Page 1

A vida obediente de Rute

Boaz fala a Rute benignamente (2: 8-13): Então disse Boaz a Rute: "Não ouves, filha minha? Não vás colher a outro campo, nem tampouco passes daqui, porém aqui te ajuntarás com as minhas moças. Os teus olhos estarão atentos no campo que segarem, e irás após delas; não dei ordem aos moços, para que te não toquem? Tendo sede, vai aos vasos, e bebe do que os moços tirarem.10-Então ela caiu sobre o seu rosto, e se inclinou à terra e disse-lhe: "Por que achei graça em teus olhos, para que faças caso de mim sendo eu uma estrangeira? E respondeu Boaz, e disse-lhe: "Bem se me contou quanto fizeste à tua sogra, depois da morte de teu marido; e deixaste a teu pai e a tua mãe, e a terra onde nasceste, e vieste para um povo que dantes não conheceste.O Senhor galardoe o teu feito, e seja cumprido o teu galardão do Senhor Deus de Israel, sob cujas asas te vieste abrigar."E disse ela: "Ache eu graça em seus olhos, senhor meu, pois me consolaste, e falaste ao coração da tua serva, não sendo eu nem ainda como uma das tuas criadas." Rute, era uma mulher Moabita. É bastante provável, que ela tenha vivido entre o período de (1250 a 1050 A.C. ), tempo esse em que os juízes governavam Israel. Por consequência da desobediência daquele povo, eles viviam debaixo de maldições, não tinham uma relação com o Verdadeiro Deus, o Deus de Israel, pois, eram idólatras. Adoravam a deuses estranhos como a Baal, o qual era adorado como o deus da prosperidade. A iniquidade formava um grande abismo entre aquele povo e Deus. Rute casou-se, com Malom, filho de Noemi e Elimeleque (este casal tinha dois filhos: Malom e Quiliom). Eram israelitas e tinham peregrinado para Moabe, fugindo de uma época de fome que houve naquelas terras. Assim como Malom, o seu irmão também se casou com uma jovem chamada Orfa. Por quase dez anos viveram naqueles campos. Noemi ficou viúva, depois perdeu os seus dois filhos. Ficou muito triste com essas perdas. Sendo uma mulher viúva e imigrante naquelas terras, as leis não a apoiava. Então ficou desamparada e com ela, as suas noras Rute e Orfa. Com aquela convivência de tantos anos, as suas noras passaram a amá-la muito. Noemi era uma mulher temente a Deus e mesmo em tempos de grandes dificuldades, não se entregava ao fracasso. Acreditava na possibilidade de dias melhores. Foi assim, que ouvindo dizer, que as coisas tinham melhorado na sua terra, resolveu retornar. Como as suas noras já estavam habituadas a viver com ela, decidiram viajar com ela.


No livro de Rute (1: 7) diz que: "Saíram do lugar onde estivera: Noemi, e as suas duas noras com ela." E, foram elas caminhando para voltar para a terra de Israel. A princípio todas haviam decidido seguir juntamente com Noemi aquela caminhada, que para Noemi seria um regresso à uma vida que ela já conhecia, mas para as outras duas, seria algo de novo. Teriam que renunciar aquela vida, na qual elas foram criadas e recomeçar outra, deixar para trás os seus costumes, as suas tradições, as suas religiões a as suas famílias. Da parte de Rute, ouve decisão verdadeira de renunciar aquele caminho o qual ela foi criada, ao lado dos seus familiares e seguir juntamente com Noemi, aquela nova tragetória de vida, rumo a Israel. Porém Noemi disse-lhes: "Porque iríeis comigo, se eu já não tenho mais filhos, sou pobre, não posso lhes oferecer conforto algum? Podem voltar à suas mães, aos seus familiares. Este é o caminho que eu escolhi, mas vocês são livres para escolher qual o caminho que devem seguir." "Então levantaram a sua voz, e tornaram a chorar; e Orfa beijou a sua sogra, porém Rute se apegou a ela." (Rute 1: 14) Aqui, vemos o carinho e a amizade da parte das suas noras, mas vemos a diferença entre gostar e amar de verdade: Orfa beijou-a e voltou atrás, desistiu da caminhada. Bastou uns dois ou três obstáculos mostrados por Noemi, e logo ela decidiu que deixaria tudo e voltaria para o seu povo, os seus deuses, as suas tradições e os seus costumes. Na verdade, ela não tinha decidido de coração! Era daquelas pessoas que não estavam dispostas a qualquer sacrifício. Queria estar com a sogra, mas também queria estar com a sua família e com tudo aquilo que havia na sua terra. Dizia que queria ir, mas também queria ficar, ou seja ficou em cima do muro e resolveu voltar para trás. Muitas vezes, nós queremos servir a Deus e servir ao mundo, queremos agradar a Ele e ao homem. São inúmeras as pessoas, que aceitam Jesus, mas na verdade, não querem abandonar o velho caminho, contradizendo aquilo que diz em: II Co 5-17: "Assim que se alguém está em Cristo, nova criatura é: as coisas velhas já passaram; eis que tudo se fez novo." No caso de Rute, ela apegou-se a Noemi, tal como indica o versículo 16 “Disse porém Rute: Não insista para que eu te deixe, e me afaste de teu pé. Porque aonde quer que tu fores, irei eu; e onde quer que pousares à noite, ali pousarei eu; o teu povo é o meu povo, o teu Deus é o meu Deus." Assim também, disse-nos o Senhor Jesus, quando nos rendemos à Ele: Não importa o tamanho do teu problema, não importa o que você fez, a sua classe social. Não importa por onde tens andado todos estes anos. O importante, é que você reconheça que é um pecador e que se arrependa verdadeiramente dos seus pecados, peça o perdão e não peques mais. Ame-me, sobre todas as coisas e reconheça-me como Único, Suficiente, Exclusivo e Eterno Salvador. Então a partir daí nunca mais te deixarei a sós, se permanecerdes nos meus mandamentos, colocarei-te em lugar seguro. Podemos ver que Deus tinha grandes planos para a vida de Rute, e ela somente teria que andar no Seu caminho, e permanecer Nele. Nós vemos pelos atos da mesma, que ela era uma pessoa obediente, amorosa, que amava e


respeitava o seu próximo. São detalhes muito importantes que devemos observar nas nossas vidas diárias: Saber amar e respeitar a Deus sobre todas as coisas, e ao nosso próximo como a nós mesmos. São ensinamentos do próprio Jesus, e são fundamentais para um bom desempenho nas nossas vidas. Tanto no seio familiar, como na comunidade, em geral, como filho de Deus, devemos nos portar bem, procurarmos desviar do mal, em todas as circunstâncias. Sempre que optamos pelo bem; escolhemos a Deus, pelo contrário escolhemos o inimigo. Como exemplo disso, podemos ver em Rute (2: 2) "E Rute, a Moabita, disse a Noemi: Deixa-me ir ao campo, e apanharei espigas atrás daqueles em cujos olhos eu achar graça." Observamos que ela coloca-se em submissão e Deus cuida do resultado. Como vemos em Rute (2: 3-4) "Foi, pois, e chegou, e apanhava espigas após os segadores; e caiu -lhe em sorte uma parte do campo de Boaz, que era da geração de Elimeleque. E eis que Boaz veio de Belém e disse aos segadores: O Senhor seja convosco. E disseram-lhe eles: O Senhor te abençoe. Prestem atenção que: ela foi se introduzir no meio de tabalhadores que temiam ao Senhor Deus." Em Josué (1: 8-9) diz assim: "Não aparteis da tua boca o livro desta lei, antes medita nele dia e noite, para que tenhas cuidado de fazer conforme a tudo o quanto nele está escrito; porque então farás prosperar o teu caminho, e então prudentemente te conduzirás. Não to mandei eu? esforça-te, e tenha bom ánimo; não pasmes, nem te espantes; porque o Senhor teu Deus é contigo por onde quer que fores." Nós vemos e comprovamos que aquele que anda na obediência a Deus, não é preciso se preocupar com o mundo, deve sim, estar atento a não se desviar do caminho, porque Deus o conduzirá a pastos verdejantes (Rute 2: 5-7).

Podemos comparar que Boaz estava colocado, como Deus está colocado sobre nossas vidas e o moço como o filho de Deus. Se colocarmos diante do filho de Deus, e pedirmos a Ele, com certeza Ele tudo nos fará, e nos apresentará ao Pai, porque é Ele quem nos conduz, Ele nos conhece, sabe da nossa fé e das nossas obras. No livro de Rute (2: 11) Boaz disse: "Bem se me contou quanto fizeste à tua sogra, depois da morte de teu marido; e deixaste a teu pai e a tua mãe, e a terra onde nasceste, e


vieste para um povo que dantes não conheceste." O Senhor Jesus diz-nos no evangelho de Marcos (10: 29-30) "Ninguém há, que tenha deixado casa, ou irmãos, ou irmã, ou pai, ou mãe, ou mulher, ou filhos, ou campos, por amor de mim e do Evangelho, Que não receba cem vezes tanto, já neste tempo, em casas, e irmãos, e irmãs, e mães, e filhos, e campos, com perseguições: e no século futuro a vida eterna." Nós temos em Rute uma ótima referência a seguir, pois a mesma a partir do momento em que encontrou o caminho, foi em frente com dignidade, respeito, dedicação e muito amor ao próximo e sempre disposta a trabalhar. Ela soube aproveitar bem tudo aquilo que colheu nos campos, não guardou somente para si, mas dividiu com quem tinha menos, ou até mesmo nada. Ou seja, acreditou nos bons caminhos e os seguiu, ajudando outros também a segui-los. O Senhor Jesus disse assim: Eu sou o caminho, a verdade e a vida, ninguém vem ao Pai, a não ser por Mim. Talvez você também esteja em Moabe, ou colhendo em outro campo qualquer, talvez já estiveste nos caminhos de Israel, e de repente por algum motivo, talvez por influência de algum familiar, pelas dificuldades encontradas, por algum tipo de aborrecimento, ou mesmo pelo comodismo pessoal, fracassou e desistiu.Voltou atrás, ou está ainda caminhando, mas na incerteza, se segue ou se desiste, assim como foi com Orfa. Agora vendo esta mensagem, você ja sabe: O caminho Verdadeiro é Jesus Cristo, somente Ele, pode nos levar ao reino dos céus. Se você se arrepender dos seus pecados, pedir perdão ao Senhor Deus em nome de Jesus, Ele prometeu que tudo que for pedido em seu nome, Ele fará, para que o Pai seja glorificado através do filho. Tudo que Ele tinha que fazer já foi feito. Ele preparou-nos os campos, mesmo sem nunca haver cometido nenhum pecado.Ele entregou-se à morte, verteu todo o Seu sangue na cruz para a remissão dos nossos pecados. Então agora cabe a você, faça assim como Jesus ordenou, se apegue a Ele de todo o coração, e de toda a tua alma, junte -se a nós. Não passe destes campos. Há muita semente a ser plantada, e como diz a palavra de Deus: aquele que semeia sempre colhe ; haverá muito para ser colhido, para a honra e glória de nosso Senhor Jesus Cristo. Amem!

Vicente Gomes (Grupo de Missões) (http://www.facebook.com/hora.eagora) Funchal, 20/05/2012

A vida obediente de Rute  

Nós temos em Rute uma ótima referência a seguir, pois a mesma a partir do momento em que encontrou o caminho, foi em frente com dignidade, r...

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you