Page 1

WHITE PAPER

BENEFÍCIOS DO VÍDEO EM REDE PARA O RETALHO: UMA NOVA PERSPETIVA SOBRE A VIGILÂNCIA NO RETALHO


UMA NOVA PERSPECTIVA SOBRE A VIGILÂNCIA NO RETALHO

O relatório sobre "O Uso e experiência de CFTV no Retalho no Reino Unido", analisa o uso atual e futuro de CFTV no setor de retalho e revelou que 71% dos retalhistas do Reino Unido que usam atualmente analógicas estão a planear implementar câmaras de rede. Comentando o relatório, o Professor Joshua Bamfield de CRR, disse: "Apesar de CFTV analógico ainda dominar esse setor, os retalhistas estão, naturalmente, a começar a perceber as suas limitações e apreciar os benefícios adicionais que um sistema baseado em IP pode oferecer". Baseado em uma plataforma aberta com uma arquitetura flexível e escalável, alguns dos benefícios óbvios de vídeo em rede incluem qualidade superior de imagem, facilidade de implantação, acesso remoto sem quebras e uma infinidade de possibilidades de integração. No entanto, os retalhistas que enfrentam uma difícil conjuntura económica e concorrência feroz, têm a necessidade de maximizar o retorno sobre o investimento (ROI) em qualquer hardware e pensar como pode impactar positivamente o resultado. Investimentos anteriores em vigilância por vídeo analógico basearam-se fundamentalmente na segurança e prevenção de perdas, onde tem sido difícil medir o ROI. No entanto, os retalhistas estão a começar a compreender que a videovigilância IP, quando aplicada à análise, também pode fornecer inteligência de negócios valiosa e em tempo real e aumentar o valor de seus investimentos em vídeo. Aproveitando vídeo em rede para melhorar o layout das lojas, otimizando as estratégias de marketing e aumentar a eficiência operacional, irá impulsionar as vendas e os lucros e instigar uma mudança de perspectiva sobre o papel de vigilância por vídeo no retalho.

O valor de CFTV Os retalhistas veem claramente os benefícios de vigilância por vídeo tanto como um elemento de dissuasão e uma ferramenta para investigação de incidentes, com mais de dois terços dos entrevistados a relatarem que o roubo tinha caído como resultado da videovigilância. Da mesma forma, o uso do vídeo é amplamente aceite como uma ferramenta essencial para lidar com a prevenção de perda de 91% dos retalhistas usando atualmente vigilância por vídeo. Dada a perceção pública negativa dos sistemas de CFTV em alguns sectores, é interessante notar que os retalhistas relataram nenhuma reação negativa dos colaboradores ou clientes no uso de câmaras de segurança. O uso de vigilância de vídeo para reduzir o roubo num ambiente de retalho tem vários benefícios além da redução do défice desconhecido, mas também é crucial para que os clientes se sintam seguros e que os colaboradores tenham um sentido segurança no local de trabalho. Isso só pode servir para melhorar a experiência geral do cliente e promover um ambiente de trabalho mais desejável, obtendo benefícios a longo prazo para os retalhistas em termos de retenção de colaboradores e fidelização de clientes.

www.mirame.net


Melhorar a prevenção de perdas O custo anual da contração no mercado de retalho no Reino Unido é de £ 4,4 bilhões, segundo o relatório Global

Theft Barometer 2010. A vigilância por vídeo é um componente vital de qualquer estratégia para evitar perdas e num mercado ainda dominado pela CFTV analógico, que destaca a importância de avaliar a nova tecnologia que pode melhorar as práticas atuais. De acordo com o relatório sobre o uso comercial de CFTV, o desempenho dos sistemas de vídeo em rede no retalho é maior do que os analógicos. Quase 97% dos retalhistas britânicos não relataram nenhum efeito negativo sobre a utilização de sistemas de vídeo em rede, superando os sistemas analógicos, em que 21% dos utilizadores relataram efeitos negativos. Utilizadores em geral de vídeo em rede mostraram um maior nível de satisfação com a qualidade de imagem e com o uso operacional.

Experiência de videovigilancia no Retalho

Benefícios da HDTV na prevenção de perdas Apesar da grande presença de câmaras de segurança no setor de retalho, a contração ainda é um grande desafio para os retalhistas no Reino Unido. Talvez o público associe o CFTV a imagens com definição granulada de baixa qualidade, uma percepção derivada da transmissão de imagens de CFTV em programas de televisão, tais como

Crimewatch, lançando dúvidas sobre a capacidade de um sistema de monitoramento para identificar visualmente um ladrão ou descobrir um furto interno. Os retalhistas que procuram melhorar a sua estratégia de prevenção de perdas devem considerar as câmaras HDTV (televisão de alta definição). Usando a mesma tecnologia agora onipresente dentro da indústria de consumo de vídeo, as câmaras de rede HDTV cumprem com uma norma que assegura a garantia de qualidade.

www.mirame.net


De acordo com o relatório, cerca de 70% dos retalhistas referem uma melhor prova material como um dos principais benefícios do uso de CFTV. Concebido em torno de uma regra estabelecida, as câmaras de rede HDTV fornecem vídeo de alta resolução com detalhes de imagem extremo. Ao revelar-se mais eficaz na identificação e melhorando significativamente a imagem forense de eventos posteriores, a adoção de HDTV veio aumentar o valor do investimento de uma loja em vídeo vigilância para tratar de prevenção de perdas.

Possivelmente, isso também pode mudar a percepção do público sobre a capacidade de um sistema de vigilância para capturar vídeo com uma qualidade probatória, aumentando o retorno sobre o investimento em câmaras de segurança para agir mais como um elemento de dissuasão e, consequentemente, reduzir os incidentes de défice relacionados.

Maior flexibilidade, facilidade de implementação, custos reduzidos Uma estratégia eficaz para a prevenção de perdas deve avaliar continuamente novas tecnologias, não só para adotar os produtos de "última geração", mas para tirar proveito de soluções inovadoras que possam proporcionar benefícios tangíveis e reduzir custos. Com o relatório a sugerir que 71% dos retalhistas em geral e 87% dos maiores retalhistas estão dispostos a adotar o vídeo em rede, os retalhistas no Reino Unido estão, evidentemente, a começar a apreciar os benefícios da incorporação de vídeo em rede na futura estratégia de prevenção de perdas. 

Custo de implantação: As câmaras de rede HDTV oferecem uma resolução mínima três vezes superior às câmaras de CFTV analógicas usadas em muitas lojas atualmente. Os retalhistas podem agora beneficiar de uma melhor cobertura de segurança ao implementar menos câmaras. Implantação mais rápida, redução de cableamento, redução de custos de licenciamento de software, menor consumo de energia e manutenção limitada também reduzem os custos de implementação.

Facilidade de instalação: As câmaras de rede são compatíveis com PoE (Power Over Ethernet), que permite a alimentação da câmara através de um único cabo, bem como a distribuição de vídeo, áudio, sinais de alarme e controle de PTZ (Pan , Tilt e Zoom). Agora a redistribuição de câmaras pelas alterações de design da loja será mais rápida, mais fácil e menos dispendiosa para programar. Atualmente, com extensas redes e dispositivos PoE, tais como pontos de acesso sem fios implantados em muitas lojas de retalho, uma implementação de câmara de rede PoE pode gerar economias substanciais nos custos de instalação e de cableamento, aproveitando equipamentos de informática existentes.

Soluções optimizadas para o retalho: Um uso inovador de câmaras de televisão em alta definição é dirigido aos retalhistas que enfrentam o desafio da vigilância em corredores comerciais. O formato (4:3) tradicionalmente oferecido pelas câmaras é inadequado do ponto de vista do campo de visão especificamente o campo de visão é normalmente excessivo e a maior parte dele sem interesse..

www.mirame.net


O campo de visão ideal para muitos corredores comerciais é uma visão horizontal estreita, com uma cobertura na vertical superior. As câmaras de rede que suportam rodar um formato de imagem HDTV de 16:9 para um formato 9:16, oferecem um fluxo de vídeo orientado verticalmente que captura imagens mais úteis ao longo de um corredor, que é de particular importância para ambientes com estantes altas. 

Facilidade de integração: Os sistemas de vídeo em rede com base em padrões abertos permitem a integração com sistemas existentes de prevenção de perdas, como a EA S, controlo de acessos, lojas eletrónicas e monitores públicos de exibição. Por exemplo, a sincronização de dados de transações com a analítica de vídeo em rede e pontos de venda (POS), fornecem valiosos relatórios baseados em exceções para analisar de forma inteligente e detetar fraudes derivadas de manipulação intencional de margens.

Proteção dos investimentos de CFTV existentes: Os retalhistas podem alavancar os seus investimentos existentes em câmaras de CFTV analógico através de codificadores de rede, preservando os benefícios do vídeo em rede de acesso remoto, a utilização da largura de banda e a eficiente integração com sistemas de terceiros. As câmaras de rede e codificadores podem operar em conjunto, controlados a partir de uma única interface.

Á prova de futuro: Um sistema de vídeo em rede com base numa plataforma aberta pode facilmente integrar analíticas de terceiros como detecção de intrusão ou contagem de pessoas, integrados na câmara ou codificador, no servidor de base ou numa combinação de ambos. Os retalhistas que utilizam o vídeo em rede já não estão fechados em tecnologia proprietária, garantindo-lhes a liberdade de escolha e a proteção do investimento em longo prazo. Um exemplo é o crescimento explosivo dos iPads da Apple, uma tecnologia já adotada por alguns retalhistas do Reino Unido, para que os diretores regionais possam ver remotamente os dados, em tempo real, sobre o desempenho da loja. Embora as câmaras de rede estivessem no mercado muito antes da disponibilidade dos iPads, esses dispositivos integram-se perfeitamente com o vídeo em rede, permitindo que os diretores regionais reúnam, à distância, a inteligência visual sobre a atividade da loja.

Oferecer um maior valor aos negócios A perceção no Retalho do valor do vídeo em rede estende-se muito além de simplesmente melhorar a segurança e vigilância nas lojas de retalho. O relatório revela um alto nível de conhecimento e interesse dos retalhistas na utilização de vídeo em rede para aplicações além da segurança. "O relatório mostra claramente que muitos retalhistas estão prontos para maximizar o seu investimento no seu sistema de vigilância, para que possa ser usado como mais do que apenas uma ferramenta de prevenção de perdas", disse o Professor Joshua Bamfield de CRR. Como a maioria das decisões de compra dos consumidores são feitas por impulso durante a visita à loja, as aplicações de inteligência de negócios que fornecem informações em tempo real da mesma, capacitam os retalhistas a responderem mais eficazmente às mudanças na demanda dos consumidores e a questões operacionais que, em última análise, afetam o resultado final. www.mirame.net


Consciência do uso do vídeo em rede em aplicações não relacionadas com a segurança e prevenção de perdas

Mediante o aproveitamento do vídeo em rede para o cruzamento de funcionalidades, os retalhistas podem obter estatísticas em tempo real para melhorar o layout das lojas, as exibições de merchandising, a eficiência dos colaboradores, o serviço ao cliente e medir o tráfego de clientes e as taxas de conversão. Uma única câmara de rede alocada para a prevenção de perdas pode ser utilizada pelo marketing, operações e merchandising. Conseguir a colaboração de diferentes departamentos e repartir os custos comuns de implementação, maximizará o retorno sobre o investimento em qualquer gasto com equipamento de vigilância de vídeo. 

Medição do desempenho da loja: Um contador de pessoas baseado na rede fornece acesso instantâneo aos dados de tráfego em tempo real e histórico dos clientes. Os retalhistas podem medir os níveis de tráfego por hora em várias lojas para medir o seu desempenho, avaliar o sucesso das campanhas promocionais e melhorar o serviço ao cliente, otimizando a distribuição de pessoal para atender ao tráfego de clientes.

Baseado numa plataforma aberta, os retalhistas também podem analisar o comportamento do cliente com análises integradas noutras fontes de dados, tais como operações dos pontos de venda (POS), permitindolhes comparar o tráfego e as taxas de conversão, não só entre as lojas, mas também para visualizar por corredor e localização dos displays.

Avaliar as estratégias de visualização: A recolha de informação visual sobre o comportamento do cliente é fundamental para aperfeiçoar as vendas. Maximizar o impacto do vídeo em rede implementado para a vigilância em geral, pela alimentação de sequências de vídeo adicionais a partir de uma única câmara nas ferramentas de análise do comportamento dos clientes.

www.mirame.net


Os retalhistas podem obter estatísticas sobre os tempos de permanência dos clientes diante da publicidade ou sinalização digital e sobre o tráfego dos mesmos na loja. A captura de informação inteligente sobre resposta do cliente a exposições e promoções, permite aos retalhistas otimizar o merchandising e as estratégias de marketing e vendas. Um sistema de vídeo em rede integrado com os dados analíticos de várias fontes pode comparar o fluxo de tráfego e estatísticas de vendas entre lojas com diferentes quiosques. Um benefício adicional é a observação por vídeo das interações de clientes com diferentes telas ou colocação de produto, para analisar visualmente os fatores que afetam a sua decisão de compra. 

Otimização de layouts das lojas: Um sistema de vídeo em rede também pode ser utilizado para analisar o mapa térmico e reunir informações valiosas para melhorar o design da loja. Veja quais as zonas mais movimentadas (zonas quentes) para maximizar campanhas promocionais da loja e identifique pontos frios para determinar como as mudanças no design da loja podem impactar positivamente o fluxo de tráfego de clientes. A inteligência de vídeo em rede permite aos retalhistas avaliar imediatamente o impacto das mudanças no layout da loja no tráfego de clientes e nas vendas, através de uma combinação dos mapas de padrões de tráfego com os dados dos pontos de venda.

Melhorar a experiência do cliente: Uma estrutura de vídeo em rede integrado pode gerar alertas em tempo real quando os limites da fila de pagamento são ultrapassados ou por indicadores pré-definidos da falta de disponibilidade dos produtos nas prateleiras. A resolução em tempo real, através da abertura de caixas de pagamento e o reabastecimento das prateleiras irão melhorar a experiência e os níveis de serviço ao cliente.

Aumentar a eficiência operacional: Com um acesso a qualquer hora e em qualquer lugar a um sistema de vídeo em rede os retalhistas podem obter informações vitais para o negócio dos consumidores e do stock de produtos para agilizar os processos operativos e melhorar a capacidade de resposta ao cliente. Por exemplo, o acesso remoto ao vídeo em direto e gravado para demonstrar as boas práticas de trabalho e serviços de atendimento ao cliente podem aperfeiçoar a formação de um retalhista e melhorar a eficiência dos seus colaboradores.

O acesso ao vídeo em direto - a qualquer momento e em qualquer lugar Uma das principais desvantagens de CFTV analógico, que por definição é de circuito fechado, são as limitações no acesso remoto a vídeo para monitorar a atividade de armazenamento e segurança. Uma vantagem inerente do vídeo em rede é a capacidade de obter acesso autorizado a vídeo gravado ou em direto a partir de qualquer localização na rede - incluindo a sede, escritórios regionais ou através de dispositivos móveis. De acordo com a pesquisa global 68% dos retalhistas no Reino Unido exige o acesso ao vídeo, tanto na loja como à distância, uma opinião mais fortemente expressa pela grande distribuição, com 81% das cadeias de retalho com 100 lojas ou mais, que necessitam de acesso remoto para vídeo.

www.mirame.net


Acesso à videovigilância

A disponibilidade em larga escala da conectividade de banda larga de baixo custo e as modernas e eficientes técnicas de compressão de vídeo como o H264 eliminaram os obstáculos à implementação, tornando-o prático e acessível para que os retalhistas possam tirar o máximo proveito das principais vantagens do vídeo em rede. A força motriz por trás de retalhistas que exigem um maior acesso organizacional ao vídeo, pode vir de muitos benefícios que ela oferece ao permitir que aplicativos com cruzamento de funcionalidades melhorem a eficiência e a segurança e aumentem o valor de vídeo dentro de uma cadeia de lojas. 

Melhorar a eficiência dos colaboradores: Os departamentos de merchandising centralizados na sede já podem aceder remotamente ao vídeo em rede para auditar o cumprimento da loja com uma promoção de marketing e corrigir instantaneamente as orientações de apresentação que não foram cumpridas. Evitar a necessidade de ter pessoal para visitar cada loja, para monitorar o cumprimento de normas reduz significativamente o tempo de viagem e os custos, aumenta a eficiência operacional, a produtividade do colaborador e tem um impacto positivo sobre os objetivos de responsabilidade social corporativa (RSC), através da redução da pegada de carbono de um retalhista.

Normas HSE: Os trabalhadores que operam sozinhos nas lojas de retalho são mais vulneráveis a ameaças e agressões físicas do que os que trabalham em equipa, com horários de trabalho alargados que aumentam a exposição ao risco. O investimento num sistema de vídeo em rede na loja, poderia fornecer tanto a verificação de vídeo instantânea de um alarme de pânico para qualquer dispositivo móvel ou rede, fortalecendo assim o dever do retalhista no atendimento aos seus empregados e reforço das orientações de conformidade HSE (Higiene, Segurança e Meio Ambiente).

www.mirame.net


À prova de futuro: Atualmente existem sistemas de distribuição sincronizada de vídeo de alta qualidade e dados de POS remotos para análise de transações suspeitas, mantendo a capacidade de rever remotamente vídeo local de alta qualidade de um determinado incidente. Esta abordagem centralizada permite aos colaboradores da loja concentrarem-se em melhorar a experiência do cliente. Os retalhistas que oferecem um modelo de computação na nuvem para aplicativos que analisam o vídeo são melhor servidos com uma aplicação de vídeo em rede. O investimento na vigilância de vídeo em rede hoje vai facilitar a transição para aplicações de negócios baseadas na nuvem futuramente.

A eliminação de barreiras à adoção do vídeo em rede Embora os retalhistas comecem a compreender os benefícios que o vídeo em rede pode oferecer, ainda há uma série de obstáculos a superar para garantir a adoção em larga escala desta tecnologia. De acordo com os retalhistas no Reino Unido, a falta de colaboração com o departamento de TI e a falta de um modelo de negócio claro representam duas importantes barreiras para a adoção.

Obstáculos à implementação do vídeo em rede

www.mirame.net


Construindo um modelo de negócio As organizações devem fornecer vídeo em rede como uma aplicação multifuncional, capaz de prevenir perdas, melhorar a produtividade dos colaboradores e o atendimento ao cliente, aperfeiçoar o layout das suas lojas e a colocação de produtos e alcançar uma maior eficiência operacional em geral. Os retalhistas que tenham sucesso na colaboração interdepartamental vão beneficiar da partilha dos custos de implementações em marketing, operações, merchandising e prevenção de perdas. A partir desta perspetiva, é mais simples compreender um modelo de negócio claro para a migração para vídeo em rede.

A colaboração do departamento de TI Existem retalhistas que já o usam estrategicamente para maximizar os benefícios e processos de negócios, em conjunto com outros sistemas de armazenamento conectados em rede e POS. Através da adopção de vídeo em rede como uma ferramenta de inteligência visual em tempo real para melhorar as decisões operacionais, o passo lógico seria para as TI gerirem o vídeo tal como outros aplicativos de rede que forneçam valor de negócios estratégico. Como os departamentos de TI são responsáveis por administrar aplicações críticas de negócios em toda a rede de lojas, pode explicar a sua relutância em adotar o vídeo baseado em rede, uma tecnologia muitas vezes percebida como consumista de uma excessiva largura de banda. No entanto, as novas tendências em vídeo em rede podem reduzir significativamente a sobrecarga de tráfego de rede, resolvendo esses problemas e dissipando equívocos relacionados com a implementação de vídeo em rede. 

Vídeo administrável: A compressão H264 é um novo padrão de compressão que apoia o explosivo crescimento global de vídeo digital online, como por exemplo, o YouTube, e amplamente utilizado em dispositivos como DVD com definição Blu-Ray e dispositivos móveis 3G. Produtos de vídeo em rede que possuem H264 podem reduzir a largura de banda e a utilização de armazenamento em 80% em relação aos formatos de compressão existentes e usados em muitas das atuais instalações de vigilância no retalho. A redução significativa nos custos de armazenamento, o vídeo controlável através da rede na loja, a viabilidade de acesso remoto de vídeo na rede na ampla área da organização e a aplicação prática das câmaras de resolução de HDTV são alguns dos principais benefícios do H264, que podem servir para aliviar as preocupações dos departamentos de TI.

Inteligência distribuída: As câmaras e codificadores de rede avançados com detecção de movimento integrado e controlo de alarmes pode ser configurado para apenas transmitir vídeo com base em regras pré-definidas. Junto com a capacidade de restringir a quantidade de largura de banda que gera uma câmara ou um codificador, os departamentos de TI são capacitados com ferramentas poderosas para a gestão do vídeo em rede. As câmaras de rede, ao contrário dos sistemas analógicos, também permitem a compatibilidade com aplicações de terceiros, tais como contagem de pessoas e mapas de temperatura, para integrar na câmara. O processamento reduz os custos de investimento em hardware e minimiza o tráfego de rede, tornando-as soluções infinitamente escaláveis.

www.mirame.net


Maximizar o retorno sobre o investimento em equipamentos de TI: A instalação de câmaras de rede pode aproveitar a infraestrutura de TI (servidores, switches PoE, cableamento) já existentes e cumprir com a autenticação de TI e com as políticas de segurança de dados existentes, garantindo a integração e gestão de redes. A adoção de vídeo em rede vai aumentar o retorno total sobre o investimento de TI em hardware existente e reduzir o custo total de aquisição de um novo sistema.

Normas PCI: O padrão de pagamento por cartão da indústria de segurança de dados (PCI DSS) é um conjunto de requisitos que retalhistas têm que cumprir, garantindo a integridade dos dados de transações com cartões de crédito processadas, transmitidas e armazenadas pela rede de dados. O vídeo em rede pode apoiar os departamentos de TI na implementação de medidas de segurança física e lógica para reforçar a conformidade com o PCI DSS e mitigar os riscos: 

As câmaras de rede instaladas em cima dos terminais POS com máscara de privacidade incorporada podem ser configuradas para mascarar a entrada do código PIN do cartão de crédito do cliente e reforçar o cumprimento de segurança de dados PCI.

As câmaras de rede que controlam os servidores que hospedam dados transacionais fornecem evidências visuais de todos os acessos à sala de servidores, com notificação de alarme via email em tempo real para relatar qualquer atividade suspeita..

Sobre o Relatório O relatório, intitulado ’Retail use and experience of CCTV in the UK’ (A utilização e experiência do CFTV no Retalho no Reino Unido), foi realizado pelo Centro de Investigação de Retalho, Nottingham www.retailresearch.org / a pedido da Axis Communications. O relatório baseia-se nas opiniões dos 363 entrevistados, que vão desde um simples retalhista de uma loja a aqueles com mais de 400 pontos de venda. Os retalhistas que responderam ao questionário tinham um total de 29.240 lojas (cerca de 9 por cento dos pontos de venda no Reino Unido). A repartição dos entrevistados: 60 por cento eram retalhistas não alimentares, 40 por cento eram retalhistas alimentares.

www.mirame.net

Wp mirame beneficios video em rede para retail pt  

http://www.mirame.net/images/pdf/wp/pt/wp-mirame-beneficios-video-em-rede-para-retail-pt.pdf

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you