Issuu on Google+

Semanário Litúrgico – Ano II – N.º 35 – 11 de agosto de 2013

19º DOMINGO DO TEMPO COMUM ANO DA FÉ – MÊS VOCACIONAL VOCAÇÃO PARA A VIDA EM FAMÍLIA – DIA DOS PAIS INÍCIO DA SEMANA NACIONAL DA FAMÍLIA ―FÉ: FUNDAMENTO, LUZ E ESPERANÇA!‖ Encontro entre Irmãos 1. CANTO DE ABERTURA Antífona da entrada: Considerai, Senhor, a vossa aliança, e não abandoneis para sempre o vosso povo. Levantai-vos, Senhor, defendei vossa causa, e não desprezeis o clamor de quem vos busca. 2. SAUDAÇÃO __ Em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo. __ Amém. __ O olhar protetor de Deus, que livra da morte aqueles que nele confiam, esteja sempre convosco. __ Bendito seja Deus que nos reuniu no amor de Cristo. 3. MONIÇÃO INICIAL Animador: Neste Domingo dedicado aos pais, fazemos uma saudação especial aos pais presentes em nossa celebração e elevamos a Deus nossas preces re-

zando na intenção dos pais de nossa comunidade. Rezemos também para que o Senhor aumente em a fé em nossas famílias, concedendo-nos a graça de testemunhá-la com coragem e esperança. (momento para uma pausa orante) 4. ATO PENITENCIAL __ Antes de nos aproximar da Mesa da Palavra e da Mesa Eucarística, reconheçamos nossos pecados e peçamos a graça do perdão divino. (breve momento de silêncio) 4.1. Canto Penitencial __

Deus, fonte de toda bênção, abençoai-nos hoje com vosso perdão e concedei-nos a graça de imitar nossos pais na fé para, como eles, participar da vida eterna. __ Amém. 5. HINO DE LOUVOR Padre: Nós cantamos a felicidade


de ser um povo cujo Deus é nosso único Senhor... 6. ORAÇÃO DA COLETA OREMOS Animador: Apresentemos as nossas intenções e rezemos também por... Aqui o Animador lê as Intenções (se houver). Padre: Deus eterno e todopoderoso, a quem ousamos chamar de Pai, dai-nos cada vez mais um coração de filhos e filhas, para alcançarmos um dia a herança que prometestes. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo. Amém. A Palavra se faz Vida 7. REFRÃO MEDITATIVO 7.1. PRIMEIRA LEITURA (Sb 18,6-9) Leitura do Livro da Sabedoria A noite da libertação fora predita a nossos pais, para que, sabendo a que juramento tinham dado crédito, se conservassem intrépidos. Ela foi esperada por teu povo, como salvação para os justos e como perdição para os inimigos. Com efeito, aquilo com que puniste nossos adversários, serviu também para glorificar-nos, chamando-nos a ti. Os piedosos filhos dos bons ofereceram sacrifícios

secretamente e, de comum acordo, fizeram este pacto divino: que os santos participariam solidariamente dos mesmos bens e dos mesmos perigos. Isso, enquanto entoavam antecipadamente os cânticos de seus pais. __ Palavra do Senhor. __ Graças a Deus! 8. SALMO RESPONSORIAL (Sl 31 (32)) — Feliz o povo que o Senhor escolheu por sua herança. __

Ó justos, alegrai-vos no Senhor! Aos retos fica bem glorificá-lo. Feliz o povo cujo Deus é o Senhor e a nação que escolheu por sua herança. __ Mas o Senhor pousa o olhar sobre os que o temem e que confiam esperando em seu amor, para da morte libertar as suas vidas e alimentá-los quando é tempo de penúria. __ No Senhor nós esperamos confiantes, porque ele é nosso auxílio e proteção! Sobre nós venha, Senhor, a vossa graça, da mesma forma que em vós nós esperamos! 9. SEGUNDA LEITURA (Hb 11,12.8-12) Leitura da Carta aos Hebreus Irmãos: A fé é um modo de já possuir o que ainda se espera, a convicção acerca de realidades


que não se vêem. Foi a fé que valeu aos antepassados um bom testemunho. Foi pela fé que Abraão obedeceu à ordem de partir para uma terra que devia receber como herança, e partiu, sem saber para onde ia. Foi pela fé que ele residiu como estrangeiro na terra prometida, morando em tendas com Isaac e Jacó, os coherdeiros da mesma promessa. Pois esperava a cidade alicerçada que tem Deus mesmo por arquiteto e construtor. Foi pela fé também que Sara, embora estéril e já de idade avançada, se tornou capaz de ter filhos, porque considerou fidedigno o autor da promessa. É por isso também que de um só homem, já marcado pela morte, nasceu a multidão "comparável às estrelas do céu e inumerável como a areia das praias do mar". __ Palavra do Senhor. __ Graças a Deus! 10. EVANGELHO (Lc 12,35-40) 11. ACLAMAÇÃO AO EVANGELHO Aleluia! Aleluia! Aleluia! É preciso vigiar e ficar de prontidão; Em que dia o Senhor há de vir, não sabeis não! __

O Senhor esteja convosco! Ele está no meio de nós. __ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo † segundo Lucas. __ Glória a vós, Senhor! __

Naquele tempo, disse Jesus a seus discípulos: Não tenhais medo, pequeno rebanho, pois foi do agrado do Pai dar a vós o Reino. Vendei vossos bens e daí esmola. Fazei bolsas que não se estraguem, um tesouro no céu que não se acabe; ali o ladrão não chega nem a traça corrói. Porque onde está o vosso tesouro, aí estará também o vosso coração. Que vossos rins estejam cingidos e as lâmpadas acesas. Sede como homens que estão esperando seu senhor voltar de uma festa de casamento, para lhe abrirem, imediatamente, a porta, logo que ele chegar e bater. Felizes os empregados que o senhor encontrar acordados quando chegar. Em verdade eu vos digo: Ele mesmo vai cingir-se, fazê-los sentar-se à mesa e, passando, os servirá. E caso ele chegue à meia-noite ou às três da madrugada, felizes serão, se assim os encontrar! Mas ficai certos: se o dono da casa soubesse a hora em que o ladrão iria chegar, não deixaria que arrombasse a sua casa. Vós também ficai preparados! Porque o Filho do Homem vai chegar na hora em que menos o esperardes". Então Pedro disse: “Senhor, tu contas esta parábola para nós ou para todos?” E o Senhor respondeu: Quem é o administrador fiel e prudente Que o Senhor vai colocar à frente do pessoal de sua casa Para dar comida a todos na hora certa? Feliz o empregado


que o patrão, a chegar, Encontrar agindo assim! Em verdade eu vos digo: o Senhor lhe confiará A administração de todos os seus bens. Porém, se aquele empregado pensar: “meu patrão está demorando”, e começar a espancar os criados e as criadas, e a comer, a beber e a embriagar-se, o Senhor daquele empregado chegará num dia inesperado e numa hora imprevista, ele o partirá ao meio e o fará participar do destino dos infiéis. Aquele empregado que, conhecendo a vontade do Senhor, Nada preparou nem agiu conforme sua vontade, Será chicoteado muitas vezes. Porém, o empregado que não conhecia essa vontade E fez coisas que merecem castigo, Será chicoteado poucas vezes. A quem muito foi dado, muito será pedido; A quem muito foi confiado, muito mais será exigido. __ Palavra da Salvação! __ Glória a vós, Senhor! 12. PROFISSÃO DE FÉ Creio em Deus Pai TodoPoderoso, / criador do céu e da terra. / E em Jesus Cristo, seu único Filho, nosso Senhor, que foi concebido pelo poder do Espírito Santo; / nasceu da Virgem Maria; / padeceu sob Pôncio Pilatos, foi crucificado, morto e sepultado. / Desceu à mansão dos mortos; / ressuscitou ao terceiro dia, subiu aos céus; / está sentado à direita de Deus Pai Todo-

Poderoso, / donde há de vir a julgar os vivos e os mortos. / Creio no Espírito Santo; / na Santa Igreja Católica; / na comunhão dos santos; / na remissão dos pecados; / na ressurreição da carne; / na vida eterna. Amém. 13. ORAÇÃO DA COMUNIDADE Padre: Convidados a viver vigilantes e dedicados ao serviço para guardar o tesouro da fé e alimentar a esperança em nossas vidas, elevemos nossas preces ao Pai: __ Em nossa esperança, aumentai nossa fé, Senhor! 1. Apresentamos a vós, Senhor, nossos pais neste momento de súplica, intercedendo que derrameis em seus corações a graça da perseverança na fé. 2. Fazemos uma prece especial por nossas famílias, suplicando vossa proteção e a graça da vigilância para que o tesouro da fé não seja perdido nem roubado em suas casas. 3. Rezamos, por fim, pela nossa comunidade, para que esteja sempre pronta a testemunhar a alegria de vos ter como nosso único Deus e Senhor. (SE HOUVER ANIVERSARIANTES)


— Intercessor: Senhor, intercedemos vossa graça por nossos irmãos (ãs) ................... que celebram o Dom da vida para que possam estar sempre disponíveis à vontade do Senhor, sendo suas testemunhas fiéis, nós vos pedimos. (SE HOUVER 7º DIA) — Intercessor: Olhai pelos familiares de nosso irmão(ã) ........... que celebram hoje o 7º dia de seu falecimento; mostrai, Senhor, a vossa misericórdia para que sejam consolados, na certeza da vida eterna, nós vos pedimos. Padre: Deus nosso Pai, acolhei nossas preces e concedei-nos a graça de crescer na fé, iluminados pela luz do vosso Espírito Santo e fortalecidos pela presença de Jesus Cristo que convosco vive e reina pelos séculos dos séculos. Amém! A Vida se Transforma

14. APRESENTAÇÃO OFERENDAS

DAS

15. ORAÇÃO __ Orai, irmãos e irmãs para que o nosso sacrifício seja aceito por Deus Pai Todo poderoso! __ Receba o Senhor por tuas mãos este sacrifício, para glória do seu nome, para o nosso bem e de toda a Santa Igreja.

(Sobre as Oferendas) Ó Deus, acolhei com misericórdia os dons que concedestes à vossa Igreja e que ela agora vos oferece. Transformai-os por vosso poder em sacramento da Salvação. Por Cristo, nosso Senhor. Amém. 16. ORAÇÃO EUCARÍSTICA II __

O Senhor esteja convosco… NA VERDADE, é justo e necessário, é nosso dever e salvação darvos graças, sempre e em todo o lugar, Senhor, Pai santo, Deus eterno e todo-poderoso, por Cristo, Senhor nosso. Ele é a vossa palavra viva, pela qual tudo criastes. Ele é o nosso salvador e redentor, verdadeiro homem, concebido do Espírito Santo e nascido da virgem Maria. Ele, para cumprir a vossa vontade e reunir um povo santo em vosso louvor, estendeu os braços na hora da sua paixão a fim de vencer a morte e manifestar a ressurreição. Por ele os anjos celebram vossa grandeza e os santos proclamam vossa glória. Concedei-nos também a nós associar-nos a seus louvores, cantando (dizendo) a uma só voz: __ Santo, santo, santo... Na verdade, ó Pai, vós sois santo e fonte de toda santidade. Santificai, pois, estas oferendas, derramando sobre elas o vosso Espírito, a fim de que se tornem para nós o Corpo e † o Sangue de Je-


sus Cristo, vosso Filho e Senhor nosso. __ Santificai nossa oferenda, ó Senhor! ESTANDO para ser entregue e abraçando livremente a paixão, ele tomou o pão, deu graças e o partiu e deu a seus discípulos, dizendo: TOMAI, TODOS, E COMEI: ISTO É O MEU CORPO QUE SERÁ ENTREGUE POR VÓS. Do mesmo modo, ao fim da ceia, ele tomou o cálice em suas mãos, deu graças novamente o deu a seus discípulos, dizendo: TOMAI, TODOS, E BEBEI: ESTE É O CÁLICE DO MEU SANGUE, O SANGUE DA NOVA E ETERNA ALIANÇA, QUE SERÁ DERRAMADO POR VÓS E POR TODOS PARA REMISSÃO DOS PECADOS. FAZEI ISTO EM MEMÓRIA DE MIM. Eis o mistério da fé! __ Todas as vezes que comemos deste pão e bebemos deste cálice, anunciamos, Senhor, a vossa morte, enquanto esperamos a vossa vinda! CELEBRANDO, pois, a memória da morte e ressurreição do vosso Filho, nós vos oferecemos, ó Pai, o pão da vida e o cálice da salvação; e vos agradecemos por que nos tornastes dignos de estar aqui na vossa presença e vos servir. __ Recebei, ó Senhor, a nossa oferta! E NÓS VOS SUPLICAMOS que, participando do Corpo e Sangue

de Cristo, sejamos reunidos pelo Espírito Santo num só corpo. __ Fazei de nós um só corpo e um só espírito! LEMBRAI-VOS, ó Pai, da vossa Igreja que se faz presente pelo mundo inteiro: que ela cresça na caridade com o Papa Francisco e todos os ministros do vosso povo. __ Lembrai-vos, ó Pai, da vossa Igreja! LEMBRAI-VOS também dos nossos irmãos e irmãs que morreram na esperança da ressurreição e de todos os que partiram desta vida: acolhei-os junto a vós na luz da vossa face. __ Lembrai-vos, ó Pai, dos vossos filhos! ENFIM, nós vos pedimos, tende piedade de todos nós e dai-nos participar da vida eterna, com a virgem Maria, mãe de Deus, com São José, seu esposo, com os santos apóstolos e todos os que neste mundo vos serviram, a fim de vos louvarmos e glorificarmos por Jesus Cristo, vosso Filho. __ Concedei-nos o convívio dos eleitos! POR CRISTO, com Cristo, em Cristo, a vós, Deus Pai TodoPoderoso, na unidade do Espírito Santo, toda a honra e toda a glória, agora e para sempre. __ Amém! 17. RITO DA COMUNHÃO __ Expressemos que somos a família de Deus dando-nos as mãos para rezar como Jesus nos


ensinou: __ PAI NOSSO... Livrai-nos de todos os males, ó Pai, e dai-nos hoje a vossa paz. Ajudados pela vossa misericórdia, sejamos sempre livres do pecado e protegidos de todos os perigos, enquanto, vivendo a esperança, aguardamos a vinda do Cristo Salvador. __ Vosso é o reino, o poder e a glória para sempre! __ Senhor Jesus Cristo, dissestes aos vossos Apóstolos: Eu vos deixo a paz, eu vos dou a minha paz. Não olheis os nossos pecados, mas a fé que anima vossa Igreja; dai-lhe, segundo o vosso desejo, a paz e a unidade. Vós, que sois Deus, com o Pai e o Espírito Santo. Amém. __ A paz do Senhor esteja sempre convosco. __ O amor de Cristo nos uniu. __ Para que a luz da vigilância mantenha o tesouro da fé em nossas famílias, saudamo-nos com um gesto de paz. __ Cordeiro de Deus... __ Onde está o vosso tesouro, aí estará também o vosso coração! Eis o Cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo. __ Senhor, eu não sou digno... 18. CANTO DA COMUNHÃO (Após a comunhão, promover SILÊNCIO) Antífona da comunhão: Glorificai o Senhor, Jerusalém,

pois te dá como alimento a flor do trigo. 19. ORAÇÃO DEPOIS DA COMUNHÃO OREMOS: Ó Deus, o vosso sacramento que acabamos de receber nos traga a Salvação e nos confirme na vossa Verdade. Por Cristo, nosso Senhor. Amém.  Avisos  Oração de um pai Sou pai de família, Senhor. Recebi de meus pais a fé. Sou grato por isso. É um tesouro de valor existencial; por isso, Senhor, não tem preço. Nos momentos de alegria, a fé me incentiva a dar graças, nos momentos de dúvida, a não ter medo, nas horas de indecisão, a confiar, nos dias tristes, consola minha dor, qual pomada de bálsamo. Hoje, o compromisso de transmitir a fé é meu. Sou pai de família, Senhor. Concedei-me a graça de transmitir a fé a meus filhos e filhas. Concedei-me a coragem de testemunhar a fé nos questionamentos, quando modas e ideologias a querem roubar de minha casa. Tornai-me forte, convicto, firme. É assim que vigiarei minha fé. Dialogarei com meus filhos e filhas sobre nossa fé, mas prometo que neles plantarei a semente da fé e a regarei com amor. Dela cuidarei de modo vigilante para protegê-la como tesouro, pois na fé coloquei meu coração. Amém!


Enviados à Missão 20. BÊNÇÃO E DESPEDIDA __ O Senhor esteja convosco! __ Ele está no meio de nós. __ Derramai vossas bênçãos sobre o povo, Senhor, para que libertado da idolatria da cobiça e vivendo na simplicidade tenha uma vida saudável e colabore para o bem de toda a sociedade. Por Cristo, nosso Senhor. __ Amém. __ Abençoe-vos, Deus todopoderoso Pai e Filho e † Espírito Santo. __ Amém. __ Façam de Deus o fundamento de vossas vidas. Ide em paz, o Senhor vos acompanhe. __ Graças a Deus!


13. ORAÇÃO DA COMUNIDADE Padre: Convidados a viver vigilantes e dedicados ao serviço para guardar o tesouro da fé e alimentar a esperança em nossas vidas, elevemos nossas preces ao Pai: __ Em nossa esperança, aumentai nossa fé, Senhor! 1. Apresentamos a vós, Senhor, nossos pais neste momento de súplica, intercedendo que derrameis em seus corações a graça da perseverança na fé. 2. Fazemos uma prece especial por nossas famílias, suplicando vossa proteção e a graça da vigilância para que o tesouro da fé não seja perdido nem roubado em suas casas. 3. Rezamos, por fim, pela nossa comunidade, para que esteja sempre pronta a testemunhar a alegria de vos ter como nosso único Deus e Senhor. (SE HOUVER ANIVERSARIANTES) — Intercessor: Senhor, intercedemos vossa graça por nossos irmãos (ãs) .................................................................................................................................. .................................................................................................................................. que celebram o Dom da vida para que possam estar sempre disponíveis à vontade do Senhor, sendo suas testemunhas fiéis, nós vos pedimos. (SE HOUVER 7º DIA) —

Intercessor:

Olhai

pelos

familiares

de

nosso

irmão(ã)

.................................................................................................................................. .................................................................................................................................. que celebram hoje o 7º dia de seu falecimento; mostrai, Senhor, a vossa misericórdia para que sejam consolados, na certeza da vida eterna, nós vos pedimos.

Padre: Deus nosso Pai, acolhei nossas preces e concedei-nos a graça de crescer na fé, iluminados pela luz do vosso Espírito Santo e fortalecidos pela presença de Jesus Cristo que convosco vive e reina pelos séculos dos séculos. Amém!


11-08-2013-19o-domingo-do-tc-c