Page 1

1

BOLETIM OFICIAL DA DIOCESE DE TIANGUÁ – ANO VIII – MAIO/JUNHO 2014 – Nº 35

BOLETIM INFORMATIVO Diocese de Tianguá

EDITORIAL COMUNIDADE DE COMUNIDADES Os últimos acontecimentos esportivos devem ter mexido, sem dúvida, com a rotina dos trabalhos pastorais das Paróquias. De fato, não é fácil ficar frio diante dos intensos apelos da mídia, convidando à nação toda a 'vestir a camisa' em prol de uma causa que tem tudo para ser patriótica. Mas, as emoções vão passando e voltarão a acalmaremse as águas. No porto, encontraremos, de novo, o barco da 'paróquia', recuperado e disposto a singrar os mares da vida no serviço da evangelização. Ao longo de um ano o tema da paróquia foi refletido em grupos, conselhos, assembleias, seminários, ministérios e pastorais, trocando sua humilde condição de ESTUDO pela nobreza pastoral de um DOCUMENTO da CNBB, aprovado na última Assembleia Geral. A obra, recentemente editada, conserva o título inicial: "COMUNIDADE DE COMUNIDADES: UMA NOVA PARÓQUIA", acrescentando-lhe como subtítulo: "A CONVERSÃO PASTORAL DA PARÓQUIA", expressão esta que quer confirmar a atitude radical de

mudança que deve influenciar o processo proposto para a renovação das paróquias. Com o novo texto na mão, recomendo reler, em primeiro lugar, a experiência bíblica de COMUNIDADE (cap 2), vivida por Jesus e pelos discípulos da primeira hora, assim como o conceito de IGREJA 'MISTÉRIO DE COMUNHÃO', próprio do Concílio Vaticano II (cap 4). Em segundo lugar, convém centrar toda a atenção nas 'proposições pastorais' (cap 6) que irão conduzir os processos de renovação das paróquias. Os gestos propostos não nos são desconhecidos. Porém, merecem um novo empenho pastoral da nossa parte. Sobretudo, assumamos como tarefas importantes: 1) Divulgar o documento entre os Agentes de pastoral (Conselhos, pastorais, ministérios, movimentos) e estudá-lo a fundo para provocar uma forte mudança de mentalidade.

2) Avançar, com firmeza, no processo de SETORIZAÇÃO das paróquias, conforme à prática que já vigora entre nós. 3) Apoiar de forma irrestrita o protagonismo dos cristãos leigos e leigas, verdadeiros sujeitos da vida eclesial. 4) Investir forte nos campos prioritários indicados no Documento:

BOLETIM OFICIAL DA DIOCESE DE TIANGUÁ – ANO VIII – MAIO/JUNHO 2014 – Nº 35

a Acolhida; a Iniciação à vida cristã; a Leitura Orante da Palavra de Deus; a Participação Litúrgica e o Compromisso da Caridade, organizada e solidária. Numa palavra, o Documento 100 da CNBB nos oferece um rico e proveitoso material, sobretudo, para revitalizar nossas DIRETRIZES e reacender nosso zelo apostólico no serviço incansável do Povo de Deus. +Francisco Javier Hernandéz Arnedo, OAR Bispo da Diocese de Tianguá

NESTA EDIÇÃO Editorial....................................01 Regiões Episcopais...................02 Momento Celebrativo..............02 Paróquias, áreas pastorais e missionárias..............................02 Pastorais...................................03 Movimentos e organismos.......03 Obras Comunitárias..................04 Formação Permanente.............04 Notícias em destaque...............05 Calendário Diocesano...............06 Decretos, provisões e portarias...................................07 Contribuições financeiras e Conselho Administrativo Diocesano.................................08 Setor Patrimonial......................09 Links importantes......................10

1

boletim  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you