; e provocaram uma perseguição contra Paulo e 47

92

Barnabé, e os expulsaram do seu território.51. Então os apóstolos sacudiram contra eles a poeira dos pés e foram para a cidade de Icônio.52. Os discípulos, porém, estavam cheios de alegria e do Espírito Santo.


Espiritualidade Belém: “Belém cativou o meu coração, tua ternura infinita se fez carne naquela pobre gruta. Desejo fazer da minha vida um Presépio Vivente, abraçando a Espiritualidade da Missão Belém com o Vínculo Belém.” (cont. Estatutos 238) Anote aqui as frases que mais te atingiram e mexeram com você: _____________________________________________________ _____________________________________________________ _____________________________________________________ Escreva aqui seu PROPÓSITO de hoje (pequeno, preciso, concreto) _____________________________________________________

À noite: O que Jesus fez, de especial, para mim hoje? _____________________________________________________ _____________________________________________________ _____________________________________________________ _____________________________________________________ Como vivi meu propósito (Preencha todas essas linha contando todas as vezes que você se lembrou da Palavra, como foi, como te ajudou)?

____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ Senhor eu te peço perdão por... (preencha somente se você quiser, se não escreva numa folha a parte)

________________________________________________________ ________________________________________________________ 93


Caminhemos com a Palavra, Leia hoje: I Tessa 3-4

TRECHO PARA O DIÁRIO: João 13, 31-35 . Quando Judas Iscariotes saiu, Jesus disse: “Agora o Filho do Homem foi glorificado, e também Deus foi glorificado nele. 32. Deus o glorificará em si mesmo, e o glorificará logo. 33. Filhinhos: vou ficar com vocês só mais um pouco. Vocês vão me procurar, e eu digo agora a vocês o que eu já disse aos judeus: para onde eu vou, vocês não podem ir. 34. Eu dou a vocês um mandamento novo: amem-se uns aos outros. Assim como eu amei vocês, vocês devem se amar uns aos outros. 35. Se vocês tiverem amor uns para com os outros, todos reconhecerão que vocês são meus discípulos.” 31

94


Espiritualidade Belém: “Comprometo-me a reviver, na minha pequenez, a Vida da Sagrada Família, imagem da Vossa Família Divina, no meio dos pobres, para os pobres, com os pobres.” (cont. Estatutos 238) Anote aqui as frases que mais te atingiram e mexeram com você: _____________________________________________________ _____________________________________________________ _____________________________________________________ Escreva aqui seu PROPÓSITO de hoje (pequeno, preciso, concreto) _____________________________________________________

À noite: O que Jesus fez, de especial, para mim hoje? _____________________________________________________ _____________________________________________________ _____________________________________________________ _____________________________________________________ Como vivi meu propósito (Preencha todas essas linha contando todas as vezes que você se lembrou da Palavra, como foi, como te ajudou)?

____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ Senhor eu te peço perdão por... (preencha somente se você quiser, se não escreva numa folha a parte)

________________________________________________________ ________________________________________________________ 95


Caminhemos com a Palavra, Leia hoje: I Tessa 5

TRECHO PARA O DIÁRIO: João 14, 21-26 . Quem aceita os meus mandamentos e a eles obedece, esse é que me ama. E quem me ama, será amado por meu Pai. Eu também o amarei e me manifestarei a ele.”22. Judas, não o Iscariotes, perguntou: “Senhor, por que vais manifestar-te a nós e não ao mundo?”23. Jesus respondeu: “Se alguém me ama, guarda a minha palavra, e meu Pai o amará. Eu e meu Pai viremos e faremos nele a nossa morada. 21

. Quem não me ama, não guarda as minhas palavras. E a palavra que vocês ouvem não é minha, mas é a palavra do Pai que me enviou.25. Essas são as coisas que eu tinha para dizer estando com vocês.26. Mas o

24

96

Advogado, o Espírito Santo, que o Pai vai enviar em meu nome, ele ensinará a vocês todas as coisas e fará vocês lembrarem tudo o que eu lhes disse.”


Espiritualidade Belém: “Coloco nas mãos de Maria, Tua e minha terna mãe, esse nossa entrega. Eu me vinculo, para sempre, a Ti, Pai Santo, por Jesus, teu filho, no Espírito Santo, Amém. ” (cont. Estatutos 238) Anote aqui as frases que mais te atingiram e mexeram com você: _____________________________________________________ _____________________________________________________ _____________________________________________________ Escreva aqui seu PROPÓSITO de hoje (pequeno, preciso, concreto) _____________________________________________________

À noite: O que Jesus fez, de especial, para mim hoje? _____________________________________________________ _____________________________________________________ _____________________________________________________ _____________________________________________________ Como vivi meu propósito (Preencha todas essas linha contando todas as vezes que você se lembrou da Palavra, como foi, como te ajudou)?

____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ Senhor eu te peço perdão por... (preencha somente se você quiser, se não escreva numa folha a parte)

________________________________________________________ ________________________________________________________ 97


Caminhemos com a Palavra, Leia hoje: II Tessa 1-2

TRECHO PARA O DIÁRIO: João 14, 27-31 . “Eu deixo para vocês a paz, eu lhes dou a minha paz. A paz que eu dou para vocês não é a paz que o mundo dá. Não fiquem perturbados, nem tenham medo. 28. Vocês ouviram o que eu disse: ‘Eu vou, mas voltarei para vocês’. Se vocês me amassem, ficariam alegres porque eu vou para o Pai, pois o Pai é maior do que eu. 29. Eu lhes digo isso agora, antes que aconteça, para que, quando acontecer, vocês acreditem. 30. Já não tenho muito tempo para falar com vocês, pois o príncipe deste mundo está chegando. Ele não tem poder sobre mim,31. mas vem para que o mundo reconheça que eu amo o Pai, e é por isso que faço tudo o que o Pai me mandou. Levantemse. Vamos sair daqui.” 27

98


Espiritualidade Belém: “Se um Casal Totalmente Entregue discernisse com seriedade e empenho, com seu Diretor Espiritual a sua eventual saída da Missão, então se proceda como no caso dos “Imolados”. (Estatutos 239) Anote aqui as frases que mais te atingiram e mexeram com você: _____________________________________________________ _____________________________________________________ _____________________________________________________ Escreva aqui seu PROPÓSITO de hoje (pequeno, preciso, concreto) _____________________________________________________

À noite: O que Jesus fez, de especial, para mim hoje? _____________________________________________________ _____________________________________________________ _____________________________________________________ _____________________________________________________ Como vivi meu propósito (Preencha todas essas linha contando todas as vezes que você se lembrou da Palavra, como foi, como te ajudou)?

____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ Senhor eu te peço perdão por... (preencha somente se você quiser, se não escreva numa folha a parte)

________________________________________________________ ________________________________________________________ 99


POSSÍVEL ESQUEMA PARA A SUA HORA DE ADORAÇÃO Se ajoelhe diante do SS. Sacramento, fique em silêncio alguns minutos e depois acompanhe, com o coração, essa oração de Santo Afonso Maria de Ligorio “Senhor meu Jesus Cristo, que, pelo amor que tendes aos homens, estais de noite e de dia neste Sacramento, todo cheio de piedade e de amor, esperando, chamando e recebendo todos os que vêm visitar-vos; eu creio que estais presente no Santíssimo Sacramento do altar. Eu vos adoro do abismo do meu nada e vos dou graças por todos os benefícios que me tendes feito; especialmente por vós mesmo dardes a mim neste sacramento, por me terdes concedido como advogada vossa Mãe santíssima, e por me terdes chamado a visitar-vos nesta igreja. Eu vós saúdo, pois hoje, o vosso amantíssimo Coração e a minha intenção é fazê-lo por três motivos: primeiro, em ação de garças por esta grande dádiva; segundo, para compensar-vos de todas as injúrias que tendes recebido, neste Sacramento, de todos os vossos inimigos; terceiro, com intenção de adora-vos, nesta visita, em todos os lugares da terra onde vossa presença sacramental estais menos reverenciado e em maior abandono. Meu Jesus, eu vos amo de todo o meu coração; pesa-me de ter tantas vezes ofendido, ter pecado contra a tua bondade... (reflita e peça perdão por seus pecados recentes). Proponho, com o auxílio de vossa graça, nunca mais ofender-vos para o futuro. E, no presente, miserável qual sou, eu me consagro todo a vós e renuncio a toda a própria vontade, a todos os afetos e desejos, e a tudo o que é meu, para vo-lo oferecer . De hoje em diante fazei vós de mim e de tudo o que me pertence aquilo o que for de vosso agrado. Só procuro e só peço o vosso santo amor, a perseverança final e o perfeito cumprimento de vossa vontade. Recomendo-vos as almas do purgatório, especialmente as mais devotas do santíssimo sacramento e da Bem-aventurada Virgem Maria. Recomendo-vos também todos os pobres pecadores. (Escute Jesus te falando...) “Não é preciso, filho meu, saber muito para agradar-me muito; basta que me ames com fervor. Falai-me, pois, aqui sinceramente, como falarias a vossa Mãe, a vossa irmão.

100


Necessitas fazer me em favor de alguém uma súplica qualquer...? Dizei seu nome...., bem seja o de teus pai...., bem o de teus irmãos.... e amigos....; diga em seguida o que quer que eu faça atualmente por eles (peça as graças que você sente necessárias pelas pessoas que estão no teu coração). Pede muito, muito, não vaciles em pedir; gosto dos corações generosos que chegam a esquecerem em certo modo de si mesmos, para atender as necessidades alheias. Falai-me assim, com sinceridade, com clareza, dos pobres a queres consolar, dos enfermos a quem vês padecer, dos extraviados que desejas que voltem ao bom caminho, dos amigos ausentes que queres ver outra vez ao vosso lado... Dizei por todos uma palavra de amigo, palavra do fundo do coração e fervorosa.   Recordai que tenho prometido escutar toda súplica que saia do coração; e não tem de sair do coração o rogo que me dirijas por aqueles que vosso coração especialmente ama?  E para Vós, não necessitas alguma graça ? Fazei-me, se queres, uma lista de tuas necessidades, e vem, lê-la em minha presença (diga a Jesus, sinceramente tudo o que pesa no teu coração e teus desejos, conte tudo para Ele e jogue nele toda tua preocupação). E agora dizei francamente que sentes -soberba, amor à sensualidade e ao dinheiro; que sois talvez egoísta, inconstante, negligente... ; e pedi-me logo que venha em ajuda dos esforços, poucos o muitos, que fazes para tirar de vós tais misérias. Não te envergonhes, pobre alma! Há no céu tantos justos, tantos Santos de primeira ordem, que tiveram esses mesmos defeitos! mas rogaram com humildade... ; e pouco a pouco se vieram livres deles (exponha a Jesus tuas fraquezas). Nem ao menos vaciles em pedir-me bens espirituais e corporais: saúde, memória, êxito feliz em teus trabalhos, negócios ou estudos; tudo isso posso dar-te, e o dou, e desejo que me peças desde que não se oponha, antes favoreça e ajude a vossa santificação. O que necessitas? o que posso fazer por vosso bem....? Se soubesses os desejos que tenho de favorecer-te ! Trazes agora mesmo entre as mãos algum projeto? Contai-me tudo minuciosamente. O que te preocupas? O que pensas? O que desejas? O que queres que faça por vossa irmão, por vosso amigo, por vosso superior? O que desejarias fazer por eles...? E por Mim? Não sentes desejos de minha glória ? Não quereis poder fazer algum bem a teus próximos, a teus amigos, a quem amas muito, e que vivem talvez esquecidos de Mim...?  Sentes acaso tristeza ou mal humor? Contai-me, contai-me, alma desconsolada, tuas tristezas com todos seus pormenores. quem te feriu? quem magoou vosso amor próprio ? quem te tem desprezado....(conte para Jesus o que te fere mais?

101


Aproximai a meu Coração, que tem bálsamo eficaz para curar todas essas feridas do teu. Daí me conta de tudo, e acabarás em breve por dizer-me que, a semelhança de mim tudo o perdoas, tudo esqueces, e em troca receberás mim consoladora benção. Temes por ventura? Sentes em vossa alma aquelas vagas melancolias, que mesmo por serem infundadas não deixam de serem desoladoras? Estendas teu braços pela minha providencia. Contigo estou; aqui, ao vossa lado me tens; tudo o vejo, tudo o ouço, nem um momento te desamparo.... Sentes desvio da parte de pessoas que antes te quiseram bem, e agora esquecidas se afastam de Vós, sem que lhes tenhas dado o menor motivo? Rogai por elas, e eu as devolverei a vossa lado, se não tem de ser obstáculo a vossa santificação. E não tens talvez alegria alguma que comunicar-me? Por que não me fazes participante dela como a um bom amigo... Contai-me o que fizestes, desde a última visita que me fizestes, o que tem consolado e feito como sorrir vosso coração. Talvez tenha tido agradáveis surpresas, tenhas visto dissipados negros receios, tenhas recebido boas notícias, alguma carta com mostra de carinho; tens vencido alguma dificuldade, ou saído de algum lance apurado. Obra minha é tudo isto, e eu o tenho proporcionado: por que não tens de manifestar-me por isso vossa gratidão, e dizer-me sinceramente, como um filho a seu pai: " Graças, Pai meu, graças!"? o agradecimento traz consigo novos benefícios, porque o benfeitor gosta de ver-se correspondido... Tampouco tens promessa alguma para fazer-me? Leio, já o sabes, no fundo de vosso coração. Aos homens se lhes engana facilmente; a Deus, não. Falai-me, pois, com toda sinceridade. Tens firme resolução de não expor-te mais aquela ocasião de pecado? De privar-te daquele objeto que te danou? de não ler mais aquele livro que exaltou vossa imaginação? de não destratar mais aquela pessoa que tirou a paz de vossa alma ? Voltarás a ser doce, amável e condescendente com aquela outra a quem, por haver-te faltado, tens olhado até hoje como inimiga? Agora bem, filho meu; volte a tuas ocupações habituais, ao escritório, à família, ao estudo... ; mas não esqueças dessa grata conversação que temos tido aqui os dois, na solidão do santuário. Guarda, em quanto possas, silencio, modéstia, recolhimento, resignação, caridade com o próximo. Ama a minha Mãe, que o é também tua, a Virgem Santíssima, e volte outra vez amanhã com o coração mais amoroso, mais entregue a meu serviço. Em meu Coração encontrarás cada dia novo amor, novos benefícios, novos consolos. Conclua esse tempo precioso com Jesus, rezando essa oração:

102


“Eu vos adoro devotamente, oh! Divindade escondida, que verdadeiramente Se oculta sob estas aparências, a Vós, meu coração submete-se todo inteiro, porque, vos contemplando, tudo desfalece. A vista, o tato, o gosto falham com relação a Vós mas, somente em vos ouvir em tudo creio. Creio em tudo aquilo que disse o Filho de Deus, nada mais verdadeiro que esta Palavra de Verdade. Na Cruz, estava oculta somente a vossa Divindade, mas aqui, oculta-se também a vossa Humanidade. Eu, contudo, crendo e professando ambas, peço aquilo que pediu o ladrão arrependido. Não vejo, como Tomé, as vossas chagas, entretanto, vos confesso meu Senhor e meu Deus. Faça que eu sempre creia mais em Vós, em vós esperar e vos amar. Oh! memorial da morte do Senhor, Pão vivo que dá vida aos homens, faça que minha alma viva de Vós, e que à ela seja sempre doce este saber. Senhor Jesus, bondoso pelicano, lava-me, eu que sou imundo, em teu sangue, pois que uma única gota faz salvar todo o mundo e apagar todo pecado. Oh! Jesus, que velado agora vejo, peço que se realize aquilo que tanto desejo: Que eu veja claramente vossa face revelada; que eu seja feliz contemplando a vossa glória. Amém.

103


O Diário Espiritual,  

1º- Escolha um bom lugar, se puder, reúna com os amigos e marque a duração da meditação (pelo menos 30min.). Se possível, reze o Terço antes ou, pelo menos, faça o Sinal da Cruz, reze um Pai Nosso e 3 Ave Maria.   2º- LEIA O TEXTO do Dia (Precisa da “Carta Diário”), sem se preocupar em riscar. Em seguida leia de novo o texto, sublinhando e riscando as frases que mais tocaram em seu coração e mexeram com você.   3º- Pegue seu caderno espiritual, ponha no alto da página à esquerda, a data do dia e a citação do trecho, que você está lendo. Em seguida, ESCREVA TODAS AS FRASES QUE VOCÊ SUBLINHOU. Enfim, escreva de novo a frase que mais te atingiu entre todas (este texto já vem com as linhas necessárias para isso).   4º- Pergunte-se, agora, COMO POSSO COLOCAR EM PRÁTICA, HOJE, ESSA FRASE? Qual GESTO CONCRETO vou fazer para realizar essa palavra em minha vida? Deve ser algo de muito concreto: o que VOU FAZER, hoje para realizar essa palavra? Tire, portanto, UM PRÓPOSITO (pequeno, concreto, preciso, algo que a Palavra me convida a melhorar, uma pequena coisa por dia. Jesus não falou: “Felizes os que lêem a Palavra, mas “Felizes os que PRATICAM”.   5º- Escreva agora o seu propósito NA PALMA DA MÃO e no seu Diário. Esse propósito esteja, o dia todo, em seu coração e em sua mente, para vivenciá-lo o mais possível.   6º- À NOITE, dedique pelo menos 20 minutos para refletir sobre o dia. Na página de direita do seu caderno, faça o “Diário do dia” respondendo a essas perguntas: *O QUE JESUS FEZ PARA MI M, HOJE? (Quais graças recebi dele, nesse dia). * COMO VIVI O PROPÓSITO DESSE DIA? (Conte como você viveu o propósito, escreva, pelo menos 10 linhas contando as experiências que você viveu quando se lembrou do propósito). *SENHOR, PEÇO-TE PERDÃO POR... (Escreva, com sinceridade os pecados cometidos no dia. Dessa forma vai ser simples confessar e não se esquecer de nada). 7º- LEMBRE-SE SEMPRE DAS 5 PEDRINHAS: CONFISSÃO MENSAL, MEDITAÇÃO DIÁRIA DA BÍBLIA, S.MISSA (Todo dia ou quanto mais possível), Santo ROSÁRIO Cotidiano, JEJUM a Pão e Água 4ª e 6ª feira).

www.belembelembelem.com (clique em Diario espiritual) Rua Nelson Cruz 10, 03015-050 Belenzinho SP Associação Missão Belém Se você deseja ajudar os nossos pobres: B. Bradesco ag 1749 c/c 3324-3 Se deseja ajudar os pobres do Haiti: B. do Brasil, ag 0383-2 cc: 28462-9

104


Diário Espiritual Abril 2013