Issuu on Google+

Quando chegamos no altar entregamos nossa vida, nossa vida ĂŠ o bem mais precioso que podemos ofertar ao criador.


Nosso Dízimo alegra a Deus por que mantem a comunidade onde nos reunimos e socorre os irmãos. Ir ao encontro do próximo é o desejo de Deus.


A PARTILHA é o grande DESEJO de DEUS. O próprio Deus PARTILHOU seu filho único.


Comunidade construĂ­da e alimentada por todos seus participantes ĂŠ uma comunidade forte. ConstruĂ­da sobre a Rocha.


A Partilha é sinal de coração generoso, aberto, despojado. Se há partilha, existe uma comunidade aberta aos ensinamentos de Cristo.


Um coração egoísta é capaz de partilhar? Um coração que só se preocupa com seu bem estar é capaz de partilhar?


N贸s gostamos de nossa igreja? Gostamos de viver em comunidade? Fazemos parte da hist贸ria da Par贸quia?


Se a resposta é SIM para tudo. ENTÃO SOMOS DIZIMISTAS! OBRIGADO aos Dizimistas que já aprenderam esta lição!


O DĂ­zimo ĂŠ para manter tudo o que vemos e tocamos neste lugar e nas demais dependĂŞncias.


E este lugar só tem sentido se existir a partilha, a participação de todos, o desejo de comunhão.


Ser Dizimista ĂŠ ser comprometido com a comunidade.


Ser Dizimista ĂŠ ser parte da comunidade.


Ser Dizimista é ter consciência que a comunidade também é minha casa.


Todos os anos, ele participava com seu povo das peregrinações para visitar o Templo em Jerusalém. Celebravam- se as três grandes festas que marcavam o ano litúrgico e nas quais se recordavam os momentos importantes da história do Povo de Deus


: Páscoa, Pentecostes e Festa das Tendas (cf. Ex 23,14- 17; Dt 16,9). Desde os doze anos de idade, Jesus participava dessas celebrações (cf. Lc 2,41- 52; Jo 2,13; 5,1; 7,14; 10,22).


• Na dimensão religiosa o dízimo deve suprir com recursos, todas as necessidades direta ou indiretamente ligadas ao culto e aos seus ministros. Gastos com o templo construção e manutenção, salário do padre e dos funcionários, encargos,


Na dimensão religiosa o dízimo deve suprir com recursos, energia elétrica, água, telefone, impressos, paramentos litúrgicos, velas, vinho, hóstias, equipamentos de som e audiovisuais, etc.


Social: • Os pobres têm direito a parte do dízimo.... • Pastorais sociais (Saúde, criança, promoção humana e social....


Missionária: “Uma Igreja fechada em si mesma é incompleta, está doente.....”João

Paulo II


Não importa a quantia, importa o amor

-Lc 21,

-

É sinal de fidelidade e gratidão

Gen


Quando ofertamos o dízimo devemos faze-lo como oração e agradecimento a Deus, no íntimo do nosso coração, e não apenas depositar o envelope.


Ofertar o dízimo é uma prática religiosa que aparece na Bíblia inteira. Tanto o Velho como o Novo Testamento.


Oração • Senhor Deus e Pai querido,/ caminhamos para o vosso altar/ e trouxemos nossa oferta/ como sinal de amor e gratidão/ por tudo que recebemos/. Que esta nossa oferta, ó Pai querido/, ajude a implantar o Vosso Reino, na terra./ Sabemos que é pouco o que trouxemos/. Mas é tudo o que hoje temos./ Aceitai tudo, ó Pai/ em nome de Jesus. Amém


dizimo-consciente