Issuu on Google+

Ano IV - nº13 Dezembro de 2011

Inf rme Gestão da Qualidade Hospital recebe título de Acreditado Pleno


Nós acreditamos

Sérgio Henriques Diretor da Fundaçao Cristiano Varela Hospital do Câncer de Muriaé

Esta é uma publicação do Hospital do Câncer de Muriaé Diretor Administrativo Sérgio Henriques Gerente de Relações Institucionais Dulce Silvestre Reportagem: Larissa de Assis Colaboração: Nathan Lima Produção Gráfica: Larissa de Assis Tiragem: 5.000 exemplares

Boa leitura.

PAG.4 QUALIDADE Hospital recebe Acreditação Plena Nível II - ONA

PAG.8 SOCIAL Campanha de Prevenção beneficia mais de 7 mil pessoas

PAG.3 MEIO AMBIENTE Estudo mostra biodiversidade no Lago da instituição

2

SUMÁRIO

Segundo o dicionário Aurélio o termo acreditar significa “conceder reputação a; tornar digno de confiança”. É neste sentido que queremos que as pessoas identifiquem mais essa conquista. A capa desta edição é o reflexo do empenho e trabalho realizado nesses oito anos de existência. É com muito orgulho que informamos que agora somos um hospital Acreditado Pleno Nível II pela Organização Nacional de Acreditação. Não poderíamos terminar o ano de melhor maneira. Estamos no mês de dezembro e é impossível não refletir sobre as principais conquistas que tivemos nesse ano. E olha que foram muitas. Implantamos novos protocolos visando garantir maior segurança aos nossos pacientes, adquirimos equipamentos de alta tecnologia, estamos ampliando nossa estrutura física, multiplicamos o número de campanhas de prevenção, estamos mais envolvidos com a comunidade acadêmica, e por fim, consolidamos a qualidade da nossa gestão com mais essa certificação. No início deste ano nos propomos como visão de futuro até 2015, sermos os melhores no tratamento de câncer de Minas Gerais, e com esses resultados, temos a convicção de estarmos no caminho certo.

Av. Cristiano Ferreira Varella, 555 - Bairro Universitário - Muriaé/MG CEP 36880-000 Tel.: (32) 3729-7000 www.fcv.org.br


riqueza natural

Meio Ambiente

Um lugar onde a natureza se encarrega de trazer a paz e a tranquilidade. O lago da Fundação Cristiano Varella tem uma importância superior ao simples fato de proporcionar um ambiente diferente na instituição. É por isso, que o Sistema de Gestão Ambiental (SGA) tem realizado uma série de estudos no local. O projeto pretende perceber o valor do espaço e os impactos positivos que ele representa para os diferentes públicos do Hospital do Câncer de Muriaé. Além disso, foram realizados levantamentos da avifauna (aves) e entomofauna (insetos) com o intuito de promover conscientização sobre a necessidade de preservação do local. Atualmente o SGA já conseguiu registrar mais de 34 espécies de aves no entorno do lago, como João Bobo, Garça Branca Grande, Socozinho, Savacu, Piriquitão Maracanã (maritaca), inclusive, foram constatadas Garças Vaqueiras, sendo que estas fazem ninhos no bambuzal às suas margens. Já os insetos são importantes para a polinização das flores, permitindo assim que as árvores produzam seus frutos, tais como goiabas, jaca, jambo, jabuticaba, amoras entre outras. Foram encontradas diversas vespas, borboletas, tesouros, sem contar as várias espécies de formigas. Entre os aracnídeos destacam-se os opiliões. Estudos comprovam que eles são bioindicadores de qualidade de ambiente, uma vez que são sensíveis à poluição. Além dessas espécies, os próprios pacientes, acompanhantes e colaboradores que frequentam o local também são beneficiados. De acordo com estudo realizado por Constantino (2004), pela Universidade Federal de Minas Gerais, os ambientes naturais em hospitais e clínicas contribuem para o bem estar, estimula a sociabilidade, promovendo oportunidades de relaxamento. Todos esses fatores fazem com que o lago receba uma atenção especial do SGA que constantemente promove ações de educação ambiental e preservação.

Observe a natureza, tudo nela é recomeço. No lugar da poda, surgem brotos novos. Com a água, a planta renasce novamente. Nada para. A própria terra se veste diferentemente todas as manhãs. Isso acontece conosco. A ferida cicatriza. As dores desaparecem. A doença é vencida pela saúde, a calma vem após o nervosismo. O descanso restitui as forças. Recomece, anime-se... Assim é a vida. Jesus te ama! Poema escrito pela colaboradora Neuza Rosana

3


Qualidade

ACREDITADO PLENO Primeiro hospital especializado em Câncer no interior de Minas Gerais a receber Acreditação Nível II pela ONA Uma nova conquista do Hospital do Câncer de Muriaé vai provar a grandeza da instituição não somente pela estrutura, mas sim em qualidade. Em apenas oito anos de existência o hospital acaba de ser certificado como Acreditado Pleno Nível II, pela Organização Nacional de Acreditação (ONA), sendo o primeiro hospital do interior a receber essa certificação, e atualmente, o único no estado especializado em câncer. Com o passar do tempo, as instituições tiveram que se adaptarem as exigências de um mercado globalizado, exigente e dinâmico. Ao se tratar de organizações ligadas à saúde as exigências não poderiam ser diferentes, e isto, leva ao desenvolvimento de programas que visam o melhor atendimento das necessidades sociais. As certificações de qualidade representam a responsabilidade e comprometimento com a segurança, com a ética profissional, com os procedimentos que realiza e com a garantia da qualidade do atendimento à população. Dentro do Sistema Brasileiro de Acreditação, o processo de avaliação para a certificação é de responsabilidade das Instituições Acreditadoras

4

Credenciadas pela ONA. Nos dias 15 e 16 de setembro, o Hospital recebeu a equipe de avaliadores do Instituto Qualisa de Gestão (IQG) que estiveram nos variados setores da instituição para observar se o padrão de gestão implantado corresponde aos requisitos do órgão. O resultado positivo foi apresentado no último dia, no auditório da instituição, para todos os gestores. Nessa reunião, a avaliadora líder do IQG, Silvana Camilotti, citou os pontos fortes do Hospital, sendo estes o diferencial entre os demais que já foram avaliados por eles. Ao todo são oito: Constância de propósito da Alta Administração com o processo de Acreditação; Entusiasmo e comprometimento da equipe multiprofissional com as práticas de segurança e qualidade; Ações focadas no desenvolvimento das lideranças; Campanhas de prevenção para a comunidade, realizadas com ônibus consultório; Programa de Musicoterapia para os pacientes; Estrutura para acolhimento dos pacientes e acompanhantes na Casa de Apoio; Programa de motivação aos colaboradores; e Veículos de comunicação para interno e externo – Informe Hospital do Câncer e Conversa Pessoal.


Qualidade De acordo com a coordenadora da Qualidade do HCM, Dulce Silvestre a certificação nível dois avalia a interação entre os processos que refletem na eficácia do atendimento e tratamento do paciente e reforça a melhoria contínua dos procedimentos realizados. “O paciente é o nosso foco de atenção e com a Acreditação eles podem contar com serviços controlados, que conferem mais segurança e qualidade, além da melhoria contínua na gestão hospitalar”. Para o Diretor Administrativo, Sérgio Henriques, o pensamento não é diferente. Dos aproximados sete mil hospitais públicos e privados registrados, somente cerca de 200 deles possuem certificação em qualidade ONA, o que traz muito orgulho para todos da instituição. “Estamos felizes com a conquista, que além de ser um diferencial no mercado, comprova que estamos no caminho certo e realizando um excelente trabalho”.

Requisitos para o título: Gerencia as interações entre os fornecedores e clientes; estabelece sistemática de medição do processo avaliando sua efetividade; promove ações de melhoria e aprendizado.

Palavra da diretoria O fundamental da Acreditação é a criação de uma mentalidade voltada para a qualidade dos serviços prestados à população. Eu ACREDITO que estamos no caminho certo, traçamos nossos objetivos em 2005 e estamos obtendo vitórias a cada dia, sempre na busca constante da excelência em nossos serviços. Estou muito FELIZ em fazer parte desta grande família que é o Hospital do Câncer Muriaé – ACREDITADO PLENO. Sérgio Henriques - Diretor Administrativo

Podemos dizer agora, com todo orgulho e entusiasmo que conseguimos: somos ACREDITADO PLENO. Foi um trabalho intenso, contudo, uma vez mais, nossa equipe se superou e demonstrou que a cultura da “qualidade” está em cada canto, em cada processo, em cada atividade, enfim, está nos alicerces de nossa instituição. Parabéns a Fundação Cristiano Varella e a toda equipe por mais esse passo rumo a um futuro ainda mais grandioso. Pedro Paulo A. Cavalher -Gerente Administrativo

A conquista da Acreditação Plena da ONA pelo Hospital do Câncer de Muriaé demonstra o amadurecimento da nossa equipe e uma evolução significativa na qualidade dos nossos serviços. A qualidade e a acreditação é um caminho sem volta, e essa conquista deve ser motivo de orgulho para todos e servir de impulso para outros desafios. José Alexandre - Gerente Administrativo

Diretoria com avaliadores do Instituto Qualisa de Gestão

5


Ciência

Médico do Hospital apresenta estudos em congresso brasileiro de nutrição clínica Nos dias 6 a 9 de novembro o Dr. José Cláudio Souza, médico da clínica cirúrgica e da equipe multidisciplinar de terapia nutricional, do Hospital do Câncer de Muriaé, esteve em Curitiba, Paraná, onde apresentou dois trabalhos no XIX Congresso Brasileiro de Nutrição Parental e Enteral. O primeiro trata da “Análise comparativa do volume de dieta enteral infundida e prescrita como indicador de qualidade em unidade de terapia intensiva de um hospital oncológico” e o segundo, “Nutrição Enteral precoce como indicador de qualidade nutricional em unidade de terapia intensiva de um hospital oncológico”. Para Dr. José Cláudio é importante participar de eventos como este. “A cada dia novas informações são geradas na área da saúde, e nós profissionais necessitamos estar sempre atualizados, para continuar prestando um serviço de qualidade e segurança para nossos pacientes em nossa área de atuação”, disse. O evento contou com grandes nomes da Nutrição Clínica do Brasil, e de outros países da América do

Sul, Canadá, Estados Unidos e Europa. O médico concluiu que a equipe do hospital apresenta bons resultados, se comparado com os outros que também estiveram no evento. “Fico muito feliz em dizer que ouvindo as palestras e experiências, posso falar com segurança que aqui no Hospital do Câncer de Muriaé, nós da equipe multidisciplinar de terapia nutricional, estamos realizando um trabalho de qualidade e de ponta”. O artigo pode ser acessado no site www.fcv.org.br na categoria imprensa.

Humanização

Tecnologia aliada ao bem estar É muito importante para o bem-estar do paciente, que faz o tratamento de radioterapia, receber a dose terapêutica correta de radiação no local do tumor, poupando os órgãos sadios. Pensando nisso, desde outubro que o Hospital do Câncer de Muriaé tem realizado constantes investimentos no serviço de Radioterapia. A equipe passou a contar com mais uma tecnologia; um sistema de varredura de feixe de radiação 3D, conhecido como Blue Phantom. Com este equipamento os físicos médicos podem disponibilizar um tratamento mais preciso aos pacientes, proporcionando uma melhor qualidade ao tratamento com um equipamento que consegue monitorar com alta precisão, as doses de radiação. Segundo o físico médico, Dr Marcelo Saraiva, este é mais um diferencial do hospital, que possui um equipamento que está presente em menos de 10 serviços de radioterapia em todo o Brasil.

6

Rafael, Dr. Marcelo Saraiva e Dr.Fábio Juliasz,


Humanização

Humanização Humanizaçãoque quefaz fazaadiferença diferença

A cada convite o Hospital do Câncer de Muriaé percebe o reflexo do serviço prestado. Desta vez, uma das coordenadoras do Grupo de Trabalho de Humanização

da instituição, Rose Duarte, esteve em Guanhães, a mais de 400 quilômetros de Muriaé, para levar conhecimento e apresentar os resultados alcançados pelo setor . O convite surgiu em razão da comemoração ao Dia Nacional da Humanização, celebrado no dia 29 de novembro. O Hospital Regional Imaculada Conceição, convidou a colaboradora para palestrar sobre o “Atendimento Humanizado e Trabalho Voluntário”. Além das discussões e palestra, o evento também marcou o início do trabalho voluntário do Hospital. O envolvimento dos colaboradores, diretoria e corpo clínico em prol da humanização surpreendeu aos presentes. “Eles puderam perceber que com o empenho de todos ao trabalho humanizado traz inúmeros benefícios principalmente para o paciente, que tem a certeza de receber um tratamento digno”.

Trabalho do NAP é apresentado no II Congresso Brasileiro de Cuidados Paliativos O trabalho “III Humaniza Fundação para cuidados paliativos”, foi selecionado para ser apresentado durante no II Congresso Brasileiro de Cuidados Paliativos, que ocorreu de 3 a 5 de novembro em São Paulo. O coordenador do Núcleo de Assistência Paliativa (NAP), Dr. Fabrício Rezende, esteve presente com sua equipe e falou sobre o projeto que reuniu mais de 400 colaboradores do Hospital do Câncer de Muriaé, da Fundação Cristiano Varella, durante os dias 25 a 28 de outubro. Entender o que o paciente terminal de câncer está sentindo, saber lidar com a família e ser profissional são algumas das questões discutidas com seriedade e bastante emoção. O projeto consta na exibição do filme “Uma Prova de amor” para sensibilizar quanto ao tema abordado. O filme conta a história da

dor de uma família em que uma pessoa é diagnosticada com câncer (leucemia). Após a exibição, o Dr Fabrício pontuou algumas características dos personagens: família, médicos e enfermeiros, dando oportunidade para os participantes discutirem suas impressões frente ao filme e suas experiências dentro da instituição. De acordo com o Dr. Fabrício, o objetivo era a reflexão do valor da vida, a empatia, a terminalidade, o luto e o apoio à família e ao profissional de assistência à saúde.

7


Campanhas de Prevenção Conscientização ultrapassando barreiras. Muito mais que oferecer o melhor tratamento, o combate ao câncer também acontece através da prevenção. Durante o ano de 2011 as Campanhas de Prevenção do Câncer, do Hospital do Câncer de Muriaé, prosseguiram a todo vapor, superando as metas. Em relação ao ano de 2010 houve um crescimento de 83,25%. Ao todo foram realizadas 48 campanhas, em mais de 36 cidades da região e do norte fluminense. Também foram realizadas parcerias com empresas privadas, algumas delas de renome nacional. Ao todo, mais de 7 mil pessoas foram beneficiadas com as informações e exames disponíveis nas campanhas. “A desinformação é facilmente percebida em nossa população”, afirma Dr. Fabrício Resende, médico coordenador técnico das Campanhas de Prevenção do Câncer. Para ele a ação é muito importante, pois faz as pessoas pensarem no câncer e tentar reduzir o

estigma da doença. “Com a participação na Campanha as pessoas entendem que podem mudar alguns hábitos de vida e, assim, reduzir o risco da doença. Além disso reforçamos a necessidade de se fazer exames para tentar identificá-la logo no início, momento em que há maiores chances de cura”. Para 2012 há uma expectativa maior, pois segundo a responsável pela organização da Campanha de Prevenção do Câncer, Talita Bianquini Fumian, as secretarias municipais de saúde estão mais cientes sobre a importância desta parceria, visto que as campanhas têm diagnosticado pacientes através dos exames que são oferecidos gratuitamente a população. Os interessados na campanha de prevenção do Hospital do Câncer de Muriaé podem entrar em contato pelo telefone (32) 36729 7062 ou enviar um email para tfumian@fcv.org.br. Visite o blog da campanha http://www.fcv.org.br/site/campanha

8


Informe - Hospital do Câncer de Muriaé