Issuu on Google+

SFWJTUB J

bebê "OP*ŔOvŔ3 ŔSFWJTUBNFVCFCFDPNCS

#BSSJOIB 'BTIJPO

Grifes infantis lançam coleção Primavera/Verão

AMAMENTAĂ‡ĂƒO Especialista tira todas as dĂşvidas

Bahia

Saulo Fernandes Fala sobre a paternidade

Galinha

pintadinha Este E t pode d ser um ste m Ăłtimo tema para a festa do seu ďŹ lho

VIDA DO V CASAL O que q muda com a chegada c do bebĂŞ

criança Brincadeiras de

E mais...

Elas inuenciam diretamente no desenvolvimento e aprendizado revista Meu Bebê

1

Nutrição e saúde • Educação • Família • Decoração


2

revista Meu BebĂŞ


revista Meu BebĂŞ

3


TRANSFORME UM.0.&/50 ESPECIAL EM&5&3/0 4

revista Meu Bebê


130.0ÂŹĂ 0 BOOK FOTOGRĂ FICO $%$0.50 %"4"4'0 504 1Ă°45&3 9$.

1SPNP¡¾P Fechando um Book Modelo Panorâmico, você ganha todas as fotos da sessão fotogråfica mais um pôster 50x70cm. Para adquirir informe no dia da sessão o código: 3FWJTUB.FV#FCº

1SÂşNJP t$%DPNBTGPUPTFNCBJYBSFTPMV¡¾P TFNUSBtamento de imagem e com marca do estĂşdio. t1ĂƒTUFSTFNNPMEVSB 1SB[P QBSB SFBMJ[B¡¾P EB TFTTÂľP GPUPHSÂąGJDB EFEF[FNCSPEF²EFGFWFSFJSP EF.

4IPQQJOH*UBJHBSB Â?QJTPt5FM GBDFCPPLDPNFTUVEJPNPNFOUPT revista Meu BebĂŞ

5


6

revista Meu BebĂŞ


revista Meu BebĂŞ

7


Sumário

Nutrição e saúde 24 •

Vitamina do sol • A vitami-

Festa 62

• Abelha A Bellinha • Saiba

74

• Amamentação • Especia-

na D combate o enfraquecimento

como foi a festa de 2 anos da

lista dá dicas especiais para que

dos ossos, previne o raquitismo e

Bella, filha do Cantor Adelmo

esse momento seja recheado de

atua no sistema imunológico

Casé e da Jornalista Silmara Mi-

boas recordações

26

randa

76 • Gravidez Tardia • O gineco-

64

• Galinha Pintadinha • Este

logista e obstetra Luiz Machado

sérias para seu bebê. A solução?

pode ser um ótimo tema para os

fala dos riscos e desafios de uma

A prevenção!

aniversários infantis

gravidez em idade avançada

66

• Xô gripe! • Ela chega de

fininho e pode ter complicações

Capa

• Clic! • Confira os truques

80 • Caiu? Machucou? • Saiba o

de um profissional especializado

que fazer quando a criança cai e

28

e consiga as melhores fotos do

sofre um trauma no dente

• Brincadeira é coisa séria! •

O brincar não significa apenas re-

seu pimpolho!

creação. As brincadeiras influenciam diretamente no desenvolvimento e aprendizado da criança

Decoração

Educação 72

• Uma missão para os pais •

Colunista dá dicas de como explicar para crianças valores funda-

34 • Quarto de gêmeos? • Inspire-

mentais como a ética e a hones-

se em um lindo quartinho feito com

tidade

amor em dose dupla

Família 38

34

Uma vida a três • Pais,

amantes, amigos e parceiros. Saiba como ter o equilíbrio necessário para manter a vida de casal após o nascimento do bebê

Moda 42

• Barrinha Fashion • A 13ª

Edição do evento de moda infantil do Shopping Barra apresenta a coleção Primavera/Verão 2014

Meu bebê 54

• Muita calma nessa hora! •

Apesar dos primeiros dias com o bebê não serem fáceis, com dedicação, cuidado e informação, a mamãe saberá tirar isso de letra.

8

Mamãe

revista Meu Bebê

66

74


revista Meu BebĂŞ

9


Editorial

Tempo de comemorar!

É

Edição 03 | Ano I

2013

com muita emoção que lançamos a terceira edição, a última de 2013. Foi um ano muito especial para nós, pois foi o nas-

cimento de um sonho: a união do "amor de mãe" com a "vontade de fazer uma revista"! Os dois dão muito trabalho, mas, quando amamos o que fazemos, conseguimos enfrentar todas as dificuldades. Depois é só aproveitar a vitória e o sucesso! Em comemoração à nova edição de final de ano, apresentamos um projeto gráfico mais clean. Costumo dizer que o projeto editorial (o conceito da revista e

seu conteúdo) é a engenharia e a parte gráfica é a arquitetura. Sempre penso em olhar para o futuro e buscar a transformação; por isso, em tão pouco tempo, estamos com um design mais moderno e inovador. Para esta edição especial, abordamos na matéria de capa a importância do brincar na infância. Quais os brinquedos adequados para o desenvolvimento dos pequenos? O ambiente influencia no aprendizado diário? E como deve ser a participação dos pais e dos demais membros da família dentro desse contexto? Para responder a essas e outras perguntas, especialistas em educação e psicologia infantil explicam as particularidades do brincar em todas as idades. Passeando pelas outras páginas da revista, você vai encontrar matérias sobre os primeiros cuidados com o bebê, o que muda na vida do casal com a chegada do filho, um lindo editorial de moda sobre as tendências de verão, uma entrevista sobre como transformar a amamentação em um momento prazeroso, dicas de como decorar o quartinho do seu filho, os temas mais desejados pelas crianças quando o assunto é aniversário, e muito mais. Fico muito feliz em pensar cada detalhe, cada pauta e cada fotografia, juntamente com a minha equipe (sem ela nada existiria!), e ver o excelente resultado nas páginas da revista Meu Bebê Bahia. Um beijo e boa leitura!

www.revistameubebe.com.br 71 3272-5287 • 2626-5247 REDAÇÃO Diretora de Redação Yêda Nunes – DRT/BA 4344 yeda@revistameube.com.br Coordenadora de Redação Silmara Miranda – DRT/BA 4059 silmara@revistameubebe.com.br Repórter Debora Melo debora@revistameubebe.com.br Estagiária de Redação Mariana Supertramp fernanda@revistameubebe.com.br Projeto Editorial • Design Ailson Rolemberg Assistente de Arte Everton Souza Fotografia Cláudio Colavolpe e Momentos Estúdio Revisão Carlos Amorim jcbdeamorim@yahoo.com.br Atendimento Mercês Rodrigues contato@revistameubebe.com.br

COMERCIAL Diretora Comercial Silmara Miranda Coordenadora Comercial Yêda Nunes Executivos de conta Renato Araújo Andreia Ribeiro comercial@revistameubebe.com.br Administrativo/Financeiro Angélica Nunes financeiro@revistameubebe.com.br Colaboraram nessa edição Dra. Maria Fernanda Aranha, Thiala Duarte, Cinthia Garcia, Tiago Velame, Cláudio Colavolpe, Lívia Teixeira, Regina Carvalho, Leandro Maia

Yêda Nunes • Diretora de Redação

Anuncie na revista Meu Bebê Bahia comercial@revistameubebe.com.br

10

revista Meu Bebê


revista Meu BebĂŞ

11


Dicas baby Roupa Tecidos leves ajudam a pele a respirar. Camisetinhas e shorts são bem-vindos. Leve sempre uma segunda peça de roupa para trocar depois do banho. Manter a criança seca, o máximo de tempo possível, é essencial para evitar o aparecimento de bactérias próprias da estação.

Alimentação Atenção mamãe! Cuidado redobrado no armazenamento do alimento. Alguns estragam facilmente quando expostos à alta temperatura. Ofereça comidas saudáveis, como frutas e sanduíches leves. Nada de comidas de difícil digestão. Acarajé, caruru e vatapá nem pensar!

Hidratação Os dias quentes exigem um aumento no consumo de

A estação mais quente do ano está chegando? Roupas leves, proteção solar e hidratação para os pequenos

água. Crianças entre 1 e 3 anos devem consumir cerca de um a três litros de líquidos por dia. Por outro lado, crianças entre 4 e 8 anos precisam de um a sete litros diários. A boa hidratação é fundamental para o equilíbrio da temperatura e desempenho adequado de todas

C

riança adora brincar na água. No clima quen-

as funções do organismo. Lembre-se: a sede é o primei-

te, essa é uma ótima opção de diversão, mas

ro sintoma da desidratação.

exige cuidados. A exposição solar em excesso pode causar insolação. Fungos e alergias

A hora da diversão

ganham ainda mais espaço nessa época. Seja na praia

Atenção pais! Fiquem de olho nas crianças. Além de elas

ou na piscina, atenção redobrada!

poderem se perder em uma praia ou piscina lotada, há também o perigo de afogamento. Os bebês que já sen-

Proteção

tam podem se divertir em uma piscina inflável embaixo de um sombreiro. Não esqueça o baldinho e outros brin-

O cuidado começa antes de sair de casa. O protetor

quedos de areia. Seu filho vai amar! Para os maiores, bolas,

solar é fundamental para proteger a pele sensível das

raquetes e, claro, a presença de vocês na brincadeira.

crianças. Atenção aos fatores: o mais indicado é acima de 30Fps, e deve ser reaplicado a cada uma hora

» Palavra da dermatologista

ou a cada mergulho. Bebês abaixo de 6 meses não

“Ir à praia ou piscina somente até às 9 horas e após às

devem usar fator de proteção, pois podem desenvol-

16 horas. Não esqueça o protetor solar! Ofereça, prefe-

ver alergia. Acima dessa idade há protetores especiais

rencialmente, alimentos naturais cozidos no dia. Evite

para cada fase (baby ou kids). Viseira ou boné também

os industrializados, mas se for usar sempre olhe a data

ajudam a bloquear os raios solares na cabeça dos pe-

de fabricação e validade. Nos casos de insolação ou

quenos. Ah! E não esqueça das cangas ou esteiras para

diarreia o aconselhável é banho com água fria, creme

que eles sentem ao brincarem na areia. Pronto! O kit

hidratante e ingestão de bastante líquido: Tratamento

verão do seu pimpolho está pronto para os momentos

de Reidratação Oral (TRO)”.

de grande diversão!

Drª Regina Carvalho (CRM 1576) é especialista em dermatologia infantil e professora da Universidade Federal da Bahia (UFBa).

12

revista Meu Bebê


revista rev vista ist sta Me s Meu M u Be BebĂŞ b bĂŞ

13 3


Dicas baby

Delícia refrescante no verão

Como preparar: Bata todos os ingredientes no liquidificador, coe e ofereça à criança com pedras de gelo.

Informações nutricionais O ferro do espinafre, da folha da couve e da beterraba é imprescindível, já que a deficiência do mineral retarda o desenvolvimento físico e mental das crianças. Essa pode ser uma das razões que explica a preguiça, a prostração e o mau desempenho escolar da criança. A vitamina C do maracujá auxilia na absorção do ferro que está presente no espinafre, na couve e na beterraba, além de fortalecer o sistema imunológico. O betacaroteno da cenoura favorece a saúde dos olhos. Transformado em vitamina A no organismo, reconstitui

Que tal aproveitar a estação mais quente do ano para variar nas receitas saborosas e nutritivas de sucos? Confira essa receita saborosa que vai fazer sucesso entre a criançada

pigmentos na retina responsáveis pela visão, sentido especialmente importante na vida escolar das crianças. O licopeno da beterraba confere ao suco uma cor vermelha intensa, tornando o suco mais atrativo para a criançada.

Por Debora Melo

“Nossos pimpolhos, em fase de crescimento, precisam de mais alimentos nutritivos em proporção a seu peso do que os adultos. As frutas e verduras são fontes importantes de vitaminas e minerais, mas quem é mãe

Dicas importantes para aumentar a aceitação dos sucos • Prepare um suco gostoso! Ser rico nutricionalmente não significa não ter sabor agradável;

sabe: fazer uma criança comer determinados alimentos pode ser uma verdadeira guerra! Uma boa forma para driblar a rejeição e aumentar a oferta de nutrientes importantes é oferecer sucos ricos e coloridos.”

• Você não precisa anunciar em voz alta que o suco é de beterraba. Dessa forma, a reação imediata pode ser a rejeição. Intitule os sucos pelas cores: o suco vermelho, o suco verdinho... ou

Thiala Duarte, nutricionista clínica especializada em Nutrição Clínica pela Universidade Gama Filho.

pode até inventar nomes. Use sua criatividade!; • Às vezes uma associação com os personagens

Suco “Coração de mãe”

infantis com os quais a criança se identifica ajuda, como, por exemplo, o suco vermelho da Bela

Ingredientes:

Adormecida, o suco verdinho do Ben Dez...;

• 6 folhas de espinafre;

• Utilize copos coloridos, aqueles que sua criança

• 1 folha de couve sem o talo;

adora! Canudos são boas opções também.

• 1/2 beterraba crua pequena; • 1 copo de suco de maracujá; • 1/2 cenoura crua pequena; • 2 colheres de chá de açúcar Demerara.

14

revista Meu Bebê

» Mais dicas e receitinhas gostosas em www.thialaduarte.com


revista Meu BebĂŞ

15


Entrevista

“Ter filho é a melhor fase da vida!” Cantor, compositor, poeta e pai. É assim que podemos definir o artista baiano Saulo Fernandes, 36 anos, pai de três meninos. Mesmo com uma agenda cheia de compromissos profissionais, ele sempre encontra tempo para encher de beijos os filhos João Lucas (15), Pedro (2) e o pequeno Saulo (3 meses) Por Debora Melo

"Paternidade é tudo o que sempre sonhei"

» Nós conhecemos um pouco do Saulo artista, mas como é o Saulo pai? Eu acho que a paternidade é o que eu exerço de melhor na minha vida, o que eu gosto mais. O Saulo pai é melhor do que o Saulo cantor. A chegada de Saulo, seu terceiro filho, veio em um momento muito importante de transição de sua carreira. Como você enxerga isso? Ele chegou no momento certo. Vou enfrentar dragões

Saulo e o filho mais velho, João Lucas

e é necessário que eu tenha um anjinho para me salvar das coisas. Ser pai é... A melhor fase da vida. É a fase em que você fica mais puro, mais limpo. Independentemente de ser o terceiro, é sempre uma delícia, uma maravilha. É evolutivo. Paternidade é tudo o que sempre sonhei. E como é ser pai só de meninos? Acredito no amor acima de qualquer coisa, então estou feliz. Acho que eu sou pai de menino mesmo, mas sou do curso das coisas, o que acontecer está valendo.

16

revista Meu Bebê


revista Meu BebĂŞ

17


Anota aí

Tudo para o bebê em um só lugar!

Faça do seu evento um dia inesquecível

Quando o assunto é

Traduzir sonhos em pro-

conforto e bem-estar

dutos exclusivos, sofis-

do recém-nascido, a

ticados e delicados é

Teka Baby é uma das

o objetivo da Kifofura

lojas de maior refe-

Eventos. Criada pelas

rência no mercado

sócias Nadja Jatobá e

infantil para enxo-

Lis Grassi, a empresa é

vais e decoração.

especializada em per-

São mais de 200 produtos, do moderno ao clássico, com a

sonalização de festas, lembrancinhas, convite e guloseimas

qualidade, segurança e sofisticação de quem trabalha com

desde 2012. Para qualquer tipo de evento, como chá de fral-

sonhos. Desde 1989 que a empresa tem como diferencial

da, chá de cozinha, aniversários infantis e adultos, corporati-

a fabricação própria de produtos, como berços, carrinhos,

vo e até casamentos, a Kifofura oferece uma linha completa

cadeirinhas e os mais diversos kits para bebês. Teka Baby,

de produtos com personalização exclusiva e de alto nível,

25 anos fabricando o melhor para seu bebê.

para que os momentos importantes se tornem inesquecíveis.

Rua Praia de Itapoan – Vilas do Atlantico www.tekababy.com.br Tel.: 71 3379-4416

Proteção e segurança para sua família

Alameda das Algarobas, Ed. Meditârreneo Center – Caminho das Árvores Tel:. 71 3272-9702 Cel:. 71 9277-0773 kifofuraeventos.com.br. contato@kifofuraeventos.com.br www.facebook.com/kifofuraeventos

Sabor de amor!

A segurança do seu

Nada melhor do que de-

bebê está em pri-

gustar algo feito com

meiro lugar! Para

amor! E essa é a pro-

isso existem empre-

posta da Doce Chic, em-

sas especializadas,

presa especializada em

como a J Redes de

sequilhos e biscoitos ar-

Proteção, que ven-

tesanais. Com o slogan

de e instala redes

“Amor em pote e amor

de proteção em varandas, janelas e piscinas. A empresa

em caixa”, a mestre-cuca, Giovana Bandeira, arrasa na fabri-

utiliza material de primeira qualidade, como redes de seda

cação das guloseimas usando como matéria-prima sempre

poliamida nas cores branca ou preta e ganchos de ferro

o melhores materiais, como leite condensado, ovomaltine,

galvanizado ou aço inoxidável. “Fazemos um orçamento

chocolate com avelã e nozes, recheados com limão, bauni-

sem compromisso, damos garantia de cinco anos e facili-

lha e muito mais. Os clientes podem optar por embalagens

tamos o pagamento”, garante Jorge Roberto, proprietário

personalizadas para aniversários, batizados, casamentos e

da empresa.

comemorações diversas. Um delicioso sucesso!

Tels.: 71 3271-2769 / 9979-4935

18

revista Meu Bebê

facebook.com/GiovanaBandeiraDoceChic Instagran: giovana_bandeiradocechicala Tel.: 71 9212-7133


Pequenos, mas estilosos!

Hidrolipo: a lipo sem cirurgia. Exclusividade Magrass!

Dizem que quando temos um bebê

Para combater a gordura loca-

acontece um click em nossas vidas,

lizada, um dos procedimentos

o nosso modo de agir muda com-

mais procurados é a hidrolipo,

pletamente. E quando, de repente,

que consiste na aplicação de

(Ops!) o bebê chega antes do tem-

soro fisiológico nas células de

po. A Ops! Cheguei, nasceu desse

gordura. As células são que-

click. Criada para atender crianças

bradas por meio de um equi-

prematuras até 3 anos, a loja é a

pamento de ultrassom e a eli-

resposta da necessidade de muitas

minação da gordura é feita pelo

mamães. Nela os clientes encontram as atuais tendências da

metabolismo do corpo ou pela urina. Os resultados são se-

moda para meninos e meninas, além de itens de enxoval, sa-

melhantes aos obtidos por uma lipoaspiração, mas sem ne-

ídas de maternidade, sapatinhos de tricô, faixas e tiaras para

cessidade de corte e com custo efetivo excelente! A clínica

dar ainda mais charme para a infância. Peças de bom gosto

Magrass faz esse tratamento e sua avaliação e orientação

que aliam conforto, qualidade e estilo. Tudo feito com muito

iniciais são gratuitas.

amor e dedicação. Que tal uma visita?

Rua da Paz, n° 187, Loja 103, Shopping Graça Master – Graça www.facebook.com/opscheguei Tel.: 71 3179-4002

Rua Afonso Celso, nº 164 – Barra www.magrass.com.br Tel.: 71 3017-6577

revista Meu Bebê

19


Click

Mural Meu Bebê

Pietra • 1 ano e 5 meses filha de Danielle e Alexandre

Registrar os momentos especiais com nosso filho é maravilhoso. Compartilhe esse momento com a revista Meu Bebê e envie para nós lindas fotos dos seus pequenos. Todo mês selecionamos novas fotos para publicar no nosso mural.

Gustavo • 10 meses, filho de Laise e Cícero

José • 3 anos, filho de Janaina e Vitoriano

Felipe • 1 ano, Mariana, 1 ano e 4meses,

filho de Elaine e Próculo

filha de Jéssica e Hélder

João Gabriel • 2 anos e 3 meses, filho de Sherlinne e João Paulo

João Pedro, 1 ano e 5 meses, filho de Priscila e Diogo » Para ver seu filho aqui, envie uma foto para Maria Clara • 2 anos, filha de Lisa e Fabiano

20

revista Meu Bebê

contato@revistameubebe.com.br


revista Meu BebĂŞ

21


Nutrição e saúde

O melhor amigo do seu filho: O Pediatra

Acompanhando a nova medicina, que tem um propósito multidisciplinar, a clínica Cemib oferece especialistas de várias áreas da medicina infantil, fazendo diagnósticos mais precisos e oferecendo mais segurança para os pais

22

revista Meu Bebê


V

isitas periódicas ao pediatra são necessárias para o desenvolvimento saudável do bebê.

Equipe médica

Ao nascer, ele é primeiramente atendido por

A clínica Cemib tem especialistas em várias áreas da me-

um neonatologista até os 29 dias de vida.

dicina infantil, como gastropediatria, cardiologia, endocri-

Depois se faz um acompanhamento mensal até um ano

nologia, dermatologia, pneumologia, fisioterapia, nutrólo-

e trimestral até dois anos. Todo esse monitoramento

ga, psicologia e cirurgia pediátrica, pois com isso existe a

deve ser feito não só de forma curativa, mas também de

possibilidade de diagnósticos mais precisos, oferecendo

forma preventiva. De acordo com a pediatra e sócia-di-

mais segurança para os pais. Dessa forma, a criança faz a

retora da Clínica Especializada Materno Infantil da Bahia

prevenção nas consultas periódicas e, caso necessite, terá

(Cemib), Dra. Rita Mira de Oliveira, a nova medicina tem

tratamentos adequados para cada tipo de necessidade.

um propósito multidisciplinar, seguindo o padrão da

Tudo isso em um só lugar. “Há espaço para atendimentos

Organização Mundial de Saúde (OMS), e esse processo

clínicos, fisioterapia, ecocardiograma próprio para diag-

compreende o atendimento da criança, desde recém-

nosticar cardiopatia em crianças, além da realização de

nascida, que é a puericultura, até os 18 anos.

testes alérgicos”, explica Dra. Rita.

A clínica Da necessidade de um acompanhamento médico mais preciso e humano nasceu a Cemib em 10 de junho de 2011. Idealizada pelas sócias Dra. Niele Gonzaga (cirurgiã pediatra), Dra. Juliana (pneumopediatra) e Dra. Rita Mira (pediatra clínica), que acreditam que, desde o nascimento, os pais devem não só acompanhar o cresci-

Hoje a Cemib conta com um corpo clínico formado por 18 profissionais e a capacidade da clínica é de 90 crianças por dia. De janeiro de 2013 até o presente momento já foram feitos 3.709 atendimentos, como pediatria 2.039, pneumologia 641, cardiologia 427, hematologia 265 e 337 distribuídos nas demais especialidades.

Ação social

mento saudável da criança como também serem orien-

A diretoria da clínica estuda, já há algum tempo, formas

tados em um quadro global de desenvolvimento social,

de levar a medicina preventiva para cidades do interior da

psicológico e afetivo do seu filho. “Esse é o papel do

Bahia. “Desde 2011, desenvolvemos ações com uma média

pediatra!”, afirma Dra. Rita.

de 300 atendimentos só no primeiro semestre. Em 2012, foram cerca de 2.000 crianças”, revela a médica. Hoje as sócias já pensam em ampliar fisicamente a Cemib e participar mais ativamente de ações sociais, em parcerias com as prefeituras, associações de bairros e escolas públicas, a exemplo da ação realizada na clínica no Dia das Crianças. Foram atendidas gratuitamente cerca de 100 crianças, que levaram medicamentos e brinquedos para casa.

Na filosofia da clínica, também dentro dessa ideia, o médico deve conhecer pai e mãe. Para Dra. Rita Mira, isso é indispensável ao processo de orientação de vida da criança. “Muitas doenças que a criança desenvolve são fruto do meio. Às vezes, em uma avaliação clínica, os sintomas de alguma doença podem ser descobertos através do corpo da criança ou estado psíquico. A verdade é que eu e todo pediatra tem de ser um bom psicólogo familiar”, diz.

Clínica de Pediatria

End.: Rua Teixeira de Barros, nº 77 – Pq Bela Vista de Brotas E-mail: atendimentocemib@yahoo.com.br Tels.: 71 3271-2818/3015-2483 revista Meu Bebê

23


Nutrição e saúde

Que tal um pouquinho de sol? Mais conhecida como a “vitamina do sol”, a vitamina D combate o enfraquecimento dos ossos, previne o raquitismo e atua no sistema imunológico do seu filho Por Debora Melo

2 24

revista re vista Meu Me e Bebê eu B bê


A

comunidade médica é unânime em afirmar a importância do uso exclusivo do leite ma-

A “vitamina do sol”

terno nos primeiros 6 meses de vida dos bebês. Nele existem todos os nutrientes

adequados à vida dos pequenos, como carboidratos, proteínas, gorduras, água e vitaminas, entre elas a vitamina D. Em recente pesquisa feita pela Utrecht University Medical Center, na Holanda, esta vitamina se revelou indispensável também no desenvolvimento do sistema imunológico da criança.

Através do leite materno, o recém-nascido recebe a grande maioria de vitamina D. Ela fica inativa até ser sintetizada pela luz do sol, por isso as mães precisam consumi-la durante toda a gravidez. “A exposição direta da pele à luz solar é o meio biológico normal mais comum e mais importante para atingir níveis suficientes de vitamina D”, diz Dra. Alena Barreto. A energia dos raios solares (UVB) promove a absorção do cálcio e do fósforo, fortalecendo também o sistema intestinal.

O banho do astro-rei A partir do 15° dia de vida, o bebê já pode tomar banhos de sol de 5 a 10 minutos pela manhã (até às 10 horas) ou de tardezinha (após às 16 horas). Com uma roupa fina ou somente de fralda, a recomendação é que se exponha apenas o corpo e se proteja o rosto. O tempo de exposição pode ir aumentando gradativamente com o passar do tempo. Até os 6 meses, o uso do protetor solar não é necessário, pois pode causar irritações e alergias.

Vitamina D adicional “Sua principal função é manter a homeostase (equilíbrio) do cálcio e do fósforo, promovendo a calcifi-

“A necessidade diária da criança no 1º ano de vida é de

cação adequada dos ossos em desenvolvimento, par-

400 IU de vitamina D. Bebês amamentados necessitam

ticularmente em recém-nascidos”, afirma a pediatra

de exposição solar adequada ou suplementação para

Alena Barreto Jardim, especialista em neonatologia.

manter níveis desejados dessa vitamina”, explica a es-

Além de contribuir para o desenvolvimento ósseo, for-

pecialista. Alguns estudos revelam que o leite humano

mando uma estrutura forte e saudável, a vitamina D

tem entre 5 a 136 IU/L de vitamina D. A Sociedade de

também ajuda a prevenir doenças cardíacas, diabetes,

Pediatria Brasileira (SPB) alerta que muitas vezes essa

artrite reumatoide, esclerose múltipla e algumas for-

quantidade pode não ser suficiente, daí a necessidade

mas de cancro.

do uso direto da substância em forma líquida, principalmente de 0 a 2 meses, período em que os bebês têm um crescimento mais rápido. O medicamento deve ser ministrado somente sob orientação médica e sem outros complexos multivitamínicos adicionais.

revista Meu Bebê

25


Nutrição e saúde

Xôgripe! Chega de atchim! Ela chega de fininho e pode ter complicações sérias para seu bebê. A solução? A prevenção! No Centro de Vacinas Louis Pasteur, vacinar é mais do que um serviço, é um ato de amizade e carinho

26 2 6

rrev revista ev e vis ist ist sta Me Meu Be Meu B Bebê eb bê ê


O

vírus da gripe se propaga, principalmente, através de gotículas de saliva em tosses ou espirros de pessoas infectadas. Outra forma de transmissão se dá ao to-

car alguma superfície ou objeto manuseado, anteriormente, por alguém que esteja contaminado. Para evitar esse tipo de contaminação, o recomendado é que bebês a partir de 6 meses, pessoas com mais de 60 anos e gestantes a partir do 3º mês se previnam. Uma boa recomendação, para a realização desse serviço, é o Centro de Vacinas Louis Pasteur, que é especializado

Como ela age no organismo? A vacina é, comprovadamente, o meio mais eficaz de prevenção da infecção gripal e das suas complicações, com a vantagem de não implicar riscos, pois é produzida a partir de vírus inativados. A quantidade máxima de anticorpos é atingida após um a dois meses da vacinação, daí a razão de a vacina ser aplicada no outono, entre os meses de abril e maio. Sua ação imunitária dura 12 meses. A fim de garantir sua eficácia, a composição da vacina contra a gripe é atualizada a cada ano, de acordo com os vírus circulantes.

em atender toda a família, proporcionando conforto, bom atendimento e, claro, um acompanhamento diferenciado do bebê ao vovô.

Centro de Vacinas Louis Pasteur

Os perigos da gripe

» Os critérios de vacinação adotados são basea-

A doença se inicia com febre alta, em geral acima de

dos nas recomendações do Programa de Imuni-

38º C, seguida de dor muscular, dor de cabeça e tos-

zação da Organização Mundial de Saúde, no Pro-

se seca. As complicações podem incluir pneumonia

grama Nacional de Imunizações e da Academia

bacteriana, otite, sinusite, desidratação e agravamen-

Americana de Pediatria. O centro existe desde

to de doenças crônicas, como insuficiência cardíaca,

2015, atendendo também as exigências da Anvisa

asma ou diabetes. “A gripe pode ser evitada através

e da Sociedade Brasileira de Imunização.

da vacinação específica de forma segura. Vacinando,

A capacitação (reciclagem e treinamento) da

existe a proteção contra o vírus Influenza e compli-

equipe médica e demais funcionários é feita regu-

cações da doença, principalmente pneumonias bac-

larmente, buscando o atendimento humanizado e

terianas e secundárias, além de reduzir o risco de

seguro. “A nossa maior meta é a prevenção, aliada

transmissão de gripe para membros familiares, ami-

à qualidade em todos os serviços oferecidos. A sa-

gos, colegas de trabalho e pacientes hospitalizados”,

tisfação e a certeza do bom trabalho é o que nos

explica o pediatra, Dr. Alessandro Ribeiro Lemos.

deixa mais felizes”, afirma a

Quando vacinar?

diretora Patrícia Batista de

A maior circulação dos vírus da gripe ocorre anual-

lembrar que o Louis Pasteur

mente no outono e inverno, épocas em que a aglo-

não é especializado em va-

meração de pessoas em locais fechados facilita a dis-

cinas apenas. Faça uma visi-

seminação da doença. Como a vacina precisa de um

tinha e proteja seu filho.

determinado tempo para estimular o sistema imunoló-

Patrícia Abreu Diretora e responsável técnica

gico e conferir proteção ao vacinado, deve ser ministrada antes dessas estações.

Abreu (Coren 61170). Vale

Responsável técnico: Dr. Mário Henrique Guimarães (Cremeb 12245) Disk Vacina: 71 3113-2171 Shopping Iguatemi • Tel.: 3354-6525 Salvador Shopping • Tel.: 3113-2171 Salvador Norte • Tel.: 3351-1720 Shopping Paralela • Tel.: 3355-0954 Vilas do Atlântico • Tel.: 3289-5492 revista Meu Bebê

27


Capa

Brincando Educando Crescendo

O brincar não significa apenas recreação. É também a forma mais completa que a criança tem de comunicação com o mundo Por Debora Melo

28

revista Meu Bebê


P

ara a criançada não existe nada mais gostoso no mundo do que uma boa brincadeira. E é justamente durante a infância que esse comportamento é estimulado e vivenciado ao má-

ximo, seja através de brinquedos, atividades físicas ou lúdicas em geral. Nas últimas décadas, com o advento da tecnologia, houve uma mudança na forma de se processar “a brincadeira” e suas influências no desenvolvimento da criança. Encontrar a ferramenta certa para provocar esse processo de crescimento físico e mental é a maior tarefa encontrada hoje por pais e educadores. O resultado que se busca é formar crianças mais equilibradas, saudáveis e que consigam administrar todo o seu potencial emocional, social e intelectual.

Fases de desenvolvimento O ato de brincar apresenta particularidades de acordo com a idade e estrutura psicológica de cada criança. Para Jean Piaget, um dos maiores nomes da área do desenvolvimento humano, existem três etapas essenciais que caracterizam as fases de aprendizado dos pequenos. De 0 a 2 anos é o período das descobertas. O bebê começa a ter consciência de partes do seu próprio corpo, o desenvolvimento motor se aprimora através de exercícios no chão e dá-se início à comunicação verbalizada através do balbuciar das palavras. Dos 2 aos 6 anos, a simbologia é essencial e surge em brincadeiras com fantoches, desenhos e jogos. É a partir dessa fase que a criança começa a compreender melhor as coisas e a sociedade em termos gerais. A partir dos 7 anos, as brincadeiras passam

O brinquedo Se existe algo que sempre preocupa os pais é a escolha do brinquedo certo. Nem sempre o mais caro será o melhor. Muitas vezes, o mais barato irá divertir e estimular mais a criança. A especialista em Psicologia e Psicanálise Infantil, Lorena Guimarães Borges, explica bem essa situação. “Brinquedos e produções artísticas infantis estimulam diversos aspectos do desenvolvimento, que possibilitam a estimulação da criatividade”, analisa. 0 a 2 anos • Brinquedos nessa faixa etária devem gerar estímulos variados que ampliem sua relação com o mundo e que trabalhem sua autoimagem. Os indicados são livros interativos, bonecos em tecidos diversos ou que emitem sons, mordedores e brinquedos de puxar. 2 a 4 anos • Devem reproduzir alguma atividade diária. Também precisam proporcionar algum aprendizado para que a criança comece a desenvolver o raciocínio lógico e a linguagem oral. Exemplos: joguinhos de cozinha, quebra-cabeças com partes do corpo, brinquedos de encaixe e jogos de sequência. Também são bem vindos os que estimulam a motricidade, como a bicicleta. 4 a 6 anos • Devem ser desafiadores e estimular a curiosidades. Pintura, dominó, jogos de memória e massinhas são ótimas opções.

a bordar estratégias, regras e experiências, que ajudam a formar o comportamento propriamente dito, sua moral e

Brincar com os adultos pode?

visão do mundo. Sigmund Freud costumava dizer que “a brincadeira também abarca questões psíquicas relaciona-

Os pais podem e devem estar juntos com seus filhos

das à constituição do sujeito e suas implicações”.

durante as brincadeiras. Além de saudável, é um excelente momento de troca de afeto. Durante esse tempo, a criança deve ser estimulada, levando em consideração a idade e a adaptação. São nesses momentos de interação que as habilidades cognitivas/intelectuais, sociais e motoras são reveladas. “O tempo que os pais podem dedicar a seus filhos é a maior garantia de uma infância saudável e feliz, pois o brincar é a melhor forma de os pais conhecerem e educarem seus filhos”, diz a psicóloga. revista Meu Bebê

29


Capa Brincar X Aprender

Perguntando ao Especialista

Associado à aprendizagem, o ato de brincar é motiva-

Revista Meu Bebê: Como você avalia o papel das brinque-

dor de novas habilidades e melhoria de outras já exis-

dotecas hoje em dia? Quais detalhes os pais devem prestar

tentes. Brincar promove descobertas da criança em

mais atenção na hora de optar por este tipo de espaço?

relação a ela mesma e ao mundo. De acordo com a psi-

Dra. Lorena Pinho: As brinquedotecas substituem uma

cóloga Lorena Guimarães, a brincadeira estimula a co-

rotina enfadonha em frente à televisão, aos jogos ele-

municação e a aprendizagem. Por meio dela, a criança

trônicos e à impossibilidade de brincar nas ruas. O que

desenvolve melhor a imagem, o seu esquema corporal

gera a confiança dos pais é que, geralmente, esses lo-

e outras habilidades. “As brincadeiras infantis ativas, ou

cais têm uma equipe multiprofissional composta por

seja, que envolvem atividades físicas, desenvolvem a

monitores, educadores e profissionais especializados,

imaginação e a criatividade, além de contribuírem para

que ocupam o tempo da criança de forma criativa. Con-

o desenvolvimento físico, mental/emocional, cognitivo/

tudo, é importante considerar aspectos como limpeza,

intelectual e social. Elas também são excelentes para o

quadro de profissionais, relação de atividades, tipo de

desenvolvimento psicomotor, pois envolvem equilíbrio,

alimentação e, sobretudo, a satisfação da criança. Al-

destreza e agilidade”, completa.

guns lugares promovem a participação dos pais nas atividades.

A tecnologia na brincadeira

RMB: Por que é tão importante mostrar aos pais a importância das brincadeiras que favorecem a socializa-

A televisão, a internet e os jogos eletrônicos estão cada

ção e utilizam atividades físicas, já que, nos dias atuais,

vez mais acessíveis às crianças, incluindo também o

as crianças estão cada vez mais fissuradas em tablets,

uso de celulares e notebooks, que são, na maior parte

celulares e computadores?

do tempo, utilizados como brinquedos. Para a psicóloga, elas não nascem querendo brincar no computador ou no celular, mas ao verem seus pais usando esses equipamentos (muitas vezes de forma exagerada) seguirão o exemplo deles. Dessa forma, o sedentarismo pode se tornar uma realidade, já que, muitas vezes, há pouca estimulação de movimentos. Porém nem tudo é ruim! “É importante ressaltar que existem jogos virtuais que estimulam habilidades cognitivas, intelectuais e abarcam a imaginação da criança de forma adequada e criativa”, completa a especialista.

Dra. Lorena Pinho: Muitas vezes, estes são artifícios convenientes para os pais, pois mantém a criança concentrada e parada, sem fazer barulho. Diante destes “benefícios”, não se percebe o quanto pode ser prejudicial a criança passar horas no jogo eletrônico, visto que para o seu desenvolvimento intelectual, cognitivo, psicológico e emocional é importante o brincar social, movimentando o corpo, exercitando e desempenhando o seu papel no coletivo. Os jogos vivenciais fornecem uma ilustração de como os valores da vida coletiva são interiorizados pela criança. Isso é possível quando se observa a forma como ela se comporta no jogo e se relaciona com o outro.

Dra Lorena Pinho Pimenta, Psicóloga de Crianças e Adolescentes, além de especialista em Teoria Junguiana e Psicoterapia Corporal, e Coordenadora da Clínica e Centro de Estudos da Infância e Juventude Âmbar.

30

revista Meu Bebê


! r a c n i r b s Vamo

TRAPEZISTA Faixa etária: A partir de 3 anos • R$ 41,90

A

loja Zastras é diferente de qualquer outra loja de brinquedos. Além dos produtos convencionais como CDs, DVDs, jogos, livros e brinquedos, a Zastras é um espaço MONTANHA EDUCATIVA TRADICIONAL Faixa etária: A partir de 3 anos • R$ 65,90

de cultura e arte voltado para a infância e o desenvolvimento a partir do brincar, apresentando assim um conceito inovador de educação infantil. Nela os pais podem encontrar fantoches e brinquedos feitos de madeira, que estimulam os cinco sentidos, a coordenação motora, a habilidade manual, a afetividade, a curiosidade, a criatividade, a linguagem, a socialização e o faz de conta. São brinquedos educativos e pedagógicos, que atendem às mais exigentes normas técnicas do selo In-

LANCHEIRA TÉRMICA PASSARINHO Faixa etária: A partir de 3 anos • R$ 89,90

metro e fazem parte do mundo real da criança, seja nas brincadeiras de culinária, casa, salão de beleza, escola ou escritório. Todos os jogos e demais brinquedos são etiquetados com adesivos exclusivos da loja Zastras,

PATO COM RAMPA Faixa etária: A partir de 3 anos • R$ 55,90

apresentando aos clientes um sumário de habilidades e estímulos que cada um oferece. End. Caminho das Árvores: Alameda dos Umbuzeiros, n° 117 Tels.: 71 3353-0787 / 3353-0889. Blog: www.zastrassalvador.blogspot.com.br m.br End. Shopping Paralela: Av. Luiz Viana Filho, L1. Tel.: 71 3366-2444

Lugar de diversão é aqui! Vamos dar folga para televisão, celular, tablet, ipad, computador e qualquer outro brinquedo eletrônico. É hora de reviver o passado e incentivar as crianças a brincarem com o seu próprio corpo, com brinquedos de madeira, elástico, carrinho, corda, amarelinha, entre outros. Todas essas formas de brincar são pensadas pela Casa da Dinda, sempre com o cunho pedagógico. Com 1.000 metros de espaço, a casa tem área de sobra para a criançada cor-

CASA DE BONECA COM MÓVEIS Faixa etária: A partir de 3 anos • R$ 429,90

rer e se divertir bastante, com instrução de professores e auxiliares. Os meninos adoram a quadra esportiva e as meninas o parquinho ao ar livre, com direito a escorregador, casinha, túnel e cavalinho. Leve seu filho e se divirta com ele! End.: R. Praia da Pituba Qd A 11 – Lotes 4 e 5 – Vilas do Atlântico Tel.: 3491-8903 E-mail: atendimento@casadadindavillas.com.br Site: www.casadadindavillas.com.br

revista Meu Bebê

31


Capa

Lugar de brincadeira é aqui! O espaço Mundo Criança revoluciona o ato de brincar ao fazer do corpo dos baixinhos seu próprio passatempo

e os demais brinquedos convencionais! No

Quem pode participar?

espaço Mundo Criança, localizado na loja

Bebês a partir de 4 meses e crianças de até 11 anos

Zastras, no bairro Caminho das Árvores,

podem se esbaldar com o papai e a mamãe nas brin-

tudo é pensado e feito para que os pequenos possam

cadeiras. Sempre com a presença de profissionais es-

aprender a se divertir e se educar através do seu pró-

pecializados em suas respectivas áreas. “Aqui é o lugar

prio corpo. Como? Através de atividades direcionadas,

onde os pais vêm passear e brincar com seus filhos,

que mexem com a curiosidade, o intelecto e o manual.

estimulando a cumplicidade e o amor dentro e fora de

Com experiência em educação infantil, ensino fun-

casa”, afirma a educadora. As inscrições são limitadas e

damental e educação especial, a pedagoga e autora

podem ser feitas por telefone, Cada proposta tem uma

do projeto, Maria Gabriela Monteiro, uniu-se a adminis-

programação de tempo específica, podendo durar ho-

tradora, Fernanda Rotondano, e a publicitária, Juliana

ras ou turno/período.

A

baixo os celulares, tablets, computadores

Mascarenhas, para a realização de um espaço que contempla comércio, cultura e arte para a infância. No Mundo Criança os cinco sentidos são estimulados em todas as interações. No cineminha (gratuito), acontece a Sessão Pipoca, com veiculação de filmes direcionados e onde também são realizados lançamentos de livros e CDs. Há também dança do ventre com as mamães e bebês, musicalização, jogos, culinária, contação de história, pintura de parede, piquenique e até banho de mangueira! Por causa do sucesso das ofici-

Aula de musicalização com o grupo Canela Fina

nas, o espaço Mundo Criança começou a realizar ani-

A partir do próximo ano, a proposta de cultura e

versários personalizados com atividades educativas e

arte para infância, do Mundo Criança, estará presente

divertidas. “A criança é quem escolhe o tema da festa e

em outros espaços. Em janeiro, por exemplo, terá início

as atividades são planejadas e personalizadas a partir

uma parceria com a clínica Evoluir. “A infância é um dos

de cada escolha”, explica Maria Gabriela.

momentos especiais da vida familiar e individual. Magia, criatividade, movimento, socialização. Com o Projeto Mundo Criança elas têm acesso a tudo isso”, analisa Vanessa Cavalcanti, professora universitária, mãe de Maria Luiza, 8 anos, e Clarissa, 2 anos.

Aniversário com tema Cinderela escolhido pela criança

32

revista Meu Bebê

End.: Al. dos Umbuzeiros, nº 117 – Caminho das Árvores. Tels.: 71 3353-0787 / 3353-0889 Blog: www.zastrassalvador.blogspot.com.br


Aprender, brincar e crescer... Na Zastras seu filho se diverte com os brinquedos educativos, convencionais, de marca própria, artesanais, livros, fantoches, CD’s DVD’s e muito mais! Aqui seu filho aprende brincando!

Alameda dos Umbuzeiros 117 Caminhos das Arvores, Tel 71 3353-0787 Avenida Luís Viana 8544 Shopping Paralela L1, Tel 71 3366-2444 www.zastrassalvador.com.br o www.zastrassalvador.blogspot.com.br

revista Meu Bebê

33


Decoração

Amor em dose

dupla

Decorar o quarto de gêmeos exige criatividade. Para a My Baby Atelier é um prazeroso desafio fazer cada quartinho de forma única e exclusiva Fotos: Estúdio Momentos

Q

uartinhos de bebês são sempre encantadores! Quando planejados para gêmeos, o desafio é adequar o espaço com itens relacionados à segurança, conforto e fun-

cionalidade, sem deixar de lado a beleza e delicadeza que o momento exige. A My Baby Atelier, responsável por enxovais personalizados de altíssimo bom gosto e requinte, garante um ambiente aconchegante para os pequenos e prático para a mamãe, que deve ter tudo à mão na hora das trocas de roupa e mamadas. Simone Medeiros, com a notícia de que seria mãe de gêmeos, optou por um quartinho funcional, com um enxoval elegante e prático.

34

revista Meu Bebê

“Quando Q soube qque estava grávida,, de logo imaginei como gostaria que ficasse o qquarto. Sempre soube qque, independentemente do sexo, não ã queria tons de azul ou rosa. Decidimos, e meu marido, por um quarto mos eu euemeuma branco e bege” brancoebege”


Um cantinho de aventuras

Delicadeza para duas princesinhas

Quando eles nascem, o ideal é deixá-los no mesmo

Um quarto de conto de fadas sempre requer peças

quarto. Tão unidos no útero, é claro que eles vão amar

que dão charme e leveza ao ambiente. Aqui o rosa e

dividir o mesmo cômodo. Os gêmeos Arthur e Daniel

seus tons convivem em harmonia com o branco. Os

certamente concordam com essa ideia! Os berços fo-

berços em estilo provençal se destacam pelo design

ram colocados bem juntinhos, praticamente colados.

elegante e moderno. O kit berço, com estampa floral

A opção por móveis na cor branca e em tons amadei-

em fios de algodão, ressalta a delicadeza do ambiente,

rados nos detalhes provoca um ambiente acolhedor e

e a poltrona de amamentação dá o conforto neces-

facilmente adaptável a mudanças futuras. Quadros e

sário para a mamãe. Os quadros Meninas entre flores

brasões, em forma de escudo com o nome dos bebês,

e as bonecas de tecido foram cuidadosamente feitas

foram confeccionados em MDF pela My Baby Atelier.

pela loja My Baby Atelier. “Eles foram produzidos ar-

Luxo e requinte também nas caixinhas organizadoras

tesanalmente, com a experiência de uma equipe que

de madeira e nos espelhos provençais envelhecidos em

faz tudo com muito carinho de forma única, para cada

dourado, de tamanhos e formatos diferentes, combina-

cliente”, revela Audrey Clark, proprietária da loja. O kit

dos com papel de parede ao fundo.

higiene, requintadíssimo banhado em prata, combina

A personalização também deu um toque especial

com os ursinhos prateados. Um puff com pés de ma-

no quarto dos futuros desbravadores. Bichinhos de pe-

deira torneados, uma almofada decorativa e um por-

lúcia passeiam por todos os cantos, como no berço, nas

ta-retrato, para registrar os lindos momentos ao lado

luminárias e nos detalhes, tudo de uma forma bem deli-

das princesas, dão o toque final de style!

cada. Tudo foi feito com o objetivo de compor um mundo de futuras aventuras para os fofos desbravadores. A delicadeza nos detalhes transparece o carinho com que cada peça foi cuidadosamente produzida.

End.: Av. Brigadeiro Alberto Costa Matos, n° 488 – Loja 04, Lauro de Freitas-BA Tels.: 71 3234-3885 / 3484-6335 Site: www.mybabyatelier.com.br

revista Meu Bebê

35


Decoração

Inovando espaços e ditando tendências Ousadia e muito estilo são os termos adequados para definir o trabalho feito pela arquiteta baiana, Sassá Alves, juntamente com a loja Món Bébé. Criatividade e funcionalidade nota mil! Fotos: Yuji Sogawa

O

que fazer quando se tem um apartamento milimetricamente projetado e decorado e, de repente, você descobre que está

A varanda da casa virou um lindo quartinho de bebe para o Eduardo

grávida? A médica Thaís Dias Gonzalez,

32 anos, e o advogado André F. Lins Rocha, 34 anos,

A vista de antes...

não pensaram em se mudar. Para criar um cômodo a mais na casa a fim de virar um quarto de bebê, a solução encontrada foi utilizar a varanda. Isso mesmo! Pode até parecer estranho, mas foi uma ideia inovadora e ousada. Responsável por tornar esse projeto real, a arquiteta baiana, Sassá Alves, encarou o desafio pensando na funcionalidade do quarto e no conforto da

36

revista Meu Bebê


mãe e do bebê. “Na planta original do apartamento eram três quartos com suítes e duas varandas. Uma das varandas já havia virado home office e a outra uma ampliação da sala. Com a chegada do pequeno Eduardo (hoje com 4 meses de vida) saiu o home office e entrou o quartinho”, explica a arquiteta. Trabalho difícil, já que o espaço estava todo projetado com duas paredes, peitoril com fechamento em vidro e uma divisória em espelho com porta de correr. Mãos à obra! Primeiro, a arquiteta voltou o olhar para os quesitos praticidade e bem-estar, mantendo o conceito de conforto. Foram escolhidas cores neutras, nobres e tecidos aconchegantes com tratamento pelitizado estofados, deram um tom mais sofisticado. Os móveis seguiram uma linha clássica, sempre na cor branca, e o berço ganhou um lindo dossel bordado (usado para apoiar o cortinado) trabalhado com muito requinte. A tecnologia do led no cortinado deu um toque especial de modernidade ao espaço. “Quando projetamos nosso apartamento, há cinco anos, não imaginávamos que nossa família fosse aumentar tão rapidamente. A solução nasceu numa conversa informal com nossa arquiteta. Na oportunidade, ela sugeriu que transformássemos a segunda varanda. Era um grande desafio em razão das dimensões diminuídas do espaço. Hoje, depois de pronto, ficamos muito satisfeitos com o resultado final: um espaço acolhedor e muito funcional, especialmente planejado para (microfibra tecnológica com toque aveludado à prova

nosso pequeno Eduardo.” Thaís Dias Gonzalez, 32 anos,

d’água de secagem rápida e resistente). O papel de pa-

mãe do pequeno príncipe Eduardo.

rede e o arabesco (combinação de formas geométricas, frequentemente, semelhantes às formas de plantas) entraram para completar a beleza e a nobreza do conjunto, dando suavidade à decoração. “Esse projeto inusitado foi uma experiência muito rica e surpreendente para nós. Junto com a arquiteta, projetamos um espaço que proporcionasse funcionalidade com elegância e aconchego”, relata Adriana, proprietária da loja Món Bébé, especializada em enxovais totalmente personalizados, móveis, papel de parede e muitos mimos. O ambiente em cores claras em tons azul, bege e branco ficou clean e moderno, perfeito para um principezinho. Itens como as luminárias, o abajur de mesa e alguns objetos décor, como bichinhos de pelúcia, almofadas e

End.: Alameda Antunes, n ° 13, Barra, Salvador – BA Tel.: 71 3018-4918 Site: www. Monbebesalvador.blogspot.com.br

revista Meu Bebê

37


Família

Uma vida a três O bebê nasceu e todas as atenções estão voltadas para esse novo integrante da família. Mas como fica a relação marido e mulher? As palavras-chave para essa nova fase da vida do casal são diálogo, companheirismo e cumplicidade Por Debora Melo e Silmara Miranda

A

chegada de um bebê traz um sentimento

Uma nova vida

de alegria muito grande para toda a família principalmente para a mamãe e o papai. O relacionamento conjugal vai se reconfigu-

rar e a capacidade de manter simultaneamente o papel de pais, de amantes, de amigos e de parceiros dará o equilíbrio necessário para manter a vida de casal. Lembre-se: um relacionamento com amor, amizade e respeito é importante para o crescimento sadio da criança.

Após o nascimento do bebê, o homem pode se sentir excluído e abandonado pela mulher, e, por outro lado, a mamãe também pode se sentir insegura com as mudanças físicas e emocionais. Algumas pesquisas apontam que alterações no nível de estrógeno após o parto também podem provocar alterações no humor e no bem-estar da mulher. Isso significa que ela pode ir do riso às lágrimas em segundos! Muitas vezes os homens não entendem essa mudança tão repentina. Para a psicoterapeuta Lígia Almeida, a forma como as dificuldades serão conduzidas é o que determinará o sucesso ou o fracasso da relação do casal. É importante que a mulher fale dos seus sentimentos, das suas dúvidas, das suas incertezas e medos.

38

revista Meu Bebê


Diálogo é preciso Depois que o bebê chegou em casa, ficou praticamente impossível tomar aquele banho demorado, ler um livro, tomar um solzinho ou simplesmente ficar de pernas para o ar. Com tantas mamadas, fraldas para trocar e

É hora de pensar no casal. Anote as dicas para melhorar a relação: 1. Arranjem um tempinho para namorar: Aproveitem enquanto os filhos estiverem dormindo e namorem. O contato físico entre o casal fortalece a relação.

bebê para embalar, é normal que a mulher fique muito cansada e acabe descontando no marido. Antes de chegar a esse ponto, converse com seu parceiro, fale sobre seu cansaço e expectativas em relação a ele. “De fato, a mulher assume a maior parte das tarefas com o

2. Dividam as tarefas: Ajudar nas tarefas não sobrecarrega a mãe e aproxima pai e filho. Ainda possibilitará o companheirismo, a cumplicidade e a oportunidade de cada um cuidar mais de si.

bebê, mas é preciso que ela estimule o companheiro a

3. Criem acordos: Quem dorme até mais tarde neste

participar cada vez mais dessa rotina. A mulher, mui-

final de semana? Ou quem dá uma caminhada no

tas vezes, frustra-se e até se deprime porque idealiza a

sábado pela manhã? Os dois têm de ceder para que

chegada do bebê e a participação do marido. Dialogar

atendam às necessidades de ambos

e lidar com a realidade é a melhor forma de enfrentar as

4. Façam programas de casal: A prioridade passa a

dificuldades”, alerta a psicoterapeuta.

ser o filho, mas é importante sair para jantar, ir ao ci-

E como fica o sexo?

nema, encontrar com amigos, enfim, dar um respiro

O sexo pode ser comprometido em função das questões

fiança e namore.

no casamento. Deixe o bebê com alguém de con-

já não é o mesmo que antes e, muitas vezes, a mulher sen-

Palavra de pai

te vergonha de exibí-lo. Para a Dra. Lígia Almeida, o sexo

“Depois do nascimento dos gêmeos passei a entender

deixa de ser prioridade e tudo gira em torno de "sua ma-

melhor a minha esposa, principalmente porque vejo

jestade, o bebê". Entretanto, as dificuldades no relaciona-

como cuidar de dois ao mesmo tempo dá trabalho.

mento podem se agravar caso a mulher apresente ansie-

Quando chego à noite em casa, tento cuidar o máximo

dade, irritabilidade, ou mesmo uma depressão pós-parto.

deles. Não conseguimos ainda sair e fazer programinhas

“É preciso que o parceiro tenha paciência e compreenda

de casal, mas sinto que a nossa cumplicidade aumentou.

as dificuldades da esposa, dando-lhe apoio. Muitas vezes,

Tenho certeza de que a maturidade e o fato de ter pas-

é preciso buscar ajuda médica ou terapia de casal para

sado por dois casamentos me ajudou a ser esse homem

enfrentar o real problema. Tudo pode ser solucionado se

mais compreensivo e paciente”, afirma Ivan Medeiros,

houver compreensão e paciência. O que conta mesmo é

pai dos gêmeos Arthur e Daniel, de 3 meses, Geovanna

o desejo de permanecer na relação”, conclui.

de 16 anos, Ivan de 13 anos e Nicolas de 5 anos.

emocionais. Além do cansaço físico e emocional, o corpo

Palavra da mãe “Durante a gravidez, o meu marido foi um superparceiro! Depois que Enzo veio para casa, as coisas realmente mudaram: reduziu o número de nossas saídas e aumentou minha dedicação à casa e às coisas relacionadas à criança. A parte sexual, que antes era praticamente diária, diminuiu, mas a nossa afinidade física continua ótima. A verdade é que a rotina mudou sim, mas o amor continua e a confiança é mutua. Isso é o mais importante”, revela Débora Barros, mãe de Enzo de 2 anos e 6 meses.

revista Meu Bebê

39


Família • Diário de um pai

“Ela rouba o meu pensamento!” Por Tiago Velame

D

e fato, nascemos de novo quando nos torna-

Quando não estou com ela, estou pensando nela. In-

mos pais. Não é um nascimento físico, mas

crível como nossos filhos nos roubam os pensamentos!

uma transformação interior que nos faz en-

Canções pra ela então, tenho as dúzias, fonte inesgotá-

xergar o mundo de uma forma diferente.

vel de inspiração.

Quando carreguei minha filha no colo pela primeira vez,

Eu nem consigo dizer quem eu era antes de ela nas-

ainda ali na sala de parto, senti um misto de euforia e

cer. Mas consigo dizer quem eu sou agora: um homem

medo. Como eu, com 20 e poucos anos, ainda tentando

convicto das minhas responsabilidades, preocupado

cuidar de mim, conseguiria cuidar de algo tão precio-

com cada passo dela, sempre instruindo para ela poder

so e tão frágil? O período de gestação, que precede

ter discernimento e convicção de suas atitudes, e antes

o parto, é mesmo um aprendizado muito grande, mas

de tudo lhe ensinando a pensar e respeitar sempre o

ali naquele momento com ela me olhando, diretamente

próximo.

nos olhos, percebi que nada mais seria o mesmo. Marina era uma menina muito chorona, dormia pouco e mamava bastante. Passei os três primeiros meses

Ser pai é perceber que você nem sempre é o professor, mas muitas vezes o aluno que precisa ter paciência e sensibilidade pra continuar evoluindo com seu filho.

dormindo uma hora de cada vez, sempre acordando

E não se preocupe em não conseguir ser pai. Quando

junto com minha esposa para dar pelo menos um apoio

eles aparecem em nossas vidas, a mãe natureza, o ins-

moral, muito importante também para uma mamãe de

tinto, Deus, sei lá, alguma energia que rege o universo,

primeira viagem. Logo com 10 meses, bem precoce, ela

torna tudo tão claro, e o próprio amor que flui entre nós

começou a andar e falar. Uma fase boa acompanhar o

nos mostra a direção.

aprendizado mais sutil, dar valor às pequenas coisas que passam despercebidas pelos nossos olhos.

Tenho muita sorte em ser o pai dela. Que bom que ela me escolheu pra essa difícil missão.

Hoje Marina já está com 6 anos, se tornou uma menina linda e carinhosa, vive grudada em mim (graças a Deus! Rs.). Gosta de ler estorinhas e adora dançar.

40

revista Meu Bebê

Tiago Velame é cantor da Banda Yow e pai de Marina, 6 anos


revista Meu BebĂŞ

41


Moda

Uma tarde no parque Foi com esse tema que a 13ª Edição do Barrinha Fashion apresentou a coleção Primavera/Verão 2014 das lojas infantis, entre elas a Adocica, Lilica Ripilica e Tigor T. Tigre, Alphabeto, Daducha e Tip e Top. Os pequenos arrancaram suspiros dos pais, que ficaram orgulhosos, e o Shopping Barra realizou mais um consagrado projeto. Foi um sucesso!

Fotografando o mundo

A

cada nova estação, a Daducha apresenta uma coleção que incentiva a imaginação e valoriza o lúdico, as brincadeiras e o conhecimento. Neste verão chega às lojas a

coleção Fotografando o mundo, que nos leva a uma viagem por três países, registrando a beleza, a cultura, as brincadeiras, as cores e a moda de cada um desses lugares. Você fará uma viagem até a Índia, vai passar pela África do Sul e dar uma volta na França.

42

revista Meu Bebê


Entre nessa coleção de cores e não esqueça: a gente faz um mundo diferente!

Pituba Parque Center • Tel.: 71 3351-8604 Salvador Shopping • Tel.: 71 3019-3967 Shopping Estrada do Coco • Tel.:71 3289-5818 Shopping Barra • Tel.:71 3013-2360 Shopping Riomar (Aracaju) • Tel.: 79 3217-6450

revista Meu Bebê

43


Moda

É tempo de moda e glamour I

nspirada nas festas de fim de ano, a Adocica traz a coleção Baile de Verão com frescor e alegria para a criançada. A divulgação das novidades da marca é feita via internet, utilizando principalmente o site, o

Facebook e o blog Mundo Adocica. Tudo desenvolvido com muito carinho para facilitar as compras e fazer combinações divertidas, que proporcionam conforto para as crianças enquanto elas saboreiam um bom

sorvete e curtem a animação das festas de fim de ano.

E-mail: contato@euamoadocica.com.br Tel.: 71 9625-6639 Site: euamoadocica.com.br Site: queroadocica.iluria.com.br Blog: euamoadocica.blogspot.com.br

44

revista Meu Bebê


Um desejo de se aventurar, descobrir e conhecer P ara o verão 2013/14, Lilica Ripilica e Tigor T. Tigre lançam o Tropical Dreamers. Os elementos

brasileiros da Amazônia, como vitória-régia, araras e índios, fazem parte dessa expedição

lúdica e fantástica. Os contos de uma cultura guerreira encantam com muita diversão analógica. Uma celebra-

ção e respeito à primeira estética dos trópicos: a selva. As referências nacionais dos modernistas da década de 20, como Tarsila do Amaral, Di Cavalcante, Ismael Nery e outros, também estão presentes.

Shopping Paralela • Tel.: 71 3023-8424 Shopping Iguatemi • Tel.: 71 3450-1723 Salvador Shopping • Tel.: 71 3450-3494 Shopping Barra • Tel.: 71 3267-3442 Shopping Bela Vista • Tel.: 71 3431-0749

revista Meu Bebê

45


Moda

Vamos brincar de Colorê? A

coleção de Verão 2014 da Alphabeto (Colorê) é uma reverência às cores, flores, estampas, misturas e audácias. O retorno dos anos 90, não só nas cores fortes como

também nas modelagens, traz pássaros, sapinhos, insetos e animais do fundo do mar, que são trabalhados de forma muito divertida. Aspectos de uma cidade viva e colorida também podem ser encontrados nas estampas. Os listrados combinados são o destaque dessa tendência. E então? Vamos pintar o mundo de alegria?

46

revista Meu Bebê


Shopping Paralela • Tel.: 71 3018-2727 Shopping Iguatemi • Tel.: 71 3450-1428 Salvador Shopping • Tel.: 71 3019-1398 Shopping Barra • Tel.: 71 3035-2733

revista Meu Bebê

47


Moda

Gostosinha de vestir

A

coleção de Verão/Praia 2014 da Tip Top está massa! Com o calor de Salvador, as nossas crianças precisam de todo o conforto para aproveitar e se divertir muito. Com peças coloridas e

estampas do fundo do mar combinadas a detalhes lúdicos e alegres, as crianças vão arrasar neste verão com a roupa Tip Top, gostosinha de vestir.

48

revista Meu Bebê


Salvador Shopping: • Tel.: 71 3019-4416 Shopping Iguatemi • Tel.: 71 3450-1580 Shopping barra • Tel.: 71 3264-3699 Outlet Premium • Tel.: 71 3623-7078

revista Meu Bebê

49


Moda

12 Peças para se divertir e festejar

N

a loja Bbzen, além de roupinhas lindas para bebês, meninas e meninos, vocês encontram linhas especiais, como linha Rock, fan-

» Vestido em tecido aplique de flor em crochê • R$ 88,00

» Conjunto Dino em malha • R$ 48,00

»Blusa Dinossauro • R$ 50,90 »Rabo Dinossauro • R$ 35,00 (Conjunto por R$ 70,00)

tasia infantil, acessórios para facilitar a vida

das mamães e dos bebês, acessórios para deixar as gatinhas mais belas, moda praia, linha de roupinhas 100% algodão orgânico e brinquedos lúdicos. Escolhemos algumas peças para vocês se encantarem. Confiram:

» Vestido em malha com aplique de flor • R$ 53,00

»Body Linha

» Macaquinho 100% algodão orgânico al

Rolling Stones • R$ 39,90

R$ 42,90 •R

» Blusa I hear Music ic Linha Rock ck

» Vestido Branca de Neve 100% algodão • R$ 64,90

•R$ 35,00 00

» Jogos lúdicos os (jogo da memória R$ 26,00 / capitão e jogo da velha R$ 19,90)

» Vestido 100% algodão orgânico • R$ 64,90

» Organizador para carro

• R$ 155,00

» Blusa em tecido estampa câmera • R$ 75,00

50

revista Meu Bebê

End.: R, dos Maçons nº 121, Multishoping Pituba, loja 1 A, Salvador Tel.: 71 3271-4896 Facebook: www.facebook.com/lojabbzen Site: www.bbzen.com.br/


revista Meu BebĂŞ

51


Moda

Tempo de colorir! Por Gina Reis

C

De olho nos desejos desse público tão especial, as grifes infanto-juvenil investiram em coleções com modelagens e tecidos leves, além de apostarem em uma cartela de cores vivas e alegres. Os tons fortes de azul, laranja, amarelo, verde, coral, vermelho e rosa compõem

alor, sol e mar são um convite a passeios em

as criações para a estação mais quente do ano. Chama a

família repletos de brincadeiras ao ar livre

atenção ainda o repertório de estampas por exprimir tão

com os pequenos. Para aproveitar esses dias

bem a descontração dos pequenos. Flores, poá (ou boli-

ensolarados do Alto Verão 2014, os baixinhos

nha como preferir!), xadrez, fun prints e listras. Vale tudo

pedem conforto na hora de vestir, afinal o que importa é deixá-los à vontade para extravasar toda a energia.

para deixar a galerinha descontraída e muito estilosa. Para as meninas, o charme floral é indispensável, sobretudo em vestidinhos esvoaçantes. No cabelo pode-se ousar com acessórios mais extravagantes (os laçarotes caprichados ficam lindos). Para os garotos o estilo “esporte chic” é um charme. Camisa polo com listras, bermuda jeans ou sarja, com um modelo Converse Kids, vai arrebatar chamegos pela rua. Investir também em peças em xadrez deixa os garotos ainda mais fofos e irresistíveis! Gina Reis é Jornalista, colunista, blogueira e pesquisadora apaixonada por moda. Facebook: Gina Reis.

Estampa de flores é a tendência da estação para as meninas

Instagram: @ginarreis. Fan Page: Varal da Moda

52

revista Meu Bebê


revista Meu BebĂŞ

53


Meu bebê

Uma das maiores alegrias do casal é poder chegar com seu bebê recém-nascido em casa. Apesar dos primeiros dias não serem fáceis, com dedicação, cuidado e informação, a mamãe saberá tirar isso de letra. A pediatra, Fernanda Dubourg, dá algumas dicas para essa que é uma das fases mais difíceis da maternidade Texto: Debora Melo • Fotos: Ailson Rolemberg

54

revista Meu Bebê


Tempo de descobertas

Olha o chororô

A primeira semana será de adaptações para todos.

Nada de pânico! Tudo o que a mãe sente passa para a

Tudo é novidade para a mãe e para o bebê. Ele sai de

criança, deixando-a insegura e irritada. O bebê chora de

um ambiente seguro para o desconhecido: deixa o am-

fome, frio, calor, dor ou apenas porque quer a presença

biente intrauterino para ser lançado ao mundo.

da mãe. Abriu o berreiro? Primeiro tente amamentar,

Dica • Dra. Fernanda: A adaptação a essa nova vida tende a se consolidar em três semanas. É importante que 48 horas após a saída da maternidade o bebê faça uma consulta com o pediatra. Nesse momento, a mamãe pode tirar todas as suas dúvidas e inseguranças.

pode ser fome. Depois veja se a fralda está molhada. Nenhum dos casos? Pode ser cólica (geralmente ocorrem entre três semanas e três meses de vida). Aí vale a dica da vovó: paninho morno sobre a barriguinha. Fazer movimentos como o de pedalar uma bicicleta também ajuda seu bebê a soltar gases, se esse for o incômodo.

Limpeza é essencial O quarto deve ser limpo diariamente. Tudo deve ser feito com pano úmido e produtos sem cheiro forte. Pela manhã, é importante abrir as janelas para renovar o ambiente. Troque a roupa de cama a cada dois dias e evite bichinhos de pelúcia (eles acumulam muito pó). Durante a limpeza, retire o recém-nascido do local.

Dica • Dra. Fernanda: Lavar sempre a roupa do recém-nascido com sabão de coco ou neutro. Nada de amaciantes. Eles podem provocar alergias e irritações.

Dica • Dra. Fernanda: O choro faz parte da comu-

Lencinhos umedecidos

nicação e aos poucos a mamãe irá descobrir os di-

Faça uso deles apenas se estiver na rua. O recomenda-

mente está ligado à fome. O leite materno é de fácil

do é limpar sempre com algodão, água morna e filtrada.

digestão, por isso os bebês que são amamentados

Dica • Dra. Fernanda: O uso excessivo de lenços umedecidos pode causar irritabilidade na pele do bebê, causando reações alérgicas.

ferentes motivos e as formas de acalmá-lo. Normal-

no peito costumam reclamar mais.

A hora do banho A banheira deve ser sempre higienizada antes do ba-

Nana neném...

nho. A água deve ser filtrada e fervida (para o caso de cair na boca do bebê) e estar em uma temperatura

Pronto! Ele está com soninho e é hora de botá-lo para dormir. Não coloque o bebê de barriga para baixo. Ele deve dormir sempre de barriga para cima e com o rosto virado para o lado para não se engasgar caso gorfe.

Dica • Dra. Fernanda: O bebê pode até dormir no quarto dos pais, mas o ideal é que durma no berço desde o início. A superfície do colchão deve ser firme, sem objetos soltos no berço, sem travesseiro ou cobertor. É o modo mais seguro de prevenção da Síndrome de Morte Súbita.

agradável (em torno de 36,5°). Nada de demorar, hein? E esteja com tudo à mão para não deixar seu bebê com frio ou sozinho. Feche as janelas e desligue o ar-condicionado na hora do banho e da troca de roupa. Ah! Não esqueça de secar bem o umbigo com um cotonete.

Dica • Dra. Fernanda: Até a queda do colo umbilical deve-se tomar cuidado para a prevenção de infecção ou trauma. Para a limpeza deve-se usar álcool 70. Em recém-nascidos não deve ser usado perfume ou outro produto com odor. revista Meu Bebê

55


E as visitas?

Vamos passear?

A melhor hora para visitas é na maternidade. No hospital as pessoas tendem a não demorar muito. Em casa deve-se evitar que o recém-nascido fique na presença de muitas pessoas devido à sua baixa imunidade. A higienização deve ser feita sempre antes de pegar na criança e carinhos somente na cabeça e no corpo. Evite beijinhos na mão e no rosto.

Um dos momentos de maior orgulho dos pais é levar o bebê para passear. Mas calma! Lembre-se que ainda é cedo e nos primeiros dias de vida é indicado que passeios não aconteçam, já que a criança, nessa fase, tem o sistema imunológico baixo.

Dica • Dra.

Fernanda: O recém-nascido não deve

ser exposto a ambientes fechados, com muitas pes-

Dica • Dra. Fernanda: Um ambiente tranquilo, com

soas, como shoppings, igrejas, supermercados e festas.

poucas visitas, é o mais recomendado. Até porque a

Dra. Fernanda Dubourg • Especialista em pediatria pela Socie-

mamãe também precisa descansar nos momentos

dade Brasileira de Pediatria (SBP) e pós-graduada em medicina

em que o bebê dorme. Graças à internet e a diversas

do sono pela Universidade de Nantes, na França

tecnologias, o mundo inteiro pode conhecer o bebê

End.: Clínica Clidos, R. Afonso Celso, n° 388 – Barra.

sem ir ao seu encontro e sem expô-lo a desconfor-

Tels.: 71 3264-7211 / 71 3264-7824

tos ou riscos.

E-mail: corfernanda@hotmail.com

Palavra de mãe “Quando Catharina veio para casa, é claro, o sentimento era de muita felicidade. Ela estava trazendo vida à minha vida, mas ao mesmo tempo fui tomada por uma angústia muito grande, afinal era tudo muito novo, não tinha certeza se conseguiria dar conta do recado. Choro, cólica, banho, fome... Tudo era motivo para grandes preocupações. Mas as visitas são um pouco complicadas. Como mandar alguém lavar as mãos e passar álcool sem que fique um clima ruim? Hoje ela está com 3 meses e continuo me adaptando, mas cada descoberta é uma delícia!” Maria das Mercês Rodrigues, mãe de Ana Catharina Rodrigues, de 2 meses.

56

revista Meu Bebê


revista Meu BebĂŞ

57


Meu bebê

Hora da nformação! Bate-papo com especialistas sobre o universo da gestação reúne mamães em uma manhã divertida. O evento foi promovido pela loja Barrigudinhas & Chorões em parceria com a revista Meu Bebê Bahia Fotos: Estúdio Momentos

I

nformação nunca é demais quando o assunto é a maternidade. Foi pensando no bem-estar de mãe e filho que a loja Barrigudinhas & Chorões, em parceria com a revista Meu Bebê Bahia, promoveu uma

manhã com muito conteúdo para as mamães soteropolitanas. “Hoje em dia, mais importante do que a estética é a saúde física e mental da gestante”, afirma Mariana Araújo, proprietária da loja especializada em enxovais.

Amamentação, moda, parto e cuidados que devem acompanhar os 9 meses de gestação foram os temas abordados em uma manhã de muito bate-papo e sorteio de brindes. Para Yêda Nunes, sócia-diretora da revista Meu Bebê Bahia, o maior objetivo do evento foi o contato com as leitoras. “Nas páginas da publicação passamos informações para as mães. Já em eventos assim, essa informação é feita de forma mais lúdica e visual, numa troca gostosa que supre as necessidades do público-alvo” diz Yêda.

58

revista Meu Bebê


acompanhar as barrigudinhas durante os nove meses. Todas as peças apresentadas são da nova coleção da loja Barrigudinhas & Chorões. “É importante não se deixar abater pelos momentos de fragilidade. Não se esconder. Deve-se extravasar essa beleza, que é algo mágico na vida da mulher, o estar gestante”, diz Tatiana. O evento também contou com um coffee break delicioso e preparado com muito carinho para as mamães no interior da loja. Dessa forma, todas puderam conhecer um pouquinho mais a Barrigudinhas & Chorões e todos os produtos que ela oferece, desde a puericultura – leve e pesada – até a moda gestante. As futuras mamães que ainda não tinham o quartinho do bebê definido se encantaram com a decoração personalizada. Ao final do evento, para alegria das mamães, elas Como palestrantes, estiveram presentes o obstetra

foram presenteadas com kits e brindes. Mas o melhor

Adherbal Casé, a fisioterapeuta Carina Fernandes (Fis-

que elas tiveram, durante toda a manhã, foi o acesso

gest), a odontopediatra Maria Fernanda (TopDent Sal-

à informação de qualidade, o que é muito importan-

vador) e a consultora em amamentação Lívia Teixeira

te nessa fase especial da vida da mulher. “Fico feliz de

(Companhia da Mama). Para as mamães ficarem ante-

ter proporcionado às nossas clientes um momento no

nadas na moda gestante, as meninas Tatiana e Ticiana,

qual elas puderam tirar todas as suas dúvidas com pro-

do blog baiano de moda Twin Sisters, apresentaram

fissionais competentes e capacitados”, finaliza Mariana

vários looks com paetês, jeans trabalhados em pedra-

Araújo, proprietária da loja.

rias, vestidos floridos e muita cor, que podem e devem

End.: Shopping Paseo Itaigara, 2º piso. Salvador - BA Tel.: 3353-6233 E-mail: barrigudinhas@ig.com.br

revista Meu Bebê

59


Meu bebê

Gravidez

BEM ASSISTIDA

Criada há três anos e voltada exclusivamente para as gestantes, a clínica Unifetos chega a Salvador oferecendo uma variada gama de serviços durante todo o pré-natal

O

pré-natal é fundamental para garantir uma

em uma gestação eram mais difíceis de resolver, desa-

gravidez saudável e um parto sem riscos,

fiando médicos e pacientes. Com o avanço da medicina

tanto para a mamãe quanto para o bebê.

e tecnologia em diversas áreas, tratar doenças ainda no

O diabetes gestacional e a pré-eclâmpsia,

ventre materno tornou-se uma realidade bem-vinda e

por exemplo, podem trazer graves consequências caso

necessária. A medicina fetal acompanha o desenvolvi-

a gestante não faça o devido acompanhamento com

mento do feto em todos os estágios através da ultrasso-

um especialista.

nografia, prevenindo algumas doenças e diagnosticando anomalias estruturais e síndromes genéticas. “Antecipar

O que é medicina fetal ?

doenças e identificar pacientes de risco é nossa priorida-

Trata-se de uma área de atuação da obstetrícia que estu-

sas maiores recompensas”, afirma a Dra Suzane Almeida

da a saúde do bebê quando ele ainda está em formação.

Campos, profissional especialista em Medicina Fetal pela

Há algumas décadas, era impossível pensar em diagnos-

Federação das Associações de Ginecologia e Obstetrícia

ticar o que se passava no útero das grávidas. Problemas

(Febrasgo).

60

revista Meu Bebê

de. A saúde do bebê e o bem-estar da mãe são as nos-


Tecnologia de ponta Na nova unidade serão oferecidos às pacientes exames, como ultrassonografia morfológica com doppler, medida de nuca fetal (translucência nucal), punções e derivações fetais, biópsia de vilosidades coriônicas, transfusão fetal intraútero, pesquisa de anemia fetal, teste de paternidade e demais procedimentos invasivos de prevenção do feto. Entre as inovações técnicas, estão a importação de duas modernas máquinas de ultrassom com resolução 3D/4D, que permitem uma melhor visualização do feto. “Salvador estava muito carente de uma clínica vol-

Unifetos em Salvador

tada exclusivamente para as gestantes, e esse é um dos nossos diferenciais. Temos médicos treinados nos melhores centros de medicina fetal do Brasil e do exterior”,

Criada há três anos por Dr. Marcílio Leite, a Unifetos

finaliza Dra. Suzane.

foi pensada para atender, a princípio, somente gestantes de Feira de Santana e região, oferecendo exames e procedimentos na área de medicina fetal. A clínica já fez 18.000 atendimentos, possuindo uma clientela fiel e satisfeita. O sucesso da clínica pelo reconhecimento do trabalho fez nascer uma parceria entre os especialistas Dr. Marcílio Leite e a Dra. Suzane Almeida Campos, investindo em uma filial na capital baiana e, desde 2010, a clínica já fez 18.000 atendimentos, possuindo uma clientela fiel e satisfeita. É com essa visão de futuro que a Unifetos chega

Layane Cedraz, mãe de quadrigêmeos, paciênte da clinica

a Salvador oferecendo uma variada gama de serviços durante todo o pré-natal. As gestantes encontram um ambiente especialmente preparado para atendê-las. “Ser bem acolhida no período mais importante da vida do ser humano é fundamental. O nascer exige cuidado, respeito e confiança na equipe médica, e a Unifetos traz a mistura do lúdico com o científico. É um ambiente onde o casal e o bebê sempre serão bem acolhidos”, diz Dr. Marcílio Leite. Paciente da clínica, Layane Cedraz, mãe de quadrigêmeos, pôde conferir, durante todo o acompanhamento do pré-natal, a estrutura de excelente qualidade da clínica e a competência dos profissionais envolvidos. “Desde o primeiro contato, fui muito bem atendida e acolhida. Minha gestação, por ter sido múltipla, precisava de um acompanhamento mais criterioso, e Dr. Marcílio não mediu esforços para me atender em horário extra e sempre com muita presteza, competência e profissionalismo”, diz.

Unifetos Salvador End.: R. Ewerton Visco, Edf. Boulevard Side Empresarial, n°d 290, salas 916/917, Caminho das Árvores, CEP.:411820 022 Tel.: 71 3022-2029 Unifetos Feira de Santana End.: Edf. Sawaya, sala 603, Av. Getúlio Vargas Tel.: 75 3223-0444 Site: www.unifetos.com.br

revista Meu Bebê

61


Festas

Abelha... A Bellinha Amigos e familiares estiveram presentes no Buffet Infantil Planeta Festa para comemorar mais um aninho da Bella, filha do cantor Adelmo Casé e da jornalista Silmara Miranda. Fotos: Nelson Neto

gosto. Tudo assinado pela web designer Elaine Silva juntamente com a Kifofura Eventos. No final da festa, todos ainda receberam um delicioso alfajor de chocolate feito pela Angelical Cerimonial e Buffet. Produzida com um vestido de gala da loja Oito Baby, Bella estava belíssima! Para compor o look, usou um sapatinho de verniz que combinava com dois lacinhos, também de verniz, nos cabelos cheios de cachinhos. Ela não parou um segundo! Pulou na cama elástica e se esbaldou na piscina de bolinhas, mas onde passou a “Acabou chorare ficou tudo lindo...” Foi a música Acabou chorare, dos Novos Baianos, que embalou a festa de 2 anos da pequena Bella, filha do cantor Adelmo Casé com a jornalista Silmara Miranda. O lugar escolhido para comemorar o aniversário, mais uma vez, foi o Buffet Infantil Planeta Festa, localizado no Caminho das Árvores. “No primeiro ano da Bella foi tudo perfeito. O buffet dá um tratamento tão diferenciado que me senti mais segura em fazer a festa da Bella novamente lá”, explica Silmara. A festa, que teve o tema de Abelhinha, foi toda decorada em tons de amarelo e preto. Na fachada, os balões que formavam o nome Bella, juntamente com um jardim florido e cheio de abelhinhas, também feito por balões, davam as boas-vindas para os mais de 100 convidados, que foram degustar o almoço e comer o bolo de três andares todo decorado. No cardápio, doces, salgados e pratos quentes de massas, carnes e saladas deixaram os convidados com água na boca. Assim como no ano passado, as guloseimas personalizadas também chamaram a atenção pela delicadeza e bom

62

revista Meu Bebê

maior parte do tempo foi na área baby, fazendo comidinhas em uma cozinha especialmente projetada para crianças da mesma faixa etária que ela. Após quatro horas de festa, chegava ao fim mais um dia especial que vai ficar pra sempre guardado na memória do papai e da mamãe da pequena Bella. “Toda data relacionada a ela me deixa muito emocionado. Foi tudo impecável. A decoração estava linda, os pratos muito saborosos, uma variedade de doces e salgados e um clima harmônico entre nossos amigos e a família. Fazer minha filha feliz é sempre muito importante”, finaliza o cantor.


revista Meu BebĂŞ

63


Festas

Chegou a hora dela: a famosa Galinha Pintadinha! A galinha mais amada do Brasil pode ser um ótimo tema para os aniversários infantis. Confira a festa de 1 aninho de Maria Eduarda e se inspire! Texto Debora Melo

Fotos: Nelson Neto

la dança, é gordinha e supersimpática. Suas

tou com fotos da aniversa-

cores são azul e amarelo, branco e vermelho.

riante por todo o espaço.

Com uma turminha bem animada, faz sucesso

Muitos balões e bonecas

aonde chega. Já sabe de quem estamos falan-

da Galinha Pintadinha es-

E

do? Claro que é da Galinha Pintadinha, o maior fenôme-

tavam

espalhados

no infantil no Brasil em 2013. Na casa de Yêda Nunes,

salão.

Murais

jornalista e sócia-diretora da revista Meu Bebê Bahia,

deram um efeito alegre e

não é diferente. Mãe de

deslumbrante, como deve

Duda, ela não pensou em

ser uma festa de criança.

outro tema para o ani-

O estilo provençal, na cor

versário de 1 ano da sua

branca (febre das festas

filha. “Desde pequenini-

atualmente), deu um ar sofisticado e ao mesmo tem-

nha, Duda se encantou

po moderno. As lembrancinhas e guloseimas encanta-

pela Galinha Pintadinha.

ram os convidados pela beleza e originalidade. Tudo

Quando ela assiste ao ví-

produzido pela Ticolico e também pela vovó Meiry. No

deo e ouve as músicas in-

cardápio, salgados, doces, pratos quentes e frios. Os

terage e se diverte muito.

amiguinhos tiveram um espaço enorme para brincar à

Eu não pude escolher ou-

vontade, como piscina de bolinhas, jogos eletrônicos,

tro tema para sua festa”,

pula corda e pula-pula. O mais difícil foi dar “tchau”

revela a mamãe.

para a Galinha e sua turma no final da festa. Duda,

O lugar escolhido para a festinha de Duda foi o Buffet Planeta Festa. A decoração, criativa e alegre, con-

64

revista Meu Bebê

pelo

coloridos

certamente, sentiu-se um pouco mais próxima do seu ídolo, a Galinha mais famosa do Brasil.


revista Meu BebĂŞ

65


Fotografia

1, 2, 3... Diga Xis! Confira os truques de um profissional especializado e consiga os melhores clicks do seu pimpolho! Por Claudio Colavolpe

2

Não peça que seu filho sorria. Faça gracinhas, conte es-

torinhas, mostre a ele objetos que despertem sua atenção e o façam reagir, de forma a conseguir uma imagem bastante interessante.

3

Procure fotografar sempre na altura dos olhos da crian-

ça. Fotografias feitas de cima para baixo geralmente deixam a criança numa condição muito submissa, e as fotos perdem a atratividade.

4

Quando fotografar seus filhos, peça sempre a alguém

que fique atrás de você e na mesma altura em que se encontra. Esta pessoa irá estimular a criança, provocando nela diversos tipos de reação e, consequentemente, gerando boas imagens.

5

Procure locais simples, que não contenham muitos ele-

mentos que possam concorrer com o assunto principal, Fotografar crianças é um grande exercício de paciência!

que é o seu filho. Lembre: o interesse da foto é ele! Antes

Sim! Diferente dos adultos, elas se cansam rápido e nem

de clicar, dê uma olhada no que está ao redor e veja se es-

sempre estão dispostas a se permitirem fotografar, princi-

tes elementos não estão interferindo, poluindo visualmente

palmente se estiverem com sono e com fome. Portanto, a

a fotografia.

primeira dica é:

6

Procure também locais de tons mais claros e neutros.

Fundos escuros são mais sérios, enquanto fundos claros são mais leves, mais descontraídos, e combinam mais com fotografias infantis.

7

Os melhores horários para fotografar são aqueles em

que a luz se apresenta com a natureza suave. O que isso quer dizer? Que as sombras provocadas por elas são bastante tênues, e esse é o tipo de foto aconselhável para fotografar seres de pele tão linda e delicada.

8

Pra finalizar, jamais, a não ser em casos que tecnica-

mente não se possa fazer a foto, utilize o flash embutido da câmera. Costumo dizer que ele é um mal necessário. Não tem quem fique bem na foto com aquele acessório. Procure sempre usar luz natural. Essa sim, é a luz mais linda existen-

1

Fotografe seu filho quando estiver alimentado e des-

te no planeta. Boas fotos!!!

cansado. Respeite o tempo da criança. Isso é de extrema relevância, em se tratando de fotografar os pequenos. Mui-

Cláudio Colavolpe é professor universitário de foto-

tos pais querem forçar a criança a sorrir e fazer carinhas

grafia há 10 anos e proprietário do Estúdio Fotográfi-

engraçadas. Deixe seu filho à vontade. As melhores foto-

co Studio F16, onde fotografa gestantes, moda, crian-

grafias de crianças são aquelas em que elas se mostram de maneira completamente espontânea.

66

revista Meu Bebê

ças e oferece diversos tipos de cursos de fotografia. » Acesse o site: www.studiof16.com.br


revista Meu BebĂŞ

67


Festas

Quem quer brincar? Além das brincadeiras de antigamente, o Buffet Infantil Planeta Festa investe nas atividades que fazem as crianças suarem a camisa sem deixar de lado a opção de jogos eletrônicos

T

iro ao alvo, parede de escalada, pescaria...

quadrados, onde os pequenos tentam se equilibrar e

Quando pensaram em trazer novidades

se movimentar dentro de uma grande bola de plástico

para o Buffet Infantil Planeta Festa, Lucia-

transparente sobre a água. Liberado para crianças de

na Buck e Cristiane Urmenyi, proprietárias

todas as idades e para adultos até 70kg, a diversão é

do buffet, pensaram não só no resgate das

garantida, com show de quedas fenomenais. Tudo com

antigas formas de diversão, focadas no desenvolvimen-

muita diversão, supervisão e segurança!

to social, cultural e de aprendizado, mas também em brincadeiras que fizessem as crianças se movimenta-

Antigamente era assim...

rem. As duas pensaram em fazer do buffet um espaço

Brincar é coisa séria! Com esse foco, o espaço do Ca-

com um diferencial no mercado atual, tão dominado

minho das Árvores ganhou um espaço onde antigas

pelos jogos eletrônicos. O resultado foi unir os dois

brincadeiras vieram à tona. Criaram-se uma miniquer-

mundos sem prejudicar a diversão das crianças. E deu

messe e uma minifesta de largo, batizada de Planeta

certo! “Começamos a procurar ideias interessantes que

Park, no qual foram desenvolvidos e construídos novos

unificassem as duas demandas. Em 2012, inauguramos

brinquedos, como tiro ao alvo, jogo de argolas, pesca-

o Planeta Festa Imbuí já com esse pensamento, ofere-

ria e viagem ao espaço. E o melhor! A criança que par-

cendo uma variedade de brinquedos mecânicos, onde

ticipa da brincadeira ainda ganha presentes! “Jogo de

a criança literalmente sua a camisa”, explica Luciana

quermesse que se preze tem de dar prêmio! A partir de

Buck. Atividades como arvorismo, parede de escalada

20 pontos, a criança já pode ganhar desde jogos até

e cama elástica compõem a parte mais lúdica da festa.

pelúcias gigantes”, complementa Luciana.

Ainda há opção dos eletrônicos, mas os que fazem a festa da criançada são mesmo aqueles em que as crianças precisam se movimentar. A grande novidade entre a criançada, também na sede do Imbuí, é A Bolha, que ocupa uma área de 22 metros

Palavra de quem sabe! “Antigamente, as crianças não tinham muitas opções, usavam mais a criatividade bolando formas de se divertir e utilizando objetos simples, como pedrinhas, palitos, bolas de gude etc. Hoje, a tecnologia oferece podutos diversos, como computadores, celulares e tablets, que não estimulam o lúdico e ainda criam uma condição de acomodação no processo de desenvolvimento intelectual e social.” Judite Ferreira, pedagoga há 30 anos trabalhando na área infantil. End.: Caminho das Árvores: Al. das Espatódeas, n° 52 Imbuí: Rua do Beija Flor, n° 62 Tels.: 71 3272-1360 / 3362-7556 Site: www.planetafesta.com.br

68

revista Meu Bebê


revista Meu BebĂŞ

69


Educação

Brincando e Aprendendo

Com a Dinda U

A Casa da Dinda oferece horário em tempo integral, turnante e até colônia de férias! Todas as atividades têm cunho pedagógico e são sempre orientadas por profissionais Fotos: Cláudio Colavolpe

m espaço recreativo e pedagógico pensado

Na Casa da Dinda as crianças são separadas por fai-

para agradar à criançada com brincadeiras à

xas etárias específicas nos grupos Dinda Baby (6 meses

moda antiga. É assim que funciona a Casa da

a 1 ano), Dinda 1 (2 a 3 anos), Dinda 2 (4 a 6 anos) e

Dinda, situada em Vilas, no Litoral Norte de

Dinda Kids (a partir de 7 anos) e todas as atividades têm

Salvador. Bonecas de pano,

cunho pedagógico e são

carrinhos de madeira, elásti-

sempre orientadas por pro-

co, corda, amarelinha e ou-

fissionais. O espaço oferece

tros brinquedos ou ativida-

horário em tempo integral,

des que já não fazem parte

turnante e até colônia de

do cotidiano das crianças,

férias! As atividades desen-

aqui tem lugar de destaque.

volvidas são natação, bal-

Os brinquedos ao ar livre,

let e karatê, além do curso

como escorregador, rapel,

de inglês, reforço escolar e

casinha, cavalinho e polvo

acompanhamento pedagó-

são os preferidos! "As crian-

gico. Os pais ainda podem

ças atualmente ficam em

optar pelo transporte e re-

frente à televisão, no celular,

feições. A piscina é comple-

tablet, ipad e computador. Por isso decidimos não ter op-

tamente fechada, coberta, aquecida e sem cloro, visan-

ções de eletrônico, já que eles usam frequentemente es-

do principalmente o bem-estar e a saúde das crianças.

ses aparelhos em casa e na escola", explica Gabriela Sena.

Nela são desenvolvidas atividades para bebês, gestan-

A maior missão da Casa da Dinda é educar brincan-

tes, crianças e adultos. Vale a pena conhecer!

do. “O nosso foco maior é o turno oposto, onde daremos todo o suporte às crianças quando não estiverem na escola. Elas já saem de lá com todas as suas atividades pedagógicas e esportivas em dia, além de almoço ou jantar e banho tomado”, diz a proprietária Ana Carolina. O ambiente possui 1.000 metros quadrados monitorados por 18 câmeras de segurança e profissionais das áreas de educação e saúde.

Horários: Período integral: das 7h às 19 horas Meio período matutino: das 7h às 13 horas Meio período vespertino: das 13h às 19 horas

70

revista Meu Bebê

End.: R. Praia da Pituba Qd A 11 – Lotes 4 e 5 – Vilas do Atlântico Tel.: 3491-8903 E-mail: atendimento@casadadindavillas.com.br Site: www.casadadindavillas.com.br


Hå 44 anos construindo histórias e educando com excelência Em 2014, a escola Plic e Ploc oferecerå novas opçþes de período ampliado para Educação Infantil do grupo 1 ao 5 e o 1º ano do Fundamental I. Muito mais aprendizado e socialização a partir da nossa experiência aplicada ao ensino com respeito, comprometimento e responsabilidade. Com um ambiente acolhedor, acompanhamento psicopedagógico, salas amplas, aulas de música, $ $v   @ $ ‰ ‰C  v   "

MatrĂ­culas abertas. Esperamos sua visita! Funcionamento Matutino (a partir das 7h15 Ă s 11h30 ) Vespertino (a partir das 13h0 Ă s 17h0) Turno integral (a partir das 7h15 Ă s 18h)

z"…    $0.3´€  Tel: 71 3328-3824 / 71 3484-3232 / 71 9660-9124 revista Meu Bebê 71  ;""o" ""


Educação

Aprendendo a aprender: uma missão para pais e educadores Como explicar para crianças valores fundamentais como a ética e a honestidade? Por Cinthia Garcia

C

onvido você a refletir sobre o mundo de

Aprender a identificar e a corrigir os erros, mesmo que

hoje, meio sem regras. Nossa missão de pais

não sejam cometidos por eles, é importante para que

e educadores cresce ainda mais quando ne-

amadureçam.

cessitamos conceituar para nossos alunos e

Saber o que a família e a sociedade pensam ajuda

filhos termos abstratos, mas importantes para sua for-

a criança a estabelecer parâmetros para refletir sobre

mação, como a ética e a honestidade. Tarefa compli-

o que é certo ou errado. E podemos afirmar que todo

cada? Como explicar para pessoas em formação, tão

ensinamento é construído a partir de atitudes que pra-

pequenas, valores que muitos adultos não praticam?

ticamos e vivenciamos em casa e na escola, por meio

Muitos desses, inclusive, ocupam cargos e papéis pri-

do que é dito, lido, pensado e comentado diariamente.

vilegiados.

Afirmo então que a escola torna-se imprescindível na

Há de se ter o cuidado de não resolvermos os pro-

vida de uma criança, pois contribui para o desenvol-

blemas por nossos filhos. É importante que eles pró-

vimento e atua como ponte da infância para o futuro

prios analisem suas atitudes no que tange ao respei-

do ser cidadão. É na escola, ainda na educação infantil,

to por pessoas próximas e até mesmo em relação aos

que a criança percebe a postura, a organização e a in-

resultados escolares. Eles precisam aprender com os

teração com o outro. E não podemos deixar de falar no

próprios erros. O importante é não ter medo de agir no

conhecimento que, comprovadamente, é o maior pa-

momento certo, de punir quando necessário e de dialo-

trimônio que uma pessoa possui, e o único bem que

gar sempre! São essas atitudes que nos fazem perceber

levamos para toda vida.

a transformação do caráter. Pessoalmente, quando per-

Enquanto mãe, digo que não é fácil educar. Todos

cebo algum conflito em que meus filhos se envolvem

os dias aprendemos a aprender por eles e com eles,

com os colegas, sempre os questiono sobre o ato de re-

damos passos e tropeços necessários muitas vezes e,

pensar sobre aquela atitude, mesmo eles tendo razão.

na minha jornada de educadora, digo que educar não é

É preciso dar ao outro a oportunidade de falar, escutar

apenas ensinar a ler, a escrever e, sim, a pensar. Dessa

as suas razões, senão criamos pessoas individualistas, e

forma, o aluno sempre cresce!

tenho certeza que nós, pais atentos, queremos que nossos filhos cresçam não só na estatura, mas que sejam pessoas melhores. É nobre estimular a ética e é fácil conduzi-la quando acreditamos na nossa verdade. Não precisamos falar por nossos filhos, não precisamos escrever por eles, que tal orientá-los a dialogar sempre?

72

revista Meu Bebê

»Cinthia Garcia é graduada em educação e gestora da Escola Tempo de Crescer


revista Meu BebĂŞ

73


Mamãe

O ato de amor que alimenta Durante os seis primeiros meses de vida, o bebê não precisa de outro alimento além do leite materno, que funciona como uma verdadeira vacina. Mas nem tudo são flores e muitas mães sofrem na hora de amamentar. A consultora em amamentação, educadora perinatal, doula e fundadora da Companhia da Mama, Livia Teixeira, fala sobre as dificuldades dessa fase e dá dicas especiais para que esse momento seja recheado apenas por boas recordações 74

revista Meu Bebê

Revista Meu Bebê: Algumas gestantes só percebem a dificuldade de amamentar quando a criança nasce. Qual a melhor forma de lidar sem traumas com esse momento tão importante para a vida da mãe e do bebê? Lívia Teixeira: As mães que se preparam passam a conhecer o processo de aleitamento materno, o que ajuda na prevenção de dificuldades, na segurança e tranquilidade no pós-parto, curtindo ainda mais este momento especial e o seu bebê. É preciso entender que amamentar vai além do desejo e não é simplesmente um ato instintivo, inerente à maternidade, mas que precisa ser aprendido pela mãe e pelo bebê, um processo que se inicia na gestação. Apesar de bastante recompensador, o ato de amamentar pode não ser fácil, especialmente nas primeiras semanas.


RMB: Quais as queixas mais frequentes das mães em relação à amamentação? E quais as soluções possíveis? LT: As mais comuns são: “Meu mamilo feriu”, “tenho pouco leite” e “meu bebê não pega o peito”. Existem algumas técnicas e orientações que podem solucionar ou minimizar estes problemas, tais como preparação da mama antes das mamadas, condução do bebê ao peito (proporcionando uma pega correta), frequência e duração das mamadas. Contudo amamentar envolve fatores biopsicossociais que devem ser analisados e corrigidos na medida do possível, e, certamente, refletirão positivamente no processo. RMB: Quais os pontos que podem ser destacados para o sucesso desse processo? LT: Estudos sobre o aleitamento materno apontam cada vez mais para a sua importância e vantagens, contudo muitas vezes a abordagem sobre este tema não contempla a informação de como amamentar na prática. Desejo, informação, apoio, equilíbrio emocional, descanso, paciência, hidratação, alimentação e estímulo (sucção) são importantes para a mulher que amamenta. É preciso considerar a necessidade de preparação da gestante e a individualidade de cada mãe.

Quando o assunto é amamentação conte com a nossa “Companhia”

RMB: Como conciliar a volta ao trabalho após o fim da licença-maternidade com a amamentação? LT: É possível conciliar trabalho e amamentação, respeitando o desejo e as possibilidades reais da mãe. A Companhia da Mama orienta sobre a

Nossos Serviços

extração e conservação do leite ordenhado, bem como as formas de ad-

Treinamentos individuais para o aleitamento materno

ministrá-lo.

Bancos de leite humano Em Salvador, existem alguns locais exclusivos e especializados para receber de forma adequada doações de leite humano para recémnascidos. Existem necessidades de bebês internados em unidades de tratamento intensivo neonatal ou em condições de saúde grave, e esta ação é uma das muitas que podem reduzir sensivelmente a mortalidade infantil relacionada à não amamentação. Se você quer ser uma doadora, entre em contato com as unidades abaixo: ♥ ♥

Atendimento no processo de amamentação Treinamento de cuidadores de bebês Locação e venda de produtos especializados (bombas extratoras de leite e outros)

Instituto de Perinatologia da Bahia – Iperba: 3116-5118 Maternidade Climério de Oliveira: 3283-9264

0ŗ.ŗ7$.ŗùüôĀŗ.'ŗúôýŗąŗ$/0 Tel 071 34525226 | 92031570 | 92031571 sac@companhiadamama.com.br www.companhiadamama.com.br


Mamãe

Os desafios de uma gravidez tardia Referência no acompanhamento de gestações de risco, gestação tardia e na avaliação do casal infértil, o ginecologista e obstetra Luiz Machado afirma: “Aos 35 anos os problemas de infertilidade já atingem um percentual de 33%”

A

emancipação da mulher, a necessidade de trabalhar para ajudar no orçamento da casa e a competição no mercado de trabalho, segundo o obstetra e ginecologis-

ta Luiz Eduardo Machado, são alguns dos fatores responsáveis pela gravidez em idade avançada. “A mulher estuda, forma-se, faz pós-graduação, casa-se, compra apartamento e, por fim, resolve ter um filho”, completa o doutor, que hoje em sua clínica Ultra Center, localizada no Centro Médico Aliança, atende três vezes mais gestantes acima dos 37 anos que há dez anos. Ainda segundo o obstetra, a mulher foi concebida para engravidar entre os 22 e 26 anos. Com essa idade somente 5% das mulheres têm problemas de infertilidade, isso porque a produção de ovócitos é rica e de boa qualidade. “A cada ano a mulher perde quantidade e qualidade de ovócitos, gerando baixa produção de folículos para ovulação. Um embrião de oito semanas tem 6 milhões de ovócitos e, ao nascimento, tem 1 milhão. Na puberdade cai para 300 mil. Note que a perda de ovócitos inicia-se desde a fase embrionária e no desenvolvimento fetal”, explica o doutor. Existe então uma idade limite para uma gravidez saudável? “Para mim, a idade que serve como divisor de águas é a dos 37 anos. O declive folicular é exponencial e se dobra quando fica abaixo de 25 mil ovócitos, o que ocorre por volta dessa idade”, alerta o médico. Ele ainda ressalta que, já aos 35 anos, os problemas de infertilidade atingem um percentual de 33% das mulheres “e, após os 40 anos, a situação é bem pior em todos os sentidos”, completa.

76

revista Meu Bebê


» O ginecologista Luiz Machado se debruçou sobre o tema infertilidade. Sua tese de doutorado (realizado na Faculdade de Medicina da Universidade de Valencia, na Espanha), foi sobre a função e reserva ovariana. Juntamente com sua esposa, a também médica ultrassonografista Lívia Chamusca, atuam há mais de 30 anos e são reconhecidos pelo trabalho na área de imagem em obstetrícia e ginecologia. O casal é pioneiro na Bahia no serviço de ultrassonografia em 3D e 4D.

» Dr. Luiz Eduardo Machado é formado pela Escola Baiana de Medicina; coordenador geral do Centro de Treinamento com Diagnóstico por Imagem em Salva-

Além da dificuldade de engravidar, sendo muitas vezes

dor (Intro); doutor pela Faculdade de Medicina da Uni-

necessário recorrer aos serviços de Reprodução Huma-

versidade de Valencia, na Espanha; presidente da So-

na Assistida – que aumentam a ansiedade e o custo – a

ciedade Brasileira de Ultrassonografia (SBUS) Regional

partir dos 40 anos o risco de cromossomopatias (sín-

Bahia; professor associado da Faculdade de Medicina

dromes genéticas) também é bem elevado. “Acredito

de Valencia, na Espanha; membro do Comitê Europeu

que a mulher terá que rever esses conceitos, buscan-

de Diagnóstico por Imagem da Mulher; e membro do

do a maternidade logo que possível, evitando chegar a

Colégio Brasileiro de Radiologia.

esse desgaste emocional”, adverte o obstetra.

Dr. Luiz Machado Ginecologia, obstetrícia e ultrassonografia

“Acredito que a mulher terá que rever esses conceitos, buscando a maternidade logo que possível”

Cremeb • 4814 » Dra. Lívia Margarida de Mascarenhas Chamusca é formada pela Escola Baiana de Medicina; residência médica no Instituto de Perinatologia da Bahia (Iperba); especialista em ginecologia, obstetrícia e ultrassonografia; coordenadora de prática do Centro de Treina-

Para assegurar a saúde da mamãe e do bebê é impor-

mento em Diagnóstico por Imagem (Intro); e membro

tante lembrar que uma gravidez em idade avançada

do Colégio Brasileiro de Radiologia.

deverá ter um pré-natal com bastante atenção, prin-

Dra. Lívia Chamusca

cipalmente pelo risco de hipertensão arterial, diabetes

Ginecologia, obstetrícia e ultrassonografia

gestacional e outros problemas hemodinâmicos. “Infe-

Cremeb • 6632

lizmente, essa modificação da faixa etária da reprodução foi feita à revelia dos ovários, e vale lembrar que tudo termina aos 50 anos. Ou seja, aos 50 ou perto disso termina toda a produção de ovócitos”, finaliza o obstetra e ginecologista Luiz Machado.

End.: Av. Juracy Magalhães Jr, 2.096, Centro Médico Aliança, sala 708 Tels.: 2108-4623 / 9136-3903 Site: Ultracenter.ba@terra.com.br

revista Meu Bebê

77


Mamãe

Beleza e saúde garantidas na gestação

» Existe um departamento de cosmetologia específico para grávidas? A Natura possui uma equipe dedicada para disponibilizar produtos com os mais elevados padrões de qualidade e segurança. Para isso, desenvolvemos fórmulas com matérias-primas rigorosamente selecionadas cuja eficácia e segurança estão devidamente asseguradas, possibilitando uma verdadeira experiência de

Cuidados com a beleza e o bem-estar são verdadeiros investimentos em autoestima

bem-estar. » O que é proibido? De maneira geral, cuidados especiais devem ser observados durante a gravidez, particularmente nos três

A

gravidez é um momento especial e delicado para as mulheres. Além dos cuidados com alimentação e saúde, elas precisam dar atenção à pele para garantir a hidratação e

beleza. Mas que produtos usar neste período? O gerente de marketing da categoria infantil da Natura, Fabio Artoni, tira algumas dúvidas e explica como é produzida a linha Natura Mamãe e Bebê. Confira a entrevista.

primeiros meses de gestação. Durante esse período, alterações fisiológicas ocorrem no corpo da mulher, podendo ocasionar respostas diferentes das observadas habitualmente. O médico da gestante é a pessoa indicada para orientar se há risco ou não em se utilizar determinado produto, avaliando individualmente cada caso. Solicitamos ainda que nossas consumidoras observem atentamente todas as precauções e recomendações de uso para cada produto. » Qual é a aceitação desses produtos no mercado? As clientes conhecem a linha? A mulher brasileira sabe bem que os cuidados com beleza e bem-estar são verdadeiros investimentos em autoestima. Na gravidez, as futuras mamães não precisam abrir mão dos seus hábitos, mas é essencial tomar alguns cuidados especiais. Proteger-se do sol é uma regra que deve ser seguida à risca pelas gestantes. Sua pele é particularmente mais suscetível a manchas devido a alterações hormonais que ocorrem neste período. Por isso, a proteção solar deve ser redobrada. A hidratação é outro ponto fundamental que a gestante deve observar, pois, com o aumento, principalmente do volume abdominal e das mamas, há maior risco de desenvolvimento de estrias, principalmente se já houver predisposição.

78

revista Meu Bebê


Clínica Fisgest promove manhã de fitness e informação para as mamães

ção e pós-parto, o evento foi dedicado às ações do Movimento Mundial Outubro Rosa, e destacou também a importância da amamentação como prevenção ao câncer de mama, uma das metas da mobilização. Na programação, além da prática de atividades físicas orientada por profissionais, foram realizadas palestras com temas relevantes relacionados à gestação. Durante o evento, foram arrecadadas latas de leite em pó que

Prática de atividades físicas e palestras com temas relacionados à gestação fizeram parte do evento que foi dedicado às ações do Movimento Mundial Outubro Rosa

foram doadas ao Núcleo de Apoio à Criança com Câncer (NACCI). “Com esse evento, conseguimos atingir nosso objetivo, que era o de reunir gestantes e mamães no puerpério, promovendo um acesso coletivo às atividades físicas e à informação de qualidade”, diz Paula Marcques, sócia-diretora de negócios da empresa. Ela

A busca por orien-

também alerta: “Poucas são as clínicas de fisioterapia

tação e atividades

que se propõem a desenvolver programas para gestan-

físicas ao ar livre

te. Na Fisgest,

reuniu dezenas de

tevmos um tra-

participantes

balho

na

especí-

2ª edição do Cir-

fico para esse

cuito Gestante e

público,

que

Mamãe Ativa, na

merece

aten-

praça do Loteamento Aquarius, na Pituba. Promovido

ção

pela Clínica Fisgest, pioneira em Salvador no atendi-

do constante”,

mento direcionado às mulheres no período de gesta-

conclui.

e

cuida-

revista Meu Bebê

79


Mamãe

O que fazer quando a criança cai e sofre um trauma no dente? por Dr. Maria Fernanda Aranha

AI!

atendimento, deve-se entrar em contato com o especialista e, se possível, ter conhecimento se o dente acometido é “de leite” ou permanente. Nos casos de avulsão, se o dente for decíduo (“de leite”), este não poderá ser reimplantado (recolocá-lo novamente em sua posição). Além de ter de extraí-lo no futuro, causando um trauma na criança, a chance de anquilose (raiz unir-se ao osso definitivamente) é muito grande, e isto causaria um defeito no nível ósseo durante o crescimento e ainda causar uma barreira à erupção (nascimento) do dente permanente. Nesses casos, o acompanhamento com o ortodontista, juntamente com o odontopediatra, é fundamental para definir a melhor conduta de evolução até o nascimento do dente permanente.

E

las pulam, correm, dançam, jogam bola, andam de bicicleta, enfim apesar de serem atividades saudáveis para a idade, infelizmente muitas vezes não terminam bem, como, por exemplo,

Por outro lado, se for um dente permanente, o ideal é que seja reimplantado o mais rápido possível, preferencialmente dentro de meia hora. Quanto mais tempo se passar com o dente fora da boca menores as chan-

quando há ocorrência da fratura de um ou mais dentes.

ces de sucesso do reimplante. Nesses casos, orienta-

O trauma pode provocar desde uma pequena mobili-

mos que, ao manipular o dente, toque somente a coroa

dade ou “amolecimento” do dente até mesmo o des-

dentária; lave em água corrente e, em hipótese alguma,

locamento da posição original e fraturas de diversos

esfregar o dente; procure recolocá-lo imediatamente em

tipos, e em alguns casos com maior gravidade, como

seu alvéolo e o mantenha em posição pela pressão digi-

a saída total do dente do osso alveolar chamada de

tal ou pela própria mordida leve em uma gase. Procure

avulsão dentária. Esses traumas assustam e provocam

imediatamente o atendimento profissional. Nos casos em

um grande descontrole emocional, principalmente dos

que o paciente não consegue recolocar o dente no lugar,

pais. Felizmente, na maioria dos casos, apesar do sus-

pode-se armazenar o dente em um frasco limpo com soro

to, os ferimentos não são tão sérios. O mais importante

fisiológico, leite ou a própria saliva do paciente.

é transmitir segurança para a criança tentando controlar a situação e executar as primeiras providências. Os pais podem oferecer os primeiros socorros pressionando uma gaze ou um pano limpo no local. É importante estancar a hemorragia e depois, se a situação permitir, deve-se procurar por danos em tecidos moles como lábios, gengivas e língua. Feito esse primeiro

80

revista Meu Bebê

Fonte: Dra. Maria Fernanda Aranha — CROBA 9006 Odontopediatra e Ortodontista pela USP-Bauru e responsável pela TopDent Salvador-CL1248. www.topdentbrasil.com.br/salvador_ itaigara facebook.com/TopDentSalvadorBa


A ODONTOLOGIA MODERNA É A DE PRESERVAR Estudos comprovam que o acompanhamento odontológico preventivo profissional, visando o equilíbrio biológico desde a infância, pode garantir quase 100% de eficácia nos resultados contra a cárie em todas as fases da vida. A TopDent oferece serviços odontológicos de alta qualidade, com acompanhamento correto do desenvolvimento do crescimento da face e da dentição favorecendo a intervenção ideal no momento certo.

Fotos: Luciana Freire e acervo TopDent Salvador/BA

Os pacientes dos programas preventivos recebem atividades pedagógicas e escovas de alto nível cujo resultado é uma rotina leve, saudável e divertida.

Dra. Maria Fernanda Aranha - CROBA 9006 Especialista em Odontopediatria e Ortodontia pela USP-Bauru. Responsável pela TopDent em Salvador.

ODONTOLOGIA CURATIVA

ODONTOLOGIA PREVENTIVA

FUN CARE

ORTOP ORTOPLAY

BIOB BIOBALANCE

TopDent FunCare é o serviço odontológico preventivo ideal para bebês, crianças e jovens. Comprovado clínica e cientificamente, com *99,8% de sucesso. TopDent Or toPlay é um programa de acompanhamento ortodôntico preventivo ideal para quem ainda está crescendo. TopDent BioBalance é um conceito racional e moderno de serviço odontológico preventivo para quem já é adulto.

PEDIA PEDIATRICS I

ORTOD ORTODONTICS

PRO PROFIX

TopDent Pediatrics é o segmento de serviços curativos desenvolvido especialmente para crianças, tudo com um toque divertido em um ambiente acolhedor e tranquilo para seu filho. TopDent Ortodontics é o tratamento ortodôntico para quem já terminou a fase de crescimento. TopDent ProFix reúne um conjunto de especialidades voltadas para o diagnóstico, correção estética e tratamentos das mais variadas áreas da odontologia.

71 3019 9895 / 71 8180 4369 | salvador.itaigara@topdentbrasil.com.br www.topdentbrasil.com.br/salvador_itaigara | facebook.com/TopDentSalvadorBA Av. Antônio Carlos Magalhães, 585, Ed. Pierre Fauchard, Sala 902, Itaigara, Salvador-BA CROBA 1248 – *Dental Press Ortodon. Ortop. Facial v. 14 n.3 p, 44-51 maio 2009 /jun. 2009


Mamãe de primeira viagem

Sobrevivi Por Silmara Miranda

compensada por todo o esforço. Ele vai crescer e será cada vez menos dependente, mas isso não significa menos cuidado e dedicação, apenas que ele começará a viver sem precisar tanto de você. E esse processo é contínuo... Depois que você tem um filho sua vida nunca mais

stava eu ali, deitada na mesa de cirurgia, só

será a mesma. E minha vida é muito mais feliz com a

esperando ouvir o choro do meu bebê, quan-

Bella. Eu fico duas horas na rua e já volto para casa mor-

do olhei para meu marido e ele também, mui-

rendo de saudade. Ela me faz querer ser uma pessoa

to emocionado, só conseguiu me dizer: “Ela é

melhor. Melhor porque eu quero ser um bom exemplo.

cabeluda!”. Foi a primeira informação que tive da minha

Hoje minha felicidade está atrelada à felicidade dela.

filha. Ali, eu ainda não tinha noção do quanto minha

Que me desculpem meus amigos se, às vezes, eu beiro à

vida iria mudar. Bella foi para o quarto ficar comigo al-

chatice por ficar falando toda hora da minha filha, mas é

gumas horas depois. Ela nasceu pela manhã. Eu, que já

porque sou apaixonada por ela... minha Bella.

E

havia ficado a noite toda em claro, continuei acordada durante todo o dia, recebendo visitas e exibindo com orgulho meu tesouro. Alegrias à parte, os primeiros meses após o parto são, na minha opinião, os mais difíceis para uma mãe. Minhas dificuldades começaram nas primeiras mamadas. Meu peito feriu e, quando olhei para minha filha, sua boca estava cheia de sangue. Entrei em desespero! Quis dar mamadeira. Eu sentia muitas dores, não iria aguentar. A enfermeira me convenceu do contrário e eu continuei insistindo no leite materno por acreditar que realmente é o melhor alimento para um recém-nascido. Três dias após o parto – e sem dormir – eu tive alta. Me lembro de andar corcunda pela casa de tanta dor no peito (cheio de leite) e também pelo corte da cesariana. Cada vez que eu levantava da cama sentia uma pontada na barriga e achava que tinha estourado um ponto. Eu acordava durante a noite para ir ao berço quando ela chorava e passava duas, três horas com ela no colo sem conseguir colocá-la para dormir novamente. Apesar de todo o cansaço, somente eu dei banho na Bella até ela completar cinco meses. Como uma leoa protegendo sua cria, eu quis fazer tudo porque achava que só eu saberia cuidar direito da minha filha. Acredito que os primeiros meses são mesmo difíceis. É tudo misturado! O amor é demais, a dedicação é demais, o cansaço é demais, a irritação é demais... Falta paciência mesmo! Mas tudo passa. Aos poucos aquele recém-nascido, que mal interagia com você, te dá o primeiro sorriso... E aí você se sente renovada e re-

82

revista Meu Bebê

Silmara Miranda é jornalista e mãe da Bella, de 2 anos e 1 mês


revista Meu BebĂŞ

83


84

revista Meu BebĂŞ


Revista Meu Bebê - ed. 03