Page 1

Comemorando os 50 anos de Içara... Das Içarobas ao Cinquentenário EDITORIAL Este é o 3º ano do JQCriar. É com carinho que apresentamos a toda comunidade escolar a 5ª edição, mostrando ações dentro do projeto, “Leitura e Escrita: Novo Mundo, Novas Conquistas”, com o tema “Comemorando os 50 anos de Içara... Das Içarobas ao Cinquentenário”. Várias atividades foram realizadas contando a história de Içara. Uma cidade em grande transformação, com sua gente trabalhadora e hospitaleira que é o alicerce deste desenvolvimento. Todo este trabalho foi muito gratificante e é resultado do comprometimento e da dedicação de toda a equipe. Parabéns a todos pelo empenho. Esperamos realizar várias outras ações, na certeza de que ficarão marcadas na nossa história. Um grande abraço! Jaqueline dos Santos Diretora

“Me acolheu como uma mãe.” Profª. Andréa Peroni. “É meu berço, minha casa, é minha história, é minha vida.” - Profª. Eliane Magdalena. “É doce e feliz.” - 3º ano “É calma e boa de se viver.” - 9º ano “É divertido e temos muitos amigos.”- Alunos do 4º ano. “É o melhor lugar do mundo.” - Alunos do 1º ano. “É onde eu nasci e quero ficar.” – Alunos do 6º ano. “Içara é meu nascer, Içara é meu viver, Içara é meu prazer.” - Alunos do 7º ano.

“O maior poder do sábio é querer aprender sempre” - (Içami Tiba) É neste ritmo que a escola Quintino Rizzieri por meio de ações concretas, procura buscar cada vez mais, a melhoria na qualidade de ensino. Com o Projeto: Leitura e escrita, novo mundo novas conquistas, dentro do tema Içara 50 anos de emancipação, professores e alunos estão em busca do saber usando as mais variadas formas de linguagens. A cada dia, uma área diferente traz uma novidade. Os alunos estimulados nos surpreendem com tanta riqueza no desenvolvimento dos trabalhos, possibilitando o seu crescimento no mundo letrado, demonstrando que só se aprende quando existe alegria e comprometimento no que se faz. Esta é uma característica que muito nos orgulha, pois, não falta em nossos educadores. Parabéns queridos! Néli M. de Souza e Maria Conceição B. Lima Coordenadoras Pedagógicas

“É uma cidade que investe em educação de qualidade.” – Alunos do 8º ano. “Tem escola boa pra estudar, parquinho pra brincar e trem pra lá e pra cá.” – Alunos do 2º ano. “Possui um povo alegre e trabalhador.” Profª. Benta Regina. “Cidade acolhedora em grande desenvolvimento.” Profª. Márcia Mendes. “Pedacinho da bela Santa Catarina, próxima do mar e da serra, cidade que comtempla a história de meus avós, pais e onde constitui minha família.” Bibliotecária, Giovana dos Santos. “Nossas praias e lagoas nos oferecem lazer e muita alegria no verão.” - Merendeiras e pessoal da limpeza.


EDUCADORES EMPENHADOS, TALENTOS REVELADOS. Das Içarobas ao Cinquentenário A História de Içara contada em forma de Auto 2011 é um ano histórico para o nosso município, ele completa cinquenta anos de emancipação política. Em decorrência dessa data, a equipe adminstrativo-pedagógica da nossa escola, juntamente com os professores de Língua Portuguesa, optou em criar uma obra literária em alusão ao cinquentenário do município de Içara. Para que esta obra literária criasse asas, foi necessário um estudo aprofundado sobre a história do município de Içara pelos professores de Língua Portuguesa e pelos alunos do 6º ao 9º ano (5ª a 8ª série do Ensino Fundamental). O livro foi produzido pelos alunos em forma de auto, uma designação genérica para textos em forma de poemas, normalmente escritos em redondilhas, isto é, versos de sete ou cinco sílabas poéticas. Em fins da Idade Média, os autos serviam para representações teatrais de caráter religioso. Das Içarobas ao Cinquentenário não segue a norma clássica de um auto. Ele foi escrito em versos brancos e livres de forma que os alunos não perdessem a essência da história e deixassem fluir a criatividade no ato desta composição poética fabulosa. Das Içarobas ao Cinquentenário, a história de Içara em forma de auto, conta a nossa história desde as palmeiras içarobas, até os dias de hoje. Com este livro a escola não só conta a história de Içara como também faz a sua história.

Içara em versos Em comemoração aos 50 anos de Içara, os alunos do 5º ano da professora Benta Regina, criaram de forma coletiva o poema, “Parabéns Içara”, resgatando sua história e as belezas do lugar. Quanto sucesso!! PARABÉNS IÇARA Içara é um encanto É por ela que eu canto Terra que me viu nascer Aqui chegaram os imigrantes De terras tão distantes E adotaram este chão Para plantar a tradição De Criciúma foi emancipada Oh! Terra tão amada! De areias tuas praias Tão doce como o mel! O trem correndo fagueiro Como se fosse carrossel! Içara tens a beleza Da Ferrovia Tereza Que com toda certeza Foi pintada a pincel! Içara têm muitas Histórias para contar E a Rádio Difusora Ajuda a divulgar Junto com a estrada A cidade nasceu Abençoada por São Donato E por Deus.

Profªs de Língua Portuguesa, Andréa T. S. Peroni, Eliane Magdalena, Eliane S. Pacheco, Maria Cristina Stefani e Simone Cesconeto.

Nosso aluno do 8º ano, Rafael Aires Pinto foi o vencedor do Concurso da Logomarca do Festival Literário do Município de Içara.

Parabéns Rafael!

Alunos do 5º Ano da Professora Benta Regina.

O sucesso da Logo foi tanto que resultou neste maravilhoso mural, reproduzido pela professora decoradora Silvia Teixeira e montado pelas coordenadoras Néli e Conceição, no Hall de Entrada da Escola. Não ficou lindo?!


AS MINHAS, AS SUAS, AS NOSSAS MÃOS. As turmas do 9º ano, orientadas pela professora de Artes, Neusa, desenvolveram obras tridimensionais e poemas que com muita criatividade demonstraram a importância das mãos na transformação da sociedade. Vejam um pouco daquilo que foi produzido...

Desenhando e escrevendo a História de Içara Nossa turma do 2º ano teve a curiosidade de conhecer a história de nossa cidade, por isso escutamos a história contada pela professora e logo após em duplas, desenhamos. Agora já sabemos de onde vem o nome de Içara, foi de uma planta chamada Içaroba. Que história legal! Profª. Beatriz e os alunos do 2º ano.

Mãos Içarenses que transformam gestos e ações em arte As mãos são os abrigos que acolhem os desabrigados Que protegem nos momentos de perigo Mãos que tudo faz, que tudo cria, que acolhem, que guiam Mãos que clamam pela paz, que libertam, que ajudam Mãos protetoras e apaziguadoras As mãos são as assistentes do coração Todas juntas por um mundo melhor. Está na hora de pensar no planeta e colaborar Já é um bom começo ajudar o meio ambiente escolar Vamos usar nossas mãos para o planeta preservar As mãos não podem mudar o mundo O mundo da educação Para conquistarmos isso, precisamos da sua colaboração Use suas mãos antes que seja tarde O mundo precisa de nós, faça a sua parte As mãos são, as mãos voam, as mãos vão.

Passeio de Estudos Para conhecer o início da história do nosso município, os alunos das turmas 41, 42, 43 e 44 das professoras Alice, Rosiris e

Anicéia, fizeram um resgate histórico por meio de um passeio à Urussanga Velha berço da colonização Içarense. Vejam na foto o monumento construído em comemoração aos 500 anos de povoamento do Brasil! No passeio também visitaram a lagoa onde Aliatar Martins e John Pinter pararam para fazer reparos no hidroplano onde ocorreu o acidente que resultou na morte dos dois pilotos. Quanta vontade de aprender!

Conhecendo a história do nome da escola s

Com muita alegria os 3º anos das professoras Hilda e Esperança, estudaram o porquê do nome “Quintino Rizzieri”, dado a nossa escola. Ele foi uma pessoa ilustre que contribuiu com o progresso de Içara. Após observar o retrato, cada um desenhou Quintino Rizzieri e criaram frases sobre a escola. Olhem como a exposição ficou linda! Parabéns galerinha!!!


Nosso Secretário é Show!!! Entrevistamos hoje, dia 22/06, o secretário da escola Quintino Rizzieri, Leandro De Luca Tomé. Ele é baixista de uma banda de Rock chamada NEKRÓS. Sua banda está participando do "WACKEN METAL BATTLE-BRAZIL 2011", a maior seletiva nacional de Heavy Metal do mundo! Leandro já participou de algumas bandas, mas está muito feliz e realizado com a Nekrós. Ele é da geração saudável, não usa nenhum tipo de droga, bebida de álcool e nem refrigerante. “Quem usa drogas não sabe no que está se metendo", e lamenta muito por isso, afirmou. Parabéns Leandro e demais integrantes da Banda Nekrós, por representar nosso estado no maior Festival Nacional de Heavy Metal do mundo!! A família Quintino Rizzieri está torcendo por você e sua Banda. Professora Alice e Turma 41.

Com muita animação... Viva São João!!! Os alunos do 1º ano da profª. Leonice estudaram o bairro onde moram. Para registrar a aula, cada um desenhou sua casa e em seguida construíram um texto coletivo. Não são uns fofos!

Estudando a Origem da Vida Na aula de Ciências com a professora Micheline os alunos das turmas 62, 63 e 64 estudaram sobre um tema polêmico: ORIGEM DA VIDA. Descobriram que até chegar a uma explicação aceita pela ciência, muitas discussões e tragédias marcaram esse tema. Eles também deixaram seu registro construindo uma história em quadrinhos... Ufa... Foi suado, mas esse gibi sobre as teorias cientificas ficou “show de bola”!

O Dia de São João foi festejado com muita alegria. Os alunos do 1º ano da profª. Mª. Helena, estudaram as festas Juninas com muito trabalho e criatividade. Após cantarem “Cai Cai Balão”, e estudar palavras do texto, as crianças levaram para casa um boneco que com a ajuda dos pais deveria ser vestido a caipira. Eta sô! O murar ficou um arraso! Papai e mamãe, parabéns pela dedicação!


Nossos professores já estão ligados na Prova Brasil! Os professores de Matemática Alexsandro e Dilton, e de Língua Portuguesa Andréa e Eliane Magdalena, juntamente com a professora do 5º ano Benta Regina, já entraram no clima da Prova Brasil, preparando nossos alunos com os simulados encaminhados pelo Ministério de Educação e Cultura (MEC). Professores comprometidos, alunos mais envolvidos!

Alimentação saudável, sinônimo de preservação. Por meio de paródias, nós das turmas 41 e 43 da Professora Alice, estudamos a alimentação saudável e concluímos que o consumo exagerado não é legal para o meio ambiente. Antes de construirmos as paródias, observamos a escola e vimos que algumas crianças ainda não têm consciência que nossa merenda é gostosa e de ótima qualidade, pois havia nas lixeiras algumas embalagens de produtos industrializados. Depois de conversas e textos criados, cantamos as paródias acompanhadas com o som do violão da colega Bianca e do Leonardo. Em seguida, apresentamos para as outras turmas. Como é bom aprender a nos alimentar bem e cuidar do meio onde vivemos. Faça sua parte também! Lixo que me leva a enlouquecer... Eu não sei, de onde vem, esse lixo que me leva a enlouquecer, eu só sei, que não faz bem, mas confesso que no fundo eu odiei. Tive medo, desse lixo, guardei o sentimento e me sufoquei, mas agora, é a hora, vou gritar pra todo mundo de uma vez... Eu tô vendo o lixo, tá tudo poluído e você não está nem ligando pro que vão dizer, cuidar não é pecado e se eu tiver errado, que salve esse mundo pra podermos viver. Faça a sua parte, o mundo agradece pra poder viver! (Paródia música Luan Santana – Amar não é pecado)

O Lúdico na Língua Inglesa Os alunos das turmas 64 e 65 juntamente com a professora de Língua Inglesa Maria Cristina, fizeram uma maquete usando os cômodos da casa em inglês. Os trabalhos foram bem elaborados

e todos participaram com muito entusiasmo. A prova disso foram as maravilhosas maquetes. Houve exposição para mostra dos trabalhos. A escola toda prestigiou, foi muito legal!

A Arte aliada a Cultura Durante as aulas de Artes, os alunos da turma 61, orientados pela professora Márcia, desenvolveram o conteúdo “Comemorando os 50 anos de Içara” e construíram mandalas, evidenciando a riqueza produzida pelo município.

O resultado foi surpreendente... Vejam só!


Eu danço, você dança, nós dançamos.... A dança é considerada uma das artes mais antigas, é também a única que dispensa materiais e ferramentas. Ela só depende do corpo. O movimento corporal e o relacionamento interpessoal foram os principais objetivos da dança desenvolvidos pelos competentes professores de Educação Física Antônio, Pedro e Sandro. “Dançar é expressar sentimentos, extravasar, libertar o corpo, terapia para o corpo, alma e mente, é tudo de bom, é muito bom, é demais!!!”. (Depoimento de alunos que vivenciaram com entusiasmo a arte de dançar.) Dia do Desafio incentiva prática de atividade física O “Dia do Desafio”, 25/05, foi realizado no mundo todo e no município de Içara não foi diferente. Em nossa escola movimentou cerca de 800 pessoas e contou com a participação do prefeito Gentil da Luz, do Vice-prefeito José Zanolli e o presidente da Fundação Municipal de Esportes (FME) de Içara, Flávio Felisberto.

A Turma 51 mediada pela professora Jucinéia, da disciplina de Ciências, desenvolveram poemas para refletir sobre a importância de nosso imenso ecossistema. Observem só a riqueza de alguns „trechos‟ retirados do poema da aluna Paola. “... Dele provém o alimento que consumimos O oxigênio do ar que respiramos Exalado pelas árvores que circundam a todos. ....

Agricultores das plantações, Pessoas que se dedicam ao cultivo, Fazem nascer e brotar no seio da terra-mãe, Novas fontes ambientais.”

2ª Princesa da 17ª Festa da Tainha Nossa aluna Jéssica Felipe Martignago, representou com louvor a escola, no dia 31/05, no concurso da escolha da Rainha da 17ª Festa da Tainha e 3º Encontro Açoriano Estadual que aconteceu no Balneário Rincão de Içara entre os dias 17 e 19 de junho.

Comemorando o Dia do Livro No dia 18 de abril, comemoramos o Dia do Livro em autoestilo. Tivemos a honra de receber duas escritoras içarenses: Iêde Cardoso dos Santos, autora do livro infantil, “Gerarda do Biso”, e Mª. de Fátima Silveira Pavei, cronista do Jornal Gazeta e escritora do livro, “Eco de Duas Vozes”. Em homenagem a escritora Iêde, os alunos das turmas 41 e 42 das professoras Alice e Rosiris, dramatizaram a história, “A Gerarda do Biso”. Em seguida os alunos do 6º ao 9º ano, declamaram poemas e citaram crônicas que marcaram a vida da escritora Mª. de Fátima. Na sequência, as autoras palestraram ressaltando a importância da leitura. Os alunos do 5º ano da professora Benta Regina, apresentaram o poema de Manoel Bandeira, “Trem de Ferro”, abrilhantando esse momento tão especial. Que dia inesquecível! Vale à pena relembrar! Como acolhida no primeiro dia de aula nós professores apresentamos um teatro com o objetivo de relembrar personagens da literatura infantojuvenil, que vem ao encontro do tema “Leitura e Escrita: Novo Mundo, Novas Conquistas”. Brincando com os personagens mostramos que a bondade, o companheirismo e o amor devem sempre prevalecer.

Jornal Quintino Rizzieri - JQCriar  

Jornal da E.M.E.F. Quintino Rizzieri - 3º Ano - 5ª Edição - 2011

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you