Page 68

Castas 12 – Lobos 04

-Não há cura, - ele disse brandamente. -ela pensa que isto pode ser para sempre. Você pensa que pode ser para sempre... -Aiden, sei que pode ser para sempre. E penso que Charity sabe também. Você ouve as palavras, mas eu vejo os medos. - Ela caminhou perto dele, sentando-se a seu lado no alpendre. -Quando ela estava nos laboratórios, o pouco tempo em que podia falar com ela, ela perguntava por ti. Estava bem? Você tinha encontrado a alguém para cuidar de ti? Você perguntava por ela? Estas perguntas vieram de muitas maneiras diferentes, mas estavam sempre ali. E as emoções atrás delas a aterrorizam. -É um acoplamento... -Não, Aiden. Não é como tenta te convencer. Charity te amava antes que vertesse esse sêmen em sua garganta. Ela falava de ti, escrevia sobre ti, e se preocupava até o ponto das lágrimas por que você arrumaria isso por ti mesmo para ser morto antes que o resgate pudesse acontecer. Este não é um acoplamento para ela, isto é amor. E essa é a parte que ela nega. Aiden sacudiu sua cabeça. Ele tinha sabido isso, em alguma parte interior e profunda de si mesmo. Mas qualquer amor que pôde ter existido na Charity deveria ter morrido faz muito tempo. E qualquer capacidade que ele pôde ter tido de viver se murchou lentamente faz tempo em sua luta pela sobrevivência. Ele era muito duro, também dominante. -O que acontece com seu corpo? - ele finalmente pediu. -Posso tocá-la, a amo durante horas e nunca lhe causo dor. O que acontece ali dentro? - Ela olhou fixamente na noite enquanto que ele a olhava. Em descanso, sua expressão era a de franzir o cenho, pensativa. -É similar às castas felinas, - ela disse finalmente. -até certo grau, como o que Hope e a Faith experimentaram em pequena medida, embora não até tal extremo. Por que, não estou segura, mas me proponho descobri-lo. - Ela estava em pé, caminhando abaixo para a terra antes de dar a volta de novo a sua cara. -Ela pensa que há uma cura, Aiden, - lhe disse simplesmente. –Você e eu sabemos melhor, ambos sabemos melhor. Tome cuidado em como a trata, ou ela pode partir de seu lado também. Sim, e pode que nunca possamos encontrá-la outra vez. - Seus olhos se estreitaram. -O que é o que não me diz Armani? - Seus lábios sorriram secretamente. -Coisas que somente Charity tem a direito a te revelar. Não perca de vista seu passo, meu amigo, ou pode ser que perca mais do que sonhava. - E com essas palavras ela deu a volta e desapareceu na noite. Aiden suspirou com fadiga e caminhou novamente dentro da casa, voltando junto a sua companheira onde ela dormia. O sedativo que ela tinha exigido no meio do exame o tinha feito um pouco mais fácil. O fato de que ela tinha continuado exigindo que terminasse o aterrorizou. Ela estava desesperada, segura de que ali havia uma cura à reação química que limitava seus corpos um ao outro. O instinto advertiu ao Aiden que ali não existia nenhuma cura. Nenhuma forma de romper com a natureza dos enlaces que tinha posto em seu lugar. Ele o tinha aceitado; rechaçou combatê-lo por mais tempo. Ele tinha alimentado seu ódio por ela durante anos, mas uma vez que a tinha visto outra vez, uma vez que a tocou, ele tinha começado a aceitar que nunca estaria livre dela. Que o que tinha acontecido antes nesses laboratórios faz seis anos não importava.

68

Profile for Livros & Chocolate

Lora leigh castas 12 lobos 04 aiden's charity  

Lora leigh castas 12 lobos 04 aiden's charity  

Advertisement