Page 1

#18

Texto base: Mateus 5:38-47 Texto para decorar:

“Entrem pela porta estreita, pois larga é a porta e amplo o caminho que leva à perdição, e são muitos os que entram por ela. Como é estreita a porta, e apertado o caminho que leva à vida! São poucos os que a encontram. Mateus 7:13-14

Grande IDEIA:

Evite retribuição e coloque os interesses de Deus acima dos seus

O QUEST:

ATIVIDADES:

Ore juntos:

  

O que você aprendeu hoje? Leia os versículos e discuta o significado. O que Jesus está dizendo com isso? Coloque varias situações hipotéticas diante das crianças e discuta pensando nos princípios ensinados hoje.

Tapa na cara - Cada criança deverá fazer o contorno da sua própria mão num papel e escrever a seguinte frase na mão com lápis de cor ou canetinha, “Seja a atitude de vocês a mesma de Cristo Jesus - Evite retribuição e coloque os interesses de Deus acima dos seus” Deus Pai, queremos ser reconhecidos como pessoas que pensam nos outros antes de pensar em nos mesmo. Ajuda-nos. Amém.

#18

Texto base: Mateus 5:38-47 Texto para decorar:

“Entrem pela porta estreita, pois larga é a porta e amplo o caminho que leva à perdição, e são muitos os que entram por ela. Como é estreita a porta, e apertado o caminho que leva à vida! São poucos os que a encontram. Mateus 7:13-14

Grande IDEIA:

Evite retribuição e coloque os interesses de Deus acima dos seus

O QUEST:

ATIVIDADES:

Ore juntos:

  

O que você aprendeu hoje? Leia os versículos e discuta o significado. O que Jesus está dizendo com isso? Coloque varias situações hipotéticas diante das crianças e discuta pensando nos princípios ensinados hoje.

Tapa na cara - Cada criança deverá fazer o contorno da sua própria mão num papel e escrever a seguinte frase na mão com lápis de cor ou canetinha, “Seja a atitude de vocês a mesma de Cristo Jesus - Evite retribuição e coloque os interesses de Deus acima dos seus” Deus Pai, queremos ser reconhecidos como pessoas que pensam nos outros antes de pensar em nos mesmo. Ajuda-nos. Amém.


#18

Textos para mastigar:

Mateus 5:38-47, Mateus 26-27:44, Filipenses 2:5-7

Mateus 5:38-47 Hipérbole? Sim e Não? Definição - hipérbole: Figura de retórica no qual o significado da expressão é exagerado. Essas expressões não são literalmente verdadeiras, mas as pessoas as formulam para dar ênfase a um sentimento, esforço ou reação.

Oferecer o outro lado da face para bater? Deixar que levem nossas coisas injustamente? Cooperar com alguém que está nos perseguindo? Deixar de defender nossa honra e nossos direitos? É isso que Jesus está nos ensinando em Mateus 5:38-47? Historicamente alguns ensinamentos de Jesus foram tomadas de forma extremamente literal ou completamente descartadas. Ambos os caminhos podem levar ao erro e nos afastar daquilo que Jesus quer fazer. Temos que ler essas passagens no contexto da época em que foram escritas e levar em consideração o objetivo de Jesus de chocar e desafiar as pessoas a examinarem seus corações e suas prioridades. Como podemos nos mostrar radicalmente diferentes a esse mundo a fim de que alguns possam ver e serem salvos? Jesus nos mostra o caminho certo. Na cultura judaica, uma bofetada era um insulto a honra pessoal. Então, o que “dar a outra face” mostra ao mundo (Mat 5:39)? Mostra que estamos dispostos a sofrer insultos como sofreu nosso Senhor porque colocamos a honra de Deus acima da nossa própria honra. Na cultura judaica, o casaco de uma pessoa era protegido por lei por ser considerado uma necessidade e uma possessão básica (Mat 5:40). Jesus pretendia que seus seguidores andassem nus? Certamente que não. Mas quis dizer que para nós o seguirmos, teremos que fazer o que Ele fez e não colocar nossas necessidades pessoais e nossos desejos de justiça acima do desejo de Deus, o desejo de que os perdidos sejam salvos. Você gostaria de ver esse tipo de cristianismo vivido nos dias de hoje? Será que isso era simplesmente hipérbole? Leia Mateus 26-27:44. Jesus foi traído por um amigo, preso injustamente, abandonado por seus amigos, cuspido, batido, humilhado verbalmente, açoitado, ridicularizado, carregou sua própria cruz, teve suas vestes arrancadas e então morreu. Por quê? Porque Ele valorizou a glória de Deus e a salvação das mesmas pessoas que o perseguiam ao invés de valorizar sua própria honra e desejo de justiça. Nosso desafio é o de seguir literalmente nesse mesmo caminho e refletir no nosso estilo de vida, decisões e interações com nossos semelhantes diariamente para que coloquemos a glória de Deus e a salvação dos outros acima de nossos desejos e necessidades. Esse é o desafio para cada um de nós e é somente através do poder de Deus que conseguiremos. Estamos mostrando isso para as crianças? Ai!

18 1 guia de lider v2  
Advertisement