Issuu on Google+

Ano 15 | Nº 3516 | 28 a 30 de março de 2014

Sexta-feira a Domingo

Presidente: Ary Leonel da Cruz

Diário de Circulação Nacional

Ônibus elétrico: entra em operação Linha São José dos Pinhais e Curitiba Começaram a circular na tarde desta quintafeira (27) os dois novos ônibus com tração 100% elétrica, ar condicionado e internet sem fio, que farão a linha São José dos Pinhais / Curitiba, saindo do Terminal Central e indo até o Terminal do Guadalupe, através da Avenida das Torres. Durante a manhã, um dos ônibus chegou ao município e foi recebido pelo prefeito Luiz Carlos Setim, em frente ao Paço Municipal. Após a apresentação para a comunidade, foi realizada a viagem inauguPágina 2 ral. »

Roberto Dziura Jr.

Temas do cotidiano foram destacados em reunião da Assomec em Pinhais

Setim e o motorista da primeira viagem do ônibus, Juarez Ferreira de Souza

Beto Richa libera R$ 3 milhões para área da saúde de Curitiba

Governador Beto Richa durante despachos em seu gabinete

Página 3

Setim visita Hospital e Maternidade São José

Divulgação/FAEP

» O plantio das cultu-

Página 3

pela Mesa do Senado na sessão deliberativa de terçafeira (1º). Pela manhã, a oposição apresentou documento com 28 assinaturas a favor da CPI, uma a mais que o mínimo exigido. Página 3

Gleisi: base aliada pode pedir inclusão do caso Alstom na CPI da Petrobras

Safra de inverno do Paraná deve atingir 4,2 milhões de toneladas ras de inverno iniciou no Paraná e a expectativa é que o volume de produção possa atingir até 4,2 milhões de toneladas de grãos, quase o dobro da safra passada. No Estado, o plantio de trigo é o carro-chefe das lavouras de inverno, cuja área plantada está aumentando 23% e se as condições de clima forem favoráveis será colhida a maior safra já vista no Estado.

nicípios da RMC e uma pauta de discussões bastante diversificada. Controle animal, movimento Nós Podemos Paraná, recomendações ao Tribunal de Contas, projeto de reinserção de educadores foram os temas em destaque. Página 11

Oposição quer leitura de requerimento da CPI da Petrobras na terça-feira » Em entrevistas nesta quinta-feira (27), os senadores Aécio Neves (PSDBMG) e Randolfe Rodrigues (PSOL-AP) disseram esperar que o pedido de criação da CPI da Petrobras seja lido

AENPr (arquivo)

» O Governo do Estado vai destinar mais de R$ 3 milhões à prefeitura de Curitiba para aquisição de equipamentos médico-hospitalares e odontológicos e mobiliários para a área da Saúde da capital. A homologação dos recursos foi assinada pelo governador Beto Richa, nesta quartafeira (26). Richa afirmou que a melhoria do atendimento à saúde da população está entre as prioridades do governo estadual. “Esses equipamentos vão contribuir para aprimorar os serviços de saúde aos curitibanos”, disse Richa. Página 3

» Pinhais sediou na noite de ontem (26) mais uma Assembléia Ordinária da Associação dos Municípios da Região Metropolitana de Curitiba - Assomec. O encontro contou com a presença de prefeitos e representantes de vários mu-

A previsão de safra, incluindo as lavouras de inverno, foi divulgada pelo Departamento de Economia Rural, da Secretaria da Agricultura e do Abastecimento

» O Prefeito de São José dos Pinhais, Luiz Carlos Setim passou à tarde dessa quinta-feira (27) visitando as instalações do Hospital e Maternidade São José e verificando as necessidades de melhorias estruturais apontadas pela nova direção da Unidade. Nesta ocasião o Prefeito que estava acompanhado pela primeira dama e secretária municipal de Educação, Neide Setim, foi recepcionado pelo Diretor Geral do hospital, Giovani de Souza. Página 4


2

| 28 a 30 de março de 2014 |

Editorial Anatel aprova fusão entre operadoras Oi e Portugal Telecom

Apesar da triste sina de ser massacrado por uma classe política predadora, oportunista e clientelista, fisiológica e demagógica, pelas riquezas naturais que possui, pode-se afirmar que o Brasil ainda é o país do futuro. A economia brasileira, que é diversificada e ampla, acaba de conquistar mais um voto de credibilidade. A captação de 1 bilhão de euros, feita ontem pelo governo brasileiro, mostra a confiança dos investidores internacionais na economia do país, disse o secretário do Tesouro Nacional, Arno Augustin. Segundo ele, o fato de o Tesouro ter captado os recursos com juros baixos indica que o Brasil continua atrativo para os aplicadores estrangeiros, apesar do rebaixamento da nota do país pela agência de classificação de risco Standard & Poor ’s no início da semana. “A emissão mostra a força dos fundamentos da economia brasileira. Indica a visão de confiança do mercado internacional em relação ao país”, afirmou o secretário. Ele ressaltou que o resultado ajudará as empresas brasileiras a captar recursos no mercado europeu com juros mais baixos. Indica, em primeiro lugar, a grande potencialidade econômica do Brasil, mesmo com a perversidade dos feitos e malfeitos da sua classe política. Nesta operação, o Tesouro Nacional captou 1 bilhão de euros em títulos de sete anos com juros de 2,961% ao ano. A taxa é bem inferior à de 5,448% ao ano registrada na última vez em que o governo brasileiro emitiu títulos em euro, em janeiro de 2006. Nas emissões externas, o governo pega dinheiro emprestado dos investidores internacionais por meio do lançamento de títulos da dívida externa com o compromisso de devolver os recursos com juros.Taxas menores de juros indicam menor grau de desconfiança dos investidores de que o Brasil não conseguirá pagar a dívida. O secretário informou que o Tesouro Nacional estuda fazer uma emissão em iene, no mercado japonês. Ele negou que a decisão do Tesouro de fazer um lançamento de títulos em euros nesta quinta-feira tenha sido motivada pelo corte da nota do governo brasileiro pela Standard & Poor ’s. “A captação estava prevista desde o anúncio do Plano Anual de Financiamento [no fim de janeiro]. Não mudamos o cronograma por causa desse evento [o rebaixamento do Brasil]”, reiterou. Segundo Augustin, o Tesouro optou por emitir títulos de sete anos porque esse é o mercado mais usado pelas empresas brasileiras que captam recursos na Europa. Na última operação do tipo, em 2006, o governo brasileiro havia lançado papéis de nove anos em euro. “Da mesma forma que o mercado mais tradicional das emissões em dólar são de títulos de dez anos, no mercado em euro, a maioria das captações se dá em sete anos”, explicou. Entre os malfeitos do setor público está a elevada gastança dos recursos do Erário (dinheiro do povo). É um saco sem fundo, Precisa ser compensado com os famigerados capitais voláteis, especulativos, que rondam o planeta em busca de lucro fácil carreando recursos para quem está com a corda no pescoço. No Brasil, essa história é tão antiga quando a própria gastança do Erário; que vem desde os tempos do império.

Foto: Roberto Dziura Jr.

Um país do futuro? Prefeito Setim e o empresário Dante Franceschi no lançamento da linha São José dos Pinhais-Curitiba

Ônibus elétrico: Linha entre são José dos Pinhais e Curitiba entra em operação Fabricados pela empresa chinesa CSR Times Eletric Vehicle Ltda., os 2 novos ônibus possuem baixo índice de poluição ao meio ambiente, porque não utilizam baterias que necessitem de reciclagem. Além disso, atendendo necessidades correntes, cada veículo oferece ar-condicionado e serviço de internet sem fio (Wi-Fi) aos seus passageiros Começaram a circular na tarde desta quinta-feira (27) os dois novos ônibus com tração 100% elétrica, ar condicionado e internet sem fio, que farão a linha São José dos Pinhais / Curitiba, saindo do Terminal Central e indo até o Terminal do Guadalupe, através da Avenida das Torres. Durante a manhã, um dos ônibus chegou oficialmente ao município e foi recebido pelo prefeito Luiz Carlos Setim, em frente ao Paço Municipal. Após a apresentação para a comunidade, uma viagem inaugural foi realizada, com a participação de secretários municipais, vereadores, representantes da empresa de transporte público de São José dos Pinhais e pessoas que acompanharam a cerimônia. Os ônibus elétricos trazidos para o município possuem tecnologia diferente de todos os outros veículos existentes nos mesmos moldes no Brasil. Eles circularão em média 300 km por dia, podendo transportar até 700 passageiros cada um, no mesmo período. Falando sobre a parceria com o governo do Estado, através da secretaria do Desenvolvimento Urbano e da COMEC, que garantiu que este projeto fosse aplicado em São José dos Pinhais, o prefeito Setim explicou como ele funcionará. “São dois ônibus, que farão circuitos inversos, durante um período de experiência de 6 meses, transportando passageiros da mesma maneira que os outros ônibus e cobrando o mesmo valor de passagem. Neste tempo, os usuários poderão avaliar o conforto e a qualidade destes veículos, e também a empresa poderá ter um parâmetro de custo benefício para

a aquisição dos mesmos”. O prefeito também explicou que a intenção é trazer a produção destes ônibus elétricos para o nosso país. “Nós esperamos que estes testes sejam um sucesso e que outros municípios também tenham interesse em contar com essa tecnologia. Com isso, podemos atrair a empresa fabricante para cá, barateando o custo da produção, incorporando mais uma grande montadora a São José dos Pinhais e quem sabe até, barateando o custo da passagem”. Fabricados pela empresa chinesa CSR Times Eletric Vehicle Ltda., os 2 novos ônibus possuem baixo índice de poluição ao meio ambiente, porque não utilizam baterias que necessitem de reciclagem. Além disso, atendendo necessidades correntes, cada veículo oferece arcondicionado e serviço de internet sem fio (WiFi) aos seus passageiros. Adequados às normas brasileiras de acessibilidade os ônibus possuem sistema de rampa, para acesso de pessoas que utilizam cadeira de rodas, direção elétrica, que proporciona mais segurança e conforto ao motorista e amplo espaço interno, com laterais envidraçadas, que oferecem uma melhor visão externa. Além de vereadores Alberto Setenarski, Luiz Monteiro, Luiz Paulo, Mari Temperasso, Nina Singer, Tadeu Camargo e de secretários municipais, também estavam presentes na apresentação o deputado estadual Francisco Buhrer, o diretor de Transportes da COMEC, Carlos do Rego Almeida Filho e o sócio da IFX Hybbus, empresa que importa o ônibus, Dante Franceschi.

Agência Brasil A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) aprovou ontem (27) a fusão das operadoras Oi e Portugal Telecom, que será chamada de CorpCo e controlará as atividades das duas empresas no Brasil e no mundo. O relator da matéria, Rodrigo Zerbone, condicionou a anuência prévia à apresentação de certidão de regularidade fiscal dos controladores da empresa. Além da Oi e da Portugal Telecom, o banco BTG Pactual deverá apresentar a documentação, apesar de não estar definido se ele fará parte do bloco de controle da empresa. “Toda a análise da operação foi feita como se o BTG estivesse entrando, se ele de fato entrar, temos uma análise aprovada da agência”, explicou Zerbone. A nova empresa deverá ter sede no Brasil, com controle das operações no Brasil, Portugal e em países da África. A Anatel determinou que a Superintendência de Competição da agência, depois de concretizada a operação, adote as medidas necessárias para identificar o controle e acompanhar as alterações da estrutura societária da CorpCo, tendo em vista a pulverização do capital da empresa. “Como grande parte das ações da empresa estará em negociação na Bolsa de Valores, é importante que a Anatel tenha mecanismos para acompanhar a evolução da estrutura societária e da própria influência do controle dentro da empresa”, disse o relator. A fusão entre as operadoras Oi e Portugal Telecom foi aprovada sem restrições pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) em janeiro deste ano. A aliança foi anunciada em 2011. O Cade entendeu que a fusão não vai trazer problemas concorrenciais no Brasil. Hoje (27), a fusão foi aprovada pela assembleia geral de acionistas da Oi. A previsão de aumento de capital é de, pelo menos, R$ 13,1 bilhões na operadora brasileira, segundo fato relevante informado à Comissão de Valores Mobiliários. O número de linhas de celulares ativas no país chegou a 272,72 milhões em fevereiro deste ano. De acordo com a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), houve um acréscimo de 370 mil linhas no segundo mês do ano. A teledensidade em fevereiro chegou a 134,97 acessos para cada grupo de 100 habitantes. As linhas pré-pagas continuam sendo a maioria (77,77%) e as pós-pagas representam 22,23% do total. A banda larga móvel totalizou 110,19 milhões de acessos. Desse total, os terminais 4G somavam 1,82 milhão. Em fevereiro, a operadora Vivo liderava o mercado, com 28,62% de participação, seguida da TIM, com 27%; da Claro, com 25,28%; da Oi, com 18,47%; da CTBC, com 0,38%; da Nextel, com 0,19% e da Sercomtel, com 0,02%. A Porto Seguro, que opera como autorizada da rede virtual, registrou 0,04% de participação no mercado.

OPINIÃO

COMÉRCIO À LUZ DE VELAS? Darci Piana* A finalidade do comércio, o ato de comercializar mercadorias e serviços, para que seja viabilizado de forma mais eficiente, requer, tanto para quem vende quanto para quem compra, um insumo extremamente importante que é a oferta, disponibilização e acessibilidade de energia elétrica. Não há como viabilizar atualmente o comercio de bens, serviços e turismo, à luz de velas. Uma atividade onde, além do atacado e varejo, também fazem parte hotéis, restaurantes, opções de lazer e muitas outras. Em condições normais, na vigência dos atuais padrões de competitividade, de modernização das estruturas comerciais, de agilidade na intercomunicação entre pontos de vendas e redes de lojas, de qualidade do atendimento ao cliente, prática de formas alternativas de comercialização, ou a necessária conservação de produtos, o comércio é extremamente dependente da energia elétrica. Por outro lado, o comércio se insere como um dos principais responsáveis no que é chamado pelos urbanistas de “brilho das cidades”: comercio pressupõe exposição, vitrinas, luminosos, comunicação. O que seria a Times Square, em Nova York carente do brilho das luzes patrocinadas quase na totalidade pelo comércio de bens, serviços e turismo? A atividade do comércio, da mesma forma que o conjunto da população e a sociedade organizada, também demanda um serviço específico essencial, que é a segurança pública. Os serviços de segurança devem ser ofertados e geridos pelo Estado de forma ágil e eficiente, em benefício do cidadão e dos entes legalmente instalados, a partir da carga tributária amealhada junto à sociedade. Uma realidade é inquestionável: não se consegue oferecer segurança pública no escuro ou à luz de velas. Estas considerações nos parecem adequadas quando nesse momento um tema permeia o cenário brasileiro: a possibilidade de redução na oferta de energia elétrica ou mesmo sua falta, e possíveis racionamentos, tal como ocorreu em 2001 em muitos estados da Federação. Um acréscimo nas tarifas de energia não é descartado, desde que haja um direcionamento na geração de energia para origem térmica, mais cara que a origem hídrica atual-

mente predominante, ou mesmo para financiar uma ampliação da oferta. A matriz energética brasileira indica que mais de 80% tem origem hidráulica. Essa origem condiciona o volume de energia produzida ao regime de chuvas e disponibilidade dos reservatórios. Analisando sob outra perspectiva, conclui-se pela excessiva dependência da oferta de energia no Brasil a fatores imponderáveis. É sabido que dentre as alternativas disponíveis de geração de energia, a origem hidráulica é a de menor custo para o consumidor. Em 2012, o perfil do consumo de energia elétrica no Brasil foi: a) indústria: consumiu 42%; b) comércio, serviços e turismo: 18%; c) residências: 25%; d) outros: 15%. No exterior, principalmente nos países desenvolvidos, a principal fonte de energia é de origem térmica: petróleo, carvão mineral e vegetal e gás respondem por 85% a 87% da energia gerada; a origem hídrica responde por 7,0% a 8,0%; a energia nuclear gera 6,0%. Inegavelmente, é um quadro que difere bastante do perfil vigente no Brasil. Qualquer política pública voltada à atração de investimentos do exterior e expansão dos investimentos internos deverá garantir ao capital produtivo uma estabilidade na oferta de energia. A incerteza e insegurança quanto ao atendimento da demanda podem afastar investimentos, conter capacidade produtiva, elevar preços e direcionar o governo a adotar um racionamento. Sem energia elétrica, o comercio, que é o estuário para o qual converge todo o sistema de produção para atender o consumidor final, não tem como vender. O ato de comercializar bens, serviços e o turismo, não se viabiliza no escuro ou à luz de velas. Com queda ou redução nas vendas ter-se-á dentre os efeitos imediatos, restrições ao emprego, à massa de salários, à renda, ao consumo, disso resultando menor arrecadação tributária. Neste momento, temos uma certeza: não é a hora e não cabe ao governo apagar a chama representativa da importância do comércio na atividade econômica brasileira, setor que se constitui no maior gerador de empregos do país. Darci Piana é Presidente do Sistema Fecomércio Sesc Senac Paraná


| 28 a 30 de março de 2014 |

3

Safra de inverno do Paraná deve atingir 4,2 milhões de toneladas O plantio das culturas de inverno iniciou no Paraná e a expectativa é que o volume de produção possa atingir até 4,2 milhões de toneladas de grãos, quase o dobro da safra passada. No Estado, o plantio de trigo é o carro-chefe das lavouras de inverno, cuja área plantada está aumentando 23% e se as condições de clima forem favoráveis será colhida a maior safra já vista no Estado. A previsão de safra, incluindo as lavouras de inverno, foi divulgada nesta quinta-feira (27) pelo Departamento de Economia Rural, da Secretaria da Agricultura e do Abastecimento. Segundo o secretário da Agricultura e do Abastecimento, Norberto Ortigara, o clima é de otimismo no campo, apesar das frustrações de safra ocorridas no início deste ano por causa do calor excessivo e falta de chuvas. “O agricultor paranaense não desanima e ele vai buscar a compensação com as lavouras de inverno”, afirmou. Entre as lavouras de inverno e verão, o Paraná deverá colher uma safra total de 35,4 milhões de toneladas de grãos, uma redução de apenas 3% em relação ao volume colhido no ano passado que atingiu 36,3 milhões de toneladas. A área plantada com os grãos de inverno deverá crescer 15% passando de 1,3 milhão de hectares plantados no ano passado para 1,5 milhão

de hectares que deverão ser ocupados esse ano. A cultura do trigo vai ocupar 1,2 milhão de hectares quase a totalidade da área. O restante será ocupado por lavouras de aveia, canola, centeio, cevada e triticale. Segundo o Deral, a maioria dos produtores que não plantou o milho safrinha, porque estava desestimulada pelo preço do grão no mercado, migrou para o plantio de trigo, cujo preço está mais atraente no mercado. O plantio de trigo está crescendo mais nas regiões Norte e Oeste do Estado. Em função desse crescimento de área, a safra pode atingir um volume de 3,6 milhões de toneladas, a maior produção que esse Estado já viu, disse o chefe da conjuntura do Deral, Marcelo Garrido. Conforme o relatório do Deral, o clima regularizou, as chuvas voltaram e as lavouras que estão em campo como soja, milho e feijão da segunda safra estão se desenvolvendo bem. O milho safrinha está com uma previsão de produção de 10 milhões de toneladas e o feijão da segunda safra poderá atingir um volume de 490,3 mil toneladas, cerca de 44% acima da safra colhida em igual período do ano passado que somou 339,3 mil toneladas. O plantio de soja safrinha superou as expectativas e a área plantada cresceu 38% no Estado, passando de 80.887 hectares para 111.868 hecta-

res. A produção poderá atingir um volume de 211.135 toneladas, 62% acima do volume colhido no mesmo período do ano passado, que foi 130.135 toneladas. REAVALIAÇÃO Passada a preocupação com a falta de chuvas do início do ano que prejudicou principalmente as lavouras de soja de verão, agora é hora de reavaliar a safra. E nessa reavaliação, com o avanço da colheita, o Deral está prevendo uma safra de 20,5 milhões de toneladas de grãos de verão. Conforme as pesquisas de campo, as perdas com a soja foram estancadas. Cerca de 79% da soja está colhida e o Deral confirma uma redução de 12% na safra que corresponde a uma queda de dois milhões de toneladas no volume de produção. A safra de soja, cuja estimativa inicial apontava para uma colheita de 16,5 milhões de toneladas, caiu para 14,5 milhões de toneladas, ainda uma grande safra, ressaltou o secretário Norberto Ortigara. O Deral confirma também redução para as lavouras de milho da primeira safra, mas em menor escala. A estimativa inicial apontava produção de 5,61 milhões de toneladas do grão e a estimativa atual revela que poderão ser colhidas 5,43 milhões de toneladas, uma redução de 185 mil toneladas. De acordo com o engenheiro agrônomo Carlos Hugo Godinho, as perdas nas la-

Divulgação/FAEP

O clima é de otimismo no campo, apesar das frustrações de safra ocorridas no início deste ano por causa do calor excessivo e falta de chuvas

A previsão de safra, incluindo as lavouras de inverno, foi divulgada pelo Departamento de Economia Rural, da Secretaria da Agricultura e do Abastecimento

vouras de milho foram mais acentuadas na região Norte do Estado. Mas elas foram compensadas pela produção de milho da região Sudoeste que foi acima das expectativas, com produtividade maior do que a projetada inicialmente. Por fim, as estimativas divulgadas nesta quinta-feira pela Secretaria da Agricultura levam em conta condições de clima normais durante o outono e inverno, o que é determinante para confirmação do plantio, condução das lavouras e colheita, afirmou o diretor do Departamento de Economia Rural (Deral), Francisco Carlos Simioni.

O Governo do Estado vai destinar mais de R$ 3 milhões à prefeitura de Curitiba para aquisição de equipamentos médicohospitalares e odontológicos e mobiliários para a área da Saúde da capital. A homologação dos recursos foi assinada pelo governador Beto Richa, nesta quarta-feira (26). Richa afirmou que a melhoria do atendimento à saúde da população está entre as prioridades do governo estadual. “Esses equipamentos vão contribuir para aprimorar os serviços de saúde aos curitibanos”, disse Richa. Serão adquiridos equipamentos odontológicos e aparelho de Raio X para equipar o Centro de Especialidades Odontológicas Sylvio Gevaerd, localizado no Portão, e para as Unidades de Saúde de Campo Alegre, Sabará, Jardim Aliança, Coqueiros, Nossa Senhora Aparecida, Lotiguaçu II, Umbará II e Xaxim. O valor é de R$ 311,9 mil. Estas unidades também irão adquirir móveis e eletrodomésticos, no valor de R$ 206,51 mil. R$ 1,84 milhão serão aplicados na aquisição de equipa-

AENPr (arquivo)

Beto Richa libera R$ 3 milhões para área da saúde de Curitiba

Governador Beto Richa durante despachos em seu gabinete

mentos médicos e hospitalares para a Diretoria de Atenção Primária em Saúde da capital, além de 113 unidades de saúde, dez unidades de pronto-atendimento e a Central de Vacinas de di-

versos bairros de Curitiba. Foram homologadas, ainda, as licitações para equipar oito novas unidades de saúde da capital, no valor do R$ 831,42 mil. Os recursos são do Sistema

de Financiamento aos Municípios (SFM), que é operacionalizado pela Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Paranacidade. A operação é feita pela Fomento Paraná.

Gleisi Hoffmann: base do governo pode pedir inclusão do caso Alstom na CPI da Petrobras Em entrevista nesta quinta-feira (27), a senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR) afirmou que pensa na possibilidade de pedir a inclusão do caso Alstom, envolvendo contratos do metrô de São Paulo, no escopo de investigações da CPI da Petrobras. Pela manhã, a oposição protocolou requerimento de criação da CPI com 28 assinaturas de senadores. O presidente do Senado, Renan Calheiros, disse que a instalação da CPI é inevitável. – Estou pensando muito em propor na segunda ou terça-feira à nossa base aliada para que a gente apoie a CPI, ampliando o seu objeto, com um adendo, para que a gente possa também investigar a situação da Alstom no metrô de São Paulo – informou Gleisi Hoffmann. Segundo a Secretaria-Geral da Mesa, a CPI pode ter um adendo se este for assinado por pelo menos 27 senadores. De acordo com Gleisi Hoffmann, o interesse da oposição na CPI é político-eleitoral.

– Fazer uma CPI é uma prerrogativa do Senado, é um direito dos senadores propor a CPI. Mas esse é um processo eminentemente político, é uma investigação política. Esse tema já está sendo acompanhado pelo Ministério Público, pelo Tribunal de Contas, comissão interna da Petrobras. Fazer uma CPI em ano eleitoral, sendo que três senadores são candidatos à Presidência, com certeza vai ser um palanque político – disse. Perguntada se o governo vai trabalhar para a retirada de assinaturas do requerimento, o que poderia inviabilizar a CPI, a senadora afirmou apenas que o governo não tem nada a esconder. – O governo não tem nada a esconder. Não temos medo de uma CPI, de fazer essa discussão. Mas uma investigação política vai resultar muito mais em um processo de interesse eleitoral do que necessariamente resolver o problema ou esclarecer os fatos. O Congresso Nacional não pode ser utilizado como instrumento político-eleitoral – insistiu.

Governo Central registra segundo pior resultado primário em meses de fevereiro Agência Brasil O aumento dos gastos, em ritmo maior que o crescimento das receitas, fez o Governo Central (Tesouro Nacional, Previdência Social e Banco Central) registrar o segundo pior resultado primário da história em meses de fevereiro. Segundo números divulgados há pouco pelo Tesouro Nacional, o mês passado registrou déficit primário de R$ 3,079 bilhões. O resultado só não é pior que o de fevereiro do ano passado, quando o déficit mensal somou R$ 6,618 bilhões. Com o resultado de fevereiro, o superávit primário nos dois primeiros meses de 2014 soma R$ 9,876 bilhões, pior valor para o período, desde 2009. O resultado seria ainda pior se as estatais não tivessem recolhido R$ 2,892 bilhões em dividendos ao Tesouro Nacional, no mês passado. Desse total, R$ 2 bilhões saíram do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES); R$ 700 milhões, da Caixa Econômica Federal; e R$ 192,1 milhões, do Banco do Brasil. O superávit primário é a economia que o governo faz para pagar os juros da dívida pública. O esforço fiscal permite a redução do endividamento do governo no médio e no longo prazo. Para este ano, a meta do Governo Central é economizar R$ 80,8 bilhões, equivalentes a 1,55% do Produto Interno Bruto (PIB - soma das riquezes produzidas no país). Os estados e municípios deverão fazer superávit primário de R$ 18,2 bilhões – 0,35% do PIB. No total, o superávit primário do setor público deverá fechar o ano em R$ 91,306 bilhões – 1,9% do PIB. Até abril, o Governo Central deverá economizar R$ 28 bilhões, segundo o decreto de programação orçamentária. O superávit primário acumulado nos dois primeiros meses do ano equivale a 33,8% do total, o que indica que o governo terá de economizar R$ 18,5 bilhões em março e abril para alcançar a meta para o primeiro quadrimestre. A expansão dos gastos, em ritmo maior que o crescimento das receitas, foi a principal causa do déficit primário em fevereiro. A receita líquida do Governo Central cresceu 7,3% no primeiro bimestre, na comparação com o mesmo período do ano passado. As despesas totais, no entanto, subiram 15,5%. Os gastos de custeio (manutenção da máquina pública) aumentaram 24,2%. Por causa de acordos de reajustes salariais fechados em 2011, e as despesas com o funcionalismo cresceram 13,5%. Os investimentos do governo federal – que englobam os gastos com obras e compras de equipamentos – acumulam alta de 22,7% nos dois primeiros meses de 2014. Os gastos passaram de R$ 12,3 bilhões, em janeiro e fevereiro do ano passado, para R$ 15,1 bilhões no primeiro bimestre deste ano. No mesmo período, as despesas do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) aumentaram ainda mais, passando de R$ 7,7 bilhões para R$ 11,1 bilhões na mesma base de comparação - salto de 43,3%.

Oposição quer leitura de requerimento da CPI da Petrobras na terça-feira Em entrevistas nesta quinta-feira (27), os senadores Aécio Neves (PSDB-MG) e Randolfe Rodrigues (PSOL-AP) disseram esperar que o pedido de criação da CPI da Petrobras seja lido pela Mesa do Senado na sessão deliberativa de terça-feira (1º). Pela manhã, a oposição apresentou documento com 28 assinaturas a favor da CPI, uma a mais que o mínimo exigido. Randolfe lembrou que a leitura, em momento a ser decidido pela Mesa, só pode ocorrer em sessão deliberativa, por isso a expectativa de que a formalização aconteça na terça. Ele e Aécio criticaram a possibilidade de o governo convencer senadores a retirar assinaturas do requerimento. – É inaceitável que haja qualquer tipo de pressão sobre os parlamentares que assinaram o pedido de CPI. Eu não acredito que qualquer um dos signatários possa se submeter a chantagem. É uma ameaça, um ataque, uma violência inaceitável à integridade do Congresso Nacional – disse Aécio. Para Randolfe, embora legal, a retirada de assinaturas não seria moral nem republicana. - O moral e republicano seria ficar à disposição de todos os mecanismos de investigação – afirmou Randolfe. “Inevitável” Os dois senadores disseram que a instalação da CPI já é inevitável e ressaltaram a possibilidade de uma CPI mista – a oposição na Câmara ainda tenta obter as 171 assinaturas necessárias naquela Casa. Eles também pediram bom senso ao governo para que a oposição tenha direito ou à presidência ou à relatoria da CPI. Para os dois senadores, a investigação da Petrobras é um desejo da sociedade brasileira. – O foco é saber como está sendo administrada a principal empresa brasileira e por que a principal empresa brasileira deixou de ser uma das principais empresas da América Latina – assinalou Randolfe.


4

| 28 a 30 de março de 2014 |

Começa na segunda a Semana do Empreendedor Individual Durante a semana, o micro empreendedor receberá orientação sobre suas atividades Uma parceria entre o SEBRAE, ACIAP e Secretaria de Indústria, Comércio e Turismo da Prefeitura de São José dos Pinhais realiza entre os dias 31 de Março a 4 de Abril, a Semana do Microempreendedor Individual (MEI). A Semana MEI é voltada para empresários que procuram melhorar os resultados dos seus negócios. Durante a semana o micro empreendedor recebera orientação sobre regularização de débitos, impressão do carnê, declaração anual do MEI em atraso e orientação à formalização aos candidatos a microempreendedor individual, além de duas palestras. Todos os serviços prestados serão gratuitos. Para mais informações, entre em contato com Secretaria de Indústria, Comércio e Turismo no telefone 33815807 ou com o SEBRAE – 0800-570-0800. PROGRAMAÇÃO NA RUA XV DE NOVEMBRO Orientações ao microempreendedor individual. Data: 31 de Março a 4 de Abril. Horário: 9 horas às 17 horas. Regularização de débitos, impressão do carnê, declaração anual do MEI em atraso e orientação à formalização

aos candidatos a Microempreendedor individual. Local: Rua XV de Novembro – em frente ao Museu Attilio Rocco

Receita Federal anuncia novidades sobre a declaração do Imposto de Renda 2014

PROGRAMAÇÃO DAS PALESTRAS Palestra: MEI – SEI VENDER? Entender o mercado, preparar seus produtos e serviços para conquistar mais clientes e ampliar as possibilidades de crescimento e expansão. Data: 1º de Abril. Horário: 9 horas às 12 horas. Local: Secretaria de Industria Comercio e Turismo. Endereço: Rua Dr. Marcelino Nogueira, 702. Palestra: MEI – SEI CONTROLAR MEU DINHEIRO Identificar a diferença entre o seu dinheiro e o dinheiro da empresa. Data: 3 de Abril. Horário: 9 horas às 12 horas. Local: Secretaria de Industria Comercio e Turismo. Endereço: Rua Dr. Marcelino Nogueira, 702.

Setim visita Hospital e Maternidade São José

Foto: PMSJP

Neste ano, a declaração do Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF) está com novidades aos contribuintes. São novas formas de declarar os bens, através de tablets e smartphones. E também, a declaração poderá vir pré-definida e preenchida. Esses assuntos foram esclarecidos no curso realizado pela Associação Comercial, Industrial, Agrícola e de Prestação de Serviço (Aciap) em parceria com o Sindicato das Empresas de Serviços Contábeis e das Empresas de Assessoramento, Perícias, Informações e Pesquisas no Estado do Paraná (Sescap-PR). O encontro foi na sexta-feira (21), na sede da Aciap. A professora Lucia Young foi quem ministrou o curso. Há 20 anos dá aulas sobre tributação, contabilidade, societária, trabalhista e previdenciária. Ela conta que “a novidade maior para alguns contribuintes é a parte da declaração vir pré-formatada, pré-definida e preenchida. Na parte de rendimentos tributáveis, há um aumento no limite, assim como nos anos anteriores. E na própria declaração, que entraria como tributação exclusiva, é a participação dos lucros por parte dos colaboradores”. Para esse ano, a Receita Federal lançou algumas novidades para a declaração. Uma delas é o m-IRPF, que permite o preenchimento e o envio de declarações originais do IR de 2013 e 2014, utilizando dispositivos móveis, os tablets e smartphones, com sistemas operacionais android e iOS (Apple). Mas existem limitações. Os contribuintes que receberam rendimentos do exterior ou os que auferiram ganho de capital não podem utilizar esse sistema. Além disso, o aplicativo é utilizado exclusivamente para apresentação de declaração original, ou seja, o m-IRPF não permite o envio de declaração retificadora. As informações são do site da Receita Federal. A professora Lucia conta que se o contribuinte não declarar todos os bens “o Fisco pode, dentro do cruzamento de dados, observar que tenha essa omissão de informação e penalizar o contribuinte. Mas se, antes do fisco, fizer uma retificação e informar os bens, está tudo certo”. Nesse caso, Lucia chama de “denúncia espontânea”. E ressalta que “se não informar isso e o Fisco pegar, o contribuinte vai ter que acertar as contas”. (Elias Leschewitz – São José dos Pinhais)

Prefeito Setim e dona Neide durante a visita ao Hospital e Maternidade São José

O Prefeito de São José dos Pinhais, Luiz Carlos Setim passou à tarde dessa quinta-feira (27) visitando as instalações do Hospital e Maternidade São José e verificando as necessidades de melhorias estruturais apontadas pela nova direção da Unidade.

Nesta ocasião o Prefeito que estava acompanhado pela primeira dama e secretária municipal de Educação, Neide Setim, foi recepcionado pelo Diretor Geral do hospital, Giovani de Souza. Juntos percorreram as diversas alas do hospital, oportunidade na qual lhe

foi apresentado uma pauta de necessidades de melhorias, apontadas pela Direção do Hospital. Entre as necessidades estão obras de reformas prediais, estruturais, e aquisição de mobiliários e equipamentos, como por exemplo, a aquisição de um no-

vo aparelho de tomografia mais moderno, que permitirá o exame de angiografia com reconstrução 3D e um novo aparelho de ultrassonografia com doppler. Também acompanharam a visita, diretores da unidade e representantes da junta médica do hospital.


5

| 28 a 30 de março de 2014 |

Uma vida não questionada não merece ser vivida. Platão Parcialmente nublado

TOME NOTA

Máx. 22º Mín. 13º

Dia 30: Mín. 14º e Máx. 22º Dia 31: Mín. 14º e Máx. 23º Dia 01: Mín. 15º e Máx. 25º

PROGRAMAÇÃO DE CINEMA DO SHOPPING SÃO JOSÉ

2) Em qual dessas produções Paulo Betti viveu o prefeito Ypiranga? a) “Os Maias” b) “Malhação” c) “A Indomada” d) “O Beijo do Vampiro” 3) Como se chamava a personagem interpretada por Ângela Vieira em “Terra Nostra”? a) Giulliana b) Socorro c) Matilde d) Janete 4) Qual desses personagens foi vivido por André Bankoff na novela “Bang Bang”? a) Peter b) Ben c) Bullock d) Henaide 5) Como se chama a filha de Ana Maria Braga, apresentadora do “Mais Você”, da Globo? a) Luciana b) Juliana c) Mariana d) Valeriana

Os bebês que nascem prematuros por apenas algumas semanas têm um risco ligeiramente maior de ter problemas de saúde na infância, indica uma pesquisa. Os autores do estudo dizem que ele desafia visões estabelecidas de que os bebês nascidos depois de 37 semanas têm um desenvolvimento de longo prazo semelhante àqueles nascidos no período normal de 40 semanas de gestação. A pesquisa, publicada na revista científica British Medical Journal, foi realizada junto a 14 mil crianças, nascidas há dez anos, até atingirem 5 anos de idade. O estudo verificou as condições de saúde dos bebês, incluindo internações hospitalares e doenças como asma. Trabalhos anteriores se concentraram em bebês nascidos muito prematuramente, antes de 32 semanas de gestação. Mas este estudo indica que a maioria dos prematuros, composta por crianças nascidas com poucas semanas de antecedência, também precisa de uma atenção extra. A pesquisa aponta que os bebês nascidos antes de 39 semanas têm um risco ligeiramente maior de ter problemas de saúde até os 5 anos. Quanto mais cedo o bebê nasce, segundo o estudo, maior é o risco. Por exemplo, enquanto 15% dos bebês nascidos após uma gestação completa apresentaram asma ou chiado no peito, o número sobe para 17% para aqueles nascidos prematuros de algumas semanas. Além disso, estes bebês desenvolveram uma tendência levemente maior de parar no hospital. Os autores do estudo, no entanto, afirmam que os pais não devem se preocupar com o que consideram uma chance modestamente maior de seus filhos prematuros contraírem doenças. Para os cientistas, o trabalho deve ser usado para questionar o nível de cuidado dado a essas famílias. “Gradiente de risco” A pesquisa foi realizada pelas universidades de Leicester, Liverpool, Oxford e Warwick, além da Unidade Nacional de Epidemiologia Perinatal da Grã-Bretanha. “Nós descobrimos que não é mais apropriado, como fizemos anteriormente, considerar os bebês como ou nascidos no tempo certo ou prematuros”, diz a médica Elaine Boyle, da Universidade de Leicester. “O que nós descobrimos é que existe um gradiente de risco crescente para a saúde com a crescente prematuridade, mas o risco se estende até pouco antes do tempo em que o bebê deveria ter nascido.”

© Coquetel/Ediouro Publicações 2005

1) Qual dessas personagens foi vivida pela atriz Mariana Ximenes na novela “A Favorita”? a) Raíssa b) Haydee c) Flor d) Sol

Bebês nascidos poucas semanas antes do normal “têm maior risco de doenças”

PALAVRAS CRUZADAS DIRETAS A da Previdência é uma das metas do Governo Lula Seis, em Desamar- Livro de inglês roto Nabokov

Tornar mais leve

O Patriarca da Independência Ovário Harmonize O lúpus, (Biol.) os acordes por sua do violão incidência

Meditar acerca da essência das coisas Gás de ação comburente Que têm um só pé

Raiz usada em ensopados (pl.) Adições

O vício de roer as unhas

Jair Rodrigues, em relação a Luciana Mello

(?)-branca, remanescente da supernova Sutiã (bras.) Padre de um cabido

Árvores como o pinheiro Juro cobrado sobre juros vencidos não pagos

Peça do xadrez Ingênuo; simplório

Instância consciente do indivíduo (Psic.) Ministro da Cultura (?) do Pulo, atleta

BANCO

Diriges súplicas aos santos

Alvo de reparos na oficina mecânica

(?) natura: o esgoto sem tratamento Tipo de acrobacia da Esquadrilha da Fumaça (?) de Tefé: assinava suas caricaturas sob o pseudônimo de Rian

Formato da régua do arquiteto

Solução A R F AR I O N E S O O M R AS A S MO T T O I R

Rodrigo Lopes, participante do Big Brother britânico em 2009, contou em sua conta no Twitter que virou mulher e trabalha como garota de programa. Lopes, que agora responde por Rebeca, postou fotos de sua transformação na rede social e diz que trabalha como prostituta no Brasil desde outubro de 2013 para financiar sua cirurgia de mudança de sexo. Segundo o site Huffington Post, ele disse que se voltou para a prostituição porque não consegue encontrar um emprego devido ao preconceito, uma vez que seus documentos constam que ele é homem. “Eu vou para entrevistas em bares, e eles me olham e depois olham meus documentos, e percebem que lá eu sou um garoto. Eles dizem que vão me ligar, mas nunca ligam”, conta. “Eu tenho um diploma em produção de TV, mas não consigo um emprego nem em um bar”. Lopes, que tem 23 anos e ficou em quinto no “Big Brother ” inglês, sonha também em voltar à Grã-Bretanha, se casar e adotar uma criança. “Eu só quero ser amada por quem eu sou”, afirmou ao Huffington Post.

G O N A D A F E M I N I

Brasileiro que participou do “Big Brother” inglês vira mulher

NA

- Esta sessão será exibida SOMENTE Sábado (22/03). - Esta sessão será exibida SOMENTE Sábado (22/03) e Domingo (23/03). - Sessão CineMaterna - Sessão Cine Cult - Sessão Replay

J O S E B O N I F A C I O

A C CM CC SR

A F L O I G S O O P A A L N I D T O O L O

Legendas

Ingredientes: 1 lata(s) de leite condensado 150 ml de suco de maracujá 1 lata(s) de creme de leite 1 envelope(s) de gelatina incolor sem sabor 5 unidade(s) de clara de ovo em neve 5 colher(es) (sopa) de água Modo de Preparo: Bata as claras de ovos em neve e separe. Hidrate a gelatina na água e depois dissolva em banho maria. Bata o leite condensado, o suco e o creme de leite no liqüidificador, em seguida ainda batendo coloque a gelatina dissolvida. Junte a mistura batida no liqüidificador com as claras em neve. Coloque em taças e leve ao congelador por 10 minutos, depois coloque na geladeira. Decore com sementes de maracujá. Observação: De preferência para fazer a receita com 6 horas de antecedência.

R D E S F I O X R M ON P A I C O F A G I A

Rua Izabel Redentora, Nº 1434 Loja 206 São José dos Pinhais PR Fone: (41) 3081-9049 "A Cinemark reserva o direito de alterar a programação sem prévio aviso". "Estréias de filmes ou conteúdos alternativos podem ter preços diferenciados. Favor consultar os valores em nossos cinemas" 300: A Ascensão do Império (dublado) - 16 Anos 12h00C - 14h15 300: A Ascensão do Império 3D 3D (dublado) - 16 Anos 15h50 - 18h20 - 20h50 - 23h10A Alemão - 16 Anos 11h40C - 14h00 - 16h20 - 18h40 - 21h00 - 23h20A As Aventuras de Peabody e Sherman 3D 3D (dublado) - Livre 11h30C - 13h50 16h30 - 19h10 - 21h50 Need For Speed - O Filme (dublado) - 12 Anos SOS Mulheres ao Mar - 12 Anos 12h40C - 14h50 - 17h10 - 19h25 - 21h30 - 23h45A Sala Fechada - Livre

Mousse de Maracujá

C O A N E G J O

Shopping Sao Jose

2/in. 3/six. 6/cônego. 7/califom. 10/anatocismo — fogo pálido.

Programação de Bolso 20/03 a 26/03

72

(Respostas: 1-a / 2-c / 3-d / 4-a / 5-c)


6

| 28 a 30 de março de 2014 |

Metró ole

SAÚDE

Autismo é resultado de anomalias nas estruturas cerebrais, mostra estudo O autismo resulta de anomalias no desenvolvimento de certas estruturas cerebrais do feto, revelaram hoje (27) neurologistas americanos. A descoberta faz parte de estudo que mostra uma desorganização na estrutura cerebral das crianças autistas. "Se for confirmada por outras investigações, poderemos deduzir que isso reflete um processo que se produz bem antes do nascimento", explicou Thomas Insel, diretor do Instituto Americano da Saúde Mental (Iasm), que financiou o trabalho publicado na revista New England Journal of Medicine. "Esses resultados mostram a importância de uma intervenção precoce para tratar o autismo, que atinge uma em cada 88 crianças nos Estados Unidos", acrescentou. O autismo é "geralmente considerado um problema do desenvolvimento do cérebro, mas as investigações não permitiram ainda identificar a lesão responsável", disse Insel. "O desenvolvimento do

cérebro de um feto durante a gravidez inclui a criação do córtex - ou córtex cerebral – composto por seis camadas distintas de neurónios", precisou Eric Courchesne, diretor do Centro de Excelência em Autismo da Universidade da Califórnia (San Diego), principal coautor da pesquisa. "Nós descobrimos anomalias no desenvolvimento dessas camadas corticais na maioria das crianças autistas", acrescentou. Os médicos analisaram amostras de tecido cerebral de 11 crianças autistas, com idade entre 2 e 15 anos, no momento da sua morte, e compararam com amostras de um grupo de 11 crianças não autistas. Os investigadores analisaram uma série de 25 genes que servem de marcadores para certos tipos de células cerebrais que formam as seis camadas do córtex e constataram que esses marcadores estavam ausentes em 91% dos cérebros de crianças autistas, contra 9% no grupo de controle (crianças não autistas).

OSSA Cuida bem da sua vida


| 28 a 30 de marรงo de 2014 |

7


8

PUBLICAÇÕES LEGAIS / NACIONAL

SÚMULA DE RECEBIMENTO DE LICENÇA DE OPERAÇÃO SOTIL LTDA torna pública que recebeu do IAP a Licença de Operação para Regularização da atividade de Coleta e Transportes de Resíduos Sólidos Urbanos Domiciliares, Resíduos Industriais e de Serviços de Saúde, com sede no município de Curitiba na BR-277, n° 2497, Bairro Mossunguê, para operar no território do Estado do Paraná.

ABANDONO DE EMPREGO. SUELI OKSZENSKI DIAS, portadora da CTPS nº 71058, série nº 00055, Função: Aux. de serviços gerais agrícola. Em virtude de sua ausência ao trabalho desde 03/03/2014 e sua desocupação do imóvel ocupado na sede do trabalho em 07/03/2014, solicito o seu comparecimento na sede do estabelecimento empregador, em horário comercial, no prazo de 05 (cinco) dias corridos, a contar desta publicação, sob pena de ser considerado abandono de emprego, conforme disposto no Artigo 482, Letra I, da CLT. Empregador: CIRO BERTOLINI, produtor rural, com registro CEI sob nº 700011098589, com sede em São José dos Pinhais, sito a Rua Valdomiro Valaski nº 1971, Bairro Guatupe.

ABANDONO DE EMPREGO. GIOVANA DIAS, portadora da CTPS nº 4326720, série nº 0040, Função: Aux. de serviços gerais agrícola. Em virtude de sua ausência ao trabalho desde 03/03/2014 e sua desocupação do imóvel ocupado na sede do trabalho em 07/03/2014, solicito o seu comparecimento na sede do estabelecimento empregador, em horário comercial, no prazo de 05 (cinco) dias corridos, a contar desta publicação, sob pena de ser considerado abandono de emprego, conforme disposto no Artigo 482, Letra I, da CLT. Empregador: CIRO BERTOLINI, produtor rural, com registro CEI sob nº 700011098589, com sede em São José dos Pinhais, sito a Rua Valdomiro Valaski nº 1971, Bairro Guatupe.

ABANDONO DE EMPREGO. JEAN DIAS, portador da CTPS nº 9247339, série nº 0030, Função: Aprendiz de serviços gerais agrícola. Em virtude de sua ausência ao trabalho desde 03/03/2014 e sua desocupação do imóvel ocupado na sede do trabalho em 07/03/2014, solicito o seu comparecimento na sede do estabelecimento empregador, em horário comercial, no prazo de 05 (cinco) dias corridos, a contar desta publicação, sob pena de ser considerado abandono de emprego, conforme disposto no Artigo 482, Letra I, da CLT. Empregador: CIRO BERTOLINI, produtor rural, com registro CEI sob nº 700011098589, com sede em São José dos Pinhais, sito a Rua Valdomiro Valaski nº 1971, Bairro Guatupe.

SÚMULA DE LICENÇA SIMPLIFICADA REVOCOAT DO BRASIL INDÚSTRIA DE ADESIVOS E SELANTES torna público que requereu ao IAP, a Licença Simplificada para execução de projeto de tratamento de efluentes de esgoto doméstico de indústria de adesivos e selantes para indústria automotiva a ser implantada na Rua Terra Roxa, nº 97. Emiliano Perneta, Município de Pinhais, Estado do Paraná.

SINDICATO DOS TRABALHADORES NAS EMPRESAS DE MONTAGEM E MANUTENÇÃO E PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS NAS ÁREAS INDUSTRIAIS NO ESTADO DO PARANÁ Sede: Av. Dr. Vital Brasil, 291 - Estação - Araucária/PR - CEP. 83705-720 Fone: (41) 3643-0611 | sindimont@sindimont.org.br EDITAL DE REGISTRO DE CHAPAS O Presidente da entidade supra, em cumprimento ao artigo 74 do Estatuto Social da Entidade, dá conhecimento que foi registrada junto à Comissão Eleitoral da Entidade, uma única chapa para concorrer à eleição que será realizada dias 17 e 18 de junho de 2014. A chapa foi registrada como número 1, com a seguinte composição: DIRETORIA ADMINISTRATIVA – EFETIVOS: Presidente: GILMAR CARLOS LISBOA, Secretário Geral: RONILDO NOGUEIRA PEREIRA, Secretário de Finanças: JOSÉ DORIVAL SIMÕES, Diretor de Formação Sindical: JOSE DE SOUZA e Diretor de Assuntos de Saúde do Trabalhador: VILSON CORREA SAMPAIO. DIRETORIA ADMINISTRATIVA – SUPLENTES: SIDNEY CIDRAL DA COSTA, ALEXANDRE RUBENS MEIRA, ROGERIO PEREIRA, DANIEL DAICZMAN DA CUNHA e RODRIGO PAULO DE SOUZA. CONSELHO FISCAL – EFETIVOS: JONAS CLAUDINO DA SILVA, LUIZ CARLOS DOS SANTOS CORREIA e LUIZ CARLOS DOS SANTOS. CONSELHO FISCAL – SUPLENTES: JUAREZ CASTORINO DE MIRANDA, CARLOS ALBERTO FALKE e ILSO FARIAS. DELEGADOS REPRESENTANTES JUNTO A FETRACONSPAR – EFETIVOS: GILMAR CARLOS LISBOA e RONILDO NOGUEIRA PEREIRA. DELEGADOS REPRESENTANTES JUNTO A FETRACONSPAR – SUPLENTES: GILBERTO MARINESKI e PEDRO SCHINDA FURMAN. A partir da data da publicação deste Edital no jornal “Tribuna do Paraná”, fica aberto o prazo de 03 (três) dias para impugnação de candidaturas, conforme preceitua o artigo 77 do Estatuto Social. Os pedidos de impugnação serão dirigidos pôr associado da entidade, ao presidente do sindicato, na forma do Estatuto Social, que encaminhará a Comissão Eleitoral. Durante o prazo para impugnação, ou seja, 31/03/2014 (segundafeira), 01/04/2014 (terça-feira) e 02/04/2014 (quarta-feira), o Sindicato manterá Comissão Eleitoral em expediente das 08:00 às 12:00 horas e das 13:00 às 17:30 horas na sede do Sindicato sito à Av. Dr. Vital Brasil, nº. 291 – Estação, em Araucária/PR. Araucária, 28 de março de 2014 – ANTONIO LEMOS DO PRADO – Presidente.

JUÍZO DE DIREITO DA DÉCIMA QUARTA VARA CÍVEL DACOMARCA DE CURITIBA - ESTADO DO PARANÁ.EDITAL DE CITAÇÃO COM PRAZO DE 30 (TRINTA) DIAS DOS REQUERIDOS FABIAN ARIEL BOURSCHEIDT ME, FABIAN ARIEL BOURSCHEIDT e LUCINEIA MORAIS BOURSCHEIDT, por estar(em) em lugar(es) incerto(s) ou não sabido.O Dr. CÉSAR GHIZONI, MM. Juiz de Direito da Décima Quarta Vara Cível, desta Comarca de Curitiba, Capital do Estado do Paraná, etc...F A Z S A B E R, a todos quantos virem o presente edital ou dele conhecimento tiverem, com prazo de 30 (trinta) dias, que por este meio cita(m) os requeridos FABIAN ARIEL BOURSCHEIDT ME, FABIAN ARIEL BOURSCHEIDT e LUCINEIA MORAIS BOURSCHEIDT, inscrito(a) no CPF/MF sob número01.589.036/0001-15 | 829.206.219-04 | 015.343.099-00, por estar(em) em lugar(es) incerto(s) e não sabido, para no prazo de 15 (quinze) dias, contestar(em) a presente ação, querendo, sendo que não o fazendo, inclusive por não ter(em) advogado, importará(ão) na presunção de que admitiu(ram) como verdadeiros e aceitos os fatos articulados pela requerente na inicial, referente aos autos sob nº1323/2011, com número unificado sob nº 0036731-88.2011.8.16.0001 de ação de DESPEJO POR FALTA DE PAGAMENTO em que MARIA FABRICIO DE MELLO promove contra FABIAN ARIEL BOURSCHEIDT ME, FABIAN ARIEL BOURSCHEIDT e LUCINEIA MORAIS BOURSCHEIDT, cujo teor da petição inicial, em seu resumo, é do seguinte teor: “A requerente é proprietária do imóvel situado na Avenida Senador Salgado Filho, 4933, e o aluga para a primeira requerida desde 01 de dezembro de 2007. No final de sua vigência, as partes ainda estipularam acordo particular que prorrogou a vigência da locação até findos o mês de dezembro de 2011, ocasião em que também reajustaram a locação mensal para a quantia de R$ 1.500,00 (mil quinhentos reais). Deve-se ressaltar que embora não tenha sido elaborado novo contrato de locação, a despeito do que ficou previsto no acordo supramencionado, por evidente que este, prevendo o início e o fim da sua vigência, vale para fins de continuidade contratual. Assim sendo, os alugueres e encargos devidos pela primeira requerida, e garantida pelos segundo e terceiro requeridos na qualidade de fiadores da obrigação, atualizados até a data de 12/07/2011, perfazem a quantia de R$ 17.372,83, os quais, não pagos até a presente data, ensejam o despejo da requerida.” E para que ninguém no futuro possa alegar ignorância, mandou passar o presente edital que será fixado no lugar de costume e publicado na forma da Lei. D A D O E P A S S A D O, nesta cidade de Curitiba, Capital do Estado do Paraná, aos Um dias do mês de Fevereiro do ano de Dois Mil e Quatorze.Eu, (Edson Martins de Carvalho – Escrevente Juramentado), o subscrevi. CÉSAR GHIZONI -Juiz de Direito.

| 28 a 30 de março de 2014 |

EDITAL DE CITAÇÃO DOS RÉUS E DOS EVENTUAIS INTERESSADOS. PRAZO DE 60 DIAS. O DOUTOR OSVALDO CANELA JUNIOR, MERITÍSSIMO JUIZ DE DIREITO TITULAR DA 3ª VARA CÍVEL DA COMARCA DA REGIÃO METROPOLITANA DE CURITIBA - FORO REGIONAL DE SÃO JOSÉ DOS PINHAIS –ESTADO DO PARANÁ, FAZ SABER, pelo presente edital, com prazo de 60 (sessenta) dias, que ficam os réus e os eventuais interessados devidamente CITADOS do inteiro teor da petição inicial da AÇÃO DEDIVISÃO PARCIAL DE IMÓVEL que tramita perante a 3ª VARA CÍVEL DO FORO DE SÃO JOSÉ DOS PINHAIS, DA COMARCA DA REGIÃO METROPOLITANA DE CURITIBA, sob o n. 0019356-98.2013.8.16.0035, em que é requerente MOBASA REFLORESTAMENTO S.A, e requeridos OSVALDO DO NATAL ALVES, ROSI MARI, BILGAMANN ALVES e JOAQUIM ANTENOR DOS SANTOS, RÉUS E EVENTUAIS INTERESSADOS. A parte autora alega ser proprietária de uma área de 11 (onze) alqueires e 20 (vinte) litros, em comum numa área maior de 15 (quinze) alqueires e 20 (vinte) litros, situada no lugar Barreiros ou Salto da Boa Vista, Município de Tijucas do Sul, conforme consta na transcrição nº 4.018 do 2º Ofício do Registro de Imóveis desta Comarca de São José dos Pinhais/PR. Desde a aquisição, em data de 20/02/1975, a Autora tomou posse de sua quota ideal com os limites e confrontações delimitadas e em seguida a fim de cumprir seus objetivos sociais, reflorestou toda a área, preservando apenas as matas ciliares e aquelas destinadas a reserva legal, com espécies de árvores exóticas para exploração industrial. Realizou todas as benfeitorias necessárias para as suas atividades, procedendo a manutenção e implantação de aceiros e estradas internas, limpeza e desbastes das árvores e ao longo desse tempo jamais encontrou qualquer empecilho ou foi perturbada por possíveis condôminos, proprietários ou confrontantes deste imóvel. Observando as divisas e confrontações de sua parte ideal, realizou a medição georreferenciada, conforme mapa e memorial descritivo inclusos, firmado pelo Técnico Agrícola Solanjo Antonio Gertler, inscrito no CREA sob nº 73.815 -TD/PR, que totalizou 278.300,00 m2 (duzentos e setenta e oito mil e trezentos metros quadrados), ou, exatos 11 (onze) alqueires e 20 (vinte) litros), como abaixo descrito: “Terreno Rural com área de 278.300,00 m², ou 27 hectares e 83 ares, situado na localidade de Salto da Boa Vista, município de Tijucas do Sul, fundos da estrada municipal, distante 4,6 km da Capela de São José, Capela situada na localidade de Cangoera. Imóvel com a seguinte descrição: Iniciase no vértice denominado CGD-M-6038 de coordenadas E 684.145,72 m e N 7.127.218,70 m, dividindo-o com o Joaquim Antenor dos Santos; Deste, segue confrontando com Joaquim Antenor dos Santos com os seguintes azimutes e distâncias: 109°55’11" e 20,36 m até o vértice CGD-M-6039 de coordenadas E 684.164,86 m e N 7.127.211,76 m; 120°19’27" e 129,56 m até o vértice CGD-M-6040 de coordenadas E 684.276,69 m e N 7.127.146,35 m, cravado na margem direita do arroio denominado de Arroio das Doenças; Deste, segue a jusante pelo arroio com os seguintes azimutes e distâncias: 201°51’49" e 8,81 m até o vértice CGD-V-2828 de coordenadas E 684.273,41 m e N 7.127.138,17 m; 184°23’37" e 9,42 m até o vértice CGD-V-2829 de coordenadas E 684.272,69 m e N 7.127.128,77 m; 178°03’16" e 8,57 m até o vértice CGD-V-2830 de coordenadas E 684.272,98 m e N 7.127.120,20 m; 176°14’03" e 23,39 m até o vértice CGD-V-2841 de coordenadas E 684.274,52 m e N 7.127.096,86 m; 170°23’49" e 26,41 m até o vértice CGDP-T978 de coordenadas E 684.278,92 m e N 7.127.070,82 m; 189°55’42" e 21,62 m até o vértice CGD-P-T979 de coordenadas E 684.275,20 m e N 7.127.049,52 m; 131°56’43" e 32,99 m até o vértice CGD-P-T980 de coordenadas E 684.299,73 m e N 7.127.027,47 m; 132°33’49" e 11,41 m até o vértice CGD-P-T981 de coordenadas E 684.308,13 m e N 7.127.019,75 m; 156°43’44" e 10,80 m até o vértice CGD-P-T982 de coordenadas E 684.312,40 m e N 7.127.009,84 m; 209°19’03" e 22,43 m até o vértice CGD-P-T983 de coordenadas E 684.301,42 m e N 7.126.990,28 m; 292°59’11" e 5,32 m até o vértice CGD-P-T984 de coordenadas E 684.296,52 m e N 7.126.992,36 m; 299°21’56" e 23,54 m até o vértice CGD-P-T985 de coordenadas E 684.276,01 m e N 7.127.003,90 m; 261°27’40" e 9,48 m até o vértice CGD-P-T986 de coordenadas E 684.266,64 m e N 7.127.002,50 m; 222°57’29" e 25,16 m até o vértice CGDP-T987 de coordenadas E 684.249,49 m e N 7.126.984,08 m; 144°18’06" e 22,50 m até o vértice CGD-P-T988 de coordenadas E 684.262,62 m e N 7.126.965,81 m; 159°04’23" e 16,90 m até o vértice CGD-P-T989 de coordenadas E 684.268,65 m e N 7.126.950,02 m; 84°02’50" e 35,12 m até o vértice CGD-P-T990 de coordenadas E 684.303,58 m e N 7.126.953,66 m; 98°29’10" e 9,95 m até o vértice CGD-P-T991 de coordenadas E 684.313,42 m e N 7.126.952,20 m; 22°19’22" e 15,99 m até o vértice CGDP- T992 de coordenadas E 684.326,94 m e N 7.126.943,64 m; 190°58’57" e 5,87 m até o vértice CGD-PT993 de coordenadas E 684.325,82 m e N 7.126.937,88 m; 261°16’41" e 14,16 m até o vértice CGD-P-T994 de coordenadas E 684.311,82 m e N 7.126.935,74 m; 245°18’18" e 28,85 m até o vértice CGD-P-T995 de coordenadas E 684.285,61 m e N 7.126.923,68 m; 279°32’48" e 14,42 m até o vértice CGD-P-T996 de coordenadas E 684.271,40 m e N 7.126.926,07 m; 228°37’55" e 26,93 m até o vértice CGD-P-T997 de coordenadas E 684.251,18 m e N 7.126.908,27 m; 234°11’40" e 28,65 m até o vértice CGD-P-T998 de coordenadas E 684.227,94 m e N 7.126.891,51 m; 262°17’17" e 8,88 m até o vértice CGD-P-T999 de coordenadas E 684.219,15 m e N 7.126.890,32 m; 219°42’10" e 28,78 m até o vértice CGD-P-U001 de coordenadas E 684.200,77 m e N 7.126.868,18 m; 133°24’34" e 13,73 m até o vértice CGD-P-U002 de coordenadas E 684.210,74 m e N 7.126.858,74 m; 145°48’30" e 9,57 m até o vértice CGD-P-U003 de coordenadas E 684.216,12 m e N 7.126.850,83 m; 245°15’59" e 12,66 m até o vértice CGD-P-U004 de coordenadas E 684.204,62 m e N 7.126.845,53 m; 280°52’25" e 12,39 m até o vértice CGD-P-U005 de coordenadas E 684.192,45 m e N 7.126.847,87 m; 252°39’11" e 7,19 m até o vértice CGD-P-U006 de coordenadas E 684.185,58 m e N 7.126.845,72 m; 210°06’27" e 11,72 m até o vértice CGDP-U007 de coordenadas E 684.179,70 m e N 7.126.835,58 m; 225°45’19" e 28,59 m até o vértice CGD-P-U008 de coordenadas E 684.159,22 m e N 7.126.815,64 m; 184°31’40" e 13,74 m até o vértice CGD-P-U009 de coordenadas E 684.158,14 m e N 7.126.801,93 m; 245°08’11" e 18,92 m até o vértice CGD-P-U010 de coordenadas E 684.140,97 m e N 7.126.793,98 m; 207°07’15" e 19,46 m até o vértice CGD-P-U011 de coordenadas E 684.132,10 m e N 7.126.776,66 m; 240°38’24" e 14,67 m até o vértice CGD-P-U012 de coordenadas E 684.119,31 m e N 7.126.769,47 m; 200°50’29" e 25,89 m até o vértice CGD-P-U013 de coordenadas E 684.110,10 m e N 7.126.745,27 m; 227°30’04" e 8,75 m até o vértice CGD-P-U014 de coordenadas E 684.103,65 m e N 7.126.739,36 m; 245°48’41" e 18,65 m até o vértice CGD-P-U015 de coordenadas E 684.086,64 m e N 7.126.731,72 m; 234°13’08" e 9,05 m até o vértice CGDP-U016 de vértice CGD-P-T988 de coordenadas E 684.262,62 m e N 7.126.965,81 m; 159°04’23" e 16,90 m até o vértice CGD-P-T989 de coordenadas E 684.268,65 m e N 7.126.950,02 m; 84°02’50" e 35,12 m até o vértice CGDP-T990 de coordenadas E 684.303,58 m e N 7.126.953,66 m; 98°29’10" e 9,95 m até o vértice CGD-P-T991 de coordenadas E 684.313,42 m e N 7.126.952,20 m; 22°19’22" e 15,99 m até o vértice CGDP- T992 de coordenadas E 684.326,94 m e N 7.126.943,64 m; 190°58’57" e 5,87 m até o vértice CGD-PT993 de coordenadas E 684.325,82 m e N 7.126.937,88 m; 261°16’41" e 14,16 m até o vértice CGD-P-T994 de coordenadas E 684.311,82 m e N 7.126.935,74 m; 245°18’18" e 28,85 m até o vértice CGD-P-T995 de coordenadas E 684.285,61 m e N 7.126.923,68 m; 279°32’48" e 14,42 m até o vértice CGD-P-T996 de coordenadas E 684.271,40 m e N 7.126.926,07 m; 228°37’55" e 26,93 m até o vértice CGD-P-T997 de coordenadas E 684.251,18 m e N 7.126.908,27 m; 234°11’40" e 28,65 m até o vértice CGD-P-T998 de coordenadas E 684.227,94 m e N 7.126.891,51 m; 262°17’17" e 8,88 m até o vértice CGD-P-T999 de coordenadas E 684.219,15 m e N 7.126.890,32 m; 219°42’10" e 28,78 m até o vértice CGD-P-U001 de coordenadas E 684.200,77 m e N 7.126.868,18 m; 133°24’34" e 13,73 m até o vértice CGD-P-U002 de coordenadas E 684.210,74 m e N 7.126.858,74 m; 145°48’30" e 9,57 m até o vértice CGD-P-U003 de coordenadas E 684.216,12 m e N 7.126.850,83 m; 245°15’59" e 12,66 m até o vértice CGD-P-U004 de coordenadas E 684.204,62 m e N 7.126.845,53 m; 280°52’25" e 12,39 m até o vértice CGD-P-U005 de coordenadas E 684.192,45 m e N 7.126.847,87 m; 252°39’11" e 7,19 m até o vértice CGD-P-U006 de coordenadas E 684.185,58 m e N 7.126.845,72 m; 210°06’27" e 11,72 m até o vértice CGD-P-U007 de coordenadas E 684.179,70 m e N 7.126.835,58 m; 225°45’19" e 28,59 m até o vértice CGD-P-U008 de coordenadas E 684.159,22 m e N 7.126.815,64 m; 184°31’40" e 13,74 m até o vértice CGD-P-U009 de coordenadas E 684.158,14 m e N 7.126.801,93 m; 245°08’11" e 18,92 m até o vértice CGD-P-U010 de coordenadas E 684.140,97 m e N 7.126.793,98 m; 207°07’15" e 19,46 m até o vértice CGD-P-U011 de coordenadas E 684.132,10 m e N 7.126.776,66 m; 240°38’24" e 14,67 m até o vértice CGD-P-U012 de coordenadas E 684.119,31 m e N 7.126.769,47 m; 200°50’29" e 25,89 m até o vértice CGD-P-U013 de coordenadas E 684.110,10 m e N 7.126.745,27 m; 227°30’04" e 8,75 m até o vértice CGD-P-U014 de coordenadas E 684.103,65 m e N 7.126.739,36 m; 245°48’41" e 18,65 m até o vértice CGD-P-U015 de coordenadas E 684.086,64 m e N 7.126.731,72 m; 234°13’08" e 9,05 m até o vértice CGD-P-U016 de coordenadas E 683.938,88 m e N 7.126.428,44 m; 222°00’56" e 25,62 m até o vértice CGD-P-U041 de coordenadas E 683.921,73 m e N 7.126.409,40 m; 193°42’23" e 17,74 m até o vértice CGD-P-U042 de coordenadas E 683.917,53 m e N 7.126.392,17 m; 229°52’50" e 22,86 m até o vértice CGD-P-U043 de coordenadas E 683.900,04 m e N 7.126.377,43 m; 263°35’38" e 16,60 m até o vértice CGD-P-U044 de coordenadas E 683.883,55 m e N 7.126.375,58 m; 217°29’24" e 31,05 m até o vértice CGD-P-U045 de coordenadas E 683.864,65 m e N 7.126.350,95 m; 254°19’39" e 50,17 m até o vértice CGD-P-U046 de coordenadas E 683.816,35 m e N 7.126.337,39 m; 222°58’08" e 16,64 m até o vértice CGD-P-U047 de coordenadas E 683.805,01 m e N 7.126.325,22 m; 153°51’21" e 10,17 m até o vértice CGD-P-U048 de coordenadas E 683.809,49 m e N 7.126.316,09 m; 94°27’05" e 8,75 m até o vértice CGD-P-U049 de coordenadas E 683.818,21 m e N 7.126.315,41 m; 188°05’37" e 18,38 m até o vértice CGD-P-U050 de coordenadas E 683.815,62 m e N 7.126.297,22 m; 229°33’11" e 19,74 m até o vértice CGD-P-U051 de coordenadas E 683.800,60 m e N 7.126.284,41 m; 252°38’27" e 28,45 m até o vértice CGD-P-U052 de coordenadas E 683.773,45 m e N 7.126.275,93 m; 225°43’08" e 7,50 m até o vértice CGD-P-U053 de coordenadas E 683.768,08 m e N 7.126.270,69 m; 147°51’28" e 5,54 m até o vértice CGDP-U054 de coordenadas E 683.771,03 m e N 7.126.266,00 m; 102°30’04" e 22,74 m até o vértice CGD-M-6050 de coordenadas E 683.793,24 m e N 7.126.261,08 m, cravado na margem direita do arroio denominado de Arroio das Doenças; Deste, segue confrontando com Emílio Rubem Manfra com o azimute de 128°39’33" e a distância de 543,51 m até o vértice CGD-M-6051 de coordenadas E 684.217,65 m e N 7.125.921,55 m, cravado na margem da estrada municipal; Deste, segue pela margem da estrada municipal com os seguintes azimutes e distâncias: 212°28’20" e 14,10 m até o vértice CGD-O-7703 de coordenadas E 684.210,08 m e N 7.125.909,66 m; 196°09’45" e 32,25 m até o vértice CGD-O-7704 de coordenadas E 684.201,11 m e N 7.125.878,68 m; 202°13’45" e 29,49 m até o vértice CGD-O-7705 de coordenadas E 684.189,95 m e N 7.125.851,38 m; 192°55’05" e 23,21 m até o vértice CGD-O-7706 de coordenadas E 684.184,76 m e N 7.125.828,76 m; 181°59’17" e 38,80 m até o vértice CGD-O-7707 de coordenadas E 684.183,42 m e N 7.125.789,99 m; 195°41’31" e 13,82 m até o vértice CGD-O-7708 de coordenadas E 684.179,68 m e N 7.125.776,69 m; 209°08’02" e 35,34 m até o vértice CGD-O-7709 de coordenadas E 684.162,47 m e N 7.125.745,82 m; 217°54’09" e 17,07 m até o vértice CGD-O-7710 de coordenadas E 684.151,99 m e N 7.125.732,35 m; 242°29’00" e 10,78 m até o vértice CGD-O-7711 de coordenadas E 684.142,43 m e N 7.125.727,37 m; 257°27’18" e 24,64 m até o vértice CGD-O-7712 de coordenadas E 684.118,38 m e N 7.125.722,02 m; 247°47’24" e 17,48 m até o vértice CGD-O-7713 de coordenadas E 684.102,20 m e N 7.125.715,41 m, cravado na margem da estrada municipal; Deste, segue confrontando com Fazenda Salto da Boa Vista, de Mobasa Reflorestamento S/A com os seguintes azimutes e distâncias: 320°04’44" e 378,47 m até o vértice CGD-V-2832 de coordenadas E 683.859,32 m e N 7.126.005,67 m; 320°44’36" e 354,60 m até o vértice CGD-V-2831 de coordenadas E 683.634,93 m e N 7.126.280,25 m; 39°56’38" e 468,18 m até o vértice CGD-M-6185 de coordenadas E 683.935,52 m e N 7.126.639,19 m; Deste, segue confrontando com Osvaldo do Natal Alves com os seguintes azimutes e distâncias: 16°40’46" e 227,32 m até o vértice CGD-M-6035 de coordenadas E 684.000,76 m e N 7.126.856,94 m; 19°58’28" e 73,86 m até o vértice CGD-M-6036 de coordenadas E 684.026,00 m e N 7.126.926,36 m; 12°42’02" e 183,06 m até o vértice CGD-M-6037 de coordenadas E 684.066,24 m e N 7.127.104,95 m; Deste, segue confrontando com Theodoro dos Santos com o azimute de 34°56’25" e a distância de 138,76 m até o vértice CGD-M-6038 de coordenadas E 684.145,72 m e N 7.127.218,70 m; início de descrição, fechando assim o perímetro do polígono acima descrito. Todas as coordenadas aqui descritas estão georreferenciadas ao Sistema Geodésico Brasileiro, e encontra-se representadas no Sistema UTM, referenciadas ao Meridiano Central 51° WGr, tendo como datum o SIRGAS2000. Todos os azimutes e distâncias, área e perímetro foram calculados no plano de projeção UTM.” Citem-se os réus e eventuais interessados para, querendo, oferecerem resposta no prazo legal de 20 (vinte) dias, observando-se que não sendo contestada a ação no prazo legal, presumir-se-ão aceitos como verdadeiros os prazos alegados na inicial pela parte autora (artigos 285 e 319 do Código de Processo Civil). E ainda, que a presente citação valerá para todos os atos do processo e que os réus e eventuais interessados da presente, somente serão intimados dos atos processuais seguintes se atenderem a presente citação. São José dos Pinhais, 12 de março de 2014. Eu, _______, Tiago Hiroaki Inoue, o digitei vai conferido e assinado pela Chefe de Secretaria conforme autorização da Portaria 01/2012. Patrícia Elache Gonçalves dos Reis Chefe de Secretaria

JUIZO DE DIREITO DA QUARTA VARA CIVEL DO FORO CENTRAL DA COMARCA DE CURITIBA.AVENIDA CANDIDO DE ABREU, 535, 2º ANDAR - FORUM CIVEL - CENTRO CIVICO.EDITAL DE CITAÇÃO DO REQUERIDO SOCIEDADE TERRITORIAL CAPANEMA LTDA PRAZO DE VINTE (20) DIAS.O DR. FERNANDO AUGUSTO FABRICIO DE MELO, MM. JUIZ DE DIREITO DA QUARTA VARA CÍVEL DO FORO CENTRAL DA COMARCA DA REGIÃO METROPOLITANA DE CURITIBA, CAPITAL DO ESTADO DO PARANÁ, NA FORMA DA LEI, ETC.F A Z S A B E R a todos quantos o presente edital virem, ou dele conhecimento tiverem, que por este Juízo e Cartório da 4ª Vara Cível se processa a Ação de Adjudicação Compulsória, sob n.° 28532/2012, em que é requerente NELSON LUIZ WOJTOVICZ e Outros e requerido SOCIEDADE TERRITORIAL CAPANEMA LTDA, tendo o presente a finalidade de CITAR o requerido SOCIEDADE TERRITORIAL CAPANEMA LTDA, pessoa jurídica de direito privado, atualmente em lugar incerto e não sabido, para que, fique ciente dos termos da ação e, querendo, conteste-a no prazo de quinze (15) dias, sob pena de presumir-se com verdadeiros os fatos articulados pela parte autora (art. 285 do CPC). Resenha da inicial: “O progenitor dos requerentes adquiriu da requerida o imóvel, assim descrito: Lote de terreno nº 26, da quadra 24, da Planta Capanema, matriculado sob nº 80.461, do 4º Registro de Imóveis desta Capital; Os pais dos requerentes já faleceram; Por ocasião do início da reunião dos documentos para a elaboração do inventário dos bens deixados pelos pais dos requerentes, não foi localizada a escritura definitiva do referido imóvel; Os requerentes buscaram localizar a empresa que vendeu o imóvel aos seus pais, ora requerida, com intuito de que a mesma outorgasse a escritura definitiva do imóvel em questão, mas todas as tentativas foram em vão, desta forma foi averbado apenas o Compromisso de Compra e Venda à margem da referida Matrícula; Na seqüência, foi lavrada no 11º Tabelionato desta Capital apenas a Escritura Pública de Inventário dos Direitos de Compromisso de Compra e Venda, do Espólio de Estanislau Wojtovicz e Maria do Pilar Wojtovicz; Perante a Prefeitura Municipal de Curitiba, sempre constou o nome do progenitor dos requerentes, Sr. Estanislau Wojtovicz como proprietário do referido imóvel. Apesar do imóvel estar total e integralmente quitado, os requerentes não conseguiram até a presente data, por meios normais e próprios, a obtenção da legalização imobiliária da propriedade, em virtude de os dirigentes e os diretores da empresa SOCIEDADE TERRITORIAL CAPANEMA LTDA, ora requerida, não mais se encontrarem no endereço acima enunciado, sendo assim impossível de obtenção de qualquer resultado positivo a respeito da outorga da Escritura Definitiva.”. DADO E PASSADO, nesta cidade e Comarca de Curitiba, aos 14 de Março do ano de 2014. Eu,(a) (Bruna C. Montagner), Auxiliar Juramentada, que o fiz digitar e subscrevo. (a) FERNANDO AUGUSTO FABRICIO DE MELO-Juiz de Direito.

EDITAL DE PROCLAMAS CARTÓRIO DISTRITAL DE SÃO CASEMIRO DO TABOÃO. Rua Mateus Leme nº 1425 Centro Cívico – CEP: 80.530-010 - Fone: (41) 3352-3212 Fax: (41) 33523222 – CURITIBA –PR. Faço saber que pretendem CONVERTER A UNIÃO ESTÁVEL EM CASAMENTO: FRANCISCO PAULO CIPOLLA e LUZINETE PEREIRA DA SILVA Sabendo alguém de qualquer impedimento, oponha-o na forma da Lei. Curitiba, 27 de Março de 2014. JOSÉ MARCELO LUCAS DE OLIVEIRA Oficial

São José dos Pinhais, 28 de março de 2014

JUÍZO DE DIREITO DA DÉCIMA NONA VARA CÍVEL DO FORO CENTRAL DA COMARCA DA REGIÃO METROPOLITANA DE CURITIBA - ESTADO DO PARANÁ EDITAL DE CITAÇÃO DE REUS INCERTOS E EVENTUAIS INTERESSADOS, COM PRAZO DE 30 (TRINTA) DIAS. FAZ SABER, a quantos o presente edital virem ou dele conhecimento tiverem, que neste Juízo da 19ª Vara Cível de Curitiba/PR, sito à Av. Cândido de Abreu, 535, 10° andar, Centro Cívico, tramitam os autos de AÇÃO DE USUCAPIÃO, registrado sob n.º 7396-53.2013.8.16.0001, promovido por: LINDOMAR LOPES E OUTRA, em face dos RÉUS AUSENTES, INCERTOS, DESCONHECIDOS e EVENTUAIS INTERESSADOS, todos de paradeiro incerto e desconhecido, pelo presente FICAM, devidamente CITADOS, os réus ausentes, incertos, desconhecidos e eventuais interessados, para, querendo, CONTESTAR a presente ação através de advogado constituído, no prazo de 30 (trinta) dias, a contar da juntada aos autos dos comprovantes das publicações deste edital. O que faz ante o resumo da petição inicial, como segue:”Neste imóvel construíram sua casa para moradia, sendo que inclusive residem no imóvel até a presente data. Ali construíram além de sua residência, também sua família, sendo que é local onde nunca ninguém afrontou sua posse. Adquiriram o imóvel de Oswaldo Amaro Gomes e sua esposa Adelaide Antunes Gomes, que já mantinha posse mansa e pacífica desde 1978. Ainda que contabilizando somente a sua posse, são possuidores, de posse mansa e pacífica, frise-se, há mais de 14 anos. O título ilustrativo, importante destacar ao Juízo que o dono anterior possuía o imóvel desde 09 de novembro de 1978, e que, segundo o artigo 1243 do Código Civil, o possuidor pode, para o fim de contar o tempo exigido para o Usucapião, acrescer à sua posse, a de seus antecessores, desde que contínuas, pacíficas, e no caso do artigo 1242, com justo título e boa fé. De se destacar ainda, que o IPTU cobrado pela Prefeitura da Cidade de Curitiba envolve a área toda, e não somente o terreno dos autores, e tem Indicação Fiscal nº 89-048-004.081-1 e Inscrição Imobiliária nº 70.0.0001.0956.00-2. DO IMÓVEL – O imóvel usucapiendo é assim descrito: “LOTE 14 - Oriundo de subdivisão de imóvel rural, Bairro Caximba, nessa Capital, medindo 13,00 m de frente para a rua particular 2, pelo lado direito de quem da referida via observa o imóvel, mede 32,00 m, onde confronta com Adelaide Antunes Gomes, pelo lado esquerdo de quem da referida via olha o imóvel, mede 33,00 m, onde confronta com Marta Antunes dos Santos, na linha de fundos mede 13,00 m, onde confronta com Gelson Duarte, fechando o perímetro e perfazendo área total de 422,50 m².”ADVERTÊNCIA: Não sendo contestada a presente ação, presumir-seão aceitos como verdadeiros os fatos expostos pelos requerentes, consoante o disposto na segunda parte do art. 285 do Cód. de Processo Civil. E, para que chegue ao conhecimento dos interessados e não possam no futuro alegar ignorância, mandou expedir o presente edital que será publicado e afixado na forma da lei. DADO E PASSADO nesta Cidade de Curitiba - Capital do Estado do Paraná, aos quatorze dias do mês de agosto do ano de dois mil e treze.(a) FERNANDO PEREIRA DE FREITA. Escrevente Juramentado. Portaria 215/2012. Por ordem do MM. Juiz.

Juízo de Direito da Vara de Acidentes do Trabalho e Precatórias Cíveis do Foro Central da Comarca da Região Metropolitana de Curitiba – Paraná – Rua Lysímaco Ferreira da Costa, 355, Centro Cívico – Curitiba-PR. Fone 0xx 41 3026-2334 – fax 3362-4095 – ramal 8064 – Eliane Leocádia Porrat Ivanoski , Escrivã. Edital para conhecimento de terceiros, expedido dos autos de RETIFICAÇÃO DE REGISTRO CIVIL sob nº 0036797.68.2011.8.16.0001, em que são requerentes CLEIDE MAZZAROLO MARQUES, EDUARDO FILIPE MAZZAROLO MARQUES e CANDICE MARIAH MAZZAROLO MARQUES . Prazo de 20 (vinte) dias. A Doutora Lydia Aparecida Martins Sornas, MM. Juíza de direito Substituta da Vara de Acidentes do Trabalho e Precatórias Cíveis do Foro Central da Comarca da Região Metropolitana de Curitiba, Capital do Estado do Paraná. FAZ SABER aos que o presente edital virem ou dele conhecimento tiverem, expedido dos autos acima mencionados, que se processam por este Juízo e Cartório , que pelo presente cientifica terceiros e interessados do pedido de retificação do sobrenome de família e que nos termos da sentença prolatada nos autos em 19/08/2013, passam a se chamarem MARIANNA DONSELLI MAZZAROLO; CLEIDE MAZZAROLO MARQUES; VALÉRIO MAZZAROLO; MARIA LOURDES MAZAROLO; FERDINANDO MAZZALO; EDUARDO FILIPE MAZZAROLO MARQUES; JOÃO ANTONIO CARRANO MARQUES; CANDICE MARIAH MAZZAROLO MARQUES. E para que chegue ao conhecimento dos interessados e ninguém possa alegar ignorância mandou expedir o presente edital que será afixado e publicado, na forma da lei. Dado e Passado nesta cidade de Curitiba, Capital do Estado do Paraná, aos oito dias do mês de janeiro do ano dois mil e quatorze. Eu, (a) Jefferson Rodrigues Granato da Silva, Escrevente Juramentado, que o digitei e subscrevi. (a) Lydia Aparecida Martins Sornas – Juíza de Direito Substituto.


| 28 a 30 de março de 2014 |

PUBLICAÇÕES LEGAIS / NACIONAL

9

Tráfego de veículos volta ao normal na trincheira da Winston Churchill

EDITAL DE PRIMEIRO PÚBLICO LEILÃO E DE NOTIFICAÇÃO Luiz Carlos Dall Agnol, brasileiro, Leiloeiro Oficial, matricula Nº 639, estabelecido na Rua Rafael Picolli, nº 2675, Cascavel, Paraná, fone (45) 9982-0971, FAZ SABER QUE, devidamente autorizado pelo Agente Fiduciário designado pelo credor exeqüente HSBC Bank Brasil S/A – Banco Múltiplo, VENDERÁ, na forma da Lei (Decreto-Lei nº 70, de 21.11.66, e regulamentação complementar), em PRIMEIRO PÚBLICO LEILÃO, que será realizado no dia 17/04/2014 às 10:00 hrs, Na Rua Padre Gaston, nº 571, sl 01, Cic, Curitiba, Paraná, os imóveis adiante descritos, a partir do lanço mínimo indicado, para pagamento de dívida hipotecária em favor do HSBC Bank Brasil S/A – Banco Múltiplo. APARTAMENTO Nº 132, do Edifício Aquarius, contendo vaga de garagem, com área total de 212,64m², sito a Rua Estevão Bayão, nº 131, Curitiba/Pr, com as demais características na matrícula nº 32.202 do Cartório de Registro de Imóveis da 6ª Circunscrição de Curitiba/PR, financiado a Benedito Campos Neto, brasileiro, separado consensualmente, psicanalista, portador da CI/RG nº 197.731-9/PR e inscrito no CPF/MF nº 405.033.729-00, conforme consta no contrato habitacional nº 10.432-7, O lanço mínimo para venda será de R$ 598.000,00, mais atualização monetária até o dia deste Primeiro Público Leilão, Solicitação de Execução da Dívida - SED nº 7017932. - Ficam desde já notificados do presente leilão os mutuários acima indicados, bem como seus cônjuges, caso não sejam localizados. - A(s) venda(s) será(ão) feita(s) mediante pagamento à vista, podendo o arrematante pagar no ato, como sinal, 20% (vinte por cento) do preço da arrematação, além da comissão correspondente ao leiloeiro, e o saldo restante no prazo impreterível de 8 (oito) dias. - O lance mínimo para a venda será o correspondente ao saldo devedor e acessórios, ou avaliação, estando, porém, sujeitos a atualização até 24 horas antes da realização da praça. - As despesas relativas à Comissão de Leiloeiro, Registro, Funrejus, IPTU, ITBI, Condomínio (se for o caso) e demais Impostos e Taxas correrão por conta do arrematante. - Caso o imóvel esteja ocupado, o arrematante fica ciente que será o responsável pelas providências de desocupação do mesmo. - O(s) imóvel(eis) acima teve(tiveram) sua redação resumida, autorizada pela Lei Federal nº 7433/85 e na forma do Código de Normas da Corregedoria de Justiça do Estado do Paraná. - O leiloeiro, acima já qualificado, acha-se habilitado a fornecer aos interessados informações pormenorizadas sobre o(s) imóvel(eis), objeto deste Edital de Primeiro Público Leilão e de Notificação. Curitiba, 25 de março de 2014. Luiz Carlos Dall Agnol Leiloeiro Oficial Publicações no Jornal Metrópole dias: 25/03/2014; 28/03/2014; 17/04/2014.

Com um mês de antecedência em relação ao prazo previsto, foi liberado na quinta-feira (27) o tráfego na trincheira da Avenida Winston Churchill, sob a Linha Verde Sul. Desde as 15 horas, o trânsito de automóveis e ônibus voltou a fluir normalmente pela passagem, que foi interditada para obras de alargamento da pista da Linha Verde. · A interdição tornou necessária a implantação de bloqueios de trânsito, que retiraram do local 41 linhas de ônibus e obrigaram a criação de desvios. A reabertura da trincheira exigirá alguma atenção dos motoristas, pois o tráfego de veículos voltará ao fluxo normal. Quem habitualmente cruzava a Linha Verde, vindo pela Rua Engenheiro Bley Filho, agora terá

de utilizar o acesso da trincheira, uma vez que o semáforo instalado no local será retirado. Pedestres devem utilizar a passarela, próximo à loja Balaroti, pois o local onde existia o sinaleiro será bloqueado. A reabertura foi comemorada por moradores e comerciantes da região. É o caso da lojista Márcia Jesuíno, dona de uma loja de roupas, localizada a poucos metros da trincheira. Ela conta que assumiu o ponto comercial há quatro meses já com as obras em andamento e agora está otimista com o futuro do negócio. “Eu fiquei muito feliz quando vi os carros e ônibus novamente circulando por aqui. A tendência é só melhorar. A reabertura da trincheira é ótima notícia. Estão todos de parabéns”, disse.

Nasser Sankari, que trabalha com lojista na região há 37 anos, também elogiou a liberação da trincheira. “A obra ficou ótima. É algo que todos os comerciantes estavam esperando. É muito bom ver a situação voltar ao normal”, comentou. Morador há 30 anos no bairro do Pinheirinho, Antonio Ângelo, elogiou a rapidez com que a obra foi executada. “Acho que foi feita a coisa certa, ao liberarem o tráfego o mais rápido possível. A retomada do trânsito vai facilitar muito a vida de todos, principalmente dos que dependem de ônibus”, disse. O bloqueio na trincheira foi implantado no início de agosto de 2013. Ele foi necessário devido à retomada das obras da Linha Verde Sul, que estavam paralisadas desde 2012. Estão em execução serviços num trecho de 1,7 quilômetros, entre o Pinheirinho e a CIC Sul. Quando concluída, a via terá duplicada sua capacidade de tráfego, com 10 pistas, incluindo uma canaleta exclusiva para ônibus. Ônibus Com a liberação da trincheira, 41 linhas de ônibus voltaram à sua rota normal, desde esta quinta-feira. Além dos ônibus expresso Circular Sul; Sítio Cercado/ Capão Raso; e Portão/Sitio Cercado, deixam de seguir por desvios no entorno desta obra linhas de grande demanda, como os Ligeirinhos Curitiba/ Fazenda Rio Grande; Sitio Cercado; e Sítio Cercado/Capão Raso, e de alimentadoras e metropolitanas que passam sob o viaduto pela Winston Churchill.

Confira as linhas de ônibus que voltaram a circular no trajeto normal. As rotas haviam sido alteradas em agosto, com o início das obras na trincheira. Expressos Circular Sul (sentido horário); Circular Sul (sentido antihorário); Sítio Cercado/Capão Raso; e Portão/Sítio Cercado. Ligeirinhos Curitiba/Fazenda Rio Grande; e Sítio Cercado/Capão Raso; e Sitio Cercado (horário) Alimentadores Jardim Ludovica Vitória Régia Piratini/BR 476 Maria Angélica Londrina Rio Negro Santa Joana Pinheirinho Futurama Palmeira Luiz Nichele Ganchinho Umbará Pinheirinho/CIC Pompéia Cachimba Santa Rita/Pinheirinho Jardim da Ordem Kamyr Cachimba/Olaria Rurbana Dalagassa Rio Bonito Pinheirinho/Zoológico Vila Juliana Fazenda/Pinheirinho Fazenda Rio Grande (Direto) Araucária/Pinheirinho Metropolitanos Quitandinha/Pinheirinho LG Ferreiras/Pinheirinho Curitiba/Mandirituba Curitiba/Areia Branca Curitiba/Campo dos Paulas Curitiba/Contenda


| 28 a 30 de março de 2014 |

11

Temas do cotidiano foram destacados em reunião da Assomec Animais nas ruas, metas para o milênio, readaptação de professores nas escolas foram alguns dos assuntos da reunião realizada em Pinhais Pinhais sediou na noite de ontem (26) mais uma Assembléia Ordinária da Associação dos Municípios da Região Metropolitana de Curitiba - Assomec. O encontro contou com a presença de prefeitos e representantes de vários municípios da RMC e uma pauta de discussões bastante diversificada. Controle animal, movimento Nós Podemos Paraná, recomendações ao Tribunal de Contas, projeto de reinserção de educadores foram os temas em destaque. Segundo o prefeito anfitrião e presidente da Assomec, Luizão Goulart todos os assuntos que foram abordados dizem respeito ao dia a dia que os prefeitos enfrentam em suas cidades. "Todos os temas são de enorme relevância e a melhor estratégia para viabilizar alternativas de resolução aos problemas que enfrentamos é esta troca de experiências entre os prefeitos", salientou. CONTROLE ANIMAL O número de animais domésticos soltos nas ruas de Curitiba e Região Metropolitana vêm crescendo exponencialmente e se tornou um grande problema para estas regiões. Tal realidade se deve ao fato destes animais serem vítimas constantes de todos os tipos de crueldade, além de colocarem pessoas em risco com mordeduras e acidentes de trânsito. Tais indicadores preocupam as prefeituras da RMC e, por isso, a busca por alternativas é essencial. Pensando nisso, a Associação dos Municípios da Região Metropolitana de Curitiba -Assomec apresentou o combate a "superpopulação

de animais nas ruas" como principal tema da reunião de ontem. Alexander Biondo, professor da UFPR e atual diretor do Departamento de Pesquisa e Conservação de Fauna, da Prefeitura de Curitiba realizou uma ampla explanação sobre o tema. "A educação é o melhor caminho, ações como o Veterinário Mirim realizado aqui em Pinhais ajudam a combater este grande mal que afeta nossas cidades", frisou. NÓS PODEMOS PARANÁ A professora Rosana Fontoura, da Federação das Indústrias dos Paraná - Fiep falou sobre as metas que os municí-

Pinhais recebe etapa da “Night Run” neste sábado O evento é considerado o maior circuito de corridas noturnas do mundo e acontece no Autódromo Internacional Neste sábado (29) Pinhais sediará etapa da ”Night Run”, no Autódromo Internacional, localizado no bairro Weissópolis. O evento é considerado o maior circuito de corridas noturnas do mundo e contagia os atletas por promover inovações como shows, luzes e muita música. A largada da prova será às 20h.A corrida em Pinhais abre o calendário nacional que prevê, ainda para este ano, outras 11 edições que passarão por São Paulo, Rio de Janeiro, Porto Alegre, Recife, entre outras cidades. A chamada Etapa Marte será disputada na distância de 5 km e 10 km com percurso conferido pela Confederação Brasileira de Atletismo. O sistema de cronometragem a ser utilizado será o transponder (chip). A entrega dos kits para a participação da corrida será realizada na sexta-feira (28) das 11 às 20h

e no sábado (29) das 10 às 15h no Park Shopping Barigüi. No dia e local do evento, a partir das 18h30, os participantes poderão retirar os chips de uso obrigatório. Podem participar da prova atletas de ambos os sexos, devidamente inscritos de acordo com o regulamento da prova, disponível no site oficial do evento. A idade mínima para participar da corrida é 16 anos. De acordo com a organização, a premiação com troféus se dará para os três primeiros colocados de cada categoria (individual feminino e individual masculino). Porém todos os atletas que cruzarem a linha de chegada receberão medalhas pela participação. O tempo limite da prova será de duas horas. SERVIÇO O Autódromo Internacional em Pinhais fica na Avenida

Pinhais sedia neste sábado etapa da “Night Run”, considerado maior circuito de corridas noturnas do mundo

Iraí, 16, no bairro Weissópolis. Dúvidas ou informações técnicas, a respeito da “Night Run” podem ser enviadas para o email info@ativo.com, ou por meio do site oficial do evento:

www.nightrun.com.br. O local para a retirada dos kits para a participação na corrida é Rua Professor Pedro Viriato Parigot de Souza,600,bairro Ecoville em Curitiba.

Bosque Literário: deixe que a magia dos livros encante você O projeto estará à disposição neste sábado (29), das 13h às 17h, no Bosque Municipal de Pinhais A magia da leitura estará presente no Bosque Municipal de Pinhais neste final de semana, pois, como já é tradição, será realizado o Projeto Bosque Literário. A população terá à disposição livros para leitura e empréstimo e jornais e revistas para consulta no local. O projeto, desenvolvido e executado pelo

O projeto, desenvolvido e executado pelo Departamento de Cultura de Pinhais, ocorre quinzenalmente

Departamento de Cultura de Pinhais, ocorre quinzenalmente, sempre aos sábados, entre as 13h e às 17h, proporcionando ao cidadão momentos de cultura e entretenimento. Ao todo, cerca de 200 títulos integram o projeto e são disponibilizados à comunidade, bastando, para tanto, apenas que o interessado informe o seu nome e telefone de contato. A devolução dos volumes retirados deve ser realizada no próprio local, sempre no encontro seguinte, ou seja, após duas semanas do empréstimo. Uma das idealizadoras da proposta, a bibliotecária Elaine Biss, conta que a resposta tem sido positiva, pois as pessoas estão comparecendo e aprovam a iniciativa. “Sabemos o quão importante é a leitura para a vida de qualquer pessoa. O projeto oferece a possibilidade de enriquecimento cultural de crianças, jovens e adultos, aliadoao contato com a natureza”, destaca Elaine. Segundo os organizadores o Bosque Municipal foi o local escolhido para compor iniciativa por ser muito frequentado pela comunidade e por reunir muitas áreas verdes e outras apropriadas à prática de atividades físicas. Isso, claro, além dos espaços específicos para a criançada. SERVIÇO O Projeto Bosque Literário será dia 29 de março, a partir das 13h às 17h. Mais informações no telefone (41) 3912-5637.O Bosque Municipal de Pinhais fica na Rua 24 de Maio, esquina com a Avenida Nossa Senhora da Boa Esperança, no Centro.

pios precisam atingir para o desenvolvimento do milênio. Através do movimento Nós Podemos Paraná, a ação pretende buscar o comprometimento voluntário de pessoas e instituições públicas e privadas potencializando atividades já existentes para que mais municípios atinjam seus objetivos em relação às ODMs. SIMPLIFICAÇÃO NO TRIBUNAL DE CONTAS A reunião da Assomec contou com a participação do presidente da Associação dos Municípios do Paraná - AMP, Luiz Sorvos, que destacou a preocupação dos municípios com relação a complexidade na prestação de contas ao TC. Ocorre que os técnicos de grande parte dos municípios encontram dificuldades para transmitir as informações do SIM/AM, ou seja, efetivar as prestações de contas. Os motivos são a complexidade e as dificuldades que a ferramenta eletrônica (software) implantado e exigido pelo TCE/PR criou. "O que a AMP e as associações querem é a simplificação do processo, garantindo que as prefeituras possam cumprir sua obrigação de enviar as informações contábeis e assim obterem as Certidões Liberatórias de maneira mais fácil, rápida e rigorosamente dentro da lei", explicou Sorvos. Segundo o presidente da AMP, a união ente os prefeitos é necessária neste momento. "É importante deixar bem claro que nenhum gestor e nenhum prefeito querem furtar-se à prestação de contas. Muito pelo contrário. É exatamente por querer fazer isso da forma correta que estamos pedindo a simplificação do processo", completou. MAIS PALESTRAS Também palestraram na reunião de ontem, o secretário de Assuntos Metropolitanos Neco Prado, que falou sobre os convênios entre a Prefeitura de Curitiba e os municípios da RMC; a ex-secretária de Educação de Pinhais Rosa Maria e atual secretária Andrea Francesquini que apresentaram o projeto "Redescobrindo o Encantamento de Ensinar e o superintendente do IMAP, Paulo Ricardo que falou sobre os cursos oferecidos aos técnicos dos municípios. A próxima reunião da Assomec acontecerá no dia 30 de abril na cidade da Lapa.

Pinhais promove evento em alusão aos 50 anos da ditadura militar O Centro de Referência em Direitos Humanos de Pinhais (CRDH) realizou, na última quarta-feira (26), o “Ato dos 50 Anos do Golpe Militar”, no Centro Cultural Wanda dos Santos Mallmann. Narciso Pires, preso político pela ditadura militar e presidente da entidade Tortura Nunca Mais, foi convidado para conduzir o debate que abordou os reflexos da ditadura na atualidade. O evento também contou com a participação cultural do professor e músico Daniel Faria e da Banda Humanos Vermelhos. O ato também foi marcado pelas histórias de vida dos militantes, por música e poesia. Cerca de 130 pessoas, entre adolescentes, jovens, professores, servidores, autoridades, lideranças políticas e sociais, contribuíram com o debate. As manifestações populares ocorridas recentemente, também fizeram parte da pauta do encontro. Sobre o período da ditadura militar no Brasil, o palestrante da noite afirmou: “Para a sociedade foi um momento de escuridão, de morte e de resistência”. Em alusão à data, os 50 anos do Golpe Militar, diversas entidades de direitos humanos, veículos de comunicação, dentre outros órgãos de todo o país, estão realizando eventos, compartilhando textos, histórias, promovendo debates, que tratam do acontecimento, que é um dos mais marcantes da história do Brasil. HISTÓRICO Pesquisa realizada pelo CRDH traz alguns dados do período. Em 01 de abril de 1964 o golpe militar depôs o presidente da República João Goulart, eleito democraticamente pelo povo. Mandatos de parlamentares, prefeitos e demais governantes foram cassados. Muitos locais, públicos e privados, foram invadidos e depredados, como entidades estudantis e sindicais. Há também milhares de casos de perseguição e atos de tortura. Apenas no primeiro ano, em 1964, cerca de 50 mil pessoas foram presas, e muitos precisaram buscar exílio fora do país. Ainda hoje, muitas pessoas pedem informações sobre os familiares desaparecidos durante a ditadura.

Cerca de 130 pessoas estiveram presentes no Centro Cultural Wanda dos Santos Mallmann


12

| 28 a 30 de março de 2014 |

Polícia Civil desmonta quadrilha de assaltos a bancos e tráfico de drogas Na operação, 23 pessoas foram presas Policiais civis do Centro de Operações Policiais Especiais (Cope) desmantelaram uma quadrilha especializada em assaltos a bancos, tráfico de drogas e homicídios, que agia no Paraná e em estados vizinhos. Na operação, 23 pessoas foram presas. O delegado-geral da Polícia Civil, Riad Braga Farhat, explicou que por determinação do governador Beto Richa foram intensificadas as investigações da Polícia Civil referentes a organizações criminosas. "Esse excelente trabalho é o resultado do serviço de inteligência ininterrupta que os policiais do Cope vêm fazendo 24 horas por dia, sete dias por semana", disse Farhat. O delegado-titular do Cope, Edward Ferraz, conta que a partir da prisão de Wanderlei Benites, 31 anos, em 25 de fevereiro, em Araucária, na Região Metropolitana de Curitiba, os policiais iniciaram trabalho de investigação que revelou a existência da organização criminosa. "Na ocasião, Benites foi preso com uma pistola calibre 40 e com 300 gramas de crack, além de documentação falsificada", explicou o delegado. Com os dados coletados na prisão, os investigadores conseguiram levantar informações que permitiram identificar outras pessoas ligadas a Benites. Essas pessoas também foram presas cometendo crimes ou por serem foragidas do sistema penitenciário ou, ainda, por força de ordens judiciais de prisão anteriormente decretadas. Em 19 de março, Felipe dos Santos, 24 anos, o "Pajé", e Rafael de Castro Costa, 25 anos, foram presos por tráfico de drogas, no bairro Cachoeira, em Almirante Tamandaré. "Com eles foram apreendidos 1,3 quilo de crack e cocaína e um colete balístico", lembrou o delegado. Na mesma data, Joilsa Stresser Stepenovski, 31 anos, foi capturada por tráfico de drogas, no bairro Tatuaqura, em Curitiba. Com ela, foram apreendidas 60 munições 9 milímetros e uma bandoleira para fuzil.

Na sequência das investigações, os policias do Cope prenderam com um mandado de prisão por furto qualificado, Saulo da Silva Souza, 23 anos, conhecido como "Japonês", em 22 de março. No mesmo dia foram presos Jeferson da Silva Raimundo, 32 anos, o "Jefinho", Anderson Lopes, 25 anos, o "Neguinho", José Carlos Luiz Novaes, 45 anos, e Dulcinéia Gomes Machado, 29 anos. Todos foram capturados em Fazenda Rio Grande por tráfico de drogas e porte ilegal de arma de fogo de uso restrito, já que estavam com revólver 357. No dia seguinte foram presos Paulo Sérgio de Siqueira Santana, 28 anos, conhceido como o "Mancha", e Eliseu da Silva, 24 anos, o "Doidinho". Constava contra eles mandado de prisão preventiva em aberto. Em 24 de março mais três pessoas que faziam parte da quadrilha foram tiradas de circulação por tráfico de drogas. Marcelo Molina, 43 anos, Sabrina Andrade da Silva, 18 anos, e Thauana Aparecida Muniz, 18 anos, foram surpreendidos transportando 4,5 quilos de crack em um carro. A operação foi concluída nesta terça-feira (25) quando os policiais civis prenderam Renato de Paula Silva, 34 anos, o "Armagedon", Adelino Pereira Ramos, 44 anos, o "Mosquito", Yorra Marcelo de Lima França, 22 anos, Leonel José Pereira, 47 anos, o "Polaco", Ronaldo Rodrigues, 24 anos, Wagner Ferraz Mottim, 25 anos, Elias Machado, 21 anos, o "Papaléguas", Indianara Izabel Muniz Moreira, 24 anos, e Andressa Rodrigues de Souza, 28 anos. Foram apreendidos três revólveres calibre 38, um fuzil AK-47 com munição, uma pistola calibre 380, pequena quantidade de droga e agendas com anotações referentes ao narcotráfico. "Além disso, havia mandados de prisão decretados contra os suspeitos desta última operação", disse o delegado-titular do Cope, Edward Ferraz.

EBC firma parceria com o governo no combate à violência contra a mulher Onze empresas públicas e privadas - entre elas, a Empresa Brasil de Comunicação (EBC) - assinaram ontem (27), com a Secretaria de Políticas para as Mulheres, um termo de adesão à campanha "Compromisso e atitude pela Lei Maria da Penha - A lei é mais forte". Em discurso, o presidente da EBC, Nelson Breve, lembrou o caso da radialista Lana Micol, coordenadora da Rádio Nacional do Alto Solimões, assassinada em maio do ano passado no município de Tabatinga (AM). O principal suspeito do crime é o ex-marido de Lana, Edimar Nogueira Ribeiro. "Muitas vezes, nossa mente custa a acreditar que existem desigualdades gritantes. Só quando acontece algo com a nossa família ou com alguém ao nosso redor é que a gente percebe que elas existem e nos mobilizamos", disse Breve. "Trata-se de uma violência contra a mulher muito flagrante, que tirou a vida de alguém que tinha muito a dar à sua comunidade e que, infelizmente, nos deixou", completou. Ainda segundo o presidente da EBC, a empresa foi orientada pela própria Maria da Penha a se engajar na campanha e no combate à violência contra a mulher. Entre as ações previstas está a criação de um centro de referência, em Tabatinga, para mulheres que vivem em região de fronteira e com altos índices de violência.


Metropole