Issuu on Google+

w w w. m e t r o p o l e j o r n a l . c o m . b r

Segunda-feira

Presidente: Ary Leonel da Cruz

Foto: Arnaldo Alves / ANPr

Ano 14 | Nº 3302 | 13 de maio de 2013

O governador Beto Richa ao lado dos prefeitos Gustavo Fruet , Luiz Carlos Setim, Bete Pavim, Luizão Goulart e outros da RMC

Idosos comemoram Dia das Mães em Colombo » O Dia das Mães ga-

neste domingo (12), que substitui durante a época pascal o tradicional Angelus, o Papa saudou os participantes de uma grande marcha popular de diferentes paróquias e membros de organizações pró-vida vindos de vários lugares na Europa.

» Vaticano - Pela primeira vez, desde o início de seu pontificado, o Papa Francisco defendeu a "garantia de proteção jurídica do embrião", para "proteger todos os seres humanos desde o primeiro momento da sua existência". Na oração Regina Coeli,

anunciou neste sábado (11) a ampliação do subsídio ao transporte de Curitiba e Região Metropolitana, que passa a ser de R$ 76,6 milhões por ano. "Os recursos garantem a integração do sistema e a tarifa baixa", afir-

mou Richa, em solenidade realizada no Palácio Iguaçu para a assinatura do novo convênio com a Prefeitura de Curitiba. O prefeito Luiz Carlos Setim, de São José dos Pinhais, e os demais da RMC participaram do Página 3 ato no Palácio Iguaçu.

Formatura dos Jovens do Protejo de SJP » No dia 25 de

Foto: PMSJP

Jovens do Protejo que participam do programa em São José dos Pinhais

maio, às 18h30, acontece a formatura de 210 jovens do Protejo (Projeto de Proteção dos Jovens em Território Vulnerável) no teatro da PUC campus São José dos Pinhais. O Protejo é parte integrante das ações do Território de Paz do PRONASCI (Programa Nacional de Segurança Pública com Cidadania), desenvolvido pela Secretaria Municipal de Segurança de São José dos Pinhais. Página 3

Programação da Semana Nacional dos Museus

Coritiba é tetracampeão paranaense de 2013

Página 11

» O governador Beto Richa

Página 4

No Dia das Mães, Papa Francisco defende a vida

Página 6 Foto Divulgação/Coritiba F.C

» Após vencer o Atletiba decisivo na tarde de ontem (12), no Couto Pereira, o Coritiba ergueu a taça de Campeão Paranaense de 2013, chegando ao quarto título estadual. A equipe Sub23 do Atlético abriu o placar no começo da partida, mas o alviverde empatou com Alex aos 29 minutos. Depois, o mesmo Alex vira o placar aos 40 minutos e Geraldo marca o terceiro aos 46 minutos finais. Esporte.

Richa aumenta subsídio e garante integração da RMC

Uva para comemorar a data. Mais de 1.100 idosos participaram do evento, que contou com a presença da prefeita Beti Pavin.

nhou uma homenagem em Colombo. Grupos da terceira idade dos Centros de Convivência do município, se reuniram no Parque da

Diário de Circulação Nacional

Fiéis recebem novo bispo auxiliar de Curitiba Página 12

Alex foi o nome do jogo no Atletiba marcando dois dos três gols da vitória

Editais página 9


2

| Segunda-feira, 13 de maio de 2013 |

Editorial

Inflação e oligopólios Mantendo sempre o otimismo, que marca sua trajetória como ministro da área econômica, Guido Mantega tranquilizou os setores da produção e a economia em geral, indicando que a inflação está controlada. Para não tropeçar no próprio otimismo, ele ressalvou que o descontrole da inflação é localizado: está na área dos alimentos. É importante reproduzir com fidelidade suas declarações. Ele disse que apesar de o índice de inflação oficial de abril ter ficado acima das previsões, o índice está sob controle e que há uma tendência de queda nos próximos meses. O ministro frisou que a alta dos preços está concentrada no setor de alimentos e que o governo está tomando todas as medidas para evitar que outras áreas sejam afetadas. "A tendência da inflação é cair nos próximos meses, não obstante, estamos atentos, tomando as medidas necessárias para impedir a difusão e o contágio de outros setores. Este é o perigo: outros setores ficarem achando que vai haver um aumento generalizado e podem querem subir a inflação. Isso não está ocorrendo. A inflação não é generalizada, está muito mais concentrada no setor de alimentos e isso vai cair, todo mundo sabe", disse Mantega. Os números, porém, são frios. O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), que mede a inflação oficial do país, ficou em 0,55% em abril, informou o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O resultado supera a taxa de 0,47% registrada em março. O ministro comemorou a queda no índice de difusão, que calcula em quantos setores há inflação. Segundo ele, os preços no atacado já estão em queda e isso vai ter reflexos no varejo nos próximos meses. "Temos que ficar atentos a isso [com a indexação da economia] para não permitirmos o contágio, mas o índice de difusão deu uma melhorada em abril. Caiu de 69% para 65% e isso é uma boa notícia." De acordo com o ministro, apesar do resultado acima do previsto para o mês de abril, o IPCA é melhor do que os índices registrados no mesmo período de 2010 e 2011. "Há uma trajetória semelhante da inflação nos últimos anos. Ela sobe no final do ano, se mantém alta nos primeiros meses e depois cai. Com algumas variações por causa dos regimes de chuva, de seca, de problemas externos. Então, este ano temos uma pressão mais forte de alimentos, que foi causada por problemas no exterior. Mas também temos eventos que dependem das nossas chuvas, das safras e entressafras e, portanto, a trajetória da inflação é decrescente no Brasil nos próximos meses. Todas as previsões são nesse sentido", reforçou. Sem adiantar valores, Mantega disse que o governo vai impulsionar o Plano Safra para estimular o setor agrícola. "A inflação está sob controle, o governo está tomando todas as medidas, estaremos fazendo um Plano Safra que vai estimular ainda mais a produção agrícola brasileira, que já é boa. Estamos batendo recorde de safra. Este ano vamos bater recorde novamente. No primeiro trimestre deste ano, a produção de grãos aumentou 50% em relação ao ano passado. Portanto, a agricultura vai bem, e a oferta de produtos agrícolas vai aumentar. Mas existem fatores sazonais", ponderou. Ao apontar para o setor de alimentos, Mantega evidenciou os oligopólios, mas esquivou-se de condená-los.

Entrega de máquina reúne autoridades em Paranavaí e Marialva A ação faz parte da segunda etapa do Plano de Aceleração do Crescimento (PAC2) e teve investimento de R$ 35 milhões na aquisição das 154 máquinas desta etapa

Deputado André Vargas no palanque com a ministra Gleisi Hoffmann e demais lideranças

O vice-presidente da Câmara, deputado federal André Vargas (PT-PR), participou neste sábado, 11/05, juntamente com os ministros Gleisi Hoffmann, da Casa Civil e Pepe Vargas, nas cidades de Paranavaí e de Marialva da entrega de 154 máquinas motoniveladoras e retroescavadeiras para 102 municípios da região e destacou que as prefeituras contempladas estavam em festa. "É um programa fantástico, pois garante o suporte necessário para a infraestrutura nas cidades e nem sempre o município pode dispor de cerca de R$ 1 milhão para adquirir as duas máquinas", declarou Vargas, que explica que cada cidade que se adéqüem aos critérios do governo federal, vai receber uma máquina motoniveladora, uma retroescavadeira e um caminhão basculante, sem custos. Ele lembrou que muitos dos municípios contemplados neste sábado tem uma média de 300km de estradas rurais para atender com escoamento de produção, transporte escolar e a entrega destas máquinas faz toda a diferença. A ação faz parte da segunda etapa do Plano de Aceleração do Crescimento (PAC2) e teve investimento de R$ 35 milhões na aquisição das 154 máquinas desta etapa. A ministra chefe da Casa Civil, Gleisi Hoffmann, destacou que era um momento importante para história da região, porque refletia o compromisso do Governo Federal de investir sempre mais em infraestrutura nos municípios de todo o país. "Ações como estas de-

pendem de uma parceria sólida com os prefeitos. O Governo Federal pode fornecer a estrutura necessária, mas o prefeito tem que ter determinação em receber os equipamentos e fazer com as coisas funcionem", declarou. O prefeito de Marialva, Edgar Silvestre, o Deca, afirmou que essa entrega vai melhorar a vida do agricultor paranaense. "Os nossos municípios são praticamente agrícolas. Atualmente, passamos dificuldade por conta do período de chuva, com estradas ruins. Os municípios estão desestruturados sem as máquinas e elas vêm atender uma necessidade primordial desses municípios", adianta o prefeito. "Esse será um dos melhores investimentos do MDA para nós", ressalta Deca. PALANQUE REPLETO O evento teve a presença de dois ministros: Gleisi Hoffmann, da Casa Civil e Pepe Vargas e diversas autoridades como o senador Sérgio Souza; o vicepresidente de agrário do Banco do Brasil, Osmar Dias; o conselheiro da Itaipu Binacional, Orlando Pessutti; o secretário de Agricultura Familiar do MDA, Valter Bianchini; o secretário de Estado da Indústria e Comércio; o delegado federal do Desenvolvimento Agrário no Paraná, Reni Denardi; o superintendente do INCRA/PR, Nilton Guedes, além dos deputados federais André Vargas, Osmar Serraglio, André Zacharow, Alex Canziani, Dr. Rosinha, Zeca Dirceu, Cida Borguett; e ainda dos deputados estaduais Teruo Kato, Cleiton Kielse, Ênio Verri e Jonas Guimarães.

Consulta pública sobre plano de mudanças climáticas começa em julho Agência Brasil Brasília - Em dois meses, os brasileiros vão poder apresentar sugestões para que os diversos setores da economia do país, como a indústria e o setor de transportes, reduzam as emissões de gases de efeito estufa. A primeira versão revisada do Plano Nacional sobre Mudança do Clima, que deve incluir essas metas, deve ser colocada em consulta pública na internet e em encontros regionais a partir de julho. "A nova versão vai trazer um grande avanço em relação ao que já está proposto no plano anterior", garantiu Karen Cope, diretora de Licenciamento e Avaliação Ambiental da Secretaria de Mudanças Climáticas e Qualidade Ambiental, ligada ao Ministério do Meio Ambiente. Segundo ela, os planos setoriais já começaram a ser implantados. Se conseguir consolidar todas as contribuições apresentadas pela população, o governo deve apresentar a versão final do plano até o fim do ano. O documento deveria ter sido concluído no ano passado. O prazo para revisão estava previsto na versão original do plano, elaborado em 2008. No final de 2010, com a criação da Política Nacional sobre Mudança do Clima, o governo decidiu que o Plano Nacional sobre Mudanças Climáticas deveria incorporar os Planos Setoriais de Mitigação e Adaptação às Mudanças Climáticas. Pelo mesmo decreto que instituiu a política, o prazo para que os planos setoriais fossem apresentados era 15 de dezembro de 2011. Mas, as metas de alguns setores, como os de saúde e mineração, ainda não foram divulgadas. Esta semana, representantes do Observatório do Clima e do Fórum Brasileiro de ONGs e Movimentos Sociais para o Meio Ambiente e Desenvolvimento cobraram a apresentação de planos de quatro setores. Apesar do apelo do governo pelas contribuições do grupo, as 700 organizações que formam a rede se recusam a participar do processo sem um rascunho desses textos. O argumento é que não poderiam comentar o conteúdo sem ter acesso a mais informações. As organizações entregaram uma carta à ministra-chefe da Casa Civil, Gleisi Hoffmann, pedindo o texto final dos documentos que preveem metas da indústria, dos transportes, da saúde e da mineração. Carlos Rittl, coordenador do Programa de Mudanças Climáticas e Energia do WWF-Brasil, que integra as duas organizações, reconhece que o Brasil avançou com o plano de 2008, mesmo que a política de mudanças climáticas só tenha sido instituída depois. Mas, segundo ele, a desarmonia nas datas dos dois documentos acabou fazendo com que não houvesse estratégia. "Não é plano de ação que nos leva a um processo de desenvolvimento de baixo carbono, e não trouxe inovação. O plano não tem metas, apenas alguns objetivos específicos", disse, destacando a redução de perda de floresta que tem avançado, conforme mostram levantamentos de satélites e operações de fiscalização e combate ao crime ambiental. Os movimentos sociais cobram documento com metas e ações precisas e claras.

CCJ apresenta balanço de atividades do primeiro trimestre de 2013 A Comissão de Constituição e Justiça da Assembleia Legislativa divulgou esta semana o balanço de seu trabalho no primeiro trimestre do ano. Em dez sessões ordinárias e duas extraordinárias foram discutidas e votadas 169 proposições, 105 (62,13% do total)) das quais projetos de lei de autoria parlamentar. Foram analisadas no período 28 (16,56%) mensagens do Poder Executivo, quatro projetos de lei do Tribunal de Justiça do Estado, dois projetos de lei do Tribunal de Contas do Estado, um projeto de resolução, 11 propostas de veto, 16 emendas de Plenário e das comissões permanentes, e dois recursos contra pareceres contrários da

própria comissão. Foram registrados 11 pareceres favoráveis e 47 contrários, além de 10 com solicitação de baixa em diligência para diversas secretarias e órgãos do Poder Executivo. Quando o relator pede esta providência, visa obter maiores informações técnicas para auxiliá-lo na elaboração de seu parecer. Dentre as proposições de autoria parlamentar, 53 (50,47%) obtiveram pareceres favoráveis, 42 (40%) tiveram pareceres contrários e 10 foram baixadas em diligência. Os trabalhos da CCJ só tiveram início no dia 26 de fevereiro porque, de acordo com o Regimento Interno da Casa, as comissões técnicas são reconstituídas a cada

biênio da Legislatura, demandando negociações entre as bancadas e blocos com assento no parlamento estadual. Este ano, quatro deputados que se elegeram prefeitos renunciaram a seus mandatos e um se licenciou para assumir uma secretaria de Estado, determinando que as lacunas nas comissões fossem preenchidas de acordo com a proporcionalidade observada nas eleições de 2010. Os deputados decidiram constituir na Assembleia Legislativa a Frente Parlamentar de Defesa dos Empregados e Empregadores em Restaurantes, Hotéis, Pizzarias, Bares, Lanchonetes, Panificadoras, Confeitarias e similares. A finalidade da Frente, nos termos da proposição

aprovada, é discutir e propor ações e projetos que apoiem o desenvolvimento desses setores. Seus primeiros integrantes são os deputados Ney Leprevost (PSD), Alceu Maron Filho (PSDB), Artagão Junior (PMDB), Gilberto Martin (PMDB), Gilberto Ribeiro (PSB), Hermas Brandão Jr. (PSB), Jonas Guimarães (PMDB), Nelson Luersen (PDT), Roberto Aciolli (PV) e TercílioTurini (MD). A coordenação dos trabalhos será de Ney Leprevost, propositor do movimento. Conforme o ato nº 10/13, do presidente Valdir Rossoni (PSDB), publicado na edição nº 417 do Diário Oficial da Alep, a formação do novo grupo foi aprovada no final de abril, em sessão plenária.


| Segunda-feira, 13 de maio de 2013 |

3

Richa aumenta subsídio para R$ 76,6 milhões e garante integração A maior parte do subsídio, R$ 53,3 milhões, virá por meio de repasse do Governo do Estado para a Prefeitura de Curitiba por meio de repasse do Governo do Estado para a Prefeitura de Curitiba. A outra parte, de R$ 23 milhões, vem da isenção do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) sobre o óleo diesel, conforme lei assinada por Richa na última segunda-feira. Antes deste novo convênio e da isenção do ICMS, o subsídio para Curitiba e RMC era de R$ 63 milhões. "Nosso compromisso é com as pessoas, e estes valores que estamos liberando demonstram o respeito da

nossa equipe de governo com os usuários do transporte coletivo na Região Metropolitana de Curitiba, que passam a ser beneficiados com duas ações do Estado", afirmou Richa. O governador ressaltou que é a primeira vez na história do Paraná que o Estado adota medidas em benefício do transporte coletivo. "Quando era prefeito, pedi apoio do Estado e não fui atendido. Por isso, sei o que esta ajuda significa para os municípios e para os usuários do transporte coletivo",

afirmou Richa. O prefeito de Curitiba, Gustavo Fruet, destacou a medida tomada por Beto Richa. "Agradeço ao governador pelo compromisso em favor do transporte, vai representar uma diminuição de custo importante para a rede. Criamos um diálogo para o avanço, hoje damos demonstração de avanço." O prefeito de Pinhais, Luiz Goulart, presidente da Associação de Municípios da Região Metropolitana de Curitiba (ASSOMEC), disse que prevaleceu o bom sen-

so. "O bom diálogo entre os prefeitos e o governador Beto Richa garantiu o valor da tarifa acessível para a população."

Foto: Arnaldo Alves / ANPr

O governador Beto Richa anunciou neste sábado (11) a ampliação do subsídio ao transporte de Curitiba e Região Metropolitana, que passa a ser de R$ 76,6 milhões por ano. "Os recursos garantem a integração do sistema e a tarifa baixa", afirmou Richa em solenidade realizada no Palácio Iguaçu para a assinatura do novo convênio com a Prefeitura de Curitiba, que é gestora da rede integrada da capital e mais 12 cidades da região. A maior parte do subsídio, R$ 53,3 milhões, virá

O governador Beto Richa ao lado do prefeito Gustavo Fruet após anunciar o aumento do subsídio, no Palácio Iguaçu

Foto: Divulgação Câmara dos Deputados

Setim participa da assinatura de subsídio para o transporte público

Governador Beto Richa com o prefeito Luiz Carlos Setim e o deputado Francisco Bührer, no Palácio Iguaçu

(Com informações do Governo do Estado) O prefeito de São José dos Pinhais Luiz Carlos Setim participou no sábado (11) da cerimônia na qual o governador Beto Richa assinou a ampliação do subsídio ao transporte de Curitiba e Região Metropolitana, que passa a ser de R$ 76,6 milhões por ano. A solenidade foi realizada no Palácio Iguaçu e contou com a presença do deputado estadual

Francisco Bührer, além dos vereadores Luiz Paulo, Fenemê e Lucia Stoco. A maior parte do subsídio, R$ 53,3 milhões, virá por meio de repasse do Governo do Estado para a Prefeitura de Curitiba. A outra parte, de R$ 23 milhões, vem da isenção do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) sobre o óleo diesel, conforme lei assinada por Richa na última segunda-feira. Antes

deste novo convênio e da isenção do ICMS, o subsídio para Curitiba e RMC era de R$ 63 milhões. "Nosso compromisso é com as pessoas, e estes valores que estamos liberando demonstram o respeito da nossa equipe de governo com os usuários do transporte coletivo na Região Metropolitana de Curitiba, que passam a ser beneficiados com duas ações do Estado", afirmou Richa. Para o prefeito Setim esse é um momento importante para todos os prefeitos região metropolitana . "Esse sonho se realiza na presença, vontade e determinação do governador Beto Richa. Essa integração mostra respeito pelos trabalhadores e também aos empresários que investem e que pagam o vale transporte dos seus funcionários. Estamos aliviados, como administradores públicos e como povo". ISENÇÃO DO ICMS A lei sancionada por Richa para isenção do ICMS do óleo

diesel do transporte coletivo atende municípios com 140 mil habitantes. Com a desoneração, o Estado transfere R$ 38 milhões para subsidiar a tarifa de ônibus urbanos das maiores cidades paranaenses. A iniciativa atende 21 municípios, onde vivem aproximadamente 6 milhões de pessoas, e foi aprovada por unanimidade pela Assembleia Legislativa. A nova legislação determina que o benefício seja aplicado na planilha de custos dos sistemas de transporte coletivo, o que pode reduzir as tarifas em até R$ 0,06 (seis centavos). Na Região Metropolitana de Curitiba (RMC) a isenção do ICMS atende os 13 municípios que compõem a Rede Integrada de Transporte (RIT): Curitiba, São José dos Pinhais, Fazenda Rio Grande, Bocaiuva do Sul, Rio Branco do Sul, Itaperuçu, Campo Largo, Campo Magro, Almirante Tamandaré, Colombo, Araucária, Contenda, Pinhais e Piraquara.

Jovens do Protejo de São José dos Pinhais se formam no final do mês No dia 25 de maio, às 18h30, acontece a formatura de 210 jovens do Protejo (Projeto de Proteção dos Jovens em Território Vulnerável) no teatro da PUC campus São José dos Pinhais. O Protejo é parte integrante das ações do Território de Paz do PRONASCI (Programa Nacional de Segurança Pública com Cidadania), que é desenvolvido pela Secretaria Municipal de Segurança de São José dos Pinhais, com o intuito de prestar assistência, por meio de atividades de formação e inclusão social aos jovens expostos a diferentes formas de violência. Inicialmente o Protejo começou com 240 jovens dos territórios de paz das regiões do Grande Guatupê / Ipê e Borda do Campo. Durante o tempo do programa, que é de um ano, alguns jovens mudaram de

município ou ingressaram no mercado de trabalho, estes, no entanto continuam sendo assistidos pela equipe multidisciplinar do projeto. O programa enfatiza a cultura de paz com foco na formação da cidadania através de ações como a formação para o fortalecimento da cidadania para uma participação social ativa a partir de orientações pautadas nos direitos humanos; proteção ao Jovem com a implantação de um sistema de acompanhamento e proteção dos jovens expostos às diferentes formas de violência; pacificação social com ações estruturais e territoriais que garantam a segurança, o desenvolvimento saudável e convivência juvenil pacífica, a emancipação juvenil através da inclusão do jovem a um percurso social formativo que lhe possibilite a oportunidade de

acesso à educação e ao trabalho e a formação de redes Integradas entre os entes federativos, movimentos sociais e entidades de apoio da sociedade civil organizada para o jovem. Os jovens do Protejo têm entre 15 e 24 anos, de ambos os sexos, e recebem uma bolsa auxílio de R$100,00 mais vale transporte e lanche, para subsidiar sua participação que vai de segunda a sextafeira, com intervalos nas quartasfeiras, o que contempla uma carga horária de 800 horas. Dentre todas as ações já citadas, os jovens ainda participam de oficinas profissionalizantes, informática para manutenção de computadores, mundo do trabalho, música, dança, teatro e atividades esportivas. Os participantes do programa ainda aprendem e discutem sobre legis-

lação social e segurança pública, sexualidade e drogas para fortalecer sua formação cidadã. Segundo o coordenador pedagógico do Protejo São José dos Pinhais, Marcelo de Paula, muitas dessas iniciativas partiram da equipe municipal e com resultados surpreendentes. "Estamos de forma assertiva contribuindo para o resgate da cidadania desses jovens vítimas de vários tipos de violências, e a formatura desses jovens é gratificante" conta Marcelo, e finaliza dizendo que a busca, ou inscrição para o Protejo era voluntária e foi muito grande, recebendo ainda auxílio por indicação dos Centros de Referencia da Assistência Social - CRAS, Conselhos Tutelares e do Centro de Referencia especializado da Assistência Social - CREAS.

ISENÇÃO DO ICMS A lei sancionada por Richa para isenção do ICMS do óleo diesel do transporte coletivo atende municípios com 140 mil habitantes. Com a desoneração, o Estado transfere R$ 38 milhões para subsidiar a tarifa de ônibus urbanos das maiores cidades paranaenses. A iniciativa atende 21 municípios, onde vivem aproximadamente 6 milhões de pessoas, e foi aprovada por unanimidade pela Assembleia Legislativa. A nova legislação determina que o benefício seja aplicado na planilha de custos dos sistemas de transporte coletivo, o que pode reduzir as tarifas em até R$ 0,06 (seis centavos). O governador cobrou a desoneração de impostos federais que incidem sobre as tarifas do transporte urbano. Richa explicou que os tributos chegam a 25% do preço final da tarifa. "Em 2005, reuni em Curitiba os principais prefeitos do País e levamos a reivindicação ao governo federal, mas infelizmente não fomos atendidos", disse.

Na Região Metropolitana de Curitiba (RMC) a isenção do ICMS atende os 13 municípios que compõem a Rede Integrada de Transporte (RIT): Curitiba, São José dos Pinhais, Fazenda Rio Grande, Bocaiuva do Sul, Rio Branco do Sul, Itaperuçu, Campo Largo, Campo Magro, Almirante Tamandaré, Colombo, Araucária, Contenda, Pinhais e Piraquara. No interior, quatro cidades beneficiadas já anunciaram redução no preço da tarifa. O prefeito de Ponta Grossa determinou uma queda de R$ 0,10 nas passagens a partir deste domingo para quem usa o sistema eletrônico de bilhetagem. Em Londrina, Cascavel e Foz do Iguaçu a redução deve chegar a R$ 0,05. Maringá, Guarapuava e Paranaguá estudam como transferir o benefício da lei para os usuários. Participaram do ato o presidente da Assembleia Legislativa, Valdir Rossoni; o presidente da Câmara de Vereadores de Curitiba, Paulo Salamuni; a secretária estadual da Família e Desenvolvimento Social, Fernanda Richa; deputados estaduais, secretários estaduais e municipais, vereadores e prefeitos das cidades da RMC.


4

| Segunda-feira, 13 de maio 2013 |

Idosos dos centros de convivência comemoram Dia das Mães em Colombo

Fotos: João Senechal/PMC

Homenagem foi realizada pela coordenação dos Centros de Convivência, no Parque da Uva

A prefeita Beti Pavin agradeceu a dedicação e o esforço de todos na realização do evento e parabenizou as mães e avós, que são mães duas vezes, pelo seu dia

O Dia das Mães ganhou uma homenagem antecipada em Colombo. Na última quinta-feira (9), os grupos da terceira idade dos Centros de Convivência do município, se reuniram no Parque da Uva para comemorar a data. Mais de 1.100 idosos participaram do evento, que contou com a presença da prefeita Beti Pavin e da equipe da secretaria da Ação Social e Trabalho. Os coordenadores dos Centros de Convivência de Colombo, Clair Rodrigues Amaro e Paulo Cezar Heua, organizaram a festa com o apoio dos demais servidores, e promoveram entre os participantes uma rifa, que presenteou os ganhadores com um edredom, um liquidificador e uma batedeira. As coordenadoras que mais venderam rifas para contribuir com a

organização do evento, Valdiléia Tavares do Centro de Convivência Lírio do Vale, Maria Aparecida, do Vó Lígia e Divanir Pagarnart, do Graciosa, também foram presenteadas com uma lembrança. A prefeita agradeceu a presença de todos e principalmente o apoio ao trabalho realizado. "Esta confraternização, com a participação de tantas pessoas, mostra que o trabalho que está sendo desenvolvido pelas equipes é efetivo, e que promove a qualidade de vida da terceira idade de Colombo. E isto é muito importante para o desenvolvimento da nossa cidade", destacou Beti Pavin. BAILE Cada idoso também foi homenageado com uma flor e, depois dos sorteios e homenagens, todos os participantes puderam confraternizar durante o baile, preparado es-

Mais de 1.100 idosos de todos os Centros de Convivência se reuniram no Parque da Uva para comemorar o Dia das Mães

pecialmente para eles. A coordenadora geral dos centros de convivência, Clair, explicou que para a realização do evento, todos os centros de convivência colaboraram. "Todas as unidades ajudaram providenciando a alimentação e outros detalhes. Ver este evento pronto e a felicidade de cada idoso, que se sente valorizado e feliz, com um sorriso no rosto, é uma grande satisfação pessoal. Dá a sensação de dever cumprido e de trabalho reconhecido", contou Clair. Além da prefeita de Colombo, Beti Pavin, prestigiaram a comemoração o vice-prefeito, Ademir Goulart, a secretária da Ação Social e Trabalho, Maria da Silva Souza e alguns vereadores do município. Ao todo, os idosos de Colombo contam com 25 Centros de Convivência.

Um edredom, uma batedeira e um liquidificador foram os prêmios da rifa realizada, pelos coordenadores dos Centros de Convivência

Orientadores do Projovem participam de capacitação em primeiros socorros rem cerca de 700 pessoas por dia por morte súbita, principalmente na faixa etária mais produtiva. A cada minuto que se passa sem realizar os procedimentos de primeiros socorros, as chances da vítima se recuperar diminui em 7 a 10%. A morte pode ocorrer de 4 a 6 minutos após a parada cardíaca. Outro aspecto lembrado na palestra pelo subtenente, foi sobre mitos populares, momento em que foi questionado se após uma queda é proibido deixar a criança dormir. Oberdan diz que não, trata-se apenas de crendices populares. Segundo ele, após um trauma é normal que o organismo sinta a necessidade de repousar. Ele alerta apenas ser necessário observar a vítima até 48 horas após o acidente. "Se for verificado manchas vermelhas ou roxas nas regiões da orelha ou ao redor dos olhos, é preciso procurar um médico com urgência", sugere. A coordenadora municipal do Projovem Adolescente, Eliziane Jordão Santos, afirma que a intenção é realizar uma vez por mês, cursos de capacitação para os orientadores do programa, abordando diversos temas. "Queremos sempre propor assuntos

interessantes para nosso público, que são jovens de 14 a 17 anos", anunciou. PROJOVEM Em Colombo o Programa Projovem desenvolvido pela prefeitura municipal, atende 94 adolescentes, divididos em seis grupos, em áreas estratégicas da cidade, com ações e atividades realizadas nos Centros de Referên-

cia e Assistência Social - CRAS. De acordo com a orientadora de Artes, Daiane Gregório, as noções de primeiros socorros são práticas úteis no dia a dia, uma importante lição que será repassada aos jovens do programa. "Com certeza são informações necessárias que levarão para casa. E poderão até mesmo, dependendo da situação, salvar

uma vida", relata. Para completar, o subtenente Oberdan da Silva, cita várias situações que são necessárias realizar atendimento prévio antes do indivíduo ser encaminhado ao hospital. Entre elas, atendimento a vítimas de acidentes automobilísticos, atropelamentos, incêndios, afogamentos, ataque cardíaco e convulsões.

Crédito: Bruno do Carmo/PMC

Orientadores do Programa Projovem Adolescente, desenvolvido pela prefeitura de Colombo por meio da Secretaria Municipal da Ação Social e Trabalho, participaram na quinta-feira, dia 9, do curso de "Capacitação em Primeiros Socorros à Vitimas de Acidentes". De acordo com o palestrante, subtenente do Exército, Oberdan Pereira da Silva, a questão "primeiros socorros" é de utilidade pública, segundo ele, é importante que todos saibam o que devem ou não fazer em caso de emergências. "A definição dos procedimentos a realizar após um acidente, por exemplo, pode ajudar ou trazer graves conseqüências ao individuo", define. Ele explica ainda, que se for utilizado as técnicas de primeiros socorros em casos de situações críticas, a vítima poderá ser entregue com a saúde estabilizada para o médico. Atualmente, a maior preocupação são os casos de parada cardíaca. Conforme esclareceu o palestrante Silva, estatísticas comprovam que no Brasil mor-

O palestrante subtenente do Exército, Oberdan Pereira da Silva falou sobre a "Capacitação em Primeiros Socorros à Vitimas de Acidentes"

A coordenadora do Projovem, Eliziane Jordão Santos, afirma que a intenção é realizar uma qualificação por mês


| Segunda-feira, 13 de maio 2013 |

5

Metró ole Variedades Amizade é como música: duas cordas afinadas no mesmo tom vibram juntas.

TOME NOTA / TOME NOTA / TOME NOTA

Não há como negar, o mercado motociclístico do Brasil só cresce a cada ano. É cada vez maior o número de adeptos e amantes da categoria, sobretudo para o lazer. Focada neste nicho de público, os idealizadores Cezinha Mocelin, Pedro Colares e Fabiano Cantele com a agência OCPromotionsArts, promovem o 1º Brasil Motorcycle Show, um salão de motociclismo premium de alta cilindrada que conta com as mais diversas categorias do motociclismo como: City, Custom, Trail, Maxtrail, Naked, Scooter, Sport, Touring. O lugar escolhido para receber o megaevento é o recém inaugurado Expo Renault Barigui. Seus cinco mil metros quadrados serão tomados por várias atrações voltadas para esse segmento e o que será visto é uma verdadeira reunião de moto clubes, federações, associações e todos aqueles que são fascinados por tudo que se move em duas rodas. E o que eles vão conferir, além de várias atrações, são tecnologia de ponta e inúmeros serviços diferenciados. De 22 a 24 de novembro, as cerca de 20 mil pessoas que devem passar por lá vão encontrar já na chegada o "Estacionamento Vip", um inédito encontro de motos que vai oferecer dinamômetro, lava moto e oficina para consertos rápidos; "Capaceteria", um espaço exclusivo para guardar capacetes em nichos individuais embalados por saquinhos personalizados que serão souvenir do evento; "Espaço de Palestras", onde, em um auditório cenográfico, palestrantes vão falar sobre assuntos relacionados a o que acontece no mundo em duas rodas; "Montanha Trial", uma rampa de 6m de subida íngreme; "Giro 360º", para o público experimentar uma volta completa; "Kids Cross", onde as crianças vão andar de mini moto ou triciclo. Além disso, circularão pelo local grandes

PROGRAMAÇÃO DE CINEMA

Ingredientes: 1 manteiga em temperatura ambiente 1 lata de leite condensado 3 caixinhas de creme de leite Bolacha tipo Maria Bolacha Calipso Chocolate meio amargo para derreter Modo de Preparo: Na batedeira, bata bem a manteiga, continuando a bater, misture o leite condensado e 2 caixinhas de creme de leite. Em uma assadeira, disponha até cobrir todo o fundo, as bolachas tipo Maria. Despeje a mistura da batedeira e leve ao freezer por 3 horas. Faça a cobertura tipo ganache, derretendo o chocolate meio amargo e, após derreter, misture a outra caixinha de creme de leite, mexa bem até formar um creme. Despeje por cima da torta congelada, decore com bolachas Calipso, volte ao freezer por mais 1 hora. Antes de servir, retire a torta do congelador por 20 minutos.

Veja mitos sobre emagrecimento e descubra se está no caminho certo

ícones do mundo motorcycle, haverá exposição de motos antigas, globo da morte e show free style. Para deixar tudo ainda mais no clima, a praça de alimentação é a "Garage" que será montada com cenografia de um galpão vintage. Fechando a programação, o ritmo será dado pelas melhores

bandas de rock de garagem. Para ficar por dentro de todo evento basta acessar www.brasilmotorcycleshow.com.br. Em breve, novidades sobre expositores, detalhes sobre como participar e ter acesso facilitado. Mais informações pelo 41 3029 8303 ou informacoes@brasilmotorcycleshow.com.br.

TESTE DA TV 1) Você se lembra como se chamava a personagem de Regina Duarte na novela "Páginas da Vida"? a) Selma b) Raquel c) Helena d) Júlia 2) Na novela "Senhora do Destino", qual dessas atrizes interpretou a dedicada esposa Janice? a)Tânia Kallil b) Maria Luiza Mendonça c) Mara Manzan d) Myriam Pires 3) A novela "Seus Olhos" foi exibida pelo SBT. Na trama, quem interpretou a personagem Marina? a) Bete Coelho b) Carla Regina c) Távyne Ferrari d) Bárbara Paz 4) "Vende-se Um Véu de Noiva" foi ao ar em qual emissora? a) Globo b) Band c) SBT d) Record 5) Em qual dia da semana vai ao ar o "CQC", programa que mistura jornalismo e humor na Band? a) Na segunda-feira b) Na quarta-feira c) Na quinta-feira d) No domingo (Respostas: 1-c / 2-c / 3-b /4-c /5-a)

Curitiba será sede de megaevento motociclístico em novembro

Torta Holandesa

Alimentos diet resolvem o problema Segundo a profissional, ingerir alimentos naturais e integrais é muito melhor do que os processados com ingredientes artificiais, que normalmente causam estufamento, mas deixam a pessoa ainda insatisfeita. Para aqueles relutantes em deixar de lado itens diet por medo de ganho de peso, a nutricionista garante que seus clientes comem mais calorias e perdem peso trocando os processados pelos frescos. Isso se deve a vários fatores, como a forma com que aroma, textura e antioxidantes afetam a saciedade e como alimentos integrais impactam o metabolismo quando comparados com os processados. A noção de que perda de peso é simplesmente cortar calorias está desatualizada. Qualidade é o segredo. Alimentos saudáveis não têm gosto bom Alimentos saudáveis podem, sim, dar água na boca e serem saborosos. O truque está no preparo. Por exemplo, vegetais assados são mais gostosos e cozinhar arroz integral com água de infusão de erva transforma o seu sabor. Aposte em temperos naturais, como ervas, especiarias, suco de frutas cítricas, raspas de frutas, pimenta, chá. Cada um deles acrescenta antioxidantes à refeição, além de sabor (sem adição de sal ou açúcar). Nutricionistas são policiais de alimentos "Já vi pessoas que conheço no supermercado que, ao me ver, sutilmente mudaram itens do carrinho ou imploraram 'por favor, não me julgue'", contou Cynthia. Os nutricionistas não são policiais de alimentos, mas treinadores. O trabalho deles é capacitar as pessoas a fazer escolhas mais saudáveis e oferecer dicas e ferramentas que tornam isso fácil. A ideia não é repreender ou envergonhar o paciente. Perder peso é uma questão de força de vontade Emagrecer não é uma questão apenas de querer. Muitas vezes, as vontades ficam pelo caminho, devido a emoções, limitações de tempo, pressões sociais, hábitos arraigados desde a infância. Aprender a passar por esses obstáculos, em vez de apenas focar no que comer, é o que muitas vezes estabelece as bases para uma mudança real e duradoura. Em outras palavras, perder peso e mantêlo exige desenvolver habilidades. Perder peso mudará a vida magicamente Perder peso de maneira saudável pode transformar o seu bem-estar, humor e confiança. Mas se você não estiver satisfeito com os principais aspectos de sua vida, como relacionamentos e trabalho, atingir sua meta de peso não vai milagrosamente resolver essas questões.


6

| Segunda-feira, 13 de maio de 2013 |

Secretaria de Educação realiza capacitação com preparadoras de alimentos dos CMEIs A secretaria municipal de Educação, através da Divisão de Merenda Escolar, realizou nesta semana uma capacitação para todas as preparadoras de alimentos dos Centros Municipais de Educação Infantil (CMEIs) de São José dos Pinhais. Mais de 90 preparadoras participaram do curso que é oferecido semestralmente através de uma parceria existente com a empresa Nutri & Saúde Refeições Coletivas. A empresa Nutri é responsável pelo preparo e transporte da merenda de 35 unidades de ensino da cidade. Quando a merenda escolar chega ao CMEI, as preparadoras da Prefeitura são responsáveis pelo recebimento, manipulação e verificação dos alimentos. Além disso, também são elas que servem as crianças

Preparadoras durante curso de capacitação da preparação de alimentos

e encaminham o alimento que sobra para a destinação correta. Este curso tem o objetivo de relembrar as normas de manipulação de alimentos, procedimentos de higiene, boas práticas de preparação e segurança ali-

mentar. A nutricionista da empresa Nutri & Saúde, Flaviane Cardoso, explicou porque é necessário realizar periodicamente essa capacitação. "Com este curso, nós tentamos transmitir para as pre-

paradoras todos os procedimentos corretos de manipulação do alimento. É ensinado desde a maneira correta de utilização das luvas até a observação da qualidade do alimento que é esta sendo servido as crianças".

Secretaria da Cultura divulga programação para Semana Nacional dos Museus

A Secretaria de Cultura da Prefeitura de São José dos Pinhais divulga uma progra-

mação especial para a comemoração da Semana Nacional dos Museus, que acon-

tece entre os dias 13 a 19 de maio. A programação é gratuita e para um público de todas as idades. Essa é a 11ª Semana Nacional dos Museus. Este ano, o tema Museus (Memória + Criatividade) = Mudança Social conta com mais de 1200 instituições participantes com mais de 3.900 atividades em 535 municípios de todo o país. Confira a programação da Secretaria de Cultura: Dia: 13 de maio (segundafeira) Hora: 14 horas Local: Museu Atílio Rocco, rua XV de Novembro Abertura da Semana, com a

Exposição O Cinema e a sociedade São-joseense. Lançamento do Concurso de Literatura - Prêmio Leopoldo Scherner, e de Fotografia Prêmio Sebastião Côrtes, tema 160 anos de Emancipação Política de São José dos Pinhais. Lançamento do 5º boletim Informativo do Museu Municipal Atílio Rocco. Dia: 15 de maio (quarta-feira) Hora: 14 horas Local: Museu Atílio Rocco, rua XV de Novembro Encontro com ex-funcionários das antigas salas de cinema. Dia: 18 de maio (sábado) Hora: 10 horas Local: Rua XV de Novembro, frente a Museu Atílio Rocco

FALECIMENTOS  Ataíde Borges de Ramos, 68 anos. Sepultamento hoje, às 9 horas, no cemitério Padre Pedro Fuss.  Danilo de Ávila, 70 anos. Sepultamento hoje, às 7 horas, no Cemitério Memorial da Vida.  Dam Batista da Silva, 48 anos. Sepultamento hoje, às 09 horas, no Cemitério Padre Pedro Fuss.  Florentina Lipinski, 86 anos. Sepultamento hoje, às 09h30, no Cemitério de Colônia Murici, São José dos Pinhais.  Maria Geni Ferreira de França, 65 anos. Sepultamento hoje, às 10 horas, no Cemitério Padre Pedro Fuss.  Emília Galdino Cantuária, 81 anos. Sepultamento hoje, às 10 horas, no Cemitério Padre Pedro Fuss. Serviço Funerário Municipal - São José dos Pinhais Rua Ângelo Zem, 55 Centro - Fone : 3382 1271

Concurso nº 1493

LOTOMANIA

Concurso nº 1347

07 12 24 27 30 49

08 14 15 17 19 24 28

Faixa Premiados Valor Sena 2 R $ 1.471.764,39 Quina 137 R $ 11.663,62 Quadra 9.075 R $ 251,54

32 35 37 46 64 67 73 81 82 86 88 92 97

DUPLA-SENA Concurso nº 1175 Primeiro Sorteio

05 06 19 22 28 35 Faixa Sena

02 09 12 20 31 37 Unidade Básica de Saúde Dr. Ernani Bengue no bairro Contenda

Funcionários e pacientes do Hospital Municipal São José receberam uma surpresa no fim de semana - o Coral Melodia, da Secretaria de Cultura, esteve nas dependências do hospital prestando homenagens às mães através de canções interpretadas especialmente para a ocasião. A apresentação aconteceu na manhã do sábado (11), no corredor do Hospital, e emocionou tanto a equipe de funcionários quanto os internados.

Faixa Premiados Valor 20 Acer Acumulou R $ 3.731.606,03 19 Acer 24 R $ 13.551,26 18 Acer 340 R $ 1.366,51 17 Acer 2.551 R $ 79,68 16 Acer 13.172 R $ 15,43 0.000,00 00 Acer 0 R$

Premiados Valor Acumulou R $ 4.971.660,01

Segundo Sorteio

Coral Melodia homenageou mães no hospital São José

Coral Melodia durante homenagem às mães na manhã do último sábado

Estiveram reunidos para o comunicado da entrega do Troféu na empresa Aurora, Flávio Werner - Supervisor de Logística Internacional, Eduardo Souza Lima - Supervisor Documentação Internacional e Licenciamento, Carlos Henrique Kotaka - Diretor da Indústria, Jaison Antonio Cardoso - Gerente de Logística, Wellington Luiz Padilha Diretor de Comércio e o Presidente Adriano Derinievicz A Associação Comercial, Industrial, Agrícola e Prestação de Serviço de São José dos Pinhais - ACIAP irá entregar o troféu para a Cooperativa Central Aurora Alimentos que recebe pela quarta vez o prêmio Troféu Maior Emissor de Certificados de Origem. A entrega será realizada no dia 23 de Maio no Buffet Imperial as 19h30, onde se realiza também a edição 2013 de entrega da premiação Dia da Indústria. Para Jaison Antônio Cardoso, Gerente de Logística da Aurora, é uma grande satisfação receber o Troféu de Certificado de Origem em São José dos Pinhais. "Em nome da Aurora, é muito gratificante receber o troféu. Escolhemos São José dos Pinhais por motivos geográficos e hoje a cidade faz parte da nossa história. Só no município, emitimos cerca de 350 certificados por mês". A Aurora é um dos maiores conglomerados industriais do Brasil e referência mundial na tecnologia de processamento de carnes, com 12 cooperativas filiadas, mais de 60 mil associados e com mais de 19 mil funcionários. Sua atuação abrange o mercado de carnes suínas, de aves, de pizzas e de laticínios, com um amplo mix composto por mais de 650 produtos.

MEGA-SENA

Prefeitura de SJP reforma Unidade de Saúde Básica Dr. Ernani Bengue no bairro Contenda A Secretaria de Viação e Obras Públicas da Prefeitura de São José dos Pinhais iniciou no dia 2 de maio, a reforma da Unidade Básica de Saúde Dr. Ernani Bengue do bairro da Contenda, localizado na Rua Cassemiro Leviski. O investimento é de R$ 144.530,00 com um prazo de entrega estipulado para 30 dias. A reforma vai melhorar significativamente a infraestrutura do posto e consequentemente melhorar a qualidade do atendimento aos moradores da região que utilizam o serviço da unidade.

ACIAP irá entregar Troféu de Maior Emissor de Certificados de Origem para a empresa Aurora

Faixa Premiados Valor Sena 0 R$ Quina 61 R $ Quadra 3.296 R $

0,00 3.231,82 56,96

LOTERIA

Extração nº 04761 Dia 11/05/2013 1º _____________________ 2º _____________________ 3º _____________________ 4º _____________________ 5º _____________________

28.973 76.816 57.665 10.853 04.671

QUINA Concurso nº 3191

02 05 19 61 74 Faixa Premiados Quina Acumulou Quadra 142 Terno 9.535

Valor R $ 2.457.013,72 R$ 3.636,39 R$ 77,36

LOTOFÁCIL Concurso nº 903

01 02 03 04 05

TIMEMANIA

06 08 10 11 13

04 35 45 46 71 72 77

15 16 18 20 22

Concurso nº 423

Faixa Premiados Valor Faixa Premiados Valor 07 Acer Acumulou R $ 0.000,00 15 Acer 29 R $ 40.670,56 06 Acer 9 R$ 30.531,93 14 Acer 2.346 R $ 220,98 05 Acer 467 R $ 840,58 13 Acer 39.605 R $ 12,50 04 Acer 7.975 R $ 6,00 12 Acer 326.542 R $ 5,00 03 Acer 83.681 R $ 2,00 11 Acer 1.316.206 R $ 2,50


| Segunda-feira, 13 de maio de 2013 |

QUATRO BARRAS

PINHAIS

Municípios da RMC conseguem manter a integração e tarifa única no transporte

Foto Divulgação/PMP

Para o prefeito de Pinhais e presidente da Associação dos Municípios da Região Metropolitana de Curitiba - Assomec, Luizão Goulart, valeu apena o esforço para manter a integração e tarifa única Após pressão dos municípios da Região Metropolitana de Curitiba, o governador Beto Richa voltou atrás e agora confirmou o subsídio do Estado ao transporte coletivo na RMC. A atitude garantirá a manutenção da rede integrada e a tarifa única no transporte coletivo aos 13 municípios da RIT. O convênio entre o Governo do Estado e a Prefeitura de Curitiba, que irá ajudar a subsidiar o transporte, foi assinado neste sábado, no Palácio Iguaçu. Para o prefeito de Pinhais e presidente da Associação dos Municípios da Região Metropolitana de Curitiba - Assomec, Luizão Goulart, valeu apena o esforço para manter a integração e tarifa única. "No final, prevaleceu o bom senso, comemoramos muito esta conquista, que não é nossa e sim dos milhões de trabalhadores e estudantes que utilizam o transporte coletivo na Grande Curitiba", salientou. Até chegar a este desfecho, a Assomec sob a liderança de Luizão, liderou uma série de reuniões e movimentos. "Tivemos boas conversas com a Comec, Sedu, Urbs e todos os demais setores diretamente envolvidos com esta situação", comentou o prefeito. Lembrando que no inicio do ano, o governo do Estado havia anunciado o fim do subsídio ao transporte coletivo. Portanto, a

Audiências públicas definem metas para os próximos quatro anos Começaram na semana passada as audiências públicas para a elaboração do Plano Plurianual (PPA) e da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) para 2014, no município de Quatro Barras, Região Metropolitana de Curitiba. A primeira das três audiências, para discutir com a comunidade as metas e objetivos da administração para os próximos quatro anos, foi realizada na última quinta-feira (9), às 18h30, no Salão Paroquial do Jardim Menino Deus. Na sexta-feira (10) a audiência aconteceu no Salão Paroquial da Borda do Campo, e às 18h30 de hoje(13), na Câmara Municipal de Quatro Barras, no Centro. A participação da comunidade é fundamental neste planejamento, por isso os eventos serão divididos nos bairros, para incentivar a

participação. O QUE SERÁ DISCUTIDO O Plano Plurianual estabelece as medidas, gastos e objetivos que serão seguidos pelo município nos próximos quatro anos (de 2014 a 2017), e a LDO busca orientar a elaboração do orçamento fiscal e de investimentos da Prefeitura, contendo metas e prioridades da administração para 2014. Ambas serão temas da audiência, que segue a Lei Complementar nº 101/ 2000. O prefeito Loreno Tolardo enfatiza a importância da participação popular. "É fundamental que a comunidade participe, tome conhecimento e atue ativamente para uma gestão participativa, até porque são os moradores que conhecem as reais necessidades dos bairros", disse, estendendo um convite a toda a população.

ARTIGO Prefeito Luizão, presidente da Assomec, falando em defesa dos municípios da Região Metropolitana

assinatura do convênio surge como um prêmio, mas também sugere cautela. "Não podemos esquecer que este convênio vence em fevereiro de 2014, precisamos continuar discutindo um modelo melhor para o transporte público, necessitamos das pesquisas origem-destino antes das licitações das linhas metropolitanas para que possamos ter um diagnóstico mais preciso e assim estender a integração a outros municípios da RMC", destacou Luizão. CONVÊNIO A Prefeitura de Curitiba vai subsidiar em R$ 22,7 milhões,

nos próximos 10 meses, a Rede Integrada de Transporte (RIT). O Governo do Estado entrará com outros R$ 40 milhões de subsídio em 10 meses. A isenção do ICMS sobre o diesel representará, até fevereiro de 2014, uma ajuda adicional de R$ 5,4 milhões para equilibrar o déficit da RIT. A estrutura da Rede Integrada de Transporte é formada por 81 quilômetros de canaletas, 30 terminais de transporte, 362 estações tubo e nove mil pontos de parada de ônibus. A RIT tem uma frota de 1.930 ônibus e registra por dia 2,3 milhões

de passageiros transportados. São, por dia, 21 mil viagens e 473 mil quilômetros percorridos pelos ônibus. Fazem parte da RIT, além de Curitiba, os municípios de Almirante Tamandaré, Araucária, Bocaiúva do Sul, Campo Largo, Campo Magro, Colombo, Contenda, Fazenda Rio Grande, Pinhais, Piraquara, Rio Branco do Sul e São José dos Pinhais. Estes municípios contam, na Rede Integrada com 105 linhas, 570 ônibus e 460 mil passageiros transportados por dia útil.

ARAUCÁRIA

gente aprende bastante coisa", diz uma das meninas participantes da oficina, de 15 anos. Se não estivesse no Comse, ela conta que estaria "em casa, dormindo". Outro adolescente, de 17 anos, conta que também gosta muito da oficina de capoeira e explica o motivo. "Acho massa. Ajuda no meu aprendizado. É melhor estar aqui na aula do que na rua", revela. "Na capoeira, estou no caminho do bem", afirma o jovem. CENTRO OPERACIONAL Vinculado à Secretaria Municipal de Assistência Social, o Comse realiza diversas ações com jovens encaminhados pela Vara da Infância e Juventude do município para o regime de Prestação de Serviços Comunitários (PSC) ou de Liberdade Assistida (LA) em decorrência da prática de ato infracional. Possui uma equipe técnica de trabalho formada por assistente social, psicóloga, pedagoga e educadora social que monitora todos os casos, realizando acompanhamento individual e fami-

Foto Carlos Poly/ACS

Jovens que cumprem medidas socioeducativas fazem oficina de capoeira Uma atividade diferente está movimentando as sextas-feiras dos adolescentes que frequentam o Centro Operacional de Medidas Socioeducativas (Comse). Trata-se da capoeira, que é considerada uma arte que envolve jogo, luta e dança, e que tem auxiliado os jovens que cumprem medidas socioeducativas em meio aberto. Na oficina, segundo o professor Marcelo Isaias Sampaio, mais conhecido como Canarinho, mais do que os movimentos e a ginga da capoeira, os adolescentes aprendem uma nova forma de encarar a vida. "A capoeira ajuda a socializar, a resgatar a autoconfiança e a ter autocontrole", explica. "Eles percebem que existem outras maneiras de resolver os problemas. Na oficina é trabalhada a parte do jogo, sempre destacando a não violência e a importância do diálogo e do respeito", completa o professor. "Eles participam bastante, são curiosos e têm vontade de aprender", afirma. Entre um movimento e outro, os adolescentes contaram que gostam das aulas de capoeira. "É show de bola. A

7

Esporte envolvendo a capoeira teve a aprovação unânime dos adolescentes

liar, com foco na escolarização e profissionalização dos adolescentes. A PSC consiste na realização de tarefas gratuitas de interesse geral por período não excedente a seis meses, devendo ser cumpridas durante jornada máxima de 8 horas semanais, aos sábados, domingos e feriados ou em dias úteis, desde que não comprometam a frequência escolar ou a inclusão no mercado de trabalho. Os espaços acolhedores do Comse (que recebem os adolescentes para o cumprimento

da PSC) são as Secretarias de Assistência Social, Cultura, Trabalho e Emprego, Saúde e Esporte e Lazer. Nesses locais, os profissionais orientam os jovens durante a realização das tarefas dentro do espaço. Além do cumprimento da PSC, os adolescentes participam de oficinas educativas, esportivas ou artesanais no Comse com o objetivo de contribuir e incentivar a reconstrução do projeto de vida dos adolescentes atendidos. Entre as atividades realizadas, além da oficina de capoeira, está a oficina de desenho e grafitagem.

Emenda Constitucional nº 72/2013 amplia direitos dos empregados domésticos A Lei n.º 5.859/1972, no artigo 1º, define empregado doméstico como sendo aquele que presta serviço continuamente e de finalidade não lucrativa à pessoa ou família no âmbito da residência. Enquadram-se neste conceito de empregado doméstico qualquer profissional que trabalhe para a família sem intenção lucrativa como, por exemplo, motorista, jardineiro, copeira, cuidador de idoso, babá, sendo o mais comum a trabalhadora responsável pela limpeza da casa. A proposta de emenda constitucional n.º 66/2012 foi aprovada e convertida na Emenda Constitucional n.º 72/2013 que alterou a redação do artigo 7º, parágrafo único, da Constituição inserindo novos direitos aos trabalhadores domésticos. São algumas das novas regras aplicáveis aos trabalhadores domésticos: a) salário nunca inferior ao mínimo para os empregados com remuneração variável; b) jornada de trabalho de 8 horas diárias ou 44 horas semanais, sendo possível a compensação de horários para redução de jornada; c) pagamento de horas extras com adicional de, no mínimo, 50% sobre o valor da hora normal; d) relação protegida contra a dispensa arbitrária ou sem justa causa, de acordo com lei complementar, que fará previsão a indenização compensatória; e) seguro-desemprego; f) fundo de garantia por tempo de serviço - FGTS; g) remuneração pelo trabalho noturno; h) salário família; i) auxílio creche aos filhos menores de 5 anos de idade; j) seguro contra acidente de trabalho por conta do empregador, sem excluir indenização na hipótese de dolo ou culpa. Alguns destes direitos ainda prescindem de regulamentação, como no caso do recolhimento do FGTS, multa indenizatória na hipótese de dispensa sem justa causa, seguro desemprego, percentual do adicional noturno, valor do salário família e auxílio creche, e passarão a valer somente após edição de norma complementar regulamentadora, os demais direitos já estão em vigor. E ainda, não menos importantes são as previsões que determinam: a) proteção do salário, sendo crime a retenção dolosa deste valor; b) a redução de riscos inerentes ao trabalho por meio de normas acerca de saúde, higiene e segurança; c) reconhecimento de convenções e acordos coletivos; d) proibição de diferenças salariais, função e critério de admissão com base no sexo, idade, cor ou estado civil; e) vedação de discriminação ao trabalhador portador de deficiência; e f) proibição do trabalho noturno, perigoso ou insalubre a menores de dezoito anos, e de qualquer trabalho aos menores de dezesseis anos, salvo se aprendiz a partir dos quatorze anos. Nota-se um impasse no que se refere ao reconhecimento de acordos e convenções coletivas, pois a criação de sindicato patronal prescinde de atividade econômica o que é avesso ao conceito de empregador doméstico. Desta forma, está prejudicada tal previsão, ante a impossibilidade legal de criação de sindicato patronal neste caso. Em que pese a Emenda Constitucional n.º 72/2013 pender de regulamentações, os novos direitos dos empregados domésticos representam avanço da legislação brasileira já que beneficiam uma categoria antes a beira da informalidade. Muito cuidado se deverá tomar, contudo, quando da edição das normas regulamentadoras, pois não se pode esquecer que os empregadores domésticos são pessoas físicas, e que eventual impacto econômico no orçamento da família, em virtude dos encargos sobre a folha de pagamento dos empregados domésticos, poderá colocar em risco milhares empregos, deixando, portanto, os novos direitos de serem tão benéficos como se imagina a princípio. Sonia de Oliveira OAB/PR nº 41.530 Venturi Silva Advogados & Consultores sonia@venturisilva.adv.br


8

| Segunda-feira, 13 de maio de 2013 |

PREFEITURA DE COLOMBO ESTADO DO PARANÁ

Adjudicação Processo Administrativo nº. 1139029 O Pregoeiro, designado pela Portaria nº. 018/2013 do Prefeito Municipal de Colombo adjudica o procedimento licitatório Pregão Presencial Nº. 022/ 2013, que tem por objeto a Contratação de empresa especializada para fornecimento de veículo automotivo tipo FURGÃO AMBULÂNCIA para atender as necessidades dos Pronto Atendimento do Maracanã e Osasco da Secretaria Municipal de Saúde do Município de Colombo, conforme quantidades e especificações constantes do Termo de Referência (Anexo V), que integra o Edital. Proponente: TFE COMÉRCIO E SERVIÇOS AUTOMOTIVOS EIRELI ME – Lote 001 – R$ 233.980,00 (duzentos e trinta e três mil novecentos e oitenta reais). Produtos: Constantes no edital. Prazo de entrega: até 120 (cento e vinte) dias a partir do recebimento da ordem de compra / nota de empenho enviado pelo fiscal de contrato. Pagamento: até 30 (trinta) dias após a o aceite das notas fiscais emitidas dos veículos entregues, acompanhada dos documentos, conforme (Anexo IX) do edital e atestado de recebimento definitivo emitido pela Comissão de Recebimento. Colombo, 10 de maio de 2013. Dê-se publicidade; Jose Carlos Vieira Pregoeiro

Extrato do Contrato 60/2013 - Pregão 23/2013 - Processo 1137028 Contratada: HOT SWAP Informática Ltda - CNPJ n° 01.191.323/0001-72 Contratante: Município de Colombo - Secretaria Municipal de Educação, Cultura e Esportes - Aziolê Maria Cavallari Pavin Valor: R$ 79.560,00 (setenta e nove mil quinhentos e sessenta reais) Objeto: Manutenção preventiva e corretiva de equipamentos dos Laboratórios de Informática e Secretarias das Escolas da Rede Municipal de Ensino vinculado a Secretaria Mun. Educação Cultura e Esporte. Prazos: O prazo de execução do presente contrato será de 12 (doze) meses e o prazo de vigência do presente contrato será de 13 (treze) meses a partir da data de sua assinatura Colombo, 06 de maio de 2013.

PORTARIA Nº 318/2013 Eu, Izabete Cristina Pavin, Prefeita Municipal de Colombo, de acordo com as atribuições legais que me confere a Lei Orgânica do Município, e em consonância com os Decretos Municipais nº 009/2013 e 021/2013, determino: Art. 1º - Fica assim constituída a COMISSÃO ORGANIZADORA que se responsabilizará por todas as atividades de execução da 5ª CONFERÊNCIA MUNICIPAL DA CIDADE, a ser realizada no dia 28 de Maio do corrente, na cidade de Colombo à Rua Dorval Ceccon nº 664 Alto Maracanã, nas dependências do Auditório da Regional Maracanã: - COORDENADOR: Tânia Mara Tosin (Secretária Municipal de Desenvolvimento Urbano e Habitação); - MEMBROS: - José Carlos Moretes do Amaral (Secretário Municipal do Meio Ambiente); - Ângelo Betinardi (Secretário Municipal do Planejamento); - José Renato Strapasson (Câmara Municipal); - Osmir Marcos Alberti (Associação Comercial e Industrial de Colombo); - James de Paula França (Associação de Pessoas Deficientes de Colombo); - Gilmara Aparecida de Lima Amaral (Associação dos Moradores do Pq. Monte Castelo, Jardim das Violetas e Vale das Flores); - José Osmair Possebam (Presidente da Associação de Moradores do Centro Industrial Mauá); - José Aparecido Leite (Instituto Brasileiro dos Deficientes em Ação -Ong); - Suzimara do Rocio Scrok Brunoro (Universidade Aberta do Brasil - Pólo Professor Altair da Silva Leme). Paço Municipal de Colombo Em 09 de Maio de 2013. IZABETE CRISTINA PAVIN Prefeita Municipal

Extrato de Dispensa de Licitação. Processo Nº: Partes: Objeto:

1140542 - Dispensa 42/2013. Município de Colombo/PR, GNB Projetos Ltda. Referente contratação de empresa especializada para serviços de elaboração de Projetos Elétricos para Obras do CMEI Alto da Cruz. Valor: O valor máximo da Dispensa será de R$ 1.500,00 (Hum mil e quinhentos reais). Embasamento Legal: Artigo 24, II – Lei nº. 8.666/93. Data 09/05/2013

Extrato do Empenho N° Empenho: Data: Valor do Empenho: Dispensa n°: Contratado: Contratante: Objeto:

Órgão Responsável:

3280/2013 09/05/2013 R$ 1.500,00(Hum mil e quinhentos reais). 42/2013 GNB Projetos Ltda Prefeitura Municipal de Colombo Contratação de empresa especializada para serviços de elaboração de Projeto Elétrico para Obras do CMEI Alto da Cruz. Secretaria Municipal de Educação, Cultura e Esporte.


| Segunda-feira, 13 de maio de 2013 |

9

CÂMARA DE COLOMBO ESTADO DO PARANÁ Processo Administrativo nº. 5803/2013 Tomada de Preço nº. 001/2013 Resumo do Contrato nº. 003/2013 Contrato celebrado com a Empresa R.A. PUPPI & CIA LTDA., pessoa jurídica de direito privado, inscrita no CNPJ/ MF sob nº 72.529.423/0001-04, que tem por objeto o fornecimento parcelado, de acordo com a demanda, de 20.000 (vinte mil) litros de combustível gasolina comum e/ou álcool comum, a ser pago mensalmente conforme a quantidade efetivamente utilizada. O valor estimado do presente contrato é de R$ 60.000,00 (sessenta mil reais) pelo período de 12 (doze) meses. Colombo, 15 de ABRIL de 2013. JOSÉ RENATO STRAPASSON Presidente

RESULTADO DA LICITAÇÃO TOMADA DE PREÇO N° 03/2013 OBJETO: Aquisição de CARTUCHOS DE TINTA ORIGINAIS da HP e EPSON, para impressoras HP e EPSON, conforme as especificações e quantidades constantes no Anexo I do Edital Tomada de Preço n° 03/ 2013. ABERTURA: 09/05/2013. EMPRESA VENCEDORA: DISTRIBUIDORA JORDÃO LTDA.- CNPJ: 03.672.279/0001-48. VALOR: Item I - HP 60XL – CC641 – preto – 12ml = R$ 111,90,00 (Cento e onze reais e noventa centavos); Item II – HP 60XL – CC644 – tricolor – 11ml = R$ 127,00 (Cento e vinte e sete reais); Item III – HP 6656A – 19ml = R$ 60,00 (Sessenta reais); Item IV –cartuchos HP 6657A – 17ml = R$ 99,00 (Noventa e nove reais); Item V – cartuchos Epson TO73120 – 7ml = R$ 29,00 (Vinte e nove reais); Item VI – cartuchos Epson TO73220 – 5ml = R$ 31,90 (Trinta e um reais e noventa centavos); Item VII – cartuchos Epson TO73320 – 5ml = R$ 38,90 (Trinta e oito reais e noventa centavos); Item VIII – cartuchos Epson TO73420 – 5ml = R$ 42,00 (Quarenta e dois reais) Colombo, 09 de maio de 2013.

EDITAL DE INTIMAÇÃO DO RÉU TONINI DISTRIBUIDORA DE GÁS LTDA, COM PRAZO DE VINTE (20) DIAS - N° 12/2013. O DOUTOR EVANDRO PORTUGAL, MM. JUIZ DE DIREITO DA VARA CÍVEL DA COMARCA DA REGIÃO METROPOLITANA DE CURITIBA, FORO REGIONAL DE ARAUCÁRIA, ESTADO DO PARANÁ, FAZ SABER, QUE POR ESTE JUÍZO E CARTÓRIO PROCESSAM OS TERMOS DOS AUTOS N° 587/2005 DE AÇÃO DE DEPÓSITO C/ PEDIDO DE TUTELA ANTECIPADA, REQUERIDA POR NACIONAL GÁS BUTANO DISTRIBUIDORA LTDA, PESSOA JURÍDICA DE DIREITO PRIVADO, INSCRITA NO CNPJ/MF Nº 03.593.309/0001-20, CONTRA TONINI DISTRIBUIDORA DE GÁS LTDA, TENDO POR OBJETIVO: A CITAÇÃO DO RÉU TONINI DISTRIBUIDORA DE GÁS LTDA, ENCONTRA-SE EM LOCAL INCERTO E NÃO SABIDO, PARA NO PRAZO DE 15 (QUINZE) DIAS, EFETUAR A ENTREGA DA QUANTIA DE 2.993 (DOIS MIL, NOVECENTOS E NOVENTA E TRÊS) VASILHAMES, DEPOSITÁ-LOS EM JUIZO OU CONSIGNAR-LHES O VALOR ACRESCIDO DE CORREÇÃO MONETÁRIA, CUSTAS JUDICIAIS E HONORÁRIOS ADVOCATÍCIOS, NO VALOR DE R$ 193.282,31 (CENTO E NOVENTA E TRÊS MIL, DUZENTOS E OITENTA E DOIS REAIS E TRINTA E UM CENTAVOS) EM 15 DE FEVEREIRO DE 2013, SOB PENA DE NÃO O FAZENDO INCIDIR JUROS MORATÓRIOS E APLICAÇÃO DA MULTA PREVISTA NO ART. 475 J, DO CPC, COM A CONSEQUENTE EXPEDIÇÃO DE MANDADO DE PENHORA. CIENTE QUE NÃO SENDO CONTESTADA A AÇÃO NO PRAZO INSERIDO NO PRESENTE EDITAL, SE PRESUMIRÃO ACEITOS POR SI, COMO VERDADEIROS, OS FATOS ARTICULADOS PELA REQUERENTE, PARA QUE NO FINAL SEJA A MESMA JULGADA INTEIRAMENTE PROCEDENTE, E PARA QUE CHEGUE AO CONHECIMENTO DOS RÉUS AUSENTES, INCERTOS E DESCONHECIDOS, E NINGUÉM NO FUTURO POSSA ALEGAR IGNORÂNCIA, PASSOU-SE O PRESENTE EDITAL QUE SERÁ PUBLICADO E AFIXADO NA FORMA DA LEI. CUMPRA-SE NA FORMA DA LEI. DADO E PASSADO NESTA CIDADE E FORO REGIONAL DE ARAUCÁRIA, COMARCA DA REGIÃO METROPOLITANA DE CURITIBA, ESTADO DO PARANÁ, AOS 17/04/2013. EU, ESCRIVÃO/JURAMENTADO(A), O DIGITEI E SUBSCREVI. EVANDRO PORTUGAL. JUIZ DE DIREITO.

JUÍZO DE DIREITO DA VIGÉSIMA SEGUNDA VARA CIVEL DO FORO CENTRAL DA COMARCA DA REGIÃO METROPOLITANA DE CURITIBA/PR. Edital de citação de CLINTON & SANTOS LTDA (ME) na pessoa de seu representante legal e de NEIVA APARECIDA DOS SANTOS, com o prazo de 20 dias. FAZ SABER/ a quantos o presente edital virem ou dele conhecimento tiverem, expedido nos autos de EXECUÇÃO DE TÍTULO EXTRAJUDICIAL, registrados sob nº 1325/2008, proposta por BANCO BRADESCO S/A, CGC/MF 60.746.948/0001-12 contra CLINTON & SANTOS LTDA (ME), CNPJ 173.837/0001-32 e Neiva Aparecida dos Santos, CPF 610.492.209-00 e, estando o(s) requerido(s) em local incerto, fica(m) citados dos termos da ação a saber: Conforme instrumento particular de contrato de financiamento 1.991.051 o exeqüente concedeu ao primeiro executado empréstimo de R$25.623,55 o qual deveria ser restituído nas datas e condições estabelecidas nos contrato mencionado. Os executados deixaram de pagar a integralidade dos valores contratados, ocasionando a mora sobre os contratos. Dá-se à causa o valor de R$27.373,28 em 16/9/ 2008. OUTROSSIM, ficam os requeridos citados dos termos da ação e, para no prazo de 03 (três) dias efetuar o pagamento da dívida no valor de R$ 27.373,28 mais acréscimos legais, mais custas no valor de R$904,99 e honorários advocatícios arbitrados em 10% sobre o valor da execução para o caso de pronto pagamento, ocasião em que a verba honorária será reduzida pela metade. Fica desde já intimado que, independentemente de penhora, depósito ou caução, poderá opor-se à execução por meio de embargos e, por intermédio de advogado, no prazo de 15 (quinze) dias. No prazo para embargos, faculta-se ao executado, se reconhecer o crédito do exeqüente, depositar de plano, 30% (trinta por cento) do valor da execução, inclusive custas e honorários de advogado, pugnando pelo pagamento do restante em até 06 parcelas mensais, acrescida de correção monetária (média entre o INPC e o IGP) e juros de 1% (um por cento) ao mês. Do que para constar lavrei o presente edital. Curitiba, 29/04/2013. Eu, Marlene Romeiro Coleta, empregada juramentada o subscrevo. (a) CAROLINA MAIA ALMEIDA Juíza de Direito Substituta.

Dê-se publicidade. ALCEU LUIZ MOTTIN Presidente da Comissão de Licitações

JUÍZO DE DIREITO DA 2ª VARA CÍVEL DO FORO CENTRAL DA COMARCA DA REGIÃO METROPOLITANA DE CURITIBA – PR. Edital de citação do requerido GABRIEL HERMANDO MOLINA EGUEZ, com prazo de 20 DIAS. O doutor Luciano Campos de Albuquerque, MM. Juiz de Direito da 2ª Vara Cível da Comarca de Curitiba-PR, na forma da Lei, etc. Faz Saber a todos quantos o presente edital virem ou dele conhecimento tiverem, que por este juízo e cartório, com sede na Avenida Cândido de Abreu, 535 - 1.º andar, Curitiba-PR, tramitam os autos nº. 1214/2008de AÇÃO MONITÓRIA movida por ASSOCIÇÃO ESCOLA SUIÇO-BRASILEIRA, dos quais se extraiu o presente para CITAÇÃO do requerido GABRIEL HERNANDO MOLINA EGUEZ, inscrito no CPF sob nº 862.620.419-15, atualmente em lugar ignorado, para que dentro do prazo de quinze dias, contados do termino do prazo do presente edital, efetue o pagamento da importância reclamada no valor de R$ 77.446,66 (setenta e sete mil, quatrocentos e quarenta e seis reais e sessenta e seis centavos), (junho/2006) acrescidos de correção monetária e juros até a data do efetivo pagamento, ficando assim, isento de custas processuais e honorários advocatícios, ou no mesmo prazo supra, ofereça EMBARGOS, que suspenderão o prosseguimento do feito. Termos da ação: as partes firmaram Contrato Prestação de Serviços Educacionais referente aos anos letivos 2005, 2005 e 2006 usufruídos pelo filhos do requerido, ocorreu que o réu deixou de adimplir com suas obrigações estando mora. ADVERTÊNCIA: Decorrido o prazo supracitado, sem o pagamento ou apresentação de embargos, ou ainda se esse for rejeitado, constituir-se-á, de pleno direito, o título executivo judicial, prosseguindo-se a execução na forma prevista no Livro 1, Título VIII, Capítulo X do Código de Processo Civil, acrescendo-se as despesas processuais, custas e honorários advocatícios. Curitiba, 29 de abril de 2013. Eu (a) Edno Francisco Ribeiro, juramentado, que o digitei e subscrevi. (a) LUCIANO CAMPOS DE ALBUQUERQUE - JUIZ DE DIREITO.

PODER JUDICIÁRIO COMARCA DE RIO BRANCO DO SUL – PARANÁ 57ª SEÇÃO JUDICIÁRIA - ENTRÂNCIA INTERMEDIÁRIA FORUM DR. VERISSIMO GONÇALVES PEREIRA NETO. VARA CÍVEL E ANEXOS — CGC 9.732.251/0001-10 Rua Horacy Santos, 264, Centro, CEP 83.540-000, fone 041.3652-1440 e-mail cartoriocivelrbs@bol.com.br Jefferson Luiz Andrade – Escrivão, Juliane Mildemberger – Empregada Juramentada. JUIZO DE DIREITO DA COMARCA DE RIO BRANCO DO SUL - PARANÁ. EDITAL DE CITAÇÃO DO REQUERIDO ERNANDES PAULINO DO AMPARO - CPF/MF Nº 047.619.521-72, COM PRAZO DE VINTE DE 20 (VINTE) DIAS. FAZ SABER a todos quantos o presente edital virem ou dele conhecimento tiverem que, por meio deste CITA o réu ERNANDES PAULINO DO AMPARO - CPF/MF n° 047.619.521-72, para os termos dos autos de REINTEGRAÇÃO DE POSSE registrado e autuado sob n° 56/2006 (numeração única: 2225-12.2006.8.16.0147) onde figura como requerente CITIBANK LEASING S/A - CNPJ/MF n° 34.112.128/0001-69 IVECO LATIN AMÉRICA LTDA - CNPJ/MF n° 01.844.555/0001-82 para ficar ciente de que poderá, oferecer resposta no prazo de quinze dias, CITO-O ainda para querendo, no prazo de quinze (15) dias, apresentar contestação, através de advogado, sob pena de revelia, isto é, não sendo contestado, no prazo legal, presumir-se-ão aceitos como verdadeiros os fatos articulados na inicial. (arts. 285 e 319), onde foi alegado em síntese o seguinte: “...Por força do contrato arrendamento mercantil 86386/00: 01(um) IVECO DÁILY 49,12 DIESEL,BRANCO, ANO/MODELO 1999 - CHASSI n° ZCFC49801X5224579, sendo que o valor da causa na data da Petição Inicial R$ 136.405,86 (cento e trinta e seis mil, quatrocentos e cinco reais e oitenta e seis centavos), Fernando José Bonatto OAB/PR 25.698 e Sadi Bonatto OAB/PR 10.011 - Advogados... “. E para que chegue ao conhecimento de todos os interessados, expediu-se o presente edital. que será publicado na forma da Lei e afixada cópia no Local de costume para que ninguém alegue ignorância futura, Nesta Cidade e Comarca de Rio Branco do Sul-Paraná, 26 de março de 2013, eu (a) Juliane Mildemberger, Empregada Juramentada, digitei e subscrevi. (a) MARCELO TEIXEIRA AUGUSTO - Juiz de Direito.

1ª VARA CÍVEL DA COMARCA METROPOLITANA DE CURITIBA FORO REGIONAL DE S.JOSÉ DOS PINHAIS-PR EDITAL DE CITACAO DE – SIMAS PLAST COMÉRCIO DE PLÁSTICOS LTDA – CNPJ 04.027.511/0001-58. AUTOS Nº 1461/2007. PRAZO DE VINTE DIAS - A Doutora Claudia Harumi Matumoto, Juíza de Direito Substituta Designada da Primeira Vara Cível da Comarca da Região Metropolitana de Curitiba, Foro Regional de São José dos Pinhais, Estado do Paraná, etc., F A Z S A B E R a todos quantos virem o presente edital ou conhecimento dele tiverem, que encontra-se tramitando perante este Juízo e Cartório os autos sob o nº 1461/2007 de Ação de MEDIDA CAUTELAR DE SUSTAÇÃO DE PROTESTO, em que é requerente PREMIER BRASIL SERVIÇOS DE SUPORTE PARA INDÚSTRIA LTDA e requerido SIMAS PLAST COMÉRCIO DE PLÁSTICOS LTDA, que tem por objeto os fatos a seguir transcritos: “que a requerente ajuizou contra a requerida, medida cautelar inominada, cuja liminar foi deferida objetivando a sustação definitiva do protesto junto ao 1º Tabelionato de Notas e Protestos de São José dos Pinhais, sob número 40595/2007-R, referente a Duplicata Mercantil nº DMI 1220, no valor de R$ 2.311,11 (dois mil, trezentos e onze reais e onze centavos), tendo em vista que a mesma já foi paga em 25/06/2007, por meio de depósito efetuado junto ao Banco 756, agência 04368, conta corrente 4596 de titularidade da requerida, requerendo seja condenada a parte adversa ao pagamento de custas processuais, honorários advocatícios e outras cominações legais”. Estando a requerida SIMAS PLAST COMERCIO DE PLASTICOS LTDA, em lugar incerto e não sabido, fica a mesma através do presente edital CITADA dos termos da ação acima descritos, e para contestar o feito, querendo, no prazo de cinco dias, sob pena de revelia. Advertindo-o de que se não forem contestados presumir-se-ão aceitos pelo mesmo como verdadeiros os fatos articulados pelo requerente (art.285 e 319 ambos do Código de Processo Civil). Para constar lavrou-se o presente. São José dos Pinhais, 30 de abril de 2013. Eu__(Rosana de Lima Bonato) Juramentada que o digitei e subscrevi.- Subscrição autorizada pelo MM. Juiz – Portaria 02/2010.

SÚMULA DE PEDIDO DE LICENÇA DE INSTALAÇÃO A empresa De Amorim Construtora de Obras Ltda, sito a Rua Estrada Colonia Matos – Bairro Colonia Matos,CEP 83800-000, inscrita no CNPJ n.º 77.577.419/0001-35, torna público que requereu ao Instituto Ambiental do Paraná IAP, Licença de Instalação para Ampliação do Pátio de Britagem, no Município de Mandirituba – PR.

SÚMULA DE LICENÇA PRÉVIA A empresa abaixo torna público que recebeu do IAP, Instituto Ambiental do Paraná Licença Prévia para o empreendimento a seguir especificado: EMPRESA: De Amorim Construtora de Obras Ltda. ATIVIDADE: Britagem de Granitos - Ampliação do Pátio de Britagem. MUNICÍPIO: Mandirituba-PR. VALIDADE: 22/04/2015.

Juízo de Direito da Sétima Vara Cível. Cartório da 7ª. Vara Cível - Av. Cândido de Abreu, 535 - 4º. Andar. Comarca de Curitiba - Estado do Paraná. Dra. Kátya de Araújo Carollo – Escrivã. Eduardo Mattana Carollo - E. Juramentado Carlos Ostrowski Junior - E. Juramentado EDITAL DE CITAÇÃO DE TAU CONSULTORIA EMPRESARIAL LTDA., ATRAVÉS DE SEU REPRESENTANTE LEGAL, PRISCILA NELLESSEN MUZILLI e MARCIO MUZILLI, COM O PRAZO DE TRINTA (30) DIAS, NA FORMA ABAIXO: Edital de Citação dos Executados TAU CONSULTORIA EMPRESARIAL LTDA.,inscrita no CNPJ/MF. sob nº. 08.924.928/0001-74, PRISCILA NELLESSEN MUZILLI, brasileira, inscrita no CPF/MF. sob nº. 703.598.657-04 e MARCIO MUZILLI, inscrito no CPF/MF. sob nº. 842.166.979-68, todos atualmente em lugar incerto e não sabido, para, no prazo de 03 (três) dias, efetuarem o pagamento da quantia reclamada R$ 42.700,42 (Quarenta e dois mil, setecentos reais e quarenta e dois centavos) (11/04/2013), acrescido de juros e correção monetária, ou indicarem bens passíveis de penhora, sob pena de realizar-se tantos quantos bastem à satisfação do crédito, e para, querendo, apresentarem embargos no prazo de 15 (quinze) dias. Fixado os honorários advocatícios a serem pagos pelos executados em R$ 2.000,00 (Dois mil reais). Para o caso de pronto pagamento reduzido os honorários para R$ 1.000,00 (um mil reais), nos autos de EXECUÇÃO DE TÍTULO EXTRAJUDICIAL, sob nº. 57.186/2010, que tramita na 7ª. Vara Cível de Curitiba, sito na Av. Cândido de Abreu, nº. 535, 4º. andar, Edifício Fórum Cível, Centro Cívico, movido por BANCO BRADESCO S/A que em síntese aduz o seguinte: “O exeqüente pelas Cédulas de Crédito Bancário, firmadas em 22/04/2010, emprestou aos executados o valor de R$ 33.242,69 (trinta e três mil duzentos e quarenta e dois reais e sessenta e nove centavos).” DESPACHO DE FLS. 118: “1. Defiro o requerimento de fls. 114/116 para citação dos executados por edital. Expeça-se edital de citação, com prazo de 30 (trinta) dias. 2. Cientifique-se a parte de que fica condicionada a citação por edital à apresentação de minuta, no prazo de 10 (dez) dias, conforme determina o Código de Normas da Corregedoria Geral da Justiça, em seu item 5.4.3.1. 3. Após retirar o edital, deverá a parte autora comprovar que procedeu à publicação do mesmo em jornal local, conforme dispõe o artigo 232, III do Código de Processo Civil. 4. Intime-se. Curitiba, 28 de fevereiro de 2013. (a) Carla Melissa Martins Tria - Juíza de Direito”. E para que chegue ao conhecimento de todos e ninguém no futuro alegue ignorância, expedi o presente edital (sob minuta), que será publicado e afixado no local de costume (art. 232, II e III, do CPC). Curitiba, 06 de maio do ano dois mil e treze. E Eu, (a) (Katya de Araújo Carollo) Escrivã, que o fiz digitar, conferi e subscrevo. (SOB MINUTA) (a)CARLA MELISSA MARTINS TRIA Juíza de Direito Substituta.

EDITAL DE CITAÇÃO DO REQUERIDO EUGENIO FERREIRA DA ROCHA, COM O PRAZO DE TRINTA (30) DIAS. Edital de CITAÇÃO do requerido EUGENIO FERREIRA DA ROCHA, inscrito no CPF/MF sob n°942.390.539-00, portador da cédula de identidade n°4.985.649-0, nos autos sob n°0010924.32.2009.8.16.0035 (1120/2009) de REINTEGRAÇÃO DE POSSE, promovida por SANTANDER LEASING S/A ARRENDAMENTO MERCANTIL, para que no prazo de 15(quinze) dias, conteste querendo e através de advogado, a referida ação em tramite perante o Juízo e Cartorio da 2° Vara Civel da Comarca da Região Metropolitana de Curitiba – Foro Regional de São Jose dos Pinhais – PR, decorrente de Contrato de Arrendamento Mercantil sob n° 23/70007262712 celebrado em 08/05/2007 tendo por objeto o veiculo MARCA FIAT MODELO UNO MILLE FIRE ANO 2005/2006 GASOLINA, COR PRATA, PLACA AMQ 4465 CHASSI 9BD15822564676934, RENAVAM 851835325, no qual o requerido assumiu o pagamento de 60 (sessenta) parcelas no valor de R$631,04 (seiscentos e trinta e um reais e quatro centavos), a primeira parcela vencimento em 08/06/2007 e as demais no mesmo dia dos meses subseqüentes, o qual, apesar de constituído em mora através do instrumento de protesto para liquidação das parcelas em atraso ( a partir da parcela com vencimento em 08/02/ 2009), deixou de efetuar o pagamento das referidas contraprestações. Por estas razões requer a autora: A concessão da liminar para reintegração de posse do bem, com posterior citação do requerido para querendo, contestar a ação; a procedência da demanda para tornar definitiva a liminar concedida, condenando o requerido nas custas processuais, indenização correspondente ao saldo devedor do contrato, abatido do valor da venda do bem, honorários advocatícios e demais cominações legais e contratuais. A concessão dos benefícios do artigo 172 e parágrafo do Código de Processo Civil. A produção de todos os meios de prova admitidos em direito, especialmente a documental face a sua natureza. Seja nomeado fiel depositário indicado pelo autor. Dá-se a causa o valor de R$37.863,40( trinta e sete mil oitocentos e sessenta e três reais e quarenta centavos) ADVERTENCIA: Presumem-se aceitos, como verdadeiros , os fatos alegados na inicial se não contestados no prazo de lei (art. 285 do CPC). E, para que chegue ao conhecimento da requerida acima nominada e não possa alegar ignorância, foi expedido o presente edital a ser afixado no lugar de costume do Juízo e publicado pela imprensa, na forma da lei. São Jose dos Pinhais, 18 de abril de 2012. Eu (a) Ana Paula Savaris Mayer – Auxiliar de Justiça Juramentada), que o digitei e subscrevi. (a) Eliana Silveira da Rosa Escrivã. Assinatura Autorizada pela Portaria 01/2011.

CENTRO COMERCIAL

RIBEIRO ESTACIONAMENTO LAVA CAR horista - diarista - mensalista

SÚMULA DE RECEBIMENO DE LICENÇA DE OPERAÇÃO Caltec – Caltec Química Industrial Ltda – CNPJ 37.713.592/0001-87, torna público que recebeu do IAP, a Licença de Operação Nº 6869, para Fabricação e Produção de Cal Virgem e Hidratada e Corretivo de Acidez e Britagem, Acesso Principal, s/nº, KM 3,5, Distrito Industrial, Itaperuçu/PR. Validade: 04/04/2017.

3282-7612 Rua Visconde do Rio Branco, 1937 - Centro


10

| Segunda-feira, 13 de maio de 2013 |

DEMONSTRAÇÃO DOS FLUXOS DE CAIXA PARA OS EXERCÍCIOS FINDOS EM 31 DE DEZEMBRO DE 2012 E DE 2011 (Valores expressos em milhares de reais)

CHAMPAGNAT VEÍCULOS S/A CNPJ/MF 81.755.407/0001-20 Av. Senador Salgado Filho, 580, Prado Velho - Curitiba - Paraná RELATÓRIO DA DIRETORIA Agradecimento

Senhores Acionistas Submetemos à apreciação de V. Sas. o Relatório da Administração e as correspondentes demonstrações contábeis, referentes ao exercício social encerrado em 31 de dezembro de 2012.

A Companhia quer registrar seus agradecimentos aos clientes, fornecedores, representantes, instituições financeiras, órgãos governamentais, acionistas e demais partes interessadas pelo apoio recebido, bem como a equipe de colaboradores pelo empenho e dedicação dispensados. Declaração da Diretoria

MENSAGEM DA ADMINISTRAÇÃO As perspectivas da Administração para 2013, aproveitando o bom momento da economia nacional, continuarão sendo sua participação no mercado interno, objetivando a busca de resultados consistentes, que proporcionem o retorno requerido pelos sócios e demais partes interessadas.

Em atendimento às disposições legais pertinentes, a Diretoria declara que revisou e concordou com as Demonstrações Contábeis relativas ao exercício findo em 31 de dezembro de 2012. Curitiba, 15 de abril de 2013.

BALANÇO PATRIMONIAL REF. AOS EXERCÍCIOS FINDOS EM 31 DE DEZEMBRO DE 2012 E 2011 (Valores expressos em milhares de reais) 2012

2011

CIRCULANTE Disponibilidades (nota 5) Crédito com Clientes (nota 6) Estoques (nota 7) Adiantamentos a fornecedores Impostos a recuperar Despesas do exercício seguinte Fundo de capitalização (nota 8)

482 5.009 6.545 266 206 254 7.539

139 4.422 10.132 327 280 179 6.160

20.302

21.639

PASSIVO

2012

2011

CIRCULANTE Fornecedores (nota 11) Obrigações sociais e trabalhistas Obrigações tributárias Empréstimos e financiamentos (nota 12) Adiantamentos de clientes Outras obrigações

7.392 1.447 279 6.301 2.175 3

8.045 1.264 202 3.410 1.426 7

17.597

14.354

Total do passivo circulante Total do ativo circulante

NÃO CIRCULANTE Realizável a Longo Prazo Depositos judiciais Creditos tributários (nota 9)

126 4.073 4.199

Investimentos Imobilizado (nota 10) Intangível

Total do ativo não circulante

126 2.860 2.986

2487 10.813 90

0 10.556 52

13.391

10.608

17.590

13.594

37.891

35.233

2011

1.233

(676)

342 (9)

108 9

(588) 3.587 61 (1.139) (75) (1.379)

(831) (2.893) 47 709 (14) (344)

(653) 183 (850) (474)

2.860 334 (1.432) 65

239

(2.058)

(2.487) (637)

(4.905)

(3.124)

(4.905)

RECURSOS LÍQUIDOS PROVENIENTES DAS ATIVIDADES OPERACIONAIS

Integralização de capital social 1.650 Empréstimos e financiamentos 3.229 4.847 RECURSOS LÍQUIDOS APLICADOSNAS ATIVIDADES DE FINANCIAMENTOS 3.229 6.497 Diminuição no caixa e equivalentes 343 (466) Disponibilidades no início do exercício 139 605 Disponibilidades no final do exercício 482 139 As notas explicativas da administração são parte integrante das demonstrações financeiras.

DEMONSTRAÇÃO DO RESULTADO DOS EXERCÍCIOS FINDOS EM 31 DE DEZEMBRO DE 2012 E DE 2011(Valores expressos em milhares de reais) NÃO CIRCULANTE Exigível a Longo Prazo Obrigações tributárias (nota 13) Outras Obrigações Ir e Csll diferido Empréstimos e Financiamentos (nota 12)

11.820 600 52 2.477

12.770 1.070 29 2.888

Total do passivo não circulante

14.949

16.757

PATRIMÔNIO LÍQUIDO Capital social (nota 14) Adto para futuro aumento de capital Prejuízos Acumulados Ajuste de avaliação patrimonial

11.912 2.205 (8.808) 37

11.912 2.205 (10.045) 50

5.346

4.122

37.891

35.233

Total do patrimônio líquido TOTAL DO ATIVO

2012

Aumento (redução) nos passivos: Fornecedores Obrigações sociais e trabalhistas Obrigações tributárias Outras obrigações

FLUXOS DE CAIXA APLICADOS NAS ATIVIDADES DE INVESTIMENTOS Investimento Dicape Imobilizado RECURSOS LÍQUIDOS APLICADOS NAS ATIVIDADES DE INVESTIMENTOS FLUXO DE CAIXA PROVENIENTE DAS ATIVIDADES DE FINANCIAMENTOS

A ADMINISTRAÇÃO

ATIVO

FLUXO DE CAIXA PROVENIENTE DAS ATIVIDADES OPERACIONAIS Lucro líquido do exercício Ajustes para reconciliar o resultado do exercício com recursos provenientes de atividades operacionais: . Depreciações e amortizações . Realização de avaliação patrimonial Redução (aumento) nos ativos: Crédito com Clientes Estoques Adiantamentos a fornecedores Impostos a recuperar Despesas do exercício seguinte Fundo de capitalização Depositos judiciais

TOTAL DO PASSIVO

RECEITA OPERACIONAL BRUTA Venda de mercadorias e serviços (-) Deduções da receita RECEITA OPERACIONAL LÍQUIDA CUSTO DAS MERCADORIAS VENDIDAS E SERVIÇOS PRESTADOS LUCRO BRUTO RECEITAS (DESPESAS) OPERACIONAIS Despesas gerais e administrativas Despesas comerciais Despesas/receitas financeiras RESULTADO OPERACIONAL OUTROS RESULTADOS RESULTADO ANTES DO IMPOSTO DE RENDA E CONTRIBUIÇÃO SOCIAL Imposto de renda da pessoa jurídica Contribuição social sobre o lucro IR e CSLL diferido IRPJ/CSLL s/Prej.fiscal LUCRO/PREJUIZO DO EXERCÍCIO

2012

2011

120.855 (2.641) 118.214

104.072 (2.269) 101.803

(106.449) 11.765

(89.481) 12.322

(2.479) (12.143) (839) (15.461 (3.696 3.748

(1.984) (10.866) (205) (13.055) (733) 57

52 (2) (1) (29) 1.213 1.233

(676)

(676)

As notas explicativas da administração são parte integrante das demonstrações financeiras.

As notas explicativas da administração são parte integrante das demonstrações financeiras.

DEMONSTRAÇÕES DAS MUTAÇÕES DO PATRIMÔNIO LÍQUIDO PARA OS EXERCÍCIOS FINDOS EM 31 DE DEZEMBRO DE 2012 E DE 2011 (Valores expressos em milhares de reais)

Em 31 de dezembro de 2010 Lucro Líquido do Exercício Outros Resultados Abrangentes Resultado Abrangente Total Aumento de Capital Transações de Capital com os Sócios

Reservas de Lucro Reserva para Futuro Aum. de Capital

Capital Social

Reserva Legal

10.262

-

Lucros ou (Prejuízos) Acumulados

2.205

Outros Resultados Abrangentes Reservas Custo Ajuste de de Atribuído Conversão Reavaliação AAP AAP

(9.390) (676)

-

62

-

1.650

Realização do Custo Atribuído ao Imobilizado Tributos Diferidos s/Realização do Custo Atribuido Em 31 de dezembro de 2011 Lucro Líquido do Exercício

21 11.912

-

2.205

(10.045) 1.233

(21) 9 50

-

-

Outros Resultados Abrangentes Resultado Abrangente Total Transações de Capital com os Sócios Realização do Custo Atribuído ao Imobilizado Tributos Diferidos s/Realização do Custo Atribuido Em 31 de dezembro de 2012

11.912

-

2.205

19 (15) (8.808)

(19) 6 37

-

Patrimônio Líquido dos Acionistas da Controladora

Participação dos Não Controladores no Patr.Liq. das Controladas

3.139 (676) (676) 1.650 1.650

-

Resultado Patrimônio Abrangente Líquido da Total Companhia

-

9 4.122 1.233

-

1.233

-

-

-

-

(9) 5.346

-

3.139 (676) (676) 1.650 1.650 -

(69) (676) (676) -

9 4.122 1.233

9 (676) 1.233

1.233 (9) 5.346

1.233 (9) 1.233

As notas explicativas da administração são parte integrante das demonstrações financeiras.

NOTAS EXPLICATIVAS AS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS DO EXERCÍCIO FINDO EM 31 DE DEZEMBRO DE 2012 e 2011 1 CONTEXTO OPERACIONAL A sociedade tem por objeto social a comercialização de veículos novos e seminovos, (Concessionária General Motors do Brasil), peças, acessórios e prestação de serviços relacionados ao ramo de mecânica automotiva. 2 APRESENTAÇÃO DAS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS As principais políticas contábeis aplicadas na preparação destas demonstrações financeiras estão definidas abaixo. Essas políticas vêm sendo aplicadas de modo consistente em todos os exercícios apresentados. Base de preparação Essas demonstrações financeiras foram elaboradas de acordo com os Pronunciamentos de Contabilidade (coletivamente "CPCs") emitidos pelo Comitê de Pronunciamentos Contábeis (CPC) conforme adotados no Brasil pela aprovação do Conselho Federal de Contabilidade (CFC). As demonstrações financeiras foram elaboradas com base nos custos históricos, para o intangível, ativos financeiros disponíveis para venda, e ativos e passivos financeiros, incluindo instrumentos financeiros derivativos, ao valor justo reconhecido no resultado, sempre que aplicável. A elaboração das demonstrações financeiras em conformidade com os CPCs exige a utilização de determinadas estimativas contábeis essenciais. Requer, ainda, que a Administração da Companhia julgue da maneira mais apropriada a aplicação das políticas contábeis. As áreas em que os julgamentos e estimativas significativos foram feitos para a elaboração das demonstrações financeiras e seus efeitos são apresentados na nota explicativa nº 3. Todos os valores são apresentados em milhares de reais, exceto quando indicado de outro modo. 3 PRINCIPAIS PRÁTICAS CONTÁBEIS a. Caixa e equivalentes de caixa Caixa e equivalentes de caixa incluem o caixa e os depósitos bancários de curto prazo, avaliados ao custo de aquisição acrescido dos rendimentos auferidos até a data do balanço patrimonial. b. Apuração do resultado O resultado é apurado pelo regime de competência de exercícios e considera: - os rendimentos, encargos e efeitos das variações monetárias, calculados a índices ou taxas oficiais, incidentes sobre os ativos e passivos; e - os efeitos dos ajustes dos ativos para o valor de mercado ou de realização e ajuste ao valor presente líquido ou justo, quando aplicável. c. Contas a Receber de Clientes As contas a receber de clientes correspondem aos valores decorrentes da venda de mercadorias e serviços no decurso normal das atividades da Companhia. Se o prazo de recebimento é equivalente a um ano ou menos, são registradas no ativo circulante. d. Estoques Estão registrados com base no custo médio de aquisição, o qual não excede ao valor de mercado ou de realização, e está constituído, substancialmente, de mercadorias para revenda. e. Demais ativoscirculantes e não circulantes Os ativos circulantes e não circulantes são demonstrados aos valores de custo ou realização, incluindo, quando aplicáveis, os rendimentos auferidos e são ajustados a valor presente líquido ou valor justo, quando aplicável. f. Imobilizado Demonstrado ao custo histórico de aquisição, sendo que os bens do imobilizado são depreciados com base no método linear sobre o custo de aquisição ou construção, com base em taxas descritas na nota explicativa número 11, as quais levam em consideração o prazo de vida útil estimado dos bens. O valor contábil do Ativo Imobilizado foi submetido ao impairment test, conforme determinado pelo Pronunciamento Técnico - CPC no 01 (Valor Recuperável dos Ativos). g. Redução do valor recuperável de ativos não financeiros - (impairment) A partir de 2008, os valores dos ativos não financeiros, exceto outros valores e bens e créditos tributários, são revistos, no mínimo, anualmente para determinar se há alguma indicação de perda por impairment, de acordo com o Pronunciamento Técnico - CPC n° 01 "Redução do Valor Recuperável dos Ativos". A administração não identificou indícios, que motivassem a constituição de provisão para perda por impairment. h. Contas a pagar a fornecedores As contas a pagar aos fornecedores são obrigações a pagar por bens ou serviços que foram adquiridos de fornecedores no curso normal dos negócios, sendo classificadas como passivos circulantes se o pagamento for devido no período de até um ano. Caso contrário, as contas a pagar são apresentadas como passivo não circulante. i. Empréstimos e Financiamentos Os empréstimos são reconhecidos, inicialmente, pelo valor justo, líquido dos custos incorridos na transação e são, subsequentemente, demonstrados pelo custo amortizado. Qualquer diferença entre os valores captados (líquidos dos custos da transação) e o valor de liquidação é reconhecida na demonstração do resultado durante o período em que os empréstimos estejam em aberto, utilizando o método da taxa efetiva de juros. j. Imposto de Renda e Contribuição Social sobre o Lucro As provisões para imposto de renda e contribuição social sobre o lucro seguem as premissas e normas exigidas anualmente pela legislação tributária incidente no país.

O imposto de renda e contribuição social diferidos são reconhecidos usando-se o método do passivo sobre as diferenças temporárias decorrentes de diferenças entre as bases fiscais dos ativos e passivos e seus valores contábeis nas demonstrações financeiras. Entretanto, o imposto de renda e contribuição social diferidos não são contabilizados se resultar do reconhecimento inicial de um ativo ou passivo em uma operação que não seja uma combinação de negócios, a qual, na época da transação, não afeta o resultado contábil, nem o lucro tributável (prejuízo fiscal). O imposto de renda e contribuição social diferidos são determinados, usando alíquotas de imposto (e leis fiscais)promulgadas, ou substancialmente promulgadas, na data do balanço, e que devem ser aplicadas quando o respectivo imposto diferido ativo for realizado ou quando o imposto diferido passivo for liquidado. k. Demais passivos circulantes e não circulantes Os demais passivos circulantes e não circulantes são demonstrados pelos valores conhecidos ou exigíveis, acrescidos, quando aplicáveis, dos respectivos encargos, variações monetárias e ajustadas a valor presente líquido, quando aplicável. l. Ajuste a valor presente líquido dos ativos e passivos circulantes e não circulante Os ativos e passivos monetários de longo prazo, quando aplicável, são ajustados pelo seu valor presente líquido, e os de curto prazo, quando o efeito é considerado relevante em relação às demonstrações contábeis tomadas em conjunto. O ajuste a valor presente é calculado levando-se em consideração as taxas de juros de mercado. m. Reconhecimento da Receita A receita compreende o valor justo da contraprestação recebida ou a receber pela comercialização de bens e serviços no curso normal das atividades da Companhia. 4. INSTRUMENTOS FINANCEIROS - GESTÃO DE RISCO A Companhia poderá estar exposta, em virtude de suas atividades, aos seguintes riscos financeiros: - risco de crédito; - risco de taxa de juros de valor justo ou de fluxo de caixa; - outros riscos de mercado. Não houve nenhuma alteração substancial na exposição aos riscos de instrumentos financeiros da Companhia, seus objetivos, políticas e processos para a gestão desses riscos ou os métodos utilizados para mensurá-los a partir de períodos anteriores, a menos que especificado o contrário nesta nota. 5. DISPONIBILIDADES 2012 24 458 482

Caixa Bancos Total

2011 8 131 139

6. CRÉDITOS COM CLIENTES Clientes General Motors do Brasil - C/C Total

2012 4.704 305 5.009

2011 3.899 523 4.422

2012 3.053 3.492 6.545

2011 7.272 2.860 10.132

2012 7.539

2011 6.157 3 6.160

(b) - A Companhia registrou em exercícios anteriores créditos tributários sobre prejuízos fiscais e bases negativas de IRPJ e CSLL. Atendendo a resolução CFC nº 1.189/09, de 28 de agosto de 2009 que aprova a NBC TG 32 e através de laudo técnico validado pela empresa Martinelli Auditores que recalculou no exercicio de 2012, apurou o novo valor do Ativo Fiscal Diferido e calculou a compensação do mesmo. Foi utilizada a base negativa advinda de prejuízos fiscais conformeLalur - Livro de Apuração do Lucro Real de 31/12/2011. 10. IMOBILIZADO O imobilizado da Companhia é empregado exclusivamente nas operações relacionadas à atividade comercial.Os valores justos utilizados na adoção do custo atribuído e do estudo sobre a vida útil dos bens foram estimados pela empresa especializada em avaliação patrimonial e engenharia Martinelli Auditores. A Companhia não identificou indicadores que pudessem reduzir o valor recuperável de seus ativos em 31 de dezembro de 2012, com base nas suas análises. 2012 2011 Terrenos 3.697 3.697 Edificações 5276 Instalações 820 754 Maquinas e equipamentos 2.080 1.971 Veículos 653 457 Benfeitorias bens locados 1.394 6.447 Custo Atribuido 196 200 (-) Depreciação acumulada (3.303) (2.970) Total 10.813 10.556 11. FORNECEDORES General Motors - Veiculos General Motors - Peças Outros fornecedores

2011 6.669 448 928 8.045

2012 2.890 933 4.955 8.778 2.477 6.301

2011 3.300 2.998 6.298 2.888 3.410

2012 10.944 876 11.820

2011 11.894 876 12.770

12 . EMPRÉSTIMOS E FINANCIAMENTOS BNDES Banco Safra Outros empréstimos e financiamentos Total BNDES - Longo Prazo

13. OBRIGAÇÕES TRIBUTÁRIAS

7. ESTOQUES Veiculos Peças e acessórios Total 8. FUNDO DE CAPITALIZAÇÃO General Motors do Brasil Unibanco Capitalização Total

7.539

Esse fundo foi criado com o objetivo de suprir a necessidade de Capítal de Giro das concessionárias, reduzindo assim o custo financeiro com o financeamento dos estoques. 9. CRÉDITOS TRIBUTÁRIOS ICMS Substituição Tributária CSLL sobre bases negativas IRPJ sobre prejuizos fiscais Total

(a) (b) (b)

2012 876 917 2.280 4.073

2011 876 737 1.247 2.860

(a) -Valor refere-se a pagamento realizado a maior de ICMS pela não aplicação da base de cálculo arbitrada nas operações interestaduais com veículos novos, conforme convênio 132/92 do CONFAZ no exercício de 1994. O registro foi efetuado tanto no Ativo quanto no Passivo, até que o processo transite em julgado.

Obrigações Federais Icms substituição Tributária Cfme nota 9

Programa de Parcelamento de débitos tributários federais Com o advento da Lei nº 11.941/09, que instituiu novo parcelamento federal intitulado REFIS IV e tendo em vista as condições favoráveis deste, a Companhia optou por reparcelar os seus débitos federais, que se encontravam em sua maioria já parcelados em programas anteriores. A adesão deu-se através de programa disponibilizado, no sítio da Receita Federal do Brasil cujo parcelamento foi estabelecido em 180 meses com redução de 60% da multa, 25% dos juros, e 100% dos encargos legais, nos termos do que lhe garante o artigo 1º, da Lei nº 11.941/09, e artigos 15 e 17, da Portaria Conjunta da PGFN/RFB nº 06/09. A Companhia vem cumprindo com o pagamento das parcelas impostas por esse novo parcelamento. 14. PATRIMÔNIO LÍQUIDO CAPITAL SOCIAL O Capital Social é de R$ 11.912 mil, em 31 de dezembro de 2012, sendo representado por 11.392.556 ações ordinárias nominativas sem valor nominal. 15. SEGUROS A Companhia contratou seguros para cobertura dos bens do ativo imobilizado e dos estoques sujeitos a riscos por montantes considerados suficientes para cobrir eventuais sinistros de acordo com a sua natureza.

DIRETORIA Paulo Roberto Pizani Diretor-Presidente

2012 5.845 788 759 7.392

Jenny Roda de Pizani Dirª.Vice-Presidente

Luiz Carlos de Oliveira CRC-PR. 24.179/O-7

Fibromialgia pode afetar relacionamentos, alerta médico No Dia Mundial da Fibromialgia, especialista chama atenção para a doença No Dia Mundial da Fibromialgia, o médico reumatologista Milton Helfenstein Jr.1, de São Paulo, afirma que a doença pode ser controlada com uso de remédios, como analgésicos e relaxantes musculares. É necessário também praticar atividades físicas como caminhada, hidroginástica, natação e alongamentos, tanto para obter um condicionamento físico quanto para perder ou manter o peso adequado. — A fibromialgia não é um motivo para o paciente se isolar socialmente. Tudo é uma questão de compreensão, mudança de estilo de vida, atitude positiva, além do acompanhamento médico e aderência ao tratamento recomendado. Segundo o médico, quem sofre com a doença, além da dor, sente cansaço, sono não reparador (diversos distúrbios do sono que fazem o paciente sair da cama cansado), distúrbios de concentração e memória, e até cefaleia, tontura, sensação de inchaço, palpitação, dormências nos membros e transtornos do humor. Apesar da alta prevalência em mulheres da faixa etária de 30 a 60 anos, a doença também atinge homens e jovens. — Existem casos de filhos de mulheres fibromiálgicas apresentarem os sintomas da doença antes mesmo dos 18 anos. O que se sabe é que a doença é oito vezes mais frequente em mulheres do que em homens e, em número de pessoas atingidas, a prevalência chega até 10% em alguns países e 2,5% da população brasileira. “Terapia do amor” pode ser a saída para a cura da fibromialgia Clima úmido, tensão, sedentarismo, postura incorreta, depressão, ansiedade e problemas emocionais são alguns dos fatores que contribuem para o agravamento do quadro da fibromialgia. — Por conta de todos esses fatores, é essencial que aqueles que convivem com quem tem a doença tenham uma postura positiva. Isso ajuda tanto os pacientes, que se sentem mais motivados a seguir as orientações médicas, quanto o próprio relacionamento, evitando desgastes que podem contribuir para a piora do quadro. Outro fator que deve ser levado em conta é o grau de desconhecimento da síndrome, inclusive por alguns médicos. De acordo com a pesquisa do Instituto Harris Interactive, até o momento do diagnóstico a fibromialgia é uma condição desconhecida para 70% dos pacientes brasileiros.


| Segunda-feira, 13 de maio de 2013 |

11

Coxa vence o Atlético e conquista título do Paranaense 2013 O Coritiba é tetracampeão paranaense de 2013. O fato que não se repetia desde a década de 70, neste domingo (12) se tornou novamente realidade para o Verdão. E o jogo foi típico de clássico de final. De virada, com dois gols de Alex e um de Geraldo, o Coritiba levantou a taça de campeão ao lado do torcedor coritibano que fez a festa no Couto Pereira. A partida que valia o título do Paranaense começou eletrizante. Estádio cheio, ações pré-jogo, torcida cantando. Mas o primeiro gol foi o Atlético-PR, com Hernani, aos cinco minutos. Fato que desestabilizou o Coxa em campo e fez com que a equipe visitante se fechasse impedindo a saída de bola do Alviverde. Aos nove minutos, Alex cobrou a falta procurando Leandro Almeida, mas o bandeirinha assinalou o impedimento. Logo após Escudero tentou sair, mas foi parado com falta. Então, o jogo ficou pegado, sem grandes chances para os dois lados. Rafinha tentou a jogada pela esquerda, cruzou buscando Robinho, mas a jogada não foi concluída. E aí veio a pressão coxa-branca buscando o empate. Leandro Almeida arriscou o arremate e a bola desviou na zaga e foi pela linha de fundo. Alex arrumou a bola para cobrar o escanteio, cruzou na área, Escudero subiu para o cabeceio e a bola tirou fina insistindo em não entrar. Mas aos 29 minutos, o grito da torcida coxa-branca ecoou no Alto da Glória. Deivid dividiu com a zaga e o menino de ouro do Coritiba não desperdiçou, mandou uma pancada e saiu para o abraço. Com o placar empatado, o título já ficava no Couto Pereira. Mas o Coxa queria mais. Aos 32 minutos, Robinho

arriscou de longe, mas a bola subiu muito. Cinco minutos mais tarde, Rafinha bateu cruzado e a bola passou pertinho do gol. Aos 40 minutos, a virada. Victor Ferraz fez o lançamento para mais uma vez Alex fazer e incendiar a torcida. Coritiba 2×1 Atlético. E a pressão coxa-branca continuou até o último minuto. Alex deu mais um chutão e o tiro explodiu na zaga. Aos 43 minutos, Leandro Almeida ainda teve chance de ampliar só que foi muito alto e a primeira etapa terminou com a vantagem coxa-branca no placar. Quando o jogo parecia já estar definido, com mais nenhuma mudança, aos 46 minutos, Geraldo completou a festa, fez mais um para o Coxa. O iluminado coxa-branca fez o drible e anotou mais um seu sobre o rival, fechando o placar em 3 x 1.

Foto Bruno Baggio/CAP

Em jogo típico de final de campeonato, Coritiba vira e faz 3 x 1 sobre rival e comemora tetracampeonato paranaense

Sub-23 do Atlético mostrou raça, mas não conseguiu passar pelo Coxa

Corinthians vence o Santos e sai na frente na final do Paulistão O Corinthians se impôs no Pacaembu, na tarde de ontem (12), e garantiu a vitória na primeira partida da final do Paulistão, em São Paulo. O placar de 2 x 1 não refletiu o que os alvinegros da capital produziram em campo, já que perderam muitos gols. Na primeira etapa, o Santos praticamente não jogou, raras foram as chances do Santos, que mal tocou na bola. Neymar chegou a se movimentar, mas não conseguiu as efetivas jogadas de perigo. Após muitas chances perdidas, o Timão abriu o placar com Paulinho, aos

41 minutos da primeira etapa. No segundo tempo, mais perigo, o Peixe chegou a atacar, mas não conseguiu evitar o segundo gol dos donos da casa, com Paulo André, aos 29 minutos. Sete minutos depois, Durval diminuiu de cabeça. O Timão leva a vantagem para o jogo de volta, na Vila Belmiro, no próximo domingo (19), que decide a taça. O Santos precisa vencer por dois gols de diferença para ser campeão. Vitória simples do Peixe leva para os pênaltis. O empate já basta para o título do time da capital

Vitória por 2 x 1 dá vantagem ao Timão de jogar pelo empate, em Santos

Reforma na Vila Capanema Campeões na Itália são segue a todo vapor aplaudidos no Couto Pereira O novo gramado do Estádio Durival Britto e Silva começou a ganhar forma na última sexta-feira (10). Esta é a primeira grande reforma do piso do local. O processo de reforma do campo da Vila Capanema exigiu trabalhos complexos desde seu início. Juntamente com a retirada do gramado antigo, foi retirada uma camada de terra de toda a área do campo. Em seguida, foi colocado um novo tipo de terra, que foi coberto por uma grossa

camada de areia especial. Em meio a estes procedimentos, os novos sistemas de irrigação e drenagem foram instalados. Nos últimos dias, o solo foi nivelado, e agora está sendo irrigado e recebendo os rolos de grama tipo Bermuda. CRONOGRAMA Devido às condições climáticas favoráveis, o ritmo dos trabalhos seguirá intenso. Todo o gramado já deve estar colocado no campo até a metade da próxima se-

mana. O piso, então, passará por compactação, e será adequadamente preparado para o recebimento de jogos. O início da reforma na Vila Capanema ocorreu na segunda quinzena de março, e será finalizado nas próximas semanas. Com o seguimento normal das obras, o jogo de reestreia do campo ocorre no próximo dia 28, quando o Paraná Clube recebe o São Caetano (SP), pelo Campeonato Brasileiro da Série B.

O torcedor coxa-branca que chegou cedo ao estádio Couto Pereira, na tarde de ontem (12), teve a oportunidade de aplaudir de perto os garotos da equipe Sub-17 do Coritiba, que durante a semana passada fizeram história na Europa e conquistaram o Torneio Internacional Cidade de Gradisca, competição que reuniu equipes do mundo inteiro. Na grande final, o Alviverde passou pelo Chivas do México, com direito a gol no último minuto da prorrogação. Se a conquista do torneio foi na

base da emoção, neste domingo os garotos voltaram a sentir essa sensação, já que foram saudados pela nação coxa-branca, que lotou o Couto Pereira e pode gritar "é campeão". Um dos mais entusiasmados com a recepção calorosa da nação alviverde era o meia Hadrian, autor do primeiro coritibano na grande final. "Ouvir essa torcida toda gritar por causa do nosso título foi realmente incrível", disse o garoto. "Espero um dia poder conquistar um título dentro do Couto Pereira", projetou o meia da equipe Sub-17.


12

| Segunda-feira, 13 de maio de 2013 |

Unidade de Saúde Eucaliptos, no Boqueirão, passa a funcionar até às 22 horas Posto de atendimento acabou de passar por reformas no telhado, recebeu nova pintura, além de equipamentos e mobiliário. Investimento foi de R$ 35 mil. Ao todo, 97 unidades de saúde de Curitiba passarão por reformas ainda este ano

US Eucaliptos está localizada na Rua Lázaro Borsato, 150, Alto Boqueirão

O prefeito Gustavo Fruet prestigiou no último sábado (11) o Nocaute ao Crack 2013, organizado no Círculo Militar pelo Movimento Curitiba Te Quero Sem Drogas e pela Força Jovem, com o apoio da Prefeitura de Curitiba. O evento destacou lutas de artes marciais, apresentações musicais de rap e ações de conscientização dos perigos do uso das drogas e do álcool. "A luta contra as drogas é diária. A Prefeitura de Curitiba procura valorizar e incentivar todos os eventos que ajudam na prevenção, como o Nocaute ao Crack, que é realizado por uma parte expressiva da comunidade evangélica da cidade. É muito importante a participação dos jovens, que acabam sendo multiplicadores desse trabalho de conscientização e de prevenção, ajudando a evitar que as pessoas usem drogas", afirmou Fruet, que falou aos presentes ao evento e acompanhou a primeira das 20 lutas da programação, de jiujitsu feminino. O prefeito destacou que esse tipo de ação tem um forte poder de mobilização de todos os envolvidos, além de utilizar a cultura e o esporte para aproximar a juventude do combate às drogas. "A Prefeitura está investindo muito em ações na consequência do abuso das drogas e do álcool, vamos implantar diversos centros de atendimento para usuários. Mas é muito melhor se conseguirmos agir nas causas e fazermos a prevenção do uso das drogas", confirmou ele, que foi acompanhado no evento pelo secretário de Esportes, Lazer e Juventude, Aluísio de Oliveira Dutra Junior. O vereador Valdemir Soares, um dos organizadores do Nocaute no Crack, destacou que nos intervalos das lutas são mostrados vídeos de conscientização e depoimentos de jovens recuperados das drogas. "Este trabalho é para aumentar o número de multiplicadores, que cresce a cada evento que realizamos. Hoje, estamos selecionando atletas para um evento oficial do movimento, que acontecerá em agosto próximo, no ginásio do Tarumã", lembrou. Um dos multiplicadores é Pedro Luís Lazzotti Brustolin, que

Foto Everson Bressan/SMCS

Prefeito participa do Nocaute ao Crack 2013

Evento tem apoio do Programa Curitiba Te Quero Sem Drogas e Prefeitura

faz parte da grupo evangélico Força Jovem. Ele foi dependente químico por quase dez anos, sete deles como usuário de crack, mas hoje, recuperado, cursa uma faculdade. "Estava derrotado, perdi tudo o que eu tinha. Através da Força Jovem e do movimento Curitiba Te Quero Sem Drogas recebi

orientação e apoio. Com o esporte e a cultura me firmei e me transformei, e agora tenho uma nova vida. Estudo, jogo futebol, ando de skate e toco bateria em uma banda", revelou. O grupo Força Jovem desenvolve um trabalho voltado ao social, incentivando a prática de vá-

rios esportes e o trabalho com música, teatro e dança. "É um movimento para tirar as pessoas do mundo das drogas e do crime. Há uma saída, existe um caminho. Às vezes, o jovem já sofreu tanto e não vê uma esperança, mas ela existe. Todos podem vencer as drogas", afirmou Pedro. Além do evento de lutas, o Movimento Curitiba Te Quero Sem Drogas já organizou uma caminhada pelas ruas centrais da cidade, além da Copa Libertadores do Crack, que acontece semanalmente nas Ruas da Cidadania, com o apoio da Prefeitura de Curitiba. O prefeito Gustavo Fruet prestigiou neste sábado (11) o Nocaute ao Crack 2013, organizado no Círculo Militar pelo Movimento Curitiba Te Quero Sem Drogas e pela Força Jovem, com o apoio da Prefeitura de Curitiba. O evento destacou lutas de artes marciais, apresentações musicais de rap e ações de conscientização dos perigos do uso das drogas e do álcool.

Feira de Serviços movimenta o bairro Tatuquara O bairro do Tatuquara recebeu neste sábado (11), na Escola Professora Maria Ienkot Zeglin, a segunda edição da Feira de Serviços, uma parceria da Prefeitura de Curitiba e do Governo do Estado que leva diversas ações sociais e de cidadania às áreas das UPSs (Unidade Paraná Seguro) da cidade. O prefeito Gustavo Fruet acompanhou as atividades no período da tarde e conversou com a população do bairro da região sul da capital paranaense. "Esse tipo de atividade traz uma garantia de cidadania, permite que em um lugar de referência para a comunidade, como uma escola, vários serviços possam ser prestados. Também é importante para destacarmos os programas nos quais Prefeitura atua de forma muito presente com a população, em especial na área social, como a Cohab e a Saúde", afirmou, destacando a presença das diversas equipes municipais no evento. Na feira, a comunidade local pôde emitir carteiras de identidade, fazer cadastramentos em projetos sociais, receber informações sobre direitos e

orientações sobre a casa própria, realizar cadastro de emprego, receber vacinação, entre mais de 30 atividades. Houve diversas ações voltadas para as crianças, como o Teatro de Fantoches e jogos, além da apresentação da banda de música da Polícia Militar do Paraná. A dona de casa Ivonete Rodrigues aproveitou para tirar a carteira de identidade da filha Jackeline, de 11 anos. "Estou aproveitando a feira porque fica mais em conta e mais perto de casa. E, no fim de semana, temos mais tempo para tirar os documentos. Vou aproveitar outros serviços também. É uma opção muito boa para as pessoas do nosso bairro fazerem os serviços que precisam", comentou. "É importante termos esse tipo de evento aqui no Tatuquara, pois temos uma comunidade carente e muita gente que precisa de ajuda", completou Alzira Conte de Souza, proprietária de uma lavanderia. Gestor municipal das UPSs, Júlio Haus, lembra que, depois do Uberaba,

o Tatuquara é o segundo bairro a receber a Feira de Serviços. "Curitiba tem atualmente dez UPSs instaladas. O planejamento é que sejam feitas mais oito Feiras de Serviços como esta até o fim do ano, para atender todas as áreas de UPSs da cidade", informou. O trabalho das unidades está dividido em duas frentes. Na questão da segurança, o trabalho é feito pela Polícia Militar do Paraná, com o apoio da Guarda Municipal de Curitiba. A parte da cidadania leva à população serviços importantes, como emissão de documentos e serviços de saúde. Segundo Haus, a expectativa é que a feira no Tatuquara tenha atraído mais de 3 mil visitantes e tenha realizado cerca de 1,5 mil atendimentos. Também acompanharam o prefeito na visita à Feira de Serviços a secretária de Educação, Roberlayne de Oliveira Borges Roballo, o superintendente da Secretaria da Defesa Social, Osíris Klamas, e o administrador regional do Pinheirinho, Edgar Otto Hauber Junior.

Mais uma Unidade de Saúde, desta vez a Eucaliptos, no Alto Boqueirão - começa a funcionar em horário estendido, até as 22 horas, a partir desta segunda-feira (13). Referência para aproximadamente 20,4 mil pessoas que moram no bairro, a unidade vai contar com quatro equipes multiprofissionais do Programa Saúde da Família, formadas por médicos, enfermeiros, auxiliares de enfermagem, agentes comunitários de saúde e outros profissionais. Esta é a terceira unidade de saúde a ter o horário de atendimento ampliado, passando a funcionar entre 7h e 22h. A ampliação de horário é comemorada pelos usuários da unidade. Segundo a dona de casa Maria Santa Braun, há muitas pessoas da região com pequenos problemas de saúde e que deixavam de ir ao médico porque o horário não permitia. "É uma iniciativa que vai salvar a vida de muita gente", afirmou. A presidente do Conselho de Saúde local, Maria Tereza Loezer, disse que era muito grande o número de pessoas que recorriam à Unidade de Pronto Atendimento 24 Horas do Boqueirão por causa do horário incompatível com o da unidade básica. "Às vezes nem eram problemas graves, aí a pessoa ficava a noite toda aguardando atendimento que podia ser resolvido rapidamente perto de casa", comentou. Maria Tereza também destacou a mudança no modelo de atendimento. "Vai ser muito melhor com o Saúde da Família. Os médicos vão ficar até as 22 horas na unidade, facilitando o atendimento para quem trabalha o dia todo", enfatizou.

REFORMA A US Eucaliptos acabou de passar por reformas no telhado, recebeu nova pintura, além de equipamentos e mobiliário. O investimento foi de R$ 35 mil. Ao todo, 97 unidades de saúde de Curitiba passarão por reformas ainda este ano. As obras são subsidiadas pelo governo federal, com o objetivo de reestruturar e fortalecer a Atenção Primária no Sistema Único de Saúde (SUS) em todo o Brasil. Com as mudanças no modelo de atendimento e a implantação do Programa Saúde da Família em mais uma unidade em Curitiba, a população da região sentirá melhoras no atendimento. "É importante que cada pessoa saiba quem é o seu médico e o Saúde da Família permite esse tipo de relação mais próxima do profissional com a comunidade", salienta o secretário municipal de Saúde, Adriano Massuda. Somente neste primeiro semestre, a capital paranaense está ganhando um incremento de 44 novas equipes multiprofissionais - chegando a um total de 229 -, o que significa que 800 mil pessoas estarão sendo atendidas neste modelo. A meta da Prefeitura de Curitiba é que, até 2016, toda a população seja atendida pelo Programa Saúde da Família. Além da US Eucaliptos, as unidades Camargo (Cajuru) e Santa Quitéria também já adotaram o Saúde da Família, que até o final deste mês estará funcionando também nas unidades Bairro Alto, Oswaldo Cruz e Nossa Senhora da Luz (CIC), Ouvidor Pardinho e Mãe Curitibana (Centro), e Concórdia (Pinheirinho), além da US Bairro Novo, que ganhará mais equipes.

Novo bispo auxiliar de Curitiba é recebido por mais de mil fiéis Na noite da última quinta feira (9), às 19 horas, foi celebrada na Catedral Basílica a Santa Missa para o acolhimento do novo bispo auxiliar da Arquidiocese de Curitiba, Dom José Mário Angonese, 53 anos. Uma multidão de fiéis celebrou a Santa Missa que foi solene, presidida pelo novo bispo, e concelebrada por Dom Moacyr Vitti, arcebispo, Dom Rafael Biernaski e Dom João Carlos Seneme, bispos auxiliares, Dom Pedro Fedalto, arcebispo emérito, dez bispos de dioceses do Paraná e cerca de 75 sacerdotes da Arquidiocese. Familiares do novo bispo e amigos de Santa Maria (RS) também estiveram presentes. Em sua homilia, D. José Mário disse que a experiência de ser bispo é nova para ele, mas que se traduz no ato de servir, sempre. "Essencialmente, é o serviço à humanidade que pode realizar um coração humano, ainda mais de um bispo. Estou me sentindo feliz e quero descobrir o melhor jeito de servir a esta Arquidiocese", afirmou em sua homilia. Para Dom Moacyr, a presença de mais um bispo é gratificante para o povo e para o serviço da Igreja. "Minha alegria é muito grande pelas boas referências que recebi de Dom José. Sabemos como o povo faz questão da presença dos bispos e com três bispos auxiliares é possível dar conta da necessidade dos mais de dois milhões de habitantes de Curitiba e região". Dom José Mário assumirá o trabalho pastoral na Região Episcopal Norte da Arquidiocese de Curitiba, que compreende 43 paróquias e quase milhão de habitantes. A Arquidiocese compreende três regiões episcopais: Região Episcopal Sul (Dom João Carlos), Região Episcopal Centro Oeste (Dom Rafael Biernaski) e Região Episcopal Norte (Dom José Mário). A Ordenação Episcopal do novo bispo ocorreu no dia 28 de abril em Santa Maria (RS), no Santuário Basílica de Nossa Senhora Medianeira. Centenas de católicos santa-marienses e paranaenses celebraram a ordenação do então padre que era pároco da Paróquia da Ressurreição e reitor do Seminário Maior São João Maria Vianey. A celebração foi solene, embalada por um coral de mais de 20 vozes e instrumentos como violino, baixo e flauta que emocionaram os fiéis presentes.


metropole