Issuu on Google+

Boletim Informativo da Paróquia São José do Ipiranga - nº 48- junho de 2013

Q

APRESENTANDO O BOLETIM

ueridos paroquianos e leitores, no mês de junho celebramos a festa de importantes santos, vamos com eles renovar a nossa fé. No dia 13 - Santo Antônio, dia 24 - São João, dia 29 -São Pedro e São Paulo. Rezemos também por toda a Igreja e pelos seus sacerdotes. Nos consagremos aos corações de Jesus e Maria e acolhamos as suas graças e bênçãos. No dia 13 teremos dois horários de missas: às 10h e 19h, com a bênção dos pães. Participe da festa junina de nossa paróquia, dias 22 e 23. No dia 22 teremos a missa sertaneja às 15h. Participe! No mês de junho vamos estudar sobre o Evangelho de São Lucas, todas as quintas-feiras, às 20h. Você é o nosso convidado. Famílias participem conosco da semana missionária que acontecerá de 17 a 21 de julho (JMJ). Seja voluntário! Acolha um jovem em sua casa para dormir. Parabenizamos os padres aniversariantes: 30 de maio padre José Maria, 31 de maio padre Antônio. Nossa gratidão e orações por eles. E por fim, apresentamos as informações e atividades de nossa paróquia. Desejo um excelente mês a todos! Padre Ramires Henrique de Andrade, nds

Dia Mundial de Oração pela Santificação do Clero JORNADA MUNDIAL DA JUVENTUDE 07 de junho

T

odos os anos, na festa do Sagrado Coração de Jesus, a Igreja realiza o Dia Mundial de Oração pela Santificação dos Sacerdotes. Neste dia todas as comunidades são convidadas a rezarem pela santificação dos seus padres.

Oração pela Igreja e pelos Sacerdotes

D

“Ó meu Jesus, peço-vos por toda a Igreja; concedeilhe o amor e a luz do Espírito Santo; dai força às palavras dos sacerdotes, de modo que rompam mesmo os corações mais endurecidos e os façam retornar a vós, ó Senhor. Senhor, dai-nos santos sacerdotes e vós mesmo conservai-os em santidade. Ó Divino e Sumo Sacerdote que o poder da vossa Misericórdia os acompanhe por onde andarem e os proteja contra as maquinações que o demônio não cessa de armar às almas de cada sacerdote. O poder de vossa Misericórdia, ó Senhor, destrua tudo o que poderá ofuscar a santidade do sacerdote, porque vós tudo podeis. Peço-vos, Jesus, abençoai com uma luz especial os sacerdotes com os quais me devo confessar durante minha vida. Amém”.

e 23 a 28 de julho de 2013, dentro do Ano da Fé, vai acontecer a Jornada Mundial da Juventude Rio2013. Os jovens estão mobilizados e se declaram entusiastas, de coração aberto e dispostos a partilhar a alegria que nasce do encontro com Jesus Cristo. A Igreja e o Brasil, especialmente nossa juventude, estão tocados pela graça dessa iniciativa, que teve início em 1985 em Roma, durante o Ano Internacional da Juventude, e foi antecedida pela festa da esperança, em 1984, durante o Ano Santo da Redenção. Jovens brasileiros, vivam esse momento com a alegria e a determinação que lhes são características! A Igreja conta com a generosidade de cada um de vocês.


CATÓLICOS, VENHAM PARA CASA!

V

ivemos em uma sociedade em que coexistem inúmeras visões de mundo – diferentes ideologias, filosofias e formas de expressão da religiosidade. E você, como está vivendo a sua fé católica? Este texto foi preparado especialmente para você, católico batizado que, em razão da correria do dia a dia, se afastou da vida em comunidade e da sua paróquia. É Jesus mesmo quem te chama: “Venha para casa!” Jesus Cristo é o centro da nossa vida cristã. E a Igreja é feita por você. Vamos conhecer melhor a nossa Igreja! A Igreja Católica Apostólica Romana tem mais 2.000 anos de história. Ela é feita por homens e mulheres de fé, que, conduzidos pelo Espírito Santo, vêm, ao longo da história, transmitindo a graça da Boa Nova de Jesus Cristo. E hoje, ela é feita por você. Não teríamos hoje o Cristianismo, se não fosse pela Igreja. Hoje, só existem outras comunidades cristãs porque a Igreja Católica manteve, por gerações e séculos, a graça deixada por Jesus, ou seja, o Reino de Deus, que é para todos.

1-Renovar o compromisso batismal

Desde o início da vida da criança, são os pais que escolhem, para seus filhos, o que eles vão comer, vestir, qual médico deverão

consultar, em qual escola irão estudar etc. Assim, também, é a escolha que os pais fazem no aspecto religioso e espiritual. Os pais estão sempre preocupados com o desenvolvimento integral de seus filhos. Receberam valores que consideram fundamentais para a vida e agora desejam transmiti-los. A fé é um dado fundamental na vida de toda a pessoa. Por isso, os pais apresentam seus filhos para serem batizados na mesma fé em que eles participam e vivem esta experiência profunda com Deus. É a maneira concreta de dizerem que a fé é plantada como uma semente e precisa ser desenvolvida desde cedo. O batismo é graça de Deus. Seu filho tem o direito de recebê-lo. O sacramento é o sinal visível e concreto da ação de Deus em nossa vida. Foi Jesus quem nos deu este testemunho – Seu batismo no rio Jordão; a instituição da Eucaristia; o perdão dos pecados, o envio do Espírito Santo. O batismo não pode ser refeito, retirado ou trocado – ele é único, porque vem de Deus mesmo, pela ação do Espírito Santo, que age de forma plena através dos sacramentos. Vemos hoje tantos irmãos católicos que, preocupados com o trabalho, com a vida social, acabam deixando de lado a vida espiritual. Você e eu – nós todos – somos chamados a fazer a diferença na sociedade em que vivemos. Somos a grande maioria, não melhores do que outros, mas com a responsabilidade de dar um verdadeiro testemunho de vida cristã para todos; de ser pessoas de oração e ação; de ter uma vida ética e responsável, preocupada com o bem

do nosso próximo, como nos disse Jesus: “Fazer o bem sempre, e viver o amor”.

2-Venham para a casa!

O que significa participar da vida da Igreja, e não, rezar somente em casa? Participar da Igreja significa comprometermo-nos com a vida dos nossos semelhantes! Há tantas pessoas que, fechadas em seu próprio mundo, em suas próprias verdades, não são capazes de se colocar no lugar do outro. Ouço as pessoas dizerem: - Eu rezo em minha casa, padre! E eu respondo: - Que bom que você reza em sua casa, com sua família! Mas esta é somente uma das maneiras de viver nossa fé católica. Jesus estava sempre reunido com os apóstolos, com a comunidade. Também nós precisamos da vida em comunidade: é nela que crescemos e amadurecemos. Vivemos, com o outro, as suas dores e suas alegrias. Ir à Igreja é a maneira mais concreta de dizer: “Eu quero ver a Deus e ser visto por Ele. Quero me colocar a caminho.” Caminhar é preciso, porque a vida é sempre dinâmica. Também nossa fé precisa ser alimentada e desenvolvida de forma contínua. Na correria da semana, dê-se um tempo para ir ao encontro de Deus e dos irmãos. Da mesma forma como as outras atividades são importantes para você, também a sua vida espiritual merece uma atenção especial. Participe da sua paróquia!

Padre Ramires Henrique de Andrade, nds

Dia do Sagrado Coração de Jesus - 07 de junho

S

agrado Coração de Jesus é uma das três solenidades do Tempo Comum, dentro da Liturgia da Igreja Católica, comemorada na segunda Sexta-feira, após a solenidade de Corpus Christi. Além disso, essa devoção também é cultivada em todas as primeiras Sextas-feiras de cada mês. Consiste na veneração do Coração de Jesus, do mais íntimo de Seu Amor. A origem desta devoção se deve a Santa Margarida Maria de Alacoque, uma religiosa de uma Congregação conhecida como Ordem da Visitação. A Santa Margarida Maria teve extraordinárias revelações por parte de Jesus Cristo, que a incumbiu pessoalmente de divulgar e propagar no mundo esta piedosa devoção. Foram três as aparições de Jesus: A primeira, deu-se a 27 de Dezembro de 1673, a segunda em 1674 e, a terceira, em 1675. Jesus deixou doze grandes promessas às pessoas que, aproveitando-se da Sua Divina Misericórdia, participassem das comunhões reparadoras das primeiras sextas-feiras. Disse Ele, numa dessas ocasiões a Santa Margarida Maria: “Prometo-te, pela Minha excessiva misericórdia e pelo amor todo-poderoso do meu Coração, conceder a todos os que comungarem nas primeiras sextas-feiras de nove meses consecutivos, a graça da penitência final; não morrerão em minha inimizade, nem sem receberem os sacramentos, e Meu Divino Coração lhes será seguro refúgio nessa última hora”.

Dia do Imaculado Coração de Maria - 08 de junho

M

aria é a mulher que guarda no coração as palavras do Senhor. É a morada do Espírito Santo, sede da sabedoria, imagem e modelo da Igreja que escuta e testemunha o Senhor. Ela participa do mistério da encarnação como fiel discípula e modelo de discipulado. Oração: Ó Deus, que preparastes morada digna do Espírito Santo no Imaculado Coração de Maria, concedei que, por sua intercessão, nos tornemos um templo da vossa glória. Por Nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo. Amém!


Santo Antônio de Pádua 13 de junho

S

anto Antônio de Pádua, também conhecido como Santo Antônio de Lisboa, nasceu em Lisboa, no ano de 1195, com o nome de Fernando de Bulhões y Taveira de Azevedo. É contemporâneo de um outro grande santo, São Francisco de Assis. Santo Antônio foi cônego regular em Portugal até os vinte e cinco anos, quando um fato mudou a sua vida. Ao saber que cinco franciscanos tinham sido martirizados em Marrocos, como consequência da tentativa de evangelizar infiéis, Santo Antônio decidiu seguir-lhe os passos e ser um missionário. Foi então que entrou para a ordem dos frades franciscanos e logo foi enviado para trabalhar entre os muçulmanos de Marrocos. Porém, com problemas de saúde, foi obrigado a retornar para a Europa, permanecendo em um eremitério na Itália. Durante este tempo, ocupou vários cargos, como o de professor em sua ordem na Itália e na França e também pregando nos lugares onde a heresia era mais forte. O combate à heresia era feito não apenas através da pregação, mas também por meio de milagres espantosos. Sabia de cor quase todas as Escrituras e tinha um dom especial para explicar e aplicar as mais difíceis passagens. Em 1231, seu sermão alcançou o ápice de intensidade, porém, foi neste mesmo ano que o santo foi acometido de uma doença inesperada, e ele veio a falecer em Arcella, no dia 13 de junho, aos 36 anos de idade.

São João Batista 24 de junho

D

escendente de Abraão, patriarca hebreu que deu início à historia do povo de Israel, e primo da Virgem Maria, São João Batista teve como pai o sacerdote Zacarias, para quem o Arcanjo Gabriel apareceu anunciando-lhe que sua esposa Isabel, já idosa, teria um filho, e que o menino seria precursor de Jesus Cristo. Segundo Lucas, isso aconteceu no ano 5 a.C., no território onde habitava a tribo de Judá. João preparou-se para a missão que lhe havia sido confiada passando sua juventude no deserto, e lá se dedicando ao jejum e às orações. Até que por volta do ano 25 ele finalmente iniciou sua vida de pregador às margens do rio Jordão, proclamando a chegada de Jesus como o Cordeiro de Deus que daria o batismo à humanidade. São João é chamado Batista pela importância que dava ao batismo, um ritual de purificação corporal onde a imersão na água simbolizava a mudança interior de vida. E de Precursor porque iniciou sua pregação antes de Jesus, mas anunciando sua chegada. Sua festa é comemorada em 24 de junho, data considerada pela Igreja Católica como sendo a do seu nascimento.

Festa de São Pedro e São Paulo Dia do Papa 30 de junho

C

elebramos a solenidade das duas grandes colunas da Igreja, Pedro e Paulo. Quando falamos de Pedro, lembramo-nos de instituição, poder das chaves, hierarquia, serviço ministerial. Fez parte do grupo dos doze. Foi uma testemunha ocular da vida de Cristo, que lhe disse: “Tu és Pedro e sobre esta pedra edificarei a minha Igreja”. Quando falamos de Paulo, lembramo-nos do carisma, da evangelização, da pregação. Pregou o Evangelho de Nosso Senhor depois de sua conversão, que se deu a caminho de

Damasco. Pedro e Paulo são dois nomes que, ao longo dos séculos, personificaram a Igreja inteira em sua ininterrupta, rica e inolvidável Tradição.

O

poder do Papa na Igreja não é de um soberano absoluto, cujo querer é lei. Mas sua missão é pôr-se a serviço da palavra de Deus e fazer que esta palavra de Deus esteja no coração de todos. É, pois, Ele que ilumina os passos da humanidade e aponta os caminhos do Evangelho em nome de Jesus Cristo. Por determinação da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), comemoramos juntamente com a Festa de São Pedro e São Paulo, o Dia do Papa. Rezemos pelo Santo Padre o Papa Francisco, “Cuidemos do nosso coração, porque é de lá que sai o que é sucessor de São Pedro. Por isso somos convocados para contribuir com o “Óbolo de São Pedro”, que é a ajuda da Igreja bom e ruim, o que constrói e destrói”. Papa Francisco Católica do mundo inteiro em favor da evangelização dos povos.


SERVIÇO PASTORAL TRABALHOS ADMINISTRATIVOS E PASTORAIS

Pároco: Padre Ramires Henrique de Andrade, nds Vigário: Padre Antônio Glugoski, nds Vigário: Padre José Maria Leite, nds EXPEDIENTE PAROQUIAL Rua Agostinho Gomes 1941 Telefone: 2063-1818 / 2063-2523 Site: www.paroquiasjdoipiranga.com.br ATENDIMENTO DA SECRETARIA Segunda a sexta-feira: 8h às 17h Sábados: 8h às 12h e 13h30m às 17h Informações sobre Batismo, Catequese e Matrimônio

HORÁRIO DAS MISSAS

O

DÍZIMO é uma contribuição voluntária, regular, periódica e proporcional aos rendimentos recebidos, que todo batizado deve assumir como obrigação pessoal – mas também como direito – em relação à manutenção da vida da Igreja local onde vive sua fé. O dízimo é uma forma concreta de manifestar a fé em Deus providente, um modo de viver a esperança em seu Reino de vida e justiça, um jeito de praticar a caridade na vida em comunidade. É ato de fé, de esperança e de caridade. Pelo dízimo, podemos viver essas três importantes virtudes cristãs, chamadas de virtudes teologais, porque nos aproximam diretamente de Deus. O dízimo é compromisso de cada cristão. É uma forma de devolver a Deus, num ato de agradecimento, uma parte daquilo que se recebe. Venha fazer parte da Família do Dízimo de nossa paróquia. Dízimo forte é Paróquia forte. Preencha sua ficha e procure um agente do Dízimo nas missas dos finais de semana.

Segunda a sexta-feira

19 horas

Sábado

15 horas – Missa de São José

Domingo

8h, 9h30m, 11h, 16h30m e 19h

Quarta-feira

12h10m

1ª quinta-feira do mês

Missa da Misericórdia -20 horas

Todo dia 19

Missa de São José – 16 horas

No dia 13 de junho, dia de Santo Antônio teremos duas missas: 10h e 19h com a bênção dos pães.

“Participe do curso Bíblico da Região Ipiranga” Tema: Estudo do Evangelho de Lucas Nã Dia: Todas as quintas-feiras do mês de junhoo perca ess a opo um po rtuni uco m Local: Paróquia São José dade ais so de ap b re a p rende Horário: Das 20h às 21h30 alavr r a de D Palestrantes: Pe. Ramires, Pe. Pedro, Pe. Jorge e a teóloga Miriam. eus. Realização CETI

INSTITUIÇÃO DE NOVOS MINISTROS DA EUCARISTIA No mês de junho nos alegramos em acolher novos Ministros Extraordinários da Santa Comunhão (MESC) em nossa Paróquia.

"Parabenizamos e rezamos por você, caro(a) dizimista aniversariante do mês de junho”.

Lojinha da Paróquia São José

Conheça os artigos religiosos de nossa Paróquia.


06-boletim-informativo-de-junho-de-2013