Page 1

Ano 15 | Nº 3530 | 17 a 21 de abril de 2014

Quinta-feira a Segunda-feira

Presidente: Ary Leonel da Cruz

Diário de Circulação Nacional

Consumidor que exigir cupom fiscal concorre a prêmios de até R$ 100 mil A Secretaria de Estado da Fazenda lançou nesta quarta-feira (16/04) a Nota Fiscal Paranaense, uma campanha para mobilizar a população a exigir a emissão de nota fiscal ou cupom ao comprar bens e contratar serviços. Os consumidores concorrerão a dois prêmios semanais de R$ 10 mil, dois prêmios mensais de R$ 30 mil e dois prêmios trimestrais de R$ 100 mil. O primeiro sorteio será em 7 de maio e o resultado sai dos númePágina 3 ros da Loteria Federal. »

Julio Céasr da Costa Souza/SEFA

Prefeitura abre inscrições para VIII Mostra de Dança de Pinhais

O secretário Luiz Eduardo Sebastiani, na presença dos secretários, da Família e Desenvolvimento Social, Fernanda Richa, e da Comunicação Social, Marcelo Cattani, anuncia a campanha de cidadania fiscal

Feira do Peixe Vivo funciona até hoje às 21h Organizada pela Prefeitura em parceria com EMATER- PR, o evento tem a intenção de promover o incentivo à piscicultura do município. Nesta quintafeira (17), quem passar pela Rua Veríssimo Marques, na Praça do Verbo Divino, pode aproveitar para comprar peixes frescos. Mais de 10 mil quilos de peixes estão sendo comercializadas por seis produtores locais e pela Coopescadosul a preços mais acessíveis.

Shopping São José. Os interessados também podem obter mais informações sobre o evento, programação e material. Página 4

Roberto Dziura Jr PMSJP

André Vargas oficializa renúncia à vice-presidência da Câmara

A Feira do Peixe Vivo de SJP é uma tradição na Semana Santa e o consumidor pode levar para a casa o pescado vivo ou limpo

Página 4

As apresentações serão realizadas do dia 29 a 31 de maio. Trata-se de um evento gratuito que não tem caráter competitivo. Além da mostra, a inciativa oferecerá workshops e Página 7 palestras.

Ingressos da Festa do Pinhão são vendidos no Shopping São José » Começou na manhã desta quarta-feira (16) a venda de ingressos para a Festa do Pinhão de São José dos Pinhais no quiosque do Disk Ingresso instalado no

»

» Agência Brasil Brasília - Depois de muitas idas e vindas, o deputado André Vargas (PTPR) entregou ontem (16) à Secretaria–Geral da Mesa Diretora da Câmara a carta de renúncia ao cargo de vice-presidente da

Casa. A carta foi lida ainda nesta quarta-feira (16), no plenário e publicada no Diário Oficial da Câmara. O documento foi entregue por assessores do deputado ao secretário-geral da Mesa, Mozart Vianna, às 15h26.

19ª Feira do Peixe Vivo de Piraquara tem início nesta quinta-feira

Foto: PMSJP

Instituto Mena Barreto apadrinha alunos do CRAS José Zen » Os alunos do Instituto Mena Barreto de São José dos Pinhais apadrinharam crianças e adolescentes do Serviço de Convivência e Fortalecimentos de Vínculos do CRAS José Zen, localizado no bairro Jardim Itália. A coordenadora do Instituto, senhora Cristiane Flores, afirmou que os alunos se sentiram muito bem contribuindo para que famílias tenham uma Páscoa mais feliz. Página 4

» Estão abertas as inscrições para a oitava edição da Mostra de Dança de Pinhais promovida pela Prefeitura de Pinhais, por meio da Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer e do Departamento de Cultura.

A distribuição de doces às crianças foi o momento mais esperado do evento

» Nesta quinta-feira (17) tem início em Piraquara a 19ª Feira do Peixe Vivo. A tradicional feira realizada na semana da Páscoa, período em que o consumo de peixe é intensificado, acontecerá mais uma vez no Centro e no Bairro Guarituba. Além da venda de peixes vivos, a feira contará com a comercialização de petiscos, bebidas e produtos artesanais para os visitantes. Página 3


2

| 17 a 21 de abril de 2014 |

Editorial

O ponto alto da reunião do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social (CDES) foi a inflação. O organismo é constituído majoritariamente por integrantes da sociedade civil organizada, de caráter consultivo da Presidência da República. Fazem parte da composição trabalhadores, empresários, movimentos sociais, governo e lideranças de diversos setores. Realizada no Palácio do Planalto, a reunião teve, também, a manifestação enfática da presidente Dilma Rousseff dizendo que não irá tolerar manifestações violentas durante a realização da Copa do Mundo. No caso da inflação não poderia ser diferente. O presidente do Banco Central (BC), Alexandre Tombini, disse que a inflação deve recuar nos próximos meses. Ele apresentou aos conselheiros palestra sobre as perspectivas para a economia brasileira em 2014. Destacou que houve um choque de preços de alimentos em março. Mas, segundo ele, esse choque é temporário e o BC vem trabalhando para que o problema se circunscreva ao setor. Em março, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), os alimentos tiveram uma inflação de 1,92%. O grupo alimentação e bebidas respondeu por mais da metade da inflação oficial, medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), que ficou em 0,92%, no mês passado. "Temos trabalhado para que, este ano, mais uma vez, a inflação esteja compatível com os critérios do regime de metas", disse Tombini. O centro da meta de inflação é 4,5%, com limite superior de 6,5%. A expectativa do mercado financeiro é que o IPCA fique bem próximo desse teto, alcançando 6,47%. Tombini lembrou que a taxa básica de juros, a Selic, vem sendo elevada desde abril do ano passado, para conter a inflação. Atualmente, a Selic está em 11% ao ano. Ele reafirmou que essas elevações têm efeitos defasados e cumulativos. "Uma parte relevante dessa política ainda não tocou a inflação", disse. A economia mundial está em recuperação gradual, mas esse processo não é homogêneo em todos os países e há fragilidades, destacou Tombini. Citou riscos deflacionários, em alguns países, como o Japão, e questionamentos sobre o sistema financeiro e a qualidade de ativos na Europa. O presidente do BC também avaliou que a China tem crescido a taxas próximas do previsto pelas autoridades do país, e há "um movimento deliberado" de adaptar o movimento de expansão, com aumento do consumo interno e estímulo ao setor de serviços. O presidente do BC também lembrou que o anúncio dos Estados Unidos, no ano passado, de retirada de estímulos à economia levou à desvalorização das moedas de países emergentes em relação ao dólar, como ocorreu no Brasil. Com a diminuição das injeções monetárias, o volume de dólares em circulação caiu, aumentando o preço da moeda em todo o mundo. Voltou a dizer que essas oscilações de preços de ativos, como o câmbio, não podem ser confundidas com fragilidade. De acordo com dados apresentados pelo presidente do BC, o real se desvalorizou ante o dólar em 15,1%, no ano passado. Já neste ano, até o dia 15 de março, houve valorização de 5,5%. "As condições macroeconômicas e monetárias devem ser de acomodação nos próximos meses. Isso é bom para o Brasil, nos dá um certo tempo nesse período de transição", acrescentou. De acordo com Tombini, o Brasil tem atuado, nesta nova fase da economia mundial, "de uma maneira, clássica, robusta e técnica". Segundo ele, esse não é um quadro de economia frágil, mas resistente.

José Fernando Ogura/Vice-governadoria

A questão é a inflação

Polícia Federal indicia 46 envolvidos na Operação Lava Jato

O vice-governador Flávio Arns participa da doação de espaço para prática do Gofe-7 adaptada especialmente para alunos com necessidades especiais

Alunos com deficiência ganham espaço para treinar Golfe-7 e reforçar autonomia As escolas especiais do Paraná ganharam nesta quarta-feira (16) uma nova quadra para a prática do Golfe7, adaptada especialmente para alunos com necessidades especiais. A doação do espaço foi feita pela Federação Paranaense e Catarinense de Golfe em parceria com o Governo do Estado. Além da quadra, que fica no bairro Capão da Imbuia, em Curitiba, as escolas podem também emprestar os materiais para uso durante as aulas. O novo espaço será aberto a todas as escolas municipais, estaduais, particulares, organizações não governamentais e à comunidade que praticam o Golfe-7. Para utilizar a quadra, as escolas precisam apenas desenvolver algum projeto relacionado à prática do esporte na modalidade especial. O vice-governador Flávio Arns destacou a importância do trabalho realizado entre o Governo do Estado, em parceria com a sociedade civil. "Todos juntos podemos contribuir para continuarmos desenvolvendo trabalhos como esse, que são fundamentais para a educação e para a sociedade paranaense como um todo", disse. Arns lembrou ainda dos benefícios que a prática do esporte traz aos alunos com necessidades especiais. "O Golfe-7 é um exemplo de que as coisas dão certo com o trabalho integrado. É um esporte que traz inúmeros benefícios para os alunos com necessidades especiais, entre eles a autonomia". No Paraná, 140 instituições possuem quadras adaptadas para a prática do espor-

te. Em Curitiba, 25 escolas contam com quadras especiais para o Golfe-7. "Esse é mais um espaço que o Governo do Estado está disponibilizando para as nossas escolas praticarem o Golfe7. Esse esporte é importante para os alunos com necessidades especiais, já que permite a interação entre os estudantes de diferentes realidades", explica a chefe do Núcleo Regional de Educação de Curitiba, Maria Verônica da Silva. NAS ESCOLAS O Golfe-7 foi adaptado para alunos com transtorno global de desenvolvimento e deficiência intelectual para ser trabalhado nas escolas especiais. Diferente do Golfe tradicional, com 18 buracos e sem uma distância padrão, o Golfe-7 conta com apenas sete buracos, com distância de sete metros entre eles. O projeto foi idealizado pela professora Fátima Alves da Cruz. De acordo com ela, a prática do esporte traz vários benefícios para a saúde dos alunos, além de aumentar a concentração, interação e a inclusão social. "Também ajuda para o controle emocional e organização das atividades motoras, já que é trabalhado com alunos que apresentam transtorno global de desenvolvimento e deficiência intelectual", explica Fátima. HOMENAGEM A inauguração contou com a presença de cerca de 200 alunos de escolas especiais de Curitiba e de outros 15 municípios da Região Metropolitana. Um dos participantes foi o aluno Lean-

dro de Jesus Rutz, da Escola Especial Menino Jesus, em Curitiba, que foi homenageado pelo 2° lugar nos Jogos Abertos Paradesportivos do Paraná (Parajap`s) de 2013. "Eu me sinto muito bem quando estou na quadra jogando. É uma sensação muito boa que o esporte traz para mim", diz Leandro. Seu colega Thiago Luiz Hess também foi um dos homenageados pelo 3° lugar na competição estadual. Entre vários esportes, o aluno conta qual é o seu favorito. "Eu gosto praticar vários esportes, mas o Golfe tem lugar reservado no meu coração". A modalidade do Golfe-7 passou a fazer parte dos Jogos Municipais de Curitiba em 2006, durante a gestão de Beto Richa. Em 2012, a modalidade foi incluída no Jogos Abertos Paradesportivos do Paraná (Parajaps). Em 2013, o Golfe-7 também foi inserido nos Jogos Escolares do Paraná (Jeps). Também participaram da entrega do no espaço o secretário de Esporte e do Turismo, Diego Gurgacz, o presidente da Federação Paranaense e Catarinense de Golfe, Ulisses Toledo, o vice-presidente da Confederação Brasileira de Golfe, Arata Hara, representantes dos núcleos regionais de educação Área Norte e Sul, da Secretaria Municipal de Esporte, Lazer e Juventude de Curitiba e a comunidade. USO As escolas interessadas em usar o espaço devem agendar horário na Secretaria de Esporte e Turismo (41 3361-7700) ou na Federação Paranaense e Catarinense de Golfe (41 32674620).

Agência Brasil Após quase cinco anos de investigações e um mês de execução da Operação Lava Jato, a Polícia Federal (PF) conseguiu apreender cerca de R$ 6 milhões, em espécie, 25 veículos de luxo, além de indisponibilizar três hotéis e seis residências de alto padrão pertencentes a quatro quadrilhas especializadas em lavagem de dinheiro, suspeitas de movimentar mais de R$ 10 bilhões nos últimos três anos. No relatório, a PF indiciou 46 pessoas pelos crimes de formação de organização criminosa, crimes contra o sistema financeiro nacional, falsidade ideológica e lavagem de dinheiro. Dois doleiros também foram indiciados por financiamento ao tráfico de drogas, diante de indícios da ligação deles com traficantes. Entre os presos na Operação Lava Jato estão o doleiro Alberto Youssef, que fretou um jatinho para o deputado André Vargas, e o ex-diretor da Petrobras Paulo Roberto Costa. Vargas renunciou à vice-presidência da Câmara dos Deputados depois de descoberta a ligação dele com Alberto Youssef. O deputado, alvo de processo de cassação no Conselho de Ética da Casa, chegou a anunciar que renunciaria ao cargo, mas desistiu. Agora, cabe ao Ministério Público decidir se apresenta à Justiça denúncia contra os indiciados. As investigações começaram em 2009, em Londrina, e descobriram que as quadrilhas atuavam também em Curitiba, São Paulo e Brasília. Ao todo, durante a Operação Lava Jato, foram cumpridos 105 mandados de busca e apreensão, 19 de prisão preventiva, 12 de prisão temporária e 27 conduções coercitivas. De acordo com a PF os inquéritos identificaram que as quatro organizações criminosas, lideradas por doleiros, eram independentes entre si, mas tinham negócios em comum relacionados à lavagem de dinheiro. Quinze pessoas permanecem presas, sendo 14 em Curitiba e uma em São Paulo. Duas estão foragidas. Ainda segundo a PF, mais documentos poderão ser entregues às autoridades competentes como resultado da análise do material apreendido. A PF não descarta o indiciamento dos envolvidos nos crimes fraude em licitação, desvio de recursos públicos, corrupção ativa e passiva, evasão de divisas, lavagem de dinheiro e sonegação fiscal.

CCJ aprova crédito adicional de R$ 900 milhões para o FUNSAÚDE Em sua segunda sessão extraordinária nesta semana a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Assembleia Legislativa aprovou nesta quarta-feira (16) o projeto de lei nº 175/2014, de autoria do Poder Executivo, autorizando abertura de créditos adicionais até o limite de R$ 900 milhões ao atual orçamento do Fundo Estadual de Saúde - FUNSAÚDE. Para isso, o Executivo irá cancelar dotações de diversos órgãos e entidades, entre eles a Secretaria de Estado da Administração e Previdência (R$ 582.977.492,00) e a Secretaria de Estado da Fazenda (R$ 123.337.000,00). A matéria entrou na pauta da reunião da última terça-feira (15), mas teve a votação adiada devido a pedido de vista formulado pelo deputado Tadeu Veneri (PT), que hoje apresentou um voto em separado apontando a inconstitucionalidade da iniciativa. A seu ver, as informações adicionais fornecidas pela Secretaria da Fazenda não sanam os vícios da proposta, pois não indicam as fontes de onde sairão os recursos nem para onde irão. A maioria, porém, não acompanhou seu voto. A próxima reunião da CCJ vai acontecer na próxima quarta-feira (23),

às 13h30, na Sala das Comissões da Casa. Três outras mensagens do Executivo foram aprovadas na sessão desta quarta-feira: os projetos de lei nº 171/2014 e 173/2014 tratam de doação e cessão de uso de imóveis aos municípios de Ibaiti e Guaratuba, respectivamente, e o projeto de lei nº 174/2014 dá nova redação a incisos da Lei nº 9.579/1991, que dispõe sobre a criação, organização e competência do Conselho Estadual de Defesa da Criança e do Adolescente. ADIADO O projeto de lei complementar nº 003/2014, revogando dispositivos da Lei Complementar nº 161/2013, que alterou a remuneração da carreira de Procurador do Estado para a forma de subsídio, teve a votação adiada para a próxima sessão a pedido do relator. E as quatro proposições do Tribunal de Justiça constantes na pauta foram aprovadas, entre elas o projeto de lei nº 167/2014, que altera a simbologia e o valor da função de secretário de sessão de julgamentos. Os outros três tratam da criação de Varas Judiciais nas comarcas de Rolândia, Ivaiporã e Santo Antônio da Platina. Jornalista: Sanda C. Pacheco


| 17 a 21 de abril de 2014 |

3

Consumidor que exigir cupom fiscal concorre a prêmios de até R$ 100 mil A Secretaria de Estado da Fazenda lançou nesta quartafeira (16/04) a Nota Fiscal Paranaense, uma campanha para mobilizar a população a exigir a emissão de nota fiscal ou cupom ao comprar bens e contratar serviços. Os consumidores concorrerão a dois prêmios semanais de R$ 10 mil, dois prêmios mensais de R$ 30 mil e dois prêmios trimestrais de R$ 100 mil. O primeiro sorteio será em 7 de maio e o resultado sai dos números da Loteria Federal. A primeira etapa da campanha vai até 31 de dezembro. Para concorrer é preciso enviar uma mensagem de texto (SMS) a partir de um telefone celular para o número 8484 e informar os dados da nota ou do cupom fiscal. Cada mensagem dá direito a um número para concorrer aos sorteios dos prêmios durante 90 dias. O secretário da Fazenda, Luiz Eduardo Sebastiani, disse que a campanha é um estímulo para que o consumidor exerça sua cidadania fiscal. Ele avalia que a exigência do cupom fiscal implica que a pessoa quer que o imposto que está sendo pago seja devidamente repassado aos cofres públicos, para que seja revertido em serviços públicos de qualidade. “Esperamos que, por meio da campanha, em breve não seja mais necessário que consumidor

precise exigir o comprovante fiscal de suas compras, que passará a ser emitido naturalmente”, afirmou o secretário, ressaltando a parceria com a Secretaria da Comunicação Social para a realização da iniciativa. CONCORRÊNCIA Outro aspecto importante da Nota Fiscal Paranaense, de acordo com o secretário, é que o consumidor é estimulado a fazer suas compras em estabelecimentos formais, que, muitas vezes, sofrem concorrência desleal por parte daqueles que não emitem documento fiscal de venda e assim exercem preços diferenciados. A coordenadora estadual da campanha, Maria de Fátima Zanardini, acrescentou que a iniciativa do Governo do Estado estimula o consumidor a pedir o documento fiscal e, ao mesmo tempo, “fomenta a prática da cidadania fiscal, protege as receitas do Estado e reprime a sonegação de impostos”. Maria de Fátima ressaltou ainda o trabalho da Secretaria da Comunicação Social em elaborar os materiais da campanha. BENEFÍCIOS A secretária da Família e Desenvolvimento Social, Fernanda Richa, que também participou do evento de lançamento da campanha, destacou que já está programada uma segunda fase da campanha. Nesta etapa, o consumidor premiado poderá

indicar uma entidade social sem fins lucrativos ou escola estadual para receber um prêmio de igual valor. “Isso permitirá ampliar o trabalho em benefício das famílias que mais precisam de nossa ajuda”, disse. O deputado estadual Artagão Junior elogiou a iniciativa, destacando que ainda em 2011 a Assembleia Legislativa aprovou mensagem de sua autoria para a instituição de um programa para estimular a população a exigir a emissão da nota fiscal. O superintendente Regional da Receita Federal, Luiz Bernardi, enfatizou que a medida contribui também para o aumento da arrecadação de tributos, com reflexos para o Estado, municípios e a União. “O aumento da arrecadação amplia as condições para que o Estado cumpra a missão de promover o desenvolvimento da população”, disse. TODOS GANHAM O diretor da Coordenação da Receita Estadual, Helio Obara, disse que a Nota Fiscal Paranaense embute uma relação de ganha-ganha entre o Estado, os contribuintes e os consumidores. Ele citou que o Estado amplia a fiscalização sobre a sonegação fiscal, porque possibilita o cruzamento dos dados informados pelo consumidor com os do contribuinte. “Como consequência, irá gerar mais re-

Julio Céasr da Costa Souza/ SEFA

Os consumidores concorrerão a dois prêmios semanais de R$ 10 mil, dois prêmios mensais de R$ 30 mil e dois prêmios trimestrais de R$ 100 mil

O secretário estadual da Fazenda, Luiz Eduardo Sebastiani, na presença dos secretários, da Família e Desenvolvimento Social, Fernanda Richa, da Comunicação Social, Marcelo Cattani, anuncia a campanha de cidadania fiscal do Estado do Paraná denominada Nota Fiscal Paranaense

cursos para serem aplicados em serviços públicos”. Obara destacou ainda que, ao reduzir a concorrência desleal, pois a sonegação deixa de ser diferencial competitivo, e ao incentivar as vendas pelo comércio formal, a campanha “fortalece a imagem do contribuinte do ICMS como uma empresa socialmente responsável”. Para o consumidor, segundo Obara, além de dar mais segurança nas compras em esta-

Ex-diretor da Petrobras diz que compra de refinaria foi um bom negócio A compra da Refinaria de Pasadena (EUA) pela Petrobras não foi um mau negócio, segundo o ex-diretor da Área Internacional da empresa brasileira, Nestor Cerveró. Ele explicou que o empreendimento no Texas perdeu valor quando a estatal redefiniu prioridades e concentrou os investimentos na exploração do pré-sal. Nestor Cerveró disse que investimento em Pasadena perdeu valor quando a estatal concentrou os investimentos na exploração do pré-sal. Antonio Cruz/Agencia Brasil Ontem (16), durante uma audiência na Câmara, Cerveró rejeitou enfaticamente o termo “malfadado”, atribuído ao negócio por vários deputados, que questionaram aspectos do negócio. “O projeto, em si, não foi malfadado. Foi um bom projeto na época. Estamos fazendo análise posterior a uma série de eventos que modificam o cenário”. Segundo ele, o projeto tinha rentabilidade “que nunca vamos saber se seria atingida, porque foi feita por mudança estratégica drástica do conselho de administração”, e completou: “Não posso condenar”, comple-

Antonio Cruz Abr

Agência Brasil

O diretor Cerveró defendeu a compra da refinaria em Passadena, no Texas

tou. Segundo ele, a descoberta do petróleo em camadas mais profundas criou mais demandas para os investimentos da estatal. Perguntado sobre se faria, hoje, um resumo executivo igual ao que apresentou à época, Cerveró disse que sim, desde que considerando as mesmas condições de mercado. “Uma coisa é [falar] depois do jogo terminado. Sei que o projeto não teve condições de ser realizado. Mas até a execução e a aprovação, ele tinha todas condições econômicas de ser realizado. Se elas se repetissem, faria de novo,

mas dentro dos conhecimentos que eu tinha na época”, disse ele. Nas contas apresentadas pelo ex-diretor, a Petrobras investiu US$ 1,23 bilhão no negócio. Ele disse que os custos de compra foram inferiores à média negociada em outras refinarias à época. Por isso, descartou que a estatal tenha pago um valor excessivo pela parte da refinaria norte-americana que pertencia ao grupo belga Astra Oil, quando as duas empresas se desentenderam. Segundo Cerveró, o prejuízo contabilizado no negócio de

Pasadena é contábil e que, nos primeiros meses, a refinaria teve resultados “muito positivos” e que “as margens de petróleo leve eram altas”, disse. Sobre a desvalorização das ações da Petrobras, Cerveró disse que a redução no valor de mercado ocorre em função dos investimentos exigidos na exploração de petróleo do pré-sal. “Mas especialistas reconhecem que a Petrobras é um excelente investimento de médio prazo”, disse, ao lembrar que também é acionista da empresa. Emocionado, o ex-diretor lembrou que trabalhou por 39 anos na empresa e disse que não se sentiu rebaixado quando foi retirado da área internacional. “Não concordo com essa questão do rebaixado”, afirmou. O termo foi usado anteontem (15) pela presidenta da Petrobras, Graça Foster, no Senado, quando afirmou que a falha no relatório de Cerveró, apresentado em 2006, provocou seu rebaixamento na empresa. Cerveró foi remanejado para a Diretoria Financeira da BR Distribuidora, subsidiária da Petrobras que atua no mercado brasileiro de distribuição de combustíveis. Ele ocupou o cargo até o mês passado, quando foi afastado da estatal.

Nesta quinta- feira (17) tem início em Piraquara a 19ª Feira do Peixe Vivo. A tradicional feira realizada na semana da Páscoa, período em que o consumo de peixe é intensificado, acontecerá mais uma vez no Centro e no Bairro Guarituba. Além da venda de peixes vivos, a feira contará com a comercialização de petiscos, bebidas e produtos artesanais para os visitantes. A feira acontece nos dias 17 e 18 de abril, na Praça Chafi Boazar (Av. Getúlio Vargas, 67), e na Rua Betonex em frente ao Cisa, com início partir das 9h. Serão comercializados Bagres, Traíras, Carpas e Tilápias, que poderão ser limpos no próprio local. Todos os animais serão vendidos vivos o que garante a qualidade e os produtos frescos. Outra opção para os visitantes é a parte gastronômica de feira, com as barracas de petiscos, bebidas e produtos coloniais. Pastel de camarão, petiscos de peixe, entre outros pratos a base de peixe serão comercializadas no local. Uma estrutura com tendas, mesas, cadeiras e banheiros será montada para receber os visitantes. Serviço Evento: 19ª Feira do Peixe Vivo Data: 17 e 18/04 Local: Praça Chafi Boazar (Av. Getúlio Vargas, 67) Local: Rua Betonex - Em frente ao Cisa Horário: 17/04 - das 9h às 20h 18/04 - das 9h às 12h

Foto: Divulgação

19ª Feira do Peixe Vivo de Piraquara tem início nesta quinta-feira

Além da venda de peixes vivos, a feira contará com a comercialização de petiscos, bebidas e produtos artesanais para os visitantes

belecimentos regularizados e possibilitar a participação nos sorteios dos prêmios, a campanha é um estímulo para participar da “construção de um Estado comprometido com a prestação de serviços públicos de qualidade”. COMO FUNCIONA Maria de Fátima Zanardini, esclareceu que, para participar da campanha, o consumidor tem de cadastrar informações do cupom fiscal de compra, de qualquer valor, através de mensagem de texto (SMS), via celular, no nº 8484. Terão de constar data da emissão do cupom, a Inscrição Estadual, o número da máquina emissora e o da ordem da operação. Em seguida, a pessoa receberá mensagem de resposta infor-

mando o número do bilhete para participar do sorteio. Para resgatar o prêmio, o consumidor terá de apresentar cupom original e sem rasuras, para aferição fiscal. O sorteio estará atrelado ao resultado da extração da Loteria Federal, que acontece às quartas-feiras. O bilhete ganhador será divulgado no portal da Nota Fiscal Paranaense (www.nota.pr.gov.br) e em outros canais de divulgação do Governo do Paraná, além da mídia. A Nota Fiscal Paranaense terá dois prêmios semanais (R$ 10 mil cada), dois prêmios mensais (R$ 30 mil cada) e outros dois prêmios trimestrais (R$ 100 mil cada). Os primeiros sorteios semanais correrão no dia 5 de maio.


4

| 17 a 21 de abril de 2014 |

Feira do Peixe Vivo funciona até hoje às 21h A Feira do Peixe Vivo de São José dos Pinhais é uma tradição na semana santa, e o consumidor pode levar para a casa o pescado vivo ou limpo

Indústrias metalúrgicas lideram o PIB de São José dos Pinhais

Roberto Dziura Jr. PMSP

Organizada pela Prefeitura em parceria com EMATER- PR, o evento tem a intenção de promover o incentivo à piscicultura do município. Nesta quinta-feira (17), quem passar pela Rua Veríssimo Marques, na Praça do Verbo Divino, pode aproveitar para comprar peixes frescos. Mais de 10 mil quilos de peixe, entre as espécies tilápia, bagre jundiá e carpa-capim, estão sendo comercializadas por seis produtores locais e pela Coopescadosul a preços mais acessíveis que no mercado. Em média, o quilo do pescado terá o custo de R$ 10,50. O consumidor pode escolher levar o peixe limpo para a casa, pagando uma taxa de apenas R$ 1,50 a mais. Daniella Setim, Secretária de Agricultura e Abastecimento, falou sobre a importância do evento. “Essa é a 22ª edição da Feira, e o que apresentamos aqui é mais do que a comercialização de peixes. Nós queremos promover a integração dos produtores com a população, que pode levar para a casa produtos de

Prefeito Setim e a secretária da Agricultura e Abastecimento, Daniella Setim, acompanham o movimento da feira

qualidade”, afirma Daniella. A Feira do Peixe Vivo é o encerramento de um ciclo feito pela Secretaria de Agricultura e Abastecimento. Os pescados comercializados são resultado de um programa de incentivo da Prefeitura aos pequenos produtores, que todo ano recebem um subsídio para a aquisição de alevi-

nos, além de poder contar com o apoio técnico dos profissionais da Secretaria e da EMATER. Na feira, o consumidor poderá encontrar também uma praça de alimentação. Além disso, o Laboratório de Bem Estar Animal da UFPR (LABEA-UFPR) está participando da feira orientando

sobre o abate humanitário. “Quando evitamos o stress do peixe na hora da morte, o tempo que ele fica exposto na prateleira é menor. Levando o peixe já sem vida para a casa, o sofrimento dele diminui, e a qualidade da carne não é comprometida”, explica o médico veterinário, Santiago Rucinque.

Ingressos da Festa do Pinhão são vendidos no Shopping São José

(Elias Leschewitz – São José dos Pinhais)

Silvio Ramos PMSJP

Começou na manhã desta quarta-feira (16) a venda de ingressos para a Festa do Pinhão de São José dos Pinhais no quiosque do Disk Ingresso instalado no Shopping São José. No local além da venda dos ingressos, os interessados podem também obter mais informações sobre o evento, programação e material com mapa de como chegar à festa e mapa da estrutura do Parque do Pinhão. A Festa do Pinhão será nos dias 30 e 31 de maio e 01 de junho com ampla programação de show que conta com as presenças das atrações nacionais Munhoz e Mariano, Thiaguinho, Luan Santana e Jeann e Julio, além de artistas locais e muita gastronomia. Mais informações acessem o portal da Prefeitura de São José dos Pinhais www.sjp.pr.gov.br, facebook: facebook.com/ Prefeitura.SJP e facebook.com/ afestadopinhao.

Quiosque montado no Shopping São José para a venda de ingressos

Silvio Ramos PMSJP

Foto: PMKSJP

Instituto Mena Barreto apadrinha alunos do CRAS José Zen Os alunos do Instituto Mena Barreto de São José dos Pinhais apadrinharam crianças e adolescentes do Serviço de Convivência e Fortalecimentos de Vínculos do CRAS José Zen, localizado no bairro Jardim Itália. A coordenadora do Instituto, senhora Cristiane Flores, afirmou que os alunos se sentiram muito bem contribuindo para que famílias tenham uma páscoa mais feliz. “Já fomos parceiros no Natal Social promovido pela Secretaria de Assistência Social e pretendemos estender essa ação para outras datas comemorativas”, disse Cristiane. Para a coordenadora do CRAS José Zen, Maria Elair Ribeiro, a parceria com as empresas locais e com a rede sócio assistencial é fundamental para a qualidade dos serviços prestados à população. “A distribuição de doces às crianças foi o momento mais esperado do evento, mas a doação maior, foi a disponibilização de cada aluna(o) e professor em se deslocar até o CRAS, para dedi-

Por ocasião do dia do metalúrgico, na segundafeira (21), o presidente da Associação Comercial, Industrial, Agrícola e de Prestação de Serviço (Aciap), Adriano Derinievicz, emitiu uma nota oficial na qual destaca o papel dessas indústrias em São José dos Pinhais. A indústria metalúrgica lidera no Produto Interno Bruto (PIB) da cidade, seguido da agricultura e, por último, prestadores de serviços. De acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), são mais de seis milhões de reais na produção industrial. Isso contribui com aproximadamente 20% do PIB do estado do Paraná. O presidente da Aciap ressalta que “o setor industrial metalúrgico está em ascensão a cada ano, principalmente com o investimento em tecnologia”. E, com esse aumento, "São José dos Pinhais se destaca".

A distribuição de doces às crianças foi o momento mais esperado do evento

car parte de seu tempo para promover o bem estar às famílias em situação de vulnerabilidade”, afirmou à coordenadora. Para o Secretário de Assis-

tência Social, professor Imar Augusto, atitudes como esta dignificam o ser humano. “Aproveitamos a oportunidade para externar nossos agradecimen-

tos aos colaboradores do Instituto Mena Barreto por mais esta ação desenvolvida em nossa Cidade em prol dos nossos Beneficiários”.


5

| Quinta-feira, 17 de abril de 2014 |

E aqueles que foram vistos dançando foram julgados insanos por aqueles que não podiam escutar a música. Friedrich Nietzsche Máx. 20º Mín. 12º

Parcialmente nublado com chuvas isoladas

TOME NOTA

Dia 18: Mín. 13º e Máx. 21º Dia 19: Mín. 14º e Máx. 22º Dia 20: Mín. 15º e Máx. 23º

PROGRAMAÇÃO DE CINEMA DO SHOPPING SÃO JOSÉ

Mousse Cremoso de Gelatina Ingredientes: 1 Pacote de Gelatina em Pó 1 Xícara e ½ (chá) de água 75g Cream Cheese 200g Creme de Leite 2 Colheres (Sopa) de Açúcar Modo de Preparo: Aqueça 1 xícara de água e adicione lo liquidificado junto com o pó para gelatina, bata bem até ficar tudo misturado. Junte o creme de leite, cream cheese e as duas colheres de açúcar e batata novamente, até ficar tudo encorporado. Finalize adicionando ½ xícara de água gelada e bata por mais alguns minutos. Coloque em taças individuais e leve para gelar por pelo menos 2 horas.

© Coquetel/Ediouro Publicações 2005

Irmão do pai ou da mãe

Escola Naval (sigla)

Duque de (?): patrono do Exército

Acalentar Age como o protelador

Navio redondo

As do carro são quatro

A quem se deve dinheiro

Provérbio; dito

27

Carro, em inglês Mergulhado Reunião festiva

A dança dos cangaceiros A 1ª vogal Antônimo de "acerto"

Grande confusão ou desordem

Alvo de furto em carros Parte de um porto Título católico

Setor para doentes graves Vogal do feminino Pode aparecer na pele da barriga da grávida

Simbolizam os acordes (Mús.) Que sabe muito; erudito Cobertura do canapé (Culin.)

Aquele que redige textos

Companhia (abrev.) Tecla de televisores

(?) model, diz-se de Gisele Bündchen Raio (símbolo)

Fato imprevisto

Pronome feminino Entidade como o Viva Rio (sigla) (?)-fé: retidão e pureza de intenções

Debaixo da (?): sob proteção Órgãos produtores da urina

Parte do salão para dança

BANCO

Parte final de um livro

Solução

C A A R

Crédito da foto: Priscilla Fiedler/Loja de Notícias.

5) Qual atriz interpretou a personagem Firma na minissérie “Memorial de Maria Moura”? a) Bia Seidl b) Rosamaria Murtinho c) Zezé Polessa d) Glória Pires

Perguntar

Taxa de administração do edifício

XI

4) Qual dessas famosas comandava o programa “Late Show”, que era exibido pela Rede TV!? a) Babi b) Marília Gabriela c) Leonor Corrêa d) Luisa Mell

Combate

B I N D X A G A E R

3) Qual dessas mulheres foi casada com o cantor Caetano Veloso? a) Bebel b) Paula Lavigne c) Carolina Lavigne d) Cininha de Paula

Na parte inferior

A R S O D C A A S O S A C O A N S G O

2) Qual desses atores interpretou Don Diego na novela “Kubanacan”? a) Wolf Maia b) André Mattos c) Marcos Pasquim d) Humberto Martins

PALAVRAS CRUZADAS DIRETAS Coleção de livros

C I O T E N I N A D O D O C I M E R A I L E DO N C I F R T O R I E S C I A S A B A R I P I L O

1) Em qual dessas minisséries, Glória Pires interpretou uma mulher que se tornou cangaceira para defender suas terras? Lembrando que seu último personagem na TV foi interpretar a Roberta Leone em “Guerra dos Sexos”. a) “Aquarela do Brasil” b) “Riacho Doce” c) “A Muralha” d) “Memorial de Maria Moura”

Cada porção contém cerca de 80 gramas, equivalente a uma fruta grande ou um punhado de frutas ou verduras e legumes pequenos. O estudo, feito com cerca de 65 mil homens e mulheres, sugere que quanto mais alimentos desse tipo as pessoas ingerirem, menos chances têm de morrer - em qualquer idade. Entre os benefícios comprovados, está a redução do risco de câncer e de doenças cardíacas. Os cientistas, da Universidade College de Londres, analisaram dados do National Health Survey entre 2001 e 2008, uma espécie de Censo da Saúde do Reino Unido, que coleta informações sobre a saúde dos britânicos por meio de questionários e visitas médicas, além da análise da dieta alimentar e do estilo de vida dos pacientes. Além disso, os estudiosos avaliaram a mortalidade geral, além das mortes causadas por câncer, doenças cardíacas e derrame. Eles descobriram que o risco de morte precoce provocada por qualquer uma dessas doenças caiu, ao passo que a ingestão de frutas e vegetais aumentou. Ao longo da pesquisa, os cientistas descobriram que o risco de morte foi reduzido em: 14% se o indivíduo ingerir entre uma e três porções de frutas, verduras e legumes por dia 29% entre três e cinco 36% entre cinco e sete 42% para sete ou mais A pesquisa também constatou que vegetais frescos possuem um potencial maior de proteção, seguidos pelas saladas e depois pelas frutas. Já o suco de frutas não oferece benefícios, enquanto que frutas enlatadas aumentam o risco de morte - possivelmente porque elas são armazenadas em uma calda de açúcar, dizem os pesquisadores. Segundo Oyinlola Oyebode, responsável pela pesquisa, os benefícios para a saúde crescem à medida que mais porções de vegetais e frutas são ingeridas por dia. Ela lembrou, no entanto, que mesmo pequenas frações são “melhor do que nada”. A proteção que frutas e vegetais conferem ao organismo contra doenças está ligada a presença de antioxidantes, que curam os danos às células, acrescentou Oyebode. Oyebode também afirmou que esses tipos de alimentos contêm micronutrientes e fibra, que são benéficos para a saúde.

A B L A U I T X A O B R O A D A I O P A S T E

Sugestão de foto Largada da primeira etapa de 2014 do Esquenta Panturrilha, em março, no Parque Barigui. Serviço O que: Retirada dos kits Esquenta Panturrilha – Parte 2. Quando: Dias 22 e 23. A loja funciona das 9h às 16h. No dia 23, mesmo dia da corrida, a entrega acontece somente até às 14h. Onde: Loja Procorrer – Rua Augusto Stresser, 1756 Informações pelo fone 41 3308 1891. Serviço corrida O que: Segunda etapa Esquenta Panturrilha. Quando: Quarta-feira (23). Largada às 20h30. Onde: Parque Bacacheri – Rua Rodrigo de Freitas, Bacacheri.

Comer 7 em vez de 5 porções de frutas e vegetais por dia reduz risco de morte

R E S T R P I A

(Respostas: 1-d /2-a /3-b /4-d /5-c)

Os corredores curitibanos já estão se preparando para a próxima etapa da corrida Esquenta Panturrilha, que acontece no próximo dia 23 (quarta-feira). Com realização da Nosso Time Projetos Esportivos, e apoio da Procorrer, o evento esportivo contempla as categorias cinco e 10 quilômetros, ambas de corrida noturna, com largada às 20h30. A noite é completa, juntos com a organização, os atletas se alongam, aquecem e correm. Dessa vez o parque escolhido é o do Bacacheri. Na primeira etapa os menores tempos na categoria cinco quilômetros foram: 23m50s (feminino) e 16m47s (masculino) e na categoria 10 quilômetros foram 47m37s (feminino) e 35m19s (masculino). Agora é só aguardar e conferir se nessa etapa os campeões vão conseguir bater as marcas, e além da medalha conquistar o recorde. As inscrições ainda podem ser feitas através do site www.assessocor.com.br . Importante ressaltar aos atletas, que nos dias 22 e 23 a loja Procorrer vai distribuir os kits, na nova unidade, localizada da rua Augusto Stresser. O horário de funcionamento da loja de segunda à sexta é das 9h às 19h. Mas no dia 23, mesmo dia da corrida, a entrega acontece somente até às 14h. Informações pelo fone 41 3308 1891.

3/car — nau. 4/doca — frei. 5/sábio. 6/imerso — xaxado. 7/epílogo.

Esquenta Panturrilha


6

| 17 a 21 de abril de 2014 |

Metró ole

SAÚDE

Sangue artificial deve começar a ser testado em humanos até 2016

Cientistas britânicos querem começar a testar sangue artificial pela primeira vez em humanos nos próximos três anos. Eles planejam iniciar a primeira fase de testes com voluntários no final de 2016 ou no início de 2017. Por trás da iniciativa está um consórcio de universidades e órgãos do governo do Reino Unido que já vem produzindo produz células de sangue a partir de células-tronco. As células-tronco são aquelas capazes de se transformar em qualquer outra célula do corpo humano. Muitos estudiosos apostam nelas como a chave para a cura de inúmeras doenças. Cultivadas em laboratório, as células sanguíneas poderiam ser, assim, usadas para transfusões, evitando uma série de problemas comumente observados nesse processo, como o risco de transmissão de infecções, a incompatibilidade com o sistema imunológico do receptor e a possibilidade de excesso de ferro no sangue do doador. Além disso, se for bem sucedido, o projeto permitirá au-

mentar a oferta de sangue disponível para transfusões. Muitos países do mundo, como o Brasil, sofrem com o estoque dos bancos de sangue, que, alimentados por doações públicas, são insuficientes para atender a crescente demanda pelo material. Segundo os envolvidos na pesquisa, o uso de células sanguíneas cultivadas em laboratório também apresentaria uma vantagem clínica em relação ao sangue colhido de doadores. Isso porque, de acordo com os cientistas, as células produzidas artificialmente são mais novas e têm maior longevidade. "Produzir uma terapia celular que leve em conta a escala, a qualidade e a segurança exigidas para testes clínicos em humanos é um desafio muito grande. Mas se tivermos êxito, poderemos garantir a po-

pulações de diferentes países o benefício dessas transfusões de sangue", afirmou Marc Turner, professor da Universidade de Edimburgo, na Escócia, e responsável pelo projeto. "Os testes que faremos também fornecerão informação de valor a outros pesquisadores no desenvolvimento de terapias celulares", acrescentou. TÉCNICA Turner e sua equipe usaram uma técnica que cria células do sangue a partir de células-tronco pluripotentes induzidas, também conhecidas como células iPS ou iPSCs. Por esse artíficio, as células doadoras são isoladas e cultivadas. Posteriormente, transferem-se para elas os genes das células-tronco associadas por meio de vetores virais. Ao final do processo, as células-tronco pluripotentes induzidas são estimuladas por uma substância química para

se transformar em células do sangue do tipo O, raro e universal. Segundo Turner, é provável que os testes sejam feitos em três pacientes com talassemia, uma doença que acomete o sangue e exige transfusões contínuas. O comportamento das células sanguíneas produzidas artificialmente será monitorado durante os testes, acrescentou o pesquisador. Ele, no entanto, ressalva que ainda há um longo caminho a percorrer para produzir sangue artificial em escala "industrial". Atualmente, o custo para uma única transfusão de sangue é de 120 libras no Reino Unido, ou R$ 360. Para Turner, se os testes forem eficazes, esses custos poderão ser reduzidos substancialmente no futuro. Uol Notícias

Dilma quer 11,4 mil novas vagas em cursos de medicina até 2017 Brasília - Em discurso no Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social (CDES) nesta quarta-feira, 16, a presidente Dilma Rousseff disse que o governo federal está aumentando o número de estudantes nos cursos de medicina e que a meta é criar 11,4 mil novas vagas até 2017. “Isso é estratégico ... para que a gente tenha volume de médicos necessário. Vamos chegar ao fim deste ano com, du-

rante o meu governo, mais de 6 mil vagas criadas em cursos de medicina”, disse a presidente em discurso no Conselhão. Dilma lembrou que, no âmbito do Programa Mais Médicos, o governo levou profissionais a 3.866 municípios brasileiros. “Trouxemos 14 mil médicos e demos cobertura a 49 milhões de pessoas. Tinha gente que não tinha médico sistematicamente perto dela”, disse.

“Quando você cria essa rede em postos de saúde, você diminui filas nos hospitais.” A presidente reconheceu, porém, que ainda tem “muita coisa a avançar” na saúde. “Temos que levar em conta o sistema privado de saúde e ver como pode ser complementar, da maneira mais criativa possível. Isso requer discussão”, disse. Laís Alegretti, Rafael Moraes Moura e Victor Martins

Conheça riscos, mitos e benefícios de cada tipo de parto Cientistas de 25 países resolveram estudar o impacto da realização de cesarianas em grávidas de gêmeos. O esforço internacional foi motivado pelo aumento do número de cirurgias agendadas nestes casos em todo o mundo devido à crença de que há um risco maior para a mãe e os bebês quando o nascimento ocorre por parto normal. Só nos Estados Unidos, o índice saltou 50% entre 1995 e 2008, para 75% dos partos de gêmeos. O estudo analisou 2,8 mil partos ao longo de oito anos e seu resultado – publicado no fim do ano passado – vai contra o imaginário coletivo. “A cesárea planejada não reduz o risco de morte em gravidez de gêmeos”, diz o obstetra Renato Sá, vicepresidente da Associação de Ginecologia e Obstetrícia do Estado do Rio de Janeiro (Segorj), que participou da pesquisa. “Provou-se que era mito”. Não se trata do único falso motivo apontado como indicação de cesárea em consultórios Brasil afora. Obstetras ouvidos pela BBC Brasil relatam casos em que mulheres fizeram cesáreas desnecessárias porque “o bebê é grande ou pequeno demais”, “a mãe tem bacia estreita’ ou ‘o bebê virou de posição durante o parto”. Uma dos mitos mais frequentes na indicação de cesariana é o bebê estar com o cordão umbilical enrolado no pescoço. “O cordão é como um fio de telefone: para enforcar a criança, seria necessário muito esforço”, diz Sá. “De qualquer forma, quando ela desce pelo canal vaginal, o cordão vai se desenrolando”. Na verdade, são poucas as situações que podem ser solucionadas apenas pela cesariana, segundo os médicos consultados para esta reportagem. Uma delas é quando a placenta se desloca e bloqueia a saída do bebê, fenômeno conhecido como placenta prévia total. A força feita pela criança ao tentar nascer pode causar uma hemorragia grave e o óbito da mãe e do filho. Outro caso é a hipertensão desenvolvida pela mulher durante gestação, a eclampsia. ‘Se a mãe é diabética grave, também é preciso fazer cesárea’, afirma Etevino Trindade, presidente da Federação Brasileira das Associações de Ginecologia e Obstetrícia (Febrasgo). Quando a gestante tem um problema de coração grave, a cirurgia deve ser feita. Ainda estão nessa categoria grávidas portadoras do vírus HIV que tenham uma carga viral alta e imunidade baixa ou com uma lesão de herpes genital ativa no fim da gestação (a cesárea evita o contágio do bebê) e o descolamento prematuro da placenta, que gera risco de sangramento excessivo. Na maioria dos casos, a situação específica deve ser avaliada. “Uma cesárea também traz riscos, apesar de serem menores do que no passado”, diz o obstetra Pedro Octávio Britto Pereira, professor da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UniRio). “É preciso saber qual é a forma de parto mais segura e optar por ela”. RISCOS Não se pode negar que a cesariana é um recurso valioso para salvar vidas e deve ser usada num quadro crítico. Pode ser o caso, por exemplo, de quando o cordão umbilical sai antes do bebê, durante o parto, fenômeno conhecido como prolapso. Isso corta o fluxo de sangue para a criança. A situação deve ser resolvida em minutos, caso contrário o bebê morre. No entanto, a cesárea é em geral mais arriscada e pode trazer prejuízos para a mãe e o bebê. O estudo “Morte materna no século 21” , publicado em 2008 no periódico American Journal of Obstetrics and Ginecology, analisou 1,46 milhão de partos e encontrou um risco de óbito dez vezes maior para a gestante em cesarianas. Enquanto a taxa de morte em partos normais foi de 0,2 para 100 mil, no caso das cesáreas chegou a 2,2 por 100 mil. Deve-se levar em conta que, em parte dessas cesáreas, a situação já era emergencial e mais arriscada. Mas o aumento do agendamento deste tipo de parto torna o índice preocupante. A cesárea é uma cirurgia e pode gerar hemorragia, infecções e danos a órgãos internos da gestante, sem que fosse necessário assumir o risco de ter estas complicações. O maior número de cesáreas agendadas também coincide com o aumento de bebês prematuros, já que a idade gestacional não pode ser calculada com exatidão. Isso faz com que nascimentos ocorram muito antes do recomendado, algo associado a problemas respiratórios no bebê. O parto normal traz benefícios para o bebê e a mãe. Durante o parto, a mãe produz os hormônios oxitocina, que estudos indicam ser capaz de proteger o recém-nascido de danos no cérebro e ajudar no amadurecimento cerebral, e prolactina, que favorece a amamentação. ‘O parto normal é um processo fisiológico normal. Não há por que transformar isso num procedimento cirúrgico sem necessidade’, afirma Sá, do Segorj. Uma situação em que a cesárea costuma ser pré-agendada no Brasil é quando o bebê está ‘sentado’ na barriga da mãe. Isso gera o risco da sua cabeça ficar presa na pélvis da mãe. Mas a cesárea não é a única saída. O médico pode tentar, durante a gestação, colocar manualmente o bebê de ponta cabeça, posição mais indicada para o nascimento, por meio de uma manobra conhecida como versão externa. Ter feito duas cesáreas anteriormente também não é indicação absoluta de necessidade de nova cesárea. Como o útero tem cicatrizes de operações anteriores, elas podem se romper durante o parto normal. ‘Mas a literatura médica indica que a mulher tem o direito de tentar porque o risco absoluto é baixo, de menos de 1%’, afirma o obstetra Jorge Kuhn. ‘Se os pais acharem que ainda assim é um risco alto, é melhor nem tentar.’ INFORMAÇÃO Os obstetras ouvidos pela BBC Brasil são unânimes numa questão: a melhor forma da mãe tomar uma decisão é informarse. É possível consultar os sites da Febrasgo e da Associação Médica Brasileira, órgãos que publicam diretrizes sobre partos normais e cesarianas. Os colégios de ginecologia e obstetrícia dos Estados Unidos, da Austrália, do Canadá e do Reino Unido servem de referência para profissionais de todo o mundo. “Se a mulher não vai atrás de informação, ela dá ouvidos aos relatos de amigas e parentes. Muitas dessas mulheres fizeram cesáreas por razões que consideram justificáveis, mas que não são’, afirma Kuhn. ‘A mãe também pensa que o médico estudou muito para se formar e que não tem autoridade para questionálo. Mas é importante que ela saiba as indicações reais e seus direitos para ser a protagonista de seu parto, em vez de delegar isso ao obstetra”.


| De 17 a 21 de abril de 2014 |

7

Prefeitura abre inscrições para VIII Mostra de Dança de Pinhais Promovido pela Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer, o evento prevê apresentações, workshops e palestras Estão abertas as inscrições para a oitava edição da Mostra de Dança de Pinhais promovida pela Prefeitura de Pinhais, por meio da Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer e do Departamento de Cultura. As apresentações serão realizadas do dia 29 a 31 de maio. Trata-se de um evento gratuito que não tem caráter competitivo. Além da mostra, a inciativa oferecerá workshops e palestras. De acordo com a organi- Inscrições para VIII Mostra de Dança de Pinhais devem ser zação, a iniciativa é destina- realizadas no site da prefeitura de Pinhais até o dia 9 de maio da a todos os gêneros e estilos de dança e tem objetivo valorizar o traInfanto-juvenil: bailarinos com idade enbalho desenvolvido por aqueles que se dedi- tre 13 e 15 anos; cam à dança no município de Pinhais e reSênior: bailarinos com idade entre 16 e 18 gião e desenvolver integração e intercâmbio anos; cultural entre os participantes. A mostra proAdulto: bailarinos que possuam a partir curará difundir a dança como um dos meios de 19 anos; essenciais de expressão cultural e também Grupos Convidados: serão escolhidos pela estimulará a prática. Por meio dos Comissão Organizadora para participar da workshops, também previstos, será possível abertura oficial do evento, prevista para o dia valorizar as formas inovadoras de pesquisa 29 de maio às 19h, no Ginásio Poliesportivo sobre o tema e proporcionar uma visão atu- Tancredo de Almeida Neves, no centro de al sobre a dança. Pinhais. Para fazer a inscrição, os interessados deServiço vem preencher o formulário disponível no site As inscrições para a participação na VIII da prefeitura, onde também pode ser acessado Mostra de Dança de Pinhais devem ser realio regulamento, bem como demais informa- zadas no site da prefeitura de Pinhais até o ções sobre o evento. Poderão se inscrever para dia 9 de maio. a mostra, grupos de dança de escolas, acadeAs inscrições para os Workshops estarão mias ou companhias de dança de Pinhais e abertas a partir do dia 28 de abril e encerraregião. rão no dia 16 de maio. Mais informações pelo As categorias para apresentação serão: e-mail: centrocultural@pinhais.pr.gov.br ou Infantil: bailarinos com idade entre 7 e 12 pelos telefones (41) 3912-5241 ou (41) 3912anos; 5253.

Hiperdia realizado em Pinhais teve como objetivo repassar aos participantes orientações nutricionais específicas para quem tem pressão alta e diabetes

Profissionais da Saúde de Pinhais promovem Hiperdia Na manhã desta quarta-feira (16), profissionais da Unidade de Saúde do Tarumã pertencentes ao Núcleo de Apoio à Família (NASF), da Secretaria Municipal de Saúde de Pinhais, promoveram na mais uma edição do “Hiperdia”. A iniciativa contempla reuniões periódicas, realizadas pelo grupo de acompanhamento de hipertensos e diabéticos da USF Tarumã, onde são abordados temas educativos que visam à promoção da saúde e a prevenção de agravos. De acordo com a responsável pelo Hiperdia, Glair Portela Sadoski, para que estas reuniões sejam realizadas, com a participação ativa da população, é fundamental o trabalho realizado pelos agentes comunitários de saúde. “São eles que convidam a população e tornam-se nossa ponte com a comunidade”, salienta. O encontro teve como objetivo repassar

aos participantes orientações nutricionais específicas para quem tem pressão alta e diabetes. Neste sentido, a nutricionista do NASF Lilian Tanikawa Santos acompanhada pelas graduandas em Nutrição pela Universidade Federal do Paraná (UFPR), Tamsyn Kaminski e Shirley Cristina Rodrigues, convidadas para participar do evento, falaram sobre a importância de uma alimentação balanceada e também da prática de atividades físicas. Na edição anterior, haviam sido tratados assuntos relativos às ações de prevenção de assaltos, roubos e golpes organizado pela equipe da USF do Tarumã, em parceria com a Guarda Municipal de Pinhais. Na oportunidade, o palestrante Marcelo Adolfo, repassou dicas simples, para evitar momentos de distração que podem favorecer marginais que estão à espera dessas oportunidades para agirem.


8

PUBLICAÇÕES LEGAIS / NACIONAL

TERMO DE HOMOLOGAÇÃO E ADJUDICAÇÃO

| De 17 a 21 de abril de 2014 |

Extrato da Ata de Registro de Preços nº. 039/2014

PREGÃO PRESENCIAL nº. 099/2013 O PREFEITO MUNICIPAL DE PIRAQUARA, Estado do Paraná, no uso de suas atribuições legais e com base na Lei nº. 8.666 de 21/06/93, Lei nº. 10.520/02, que institui a modalidade Pregão, Decreto nº. 3931/01e de acordo com o procedimento licitatório e julgamento das propostas apresentadas ao PREGÃO PRESENCIAL nº. 099/2013 – Processo nº. 542/ 13, que tem por objeto o registro de preços para aquisição de gêneros alimentícios semiperecíveis para suprir as necessidades das Escolas Municipais, Centros Municipais de Educação Infantil-CMEI’s, Programas Sociais da Secretaria de Assistência Social e demais secretarias do município de Piraquara, pelo período de 12 (doze) meses; HOMOLOGA o referido processo licitatório, adjudicando seu resultado às seguintes empresas: - CASA DA MERENDA COMÉRCIO DE ALIMENTOS LTDA-EPP, com sede no Viaduto Colorado, 1130 – Jardim Botânico – Curitiba-PR e CNPJ sob nº. 13.316.546/0001-06, vencedor dos itens 27, 48, 80 e 145, pelo valor total de R$ 69.381,00 (Sessenta e nove mil, trezentos e oitenta e um reais); - AGROCOMERCIAL QUIT SUL LTDA, com sede na Rua Pedro Zolner, s/nº. – Centro – Quitandinha-PR e CNPJ sob nº. 05.484.195/0001-06 – vencedor dos itens 77 e 110, pelo valor total de R$ 26.332,00 (Vinte e seis mil, trezentos e trinta e dois reais); - COMERCIAL DE ALIMENTOS CWB WORDS LTDA-EPP, com sede na Rua Profº. Ulisses Vieira, 2446 – Santa QuitériaCuritiba-PR e CNPJ sob nº. 07.092.633/0001-16 – vencedor dos itens 1, 2, 57, 58 e 126, pelo valor total de R$ 104.811,00 (Cento e quatro mil, oitocentos e onze reais); - H&D ALIMENTOS LTDA, com sede na Rua Gertrudes Cruz de Andrade, 219 – Pinheirinho-Curitiba-PR e CNPJ sob nº. 03.770.422/0001-34, vencedor dos itens 4, 5, 6, 9, 11, 16, 17, 18, 20, 22,36, 42, 43, 44, 45, 53, 61, 63, 64, 65, 68, 69, 75, 82, 90, 93, 95, 97, 105, 130, 137, 138, 139, 140, 146, 147, 148, 149 e 152, pelo valor total R$ 175.233,30 (Cento e setenta e cinco mil, duzentos e trinta e três reais e trinta centavos); - INTEGRA COMERCIAL EIRELI-EPP, com sede na Rua Veríssimo Marques, 1732 – Centro – São José dos PinhaisPR e CNPJ sob nº. 10.212.388/0001-48, vencedor dos itens 10, 49, 66, 72, 73, 76, 83, 84, 86, 87, 88, 92, 112, 113, 120, 143, 150, pelo valor total de R$ 245.524,00 (Duzentos e quarenta e cinco mil, quinhentos e vinte e quatro reais); - ITAVOL COMERCIAL LTDA, com sede na Rua Luiz Massuquetto, 324 – Bacacheri – Curitiba-PR e CNPJ sob nº. 10.976.220/0001-09, vencedor dos itens 23, 25, 28 e 85, pelo valor total de R$ 152.944,20 (Cento e cinquenta e dois mil, novecentos e quarenta e quatro reais e vinte centavos); - JPA COMÉRCIO E REPRESENTAÇÕES LTDA-EPP, com sede na Rua Santa Corleto Milani, 249 – Jd. Adriana-Colombo-PR e CNPJ sob nº. 03.551.813/0001-68, vencedor dos itens 3, 7, 8, 15, 26, 30, 34, 50, 52, 78, 81, 96, 102, 103, 108, 116, 117, 118, 122, 123, 127, 128 e 144, pelo valor total de R$ 765.384,75 (Setecentos e sessenta e cinco mil, trezentos e oitenta e quatro reais e setenta e cinco centavos); - KARINA INDÚSTRIA DE ALIMENTOS LTDA-EPP, com sede na Rod. BR 158 – km 521, nº. 10280 – Planalto – Pato Branco-PR e CNPJ sob nº. 09.182.938/0001-44, vencedor dos itens 29, 31, 32 e 33, pelo valor total de R$ 158.849,40 (Cento e cinquenta e oito mil, oitocentos e quarenta e nove reais e quarenta centavos); - LICITAL COMERCIAL LTDA-ME, com sede na Rua Anne Frank, 3189, Boqueirão – Curitiba-PR e CNPJ sob nº. 11.447.252/ 0001-80, vencedor dos itens 40 e 74, pelo valor total de R$ 14.613,00 (Quatorze mil, seiscentos e treze reais); - MASTER SUL COMÉRCIO ALIMENTOS LTDA-ME, com sede na Rua Engenheiro João Bley Filho, 623 – Pinheirinho – Curitiba-PR e CNPJ sob nº. 13.153.167/0001-34, vencedor dos itens 104 e 129, pelo valor total de R$ 47.186,00 (Quarenta e sete mil, cento e oitenta e seis reais); - REALENGO ALIMENTOS LTDA, com sede na Rua Leoberto Leal, 10, Imigrantes – Turvo-SC e CNPJ sob nº. 07.032.688/ 0001-30, vencedor dos itens 13 e 14, pelo valor total de R$ 13.729,00 (Treze mil, setecentos e vinte e nove reais); - REI DAS EMBALAGENS LTDA-ME, com sede na Rua Julia Lopes, 965 – Orfas – Ponta Grossa-PR e CNPJ sob nº. 17.667.354/0001-97, vencedor dos itens 21, 37, 38, 54, 55, 56, 67, 70, 79, 89, 94, 99, 100, 111, 114, 115, 121, 124, 125, 131, 132, 133, 134, 135, 136, 142 e 151, pelo valor total de R$ 425.117,70 (Quatrocentos e vinte e cinco mil, cento e dezessete reais e setenta centavos); - SELETIVA COMÉRCIO DE PRODUTOS ALIMENTÍCIOS EIRELIEPP, com sede na Rua Antonio Gonçalves Sobral, 320 – Roseira – São José dos Pinhais-PR e CNPJ sob nº. 04.741.337/ 0001-00, vencedor dos itens 41, 51, 107 e 109, pelo valor total de R$ 87.440,50 (Oitenta e sete mil, quatrocentos e quarenta reais e cinquenta centavos); - SUDMERCATO COMÉRCIO E REPRESENTAÇÃO DE ALIMENTOS LTDA, com sede na Av. Rocha Pombo, 2255 – São Cristóvão – São José dos Pinhais-PR e CNPJ sob nº. 00.697.150/ 0001-04, vencedor dos itens 46 e 47, pelo valor total de R$ 9.700,00 (Nove mil e setecentos reais); - VAREJÃO DE CARNES SOLEDADE LTDA-ME, com sede na Rua Sudão, 1243 – Rio Verde – Colombo-PR e CNPJ sob nº. 06.087.469/0001-96, vencedor dos itens 24, 35, 39, 101 e 119, pelo valor total de R$ 186.178,60 (Cento e oitenta e seis mil, cento e setenta e oito reais e sessenta centavos). Palácio 29 de Janeiro, Prédio Prefeito Antonio Alceu Zielonka, 14 de abril de 2014.

Objeto: Registro de preços para aquisição de gêneros alimentícios semiperecíveis para suprir as necessidades das Escolas Municipais, Centros Municipais de Educação Infantil-CMEI’s, Programas Sociais da Secretaria de Assistência Social e demais secretarias do município de Piraquara. Modalidade: PREGÃO PRESENCIAL Nº. 099/13. Detentora da Ata: CASA DA MERENDA COMÉRCIO DE ALIMENTOS LTDA-EPP, com sede no Viaduto Colorado, 1130 – Jardim Botânico – Curitiba-PR, inscrito no CNPJ sob nº. 13.316.546/ 0001-06, vencedora dos itens 27, 48, 80 e 145, pelo valor total de R$ 69.381,00 (Sessenta e nove mil, trezentos e oitenta e um reais). Validade da Ata: 12 (doze) meses, a contar da assinatura. Data da Assinatura: 15 de abril de 2014. Extrato da Ata de Registro de Preços nº. 040/2014 Objeto: Registro de preços para aquisição de gêneros alimentícios semiperecíveis para suprir as necessidades das Escolas Municipais, Centros Municipais de Educação Infantil-CMEI’s, Programas Sociais da Secretaria de Assistência Social e demais secretarias do município de Piraquara. Modalidade: PREGÃO PRESENCIAL Nº. 099/13. Detentora da Ata: AGROCOMERCIAL QUIT SUL LTDA, com sede na Rua Pedro Zolner, s/nº. – Centro – Quitandinha-PR, inscrito no CNPJ sob nº. 05.484.195/0001-06, vencedor dos itens 77 e 110, pelo valor total de R$ 26.332,00 (Vinte e seis mil, trezentos e trinta e dois reais). Validade da Ata: 12 (doze) meses, a contar da assinatura. Data da Assinatura: 15 de abril de 2014. Extrato da Ata de Registro de Preços nº. 041/2014 Objeto: Registro de preços para aquisição de gêneros alimentícios semiperecíveis para suprir as necessidades das Escolas Municipais, Centros Municipais de Educação Infantil-CMEI’s, Programas Sociais da Secretaria de Assistência Social e demais secretarias do município de Piraquara. Modalidade: PREGÃO PRESENCIAL Nº. 099/13. Detentora da Ata: COMERCIAL DE ALIMENTOS CWB WORDS LTDAEPP, com sede na Rua Profº. Ulisses Vieira, 2446 – Santa Quitéria – Curitiba-PR, inscrito no CNPJ sob nº. 07.092.633/ 0001-16, vencedor dos itens 1, 2, 57, 58 e 126, pelo valor total de R$ 104.811,00 (Cento e quatro mil, oitocentos e onze reais). Validade da Ata: 12 (doze) meses, a contar da assinatura. Data da Assinatura: 15 de abril de 2014. Extrato da Ata de Registro de Preços nº. 042/2014 Objeto: Registro de preços para aquisição de gêneros alimentícios semiperecíveis para suprir as necessidades das Escolas Municipais, Centros Municipais de Educação Infantil-CMEI’s, Programas Sociais da Secretaria de Assistência Social e demais secretarias do município de Piraquara. Modalidade: PREGÃO PRESENCIAL Nº. 099/13. Detentora da Ata: H & D ALIMENTOS LTDA, com sede na Rua Gertrudes Cruz de Andrade, 219 – Pinheirinho – Curitiba-PR, inscrito no CNPJ sob nº. 03.770.422/0001-34, vencedor dos itens 4, 5, 6, 9, 11, 16, 17, 18, 20, 22,36, 42, 43, 44, 45, 53, 61, 63, 64, 65, 68, 69, 75, 82, 90, 93, 95, 97, 105, 130, 137, 138, 139, 140, 146, 147, 148, 149 e 152, pelo valor total R$ 175.233,30 (Cento e setenta e cinco mil, duzentos e trinta e três reais e trinta centavos). Validade da Ata: 12 (doze) meses, a contar da assinatura. Data da Assinatura: 15 de abril de 2014. Extrato da Ata de Registro de Preços nº. 043/2014 Objeto: Registro de preços para aquisição de gêneros alimentícios semiperecíveis para suprir as necessidades das Escolas Municipais, Centros Municipais de Educação Infantil-CMEI’s, Programas Sociais da Secretaria de Assistência Social e demais secretarias do município de Piraquara. Modalidade: PREGÃO PRESENCIAL Nº. 099/13. Detentora da Ata: INTEGRA COMERCIAL EIRELI-EPP, com sede na Rua Veríssimo Marques, 1732 – Centro – São José dos Pinhais-PR e CNPJ sob nº. 10.212.388/0001-48, vencedor dos itens 10, 49, 66, 72, 73, 76, 83, 84, 86, 87, 88, 92, 112, 113, 120, 143, 150, pelo valor total de R$ 245.524,00 (Duzentos e quarenta e cinco mil, quinhentos e vinte e quatro reais). Validade da Ata: 12 (doze) meses, a contar da assinatura. Data da Assinatura: 15 de abril de 2014. Extrato da Ata de Registro de Preços nº. 044/2014 Objeto: Registro de preços para aquisição de gêneros alimentícios semiperecíveis para suprir as necessidades das Escolas Municipais, Centros Municipais de Educação Infantil-CMEI’s, Programas Sociais da Secretaria de Assistência Social e demais secretarias do município de Piraquara. Modalidade: PREGÃO PRESENCIAL Nº. 099/13. Detentora da Ata: ITAVOL COMERCIAL LTDA, com sede na Rua Luiz Massuquetto, 324 – Bacacheri – Curitiba-PR e CNPJ sob nº. 10.976.220/0001-09, vencedor dos itens 23, 25, 28 e 85, pelo valor total de R$ 152.944,20 (Cento e cinquenta e dois mil, novecentos e quarenta e quatro reais e vinte centavos). Validade da Ata: 12 (doze) meses, a contar da assinatura. Data da Assinatura: 15 de abril de 2014. Extrato da Ata de Registro de Preços nº. 045/2014 Objeto: Registro de preços para aquisição de gêneros alimentícios semiperecíveis para suprir as necessidades das Escolas Municipais, Centros Municipais de Educação Infantil-CMEI’s, Programas Sociais da Secretaria de Assistência Social e demais secretarias do município de Piraquara. Modalidade: PREGÃO PRESENCIAL Nº. 099/13. Detentora da Ata: JPA COMÉRCIO E REPRESENTAÇÕES LTDA-EPP, com sede na Rua Santa Corleto Milani, 249 – Jd. AdrianaColombo-PR e CNPJ sob nº. 03.551.813/0001-68, vencedor dos itens 3, 7, 8, 15, 26, 30, 34, 50, 52, 78, 81, 96, 102, 103, 108, 116, 117, 118, 122, 123, 127, 128 e 144, pelo valor total de R$ 765.384,75 (Setecentos e sessenta e cinco mil, trezentos e oitenta e quatro reais e setenta e cinco centavos). Validade da Ata: 12 (doze) meses, a contar da assinatura. Data da Assinatura: 15 de abril de 2014. Extrato da Ata de Registro de Preços nº. 046/2014 Objeto: Registro de preços para aquisição de gêneros alimentícios semiperecíveis para suprir as necessidades das Escolas Municipais, Centros Municipais de Educação Infantil-CMEI’s, Programas Sociais da Secretaria de Assistência

Social e demais secretarias do município de Piraquara. Modalidade: PREGÃO PRESENCIAL Nº. 099/13. Detentora da Ata: KARINA INDÚSTRIA DE ALIMENTOS LTDA-EPP, com sede na Rod. BR 158 – km 521, nº. 10280 – Planalto – Pato Branco-PR e CNPJ sob nº. 09.182.938/0001-44, vencedor dos itens 29, 31, 32 e 33, pelo valor total de R$ 158.849,40 (Cento e cinquenta e oito mil, oitocentos e quarenta e nove reais e quarenta centavos). Validade da Ata: 12 (doze) meses, a contar da assinatura. Data da Assinatura: 15 de abril de 2014. Extrato da Ata de Registro de Preços nº. 047/2014 Objeto: Registro de preços para aquisição de gêneros alimentícios semiperecíveis para suprir as necessidades das Escolas Municipais, Centros Municipais de Educação Infantil-CMEI’s, Programas Sociais da Secretaria de Assistência Social e demais secretarias do município de Piraquara. Modalidade: PREGÃO PRESENCIAL Nº. 099/13. Detentora da Ata: LICITAL COMERCIAL LTDA-ME, com sede na Rua Anne Frank, 3189, Boqueirão – Curitiba-PR e CNPJ sob nº. 11.447.252/0001-80, vencedor dos itens 40 e 74, pelo valor total de R$ 14.613,00 (Quatorze mil, seiscentos e treze reais). Validade da Ata: 12 (doze) meses, a contar da assinatura. Data da Assinatura: 15 de abril de 2014. Extrato da Ata de Registro de Preços nº. 048/2014 Objeto: Registro de preços para aquisição de gêneros alimentícios semiperecíveis para suprir as necessidades das Escolas Municipais, Centros Municipais de Educação Infantil-CMEI’s, Programas Sociais da Secretaria de Assistência Social e demais secretarias do município de Piraquara. Modalidade: PREGÃO PRESENCIAL Nº. 099/13. Detentora da Ata: MASTER SUL COMÉRCIO ALIMENTOS LTDA-ME, com sede na Rua Engenheiro João Bley Filho, 623 – Pinheirinho – Curitiba-PR e CNPJ sob nº. 13.153.167/000134, vencedor dos itens 104 e 129, pelo valor total de R$ 47.186,00 (Quarenta e sete mil, cento e oitenta e seis reais). Validade da Ata: 12 (doze) meses, a contar da assinatura. Data da Assinatura: 15 de abril de 2014. Extrato da Ata de Registro de Preços nº. 049/2014 Objeto: Registro de preços para aquisição de gêneros alimentícios semiperecíveis para suprir as necessidades das Escolas Municipais, Centros Municipais de Educação InfantilCMEI’s, Programas Sociais da Secretaria de Assistência Social e demais secretarias do município de Piraquara. Modalidade: PREGÃO PRESENCIAL Nº. 099/13. Detentora da Ata: REALENGO ALIMENTOS LTDA, com sede na Rua Leoberto Leal, 10, Imigrantes – Turvo-SC e CNPJ sob nº. 07.032.688/ 0001-30, vencedor dos itens 13 e 14, pelo valor total de R$ 13.729,00 (Treze mil, setecentos e vinte e nove reais). Validade da Ata: 12 (doze) meses, a contar da assinatura. Data da Assinatura: 15 de abril de 2014. Extrato da Ata de Registro de Preços nº. 050/2014 Objeto: Registro de preços para aquisição de gêneros alimentícios semiperecíveis para suprir as necessidades das Escolas Municipais, Centros Municipais de Educação Infantil-CMEI’s, Programas Sociais da Secretaria de Assistência Social e demais secretarias do município de Piraquara. Modalidade: PREGÃO PRESENCIAL Nº. 099/ 13. Detentora da Ata: REI DAS EMBALAGENS LTDA-ME, com sede na Rua Julia Lopes, 965 – Orfas – Ponta GrossaPR e CNPJ sob nº. 17.667.354/0001-97, vencedor dos itens 21, 37, 38, 54, 55, 56, 67, 70, 79, 89, 94, 99, 100, 111, 114, 115, 121, 124, 125, 131, 132, 133, 134, 135, 136, 142 e 151, pelo valor total de R$ 425.117,70 (Quatrocentos e vinte e cinco mil, cento e dezessete reais e setenta centavos). Validade da Ata: 12 (doze) meses, a contar da assinatura. Data da Assinatura: 15 de abril de 2014. Extrato da Ata de Registro de Preços nº. 051/2014 Objeto: Registro de preços para aquisição de gêneros alimentícios semiperecíveis para suprir as necessidades das Escolas Municipais, Centros Municipais de Educação Infantil-CMEI’s, Programas Sociais da Secretaria de Assistência Social e demais secretarias do município de Piraquara. Modalidade: PREGÃO PRESENCIAL Nº. 099/13. Detentora da Ata: SELETIVA COMÉRCIO DE PRODUTOS ALIMENTÍCIOS EIRELI-EPP, com sede na Rua Antonio Gonçalves Sobral, 320 – Roseira – São José dos Pinhais-PR e CNPJ sob nº. 04.741.337/0001-00, vencedor dos itens 41, 51, 107 e 109, pelo valor total de R$ 87.440,50 (Oitenta e sete mil, quatrocentos e quarenta reais e cinquenta centavos). Validade da Ata: 12 (doze) meses, a contar da assinatura. Data da Assinatura: 15 de abril de 2014. Extrato da Ata de Registro de Preços nº. 052/2014 Objeto: Registro de preços para aquisição de gêneros alimentícios semiperecíveis para suprir as necessidades das Escolas Municipais, Centros Municipais de Educação Infantil-CMEI’s, Programas Sociais da Secretaria de Assistência Social e demais secretarias do município de Piraquara. Modalidade: PREGÃO PRESENCIAL Nº. 099/13. Detentora da Ata: SUDMERCATO COMÉRCIO E REPRESENTAÇÃO DE ALIMENTOS LTDA, com sede na Av. Rocha Pombo, 2255 – São Cristóvão – São José dos Pinhais-PR e CNPJ sob nº. 00.697.150/0001-04, vencedor dos itens 46 e 47, pelo valor total de R$ 9.700,00 (Nove mil e setecentos reais). Validade da Ata: 12 (doze) meses, a contar da assinatura. Data da Assinatura: 15 de abril de 2014. Extrato da Ata de Registro de Preços nº. 053/2014 Objeto: Registro de preços para aquisição de gêneros alimentícios semiperecíveis para suprir as necessidades das Escolas Municipais, Centros Municipais de Educação Infantil-CMEI’s, Programas Sociais da Secretaria de Assistência Social e demais secretarias do município de Piraquara. Modalidade: PREGÃO PRESENCIAL Nº. 099/13. Detentora da Ata: VAREJÃO DE CARNES SOLEDADE LTDA-ME, com sede na Rua Sudão, 1243 – Rio Verde – Colombo-PR e CNPJ sob nº. 06.087.469/0001-96, vencedor dos itens 24, 35, 39, 101 e 119, pelo valor total de R$ 186.178,60 (Cento e oitenta e seis mil, cento e setenta e oito reais e sessenta centavos). Validade da Ata: 12 (doze) meses, a contar da assinatura. Data da Assinatura: 15 de abril de 2014.


| De 17 a 21 de abril de 2014 |

PUBLICAÇÕES LEGAIS / NACIONAL

9

JUSTIÇA GRATUITA

JUSTIÇA GRATUITA

JUSTIÇA GRATUITA

EDITAL PARA CONHECIMENTO DE TERCEIROS INTERESSADOS, NA DECRETAĂ‡ĂƒO DA INTERDIĂ‡ĂƒO DE JANDIRA GONÇALVES FERREIRA, COM O PRAZO DE TRINTA (30) DIAS. FAZ SABER, pelo presente edital, que por este JuĂ­zo e CartĂłrio da 2.ÂŞ Vara CĂ­vel da Comarca da RegiĂŁo Metropolitana de Curitiba - Foro Regional de SĂŁo JosĂŠ dos Pinhais – PR., se processam os autos n.Âş 003070-50.2010.8.16.0035 (3070/2010), de INTERDIĂ‡ĂƒO, em que figura como requerente CELIA GONÇALVES FERREIRA DE FRANÇA e requerida JANDIRA GONÇALVES FERREIRA, tendo a autora informado, na inicial, que a requerida ĂŠ portadora de deficiĂŞncia mental. O feito teve seu regular processamento, com a perĂ­cia mĂŠdica e o acompanhamento do MinistĂŠrio PĂşblico e, de acordo com o laudo pericial, ficou demonstrado que a requerida ĂŠ portadora de doença mental de carĂĄter irreversĂ­vel, a qual determina sua incapacidade para praticar os atos da vida civil, sendo que em data de 26/02/2013, por decisĂŁo proferida Ă s fls. 73/74 dos autos em referĂŞncia, decretou-se a interdição de JANDIRA GONÇALVES FERREIRA, brasileira, nascida em 18/04/1949, filha de JosĂŠ Alves Ferreira e ItĂĄlia Gonçalves Ferreira, portadora da CI RG sob n.Âş 5.892.6175/PR, residente e domiciliada na Rua Estrada SecundĂĄria s/n, Lagoinha, Tijucas do Sul/PR, sendo-lhe nomeado curadora na pessoa da requerente CELIA GONÇALVES FERREIRA DE FRANÇA, brasileira, portadora da CI RG sob n.Âş 5.371.554-0/ PR e inscrita no CPF/MF sob n.Âş 904.583.629-72, residente e domiciliada no mesmo endereço acima descrito, que deverĂĄ prestar o compromisso na forma da lei. E, para que chegue ao conhecimento de terceiros e interessados, e nĂŁo possam alegar ignorância, expediu-se o presente edital, a ser afixado no lugar de costume do juĂ­zo e publicado pela imprensa, na forma da lei. SĂŁo JosĂŠ dos Pinhais, 24 de março de 2014. Eu______________________(Ivete Marly Hahn - Auxiliar de Justiça Juramentada), que o digitei e subscrevi.

EDITAL PARA CONHECIMENTO DE TERCEIROS INTERESSADOS, NA DECRETAĂ‡ĂƒO DA INTERDIĂ‡ĂƒO DE JOSÉ DINARTE IGESKI CARDOZO, COM O PRAZO DE TRINTA (30) DIAS. FAZ SABER, pelo presente edital, que por este JuĂ­zo e CartĂłrio da 2.ÂŞ Vara CĂ­vel da Comarca da RegiĂŁo Metropolitana de Curitiba - Foro Regional de SĂŁo JosĂŠ dos Pinhais – PR., se processam os autos n.Âş 0005476-10.2011.8.16.0035 (5476/2011), de INTERDIĂ‡ĂƒO, em que figura como requerente MARIA DIVAIR CARDOSO KRAMAS e requerido JOSÉ DINARTE IGESKI CARDOZO, tendo a autora informado, na inicial, que o requerido ĂŠ portador de deficiĂŞncia mental. O feito teve seu regular processamento, com a perĂ­cia mĂŠdica e o acompanhamento do MinistĂŠrio PĂşblico e, de acordo com o laudo pericial, ficou demonstrado que o requerido ĂŠ portador de doença mental de carĂĄter irreversĂ­vel, a qual determina sua incapacidade para praticar os atos da vida civil, sendo que em data de 26/07/2013, por decisĂŁo proferida Ă s fls. 68/69 dos autos em referĂŞncia, decretou-se a interdição de JOSÉ DINARTE IGESKI CARDOZO, brasileiro, nascido em 23/07/1959, filho de Artur Leal Cardozo e Antonia Igeski Cardozo, portador da CI RG sob n.Âş 6.612.912-8/PR e inscrito no CPF/MF sob n.Âş 010.689.5095 residente e domiciliado na BR 376, prĂłximo ao Posto da PolĂ­cia RodoviĂĄria Federal, Contenta, neste MunicĂ­pio de SĂŁo JosĂŠ dos Pinhais/PR, sendo-lhe nomeado curadora na pessoa da requerente MARIA DIVAIR CARDOSO KRAMAS, brasileira, portadora da CI RG sob n.Âş 5.178.191-0/PR e inscrita no CPF/MF sob n.Âş 996.694.989-53, residente e domiciliada na Rua Pedro Krama, n.Âş 300, Contenta, neste MunicĂ­pio de SĂŁo JosĂŠ dos Pinhais/PR, que deverĂĄ prestar o compromisso na forma da lei. E, para que chegue ao conhecimento de terceiros e interessados, e nĂŁo possam alegar ignorância, expediu-se o presente edital, a ser afixado no lugar de costume do juĂ­zo e publicado pela imprensa, na forma da lei. SĂŁo JosĂŠ dos Pinhais, 24 de março de 2014. Eu______________________(Ivete Marly Hahn - Auxiliar de Justiça Juramentada), que o digitei e subscrevi. ELIANA SILVEIRA DA ROSA EscrivĂŁ Assinatura Autorizada pela Portaria 01/2011

EDITAL PARA CONHECIMENTO DE TERCEIROS INTERESSADOS, NA DECRETAĂ‡ĂƒO DA INTERDIĂ‡ĂƒO DE EDITTE SANDRI, COM O PRAZO DE TRINTA (30) DIAS. FAZ SABER, pelo presente edital, que por este JuĂ­zo e CartĂłrio da 2.ÂŞ Vara CĂ­vel da Comarca da RegiĂŁo Metropolitana de Curitiba - Foro Regional de SĂŁo JosĂŠ dos Pinhais – PR., se processam os autos n.Âş 0013461-98.2009.8.16.0035 (2920/2009), de INTERDIĂ‡ĂƒO, em que figura como requerente WILSON BUSARELLO e requerida EDITTE SANDRI, tendo o autor informado, na inicial, que a requerida ĂŠ portadora de deficiĂŞncia mental. O feito teve seu regular processamento, com a perĂ­cia mĂŠdica e o acompanhamento do MinistĂŠrio PĂşblico e, de acordo com o laudo pericial, ficou demonstrado que a requerida ĂŠ portadora de doença mental de carĂĄter irreversĂ­vel, a qual determina sua incapacidade para praticar os atos da vida civil, sendo que em data de 23/01/2011, por decisĂŁo proferida Ă s fls. 53/55 dos autos em referĂŞncia, decretou-se a interdição de EDITTE SANDRI, brasileira, nascida em 05/09/1956, filha de Artur Sandri e Hilda Lopes, portadora da CI RG sob n.Âş 7R/2.493.022/SC e inscrita no CPF/MF sob n.Âş 670.858.659-20, residente e domiciliada na Rua Foz do Iguaçu, n.Âş 294, Bairro Silveira da Motta, nesta Cidade de SĂŁo JosĂŠ dos Pinhais PR, sendo-lhe nomeado curador na pessoa do requerente WILSON BUSARELLO, brasileiro, portador do CI RG sob n.Âş 3C/2.282.872/SC e inscrito no CPF/MF sob n.Âş 468.394.969-53, residente e domiciliado no mesmo endereço acima descrito, que deverĂĄ prestar o compromisso na forma da lei. E, para que chegue ao conhecimento de terceiros e interessados, e nĂŁo possam alegar ignorância, expediu-se o presente edital, a ser afixado no lugar de costume do juĂ­zo e publicado pela imprensa, na forma da lei. SĂŁo JosĂŠ dos Pinhais, 24 de março de 2014. Eu______________________(Ivete Marly Hahn - Auxiliar de Justiça Juramentada), que o digitei e subscrevi.

ELIANA SILVEIRA DA ROSA EscrivĂŁ Assinatura Autorizada pela Portaria 01/2011

ELIANA SILVEIRA DA ROSA EscrivĂŁ Assinatura Autorizada pela Portaria 01/2011

CARTĂ“RIO LIDIA KRUPPIZAK

MJM EMPREENDIMENTOS E PARTICIPAÇÕES SOCIETà RIAS S.A.

Registro Civil – TĂ­tulos e Documentos – Pessoas JurĂ­dicas - Fone (41) 3035-3200 EDITAL DE PROCLAMAS LIDIA KRUPPIZAK, Oficial do Registro Civil da sede da Comarca de SĂŁo JosĂŠ dos Pinhais – PR, na forma da lei FAZ SABER que pretendem se casar: MATEUS ROBERTO COELHO e KRISTIANE DA SILVA BERNARD DANIEL MARQUETTI e VANUSA BORGES DE SOUZA WILLIAM ALEXANDRE MARIANO e ELIZA BRUNA DA GUIA ORTIZ JONATHAN LUIZ MACIEL DE CARVALHO e FRANCIELY SOARES MACIEL MARCOS CLAUDINEI DE SOUZA RAMOS e ARIANE DE LIMA ALVES LUIZ CLAUDIO DA COSTA e VIVIANE DE SOUZA LOPES JOSEPH RICHARD CLARK e JEISA CRISTINA FERNANDES SANTOS DANIEL FERREIRA DE MATOS e ALINE MONTEIRO BIGOLI ALLAN JACKSON MARTINS FARIAS e LUANA ANCELMA RIBEIRO DIEGO RODRIGUES e LETICIA MARTILIANO DA SILVA JHONATAN LIMA DOS SANTOS e IRIS DE FATIMA BOIKO MAURICIO RODRIGUES SOUZA e TABATA NAIARA DOS SANTOS ROBERTO HENRIQUE WULF e MICHELLI HELVIRA CORTEZ DIAS CARLOS ANTONIO VALENTE MARTINS e ELIZETE MARIA JAREK LEDUAN RODRIGUES MOREIRA e KARLA DALILA DA SILVA EDMILSON FERREIRA DE LIMA e BRUNA CRISTINA DOS SANTOS LUIZ CESAR DE JESUS MARINHO e LILIANE DA CONCEIĂ‡ĂƒO ALEXANDRE JOĂƒO ANTONIO BATISTA PAIXĂƒO JUNIOR e EMILIA PASTUCH Se alguĂŠm souber de impedimento legal, acuse-o para os fins de direito. E para constar e chegar este ao conhecimento de todos, lavro o presente para ser afixado no lugar de costume. SĂŁo JosĂŠ dos Pinhais, 16 de abril de 2014. LIDIA KRUPPIZAK - OFICIAL DO REGISTRO CIVIL

CNPJ 03.917.131/0001-26 BALANÇO PATRIMONIAL

DEMONSTRAÇÕES FINANCEIRAS DO EXERCICIO FINDO EM 31 DE DEZEMBRO DE 2013 31/12/2013 1.156.276,30 956.915,82 326,19 847.586,39 109.003,24 199.360,48 1.766.445,04 1.764.675,04 2.027.000,00 -262.324,96 1.770,00 780,00 990,00 2.922.721,34

ATIVO CIRCULANTE Disponibilidade Caixa Fundo Fixo Bancos Aplicaçþes de Liquidez Imediata Clientes REALIZà VEL A LONGO PRAZO Imobilizado Imóveis Depreciação Intangíveis Direitos Autorais Marca e Patentes SOMA DO ATIVO

DEMONSTRAĂ‡ĂƒO DO RESULTADO

CAPITAL FECHADO

31/12/2012 930.534,54 930.534,54 4.690,77 767.431,91 158.411,86 0,00 1.847.525,00 1.845.755,00 2.027.000,00 -181.245,00 1.770,00 780,00 990,00 2.778.059,54

PASSIVO CIRCULANTE Fornecedores Encargos Sociais a Recolher Impostos a Recolher PATRIMONIO LIQUIDO Capital Social Reserva Legal Reserva de Retenção de Lucros Lucro do Exercício

31/12/2013

31/12/2012

29.062,00 813,60 74.314,67

0,00 746,40 25.128,60

2.537.000,00 5.884,16 236.471,80 39.175,11

2.537.000,00 124.672,65 90.511,89

NOTAS EXPLICATIVAS DAS DEMONSTRAÇÕES CONTà BEIS DO EXERCICIO FINDO EM 31/12/13

SOMA DO PASSIVO

2.922.721,34

2.778.059,54

DEMONSTRAĂ‡ĂƒO DO FLUXO DE CAIXA ATIVIDADE OPERACIONAL Recebimento de Clientes Pagamento -Fornecedores - Impostos -SalĂĄrios Caixa Liquido Consumido nas Atividades Operacionais ATIVIDADE DE INVESTIMENTO Recebimento pela Venda de Imobilizado Pagamento Pela venda de Imobilizado Caixa Liquido Consumido nas Atividades de Investimento ATIVIDADE DE FINANCIAMENTO Aumento de Capital EmprĂŠstimos de Curto Prazo Pagamento de Dividendos Caixa LĂ­quido Gerado nas atividades de Financiamento Aumento Liquido no Caixa e Equivalentes

31/12/2013

31/12/2012

1.280.895,60

1.286.076,15

-1.108.209,43 -165.275,27 -9.696,00 -

-1.010.491,47 -162.195,81 -8.956,80 2.285,10

104.432,07

0,00 0,00

0,00 0,00 0,00

0,00

0,00 0,00 0,00

880.000,00 -50.000,00 0,00 2.285,10

-

830.000,00 934.432,07

COMPOSIĂ‡ĂƒO DE CAIXA E EQUIVALENTE DE CAIXA 2011 57.620,27 268.954,57 43.411,86

Caixa Bancos Aplicaçþes Financeiras

2012 4.690,77 767.431,91 158.411,86

2013 326,19 847.586,39 109.003,24

DEMONSTRAĂ‡ĂƒO DAS MUTAÇÕES DO PATRIMĂ”NIO LIQUIDO EXERCICIOS: SALDO EM 31/12/2013 SALDO EM 31/12/2012

31/12/2013 31/12/2012 RECEITA OPERACIONAL BRUTA 1.480.256,08 1.286.076,15 Serviços Prestados 842.936,56 521.289,97 Receita com Royalties 637.319,52 764.786,18 DEDUĂ‡ĂƒO DA RECEITA BRUTA 136.923,71 132.751,21 Impostos sobre Receitas 136.923,71 132.751,21 RECEITA OPERACIONAL LIQUIDA 1.343.332,37 1.153.324,94 CUSTOS DOS SERVIÇOS PRESTADOS 971.295,78 827.222,10 LUCRO BRUTO 372.036,59 326.102,84 Despesas Administrativas e gerais 255.309,85 211.993,65 Despesas Financeiras 1.508,96 10,26 LUCRO ANTES DO IMPOSTO DE RENDA E DA CONTRIBUIĂ‡ĂƒO SOCIAL 115.217,78 114.098,93 Imposto de Renda e Contribuição Social 80.495,85 23.587,04 LUCRO LIQUIDO DO EXERCICIO 34.721,93 90.511,89

CAP.SOCIAL LUCRO EXERCICIO RES.RET.LUCRO 2.537.000,00 39.175,11 242.355,96 2.537.000,00 90.511,89 124.672,65

TOTAIS 2.818.531,07 2.752.184,54

NOTA 01 - CONTEXTO OPERACIONAL A MJM EMPREENDIMENTOS E PARTICIPAÇÕES SOCIETà RIAS S/A Ê uma sociedade de capital fechado, com sede e foro na cidade de Curitiba/PR, tendo como objeto social participaçþes societårias, com inicio das atividades em 30/05/2.000. NOTA 02 - DEMONSTRAÇÕES CONTà BEIS As demonstraçþes contåbeis foram elaboradas de acordo com a ITG 1000, alem dos princípios de contabilidade e demais praticas da legislação societåria brasileira geralmente aceitas. NOTA 03 - PRATICAS CONTà BEIS 3.1 Aplicação Financeira Estão registrados ao custo de aplicação, acrescido de rendimentos proporcionais ate a data do balanço. 3.2 Direito e Obrigaçþes Esta demonstrada pelo valor histórico, acrescidos das correspondentes variaçþes monetårias e encargos financeiros, observando o regime de competência. 3.3 Imobilizado Demonstrado pelo custo de aquisição, deduzindo de depreciação acumulada calculada pelo mÊtodo Linear. 3.4 Impostos Federais A empresa Ê optante do regime do lucro real e contabiliza os encargos tributårios pelo regime de competência. NOTA 04 - CAPITAL SOCIAL O capital social Ê de R$ 2.537.000,00 (dois milhþes, quinhentos e trinta sete reais), dividido em 100 (cem) açþes ordinarias sem valor nominal de conformidade com o artigo 11º da Lei 6.404/76. CURITIBA, PR, 31 DE DEZEMBRO DE 2013 JAIME ANTONIO MINATTI CPF. 157.394.499-87 DIRETOR SUPERINTENDENTE MARIO CESAR BUSATTO CONTADOR CRC/PR 013550/O-2 CPF 157.420.329-00

SEDE EM CURITIBA - PARANà CNPJ Nº 80.515.927/0001-01 BALANÇO PATRIMONIAL ENCERRADO EM 31 DE DEZEMBRO DE 2013

RELATÓRIO DA DIRETORIA SENHORES ACIONISTAS Em cumprimeno as disposiçþes legais estatutårias submetemos à apreFLDomRGH96DVDVGHPRQVWUDo}HVFRQWiEHLVUHODWLYDVDRH[HUFtFLR¿QGR em 31 de dezembro de 2013. Permanecemos à disposição para esclarecimentos necessårios.

BALANÇO PATRIMONIAL EM 31 DE DEZEMBRO DE 2013 (EM REAIS) PASSIVO

ATIVO 2013 6.889.494 142.617 411.962 1.853.168 2.277 457.045 118.816 3.903.609 22.009.544 176.344 12.138.139 467.929 4.016.902 –O2.242.237 25.763 360.416 2.581.814 28.899.038

I- ATIVO CIRCULANTE Caixa e Bancos Clientes Contas a Receber Adiantamentos Diversos Impostos a Recuperar Estoques Despesas Antecipadas II- ATIVO NĂƒO CIRCULANTE DepĂłsito Comp.ElebrobrĂĄs Valores a Receber DepĂłsitos Judiciais Imposto/Cont. Diferido Adiantamentos a fornec. Investimentos Diversos Outras Aplicaçþes Investimentos Diversos Imobilizado TOTAL DO ATIVO

2012 I- PASSIVO CIRCULANTE Fornecedores 4.705.903 EmprĂŠstimos Inst. Financeiras 154.129 SalĂĄrios a Pagar 1.407.454 Impostos e Cont.Recolher 682.600 Contas a Pagar 7.318 ProvisĂŁo para FĂŠrias 382.030 147.022 II- PASSIVO NĂƒO CIRCULANTE CrĂŠd. p/ Aumento Capital 1.925.350 Impostos e Contribuiçþes 21.745.842 CrĂŠdito de Controladoras 176.344 12.138.139 391.093 III- PATRIMĂ”NIO LĂ?QUIDO CAPITAL SOCIAL 4.016.902 Capital Subscrito e Realizado 1.101.661 RESERVA DE LUCROS 1.022.105 Reserva Legal 25.763 RESULTADOS ACUMULADOS 360.416 Lcros ou (PrejuĂ­zos) Acumulados 2.513.420 26.451.745 TOTAL DO PASSIVO

2013

2012

+ RECEITA OPERACIONAL BRUTA

3.247.055

14.934.530

Vendas de Produtos e Serviços

3.247.055

14.934.530

DEDUÇÕES

647.258

2.756.669

Impostos s/ as Vendas

647.258

2.756.669

= RECEITA LĂ?QUIDA DE VENDAS

2.599.797

12.177.861

-

2.729.534

13.065.750

(129.737)

(887.889)

+ Outras Receitas Operacionais

1.385

1.250.173

+ Receitas Financeiras

4.796

14.226

210.107

220.857

Custo dos Produtos e Serv.Vendidos

= LUCRO OPERACIONAL BRUTO

-

Despesas Operacionais

-

Despesas com Vendas

-

Depreciaçþes

-

-O-

16.123

Gastos Gerais e Administrativos

481.161

935.196

Despesas Financeiras

747.528

547.071

= LUCRO OPERACIONAL LĂ?QUIDO

(1.562.352)

(1.342.737)

+ RESULTADO NĂƒO OPERACIONAL

13.000

-o-

(1.549.352)

(1.342.737)

(0.147)

(0,127)

= LUCRO OU (PREJ.) DO EXERCĂ?CIO = LUCRO OU (PREJ.) POR AĂ‡ĂƒO

2013 1.555.477 102.303 963.030 26.420 131.332 32.524 299.868 24.486.649 2.640.051 7.519.891 14.326.707

2012 2.766.446 87.002 1.812.068 67.682 131.456 120.335 547.903 19.279.035 2.642.098 7.837.235 8.799.702

2.856.912 10.568.035 10.568.035 86.292 86.292 (7.797.415) (7.797.415) 28.899.038

4.406.264 10.568.035 10.568.035 86.292 86.292 (6.248.063) (6.248.063) 26.451.745

DEMONSTRAĂ‡ĂƒO DE FLUXO DE CAIXA PELO MÉTODO INDIRETO DO EXERCĂ?CIO FINDO EM 2013

DEMONSTRAĂ‡ĂƒO DOS RESULTADOS EM 31/12/2013

-

Curitiba, março/2014. A ADMINISTRAĂ‡ĂƒO

2013 I- FLUXO DE CAIXA DAS ATIVIDADES OPERACIONAIS RESULTADO DO EXERCĂ?CIO (1.549.352) Depreciação e Amortização 0 Juros Transcorridos nĂŁo afetou o Caixa (336.760) (AUMENTO) REDUĂ‡ĂƒO DE ATIVOS Redução de Duplicatas a Receber 995.492 Aumento de Contas Ă Receber (1.170.568) Aumento de Imposto a Recuperar (75.015) Redução de Adiantamento Diversos 5.041 Redução de Adiantamento Fornec. 1.101.661 Aumento de DepĂłsitos Judiciais (76.036) Aumento de Invest.em Direitos (1.220.132) Aumento Impostos e Contribuiçþes -oAumento de Estoques 28.206 Redução de Despesas Antecipadas (1.978.579) AUMENTO (REDUĂ‡ĂƒO) DE PASSIVOS Aumento de Fornecedores 15.301 Redução de SalĂĄrios e Encargos Sociais/FĂŠrias (289.297) Reduçãode Contas a Pagar 87.811 Aumento Imp. e Contrib. (124) Aumento de Contas a Pagar LP 5.524.958 Redução de Obrigaçþes TributĂĄrias (146.663) (a) Caixa LĂ­q. Proveniente Ativ. Operacionais 915.944 II- FLUXO DE CAIXA DAS ATIVIDADES INVESTIMENTOS Venda de ativo imobilizado 13.000 Aquisição de imobilizado (68.394) (b) Caixa LĂ­q. Proveniente Ativ. Investimentos (55.394) III- FLUXO DE CAIXA DAS ATIVIDADES FINANCIAMENTOS EmprĂŠstimos BancĂĄrios Obtidos 359.888 Pagto de EmprĂŠstimos Obtidos (1.208.926) (c) Caixa LĂ­q. Proveniente Ativ. Financiamentos (849.038) (a+b+c) Aumento LĂ­quido de Caixa e Equip. Caixa 11.512 Caixa e Equiv. De Caixa no Inic. PerĂ­odo 154.129 Caixa e Equiv. De Caixa no Final PerĂ­odo 142.617 Variação Contas de Caixa/Bancos/Equivalentes 11.512

DISCRIMINAĂ‡ĂƒO SALDO EM 31/12/2011 LUCRO OU (PREJ.) LĂ?QUIDO DO EXERCĂ?CIO SALDO EM 31/12/2012 LUCRO OU (PREJ.) LĂ?QUIDO DO EXERCĂ?CIO SALDO EM 31/12/2013

RESERVA LEGAL 86.292 -086.292 -086.292

LUCROS OU PREJ. ACUMULADOS (4.905.327) (1.342.737) (6.248.063) (1.549.352) (7.797.415)

NOTA 1 - CONTEXTO OPERACIONAL A Sociedade tem como ramo principal a Fabricação e Comercialização de Biscoitos. NOTA 2 - APRESENTAĂ‡ĂƒO DAS DEMONSTRAÇÕES FINANCEIRAS As Demonstraçþes Financeiras foram elaboradas de acordo com as exigĂŞncias da Lei 6.404/76 e da Legislação do Imposto de Renda que, a partir da edição da lei 9.249/95, ocorreu a extinção da Correção MonetĂĄria de Balanço, e da Lei 11.63807 e 11.941/09. A) APURAĂ‡ĂƒO DOS RESULTADOS: As receitas e despesas sĂŁo escrituradas pelo regime de competencia.

2012 (1.342.737) 345.172 (680.517) 1.475.388 (445.706) (114.012) 2.066 -o-O(1.022.105) (655.349) 369.744 (1.925.350) (825.105) (198.869) 109.789 (156.359) 2.595.570 1.069.060 (1.399.320) -O136.872 136.872 2.017.132 (636.911) 1.380.221 117.773 271.902 154.129 117.773

DEMONSTRAÇÕES DAS MUTAÇÕES DO PATRIMÔNIO L�QUIDO EM 31 DE DEZEMBRO DE 2013 (EM REAIS) CAPITAL SOCIAL 10.568.035 -010.568.035 -010.568.035

NOTAS EXPLICATIVAS ÀS DEMONSTRAÇÕES FINANCEIRAS EM 31 DE DEZEMBRO DE 2013

B) ESTOQUES: Estão demonstrados ao custo mÊdio de compra ou fabricação, inferior aos custos de reposição ou aos valores de realização. 2013 2012 MatÊrias Primas........ –o9.792 Embalagens 29.267 29.267 Almoxarifado 89.549 107.963 TOTAL 118.816 147.022 C) INVESTIMENTOS: Avaliados pelo custo de Aquisição e corrigidos atÊ 31/12/1995. D) IMOBILIZADO: Demonstrados ao custo mÊdio de aquisição ou construção, menos depreciaçþes acumuladas, corrigidos atÊ 31/12/1995. As depreciaçþes, calculadas pelo mÊtodo linear com base em taxas que levam em consideração a vida útil econômica dos bens. 2013 2012 Måq. e Equip.Instalaçþes 12.529.202 12.425.597 Móveis e Utensíli 803.257 873.014 Veículos 81.742 65.380 Marcas e Patentes..... 33.884 33.884 Sub-total 13.448.085 13.397.875 (-) Deprec. Acumuladas 10.866.271 10.884.455 TOTAL 2.581.814 2.513.420 E) O Capital Social, totalmente integralizado, Ê representado por 10.568.035 açþes ordinårias nominativas.

DIRETORIA JOSÉ CARLOS MARINO Direitor Presidente

TOTAL 5.749.000 (1.342.737) 4.406.264 (1.549.352) 2.856.912

JOSÉ ANGELO MARINO Direito Vice-Presidente

CONTADORIA JOĂƒO BATISTA DA ROCHA Contador CRC-PR 22.362/O-1

Copa 2014: MinistĂŠrio da SaĂşde vai combater dengue em Campinas, cidade onde estagiarĂĄ a seleção portuguesa BrasĂ­lia - O governo federal enviarĂĄ tĂŠcnicos a Campinas - cidade no estado de SĂŁo Paulo onde estagiarĂĄ a seleção portuguesa durante a Copa do mundo de futebol - para auxiliar no combate Ă epidemia de dengue, anunciou, quarta-feira (16), o secretĂĄrio de Vigilância em SaĂşde do MinistĂŠrio da SaĂşde, Jarbas Barbosa. Desde o inĂ­cio do ano, a prefeitura de Campinas registrou 5 mil casos da doença, alĂŠm de 2 mil suspeitas. O surto de dengue em Campinas foi objeto de notĂ­cias publicadas na imprensa portuguesa nos Ăşltimos dias. A equipe do Sistema Ăšnico de SaĂşde (SUS) vai ajudar na capacitação dos profissionais que lidam com o controle da doença na cidade. “O atendimento bĂĄsico de saĂşde da cidade supre bem as necessidades. Os tĂŠcnicos nĂŁo vĂŁo para fazer o bĂĄsico, como controle de vetoresâ€?, declarou. Para Jarbas Barbosa, o aumento de notificaçþes de dengue registrado em cidades como Campinas se deve ao perĂ­odo, que, tradicionalmente, apresenta maior nĂşmero de transmissĂľes. “A prĂłxima semana ĂŠ o pico, todo ano ĂŠ assim. Abril registra sempre mais casos que todos os meses do ano. É o ciclo da dengueâ€?, explicou ele. O cuidado maior, destacou, precisa ocorrer nos municĂ­pios que nĂŁo tĂŞm registrado transmissĂľes nos Ăşltimos anos e que agora enfrentam o problema, principalmente por causa do novo sorotipo [tipos de vĂ­rus da dengue] que circulou do ano passado. “Tem que agir no sentido de combater o vetorâ€? disse Jarbas. Em Campinas, explica ele, a prefeitura vai seguir a metodologia de prevenção do ministĂŠrio, um instrumento que indica onde estĂĄ o epicentro do criadouro do mosquito na cidade. “O prefeito tem que mobilizar, tem que haver um plano de contingĂŞncia para evitar um surtoâ€?, disse. AgĂŞncia Brasil


10

PUBLICAร‡ร•ES LEGAIS / NACIONAL

| De 17 a 21 de abril de 2014 |

CENTRO ORIENT CONTROLE DE EXCEP CTBA

CARTร“RIO DISTRITAL DE UBERABA

CNPJ: 75.955.286/0001-68 Balanรงo Patrimonial 12/2013 12/2012 12/2013 12/2012 ATIVO 1.875.660,64 1.779.705,40 PASSIVO 1.875.660,64 1.779.705,40 CIRCULANTE 640.385,66 469.991,12 CIRCULANTE 31.711,49 28.718,85 DISPONIBILIDADES 577.455,13 441.178,05 CAIXA GERAL 0,00 1.359,89 CREDORES A CURTO PRAZO 31.711,49 28.718,85 CAIXA 0,00 1.359,89 BANCOS CONTA MOVIMENTO 614,66 21.567,98 FORNECEDORES DIVERSOS 9.083,99 5.895,39 BANCO ITAU 13242-8 453,33 8.032,68 BANCO ITAU 12836-8 10,00 243,50 DUPLICATAS A PAGAR 9.083,99 5.895,39 BANCO ITAU 27411-0 0,00 259,11 BANCO ITAU 27413-6 150,00 150,00 BANCO DO BRASIL 12453-2 0,02 0,00 OBRIGACOES SOCIAIS 243,43 0,00 BANCO DO BRASIL 16266-3 1,31 1,31 BANCO DO BRASIL 96411-5 0,00 12.881,38 SALARIOS A PAGAR 243,43 0,00 APLICACOES DE LIQUIDEZ IMEDIATA 576.840,47 418.250,18 APLIC. BCO DO BRASIL BB AUT. 217.888-5 65.365,32 114.443,64 APLIC. BCO DO BRASIL BB AUT. 016.131-4 0,00 4.531,06 OBRIGACOES FISCAIS 1,91 1.921,71 APLIC. BCO DO BRASIL BB AUT. 14.533-5 0,00 3.834,71 APLIC. BCO DO BRASIL BB 50M 217888-5 0,00 1.562,96 PIS S/FOLHA RECOLHER 0,00 1.325,70 POUPANร‡A BANCO ITAU 06255/500 0,00 59.066,77 FUNDO DE INVEST. BANCO ITAU 27411-0 0,00 4.017,63 ISS A RECOLHER 1,91 596,01 APLIC. BCO DO BRASIL BB AUT. 014.614-5 0,00 39.491,74 APLIC. BCO DO BRASIL 092.506-3 0,00 4.371,50 APLIC. BCO DO BRASIL AUT. 009.818-3 6.623,96 6.914,34 ENCARGOS S. A RECOLHER 21.029,91 19.899,64 APLIC. BCO ITAU CDB 12836-8 6.334,62 8.406,03 APLIC. BCO ITAU CDB APLIC 27413-6 73.712,89 34.188,27 I.N.S.S. 6.460,54 9.137,00 APLIC. BCO DO BRASIL AUT. 17.277-4 0,00 22.279,86 APLIC. BCO DO BRASIL AUT. 221.800-3 4.683,92 1.047,16 F.G.T.S. 6.144,00 0,00 APLIC. BCO ITAU CDB AUT MAIS 12836-8 48.300,47 49.813,31 APLIC. BCO DO BRASIL AUT. 17.544-7 151,88 1.033,22 CONTRIBUICAO SINDICAL 6.720,06 8.744,99 APLIC BCO DO BRASIL 24728-6 15,04 0,00 APLIC. BCO ITAU CDB APLIC AUT 15070-8 10.727,51 14.239,94 REVERSAO SALARIAL 0,00 1.318,66 APLIC. ITAU SUPER FIXA 13242-8/201 0,00 11.339,21 APLIC. ITAU ITAUVEST PLUS 27413-6/201 38.953,80 37.647,65 IRRF SOBRE SALARIOS 1.705,31 698,99 APLIC. BCO DO BRASIL AUT. 012.453-2 0,00 21,18 APLIC. B. BRASIL 24661-1 811,52 0,00 POUPANCA ITAU AG 3721-21305-0/500 252.160,38 0,00 TRIB.ENC.FONTE RECOLHER 30,45 0,00 APLIC B BRASIL 24991-2 7.169,41 0,00 APLIC BCO DO BRASIL 24729-4 151,82 0,00 IRRF S/TERCEIROS 30,45 0,00 APLIC. BCO DO BRASIL 25.232-8 2.329,08 0,00 APLIC. BCO DO BRASIL 25751-6 39.974,70 0,00 APLIC BCO BRASIL 18903-0 19.374,15 0,00 CHEQUES A COMPENSAR 1.321,80 1.002,11 DIREITOS REALIZรVEIS 56.930,53 27.578,42 CLIENTES 13.000,00 0,00 CHEQUES A COMPENSAR 1.321,80 1.002,11 CLIENTES A RECEBER 13.000,00 0,00 ADIANTAMENTOS DIVERSOS 43.930,53 27.578,42 ADIANTAMENTO DE FERIAS 43.656,62 0,00 PATRIMONIO SOCIAL 1.843.949,15 1.750.986,55 ADIANTAMENTO DE SALARIOS 273,91 27.578,42 DESPESAS DO EXERCICIO SEGUINTES 6.000,00 1.234,65 PATRIMONIO SOCIAL 59.780,73 59.780,73 DESPESAS ANTECIPADAS 6.000,00 1.234,65 SEGUROS A APROPRIAR 0,00 1.234,65 PATRIMONIO SOCIAL 59.780,73 59.780,73 SUPER PIC ITAU 6.000,00 0,00 NรƒO CIRCULANTE 1.235.274,98 1.309.714,28 PATRIMONIO SOCIAL 59.780,73 59.780,73 IMOBILIZADO 1.235.274,98 1.309.714,28 BENS IMOVEIS 1.280.184,05 1.280.184,05 IMOVEIS 1.280.184,05 1.280.184,05 SUPERAVIT OU DEFICIT 1.784.168,42 1.691.205,82 BENS MOVEIS 475.174,00 443.145,70 MAQUINAS E EQUIPAMENTOS 240.467,10 234.574,80 SUPERAVIT/DEFICIT 1.678.721,89 1.570.732,56 MOVEIS E UTENSILIOS 103.348,63 91.098,63 AUTOMOVEIS 109.458,27 109.458,27 SUPERAVIT ACUMULADO 1.691.205,82 1.570.732,56 COMPUTADORES E PERIFERICOS 21.900,00 8.014,00 (-) DEPRECIACAO ACUMULADA -520.083,07 -413.615,47 AJUSTE DE EXERCICIO ANTERIOR -12.483,93 0,00 DEP.ACUM.EDIF.CONSTRUC. -226.120,52 -174.913,16 DEP.ACUM.MAQ.EQUIPAMENTOS -119.074,19 -95.616,71 DEP.ACUM.MOVEIS UTENS. -46.389,01 -37.279,21 RES. EXERCICIO 105.446,53 120.473,26 DEP. ACUM. DE COMP. E PERIFERICOS -5.820,72 -5.019,36 DEP. ACUM. VEICULOS -122.678,63 -100.787,03 RES. EX.SUP/DEF 105.446,53 120.473,26 TOTAL DO ATIVO 1.875.660,64 1.779.705,40 TOTAL DO PASSIVO 1.875.660,64 1.779.705,40 Reconhecemos a exatidรฃo do presente Balanรงo Patrimonial com base nas informaรงรตes e na documentaรงรฃo apresentada, encerrado em 31/12/2013, somando tanto no Ativo como no Passivo, a importรขncia de R$ 1.875.660,64 (um milhรฃo, oitocentos e setenta e cinco mil, seiscentos e sessenta reais e sessenta e quatro centavos), e em 31/12/2012, somando tanto no Ativo como no Passivo, a importรขncia de R$ 1.779.705,40 (um milhรฃo, setecentos e setenta e nove mil, setecentos e cinco reais e quarenta centavos).

Av. Sen. Salgado Filho, nยบ 2.368 - Municรญpio e Comarca de Curitiba Estado do Paranรก.

EDITAL DE PROCLAMAS Faz saber que pretendem converter a uniรฃo estรกvel em casamento civil: EDITAL DE PROCLAMAS Faz saber que pretendem casar-se:

EDERSON LIMA DE OLIVEIRA DA CRUZ e ANELIZE MARI CONTI MOHAMAD HAMDAR e FABIANA CIBIELL ALVES (expedido pelo 4ยบ Oficio de Registro Civil de Curitiba/PR) Se alguรฉm souber de algum impedimento, oponha-o na forma da lei. O referido รฉ verdade e dou fรฉ. Curitiba, Uberaba, 16 de Abril de 2014

Patrรญcia Lazzarotto Oficial

DEMONSTRAร‡รƒO DO RESULTADO DO EXERCICIO RECEITA OPERACIONAL BRUTA RECEITA RECEITA PROV AREA PUBLICA CONVENIO PREF DE QUATRO BARRAS CONVENIO PREF ALM. TAMANDARE CONVENIO PREF DE CAMPO MAGRO CONVENIO PREF DE COLOMBO CONVENIO PIRAQUARA CONVENIO SUBVENร‡รƒO/FAS PROJETO VOLKSWAGEN CONVENIO FNDE/PDDE RECEITA PROV AREA SAUDE CONVENIO SUS RECEITA PROV AREA EDUCACAO CONVENIO SEED RECEITA PROV AREA PRODUCAO RECEITA PANIFICADORA EVENTOS/BAZAR RECEITA PROV AREA DOACAO RECEITA DOACOES RECEITA PASSAUNA RECEITA PROV AREA DE PROJETOS PROJETO INTERATIVA PROJETO FAS/EMENDA PARLAMENTAR PROJETO FAS PROJETO SECRET ESPORTE/LAZER PROJETO INFORMATICA INCLUSIVA RECEITA LรQUIDA CUSTOS CUSTO SERV PREST - EDUCAร‡รƒO DESP C/ ALIMENTAร‡AO MANUT CONS INSTALAร‡OES MANUT CONS MAQ E EQUIP COMBUSTIVEIS E LUBRIFICANTES SERV PREST P/ TERCEIROS DISTRIBUIDORA DE GAS MATERIAL DE INFORMATICA LIMPEZA E CONSERVAร‡AO MATERIAL DE ESCRITORIO MATERIAIS USO CONSUMO OUTROS MAT PERMANENTES ENERGIA ELETRICA AGUA E ESGOTO COMUNICACOES VALE TRANSPORTE CUSTO SERV PREST - SAUDE SERV PREST P/ TERCEIROS DESPESAS C/ VIAGENS FOTOCOPIAS E AUTENTICACOES TELEFONE MATERIAL DE USO E CONSUMO DESPESA COM VECIULO CUSTO SERV PREST - PUBLICO SERV PREST P/ TERCEIROS MATERIAIS USO CONSUMO MANUT CONS INSTALAร‡OES MATERIAL DE INFORMATICA LIMPEZA E CONSERVAร‡AO MANUT CONS MAQ E EQUIP CUSTO SERV PREST - PRODUCAO DESP C/ ALIMENTAร‡AO DESP C/ INTERNET MANUT CONS DE VEICULOS MANUT CONS MAQ E EQUIP MATERIAIS DE USO E CONSUMO DISTRIBUIDORA DE GAS DESP C/ FRETES FESTAS/CONFRATERNIZAร‡OES LICENCIAMENTO DE VEICULO CUSTO SERV PREST - PROJETOS SERV PRES P/ TERCEIROS DESPESAS PEDAGOGICAS MANUT CONS INSTALAร‡OES MATERIAL USO CONSUMO DESP C/ ALIMENTAร‡AO CUSTO COM PESSOAL

2013 1.688.332,53 1.688.332,53 477.123,01 16.087,50 170.100,00 25.200,00 187.200,00 14.000,00 5.615,51 40.000,00 18.920,00 565.642,42 565.642,42 292.227,71 292.227,71 152.978,63 135.890,83 17.087,80 151.363,88 123.723,44 27.640,44 48.996,88 30.000,00 0,00 0,00 2.250,00 16.746,88 1.688.332,53 1.524.278,15 108.348,17 940,90 17.024,00 643,00 5.999,82 826,76 8.040,00 0,00 6.734,00 1.072,30 17.162,00 0,00 13.133,07 4.127,67 14.364,96 18.279,69 29.066,67 29.066,67 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 174.227,53 63.633,33 42.000,00 49.920,70 4.955,00 13.718,50 0,00 134.273,97 110.687,74 432,81 230,00 420,00 21.861,62 90,00 551,80 0,00 0,00 29.913,12 27.234,72 1.235,00 0,00 1.443,40 0,00 1.048.448,69

2012 1.724.254,42 1.724.254,42 370.186,58 9.000,00 178.111,20 22.070,00 131.302,70 21.270,03 8.432,65 0,00 0,00 676.585,62 676.585,62 253.922,00 253.922,00 142.303,36 116.335,86 25.967,50 100.585,29 72.899,86 27.685,43 180.671,57 150.000,00 3.171,57 27.500,00 0,00 0,00 1.724.254,42 1.394.113,12 66.567,34 0,00 2.000,00 0,00 8.645,93 23.500,00 1.314,00 4.000,00 11.703,55 1.000,00 3.913,06 10.490,80 0,00 0,00 0,00 0,00 22.033,39 8.103,86 622,00 648,45 3.263,26 8.399,08 996,74 187.007,31 59.287,86 3.109,00 110.620,92 8.739,54 4.504,99 745,00 115.856,32 86.022,47 351,00 395,00 453,00 27.893,05 45,00 266,11 49,43 381,26 56.477,92 29.907,72 0,00 77,00 26.435,89 57,31 946.170,84

SALARIOS E ORDENADOS 13ยบ SALARIO VALE TRANSPORTE FGTS FERIAS RESCISOES PIS - FOLHA PGTO INSS PATRONAL FGTS RESCISร“RIO DEPOSITO JUDICIAL TRABALHISTA LUCRO BRUTO DESPESAS OPERACIONAIS DESPESAS OPERACIONAIS DESPESAS ADMINISTRATIVAS ENERGIA ELETRICA AGUA ESGOTO TELEFONE CORREIOS FOTOCOPIAS AUTENTICACOES MATERIAL DE ESCRITORIO ANUNCIOS E PUBLICACOES CARTร“RIO DESP.C/UNIFORME SERV.PREST.P/ TERCEIROS MAN.CONS. MAQ. E EQUIP. MAN.CONS.INSTALACOES MANUT. CONSERV DE VEICULOS COFINS COMBUSTIVEIS E LUBRIFICAN DESPESAS SEGUROS ENCARGOS DE DEPRECIACAO DESPESAS ALIMENTACAO DESPESAS C/ VIAGENS MENSALIDADE CONTRIBUICAO ASSISTENCIAL DESP.C/ALIMENTACAO SERVICOS GRAFICOS MATERIAL DE INFORMATICA MULTAS/CORRECOES DISTRIBUIDORA DE GAS MATERIAL P/ANIMAIS DESP. C/ CURSOS MATERIAIS DE USO CONSUMO DESPESA COM IPVA DESPESAS COM INTERNET MAT.PROTEร‡AO E SEGURANร‡A DESPESAS REMEDIOS PEDAGOGICOS DESPESAS TRIBUTARIAS TAXA ALVARA CONTRIBUICAO SINDICAL IPTU IMPOSTOS E TAXAS OUTRAS DESPESAS OPERACIONAIS VARIACAO PATRIMONIAL VARIACAO PATRIMONIAL VARIACAO PATRIMONIAL GRATUIDADE COFINS TRIBUTOS COM EXIGIBILIDADE SUSPENSA INSS PATRONAL RESULTADO ANTES DAS OPERAร‡ร•ES FINANCEIRAS RECEITAS FINANCEIRAS RECEITA FINANCEIRA DESCONTOS OBTIDOS RENDAS DE APLICACOES DESPESAS FINANCEIRAS DESPESAS FINANCEIRAS DESPESAS BANCARIAS JUROS PASSIVOS IRRF S/APLIC. FINANCIERAS IOF S/OPER. FINANCEIRAS JUROS S/OPER. FINANCEIRA TARIFA COBRANCA BANCARIA LICENCIAMENTO DE VEICULO MULTAS E COR. S/ TRIBUTOS RESULTADO ANTES DA PROVISรƒO PARA A CONTRIBUIร‡รƒO SOCIAL RESULTADO ANTES DA PROVISรƒO PARA O IMPOSTO DE RENDA LUCRO/PREJUรZO LรQUIDO DO EXERCรCIO

688.143,00 62.354,19 5.906,82 64.728,49 43.960,47 13.791,06 8.142,56 160.722,44 699,66 0,00 164.054,38 68.136,04 279.585,09 270.581,63 6.527,77 2.442,46 24.686,04 473,10 322,00 1.152,48 750,00 569,29 0,00 35.223,61 2.067,50 6.538,86 2.681,18 50.726,61 0,00 8.039,41 106.467,60 4.427,14 7.590,00 900,00 0,00 0,00 0,00 0,00 634,00 321,20 65,00 6.337,07 1.010,51 0,00 628,80 0,00 9.003,46 455,00 105,00 7.824,28 619,18 -211.449,05 -211.449,05 -211.449,05 -211.449,05 -50.726,61 -50.726,61 -160.722,44 -160.722,44 95.918,34 16.619,63 16.619,63 0,83 16.618,80 7.091,44 7.091,44 2.641,77 2,24 2.457,53 294,60 0,00 0,00 698,59 996,71 105.446,53 105.446,53 105.446,53

541.449,74 56.336,32 16.063,88 67.106,74 70.876,21 19.812,25 7.889,34 157.263,98 1.896,39 7.475,99 330.141,30 209.759,08 418.639,12 408.589,05 20.759,12 8.428,77 28.493,40 101,18 0,00 294,00 1.289,60 300,27 356,50 126.482,11 1.503,00 29.877,97 1.436,00 51.616,06 2.246,45 4.811,06 114.008,04 727,40 2.296,35 700,00 40,71 550,00 137,95 34,82 4.420,18 2.366,45 0,00 3.239,45 0,00 1.545,01 166,00 361,20 10.050,07 0,00 0,00 10.050,07 0,00 -208.880,04 -208.880,04 -208.880,04 -208.880,04 -51.616,06 -51.616,06 -157.263,98 -157.263,98 120.382,22 13.323,12 13.323,12 19,09 13.304,03 13.232,08 13.232,08 1.870,62 487,30 1.999,78 1.377,72 5.493,34 1.528,82 466,59 7,91 120.473,26 120.473,26 120.473,26

0,00 121.392,91 56.959,62 (13.220,36) 16.079,28 1.235.274,98

0,00 138.958,09 53.819,42 8.671,24 2.994,64 1.309.714,28

ANO 2013  1528,09 12483,93

ANO 2012

NOTAS EXPLICATIVAS PERIODO 2013 E 2012 1. Contexto Operacional 2&HQWUR2ULHQW&RQWUROH([FHS&WED&2&(&pXPDSHVVRDMXULGLFDGHGLUHLWRSULYDGRVHPยฟQVGH OXFURGHFDUiWHUEHQHยฟFLHQWHFRPDWLYLGDGHVQDViUHDVHGXFDFLRQDLVHGHDVVLVWrQFLDVRFLDODWXDQGR LVRODGDPHQWH HRX HP SDUFHULD FRP RUJmRV RยฟFLDLV DWUDYpV GH FRQYrQLRV GHVHQYROYHQGR SURMHWRV voltados para o campo de aรงรฃo social. 2. Apresentaรงรฃo das demostraรงรตes contรกbeis As demonstraรงรตes contรกbeis foram elaboradas e estรฃo sendo apresentadas de acordo com as disposiรงรตes da legislaรงรฃo societรกria onde aplicรกvel conjugada com as normas de contabilidade para HQWLGDGHVVHPยฟQVGHOXFURFRQVXEVWDQFLDGDVQDVRULHQWDo}HVHVSHFtยฟFDVHPDQDGDVGR&RQVHOKR Nacional do Seguro Social. 3. Principais Prรกticas contรกbeis As demonstraรงรตes contรกbeis estรฃo estruturadas de acordo com as normas contรกbeis de uso corrente e de conformidade com as disposiรงรตes vigentes na legislaรงรฃo societรกria, onde aplicavรฉl, apresentandoVH GH IRUPD FRPSDUDGD FRP DV GR H[HUFtFLR DQWHULRU OHYDQGR HP FRQWD DV VHJXLQWHV H SULQFLSDLV diretrizes: Aplicaรงรตes Financeiras -Estรฃo demonstradas ao acrescido das remuneraรงรตes contratadas proporcionalmente atรฉ a data do balanรงo. Imobilizado - Os bens do ativo imobilizado estรฃo registrados ao custo de aquisiรงรฃo ou construรงรฃo, tomando-se por base os saldos contรกbeis registrados nas respectivas contas. Receitas e Despesas Operacionais - as receitas e despesas operacionais estรฃo registradas, segundo RUHJLPHGHFRPSHWrQFLD 4. Composiรงรฃo do Saldo das Principais Contas VALORES EM REAIS 2013 2012 VALOR DEPREC. VALOR VALOR AQUISIร‡รƒO ACUMULADA LIQUIDO LIQUIDO IMOBILIZADO imรณveis 1.280.184,05 226.120,52 1.054.063,53 1.105.270,89

obras em adamento maquinas e equipamentos mรณveis e utensilios automรณveis computadores e perifรฉricos Total

0,00 240.467,10 103.348,63 109.458,27 21.900,00 1.755.358,05

5. Ajuste do Exercicio Anterior 'HYROXomR6DOGR&RQYrQLRV  Regularizaรงรฃo Saldo Extrato Aplicaรงรฃo

0,00 119.074,19 46.389,01 122.678,63 5.820,72 520.083,07





0,00 6. Aplicaรงรฃo dos Recursos Em Atividade Institucional 1RH[HUFtFLRGHHR&HQWUR2ULHQW&RQWUROH([FHS&WED&2&(&DSOLFRXLQWHJUDOPHQWH os resultados obtidos na sua atividade institucional. Em Atividade Oferecidas Educaรงรฃo infantil sem grau, atendimento diรกrio prestado ao aluno carente sob o aspecto sรณcioeconรดmico. 2013 2012 Alunos 305 302

Curitiba, 31 de dezembro de 2013.

CELSO IRINEU MONTEIRO PRESIDENTE CPF : 014.193.669-04

DILSON JOSE VAZ CONTADOR CRC - COPR - 031422/O-0

Autos nยบ0004976-28.2012.8.16.0028 EDITAL DE CITAร‡รƒO DOS Rร‰US AUSENTES, INCERTOS E DESCONHECIDOS, BEM COMO DOS QUE EM CUJO NOME PORVENTURA ESTEJA TRANSCRITO O IMร“VEL USUCAPIENDO -PRAZO 30 (TRINTA) DIAS O Doutor Wilson Josรฉ de Freitas Jรบnior, MM. Juiz de Direito da 2ยช Secretaria do Cรญvel de Colombo, Paranรก, na forma da Lei, etc.FAZ SABER, a todos quantos o presente edital virem ou dele conhecimento tiverem, que por meio deste CITA os rรฉus ausentes, incertos e desconhecidos, bem como daqueles em cujo nome porventura esteja transcrito o imรณvel usucapiendo, para que, querendo, apresentem contestaรงรฃo, no prazo legal de quinze dias, apรณs o decurso do prazo do presente edital, sob pena de revelia, isto รฉ, nรฃo sendo contestado, no prazo legal, presumirse-รฃo aceitos como verdadeiros os fatos articulados pelos requerentes BENEDITO BETINARDI e MARIA ISABEL BETINARDI nos autos de USUCAPIรƒO, registrados sob nยบ0004976-28.2012.8.16.0028, que alegam, em sรญntese, serem possuidores, por si e seus antecessores,por perรญodo superior a vinte anos de uma รกrea de terras rural localizada no lugar denominado Imbuial - Roseira, no Municรญpio de Colombo/Pr, com รกrea de 5.647,04mยฒ e com a seguinte descriรงรฃo: "O ponto de partida do presente "Levantamento Topogrรกfico" ficou materializado no terreno, mediante a cravaรงรฃo de um "marco de concreto" o qual denominou-se "Nยบ 93", canto de divisa com propriedade de BENEDITO BETINARDI e LORIVAL VALENTIN BETINARDI, localizado no alinhamento predial da Rua Luciano Betinardi, segue-se por este com azimutes e distรขncias respectivas de:"93-90" = 112ยบ08'33" - 58,20m; daรญ passa a confrontar-se com propriedade de DALTIVA BETINARDI TAVERNA, Lote Nยบ 06, separado por linha seca de: "90-91" = 213ยบ12'24" - 112,75m; daรญ passa a confrontar-se com propriedade de JOรƒO BETINARDI, separado por linha seca de: "91-92" = 307ยบ10'26" - 44,08m; daรญ entรฃo do marco "Nยบ92", comazimute de 25ยบ45'09" e distรขncia de 109,55 metros encontra o marco "nยบ93", ponto o qual deu origem a presente descriรงรฃo, tudo de conformidade com a planta do respectivo " Levantamento Topogrรกfico". O imรณvel descrito nรฃo possui registro imobiliรกrio e a posse foi exercida de forma mansa, pacรญfica e sem interrupรงรฃo por mais de 20 anos. O imรณvel usucapiendo tem como confrontantes: Benedito Betinardi; Lourival Valentin Betinardi, Daltiva Betinardi Taverna e Joรฃo Betinardi. E, para que chegue ao conhecimento de todos os interessados, expediu-se o presente edital que serรก afixado no local de costume, para que ninguรฉm alegue ignorรขncia futura.A Dra.Letรญcia Zรฉtola Portes, Juรญza de Direito desta Vara, na รฉpoca,despachou:1) Acolho a emenda da inicial (sequรชncia 25).2) Retifique-se a autuaรงรฃo a fim de incluir os proprietรกrios do imรณvel usucapiendo no polo passivo.3) Intime-se a parte autora para que esclareรงa quanto a nรฃo inclusรฃo da Sra. Maria de Lourdes Betinardi Gusso no polo passivo. Em caso de falecimento, deverรก a autora apresentar certidรฃo de รณbito no prazo de 20 (vinte) dias.4) Citem-se os confrontantes do imรณvel objeto da presente aรงรฃo e, por edital, com o prazo de 30 (trinta) dias, os rรฉus em lugar incerto e os eventuais interessados, para contestar a aรงรฃo, no prazo legal de 15 (quinze) dias.5) Citemse os requeridos para contestarem o pedido no prazo de quinze dias.6) Constem no mandado as advertรชncias de praxe (art. 285 e 319 CPC).7) Sendo apresentada defesa, diga o autor 8) Intime-se via postal, para que manifestem interesse na causa os representantes das Fazendas Pรบblicas da Uniรฃo, do Estado e do Municรญpio.9) Ciente o Ministรฉrio Pรบblico.10) Intimem-se;em 04 de outubro de 2012.O presente serรก fixado no lugar de costume e publicado na forma da lei.Eu,_____ Andrezza Attuy Schmitt, Tรฉcnica Judiciรกria digitei e subscrevi.Colombo,26 de marรงo de 2014. . WILSON JOSร‰ DE FREITAS JUNIOR JUIZ DE DIREITO


| De 17 a 21 de abril de 2014 |

PUBLICAÇÕES LEGAIS / NACIONAL

11

ANTÔNIO DE PAULI S.A. CNPJ/MF nº 76.487.669/0001-11 - NIRE 41 3 0004195 4 EDITAL DE CONVOCAÇÃO - ASSEMBLÉIA GERAL Ficam convocados todos os acionistas da ANTÔNIO DE PAULI S.A.(“Companhia”),nos termos do artigo 124 da Lei nº 6.404/76e do artigo16, parágrafo segundodo Estatuto Social da Companhia, para a Assembléia Gerala realizar-se às 14h00hs do dia 29de abril de 2014, na sede da Companhia localizada no Município de Curitiba, Estado doParaná, na Rua Wiegando Olsen, nº. 2800, Cidade Industrial de Curitiba, CEP 81460-070, para discutir e deliberar sobre a seguinte ordem do dia: (i) Em assembleia Extraordinária: alteração do Art. 20 do Estatuto Social que trata da composição do Conselho Fiscal; (ii) Em assembleia Ordinária: a) Exame, discussão e votação das Demonstrações Financeiras referentes ao exercício encerrado em 31 de dezembro de 2013; b) Destinação do resultado do exercício; e c) Outros assuntos de interesse da Sociedade.Nos termos do §1° do art. 133 da Lei nº 6.404/76, osdocumentos relativos ao item “(a)”da pauta se encontram à disposição dos acionistas na sede social da Companhia;Curitiba - PR, 14 de abril de 2014.ANTÔNIO DE PAULI S.A. Luiz Claudio Bettega de Pauli.

EDITAL DE PROCLAMAS CARTÓRIO DO PORTÃO. Av. Pres. Arthur da Silva Bernardes nº 2350/ cj. 03/09 – Portão CEP: 80.320-300 / CURITIBA - PR - Tel./ Fax: (41) 3013-1667. www.cartoriodoportao.com.br. Faz saber que pretendem casar: EDSON TONETTI JÚNIOR e ALESSANDRA CAVALLI ESTECHE EDUARDO TANCREDO ARCIE e KARINE HOFFMANN FLAVIO GIOVANE DA SILVA GONÇALVES e ANA PAULA DA SILVA MENEGHETTO PIO ALBERTI e TANIA MOREIRA ANDRÉ VOIGT MIRANDA e MICHELLE TANDELLO TEIXEIRA ANDRÉ LUIS CITRO PAYÃO e ANA ROBERTA DE OLIVEIRA PEÇA HENRIQUE CARLOS HEISE FOERSTER e BÁRBARA CAVALLET DIEGO LUIZ WLADYKA e DANIELLE DOS SANTOS DAIR RIBEIRO DE MACEDO e CRISTIANE MENDES DA ROCHA MARCO ANTONIO LAFFITTE e JOSELISA DE FATIMA MACHADO FÁBIO LUÍZ SALDANHA e LUCIANA GALASTRI - Cartório Distrital de Santa Quitéria - Curitiba/PR Se alguém souber de algum impedimento, oponha-o na forma da Lei, no prazo de 15 dias. O referido é verdade e dou fé. Curitiba, 16 de Abril de 2014. CAROLINE FELIZ SARRAF FERRI Tabeliã e Registradora

PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DO PARANÁ COMARCA DA REGIÃO METROPOLITANA DE CURITIBA - FORO CENTRAL DE CURITIBA 11ª VARA CÍVEL DE CURITIBA – PROJUDI Rua Cândido de Abreu, 535 - Centro Cívico - Curitiba/PR EDITAL DE CITAÇÃO DE EVENTUAIS INTERESSADOS QUE SE ENCONTREM EM LUGAR INCERTO E NÃO SABIDO, COM PRAZO DE 30 (TRINTA) DIAS Processo: 004714140.2013.8.16.0001 Classe Processual: Usucapião Assunto Principal: Usucapião Extraordinária Valor da Causa: R$100.000,00 Autor(s): SANDRO BELLO (CPF/CNPJ: 029.463.329-42) representado(a) por SIDNEY LEONARDO SEIDEL (CPF/CNPJ: 642.897.619-68) Rua Humberto de Campos, 13 - Pilarzinho - CURITIBA/ PR - CEP: 82.120-410 REGINA CLARA MANSE (CPF/CNPJ: 644.804.539-20) Rua Antônio César Casagrande, 87 - Pilarzinho - CURITIBA/PR CEP: 82.110-080 Réu(s): LINDALVA GIMENEZ DE SOUZA LEMOS (CPF/ CNPJ: Não Cadastrado) Rua Padre Rafael José Kalinowski, 126 - Pinheirinho - CURITIBA/PR - CEP: 81.825-130 ISAAC LEMOS (CPF/CNPJ: 356.536.049-68) Rua Padre Rafael José Kalinowski, 126 - Pinheirinho - CURITIBA/PR - CEP: 81.825-130 Terceiro(s): Alvorecer Ação Social e Educacional (CPF/CNPJ: 68.591.445/ 0001-27) Rua Pedro Eloy de Souza, 1121 - Bairro Alto - CURITIBA/PR - CEP: 82.820-130 Município de Curitiba/PR (CPF/CNPJ: 76.417.005/0001-86) AVENIDA, 823 - CENTRO CIVICO - CURITIBA/PR - CEP: 80.530-000 Mario Simonczuk (CPF/CNPJ: 230.834.179-34) Rua Heitor Baggio Vidal, 2074 - Bairro Alto CURITIBA/PR - CEP: 82.820-120 Fazenda Pública do Estado do Paraná (CPF/CNPJ: Não Cadastrado) RUA JACY LOUREIRO DE CAMPOS, S/N - CURITIBA/PR - CEP: 80.530-915 UNIÃO - PROCURADORIA DA FAZENDA NACIONAL (CPF/CNPJ: 00.394.460/0225-44) Rua Marechal Deodoro, 555, 555 - Centro CURITIBA/PR - CEP: 80.020-911 Luiz Furquim (CPF/CNPJ: Não Cadastrado) Rua Heitor Baggio Vidal, 2056 - Bairro Alto - CURITIBA/PR - CEP: 82.820-120 A Dra. RENATA ESTORILHO BAGANHA, MMª. Juíza de Direito da Décima Primeira Vara Cível desta Comarca de Curitiba, Capital do Estado do Paraná, FAZ SABER, a quantos o presente edital virem ou dele tiverem conhecimento que tem curso, neste Juízo da Décima Primeira Vara Cível da Comarca de Curitiba, sito à Av. Cândido de Abreu, 535, 6º andar, Centro Cívico, AÇÃO DE USUCAPIÃO, sob nº 0047141-40.2013.8.16.0001, em que são requerentes ISAAC LEMOS E OUTRA, e requeridos ALVORECER AÇÃO SOCIAL E EDUCACIONAL E OUTROS, na qual requerse declarada a posse e domínio da autora relativamente ao bem imóvel usucapiendo, sobre o qual vem mantendo posse mansa e pacífica por mais de cinco anos, endo: “Imóvel situado do lado par da Rua, distante 60,00 metros da Rua Guglielmo Marconi, mede 10,00 metros de frente para a Rua Heitor Baggio Vidal, pelo lado esquerdo de quem da referia Rua olha o imóvel mede 50,00 metros confrontando com o imóvel sob indicação fiscal n° 38.089.013, pelo lado direito mede 50,00metros confrontando com o imóvel sob indicação fiscal nº 38.089.011 e na linha de fundos mede 10,00 metros confrontando com o imóvel sob indicação fiscal n° 38.089.033, perfazendo o perímetro a área total de 500,00m2 (quinhentos metros quadrados)”, pelo que, com fundamento no artigo 942, do CPC, ficam por este edital, com prazo de trinta (30) dias, a contar da data da primeira publicação no jornal, de eventuais interessados que encontrem em lugar incerto e não sabido, CITADOS de todos os termos da ação em referência para que, querendo, no prazo de quinze (15) dias, através de advogado constituído, contestem o feito, sob pena de, não o fazendo, serem tidos como verdadeiros os fatos narrados pela parte autora e de prosseguimento da ação à revelia. DADO E PASSADO nesta cidade de Curitiba-PR, aos oito (08) dias do mês de abril (04) do ano de dois mil e quatorze (2014). Eu (a) (Renata Ferreira), Escrevente Juramentada, o subscrevo. RENATA ESTORILHO BAGANHA JUÍZA DE DIREITO

CESBE PARTICIPAÇÕES S.A. CNPJ/MF Nº 09.438.590/0001-03 ASSEMBLEIA GERAL ORDINÁRIA EDITAL DE CONVOCAÇÃO Pelo presente Edital ficam convocados os Senhores Acionistas desta empresa para se reunirem em Assembleia Geral Ordinária, a ser realizada no dia 25 de abril de 2014, em primeira convocação às 10h00, e em segunda convocação às 10h30, em sua Sede Social, sita à Rua João Negrão, 2226, 1º andar, nesta Capital, com a seguinte Ordem do Dia: a) Tomada de Contas da administração, exame, discussão e votação do Balanço Patrimonial e demais Demonstrações Contábeis e do parecer dos Auditores Independentes, relativos ao exercício social findo em 31/12/2013; b) Deliberação sobre a destinação do Lucro Líquido do Exercício e Distribuição de Dividendos; c) Eleição dos membros do Conselho de Administração; d) Fixação dos honorários da Diretoria e do Conselho de Administração para o exercício de 2014; e) Outros Assuntos de interesse social. Curitiba, 14 de abril de 2014. Carlos de Loyola e Silva Diretor Presidente

ARPECO S.A. ARTEFATOS DE PAPÉIS CNPJ/MF nº 77.171.106/0001-82 - NIRE 41 3 0003027 8 EDITAL DE CONVOCAÇÃO - ASSEMBLÉIA GERAL ORDINÁRIA Ficam convocados todos os acionistas da ARPECO S.A. ARTEFATOS DE PAÉIS(“Companhia”),nos termos do artigo 124 da Lei nº 6.404/76e do artigo16, parágrafo segundodo Estatuto Social da Companhia, para a Assembleia Geral Ordináriaa realizar-se às 11h00 do dia 28de abril 2014, na sede da Companhia localizada no Município de Curitiba, Estado doParaná, na Rua Wiegando Olsen, nº. 2800, Bairro CIC, CEP 81450-110, para discutir e deliberar sobre a seguinte ordem do dia: (i)Aprovação do Relatório da Administração, o Balanço Patrimonial, a Demonstração de Resultado do Exercício, a Demonstração das Mutações do Patrimônio Líquido, a Demonstração dos Fluxos de Caixa, assim como os demais documentos da Administração, todos referentes ao exercício social findo em 31 de dezembro de 2013, os quais foram devidamente auditados pela empresa MARTINELLI AUDITORES, registrada no CRC sob o nº S 001132/o9 e na CVM no Ato Declaratório nº. 1253 de 23/01/90, inscrita no CNPJ/MF sob o nº 79.370.466/0001-39, com sede na Rua Dona Francisca, nº. 1.113, 10º e 11º andares, Bairro Saguaçu, cidade de Joinville, Estado de Santa Catarina. (ii) Deliberar sobre a destinação do lucro líquido do exercício e a distribuição de dividendos; Os documentos referentes ao item “(i)” do presente Edital, encontram-se à disposição dos acionistas com antecedência na sede da Companhia O sócio poderá fazer-se representar por procurador devidamente constituído mediante procuração específica para a presente assembleia, com firma devidamente reconhecida por verdadeira.Curitiba/PR, 10 de abril de 2014.ARPECO S.A. ARTEFATOS DE PAPÉIS.Rui Gerson Brandt / Cristiano Ciriaco Delgado.

COCELPA – CIA. DE CELULOSE E PAPEL DO PARANÁ CNPJ/MF nº 76.487.651/0001-10 - NIRE 41 3 0004744 8 EDITAL DE CONVOCAÇÃO - ASSEMBLÉIA GERAL ORDINÁRIA Ficam convocados todos os acionistas da COCELPA – CIA. DE CELULOSE E PAPEL DO PARANÁ(“Companhia”),nos termos do artigo 124 da Lei nº 6.404/76e do artigo16, parágrafo segundodo Estatuto Social da Companhia, para a Assembleia Geral Ordináriaa realizar-se no dia 28 de abril de 2014às 09h30 horas, na sede da Companhia,localizada no Município de Curitiba, Estado doParaná, Rua Wiegando Olsen, nº. 2800, Bairro CIC, CEP 81460-070, para discutir e deliberar sobre a seguinte ordem do dia: (i) Aprovação do Relatório da Administração, o Balanço Patrimonial, a Demonstração de Resultado do Exercício, a Demonstração das Mutações do Patrimônio Líquido, a Demonstração dos Fluxos de Caixa, assim comoos demais documentos da Administração, todos referentes ao exercício social findo em 31 de dezembro de 2013, os quais foram devidamente auditados pela empresa MARTINELLI AUDITORES, registrada no CRC sob o nº S 001132/o-9 e na CVM no Ato Declaratório nº. 1253 de 23/ 01/90, inscrita no CNPJ/MF sob o nº 79.370.466/0001-39, com sede na Rua Dona Francisca, nº. 1.113, 10º e 11º andares, Bairro Saguaçu, cidade de Joinville, Estado de Santa Catarina.(ii) Deliberar sobre a destinação do lucro líquido do exercício e a distribuição de dividendos;Os documentos referentes ao item “(i)” do presente Edital, encontram-se à disposição dos acionistas com antecedência na sede da Companhia;Curitiba/PR,11de abril de 2014.COCELPA CIA DE CELULOSE E PAPEL DO PARANÁ-Rui Gerson Brandt / Cristiano Ciriaco Delgado.

PROJUDI-Processo:0003529-19.2008.8.16.0004 – Ref. mov. 96.1 - Assinado digitalmente por Rogerio de Assis:9936,13/03/2014:EXPEDIÇÃO DE EDITAL/CITAÇÃO. Arq: Edital PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DO PARANÁ COMARCA DA REGIÃO METROPOLITANA DE CURITIBA – FORO CENTRAL DE CURITIBA 21ª VARA CÍVEL DE CURITIBA – PROJUDI - Rua Cândido de Abreu, 535 - Centro Cívico Curitiba/PR EDITAL Processo: 0003529-19.2008.8.16.0004 Classe Processual: Procedimento Ordinário Assunto Principal: Despesas Condominiais Valor da Causa: R$913,19 Autor(s). • CONDOMINIO NOSSA SENHORA DA LUZ DOS PINHAIS II COND I Réu(s): • OSMARINA DA SILVA MACHADO •EDSON GILMAR MACHADO EDITAL DE CITAÇÃO DOS REQUERIDOS: EDSON GILMAR MACHADO E OSMARINA DA SILVA MACHADO,COM O PRAZO DE 20 (vinte) DIAS. O DOUTOR ROGÉRIO DE ASSIS - JUIZ DE DIREITO DA VIGÉSIMA PRIMEIRA VARA CÍVEL DA COMARCA DE CURITIBA - CAPITAL DO ESTADO DO PARANÁ FAZ SABER, que por este edital com o prazo de 20 (vinte) dias, ficam CITADOS os requeridos EDSON GILMAR MACHADO, portador do Rg sob n° 2.098.852, e OSMARINA DA SILVA MACHADO, portadora do RG sob n° 4.690.398-6-PR, inscrita no CPF/MF sob n°642.108.989-53, para querendo, contestarem a presente ação, no prazo legal de 15 (quinze) dias, sob pena de não o fazendo, importar na presunção de que admitiu como verdadeiros os fatos alegados pelo autor (Art. 285 do CPC), nestes autos de PROCEDIMENTO ORDINÁRIO- DESPESAS CONDOMINIAIS sob n° 0003529-19.2008.8.16.0004, proposta por CONDOMINIO NOSSA SENHORA DA LUZ DOS PINHAIS II contra EDSON GILMAR MACHADO E OUTRO, no qual o requerente alega que os requeridos são proprietários do imóvel localizado no edifício ora requerente, apartamento n° 12, bloco 01, conforme matrícula sob n° 70.731 da 8ª C.R.I, desta Capital. Todavia, na qualidade de proprietários do mencionado imóvel, os requeriso, de acordo com o artigo 12 da Lei 4.591/64,e o art. 1.336 inciso I do Código Civil vigente, estão obrigados a contribuir com o rateio das despesas condominiais. Ocorre que, os requeridos deixaram de efetuar o pagamento das taxas de condomínio que lhe coube no rateio, estando portanto, em atraso com as prestações. Inobstante, a várias tentativas do autor em receber seu crédito amigavelmente, até a proprositura da ação os requeridos não se manifestaram no sentido de fazê-lo, razão pela qual outra alternativa não restou-lhe, a não ser a propositura da ação, para que assim possa recuperar os valores pendentes. Requer a procedência da ação em todos os termos, com a condenação dos requeridos ao pagamento do principal, bem como das cotas vincendas no curso da ação (art. 290 do CPC); a correção monetária a partir do vencimento, com juros de mora de 1% ao mês e multa de 2% para as vencidas, inclusive as vincendas, sobre o principal, conforme dispõe a Lei.4591/64 e pelo artigo 1336 do novo Código Civil e, a condenação dos requeridos nas custas processuais e honorários advocatícios, a serem arbitrados. DESPACHO: “...Expeça-se edital conforme já determinado. 2.Cite-se a requerida para, querendo, apresentar defesa no prazo de 15 (quinze) dias, observadas as advertências dos art. 285 e 319, do Código de Processo Civil... Em 20 de fevereiro de 2014 (a) Rogério de Assis - Juiz de Direito”. E, para que chegue ao conhecimento dos interessados e não possam de futuro alegar ignorância, mandou o presente edital que será publicado e afixado na forma da lei. DADO E PASSADO nesta Cidade de Curitiba — Capital do Estado do Paraná, aos vinte e cinco dias do mês de fevereiro do ano de dois mil e quatorze. ROGÉRIO DE ASSIS Juiz de Direito Documento assinado digitalmente, conforme MP nº 2.200-2/2001, Lei nº 11.419/2006, resolução do Projudi, do TJPR/OE Validação deste em HTTP://portal .tjpr.jus.br/projudi – Identificador: PJVD3 64ESL WM3T7 SMMVR.

FORO REGIONAL DE ALMIRANTE TAMANDARÉ - COMARCA DA REGIÃO METROPOLITANA DE CURITIBA - ESTADO DO PARANÁ. EDITAL DE CITAÇÃO DE BARIGUI EMPREENDIMENTOS E PARTICIPAÇÕES LTDA ME, COM PRAZO DE 30 (TRINTA) DIAS. Através deste, CITA-SE o requerido BARIGUI EMPREENDIMENTOS E PARTICIPAÇÕES LTDA ME, eventuais sócios e possíveis interessados, para os termos dos autos de AÇÃO DE OBRIGAÇÃO DE FAZER registrado e autuado sob n. 0008153-46.2011.8.16.0024, onde figura como requerente JOSÉ BARBOSA e requerido BARIGUI EMPREENDIMENTOS E PARTICIPAÇÕES LTDA ME, e para querendo oferecer contestação no prazo de 15 (quinze) dias, sob pena de revelia, ou seja, não sendo contestado, presumir-se-ão como verdadeiros os fatos articulados na inicial. E para que chegue ao conhecimento de todos os interessados, expediu-se o presente edital que será publicado na forma da Lei e afixado cópia no local de costume, para que ninguém alegue ignorância futura. Almirante Tamandaré, 20 de setembro de 2013. MARIA DE FÁTIMA COSTA PEREIRA Auxiliar Juramentada.

PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DO PARANÁ COMARCA DA REGIÃO METROPOLITANA DE CURITIBA – FORO CENTRAL DE CURITIBA - 25ª VARA CÍVEL DE CURITIBA – PROJUDI. Rua Lysímaco Ferreira da Costa, 355 - Centro Cívico - Curitiba/PR - CEP: 80.530-100 - EDITAL DE INTERDIÇÃO - 011/2014. O , Juiz de Direito da 25ª Vara Cível do Foro Central da Doutor Marcelo Mazzali Comarca da Região Metropolitana de Curitiba - Estado do Paraná, no uso de suas atribuições legais, FAZ SABER aos que virem ou tiverem conhecimento do presente edital de interdição que, neste Juízo, processaram-se os autos de Interdição nº 0002756-55.2013.8.16.0179, sendo declarada por sentença a INTERDIÇÃO de YEDA LUCIA ABOUDIB LOMBA, brasileira, divorciada, portadora do RG sob nº 785.515-0 SSP/PR, inscrita no CPF/MF sob o nº 471.316.329-53, portadora de doença mental diagnosticada, sendo-lhe nomeada CURADORA a Sra. VERA REGINA ABOUDIB LOMBA. A curatela tem a finalidade de reger a interditanda em todos os atos de sua vida civil, por tempo indeterminado. Curitiba, 26 de março de 2014. Eu, Etienne Camargo Nogari, Chefe de Secretaria, que o mandei digitar, conferi e subscrevi. Marcelo Mazzali - Juiz de Direito - Documento assinado digitalmente, conforme MP nº 2.200-2/2001, Lei nº 11.419/2006, resolução do Projudi, do TJPR/ OE Validação deste em http://portal.tjpr.jus.br/projudi - Identificador: PJXDG AV7W5 6USAE KSDCK PROJUDI - Processo: 0002756-55.2013.8.16.0179 - Ref. mov. 141.1 - Assinado digitalmente por Marcelo Mazzali, 27/ 03/2014: EXPEDIÇÃO DE EDITAL/INTIMAÇÃO. Arq: Edital.

06 - EDITAL DE CITAÇÃO (PRAZO: 30 dias) - EXECUÇÃO DE TÍTULO EXTRAJUDICIAL - PROCESSO 0045283-42.2011.8.16.0001 – BANCO BRADESCO SA (CNPJ 60.746.948/0001-12) X GRAZIELA BONA SARTOR e PROMOVERE RH TOTAL ORGANIZAÇÃO DE RECURSOS HUMANOS LTDA (CNPJ 01.137.000/0001-09) - O Dr. ANTÔNIO CARLOS CHOMA, Juiz de Direito, no uso de suas atribuições legais, manda citar os requeridos GRAZIELA BONA SARTOR (inscrita no CPF sob o n.º 60.746.948/000112) e PROMOVERE RH TOTAL ORGANIZAÇÃO DE RECURSOS HUMANOS LTDA (CNPJ 01.137.000/ 0001-09), ambos atualmente em lugar incerto; para, querendo, no prazo de 15 dias, manifestarem-se sobre os termos da ação, cujo primeiro despacho segue: “I - Cite-se a parte Executada para que, em 03 (três) dias, pague o débito, sob pena de ser realizada a penhora de bens. II - Fixam-se os honorários advocatícios em 10% do valor do débito. III - Conste do mandado: que, no caso de integral pagamento da dívida no prazo de 03 (três) dias, os honorários ficam reduzidos em 50%; que, em reconhecendo o crédito da parte Exequente, inclusive custas processuais e honorários fixados, poderá a parte Executada, no prazo de 15 (quinze) dias, desde que comprovando o depósito de ao menos 30% do valor em execução, requerer o pagamento do saldo restante em até 06 (seis) parcelas mensais acrescidas de correção monetária e de juros moratórios de 1% ao mês, cuja proposta será objeto de deliberação deste Juízo; que, em não pagando de imediato a totalidade do débito ou não fazendo uso da alternativa de pagamento parcelado, poderá interpor embargos no prazo de 15 (quinze) dias contados da juntada aos autos do mandado de citação.IV- Deferem-se, se for o caso, os benefícios do § 2º do art. 172 do CPC. Intimem-se. Curitiba, 13/09/2011.” Sob pens de revelia e confissão ficta. Adv. JOÃO LEONEL ANTOCHESKI - OAB 25730N-PR.


12

| 17 a 21 de abril de 2014 |

As primeiras licenças para serviço de táxi de Curitiba foram entregues na tarde desta quarta-feira (16) pelo prefeito Gustavo Fruet a um grupo de 11 taxistas. Aprovados na licitação, esse taxistas fizeram cadastramento na Urbs e, a partir do momento em que recebem o documento, estão liberados pelo Município para fazer o emplacamento do carro, solicitar a instalação e aferição do taxímetro pelo Instituto de Pesos e Medidas (Ipem) e começar a trabalhar. É o primeiro aumento da frota na cidade em 40 anos. Ao fazer a entrega das outorgas, Gustavo Fruet destacou que a ampliação da frota de táxi é resultado de um pacto feito com a cidade para melhorar a qualidade dos serviços e investir na mobilidade. “A cidade não é a mesma dos anos 70, quando tinha 500 mil habitantes e foram repassadas as permissões para o serviço de táxi. Hoje temos 3 milhões de pessoas entre Curitiba e região metropolitana, além de turistas e empresas que precisam muito do serviço de táxi. Por isso era necessário aumentar o número de táxi e preciso fazer um agradecimento especial a todos aqueles que atuaram para que esta licitação, e o aumento da frota, se tornassem possíveis”, disse o prefeito. Ele destacou o papel da Câmara Municipal, do Ministério Público, do Judiciário, das entidades de classe e dos próprios taxistas para que o processo transcorresse de forma transparente e aberta.

Foto: Maurilio Cheli/SMCS

Depois de 40 anos, Curitiba tem novos taxistas

Prefeito Gustavo Fruet participa da solenidade aonde foram entregues as primeiras autorizações para novos taxistas

Ao cumprimentar os novos taxistas, o prefeito destacou a importância de relação de confiança e parceria entre os profissionais e o poder público e alertou para a necessidade de cumprimento fiel do que determina o regulamento da atividade, que, entre outros itens, prevê a operação dos táxis por no mínimo 12 horas por dia. Assis Archanjo, que trabalha como motorista colaborador desde 1979, agradeceu a oportunidade de continuar na profissão que abraçou há mais de 30 anos, com a diferença de que agora vai trabalhar por conta própria. “Agradeço à Prefeitura e aos colegas que nos incentivaram nesse tempo todo. Chega de trabalhar para os outros”, disse ele, que só espera a chegada o carro novo, comprado

especialmente para participar da licitação, para começar a trabalhar. Escolhido para representar os 640 taxistas que passaram pelas etapas de classificação e habilitação, Archanjo recebeu, das mãos do prefeito Gustavo Fruet um fusca em miniatura, caracterizado como táxi. O presidente da Urbs, Roberto Gregorio da Silva Junior, disse que este foi um momento histórico, com o aumento da frota de táxi e a realização de uma licitação para concessão das autorizações. “As pessoas que estão recebendo a outorga fizeram por merecer e passaram pelo crivo de uma licitação feita com transparência”, disse. Gregorio também destacou a participação da categoria nas discussões para elaboração do edital de licitação e do

novo regulamento do táxi. “Foi um processo feito com transparência, diálogo e respeito, conforme determinação do prefeito. Começamos conversando com os taxistas, realizamos uma consulta pública com a forte presença da categoria e chegamos neste ponto com muito diálogo”, afirmou. Participaram da solenidade de entrega das primeiras outorgas de táxi das últimas quatro décadas, a vice-prefeita Mirian Gonçalves, secretários municipais, administradores regionais, membros da comissão de licitação, gestores e diretores da Urbs, taxistas e os vereadores Paulo Salamuni (presidente da Câmara), Pedro Paulo, Jairo Marcelino, Tito Zeglin, Mestre Pop, Geovani e Bruno Pessuti.

Câmara aprova redução de jornada de trabalho para servidores da Saúde A Câmara Municipal de Curitiba aprovou nesta quarta-feira (16), em primeira votação, a mensagem encaminhada pela Prefeitura que reduz a jornada de trabalho de servidores públicos municipais de algumas profissões ligadas à área da saúde. O projeto, que atende a uma reivindicação histórica, reduz de 40 para 30 horas semanais a jornada de trabalho dos servidores que exercem os cargos de farmacêuticobioquímico, fonoaudiólogo, psicólogo, nutricionista, biológico, citotécnico, químico, técnico em saneamento, técnico em confecção de lentes de óculos e técnico em patologia clínica. No próximo dia 22, o projeto será submetido a nova análise dos vereadores e depois segue para a sanção do prefeito Gustavo Fruet. A medida, reivindicada há muitos anos, beneficia 532 servidores que não foram abrangidos pela Lei n° 13.902, de 9 de dezembro de 2011, que reduziu a jornada para outros profissionais da Saúde. Para o secretário municipal da Saúde, Adriano Massuda, essa é uma conquista histórica dos servidores. “Há quase três anos eles aguardavam a equiparação com a jornada com outras categorias profissionais que já tinham sido beneficiadas”, disse. Em 2011, a reivindicação de redução de jornada para os chamados “excluídos da Saúde” motivou a mais longa greve de servidores públicos municipais de Curitiba, com duração de 74 dias. “A Saúde é uma prioridade para a gestão. A aprovação deste projeto é um avanço que vai refletir diretamente na qualidade da assistência à população, que poderá contar com profissionais mais satisfeitos no dia-a-dia”, afirmou Massuda. O projeto de lei também estabelece a redução da jornada dos médicos veterinários contratados pelo Município de 40 para 20 horas. Nesse caso, a medida visa encerrar uma longa disputa judicial em torno do assunto. A maior parte dos ocupantes do cargo cumpre jornada reduzida por força de decisões judiciais. O projeto reconhece e normatiza essa realidade. Para evitar impacto na assistência e na qualidade do atendimento à população, a Secretaria Municipal da Saúde promoveu uma reorganização do processo de trabalho ao longo dos últimos meses.

Metropole  

jornais

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you