Page 1

Informativo São Francisco

Março / 2013

Ano X

1

Boletim Informativo da Paróquia São Francisco de Assis - Sorocaba/SP

Nº 126

Março / 2013

Campanha da Fraternidade 2013

Missa de Cinzas Qualidade de Vida

Mural

Semana Santa

Dengue

Programação Pag. 3

Batismo Paroquial Pag. 5

Pag. 8


2

Informativo São Francisco

Editorial

Paz e Bem! Vivemos o Ano da Fé em comunhão com toda a Igreja que nos transmite essa fé celebrando a liturgia. Nunca devemos perder de vista que o autêntico protagonista do Ano litúrgico é Jesus Cristo, isto é, o mesmo Senhor glorificado, unido com a sua esposa, a Igreja. O Tempo da Quaresma-Páscoa, é um tempo decisivo e cheio de possibilidades a não perder o olhar á Jesus Cristo, nossa verdadeira Páscoa. A Quaresma é o “tempo favorável” de crescimento pessoal na fé. A prática mais assídua da oração exercita a fé na presença de Deus, com a certeza de que Ele nos vê e ouve sempre, dispondo tudo para nossa salvação. A prática do jejum reacende a fé na Providência divina, com o abandono naquele que, sem distinguir entre ricos e pobres, provê no tempo certo o alimento do corpo e da alma. A prática da esmola aumenta a fé na vida eterna e nos faz solidários e desapegados, com a certeza de que “este mundo passa”. Enfim, dilatando-nos a fé, os exercícios quaresmais nos preenchem de esperança e, consequentemente, de amor, a verdadeira essência da penitência. Aproveitemos o “Ano da Fé”, tempo da “graça e renovação” que nos apresenta um convite para uma autêntica e renovada conversão ao Senhor. A Igreja sugere oração em família, nos grupos de vizinhos, nos círculos bíblicos e, é claro, nas celebrações litúrgicas para proporcionar maior visibilidade e demonstração da nossa fé católica. A renúncia do Papa nos foi anunciada na véspera da quaresma. A eleição do novo Papa é esperada, com muita probabilidade, para antes da Páscoa. E na Páscoa deste ano poderemos agradecer a Deus o Pastor que ele nos concede, na pessoa do novo Papa, sucessor de Pedro no cuidado para que todo o rebanho, seja confirmado na fé e na unidade. Que sejamos todos impulsionados como discípulos missionários a redescobrir uma nova maneira de evangelizar. Que Nossa Senhora, feliz porque acreditou e amou, transforme nossa penitência quaresmal em um ato confiado de fé e de amor a Jesus Cristo e ao próximo. MARIA DE LOURDES SOUZA (MALU)

Março / 2013

MÊS DE MARÇO - O CAMINHO DO DESERTO

C

aríssimos Irmãos, mais uma vez estamos no caminho do Deserto, mais uma Campanha da Fraternidade, neste ano com um tema de extrema importância: a participação do jovem dentro da liturgia, o espaço que deve ser oferecido a ele e o compromisso de auxiliá-lo na caminhada, rumo a Casa do Pai. Novos desafios surgem em nossas vidas. Podemos dizer que, as nossas reflexões passam pelo Deserto de Jesus, a nossa vida passa pelas tentações e desta forma nossa caminhada, que antes parecia cômoda, torna-se árdua, visto que, ao sermos chamados à santidade, nosso compromisso aumenta a cada dia. O mês de março é um mês de profunda penitência, pois nos preparamos para a chegada da Páscoa do Nosso Senhor, e a grande pergunta que nos é feita sempre é, de

A força da palavra

SEREI BREVE Deus, quando o Senhor tiver um tempinho para me ouvir, prometo que serei breve. Explicarei ao Senhor tudo que passei ao longo da minha vida de muitos anos. As dores que sentí em todo meu corpo; as mágoas ocasionadas por sentimentos não correspondidos. Os sofrimentos por vidas próximas que se foram; As lutas, às vezes inglorias, que enfrentei ; As dificuldades que sempre sentí nesta minha caminhada pela Terra; As tentações que, não foram poucas e, me atormentaram muitas vezes; As desilusões que tive e que doeram profundamente; As adversidades que surgiram do nada; E as feridas que brotaram no meu corpo e na minha alma e que doeram demais. Assim, Senhor, quando puderes me ouvir eu Lhe direi apenas : OBRIGADO pois, mesmo com todos esses problemas, descobri que a vida é maravilhosa e cheia de momentos de muita felicidade. Obrigado Senhor ! Nelson Nemer

que forma nossa caminhada está sendo realizada. Jesus, no deserto, não teve medo de seu compromisso e encarou sua missão de frente, sabendo dos desafios e de tudo o que deveria fazer. Convida-nos pelo nome, assim como o fez com os Apóstolos: vinde servir e não serdes servidos; vinde trabalhar em minha messe, pois muito ainda se tem a fazer e os operários são poucos. Gostaria, depois dessa pequena reflexão inicial, pensar juntamente com cada irmão leitor, sobre esse deserto interior que existe e que precisa ser vencido, na caminhada do reino dos céus. Para que saibamos encarar nosso deserto é preciso que tenhamos a consciência de abrir o nosso coração, para o Irmão necessitado, Esse irmão, nem sempre com um rosto bonito, mas desfigurado pela fome, pela dor da perda, pelo desemprego, enfim, por tudo aquilo que impede o homem de construir a verdadeira fraternidade. Lembramos da nossa Campanha da Fraternidade e temos a obrigação de perceber quantos jovens estão por aí perdidos, seja nas drogas, na marginalidade, nas clínicas de aborto, nas passarelas da vida, se prostituindo. Jesus, em seu deserto, se dispôs a orar ao Pai e pedir a Ele as graças necessárias para realizar Sua missão salvífica. Portanto, em nosso deserto diário, devemos também pedir ao Pai que nos dê força, para que olhemos nossa comunidade com os olhos do coração, para que saibamos respeitar o espaço de cada um e sermos transformadores

do reino, em nosso trabalho, em nossa família e em nossas discussões, para que este jovem marginalizado encontre, em nossos olhos, compaixão e retornem, assim como o filho pródigo, a casa do Pai. Jesus, em seu deserto foi tentado, e nós temos a obrigação de olharmos as tentações modernas em nossos dias: uma televisão que não ensina, mas deforma os valores sociais; uma música que não questiona, mas dissemina o sexo fácil, entre outras coisas. Irmãos, olhar o nosso deserto de hoje é perceber que as tentações existentes são as mesmas de antes, somente com outro nome. O poder ganancioso de nossos políticos, aqueles que deveriam criar políticas públicas, mas que se esquecem de seus compromissos e enriquecem às custas da miséria do povo. A falta de vontade em convidar os irmãos a participarem da nossa mesa, tornando-nos donos de pastorais e movimentos que deveriam promover a vida, mas que ficam sempre nas mãos de poucos: o fechar os olhos para as drogas e a prostituição, “já que meu filho não está nesse meio, o problema não é meu”. Esses são alguns exemplos de nossas tentações. Às vezes parece ser tão simples enxergar os desafios e se comprometer em mudá-los, mas a nossa falta de coerência, e a nossa falta de maturidade cristã, acabam nos deixando iguais, sem percebermos que, embora Jesus tenha dito que viera salvar os pecadores e doentes, ainda

continuamos a olhar somente para a nossa pastoral. É preciso mudar de atitude, faz-se necessário olharmos os bancos de nossa Igreja e lutarmos para que outros possam partilhar de nossa Ceia. Afinal de contas, quando olhamos o Evangelho, podemos ver Jesus falando com a Samaritana, Jesus convertendo os cobradores de impostos, Jesus misturando-se às multidões, Jesus convertendo a prostituta, Jesus sendo cordeiro no meio de lobos, como a se perguntar: você já evangelizou hoje? É hora de pensarmos com o coração e fazermos valer o mandamento fundamental, trazido a nós por Jesus Cristo: “Amarás o Senhor teu Deus, de todo o coração, e ao próximo, como a ti mesmo”. Este mandamento é a tônica de nossa missão. Quando olharmos em nossas pastorais e vermos outras pessoas participando, quando olharmos nossas Igrejas e enxergarmos aquele nosso irmão que estava distante participando da Ceia do Cristo, com toda a certeza nosso deserto estará completo e a frase dita pelo Mestre “Vinde Benditos de Meu Pai”, terá o seu real significado. Carlos Roberto Jacomini

Poesia do Mês Alegria do Senhor O jovem geralmente é feliz. Ele não tem parada. Sabe o que faz e diz, Tem uma vida animada. Ele tem muita energia, A beleza mora nele. Vive bem o dia a dia, E tudo de bom está nele. Diante de uma missão, O jovem é entusiasmado. Com alegria no coração, Responde logo o chamado. Andando com Jesus a seu lado, Ele vive o verdadeiro amor. Sendo jovem compromissado, É alegria do Senhor. Autora: Maria Marlene Pontes de Tate

EXPEDIENTE Informativo São Francisco - Ano X nº: 126 - Março/2013 - Publicação Mensal Responsável: Pe. Frei Cid Tadeu Passos OFM - Coordenadores Pascom: Sérgio e Solange Morbiolo Anúncios: na secretária da Paróquia: F: (15) 3231-3100 Redatores e Noticiarista: Equipe PASCOM - Diagramação e arte: Wilson Roberto Grillo Jr. Impressão: Diário de Sorocaba Tiragem: 1500 exemplares - Para anunciar ligue: (15) 3231-3100 e-mail: paroquia@saofranciscovilaassis.com.br site: saofranciscovilaassis.com.br


Março / 2013

Informativo São Francisco

Qualidade de Vida

3

CHARADAS DA CLARINHA

Dengue O

dengue clássico se inicia de maneira súbita e podem ocorrer febre alta, dor de cabeça, dor atrás dos olhos, dores nas costas. Às vezes, aparecem manchas vermelhas no corpo. A febre dura cerca de cinco dias, com melhora progressiva dos sintomas em 10 dias. Em alguns poucos pacientes podem ocorrer hemorragias discretas na boca, na urina ou no nariz. Já, o Dengue hemorrágico é uma forma grave de dengue. No início, os sintomas são iguais ao dengue clássico, mas após o 5º dia da doença, alguns pacientes começam a apresentar sangramento e choque. Os sangramentos ocorrem em vários órgãos. Este tipo de dengue pode levar a pessoa à morte. Dengue hemorrágico necessita sempre de avaliação médica, de modo que uma unidade de saúde deve sempre ser procurada pelo paciente. A infecção pelo vírus é transmitida pela picada do mosquito fêmea Aedes aegypti. Não existe tratamento específico para dengue, apenas tratamentos que aliviam os sintomas Deve-se ingerir muito líquido como água, sucos, chás, soros caseiros, etc. Os sintomas podem ser tratados com dipirona ou paracetamol. Não devem ser usados medicamentos à base de ácido acetil salicílico e antiinflamatórios, como aspirina e AAS, pois podem aumentar o risco de hemorragias. A melhor forma de se evitar a dengue é combater os focos de acúmulo de água, locais propícios para a criação do mosquito transmissor da doença. Para isso, é importante não acumular água em latas, embalagens, copos plásticos, tampinhas de refrigerantes, pneus velhos, vasinhos de plantas, jarros de flores, garrafas, caixas d´água, tambores, latões,

cisternas, sacos plásticos e lixeiras, entre outros. FIQUE ATENTO, A SECRETARIA DE SAÚDE INFORMA: Se você apresenta febre, dores no corpo, de cabeça, nas articulações, atrás dos olhos, cansaço e/ou manchas avermelhadas pelo corpo pode ser Dengue. Neste caso, procure o Centro de Saúde do seu bairro no horário normal de funcionamento. Das 19 às 22 horas, o Centro de Saúde do Vila Hortência será a referência para os casos suspeitos de Dengue da região da Vila Hortência, Barcelona, Sabiá, Centro, Santana e Vila Haro. Pedimos para a população que, neste horário especial, procure as Unidades Básicas de Saúde de Referência somente nos casos suspeitos de Dengue. Estes pacientes terão prioridade de atendimento. Dengue mata, não demore para procurar o seu Centro de Saúde. Cada região da cidade tem um Centro de Saúde de referência, informe-se!

FESTA DO SORVETE A Equipe de Dirigentes do XXII E.C.C. convida todos a participarem da Festa do Sorvete, que será realizada no dia 23/03/2013, das 14h00 às 17h00, em todas as comunidades. O valor será R$ 4,00, com direito a duas bolas. Contamos com você! Equipe do E.C.C.

Centro de Saúde Vila Hortência Rua Teodoro Kaisel, 677 – próximo ao Zoológico. Secretaria de Saúde

CONVITE

ENCONTRO DA MELHOR IDADE A Pastoral Familiar convida você, que tem idade a partir de 50 anos, a participar do Encontro da Melhor Idade, que acontecerá dia 07/04/2013 na Comunidade São Mateus, com início às 8h00 e término às 16h00, com Adoração ao Santíssimo. Serão momentos de oração, reflexão e confraternização, e , o tema abordado será “Perdão e Fé”. As fichas já estão à disposição dos interessados, com os membros da Pastoral Familiar de cada comunidade, após as missas. Venham participar! Pastoral Familiar

Pastorais Às Pastorais, Sua pastoral ou grupo aparece pouco no jornal informativo da Paróquia??? Para divulgar seus eventos que aconteceram ou que acontecerão basta mandar um e-mail para nós.

solmorbiolo@yahoo.com.br


4

Informativo São Francisco

Março / 2013

MISSA DE CINZAS E ABERTURA DA C.F. 2013 Quaresma É o tempo de conversão, de preparação para a Festa da Páscoa. Dura 40 dias, começando na Quarta-feira de Cinzas e terminando no Domingo de Ramos. Nesse período, devemos nos esforçar para que nos tornemos verdadeiros cristãos e vivamos como filhos de Deus. Com a imposição das cinzas, inicia-se um tempo em que todo cristão deve se preparar dignamente para viver o Mistério Pascal, ou seja, a Paixão, a Morte e a Ressurreição do Senhor Jesus. Esse tempo nos lembra a mensagem bíblica “Convertei-vos” e também, que somos pó e ao pó voltaremos, mostrando a fragilidade da vida humana, sujeita à morte. Missa de Cinzas e Abertura da C.F.2013 No dia 13 de fevereiro, quarta-feira, aconteceu a Missa das Cinzas, celebrada pelo Frei Cid, na matriz da nossa paróquia. Com a igreja lotada, assistimos à celebração, recheada de espiritualidade e fé, ouvindo as mensagens dos Ministros

da Palavra e refletindo a homilia. Vimos os jovens trazendo os símbolos que preenchem suas vidas e ocuparem o altar, sendo abençoados e felicitados por sua integração à Campanha da Fraternidade 2013, que estava sendo lançada. Este ano o tema da campanha é “Fraternidade e Juventude” e o lema “Ei-me aqui, envia-me!” (Is 6,8). Ao final, todos tivemos a imposição das cinzas e seguimos para os quarenta dias de quaresma, com o objetivo cristão de nos convertermos e nos tornarmos criaturas melhores. PASCOM

MINISTÉRIO DE MÚSICA JOVEM Com as bênçãos de Deus, a Paróquia São Francisco de Assis, teve a graça de ver mais um grupo de música jovem se formando. Desta vez, na Comunidade Nossa Senhora Aparecida. Esse grupo, composto por seis adolescentes (Daniel, Pamela, Camila, Ana Carolina, Suelen e Luan), com idades que variam entre 10 e 15 anos, foi idealizado pela equipe da Liturgia, em parceria com a Catequese que há muito sonhavam com esse projeto, o qual reuniria crianças e adolescentes, fazendo com que eles se tornassem mais ativos na comunidade, unidos por uma única razão: Jesus. Foi com muito esforço, horas de ensaio e auxílio de várias pessoas da comunidade, que eles, emocionando a todos, tocaram pela primeira vez no dia 17/02/2013. Comunidade Nossa Senhora Aparecida

SIGNIFICADO DO “TAU” Lembrança da Redenção, da Cruz, do Amor. Sinal de penitência e conversão interior. Sinal de dor pelos pecados do mundo. Rumo a uma espiritualidade sadia. Marca de Recordação do nosso Batismo. Filhos de Deus. Signos dos que sofrem ... Sinal de Salvação. São Francisco selava o que escrevia com o TAU, para significar a densidade do amor de Deus, concretizada na Cruz de Cristo, sinal de Salvação! PASCOM


Informativo São Francisco

Março / 2013

MENSAGEM DO

PAPA BENTO XVI PARA A JMJ - 2013

“Ide e fazei discípulos entre as nações!” (cf. Mt 28,19)

Q

ueridos jovens, desejo fazer chegar a todos vós minha saudação cheia de alegria e afeto. Tenho a certeza que muitos de vós regressastes à casa da Jornada Mundial da Juventude em Madri mais “enraizados e edificados em Cristo, firmes na fé” (cf. Col 2,7). Este ano, inspirados pelo tema: “Alegrai-vos sempre no Senhor” (Fil 4,4) celebramos a alegria de ser cristãos nas várias dioceses. E agora estamos nos preparando para a próxima Jornada Mundial, que será celebrada no Rio de Janeiro, Brasil, em julho de 2013. Desejo, em primeiro lugar, renovar a vós o convite para participardes nesse importante evento. A conhecida estátua do Cristo Redentor, que se eleva sobre aquela bela cidade brasileira, será o símbolo eloquente deste convite: seus braços abertos são o sinal da acolhida que o Senhor reservará a todos quantos vierem até Ele, e o seu coração retrata o imenso amor que Ele tem por cada um e cada uma de vós. Deixai-vos atrair por Ele! Vivei essa experiência de Encontro com Cristo, junto com tantos outros jovens que se reunirão no Rio para o próximo encontro mundial! Deixai-vos amar por Ele e sereis as testemunhas de que o mundo precisa. Convido a vos preparardes para a Jornada Mundial do Rio de Janeiro, meditando desde já

sobre o tema do encontro: “Ide e fazei discípulos entre as nações” (cf. Mt 28,19). Trata-se da grande exortação missionária que Cristo deixou para toda a Igreja e que permanece atual ainda hoje, dois mil anos depois. Agora, este mandato deve ressoar fortemente em vosso coração. O ano de preparação para o encontro do Rio coincide com o Ano da Fé, no início do qual o Sínodo dos Bispos dedicou os seus trabalhos à “nova evangelização para a transmissão da fé cristã”. Por isso, me alegro que também vós, queridos jovens, sejais envolvidos neste impulso missionário de toda a Igreja: fazer conhecer Cristo é o dom mais precioso que podeis fazer aos outros. (Papa Bento XVI). E em nossa paróquia, continuam os preparativos para a Semana Missionária, semana que antecede a Jornada. Rezemos desde já por esse grande Evento Católico em favor da Igreja e de toda nossa juventude e pelos jovens de nossa paróquia, especialmente os que estarão lá no Rio de Janeiro representando a nós e a nossa Arquidiocese. E a Bento XVI, esse homem de Deus, fraco e forte, nosso Deus lhe pague e o recompense por tudo que fez e vai continuar fazendo pela Igreja. Pastoral da Juventude

TRÍDUO EM LOUVOR A SÃO JOSÉ A Comunidade Nossa Senhora do Carmo convida todos os paroquianos, amigos e familiares a participarem conosco desses dias de louvor e confraternização. Haverá festa externa todos os dias.

5


6

Informativo São Francisco

Março / 2013

Evangelho

EVANGELHO DOMINICAL E SEMANA SANTA - MARÇO 2013 - ANO C 03/03/2013 3º DOM DA QUARESMA EV. LC 13,1-9 - O AMOR INCONDICIONAL DE DEUS A CADA UM DE NÓS.

Desde toda a eternidade, Deus tem um plano específico para cada um de nós e o mantém, mesmo que não tenhamos correspondido como deveríamos. Em sua misericórdia, Ele vê o que toda pessoa seria se tivesse sido sempre fiel às graças recebidas, vivendo no auge de perfeição para a qual foi criada. Deus espera que nossa vocação um dia se torne realidade e serve-Se dos acontecimentos cotidianos para nos mover à conversão. Assim, ainda que alguém se encontre num estado de extrema infelicidade por ter cometido uma falta grave ou, pior ainda, por ter abraçado decididamente as vias do mal, Deus não Se apressa em punir o pecador. Ao contrário, aguarda pacientemente o momento adequado para reconduzir o filho pródigo à casa paterna. Mais ainda, o amor de Deus pelos homens é tão incondicional que, diante do anseio salvífico do Criador, nossa vontade fica relegada a um segundo plano. Deus oferece sua graça, mas precisa de nossa reposta, de nossa disponibilidade para fazer acontecer em nós e por nós seu reino de vida. 10/03/2013 4º DOM DA QUARESMA - EV LC 15,13.11-32- A RECONCILIAÇÃO COMO PROCESSO QUE LEVA À PLENA REALIZAÇÃO DO SER HUMANO EM DEUS E COM OS IRMÃOS ENTRE SI.

Deus é apresentado como um pai que tem um coração maior que o espaço, disposto a acolher e a perdoar com um amor inacreditável, impensável. Por isso, Jesus aparece indignado com aquele tipo de pessoa que seguindo a linha dos escribas e fariseus, falam sempre de justiça, mas nunca de caridade; falam sempre de punição, mas nunca de perdão. O filho mais velho tem todas as qualidades, mas não é capaz de acolher o irmão que volta, nem quer partilhar da alegria do coração do Pai que insiste com amor e ternura para que ele entre para a festa. Gabando-se de sua conduta justa e irrepreensível, chega a criticar a atitude do Pai. O filho mais novo são todos os pecadores com quem Jesus faz a festa. O filho mais velho são os fariseus e doutores da lei que se consideram justos, mas são incapazes de acolher os irmãos marginalizados e ainda criticavam a atitude de Jesus. Poucas vezes, nos sentimos o filho mais novo, e como é bom desfrutar a misericórdia do Pai. Mas, muitas vezes, agimos como o verdadeiro filho mais velho, e temos o exemplo do filho mais novo para termos a humildade em admitirmos que estamos errados e coragem para mudarmos e sermos misericordiosos para com nossos irmãos e irmãs e inclusive para conosco. 17/03/2013 5º DOM DA QUARESMA EV. JO 8,1-11-m A COMUNIDADE DEVE SE QUESTIONAR SOBRE QUAL É A ATITUDE EM RELAÇÃO AOS EXCLUÍDOS, Deus não nos pune, frequentemente, a origem

da dor somos nós mesmos, a nossa fragilidade, as nossas escolhas erradas. Deus não é um pai-patrão é bom, é amor. Deus é um pai que nos espera, que nos respeita, que nos deixa fazer os percursos e as experiências da vida, esperando não nos perder. Deus é um pai bondoso que dá pão ao filho que lhe pede; que faz chover sobre justos e injustos. O gesto bondoso e surpreendente de Jesus para com aquela mulher (pecadora) provoca uma mudança total da situação: antes de tudo, o silêncio de Jesus desarma a todos, depois aqueles sinais historicamente indecifráveis por terra, e enfim o desafio a lançar a primeira pedra desmascara toda a hipocrisia daqueles acusadores legalistas de coração de pedra. 24/03/2013 DOMINGO DE RAMOS EV. LC 22,14-23,56- A PAIXÃO DE JESUS FORÇA AS PESSOAS OPTAREM A FAVOR OU CONTRA O PROJETO DE DEUS. A prática cristã é o termômetro que mostra o que somos.Jesus chega a Jerusalém como rei messiânico, humilde e pacífico, em atitude de serviço, e não como um rei temporal que usa e abusa do seu poder. Jesus revela o seu amor manifestado na misericórdia e no perdão. Perdão e misericórdia que se revelam durante toda sua vida, mas quase faz sentir de modo evidente quando é pregado na cruz. Quão significativas são Suas palavras, pronunciadas na cruz. Ao ladrão que está à sua direita e Lhe pede que se recorde dele no Reino, também lhe perdoa e o salva: Jesus perdoa e ama principalmente no momento da Sua entrega, quando exclama: «Pai, em tuas mãos entrego o meu espírito» (Lc 23,46). É esta a última lição do Mestre desde a cruz: a misericórdia e o perdão, frutos do amor. A nós custa-nos tanto perdoar! Mas se fizermos a experiência do amor de Jesus que nos desculpa, nos perdoa e nos salva, não nos custará tanto olhar todos com uma ternura que perdoa com amor, e absolve sem mesquinhez. 28/03/2013 QUINTA-FEIRA – DIA DA INSTITUIÇÃO DA EUCARISTIA - CEIA DO SENHOR EV. JO 13,1-15 Jesus vai passar ao Pai (páscoa, passagem). É uma passagem nova e diferente. Mas para chegar ao Pai Ele tem que passar pela cruz onde Ele se entrega para dar a vida ao homem por amor. O seu amor se expressa no máximo grau, dando a vida por seus amigos (Jo 15,13). Ágape é o amor divino cujas características são estas: gratuidade, total, imutável e definitiva. Estas características nos mostram que Jesus é Deus, pois nos ama como Deus ama. Jesus ama sem medida. Um ser humano que ama desta maneira significa que ele foi modelado por Deus de amor. O evangelho não diz quem foi o primeiro a ter os pés lavados. Isso é sinal de que Jesus não privilegia ninguém. Todos recebem seu amor-serviço de modo igual e imparcial, inclusive o traidor, Judas. 29/03/2013 SEXTA-FEIRA SANTA PAIXÃO DO SENHOR - EV. JO 18,1-19,42

HOJE, SEXTA-FEIRA SANTA, LEMBRAMOS O SOFRIMENTO DE NOSSO SENHOR JESUS CRISTO

esta “passagem” da morte à vida. Domínio do pecado à vida na graça. O batismo é, portanto, a nossa “primeira Páscoa”.

Hoje celebramos a Paixão do Senhor. A Paixão do Senhor consta de três partes. A Liturgia da Palavra, a Adoração da Cruz e a Sagrada Comunhão. A Paixão do Senhor, que não pode tomar-se isoladamente como um fato encerrado em si mesmo, visto apenas como um dos momentos constitutivos da Páscoa, só podemos compreender a Paixão do Senhor à luz da Palavra divina. Ele se sacrificou voluntariamente para libertar-nos dos nossos pecados. Ele nos dá a força para passarmos da morte do pecado à alegria da ressurreição. Foi uma entrega amorosa e cheia de compaixão, foi morrer por nós, tomou sobre si todas as nossas enfermidades. Deu tudo o que tinha que dar para salvar a todos. ADORAÇÃO DA CRUZ -No dia de hoje não há oferenda maior do que aquela que o próprio Cristo fez ao Pai com sua própria vida; por isso, em lugar nenhum no mundo se celebra a Eucaristia, mas mesmo assim comungamos do Corpo do Senhor, nosso Cordeiro. VIGÍLIA PASCAL – 30/03/2013 - EVANGELHO: LC 24,1-12 -A PROMESSA SE REALIZA – A LUZ VENCE AS TREVAS. O servo é exaltado. O fracasso se revela vitorioso. Como não se pode impedir o sol de nascer, nem o rio de desaguar no mar, nem a primavera de chegar, assim, a força de vida que pulsa em nós não pode ser contida. Pelo nosso batismo fizemos

31/03/2013 DOMINGO DE PÁSCOA EV - JO 20,1-9 -O AMOR GERA A FÉ NA RESSURREIÇÃO DE CRISTO.

Comunidade sem fé não é comunidade cristã (Evangelho). A ressurreição de Jesus é sinal evidente de que Deus não se cansa de erguer a face caída diante do poder da opressão. É a garantia de que os poderes do mal serão destruídos. Sem dúvida esta é uma esperança além de todas as esperanças. Assim como Deus caminhou com o povo escravo no Egito, caminha agora com Jesus e seus seguidores, recriando a vida. O compromisso de Deus é com a vida e com tudo o que ela promove. Seremos testemunhas autênticas da ressurreição de Cristo, se escutarmos e vivermos tudo o que Jesus fez e anunciou antes de sua morte. Páscoa de Jesus é a vida que ressurge como um valor de alcance universal, que supera todas as barreiras que limitam, destrói e mutila a vida. É preciso retomar a missão, a luta de Jesus. Promover a vida: eis nossa Páscoa. O que significa ser Discípulo Amado em nossos dias? Como testemunhar a ressurreição de Cristo em meio a uma sociedade marcada por sinais de morte e opressão? Reflitamos sobre isso! MARIA DE LOURDES SOUZA (MALU)


Março / 2013

Informativo São Francisco

7

Agenda Paroquial COMUNIDADE SÃO FRANCISCO VILA ASSIS

2ª feira – das 14h00 às 16h00 – Clube de Mães. Segunda 2ª feira do mês às 20h00 – Terço dos Homens. 4ª feira às 19h30 – Grupo de Oração. Segundo e quarto domingo do mês às 19h30 – Grupo de Jovens.

COMUNIDADE SÃO PEDRO BARCELONA

2ª feira às 19h30 - Grupo de Oração. Última 6ª feira do mês – Apostolado de Oração. 4ª feira das 14h00 às 16h00 – Clube de Mães. Sábado às 17h30 – Grupo de Jovens.

COMUNIDADE N.S. DO CARMO PARADA DO ALTO

6ª feira às 15h00 – Terço de Jesus Misericordioso. Sábado às 19h30 – Grupo de Oração. Domingo às 17h00 – Grupo de Jovens.

COMUNIDADE N.S. APARECIDA ZACARIAS

Última 4ª feira do mês às 19h30 – Apostolado de Oração. 5ª feira das 14h00 às 16h00 - Clube de Mães. 5ª feira às 19h30 – Grupo de Oração.

COMUNIDADE SÃO MATEUS COLORAU

3ª feira às 19h30 – Grupo de Oração. 3ª feira das 14h00 às 16h00 – Clube de Mães. Última 5ª feira do mês às 19h30 – Apostolado de Oração. Segunda 6ª feira do mês às 20h00 – Pós Encontro Sábado às 19h00 – Grupo de Jovens.

MISSAS COMUNIDADE SÃO FRANCISCO 3ª feira às 19h30 5ª feira às 19h30 - Missa de Adoração ao Santíssimo Sábado às 19h30 Domingo às 18h00

COMUNIDADE SÃO PEDRO Domingo às 08h00. Primeira 6ª feira do mês às 19h30 – Missa do Sagrado Coração de Jesus e da Família.

COMUNIDADE NOSSA SENHORA DO CARMO Domingo às 19h30.

COMUNIDADE NOSSA SENHORA APARECIDA Domingo às 09h30.

COMUNIDADE SÃO MATEUS Sábado às 17h30. Todo dia 27 do mês às 19h30 – Missa de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro.

ATENDIMENTO DO FREI COMUNIDADE SÃO FRANCISCO Toda 5ª e 6ª feira das 14h30 às 16h30.

EXPEDIENTE DA SECRETARIA COMUNIDADE SÃO FRANCISCO De 3ª feira ao sábado, das 13h00 às 19h00.

ADORAÇÃO AO SANTÍSSIMO SACRAMENTO COMUNIDADE SÃO FRANCISCO Primeira 2ª feira do mês às 20h00.

COMUNIDADE SÃO PEDRO Terceira 6ª feira do mês às 18h00. Quarta 6ª feira do mês às 19h30.

COMUNIDADE NOSSA SENHORA DO CARMO Primeira 4ª feira do mês às 20h00.

COMUNIDADE NOSSA SENHORA APARECIDA Segunda 5ª feira do mês às 19h30.

COMUNIDADE SÃO MATEUS Toda 4ª feira do mês às 20h00.


8

Informativo São Francisco

Março / 2013

Mural

BATISMO PAROQUIAL No dia 10/02/2013, domingo, às 8h00, aconteceu, na Matriz da Paróquia São Francisco de Assis, ministrado pelo Diácono Pedro Damas de Carvalho, o Batismo de 14 crianças, trazidas por seus pais e padrinhos, para, diante da Comunidade e familiares, receberem esse Santo Sacramento que as torna membros da Igreja Católica. Equipe de Batismo

Gabriel

Gabriela

Isabelly

John Kauan

Kelvin

Clarice

Maria Giulia

Felipe Davi

Henrique

Rafael

Laura

Fernanda Cristina Ana Clara

Emily

sao-francisco-126