Page 1

w w w. m e t r o p o l e j o r n a l . c o m . b r

Ano 13 | Nº 3077 | 11 de julho de 2012

Presidente: Ary Leonel da Cruz

ANPr

» O número de empregados na indústria do Paraná cresceu 2,2% em maio, em relação ao mesmo mês de 2011, enquanto no país houve queda de 1,7%. Dos 10 estados pesquisados pelo IBGE, apenas Paraná (primeiro colocado) e Minas Gerais apresentaram crescimento no pessoal ocupado na indústria. Os números de maio consolidam a indústria paranaense como a de melhor desempenho em geração de empregos este ano. De janeiro a maio, o contingente empregado no setor cresceu 3,6% no Paraná, enquanto na média nacional houve retração de 1,1%. Página 7

Página 3 O segmento industrial que mais ampliou os postos de trabalho no Paraná em maio foi o de máquinas e aparelhos elétricos, eletrônicos e de comunicações.

Curitiba recebe Fórum de Mudanças Climáticas

Paranaguá fecha semestre com recorde de soja

» O Fórum Brasileiro de

APPA

Mudanças Climáticas, em parceria com a Secretaria do Meio Ambiente e Recursos Hídricos, promove nesta quinta feira (12), no Parque Barigui, em Curitiba, consulta pública sobre os Planos Setoriais de Mitigação e de Adaptação em Mudanças do Clima Região Sul. A confirmação da participação deve ser feita até hoje (11), pelo email veloni@ivig.coppe. ufrj.br.

Parceiros oferecem curso de operador de máquinas em Colombo » Um projeto desenvolvido pelo Senai Colombo em parceria com um sindicato está ofertando 24 vagas para ingressar, em período integral, no curso de aprendizagem que, além de ser remu-

Dilma lamenta morte do arcebispo emérito do Rio » A presidente Dilma Rousseff lamentou ontem (10) a morte do arcebispo emérito do Rio de Janeiro, cardeal dom Eugenio de Araujo Sales. Em nota, Dilma exaltou a preocupação social que marcou a trajetória do religioso. Dom Eugenio Sales morreu na noite de anteontem (9), vítima de um infarto, enquanto dormia em casa, no Rio de Janeiro.

nerado, oferece encaminhamento para o mercado de trabalho. A oportunidade é para jovens, entre 18 e 22 anos, tornarem-se auxiliares de operador de máquinas pesaPágina 4 das.

Prefeitura de Pinhais oferece 24 vagas para Médico da Família » A Prefeitura de Pinhais está com inscrições abertas para provas de Emprego e Concurso Públicos referentes aos cargos de Médico da Família e Pedagogo em Assistência Social, respectivamen-

Página 6

te. No total estão disponiveís 27 vagas. As inscrições podem ser feitas a partir desta terçafeira (10) até 23h do dia 02 de agosto, pelo site www.aocp.com.br. Página 12

Governo suspende venda de 268 planos de saúde As exportações de soja pelo porto de Paranaguá cresceram 25% no primeiro semestre do ano

» A Administração dos Portos de Paranaguá e Antonina (Appa) concluiu, nesta terça-feira (10), o balanço da movimentação de cargas do primeiro semestre do ano. Mais uma vez, foi

Página 3

o desempenho da soja que impulsionou o aumento geral de 5%, em relação ao mesmo período de 2011. A exportação do grão, em 2012, foi 25% maior.

Paraná Clube perde em Salvador

Página 7

» O governo decidiu suspender a venda de 268 planos de saúde comercializados por 37 operadoras. A medida foi anunciada ontem (10) pelo ministro da Saúde, Alexandre Padilha. O motivo foi o desrespeito aos prazos máximos de atendimento aos usuários, conforme a Resolução Normativa

259 da Agência Nacional de Saúde (ANS). Padilha ressaltou que os usuários desses planos não serão prejudicados. As empresas terão três meses para se adequarem aos prazos que variam conforme a especialidade médica. Página 3

Atlético vence Ipatinga em Paranaguá

Foto Kleber Yamaguchi e Gustavo Oliveira/CAP

» Em um jogo emocionante, o Paraná Clube batalhou, mas sofreu uma derrota por 4 x 3 para o Vitória-BA, em Salvador, na noite de ontem (10), no Estádio Barradão. O tricolor da Vila Capanema entrou em campo com vontade de vencer, mas o adversário, que está no G-4, foi duro e não tremeu diante dos paranaenses e marcou com Leílson, Victor Ramos e Mansur. O Paraná Clube descontou com Wendel (2) e Arthur (1). O próximo compromisso da equipe do técnico Ricardinho acontece na próxima sexta-feira (13), contra o Grêmio Maringá, às 15h30, no Estádio Janguito Malucelli, em Curitiba, pelo Paranaense.

Diário de Circulação Nacional

IBGE: Indústria do Paraná mantém liderança na geração de empregos

Richa sanciona Lei de Diretrizes Orçamentárias » O governador Beto Richa sancionou nesta terça-feira (10) a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) do Estado para o exercício financeiro de 2013. A receita estimada é de R$ 32.259.181.394,00. Desse total, R$ 29.917. 350.000,00 representam a integralidade da receita estadual e os R$ 2.341. 831.394,00 restantes correspondem às transferências constitucionais da União. Dos valores da receita prevista para o Estado, R$ 5.898.059.000,00 estão incluídos entre as transferências constitucionais aos municípios.

Quarta-feira

Vitória de 1 x 0 sobre o Ipatinga leva Furacão para a 12º posição

» Um único gol, marcado por Paulo Baier, deu a Vitória do Atlético Paranaense sobre o Ipatinga, na noite de ontem (10), no Gigante do Itiberê, em Paranaguá, pelo Brasileirão da Série B. Com o resultado, o Atlético iguala as outras equipes da competição com nove jogos disputados e chega aos 11 pontos, na 12ª colocação. O Furacão chega também a nove gols no campeonato e dois gols de saldo. Mesmo com o placar de 1 x 0, a equipe não diminuiu o ritmo do jogo e conseguiu segurar o placar até o final da partida. Na manhã de hoje (11), o rubro negro começa os treinos para enfrentar o ABC, no sábado (14), às 16h20, em Paranaguá.


2

| Quarta-feira, 11 de julho de 2012 |

Editorial

O mito da Selic O Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central (BC) iniciou ontem a quinta reunião do ano com o objetivo de dosar mais uma redução da taxa básica de juros, também conhecida como taxa Selic porque remunera os títulos públicos depositados no Sistema Especial de Liquidação e Custódia (Selic). Há uma tentativa (válida) de desfazer o mito da Selic. Ou seja: a influência da taxa básica de juros na inflação. Esse status tem origem nos tempos da inflação desbragada, quando o Banco Central (BC) atendia aos interesses imediatos do governo e de setores econômicos, particularmente dos oligopólios com assento na então poderosíssima Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp). No governo passado, o BC ganhou autonomia e a Selic foi mantida como instrumento de contenção da inflação; que alguns especialistas consideravam como medida temporária, até o ajustamento dos fundamentos macroeconômicos. Hoje, novos especialistas apostam nessa tese. Mas a queda da Selic "não é mais vista como o principal gargalo da economia", de acordo com o professor da Escola de Economia da Fundação Getulio Vargas de São Paulo (FGV-SP), Samy Dana. A taxa está em 8,50% ao ano - a mais baixa da história do Copom, criado em junho de 1996 - e, de acordo com expectativa da maioria dos analistas financeiros, deve cair para 8% ao final da segunda etapa da reunião do colegiado de diretores do BC, hoje à noite. Samy Dana ressalta, porém, que a reativação econômica do país exige, antes de tudo, uma reforma tributária e a promoção da indústria, somadas a investimentos em educação, inovação e infraestrutura em geral. Segundo ele, "o governo tem que agir mais do lado da oferta que da demanda", uma vez que a capacidade de consumo das famílias hoje é bem pequena. Analisa também que como a indústria apresenta números negativos desde o início do segundo semestre do ano passado, com redução da oferta de empregos há oito meses, e não existem pressões inflacionárias à vista, por causa da fragilidade do mercado consumidor, no Brasil e no exterior, existe espaço, inclusive, para mais reduções da Selic em reuniões futuras do Copom. Além de apostar na queda de 0,5 ponto percentual nesta reunião, Samy Dana arrisca palpite de 7,25% no fechamento de 2012. Ele ressalta que o governo não terá dificuldades em controlar a inflação, uma vez que o país cresce pouco, e o Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) deve terminar o ano próximo do centro da meta de 4,5%, definida pelo Conselho Monetário Nacional (CMN). No seu entender, o momento é propício para o Copom manter a Selic em queda. Lamenta, no entanto, o fato de o sistema financeiro nacional (SFN) como um todo não acompanhar o movimento, em que pese o esforço recente dos bancos oficiais, decorrente de determinação governamental. Apesar disso, enquanto a Selic cedeu 4 pontos percentuais (de 12,50% para 8,50%) de agosto do ano passado para cá, com queda de 32%, o efeito nos juros bancários foi pequeno. Isso dá uma mostra, segundo ele, que a redução da Selic sozinha não resolve; mesmo com a ajuda dos bancos oficiais. "Em geral, todos os setores abusam das margens de lucros, e é preciso atuação forte do BC para controlar mais a competição do setor bancário; e uma das formas para isso também é proteger o consumidor via educação financeira".

Política & Poder AGOSTO VIRÁ Depois que fez a declaração e foi cobrado pelos colegas da Assembléia Legislativa por ter generalizado, o deputado Cleiton Kielse (PMDB) sustenta que esta reunindo provas de que parlamentares tem relação com empresas ligadas às concessionárias de pedágio no Paraná. Ele aguarda dados que solicitou ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE/PR), e pretende apresenta-los em agosto, já que esta quarta-feira é o último dia de atividades na Casa antes do recesso. Kielse espera receber valores e nomes dos deputados que tenham recebido contribuições de campanha das concessionárias de pedágio. Ele solicitou essa informação sobre as eleições de 2002, 2006 e 2010. Na semana passada, Kielse disse em entrevistas que deputados teriam sido "comprados" pelas concessionárias para evitar a instalação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que pretendia investigar os aditivos dos contratos e as tarifas. Por conta disso, já que não citou nomes, foi pedido a abertura de um processo contra Kielse no Conselho de Ética da Casa. A CPI em questão foi rejeitada pela presidência da Assembléia no primeiro semestre do ano passado. O do requerimento do peemedebista foi rejeitado na época depois que o líder da bancada do governo, deputado Ademar Traiano (PSDB), considerou que o texto não indicava nenhum "fato determinado" para a abertura da CPI, lembrando também que a Casa tinha investigado o pedágio em 2003, através de CPI também, sem resultados. Sem "fatos novos", alegou o líder do governo, não se justificava a criação de outra comissão. SEM INTERESSE Traiano apontou ainda que a criação da CPI poderia atrapalhar as negociações que o governo estava abrindo com as concessionárias, visando a retomada das obras e a redução de tarifas. Ontem, ele voltou a usar essa argumentação. "O governo passado prometeu abaixar ou acabar com o pedágio. Não fez nem uma coisa, nem outra. Ninguém suporta mais ouvir falar em CPI do pedágio. Os contratos são muito bem amarrados juridicamente", afirmou. NOS NERVOS Kielse apresentou recurso contra a decisão da Mesa Executiva. Em outubro passado, Rossoni rejeitou o pedido, com base em parecer da diretoria legislativa da Casa segundo a qual o peemedebista deveria ter apresentado um recurso ao plenário, e não diretamente à Procuradoria da Assembleia. Por não conseguir criar a CPI, é que Kielse, acabou falando da suposta existência "deputados comprados pelo pedágio", entre outras acusações. DIZ ELE Sobre o caso, ontem o peemedebista antecipou que já tem informação concreta "de que deputados foram beneficiados por empresas sócias do pedágio ou vinculadas a empresas que integram consórcios". Mas ficou

Correspondência para roselivalerio@gmail.com

nisso, sem maiores informações ou nomes, só agosto. COM INTERESSE Kielse disse que as 18 empresas que integram consórcios com concessões de rodovias também têm subsidiárias que faturam R$ 500 milhões ao ano com a prestação de serviços no Paraná. "Algumas também patrocinaram eventos políticos de diversos partidos", completou. Segundo o deputado, vários colegas da Assembléia se recusaram a assinar o requerimento para a abertura da CPI alegando que "não poderiam se envolver por motivos práticos". ENFIM, A LEI A bancada do PT apresentou ontem projeto de resolução que altera o regimento interno da Assembleia Legislativa , adequando-o a Lei de Acesso à Informação Pública, e que torna desnecessário a aprovação pelo plenário dos requerimentos de pedido de informações dirigidos pelos deputados aos secretários de Estado e outras autoridades. AUTOMÁTICO "Nosso projeto é fortalecer os instrumentos de controle da gestão pública. Queremos garantir aos cidadãos o direito de acesso às informações de todos os órgãos públicos", explica a líder da bancada do PT, deputada Luciana Rafagnin. Na real, se aprovado, vai evitar que os requerimentos da oposição sejam rejeitados em plenário pela maioria governista. FACE TO FACE Nesta quarta-feira a bancada do PMDB na Assembleia Legislativa vai se reunir com o governador Beto Richa (PSDB), segundo o líder, deputado Caíto Quintana, que coordenou reunião dos peemedebistas ontem cedo para ir com o discurso ensaiado. Na pauta, segundo Caíto Quintana, questões políticas em todas as regiões do Paraná. Apenas Anibelli Neto da bancada do PMDB não integra a base do governo na Assembleia. NO PALANQUE Os deputados peemedebistas além de chorar as pitangas para Richa nem todos estão satisfeitos com o atendimento do governo aos seus pedidos - vão pedir a participação do governador na eleição deste ano. Nos municípios onde seja possível conciliar, exista coligação dos partidos da base ou entre os aliados o PMDB dispute sozinho, Richa é o cabo eleitoral mais indicado para eleição de prefeitos e vereadores. AUXÍLIO AO MPE Começou a ser analisado pela Comissão de Constituição e Justiça da Assembleia o projeto que prevê a implantação de "auxílio-alimentação" para parte dos servidores do Ministério Público Estadual. O benefício é de R$ 400,00 ao mês, o que dá em média R$ 20 por dia para o almoço, por exemplo. NO BOLSO A proposição permite o pagamento do benefício retroativo a 2002. Cada procurador ou promotor do MPE poderá receber uma bolada estimada em até R$ 90 mil. Já receberam de forma retroativa o vale-alimentação servidores dos tribunais da Justiça e de Contas do Estado. É DE ELOGIAR Juiz e promotor da 10ª Zona Eleitoral, celebraram termo de compromisso com representantes de partidos políticos e de coligações concorrentes às eleições municipais dos municípios da Lapa e Contenda (Região Metropolitana de Curitiba). O acordo é para que as coligações e

partidos não façam uso de veiculação de propaganda política por meio de pinturas em muros, durante a campanha eleitoral. E COPIAR E tem mais: quem descumprir o compromisso assumido será multado no valor de R$ 10 mil. O valor arrecadado será revertido ao Fundo Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente. Esta é uma iniciativa que candidatos e partidos do Paraná todo deveriam adotar. Fica a sugestão. SEM PAI NOSSO Depois da repercussão negativa, por 7 a 2, os vereadores de Apucarana vetaram o projeto de lei que ficou conhecido como a "Lei do Pai Nosso" na sessão que ocorreu na noite de segunda-feira, 9. A proposta estabelecia que a oração fosse realizada nas escolas das redes pública e particular antes do início das aulas de cada dia. DE CADA DIA Em 25 de junho a Câmara Municipal havia aprovado o projeto por unanimidade em primeira sessão, mas depois foi adiada a votação em segundo turno por causa de pedido de vistas do projeto. Pressionados através das redes sociais da internet e pela recomendação administrativa do Ministério Público do Paraná para que os vereadores não aprovassem a lei devido à sua inconstitucionalidade, os vereadores tiveram bom senso. BOA ESSA Bom exemplo para a Assembléia Legislativa paranaense copiar: A Assembleia Legislativa mineira aprovou PEC ontem que acaba com a posse de suplentes durante o recesso parlamentar, prática conhecida por "mandatotampão". Bem recebida desde o início, teve aprovação unânime. ENERGIA PÚBLICA A Comissão de Desenvolvimento Urbano (CDU) da Câmara Federal vai realizar amanhã uma audiência pública para debater a responsabilidade dos municípios pelas redes de iluminação pública. Dois prefeitos do Paraná, Celso Silva, de Bandeirantes e José Salim Haggi Neto, de Cambará, foram convidados para discutir a questão. CUSTO ALTO A transferência da responsabilidade pela administração das redes de iluminação e distribuição de energia para os municípios tem gerado muitas discussões devido ao aumento nos gastos das prefeituras. A ação está prevista na resolução normativa 414, editada em 2010 pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). A 30% O deputado federal paranaense João Arruda (PMDB), que vai estar na audiência, afirma que o tema é de muita importância para os pequenos municípios que terão de arcar com o custo da manutenção das redes. "Tem que haver uma grande discussão, ouvindo os prefeitos. Muitos municípios ainda não tem a capacidade de arcar com esse custo que pode representar, em alguns casos, 30% do orçamento municipal", explicou Arruda.

Paraguai não deve ser suspenso, diz secretário-geral da OEA Brasília - O secretáriogeral da Organização dos Estados Americanos (OEA), José Miguel Insulza, sugeriu ontem (10) que seja feito um plano de ação para facilitar o diálogo entre os países da região e o Paraguai. Durante a reunião extraordinária da entidade, ele sugeriu que não sejam aplicadas suspensões ao Paraguai na OEA, depois do impeachment do então presidente Fernando Lugo. “A suspensões aplicadas pela OEA resultariam em grandes implicações econômicas para o país e trariam um impacto direto para decisões de outras instituições do sistema interamericano e para a vida econômica e financeira do país”, disse Insulza. O Mercosul e a União de Nações SulAmericanas (Unasul) suspenderam o Paraguai dos blocos até que sejam feitas novas eleições, marcadas para 2013. O secretário disse ainda que no Paraguai há uma situação de normalidade política, social e econômica que deve ser preservada. Ele insistiu ainda que ao aplicar sanções ao Paraguai, os países da OEA devem ter em mente que o objetivo comum deve ser o de fortalecer a democracia do país e que se deve buscar um caminho que promova o diálogo entre todos os atores políticos envolvidos na questão do Paraguai para superar a situação atual. “Temos nesta organização os instrumentos necessários para ajudar nos esforços para obtermos esses fins [o diálogo]”. Insulza foi ao Paraguai há uma semana e meia para saber como estava a situação do país depois do impeachment do ex-presidente Fernando Lugo. Ele deixou o poder depois de ser julgado pelo Congresso paraguaio por má administração. Países sul-americanos consideraram que houve pouco tempo para Lugo fazer sua defesa, pois o julgamento ocorreu em dois dias. Com a saída dele, assumiu o poder o vice-presidente, Federico Franco.

Presidente da Assembléia defende os quase 1.700 cargos em comissão Deputado Rossoni afirma que a grande maioria é dos gabinetes e 600 deles disponíveis não foram preenchidos Roseli Valério, de Curitiba Em trecho da Ação Direta de Inconstitucionalidade (Adin) com pedido de medida cautelar ajuizada pelo conselho federal da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) questionando duas leis no âmbito do Poder Legislativo do Paraná, aponta-se que “constitui clara e distinta ofensa aos princípios referidos a criação de cerca de 1704 cargos em comissão na Assembleia Legislativa, em detrimento da criação de cargos efetivos”. Assertiva da qual o presidente da Assembleia, deputado Valdir Rossoni (PSDB), discorda. Ele aponta que a maioria dos cargos comissionados é dos gabinetes parlamentares, enquanto que na administração da Casa propriamente dita, seriam apenas 140. “E nós temos 600 cargos em comissão disponíveis que não foram preenchidos”, garantiu. Conforme o regimento interno da Assembleia, alterado através

de uma das leis contestadas pela OAB, cada deputado tem direito a nomear até 23 assessores para cargos de confiança – preenchidos sem concurso público, com verba disponível para cada gabinete de R$ 78 mil mensais para pagamento dos salários dos comissionados. Mas a OAB observa o todo, seguindo a Constituição Federal, alega a entidade e está questionando as duas leis aprovadas pelos deputados que criam, extinguem e transformam cargos efetivos e cargos em comissão, o Legislativo do Paraná. Observa-se na Adin que a Constituição Federal prevê que deve ser observado o princípio da proporcionalidade para a criação de cargos comissionados, “o que consubstancia o dever de equilíbrio entre o número destes e os efetivos”, reforça a direção nacional da Ordem. Que aponta ainda a existência de “desproporcional e irrazoável quantitativo de cargos comissionados, especialmente se comparado à quantidade de cargos efeti-

vos realmente providos na mencionada Casa Legislativa”. Ainda conforme a ação que está no STF, “dentre os cargos de comissão criados predominam funções que, a rigor, deveriam ser preenchidas por concurso em razão de sua natureza estar ligada à atividade legislativa”, e que as funções exercidas por servidores dos cargos efetivos extintos pela lei passaram a ser exercidas por cargos de provimento por comissão. Em números Os dados levantados pela OAB para a Adin dão conta que o número de cargos em comissão criados pela Lei Estadual 16.390/2010 era de cerca de 1.704, e que essa norma também extinguiu 163 cargos efetivos dos quadros de funcionários da Assembleia. E acrescenta que, mais tarde, o número de cargos em comissão criados foi alterado pela Lei 16.792/2011 para aproximadamente 1.677. Ainda que não tenha informação precisa sobre o número exato de cargos efetivos nos qua-

dros de funcionários da Assembleia paranaense, a Ordem argumenta que não é proporcional a existência de aproximadamente 2.200 cargos em comissão (providos ou não) enquanto que os cargos efetivos não chegam a 500. Conforme Rossoni, seriam apenas 140. Precedentes foram citados na ação: o Supremo, no julgamento do Recurso Extraordinário (RE) 365368, considerou irrelevante o fato de os cargos em comissão serem ocupados nos gabinetes dos vereadores do município de Blumenau (SC) “reconhecida, assim, a desproporcionalidade na desmesurada contratação de servidores comissionados”. A mesma tese teria sido consagrada pelo STF em outro julgamento, o da Adin 4125. A presidência da Assembléia Legislativa vai aguardar o trâmite da ação para nova manifestação quando houver a primeira decisão a respeito da medida cautelar. A defesa de ambas as leis será feita pela Procuradoria da Casa.


3

| Quarta-feira, 11 de julho de 2012 |

Richa sanciona Lei de Diretrizes Orçamentárias para 2013 Dos valores da receita prevista para o Estado, R$ 5.898.059.000,00 estão incluídos entre as transferências constitucionais aos municípios O governador Beto Richa sancionou nesta terçafeira (10) a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) do Estado para o exercício financeiro de 2013. A receita estimada é de R$ 32.259.181.394,00. Desse total, R$ 29.917.350.000,00 representam a integralidade da receita estadual e os R$ 2.341.831.394,00 restantes correspondem às transferências constitucionais da União. Dos valores da receita prevista para o Estado, R$ 5.898.059.000,00 estão incluídos entre as transferências constitucionais aos municípios. Dessa forma, o valor líquido da receita do tesouro do Estado deverá ficar em R$ 24.019.291.000,00. É esse valor que servirá de parâmetro para a elaboração da Lei Orçamentária Anual (LOA), em que, por determinação do governador, a prioridade deve ser conferida às áreas de menor Índice de Desenvolvimento Humano (IDH). Além disso, a orientação do governo é de que fique evidenciada a transparência na gestão fiscal, observando o princípio da publicidade e permitindo total acesso da sociedade às informações.

Presidente Dilma lamenta em nota morte do arcebispo emérito do Rio A presidenta Dilma Rousseff lamentou ontem (10) a morte do arcebispo emérito do Rio de Janeiro, cardeal dom Eugenio de Araujo Sales. Em nota, Dilma exaltou a preocupação social que marcou a trajetória do religioso. Dom Eugenio Sales morreu na noite de ontem (9), vítima de um infarto, enquanto dormia em casa, no Rio de Janeiro. "O cardeal dom Eugenio de Araujo Sales deixa seu nome inscrito na história da Igreja Católica pelo relevante papel que desempenhou em toda a sua vida. Em sua trajetória, a preocupação social sempre esteve associada ao trabalho eclesiástico, como

bem sintetizam as campanhas da Fraternidade, uma de suas iniciativas que marcam a ação da Igreja em todo o Brasil", diz a presidenta no texto. Dilma expressa ainda a solidariedade ao povo do Rio de Janeiro e a todos os admiradores, familiares e amigos do cardeal. Segundo a Arquidiocese do Rio, dom Eugenio Sales era o cardeal mais antigo da Igreja Católica, título que lhe foi concedido em 1969 pelo papa Paulo VI. O corpo do religioso será velado a partir do meio-dia na Catedral Metropolitana de São Sebastião, no centro do Rio, e o sepultamento está previsto para hoje (11).

Governo suspende venda de 268 planos de saúde de 37 operadoras O governo decidiu suspender a venda de 268 planos de saúde comercializados por 37 operadoras. A medida foi anunciada ontem (10) pelo ministro da Saúde, Alexandre Padilha. O motivo foi o desrespeito aos prazos máximos de atendimento aos usuários, conforme a Resolução Normativa 259 da Agência Nacional de Saúde (ANS). Padilha ressaltou que os usuários desses planos não serão prejudicados. As empresas terão três meses para se adequarem aos prazos que variam conforme a especialidade médica. Para as consultas básicas, o cliente deve esperar no máximo por sete dias úteis para conseguir o atendimento. Para outras especialidades o prazo é 14 dias e

para procedimentos de alta complexidade, 21 dias. O ministro esclareceu que os planos que tiveram a venda suspensa correspondem a apenas 7% do total de usuários. No país, existem 1.016 operadoras, que comercializam cerca de 22 mil planos. Atualmente, 47,6 milhões de brasileiros estão vinculados a um plano médico, o equivalente a quase um quarto da população. O diretor-presidente da ANS, Mauricio Ceschin, explicou que a lista das operadoras punidas foi definida a partir do número de reclamações dos usuários. Segundo ele, as empresas que desrespeitarem a proibição poderão ser multadas.

Por determinações constitucionais e legais, o orçamento do Estado tem 86% das receitas vinculadas. Entre elas estão os 30% destinados à manutenção e desenvolvimento do ensino público e os 12% obrigatórios para pagamento e serviços de saúde. O Executivo também destina recursos a outros Poderes: 5% ao Legislativo, 9,5% ao Judiciário e 4% ao Ministério Público. Do porcentual destinado ao Legislativo, 1,9% caberá ao Tribunal de Contas. "Não há muita margem de manobra", salientou o secretário do Planejamento e Coordenação Geral, Cassio Taniguchi. O secretário destacou que, para garantir novos investimentos, o Estado recorre a recursos externos, respeitando a capacidade de endividamento. Por isso, considerou fundamental a linha de crédito anunciada pelo governo federal, colocando R$ 20 bilhões do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) à disposição dos Estados. "Tradicionalmente, o Paraná representa 6% do PIB nacional e sua população é 5,5% da nacional. Temos direito a, no mínimo, 6% desse valor,

mas isso vai depender da capacidade de produzir projetos", afirmou. O projeto sancionado pelo governador é composto por 11 capítulos em que constam, entre outras informações, as prioridades da administração pública, os critérios para a distribuição dos recursos, a estrutura e organização dos orçamentos, as diretrizes para sua elaboração e execução, além de disposições sobre despesas. A LDO tem como parâmetro 26 programas prioritários estabelecidos no Plano Plurianual (PPA) para o período 2012 a 2015 e orienta a elaboração da Lei Orçamentária Anual. A Constituição do Estado do Paraná determina que na LOA, a ser enviada ao Poder Legislativo até o dia 30 de setembro, seja estabelecido o Programa de Obras por unidade orçamentária, projeto ou atividade, de forma detalhada e individualizada, com os respectivos custos. As metas a serem estabelecidas na Lei Orçamentária Anual servirão também para um acompanhamento do cumprimento do Plano Plurianual. Fernanda Richa

OPINIÃO

Bons motivos para comemorar No Paraná, temos nos esforçado ao máximo para proporcionar uma vida digna às nossas crianças e adolescentes. Entendemos que este esforço não está desconectado do empenho para melhorarmos a vida de todos os cidadãos. A política mais eficiente para mudar índices perversos com os quais ainda convivemos é a de valorizar e ampliar os direitos da família, fazendo deles instrumentos de promoção social. Isso beneficia diretamente não só as crianças e adolescentes, mas a seus pais e outros agentes que tem papel fundamental no desenvolvimento da juventude paranaense. Nosso empenho é assegurar serviços de qualidade nas áreas de educação, saúde, segurança, habitação, emprego e o lazer, entre outros direitos do cidadão, além de qualificação profissional, para criar melhores oportunidades para toda a família. Com isso, podemos evitar muitos problemas que contribuem para fazer de nossas crianças vítimas da fome, do abandono, da exploração sexual, do trabalho escravo, da falta de acesso à escola, da violência e do crime. Oferecer oportunidades à família significa propiciar que nossos filhos se formem cidadãos, sabedores de seus direitos e deveres. Por certo, esta política de valorização e ampliação de direitos deve ser integrada, envolvendo projetos, programas e ações de diversas áreas de governo. Para além da determinação do governo, é preciso abrir espaço para a participação das pessoas neste processo, especialmente em ações de proteção das crianças e adolescentes, para que os resultados apareçam mais rapidamente. É isso que estamos fazendo no Paraná. Trabalhamos firmemente e unidos para corrigir índices negativos e para consolidar avanços socioeconômicos importantes para a sociedade. Para alinhar este trabalho, foi fundamental termos realizado a 8ª Conferência Estadual dos Direitos da Criança e do Adolescente. Neste evento, criamos o comitê que vai elaborar o Plano Decenal do Paraná dos Direitos da Criança e do Adolescente, que definirá diretrizes das políticas públicas nesta área para os próximos 10 anos, além de realizar um mapeamento do perfil do pú-

blico nesta faixa de idade no Estado. Para a elaboração desse documento, houve ampliação e divisão de responsabilidades, com a criação de um comitê formado por 13 secretarias estaduais, OAB-PR, Ministério Público e Tribunal de Justiça. Lançamos ainda o Plano Estadual de Enfrentamento à Violência com diferentes vertentes e a participação de vários agentes sociais. O Estado também investe na instalação de unidades do Núcleo de Proteção a Criança e ao Adolescente (Nucria) em Paranaguá, Ponta Grossa, Cascavel, Londrina, Maringá e Curitiba, e em uma nova sede do Serviço de Investigação de Crianças Desaparecidas (Sicride). Ao mesmo tempo, mantemos a Guarda Mirim, que atua na proteção básica de pessoas de 14 a 18 anos que se encontram em situação de risco e vulnerabilidade social e da qual participam 575 adolescentes de Curitiba e Região Metropolitana. No interior, teremos 29 centros da juventude - destes 12 já foram entregues -, com capacidade de atender até um mil adolescentes/dia em três turnos. As atividades ali desenvolvidas foram baseadas em três pilares: cidadania, convivência e formação (pessoal, profissional e comunitária). Por meio do Fundo da Infância e Adolescência (FIA) modernizamos 413 conselhos tutelares do Paraná. No curto prazo implantaremos nos municípios mais carentes do Estado o projeto "Adolescentes Paranaenses", com oficinas educativas que possam fortalecer o desenvolvimento de potencialidades dos jovens. Ao destacar todas estas iniciativas, e assumir a responsabilidade que nos cabe como administradores públicos e como cidadãos de perseguir melhorias para a sociedade, tenho certeza de que nós, paranaenses, acumulamos bons motivos para comemorar os 22 anos do Estatuto da Criança e do Adolescente neste dia 13 de julho. Fernanda Richa é Secretária de Estado da Família e Desenvolvimento Social

AYRTON BAPTISTA

OPINIÃO

Ajuntamento partidário O prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, do PMDB, está batendo um recorde: sua candidatura à reeleição é apoiada por 20 partidos. Márcio Lacerda, do PSB, prefeito candidato à reeleição em Belo Horizonte, quase empata. Terá 19 partidos com ele. Por essa ordem decrescente, Geraldo Júlio, também do Partido Socialista, tem no Recife o apoio de 16 agremiações em sua campanha pela Prefeitura. O prefeito de Curitiba, Luciano Ducci, e Nelson Pelegrino, do PT baiano, candidato em Salvador, carregam 15 legendas. O que isso quer dizer? Quase nada, pois a grande maioria dos partidos é formada por legendas sem projeção, com dirigentes desconhecidos, sem parlamentares e vereadores, também sem prefeitos. Não se pode nem se deve generalizar: nem todos são de aluguel, o que vem provar que ainda temos gente boa e esperançosa fazendo política no país. Muitos não sabem fazer, engajam-se nos poderosos, homens e partidos, e falam a mesma linguagem. Não dizem nada, pois imitam os maiores que, de modo geral, também não apresentam novidades. Fazem transações, sempre guardando-se as exceções. No Rio, o atual prefeito Eduardo Paes ganhou com o apoio de Lula e do governador Sérgio Cabral. Foi um deputado atuante, ex-PSDB e ex-PFL, atual DEM. Bom de tribuna e de comissões investigativas. Se é bom prefeito, agora no PMDB, os cariocas dirão, reelegendo-o o ou não. Paes terá mais de 16 minutos de Rádio e TV, contra os quase 4 minutos de seu adversário, o ex-presidente do PFL, Rodrigo Maia. Essa diferença é que pode dizer alguma coisa. Se os candidatos, aí vale para todos, aqui e alhures, sabem usar ou fazer usar o tempo, mostra-se a vanta-

gem das coligações, pois somando-se segundos de uns e de outros, com minutos dos partidos maiores, dá para indicar o que foi feito ou o que o candidato pretende realizar. Claro, só se vai conferir mais tarde, geralmente com decepções. Essa é a legislação e cabe cumpri-la, já que uma reforma seria abrangente e exigências poderiam ser feitas para a constituição dos partidos e o exército da militância. Não há pecado em ser pequeno. Ao contrário. Deve-se desconfiar de agremiação que já nasce grande. Muitas vezes faz-se acomodações, como sabemos. E a expressão "muda mais de partido do que camisa" é antiga mais ainda vale, pois nada mudou nesse sentido. E, vamos convir, mudanças que as vezes espantam, pois não se diferencia a água do vinho. Há diversas formas de se exercer o partidarismo. Os objetivos ideológicos e pragmáticos são de fundamentais importâncias. Poucos por esses princípios se guiam. A biografia do dirigente ou fundador do partido geralmente passa despercebida, sem interesse. A atuação dos seus prefeitos, vereadores e deputados, senadores também, nem sempre são observados. As punições só acontecem em extrema circunstância. Assim nos aproximamos de novas eleições. E, como sempre, ficaremos assustados com o surgimento de alguns nomes. Tudo dentro da lei, na normalidade democrática brasileira. O problema é que certos candidatos deveriam estar em outras listas. Alguns chegam lá, outros são mais resistentes, mais espertos. Continuam, até com certo brilho. É a vida. Ayrton Baptista, jornalista


4

| Quarta-feira, 11 de julho de 2012 |

SENAI oferece curso de operador de máquinas pesadas com remuneração São 24 vagas em período integral que oferece encaminhamento para o mercado de trabalho Um projeto desenvolvido pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial – SENAI de Colombo, em parceria com o Sindicato da Indústria da Construção Pesada do Estado do Paraná (SICEPOT), está oferecendo uma ótima oportunidade para jovens, entre 18 e 22 anos, tornarem-se auxiliares de operador de máquinas pesadas. São 24 vagas para ingressar, em período integral, no curso de aprendizagem que, além de ser remunerado, oferece encaminhamento para o mercado de trabalho. Uma parceria com o Departamento da Juventude da Prefeitura de Colombo e com a Secretaria da Indústria e Comércio vai auxiliar o SENAI Colombo no recrutamento de candidatos. “No dia 18 de julho, haverá uma palestra na Regional Maracanã, a partir das 15 horas, para que o técnico de ensino do SENAI Colombo explique mais detalhes sobre o projeto aos interessados, pontua o diretor da Juventu-

de de Colombo, Gilmar Rodrigues de Lima. “Ao final do curso o aluno estará apto a realizar o auxilio no processo de manutenção e controle de materiais e na preparação de máquinas e equipamentos, podendo atuar em diversos seguimentos da indústria da construção civil pesada”, observa o técnico de ensino do SENAI Colombo, Sidney Nepomuceno. Para se inscrever no processo de seleção, os candidatos devem comparecer a sede do SENAI em Colombo, na Rua Antônio Falavinha, 194, no bairro Ana Terra, munidos de documentos (RG, CPF e Carteira de Habilitação) e comprovantes de residência e escolaridade. As fichas de inscrição também podem ser retiradas no Departamento da Juventude. Após o processo de seleção, o SENAI Colombo divulgará os candidatos aprovados para iniciar o curso. Mais informações pelos telefones (41) 36637082 e 3675-5964.

Requisitos: - Ter entre 18 e 22 anos; - Ensino fundamental completo; - Carteira de habilitação – categoria “B” ou acima; - Bom estado de sade; - Ser aprovado em teste seletivo; - Passar por dinâmica em empresas parceiras e interessadas nos aprendizes; - Disponibilidade para trabalhar em obras.

Alunos realizam trabalhos sobre o Estatuto da Criança e Adolescente Alunos da 6ª série do Colégio Estadual Genésio Moreschi, fizeram excelentes trabalhos sobre os direitos das crianças e adolescentes. “Eles estão muito inteirados de seus direitos e principalmente da forma que devem ser

tratados. Esse trabalho é primoroso para o crescimento dessas crianças e a cada passo, dão mais orgulho para nós, professores”, enfatizou a professora responsável pelo Projeto, Erenilda Giaretton. Durante visita no Colégio,

os alunos envolvidos no Projeto encantaram com trabalhos caprichados e uma apresentação com conhecimento. Em breve será disponibilizado no site da Prefeitura de Colombo os vídeos com as apresentações dos alunos.

SESC abre inscrições para Curso de Violão Clássico e Popular Aulas em grupo ou individuais abordam teoria, leitura em partitura, entre outros O SESC Colombo está promovendo um curso de Violão Clássico e Popular. As inscrições estão abertas e podem ser feitas diretamente na unidade do SESC em Colombo, localizada na Rua Dorval Ceccon, 664 Jardim Nossa Senhora de Fátima, no 2º piso do Colombo Park Shopping. As aulas em grupo ou individuais abordam teoria, leitura em partitura, arpejos para mão direita (cordas soltas), acordes maiores, menores, maior com 7ª e menor com 7ª, exercícios para mão esquerda (fórmula descendente e ligados ascendentes e descendentes) e exercícios em escalas maiores, em 3ª e acordes.

As aulas em grupo são para até quatro alunos, a partir dos 12 anos, com 1 hora de duração, nas segundas e quartas-feiras, das 15h30 às 16h30. O investimento é de R$ 45 por mês para comerciários e de R$ 70 para não comerciários. Já as aulas individuais, com 30 minutos de duração, acontecerão nas segundas e quartas-feiras, às 10h, 10h30, 11h, 11h30, 12h e 12h30, também para alunos a partir dos 12 anos. O custo é de R$ 50 por mês para comerciários e de R$ 75 para não comerciários.

Mais informações pelo telefone (41) 3675-8201.


5

| Quarta-feira, 11 de julho de 2012 |

Metró ole Variedades "Em todas as coisas, o sucesso depende de preparação prévia." (Confúcio)

TOME NOTA

Pancadas de chuvas isoladas

Máx. 15º Mín. 10º

Dia 12: Mín. 08º e Máx. 15º Dia 13: Mín. 04º e Máx. 15º Dia 14: Mín. 04º e Máx. 17º

PROGRAMAÇÃO DE CINEMA

Arroz de Pinhão Ingredientes 200 g de arroz vermelho orgânico 2 dentes de alho finamente picados 200 g de pinhões cozidos e descascados 1 folha de louro folhas de sálvia fresca 1,5 litros de caldo de legumes azeite extra virgem, o quanto baste 50 g de manteiga sem sal 100 ml de vinho tinto seco 50 g de queijo Saint Paulin (ou meia-cura) ralado grosso sal e pimenta-do-reino Modo de preparo Aqueça o azeite e doure rapidamente o alho picado com o louro; Fatie metade dos pinhões e refogue por dois minutos; Acrescente o arroz e mexa bem por mais dois minutos; Acrescente o vinho tinto, incorpore e deixe evaporar todo o álcool; Cozinhe o risoto, mexendo sempre e acrescentando o caldo aos poucos; Cozinhe até ficar al dente, mexendo sempre; Adicione o restante dos pinhões e as folhas de sálvia. Acerte sal e pimenta; Tire do fogo e adicione a manteiga e o queijo Saint Paulin. Mexa bem até ficar cremoso; Disponha uma porção no centro do prato, decore com mais sálvia fresca, regue com azeite e sirva em seguida.

2) Quem fez par romântico com Gisele Fróes, a Lorena de “A Favorita”, na novela que foi exibida pela Globo? a) Thiago Rodrigues b) Chico Diaz c) Tarcísio Meira d) Miguel Rômulo 3) Vilma era personagem de qual dessas atrizes em “Chamas da Vida”, a novela que foi ao ar pela Record? a) Lucinha Lins b) Amandha Lee c) Verônica Debom d) Bianca Rinaldi 4) Como se chama o filho da cantora Cláudia Leitte? a) Gabriel b) Samuel c) Josué d) Davi 5) Na vida real, ela é muito alegre. Na televisão já apareceu em humorístico interpretando uma personagem sessentona que não estava nem aí com a opinião alheia e vivia plenamente sua sexualidade. Recentemente, ela disse a célebre frase “Nasci com vocação para a felicidade”. Estamos falando de qual dessas atrizes? a) Fafi Siqueira b) Adriana Esteves c) Arlete Salles d) Marisa Orth

PALAVRAS CRUZADAS DIRETAS www.coquetel.com.br Figura de três lados

© Revistas COQUETEL 2007 Orgulho; presunção Relativo à voz Sufixo de "flâmula"

Arroz com pequi e As galinhada (Cul.) esposas Terreiro Perda da dos filhos (ioruba) coragem

Ramo da Medicina que busca o equilíbrio do organismo

O teor medido pelo bafômetro Código trabalhista (sigla)

Hipótese; suposição (?) musculares, sinal de problema neurológico

Infrutíferas Hábitat do ácaro

Estrutura celular como a mitocôndria

72 Oxigênio (símbolo)

Mágoa; sofrimento

D O R

O continente dos cangurus

Entrega Espírito Santo (sigla)

Origem (abrev.) Escrevo o recado

Aquele que consola Animalsímbolo da França Ed Lincoln, músico Marieta Severo, em "A Grande Família"

A (?): sem fundamento Rio que corta a Alemanha

Estar, em francês Cantora de "Romaria"

Tom Cruise, ator de "Vanilla Sky" Festa noturna feita na praia

(?) Disney: criou o Pateta

Danuza Leão, colunista brasileira

(?) poucos: gradualmente Válvula eletrônica com catodo e placa Ósmio (símbolo)

BANCO

Hora canônica no Catolicismo Nossa Senhora (abrev.)

Rafael Rabelo, violonista

Solução O R T O M O L E C U L A R

1) Como se chamava o personagem vivido pelo ator Rodrigo Lombardi em “O Astro”? a) Salomão b) Samir c) Herculano d) Youssef

O Ministério da Saúde vai dispensar a exigência de receita médica para a entrega de pílula do dia seguinte nos postos do SUS. Protocolo com a orientação deverá ser publicado em julho. “Não faz sentido exigir que a mulher aguarde uma consulta médica. Isso pode colocar em risco a eficácia do uso do remédio”, afirmou na última quarta-feira (27) o secretário de Assistência à Saúde, Helvécio Guimarães. Para evitar a gravidez, a pílula do dia seguinte deve ser usada no máximo até 72 horas depois da relação sexual desprotegida. O protocolo está em estudo há três meses por um grupo de especialistas convocados pelo Ministério da Saúde. O documento, de acordo com Helvécio, deixa claro qual o procedimento que os postos de atendimento devem adotar no caso de mulheres que buscam a contracepção de emergência. “Em alguns locais, a pílula já é fornecida sem exigência da receita, por um profissional que não é médico. Queremos padronizar essa prática”, completou. A pílula do dia seguinte começou a ser distribuída nos serviços de atendimento do SUS em 2005 como um método de contracepção de emergência. Antes dessa data, a oferta do remédio era feita apenas para vítimas de violência sexual. Em 2010, a rede pública de saúde distribuiu 513 mil tratamentos. Em 2011, esse número saltou para 770 mil. Helvécio afirma, no entanto, que há ainda relatos de dificuldades enfrentadas pelas mulheres para ter acesso à contracepção. “Não há dúvida de que alguns serviços ainda têm receio de lidar com a contracepção de emergência. Esse é um tema que, mesmo depois de tantos anos, ainda desperta polêmica”, constata Helvécio. Divergências Grupos religiosos condenam o método, por considerá-lo abortivo. Especialistas garantem, porém, que a pílula, um composto hormonal, não atua após a fecundação e não impede a implantação do óvulo no útero. A ação da pílula depende do período do ciclo menstrual em que foi tomada. Quando tomada na primeira fase do ciclo, ela impede a ovulação ou a retarda de forma expressiva. Documento do Ministério da Saúde informa que, quando tomada depois da ovulação, a pílula altera o transporte dos espermatozoides e modifica o muco cervical - o que impediria a fecundação.

E V G U L O O L I C I A A S C L M O S O R A G A L I A E N E N R E T L U A A A D O N O S A R

A uma semana da estreia, os preparativos para o Festival de Cultura Popular do Litoral seguem em ritmo acelerado. De 13 a 22 de julho, as cidades de Paranaguá, Morretes, Pontal do Paraná e Matinhos estarão sediando as atrações, oficinas e espetáculos culturais protagonizados por artistas paranaenses. Realizado pela Faculdade Estadual de Filosofia, Ciências e Letras de Paranaguá – FAFIPAR, em parceria com a UniBrasil, FAP, Embap, UFPR Litoral e Prefeitura de Paranaguá, o evento, considerado o maior festival de valorização das tradições paranaenses, tem por objetivo proporcionar à comunidade estudantil, em período de férias escolares, a oportunidade de adquirir e ampliar conhecimentos ligados à arte e à cultura do Estado. Integram a programação do evento 22 oficinas nas áreas de dança, artes visuais, música, teatro, vídeo e artesanato, além de diversas atividades artísticas e culturais espalhadas por todo o litoral. Todos os eventos são oferecidos ao público gratuitamente e as inscrições encerram no dia 11 de julho, no Setor de Extensão da FAFIPAR, ou pelo site www.fafipar.br.

I A N L C O E O R V A P A S O R D A E A N S M O E T E N O L T I O D S N

Festival de Cultura Popular do Litoral começa na próxima semana

Pílula do dia seguinte não exigirá receita

P T R A T O E S D O O C E R R W A D O

Com o objetivo de formar profissionais que consigam enfrentar qualquer situação em seu trabalho, o SEHA (Sindicato Empresarial de Hospedagem e Alimentação) oferece o curso de Iniciação para camareira. São ministrados conteúdos como organização hoteleira, unidades habitacionais e atribuições da camareira, visando o bem dos hóspedes e do próprio estabelecimento de trabalho. As aulas ministradas pela instrutora Elizabeth Figurelly acontecem de 06 a 10 de agosto, das 13h30 ás 17h30, na sede SEHA, que fica à Al. Júlia da Costa, 64. As inscrições tem o valor de R$ 50 e podem ser feitas através do site www.seha.com.br ou pelo email treinamento@seha.com.br. Mais informações pelo telefone 41 3323 8900.

3/ilê. 4/être — nenê. 5/diodo. 8/espasmos.

Curso de iniciação para camareira

(Respostas: 1-c / 2-b / 3-a / 4-d / 5-c)


6

| Quarta-feira, 11 de julho de 2012 |

Cerca de 500 pessoas participam, desde ontem (10), do 1.º Encontro Estadual de Saúde Mental do Paraná, em Curitiba. Profissionais das áreas da Saúde, Educação, Assistência Social e Justiça debatem, no auditório do Colégio Estadual do Paraná, a implantação da Rede de Saúde Mental do Estado. "Essa rede é uma das prioridades do governo dentro da política estadual de saúde e tem o desafio de unir ações multidisciplinares para enfrentar a epidemia do crack e de outras drogas lícitas e ilícitas", disse o secretário da Saúde, Michele Caputo Neto. Ele citou que o Paraná ainda tem um número pequeno de Centros de Atenção Psicossocial (Caps), indicados para o atendimento ambulatorial de saúde mental, e que eles estão concentrados em poucas regiões. "A função do atendimento dos pacientes com transtornos mentais e drogadição ficou por muito tempo a cargo dos municípios, sem o apoio estadual, o que dificultou muito o encaminhamento de tratamentos", explicou Caputo Neto. Segundo ele, com o incremento de R$ 340 milhões ao orçamento da saúde neste ano já é possível mudar essa lógica. Os consórcios intermunicipais de saúde, que são responsáveis pela administração dos Caps, recebem a partir de agora recursos para equipamentos e custeio, o que vai ampliar a criação de novos centros. PARCERIA A secretária estadual da Justiça, Cidadania e Direitos Humanos, Maria Tereza Uille Gomes, explicou que o governo tem quatro linhas de atuação no combate às drogas - de prevenção, tratamento, repressão e empreendedorismo. "São ações que envolvem segu-

Foto Divulgação/Sesa/PR

Encontro debate Rede de Saúde Mental do Paraná

Secretária de Estado Maria Tereza Uille Gomes fala sobre importância do evento

rança, saúde, justiça, educação e ação social para conseguirmos melhores resultados junto à população", afirmou. A secretária relatou pesquisa desenvolvida pela Pontifícia Universidade Católica (PUC) que identifica a geração de renda como uma das formas de evitar o retorno às drogas. "Se damos o apoio ao jovem para ter trabalho e renda, além do apoio psicossocial, ele ficará longe das drogas", disse Maria Tereza. A representante da Secretaria da Família e Desenvolvimento Social, Mara Cristina Ferreira, disse que a secretaria tem desenvolvido ações concretas para garantir os direitos das famílias que têm pessoas com transtornos mentais com o apoio dos profissionais que atuam nos municípios. HISTÓRIA O Paraná tem 94 Caps, sendo 21 específicos para atendimento a pacientes dependentes de álcool e drogas. A criação dos Centros de Atenção Psicossocial faz parte da reforma psiquiátrica de 2001, e que deu prioridade ao atendimento ambulatorial, para evitar a institucionalização dos pa-

cientes, que acabavam isolados da sociedade. No ano passado, o governo do Estado assinou acordo com o Ministério Público Estadual para execução de um amplo projeto de saúde mental, extinguindo ação que corria desde 2003. O termo de ajustamento de conduta exigia a aplicação de R$ 14 milhões, referentes ao fechamento de leitos psiquiátricos, em novos Caps, Residências Terapêuticas, entre outros projetos de saúde mental. A implantação da Rede de Saúde Mental e a criação dos Centros de Tratamento de Álcool e Drogas (Cetrads), fazem parte do acordo com o Ministério Público. O governo pretende implantar quatro Cetrads até 2014. O primeiro

será instalado em Cascavel, onde já foi firmado acordo com a prefeitura para instalação em um antigo seminário adquirido pelo município e que está em reforma. Até o final deste ano deverá entrar em funcionamento para atender 43 municípios da região de Cascavel e Toledo. Os outros Cetrads serão instalados em Curitiba, Londrina e Maringá. O 1.º Encontro Estadual de Saúde Mental precede o Encontro de Saúde Mental da Região Sul do Brasil que o Ministério da Saúde promoverá em agosto. O evento paranaense é promovido pela Secretaria da Saúde e pelo Comitê Gestor Intersecretarial de Saúde Mental, que envolve as secretarias da Saúde, Educação, Justiça e Família.

Profissionais da educação, Saúde e Assistência Social participam do evento

Curitiba recebe Fórum Brasileiro de Mudanças Climáticas O Fórum Brasileiro de Mudanças Climáticas, em parceria com a Secretaria do Meio Ambiente e Recursos Hídricos, promove amanhã (12), no Parque Barigui, em Curitiba, uma consulta pública sobre os Planos Setoriais de Mitigação e de Adaptação em Mudanças do Clima, na Região Sul. A confirmação da participação deve ser feita até o final da tarde de hoje (11), pelo e-mail veloni@ivig.coppe.ufrj.br. A reunião prevê discussão entre diferentes setores e sociedade civil para encaminhamento de opiniões e sugestões. O fórum realizará sete consultas pú-

blicas, cinco em cada região do País. De acordo com a secretária executiva do Fórum Paranaense de Mudanças Climáticas e coordenadora da Secretaria Estadual do Meio Ambiente, Themis Piazzeta Marques, na consulta pública serão discutidos documentos que darão forma a quatro planos, a serem apresentados pelo governo federal. Esses planos estão separados nas áreas de economia de baixa emissão de carbono na indústria de transformação; mineração; transporte e de mobilidade urbana e saúde.

Os planos setoriais também estão em consulta pública eletrônica desde 15 de junho até 15 de agosto e foram elaborados pelos ministérios das Cidades; dos Transportes; da Saúde; de Minas e Energia; e do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, sob orientação do Ministério do Meio Ambiente. O objetivo dos planos setoriais é traçar iniciativas para diminuir os efeitos e prejuízos causados pelas emissões de gases poluentes, fomentar o estabelecimento de estratégias de adaptação às alterações climáticas naturais e promo-

ver o desenvolvimento da economia de baixo carbono. A elaboração e execução dos planos devem contribuir para o alcance da meta nacional de redução entre 36,1% a 38,9% das emissões projetadas para 2020. SERVIÇO Consulta Pública aos Planos Setoriais de Mitigação e de Adaptação em Mudanças do Clima - Região Sul. Local: Salão de Atos do Parque Barigui, na Avenida Cândido Hartmann, bairro Mercês, em Curitiba. Dia: 12/07/12 - quintafeira, das 9h às 18h.

Promovendo parcerias para o crescimento empresarial

Palestras sobre nota eletrônica de serviço esclarecerão dúvidas na sede da Aciap, amanhã (12) A Associação Comercial de São José dos Pinhais (Aciap) promove, amanhã (12), das 8h às 10h30, em parceria com a Câmara Setorial dos Contadores, palestras sobre as novidades da Nota Fiscal Eletrônica (NF-e), que obriga várias empresas a usarem os meios eletrônicos, incluindo CNPJ na área de prestação de serviço. A primeira explanação será com Juvanil Cândido da Cunha e Valfrido Pasqualin, da Prefeitura de São José dos Pinhais, com os seguintes tópicos: quem está obrigado, conforme Decreto Municipal; adesão, procedimentos e normas de cadastramento; implicações fiscais; como funciona o processo disponível atual (GISSONLINE). A segunda explanação vai tratar dos seguintes temas: soluções de sistemas locais; e processo de integração entre o sistema GINFES (WebService da PMSJP) e sistemas próprios, com o consultor Alberto Chaim, da AC&C Excelência em Sistemas. Informações e reservas para esta capacitação gratuita na Aciap 3525-0801.

FALECIMENTOS  Nair Dias da Silva Staziak, 82 anos. Sepultamento hoje às 10 horas, no Cemitério Parque Senhor do Bonfim.  José Hamilton Dal Negro, 54 anos. Sepultamento hoje, às 09 horas, no Cemitério São José, Centro de São José dos Pinhais.  Orlando Manfron, 83 anos. Sepultamento hoje, às 09 horas, no Cemitério São José, Centro de São José dos Pinhais.  José de Paula, 85 anos. Sepultamento hoje, às 10 horas, no Cemitério Padre Pedro Fuss. Serviço Funerário Municipal - São José dos Pinhais Rua Ângelo Zem, 55 Centro - Fone : 3382 1271


7

| Quarta-feira, 11 de julho de 2012 |

TR, POUPANÇA E TBF TR MENSAL % mar abr 0,04 0,10

Indústria paranaense mantém liderança na geração de empregos De acordo com a Pesquisa Industrial Mensal de Emprego e Salário, o segmento industrial que mais ampliou os postos de trabalho no Paraná em maio foi o de máquinas e aparelhos elétricos, eletrônicos e de comunicações (35,1%) cou em terceiro lugar entre as unidades observadas, atrás de Pernambuco e Minas Gerais.

Divulgação ANPr

O número de empregados na indústria do Paraná cresceu 2,2% em maio, em relação ao mesmo mês de 2011, enquanto no país houve queda de 1,7%. Dos 10 estados pesquisados pelo IBGE, apenas Paraná (primeiro colocado) e Minas Gerais apresentaram crescimento no pessoal ocupado na indústria. Os números de maio consolidam a indústria paranaense como a de melhor desempenho em geração de empregos este ano. De janeiro a maio, o contingente empregado no setor cresceu 3,6% no Paraná, enquanto na média nacional houve retração de 1,1%. De acordo com a Pesquisa Industrial Mensal de Emprego e Salário, o segmento industrial que mais ampliou os postos de trabalho no Paraná em maio foi o de máquinas e aparelhos elétricos, eletrônicos e de comunicações (35,1%). Em seguida aparecem os segmentos têxtil (10,8%), minerais não metálicos (9,4%), produtos químicos (8,5%), metalurgia (8,0%), refino de petróleo e álcool (6,9%) e alimentos e bebidas (6,1%). A massa salarial teve aumento real (descontada a inflação) de 8,4% em maio, contra 1,1% para a média brasileira. Foi o segundo melhor desempenho do País, atrás do Espírito Santo (10,9%). A variação foi influenciada por máquinas e aparelhos elétricos, eletrônicos e de comunicações (44,1%), têxtil

Dados do IBGE mostraram que a indústria continua elevando a produção no Paraná

(24,2%), produtos químicos (15,4%), metalurgia (13,6%), meios de transporte (11,3%) e alimentos e bebidas (7,6%). A indústria do Estado foi a única do País a apontar crescimento no número de horas pagas (1,5% versus queda de –2,8% para o Brasil) nesta referência de comparação. DOZE MESES No acumulado em doze meses até maio de 2012, a indústria paranaense também foi a de melhor desempenho na geração de empregos, com crescimento de 5,2%, contra redução de 0,3% para o País. O desempenho foi ancorado nos segmentos de máquinas e aparelhos elétricos, eletrônicos e de comunicações

(37,8%), alimentos e bebidas (14,0%), meios de transporte (9,5%), outros produtos (8,5%), metalurgia (8,4%), têxtil (7,7%), minerais não metálicos (6,5%) e produtos químicos (5,8%). No total dos salários reais pagos, o Paraná ocupa o segundo colocação no índice anual (11,0% contra 3,5% no Brasil), depois de Pernambuco (11,5%). As variações mais pronunciadas correram em máquinas e aparelhos elétricos, eletrônicos e de comunicações (44,3%), meios de transporte (19,1%), outros produtos (17,0%), alimentos de bebidas (15,1%), fumo (12,5%) e metalurgia (11,4%). Em horas pagas, com aumento de 1,0%, versus declínio de 1,1% para o Brasil, o Paraná fi-

ANÁLISE O presidente do Instituto Paranaense de Desenvolvimento Econômico e Social (Ipardes), Gilmar Mendes Lourenço, o descolamento do Paraná do ritmo da indústria nacional, que vem reduzindo o contingente empregado, pode ser explicado pelo dinamismo dos ramos agroindustrial, metalmecânico, petroquímico e construção civil, somado à boa articulação entre o governo estadual e a iniciativa privada. Lourenço afirma que, graças a isso, a indústria paranaense vem sendo menos afetada por um cenário marcado pela “exacerbação das expectativas negativas dos empresários quanto aos sinais da economia global e à eficácia e alcance das sucessivas medidas de reativação da economia anunciadas pelo governo federal”. Na semana passada, dados do IBGE mostraram que, na contramão da indústria nacional, o setor continua elevando a produção no Paraná. Em maio, a produção industrial paranaense cresceu 5,5%, em comparação com o mesmo mês de 2011, e 1,5% em relação a abril, enquanto nacionalmente o setor registrou quedas de 4,3% e 0,9%, respectivamente.

Porto de Paranaguá fecha semestre com movimentação recorde de soja A Administração dos Portos de Paranaguá e Antonina (Appa) concluiu, nesta terça-feira (10), o balanço da movimentação de cargas do primeiro semestre do ano. Mais uma vez, foi o desempenho da soja que impulsionou o aumento geral de 5%, em relação ao mesmo período de 2011. A exportação do grão, em 2012, foi 25% maior. De janeiro a junho deste ano, o Porto de Paranaguá movimentou mais de 20,7 milhões de toneladas de cargas. Desse total, mais de 14,6 milhões de toneladas é de granéis sólidos. E o maior volume, mais de cinco milhões, é da soja. “A meta que nos foi passada pelo governador Beto Richa foi a de dar o máximo de assistência e atenção ao produtor rural. Os números demonstram o bom momento para os produtores e nós, no porto, estamos concentrados em promover melhorias principalmente no

corredor de exportação, para incentivar ainda mais a exportações do setor”, disse o superintendente da Appa, Luiz Henrique Dividino. Está programada para o mês que vem o lançamento do edital de licitação para a realização da primeira etapa do repotenciamento do corredor de exportação do Porto, que vai permitir um ganho de 30% na produtividade dos embarques. PREÇOS De acordo com o engenheiro agrônomo Marcelo Garrido, técnico do Departamento de Economia Rural (Deral) da Secretaria de Estado da Agricultura e do Abastecimento (Seab), o que impulsionou a exportação recorde, desde o início do ano, foram os preços. “Com quebra de safra na América do Sul e diminuição da área plantada de soja nos Estados Unidos – principal exportador do grão -, os preços da soja ficaram aquecidos, favorecendo os

produtores brasileiros”, explica. Até o final de junho, segundo Garrido, o produtor de soja paranaense já comercializou 95% da safra. Ou seja, o estoque do produto já é baixo. “A tendência agora é queda na exportação da soja, que já é bem incipiente”, afirma. Os 5% que faltam ser comercializados pelo Paraná devem durar, no máximo, até o final de agosto, de acordo com o agrônomo. Ainda segundo o técnico do Deral, até junho o Brasil exportou U$ 15,95 bilhões do complexo soja (grão, farelo e óleo). Desse total, a participação da soja paranaense é de 20,3%, o que representa U$ 3,24 bilhões. No mercado externo, o preço da saca de soja (60 quilos) passou dos R$ 70. Para o produtor do Paraná, em junho, o preço pago pela saca foi de R$ 58,29, 45% a mais do que em junho de 2011, quando o valor era

em torno de R$ 40. Outras cargas – No fechamento do semestre, a Appa também registrou aumento na exportação de farelo de soja. Foram mais de 2,6 milhões de toneladas, 4% a mais que o período em 2011. A exportação de contêineres também apresentou alta, de 10%. De janeiro a junho, este ano, foram mais de 184 mil TEUs (twenty-foot equivalent unit). No ano passado, esse total era de 167 mil. Importação – Na importação pelo Porto de Paranaguá, a movimentação de contêineres apresentou aumento de 13%. No primeiro semestre deste ano, foram mais de 188 mil TEUs contra 166 mil do ano passado. A importação de trigo, de janeiro a junho, também foi maior. Este ano, foram mais de 131 mil toneladas importadas do produto, 78% a mais que em 2011.

Indústrias paranaenses marcam presença na Movinter O Paraná, que concentra uma das indústrias moveleiras mais fortes e tradicionais do país estará representado na Movinter – Feira de Móveis do Estado de São Paulo – por 11 empresas que vão mostrar as particularidades dos móveis produzidos no estado. A Feira é realizada pelo SIMM (Sindicato da Indústria do Mobiliário de Mirassol) e promovida pela Reed Multiplus, marca associada a Reed Exihibitions Alcantara Machado entre os dias 17 e 20 de julho, no Pavilhão Interior Eventos, em Mirassol/SP. O proprietário da Anjos Colchões, Claudinei dos Anjos afirma que é essencial para a empresa participar da Movinter. “É uma Feira no estado que é o maior comprador de móveis do país. É o ambiente propício para apresentar lançamentos e fidelizar os clientes”, diz. De acordo com dados da FIEP (Federação das Indústrias do Estado do Paraná), das 19.294 indústrias de móveis brasileiras, 2.417 são paranaenses. As empresas do estado também são uma das que mais geram empregos no ramo: 39.618 pessoas trabalham em empresas moveleiras. No Brasil são 266.570 de mão-de-obra empregada em indústrias do setor. Para o proprietário da Irmol, Ângelo Cavas expor os produtos em uma Feira de outro estado é a oportunidade de ampliar as vendas. “A Movinter se tornou praticamente a única Feira da região

Sudeste. Expor neste evento é a maneira mais eficiente de vendas regionalizadas, que é uma das nossas estratégias”, comenta. As expositoras do Paraná apresentarão móveis de diversos segmentos, reforçando a diversidade dos produtos da Movinter. Na Feira os visitantes encontrarão: Cadeiras, Colchões, Camas e Beliches, Complementos, Copas, Cozinhas, Dormitórios, Estantes e Racks, Estofados, Móveis para Banheiro, Móveis para Escritório, Salas de Jantar e Linha Infantil. O presidente do SIMM, Pedro Benvindo Rodrigues acredita que a exposição de empresas de várias regiões do país em um único evento é extremamente importante. “A Movinter é uma Feira completa, pois reúne indústrias de diferentes regiões, o que proporciona aos compradores a possibilidade de encontrar móveis diversos com as particularidades de cada localidade do país”, afirma. Os números da FIEP mostram ainda que as indústrias moveleiras paranaenses vendem cerca de 3 bilhões por ano. Para o diretor presidente da Somopar, Antônio Rufato, os resultados dos negócios fechados na Movinter serão observados após o evento. “Esta edição deve manter a tradição de sucesso nas vendas dos expositores e a prorrogação da isenção do IPI deve contribuir para um acréscimo nos negócios”, afirma.

mai 0,05

jun 0,00

ano 0,26

12 m 0,92

POUPANÇA MENSAL % mar abr mai 0,54 0,52 0,55

jun 0,50

ano 3,31

12 m 7,14

ÍNDICES DIÁRIOS Período 13/6 a 13/7 14/6 a 14/7 15/6 a 15/7 16/6 a 16/7 17/6 a 17/7 18/6 a 18/7 19/6 a 19/7 20/6 a 20/7 21/6 a 21/7 22/6 a 22/7 23/6 a 23/7 24/6 a 24/7 25/6 a 25/7 26/6 a 26/7 27/6 a 27/7 28/6 a 28/7 29/6 a 29/7 30/6 a 30/7 1/7 a 31/7 1/7 a 1/8 2/7 a 2/8 3/7 a 3/8 4/7 a 4/8 5/7 a 5/8 6/7 a 6/8

TR 0,0194 0,0067 0,0000 0,0000 0,0000 0,0232 0,0122 0,0124 0,0000 0,0000 0,0000 0,0000 0,0225 0,0160 0,0000 0,0000 0,0000 0,0000 0,0000 0,0144 0,0486 0,0049 0,0559 0,0000 0,0000

TBF 0,6695 0,6567 0,6235 0,6074 0,6379 0,6834 0,6623 0,6625 0,6195 0,6344 0,6077 0,6382 0,6726 0,6661 0,6431 0,6410 0,6405 0,6130 0,6438 0,6745 0,7089 0,6549 0,7163 0,6486 0,6292

CONSTRUÇÃO em % mar abr CUB/PR 0,13 0,21 CUB (maio/2012): R$ 1.005,53

mai 0,36

Poupança 0,5023 0,4895 0,4828 0,4828 0,4828 0,5061 0,4951 0,4953 0,4828 0,4828 0,4828 0,4828 0,5054 0,4989 0,4828 0,4828 0,4973 0,5316 0,4877 0,5390 0,4828 0,4828

ano 1,00

12 m 8,78

FAJ-TR / TR-FATOR

10/7 29/6 SELIC Jun/11 Jul/11 Ago/11 Set/11 Out/11 Nov/11

2,76496109 2,76503769

0,96% 0,97% 1,07% 0,94% 0,86% 0,86%

0,01238785 0,01238819

Dez/11 Jan/12 Fev/12 Mar/12 Abr/12 Mai/12 * Jun/12

0,91% 0,89% 0,75% 0,82% 0,71% 0,74% 1,00%

* No mês corrente o valor da Selic é sempre 1,00% IR - MAIO * IR 2012: A segunda parcela do IR 2012 venceu em 31/05. Para pagamento de parcelas atrasadas há em fevereiro Selic de 10,22%, mais multa. ** Para pagar atrasado um tributo cujo vencimento foi no mesmo mês, será cobrada a Selic do mês corrente (1,00%). Para atrasos que extrapolem o mês em curso, será cobrada taxa equivalente à soma da Selic dos meses em atraso, mais multa. PREVIDÊNCIA Competência: MAIO As empresas têm prazo para pagar até 20/06 e as pessoas físicas até 15/06. A partir desses prazos há multas de 4% a 100%, além de juros pela taxa Selic. EMPRESÁRIO/EMPREGADOR Contribui com 11% sobre o pró-labore, entre R$ 545,00 (R$ 59,95) e R$ 3.691,74 (406,09), através de GPS. AUTÔNOMO 1) Quem só recebe de pessoas físicas: recolhe por carnê 20% sobre os limites de R$ 545,00 (R$ 109,00) a R$ 3.691,74 (R$ 738,34) . 2) Quem só recebe de pessoas jurídicas: a empresa recolhe 11% até o máx. de R$ 3.691,74 (R$ 406,09) e desconta do autônomo. 3) Quem recebe de jurídicas e físicas: têm desconto de 11% sobre o que recebe de jurídicas, até R$ 3.691,74 (R$ 406,09). Se não atingir este teto, recolhe 20%, via carnê, sobre a diferença até R$ 3.691,74. FACULTATIVO Contribui com 20% sobre qualquer valor entre R$ 545,00 (R$ 109,00) e R$ 3.691,74 (R$ 738,34), através de carnê. ASSALARIADOS Salário Contribuição (R$) Até 1.174,86 De 1.174,87 até 1.958,10 De 1.958,11 até 3.916,20

Alíquota 8,00% 9,00% 11,00%

EMPREGADOS DOMÉSTICOS Empregado Empregador Total

Alíquota % 8 a 11 12 20 a 23

R$ mín 49,76 74,64 124,40

SALÁRIO FAMÍLIA – JUNHO/12 Salário de até R$ 608,80 Salário de R$ 608,81 a 915,05

R$ máx 430,78 469,94 900,72

R$ 31,22 R$ 22,00

OUTROS ÍNDICES BTN + TR TJLP Sal. Mínimo FGTS UPC

Mar 1,566858 6,00 622,00 0,2466 22,24

Abr 1,568531 6,00 622,00 0,3536 22,28

IR – TABELA DE JUNHO Desconto na fonte e carnê-leão Base (R$) Alíquota Até 1.637,11 isento 1.637,122 a 2.453,50 7,5% 2.453,51 até 3.271,38 15,0% 3.271,39 até 4.087,65 22,5% Acima de 4.087,65 27,5%

Mai 1,568887 6,00 622,00 0,2693 22,28

Jun 1,569621 6,00 622,00 0,2935 22,28

Dedução – R$ 122,78 R$ 306,80 R$ 552,15 R$ 756,53

Deduções: a) Assalariados: 1) - R$ 164,56 por dependente; 2) - pensão alimentícia; 3) - contribuição à Prev. Social; 4) - R$ 1.637,11 por aposentado a partir de 65 anos; 5) - contribuições à previdência privada e aos Fapi pagas pelo contribuinte; b) Carnê Leão: itens de 1 a 3 mais as despesas escrituradas no livro-caixa.


8

| Quarta-feira, 11 de julho de 2012 |

PIRAQUARA

População ganha escola de ensino especial Instituição vai funcionar em período integral oferecendo serviços dos profissionais da Saúde para atender os alunos

IGUALDADE Para a secretária de municipal de Educação, Loireci Dalmolim de Oliveira, a abertura oficial da Escola Cristiane Pampuch, é a realização de um sonho que precisou de muitos anos e muita luta. "Ter a oportunidade de inaugurar uma escola na modalidade de educação especial, hoje, é motivo de muito orgulho. Temos funcionários próprios, estagiários e podemos oferecer para estes alunos, a mesma oportunidade que todos os alunos, especiais ou não, devem ter" lembrou Loireci. A mãe da homenageada, dona Maria de Lurdes Pampuch, recebeu flores durante a solenidade, e se mostrou muito emocionada. Para ela, é mais do que a realização de um sonho, é a imortalização do nome e do trabalho de sua filha. "Ela tinha uma garra, mesmo desenganada pelos médicos, que deram a ela apenas 18 anos de vida. Pois ela viveu até os 28, e durante este tempo ela se dedicou ao ensino especial, se dedicou a ajudar ao próximo, e mos-

trar que todos são capazes", desabafou dona Maria. TEMPO INTEGRAL A diretora do Departamento Administrativo da Secretaria de Educação do Município, Carla Juliane dos Santos Vilar, foi quem abriu o evento, declamando uma poesia de autoria de Vera Nice Agustinho, servidora municipal. Carla lembrou que a qualidade vem por meio do comprometimento. "Hoje a gente consegue proporcionar esta qualidade, mas devemos isto principalmente ao compromisso das pessoas que trabalham conosco, e a eles o nosso muito obrigado" agradeceu Carla. A diretora anunciou durante a solenidade, que a partir deste semestre os esforços estarão voltados para a implantação do serviço em turno integral, isto é, os alunos ficarão o dia todo na escola. Os alunos da Escola Municipal Cristiane Pampuch podem contar com atendimento especializado de psicologia, fonoaudiologia e fisioterapia na própria escola. Quem tiver interesse em matricular seu filho na escola, pode se dirigir à Rua Reinaldo Meira, 1050, no bairro São Cristóvão. É preciso apresentar comprovante de endereço, certidão de nascimento e um laudo médico comprovando a necessidade especial, na própria secretaria da escola.

Foto Frans Rodrigues/PMP

funcionamento era considerado irregular pela Secretaria Estadual de Educação, o ensino especial precisou fechar as portas em 2005. A partir de 2007, os esforços se voltaram para a reabertura da escola, e apesar dos entraves, este sonho se realiza agora.

Maria de Lourdes Pampuch, mãe da homenageada e autoridades na inauguração

QUATRO BARRAS

Dia do Desafio à Alfabetização mobiliza alunos da rede pública Foto Josiany Ohde/PMQB

Um novo investimento na área da Educação Especial foi entregue à população de Piraquara, na última sexta-feira (6), pelo prefeito Gabriel Jorge Samaha (Gabão). A Escola Municipal de Educação Básica Cristiane Pampuch - modalidade Educação Especial foi inaugurada em solenidade que contou com a presença de diversas autoridades municipais, pais de crianças especiais e da dona Maria de Lurdes Pampuch, mãe de Cristiane Pampuch, homenageada pelo município, que imortalizou seu nome na nova escola. Para Gabão, este é um momento de realização histórica, não só para ele, como para todos os moradores, pais, mães e alunos, que precisam do serviço e que sempre acompanharam a luta para que a escola se tornasse realidade. "Este momento especial é a construção de uma história, que não é para gerar competição, mas sim para dizer que temos responsabilidade, responsabilidade que exijo dos candidatos, que eles assumam, e que se comprometam que a escola não vai fechar", disse Gabão. A nova escola, apesar de ter sido inaugurada agora, já tem uma história que começou em 2004, quando funcionou nas dependências da Escola Municipal Dona Júlia Wanderley, com apenas algumas salas. Como este

CAMPO LARGO

Uma campanha do Hemepar, com coleta para o teste de medula óssea para salvar uma criança, está mobilizando toda a comunidade de Campo Largo, na Região Metropolitana de Curitiba. No próximo dia 28, o órgão pretende chamar a atenção da sociedade para salvar a vida do garoto Anderson Paulart Júnior, de dez anos, portador de leucemia e que precisa da ajuda. Atendendo ao pedido dos familiares do pequeno Anderson, uma equipe do Hemepar, em parceria com o Hospital Erasto Gaertner, estará na cidade realizando os testes para encontrar a compatibilidade com o organismo da criança. Segundo o Hemepar, os interessados em ajudar e participar da campanha, podem saber se são compatíveis fazendo uma pequena coleta de sangue para o teste. Este teste fica cadastrado junto ao Hemepar e pode ser solicitado não só para o Anderson, mas para outras pessoas que necessitam e sejam compatíveis. SERVIÇO Campanha para coleta do teste de Medula Óssea Dia: 28/07/2012 (Sábado) Horário: entre 10h e 16h. Local: Salão de Eventos João Paulo II (Próximo a Igreja Matriz) Rua: Centenário, s/nº, esquina com Barão do Rio Branco - Centro - Campo Largo/PR.

Foto Divulgação/PMCL

Hemepar faz campanha para salvar criança

Evento foi apoiado pelo Núcleo de Educação da Área Metropolitana Norte

Lançado para estimular o acesso à escrita e à leitura, o Dia do Desafio à Alfabetização, realizado em Quatro Barras, em parceria com o Núcleo Regional de Educação da Área Metropolitana Norte, buscou mobilizar alunos e identificar nas regiões de entorno jovens, adultos e idosos que ainda não tiveram acesso ao ensino. A mobilização ocorreu no final de junho nas escolas municipais e colégios estaduais, onde foi trabalhado o tema "Superação do Analfabetismo no Estado do Paraná", sensibilizando vários agentes da sociedade para identificar e também levar o acesso à escrita e à leitura a focos esparsos da população que se enquadram no Programa de Educação de

Jovens e Adultos (EJA). Em Quatro Barras, a Escola Municipal Devanira Ferreira Alves foi uma das agentes deste processo, demonstrando aos alunos a importância da alfabetização e tornando-os multiplicadores. Para isso, foram confeccionados cartazes, painéis, poesias e outros trabalhos para apresentações na escola. Segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE), Quatro Barras apresenta uma das menores taxas de analfabetismo da Região Metropolitana Norte. Dos 14 municípios que integram a região, a cidade está em terceiro lugar com a taxa de 4,75%, que se refere aos casos de analfabetismo na população com 15 anos ou mais.

ALMIRANTE TAMANDARÉ

Jovens do município prestam juramento à bandeira

O pequeno Anderson Paulart Júnior precisa de ajuda

Uma solenidade especial marcou o evento de apresentação dos jovens com idades de 18 anos, que se apresentaram para o serviço militar em Almirante Tamandaré, na manhã de ontem (10), nas dependências do Ginásio Buzatão. O evento reuniu familiares e autoridades, que acompanharam o juramento de compromisso à bandeira dos jovens que receberam certificados de dispensa de incorporação. Com a participação da banda

da Sindacta II, que após o juramento dos jovens envolveu a todos com o hino nacional; os jovens do município foram dispensados pelo 1º tenente Valmir Felix de Faria, delegado da 5ª Delegacia de Serviço Militar, juntamente com diversas autoridades civis e militares. Diante de um público que lotou o Ginásio Buzatão, a banda que estava sob a regência do sub oficial Hélio, apresentou o Hino Nacional Brasileiro. A secretária

da Junta Militar do município, Cisse de Brito, também compareceu ao evento. Para Daniel Ferreira do Nascimento, 17 anos, apesar de ser dispensado do serviço militar obrigatório, o evento é importante porque mostra que todos estão ali dispostos a cumprirem um dever com a sociedade e com o país. Durante a ocasião, quilos de alimentos foram doados pelos participantes para serem distribuídos às famílias carentes.


| Quarta-feira, 11 de julho de 2012 |

9

Mulheres marcham contra a violência em Curitiba no próximo sábado No próximo dia 14 de julho, às 11h, com concentração no Passeio Público, as mulheres de Curitiba voltam às ruas para denunciar a alarmante violência contra a mulher e reivindicar direitos e garantias de igualdade de gênero. A Marcha das Vadias é um grito contra a violência.

cial da organização. Os números da violência de gênero crescem a cada dia no Brasil. No país todo, quase 2,1 milhões de mulheres são espancadas por ano: 175 mil por mês, 5,8 mil por dia, 4 por minuto e uma a cada 15 segundos. Em 70% dos casos, o agressor é uma pessoa com quem ela mantém ou manteve algum vínculo afetivo. As agressões são similares e recorrentes, acontecem nas famílias, independente de raça, classe social, idade ou de orientação sexual de seus componentes. O Brasil é o sétimo país do mundo que mais assassina mulheres. O Paraná é o terceiro estado e Piraquara a segunda cidade em que mais morrem mulheres vítimas da violência discriminatória. Em Curitiba, a cada 36 horas uma pessoa LGBTQ é brutalmente assassinada. Em 2011, no Paraná, mais de 17 mil mulheres foram agredidas e mais de 4 mil foram vítimas de crime sexual. Em 2012, quase 5 mil mulheres foram vítimas de violência. Em Curitiba, 115 mulheres foram assassinadas em 2011 e 30 mulheres foram mortas no início de 2012. Sabemos que estes números são ainda maiores, pois muitas vítimas não denunciam seus agressores, que a maioria das agressões (física, sexual, psicológica) ocorre em casa e também que, desde crianças. Mais informações www.marchadasvadiascwb.blogspot.com

A Marcha das Vadias é um grito contra a violência de gênero: o Paraná é o terceiro estado brasileiro onde mais morrem mulheres vítimas de violência

Equipe curitibana conquista o segundo lugar na Imagine Cup 2012, da Microsoft

Foto: Guilherme Dalla Barba/SMELJ

No ano passado, mais de mil pessoas compareceram à primeira edição da marcha, realizada num questionamento sobre a culpa da mulher em casos de agressão sexual. Os debates foram intensos acerca do nome, da validade do movimento, sobre a participação das mulheres negras, o caráter possivelmente elitista do grupo, a

participação masculina, o apoio às prostitutas e seu engajamento, a causa LGBTQ e o movimento feminista curitibano. Mais de 30 mil pessoas foram mobilizadas virtualmente em torno da discussão sobre agressão sexual. Diferente, ousada e artística, a Marcha foi considerada um dos eventos mais bonitos da cidade, a reivindicação foi colorida, lúdica e com diversas atrações culturais, o que se repetirá na Marcha deste ano. Durante todo o período desde a marcha de 2011 até hoje, as mulheres da Marcha continuaram suas ações. Segundo a organização da Marcha, “fomos às ruas, ocupamos a Boca Maldita todas as sextas-feiras, discutimos o machismo da política paranaense, manifestamo-nos a favor da descriminalização do aborto e contra a banalização da violência sexual na TV. Comemoramos o Dia do Laço Branco, da Não-Violência, criamos campanhas de conscientização pelo fim da violência de gênero.” “Também participamos da Conferência Municipal de Políticas Públicas para Mulheres, fizemos parte, juntamente com outros coletivos, da organização da Marcha das Mulheres do Campo e da Cidade, assim como também nos envolvemos na produção do relatório da CPMI da violência contra a mulher, com audiência no dia 25 de junho, na Assembleia Legislativa do Paraná”, finaliza a nota ofi-

Foram divulgados ontem (10), os resultados da 10.ª Imagine Cup, competição anual promovida pela Microsoft, que reconhece as inovações tecnológicas produzidas por estudantes de todo o mundo para atender problemas sociais. O projeto de jogo digital Do More (Faça Mais, em português), dos alunos Eduardo Schildt, Guilherme Sávio, Luiz Gustavo Gomes Monclar e Rhandros Dembicki, do Centro Tecnológico da Universidade Positivo (CTUP), foi o único representante da região sul do Brasil no segmento Game Design - Xbox/Windows, e faturou a segunda colocação nessa categoria. A Imagine Cup foi criada em 2003, para estimular o desenvolvimento de jovens talentos, associando o conhecimento que têm em tecnologia com seus ideais de construção de um mundo melhor. O projeto dos estudantes do CTUP competiu com outras nove propostas de alunos de 75 países, que se reuniram hoje em Sydney, na Austrália, durante a cerimônia Imagine Cup World Festival and Awards Ceremony, para conhecer os vencedores. A partir de agora, todas as equipes finalistas da Imagine Cup 2012 podem candidatar-se a receber subsídios da Microsoft para ajudar a transformar suas ideias em realidade. “A Imagine Cup é um caminho para que possamos inovar e criar produtos que,

dentro de um plano de negócios, podem até mesmo chegar ao mercado”, analisa o professor Michael Bahr, orientador do projeto. Além da premiação, alunos vencedores costumam receber propostas de emprego por todo país, convites para dar aulas, sociedade em grandes empresas, prêmios e reconhecimento de autoridades. A edição 2012 da Imagine Cup foi a segunda consecutiva que contou com alunos da Universidade Positivo na etapa final. Em julho de 2013, quando acontecerá a 11.ª Imagine Cup, a universidade também pretende participar. A final já tem local para acontecer – será na cidade de São Petesburgo, na Rússia. O jogo dos alunos do CTUP A categoria Game Design - Xbox/ Windows inclui jogos criados não somente para diversão, mas também para ajudar a sanar questões sociais, utilizando o poder da tecnologia em benefício do planeta. O jogo propõe que o usuário, por meio de uma organização, auxilie no desenvolvimento de várias cidades ao redor do globo, fazendo a diferença com suas intenções e esforços. Para isso, o jogador tem a ajuda dos Doers (Fazedores, em português), indivíduos que trabalham no combate à pobreza, fome, doenças, desigualdades e degradação do meio ambiente.

Muita diversão e recreação estão reservadas para todas as crianças durante o Festival de Férias de Inverno 2012, que acontecerá de 9 a 13 e 16 a 20 de julho

Começou nesta segundafeira (9) o Festival de Férias de Inverno 2012, promovido pela Secretaria Municipal do Esporte, Lazer e Juventude. O festival terá muita diversão e recreação para 20 mil crianças. Estão na programação atividades lúdicas, recreativas e de lazer para crianças entre 6 a 12 anos no período de 9 a 13 e de 16 a 20 de julho “O Festival de Férias é uma excelente opção para as famílias levarem suas crianças durante o período de férias. A participação é gratuita e toda a programação do festival foi desenvolvida para promover atividades que es-

timulam a criatividade, o convívio social, a diversão e a cidadania”, diz o secretário municipal do Esporte, Lazer e Juventude, Marcello Richa. A previsão é que mais de 20 mil crianças participem do festival. Haverá atividades em 61 locais, como Centros de Esporte e Lazer e Associações de Moradores, nas nove Regionais da Prefeitura, facilitando o acesso da população. Entre as atividades previstas estão brinquedos infláveis, cama elástica, jogos gigantes, tênis de mesa, desenhos, arremessos, pintura de rosto, perna de pau, esqui de grama, futebol de dedo, gin-

canas, entre outras. Durante o Festival de Férias também serão realizadas oficinas manuais, como de recortes e criação de brinquedos com objetos recicláveis. A participação é gratuita e mais informações poderão ser obtidas nas gerências regionais da Secretaria Municipal do Esporte, Lazer e Juventude e no Departamento de Lazer/SMELJ por meio dos telefones: (41) 3350-3717 e (41) 3350-3715. Serviço: Festival de Férias de Inverno - Data: 9 a 13 e 16 a 20 de julho - Horário: 14 às 17h Entrada gratuita

Foto: Evandro Zatti (divulgação)

Começa o Festival de Férias com atividades para 20 mil crianças

Da esquerda para a direita estão Rhandros Dembicki, Eduardo Schildt, o professor Michael Bahr, Luiz Gustavo Monclar e Guilherme Sávio


10

| Quarta-feira, 11 de julho de 2012 |

Dirceu João Maschyo

E-MAIL: dirceuesporte@hotmail.com

FUTEBOL AMADOR

Iguaçu começa com vitória

Fotos: Richard Benvenutti.

Na estreia da Suburbana 2012 o Iguaçu recebeu o Nova Orleans e, apesar da dificuldade imposta pelo adversário, fez o serviço de casa e venceu por 2x0

Iguaçu estreia com vitória em casa na Suburbana

Não foi uma exclusividade apenas de Iguaçu e Nova Orleans, frio e chuva marcaram o começo da competição no último sábado (07), mas isso não impediu aos apaixonados pelo futebol de acompanhar sua equipe, devidamente paramentados é claro. Porém com o gramado molhado o jogo ganha outra característica, as falhas acontecem com mais frequência, o cuidado precisa ser redobrado e também a disputa pela bola é mais intensa. E exatamente desta maneira aconteceu no confronto entre os dois clubes, que apesar de uma pequena vantagem em oportunidades para o Orleans, quem marcou por duas vezes foram os donos da casa e garantiram os três pontos na estreia do Futebol Amador de Curitiba. Os dois times entraram em campo com uma mistura de jogadores remanescentes do ano passado e as novidades desta temporada, com essa nova formação o Nova Orleans apresentou um bom futebol envolveu o Iguaçu e poderia ter saído com a vitória. Poderia, não fossem as oportunidades desperdiçadas, na primeira etapa acertou por duas vezes a trave, o goleiro Vilson precisou trabalhar bastante na estreia dele no time. Aos 38 min faz uma bela defesa, depois do belo chute precisou se esticar todo para desviar a bola, que ainda tocou o travessão antes de sair.

Mas na segunda etapa o Iguaçu melhorou o técnico Juninho, pelo segundo ano no clube, corrigiu as falhas e acertou o time em campo para tentar garantir a vitória em casa. Fez as três alterações para se impor e levar mais perigo ao adversário, que continuava com saídas rápidas e jogadas que levavam perigo ao gol de Vilson. As substituições deram certo, ganhou mais força ofensiva e criou várias chances de marcar, mas era parado pela boa defesa do Orleans. E quando todos se contentavam com o empate, Ricardinho, ex Orleans, que entrou no segundo tempo, faz o primeiro, aos 38 min acertou da entrada da área e comemorou o bom desempenho na estreia. O Orleans responde um minuto depois com um chute perigoso de fora da área, mas o goleiro Vilson novamente mostrou estar atento da um tapa na bola e tira o que seria um golaço. Para encerrar de vez as pretensões dos visitantes o Iguaçu marcou mais um, aos 45 min Douglas, outro estreante, chutou de fora da área na saída do goleiro e fez 2x0. No último lance o Nova Orleans ainda perdeu a chance de descontar, mas Vilson faz duas defesas seguidas e garante o placar para o time de Santa Felicidade. Na próxima rodada Iguaçu pega o Novo Mundo, o Nova Orleans recebe o Santa Quitéria.

Apesar de jogar melhor o Nova Orleans não consegue reverter as chances criadas em gol e perde o jogo

FICHA TÉCNICA S.O.B.E IGUAÇU 2X0 UNIÃO NOVA ORLEANS Iguaçu: Vilson, Luizinho Neto, Merci, Samuca, Douglas, Clé, Guilherme, João Vitor (Nilvano), Marlon (Gé), Hideo, Fábio (Ricardinho). Técnico: Juninho. Nova Orleans: Jefinho, Cleitinho, Diego, Schaide, Jean, Carpinha, Felipe, Djonatan (Everton), Cachorão, Roberto (Alan), Matusalém (Jean). Técnico: Júlio Cesar. Local: Egídio Ricardo Pietrobelli – Santa Felicidade – Curitiba/PR. Árbitro: José Mendonça da Silva Junior. Auxiliares: Diogo Morais e Elson Silva dos Santos. Gols: Ricardinho e Douglas marcaram para o Iguaçu. RESULTADOS DA 1ª RODADA SUBURBANA SÉRIÉ A E B Séria A - Adultos Trieste 3x2 Novo Mundo Santa Quitéria 1x1 Vila Hauer Urano 2x2 Capão Raso Iguaçu 2x0 Nova Orleans Bairro Alto 1x0 Uberlândia Combate Barreirinha 4x0 Caxias Séria A - Juniores Trieste 4x0 Novo Mundo Santa Quitéria 2x0 Vila Hauer Urano 1x6 Capão Raso Iguaçu 2x4 Nova Orleans Bairro Alto 0x1 Uberlândia Combate Barreirinha 4x0 Caxias Séria B - Adultos

Os dois times aplicaram forte marcação

Sergipe 0x4 Vila Fanny Olympique 1x2 Grêmio Ipiranga Ypiranga 7x2 Arbesc Umbará 7x1 Rio Negro Bangú 6x1 Santíssima Trindade Operário Pilarzinho 2x2 Vila Sandra União Ahú 2x1 Imperial Série B - Juniores Sergipe 1x5 Vila Fanny Olympique 1x6 Grêmio Ipiranga Ypiranga 7x1 Arbesc Umbará 1x3 Rio Negro Bangú 3x1 Santíssima Trindade Operário Pilarzinho 0x0 Vila Sandra União Ahú 2x2 Imperial.

Vilson estreou no Iguaçu com boas defesas e ajudou o time a conquistar a vitória

Com o gramado molhado a marcação foi redobrada

Ricardinho, ex Nova Orleans, saiu do banco para abrir o placar e ajudar os donos da casa a vencer


| Quarta-feira, 11 de julho de 2012 |

11

Gazeta Press

Foto Divulgação/Coritiba F.C

As primeiras horas da manhã de ontem (10) foram suficientes para que os ingressos da decisão da noite desta quarta-feira (11), entre Coritiba x Palmeiras, no estádio Couto Pereira, se esgotassem. Isso porque com as longas filas os bilhetes foram todos vendidos. Segundo a diretoria do clube, as filas foram imensas durante toda a segunda-feira e também na manhã de ontem. Com garantia de casa cheia, o Coxa vai contar mais uma vez com a força da sua torcida para lutar por um inédito título da Copa do Brasil. Serão aproximadamente 35 mil torcedores. Além da busca nas bilheterias, a procura também foi muito grande na Central de Relacionamento com o Sócio, que inclusive, atendeu até o final da tarde de ontem. EXPECTATIVA Pelo segundo ano consecutivo, todo o Brasil volta as atenções ao Alto da Glória, em Curitiba, especialmente ao Estádio Couto Pereira, que vai receber o principal jogo do futebol brasileiro no calendário do primeiro semestre. Mas, preparar tudo para esse grande

Atacante Guilherme mergulha e marca de cabeça o gol da virada rubro negra

Torcida alviverde promete grandes festa no Alto da Glória

evento não é nada fácil. Aliás, o pré-jogo é muito trabalhoso e envolve centenas de pessoas trabalhando em torno da partida. Desde que foi confirmado o jogo no Alto da Glória, iniciaram-se os primeiros contatos e, à medida que o grande dia vinha se aproximando, o interesse ia aumentando. Para aten-

der a grande demanda da mídia, o clube mais uma vez instalou uma nova estrutura no setor da Mauá, onde ficarão abrigados alguns profissionais da imprensa e convidados, agora mais amplo, com mais espaços e comodidade. No entanto, televisões, rádios, jornais e sites que farão a cobertura da partida precisam de tudo bem ajus-

tado antes de a bola rolar. Por isso, toda a infraestrutura já vem sendo montada e os bastidores desta grande partida tornam a movimentação e fluxo intenso de pessoas no Couto Pereira. São cerca de mil profissionais, envolvendo todas as áreas, que trabalham dia e noite para deixar tudo isso pronto para receber a decisão da Copa do Brasil 2012.

Futsal do Tricolor se apresenta na Sede da Kennedy Após o final de semana de folga, os jogadores do Paraná Clube/Vale Fértil/ Dom Bosco/AAF se reapresentaram na manhã da última segunda-feira (9), na Sede da Kennedy. Em dois períodos, o grupo paranista deu início na preparação para o duelo importante contra a equipe do Quedas Futsal, que acontece hoje (11), às 20h30, no Ginásio Tarumã, no Sudoeste do Estado. No período da manhã, os jogadores se reapresentaram para o preparador físico Thiago Ferreira. Em uma atividade de 45 minutos, o elenco realizou um trabalho de força na academia do clube, na Sede da Kennedy. Depois de conversar com os jogadores, o técnico Vinicius França comandou o primeiro treino tático da semana visando o duelo contra o Quedas Futsal. O comandante paranista testou algumas formações que deverá usar no duelo de hoje e deu ênfase nos trabalhos defensivos do time. No primeiro treino da

Sub-17 do Atlético vence Fluminense de virada

Foto Bruno Baggio/CAP

Couto Pereira lotado na grande final da Copa do Brasil

Elenco paranista fez atividades táticas e físicas no Ginásio da Kennedy

semana, o técnico teve a baixa apenas do goleiro Gabriel, que segue no Departamento Médico se recuperando de uma lesão no ligamento do joelho direi-

to. O pivô Nilton treinou normalmente e pode ser uma opção para enfrentar o Quedas. Antes da viagem para o interior, o técnico Vinicius

França comandou o último treinamento tático na manhã de ontem (10), às 10h30, na Sede da Kennedy, onde o treinador definiu a equipe para a partida.

O Sub-17 do Atlético Paranaense deu um passo importante para a classificação às quartas de final da Copa Brasil. Na manhã de ontem (10), a equipe rubro negra venceu o Fluminense, de virada, por 2 x 1. O jogo foi quente, principalmente na segunda etapa, quando o Furacão conseguiu passar a frente do placar. A equipe rubro negra lidera o Grupo F da Copa Brasil, com seis pontos ganhos em dois jogos. O Fluminense, que empatou na primeira rodada, tem apenas um ponto. O JOGO Precisando vencer depois do empate em 1 x 1 com o Linhares-ES, na primeira rodada, o Fluminense foi ao ataque no início do jogo. Aos dois minutos iniciais, conseguiu abrir o placar. Gabriel arriscou de fora da área, a bola desviou no meio do caminho e enganou o goleiro Matheus. 1 x 0 para o time do Rio de Janeiro. A partida era muito disputada e com muita marcação no meio campo. No primeiro tempo, as oportunidades de gol foram raras. O Furacão conseguiu chegar com perigo em uma cobrança de falta, aos 19 minutos. Jonathan cobrou fechada a falta pelo lado direito, mas o goleiro Marcos Felipe conseguiu dar um tapa na bola e afastar para escanteio. Quatro minutos depois, o Fluminense teve a chance de ampliar em uma cobrança de escanteio. Gabriel subiu mais que a zaga rubro negra e tocou de cabeça por cima do gol de Matheus. Depois da chance do Tricolor carioca, somente aos 41 minutos veio nova oportunidade de gol, dessa vez do Furacão. Depois de cobrança de falta ensaiada, a bola sobrou para Jonathan na área. Ele chutou forte, mas a bola explodiu na zaga adversária e saiu pela linha de fundo. O Atlético voltou melhor no segundo tempo. Aos dez minutos, Guilherme quase empatou. O atacante atleticano bateu forte da entrada da área, mas o goleiro do Fluminense conseguiu espalmar. Mas a jogada que mudou a partida aconteceu aos 18 minutos. Depois de afastar a bola dentro da área, o zagueiro Carlos Eduardo deu um tapa no camisa 10 atleticano Marcos Guilherme. O árbitro não teve dúvida: cartão vermelho para o zagueiro da equipe do Rio de Janeiro e pênalti para o Furacão. Depois de muita confusão, Marcos Guilherme cobrou a penalidade aos 23 minutos. Ele bateu no canto esquerdo baixo do goleiro, que conseguiu espalmar. Mas, no rebote, Marcos Guilherme não desperdiçou e deixou tudo igual em Linhares-ES. 1 x 1. Com um a mais, o Atlético foi para cima e chegou ao gol da virada aos 32 minutos. Guilherme ia ser substituído, mas pediu ao técnico Pedrinho Maradona aguardar o escanteio. Marcos Guilherme cobrou e Guilherme deu um belo peixinho para virar o jogo. 2 x 1.


12

| Quarta-feira, 11 de julho de 2012 |

Prefeitura oferece 24 vagas para Médicos da Família Para o cargo de Médico da Família com carga horária de 20 horas semanais estão disponíveis 12 vagas A Prefeitura de Pinhais está com inscrições abertas para provas de Emprego e Concurso Públicos referentes aos cargos de Médico da Família e Pedagogo em Assistência Social, respectivamente. No total estão disponiveís 27 vagas. As inscrições podem ser feitas a partir desta terça-feira (10) até 23h do dia 02 de agosto, pelo site www.aocp.com.br. Para o cargo de Médico da Família com carga horária de 20 horas semanais estão disponíveis 12 vagas, sendo que uma destas é disponibilizada para portadores de necessidades especiais, com salário de R$ 4.718,17. Para a carga horária de 30 horas semanais são 9 vagas, uma destas reservada para portadores de necessidades especiais, com salário de R$ 7.077,27. Já para trabalhar 40 horas por semana, o salário é de R$ 9.436,35 e estão disponíveis três vagas. O cargo de Pedagogo em Assistência Social está com três vagas disponíveis, para 40 horas semanais e salário de R$ 2.769,77. O valor da taxa de inscrição para ambas as vagas é de R$ 60,00. As provas objetivas terão 50 questões no total e serão realizadas em Pinhais e/ou Curitiba, como também em cidades vizinhas, caso o número de inscritos exceda a capacidade de alocação do município. A data prevista para a aplicação das provas é 26 de agosto, em horários e locais a serem definidos e informados no dia 16 de agosto, pelo mesmo site em que serão efetuadas as inscrições. O gabarito preliminar e o caderno de questões serão divulgados um dia após a aplicação da prova objetiva. A prova de títulos é de caráter classificatório e serão avaliados os títulos dos candidatos que obtiverem 50% ou mais dos pontos da prova objetiva. A data para realizar o preenchimento do formulário de cadastro de títulos, assim como para enviá-lo será divulgada em edital, pelo site já mencionado para efetuar as inscrições e checar outras informações.

AGÊNCIA DO TRABALHADOR DISPONIBILIZA VAGAS DE EMPREGO São mais de 20 cargos ofertados, com e sem necessidade de experiência A Agência do Trabalhador de Pinhais está com vagas de emprego disponíveis para trabalhar no Super Muffato localizado no bairro Tarumã. São mais de 20 cargos ofertados, com e sem necessidade de experiência. Na próxima terça-feira (10), representantes da rede de supermercados estarão na Agência do Trabalhador para realizar o processo seletivo dos candidatos, das 09 às 16h. O contratado receberá diversos benefícios como vale transporte, alimentação na empresa, bonificação por assiduidade, treinamento e desenvolvimento, universidade coorporativa - uniffato, parcerias com faculdades e cursos, parceria com clinica médica polimedicina, entre outros. As vagas ofertadas são as seguintes: - OPERADOR DE CAIXA - ELETRICISTA - REPOSITOR - AJUDANTE DE ARMAZÉM - EMPACOTADOR (A partir dos 16 anos) - VENDEDOR DE CARTÃO - CREDIARISTA - SEGURANÇA - CONFEITEIRO - AUXILIAR DE CONFEITARIA - COZINHEIRO - AUXILIAR DE COZINHA - PADEIRO - AUXILIAR DE PADARIA - BALCONISTA - AÇOUGUEIRO - AUXILIAR DE AÇOUGUE - AUXILIAR DE LIMPEZA - ENCARREGADO DE FRIOS - ENCARREGADO DE FLV - ORIENTADOR DE CAIXA - ENCARREGADO DE DEPÓSITO - JARDINEIRO - TROCAS. Serviço Os interessados devem comparecer na Agência do Trabalhador de Pinhais, na Rua Dezenove de Novembro, 175 - Centro, com Carteira de Trabalho, RG, CPF e comprovante de residência. Maiores informações pelo telefone 3667-0982 ou 3912-5620. Enviar currículo para o e-mail : hpsic.006@muffato.com.br

III Mostra de Corais emociona espectadores

Com entrada franca, as apresentações foram do popular ao clássico, passando por ritmos como a MPB, o sertanejo e o gospel

Participantes - Kanthus Vocal (Regente: Cristiano Prestes) - Coral Master (Regente: Mírian Montin) - Coral Jovem de Curitiba (Regente: Wellington Keiroga) - Coral Mórmon - Estaca São Lourenço (Regente: Roselen Mary Costa) - Grupo Amigos (Regentes: Mírian Montin e Cíntia Bender) - Coral Nossa Senhora Aparecida (Regente: Fabiane Ferreira) - Coral Maria Gai Grendel (Regente: Vítor Rodrigues) - Coral Paraná (Regente: Paulo Kuhn e Elisana Kuhn) - Grupo Remanescente (Regente: Cíntia Bender) - Coral Municipal (Regente: Cíntia Bender) - Coral Semed e Amigos (Regente: Cíntia Bender)

Centenas de vozes, uníssonas, sobre o palco de madeira. Mais de 600 pessoas na plateia. Esse é o balanço da III Mostra de Corais, realizada no último final de semana no Centro de Formação de Pinhais (Cenforpi). Com dois dias de duração, o evento contou com a performance de 11 grupos de Pinhais, Colombo e Curitiba que, ao todo, interpretaram cerca de 40 canções. Um espetáculo à parte, repleto de emoção e alegria, além da interação - palavra de ordem - que esteve presente em absolutamente todas as apresentações. Promovido pela Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer, a Mostra de Corais é um evento anual que busca o intercâmbio cultural, a difusão, a integração, o incentivo, o desenvolvimento e o fortalecimento dos laços entre os corais e o público. Com entrada franca, as apresentações foram do popular ao clássico, passando por ritmos como a MPB, o sertanejo e o gospel, entre outros. No total, foram aproximadamente seis horas de espetáculo. Para o secretário de Cultura, Esporte e Lazer de Pinhais, Ricardo Pinheiro, a mostra deste ano se configura como a concretização de vários anos de desenvolvimento do setor. “Trabalhamos muito para simplificar o acesso das pessoas à arte, respeitando sempre a diversidade do público em cada uma das atividades propostas”, explica. “É muito gratificante saber que cumprimos o nosso objetivo e que conquistamos o apoio da comunidade. Não temos palavras para definir a nossa alegria em proporcionar momentos especiais como este”, comemora. “As pessoas participaram, cantaram junto, muitos até choraram”, lembra uma das organizadoras, Elaine Rodrigues. “Cada grupo em cada categoria teve o seu momento, e a resposta do público foi realmente emocionante”. Mais do que a participação popular, entretanto, ela também destaca o empenho dos grupos nas apresentações. “Sem dúvida a qualidade dos corais fez toda a diferença”, completa. Também entre os idealizadores da mostra, a professora de música e regente Cíntia Bender, que atuou com vários grupos durante o evento, entende que o espetáculo serve para projetar a cidade de Pinhais no cenário artístico estadual. “Estamos no começo ainda, mas pretendemos crescer cada vez mais”, garante. “Com isso, a ideia é que em breve possamos sediar um grande festival de corais, com participantes de várias cidades do Paraná e, por que não, de todo o Brasil”, aposta. Junto aos participantes, a regente Elisana Kuhn, do Coral Paraná, aprova a iniciativa de Pinhais em promover a mostra. “Ficamos realmente muito felizes com a ideia de integrar novamente o evento”, comenta ela, referindo-se à primeira edição do espetáculo, realizada em 2010. “Estamos certos de que todos que estiveram aqui gostaram do que viram e ouviram. Nós adoramos e pretendemos voltar outras vezes”, finaliza.


| Quarta-feira, 11 de julho de 2012 |

Artigo

Galinha dos ovos de ouro Adelino Venturi Matar a galinha dos ovos de ouro. É esse o risco de medidas de atropelo do ritmo normal da economia, que tem como finalidade de acordo com as autoridades da área econômica - fomentar a economia interna para fazer frente à perda de mercado exterior das empresas exportadoras brasileiras. No papel, pode parecer algo na medida certa. Na prática, a realidade é outra. Essa ao que parece é uma estratégia sem estrategistas. Estes - se existem - não contaram com os efeitos catastróficos de uma crise que, na segunda versão, coloca de joelhos economias até então poderosas; as européias, principalmente. A crise anterior, aquela dos títulos podres do mercado imobiliário americano, espalhou essa podridão para o mundo. Aqui no Brasil, optou-se por uma estratégia igual a esta que acontece neste momento: o fortalecimento do mercado interno, pela via da

redução e oferta de juros atrativos e prazos de financiamento a perder de vista, com ampla preferência para o comércio de veículos. Naquele momento, a estratégia funcionou. Inclusive, com o ex-presidente Lula afirmando que a crise não passou de uma marolinha. As montadoras faturaram alto como acontece neste momento. Os compradores assumiram compromissos de longo prazo. Aqueles que conseguem pagar as parcelas têm dificuldades para realizar novos negócios, como a aquisição de bens duráveis, em particular no ramo imobiliário. Outros, que não tiveram a felicidade de honrar em dia seus compromissos engrossam a fila dos inadimplentes. E deixam de ser consumidores dos bens que realmente precisam para estruturar suas vidas, os bens de longa duração. A marolinha se transformou em tsunami - que no idioma japonês significa "onda gigante". E os efeitos catastróficos acontecem agora. O fenômeno da inadimplência atinge, também, as empresas que não são bene-

ficiadas por essa estratégia. Elas são vítimas da série de entraves econômicos, como atividade econômica fraca, baixo nível de crédito externo, forte inadimplência dos consumidores e queda nas exportações provocada pela crise global. O Indicador de Inadimplência das Empresas, divulgado nesta quarta-feira pela Serasa Experian, registrou alta de 9,4% em maio ante o mês anterior, a maior elevação verificada na passagem de abril para maio desde 2006. Em relação a maio de 2011, o aumento foi de 13,2%. Já no acumulado entre janeiro e maio, o avanço foi de 17,5% frente ao mesmo período do ano passado. É lamentável, que essa ex-

periência amarga inviabiliza as cadeias de comercialização de produtos e serviços. E o setor imobiliário - que é responsável por uma motivação pela aquisição de bens duráveis, pelo sonho da casa própria, principalmente, enfrenta os efeitos de uma estratégia que produz apenas uma realidade: o engarrafamento de veículos e de títulos vencidos sem a devida cobertura. Adelino Venturi é professor, empresário e membro do Conselho Deliberativo da Associação Comercial, Industrial, Agrícola e de Prestação de Serviço (Aciap), de São José dos Pinhais


2

| Quarta-feira, 11 de julho de 2012 |


| Quarta-feira, 11 de julho de 2012 |

3


6

PUBLICAÇÕES LEGAIS/ NACIONAL

| Quarta-feira, 11 de julho de 2012 |

PREFEITURA DE COLOMBO ESTADO DO PARANÁ Extrato do Contrato Processo n.° Licitação Contrato n.° Valor Total Objeto

Contratante Contratado Prazo Data Assinatura

1116872/2012 Pregão Presencial n.° 79/2012 212/2012 R$ 120.140,00 (cento e vinte mil cento e quarenta reais). Contratação de empresa especializada para Operação e Manutenção, preventiva e corretiva, da Usina de Asfalto desta municipalidade, vinculada a Secretaria Municipal de Obras e Viação da Prefeitura de Colombo, conforme descrição do Anexo VII, do edital. Secretaria Municipal de Obras e Viação. CJS Manutenção Elétrica LTDA-ME - CNPJ n.° 10.806.104/ 0001-41. 06/07/2012 a 31/12/2012. Colombo, 06 de julho de 2012. Moacir José Kretchmer.

Extrato da Ata de Registro de Preços Processo 1108445/ 2012 Licitação Pregão Presencial 076/2012 Ata nº. 214/2012 Valor R$ 2.459.990,00 (dois milhões quatrocentos e cinqüenta e nove mil e novecentos e noventa reais) Objeto: Contratação através de Registro de Preços de empresa especializada para locação de equipamentos pesados para manutenção viária e realização de obras diversas nesta municipalidade Contratante Município de Colombo - Secretário Municipal de Obras e Viação Contratado Transmotin Transportes Rodoviários Ltda, CNPJ nº. 79.191.706/0001-38 Vigência: 09 de julho de 2012 a 08 de julho de 2013. Data: Colombo, 09 de julho de 2012. Assinatura Moacir José Kretschmer - Secretário Municipal de Obras e Viação

Extrato da Ata de Registro de Preços Processo n°. 1106543 Licitação Pregão n°. 77/2012 Ata de n°. 211/2012 Valor Total R$ 102.000,00 (cento e dois mil reais). Objeto Aquisição de mudas de flores e vasos para desenvolvimento do Projeto Hortas Comunitárias, manutenção de parque e praças (ajardinamento e paisagismo), e para serem plantadas em locais escolhidos pela Secretaria de Turismo devido às visitas do Circuito Italiano e Turismo Rural Contratante Município de Colombo - Diversas secretarias Contratado Viveiro entre flores - CNPJ/MF 01.276.706/0001-43 Preços Registrados Encontram-se a disposição no Setor de Contratos, sito à Rua XV de Novembro, n°. 105, Centro - Colombo/PR ou pelo site www.colombo.pr.gov.br no link licitações. Vigência 06 de julho de 2012 a 05 de julho de 2013. Data Colombo, 06 de julho de 2012. Assinaturas Gilson Luis da Silva e Cícero Alves da Silva

Extrato de dispensa de licitação. Processo Nº: 1111475 Dispensa 53/2012. Partes: Município de Colombo/PR e Associação dos Árbitros de Curitiba e Região Metropolitana Objeto: Arbitragem da modalidade Futebol para os Jogos Escolares do Paraná - Fase Municipal 2012. Valor: O valor máximo da dispensa será de R$ 1.446,00 (hum mil quatrocentos e quarenta e seis reais) Embasamento Legal: Artigo 24 - Inciso II - Lei nº. 8.666/93. Data 09/07/2012

Extrato do Empenho N° Empenho: Data: Valor do Empenho: Dispensa n°: Contratado: Contratante: Objeto:

Órgão Responsável:

Extrato do Empenho N° Empenho: Data: Valor do Empenho: Inexigibilidade n°: Contratado: Contratante: Objeto: Órgão Responsável:

5342/2012 09/07/2012 R$ 1.446,00 (hum mil quatrocentos e quarenta e seis reais). 53/2012 Associação de Árbitros de Curitiba e Região Metropolitana Prefeitura Municipal de Colombo Contratação de serviços de arbitragem da modalidade Futebol para a realização dos jogos Escolares do Paraná Fase Municipal. Secretaria Municipal de Educação, cultura e esporte

5356/2012 10/07/2012 R$ 5.357,00 (cinco mil trezentos e cinqüenta e sete reais). 27/2012 Federação Paranaense de Karatê Prefeitura Municipal de Colombo Anuidade, filiação de atletas e arbitragem para participação em jogos oficiais na modalidade Karatê. Secretaria Municipal de Educação, Cultura e Esporte

Extrato do Empenho N° Empenho: Data: Valor do Empenho: Inexigibilidade n°: Contratado: Contratante: Objeto: Órgão Responsável:

Extrato do Empenho N° Empenho: Data: Valor do Empenho: Inexigibilidade n°: Contratado: Contratante: Objeto: Órgão Responsável:

Extrato do Empenho N° Empenho: Data: Valor do Empenho: Inexigibilidade n°: Contratado: Contratante: Objeto: Órgão Responsável:

Extrato do Empenho N° Empenho: Data: Valor do Empenho: Inexigibilidade n°: Contratado: Contratante: Objeto:

Órgão Responsável:

5359/2012 10/07/2012 R$ 800,00 (oitocentos reais). 28/2012 Federação de Xadrez do Paraná Prefeitura Municipal de Colombo Referente serviço de arbitragem na modalidade Xadrez para a realização dos Jogos Escolares do Paraná - Fase Regional Secretaria Municipal de Educação, Cultura e Esporte

5368/2012 10/07/2012 R$ 13.200,00 (treze mil e duzentos reais). 23/2012 Associação dos Ofic de Arbitragens de Futebol de Salão do Pr Prefeitura Municipal de Colombo Referente serviço de arbitragem para a realização dos Jogos Escolares Fase Regional e para a Taça da Uva de Futsal Secretaria Municipal de Educação, Cultura e Esporte

5368/2012 10/07/2012 R$ 13.200,00 (treze mil e duzentos reais). 23/2012 Associação dos Ofic de Arbitragens de Futebol de Salão do Pr Prefeitura Municipal de Colombo Referente serviço de arbitragem para a realização dos Jogos Escolares Fase Regional e para a Taça da Uva de Futsal Secretaria Municipal de Educação, Cultura e Esporte

5370/2012 10/07/2012 R$ 1.500,00 (hum mil e quinhentos reais). 26/2012 Federação Paranaense de Basketball Prefeitura Municipal de Colombo Referente serviço de arbitragem da modalidade Basquetebol para a realização dos Jogos Escolares do Paraná - Fase Municipal Secretaria Municipal de Educação, Cultura e Esporte

Extrato de inexigibilidade de licitação. Processo Nº: 1111032 Inexigibilidade 28/2012. Partes: Município de Colombo/PR e Federação de Xadrez do Paraná Objeto: Referente serviço de arbitragem na modalidade Xadrez para a realização dos Jogos Escolares do Paraná - Fase Regional Valor: O valor máximo da Inexigibilidade será de R$ 800,00 (oitocentos reais). Embasamento Legal: Artigo 25. Lei nº. 8.666/93. Data 10/07/2012

Extrato de inexigibilidade de licitação. Processo Nº: 1111471 Inexigibilidade 23/2012. Partes: Município de Colombo/PR e Associação dos Ofic de Arbitragens de Fut de Salão do Pr Objeto: Referente serviço de arbitragem para a realização dos Jogos Escolares Fase Regional e para a Taça da Uva de Futsal. Valor: O valor máximo da Inexigibilidade será de R$ 13.200,00 (treze mil e duzentos reais). Embasamento Legal: Artigo 25. Lei nº. 8.666/93. Data 10/07/2012

Extrato de inexigibilidade de licitação. Processo Nº: 1111476 Inexigibilidade 25/2012. Partes: Município de Colombo/PR e Federação Paranaense de Ciclismo Objeto: Anuidade da equipe de Ciclismo do Município de Colombo e inscrições dos atletas em competições oficiais no ano de 2012. Valor: O valor máximo da Inexigibilidade será de R$ 3.850,00 (três mil oitocentos e cinqüenta reais). Embasamento Legal: Artigo 25. Lei nº. 8.666/93. Data 09/07/2012

Extrato de inexigibilidade de licitação. Processo Nº: 1111472 Inexigibilidade 26/2012. Partes: Município de Colombo/PR e Federação Paranaense de Basketball Objeto: Referente serviço de arbitragem da modalidade Basquetebol para a realização dos Jogos Escolares do Paraná - Fase Municipal Valor: O valor máximo da Inexigibilidade será de R$ 1.500,00 (hum

Embasamento Legal: Data

mil e quinhentos reais). Artigo 25. Lei nº. 8.666/93. 10/07/2012

Extrato de inexigibilidade de licitação. Processo Nº: 1111473 Inexigibilidade 27/2012. Partes: Município de Colombo/PR e Federação Paranaense de Karatê Objeto: Anuidade, filiação de atletas para a participação em jogos oficiais e arbitragem da modalidade Karatê. Valor: O valor máximo da Inexigibilidade será de R$ 5.357,00 (cinco mil trezentos e cinqüenta e sete reais). Embasamento Legal: Artigo 25. Lei nº. 8.666/93. Data 10/07/2012

Extrato do Empenho N° Empenho: Data: Valor do Empenho: Inexigibilidade n°: Contratado: Contratante: Objeto: Órgão Responsável:

Extrato do Empenho N° Empenho: Data: Valor do Empenho: Inexigibilidade n°: Contratado: Contratante: Objeto:

Órgão Responsável:

5343/2012 09/07/2012 R$ 3.850,00 (três mil oitocentos e cinqüenta reais). 25/2012 Federação Paranaense de Ciclismo Prefeitura Municipal de Colombo Anuidade da federação Paranaense de Ciclismo e inscrições dos atletas em competições oficiais no ano de 2012. Secretaria Municipal de Educação, Cultura e Esporte

5369/2012 10/07/2012 R$ 1.320,00 (hum mil trezentos e vinte reais). 24/2012 APAH Associação Paranaense de Árbitros de Handebol Prefeitura Municipal de Colombo Referente contratação de serviços de arbitragem na modalidade Handebol para a realização dos Jogos Escolares do Paraná - Fase Municipal Secretaria Municipal de Educação, Cultura e Esporte

Extrato de inexigibilidade de licitação. Processo Nº: 1111470 Inexigibilidade 24/2012. Partes: Município de Colombo/PR e APAH Associação Paranaense de Árbitros de Handebol Objeto: Referente contratação de serviços de arbitragem na modalidade Handebol para a realização dos Jogos Escolares do Paraná - Fase Municipal Valor: O valor máximo da Inexigibilidade será de R$ 1.320,00 (hum mil trezentos e vinte reais). Embasamento Legal: Artigo 25. Lei nº. 8.666/93. Data 10/07/2012

Adjudicação Processo Administrativo nº. 1107239 O Pregoeiro, designado pela Portaria nº. 407/2012 do Prefeito Municipal de Colombo adjudica o procedimento licitatório Pregão Presencial Nº. 063/2012, que tem por objeto a contratação de empresa especializada para fornecimento de eletrodomésticos e aparelhos eletrônicos por meio do SISTEMA DE REGISTRO DE PREÇOS, para atender as atividades da Secretaria Municipal de Ação Social e Trabalho da Prefeitura de Colombo, conforme quantidades e especificações constantes do Termo de Referência (Anexo VII), que integra o Edital. Proponente: Solo Comercial Ltda – Lote 001 – R$ 3.216,37 (três mil duzentos e dezesseis reais e trinta e sete centavos). Proponente: Mastermix Comércio de Eletroeletrônicos Ltda ME – Lote 002 – R$ 10.665,00 (dez mil seiscentos e sessenta e cinco reais). Proponente: Rubens dos Reis Morais – Lote 003 – R$ 31.360,00 (trinta e um mil trezentos e sessenta reais). Proponente: K.D.P. Comercial Ltda ME – Lote 004 – R$ 7.330,00 (sete mil trezentos e trinta reais) e Lote 007 – R$ 15.700,00 (quinze mil e setecentos reais). Proponente: Dialsupri Distribuidora Ltda ME – Lote 005 – R$ 7.750,00 (sete mil setecentos e cinquenta reais). Proponente: João de Oliveira Martins – Lote 006 – R$ 3.985,00 (três mil novecentos e oitenta e cinco reais). Proponente: LLV Comercial Ltda ME – Lote 008 – R$ 1.370,00 (mil trezentos e setenta reais). Proponente: Luiz Fernando Cunha Grenier ME – Lote 009 – R$ 14.000,00 (quatorze mil reais). Proponente: Todt Móveis Ltda EPP – Lote 010 – R$ 3.265,00 (três mil duzentos e sessenta e cinco reais). Produtos: Constantes no edital. Prazo de entrega: até 15 (quinze) dias úteis a partir do recebimento da ordem de compra / nota de empenho enviado pelo fiscal de contrato. Pagamento: até 30 (trinta) dias após a apresentação das notas fiscais e fechamento das entregas, acompanhada dos documentos, conforme (Anexo IX) do edital. Colombo, 10 de julho de 2012 Dê-se publicidade; Jose Carlos Vieira Pregoeiro

Convênio entre CREA, Senge e Universidade Positivo vai traçar perfil ocupacional de profissionais O estudo do perfil de ocupação dos profissionais formados nas áreas das Engenharias do Paraná e as normatizações que regulam suas atividades é o objetivo de um termo de cooperação firmado pelo CREA-PR, Sindicato dos Engenheiros do Paraná (Senge/PR) e Universidade Positivo. A intenção é promover uma ação propositiva para a consolidação de políticas públicas ou propostas de legislação em âmbito regional e nacional. Esta semana os dirigen-

tes das entidades estiveram reunidos para falar sobre o convênio. Para o presidente do CREA-PR, eng. civ. Joel Krüger é importante o levantamento dos dados de forma a possibilitar uma análise e identificação de programas de valorização profissional. “Hoje não temos dados consolidados sobre a ocupação profissional dos engenheiros, se estão nas áreas públicas, privada, ou são autônomos, por exemplo”, avalia Krüger. “E estes dados são fundamentais para o Conselho

que regulamenta o exercício das profissões”, diz. Segundo Krüger, após o levantamento dos dados e normatização será feita uma análise com base na missão, nos eixos e nas políticas públicas implementadas com base no Programa de Aceleração do Crescimento – PAC 1 e 2, e o seu impacto no mercado de trabalho das Engenharias. “Pelo convênio faremos uma análise da legislação e de projetos de lei em andamento que podem influenciar na regulamentação e desregu-

lamentação das profissões”, diz Krüger. Formação O reitor da Universidade Positivo, José Pio Martins, diz que a instituição tem buscado parcerias com Conselhos Profissionais visando à formação acadêmica. “Entidades como o CREA-PR, OAB e CRM tem um trabalho histórico na luta pela formação de profissionais dentro das necessidades do mercado”, avalia. “O convênio é de extrema importância para as instituições de ensino, pois

trará informações úteis para a formação; para o profissional no tocante à regulamentação profissional; e à sociedade que contará com o exercício ético das profissões”, diz. Para o presidente do SENGE/PR, engenheiro eletricista Ulisses Kaniak, hoje alguns dados já são trabalhados pelo Dieese seção Paraná e sua complementação contribuirá para análises sobre a falta ou não de engenheiros no mercado de trabalho. O trabalho previsto pelo convênio será desen-

volvido nos próximos três anos em etapas previstas no plano de trabalho com a participação das três instituições. Para o coordenador do curso de Direito da Universidade Positivo, Roberto Di Benedetto, a expectativa com o convênio é positiva, sendo uma ideia inédita no Brasil. “Com os resultados deste trabalho será possível consolidar as regras que controlam e regulamentam o acesso ao mercado de trabalho e consequentemente levar a experiência a outros estados”, diz Benedetto.


| Quarta-feira, 11 de julho de 2012 |

COLOMBO PREVIDÊNCIA PREVIDÊNCIA DOS SERVIDORES PÚBLICOS MUNICIPAIS DE COLOMBO

TERMO DE RESCISÃO Fica rescindido o contrato nº 05/2012 a partir de 02 de julho de 2012 celebrado entre a Colombo Previdência e a Editora Interbairros Ltda, devido o uso do valor total estipulado no contrato. Colombo, 10 de julho de 2012. Neuza Barboza Superintendente

Extrato do Empenho. Nº. Empenho: 359/2012. Data: 05/07/2012. Valor do Empenho: R$ 590,00 (quinhentos e noventa reais). Processo de Dispensa Nº: 12/2012 Contratado: Esser e Esser Soluções em Informática Ltda ME. Contratante: Colombo Previdência. Objeto: Aquisição de um scanner.

Extrato do Empenho. Nº. Empenho: 360/2012. Data: 05/07/2012. Valor do Empenho: R$ 295,00 (duzentos e noventa e cinco reais). Processo de Dispensa Nº: 12/2012 Contratado: Guarise Informática Ltda EPP. Contratante: Colombo Previdência. Objeto: Aquisição de um monitor 18.5".

Extrato do Empenho. Nº. Empenho: 361/2012. Data: 05/07/2012. Valor do Empenho: R$ 2.115,50 (dois mil cento e quinze reais e cinquenta centavos). Processo de Dispensa Nº: 12/2012 Contratado: Esser e Esser Soluções em Informática Ltda ME. Contratante: Colombo Previdência. Objeto: Aquisição de material de processamento de dados, sendo 2 adaptador wireless 2 antenas, 4 nobreak, 8 mouse óptico USB, 6 memória DDR2, 1 pendrive 4GB, 2 HD externo 500GB USB, 1 leitor e gravador de smart card USB.

Extrato do Empenho. Nº. Empenho: 362/2012. Data: 05/07/2012. Valor do Empenho: R$ 405,00 (quatrocentos e cinco reais). Processo de Dispensa Nº: 12/2012 Contratado: Guarise Informática Ltda EPP. Contratante: Colombo Previdência. Objeto: Aquisição de material de processamento de dados, sendo 6 adaptador wireless 1 antena, 10 teclados USB e 3 cabos de força.

SÚMULA DE PEDIDO DE LICENÇA DE INSTALAÇÃO Posto Batel Ltda. torna público que requereu à Secretaria Municipal do Meio Ambiente de Curitiba a Licença de Instalação, para o Comércio Varejista de Combustíveis, situada à Rua Bispo Dom José, 1982 – Curitiba – PR.

SÚMULA DE CONCESSÃO DE LICENÇA DE OPERAÇÃO Esmero Postos de Abastecimento e Serviços Ltda. torna público que recebeu da Secretaria Municipal do Meio Ambiente de Curitiba a LO10/0540, válida até 31/05/2012, para o Comércio Varejista de Combustíveis, situada à Av. São José, 1068 – Curitiba – PR.

SÚMULA DE PEDIDO DE RENOVAÇÃO DE LICENÇA DE OPERAÇÃO Esmero Postos de Abastecimento e Serviços Ltda. torna público que requereu à Secretaria Municipal do Meio Ambiente de Curitiba a renovação da Licença de Operação, para o Comércio Varejista de Combustíveis, situada à Av. São José, 1068 – Curitiba – PR.

SÚMULA DE CONCESSÃO DA LICENÇA DE OPERAÇÃO Damiani, Biavatti & Cia Ltda. CNPJ: 84.962.430/0001-84. torna público que recebeu do Instituto Ambiental do Paraná - IAP, a Licença de Operação com vencimento em 20/12/2012 para operação de Posto de Abastecimento e Serviço, a: Rua União da Vitória, 1.450 - Bairro Vila Nova. Francisco Beltrão - PR.

SÚMULA DE PEDIDO DE RENOVAÇÃO DE LICENÇA DE OPERAÇÃO Damiani, Biavatti & Cia Ltda. CNPJ: 84.962.430/0001-84, torna público que requereu ao Instituto Ambiental do Paraná - IAP, a renovação da licença de operação para comércio varejista de combustíveis, a: Rua União da Vitória, 1.450 - Bairro Vila Nova. Francisco Beltrão - PR.

SÚMULA DE PEDIDO DE LICENÇA DE INSTALAÇÃO Comércio de Combustíveis Pastorello Ltda. CNPJ: 79.964.177/ 0005-91, torna público que requereu ao Instituto Ambiental do Paraná IAP, a licença de instalação para comércio varejista de combustíveis, a: Rodovia Contorno Leste, s/n - Bairro Campinas. São José dos Pinhais - PR.

SÚMULA DE PEDIDO DE LICENÇA AMBIENTAL PRÉVIA TARCÍSIO ZONTA. CPF: 510.771.839-68, torna público que requereu ao Instituto Ambiental do Paraná - IAP, a licença ambiental prévia para comércio varejista de combustíveis, a: Rua Senegália, 97 - Bairro Atuba. Colombo - PR.

SÚMULA DE CONCESSÃO DA LICENÇA DE OPERAÇÃO Auto Posto Kalinowski Ltda., CNPJ: 78.585.957/0001-34. torna público que recebeu do Instituto Ambiental do Paraná - IAP, a Licença de Operação com vencimento em 05/04/2009 para operação de Posto de Abastecimento e Serviço, a: Rua XV de Novembro, 431 - Bairro Centro. Rio Negro - PR.

SÚMULA DE PEDIDO DE RENOVAÇÃO DE LICENÇA DE OPERAÇÃO Auto Posto Mont Blanc Ltda torna público que requereu à Secretaria Municipal do Meio Ambiente de Curitiba a renovação da Licença de Operação, para o Comércio Varejista de Combustíveis, situada à Rua José Rodrigues Pinheiro, 1520 – Curitiba – PR.

EDITAL de CITAÇÃO de RHC DE OLIVEIRA ME, pessoa jurídica de direito privado, inscrita no CPF/MF n°68.220.342/0001-50, com PRAZO de 30(trinta) dias. A Dra. PATRICIA DE FUCIO LAGES DE LIMA, MM° Juíza de Direito Substituta da 11° Vara Civel da Comarca de Curitiba, Estado do Paraná, FAZ SABER que por este cartório e juízo, tramitam autos de AÇÃO DE EXECUÇÃO DE TITULO EXTRAJUDICIAL, n°991/ 2007, proposta por MERCANTIL ROMANA IND E COM DE PRO ALIMENTICIOS S/A em face RHC DE OLIVEIRA ME, pessoa jurídica de direito privado inscrita no CPF/MF n°68.220.342/0001-50, onde determinou-se, pelo Juízo, em 09.06.2007, a citação da executada para pagamento da quantia exigida ou oferecimento de bens á penhora, restando negativas as diligencias realizadas pelo Sr. Oficial de Justiça, para citação da executada, nos endereços constantes dos autos, e esgotados todos os meios possíveis para citação destes, estando portanto em lugar incerto e não sabido, fica RHC DE OLIVEIRA ME, pessoa jurídica de direito privado, inscrita no CPF/MF n°68.220.342/0001-50, CITADA, por este edital, dos termos da execução ora em processo, para que, no prazo de três (03) dias, contados da data da primeira publicação do presente Edital, pague a importância de R$78.912,81(setenta e oito mil, novecentos e doze reais e oitenta e um centavos), e honorários advocatícios fixados, estes últimos na forma do artigo 652-A, do CPC, em R$1.000,00(um mil reais) , ciente a executada da redução pela metade da verba honorária para pagamento no prazo acima estipulado, nos termos § único do artigo acima referido, sob pena de não o fazendo serem constritos judicialmente tantos bens quanto bastem à integral satisfação do debito, na forma do § 1° , do artigo652 do CPC ( Lei n°11.382/2006). Ficando ainda, ciente de que, independentemente de penhora, deposito ou caução, poderá opor embargos à execução, no prazo de quinze dias, e que, se os embargos forem manifestamente protelatórios, o Juiz aplicara a parte devedora multa de sobre o valor da execução, (CPC, art.736). Ciente ainda de que decorrido o prazo legal sem o pagamento, será procedida a penhora ou arresto de bens, observada a ordem legal (CPC, art. 655) e a sua avaliação, lavrando- se o respectivo auto e demais atos. Tudo de conformidade como contido nos autos acima indicados. Dado e Passado nesta cidade de Curitiba-PR, aos vinte e cinco (25) dias do mês de maio do ano de dois mil e doze (2.012). Eu (a) Renata Ferreira, Escrevente Juramentada, o digitei, conferi e subscrevo. PATRICIA DE FUCIO LAGES DE LIMA Juíza de Direito Substituta.

JUÍZO DE DIREITO DA 2ª VARA CÍVEL DO FORO CENTRAL DA COMARCA DA REGIÃO METROPOLITANA DE CURITIBA – PARANÁ. Edital de citação da requerida KATIANE MARTINS MOREIRA, com prazo de VINTE DIAS. A doutora Vanessa Jamus Marchi, MM. Juiz de Direito da 2ª Vara Cível do Foro Central da Comarca da Região Metropolitana de Curitiba-PR, na forma da Lei, etc. Faz Saber a todos quantos virem o presente ou dele conhecimento tiverem, que perante o Juízo e Cartório da 2.ª Vara Cível do Foro Central da Comarca da Região Metropolitana de Curitiba, tramitam os autos sob n.º 1044/2008 AÇÃO DECLARATÓRIA, em que é requerente SUELI TEREZINHA RODRIGUES e querido CREDIFONE COMPRA E VENDA DE LINHAS TELEFÔNICAS LTDA. e outros dos quais se extraiu o presente edital para CITAÇÃO da requerida, KATIANE MARTINS MOREIRA, atualmente em lugar incerto e não sabido, para que no prazo de QUINZE DIAS, contados do termino do prazo do presente edital, querendo, conteste a presente demanda; Inicial: Alega a autora que seu nome foi inserido indevidamente no contrato social da primeira requerida Credifone, assim requer a procedência da demanda declarando a nulidade e inexistência da 3.ª e 4.ª alteração contratual da requerida Credifone, condenando ao pagamento das verbas de sucumbência. ADVERTÊNCIA. Decorrido o prazo sem apresentação de defesa, será admitido como verdadeiros os fatos narrados na inicial decretandolhe a revelia. Curitiba 28 de junho de 2012. Eu, (a) (Edno Francisco Ribeiro) Juramentado, digitei e subscrevi. (a) VANESSA JAMUS MARCHI - JUÍZA DE DIREITO SUBSTITUTA.

Juízo de Direito da Nona Vara Cível do Foro Central da Comarca da Região Metropolitana de Curitiba – PR Av. Cândido de Abreu. 535. 5º- Andar., Ed. Montepar, Centro Cívico Telefone 041-3254-7773 - ASSlSTÊNCIA JUDICIÁRIA GRATUITA - EDITAL PARA CONHECIMENTO DE TERCEIROS COM PRAZO DE 30 ( trinta) DIAS A DOUTORA CRISTINE LOPES, MMa JUÍZA DE DIREITO SUBSTITUTA DA NONA VARA CÍVEL DA COMARCA DE CURITIBA, CAPITAL DO ESTADO DO PARANÁ, NA FORMA DA LEI, ETC ... FAZ S A B E R, aos que: o presente edital virem ou dele tomem conhecimento, que nos autos de INTERDIÇÃO N.1411/2008, em que é Requerente NADJA TEREZA MAIA COELHO, e requerido JOSÉ COELHO NETO, foi proferida sentença, cujo dispositivo têm o seguinte teor :” ... Posto isso, julga-se procedente o pedido formulado pela requerente. decretando a interdição de José Coelho Neto, declarando-o absolutamente incapaz de exercer pessoalmente os atos da vida civil, na forma do artigo 3º, inciso II e art, 1767, inc, I, do Código Civil, nomeando-lhe curadora, NADJA TEREZA MAIA COELHO, que deverá prestar compromisso legal. Quanto à especialização em hipoteca legal. julgo dispensada, desde logo. em face ao exposto na parte final do art. 1190 do CPC. Inscreva-se a presente no Registro Civil e publique-se na imprensa local e no Órgão Oficial por três vezes, com intervalos: de dez dias, em atendimento ao disposto no artigo 1184 do Código de Processo Civil e no artigo 9º, inciso III do Código Civil. P.R.I. Curitiba, 21/08/2009. (a) Carmen L.de A e Mello, Juíza de Direito Subst.” O presente é expedido e será afixado no fórum em local de costume e publicado pela Imprensa na forma da Lei, DADO E PASSADO nesta cidade de Curitiba, Capital do Estado do Paraná aos vinte e oito dias do mês de maio do ano de dois mil e doze. Eu (a) Paulo Sérgio Machado D’ Ávila - Escrevente Juramentado, que digitei e subscrevi, por determinação - Judicial. (a) Carlos Romanel – Escrivão – Por aut. Do MM. Juiz de Direito – Portaria nº - 001/04.

Poder Judiciário do Paraná – Projeto Justiça no Bairro – Rua da Cidadania – Justiça no Bairro Boqueirão – Data: 16/06/2012 – Autos: 9117/2012 – Triagem: 25-W – Atendimento Nº 25-W – EDITAL DE INTERDIÇÃO. A Dra. Luciana Varella Carrasco, Juiz de Direito, no uso de suas atribuições legais, FAZ SABER aos que o presente edital virem ou dele conhecimento tiverem, que pelo presente edital de interdição, cientifica a todos os interessados, que nesse Juízo processou-se os autos de Interdição nº 9117/2012, em que é requerente LUIZ FERNANDO RIGONI, sendo declarada por sentença a Interdição Parcial de DANILO FERNANDO RIGONI, nascido em 25/04/1984, natural de Irati, filho de Luiz Fernando Rigoni e Edla Marília Rigoni, residente e domiciliado neste município e Comarca de Curitiba, portador de Sindrome de Down, conforme CID nº Q 90.9, sendo-lhe nomeada Curadora Sra. Edla Marília Rigoni, tendo a curatela a finalidade de reger o interditando nos autos de sua vida civil, por tempo indeterminado. O presente edital será publicado por três vezes na Imprensa Oficial, com intervalo de dez dias. Justiça Gratuita. Dado e Passado nesta Cidade de Curitiba, em 16/06/2012. (a) Luciana Varella Carrasco – Juiz de Direito.

SÚMULA DE CONCESSÃO DE LICENÇA DE OPERAÇÃO Posto Batel Ltda. torna público que recebeu da Secretaria Municipal do Meio Ambiente de Curitiba a LO-11/0757, válida até 31/07/2012, para o Comércio Varejista de Combustíveis, situada à Rua Bispo Dom José, 1982 – Curitiba/ PR.

PUBLICAÇÕES LEGAIS/ NACIONAL

7

Como, onde e quando investir em Curitiba? Especialistas dão dicas para empresários e investidores individuais de como identificar as melhores oportunidades Como identificar o melhor momento e local para investir o seu dinheiro? O rendimento da caderneta de poupança teve queda, então devemos partir para o fundo de investimento ou bolsa de valores? Que tal tesouro direto? Aproveitar a queda na taxa de juros ou se preocupar com a crise europeia? Especialistas do mercado financeiro brasileiro estarão em Curitiba no próximo dia 19 de julho e apontarão as respostas para estas e outras perguntas, indicando as principais tendências em investimentos no Brasil e na capital paranaense. Claro que passando ao público um panorama do ce-

nário macro e local, abordando os fatores que influenciam o comportamento dos diferentes veículos de investimentos. O evento intitulado “Invest Moment” é voltado a empresários, estudantes e investidores individuais. As palestras começam às 14 horas e se encerram às 21h30 num grande Talk Show com personalidades renomadas neste meio, entre elas o ex-ministro das Telecomunicações e articulista dos jornais Folha de São Paulo e Valor Econômico, Luiz Carlos Mendonça de Barros. Inscrições e mais informações no site: www.investmoment.com.br


8

| Quarta-feira, 11 de julho de 2012 |

Estampas e materiais Bens de família naturais estão entre as podem ser protegidos contra dívidas tendências que serão apresentadas na Home Fair A formalização é feita através da escritura pública em tabelionato de notas e posteriormente registrada no cartório de registro de imóveis

A sustentabilidade dita a moda; objetos em bambu e juta estão em alta Com o slogan “Sua casa vai ficar linda”, a Home Fair - Feira de Móveis Sob Medida e Decoração, que acontece de 1º a 5 de agosto, reunirá grandes marcas em um só lugar, no Park Cultural do ParkShopping Barigüi. “Teremos 2.400 metros quadrados e cinco dias para os clientes poderem visitar e fazer suas comprar, já pensando nos presentes de final do ano”, sugere Claudinei Ribeiro – organizador do evento, com mais de 20 anos de experiência na área. Estão sendo esperadas 10 mil pessoas que poderão encontrar desde móveis mais tradicionais aos mais modernos. Uma das tendências que será apresentada são os materiais naturais, que seguem o conceito de sus-

tentabilidade. Os tapetes, objetos decorativos vão abusar de madeira de demolição, de bambu, juta e sisal. Cores fortes, estampas florais minimalistas, grandes mosaicos e o uso de papéis de parede são outras apostas na decoração 2012/ 2013. “Enfeitar espelhos, decorar ambientes com papéis de parede ao invés de pintura e usar candeeiros em madeira são tendências atuais”, afirma o designer Arnaldo Dâmaso, da Versani Móveis Sob Medida, que estará presente na feira. Móveis antigos também serão revisitados, como lustres, cômodas e cristaleiras. Peças em aço, madeira e pedras naturais, que dão um ar mais sofisticado para o ambiente, permanecem em

alta. Segundo Mariana de Assis, da D’Styll Interiores, os móveis com cortes retos são os mais procurados hoje. “As portas retas de vidro para móveis também são uma tendência. Quando a questão é pintura, o vermelho e o azul estão voltando com tudo”, conta. Os tons de cinza nas paredes, sofás e tapetes, além do marfim e escalas de marrom, também estão entre os preferidos. As paredes com painéis de madeira ou tijolos à vista ainda são muito requisitados na decoração. Sobre a Home Fair A 3ª edição da Home Fair acontecerá nos dias 1º a 5 de agosto, no Park Cultural no ParkShopping Barigüi. A feira é especializada em móveis de decoração e conta com cerca de 40 expositores, tanto lojas quanto fabricantes, trazendo móveis planejados e sob medida. Os ingressos podem ser adquiridos no local do evento e crianças até 12 anos e idosos não pagam. Mais informações no www.homefair.com.br ou www.facebook.com/feirahomefair .

Ter uma moradia própria é o sonho de consumo de muitas famílias. No entanto, essa aquisição exige muito planejamento financeiro, para que o sonho não se torne um pesadelo. Visando proteger a família de oscilações econômicas futuras, o bem de família está regulado no sistema jurídico brasileiro pelo Código Civil e pela lei 8.009 de 1990. Um imóvel considerado bem de família, seja ele urbano ou rural, pode ser protegido contra dívidas por força da lei ou por ato formalizado e registrado em cartório. De acordo com Leila de Ribeiro Urban, titular do 3º Registro de Imóveis de Curitiba e diretora secretária geral da Associação dos Notários e Registradores do Estado do Paraná (Anoreg-PR), o imóvel que for considerado bem de família somente irá responder pelas dívidas dele próprio, como impostos e contribuição para condomínio. Existem dois tipos de bem família, o voluntário ou convencional, e o legal. “O primeiro é estabelecido pelos proprietários do bem imóvel, de acordo com o Código Civil. Já o legal é o que está previsto em lei, ou seja, se o proprietário possuir um único imóvel este é considerado bem de família automaticamente”, explica José Marcos de Castro, substituto do 3º Registro de Imóveis de Curitiba. Bem de família voluntário A instituição de bem de família voluntária ainda é pouco utilizada. “A formalização é feita através da escritura pública em tabelionato de notas e posteriormente registrada no cartório de registro de imóveis. É um procedimento simples e eficaz para evitar problemas futuros”, orienta Leila. Entre as exigências para instituição do bem de família voluntário estão: o proprietário não pode ter dívidas anteriores e a instituição está limitada a 1/3 do patrimônio. “A lei, ao mesmo tempo em que visa garantir a segurança da família, também tem por objetivo coibir fraude contra credores”, esclarece Castro. No caso do bem de família previsto em lei e instituído pelo Estado, a pro-

priedade tem que ser única e destinada à residência da família. “É muito comum nos casos em que o executado destina imóvel residencial para a moradia de excônjuge e os filhos em comum, já que o objetivo é resguardar o domicílio dos filhos do devedor ”, explica Leila. Neste caso não há limitação de valor do bem, desde que ele seja destinado a moradia da família. O bem de família, legal ou voluntário, é impenhorável e por isso não responderá por qualquer tipo de dívida civil, comercial, fiscal, previdenciária ou de outra natureza, contraída pelos cônjuges ou pelos pais ou filhos que sejam seus proprietários e nele residam, salvo nos casos de exceção previstos na lei nº 8.009/90. Impenhorabilidade não é absoluta A impenhorabilidade que recai sobre o bem de família involuntário não é absoluta. “A impenhorabilidade compreende o imóvel sobre o qual se assentam a construção, as plantações, as benfeitorias de qualquer natureza e todos os equipamentos, inclusive os de uso profissional, ou móveis que guarnecem a casa, desde que quitados. Excluem-se da impenhorabilidade os veículos de transporte, obras de arte e adornos suntuosos”, descreve a lei. No entanto, segundo explica Castro, se o automóvel estiver a serviço da residência, como costuma acontecer em propriedade rurais, este também é impenhorável. A cláusula de impenhorabilidade deixa de existir se a dívida provir de créditos de trabalhadores da própria residência (empregada, pedreiro, eletricista) e suas respectivas contribuições previdenciárias. Também é permitida a desconstituição de bem de família para execução de hipoteca sobre o imóvel oferecido como garantia real pelo casal ou entidade familiar. Além disso, é permitida a penhora do bem de família se o imóvel foi adquirido com produto de crime ou para execução de sentença penal condenatória para o fim de ressarcimento, indenização ou perdimento de bens, entre outros casos de exceção previstos na lei.


metropole11-7-12  

metropole11-7-12

Advertisement
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you