Page 1

Dieta do Carboidrato (Cetogênica ou Dieta do Dr. Atkins) Queridinha de muitos, o programa de alimentação com restrição de carboidratos é uma boa alternativa para aqueles que desejam resultados rápidos, mas deve ser realizada com supervisão médica, pois é restritiva. A fim de compensar a escassez de carboidratos, será necessário ingerir proteínas magras (incluindo carne branca, leite e outros derivados, em sua versão light) e também consumir leguminosas e verduras. A dieta rica em carboidrato também geralmente conhecida dieta do Dr. Atkins e dieta Cetogênica (ou Cetônica), e tem como princípio básico a fundamentada em alimentos riquíssimos em carboidratos.

Já que o carboidrato é uma das maiores reservas de energia do nosso corpo, o organismo começa a fazer uso outras fontes de energia – como, por exemplo, as gorduras localizadas. Aliás, quando eliminamos o carboidrato da nossa dieta, fazemos o corpo entrar num estado chamado Cetose (por isso o nome “dieta cetônica”).

Essa dieta é dividida nas seguintes fases: • • • •

Indução Perda de peso Pré Manutenção Período de Manutenção


Na etapa de Indução a dieta é bastante restritiva. Nesse período, somente 20 gramas de carboidratos diários são admitidos e apenas proteínas são liberadas, desde queijos e leites até carnes. Aliás, para manter uma alimentação com quantidade inferior a 20 gramas de carboidratos, legumes também são retirados do programa de dieta e apenas verduras são liberadas.

Bebidas desprovidas de açúcar, chás e café também são toleradas, mas com a condição de não acrescentar adoçantes ou outros carboidratos. Portanto, observe atentamente a tabela nutricional dos alimentos consumidos.

Já na segunda, na chamada perda de peso, você pode acrescentar mais carboidratos – mas de forma moderada e sempre limitando as quantidades. Nessa etapa a prioridade é encontrar a maior dose de carboidrato que poderá ser consumida para continuar emagrecendo. E você continua nessa fase até conseguir atingir seu peso ideal.

Na pré-manutenção você pode acrescentar carboidratos até interromper o emagrecimento. Ou seja, o único objetivo dessa fase é descobrir o número máximo de carboidratos a ser consumidos sem ganhar ou perder massa gordurosa.

Já na etapa de manutenção você sustenta a sua alimentação. Você pode até extrapolar de vez em quando, mas o ideal é que você mantenha uma alimentação saudável e robusta.

Porque a Dieta Cetogênica funciona?

Naturalmente o corpo humano utiliza os carboidratos como fonte de energia e, quando tiramos esse elemento da rotina, em cerca de três dias o organismo entra num estado chamado cetose: onde, na falta de carboidratos, o organismo passa a utilizar gordura como fonte primária. E entre as gorduras utilizadas na produção de energia estão justamente aquelas que nos incomodam: as que estão acumuladas no corpo. Mas lembre-se dessa frase: não é porque você quer queimar gorduras que você vai deixar de consumir gorduras, para conseguir queimar os pneuzinhos você precisa


consumir energia. Isso porque quando passamos por longos intervalo de tempo de restrição calórica o corpo tende a acumular gorduras como reserva de energia.

Vantagens A maior vantagem dos planos de alimentação baseados na dieta rica em carboidrato é justamente o emagrecimento rápido. Se seguida fielmente, o indivíduo pode perder de 2 a 7 quilos, dependendo de seu porte físico e produtos escolhidos.

Outro benefício do carboidrato ser cortado da alimentação, não existirá mais taxas elevadas de insulina, que geralmente também favorecem o acúmulo de massa gordurosa.

Desvantagens A maior desvantagem da alimentação elaborada em carboidrato mora justamente nas cetonas liberadas durante o processo de metabolismo da gordura. O excesso de cetonas no organismo pode provocar mau hálito, náusea, cansaço e desidratação.

Além disso, a fase 1 é pobre em fibras e, dependendo dos alimentos escolhidos, pode ser muito rica em gorduras, o que pode levar ao aumento do colesterol ruim e constipação intestinal.

Por esses motivos, a dieta elaborada em carboidrato não pode ser utilizada por longos períodos.

Dietas Recomendadas Duas dietas bastante similares à dieta Cetogênica (ou dieta baseada em carboidrato, ou dieta do Dr. Atkins) são:

Dieta Slow carb: Essa dieta não restringe os totalmente os carboidratos, mas mantém uma quantidade pequena de carboidratos complexos (o que facilita montar um cardápio bastante saudável e leve), não restringe calorias e ainda tem um ciclo semanal com um dia de “folga”. Suas duas principais vantagens: não é complicada de seguir e mantém a motivação para continuar a dieta. Dieta do


Índice Glicêmico: Bastante similar à Slowcarb, a dieta do Índice Glicêmico (ou Baixo Índice Glicêmico) procura educar a pessoa para escolher alimentos que não são transformados rapidamente em glicose no sangue, evitando altos índices de insulina e favorecendo o emagrecimento. A vantagem dessa dieta é que geralmente os alimentos de baixo índice glicêmico geralmente são os mais saudáveis, formado de carboidratos complexos e alimentos não processados. Essas duas dietas são excelentes escolhas pois permitem um cardápio variado e saudável, além de te ajudar no processo de reeducação alimentar.

Para conhecer um programa mais completo de emagrecimento 100% natural acesse nosso site [Saúde Viver Melhor] e comprove você mesmo. São dezenas de depoimentos de pessoas que mudaram radicalmente sua condutar alimentar. Confira e surpreenda-se.

Dieta_Para_Emagrecer_Em_1_Mês  

A dieta rica em carboidrato também geralmente conhecida dieta do Dr. Atkins e dieta Cetogênica (ou Cetônica), e tem como princípio básico a...

Dieta_Para_Emagrecer_Em_1_Mês  

A dieta rica em carboidrato também geralmente conhecida dieta do Dr. Atkins e dieta Cetogênica (ou Cetônica), e tem como princípio básico a...

Advertisement