Page 1

revista

bebê Ano I • nº 01 R$ 8,90 revistameubebe.com.br

Bahia

Decoração

especial

Festas Conheça variados temas para você fazer a festinha do seu filho

Lindos quartos decorados para você se inspirar na hora de preparar o enxoval

Malha mamãe!

Moda para baixinhos

Crianças homenageiam as mamães em um lindo ensaio fotográfico

Estão chegando os

E mantenha a forma na gravidez. Especialistas recomendam

sling ou canguru?

Escolha a melhor opção

Saiba tudo sobre o nascimento dos dentes do seu filho

E mais...

Nutrição e saúde • Educação • Família • Especial Mães


Ser mãe é um momento único e a Tempo de Ninar torna ainda mais especial trazendo um espaço diferenciado, com vários ambientes completos para as mamães e papais encontrarem o que há de melhor para o quartinho do seu bebê, desde o quadrinho da maternidade até o berço, papéis de parede, enxoval, e muito mais…

Venha se encantar: Rua Dr. Odilon Santos, 14 - Rio Vermelho Tel.: 3334-1803 www.tempodeninar.com.br


Editorial

Meu Bebê nasceu! Qual mulher que nunca pensou: E agora? Vou ser mãe! Eu pensei, e sabia que um mundo novo começava ali naquele momento e num esforço osmótico eu mudei. E não foi só o corpo, não. As preocupações mudam, princípios e valores Yêda com Duda são revistos, as adaptações começam a ser feitas. E então, eu estava virando mãe e prestes a dizer adeus à mulher de antes. Naquela ocasião, eu era uma mulher que só pensava no serzinho que crescia dentro de mim. Nesse período tudo era novidade, a busca por informação não findava nunca. As revistas de bebês nacionais não saíam da minha cabeceira, todos os dias eu lia, insaciavelmente, a respeito de assuntos que envolviam o mundo da maternidade. Foi a partir dessas leituras, sobre o universo materno, que comecei a questionar o porquê de não existir uma revista em Salvador que falasse com as mamães baianas. Todas as indicações eram relacionadas a outros estados. Daí surgiu à ideia, mas que isso, a vontade de expressar tudo aquilo que eu estava vivendo em uma revista local. Com o nascimento da minha pequena Maria Eduarda, nasceu também o projeto da revista. Sempre acreditei que muito maior do que mover montanhas é a vida possibilitar o encontro de pessoas com o mesmo propósito. Foi assim que convidei, para fazer parte do projeto, a amiga e jornalista Silmara Miranda, mãe da pequena Bella. Silmara também vivia esse momento mágico da maternidade e tinha os mesmos questionamentos em relação às revistas nacionais do segmento infantil. Foi a partir dessa junção de experiência profissional e materna que surgiu a revista Meu Silmara com Bella Bebê. Duas mães com uma vontade enorme de expressar, em algumas páginas, o amor maior do mundo: o amor de mãe! E é nesse clima que apresentamos a revista Meu Bebê. O Dia das Mães está chegando e não poderíamos deixar de falar sobre esse sentimento maior. Por isso, vamos contar a estória de algumas mães mais que especiais e ainda mamães famosas completando a frase: Ser mãe é... Nas próximas páginas, você também encontrará reportagens sobre tudo o que envolve o desenvolvimento do seu bebê. Veja em uma matéria especial como lidar com o nascimento dos dentinhos e os cuidados e precauções necessárias. E é claro que a mamãe também tem espaço garantido, pois abordamos a atividade física na gestação para mostrar como é importante a prática de exercícios na gravidez. O papai também não fica de fora. O cantor e compositor, Adelmo Casé, descreve na coluna Diário de um pai a sua experiência entre fraldas. Passeie pela revista e encontre as informações que tanto deseja saber sobre a maternidade. Boa leitura! Beijos, Yêda Nunes

Diretora de redação

Edição 01 | Ano I

2013

www.revistameubebe.com.br (71) 3272-5287/ 2626-5247 Redação Diretora de Redação Yêda Nunes – DRT/BA 4344 yeda@revistameube.com.br

Coordenadora de Redação 08Silmara Miranda – DRT/BA 4059 silmara@revistameubebe.com.br

Repórter Debora Melo debora@revistameubebe.com.br

Estagiária de Redação Fernanda Moura fernanda@revistameubebe.com.br Projeto Gráfico Leandro Maia Designer Ailson Rolemberg Fotografia Betina Valente, Henriqueta Alvarez Revisão Carlos Amorim jcbdeamorim@yahoo.com.br

Comercial Diretora Comercial Silmara Miranda Coordenadora Comercial Yêda Nunes Executivos de conta Renato Araújo Andreia Ribeiro comercial@revistameubebe.com.br Administrativo/Financeiro Angélica Nunes financeiro@revistameubebe.com.br

Colaboraram nessa edição Adelmo Casé, Dra. Maria Fernanda Aranha, Dra. Ana Tavares, Hortência Macedo, Camila Araújo, Mariana Araújo, Valney Sala, Isis Almeida, Desiree Dalia, Katia Malamut, Lúzia Araújo, Luciana Buck, Cristiane Vita, Cris Moreira, Mariana Pedreira, Luciana Pedreira e Daniele Freitas.

Faça parte da revista Meu Bebê comercial@revistameubebe.com.br


SHOPPING BARRA SHOPPING IGUATEMI SALVADOR SHOPPING SHOPPING PARALELA SHOPPING BELA VISTA


Nutrição e Saúde 14 Dentinhos

Eles estão nascendo! Entenda o processo de desenvolvimento da dentição do seu filho

20 Hum... papinhas!

Confira as receitas para

complementar a dieta do bebê

22 Olhinhos

24

20

A prevenção começa na maternidade

Decoração

24 Para meninos & meninas

Família

30 O papel da família Veja como a interação familiar pode ajudar o seu filho

32 Sou pai. E agora?

Adelmo Casé conta

como é a vida entre fraldas

Moda

34 Na Passarela!

As crianças declaram seu amor pelas mamães em um ensaio cheio de estilo, glamour e muita fofura

Especial Mães

40 Mães mais que especiais Conheça algumas histórias de amor entre mãe e filho

42 Ser mãe é

Famosas contam a sua visão

da maternidade

Meu Bebê 44 Saúde

As vacinas devem estar presentes na vida do bebê desde o nascimento

46 Um carinho faz bem

A massagem pode fazer maravilhas pela saúde do seu bebê

49 Coladinho em você!

Canguru ou sling? Escolha o mais adequado para você e o seu bebê

62

Caderno Festas 50

Pensando no aniversário do seu filho? Encontre aqui dicas para fazer a festa dele brilhar!

Educação

60 Brincando e aprendendo A manipulação de brinquedos e texturas ajuda no desenvolvimento infantil

61 E agora?

A hora da escola chegou

Gestante

62 Malhando Atividade física na gravidez é possível!

64 Xô estrias!

É possível diminuir ou mesmo impedir o seu aparecimento

fotos dshutter stock

Sumário


Anota aí Moda de grife

As melhores grifes internacionais acabam de ganhar um espaço todo personalizado e inédito em Salvador. A Lolly Bob abre as suas portas com uma nova proposta e apresenta uma exclusivíssima coleção outono/inverno para pequenos e grandinhos. A loja, que ganhou nova decoração, traz, para as quentes terras baianas, marcas exclusivas e internacionais, como Tommy, Calvin Klein, Levis, Peguim, entre outras. Os pais encontram, em um só lugar, modelos dos nomes mais respeitados da moda para o público infanto-juvenil (de 0 a 16 anos). Nas araras não falta estilo! Existem roupinhas para quem faz o gênero descolado, romântico, fashion ou mesmo tímido. Ah! E como vivemos num país tropical, a Lolly Bob apresenta uma variedade de opções em moda praia para meninos e meninas, além de acessórios para serem usados no dia a dia como cintos, bolsas e meias, entre outras. Vestidos e roupas de festa de conhecidas marcas nacionais seguem o mesmo padrão de qualidade das estrangeiras. É só conferir! Av. Luiz Viana, 8544, Shopping Paralela, 2 piso Loja 229-A, Tel. 71 3023-8280 – www.facebook.com/lollybobkids

Fonte: BBC Brasil

Cientistas fazem mapeamento do cérebro de bebês Cientistas britânicos deram início a um projeto de seis anos para mapear as conexões nervosas desenvolvidas no cérebro de um bebê ainda no útero e, imediatamente, após o nascimento. No momento em que um bebê respira pela primeira vez, muitas das principais ligações no cérebro já estarão feitas. Cientistas acreditam que a forma como esta enorme rede de ligações se estabelece tem impacto no desenvolvimento de certos problemas como o autismo. Pesquisadores do Guy’s and St. Thomas’ Hospital, do King’s College de Londres, do Imperial College e da Universidade de Oxford querem produzir um diagrama que mostre como o cérebro cresce em um nível de detalhe que dizem ter sido impossível de se obter até agora.

fotos divulgação

para os baixinhos


Sonhos

personalizados

Chás de fralda, chegada do bebê, batizados e aniversários ganham um toque único de beleza e criatividade através dos projetos especiais da Ticolico Ateliê de festas, empresa voltada para a decoração de eventos. “A Ticolico é uma empresa especializada em emoção”, afirma a designer e proprietária Ana Paula. A personalização é o carro-chefe do trabalho das sócias Nívea e Ana Paula. O ateliê se inspira no tema da festa para produzir convites, lembrancinhas, embalagens e diversas guloseimas, como bolo, cupcake, brigadeiros de copinho, bombons e outras iguarias. Tudo elaborado com muito estilo e qualidade, do jeitinho que o aniversariante merece. Visite nosso site: ticolico.com.br Vilas do Atlântico – Lauro de Freitas – Tel.: (71) 4113-2146 - facebook.com/ticolicodesigninfantil

Cuide-se, mamãe! Foi com o objetivo de oferecer tratamentos globais de prevenção, condicionamento e reabilitação, para todos os públicos, que a Clínica de Fisioterapia Fisgest surgiu no mercado de Salvador em outubro de 2012. Para as mamães, em especial, a clínica oferece o Fisgest Materna, programa que envolve algumas técnicas específicas, ou realizadas de forma integrada, tendo como base os princípios do Pilates e da Fisioterapia, com ênfase na Terapia Manual. “O grande diferencial da Fisgest, além da equipe liderada pela fisioterapeuta e sócia-diretora Carina Fernandes Silva – certificada pelo Método Mais Vida Gestante – é a escolha criteriosa das atividades que serão realizadas pela gestante, garantindo segurança para ela e o bebê, pois a gravidez requer um atendimento especializado e específico”, garante Paula Marcques, sócia-diretora de negócios da empresa. Promover o bem-estar físico e mental do indivíduo, em especial da mulher durante o seu processo gestacional, é a grande missão da Fisgest. O que está esperando, mamãe? Agende o seu horário! Av. Prof Magalhães Neto, 1856 TK Tower, Salas 509/510 - Stiep - Salvador Tel.: (71) 3179 2910 / 9295 2900 www.fisgest.com.br


Agenda

O momento do lazer é a hora mais esperada pelas crianças. Separamos algumas dicas de diversão para seu filho brincar e aproveitar o dia Ruas de Lazer

A família que passa o domingo em Salvador tem uma opção agradável e divertida para curtir com as crianças. No Farol da Barra, uma parte da orla é fechada ao trânsito de veículos para proporcionar diversão em forma de brincadeiras, como oficina de artes e pintura, miniparque, voleibol, cama elástica, futebol infantil, tobogã e jogos de tabuleiro. Essa foi uma iniciativa do Shopping Barra em parceria com a Prefeitura Municipal de Salvador. Confira, é de graça! Farol da Barra Aos domingos das 8h às 12 horas

Um dia no Zoo Você já foi ao zoológico? No Zoo de Salvador, você encontra 152 diferentes espécies de animais, entre tartarugas, pássaros, macacos e tigres, que habitam o parque e faz a alegria da criançada. É uma excelente oportunidade para os pequenos terem contato com a natureza. A entrada é franca. Alto de Ondina s/nº – Ondina De terça a domingo e feriados, das 8h30 às 17 horas

12

revista Meu Bebê

x

Aonde Ir


Museu da Criança O Museu da Criança, em Salvador, oferece uma grande variedade de experiências para estimular os sentidos e a curiosidade dos pequenos. Réplicas de fósseis e experimentos científicos são algumas das atrações que enriquecerão o aprendizado do seu filho. O ingresso é R$ 25 por criança (com direito a um acompanhante) ou R$ 15 + doação (brinquedo, roupa, livro ou alimento) Rua do Mangalô, 154 – Colina A, Patamares (próximo ao Colégio Anglo-Brasileiro). Tel.: (71) 3367-0790 De terça a sexta-feira, das 13h às 19 horas e sábados e domingos das 14h às 19 horas

Brinquedoteca Uma opção divertida e instrutiva para o seu filho. Que tal ele aprender brincando? A Malubambu é uma brinquedoteca que oferece musicalização, oficina de artes, jogos e brincadeiras, culinária saudável, contagem de história, capoeira, circo, integração sensorial, psicomotricidade e ginástica recreativa para crianças e bebês de qualquer idade. Adquirindo quatro tickets, cada um referente a uma hora, você tem até um mês para utilizá-los. O local também oferece pacotes por turno. Vale a pena conferir! Rua Comendador Bernardo Catarino, 89 A, Barra Av. Tel.: (71) 3484-5594. De segunda a sexta-feira das 8h às 18 horas e sábado das 9h às 12 horas.

Espaço Ciranda É o lugar do seu filho ser feliz. O objetivo do espaço é contribuir para um desenvolvimento infantil integral e sadio, com acompanhamento pedagógico, oficinas diversas e atividades extracurriculares. Há opções de contraturno escolar para crianças de 4 a 10 anos, turmas especias para crianças de 1 a 3 anos e colônia de férias, além de eventos específicos e comemorativos durante todo o ano para qualquer criança que queira participar. Av. Praia de Tambaú Quadra C 25 Lote 29 – Lauro de Freitas. Tel.: (71) 4113-1862 De segunda a sexta-feira das 8h às 12 horas e das 13h30 às 17h30.

revista Meu Bebê

13


Eles estão

nascendo

Lá pelo sexto mês de vida dos bebês, começam a despontar os primeiros dentinhos. É a época do coça daqui, coça de lá, muita irritação e choro, pelo menos para a maioria das crianças. Entenda melhor o processo de desenvolvimento da dentição e o que fazer para reduzir o stress na criança por yêda nunes

14

revista Meu Bebê

fotos shutter stock

Nutrição e saúde


O

nascimento dos primeiros dentinhos pode ser uma experiência traumática ou não. Cada criança reage de forma diferente. Algumas podem nem mesmo sentir incômodos nessa fase, outras, pelo contrário, apresentam sintomas como irritabilidade, perda de apetite, aumento da salivação e até mesmo febre.

Eles estão vindo! Os pais não precisam ficar alarmados com as reações do bebê. Paciência e conhecimento sobre o assunto podem fazer maravilhas durante esse período, acalmando o pequeno. Todos os sintomas irão desaparecer, gradualmente, conforme o surgimento dos dentes. Quando estiver com 3 anos, a criança deverá ter dez dentes de leite na arcada superior e 10 na arcada inferior. “O início da erupção varia muito e é normal. Geralmente, inicia por volta dos 6 meses, podendo retardar

Quando eles chegam?

até mais ou menos 1 ano”, diz a odontopediatra Maria Fernanda. Caso ocorra um retardo na erupção, o odontopediatra é o profissional mais adequado para orientações e acompanhamento. A partir dos 6 meses de idade, geralmente vão aparecer os incisivos centrais inferiores, depois os superiores e os laterais inferiores. Aos 12 meses os incisivos laterais, caninos, primeiros e segundos molares. Em alguns casos mais raros, os bebês nascem com dentes, quando diagnosticados como dentes neonatais a indicação, segundo a odontopediatra, é a extração.

Superior

Em geral, varia entre seis meses e um ano a chegada do primeiro dentinho, mas confira, na arte ao lado, uma média de quando eles começam a aparecer

7 meses 9 meses 18 meses 14 meses 24 meses

Inferior

revista Meu Bebê

15


Nutrição e saúde Aliviando o desconforto

Escovação & Cuidados

Coceira na gengiva e o aumento da salivação (babar) são sintomas da chegada dos primeiros dentinhos. Como consequência, o bebê pode ficar irritadinho e agitado. A ocorrência de febres, vômitos e diarreias não está diretamente ligada à erupção dentária, “o que acontece nesta fase é que a criança leva muitos objetos, e até a própria mão, à boca para aliviar o incômodo, aumentando o risco de infecções”, explica a odontopediatra. O alívio pode vir na forma de mordedores, que relaxam e massageiam a gengiva, ainda mais gelados, pois o frio também ajuda a aliviar a região. Se nada adiantar, um odontopediatra, que deve ser consultado desde o nascimento do primeiro dentinho, pode prescrever algum medicamento fitoterápico. “Não é recomendado o uso de pomadas anestésicas”, alerta Maria Fernanda.

Para a odontopediatra, Maria Fernanda, não é necessária a higienização antes do nascimento dos dentinhos. “A cavidade bucal do bebe é inviolável. Nos primeiros meses de vida, deve-se preservar o equilíbrio biológico a partir de uma amamentação materna, que lhe garanta uma boa imunização e a satisfação de suas necessidades físicas e emocionais”, afirma. Ela ainda complementa: “Qualquer instrumento, material ou substâncias industrializadas, na boca do bebê podem levar a algum tipo de contaminação, prejudicando a sua saúde”, completa.

O hábito de escovar os dentinhos deve ser inserido desde cedo. Visitas ao odontopediatra, a partir dos primeiros dentinhos, ajudam a desenvolver a consciência preventiva” Maria Fernanda Odontopediatra

16

revista Meu Bebê


TopDent

É hora de preservar os

dentinhos

O

s alimentos industrializados mais desejados pela criançada, como balas, chicletes, pirulitos, brigadeiros, bolachas recheadas, refrigerantes, achocolatados, entre outras guloseimas, causam um desequilíbrio na cavidade bucal, e com o passar do tempo isso possibilita o surgimento da cárie. Além disso, os pais devem ter atenção especial com a higiene bucal das crianças e adolescentes para evitar que eles sofram mais tarde com problemas facilmente evitados com uma escovação diária e consultas ao dentista. Estudos comprovam que não há um único fator para o desenvolvimento da cárie. A infância e adolescência são as fases mais críticas, já que não há uma consciência sobre a importância e a eficácia da escovação, e a prevenção é o melhor rémedio. A remoção da placa bacteriana feita por um especialista, de tempos em tempos, por exemplo, pode reestabelecer o equilíbrio e evitar o desgaste do esmalte dentário. A TopDent Salvador disponibiliza atendimentos nas áreas de ortodontia, clínica e estética, periodontia, cirurgia, implantes e odontopediatria, sendo esta última o carro-chefe da empresa, especializada em uma filosofia de trabalho diferente, com foco total em preservar a integridade dos dentes desde cedo. “A partir do momento que a criança

tem dentes, ela já pode ter cáries, por isso atendemos crianças desde os seis meses de idade”, diz a Dra. Maria Fernanda Aranha. O plano pedagógico de conscientização e motivação da TopDent diz respeito a um trabalho de prevenção, que evita o desenvolvimento das cáries e proporciona uma dentição saudável durante toda a vida. “É uma ação que dá certo. Há 30 anos atuamos com pesquisa e clínica, alcançando os melhores resultados do mundo quando o assunto é cárie, com 99,8%* de sucesso, cientificamente comprovados sempre dentro desse comprometimento de prevenção desde cedo”, conclui Dr. Anderson Rodrigues.

fotos divulgação

Cuidar dos dentinhos do seu filho desde a infância, com acompanhamento preventivo de um odontopediatra, pode garantir quase 100% de eficácia nos resultados contra a cárie em todas as fases da vida. Fique atento!

As crianças se divertem aprendendo a escovar os dentinhos com o Programa de Prevenção de Cáries da TopDent, realizado pela Dra. Maria Fernanda

Curiosidade: o homem primitivo vivia exclusivamente da natureza, e por causa dessas condições de equilíbrio natural não desenvolvia a lesão de cárie. *R.Dental Press Ortop. Facial v14n. p. 44-51 mai.2009/jun.2009 TopDent Salvador - CRO CL 1248. Responsável técnico Dr. Anderson Rodrigues CROBA 5152 e Dra. Maria Fernanda Aranha CROBA 9006

Av. ACM, 585 – Ed. Pierre Fauchard, sala 902 – Itaigara – Salvador – BA www.topdentbrasil.com.br/salvador_itaigara Tel.: (71) 3019-9895 revista Meu Bebê

17


Nutrição e saúde

Você sabia que...

• Uma alimentação saudável (frutas e verduras) e balanceada fará maravilhas pela saúde bucal do seu filho. Atenção redobrada com a cárie. Açúcares presentes em refrigerantes, sucos de caixinha e doces em excesso são tão prejudiciais aos dentes quanto o açúcar comum;

foto henriqueta alvarez

Os dentinhos de Duda

• Especialistas recomendam pastas sem flúor pelo menos até os 6 anos quando a criança ainda não consegue cuspir o creme dental. Flúor é uma substância química e em excesso pode causar intoxicação, podendo interferir na formação dos dentes permanentes. Tal alteração denomina-se de fluorose, que varia desde manchas brancas até a coloração mais acastanhada em casos mais graves. Deve-se ter muita cautela e responsabilidade em casa no armazenamento dos cremes dentais, pois a intoxicação por flúor pode levar à intoxicação mais séria, provocando vômitos e diarreias.

Os dentinhos de Helô

“Começaram a nascer, bem cedinho, aos cinco meses de idade. Primeiro nasceram dois embaixo, depois dois em cima. Hoje, ela está com 11 meses e já tem oito dentinhos. Agora apareceram mais dois. Desde que começaram a nascer ela fica constantemente irritada. Imagino que deva sentir dor com o rompimento. Para a minha preocupação, muitas vezes ela recusa a papinha e não quer nem tomar leite na mamadeira. Ela também tem febre e até vomita. Sobre a higiene bucal, eu ainda tenho dúvidas de como escovar os dentinhos dela. Comprei pasta sem flúor e escova apropriada para bebês na idade dela, mas acho que ela não gosta”

“Em Heloisa eles começaram a aparecer perto dos 5 meses de vida. Um novo dente rasgando a gengiva, pela primeira vez, deve incomodar muito e talvez por isso ela tenha ficado muito aborrecida. Para aliviar o incômodo, dei a ela muitos mordedores. Desde cedo apresentei a escova e a pasta de dentes. Tento fazer desse momento uma brincadeira, mas sempre parte de sua rotina, pelo menos ao acordar e antes de dormir. Está certo que ela chupa mais a pasta que escova de verdade, mas estamos treinando isso: dou a ela minha escova para que ela escove os meus e eu consigo escovar os dela direitinho. Depois ela cospe. Ainda não gargareja, mas a gente chega lá. Se não fosse um pequeno acidente, de uma travessura, seu sorriso seria mais lindo, porque agora ela tem um dos dentinhos da frente quebrado (ainda bem que é de leite)”

Yêda Nunes, 28 anos, mãe de Maria Eduarda, 11 meses

Liliane Gomes Araujo, 34 anos, mãe de Heloisa, 1 ano e 8 meses

18

revista Meu Bebê

foto divulgação

• O uso da escova de dente deve ser iniciado a partir do primeiro dentinho. Ela deve ser de cabeça pequena, extremamente macia e com muitas cerdas paralelas e arredondadas. Observe as embalagens para escolher a escova correta para a idade do seu filho, e troque a cada três meses ou quando as cerdas começarem a “abrir”.


fotos shutter stock

foto divulgação

palavra da especilaista

* Dra. Maria Fernanda Aranha – CROBA 9006 - odontopediatra e ortodontista pela USP-Bauru. Responsável pela TopDent Salvador - CL 1248

revista Meu Bebê

19


Hummm...

hora da Papinha!

Q

uando o bebê completa seis meses é hora de introduzir uma nova alimentação à sua dieta, pois o leite materno, ou as fórmulas em pó, já não são mais suficientes para suprir todas as necessidades nutricionais do pequeno. Também é importante lembrar que, somente a partir dessa idade, o sistema digestivo da criança está maduro para enfrentar possíveis infecções ou alergias aos novos alimentos. Portanto, devem ser oferecidos gradativamente legumes, frutas, verduras, grãos, cereais, entre outros alimentos. A água já pode ser 20

revista Meu Bebê

oferecida livremente à criança. Mas atenção! As papinhas devem ser incluídas de forma complementar, tendo em vista que o leite materno continua sendo uma fonte importantíssima de nutrientes. A Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda que o leite materno seja oferecido até os 2 anos de idade ou mais. Para as mamães que não sabem o que e como oferecer novos alimentos ao bebê, a nutricionista Hortência Macedo, especialista em nutrição clínica funcional, dá a dica de um plano alimentar recomendado para o aleitamento materno complementado.

foto shutter stock

Nutrição e saúde


Após os 6 meses, a papinha se torna uma importante refeição da criança e deve ser incluída em sua dieta de forma complementar juntamente com o leite materno. Confira o plano alimentar para aleitamento materno complementado sugerido pela nutricionista Hortência Macedo, especialista em nutrição funcional. Plano alimentar paraclínica aleitamento materno complementado Horário 05:00

Preparação Mamada livre (sucção)

07:00

Mamada livre (sucção)

09:00

Papinha Doce 1 fruta: maçã sem casca raspada (é importante oferecer as frutas separadas para que a criança conheça o sabor do alimento)

11:00

1 unidade

Mamada livre (sucção)

13:00

Papinha Salgada Arroz branco cozido

3 colheres de sopa

Feijão cozido tamizado

3 colheres de sopa

Carne ensopada amassada

1 colher de sopa

Quiabo picadinho sem caroço

1 colher de sopa

Abóbora cozida amassada Couve-flor cozido coado (colocar para cozinhar, porém não oferecer o folhoso)

1 colher de sopa

Água de cocção Azeite de oliva

4 colheres de sopa 1 collher de sobremesa

Suco de laranja coado

30ml

15:00

1 folha média

Papinha Doce 1 fruta: pêra

17:00

1 unidade Mamada livre ( sucção)

19:00

Papinha Salgada Batata-doce cozida

1 colher de sopa cheia

Ervilha tamizada

3 colher de sobremesa cheia

Frango cozido triturado

1 colher de sobremesa cheia

Beterraba cozida

3 colheres de sopa cheia 1 colher de sopa cheia

Abobrinha cozida

Azeite de oliva

1 colher de sopa cheia 4 colheres de sobremesa cheia 1 colher cheia de chá

Suco de acerola

30 ml

Espinafre cozido (colocar para cozinhar, porém não oferecer o folhoso) Água de cocção

21:00

Medida Caseira

Mamada livre (sucção)

O Ministério da Saúde recomenda que a amamentação seja mantida até os dois anos de idade ou mais, e que os bebês sejam alimentados exclusivamente com leite materno até os seis meses de idade

O Ministério da Saúde recomenda que a amamentação seja mantida até os dois anos de Meu Bebê idade ou mais, e que os bebês sejam alimentados exclusivamente com leiterevista materno até

21


Nutrição e saúde

De olhinhos

bem abertos

Você sabia que a visita ao Oftalmologista deve ser feita ainda com seu filho bebê? Quanto antes for descoberto algum problema nos olhinhos do pequeno, mais rápida será a recuperação e as chances de uma vida tranquila

M

amães e papais ficam ansiosos para saber se o pequeno está enxergando tudo o que está em sua volta, mas, ao nascer, o bebê ainda não tem o seu sistema visual totalmente formado, sua visão é desfocada e as cores não são bem definidas. Alguns problemas podem aparecer ainda nessa fase, e é por isso que, desde a maternidade, é importante que os pais fiquem atentos à saúde dos olhinhos dos seus filhos.

22

revista Meu Bebê

Atenção! Oftalmopediatras alertam que nos recém-nascidos algumas doenças podem levar à perda da visão e até colocar em risco a vida da criança, como a catarata congênita, o glaucoma congênito e o retinoblastoma-tumor, por isso a importância da prevenção.

fotos shutter stock

por yêda nunes


Cuidado com o recém-nascido Os cuidados com a visão do seu filho começam desde a maternidade, onde acontece a aplicação do colírio de nitrato de prata, que previne conjuntivites neonatais. Outra medida importante para os pequenos é o Teste do Reflexo Vermelho ou Teste do Olhinho, que também pode ser realizado ainda na maternidade. Esse exame é importante por detectar qualquer tipo de patologia e avaliar se não há obstrução da passagem de luz para que a criança desenvolva sua visão. Após o resultado, a família já pode ir para casa mais tranquila.

Primeira consulta Mesmo que os resultados dos primeiros exames do seu filho estejam normais, o fundamental é que o pequeno ainda volte ao oftalmopediatra antes de completar um ano. Na consulta, são usadas técnicas específicas (de acordo com a idade) para que o médico identifique no histórico da criança (gestação, peso, parto, etc.) e da sua família (diabetes, por exemplo) alterações que possam ser futuros determinantes de problemas oculares. Algumas doenças podem ser detectadas na consulta, como o estrabismo ou até a miopia. Também é realizada a dilatação dos olhos para identificar a necessidade de usar ou não os óculos. Essa dilatação permite ver o fundo do olho e o exame revela problemas como tumor e cicatriz na retina. A prevenção resulta em uma vida mais tranquila no futuro, principalmente no período escolar.

O uso de óculos pode aparecer em qualquer fase da infância. Olhos vermelhos, lacrimejamento e irritabilidade são sintomas a serem observados

Cuidado com as viroses! O bebê é sempre cercado de cuidados, mas nem sempre é possível evitar contaminações e pequenas alergias. Limpar os olhos diariamente com água pré-fervida é uma saída, uma boa forma de prevenção. “É preciso ainda observar se há lacrimejamento, secreção, hiperemia (vermelhidão), sensibilidade excessiva à claridade ou mancha branca na pupila ou na córnea (lente transparente que cobre a parte colorida do olho). Caso o bebê apresente um desses sinais, a recomendação é levá-lo ao especialista de imediato”, orienta a oftalmopediatra Ana Tavares.

Palavra da Especialista • Na hora de limpar os olhos muita atenção! Limpe-os passando somente um chumaço de algodão embebido com água morna pré-fervida, no sentido da pálpebra em direção aos cílios. Nada de cotonetes, água boricada. Colírios somente prescritos pelo médico. • Com 6 meses de vida, os pais já podem levar seus filhos ao oftalmopediatra para avaliar se a visão está se desenvolvendo normalmente. Nesta consulta, também se podem diagnosticar doenças como obstrução do canal lacrimal, conjuntivite, estrabismo, retinoblastoma, catarata , glaucoma, dentre outras. Dra. Ana Tavares, oftalmopediatra da DayHorc – CRM 15688BA

revista Meu Bebê

23


Joli Bébé

Para

meninos & meninas Falta pouco para a chegada do novo membro da família. Seja um menininho ou uma menininha, a hora de arrumar o quartinho do bebê é um dos momentos mais esperados e gostosos para o casal. Na Joli Bébé cada detalhe é pensado para tornar o mundo que vai cercá-lo mais alegre, belo e confortável

por debora melo fotos betina valente

A

qui, o tradicional azul abre espaço para os animaizinhos da floresta fazerem companhia para o bebê, no maior estilo safári. Para os meninos, esse é o tema campeão na preferência das mamães. As cores claras e pastéis, como o branco, o verde e o marrom, ganham lugar nas paredes, móveis e enxoval. Em pelúcia, macaquinhos, zebras e leões atentos disputam espaço com almofadas, quadros e outros objetos de decoração, sempre com motivos da selva. Puro charme! A mescla da madeira (100% MDF) e da cor branca predomina quando o assunto são os móveis, de forma a deixar o ambiente mais leve, claro e suave. O berço (com grade lateral móvel e regulável) em lâmina natural pode ser usado pela criança até os 2 anos de idade, e depois se transforma em uma mini cama superconfortável. A cômoda e o baú com aplique de Leãozinho (para guardar os brinquedos) possuem rodinhas 24

revista Meu Bebê

Macaquinhos, leões e zebras de pelúcia compõem a decoração do quarto com o tema safári. O baú com aplique de leãozinho e o enxoval temático também ganham destaque

em silicone, facilitando eventuais mudanças e preservando o assoalho. Os móveis estão disponíveis em outros tamanhos e nas cores louro frejó e branco fosco. A Joli Bébé dispõe de enxoval temático completo, que vai desde roupinhas até sapatinhos, lençóis e mantas. O kit de berço e de cama explora os tons de verde e é feito em algodão 180 fios. É só escolher.

Sonhos de princesa Romântico, discreto e superaconchegante. Um quarto perfeito, inspirado emcontos de fada eternos. Não é fofo? O estilo princesa ganha, nesse espaço, ares de requinte e suavidade ao se render a detalhes. O branco e o rosa lisos predominam em todo o ambiente. Ursinhos, flores e bailarinas marcam presença na decoração, seja em kits de higiene ou em pequenos adornos. Porta-retratos, luminárias, quadros de diversos tamanhos com motivos de bailarinas e que remetem a toda delicadeza que cerca o mundo das meninas. O berço, que pode ser usado até dois anos e meio, em madeira maciça, tem detalhes em palha natural. Os outros móveis de MDF são todos brancos para evitar que o ambiente fique carregado e perca luz. O estilo provençal (“must” do momento) dá um ar chique e moderno,


Ursinhos, bonecas e quadrinhos em Led fazem parte da decoração do quarto de menina com o tema de princesas. Destaque para os detalhes do kit berço e os bordados do enxoval

sem perder a identidade de princesa. Tudo bem clássico. A poltrona de amamentação diamante é superconfortável e completa o conjunto de móveis juntamente com o sofácama, a cômoda e as mesinhas decorativas. As confecções que acompanham a decoração podem ser encontradas na própria Joli Bébé, além do enxoval completo. Tudo para combinar com o ambiente de sonhos da princesinha que vai chegar.

Qualidade & Carinho Especialista em construir sonhos, a Joli Bébé oferece para a gestante enxovais completos, com todos os acessórios, como carrinhos e cadeirinhas, além de chupetas e mamadeiras; e também uma linha completa em decoração de móveis e acessórios para os ambientes infantis. “Temos um perfil exigente de cliente, que se preocupa com a qualidade dos produtos e que gosta de personalizar, por isso investimos em uma fabricação própria que atenda a essas necessidades de alto nível”, diz Camila Araujo, proprietária da Joli Bébé. A loja possui um ateliê próprio em Salvador, onde confecciona todo tipo de produção artesanal relacionada ao universo dos recém-nascidos.

Av. Paulo VI, 1143 – Pituba, Salvador Tel.:(71) 3451-1099

Os bonecos, em 100% algodão, produzidos pelo ateliê da Joli Bébé, ganham evidência no quartinho de menino com o tema safári revista Meu Bebê

25


O

cantinho do bebê

O

O pequeno está chegando e são muitas opções de decoração, enxoval e roupinhas. Confira as dicas especiais da loja Cheiro da Mamãe! por debora melo fotos betina valente

ursinho de pelúcia Ted, muiO ursinho Ted ganha destaque na bolsa do neném, no kit higiene, no quadrinho em Led to amado pelas crianças, é e nas roupinhas de puro algodão uma grande fonte de inspiração para as mamães na hora de montar o quarto do bebê. Para os meninos, esse é um dos temas preferidos, onde sempre se pode usar a criatividade e delicadeza. Tons de azul misturam-se ao clássico branco por todo o ambiente. As cores estão no enxoval (kit berço e roupinhas em algodão puro), nos enfeites de parede (quadrinhos com Led) e detalhes de ornamentação (abajur, kits de higiene, almofadas, etc.) Os móveis, em e o portarsonalizado MDF, seguem a tendência, O kit berço pe também ganham ico fraldas temát artinho apostando no clean e no discoração do qu espaço na de creto. Um sonho!

Tudo completo! O sonho de toda gestante é encontrar tudo o que precisa para o seu bebê em apenas um lugar, certo? A Cheiro da Mamãe oferece o enxoval completo, além de todos os acessórios que a futura mamãe vai precisar. Os materiais são feitos a partir do puro algodão, sem fios sintéticos, como jogos de lençóis, mantas, protetores de berço e roupinhas. Móveis diversos e outros acessórios como berço, mosquiteiro, carrinho de passeio, cadeirão, poltrona de amamentação e bebê conforto, de diferentes marcas e em diferentes tamanhos e modelos, também estão disponíveis na loja. 26

revista Meu Bebê

Para brilhar!

Quer roupinhas para seu filho arrasar em momentos especiais? Aqueles modelinhos mais elaborados e incrementados para festas de casamento, batizados, casamentos e aniversários podem ser encontrados na Cheiro da Mamãe, para crianças de 0 a 12 anos. Para as meninas, modelos com brilho, babados e cheios de balanço. Para os meninos, aquela calça estilosa e bem moderna, de marcas como Mil Babe, Paraíso, Menina Morena e Zemmar. E para completar, nada como um sapatinho combinando. O público tem à disposição os estilos da Toke, Pampili, Polo, entre outras.

A loja

Pioneira em enxovais na Bahia há 25 anos, a Cheiro da Mamãe iniciou um bem-sucedido negócio no universo infantil ao abrir a sua primeira loja no Itaigara. “Começamos com a Cheiro da Mamãe há 25 anos e, com a crescente demanda e Macacões conforprocura por roupas para adotáveis em 100% algodão dão vida lescente, abrimos a loja Prinao quartinho para a cess Teen, no Shopping Paseo. chegada do pequeno Os clientes aprovam o serviço e sempre indicam amigos para as duas lojas”, conta Lúzia Araújo, proprietária da loja.

Cheiro da Mamãe Av. ACM, 656 – 848 lj. 45 Shopping Itaigara Tel.: (71) 3359-1191


detalhes

mimosos

fotos betina valente

enxoval Quadro LED Princesa ursa Joli Bébé | 3353-3647

Um mundo de fofuras para acompanhar cada novo momento do seu bebê

Kit Higiene Barrigudinhas & Chorões | 3353-6233

Boneco 100% algodão Joli Bébé | 3353-3647

Abajur carrinho Cheiro da Mamãe | 3359-1191

Cheguei menina e menino Tempo de Ninar | 3334-1903

foto divulgação

Urso de tecido Barrigudinhas & Chorões | 3353-6233

revista Meu Bebê

27


Beleza baby

Brincar de

Decidir quando cortar o cabelo do seu filho às vezes não é uma tarefa tão simples. Os pequenos merecem atenção especial quando o assunto é cuidar das madeixas Decidir quando cortar o cabelo do seu filho às vezes não é uma tarefa tão simples. Os pequenos merecem atenção especial quando o assunto é cuidar das madeixas. Saiba como transformar a estreia do seu bebê no cabeleireiro em uma experiência agradável, com brincadeiras e o melhor, sem choro! A saída pode estar em salões de beleza especializados, que possuam ambientes decorados com cadeiras em formato de carrinho, moto e animais. Cada detalhe deve ser pensado com

muito carinho para atender ao exigente e inquieto público infantil. A atmosfera envolvente com música, DVDs com desenhos, filmes, jogos, doces e brinquedos. Especialista há dez anos, Valnei Nunes, do salão Cortando e Brincando, localizado na Pituba, voltado ao atendimento de crianças de todas as idades, principalmente as de 0 a 4 anos, afirma que diversão é o que conta. Ele utiliza brincadeiras e bom humor para deixar os clientes mirins à vontade e transformar a ida ao salão em algo divertido e prazeroso.

Quando a criança já entende, vale a pena explicar que cortar o cabelo não dói e serve para deixá-la mais bonita. O corte infantil precisa ser rápido. Os profissionais garantem: dez minutos é o máximo de tolerância conseguida.


revista Meu BebĂŞ

29


Família

O papel da família na vida do bebê Papai, mamãe, vovô, a babá e até o bichinho de estimação. Todos têm um papel a desempenhar na vida do seu filho. A interação é uma das experiências mais enriquecedoras e a chave para um desenvolvimento saudável da criança. Confira, abaixo, algumas dicas para tornar a convivência em família ainda mais gostosa! por debora melo

A Criança

foto shutter stock

É o centro das atenções na casa. Precisa de espaço para se desenvolver e vencer seus limites. É importante deixá-la andar, cair e levantar, até mesmo chorar. Não importa a idade, criança gosta de atenção, carinho, brincadeiras e...limites! Observar seu comportamento e sua reação às coisas e pessoas é essencial.

30

revista Meu Bebê


A Mamãe

É a pessoa essencial na vida da criança. É no colo dela que encontra conforto e muito amor. É com ela que o bebê tem as suas primeiras experiências com o mundo. Por mais forte que seja o desejo materno de ficar ao lado do filho o tempo todo, ninando, carregando, alimentando, é importante deixar que outras pessoas também tenham essa chance, principalmente o pai. A insegurança é uma constante na vida de toda mãe. Se ela enfrentar seus medos, certamente ajudará a criança a superar os dela. Transmitir conhecimento e educar para a vida. Essa é sua nobre missão.

O Papai

Vovô e Vovó

A sabedoria popular diz que “vó é mãe duas vezes”. E é mesmo. Geralmente, os avós adoram paparicar, bajular e dar todo o carinho de um jeito só deles. Neles, as crianças encontram mais tolerância, paciência e a oportunidade de ter todos os desejos atendidos. Na maioria das vezes, são os avós que dão toda a assistência naqueles primeiros dias com o bebê em casa. Só fiquem atentos para que não se intrometam demais na educação do bebê. Não pode haver conflito de autoridade entre pais e avós. A criança, primordialmente, deve obedecer aos pais.

A Babá

Não ter medo de participar intensamente da vida do filho, como trocar fralda, ajudar a dormir, dar banho, brincar, sair para passear e ler pra ele dormir, só fará com que a aproximação entre os dois seja cada vez maior. Se não souber fazer nada, terá de pedir ajuda e aprender. A criança não só “come e dorme”. Procurar preencher espaços na vida dela. Ah! E a ajuda nas tarefas domésticas também será muito bem- vinda para aliviar um pouco o cansaço da mamãe.

A confiança é o mais importante na relação com a cuidadora. Certamente, seu filho irá criar um carinho especial por ela e vice-versa. Isso é natural e muito importante para a criança. Não precisa ficar com ciúmes. O papel da babá é cuidar do seu filho como se fosse você, mas, quando os pais estiverem em casa, devem fazer o possível para participar de toda a rotina da criança.

O Irmão mais velho

O bichinho de estimação

Algumas crianças não apreciam muito a ideia de dividir a atenção dos pais. O ciúme – inevitável – pode criar confusões na rotina e influenciar o comportamento do irmão mais velho. O segredo está na conversa, que não deve demorar muito pra acontecer. Paciência e muita sensibilidade para mostrar que a criança mais velha continua importante na vida dos pais. Especialistas infantis afirmam que quanto mais a criança estiver envolvida na chegada do novo irmãozinho melhor será o convívio entre os dois.

Especialistas em educação e psicólogos aprovam a presença de animais na vida da criança, desde que tenha a supervisão de um adulto. Os animais de estimação estimulam a afetividade e o sistema locomotor, além de deixar as crianças mais calmas e potencializar a aptidão em fazer novas amizades. Em relação à alergia, um estudo publicado na revista Clinical & Experimental Allergy comprovou que crianças que convivem com gatos e cachorros desde o primeiro ano de vida tendem a ter menos sensibilidade a seus alérgenos.

revista Meu Bebê

31


m p u a i e d por Adelmo Casé

foto divulgação

r á i i o D

Família

O

choro da minha filha ao nascer disparou um gatilho dentro do meu peito. Como se, num toque de mágica, a vida mudasse seu rumo e me apresentasse um novo “eu”. Um homem completo e cheio de responsabilidades novas dali pra frente, principalmente quando o assunto fosse prover, cuidar e proteger aquele ser pequenino e indefeso que eu observava, sem piscar, através do vidro do berçário. As pessoas ligavam pro meu celular e a voz embargava numa ânsia permanente de choro. Não conseguia falar. Bella se alimentava bem com o leite materno. Eu a colocava pra arrotar sempre. Trocava fraldas eventualmente e nunca dava banho, pois tinha receio de fazer algo errado, de deixar entrar água em seus ouvidos etc. Esse medo só desapareceu após seu primeiro ano de vida. Senti pena da dor na hora das vacinas, monitorava as quedas quando ela aprendeu a andar, vistoriava a casa em busca de objetos que pudessem fazê-la engasgar ou se machucar, travei portas e gavetas de armário etc. Hoje, já com um ano e cinco meses, ela fala várias palavras,

32

revista Meu Bebê

inclusive a tão esperada por mim: papai. É carinhosa, esperta e sorri de tudo. Uma criança muito feliz e muito amada. A casa sem ela é triste, sem vida, sem sentido. A experiência de ser pai trouxe uma sensibilidade fora do comum. Acredito que me transformou em uma pessoa melhor. Mais responsável, sensível, completa, feliz. Um filho dá sentido à nossa existência. Quando me perguntam como é ser pai, eu simplifico da seguinte forma: é descobrir, a cada dia, um mar de amor pra doar. É um querer ser o melhor que puder, ser herói, pelo menos pra uma pessoinha nesse mundo. É deixar o exemplo como maior herança pro seu filho. Enfim... o sorriso de Bella tem o poder de colorir meu dia, de me trazer uma alegria plena. É como se ela pudesse me fazer criança, trazendo de volta minha inocência, o lado lúdico da vida. Que venham os novos desafios, as descobertas e, é claro, os medos... Disposição para fazer minha filha feliz e muito amor não vão faltar. Os filhos amados de hoje serão os pais amorosos de amanhã.


moda

Mamãe, eu te amo!

Existe coisa melhor do que o amor que recebemos dos nossos filhos? Foi pensando nesse sentimento – tão gostoso – que os pequenos têm para dar, que a revista Meu Bebê separou um espacinho só para eles dizerem: “Eu te amo, mamãe! E obrigado por existir!” fotos henriqueta alvarez

“Mãe agora aqui diante de você declaro Minha vida fica mais bonita com você do lado” Fábio Júnior ALGODÃO DOCE Conjunto R$ 163,90 TIGOR T. TIGRE Sandália R$ 124,90

Duda BARRIGUDINHAS & CHORÕES Faixa meia R$ 18,90 NANA BABY Conjunto R$ 147,00 LILICA RIPILICA Bota R$ 179,90

34

revista Meu Bebê


“Ela é a dona de tudo Ela é a rainha do lar Ela vale mais para mim Que o céu, que a terra, que o mar” Toquinho Maria Clara Bella

algodão doce Tiara R$ 39,50 Vestido R$ 379,00 lilica ripilica Bota R$ 249,90

algodão doce Bico de pato R$ 22,00 nana baby Conjunto R$ 357,00 BARRIGUDINHAS & CHORÕES Sapato R$ 103,90

revista Meu Bebê

35


moda

“Talvez ela saiba de cór Tudo que eu preciso sentir Pedra preciosa de olhar! Ela só precisa existir Para me completar” Jorge Vercillo

tigor t. tigre Jaqueta R$ 199,90 Polo R$ 94,90 Calça R$ 179,90 Sapato R$ 149,90

Lilica Ripilica Tiara R$ 69,90 Blusa R$ 129,90 Saia salmão R$ 159,90 Sapato R$ 129,90

36

revista Meu Bebê


“Toda vez que te abraço E te beijo sem nada dizer Você diz tudo que eu preciso Escutar de você” Roberto Carlos

Algodão doce Camisa R$ 158,50 Calça R$ 86,00 algodão doce Faixa Meia R$ 18,90 Vestido R$ 336,00 LILICA RIPLICA Sapato R$ 89,90

BARRIGUDINHAS & CHORÕES Faixa Meia R$ 25,00 Vestido R$ 195,90 NANA BABY Sandália R$ 85,00 revista Meu Bebê

37


moda “Eu quero ser pra você Braços abertos a te envolver E a cada novo sorriso teu Serei feliz por amar você” Paula Fernandes Alice nana baby Faixa Meia R$ 25,00 Sapato R$ 103,90 ALGODÃO DOCE Conjunto R$ 142,90

Lilica Ripilica Tiara R$ 49,90 Blusa básica R$ 39,90 Blusa preta R$ 79,90 Cinto R$ 79,90 Bolsa R$ 179,90 Sapato R$ 159,90 algodão doce Short R$ 129,20

Onde Encontrar - Lilica Ripilica & T. Tigor e Tigre: Shopping Barra - 71 3267-3442/ Shopping Iguatemi - 71 3450-1723/ Salvador Shopping - 71 3450-3494

Shopping Paralela - 71 3023-8424/ Shopping Bela Vista - 71 3431-0749; Algodão Doce: 71 3450 5950; Barrigudinha & Chorões: 71 3353-6233; Nana Baby: 71 3358-0032

38

revista Meu Bebê


“Ela me faz tão bem Que eu também quero fazer isso por ela” Crianças: Maria Eduarda Nunes Galvão - 1 ano; Bella Miranda Casé - 1 ano e 5 meses; Enzo Gesiel Santos da Silva - 1 ano e 10 meses; Lucas Lopes Coelho - 3 anos; Alice Lopes Coelho - 4 anos; Leonardo Lopes Coelho - 4 anos; Maria Clara Lopes Souza - 5 anos - Fotos: Henriqueta Alvarez; Beleza: Salão Toopetes; Produção: Revista Meu Bebê

Lulu Santos

Lucas

algodão doce Camisa R$104,50 Calça R$ 88,90 TIGOR T. TIGRE Sapato R$ 199,90

Lilica Ripilica Acessório cabelo R$ 69,90 Blusa básica R$ 39,90 Blusa com brilho R$ 119,90 Tênis R$ 199,90 algodão doce Saia R$ 179,00

BARRIGUDINHAS E CHORÕES Faixa meia R$ 18,90 Sapato R$ 103,90 ALGODÃO DOCE Vestido R$ 271,00 revista Meu Bebê

39


Especial mães

Mães mais que especiais Muitas vezes só damos o devido valor às nossas mães após passarmos pela experiência da maternidade. No mínimo, elas nos carregaram nove meses na barriga e perderam noites e noites em claro nos ninando. Algumas mães vão além do esforço físico e psicológico só para dar o melhor àquela criaturinha tão frágil. É isso que as tornam mais que especiais

fotos divulgação

por debora melo e silmara miranda

Um presente em dose tripla “Tive dois abortos espontâneos em menos de um ano, por isso resolvi recorrer a todos os mecanismos possíveis para descobrir o que estava acontecendo, tratar e, só então, realizar aquele desejo de ser mãe, que latejava 24 horas por dia em mim. Depois de incontáveis exames, acompanhamento psicológico e tratamentos, meu obstetra sugeriu que eu fizesse estímulo à ovulação. Após três meses sem sucesso, quando já estávamos para desistir do método, três óvulos foram fecundados. Desde o início, meu obstetra não escondeu que era uma gravidez de “altíssimo risco”. Sentia muito cansaço, dificuldade para me locomover, e tive algumas intercorrências 40

revista Meu Bebê

como sangramento, sinusite e gastrite. Com 21 semanas, fui internada com urgência e tive que fazer cerclagem (dar pontos para fechar o colo). Até o nascimento dos bebês fiquei em repouso absoluto. Com tudo isso aprendi que não temos o controle do que pode nos acontecer. O sofrimento foi momentâneo e o milagre de gerar três filhos faz com que eu me sinta triplamente abençoada. Agora posso dizer que sou mãe... e esse foi o maior presente que Deus poderia ter me dado”. Lidiane Lima Pinheiro, 34 anos, mãe de Tito, Isaac e Davi, de 1 mês


A adoção foi uma opção “Eu nunca pensei que pudesse ser tão feliz! Eu não escolhi Lis, ela que me escolheu. A minha vida toda nunca quis ter filhos gerados por mim, a adoção foi uma opção. Em 2011, achei que tinha chegado a hora de adotar uma menininha e comecei a me movimentar para isso. De cara conheci uma criança de 4 meses e me apaixonei por ela. Foram dois meses visitando-a de 15 em 15 dias, mas quando quis dar entrada no processo de adoção descobri que ela não poderia ser adotada, porque os pais a queriam de volta. O meu mundo caiu. Eu já tinha desenvolvido muito amor por ela e tive uma crise nervosa, mas fui abençoada por Deus dois dias depois. A assistente social me ligou dizendo que tinha uma menininha de 3 meses pronta para adoção. Me emocionei a primeira vez que olhei para Lis. Foi um sentimento instantâneo, muito forte, de muito amor que invadiu meu coração. Ela estava muito fraquinha, pesava apenas dois quilos, estava doentinha, desnutrida e desidratada. No dia seguinte, o juiz me ligou dizendo que eu podia ir buscar minha filha, e em menos de

um mês eu já estava com a guarda provisória. Hoje ela está com 10 meses e parece um bebê de revista. Engordou cinco quilos, é esperta, risonha, uma pimentinha! Para minha felicidade, virei madrinha da outra criança que não pude adotar e continuo a vendo de 15 em 15 dias. Tudo isso foi um aprendizado muito grande para mim. Lis me ensinou a amar incondicionalmente, ela é o que há de mais importante na minha vida. No fim das contas, quem tem sorte sou eu que tenho a presença e companhia dela todos os dias para alegrar ainda mais a minha vida.” Andréia Santos, 45 anos, mãe de Lis, 10 meses

Especial sou eu! “Mari foi muito desejada por todos nós. Só soubemos da síndrome algumas horas depois do parto... esse momento foi um choque horrível. Eu e meu esposo ficamos perplexos, sem entender como isso não foi visto nas ultrassonografias. Choramos

muito e eu perguntava pra Deus: Por que eu, meu Pai eterno? Será que vou dar conta? Foi então que a enfermeira me disse o que eu precisava fazer para ajudar a minha filhota. – Estimulação precoce com fisioterapia e fonoaudiologia. Então fomos à luta! Deixei de trabalhar para me dedicar integralmente às terapias. Ficar desempregada não foi fácil, mas foi crucial para o bom desenvolvimento dela. No início, eu ficava me perguntando como ela se desenvolveria, como seria aceita na sociedade... Enfim, eram muitas dúvidas. Três anos se passaram e vi que não era nada daquilo que eu temia. Mariana é muito esperta, tagarela, inteligente, amorosa, ativa e, acima de tudo, adorável. Hoje em dia ela vai à fonoaudióloga, à terapeuta ocupacional, faz natação e estuda numa escola regular, onde acompanha os coleguinhas da sua turma sem maiores dificuldades. Minha filha pode até ser chamada de ‘especial’, mas não a vejo dessa forma. Acho (ou melhor, tenho certeza) que especial sou eu, por ser a sua mãe e ter sido escolhida por Deus para receber esse presente, que alegra todos os meus dias com o seu mais puro amor.” Naara de Souza, 37 anos, mãe de Mariana, 3 anos revista Meu Bebê

41


Especial mães

Ser mãe é...

Veja o que as famosas pensam sobre a maternidade

< ¬láudia Leitte

Ser mãe é... estar mais perto de Deus! Ser mãe é amar o próximo muito mais que a si mesmo. Ser mãe é o maior presente que eu podia receber dos céus!” Claudia Leitte, cantora. Mãe de Davi, 4 anos; e Rafael, 8 meses.

“ Daniela Mercury

<

Ser mãe é... aprender mais do que tentar ensinar. Na primeira vez que fui mãe eu ainda tinha a sensação de que minhas verdades valiam muito, mas depois desses anos todos de convivência com os mais velhos eu aprendi a observar e escutar mais.” Daniela Mercury, cantora. Mãe de Gabriel, 26 anos; Giovana, 25; Márcia, 13; Ana Alice, 10; e Ana Isabel, 2.

42

revista Meu Bebê

Camila Marinho

Ser mãe é... ver a vida começar de novo! Não existe o “antes”, apenas o “depois do filho”. É ter nas mãos a responsabilidade de uma vida, e um amor pra vida inteira. Um amor incondicional, que não se mede, que não se explica. Ser mãe é sofrer com as dores do filho, vibrar com cada avanço, sorrir com as vitórias e perceber que a vida faz muito mais sentido depois da chegada deles!” Camila Marinho, jornalista. Mãe de Samuel, 4 anos.


Ivete Sangalo

<

Ser mãe é... o que há de mais especial na vida. Que bom que sou mãe, que boa a minha mãe, que me fez a mãezona que sou hoje. Maternidade transcende seu conhecimento de você mesma. É animalesco, você quer proteger. Eu faço tudo, dou banho, comida, boto para dormir. Tem horas que ele olha pra mim e deve pensar: mamãe, chega! Me dá um tempo.” Ivete Sangalo, cantora. Mãe de Marcelo, 3 anos.

<

Márcia Short

Ser mãe é... tudo que me aproxima do divino, tenho filhos que me saíram do ventre e filhos que entraram pelo coração. Todos filhos, sempre filhos do meu amor maior!”. Márcia Short, cantora. Mãe de Daniel, 26 anos; Yuri, 13; e Valentina, 4.

Mariene de Castro

<

Ser mãe é... um desafio prazeroso. Sou predisposta a ser mãe e talvez nem seja uma escolha minha, é de minha natureza. Amo ser mãe. Tem gente que investe em loucuras, viagens, marcas, vícios. Eu invisto em ser mãe.” Mariene de Castro, cantora. Mãe de João Francisco, 14 anos; Pedro, 4; Bento, 2; e Maria com 9 meses.

<

Dina Rachid

Ser mãe é... o melhor presente que Deus poderia ter me dado. Meus meninos Felipe e Caio são maravilhosos, excelentes filhos e me dão muito, muito orgulho. Felipe, meu filho mais velho, me deu duas netinhas e agora sou mãe duas vezes. Duda e Pati chegaram pra completar minha felicidade.” Dina Rachid, radialista. Mãe de Caio, 26 anos e Felipe, 20. revista Meu Bebê

43


Meu bebê

Imunização e saúde para o bebê

Eficazes no controle de doenças e essencial para um perfeito sistema imunológico, as vacinas devem estar presentes na vida da criança desde o nascimento. Cumprir o calendário de imunização é obrigação dos pais e uma prova de amor ao seu filho por silmara miranda

44

revista Meu Bebê


Por que a vacina é tão importante para a vida do bebê? Porque protege a criança ao imunizá-la contra bactérias e vírus diversos. Ela é produzida a partir dos próprios microorganismos, sem poderes de ataque, que são injetados na criança a fim de fazer com que o corpo produza anticorpos. “O sistema imunológico memoriza essa informação e, quando o individuo se expõe à bactéria ou vírus, ele desperta e causa imediatamente uma reação, impedindo que a doença ocorra”, diz a pediatra Daniela Seabra. A depender da vacina e do sistema imunológico da pessoa, essa memória é para o resto da vida.

De acordo com a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), em seus primeiros anos de vida, é imprescindível que a criança tenha contato com todas as vacinas. Ainda na maternidade, por exemplo, o recémnascido já é submetido a doses da BCG-ID, que previne formas graves de tuberculose, e a Hepatite B. Portanto, nada de ficar com pena do seu pequeno ao submetê-lo àquelas furadas de injeção. Nos primeiros anos de vida, os bebês precisam mesmo tomar muitas vacinas. Elas são a melhor forma de proteção contra doenças que podemos oferecer aos nossos filhos.

“As vacinas são as ferramentas mais poderosas que existem para a prevenção de diversas infecções” Daniela Seabra, pediatra A pediatra, Daniela Seabra, salienta ainda que vacina não é “coisa de criança”. Adultos e idosos também devem manter seu calendário vacinal atualizados, pois “dessa forma eles impedem que as doenças cheguem às suas casas e protejam indiretamente as crianças que estão à sua volta”, afirma Daniela. Uma população que merece especial atenção são as mulheres em idade fértil. “Existem doenças que, se adquiridas durante a gestação, podem trazer graves consequências, portanto todas as mulheres devem estar atentas ao seu calendário vacinal”, ressalta a pediatra. Assim, uma vez grávidas, as mulheres devem consultar seu médico para garantir ainda mais proteção para o seu bebê.

to zero somente na rede pública de saúde. Nas clínicas e nos consultórios particulares, as vacinas são oferecidas em versões mais completas e causam menos reação à criança. É importante seguir à risca o calendário de vacinação e nunca deixar de vacinar seu filho. É a melhor forma de protegê-lo contra doenças.

Vacina contra dengue?

Para vacinar seu filho basta dirigir-se a um posto de saúde, clínica particular ou mesmo a um consultório pediátrico. Cus-

Segundo a Sociedade Brasileira de Imunizações, a vacina contra a dengue deve chegar ao uso público ainda este ano, assim como versões de vacinas conjugadas para a meningite. Em caso de dúvidas sobre as vacinas ou onde vacinar ligue para o disque saúde – 136. Este é o número da Ouvidoria Geral do Sistema Único de Saúde (SUS) do Ministério da Saúde. Lá, profissionais capacitados podem esclarecer questões relacionadas à vacinação.

Atchim!

Nota 10!

A vacina contra a gripe não consta no calendário porque é oferecida o ano todo para gestantes e crianças entre 6 meses e 2 anos de idade, em campanhas amplamente divulgadas pelo governo.

O Brasil possui um dos mais conceituados programas na área de imunização, e a prova disso é que algumas enfermidades foram erradicadas completamente ou estão desaparecendo das clínicas médicas e hospitais, como a poliomielite.

Onde vacinar

revista Meu Bebê

45


Meu bebê

Massagem

foto divulgação

Um carinho que faz bem

46

revista Meu Bebê


A massagem (que vem do francês “masser”) é praticada a cerca de 5.000 anos e foi evoluindo ao longo de todo esse tempo. Essa técnica milenar pode fazer maravilhas pela saúde do seu bebê por debora melo

É

sabido que todo e qualquer contato dos pais com o bebê cria estímulos e favorece o seu desenvolvimento. A massagem infantil é, neste caso, uma forte interação carinhosa, que reforça os laços afetivos. “Quando falamos em massagem, nos remetemos ao tato. Este sentido é o primeiro a se formar e através do qual o bebê capta inúmeras sensações”, diz Andrea Garcez, fisioterapeuta especialista em obstetrícia e uroginecologia. Os benefícios do uso dessa técnica milenar são imediatos para a vida da criança. No campo físico, há uma melhoria nos aparelhos respiratório, circulatório e digestivo resultando na redução de cólicas e stress e no sono mais tranquilo. Também é um momento em que os pais podem observar mais atentamente os sinais de alergias, machucados ou irritabilidade.

Mãos à obra Mesmo sem a prática e técnicas específicas, os pais podem se aventurar. O toque e a manipulação corporal são bastante prazerosos e relaxantes para a criança; é preciso apenas ser suave e delicado. O ritmo e as características de cada criança devem ser observados. Vale a pena pedir dicas ao pediatra sobre como fazer.

Shantala Nos últimos anos, a massagem shantala tem sido bastante comentada. Criada na década de 60, na Índia, pelo obstetra Frederick Leboyer, ganhou projeção nos últimos anos por reascender a importância do contato íntimo que existia entre mãe e filho no útero. “A shantala também ajuda no desenvolvimento neuropsicomotor da criança, no ganho de peso e na diminuição das cólicas”, explica Andrea. Após um mês de vida, a shantala já pode ser feita, desde que o umbigo esteja cicatrizado. Em um ambiente calmo e agradável, reserve cerca de 15 a 30 minutos para a massagem sem interrupções. Os pais devem estar sentados no chão (em

cima de um colchão) com as pernas esticadas, as costas eretas, ombros relaxados e com um apoio na região lombar. Reclinar o bebê sobre suas pernas e com óleo, aqueça as mãos e comece a massageá-lo de forma gentil, mas firme. A manipulação deve ser feita silenciosamente. Depois do tempo estimado, um banho morno finaliza o processo.

Arrume um tempinho para seu bebê! Para aqueles pais que têm uma vida corrida, mas não dispensam um momento de carinho com os filhos, existem massagens mais simples, que duram em média de 5 a 10 minutos e podem ser feitas diariamente, após o banho, fazendo parte da rotina da criança. Não esqueça de tocar o rostinho com movimentos circulares, perto dos olhos e das bochechas. Tenha sempre em mente a satisfação de ambos em um momento único e todo especial. Só realize a massagem quando você também estiver tranquila, relaxada e feliz. E lembre-se: mimo e carinho nunca são demais!

Atenção! Não realizar a massagem com o bebê de estômago cheio e nem vazio; Não fazer com o bebê dormindo; Evitar massagear o local do corpo em que o bebê recebeu alguma vacina; Não fazer massagem no bebê com diarreia; É contraindicado massagear se o bebê estiver chorando muito; Não realizar a massagem se o bebê estiver com febre ou doente;

revista Meu Bebê

47


Meu bebê

Vamos nadar?

C

por Desirre Dalia*

foto divulgação

hegou a hora do seu filho colocar os bracinhos e as perninhas para trabalhar! A prática da natação para os pequenos deve ter como objetivos principais o estímulo à independência, potencialização do processo de definição motora, ampliação da capacidade cardiorrespiratória, melhoria da qualidade de sono, socialização e fortalecimento do aspecto cognitivo, afetivo e motor. Quando se fala em natação para bebês, muitos são os questionamentos: “Deve ser feita aula experimental?”, “Por que o bebê não deve fazer reposição de aula com outro professor?”, “Por que os pais devem entrar com a criança?”, “Por que a aula é tão curta?” e “Por que a temperatura da água está fria”? Ok. Calma! Todas essas perguntas têm resposta! Em primeiro lugar, a decisão de matricular o seu bebê numa escola de natação deve passar pela aprovação do pediatra. Claro que uma aula experimental deve ser feita para avaliarmos o “tempo” do bebê. Se ele está receptivo ao espaço,

Chegou a hora do seu filho colocar os bracinhos e as perninhas para trabalhar!

ao horário proposto e a “estar no meio líquido novamente”. Tendo o bebê aprovado o retorno ao meio aquático, de tudo deveremos fazer para preservar os fatores que lhe causam segurança e que ele vai passar a reconhecer como, por exemplo, o ambiente e o professor. Por isso é importante ele ter seu horário sacramentado. É fundamental uma presença “familiar” ao lado do bebê. O cheiro e o contato da mãe, pai ou mesmo de alguém que já tenha uma maior convivência com ele, vão lhe passar confiança. Confiança esta necessária para retornar ao ambiente em que estava há poucos meses, numa “zona de conforto”, e de onde foi retirado abruptamente através do parto. Mas não vamos forçar a barra! Novamente, temos que respeitar o tempo dele, que é diferente do nosso. Os 30 minutos intensos de aula são suficientes para várias manobras serem realizadas e sempre orientadas por profissional capacitado. Vale lembrar que estudos já comprovam que a prática da natação regular concede ao indivíduo, na fase adulta, um over de até 10cm na altura. Estar na água sempre é bom! *Desirre Dalia é atleta, empresária e proprietária da Academia Dalia Acqua Sport & Fitness Salvador


x

Canguru Sling Coladinho em você

Nada mais saudável e gostoso para o bebê do que estar em contato direto com a mamãe. Os benefícios desses acessórios têm sido reconhecidos através de estudos médicos desde a década de 70, época em que se constatou sua eficácia em tratamentos neonatais. Escolha o mais adequado para você e seu bebê

Sling

O que é: O sling pode ser usado do nascimento até os 18kg e imita a posição dos braços maternos curvados, seguindo a linha natural da coluna do bebê. É um carregador feito de tecido e pode ser usado somente em um ombro ou apoiado às costas. Vantagens: O sling facilita a amamentação e é simples de pôr e tirar. De acordo com o estudioso e pediatra americano William Sears, “os bebês slingados” choram menos, aprendem mais e são mais espertos”’. Atenção! A Comissão de Segurança de Produtos ao Consumidor (CSPC) alerta para que o rosto da criança fique visível o tempo todo. Especialistas também não recomendam o uso dos carregadores durante logos períodos.

fotos divulgação

Canguru

O que é: Trata-se de um carregador feito com armação mais rígida, onde o bebê fica sentado. Pode ser usado na frente como uma mochila (nos primeiros meses) ou nas costas (quando já tiver mais controle da cabeça) até os três anos de idade. Alguns modelos específicos são adequados para amamentar, outros possuem protetores laterais para a “hora do soninho”. Vantagens: Esse acessório possibilita o uso das duas mãos para a execução de ações do dia a dia. Ele também proporciona a posição de “rã”, importante para desenvolver as articulações, pois alinham a coluna e os quadris dos bebês, além de facilitar a digestão e estimular a coordenação motora. Atenção! Ortopedistas alertam para que o uso dos cangurus não seja prolongado a fim de evitar, por exemplo, luxações. Os pais também devem atentar para ajustar o acessório ao peso e corpo da criança, a fim de não oferecer risco nenhum à coluna.


Planeta Festa

especial festas

Era uma vez uma

bonequinha

U

ma festa fofa! É como podemos definir a comemoração de 1 aninho de Bella Miranda Casé, primeira filha do músico baiano, Adelmo Casé, e da jornalista Silmara Miranda. A casa de Buffet Infantil Planeta Festa foi o local escolhido pelos pais para receber amigos mais próximos e familiares, ambiente perfeito para as brincadeiras da pequena Bella e da criançada. A decoração, extremamente delicada, foi inspirada no mundo das bonecas. “Queria um ambiente clean e moderno, mas que, ao mesmo tempo, mantivesse o encantamento do mundo das bonecas”, diz a mamãe Silmara Miranda. E o espaço estava realmente um encanto. O estilo provençal foi o escolhido, dando uma aura mais doce e elegante ao espaço. Bonequinhas de pano enfeita-

50

revista Meu Bebê

fotos nelson neto

O riso solto e a espontaneidade da aniversariante foram o ponto alto da sua primeira festa

vam a mesa central e também a dos convidados. Um lindo painel ao fundo, com fotos da aniversariante, embelezou o ambiente totalmente climatizado para o conforto de cerca de 100 convidados. A personalização das guloseimas e lembrancinhas, assinada pela web designer, Elaine Silva, destacou-se pelo extremo bom gosto, dando um charme a mais na decoração. A pequena Bella foi produzida pela loja OitoBaby com um lindo vestido longo cor-de-rosa e sapatinhos no mesmo tom. “Evitei as fantasias e preferi vestí-la como a verdadeira boneca que ela é”, diz a mamãe coruja. Nos cabelos, uma florzinha superestilosa, completava o visual. No cardápio, tudo o que não pode faltar em uma festa infantil: brigadeiro, casadinho, trufas de chocolate, bombons,


prestígio, coxinha, camarão encapotado, saltenha, pastel de frango, catupiri e quiches, entre outros. Todos os docinhos foram decorados com glacê e chocolate e oferecidos em embalagens delicadas na cor rosa. Para os adultos, foi servido um buffet de pratos quentes de massas, carnes e saladas. Na hora dos “parabéns”, o bolo, todo em rosa e branco, com uma bonequinha no topo, chamou a atenção pela beleza e originalidade. E não faltou agitação na festinha da pequena. Na área baby, a diversão rolou solta. Apesar dos vários brinquedos disponíveis no espaço, como cama elástica, cavalinho, cercadinho, camarim, carrossel e casinha, um dos locais preferidos pela aniversariante foi a piscina de bolinhas. Bella se encantou com as cores e não queria sair de lá. As crianças maiores puderam se divertir na discoteca, com jogos eletrônicos, snow board, máquina de dança, pula corda eletrônico e até um simulador de montanha russa. “Só desejo para ela o melhor. A festa foi pensada com muito carinho. Ela ficou feliz, interagiu superbem com o ambiente”, pontuou Silmara. “A emoção é sempre muito grande quando faço coisas relacionadas a ela. Fizemos tudo pensando na diversão dela. Foi uma oportunidade para mim, como pai, mostrar para os amigos e familiares como Bella está se desenvolvendo bem e feliz. Foi um momento de dividir essa alegria com todos. Foi um registro lindo, e a gente ficou com aquela sensação gostosa de felicidade”, derrete-se o papai Adelmo Casé.

Bonecas com estampas delicadas e móveis brancos, trabalhados, caracterizam o estilo provençal e romântico da festa de 1 ano da pequena Bella

A Casa O Buffet Planeta Festa, como o pioneiro no segmento de festas infantis, segue uma tradição, há mais de 15 anos, de só oferecer o melhor aos seus clientes. Todas as festas contam com a presença de profissionais treinados e qualificados para atender com elegância e maestria a festas do público infantil, teen e adulto. A casa oferece ainda segurança e estacionamento em um dos endereços mais requintados de Salvador, tanto no espaço da Alameda das Espatódeas (Caminho das Árvores) como no Imbuí. Além disso, a casa possui áreas separadas por faixa etária, berçário, assistência Vitalmed, TVs de LCD para slide show ou clipes e o consumo livre de água, refrigerante, cerveja e suco.

Caminho das Árvores: Alameda das Espatódeas, 52 Imbuí: Rua do Beija Flor, 62 Tel.: (71) 4062-8508 www.planetafesta.com.br

revista Meu Bebê

51


O reino das princesas Viva um mundo de sonhos com a festa de primeiro aninho que traz toda fantasia da Disney para os convidados

A

s princesas Cinderela, Bela, Branca de Neve, Jasmine e a Bela Adormecida, do mundo encantado de Walt Disney, ganharam espaço na festinha de um ano da pequena Liz, comemorado na casa de festa Pingo Mágico. Para deixar o evento ainda mais real, fez parte do cenário principal o castelo do mundo mágico das princesas. Para entrar no clima do tema “Princesa”, o salão foi ornamentado com balões, além de bonecas em tamanho real, que encantaram os convidados mirins e também os mais grandinhos. A decoração foi baseada nas cores de cada princesa, dois tons de rosa, azul e amarelo. Totens personalizados com a foto da aniversariante na entrada do buffet e nas mesas foi um dos destaques mais elogiados da festa, que contou também com flores e animaizinhos, parte do reino encantado das princesas. Um luxo!

Diversão

Diversas opções de brinquedos fizeram a distração dos pequenos convidados de Liz. Meninos e meninas aproveitaram ao máximo, sempre com a presença de monitores. Cama elástica, casa de bonecas, flipperamas, totó, piscina de bolinhas coloridas e autorama foram alguns dos brinquedos preferidos da criançada.Aqueles mais corajosos se arriscaram no arvorismo e na parede de escalada. Uma modalidade radical que oferece adrenali-

52

revista Meu Bebê

na e também uma grande diversão tanto para a garotada quanto para os adultos.

Um dia de Princesa

Um lindo “Salão de Beleza Real” foi montado para deixar as pequenas convidadas ainda mais bonitas. Toda produção do aniversário girou em torno do universo da fantasia e as meninas ganharam um espaço especial onde se tornaram verdadeiras princesinhas. Ela tiveram à sua disposição, vestidos, maquiagem e adornos dignos de conto de fadas.

Hora da historinha Para aqueles que gostam de uma boa historinha, no cantinho da Biblioteca, os convidados mirins puderam conhecer novos contos na companhia dos monitores.

R. Artur de Azevedo Machado, 383 – Costa Azul, Telofone: (71) 3431-6682 – www.pingomagico.com.br

fotos revista meu bebê

especial festas


fotos betina valente

O espaço infantil Gente Miúda foi criado em julho de 2007, com a finalidade de criar um local seguro, em que o entretenimento das crianças de 0 a 7 anos fosse aliado a conceitos educativos, tendo o lúdico como ferramenta auxiliar nesse processo. O ambiente foi projetado para atender com comodidade e segurança as crianças. Possuímos um banheiro mirim, com fraldário, sistema de monitoramento de segurança por meio de câmeras, brinquedos apropriados à faixa etária de nosso público, monitoras treinadas e capacitadas para acolher e cuidar bem do seu filho. Oferecemos pacotes de horas para seu filho desfrutar e se divertir bastante, dando asas à imaginação, enquanto os pais podem realizar as compras de forma tranquila. O nosso espaço é alugado para festas de aniversário, com realização de teatrinho de fantoches, parabéns animado, equipe de monitoras treinadas e demais itens que compõe os nossos kits. As nossas unidades fixas com funcionamento permanente estão localizadas no Salvador Shopping e no Salvador Norte Shopping. As demais com funcionamento nos finais de semana se encontram no Espaço Gourmet (Salvador Shopping) e nos restaurantes Pereira e Sussa na Barra.

revista Meu Bebê

53


Balloons Fest

especial festas

Show de bola!

Se existe uma data pela qual todas as crianças esperam ansiosamente, é o dia do seu aniversário. Para deixar essa festa ainda mais especial, que tal uma decoração incrível, feita só com balões?

54

revista Meu Bebê

Madagascar (acima) e a Galinha Pintadinha (ao lado) são alguns dos temas mais solicitados pelas crianças e mamães

Qualidade e certificações A Balloons Fest faz parte de uma rede de empresas voltadas para a gestão e decoração com balões, sediada em São Paulo, de referência nacional e internacional. Na Bahia, é a única a desenvolver este tipo de serviço, certificada pela Qualatex (EUA) e CBA - Certified Balloon Artist.

Tel.: (71) 3398-2714 – (71) 3018-2112 contato@balloonsfest.com – www.balloonsfest.com

fotos divulgação

O

leão Alex, a zebra Marty, a hipopótama Glória e a girafa Melman saíram das telas de cinema e ganharam vida através de milhares de balões que preencheram toda fachada de uma casa de festas. Todos os detalhes e personagens do filme Madagascar foram retratados em tamanho real, por balões de várias medidas e cores e diversos formatos. Temas como “Minie” e “fundo do mar” estão entre os preferidos das mamães e dos pequenos. A famosa Galinha Pintadinha e sua turma também fazem a alegria da criançada nas festas. Cada personagem ganha vida através de diferentes e coloridos balões, que possuem uma estrutura metálica onde são armados e encantam até mesmo os adultos. Todos os materiais utilizados pela Balloons Fest são de alta qualidade, de material látex e biodegradáveis, ou seja, voltam para a natureza em forma líquida, sem causar danos ao ecossistema. Os balões são inflados por profissionais especializados, que utilizam gás hélio ou infladores específicos. A montagem, confecção e finalização começa com o sonho da família. Os responsáveis, por darem início a esse mundo de fantasia, são o designer gráfico e o balloon designer, que é o profissional que desenvolve os projetos. É a partir do trabalho deles que as ideias da festa se tornam concretas e o sonho vira realidade. “É possível atender a todos os tipos de ideias. O céu é o limite!”, afirmam Cristina Barreto e André Barreto, sócios-proprietários da Balloons Fest, empresa especializada no segmento. “Oferecemos um atendimento personalizado, pontual. Acreditamos que a excelência deve acompanhar todo o processo de trabalho, resultando na satisfação de todos”, completa Cristina.


especial festas

Mickey Marinheiro faz a festa Os personagens encantados mais famosos do mundo estão chegando para deixar a sua festa ainda mais especial

fotos divulgação

O

amável e tímido ratinho de short vermelho, luvas brancas e sapatos amarelos é um dos personagens de desenho animado mais famosos de todos os tempos e faz a alegria da criançada. O famoso Mickey Mouse foi criado em 1928 por Walt Disney. De lá pra cá, já foi um pouco de tudo: aprendiz de feiticeiro, astronauta, músico, atleta, príncipe e marinheiro. O Mickey Marinheiro e sua tripulação: o fiel cachorro Pluto, a namorada Minnie e os amigos Pateta e Pato Donald desembarcam nos eventos infantis produzidos pela Sonho de Criança Festas Infantis. Para as festas ficarem ainda mais completas, os detalhes fazem a diferença, como o navio, o farol, a âncora, a boia e o baú, deixando o local ainda mais personalizado. O estilo provençal também deu um toque elegante, clássico e clean. Há mais de 13 anos no ramo da decoração de festas voltada para os pequenos, a empresa sempre proporciona aos seus clientes um acompanhamento exclusivo do começo ao final do evento. “Trabalho buscando ao máximo atender as expectativas do meu cliente. Ajudamos a construir os sonhos dos

pais e dos filhos, desde a escolha do tema, da lembrancinha, do convite até a montagem dos painéis”, explica Carmem Lúcia Tremarim, proprietária da Sonho de Criança.

Bonecos em 3D Para deixar a festinha ainda mais real, o Mickey Mouse aparece nos aniversários em bonecos estilo 3D, produzidos por artístas plásticas que buscam chegar o mais fiel possível do original. “São esculturas feitas em EPS (isopor), em tamanho natural e em alguns personagens podem chegar até 2 metros de altura. Os convidados ficam admirados sempre, em qualquer aniversário”, explica Carmem Tremarim.

E muito mais...

A Sonho de Criança também produz outros temas, como os clássicos Princesas, Alice no País das Maravilhas e Floresta, entre outros. Opções não faltam e o desejo do pequeno e da família é transformado em realidade.

Sonho de Criança Festas Infantis Rua Minas Gerais, 544 lj 3 Pituba – Tel.: (71) 3344-2886 / 9987-5140 / 9157-4490 56

revista Meu Bebê


Planeta Festa

especial festas

Saudável & Saboroso Onde tem criança reunida, reinam absolutos brigadeiros, beijinhos, coxinhas, empadas entre outras guloseimas, mas que tal abrir espaço para ideias saborosas e muito nutritivas?

58

revista Meu Bebê

fotos divulgação

A

quantidade de açúcares e Sanduíches em formato de bichinhos, abacaxis decorados com ovos gorduras, que fazem parde codorna e mini-hambúrgueres de presunto com alface fizeram a te da alimentação diária alegria das crianças das crianças modernas tem rendido muita discussão entre os profissionais da área de saúde, que são unânimes em dizer que o problema não é o consumo e, sim, o excesso. Por esse motivo, é importante que alimentos naturais sejam incluídos no cardápio dos pequenos. A Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia defende o estímulo desde Criativo e colorido cedo a hábitos saudáveis de alimentação. Cores e decoração ganham pontos nessa nova Estudiosos em obesidade infantil e nutrição proposta de Buffet Saudável. Para Cristiane Vita, pedem que os pais estimulem a curiosidade também responsável pelo buffet, usar a criatividade por frutas, verduras e hortaliças, mesmo que é a regra número um. Entre sabres de luz, alienígenas a criança recuse inicialmente. Oferecer diferentes e robôs, um coqueiro de frutas na mesa central chamava alimentos ao dia e, de preferência, coloridos pode ajudar a atenção na decoração. Na mesa, balanceada com carboidratos nessa missão. e proteínas e sanduíches em forma de caranguejo tinham sabor de atum e iogurte. Ovinhos de codorna, azeitona roxa e tomate cereja com molho rosé também foram oferecidos. Buffet saudável E quando falamos das festinhas infantis de aniversário, nas quais o prazer da criançada está exatamente nas guloseimas Mais variedades oferecidas? Luciana Buck, responsável pelo Buffet Planeta FesOs miniempratados, chamados de Scob Salsicha – salsicha com ta, diz ter acertado um meio através do qual as crianças comem macarrão, deram o tom alienígena e agradaram em cheio a crianalimentos saudáveis nas festas com prazer. “Montamos uma çada. Para os adultos, a torta nordestina é sempre sinônimo de suopção de frutas e sanduíches leves como alternativa aos doces cesso. Espetinho caprese com tomate cereja e mussarela de búfala, e frituras e tem sido um sucesso. Acreditamos que o segredo é regado no azeite, também completaram o cardápio.  pelo fato de o apetite começar pelos olhos, por isso buscamos elaborar uma mesa linda!”, diz Luciana. Com cardápios superelaborados, criativos, coloridos e variados, Luciana acredita que é possível mudar o comportamento alimentar das crianças, assim como essa tradição de serem oferecidos apenas doces e frituras nas festas.


Malubambu

Espaço

para brincar

A brinquedoteca é uma opção segura e divertida para as famílias que acreditam na importância do brincar na infância

A

fotos divulgação

A Malubambu é uma brinquedoteca que oferece atividades infantis elaboradas especialmente para, através da brincadeira, favorecer o desenvolvimento de bebês e crianças de 0 a 5 anos. Destaca-se por ser um dos poucos espaços que traz para as brincadeiras especialistas na áreas de (pedagogia, psicologia, fisioterapia, terapia ocupacional, fonoaudiologia, música e arte). O espaço possui pacotes por hora, turno ou mês, nas três opções a seguir:

Brincando com seu bebê

No projeto “Brincando com seu bebê”, as crianças participam, em grupo, de atividades como musicalização, psicomotricidade, artes e estimulação sensorial, com dia e hora certa para acontecer. Os bebês chegam ao espaço com um responsável que participa das brincadeiras e recebe orientações de como brincar. Não precisa de matrícula, a família compra um pacote de horas e usa como quiser.

Bambu 1,2,3 Para crianças de 1 a 3 anos, um espaço intermediário entre a casa e a escola, com brincadeiras e atividades lúdicas nas áreas de musicalização, psicomotricidade, fonoaudiologia, terapia ocupacional, nutrição e artes. Nesta proposta, a família decide se a criança ficará acompanhada ou não na brinquedoteca, e quantos dias e horas permanecerá no espaço.

Estimulação sensorial, oficinas de arte, música, culinária, jogos e brincadeiras ajudam no processo de construção dos conhecimentos da criança

Malubambu Passatempo O projeto foi desenvolvido para crianças de 3 a 5 anos, que frequentam a escola e querem brincar no contraturno com tudo o que há de mais legal na infância, como música, artes, circo, dança, teatro, brincadeiras, jogos, culinária e muito mais. Os pequenos não precisam estar acompanhados e podem frequentar a brinquedoteca de um a seis vezes por semana, podendo, lá mesmo, realizar as atividades escolares. 60

revista Meu Bebê

Rua Comendador Bernardo Catarino, 89A, Barra Avenida Tel.: (71) 3484-5594 / 8880-2500 www.malubambu.com.br


Educação

Meu filho vai para a escola.

E agora?

É possível fazer uma transição do ambiente familiar para o social de maneira segura e confortável Qual mãe nunca se sentiu insegura no momento de colocar seu filho em uma escola? Mesmo sabendo o Katia Malamut* quanto a socialização é favorável à construção da identidade e autonomia da criança e, consequentemente a etapa fundamental para o desenvolvimento, o coração aperta. Atualmente, a maioria das mulheres tem sua profissão e trabalha fora de casa, com isso as crianças passam a frequentar a escola mais cedo. Nem sempre estamos preparados para essa realidade. Nos primeiros dias, choros se espalham pelos corredores, mães se escondem para ver como seus filhos estão se saindo nessa nova etapa de sua vida. Não precisa ser assim. É possível fazer uma transição do ambiente familiar para o social de maneira segura e confortável, sem sofrimentos desnecessários a ne-

nhum dos envolvidos. Para isso, é favorável o suporte de profissionais aptos a planejar essa adaptação com todos os cuidados necessários, que saibam lidar com as fragilidades de pais e filhos. Além do apoio especializado, pequenas atitudes podem facilitar esse processo: passeios no parque, brincadeiras com outras crianças sob a supervisão distante dos pais, convívio com diferentes pessoas e o incentivo à vivência coletiva são ações que promovem a autoconfiança e a independência emocional dos pequenos. E vale lembrar: educar não é protegê-los do mundo e sim prepará-los para enfrentá-lo de forma autônoma e independente. Ao contrário do que se pensa na maioria das vezes, essas habilidades podem ser desenvolvidas já nos primeiros anos de vida, basta que haja um trabalho atento e consciente de pais e educadores no sentido de favorecer a autoconfiança e a autoestima desde cedo.

* Katia Malamut é pedagoga e orientadora pedagócica do Espaço Ciranda


Gestante

Mamãe em ação

Exercícios durante a gravidez Uma boa alimentação aliada a exercícios físicos com acompanhamento especializado podem fazer maravilhas pelo seu corpo durante os nove meses de gravidez.

por silmara miranda

Esqueça os mitos e os medos!

62

revista Meu Bebê

dos músculos associados a grandes doses de alongamento”, diz o educador. Entre as vantagens da prática da atividade física durante a gravidez, está “o fortalecimento muscular e ósteoarticular (ossos e articulações), a melhora na oxigenação placentária e do bebê, além dos benefícios respiratórios, cardíacos, circulatórios e metabólicos”, afirma o ginecologista e obstetra Adherbal Casé. A gestante que faz pilates, além de ganhar condicionamento físico, adquire um abdômen mais forte que vai facilitar o trabalho de parto

fotos banco de imagens

Não há motivos para evitar atividades físicas durante a gestação. Os exercícios, além de diminuir os desconfortos físicos, lhe darão mais disposição, boas noites de sono, resistência e facilitarão a volta à boa forma depois do parto. Antes de qualquer coisa, converse com seu médico e tenha sempre um profissional da área de educação física para lhe acompanhar. A atividade física é uma grande aliada à saúde de qualquer pessoa, inclusive à da gestante. Para o educador físico Yuri Porto, algumas queixas são muito comuns entre as gestantes, entre elas dores na região lombar, inchaço dos pés, fadiga nas pernas, seios pesados, tensão nos ombros e região toráxica da coluna vertebral. Como resolver estes problemas? “Exercícios específicos para o fortalecimento


Atenção!

Não há contraindicações para a prática da atividade física, mas algumas gestantes necessitam de atenção especial, entre elas as que têm “diabetes, hipertensão, problemas circulatórios, entre outros”, diz o obstetra. Para ele, em geral, deve-se evitar qualquer atividade com intensidade superior a considerada leve, e a mamãe também deve ficar atenta aos sinais de anormalidade que levem a suspeita de parto prematuro.

“Nesse caso, as atividades devem ser imediatamente interrompidas até a avaliação e liberação pelo médico”, alerta. Além disso, o exercício faz com que o corpo libere a endorfina (hormônio que alivia os sintomas do estresse e equilibra o humor) aproximadamente 30 minutos depois dos exercícios físicos. Então, vamos deixar de preguiça e começar a praticar alguma atividade física?

A prática de Yoga na gravidez ativa a circulação, aumentando a oxigenação do organismo, e amplia a flexibilidade corporal da mamãe

Pode

• Devem ser evitados exercícios de agachamento (aumentam a pressão abdominal e podem gerar ruptura da placenta a depender da fase de gravidez), exercícios que sejam executados em decúbito ventral – de barriga para baixo e/ou em declínio – (estes podem machucar o bebê, aumentar a pressão arterial e gerar eventuais sensações de tontura). • Interrompa os exercícios imediatamente se sentir tontura, falta de ar, sensação de desmaio, sangramento vaginal, dificuldade para andar ou contrações. • Gestantes com quadro de alterações ósteoarticulares (ossos e articulações), metabólicas (diabetes e hipertenssão), circulatórias e outras mais raras; necessitam de avaliação permanente a fim de estabelecer o risco – benefício da atividade física.

Não pode

• A prática de atividade física é recomendada para qualquer pessoa, inclusive gestantes, desde que haja a liberação do médico e o acompanhamento do profissional de educação física. • Na gestação, a atividade física traz benefícios respiratórios, cardíacos, circulatórios e metabólicos, além de promover o fortalecimento muscular e ósteoarticular. • A musculação devem ser curta com, no máximo, uma hora. • Todos os exercícios de baixo impacto estão liberados! Caminhada, hidroginástica e yoga figuram no topo da lista. • A prática de atividade física pela gestante, sem anormalidades anteriores à gravidez ou desenvolvidas durante o período gestacional, trará um ganho na melhora da oxigenação placentária e do bebê. revista Meu Bebê

63


Gestante

fotos banco de imagens

Estrias nunca mais!

64

revista Meu BebĂŞ


Uma das maiores preocupações das futuras mamães, com relação à estética, tem a ver com as estrias. Vilãs da gestação, elas são impiedosas. Mas é possível diminuir ou mesmo impedir o seu aparecimento por debora melo

C

ausada pela quebra de fibras elásticas e do colágeno, a estria começa com uma aparência avermelhada até tornar-se uma pequena cicatriz esbranquiçada. No caso da gestante, isso acontece devido a alterações hormonais (alta produção de estrógeno), ganho de peso, estiramento excessivo ou rápido da pele e também questões hereditárias. Ou seja, se a sua mãe ou a sua avó teve estrias, possivelmente você terá. “É importante que a mulher, em período gestacional, hidrate a barriga com óleos, mas que também hidrate-se com água e sucos; e invista na drenagem linfática, pois é uma técnica que ajuda a preparar o corpo para esse momento, além de relaxar e diminuir inchaços”, aconselha Cris Moreira, especialista em fisioterapia dermato funcional.

Pós-gravidez. E agora? Se os cuidados durante os nove meses não foram seguidos, e elas apareceram, procedimentos estéticos podem ser feitos após o período da amamentação, com o objetivo de produzir novas fibras de colágeno, deixando-as mais finas e discretas. “A carboxiterapia, por exemplo, é um procedimento (feito através de injeções de CO2) que apresenta ótimos resultados, já que aumenta a elastina e o colágeno. Sessões de 30 minutos a 1 hora, a cada 15 dias, podem reduzir os estragos feitos pelas estrias durante a gestação”, explica Cris Moreira. Outras opções de tratamento são agulhamentos, intradermo, ácido retinóico, subcisão e lasers. “Tudo vai depender do tipo e há quanto tempo ela existe”, finaliza a especialista. Mas lembre-se: estrias não desaparecem e os tratamentos só amenizam os danos. Então prevenir ainda é a melhor opção. A pele é altamente sensível e precisa ser cuidada.

3 dicas para cuidar e evitar as estrias na gravidez!

Cuide da sua pele! Hidratantes devem ser usados pelo menos duas vezes ao dia. Converse com o seu médico para que nenhuma substância presente nesses produtos possa prejudicar o bebê.

Nos seios, atenção redobrada! Proteja, mas sem exageros, para não deixar a pele muito sensível às rachaduras! A escolha de sutiãs reforçados também é essencial.

E atenção à silhueta! Opte por uma alimentação balanceada, com mais frutas e verduras e pouca gordura e açúcares. O ganho de peso é um dos fatores mais determinantes para o aparecimento das estrias.

revista Meu Bebê

65


a d c a o c i s z a i . d .. o n C f i ! r a m algum o ende

re h p r l u fie nos s que as crianças falam

as

u pr çadas m ese gra

MElfersases en

Emilie olha pra barriga do pai e pergunta: “Papai, tem um bebê em sua barriga?” Emilie Elisabeth M. Heilborn, 3 anos

Pai pergunta: “Filho, o que você quer ser quando crescer?” Edu responde: “Aposentado!” Edu Barreto Lopes, 6 anos

Giovana: “Mamãe eu nasci da sua barriga, mas como fui parar nela?”

Luís Gustavo em conversa com a madrasta: “Bé, eu tenho cabelo, seu cabelo é grande, o cabelo da Rapunzel vai atéééé a sala... porque meu pai é careca?”

Giovana Carvalho Cavalcanti, 4 anos

Luís Gustavo Areias Padilha, 4 anos

Sofia: “Papai é o príncipe e eu sou a princesa”. Mãe: “E eu?”. Sofia: “Você é a mamãe”. 66 66

Sofia Martins Guerreiro, 3 anos

revista Meu Bebê revista Meu Bebê

Davi diz: “Homem-aranha nenhum consegue fazer o sol, o céu, o mar. Só Deus faz isso, né mãe?” Davi Leitte Pedreira, 3 anos


TUDO QUE A SUA FAMÍLIA ADORA ESTÁ EM UM SÓ LUGAR.

Salvador Norte Shopping. Mais de 200 lojas, cinema, Game Station, gastronomia variada e muito mais. Para ficar completo, só falta você. www.salvadornorteshopping.com.br

Tudo num só lugar, na Rótula do Aeroporto, perto de você.


Revista Meu Bebê - ed. 01  

A revista Meu Bebê chega a Salvador para tirar todas as dúvidas sobre gestação, e a relação entre mamãe e o bebê até o pequenino completar q...

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you