Page 1

AAFábula Fábula dodo

Beija-Flor Beija-Flor Wangari Maathai (Texto) Michele M. Moraes (ilustração)


Era uma vez um Beija-Flor que fugia de um incĂŞndio juntamente com todos os animais da floresta.


Sรณ que o Beija-Flor fazia uma coisa diferente: apanhava gotas de รกgua de um lago e atirava-as para o fogo.


A águia, intrigada, perguntou:  - “Ô bichinho, achas que vais apagar o incêndio sozinho com estas gotas?” - “Sozinho, sei que não vou”, respondeu o Beija-Flor, “mas estou a fazer a minha parte”. Envergonhado, a águia chamou os outros pássaros e, juntos, todos entraram na luta contra o incêndio.


Vendo isto, os elefantes venceram seu medo e, enchendo suas trombas com ĂĄgua, tambĂŠm corriam para ajudar. Os macacos pegaram


cascas de nozes para carregar รกgua. No fim, todos os animais, cada um de seu jeito, acharam maneiras de colaborar na luta.


Pouco a pouco, o fogo comeรงou a se debilitar quando, de repente, o Senhor Celestial da Floresta, admirando a bravura destes bichinhos e comovido,


enviou uma chuva que apagou de vez o incêncio e refrescou todos os animais, já tão cansados, mas felizes.


Que possamos todos nós ter a coragem de fazer a nossa parte e a solidariedade de trabalhar juntos - na fé de estarmos abertos para as bençãos do Sagrado...

O texto A Fábula do Beija-Flor utilizado como base para a atividade foi retirado site http://www. rodrigooller.com/autocontrole/a-fabula-do-beija-flor/. A autoria do texto original é atribuída à autora queniana Wangari Maathai (1940-2011), Prêmio Nobel da Paz de 2004. Esta publicação não tem fins comerciais. Foi criada e produzida por Michele Medeiros Moraes, no primeiro semestre de 2018, como parte das atividades práticas da disciplina de Processos e Produção Gráfica do curso de Design da USC - Universidade do Sagrado Coração de Bauru-SP, sob a orientação do Prof. Dr. João Marcelo Ribeiro Soares.

A fábula do Beija-flor  

Atividade acadêmica

A fábula do Beija-flor  

Atividade acadêmica

Advertisement