Issuu on Google+

Informativo São Francisco

Junho / 2013

Ano X

1

Boletim Informativo da Paróquia São Francisco de Assis - Sorocaba/SP

i t s i r h C Corpus

Coroaçã

Exercícios X Diabetes

Nossa Se n

hora

Espiritualidade Franciscana A Benção de São Francisco

Diácono Pedro Pag. 3

Junho / 2013

o de

Homenagem

Qualidade de vida

Nº 129

Pag. 3

Pag. 4


2

Informativo São Francisco

Editorial Queridos irmãos e irmãs em Cristo Jesus! Paz e Bem!

É

junho, mês de inverno e de festas! Solenidades! Celebramos Santo Antônio, São João e São Pedro. Em tudo isto se junta à liturgia sacra com as devoções como: festas juninas, quermesses. Os preparativos, arrumações em si, já são parte da festa, teremos missas, encontros dos paroquianos e muita comida boa! Tudo vem acompanhado de um sentido muito especial! Aproveitemos para convidar todos os familiares e os amigos para prestigiar esse momento. Não podemos esquecer-nos do sentido, dos exemplos de vida na fé e no testemunho dos santos mais populares deste mês. Não queremos Antônio, João, Pedro apenas para o folclore, mas, como testemunhas da fé. No dia 12 comemoramos o Dia dos Namorados, data que temos mais uma vez a oportunidade de expressar o nosso amor, não só entre namorados, mas também entre os enamorados de todas as idades. Queremos no meio destas celebrações, viver e sentir o sinal sagrado do Pão feito Carne e Sangue de Cristo buscando o verdadeiro sentido da vida, com os santos, aprender como se pode viver. Junho é mesmo um mês diferente, que esta diferença nos aponte a realidade de cada festa. Lembremos também da Grande Festa do Sagrado Coração de Jesus e de Maria. Recordemos o sofrimento de Cristo Jesus e que tudo foi por nós! Todo o seu sofrimento nos mostra o Seu infinito amor. Festejemos e honremos o Coração de Jesus! Rezemos ao Sagrado Coração de Jesus e a Nossa Senhora para que protejam sempre a todos nós, nossas famílias, os doentes, e todos os que necessitarem de suas proteções. Feliz dia dos Namorados!!! Viva Santo Antônio, São João e São Pedro!!!!

MARIA DE LOURDES SOUZA (MALU)

Junho / 2013

Mês de Junho - A graça pelos Santos do Pai

E

stamos nos aproximando do mês de junho e, ao final das comemorações da Páscoa de nosso Senhor, nos voltamos para as festas típicas dos Santos do mês de Junho. É interessante o que podemos tirar dessas comemorações: primeiro, é importante que consigamos refletir que, embora todos os Santos tenham sido pessoas comuns, eram pessoas especiais, pois acreditar no mistério da Salvação, não é pra qualquer um; e o mais importante que poderemos ter é que, ao final das comemorações da Páscoa, nosso mestre e senhor vem nos dizer, através dos Santos, que a missão agora é nossa. E nada mais justo que reflitamos um pouquinho, na dedicação das pessoas que deram sua vida, pelo evangelho de Nosso Senhor. A primeira grande celebração que comemoramos é a festa do Corpo Santo de Deus. É um chamado a nós, católicos, a renovarmos nossa fé diante do Sacrário e transformarmos nossa doação em ação. É fazermos com que a Igreja torne-se uma, em nossa fé. Jesus coloca-se, diante de cada um de nós, como pão e sangue, servindo de alimento para que o alicerce de nossa fé não seja abalado. E não nos deixa só, nos dá o paráclito para acompanhar a nossa caminhada e ainda nos traz os Santos e Santas de Deus, para servirem de exemplo e modelo, de servir sempre. No dia 13 de junho comemoramos Santo Antonio que, apesar de levar o apelido de casamenteiro, foi um homem

A força da palavra

ENTENDENDO A FÉ Todos nós devemos entender o que é a fé. A Bíblia explica isso de uma maneira simples,clara e bela: “Porque em verdade vos afirmo que se alguém disser a este monte, ergue-te e lança-te ao mar e não duvidar no seu coração mas,crer que assim se fará...isso acontecerá.” Assim tudo o que desejares queiras com toda intensidade e com toda a força existente dentro de você. Creia,tenha fé e tudo o que pedires terás .Você tem o poder e quem lhe deu foi Deus ! Use-o para o bem e serás feliz, Muito feliz ! Nelson Nemer

extremamente humilde e consciente de sua missão em evangelizar, através de suas boas ações e de sua dedicação ao franciscanismo. Antonio mostrou, com sua doação, que o serviço do reino continua a crescer, pois o homem continua carente de Deus, distante deste amor que transforma a alma de cada um que se propõe a se colocar a serviço do evangelho. No dia 24, comemoramos São João Batista, este servo do senhor, que se colocou a serviço e em missão, batizando e convertendo um povo descrente de tudo. João Batista dizia-se não ser digno de desatar as sandálias do Mestre, mas foi ele o anunciador das promessas do Pai. Foi ele que morreu por sua integridade e fidelidade ao reino. João Batista não tinha medo de profetizar e não tinha receio em desafiar os grandes do templo. Tinha uma vida humilde e recatada, para

mostrar, a cada um de nós, que temos de ser simples para cultivarmos, em nossos corações, a pureza do amor do Pai. Não é necessário estarmos nos palácios, mas que estejamos no meio do povo e, desta forma, criarmos comunidade de fiéis que creiam e transformem o mundo. No dia 29 de Junho celebramos São Pedro, a quem Jesus deu as chaves do Céu, aquele que tinha como missão propagar o evangelho e transformar o mundo, através do testemunho. Pedro “Tu és Pedra e sobre esta Pedra, edificarei a Minha Igreja”: essa profissão de Jesus coloca Pedro como serviço total à causa do Evangelho. Pedro não terá tempo para reclamar, será a nova pedra angular e deverá construir uma Igreja, em meio a um povo descrente. Pedro é missão, serviço e entrega total e incondicional ao Reino do Pai. Seu maior exemplo é morrer na Cruz, não

JORNADA MUNDIAL DA JUVENTUDE Sob o manto da padroeira do Brasil, a guarda Soldado de Cristo, com o coração jovem, em missão e cheio de paz, eis aqui alguns patronos da JMJ Rio2013: Nossa Senhora da Conceição Aparecida Biografia No ano 1717, três pescadores, ao lançarem a sua rede para pescar nas águas do rio Paraíba, encontraram a imagem de Nossa Senhora da Conceição. Devido aos muitos milagres realizados e aumento da devoção, foi proclamada padroeira do Brasil em 1930 e, anos depois, foi erguida, em sua homenagem, uma grande basílica que acolhe milhões de peregrinos todos os anos. A JMJ a invoca como Protetora da Igreja e das famílias! São Sebastião Biografia Sebastião preferiu a fidelidade a Cristo a toda e qualquer honra civil e militar e, por esse motivo, foi expulso dos quadros do exército e morto na perseguição de Diocleciano no ano 300. Vemos destacar-se na vida do Santo a sua valentia e amor ao Senhor Jesus. A JMJ o invoca como Soldado e mártir da fé! Santo Antônio de Santana Galvão Biografia Nasceu em Guaratinguetá em 1739. De família com grandes recursos e possibilidades, renunciou a tudo e ingressou na ordem Franciscana. Pregador da paz e da caridade com palavras e obras, tornou-se modelo de entrega. Seus milagres começaram ainda em vida, distribuindo pílulas feitas por suas próprias mãos, que geravam grandes curas. O invocamos

da mesma forma que seu Mestre e Senhor, por não se considerar digno, mas de cabeça para baixo, como serviço e como obediência ao Pai e ao Próximo. Antes da morte, Pedro já demonstrava o quanto é necessário servir, o quanto é importante tornar-se parte integrante do Reino de Nosso Senhor Jesus Cristo. É claro que não podemos nos esquecer de nossa Mãe Maria, que deve ser celebrada e lembrada em todos os momentos de nossas vidas. Em caso de desespero, é só nos jogarmos nos braços da Mãe e ela, o primeiro Sacrário de Jesus, nos confortará e nos acalentará com sua doçura e com sua entrega. Nós, cristãos deste mundo tecnológico, devemos sempre olhar para a mãe e enxergarmos, em seus olhos, a doçura capaz de mudar o homem e o mundo e de transformar a sociedade em um ambiente de paz, de harmonia e de fraternidade. O grande compromisso nosso, também neste mês de junho, está na esperança da realização da Semana Mundial da Juventude, que é momento de oração e de entrega de nossos jovens, que se colocam a serviço da Igreja de Nosso Senhor. Carlos Roberto Jacomini

como arauto da paz e da caridade! Beato João Paulo II Biografia O Papa João Paulo II, o Grande, foi o criador da Jornada Mundial da Juventude em 1984. Considerado como o Papa dos jovens, esforçou-se no diálogo com eles, e convidou-os a reconhecer o seu lugar e missão dentro da Igreja. Seu pontificado foi duradouro e ajudou a conduzir os cristãos, tendo como base as inspirações do Concilio Vaticano II. Lutou até o último momento de sua vida compartilhando conosco sua felicidade de entregar-se totalmente a Cristo e à Virgem Maria. O invocamos como amigo dos Jovens! Beato José de Anchieta Biografia Nasceu em 1534 em Tenerife, nas Ilhas Canárias. Ingressou na Companhia de Jesus e foi enviado como missionário ao Brasil. Foi ordenado sacerdote em 1566 e ocupou o cargo de superior de comunidades e provincial de toda a missão no Brasil, trabalho que foi realizado com grande sabedoria e segurança. Faleceu no ano 1597 e recebeu o qualificativo de “apóstolo do Brasil”. Nós, jovens da JMJ Rio 2013, o invocamos do mesmo modo! Pastoral da Juventude

Poesia do Mês

NOSSO AMIGO Disse sim à vida nova, E foi preparado para isto. A graça nele se renova, E vive a vida em Cristo. De coração aberto, Ele é fiel franciscano. Segue pelo caminho certo, E Deus o revela seu plano. Na ação do Espírito Santo, É protegido por Maria, Envolvido no seu manto, O amor é o seu guia. Junto ao amor verdadeiro, Ama a todos sem medida. A Deus se doa por inteiro, E gera fraternidade e vida. Santo Antonio nosso amigo, A seu exemplo queremos viver. Nós contamos contigo, Para a vida plena merecer. Maria Marlene Pontes de Tate

EXPEDIENTE Informativo São Francisco - Ano X nº: 129 - Junho/2013 - Publicação Mensal Responsável: Pe. Frei Cid Tadeu Passos OFM - Coordenadores Pascom: Sérgio e Solange Morbiolo Anúncios: na secretária da Paróquia: F: (15) 3231-3100 Redatores e Noticiarista: Equipe PASCOM - Diagramação e arte: Wilson Roberto Grillo Jr. Impressão: Diário de Sorocaba Tiragem: 1500 exemplares - Para anunciar ligue: (15) 3231-3100 e-mail: paroquia@saofranciscovilaassis.com.br site: saofranciscovilaassis.com.br


Informativo São Francisco

Junho / 2013

Qualidade de Vida

EXERCÍCIOS X DIABETES

A Diabetes Mellitus é uma doença crônica que deve ser prevenida e tratada constantemente. Essa doença, que é dividida em 2 tipos, pode surgir devido a hábitos de vida não muito saudáveis, como má alimentação, sedentarismo, obesidade, etc. Filhos de pais diabéticos têm mais chances de desenvolver a doença. Programas de exercícios físicos vêm sendo utilizados como forma de prevenção e tratamento da diabetes, pois a prática regular de exercícios gera adaptações positivas em nosso organismo, tais como: - Aumento do consumo de glicose pelo músculo; - Melhora na ação da insulina;

- Redução do estresse e ansiedade, proporcionando redução nos níveis do hormônio cortisona; (esse hormônio atrapalha a ação da insulina). - Aumento da ação e do número de transportadores de glicose para dentro do músculo(GLUT 4). Essas e muitas outras adaptações positivas fazem com que haja diminuição dos níveis de glicose na corrente sanguínea, contribuindo para a prevenção e o controle da diabetes. HÉLIO MARCONI GERTH Mestrando em Educação nas Profissões da Saúde PUC – Sorocaba

SOLENIDADE DE

SÃO JOSÉ OPERÁRIO

Dia 02 de maio, aconteceu na Comunidade São Francisco de Assis, nossa matriz, a Missa Paroquial em louvor a São José Operário, e por todos os trabalhadores, inclusive aqueles que se encontram desempregados. Foi celebrada pelo nosso Pároco Frei Cid, que ressaltou as virtudes de São José e, para nós cristãos, a importância de imitá-lo em nossas vidas. A liturgia desse dia, nos apresentou Jesus como o filho do carpinteiro, pois a ele foi confiada a missão de ser o pai adotivo de Jesus, criá-Lo, educá-Lo e protegê-Lo. E ele a cumpriu fielmente. Através do seu trabalho, ganhou com dignidade o sustento para sua família. Assim, nos foi mostrada a importância de cada pai na vida de seus filhos, e o grande desafio em criá-los e educá-los num mundo tão conturbado, em meio a tanta violência e tantos atrativos que a sociedade hoje nos oferece. O Frei abençoou as carteiras de todos os trabalhadores ali presentes, e orou por aqueles que estão desempregados. Tivemos também, iniciando o mês de maio, uma homenagem a Nossa Senhora.

Mais uma vez, pudemos contar com a participação dos jovens na preparação dessa liturgia. São eles, se colocando à disposição da comunidade, a serviço do Reino de Deus. “Eis-me aqui, envia-me”. Equipe da Liturgia

3

HOMENAGEM AO DIÁCONO PEDRO DAMAS DE CARVALHO

N

o dia 23 de maio, 5ª feira, a Câmara Municipal de Sorocaba, através do Vereador Carlos Leite, prestou uma justa homenagem ao nosso querido Diácono Pedro Damas de Carvalho, ou simplesmente, Seu Pedro, como carinhosamente o chamamos. Essa homenagem aconteceu pelos 43 anos de Diaconato, 43 anos a serviço da Igreja. A Paróquia São Francisco de Assis se fez presente, na pessoa do Frei Cid e vários paroquianos, que fizeram questão de levar um abraço amigo, e lá, tiveram a oportunidade de conhecer, através dele mesmo, um pouco da sua história: Pedro Damas de Carvalho nasceu em Itapetininga, no ano de 1933, é casado com a Sra. Inês, a quem todos conhecemos, pois frequentemente o acompanha nas suas celebrações. Eles têm 4 filhos, 9 netos e 3 bisnetos. Seu Pedro morou durante 12 anos em Capão Bonito, cidade onde recebeu o convite, feito pelo Monsenhor Pedro José Vieira, para candidatura ao Diaconato Permanente, convite este aceito, em comum acordo com sua esposa, pois ambos sabiam os compromissos e os desafios que teriam que enfrentar para seguir a família e a Igreja, com muita dedicação e oração. Ele foi ordenado por D. Silvio Maria Dario, na Igreja Matriz de Capão Bonito, em 19 de abril de 1970, vive há 39 anos em Sorocaba e há 27 anos serve à Paróquia São Francisco de Assis. Emocionado, Seu Pedro disse sentir-se como o barro na mão do oleiro, seguindo a vontade do Pai, e, ao encerrar seus agradecimentos, falou que procura seguir o lema: Fé, Esperança e Caridade, pois, vivemos pela Fé, temos a Esperança de chegar à casa do Pai, e

a bagagem para isso é a Caridade. Parabéns, Diácono Pedro, nossa Paróquia agradece pelos seus trabalhos e dedicação a nós prestados. A Câmara Municipal prestou também homenagens de congratulações a dois paroquianos nossos: Custódio Fernandes Salvador e José Rodrigues Reche, pelos trabalhos comunitários realizados e pela passagem dos aniversários. Parabéns! PASCOM


4

Informativo São Francisco

Espiritualidade Franciscana

A BENÇÃO DE SÃO FRANCISCO “O Senhor te abençoe e te guarde, Mostre a ti o seu rosto e tenha misericórdia de ti. Volte para ti o seu olhar E te dê a paz”. A Benção de São Francisco tem sua origem no texto bíblico do Livro dos Números (Nm 6,22-26), que corresponde à Benção de Aarão, com uma pequena diferença: Francisco deixou de fora duas vezes a palavra “Senhor”, que consta no texto original. A benção, dedicada ao seu fiel companheiro Frei Leão, foi escrita num pequeno pergaminho, que tinha como frontispício a oração Louvores de Deus. Ao abençoar, Francisco colocava-se na linha dos que, no Antigo Testamento, mediavam a benção de Javé e, na Liturgia da Igreja, invocavam a benção de Deus sobre uma pessoa ou sobre o povo. Com isto, punha em prática uma habilitação dada pelo batismo e para a qual tinha sido encarregado como Diácono. Em Louvores de Deus, a invocação “vós” é repetida mais de trinta vezes e nunca é usada a palavra “eu”, porque diante da riqueza e da grandeza de Deus é colocada como que de lado. Na benção, em vez disso, Francisco desce do patamar divino místico do “vós”, para se voltar ao “tu”, do irmão. Assim mesmo, o “eu” de Francisco esconde-se num segundo plano: o que interessa é só o Senhor e seu irmão Frei Leão. Como em Louvores de Deus direcionou para a grandeza e bondade de Deus, agora só põe o Frei Leão sob a benção do mesmo misericordioso protetor, guarda e defensor, para que Ele volte seu rosto para o irmão e dele tenha misericórdia: o Senhor, que iluminou as trevas de Francisco em São Damião, ilumine também a escuridão do Frei Leão, dando-lhe shalon, paz e bem. A invocação pessoal, mostra a preocupação de Francisco por seu fidelíssimo amigo, pai, confessor e secretá-

rio. Frei Leão é sacerdote, Francisco é apenas diácono: neste caso, é um não-sacerdote que abençoa o sacerdote. O significado do pergaminho pode ser resumido como uma consolação para todos, que podem entender como que dirigida para si. Os Louvores de Deus, mesmo sendo uma personalíssima oração de Francisco, escrita após receber os estigmas, não se restringe àquela situação mas, como oração, vale para todo tempo e está aberta para todos. “Ainda que em nós não foram impressos os estigmas do crucificado de modo visível, cada um tem suas feridas que podem salvar, que podem tornar-se fonte de salvação para si e para os outros. A cada um que se deixa ferir em nome de Cristo e que leva em si a sua cruz, Francisco repete o que disse a Leão: também tu estás marcado com a cruz de Cristo e, por isso, és abençoado. És um possuído de Deus e estás sob a proteção dele”. Frei Cid Tadeu Passos, ofm

SEJAM BEM VINDOS

Que o Senhor abençoe estes pequeninos e suas famílias. A Paróquia São Francisco de Assis, com amor, os acolhe.

Guilherme (Oswaldo e Brígida)

Mikaelly (Fabiano e Michelle)

Micaela (Gilson e Tatiana)

Henry Rafael (Alessandra e Ricardo)

Junho / 2013

2º ENCONTRO DE JOVENS COM CRISTO (EJC) Foi realizado nos dias 27 e 28 de abril, na Comunidade São Mateus, o 2º Encontro de Jovens com Cristo, abordando o Tema Franciscano “Senhor, fazei de mim um instrumento de Vossa Paz”. Foram ministradas várias palestras: - A vida de São Francisco de Assis – Irmã Stephania, da Toca de Assis; - Senhor, fazei de mim um instrumento de Vossa paz – Frei Cid; - Qualidade, Motivação e Espiritualidade – Walfrido; - Vocação – Prof. Carlos (o Paraná); - Virgem Maria – Rosangela; - Família – Juninho e Adriana. O Encontro foi animado pela Banda do Thiagão e Léo e o Coral do JUCA/Manoel da Comunidade São Mateus. Aconteceu também um teatro sobre São Francisco e atividades de Sociabilização com o Professor Wagner. Momentos de muita fé aconteceram durante o dia do domingo, com uma Vigília de Orações, realizada por todas as pastorais da paróquia. O encerramento, foi uma celebração de Ação de Graças, ministrada pela Ministra da Palavra e coordenadora da Pastoral da Juventude Valdirene.

Contamos com a presença de noventa e cinco jovens participando do encontro, mais a equipe de organização e cozinha, a quem queremos, de coração, agradecer, bem como a Deus e a todos que colaboraram para a realização desse evento. Pastoral da Juventude


Informativo São Francisco

Junho / 2013

PENTECOSTES

TRÍDUO EM LOUVOR A

SÃO PEDRO

A comunidade de São Pedro convida todos para o Tríduo em louvor ao seu padroeiro, o Apóstolo de Cristo, com celebrações e festa externa. Contamos com sua solidariedade para a realização do gesto concreto: alimentos não perecíveis, que serão doados para as famílias assistidas de nossa paróquia.

5

No dia 19 de maio, nas comunidades da Paróquia São Francisco de Assis, aconteceu a Solenidade de Pentecostes: o Espírito Santo desceu sobre nós e nos congregou na mesma fé, e numa só família na alegria, na fraternidade e no amor. As celebrações foram enriquecidas com encenações e símbolos que nos lembraram os sete dons do Espírito Santo.

Os alunos, professores e funcionários do Colégio OSE-COC uniram-se para a realização de uma gincana beneficente, arrecadando alimentos, leite e fraldas descartáveis para serem doados aos menos favorecidos de nossa cidade. A Pastoral da Promoção Humana da Paróquia São Francisco de Assis, juntamente com outras sete entidades, foi beneficiada com essas doações, por isso, queremos agradecer e parabenizar essa Instituição de Ensino, pela iniciativa e incentivo a esses jovens alunos, a propagarem o bem e ajuda ao próximo. Deus lhes pague! Pastoral da Promoção Humana

XXII Encontro de Casais com Cristo “Eu e minha casa serviremos o Senhor.” Josué 24,15 “Crê no Senhor Jesus e serás salvo, tu e tua família.” Atos dos Apóstolos 16, 31 O Encontro de Casais com Cristo quer levar até vocês: - um casamento mais cristão; - inspiração do casal, para um melhor relacionamento; - uma união conjugal mais forte; - uma igreja cheia de alegria e de amizade verdadeira; - uma base sólida à família, frente aos desafios na vida conjugal de hoje. Encontro dias 19, 20 e 21 de julho 2013. Esperamos e contamos com a presença de vocês!

PASCOM

AGRADECIMENTO

GINCANA BENEFICENTE OSE – COC

CONVITE

Ao final de cada uma dessas celebrações, o Círio Pascal foi solenemente apagado, luz que foi acesa cinqüenta dias atrás, na noite da Vigília Pascal. Está concluído o tempo da Páscoa. A partir desse momento, devemos nos tornar “Luz de Cristo” que se irradia de dentro de nós.

A

Equipe Organizadora de Via Sacra Paroquial, agradece aos nossos paroquianos e todas as pessoas, pelo apoio, ajuda e força para que a Via Sacra 2013 acontecesse. E a cada ano, acontece, pela graça e misericórdia de Deus, cada vez com mais bênçãos e mais sentimento cristão. Obrigado pelas orações, pelas velas acesas, pelo silencio e extrema e profunda fé, passando a cada um de nós a certeza de estarmos no caminho da evangelização, revivendo os momentos na vida de Cristo feito Homem,

que vindo ao mundo se doou completa e plenamente para a salvação do homem e expiação dos seus pecados. Que possamos sempre, e cada dia mais, professar Jesus, vivenciar Jesus, necessitar de Jesus em nosso meio e em nossos corações. E que possamos contar com a presença, o apoio e participação de toda a nossa paróquia e também dos cristãos de outras paróquias que queiram se juntar a nós para podermos reviver por muitos anos ainda, esse momento ímpar na história da humanidade: a Via Crucis de Nosso Senhor Jesus Cristo! Com muita emoção, participamos também, no dia 05 de maio, na Comunidade Nossa Senhora do Carmo, da Missa, celebrada pelo Frei Cid, em Ação de Graças pela realização da nossa 11ª Via Sacra Paroquial. Pudemos, unidos, participantes e comunidades, agradecer a Deus pelas graças e bênçãos sobre nós derramadas. Paz e Bem a todos. Equipe Organizadora da Via Sacra


6

Evangelho

Informativo São Francisco

EVANGELHO DOMINICAL

2 DE JUNHO DE 2013 9º DOMINGO DO TEMPO COMUM EV.LUCAS 7,1-10

abrigo e protetor, faça de nós, fonte de vida e não de morte, como Cristo nosso Senhor, que é o grande revelador da bondade infinita de Deus.

No evangelho, vemos um oficial do exército romano que vive em sintonia com Jesus, pois crê em sua mensagem de salvação e se compadece do servo doente. Ao ouvir falar de Jesus, enviou alguns anciãos dos judeus, para pedir-lhe que viesse curar o servo. Um judeu não podia frequentar a casa de um gentio, isso era uma transgressão à regra de pureza ritual e ele se tornaria impuro para o culto e a oração. Mas o oficial crê, e, por isso, merece os benefícios da salvação pela fé no Senhor da vida, não pelas obras realizadas. Ele confia em Jesus e na força da sua palavra: Senhor, eu não sou digno de que entres em minha casa... E é enaltecido por Jesus: Eu vos declaro que nem mesmo em Israel encontrei uma fé tão grande. A cura, revela a salvação gratuita proporcionada pela força da palavra do Senhor, que é o Vencedor da morte. A fé do oficial gentio, temente a Deus, mostra a abertura para todos, mostra que todos são chamados, basta crer no Senhor e Salvador. A atitude do oficial gentio impulsiona a confiarmos em Jesus, que veio manifestar o amor do Pai e a salvação, curando as pessoas de todas as enfermidades. A força de sua palavra nos faz viver e testemunhar a fé sem fronteiras, livre de preconceitos. Quando estamos reunidos em assembleia (missa) no Dia do Senhor (domingo) nos tornamos sinal sensível e visível da salvação universal de Deus, que convoca a todos, independente de merecimento ou de raça. A palavra do Senhor é viva e eficaz, ela deve tocar o nosso coração e provocar em nós uma resposta positiva à proposta de Jesus Cristo.

16 DE JUNHO DE 2013 11º DOMINGO DO TEMPO COMUM EV.LUCAS 7,36-8,3

9 DE JUNHO DE 2013 10º DOMINGO DO TEMPO COMUM EV- LUCAS 7,11-17 Jesus, ao chegar à cidade de Naim, estava acompanhado pelos discípulos e uma grande multidão. Depara-se com uma procissão conduzindo um morto, era o filho único de uma viúva. Tal realidade deixava a viúva ainda mais desamparada, pois já era excluída de direitos. Por isso, Jesus se enche de compaixão e consola a viúva aflita aproximando-se de seu filho morto. Com esse gesto, Jesus deixa de lado as leis de pureza ritual, que proibiam tocar um cadáver. O jovem, movido por sua força, sentou-se e começou a falar. Então, Jesus o entregou à sua mãe, como fez Elias, quando entregou o filho à viúva de Sarepta. Jesus, ao fazer reviver o filho da viúva, como fará com a filha de Jairo e com o amigo Lázaro, revela-se como o Deus da vida, vencedor da morte. Jesus ressuscita os mortos, sinal que caracteriza sua identidade como Messias, revela a plenitude da salvação através de sua vida, morte e ressurreição. Em Jesus, Deus visita e liberta o seu povo. Jesus veio nos visitar, trazendo o consolo e a vida divina que permanece para sempre. Somos chamados a socorrer as pessoas desamparadas, que vivem em situações de exclusão e morte. Que o Senhor, refúgio e Salvador,

Junho / 2013

Neste domingo, somos convidados a fazer em Jesus Cristo e com Ele a experiência da afeição e do perdão, reunindo-nos como irmãos e irmãs, escutando sua Palavra e celebrando a sua entrega na Eucaristia. Jesus senta-se à mesa com as pessoas excluídas, para manifestar-lhes a misericórdia do Pai. Ao entrar na casa do fariseu, ele é acolhido por uma mulher, que lava os seus pés, enxuga-os com os cabelos, beija-os e unge-os com perfume. A atitude generosa dessa mulher é oposta a do fariseu, incapaz de demonstrar gestos de hospitalidade. A história do credor mostra que a observância da Lei (os preceitos) dificulta acolher a salvação gratuita, revelada no perdão. Quinhentas moedas de prata equivalem a quinhentos denários, sendo que um denário era a remuneração por um dia de trabalho. A dificuldade para quitar a dívida, mostra que, diante do amor infinito do Pai, que envia seu Filho para salvar, resta ao ser humano amar com generosidade. A cura de espíritos maus e enfermidades, manifestam a força do Reino de Deus em Jesus. Como o número sete simboliza a totalidade, a libertação dos demônios expressa a adesão plena ao projeto de Jesus. Assim, essas mulheres discípulas dedicam-se ao serviço do evangelho, com gratuidade. A palavra suscita a conversão para entrar na dinâmica do amor de Deus e na prática da justiça. Jesus revela o rosto misericordioso do Pai, oferecendo a dádiva do perdão como caminho de libertação para o discipulado. A mulher anônima e as outras discípulas, ensinam a testemunharmos o evangelho com ações generosas de amor.

mistério de Cristo, que passa pela cruz, pela morte e conduz à vida. Jesus Cristo nos salva perdendo-se a si mesmo. Em comunidade de fé celebramos a nossa páscoa dominical, renovando a nossa adesão a Cristo e sempre mais nos revestindo dele. 30 DE JUNHO DE 2013 SOLENIDADE DOS APÓSTOLOS PEDRO E PAULO EV- MT. 16,13-19 Jesus conversa com os discípulos a respeito da própria identidade, pois sua atuação era comparada por muitos aos grandes profetas: João Batista, Elias, Jeremias. Os discípulos, representados por Pedro, manifestam a adesão pessoal ao Mestre, reconhecendo-o como o Cristo, o Filho do Deus vivo, título que resume a fé da comunidade cristã. A Igreja está fundamentada sobre a pedra angular, que é Cristo, morto e ressuscitado, professado pela fé dos apóstolos. As forças do inferno,

opostas ao Reino de Deus, não podem abalar os seus fundamentos. Como Pedro, os que professam a fé na comunidade dos discípulos de Jesus, a Igreja, recebem a missão de administrar as chaves do Reino dos Céus. Colocam-se a serviço, procurando abrir as suas portas a quem procura a Deus. Assumem o compromisso de desligar, de romper com as situações de pecado que escravizam e impedem de celebrar a salvação. Enquanto Pedro revive o destino de Jesus na prisão, a Igreja ora continuamente. Bendizemos a Deus pelos grandes apóstolos Pedro e Paulo, pois testemunharam a fé e doaram suas vidas por causa da Boa Nova de Cristo. Eles nos ensinam a colocar a confiança em Jesus, a pedra angular, para perseverarmos no caminho e recebermos a coroa da justiça. Nesta eucaristia em que fazemos memória da páscoa do Cristo recordamos estas testemunhas da fé e os mártires de todos os tempos. MARIA DE LOURDES SOUZA (Malu)

DELICIOSA FEIJOADA

Foi realizado dia 11 de maio, sábado, um evento da Pastoral Familiar e que agradou a muita gente: uma deliciosa feijoada. Contando com uma grande equipe na cozinha, venda e distribuição de 280 marmitex, conseguimos atingir nosso objetivo: arrecadar fundos para os eventos que nossa pastoral oferece aos nossos paroquianos durante o ano. Agradecemos de coração, a todos que participaram ou patrocinaram esse evento. Deus lhes pague! Pastoral Familiar

23 DE JUNHO DE 2013 12º DOMINGO DO TEMPO COMUM EV-LUCAS 9,18-24 Jesus, após a multiplicação dos pães, retira-se para orar com os discípulos e pergunta: O que dizem as multidões que eu sou? Os discípulos são chamados a dar uma resposta pessoal, pois compartilham a vida e a missão do Mestre. A profissão de fé que Pedro faz, em nome do grupo, focaliza o ministério de Jesus, que veio salvar as pessoas necessitadas, cumprindo as profecias antigas. A ordem de silêncio indica que a identidade do verdadeiro Messias está associada à cruz. Os discípulos só compreenderão plenamente a missão do Messias à luz de sua páscoa. A fidelidade de Jesus ao Reino de Deus aumenta a rejeição dos adversários. O caminho da cruz revela que Jesus não é um Messias triunfalista, mas solidário com a vida e o sofrimento do povo. É preciso renunciar a si mesmo e tomar a cruz cada dia. O compromisso profundo com o Mestre é a razão para entregar a vida a serviço do Reino. Na celebração da missa atualizamos no aqui e agora da nossa vida, o

NOTÍCIAS DA LEGIÃO DE MARIA

- Comunicamos que o Praesidium Nossa Senhora do Amparo, da Comunidade São Pedro, mudou seu horário de reunião. Por motivo de segurança para nossos membros, essas reuniões passarão a ser à tarde, às 15h00, sempre às quartas-feiras. - A Legião de Maria, juntamente com a Pastoral da Acolhida, comunica e faz o convite a todos, para a romaria que estão organizando, ao Santuário de Nossa Senhora Desatadora de Nós, na cidade de Campinas, no feriado de 09 de julho (3ª feira). A saída será às 6h00 e o preço é R$ 30,00. Quem se interessar, falar com o Sr. Nelson (fone 3233-8305) ou Valéria (fone 3329-1094). - Reiteramos o convite para participarem da reza do Rosário, na Praça Coronel Fernando Prestes, toda primeira 6ª feira do mês, após a missa das 15h00 na Catedral Metropolitana de Sorocaba. Salve Maria! Nelson e Vitória – coordenadores paroquial


Junho / 2013

Informativo São Francisco

7

Agenda Paroquial COMUNIDADE SÃO FRANCISCO VILA ASSIS

2ª feira – das 14h00 às 16h00 – Clube de Mães. Segunda 2ª feira do mês às 20h00 – Terço dos Homens. 4ª feira às 19h30 – Grupo de Oração. Segundo e quarto domingo do mês às 19h30 – Grupo de Jovens.

COMUNIDADE SÃO PEDRO BARCELONA

2ª feira às 19h30 - Grupo de Oração. Última 6ª feira do mês – Apostolado de Oração. 4ª feira das 14h00 às 16h00 – Clube de Mães. Sábado às 17h30 – Grupo de Jovens.

COMUNIDADE N.S. DO CARMO PARADA DO ALTO

5ª feira às 20h00 – Terço dos Homens Local: casas previamente agendadas 6ª feira às 15h00 – Terço de Jesus Misericordioso. Sábado às 19h30 – Grupo de Oração. Domingo às 17h00 – Grupo de Jovens.

COMUNIDADE N.S. APARECIDA ZACARIAS

Última 4ª feira do mês às 19h30 – Apostolado de Oração. 5ª feira das 14h00 às 16h00 - Clube de Mães. 5ª feira às 19h30 – Grupo de Oração.

COMUNIDADE SÃO MATEUS COLORAU

3ª feira às 19h30 – Grupo de Oração. 3ª feira das 14h00 às 16h00 – Clube de Mães. Última 5ª feira do mês às 19h30 – Apostolado de Oração. Segunda 6ª feira do mês às 20h00 – Pós Encontro Sábado às 19h00 – Grupo de Jovens.

MISSAS COMUNIDADE SÃO FRANCISCO 3ª feira às 19h30 5ª feira às 19h30 - Missa de Adoração ao Santíssimo Sábado às 19h30 Domingo às 18h00

COMUNIDADE SÃO PEDRO Domingo às 08h00. Primeira 6ª feira do mês às 19h30 – Missa do Sagrado Coração de Jesus e da Família.

COMUNIDADE NOSSA SENHORA DO CARMO Domingo às 19h30.

COMUNIDADE NOSSA SENHORA APARECIDA Domingo às 09h30.

COMUNIDADE SÃO MATEUS Sábado às 17h30. Todo dia 27 do mês às 19h30 – Missa de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro.

ATENDIMENTO DO FREI COMUNIDADE SÃO FRANCISCO Toda 5ª e 6ª feira das 14h30 às 16h30.

EXPEDIENTE DA SECRETARIA COMUNIDADE SÃO FRANCISCO De 3ª feira ao sábado, das 13h00 às 19h00.

ADORAÇÃO AO SANTÍSSIMO SACRAMENTO COMUNIDADE SÃO FRANCISCO Primeira 2ª feira do mês às 20h00.

COMUNIDADE SÃO PEDRO Terceira 6ª feira do mês às 18h00. Quarta 6ª feira do mês às 19h30.

COMUNIDADE NOSSA SENHORA DO CARMO Primeira 4ª feira do mês às 20h00.

COMUNIDADE NOSSA SENHORA APARECIDA Segunda 5ª feira do mês às 19h30.

COMUNIDADE SÃO MATEUS Toda 4ª feira do mês às 20h00.


8

Informativo São Francisco

Mural

Junho / 2013

Momento de agradecer Divino amigo Jesus Que sempre comigo estás Eu busco em Tua luz Motivos para ter paz. Num mundo tão conturbado, Onde impera a violência Onde o egoísmo não mede De seus atos, a consequência Eu encontro em Ti, Jesus A razão da minha existência.

A

SOLENIDADE DE CORPUS CHRISTI

conteceu, no dia 30 de maio, 5ª feira, em nossa paróquia, a solenidade de Corpus Christi: festa do Corpo e Sangue de Jesus Cristo, Sua presença viva na Eucaristia, o grande mistério da nossa fé. A missa, com a igreja lotado, foi celebrada pelo nosso Pároco Frei Cid, juntamente com o Diácono Pedro e a presença dos Ministros da Palavra, da Eucaristia e das Exéquias. Durante a celebração, saímos todos em procissão, com o Frei Cid conduzindo o Santíssimo Sacramento

pelas ruas do bairro, abençoando as casas e as pessoas que encontramos pelo caminho. Houve depois, a solenidade da renovação dos votos dos Ministros da Eucaristia, da Palavra e das Exéquias, para mais um ano a serviço do Senhor, distribuindo a Eucaristia, levando a Palavra aos irmãos que sofrem a perda de um ente querido e Proclamando o Santo Evangelho. No final, aconteceu a homenagem a Maria, sendo

coroada nossa Mãe e Rainha, por ter sido escolhida por Deus, por ter acreditado em Suas Palavras, por ter nos dado Jesus, por ter aceitado ser Nossa Mãe, pela grandeza e modéstia de seu caráter, pelo socorro em nossas aflições e por estar sempre à nossa frente, nos protegendo e amando. PASCOM

Sei que caminhas comigo, Pois me destes uma missão De refletir Tua luz Onde houver escuridão. E quando cansada me vejo, Me seguras pela mão E me ofereces o aconchego Do Teu Sagrado Coração. Obrigada, meu Senhor Por toda lição de amor. Pelo sangue derramado Pela vida resgatada Pela Hóstia consagrada Pelo Espírito enviado Obrigada, meu Senhor! Cleonice Pereira


2013_06_jornal-de-junho