Issuu on Google+

Edição nº 3.001 Diretor Responsável: Wilmar Souza e Silva

• tribunadomucuri@gmail.com • (33) 3523-4651 / 98851-0806

Teófilo Otoni, quarta-feira, 15 fevereiro de 2.017

Deputado Fábio Ramalho Interventor fala da real situação do Hospital anuncia mais verbas para o Hospital Santa Rosália Santa Rosália

Teófilo Otoni – Desde a intervenção consensual que vem ocorrendo dentro do Hospital Santa Rosália, já dá pra perceber que mudanças foram feitas, principalmente com relação a alguns serviços que estavam paralisados e atualmente já estão funcionando. Mas, em entrevista ao Diário Tribuna nesta segunda-feira (13/02), o interventor, Reinaldo Damasceno Gonçalves disse que os trabalhos não são fáceis. Página 2

“Concurso público foi cancelado em setembro de 2016”, diz prefeito Daniel Sucupira

ACISO da Base Comunitária Móvel em Nanuque

Na quarta-feira (08/02), militares da Base Comunitária Móvel do município de Nanuque passaram pelos comércios da cidade, orientando os proprietários e funcionários, e entregando panfletos com dicas PM de autoproteção e comércio protegido. Página 6

Teófilo Otoni - O deputado federal Fábio Ramalho veio a Teófilo Otoni nesta segunda-feira (13/02), e anunciou a liberação de mais de R$ 15 milhões para o Hospital Santa Rosália. O deputado explica que o HSR tem que voltar a funcionar normalmente, que inclusive já está nesse caminho. Sobre a intervenção no hospital o deputado Fábio Ramalho disse que "agora é bola pra frente e esquecer o passado". Página 2

Faleceu Reinaldo, antigo goleiro do América

Com passagens em vários clubes do país, a começar pelo Democrata, de Governador Valadares, o goleiro Reinaldo jogou no América e passou a morar em Teófilo Otoni. Aqui fez grandes amizades. Foi o único estrangeiro que integrou o grupo de “prata da casa” em 2004 quando o time foi reintegrado à competição profissional do estado. Ilustramos esta matéria com Reinaldo ao lado do importante desportista, Erenilton Amaral. Página 5


2

Cidade

DIÁRIO TRIBUNA Quarta-feira, 15 de fevereiro de 2017

“Concurso público foi Deputado Fábio Ramalho anuncia mais verbas para o cancelado em setembro de 2016”, diz prefeito Daniel Sucupira Hospital Santa Rosália

Teófilo Otoni - O deputado federal Fábio Ramalho veio a Teófilo Otoni nesta segunda-feira (13/02), e anunciou a liberação de mais de R$ 15 milhões para o Hospital Santa Rosália. O deputado explica que o HSR tem que voltar a funcionar normalmente, que inclusive já está nesse caminho. “Hoje o hospital está recebendo mais R$ 2,5 milhões, e até a próxima segunda-feira (20/02), estará recebendo mais R$ 5 milhões do governo federal, e no mês de março mais R$ 5 milhões do governo do estado, totalizando assim um recurso extra de R$ 16, 7 milhões”, disse. Fabinho destaca que está conseguindo ainda, junto com o governo de Minas, um recurso mensal de mais um milhão de reais, a partir do mês de março. Dito que ele abraçou a causa do Hospital Santa Rosália, o deputado disse que esse é o seu dever. “É um dever meu ter abraçado essa causa, até porque dela depende toda a região. O hospital atende 63 municípios, não poderia ficar fechado, e por isso teve a intervenção combinada com o Ministério Público. Avisei ao MP que assim que houvesse a intervenção eu alocaria os recursos. E como eu dei a

palavra os recursos estão caindo”. O deputado disse que os recursos vão pagar todos os fornecedores, funcionários, médicos, que trabalham e precisam receber por isso. Disse também que vai alocar recurso pra adquirir uma lavanderia para o HSR, mais aparelhos e remédios de custeio. A Intervenção - O Deputado fez uma avaliação do antes e do agora após a intervenção. Disse que agora é bola pra frente e esquecer o passado. “O passado a gente não quer que ele retorne. Eu acho que de agora pra frente é a gente fazer com que esse hospital caminhe, e reunir todos esses 63 prefeitos aqui, e que a gente possa determinar a quantia mensal de cada prefeitura pra que o hospital não fique

nessa de ter que fechar”. Ramalho destacou a contribuição que empresários da cidade têm dado ao HSR, a exemplo da Rede de Farmácias Indiana com o projeto “Doe seu troco”, e que supermercados também poderão fazer o mesmo. Destacou a função importante da atual gestão, se referindo aos recursos que caem via fundo, que são enviados na mesma hora para o hospital. Ressaltou que os serviços que estavam parados no hospital já estão retornando, que dentro de uns 15 dias, voltem na sua totalidade. Fabinho é o vice-presidente da Câmara e do Congresso Nacional, e afirmou que sempre que precisarem dele, estará pronto pra fazer o trabalho que for convocado.

Teófilo Otoni - Caiu como uma bomba para quem fez o concurso público da Prefeitura de Teófilo Otoni, sua suspensão. A notícia foi confirmada pelo próprio prefeito Daniel Sucupira, nesta segunda-feira (13/02). Mas, o que a população não sabia, e o prefeito afirmou nesta terça-feira (14/02), é que, na verdade, o concurso foi suspenso por ordem judicial em setembro de 2016, portanto, na administração passada. Sucupira disse que tem percebido um conjunto de situações, que tem despertado nele muita preocupação. “Eu me surpreendi de forma muito negativa quando tive acesso à decisão judicial que estabelece a suspensão do concurso público realizado pela administração anterior”, disse. Ele informou que chegou a essa informação por meio de levantamentos, e que a prefeitura tem mais de 8.000 processos em andamento das mais variadas áreas. “Os processos que bloquearam os recursos do BDMG por conta da compra das ações da ZPE, processos relacionados a precatórios de cidadãos que entraram contra a prefeitura em função de alguma demanda”. Afirmou

Teófilo Otoni – Desde a intervenção consensual que vem ocorrendo dentro do Hospital Santa Rosália, já dá pra perceber que mudanças foram feitas, principalmente com relação a alguns serviços que estavam paralisados e atualmente já estão funcionando. Mas, em entrevista ao Diário Tribuna nesta segunda-feira (13/02), o interventor, Reinaldo Damasceno Gonçalves disse que os trabalhos não são fáceis, que pretende fazer uma recuperação do hospital, mas o processo é gradativo. Que os recursos aportados através do deputado Fábio Ramalho são significativos para que se tenha garantia, principalmente dos profissionais médicos e funcionários. “Esses recursos vêm de maneira mensal, até que a gente consiga restabelecer a nossa sustentabilidade.

Nossa primeira ação foi restabelecer o funcionamento da maternidade, que voltou a funcionar em meados de janeiro. Tivemos nesse intervalo, o enfrentamento da febre amarela, onde o Santa Rosália mesmo sem estrutura colocou as portas abertas, tivemos apoio do Ministério da Saúde, do deputado Fábio Ramalho, e do estado que mandou cama, equipamento, que nos permitiu montar mais 40 leitos de terapia intensiva e leitos de internação, pra fazer esse enfrentamento”. Reinaldo explica que foi montada a escala médica com garantia do estado e Ministério, de recurso para pagamento dos profissionais. Destaca que essa credibilidade o hospital não está tendo devido a atrasos decorrentes de pagamentos anteriores e de negociações não cumpridas. “A gente

acredita que já em fevereiro restabelecemos o funcionamento da ortopedia. Já iniciamos a negociação para voltar também o serviço de cardiologia e cirurgias cardíacas, para funcionar em pleno vapor”. Mas, segundo ele, tem muito trabalho ainda a ser feito, e conta com o apoio dos municípios em suas contrapartidas. “Acho que teremos ainda um ano de 2017 muito difícil, não só do país, e sim de todo cenário, mas, nosso planejamento nos dá boas perspectivas dessa estabilização a partir do segundo semestre”. Questionado se a estrutura montada para o enfrentamento ao surto da febre amarela iria continuar para uma possível eventualidade, Reinaldo Damasceno respondeu que a febre teve sua estabilização, e agora um declínio, mas ainda está sob alerta da vigilância,

porque muitas áreas rurais ainda estão em vacinação, e novos surtos podem surgir, caso venha reincidência em outras regiões. “Nós estamos preparados pra manter essa estrutura já acordada com secretaria estadual de Saúde e com o Ministério, para até dia 31 de março”. Disse que paralelo a isso a estrutura vai servir de suporte no momento crítico em que está entrando agora, com o volume de Dengue, Chicungunya e Zica Vírus, que possa vir. Após esse período vai discutir junto à Superintendência Regional de Saúde e aos municípios, quais as demandas e necessidades existentes, para que os leitos permaneçam abertos ampliando o atendimento ao SUS, dentro das diversas necessidades que a região precisa. Destacou a valiosa ajuda que o deputado federal Fábio Ramalho

Deputado Federal Fábio Ramalho

que no levantamento feito por meio do processo judicial eletrônico (a partir de 2015, parte desses processos estão cadastrados) e outros foram levantados informações, aí se chegou a esse processo, uma ação civil pública movida pelo MP, e o juiz acatou esse apontamento e determinou a suspensão do concurso. O prefeito disse que assim que tomou conhecimento, acionou sua equipe de trabalho e a procuradoria jurídica está atenta à situação. Que as informações só chegaram à baila por conta de uma comissão de sindicância, formada por advogados e administradores que segundo ele, têm como responsabilidade levantar toda situação política da prefeitura e verificar todos os contratos realizados na administração anterior. “Nós solicitamos durante o período de transição, por meio de ofícios, a situação dos Termos de Ajustamentos de Conduta (TAC), os processos relacionados à vida da Prefeitura Municipal de Teófilo Otoni, e, infelizmente essas informações não foram passadas. Por conta disso, que volta e meia a gente tem uma surpresa desagradável. E, ao invés de cumprir a

nossa agenda de propostas positivas para a população de Teófilo Otoni, a gente acaba tendo que voltar, todo momento, a questões que ficaram pendentes da administração anterior”. O prefeito disse que está buscando a viabilidade da continuidade do concurso público, haja vista que o investimento que foi feito para realizá-lo foi superior a R$ 500 mil. E, inclusive tem pessoas concursadas que já assumiram postos na prefeitura de Teófilo Otoni, na área de educação. Daniel Sucupira ressalta que vai cumprir fielmente o que for estabelecido pela justiça, mas está tentando fazer com que o concurso não seja cancelado. A decisão da suspensão do concurso é do juiz dr. Fabrício Simão da Cunha Araújo, datada de 27 de setembro de 2017.

Interventor fala da real situação do Hospital Santa Rosália

Interventor do HSR, Reinaldo Damasceno Gonçalves

tem dado ao HSR, que sem esses recursos aportados, não teria condições. Questionado sobre real dívida que o hospital ainda tem, Reinaldo Damasceno informou que houve uma auditoria que vai ser

apresentada, mas, adiantou que hoje tem dívidas tributárias e outras, mas está priorizando as dívidas com fornecedores e com os médicos, que o restante da dívida está sendo renegociada e apurada.


Gerais

DIÁRIO TRIBUNA Quarta-feira, 15 de fevereiro de 2017

Precatórios: Dívida compromete receita de cidades pequenas de Minas Prefeito de Poté pede ajuda e diz que prazo de 2020 engessa a gestão

Se para o governo de Minas não é fácil desvencilhar-se das dívidas com precatórios acumuladas ao longo de anos, para cidades pequenas a situação não é diferente. Ao todo, o Estado e quase 500 municípios mineiros devem juntos R$ 5,5 bilhões em precatórios. Caso não consigam quitar os valores até 2020, conforme prevê a legislação, as contas públicas poderão ser sequestradas pela Justiça. De acordo com a Central de Conciliação de Precatórios do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG), aproximadamente a metade dos 853 municípios mineiros tem atualmente dívidas com precatórios. Entre os devedores, cerca de 50% estão com os acertos atrasados e, por isso, foram incluídos no chamado regime especial de pagamentos. Uma análise feita pela Central de Precatórios com dados de 2016, considerando pagamentos em cinco anos, até 2020, revela que alguns desses municípios estão em situação crítica. Embora as dívidas não sejam tão altas em números absolutos, os valores preocupam por representarem muito para os cofres públicos de cidades que não costumam ter grande arrecadação. É o caso de Poté, no Vale do Mucuri. No ano passado, o município, de 16,5 mil habitantes, apresentava uma dívida acumulada de R$ 7,8 milhões com precatórios. Segundo o TJ, isso significa que, para cumprir o cronograma de pagamentos, quase 6,5% da receita corrente líquida (RCL) anual da cidade – cerca de R$ 24 milhões – fica comprometida com precatórios até 2020. “Não sei como vamos pagar isso. Se parcelarmos em 80 mil por mês, já vai fazer uma falta danada e engessar o município”, diz o prefeito Nego Sampaio

3

Nota da Redação: Estamos repetindo essas duas matérias da AMM, que por falha nossa trocamos as fotografias. Pedimos desculpas aos nossos leitores, e, agora poderão apreciá-las corretamente.

AMM recebe précandidatos para sucessão da presidência da entidade

Vista parcial de Poté (Foto: Divulgação)

Prefeito de Poté “Nego Sampaio” (Foto: Minas Repórter/Arquivo)

(PRB). Segundo o gestor, que questiona o real valor da dívida, a quitação dos precatórios inviabilizaria o município. “É uma dívida impagável. Vivemos uma crise de febre amarela, 12 pessoas já morreram. Estou fazendo um apelo e pedindo pelo amor de Deus para nos ajudarem. Se a dívida for executada, isso aqui vai virar o caos e vou ser obrigado a fechar a prefeitura e entregar a chave para o juiz”, desabafa.(...) Solução passa pelos acordos. O juiz Ramom Tácio de Oliveira, responsável pela Central de Conciliação de Precatórios do TJMG, aposta na realização de acordos para amenizar “o drama” dos municípios pequenos que possuem dívidas altas. “A Emenda 94/2016 estabelece que 50% dos recursos a serem pagos dessa dívida podem ser destinados para acordos. De modo que a perspectiva é que esses acordos consigam minorar as dificuldades, como por exemplo esse alto comprometimento da receita corrente líquida dos municípios e do Estado, até porque vivenciamos um momento de crise fi-

nanceira e, por outro lado, sabemos das diversas obrigações que o ente público tem sob sua responsabilidade”, pondera. Segundo o juiz, a experiência que se tem no TJ – a Central de Precatórios foi criada em 2003 – é que os acordos ajudam muito na solução dos casos. “A Central trabalha com a visão focada em dois aspectos: de um lado, o direito do credor de receber e, de outro, a dificuldade do devedor em pagar. Já que o recurso é escasso, então por meio do consenso conseguimos minimizar essa angústia tanto de quem tem crédito para receber quanto de quem tem dívida para pagar”, detalha. Presidente da Comissão Especial de Precatórios da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) em Minas, Luiz Gustavo Souza também defende os acordos. “Os municípios têm que se organizar administrativamente para evitar que a dívida cresça; utilizar os instrumentos do acordo direto, que tem se mostrado eficaz, e buscar a utilização dos mecanismos de financiamento que a emenda trouxe”, aconselha. (Fonte: O Tempo).

Leia e assine DIÁRIO TRIBUNA Telefone: (33) 3523.4651/(33) 98851-0806

A Associação Mineira de Municípios (AMM) promoveu, no dia 7 de fevereiro, reunião com membros da diretoria e prefeitos convidados, sendo seis pré-candidatos à presidência da entidade, que terá eleições previstas para o dia 30 de março. Na oportunidade, o presidente da Associação e ex-prefeito de Barbacena, Antônio Andrada, apresentou as normas do processo eleitoral da AMM para o biênio 2017-2019. A entidade

conta, atualmente, com 580 prefeitos filiados. Na reunião, os prefeitos tiveram acesso, também, a informações gerais da associação, quando foi apresentado o relatório da gestão do presidente Antônio Andrada na AMM. O encontro contou com a participação de 14 prefeitos, entre eles, dos pré-candidatos à sucessão da presidência da entidade: José de Freitas Cordeiro (Congonhas), Marcos Vinicius (Coronel Fabriciano), Julvan Lacerda

(Moema), Daniel Sucupira (Teófilo Otoni), Higino Souza (Ritápolis) e Wander Borges (Sabará). Confira o cronograma do processo eleitoral da AMM em 2017: • Dia 21 de fevereiro: publicação do edital. • Dia 24 de março: registros das chapas. • Dia 24 de março: verificação da regularidade para votar. • Dia 30 de março: data da eleição. • Dia 11 de maio: posse dos eleitos.

A Associação Mineira de Municípios (AMM) promove, em 2017, o VII Congresso Mineiro de Vereadores, com programação completamente voltada para os integrantes do Legislativo municipal. O Congresso, marcado para os dias 14 e 15 de março, já está com as inscrições abertas. O evento irá abordar, por meio de palestras e discussões, questões que envolvem o dia a dia do le-

gislativo. O objetivo é qualificar os novos vereadores sobre os temas que afetam a execução de políticas públicas e também sobre o seu papel e responsabilidades na administração de um município. Na programação, palestras e debates sobre a atuação do Vereador, sobre a situação financeira dos municípios, sobre obrigações legislativas, Lei Orgânica, Regimento

Interno e Processo Legislativo, entre outros assuntos. Além disso, na ocasião será lançado o Manual de Orientação aos Vereadores Eleitos, uma produção da AMM para orientar os legisladores na sua função. VII Congresso Mineiro de Vereadores - Local: Dayrell Hotel – Rua Espírito Santo, 901 – Centro – Belo Horizonte/ MG. Mais informações: (31) 2125-2411.

AMM prepara membros do legislativo municipal para o mandato 2017-2020


4

Opinião/Gerais

DIÁRIO TRIBUNA Quarta-feira, 15 de fevereiro de 2017

Veja calendário de resgate do FGTS Foi divulgado o calendário de saques de contas inativas do FGTS - Fundo de Garantia do Tempo de Serviço. O contribuinte já pode checar o saldo disponível com o PIS, consultando o saldo no site da Caixa, no aplicativo FGTS, em caixas eletrônicos e em agências. Contudo, o saque só poderá ser efetuado a partir das seguintes datas: Em março, sacará o FGTS quem nasceu em janeiro e fevereiro. Em abril, nascidos em março, abril e maio. Em maio, nascidos em junho, julho e agosto. Em junho, nascidos em setembro, outubro e novembro. Em julho, nascidos em dezembro O que fazer - A renda extra vem em boa hora, mas é preciso cuidado para não colocar em risco a reserva financeira construída após meses, ou anos de trabalho, de acordo com o educador financeiro e diretor da Unidade DSOP Divinópolis, Anderson Gonçalves. “Receber uma renda extra é um momento de muita expectativa para a maioria das pessoas. O primeiro pensamento que vem à cabeça é: onde gastar esse dinheiro?, mas o mais importante neste momento é conhecer a realidade financeira, analisando se está endividado, equilibrado ou em situação de investidor, para utilizar o valor da forma mais adequada”, orienta Anderson Gonçalves. Confira

Leia e assine

abaixo orientações para quem está em situação de inadimplência, de equilíbrio financeiro e também para quem já tem o hábito de investir. Em situação de inadimplência - Caso o valor a ser resgatado seja suficiente para quitar alguma dívida em atraso totalmente, é interessante agir dessa forma. Mesmo assim, é válido negociar e conseguir descontos, diminuindo parte da dívida, para então fazer o pagamento à vista. Por outro lado, se não for para quitar 100% da dívida, avalie a opção de investir o valor para ter força para negociar no futuro. De uma forma ou de outra, o principal a ser feito nessa situação delicada é se educar financeiramente, ou seja, mudar seu comportamento para não mais retornar à inadimplência. O primeiro passo é olhar para a sua situação de forma honesta e levantar todos os números, traçando um planejamento para renegociar a dívida – agora ou no futuro – em parcelas quem respeite o orçamento mensal.

Em situação equilibrada ou de investidor Ainda não ter um objetivo estabelecido para o uso dessa renda extra é preocupante, pois na ausência de uma meta, o valor pode acabar sendo utilizado em compras supérfluas e de pouca importância, ao invés de contribuir para a conquista de um sonho. Cada pessoa deve ter no mínimo três: um de curto prazo (a ser realizado em um ano), outro de médio prazo (entre um e dez anos) e outro de longo prazo (a ser realizado a partir de dez anos). Tanto na situação de equilibrado ou de investidor, é orientável fazer o saque das contas inativas assim que possível e aplicar o valor em investimentos como poupança, CDB ou tesouro direto, entre outras, que rendam mais do que o FGTS. A modalidade escolhida precisa corresponder ao prazo em que se deseja realizar o sonho, tendo em vista a possibilidade de resgatá-lo no momento desejado sem perder rendimentos. (Fonte: DSOP Educação Financeira).

DIÁRIO TRIBUNA

Telefone: (33) 3523.4651/(33) 98851-0806

José de Paiva Netto | Jornalista, radialista e escritor. paivanetto@lbv.org.br | www.boavontade.com

Uma história de Amor

Vou contar-lhes esta história, porque quem disser que não quer ser amado está doente ou mentindo. Ela começa na Bahia, cruza o sul do país e tem belo desfecho no Rio de Janeiro. Em 27/1, meus pais, Bruno (1911-2000) e Idalina Cecília (1913-1994), se estivessem entre nós, completariam mais um ano de feliz casamento. Peço licença a vocês para narrar o autêntico conto de amor que ambos viveram, modelo de perseverança e superação para os que se gostam. Conheceram-se em Camaçari. Hoje, um dos mais importantes polos petrolíferos do Brasil. Ele tinha 9 anos de idade. Ela estava com 7. Quando cresceram, a família foi contra o namoro por serem primos. Não que fossem pessoas ruins, temiam o grau de parentesco. Então, colocaram meu pai num seminário e mandaram minha mãe, ainda jovem, para o Rio de Janeiro. Passam-se muitos anos, quando meu velho, já sem batina, também vai para a Cidade Maravilhosa. Entretanto, não a encontra nessa primeira tentativa. Desiludido, viaja por várias regiões do país, incluído o sul. Longe de seu verdadeiro amor, volta ao

Rio decidido a localizá-la. Certo dia, na capital carioca, o querido e consagrado compositor e cantor Dorival Caymmi (19142008), conhecido deles desde a infância, topa com seu Bruno e lhe diz, com seu sotaque bem baiano: “Ô Ioiô, você sabe quem encontrei? Idalina!! Ela veio, com uma prima, aqui na rádio. Está morando na rua Gregório Neves, no Engenho Novo”. Meu pai não titubeou e dirigiu-se ao endereço indicado por Caymmi. Chegando lá, foi recebido pela minha tia-avó, Amália. Ao vê-lo, ela se vira para dentro de casa e chama em alta voz: “Idalina, o seu primo da Bahia está aqui! Ele veio casar com você!”. E um dado curioso é que, um mês antes desse reencontro, minha mãe terminara seu noivado forçado com um médico. Naquele tempo, o poder patriarcal era uma parada! Idalina e Bruno uniram-se em 1940, vinte anos depois que se viram pela primeira vez. Adivinhem quem foi o padrinho de casamento? O saudoso Dorival Caymmi, privilegiado marido de Dona

Stella Maris (1922-2008) e ditoso pai de Nana, Dori e Danilo, e que sempre encantou as plateias. Observando o grande exemplo de meus amados pais, relembro, com Lícia (1942-2010), minha irmã, algumas palavras que publiquei em Reflexões e Pensamentos — Dialética da Boa Vontade, lançado em 1987: Assim como o sangue, circulando pelo corpo, oxigeniza e alimenta as células humanas, o Amor, percorrendo os mais recônditos pontos de nossa Alma, fertiliza-a e a torna plena de vida. (...) Ao término de tudo, ele — que se expressa das mais surpreendentes formas no sublime labor de conduzir os homens à sobrevivência — vencerá! Prosseguimos acreditando na vitória final do Espírito Eterno do ser humano, “a Obra Máxima do Criador”, na definição de Alziro Zarur (1914-1979). E parabéns ao nosso estimado Caymmi que, se estivesse na carne comemoraria mais um aniversário, em 30 de abril (ele nasceu em 1914). Caymmi e dona Stella Maris continuam vivos, pois os mortos não morrem.

Rede de Notícias do Sindijori – Minas Gerais Risco de febre amarela urbana em MG é real - O número de casos de febre amarela em Minas Gerais, tanto em humanos quanto em macacos, tem trazido uma nova preocupação para os municípios: a de que a doença volte a circular em áreas urbanas, meio do qual estava erradicada desde a década de 1940. Fora das matas, o principal vetor do vírus é um dos maiores vilões das

autoridades em saúde nos últimos anos, o mosquito Aedes aegypti, também transmissor da dengue, febre chikungunya e zika. "A preocupação é real", afirma a pesquisadora do Departamento de Ciências da Saúde da Universidade Federal de Lavras (Ufla-MG), Joziana Barçante. (Ascom Ufla). *********** Sete Lagoas anistia os devedores municipais - Foi aprovada e publica-

da lei municipal de Sete Lagoas que dispõe sobre o Programa Municipal de Incentivo a Recuperação de Créditos Tributários Decorrentes do Imposto Sobre Serviços de Qualquer Natureza (ISSQN). A chamada Lei da Anistia vai conceder a partir de 1º de março, desconto de 100% dos juros e multas de todos os impostos devidos pelo contribuinte, assim como taxas e outros

serviços. (Boca do Povo). *********** Poços terá 100% da zona rural imunizada O secretário municipal de Saúde de Poços de Caldas, Carlos Mosconi, anunciou que após a confirmação da morte de um macaco por febre amarela na cidade, foi disparado o alerta para que toda a população de Poços seja vacinada contra a doença. Ainda segundo ele, até o último final de

semana a expectativa era a de que toda a comunidade moradora da zona rural já estivesse 100% imunizada contra a febre amarela. (Jornal da Cidade). *********** Padarias mineiras faturaram R$ 8,63 bilhões - O setor de panificação e confeitaria em Minas Gerais registrou, em 2016, faturamento de R$ 8,63 bilhões, o equivalente a crescimento de cerca de 3%. O

segmento, composto por 6,3 mil empresas (9,9% do mercado nacional), sustentou grande parte do negócio com as vendas de produtos de fabricação própria, que totalizaram R$ 5,44 bilhões (63,03%). As padarias comemoraram o índice positivo e também a alta na venda dos produtos de balcão (artesanais), contra uma queda nos produtos de revenda (industrializados).

Leia e assine DIÁRIO TRIBUNA Telefone: (33) 3523.4651/(33) 98851-0806


Esportes

DIÁRIO TRIBUNA Quarta-feira, 15 de fevereiro de 2017

5

lelejacare@hotmail.com

Viúva do torcedor Jorge Sem Bronca completou 100 anos Moradora da Vila Progresso (comunidade próxima ao cemitério) dona Teotônia Ferreira Gomes, completou 100 anos no segundo dia do mês de fevereiro. Reuniu amigos e familiares. Esposa de Antônio Ramalho Gomes, muito conhecido no mundo esportivo pelo apelido de Jorge Sem Bronca, sempre foi um apaixonado pelo Concórdia. Torcia como um fanático. Era carregador de caminhão (Chapa) e trabalhou durante muitos anos nos armazéns atacadistas da antiga Avenida Israel Pinheiro, atual Luiz Boali. Seus familiares lembram dos antigos patrões d e J o rg e : M a n o e l d e Abreu, Edgar Barreiros, Gouveia Agostini e outros empresários. Conquistou admiração e respeito dos diretores Concórdianos: Laércio Costa, Manoel de

América tem fortes desafios pela frente no Mineiro

Em três jogos, o América de Teófilo Otoni teve duas derrotas e apenas um empate. Atlético 1 x 0. Tupi (1 x 1) e Vila Nova (2 x 0). Ocupa a décima posição no ranking da competição. Para seu próximo compromisso, domingo (19)

às 10 horas no Estádio Nassri Mattar enfrenta o time da cidade de Poços de Caldas (Caldense). Caldense tem uma vitória (1 x 0) contra Vila Nova. Um empate (2 x 2), América mineiro e uma derrota (1 x 0) contra URT. O técnico ameri-

cano (Marcelo Buarque) tem a expectativa de retorno de Rogélio Ávila (atacante) e Leandro Cruz (meia). A comunidade esportiva fez cara feia pelo empate com o Tupi. Mecão terá que vencer no domingo, para fazer as pazes com a torcida.

Teotônia Ferreira Gomes, esposa de Jorge Sem Bronca, completou 100 anos no dia 2 de fevereiro

Abreu, João de Almeida, Dr. Ozires Prates Dias, Kamel Kumaira, Elson Miné e vários outros.

Jorge pedia sempre na Rádio Teófilo Otoni, a música “ Meu Grito” de Agnaldo Timóteo.

Verba para o América-TO Faleceu Reinaldo antigo goleiro do América vem dividindo opiniões

A vereadora Mila conseguiu aprovar seu projeto solicitando uma verba de até 300 mil reais para o América Futebol Clube. A comunidade esportiva bate palmas. Segmento da mídia tem divido opiniões. O professor Alexandre Duran concedeu entrevista ao repórter Fantoni Peso da Rádio Teófilo Otoni e botou a boca no trombone. O editor chefe do Correspondente Ramos, Evandro Pechir enfatizou as críticas do professor. Da mesma emissora, o apresentador do Show da Manhã (Elbio Pechir), aceitou a crise financeira, mas concorda com ajuda ao clube de futebol. O professor que or-

Vereadora Mila

Vereador Northon Neiva

questrou os protestos alegou que a crise na saúde é muito maior. Citou o surto da Febre Amarela, o fechamento do Restaurante Popular e a dívida de 60 milhões de reais da prefeitura. Citou que o prefeito Daniel Sucupira tem alegado falta de recursos

nos cofres públicos. O professor contestou a importância de projeção politica criada através do futebol e justificou que os estragos da Febre Amarela foram maiores. Isso faz a gente lembrar do pensamento grego: o povo precisa de pão e circo.

Acompanhe nossas edições diariamente pelo Facebook

www.facebook.com/tribunadomucuri.com.br

Com passagens em vários clubes do país, a começar pelo Democrata, de Gov. Valadares, o goleiro Reinaldo jogou no América e passou a morar em Teófilo Otoni. Aqui fez grandes amizades. Foi o único estrangeiro que integrou o grupo de “prata da casa” em 2004 quando o time foi reintegrado à competição profissional do estado. Ilustramos esta matéria com Reinaldo ao lado do importante desportista, Erenilton Amaral. Acometido de uma enfermidade grave, veio a falecer na segunda-feira (13). O dragão está de luto. Convém lembrar que a cidade acolheu outro americano que veio de fora. O lateral com o nome de Reinaldo, pastor e reside no Belle Vile do bairro Bela Vista.

Goleiro Reinaldo acompanhado por colegas e um garoto

América – 2005 – Reinaldo, Jésus, Sergio, Boiadeiro, Bode e Erenilton. Agachados – Três Barras, Adilio, Careca, Lin e Hudson

É mais puro e rende mais! Telefone: (33) 3529-4949

Av. Minas Gerais, 1650 - São Cristóvão | Teófilo Otoni - MG | Brasil


6

Segurança Pública

DIÁRIO TRIBUNA Quarta-feira, 15 de fevereiro de 2017

ACISO da Base Comunitária IML recebe mais um corpo de Móvel em Nanuque homem com suspeita de febre amarela, de Frei Gaspar

Na quarta-feira (08/02), militares da Base Comunitária Móvel do município de Nanuque passaram pelos comércios da cidade, orientando os proprietários e funcionários, e entregando panfletos com dicas PM de autoproteção e comércio protegido, res-

saltando a importância do cidadão estar inteirado de todas as maneiras de evitar a ação delituosa. A ação da Polícia Militar também constou de orientar o cidadão quanto à imediata ligação para os dígitos gratuitos 190, caso ocorra algum fato

em que seja necessária a intervenção policial de modo preventivo ou repressivo. Os comerciantes se sentiram satisfeitos com as orientações na Ação Cívico Social (ACISO) da PM. (Informações e fotos: Polícia Militar, 24ª Cia PM Ind, Nanuque).

Deu entrada no Instituto Médico Legal de Teófilo Otoni, no domingo (12/02), o corpo de Enilson Vieira Santos, 33 anos, natural de Frei Gaspar, com fortes indícios de que a causa da morte tenha sido a febre amarela. O periciado estaria morando na cidade de Cristais Paulista, em São Paulo, e, segundo os familiares teria chegado a Frei Gaspar no dia 30 de janeiro de 2017, apresentando sintomas da febre amarela. Ele teria passado pelo posto de saúde local, internado em hospital da cidade de Itambacuri e

liberado dias depois. Com a piora do quadro clínico foi encaminhado à UPA de Teófilo Otoni, onde faleceu por volta das 23h de sábado (11/02). O corpo foi encaminhado ao IML de Teófilo Otoni, onde o médico legista de plantão, dr. Gustavo Merian realizou a necropsia e colheu fragmentos de vísceras as quais foram entregues a epidemiologia da Secretaria de Saúde do Município. A vítima era solteiro, lavrador, apresentava fortes indícios de ter contraído a febre amarela. Segundo informações do IML/TO, até o momento

foram encaminhadas à FUNED 84 vísceras e 79 foram confirmadas como sendo febre amarela. No município de Teófilo Otoni já contabiliza 14 óbitos até a presente data.

Policiais Militares de Meio Ambiente em Novo Cruzeiro após receberem denúncia crime referente à prática de caça predatória de animais silvestres, desencadearam uma operação na zona rural da cidade, com o objetivo de combater a prática delituosa. A PM teve informações que seriam cinco autores e que um deles estaria num veículo Saveiro de cor branca, portando armas de fogo. Os militares deflagraram a operação e localizaram um indivíduo parado próximo a um veículo, estacionado numa estrada vicinal, com as mesmas características da denúncia. Ao fazer buscas no interior do automóvel, foram encontradas 03 espingardas de fabricação artesanal, 01 garrucha polveira em condições de uso imediato, 04 cartuchos calibre 22, 01

frasco contendo pólvora e outro contendo espoletas. A operação resultou ainda na prisão de outro indivíduo que foi encontrado em uma residência. Ele disse aos militares que possuía uma espingarda polveira e que já realizou a caça em datas anteriores. Apesar de rastreamentos pela região, os demais

denunciados não foram localizados. Foi dada voz de prisão aos dois suspeitos, que informados de seus direitos constitucionais, foram encaminhados à polícia judiciária em Teófilo Otoni, juntamente com os materiais apreendidos. (Informações e fotos: Ascom da 15ª Cia PM Ind MAT).

Enilson V. Santos, 33 anos

Operação da PM no Homem morre após ser combate à caça predatória em Novo Cruzeiro espancado supostamente

por sobrinhos e cunhado

Ladainha - José Gomes dos Santos, 58 anos, foi espancado no dia 21 de janeiro/17, próximo à sua residência, em Ribeirão D'areia, zona rural de Ladainha. Conforme relato do enteado da vítima, seu padrasto teria em data anterior destruído um telefo-

ne rural de propriedade de parentes. Estaria demonstrando perturbação mental e fazia uso de bebida alcoólica. Relatou também que no dia 21 de janeiro dois sobrinhos e o cunhado da vítima partiram para agressão física, espancando-o violentamente. Ele foi encaminhado inicialmente para o Hospital Raimundo Gobira, em Teófilo Otoni, mas, com a piora do quadro clínico foi transferido para o Hospital Santa Rosália, onde faleceu na tarde desta segunda-feira (13/02). O corpo foi removido para o IML de Teófilo Otoni, onde foi necropsiado pelo médico legista dr. Marcelo Tomich, auxiliado por Francisco Couy.

Resultado da necropsia - fratura da perna esquerda, fratura da perna direita, fraturas dos antebraços, afundamento torácico à direita com múltiplas fraturas de arcos costais também à direita. A causa da morte foi choque séptico pós pneumonia, pós politrauma (trauma torácico fechado + fraturas de membros superiores e inferiores). O delegado de Ladainha dr. César Cândido já abriu inquérito policial para apurar o caso. O corpo de José Gomes dos Santos foi liberado às 20h pelo IML aos familiares para velório e sepultamento em Ladainha nesta terça-feira (14). José Gomes era lavrador, união estável.

Mãe denuncia o próprio filho de posse de entorpecente

Nanuque - Nesta segunda-feira (13/02), a Polícia Militar foi chamada para comparecer na Rua Sergipe, Bairro Vila Nova, onde a solicitante informou que o seu filho adolescente estaria de posse de substância entorpecente. Em contato com o menor, ele admitiu que estava com 15 buchas

de maconha, e que após intervenção de sua mãe que se mostrava extremamente preocupada por saber por terceiros que o seu filho estaria vendendo drogas, ele teria jogado a substância no teto de um estabelecimento comercial na Rua Rio Grande do Norte. A equipe da Polícia

Militar foi até o local, onde identificaram uma carteira de cigarros contendo invólucros plásticos com substância semelhante à maconha. O menor foi apreendido e encaminhado para a Delegacia de Polícia Civil com os materiais. (Enviado pela assessoria de comunicação da 24ª Cia PM Ind).


Publicação Legal

DIÁRIO TRIBUNA Quarta-feira, 15 de fevereiro de 2017

E D I TAL CONTRIBUIÇÃO SINDICAL RURAL PESSOA FÍSICA EXERCÍCIO DE 2017

EDITAL 002/2017 CONTRIBUIÇÃO SINDICAL EXERCÍCIO DE 2017 Pelo presente edital, de conformidade com o Artigo 605 da CLT, o Sindicato dos Contabilistas de Teófilo Otoni (SINDCONT Teófilo Otoni), COMUNICA a todos os Profissionais da Contabilidade pertencentes à sua jurisdição, a saber: (Águas Formosas, Águas Vermelhas, Almenara, Angelândia, Araçuaí, Aricanduva, Ataléia, Bandeira, Berilo, Bertópolis, Cachoeira de Pajeú, Campanário, Capelinha, Caraí, Carbonita, Carlos Chagas, Catuji, Chapada do Norte, Comercinho, Coronel Murta, Couto de Magalhães de Minas, Crisólita, Curral de Dentro, Divisa Alegre, Divisópolis, Felício dos Santos, Felisburgo, Francisco Badaró, Franciscópolis, Frei Gaspar, Fronteira dos Vales, Itaipé, Itamarandiba, Itambacuri, Itaobim, Itinga, Jacinto, Jenipapo de Minas, Jequitinhonha, Joaíma, Jordânia, José Gonçalves de Minas, Ladainha, Leme do Prado, Machacalis, Malacacheta, Mata Verde, Medina, Minas Novas, Monte Formoso, Nanuque, Nova Módica, Novo Cruzeiro, Novo Oriente de Minas, Ouro Verde de Minas, Padre Paraíso, Palmópolis, Pavão, Pedra Azul, Pescador, Ponto dos Volantes, Poté, Rio do Prado, Rubim, Salto da Divisa, Santa Helena de Minas, Santa Maria do Salto, Santo Antônio do Jacinto, São Gonçalo do Rio Preto, São José do Divino, Senador Modestino Gonçalves, Serra dos Aimorés, Setubinha, Teófilo Otoni, Turmalina, Umburatiba, Veredinha, Virgem da Lapa), que no dia 26/01/2017, às 18,00 horas, foi deliberado em assembléia extraordinária, os seguintes valores e vencimentos da Contribuição Sindical, para o exercício de 2017: 1 – Contribuição Sindical 2017: a vencer no dia 28/02/2017, no valor de R$ 135,00 (Cento e Trinta e Cinco Reais); 2 – Aos profissionais já cadastrados a guia de recolhimento personalizada será enviada pelos correios. Os não cadastrados poderão retirar a guia de recolhimento em nossa sede na Rua Epaminondas Otoni, nº. 363, sala 211, centro, na cidade de Teófilo Otoni-MG, solicitar pelo telefone (33)3522-2249, solicitar pelo e-mail sinconto@gmail.com ou solicitar pelo telefone (33)3522-2249. 3 – Orçamento Anual para 2017 Aprovado:

A Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil – CNA, em conjunto com as Federações Estaduais de Agricultura e os Sindicatos Rurais e/ou de Produtores Rurais com base no Decreto-lei nº 1.166, de 15 de abril de 1.971, que dispõe sobre a arrecadação da Contribuição Sindical Rural – CSR, em atendimento ao princípio da publicidade e ao espírito do que contém o art. 605 da CLT, vêm NOTIFICAR e CONVOCAR os produtores rurais, pessoas físicas, que possuem imóvel rural, com ou sem empregados e/ou empreendem, a qualquer título, atividade econômica rural, enquadrados como “Empresários” ou “Empregadores Rurais”, nos termos do artigo 1º, inciso II, alíneas “a”, “b” e “c” do citado Decreto-lei, para realizarem o pagamento das Guias de Recolhimento da Contribuição Sindical Rural, referente ao exercício de 2017, devida por força do Decreto-lei 1.166/71 e dos artigos 578 e seguintes da CLT. O recolhimento da CSR deverá ocorrer, impreterivelmente, até o dia 22 de maio de 2017, em qualquer estabelecimento integrante do sistema nacional de compensação bancária. A falta de recolhimento da Contribuição Sindical Rural – CSR, até a data do vencimento (22 de maio de 2017), constituirá o produtor rural em mora e o sujeitará ao pagamento de juros, multa e atualização monetária previstos no artigo 600 da CLT. As guias foram emitidas com base nas informações prestadas pelos contribuintes nas Declarações do Imposto sobre a Propriedade Territorial Rural – ITR, repassadas à CNA pela Secretaria da Receita Federal do Brasil - SRFB, remetidas, por via postal, para os endereços indicados nas respectivas Declarações, com amparo no que estabelece o artigo 17 da Lei nº 9.393, de 19 de dezembro de 1.996, e o 8º Termo Aditivo do Convênio celebrado entre a CNA e a SRFB. Em caso de perda, de extravio ou de não recebimento da Guia de Recolhimento pela via postal, o contribuinte deverá solicitar a emissão da 2ª via, diretamente, à Federação da Agricultura do Estado onde tem domicílio, até 5 (cinco) dias úteis antes da data do vencimento, podendo optar, ainda, pela sua retirada, diretamente, pela internet, no site da CNA: www.cnabrasil.org.br. Eventual impugnação administrativa contra o lançamento e a cobrança da Contribuição Sindical Rural - CSR deverá ser encaminhada, por escrito, no prazo de 30 (trinta) dias, contado do recebimento da guia, para a sede da CNA, situada no SGAN Quadra 601, Módulo K, Edifício CNA, Brasília - Distrito Federal, Cep: 70.830-021 ou da Federação da Agricultura do seu Estado, podendo ainda, ser enviada via internet no site da CNA: cna@cna.org. br. O sistema sindical rural é composto pela Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil–CNA, pelas Federações Estaduais de Agricultura e/ou Pecuária e pelos Sindicatos Rurais e/ou de Produtores Rurais. Brasília, 15 de fevereiro de 2017

Orçamento Anual para 2017

João Martins da Silva Júnior Presidente da Confederação

R E C E I TAS

R$ 31.259,66

CONTRIBUIÇÕES DIVERSAS

0,00 

SINDICAIS

7

Prefeitura Municipal de Poté

Prefeitura Municipal de Poté – Aviso de Intenção de Adesão à Ata de Registro de Preços nº 1/2017 – Pregão (Presencial) nº 01/2017 - O Município de Poté/MG torna público o interesse em aderir à Ata de Registro de Preços nº 1/2017 – Pregão (Presencial) nº 01/2017 – OBJETO DA ATA: registro de preços para futura e eventual aquisição de equipamentos diversos para atendimento às necessidades das Secretarias Municipais. Poté, 14/2/2017 – Gildésio Sampaio de Oliveira – Prefeito do Município.

Prefeitura Municipal de Poté

Prefeitura Municipal de Poté. Pregão (Presencial) nº 1/2017. Ato de Revogação de Processo Licitatório. O Prefeito do Município de Poté, Estado de Minas Gerais, no uso de suas atribuições legais, em consonância com o Artigo 49, da Lei Federal 8666/93, e considerando a recomendação exarada no Parecer Jurídico, datado de 8/2/2017, sobre fatos que ensejam a revogação do Processo Licitatório nº 2/2017 – Pregão (Presencial) nº 1/2017, RESOLVE: Por razões de interesse público, com fulcro no Artigo 49 da Lei Federal 8.666/93, fica revogado todo processo licitatório nº 02/2017, Pregão (Presencial) nº 01/2017, que tem como objeto o registro de preços para futura e eventual prestação de serviços de gerenciamento do abastecimento de combustíveis automotivos, com utilização de cartão magnético para abastecimento da frota de veículos do Município de Poté em rede credenciada de Postos, localizados no Estado de Minas Gerais. Poté, 14/2/2017. Gildésio Sampaio de Oliveira, Prefeito do Município.

EDITAL DE PROCLAMAS - SERVIÇO REGISTRAL ALMEIDA, RUA ENGENHEIRO CARVALHO BORGES, 396 - CENTRO, TEÓFILO OTONI (MG). TELEFONE (33) 3521-2414. 010102 - RAMON JARDIM CONTÃO, solteiro, conferente, natural de Teófilo Otoni-MG, residente na Rua Campos Gerais, 280, Bairro Joaquim Pedrosa, Teófilo Otoni-MG, filho de EDIVALDO NUNES CONTÃO e ROSA JARDIM SALOMÃO; e THALITA ROCHA CARDOSO, solteira, do lar, natural de Teófilo Otoni-MG, residente na Rua Campos Gerais, 280, Bairro Joaquim Pedrosa, Teófilo Otoni-MG, filha de ADÃO CARDOSO e MARIA DAS DÔRES ROCHA CARDOSO; 010103 - MARCOS ANTONIO OLIVEIRA CABRAL, solteiro, representante de vendas, natural de Teófilo Otoni-MG, residente na Rua Augusta Ferreira da Silva, 57, Bairro Taquara, Teófilo Otoni-MG, filho de e NELY DE OLIVEIRA CABRAL; e SONIA COSTA PEREIRA, solteira, operadora de caixa, natural de Teófilo Otoni-MG, residente na Rua Augusta Ferreira da Silva, 57, Bairro Taquara, Teófilo Otoni-MG, filha de JOSÉ GOMES PEREIRA e CREUZA COSTA PEREIRA; Teófilo Otoni-MG, 14/02/2017 Maria Nildéia de Almeida Borges Oficiala de Registro Civil Proc 010102 a 010103

R$ 6.117,76

CONTRIBUIÇÕES SOCIAIS

R$ 12.614,67

OUTRAS CONTRIBUIÇÕES (cursos)

R$ 8.226,07

OUTRAS RECEITAS (Doações e Outros)

R$ 4.301,15

 

Custeio Contr. Sindical (20%)

Outros Custeios

R$ 5.756,27

R$ 25.503,39

DESPESAS COM PESSOAL

R$ 1.618,95

R$ 6.475,82

DESPESAS ADMINISTRATIVAS

R$ 2.800,33

R$ 9.369,89

DESPESAS JURÍDICAS

0,00 

0,00  

DEPARTAMENTO MÉDICO/ODONTO

0,00 

0,00  

R$ 1.336,98

R$ 9.657,68

DEPTO DE SAÚDE E SEGURANÇA

 0,00 

 0,00 

DEPARTAMENTO ESPORTES E LAZER

 0,00 

DESPESAS

DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO

Um jornal Diário a serviço do nordeste de Minas Fundado em 05 de agosto de 1969

Superávit/Déficit

 0,00  R$ 0,00

Teófilo Otoni-MG, 26 de janeiro de 2017. Paulo Sérgio Almeida Santos Presidente

Diretor Responsável: Wilmar Souza e Silva

Valéria Ramos de Souza OAB/MG 149.354

Redação e Composição: Rua Victor Renault, 737 Fundos • Bairro Laerte Laender 39.803-151 • Teófilo Otoni • MG (33) 3521-9277 / 3523-4651 / 998851-0806

Contábil: Vitaly Almeida & Contadores Associados Ltda paulo_contador@hotmail.com

E-mail: tribunadomucuri@gmail.com Site: www.diariodomucuri.com.br

Colaboradores: Alexandre Sylvio Vieira da Costa; Alfredo Ferreira Filho; Ana Carolina Guedes Costa; Dr. Hélio Pedro Soares; José de Paiva Neto; Luiz Alberto Bassoli; Mauro Tyba; Paulo Sérgio Almeida Santos.

Jurídico: Dr. Marcos Ganem Advogados Associados • m.ganem@uol.com.br

Impressão: Gráfica Modelo • Rua Marcelo Guedes, 170 - Centro • Telefax: (33) 3522-3070

Representante em Belo Horizonte: André Francisco Oliveira Silva (98851-0805)


8

DIĂ RIO TRIBUNA

Quarta-feira, 15 de fevereiro de 2017

Publicidades


Diario do mucuri 15 fev 2017 final