Page 1

O Microchip Ano 4 DEZEMBRO 2005 n.27 Thanksgiving Esta festividade celebra-se na 4ª Quinta-feira de Novembro. Reza a história que, em 1620 os “Peregrinos” partiram de Inglaterra e atravessaram o oceano. Foram para o “Novo Mundo” em busca de liberdade religiosa. A viagem e o primeiro Inverno foram muito difíceis, mas os Índios ensinaram os Peregrinos a plantar cereais, a caçar e a pescar. Quando chegou o Outono, os Peregrinos tinham conseguido uma grande colheita. Estavam agradecidos, fizeram uma festa para dar graças e convidaram os índios. Esta foi a primeira festa de Acção de Graças. Em 1863 o presidente Lincoln declarou o dia de Acção de Graças, feriado Nacional. É altura das famílias estarem juntas e terem um jantar especial com perú, pão de cereais e tarte de abóbora. Na nossa escola também se festejou este dia, com uma ementa da

Forum de Educação Física Decorreu entre 28 e 30 de Novembro o VIII fórum de Educação Física, organizado pelo Departamento de Expressões da Escola Secundária Soares Basto com a colaboração do CENFORAZ Este evento que já é uma certeza na formação e valorização profissional dos professores de Educação Física, contou com presença de 100 participantes que abordaram os seguintes temas: Aptidão física, Futsal, Patinagem, Atletismo, Hidroginástica e Primeiros Socorros na Aula de Educação Física. Este fórum vai ficar na lembrança dos seus participantes não só pela qualidade

dos prelectores e organização do evento, mas também por ter sido o “fórum bombástico”, já que devido a ameaça de bomba na escola, originou a alteração do local da última intervenção da escola para o Salão Nobre dos B o m b e i r o s Voluntários de Oliveira de Azeméis que de forma generosa e prestável acolheu toda a organização e seus participantes permitindo a continuidade dos trabalhos que nem com a bomba pararam. O fórum de educação física é uma marca de referência da Escola Secundária Soares Basto e do próprio concelho de Oliveira de Azeméis; uma vez que assim é, já está em marcha a organização do IX fórum que se espera que venha a ser ainda mais “bombástico”.

cantina especial alusiva a esta data.

Visita dos Engenheiros da DREN

Acesso ao Ensino Superior Na nossa escola, dos alunos que terminaram o 12º ano, apenas oitenta e dois (82) apresentaram candidatura, sendo que sessenta (60) obtiveram colocação. Vinte e um (21) foram colocados na Universidade de Aveiro, dezasseis (16) na Universidade do Porto e sete (7) no Instituto Politécnico do Porto. Os restantes alunos foram colocados nas diversas Universidades do País: U. Minho, Viseu, Portalegre, Coimbra, Lisboa e Algarve foram algumas delas.

No passado dia 10 de Novembro a nossa escola recebeu a visita de alguns Engenheiros da DREN e do Coordenador da Área Educativa, Dr. Manuel Oliveira. Esta visita teve como objectivo a percepção in loco do projecto de realização de três salas de aula a criar junto às oficinas e aos problemas de infiltrações de água no telhado das referidas oficinas. Esperemos que os Sr’s da DREN estejam sintonizados com os problemas de espaços da escola, e que aprovem o referido projecto.

Ameaça Bombista No passado dia 30 de Novembro a nossa escola foi alvo de uma ameaça bombista anónima. A ameaça teve lugar por volta das 10h e 30 minutos, tendo a escola sido evacuada. Posteriormente, foi chamada a Brigada de Minas e Armadilhas de Viseu, que fez a inspecção ao local mas não encontrou nada suspeito, verificandose que a ameaça era falsa. A situação ficou resolvida por volta das 15 horas, tendo as aulas do ensino nocturno decorrido normalmente. Esta ameaça prejudicou o decorrer normal das aulas e principalmente os alunos, já que muitos tinham testes marcados para este dia e alguns até estavam a realizá-los aquando da ameaça, tendo que os interromper.


silício emite raios laser Cientistas da Universidade Brown, nos Estados Unidos, fizeram o que se acreditava impossível: criaram um laser de silício, o material que está por detrás de toda a revolução tecnológica da microeletrónica e dos computadores. Desde a construção do primeiro raio laser, em 1960 - construído a partir de um rubi - os cientistas conseguiram construir lasers de inúmeros materiais, do neon até à safira. O silício, entretanto, nunca foi considerado um candidato viável, já que sua estrutura não permite o alinhamento de electrões necessário para fazer com que esse elemento semicondutor emita luz. Os cientistas, então, decidiram alterar a estrutura original do silício, o que foi feito com biliões de furos, feitos graças a uma máscara de alumínio. O resultado é que o elemento emitiu laser, fracamente, é verdade, mas luz laser verdadeira. Os resultados da pesquisa foram publicados no último exemplar da revista Nature Materials. O que era impossível agora é possível; mas ainda não é prático. O laser de silício opera a 200° C e é muito fraco para ser viável comercialmente. Mas um material com as propriedades electrónicas do silício e as propriedades ópticas de um laser deverá ter inúmeros usos, tanto na indústria electrónica como na de telecomunicações, ajudando na construção de computadores mais potentes e redes de fibras ópticas mais rápidas.

Tire a foto primeiro e deixe o foco para depois Fotografias desfocadas podem ser coisas do passado, graças ao desenvolvimento de uma Máquina Fotográfica digital que refocaliza a foto mesmo depois que a foto já foi tirada. A máquina poderá ser útil para fotos de acção, como aquelas tiradas em eventos desportivos ou para circuitos internos de segurança, que geralmente produzem fotos desfocadas devido às baixas condições de iluminação. Numa máquina digital normal, um sensor localizado sob a lente regista o nível de luz que atinge cada pixel na sua superfície. Se os raios de luz que atingem o sensor não

estiverem em foco, a imagem irá aparecer desfocada. Os pesquisadores inseriram uma “folha” com 90.000 lentes, cada uma medindo apenas 125 micrómetros de largura, entre a lente principal da câmara e o sensor de imagens. O ângulo dos raios de luz que atingem cada microlente é gravado, assim como a quantidade de luz trazido por cada um desses raios. Um programa pode então ser utilizado para ajustar esses valores para cada microlente, a fim de reconstruir a imagem como ela ficaria se tivesse sido adequadamente focada. Isto significa também que qualquer parte da imagem pode ser refocada - e não apenas o objecto central da imagem. O sistema de Hanrahan poderá ser particularmente útil para câmaras de vigilância, que devem funcionar à noite, mas que também precisam focar objectos a diferentes distâncias da câmara.

S U D O K U

Novo alternador suprirá crescente demanda de energia dos carros Há já algum tempo que o consumo de combustível deixou de ser a única preocupação dos engenheiros automobilísticos. A exigência de conforto e segurança tem dotado os automóveis, principalmente os mais luxuosos, de uma verdadeira parafernália eléctrica, que exige uma verdadeira central de força para funcionar. Assim, o consumo de electricidade também passou a ser um ítem de preocupação para os engenheiros. Num carro, essa central de força chama-se alternador. Além dos ítens de conforto, a suspensão e direcção eléctricas têm exigido uma potência cada vez maior. Potência que agora tende a crescer ainda mais, à medida em que os veículos passam a contar com a capacidade de desligarem automaticamente o motor quando o carro está parado, num semáforo, por exemplo. A solução tem sido a construção de alternadores grandes, refrigerados a água, até agora os únicos capazes de fornecer a energia suficiente para alimentar todos esses ítens. Mas, além de caros, eles aumentam o peso dos veículos, aumentando o consumo de combustível. Agora a empresa japonesa Denso anunciou o lançamento de um mini-alternador, refrigerado a ar, capaz de atender a essa crescente demanda de energia. O pequeno alternador é capaz de gerar cargas de até 220 ampéres, muito acima dos tradicionais 150 ampéres dos alternadores convencionais.

F i c h a T é c n i c a Coordenação, ilustração, redacção e processamento de texto: Prof. Paulo Gonçalves Colaboração: Alunos do 12ºD e Prof. Luís Veloso (Esc. Sec. de Gouveia). Exemplares publicados: 150 Exemplares publicados via E-mail: 140 Escola Secundária Soares Basto (403003) 3720-254 Oliveira de Azeméis Telefone: 256600590 Email: essbee@sapo.pt

O novo alternador é do tipo segmento condutor e utiliza um condutor rectangular no lugar da bobina do estator, reduzindo a resistência da bobina original em 50 por cento. Além do condutor r e c t a n g u l a r, o alternador de segmento condutor utiliza enrolamentos e rectificadores duplos, o que reduz o p e s o e t a m a n h o, além de propiciar um rendimento maior e um menor ruído de funcionamento.

Solução em www.esec-soares-basto.rcts.pt

M

I

C

R

O

T

O

O

N

Uchip27  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you