Page 1

CÚRIA METROPOLITANA Praça Dom Emanuel, s/n, Centro, Goiânia/GO 74001-970 Fone: (62) 3223-0759 Fax: (62) 3223-8532 E-mail: curia@arquidiocesedegoiania.org.br

Goiânia, 27 de fevereiro de 2013. Renúncia do Papa e sede vacante Prezados irmãos e irmãs, Nas decisões difíceis é preciso buscar a vontade de Deus à luz da oração. A decisão do Santo Padre de renunciar ao ministério é uma das mais árduas que se possa imaginar. O Santo Padre teve de pesar diante de Deus todos os prós e os contras, os argumentos a favor e aqueles contrários a tal dramática escolha. Por um lado, a absoluta novidade do evento, com a surpresa, a dor e o desconforto de uma boa parte da Igreja. Por outro lado, a consciência de não ter mais forças para desempenhar bem um ministério exigentíssimo, com as inevitáveis repercussões sobre a própria Igreja. O Santo Padre pesou tudo diante de Deus. Rezou e provavelmente se aconselhou. Com o coração purificado por um longo caminho espiritual aguardou que Deus falasse através da voz de sua consciência. Quando se certificou da vontade de Deus, tomou sua decisão dramática e corajosa, na humildade e obediência. O Papa sabe muito bem que a voz da consciência deve ser sempre seguida e que, sobre isto, todo homem será julgado. Ensinou-nos como tomar as decisões da vida. Ao mesmo tempo, recordou à Igreja que somos todos “servos inúteis” como Jesus nos advertiu. O Santo Padre não enfraqueceu o ministério petrino, mas o reforçou com a transparência, a força e a bondade que emanam da sua pessoa. Em nosso coração, ficam admiração, gratidão e amor. Durante a sede vacante, até a escolha do novo Pontífice, na prece eucarística rezaremos: “pelo vosso servo, o Papa, que será eleito”. Que o Espírito assista os Cardeais responsáveis pela eleição do novo Sumo Pontífice.

Dom Washington Cruz, CP Arcebispo Metropolitano de Goiânia


carta-santo-padre-rev  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you