Page 73

Castas 12 – Lobos 04

intensidade que se estendia antes que ela os empurrasse adiante em um movimento rápido desenhado para imitar o membro que empurrava do Aiden. Não era tão bom, mas ela não poderia parar seu grito e o flash de necessidade assim como a pontada que se estremeceu através de seu corpo. A base de sua palma se pressionou contra seu clitóris inchado, intensificando a pressão luxuriosa. Seu sexo se apertava, com a fome vazia que se irradiava através de seu corpo enquanto lutou para correr-se e culminar. Tinha-o tentado sempre antes. Sempre, entretanto não importava quanto lutasse, não importava quanto empurrasse de fundo seus dedos nas profundidades que jorravam suor de sua concha, não poderia encontrar nenhum alívio. Jogou sua cabeça para trás enquanto lutou pelo alívio, choramingando com suspiros de desespero e sons ofegantes que saíam de seus lábios até que sentiu uma suave lambida na parte posterior de sua mão revestida de nata. Os olhos de Charity se abriram de par em par, um sentido primitivo, seu olhar fixo ficou apanhado pela intensidade quente do olhar do Aiden quando ele a olhou por entre suas coxas estendidas. Ele estava de joelhos ante dela, nu, sua cara escura estava pesada com a sensualidade, sua língua alcançava para lambê-la outra vez. Uma poderosa lambida acompanhada por um grunhido que parecia vibrar através de sua mão, nas profundidades famintas de seu coño. -Sabe o malditamente formosa que te vê para mim agora? - Sua voz era escuridão, cheia de luxúria. Quando ela se moveu para tirar sua mão, ele a parou, pressionando a seu contrário ele até que seus dedos se afundaram dentro de sua carne apertada de novo. Ele olhou o movimento, com suas maçãs do rosto avermelhando enquanto que a fome parecia brilhar intensamente em sua expressão. -não pares, - sussurrou ele. -me deixe te olhar, Charity. Tome enquanto olho. - Era a coisa mais erótica que ela tinha feito jamais em sua vida. Olhando-o... Seu olhar fixo se posou em seus dedos, sua língua que alcançava para lamber no úmido filme de seus sucos... Afligindo-a. Sua língua era áspera, quente e ambiciosa quando ele tentou manter mais separadas suas pernas. Seu olhar estava bloqueado com o seu enquanto ele tentou limpar cada quebra de onda da nata que com excessiva efusão escapava além de sua vagina enquanto ela empurrava ardentemente com os dedos. -Não posso. - Ela ofegava por respirar, seus quadris que empurravam mais fortemente em seus dedos enquanto que esfregava ligeiramente dentro outra vez. -Aiden, por favor. Não posso... - Ela necessitava seus dedos em seu interior, estirando-a, conduzindo-a mais alto. Não. Deus, ela necessitava que seu membro a enchesse, a enchendo em excesso, fazendo-a gritar enquanto seus músculos eram forçados a acomodar cada movimento poderoso. Ela empurrou seus dedos mais profundamente, em seu interior mais duramente até que então gritou enquanto sua língua esfregava ligeiramente entre eles quando ela atirou. A extremidade quente lambia em sua sensibilizada entrada vaginal, a sensação que se estendia através de seu corpo era como uma quebra de onda de maré de prazer ardente. -Vou foder-te até que me peça que pare. - Sua voz era dura, tão profunda e áspera que esfregou ligeiramente sobre seus sentidos como um fantasma. -logo que possa apagar esta necessidade de beber cada gota de suco de seu corpo. Ele atirou de seus dedos livres, só para substituí-los por um duro, conduzindo o movimento de sua língua quente. Seus quadris se moviam bruscamente, empurrando ante o movimento como se raiando, a sensação como lava ardente circularam através de sua corrente sanguínea, debaixo de sua pele, chamuscando seu cérebro com o prazer. 73

Profile for Livros & Chocolate

Lora leigh castas 12 lobos 04 aiden's charity  

Lora leigh castas 12 lobos 04 aiden's charity  

Advertisement