Page 1

www.metropolejornal.com.br

Ano 14 | Nº 3508 | 18 de março de 2013

Terça-feira

Presidente: Ary Leonel da Cruz

Diário de Circulação Nacional

PR cria 25.612 vagas de emprego em fevereiro, recorde para o mês Foto Jonas Oliveira/ANPr

O Paraná criou 25.612 empregos formais em fevereiro, um aumento de 0,94% em relação ao mês anterior, segundo dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgado nesta segunda-feira (17) pelo Ministério do Trabalho e Emprego (MTE). O saldo de fevereiro de 2013 representa um recorde para o mês na série histórica do Caged. O desempenho paranaense foi o quinto melhor do país. Página 3

Assistência Social apresenta Plano de Ação de 2014 A Região Metropolitana de Curitiba registrou um aumento de 9.507 empregos formais

Emenda Leopoldo Meyer garante infraestrutura em conjuntos habitacionais Na manhã de segunda-feira (17), o deputado federal Leopoldo Meyer esteve reunido com o presidente da Companhia de Habitação do Paraná (COHAPAR), Mounir Chaowiche e prefeitos das cidades contempladas, para a assinatura dos convênios dos projetos para obras de infraestrutura em torno de programas habitacionais no estado. Página 3

Na última semana, a Secretaria de Assistência Social reuniu coordenadores das unidades descentralizadas e servidores internos, em um evento na central de treinamentos da Prefeitura Municipal, para a apresentação do Plano de Ação da Secretaria para o ano de 2014. Página 4

Passeio ciclístico movimenta São José dos Pinhais Deputado Meyer, deputado estadual Francisco Bührer e o presidente da Cohapar Mounir Chaowiche durante o repasse dos recursos

Mais de mil ciclistas, entre profissionais, amadores e crianças, participaram neste domingo (16) do Passeio Ciclístico de São José dos Pinhais – 324 anos – em programação festiva que marca o início das comemorações do aniversário de São José dos Pinhais. Página 4

Marcelo Camargo Abr

Estado facilita crédito para academias e profissionais de educação física O governador Beto Richa assinou nesta segunda-feira (17), no Palácio Iguaçu, em Curitiba, um convênio que vai facilitar a profissionais de educação física, personal trainers e academias de musculação e ginástica o acesso às linhas de crédito do Banco do Empreendedor, da Fomento Paraná, para aquisição de equipamentos, reformas e adaptações de estruturas físicas. Página 3

Editais página 6


2

| Terça-feira, 18 de março 2014 |

Editorial

Operação Lava Jato: Polícia Federal prende 24 suspeitos

Com o clima de campanha eleitoral para eleições majoritárias e legislativas, o binômio emprego e renda ganha ênfase. A instabilidade econômica decorrente da longa crise internacional se reflete diretamente nesse4 contexto. O institucional e político está aberto. Ampliar políticas de capacitação profissional e de geração de emprego são desafios para países com programas avançados de transferência de renda como o Brasil. A avaliação é de especialistas reunidos no Fórum de Aprendizagem Sul-Sul 2014: Desenhando e Implementando Sistemas de Proteção Social e Trabalho, evento do Banco Mundial, no Rio de Janeiro. Segundo a economista do banco responsável por acompanhar programas na América Latina e Caribe, Maria Concepción Steta, o Brasil atingiu um patamar avançado de políticas de transferência de renda integrando o Bolsa Família aos demais programas sociais do governo, como a própria aposentadoria. Para ela, no entanto, o país ganharia investindo no monitoramento dos beneficiários, para avaliar se vão conseguir alcançar e se manter em empregos de maior renda. “Aprendemos que os programas de transferência de renda são muito importantes, porque no curto prazo reduzem a pobreza, mas isso não basta”, disse Maria Concepción. No longo prazo, a recomendação dela é para que o Brasil “siga integrando as políticas e melhorando serviços. Especialmente, de educação, para que jovens entrem no mercado de trabalho”, destacou. Para o diretor da Agência Alemã para a Cooperação Internacional, Christof Kersting, a criação de empregos é um desafio para todos os países. Na Alemanha, onde a taxa de desemprego era cerca de 9% há uma década, ele deu como exemplo a iniciativa do governo de estimular vagas temporárias, mas garantido a rede de proteção ao trabalhador. “Mudamos as regras do mercado de trabalho e temos mais ocupações de médio prazo, de poucas horas, mas com critérios claros sobre a seguridade social”, reforçou. De acordo com Kersting, essa mudança permitiu que mais pessoas encontrassem recolocação profissional. A ministra do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, Tereza Campello, que participou do evento, reconheceu que a política brasileira de proteção social pode ser aprimorada. Ela concorda que melhorar o banco de dados é um desafio para avaliar a eficiência. “Somos referência, mas novas tecnologias de monitoramento e avaliação são pontos que podemos avançar”. Reconhecer que, apesar de importantes resultados no combate à pobreza, os programas nacionais precisam de atualização constante e têm falhas é fundamental para corrigi-los, avalia o diretor da agência alemã que patrocina o fórum. Christof aposta na chance de os países assumirem as falhas e encontrarem soluções comuns, mesmo os mais desenvolvidos. “A Alemanha tem um sistema avançado de proteção social, mas temos problemas com o envelhecimento da população. Descobrimos idosos vivendo abaixo da linha pobreza”, revelou. “Isso é algo que queremos discutir com outros países”.

Foto Chuniti Kawamura/ANPr

Emprego e renda A Ferroeste vai lançar nova licitação de áreas para o terminal de cargas de Cascavel

Ferroeste comemora 26 anos e lança nova licitação de áreas A empresa amplia os investimentos em infraestrutura para melhor atender o agronegócio e os produtores rurais associados A Ferroeste, que neste sábado (15) comemora 26 anos de atividade, vai lançar uma nova licitação de áreas para o terminal de cargas de Cascavel. O edital de permissão de uso será publicado nos próximos dias. “O entrosamento com a iniciativa privada é essencial para tornar a Ferroeste cada vez mais um instrumento de desenvolvimento a serviço dos produtores do Estado”, disse o secretário estadual de Infraestrutura e Logística, José Richa Filho. “O fortalecimento da ferrovia é necessário para otimizar os custos da produção”. Para o presidente da Ferroeste, João Vicente Bresolin Araujo, a nova concorrência vai ampliar as opções logísticas na região Oeste. A licitação é dirigida a empresas com interesse em construir instalações no terminal e operar com transbordo rodoferroviário e armazenagem de cargas. “Queremos atrair investidores privados e obter recursos financeiros para a empresa”, explica Bresolin Araujo. A Permissão Onerosa de uso das áreas, nome técnico da concorrência, está vinculada à celebração de contratos de transporte ferroviário de longo prazo, com volumes mínimos anuais. A nova licitação colocará em oferta oito áreas. LICITAÇÃO ANTERIOR Na concorrência anterior, realizada no ano passado, foram selecionadas quatro propostas, sendo vencedoras a Coopavel e três empresas do setor de logística. Os investimentos pri-

vados representam um aporte de R$ 77 milhões em novas instalações no terminal da Ferroeste em Cascavel. O diretor-presidente da Coopavel, Dilvo Grolli, disse que na última licitação a cooperativa participou para ter a permissão de uso de mais uma área da Ferroeste, “pois acreditamos que o oeste e sudoeste do Paraná necessitam de uma melhor logística para o desenvolvimento e que a Ferroeste tem condições de impulsionar o crescimento juntamente com iniciativa privada”. Grolli também disse que a Coopavel já instalou uma unidade industrial de fertilizante e calcário dentro do terminal da Ferroeste amplia os investimentos em infraestrutura para melhor atender o agronegócio e os produtores rurais associados. Em relação à nova concorrência, a ocupação das áreas, como ocorreu na licitação anterior, não acarretará em ônus à companhia. Além disso, ao final da vigência dos contratos, as instalações e investimentos realizados reverterão ao patrimônio da Ferroeste. Segundo o presidente da Ferroeste, a previsão é de que as obras, como silos e tanques, tenham início já em 2014. As empresas vencedoras da licitação, entre outras providências, devem elaborar os projetos e também providenciar a construção das instalações de transbordo e armazéns de cargas e acessos para suas atividades. O contrato é pelo prazo de 25 anos, prorrogáveis.

Agência Brasil A Polícia Federal (PF) prendeu 24 suspeitos acusados de participar de organização criminosa que tinha como objetivo a lavagem de dinheiro. Segundo a PF, foram apreendidos veículos de luxo e grande quantia de dinheiro em moeda nacional e estrangeira - dólares e euros - que ainda está sendo contabilizada. A Operação Lava Jato foi deflagrada na manhã de ontem (17) em seis estados e no Distrito Federal (DF). De acordo com as informações do Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf), obtidas pela Polícia Federal, os suspeitos movimentaram mais de R$ 10 bilhões. No DF, foram presos três suspeitos, um deles é o dono de um dos maiores postos de combustíveis da área central de Brasília, próximo à Torre de TV, onde também funciona uma lavanderia e uma casa de câmbio. Segundo a PF, o grupo investigado, “além de envolver alguns dos principais personagens do mercado clandestino de câmbio no Brasil”, é responsável pela movimentação financeira e lavagem de ativos de diversas pessoas físicas e jurídicas envolvidas em crimes como o tráfico internacional de drogas, corrupção de agentes públicos, sonegação fiscal, evasão de divisas, extração e contrabando de pedras preciosas e desvio de recursos públicos. A operação foi intitulada Lava Jato porque o grupo usava uma rede de lavanderias e postos de combustíveis para movimentar os valores. Na manhã desta segunda-feira, cerca de 400 policiais federais cumpriram 81 mandados de busca e apreensão, 18 mandados de prisão preventiva, dez mandados de prisão temporária e 19 mandados de condução coercitiva, em 17 cidades. Entre as localidades estão Curitiba, São Paulo, Brasília, Rio de Janeiro e Cuiabá. Os mandados foram expedidos pela Justiça Federal no Paraná. São cumpridas também ordens de sequestro de imóveis, além da apreensão de patrimônio adquirido por meio de práticas criminosas e bloqueio de contas e aplicações bancárias.

Assembleia sugere aos vereadores de Curitiba que não aprovem feriado nos dias de jogos da Copa em Curitiba O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Valdir Rossoni, apresentou nesta segunda-feira (17) um requerimento que será remetido à Câmara Municipal de Curitiba sugerindo que os vereadores não decretem feriado nos dias de jogos da Copa do Mundo em Curitiba. A sugestão foi aprovada por unanimidade pelos deputados estaduais. Rossoni disse que a preocupação do setor produtivo que teme prejuízo no comércio e indústria, caso os feriados sejam aprovados, motivou o pedido. “Os vereadores vão realizar uma audiência pública no dia 24 para debater o tema.

Esse requerimento é a sugestão do Poder Legislativo estadual sobre a possibilidade de ser aprovado feriado durante os jogos da Copa na capital. Além de prejuízo no setor produtivo, a população também será afetada, pois os serviços públicos serão oferecidos em escala de plantão, dificultando a vida de todos”, justificou. Em Curitiba serão realizados quatro jogos no Mundial, sendo que em três deles se cogita a implantação de feriado. Um jogo será realizado no mesmo dia de uma partida da Seleção Brasileira e neste caso será feriado por decisão do governo federal.

Deputado Valdir Rossoni presidente da Assembleia Legislativa


| Terça-feira, 18 de março de 2014 |

3

Paraná cria 25.612 vagas de emprego em fevereiro, recorde para o mês O Paraná criou desde o início do governo Beto Richa 341.933 empregos com carteira assinada O Paraná criou 25.612 empregos formais em fevereiro, um aumento de 0,94% em relação ao mês anterior, segundo dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgado nesta segunda-feira (17) pelo Ministério do Trabalho e Emprego (MTE). O saldo de fevereiro de 2013 representa um recorde para o mês na série histórica do Caged. O desempenho paranaense foi o quinto melhor do país. Para o secretário do Trabalho, Emprego e Economia Solidária, Luiz Cláudio Romanelli, os números confirmam o dinamismo do mercado de trabalho do Paraná. “Tivemos o melhor resultado para o mês de fevereiro desde o início das pesquisas do Caged, em 2003. Em dois meses, geramos mais de 38 mil postos de trabalho, o que demonstra a vitalidade da economia paranaense”, avalia. Ele ressaltou que o Paraná criou desde o início do governo Beto Richa 341.933 empregos com carteira assinada. “No mesmo período Santa Catarina criou 268.982 e o Rio Grande do Sul criou 336.450 novas vagas”, disse ele. No ano passado, o Paraná foi o terceiro maior gerador de ocupações com carteira assinada no país, respondendo por 8,1% das vagas abertas, ficando atrás somente de São Paulo (24%) e Rio de Janeiro (9%). Especificamente no mês de fevereiro de 2013, o Estado ficou atras apenas de São Paulo (77.928 postos ou 0,61%), Santa Catarina (27.891 postos ou 1,40 %), Rio Grande do Sul (26.487 postos ou 1%,) e Rio de Janeiro ( 25.820 postos ou 0,67 %). DOIS PRIMEIROS MESES Segundo dados do Caged na série ajustada, que incorpora as informações declaradas fora do

prazo, nos dois primeiros meses de 2014 houve acréscimo de 38.406 postos de trabalho no Estado (1,42%). Nos últimos 12 meses verificou-se crescimento de 3,68% no nível de emprego, com a geração de 97.784 empregos. Os setores com maior participação na criação de empregos no Paraná em fevereiro foram os Serviços, com a criação de 12.531postos de trabalho; a Indústria de Transformação (5.536 vagas), a Construção Civil (3.437) e o Comércio (3.247 novas vagas). REGIÕES- A Região Metropolitana de Curitiba registrou um aumento de 9.507 empregos formais, aumento de 0,87%, terceiro melhor desempenho entre as regiões metropolitanas pesquisadas, atrás apenas de São Paulo (34.914 postos ou 0,51%,) e Rio de Janeiro ( 21.331postos ou 0,73%). Na capital foram criados 7.712 novas vagas. No interior do Estado foram gerados16.105 novos empregos (0,99%). As cidades com mais de 30 mil habitantes que registraram o maior número de empregos em fevereiro foram: Londrina (1.895), Maringá (1.382), Cascavel (1.081), Ponta Grossa ( 794) e Foz do Iguaçu( 565). BRASIL De acordo com Caged, o emprego formal celetista cresceu 0,64%,em relação ao estoque do mês anterior, indicando que foram gerados 260.283 empregos formais, o segundo melhor saldo para o mês na série histórica. No acumulado do ano foram gerados 302.190 postos de trabalho, equivalente ao crescimento de 0,74% e nos últimos 12 meses, houve a criação de 1.157.709 postos de trabalho, correspondendo a expansão de 2,91% no contingente de empregados celetistas do País.

Polícia Civil fecha laboratório de refino de cocaína em Curitiba Policiais civis do Núcleo Curitiba da Divisão Estadual de Narcóticos (Denarc) fecharam um laboratório de refino de cocaína, no bairro Novo Mundo, em Curitiba. Foram apreendidos 8,4 quilos de cocaína pura; 7,8 quilos de substâncias utilizadas para mistura da droga, entre elas lidocaína; um tubo contendo 300 ml de acetona, utilizado para dissolução da pasta-base; batedeira e liquidificadores usados para misturar o entorpecente. Durante a incineração de parte das 17 toneladas de drogas, nesta segunda-feira (17), o governador Beto Richa elogiou o trabalho da Polícia Civil com o fechamento do laboratório. “Mais uma bela ação da nossa polícia para combater de fato a droga no Paraná”, disse o governador. Na ação, realizada na sexta-feira (14), a polícia encontrou ainda uma prensa, três balanças de precisão, rolos de papel e fitas para embalar da droga, uma pistola 9 milímetros, 89 munições e R$ 15,4 mil em dinheiro. Uma mulher foi presa. O delegado-geral da Polícia Civil do Paraná, Riad Braga Farhat, destacou que essa é uma situação rara. “Na maioria das vezes, a cocaína já vem pronta, boa parte com entrada pelos países que fazem fronteira com o Paraná. Já nesse laboratório, a partir da pasta-base da cocaína, fazia-se o refino da produção da droga”, explicou. A delegada-titular do Núcleo Curitiba da Denarc, Camila Cecconello, explica que os policiais investigavam Eliel Henning por tráfico de drogas. Eles tinham informações de que Henning, que residia na Cidade Industrial de Curitiba (CIC), iria até o laboratório de cocaína, no Novo Mundo, para pegar certa quantidade de drogas para vender a outro traficante. “Fomos até o local e prendemos Natália Alves Rosa, 20 anos”, contou a delegada. No interior da casa, que funcionava apenas como local de armazenagem e manipulação do entorpecente foram localizados 8,4 quilos de cocaína. Parte da droga ainda estava pura, e outra parte sendo manipulada em panelas e pratos. “Foram também localizados cerca de 7,8 quilos de substância em pó, como lidocaína e outras ainda não identificadas, que seriam misturados à cocaína pura, permitindo que a droga triplicasse de volume e fosse vendida a um valor superior a R$ 300 mil”, explicou a delegada. Também foi encontrada uma prensa utilizada para acertar o formato da droga em tijolos, além de balanças para pesagem e material para embalar o entorpecente. A suspeita foi autuada em flagrante por posse de arma de fogo de uso restrito e encaminhada ao Centro de Triagem I. Henning, que já era evadido do sistema prisional pelo crime de tráfico, é procurado. Informações podem ser fornecidas à polícia pelo telefone (41) 3270-1700.

A Região Metropolitana de Curitiba registrou um aumento de 9.507 empregos formais

Estado facilita crédito para academias e profissionais de educação física O governador Beto Richa assinou nesta segunda-feira (17), no Palácio Iguaçu, em Curitiba, um convênio que vai facilitar a profissionais de educação física, personal trainers e academias de musculação e ginástica o acesso às linhas de crédito do Banco do Empreendedor, da Fomento Paraná, para aquisição de equipamentos, reformas e adaptações de estruturas físicas. O documento foi assinado pelo presidente Fomento Paraná, Juraci Barbosa Sobrinho, e o presidente do Conselho Regional de Educação Física do Paraná, Antônio Eduardo Branco. O secretário estadual do Esporte e Turismo, Evandro Roman, também participou solenidade. Atualmente, mais de 12 mil empresas e 23 mil profissionais liberais são associados ao Conselho. Pelo convênio, a entidade vai ajudar a divulgar as linhas de crédito da Fomento Paraná entre profissionais e empresas do setor. O Conselho, as federações e associações associadas poderão se conveniar para fazer as operações de financiamento diretamente. Para isso, as entidades indicarão funcionários, que serão capacitados pela Fomento Paraná para atuar como agente de crédito. As linhas de crédito disponibilizadas pela Fomento Paraná têm taxas de juros reduzidas, entre as mais baixas do País, para financiar investimentos produtivos — entre 0,51% e 1,07% ao mês. As taxas são menores para empreendedores que participam

de algum curso de capacitação gerencial. “Queremos oferecer ao setor, principalmente aos pequenos empreendedores, a oportunidade de ampliar negócios com financiamento a juros acessíveis”, disse Beto Richa. Ele lembrou que o trabalho dos profissionais de educação física e das academias ajudam a incentivar um estilo saudável e a estimular a prática esportiva. “Acredito no poder transformador do esporte, que afasta os jovens das drogas e contribui para o desenvolvimento físico e mental”, disse o governador. Juraci Barbosa Sobrinho, presidente da Fomento Paraná, disse que o crédito barato para profissionais de educação física trará reflexos sociais com a melhoria da qualidade de vida da população. “Mais uma ação do governo estadual para melhorar a saúde com um estilo de vida mais saudável. É o governo também incentivando o empreendedorismo no Paraná”, afirmou ele. “Nós disponibilizamos a linha de crédito e precisamos do Conselho para divulgar esse trabalho”, disse. Barbosa Sobrinho explicou que o valor que o profissional poderá acessar pode variar de R$ 300 a R$ 3 milhões, de acordo com a qualidade do projeto, cadastro e da qualificação em gestão. Em três anos e meio, a Fomento disponibilizou R$ 133 milhões para empreendedores do comércio, indústria e serviços. MAIS BAIXOS As linhas de crédito disponi-

bilizadas pela Fomento Paraná têm taxas de juros reduzidas, entre as mais baixas do País, para financiar investimentos produtivos — entre 0,51% e 1,07% ao mês. As taxas são menores para empreendedores que participam de algum curso de capacitação gerencial. Os financiamentos atendem desde o micro empreendedor informal ou individual, por meio do crédito solidário, passando por micro e pequenas empresas, e também empresas de médio porte, que faturam entre R$ 3,6 milhões e R$ 90 milhões ao ano. O governador lembrou que o Paraná é considerado o melhor estado para a instalação e a operação de micro e pequenas empresas. BEM APROVEITADO Para o presidente do Conselho de Educação Física do Paraná, Antônio Branco, o acesso ao crédito será muito bem aproveitado pelos profissionais, principalmente, os recém-formados. “É a oportunidade dos jovens de empreender, abrir seu próprio negócio. O trabalho do Conselho vai muito além de fiscalizar o exercício da profissão. Consiste em oferecer benefícios aos associados, e a oferta de crédito a baixo custo é muito atrativa”, afirmou Branco. Por meio das linhas de financiamento da Fomento Paraná, os empreendedores poderão adquirir equipamentos para orientação esportiva, fazer reformas nas academias, adequar as instalações às normativas e regulamentos que os estabelecimentos devem

cumprir. “O setor tem crescido consistentemente e o acesso ao crédito é importante para que os empreendedores possam se estruturar”, completa o presidente do conselho. AVALIAÇÃO O secretário do Esporte e do Turismo, Evandro Roman, que também é professor de educação física, comemorou a nova conquista da classe e comentou sobre o papel do governo estadual no crescimento da profissão. “O Governo do Paraná possibilita mais esta conquista ao profissional de educação física, que hoje é indispensável para o bem estar da família paranaense. Isto é a valorização do esporte”, afirma o secretário. O representante dos profissionais de educação física e donos de academias, Rafael Strugali, disse que o crescimento do setor sofre com os créditos caros. “Esse dinheiro barato é a oportunidade de crescer e melhorar os serviços oferecidos pelas academias no Paraná, promover a qualidade de vida e gerar empregos”, avaliou. O professor Paul Julius Stanganelli, que participou da elaboração do projeto, reforçou a importância da iniciativa. “É uma condição que propicia a transformação de um profissional de educação física em um empreendedor e gerador de novos empregos”, afirmou ele. Participaram do evento o vereador de Curitiba Mestre Pop, o representante do Ministério do Esporte Ricardo Gomide e profissionais de educação física.

Emenda do deputado fedral Leopoldo Meyer garante infraestrutura em conjuntos habitacionais de seis municípios Na manhã de segunda-feira (17), o deputado federal Leopoldo Meyer esteve reunido com o presidente da Companhia de Habitação do Paraná (COHAPAR), Mounir Chaowiche e prefeitos das cidades contempladas, para a assinatura dos convênios dos projetos para obras de infraestrutura em torno de programas habitacionais no estado. As obras serão realizadas com recursos garantidos por emenda parlamentar de autoria do deputado Leopoldo Meyer. Dentro do pacote, estão obras de pavimentação, meio-fio, calçadas e drenagem, em conjuntos habitacionais executados pela Cohapar. Os municípios contemplados foram Ibaiti, Arapoti, Barra do Jacaré, Piên, Campo do Tenente e Jataizinho. Para Chaowiche, a participação ativa do legislativo como no caso da emenda do deputado Leopoldo Meyer é de suma importância para o desenvolvimento dos programas habitacionais do governo do Estado. “Estamos cumprindo com o

nosso papel de atender às famílias que necessitam do suporte do poder público. Isso é resultado de um esforço conjunto em prol da população”, finalizou Leopol-

do Meyer. Estiveram presentes os prefeitos Gilberto Dranka (Piên), Jorge Luiz Quege (Campo do Tenente), Beto Regazzo (Ibaiti),

Braz (Arapoti), Edimar de Freitas Alboneti (Barra do jacaré), Élio Batista da Silva (Jataizinho) e o deputado estadual Francisco Buhrer.

Os municípios de Ibaiti, Arapoti, Barra do Jacaré, Piên, Campo do Tenente e Jataizinho que contam com projetos habitacionais da COHAPAR foram contemplados pela emenda do deputado Leopoldo Meyer


4

| Terça-feira, 18 de março de 2014 |

Passeio ciclístico movimenta a cidade de São José dos Pinhais

Evento alusivo aos 324 anos do município reuniu mais mil participantes

Mais de mil ciclistas, entre profissionais, amadores e crianças, participaram neste domingo (16) do Passeio Ciclístico de São José dos Pinhais – 324 anos – em programação festiva que marca o início das comemorações do aniversário de São José dos Pinhais, cuja semana festiva segue até o próximo domingo (23). Promovido pela Prefeitura de São José dos Pinhais, através da Secretaria Municipal de Esporte e Lazer (SEMEL), o Passeio Ciclístico foi o maior evento esportivo em número de participantes de todas as idades neste começo de ano.

O evento A concentração e saída aconteceram na frente do Condor Super Center, às 10h da manhã, na Rua Joinville, bairro Braga, e percorreu as principais ruas centrais da cidade. A linha de chegada foi o Ginásio Ney Braga, onde os participantes foram recepcionados pelos membros da Secretaria de Esporte e Lazer e espectadores. Ao final do Passeio Ciclístico teve um sorteio de brindes oferecidos pelas empresas parceiras do evento, Condor Super Center e Bike Shop.

Para o secretário de Esporte e Lazer, Thiago Bührer, este foi o maior evento externo da Secretaria de Esporte e Lazer realizado neste ano. “Foi um passeio ciclístico que contou com a participação de gente de todas as idades e uma grande festa que reuniu centenas de famílias. Por isso, quero agradecer, em nome do prefeito Setim, a participação de todos que ajudaram na realização e sucesso de mais este passeio ciclístico de São José dos Pinhais”, disse o secretário.

Definidas regras e horários para os Jogos Escolares 2014

“Nosso objetivo é fazer com que a administração municipal esteja presente na comunidade”, disse o secretário Imar Augusto

Secretaria de Assistência Social apresenta Plano de Ação de 2014 Na última semana, a Secretaria de Assistência Social reuniu coordenadores das unidades descentralizadas e servidores internos, em um evento na central de treinamentos da Prefeitura Municipal, para a apresentação do Plano de Ação da Secretaria para o ano de 2014. Falando aos presentes, o

secretário de Assistência Social, Imar Augusto, destacou algumas das realizações da equipe no ano que passou. Em 2013 as ações desenvolvidas pela secretaria de Assistência Social atenderam diversos segmentos. O número elevado de atendimentos a crianças no Serviço de Convivência, Fortalecimento e Vínculos,

os programas de oferta de cursos profissionalizantes e as atividades recreativas promovidas aos idosos, foram algumas destas atividades. Já sobre o ano de 2014 o secretário destacou o aumento programado no número de vagas oferecidas para o programa da Guarda Mirim. Neste ano a Secre-

taria pretende abrir mais 500 vagas através de testes seletivos. “O nosso objetivo é fazer com que a administração municipal esteja presente na comunidade, com as suas unidades e colaboradores, oportunizando aos cidadãos os benefícios que lhes são de direito”, disse o secretário Imar Augusto.

Um Congresso Técnico que reuniu professores de Educação Física, treinadores e representantes de 32 estabelecimentos de ensino de São José dos Pinhais, foi realizado nesta sexta-feira (14), na sala de reuniões do Ginásio Poliesportivo Max Rosenmann, no bairro Afonso Pena. O encontro definiu as regras, horários, transporte, datas e locais para a realização dos Jogos Escolares do Paraná – Fase Municipal – com início previsto para o dia 21 de março (sexta-feira), às 14 horas, no Ginásio Ney Braga, em São José dos Pinhais. Segundo o secretário municipal de Esporte e Lazer de São José dos Pinhais, Thiago Bührer, o objetivo principal do Congresso Técnico foi discutir a questão da organização das competições e sorteio das chaves para as equipes dos colégios participantes. “Nossa intenção é realizar o melhor evento dos Jogos Escolares nesta fase municipal de 2014 e, para isso, estamos contando com a dedicação e o profissionalismo de cada um dos integrantes que participaram deste encontro”, disse o secretário. Os Jogos Escolares do Paraná 2014 – Fase Municipal - vai reunir atletas de 32 estabelecimentos de ensino, entre públicos e particulares, de São José dos Pinhais, com participação em diversas modalidades esportivas. A abertura oficial do evento acontece no próximo dia 21 de março, às 14 horas, no Ginásio Ney Braga.


5

| Terça-feira, 18 de março 2014 |

Amar é passar a vida inteira dedicando-se à pessoa amada. Dia 19: Mín. 10º e Máx. 21º Dia 20: Mín. 13º e Máx. 23º Dia 21: Mín. 14º e Máx. 24º

TOME NOTA / TOME NOTA / TOME NOTA TOME NOTA PROGRAMAÇÃO DE CINEMA DO SHOPPING SÃO JOSÉ

Torta de Frango no Liquidificador

1) Em qual dessas produções, o ator Alexandre Borges interpretou o personagem Alberto? a) “As Filhas da Mãe” b) “Belíssima” c) “Ti-Ti-Ti” d) “O Rei do Gado” 2) Como se chamavam os personagens interpretados por Reynaldo Gianecchini e Priscila Fantin na novela “Esperança”? a) Toni e Giuliana b) Mateo e Giuliana c) Toni e Maria d) Toni e Camile

4) A atriz Maria Maya esteve na novela “Senhora do Destino”, interpretando Regina. E na minissérie “A Muralha”, como se chamava a personagem vivida pela atriz? a) Antônia b) Margarida c) Moatira d) Beatriz 5) Qual era o personagem interpretado por Felipe Folgosi na novela “Começar de Novo”, a qual foi exibida pela Globo? a) Pedro b) Abel c) Rico

Como posso cuidar dos dentes dos meus filhos na idade entre um e três anos? Ensinar bons hábitos de higiene bucal para seus filhos é uma das melhores lições de saúde que você pode ensinar a eles. Isto significa ajudá-los a escovar os dentes no mínimo três vezes ao dia, mostrar a maneira certa de usar o fio dental , incentivá-los a comer pouco entre as refeições e sempre ir ao dentista. A maioria dos dentistas recomenda que as crianças devam começar a ir ao dentista com dois anos de idade. Isto dá ao profissional a oportunidade de acompanhar o crescimento e o desenvolvimento dos dentes do seu filho e, além disso, você pode aprender vários tópicos, como os dentes se desenvolvem, a importância do flúor, como ajudar seu filho a cuidar bem dos dentes, como lidar com o uso da chupeta, sobre a alimentação e como prevenir ferimentos na boca. Nunca deixe de dizer que é bom ir ao dentista. Explique a seu filho que uma consulta com o profissional ajuda manter a boa higiene bucal. Ao transmitir uma atitude positiva, você estimulará o seu filho a ir ao dentista regularmente. O que devo fazer quando os dentes do meu filho começarem a nascer? Os dentes começam a nascer quando o bebê tem seis meses de idade e continuam a erupcionar até o terceiro ano de idade. Isto faz com que muitas crianças tenham gengivas mais sensíveis e irritáveis nesta época. Pode-se massagear a gengiva usando o dedo, uma colher fria ou um mordedor que foi colocado na geladeira. Também há a possibilidade do uso de gel e medicamentos contra a dor no período em que os dentes estão aparecendo. Fale com seu dentista ou pediatra sobre estes medicamentos. Se seu filho estiver com febre durante o aparecimento da dentição, o melhor é avisar seu médico para garantir que a febre não esteja relacionada com outro problema.

PALAVRAS CRUZADAS DIRETAS Governo em que o poder pertence às classes ricas Células sangüíneas reponsáveis pela defesa orgânica Loja que vende vinho a varejo

Ruído confuso de muitas vozes

A última grande área a ser incorporada ao território brasileiro Figuras geométricas

Herege que negava a divindade de Jesus

Praça central da aldeia indígena

Muito frio Unidades de prédios comerciais

Ferramenta de mineiros

(?) e qual: exatamente o mesmo El. comp.: Remédios da fitocauda terapia Grupo inglês de rock

Doença comum em alcoólatras

49

Grupo que se opunha a Trótski (Polít.)

A casca do coco seco, por sua textura

Praga; maldição O maior satélite de Saturno

Ampère (símbolo) O Coringa eo Charada, nos filmes do Batman

A13388

3) A novela é “Seus Olhos”, que foi exibida pelo SBT. Como se chamava a personagem interpretada pela atriz Françoise Fourton? a) Elaine b) Marina c) Renata d) Consuelo

Como cuidar dos dentes de crianças pequenas?

© Coquetel/Ediouro Publicações 2005

que durou 15 dias. “Sentia falta da rotina do Face e voltei”, diz. Ao analisar suas postagens antigas, porém, criou coragem para colocar um fim definitivo à sua página, em agosto passado. “O Facebook alimenta o ego. Comecei a depender de as pessoas curtirem minha foto para me sentir feliz. Às vezes fazia algo parecer maior do que era para me mostrar. Quando me dei conta disso, fiquei envergonhado”, diz. Há um mês fora da rede social, a estudante de geografia Lydia Minhoto Cintra, de 27 anos, estava em busca de mais produtividade. “Algo que me incomodava muito eram as discussões das quais participamos sem querer e que muitas vezes não levam a nada”, diz. Acostumar-se a ficar fora da rede não é tarefa fácil, segundo ela. “A vida sem Facebook existe. Está sendo um processo me desligar, mas até agora só vi pontos positivos”, diz. “A diferença é que não sei um monte de coisas sobre a vida das outras pessoas. Mas percebi que isso não é relevante. Quem de fato é importante vai estar próximo de mim de qualquer maneira”, diz

(Respostas: 1-b / 2-c /3-a /4-c /5-c)

ve como um ex-viciado na rede social. “Eu ficava no Facebook até 4 horas, sendo que acordava para trabalhar às 6 horas. Entrava até durante reuniões de trabalho. Hoje vejo que A decisão de abandonar a rede social veio em meados do ano passado, após desentendimentos com amigos por causa do seu posicionamento político. “Postava tudo que passava pela minha cabeça. Viciado é isso mesmo. Você lê e posta coisas o tempo todo”, explica. “Meus amigos começaram a me xingar, minha família tentou me defender e, para evitar confusão, cancelei”, diz ele, que substituiu o Facebook pelo WhatsApp. “Ontem fiquei online até 3h30”, confessa. Produtividade Para o assistente de fotografia Rafael Carvalho de Egídio, de 28, a decisão demandou meses de reflexão. O incômodo surgiu ao perceber o impacto da sua exposição na rede. “Postava muita coisa, aí algum amigo não aparecia em uma foto e vinha me cobrar”, diz. O fim de um relacionamento e a busca por mais produtividade o levaram a uma primeira tentativa frustrada de sair da rede social,

Raça de gatos de olhos azuis Avião

Musical dos anos 60 (EUA) Produto cuja maior feira realiza-se em Frankfurt

O menor tamanho em roupas de adultos

Rumava

Legado cultural de âmbito universal País do norte da África que participou da criação da União do Magreb Árabe

(?) chi chuan, ginástica chinesa

Ouvido, em inglês Navio do século XVI

Genitor Situação banalizada Esposa de pela Mídia marajá O apogeu “(?) dos Neste Apóstolos”, livro momento bíblico

Autores (abrev.) Ritual de purificação por meio da água Dueto Doença que ataca o gado

506, em romanos

Um dos profissionais premiados anualmente na entrega do Oscar

BANCO

Solução

C O S R A T AL A S N T A E S P T E A R I A

Já virou assunto com data marcada. O evento no Facebook agendado para o dia 9 de março convidava usuários a migrarem coletivamente para a Diaspora, uma rede social descentralizada criada por ativistas e que promete maior privacidade. Dos mais de 13 mil convidados, cerca de 600 confirmaram presença. Essa não foi a primeira e nem será a última vez em que a promessa de abandonar o Facebook é sacramentada pela internet. Com mais de 1 bilhão de usuários, a maior rede social do planeta se transformou na plataforma que todos adoram odiar. Nesse contexto, sair do Facebook se tornou quase um ato heroico. Como diria a escritora australiana Germaine Greer “na era da informação, invisibilidade é equivalente à morte.” Não por acaso, para quem já se arriscou a sair da rede a pergunta frequente é: existe vida após o Facebook? “O Facebook não faz nenhum tipo de falta”, afirma o engenheiro de telecomunicação Ricardo Barbalho Pampulha, de 27 anos, que se descre-

A O R S A

Leia como é a vida após o Facebook

TO

A - Esta sessão será exibida SOMENTE Sábado (08/03). B - Esta sessão será exibida SOMENTE Sábado (08/03) e Domingo (09/03). CM - Sessão CineMaterna CC - Sessão Cine Cult SR - Sessão Replay

P C I T O C A N A E R V S E T I I A M R P A R E E N C A A L U Ç A F T O

Legendas

Ingredientes: Massa 2 copos de leite 2 copos de farinha de trigo 1 copo de óleo de soja Sadia 100 gr de queijo ralado 1 colher (sopa) de fermento químico em pó 2 unidades de ovo 1 caixinha de creme de leite Recheio 1 unidade de peito de frango desossado Sadia desfiado Cobertura 1 caixinha de requeijão culinário 1 caixinha de creme de leite quanto baste de glutamato monossódico Modo de Preparo: Massa Bata tudo no liquidificador e acrescente metade em uma forma untada e polvilhada. Recheio Arrume o peito de frango desfiado em cima da primeira camada de massa. Cobertura Derreta o queijo, depois misture ao creme de leite e tempere com Ajino-moto. Arrume em cima do frango desfiado e depois acrescente a ultima camada de massa. Leve ao forno até dourar.

B A U C O R R B E R U R R O I C A N S H A I O E S R I O L A N I A B D V I R E A

Rua Izabel Redentora, Nº 1434 Loja 206 São José dos Pinhais PR Fone: (41) 3081-9049 "A Cinemark reserva o direito de alterar a programação sem prévio aviso". "Estréias de filmes ou conteúdos alternativos podem ter preços diferenciados. Favor consultar os valores em nossos cinemas" 300: A Ascensão do Império (dublado) - 16 Anos 13h20 - 16h00 - 18h30 - 20h50 - 23h10A 17h05 - 19h20 300: A Ascensão do Império 3D 3D (dublado) - 16 Anos 21h50 300: A Ascensão do Império 3D 3D - 16 Anos As Aventuras de Peabody e Sherman (dublado) - Livre 11h40B - 13h40 - 15h40 - 17h40 - 19h40 13h00 - 15h00 As Aventuras de Peabody e Sherman 3D 3D (dublado) - Livre 21h40 O Lobo de Wall Street - 18 Anos B Robocop (dublado) - 14 Anos 11h20 - 13h50 - 16h30 - 19h00 - 21h30 - 00h00A Sem Escalas (dublado) - 14 Anos 16h20 - 18h40 - 21h10 - 23h30A Uma Aventura LEGO (dublado) - Livre 11h50B - 14h00

P L E U T A O R C I T R O A C V I L P A I V M A R D U O G F E B

Shopping Sao Jose

3/ear. 4/ário — hair. 6/tróica. 7/ablução. 8/cortante. 11/plutocracia.

Programação de Bolso 07/03 a 12/03


6

| Terça-feira, 18 de março de 2014 |

EDITAL DE CONVOCAÇÃO ASSEMBLÉIA GERAL EXTRA ORDINÁRIA O Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Piraquara, vem pelo presente edital, nos termos legais e estatutários, convocar os SERVIDORES, para a ASSEMBLÉIA GERAL EXTRA ORDINÁRIA a ser realizada no dia 22/03/2014 (VINTE E DOIS DE MARÇO) local, Câmara Municipal de Piraquara, Avenida Getulio Vargas, nº 1511, Centro, Piraquara/PR, em primeira convocação às 09:00h Manhã (nove horas). Não sendo obtido o quorum na primeira convocação, a assembléia será iniciada em segunda convocação, 1/ 2 (meia) hora após, com qualquer número de SERVIDORES presentes. A deliberação será sobre a seguinte ordem do dia: 1º) DATABASE 2014. 2º) OUTROS ASSUNTOS DE INTERESSE DA CATEGORIA PIRAQUARA, 17 DE MARÇO DE 2014. WALDECIR DECKER PRESIDENTE

ABANDONO DE EMPREGO. JEAN DIAS, portador da CTPS nº 9247339, série nº 0030, Função: Aprendiz de serviços gerais agrícola. Em virtude de sua ausência ao trabalho desde 03/03/2014 e sua desocupação do imóvel ocupado na sede do trabalho em 07/03/2014, solicito o seu comparecimento na sede do estabelecimento empregador, em horário comercial, no prazo de 15 (quinze) dias corridos, a contar desta publicação, sob pena de ser considerado abandono de emprego, conforme disposto no Artigo 482, Letra I, da CLT. Empregador: CIRO BERTOLINI, produtor rural, com registro CEI sob nº 700011098589, com sede em São José dos Pinhais, sito a Rua Valdomiro Valaski nº 1971, Bairro Guatupe.

ABANDONO DE EMPREGO. SUELI OKSZENSKI DIAS, portadora da CTPS nº 71058, série nº 00055, Função: Aux. de serviços gerais agrícola. Em virtude de sua ausência ao trabalho desde 03/03/2014 e sua desocupação do imóvel ocupado na sede do trabalho em 07/03/2014, solicito o seu comparecimento na sede do estabelecimento empregador, em horário comercial, no prazo de 15 (quinze) dias corridos, a contar desta publicação, sob pena de ser considerado abandono de emprego, conforme disposto no Artigo 482, Letra I, da CLT. Empregador: CIRO BERTOLINI, produtor rural, com registro CEI sob nº 700011098589, com sede em São José dos Pinhais, sito a Rua Valdomiro Valaski nº 1971, Bairro Guatupe.

ABANDONO DE EMPREGO. GIOVANA DIAS, portadora da CTPS nº 4326720, série nº 0040, Função: Aux. de serviços gerais agrícola. Em virtude de sua ausência ao trabalho desde 03/03/2014 e sua desocupação do imóvel ocupado na sede do trabalho em 07/03/2014, solicito o seu comparecimento na sede do estabelecimento empregador, em horário comercial, no prazo de 15 (quinze) dias corridos, a contar desta publicação, sob pena de ser considerado abandono de emprego, conforme disposto no Artigo 482, Letra I, da CLT. Empregador: CIRO BERTOLINI, produtor rural, com registro CEI sob nº 700011098589, com sede em São José dos Pinhais, sito a Rua Valdomiro Valaski nº 1971, Bairro Guatupe.

EDITAL DE CITAÇÃO DO CONFRONTANTE AGENIR BRAZ, BEM COMO SUAESPOSA, SE CASADO FOR E EVENTUAIS HERDEIROS OU SUCESSORES, SE FALECIDO FOR, COM O PRAZO DE TRINTA (30) DIAS. Edital de citação do confrontante AGENIR BRAZ, bem como sua esposa, se casado for e eventuais herdeiros ou sucessores, se falecido for, para que no prazo de quinze dias, querendo, conteste a ação de USUCAPIÃO, em tramite nesta vara perante o sistema PROJUDI sob n.º 0000890-56.2013.8.16.0035, promovida por ORTILIO FERREIRA DA SILVA e sua esposa JANDIRA ALVES DA SILVA, em trâmite perante o Juízo e Cartório da 2ª Vara Cível da Comarca da Região Metropolitana de Curitiba - Foro Regional de São José dos Pinhais - PR., que tem por objeto o reconhecimento do domínio sobre uma área rural, situada na localidade denominada Matulão, no Município de Tijucas do Sul - PR., medindo 12.933,60m2, a qual confronta com lotes de propriedade de: Agenir Braz, Sebastião Gomes, José Benedito Borges e rua municipal. Os Cartórios de Registros Imobiliários desta cidade (1.ª e 2.ª Circunscrições) forneceram certidões dizendo não ser possível saber se a área usucapienda está ou não, transcrita em nome de alguém. O prazo de quinze (15) dias para contestação, através de advogado, fluirá da data da primeira publicação do presente edital. ADVERTÊNCIA: Presumem-se aceitos como verdadeiros os fatos alegados, se não contestados no prazo de lei (arts. 285 e 319 do CPC). E, para que chegue ao conhecimento do confrontante acima nominado e não possa alegar ignorância, foi expedido o presente edital a ser afixado no lugar de costume do juízo e publicado pela imprensa, na forma da lei. São José dos Pinhais, aos cinco (05) dias do mês de março (03) do ano dois mil e quatorze (2014). Eu_______________ (Ivete Marly Hahn - Auxiliar de Justiça Juramentada), que o digitei e subscrevi. ELIANA SILVEIRA DA ROSA Escrivã Assinatura Autorizada pela Portaria 01/2011

-

EDITAL DE INTIMAÇÃO PODER JUDICIÁRIO COMARCA DA REGIÃO METROPOLITANA DE CURITIBA FORO REGIONAL DE SÃO JOSÉ DOS PINHAIS – SECRETARIA DA FAZENDA PÚBLICA DE SÃO JOSÉ DOS PINHAIS-PARANÁ: Rua Mendes Leitão, 2835 - Sobreloja - Centro - São José dos Pinhais/PR - CEP: 83.005-150 – Escrivã EDITAL DE INTIMAÇÃO PARA CONHECIMENTO DE TERCEIROS e EVENTUAIS INTERESSADOS COM PRAZO DE 10 (DEZ) DIAS (art. 34 da Lei de Desapropriação) EDITAL DE INTIMAÇÃO PARA CONHECIMENTO DE TERCEIROS e EVENTUAIS INTERESSADOS. O Dr. Juan Daniel Pereira Sobreiro, Juiz de Direito da Secretaria da Fazenda Pública de São José dos Pinhais – Paraná, na forma da lei, etc... FAZ SABER aos que o presente edital, virem ou dele tiverem conhecimento que, perante este Juízo desta Secretaria da Fazenda Pública de São José dos Pinhais– Paraná, respectiva, tramitam os autos de DESAPROPRIAÇÃO sob o n.º 0001345-18.2013.8.16.0036, em que figura como Requerente MUNICÍPIO DE SÃO JOSÉ DOS PINHAIS e Requerido PAULO SERGIO ANDRIGUETTO, sendo que o presente edital, de acordo com o Art. 34, do Decreto-Lei 3.365/41, tem por objetivo levar ao conhecimento de terceiros e interessados para eventual manifestação no prazo de 10 (dez) dias, referente a ação supra mencionada, conforme consta na petição inicial apresentada pela parte autora a seguir em parte transcrita: “O Requerido é proprietário do lote de terreno urbano, n° 02, quadra 27, Planta Villa Rocco III, situada num lugar denominado Campo da Vila, o qual é objeto da presente desapropriação, registrado sob o nº 18.857, no 1º Ofício do Registro de Imóveis. Por meio do Decreto expropriatório nº 746, de 05 de outubro de 2011, publicado no Jornal Correio Paranaense nº 2580, de 07/10/2011, no seu artigo 1º, II, foi declarado de utilidade pública para fins de desapropriação, o referido lote, que segundo as seguintes descrições: Descrição da Área a ser Desapropriada: “Lote de terreno urbano de formato irregular, situado no lado ímpar da Rua Araucária, na esquina formada com a Rua Rolândia, com a seguinte descrição: frente para a Rua Araucária distante 19,30 metros da esquina formada com a Rua Rolândia, com a seguinte descrição: frente para a Rua Araucária medindo 12,00 metros; pela lateral direita de quem da referida rua observa o imóvel, faz divisa com a área do Projeto Parque Linear do Rio Ressaca, medindo 71,00 metros; pela lateral esquerda faz divisa com o Lote 3 da Quadra 27 da Planta Vila Rocco III e com a área do Projeto Parque Linear do Rio Ressaca, medindo 82,00 metros e na linha de fundos confronta pelo Antigo Traçado do Rio Ressaca (córrego da Pedreira) com a Quadra 13 do Jardim Cruzeiro onde mede 17,00 metros, fechando o perímetro da presente descrição, perfazendo uma área de 918,00m²”. .A área a ser desapropriada constitui-se pela totalidade do lote, conforme acima descrito, não havendo sobre o mesmo qualquer edificação ou benfeitoria. Segundo o Laudo de Avaliação nº 182/2011 da Comissão Permanente de Avaliação de Imóveis deste Município, o valor atribuído ao lote objeto da desapropriação é de R$ 73.827,90 (setenta e três mil oitocentos e vinte e sete reais e noventa centavos). Este valor o expropriante oferece pela parte do imóvel a ser expropriado. O MM. Juiz deferiu a liminar para imissão da posse pela Requerente nos seguintes termos: “... Acaso o expropriante promova odepósito de eventual diferença ou inexistindo divergência entre a avaliação unilateral do requerente e do avaliador judicial, em virtude da urgência declarada no decreto expropriatório, defere-se, liminarmente, a imissão provisória na posse do bem imóvel, sem a oitiva dos requeridos. Expeça-se, oportunamente, o competente mandado, sem olvidar de providenciar o registro junto ao Ofício de Registro de Imóveis competente (§ 4º do artigo 15 do Decreto – Lei n. 3.365/1941).....”. Citado, o Requerido contestou o feito divergindo do valor proposto, de forma que o MM. Juiz determinou a realização de perícia, esta a ser realizada dia 19/02/2014 às 10:15h no local do imóvel. Diante do valor depositado, o Requerido requereu o levantamento dos valores, sendo deferido pelo MM. Juiz o levantamento de 80%(oitenta por cento), determinando a intimação de terceiros eventuais interessados e a juntada de certidões fiscais pelo Expropriado.Para que chegue ao conhecimento de todos e no futuro não possam alegar ignorância, passei o presente edital que será afixado em lugar de costume e publicado na forma da lei. Dado e passado, nesta cidade de São José dos Pinhais, Estado do Paraná, ao 12 de Fevereiro de 2014. Eu,(a)_– Escrevente Juramentado, o digitei e subscrevi. Escrevente Juramentado Subscrição autorizada pela Portaria 01/2009.

PRECISA-SE DE RECEPCIONISTA PARA ESCRITÓRIO DE ADVOCACIA Entrar em contato com Giovani Fone: (41) 9927-9214


| Terça-feira, 18 de março de 2014 |

7

Estado do Parana. Poder Judiciário. Comarca da Região metropolitana de Curitiba – Foro Central 26° Vara Civel. Rua Lysimaco Ferreira da Costa, n° 355, 3/ andar, Centro Cívico – CEP 80530-100. Telefone: 3352-4095. EDITAL DE CITAÇÃO Edital nº. 06/2014 - prazo de 30 (trinta) dias A Dra. CRISTINE LOPES - Juíza de Direito Substituta da 26ª Vara Cível da Comarca de Curitiba - Paraná: FAZ SABER: a todos que o presente edital virem ou dele tiverem conhecimento que, perante este Juízo, tramitam os autos de EXECUÇÃO DE TÍTULO EXTRAJUDICIAL sob o n.º 0002952-25.2013.8.16.0179 em que figura como exeqüente BANCO BRADESCO S/A e executado ONDRIONY GUILHERME DE ANDRADE MARTINS. OBJETO: Instrumento Particular de Confissão de Dívidas e outras Avenças Instrumento Cédula de Crédito Bancário - nº contábil 444/6813153. O presente edital, com prazo de trinta (30) dias, que será publicado na forma da lei e afixado em lugar de costume na sede deste Juízo, localizado no endereço supra mencionado, tem a finalidade de proceder à CITAÇÃO do réu ONDRIONY GUILHERME DE ANDRADE MARTINS, para em 03 (três) dias pagar a importância de R$ 15.884,16 (quinze mil oitocentos e oitenta e quatro reais e dezesseis centavos), devendo ser acrescida de correção monetária e juros moratórios desde 30 de agosto de 2013 até a data do efetivo pagamento, multa contratual e de mora, custas processuais e honorários advocatícios de 20% sobre o valor da Execução, nos termos do artigo 652-A do Código de Processo Civil, sob pena de serem penhorados tantos bens quantos bastem para à satisfação do mesmo, ficando desde já intimado para ulteriores atos do processo, bem como para querendo, oferecer Embargos à presente Execução, no prazo de 15 (quinze) dias contados da data da juntada do mandado de citação aos autos, nos termos do artigo 738 do Código de Processo Civil, ou ainda, caso não seja encontrado, sejam-lhe arrestados, de igual forma, tantos bens quantos bastem para garantir a Execução, prosseguindo-se na mesma até final pagamento do principal e acessórios, como de direito;, conforme despacho abaixo transcrito, a saber: DESPACHO MOVIMENTO 10 DO PROCESSO: “I - Cite-se o devedor para no prazo de três dias, efetuar o pagamento do débito, sob pena de serem penhorados bens para o adimplemento da divida, nos termos da atual redação do artigo 652 do Código de Processo Civil. Na mesma oportunidade, proceda-se a intimação dele para, querendo, oferecer embargos no prazo de quinze dias, contados da data da juntada aos autos da primeira via do mandado de citação, conforme o artigo 738 do referido diploma legal. II - Arbitro os honorários advocatícios em 20% (vinte por cento) sobre o valor executado e, para a hipótese de pronto pagamento, 10% (dez por cento) sobre a quantia devida, de acordo com o artigo 652-A, parágrafo único, do Código de Processo Civil. III - Para a citação, expeça-se o respectivo mandado em duas vias. IV - Concedo os benefícios do artigo 172, §2º, do Código de Processo Civil. Intimem se Curitiba, 10 de setembro de 2013. Rodrigo Otávio Rodrigues Gomes do Amaral - Juiz de Direito” Ressalta-se que foram deferidos os benefícios dos artigos 172, 2º, do CPC. DESPACHO DO MOVIMENTO 98: “I - Defiro o pedido 95 do processo.II - Publique-se edital com prazo de vigência de 30 (trinta) dias, observando os demais requisitos do artigo 232 do Código de Processo Civil. III - Diligências necessárias. Intimem-se. Curitiba, 10 de fevereiro de 2014. Rodrigo Otávio Rodrigues Gomes do Amaral Juiz de Direito.” E para que ninguém no futuro possa alegar ignorância, passou-se o presente edital, que será publicado e afixado na forma da lei. DADO E PASSADO nesta Cidade de Curitiba - Paraná, aos 05 dias do mês de março de 2014. Eu,(a) Ana Carolina Stadler Burak - Diretora de Secretaria, autorizada pela Portaria nº 01/13, o digitei. (a) CRISTINE LOPES Juíza de Direito Substituta.

EDITAL DE CITAÇÃO DE “TERCEIROS INTERESSADOS, AUSENTES,INCERTOS E DESCONHECIDOS, TITULARES DO DOMÍNIO”, COM O PRAZO DE 30 (trinta) DIAS.Processo: 0017911-50.2013.8.16.0001-Classe Processual: Usucapião.Assunto Principal: Usucapião Extraordinária - Valor da Causa: R$5.000,00.Autor(s): Celso Duarte.Réu(s): Adelaide Antunes Gomes. A DOUTORA JÚLIA BARRETO CAMPÊLO - JUÍZA DE DIREITO SUBSTITUTA DA VIGÉSIMA PRIMEIRA VARA CÍVEL DO FORO CENTRAL DA COMARCA DA REGIÃO METROPOLITANA DE CURITIBA – PARANÁ. F A Z S A B E R, que por este edital com o prazo de 30 (trinta) dias, ficam CITADOS os TERCEIROS INTERESSADOS, AUSENTES E DESCONHECIDOS, TITULARES DO DOMÍNIO, para querendo, contestarem a presente ação, no prazo legal de 15 (quinze) dias, sob pena de não o fazendo importar na presunção de que admitiram como verdadeiros os fatos alegados pelo autor (art. 285 do CPC), nestes autos acima indicados, no qual o requerente alega que adquiriu o imóvel em agosto de 2010 de Oswaldo Amaro Gomes e sua esposa Adelaide Antunes Gomes, qual já mantinha posse mansa e pacífica desde 1978, que construiu sua casa para moradia, residindo no imóvel até a presente data, que nunca ninguém afrontou sua posse, que reside no imóvel há mais de 02 anos, somando-se à posse de seu antecessor, tem uma posse de 34 anos, sem afronta ou discussão, referente ao imóvel usucapiendo: “LOTE 09 Oriundo de subdivisão de imóvel rural, Bairro Caximba, nessa Capital, medindo 10,30 m de frente para a rua particular 2, pelo lado direito de quem da referida via observa o imóvel, mede 21,00 m, onde confronta com Jheverson dos Santos Duarte; pelo lado esquerdo de quem da referida via olha mede 19,50 m, onde confronta com Elza Aparecida Cordeiro Ribeiro; na linha de fundos mede 10,30 m, onde confronta com Adelaide Antunes Gomes, fechando o perímetro e perfazendo área total de 208,57 m².”. DESPACHO: “1.Citem-se os confrontantes. Prazo de 15 dias para resposta. 2. Expeça-se edital para citação de terceiros incertos e desconhecidos, com prazo de 30 dias. Curitiba, 25 de julho de 2013. (a) Júlia Barreto Campêlo - Juíza de Direito Substituta”. E, para que chegue ao conhecimento dos interessados e não possam de futuro alegar ignorância,mandou o presente edital que será publicado e afixado na forma da lei. DADO E PASSADO nesta Cidade de Curitiba - Capital do Estado do Paraná, aos vinte e cinco dias do mês de setembro do ano de dois mil e treze. Eu, Sylvia Castello Branco Gradowski, escrivã, o fiz digitar e assino.(a) JÚLIA BARRETO CAMPÊLO - Juíza de Direito Substituta.0

EDITAL DE CITAÇÃO COM PRAZO DE 30 (TRINTA) DIAS. EDITAL DE NOTIFICAÇÃO EXTRAJUDICIAL de GIUSSEP PIRES IZIDORIO, brasileiro, maior, solteiro, portador do RG nº 8.002.142-9/PR. CPF nº 076.849.019-74, residente em local ignorado, para no prazo de 30 (trinta) dias. ALPHALOTES EMPREENDIMENTOS IMOBILIARIOS LTDA, sito em Colombo, à Estrada da Ribeira nº 145 –sala 05 – Jardim Cristina, Vem Notificar Extrajudicialmente Vossa Senhoria para pagar integralmente no escritório de seus advogados localizado na Rua João Palomeque, nº 36, Novo Mundo, em Curitiba – PR dentro do prazo de 30 (trinta) dias a contar do recebimento desta, a importância de R$ 23.239,71 (vinte e três mil, duzentos e trinta e nove reais e setenta e um centavos) referente a 28 (vinte e oito) parcelas vencidas entre os meses de fev/2011 a julho/2011 de março/2012 a dezembro/12 e de janeiro 13 a março/14, já acrescidos de multa, juros e correção monetária e custas desta notificação conforme previsão legal especifica e cláusulas prevista no Contrato de Compra e Venda nº 1005, relativo ao lote 0014, quadra 0008, Parque dos Lagos, Colombo –PR, celebrado em 21/05/2010.O não pagamento nos termos acima torna rescindido de pleno direito o referido contrato de compromisso de compra, bem como autorizado legalmente o ingresso de ação de rescisão de contrato com reintegração de posse do lote e demolição de eventuais acessões levantadas (edificações) sobre o terreno, sem prejuízo de responder por perdas e danos advindos da posse indevida. Colombo, 17 de março de 2014.

PODER JUDICIÁRIO JUÍZO DE DIREITO DA PRIMEIRA VARA CÍVEL DO FORO CENTRAL DA COMARCA DA REGIÃO METROPOLITANA DE CURITIBA ESTADO DO PARANÁ EDITAL DE CITAÇÃO DE ALEXANDRE LUIZ MATTOS COELHO, COM O PRAZO DE VINTE (20) DIAS. A Doutora MICHELA VECHI SAVIATO, Juíza de Direito Substituta da 1ª Vara Cível desta Comarca de Curitiba, Capital do Estado do Paraná, na forma da lei. FAZ SABER a quantos o presente edital virem ou dele conhecimento tiverem, que tem curso neste Juízo de Direito da 1ª Vara Cível, situado à Avenida Cândido de Abreu, n°. 535,1° andar, Edifício Montepar, Centro Cívico, nesta Capital,uma ação de DESPEJO POR FALTA DE PAGAMENTO sob o n°. 84.613/2009, movida por MASE EMPREENDIMENTOS IMOBILIÁRIO LTDA contra ALEXANDRE LUIZ MATTOS COELHO, para a cobrança dos aluguéis atrasados e demais encargos da locação do imóvel, objeto da presente demanda. Encontrando-se o requerido(a) ALEXANDRE LUIZ MATTOS COELHO, portador do CPF/MF 086.792.698-83, atualmente em lugar incerto e não sabido. Fica por este Edital citado com o prazo de vinte(20) dias, a partir da primeira publicação, para no prazo de quinze(15) dias contestar a presente ação, sob pena de presumirem-se aceitos como verdadeiros os fatos alegados pelo autor ou poderá purgar a mora, atentando-se, neste caso, para o estipulado no artigo 62, inciso II, da Lei n°. 8.245/91- O presente Edital será afixado no lugar de costume no Fórum e publicado na forma da lei. – Dado e passado nesta Cidade de Curitiba, Capital do Estado do Paraná, aos trinta e um (31) dias do mês de janeiro do ano de dois mil e quatorze (2.014).E eu, (a)Soeli V. S. Delara), E. Juramentada, o digitei e subscrevi.MICHELA VIECHI SAVIATO Juíza de Direito Substituta.

EDITAL DE INTIMAÇÃO PODER JUDICIÁRIO COMARCA DA REGIÃO METROPOLITANA DE CURITIBA FORO REGIONAL DE SÃO JOSÉ DOS PINHAIS – SECRETARIA DA FAZENDA PÚBLICA DE SÃO JOSÉ DOS PINHAIS-PARANÁ: Rua Mendes Leitão, 2835 - Sobreloja - Centro - São José dos Pinhais/PR - CEP: 83.005-150 – Escrivã EDITAL DE INTIMAÇÃO PARA CONHECIMENTO DE TERCEIROS e EVENTUAIS INTERESSADOS COM PRAZO DE 10 (DEZ) DIAS (art. 34 da Lei de Desapropriação) EDITAL DE INTIMAÇÃO PARA CONHECIMENTO DE TERCEIROS e EVENTUAIS INTERESSADOS. O Dr. Juan Daniel Pereira Sobreiro, Juiz de Direito da Secretaria da Fazenda Pública de São José dos Pinhais – Paraná, na forma da lei, etc... FAZ SABER aos que o presente edital, virem ou dele tiverem conhecimento que, perante este Juízo desta Secretaria da Fazenda Pública de São José dos Pinhais– Paraná, respectiva, tramitam os autos de DESAPROPRIAÇÃO sob o n.º 0001347-85.2013.8.16.0036, em que figura como Requerente MUNICÍPIO DE SÃO JOSÉ DOS PINHAIS e Requerido PAULO SERGIO ANDRIGUETTO, sendo que o presente edital, de acordo com o Art. 34, do Decreto-Lei 3.365/41, tem por objetivo levar ao conhecimento de terceiros e interessados para eventual manifestação no prazo de 10 (dez) dias, referente a ação supra mencionada, conforme consta na petição inicial apresentada pela parte autora a seguir em parte transcrita: “O requerido é proprietário do lote de terreno urbano, n° 01, quadra 27, Planta Villa Rocco III, situada num lugar denominado Campo da Vila, o qual é objeto da presente desapropriação, registrado sob o nº 18.856, no 1º Ofício do Registro de Imóveis. Por meio do Decreto expropriatório nº 746, de 05 de outubro de 2011, publicado no Jornal Correio Paranaense nº 2580, de 07/ 10/2011, no seu artigo 1º, I, foi declarado de utilidade pública para fins de desapropriação, o referido lote, que segundo as seguintes descrições: Descrição da Área a ser Desapropriada: “Lote de terreno urbano de formato irregular, situado no lado ímpar da Rua Araucária, na esquina formada com a Rua Rolândia, com a seguinte descrição: frente para a Rua Araucária medindo 19,30 metros; pela lateral direita de quem da referida rua observa o imóvel, faz divisa com a área do Projeto Parque Linear do Rio Ressaca, medindo 71,00 metros e na linha de fundos confronta pelo Antigo Traçado do Rio Ressaca (córrego da Pedreira) com a Quadra 13 do Jardim Cruzeiro onde mede 69,00 metros, fechando o perímetro da presente descrição, perfazendo uma área de 2.280,00m²” .A área a ser desapropriada constitui-se pela totalidade do lote, conforme acima descrito, não havendo sobre o mesmo qualquer edificação ou benfeitoria. Segundo o Laudo de Avaliação nº 181/2011 da Comissão Permanente de Avaliação de Imóveis deste Município, o valor atribuído ao lote objeto da desapropriação é de R$ 170.392,50 (cento e setenta mil trezentos e noventa e dois reais e cinquenta centavos). Este valor o expropriante oferece npela parte do imóvel a ser expropriado”. O MM. Juiz deferiu a liminar para imissão da posse pela Requerente nos seguintes termos: “... Acaso o expropriante promova o depósito de eventual diferença ou inexistindo divergência entre a avaliação unilateral do requerente e do avaliador judicial, em virtude da urgência declarada no decreto expropriatório, defere-se, liminarmente, a imissão provisória na posse do bem imóvel, sem a oitiva dos requeridos. Expeça-se, oportunamente, o competente mandado, sem olvidar de providenciar o registro junto ao Ofício de Registro de Imóveis competente (§ 4º do artigo 15 do Decreto – Lei n. 3.365/1941).....”. Citado, o Requerido contestou o feito divergindo do valor proposto, de forma que o MM. Juiz determinou a realização de perícia, esta a ser realizada dia 19/02/2014 às 10:15h no local do imóvel. Diante do valor depositado, o Requerido requereu o levantamento dos valores, sendo deferido pelo MM. Juiz o levantamento de 80%(oitenta por cento), determinando a intimação de terceiros eventuais interessados e a juntada de certidões fiscais pelo Expropriado.Para que chegue ao conhecimento de todos e no futuro não possam alegar ignorância, passei o presente edital que será afixado em lugar de costume e publicado na forma da lei. Dado e passado, nesta cidade de São José dos Pinhais, Estado do Paraná, ao 12 de Fevereiro de 2014. Eu, .(a)– Escrevente Juramentado, o digitei e subscrevi. Escrevente Juramentado Subscrição autorizada pela Portaria 01/2009.

JUÍZO DE DIREITO DA 2ª VARA CÍVEL DO FORO CENTRAL DA COMARCA DA REGIÃO METROPOLITANA DE CURITIBA – PR.Edital de citação dos executados BOSIO SUPERMERCADOS LTDA - ME e JUSSIMAR JUNIOR BOSIO com prazo de VINTE DIAS.A doutora Letícia Zétola Portes, MM. Juíza de Direito da 2ª Vara Cível da Comarca de Curitiba-PR, na forma da Lei, etc.Faz saber a todos quantos e presente edital virem ou de conhecimento tiverem, que por este Juízo e Cartório, com sede na Av. Cândido de Abreu, 535 - 1º andar - Fórum Cível, tramitam os autos sob n.º 003093519.2011.8.16.0001, em que o exeqüente HSBC BANK BRASIL S/A - BANCO MULTIPLO dos quais se extraiu o presente edital para CITAÇÃO dos executados BOSIO SUPERMERCADOS LTDA - ME inscrito no CNPJ sob n.º 02.569.191/0001-32 e JUSSIMAR JUNIOR BOSIO, inscrito no CPF/MF sob nº 736.626.409-10 atualmente em lugar incerto e no sabido, para que no prazo de três dias, contados após o término do prazo do presente,promova o pagamento da dívida executada no valor de R$ 60.859,29 (sessenta mil, oitocentos e cinqüenta a e nove reais e vinte e nove centavos) maio/2011, a qual deverá ser devidamente atualizada, mais custas processuais e honorárias advocatícios a base de 10% sobre o valor atualizado do débito, ciente de que em caso de pagamento integral a verba honorária será reduzida pela metade, podendo ainda, no prazo de quinze dias, opor embargos a execução, ou ainda, no mesmo prazo, reconhecendo o crédito e comprovando o deposito de 30%, requerer o pagamento parcelado em 6 vezes na forma do artigo 745-A, sendo que o título embasador do pedido constitui-se do seguinte: Cédula de Crédito Bancário Empréstimo – Capital de Giro nº 01070739405. ADVERTÊNCIA:Decorridos os prazos acima referidos, sem o pagamento ou oposição de embargos, dar-se-á prosseguimento a execução até integral satisfação do direito do credor O presente Edital que será afixado no lugar de costume e publicado na forma da Lei. Curitiba, 06 de fevereiro de 2014. Eu,(a) (Edno Francisco Ribeiro), juramentado, que o digitei e subscrevi.(a) LETÍCIA ZÉTOLA PORTES-JUÍZA DE DIREITO.

A Secretaria estadual da Agricultura e do Abastecimento assinou na segunda-feira (17) um acordo de cooperação técnica entre o Iapar, Emater e Prefeitura da Lapa, na Região Metropolitana de Curitiba, para disponibilizar modernas tecnologias de produção para fortalecer a produção de frutas de clima temperado na região Centro-Sul do Estado. Participaram da assinatura do termo de cooperação o secretário da Agricultura, Norberto Ortigara, o diretor do Iapar, Adelar Motter, o diretor presidente da Emater, Rubens Niederheitmann; e a prefeita da Lapa, Leila Klenk.

Paraná vai fortalecer produção de frutas na região Centro-Sul A Secretaria estadual da Agricultura e do Abastecimento assinou nesta segunda-feira (17) um acordo de cooperação técnica entre o Iapar, Emater e Prefeitura da Lapa, na Região Metropolitana de Curitiba, para disponibilizar modernas tecnologias de produção para fortalecer a produção de frutas de clima temperado na região Centro-Sul do Estado. Participaram da assinatura do termo de cooperação o secretário da Agricultura, Norberto Ortigara, o diretor do Iapar, Adelar Motter, o diretor presidente da Emater, Rubens Niederheitmann; e a prefeita da Lapa, Leila Klenk. Para Ortigara, essa é uma oportunidade para ousar mais no processo de produção de frutas de clima temperado e oferecer alternativas viáveis aos produtores da região Centro-Sul do Estado. “Qualquer ação, desde que bem feita, organizada, articulada, como essa que está sendo adotada aqui, vai ajudar muito o produtor”, disse. A prefeita Leila Klenk mani-

festou otimismo com a parceria que visa reforçar a difusão de tecnologia e assistência técnica na região, que tem suas peculiaridades de clima e solo. “Hoje é preciso produzir com qualidade aliada à boa tecnologia. E eu sen-

tia que os agricultores estavam distantes desses recursos”, afirmou. A prefeita disse ainda que essa parceria representa uma retomada do Estado no estímulo à produção de frutas de clima temperado.

INSTITUTO SOCIAL VÓ DURVINA C.N.P.J. / MF 78.774.064/0001-37 Curitiba - PR BALANÇO PATRIMONIAL DO EXERCÍCIO FINDO EM 31 DE DEZEMBRO DE 2013 ATIVO CIRCULANTE Disponibilidades Caixa e Equivalentes de Caixa Bancos Conta Movimento Aplicações Financeiras

27.283,06 27.283,06 358,99 10.929,08 15.994,99

NÃO CIRCULANTE Imobilizado

164.045,65 164.045,65

Bens em Operações ( - ) Depreciação Acumulada

235.854,42 (71.808,77) 191.328,71

TOTAL DO ATIVO PASSIVO CIRCULANTE Obrigações Sociais

36,72 36,72

PATRIMÔNIO SOCIAL Fundo Patrimonial Superávits Acumulados

191.291,99 8.436,35 182.855,64

TOTAL DO PASSIVO + PL

191.328,71

DEMONSTRAÇÃO DE RESULTADO DO EXERCÍCIO FINDO EM 31 DE DEZEMBRO DE 2013 DRE RECEITAS OPERACIONAIS RECEITA BRUTA VENDAS E SERVICOS Vendas de Mercadorias RECEITAS COM DOAÇÕES Doações Recebidas Doações Recebidas Fas Curitiba Doações Recebidas Fmas Pinhais Doações Recebidas Pessoas Juridicas DESPESAS OPERACIONAIS Depesas Com Pessoal Depreciação Ultilidades e Serviços Despesas Com Veiculos Despesas Gerais

260.844,07 5.450,00 5.450,00 255.394,07 30.617,27 117.936,00 68.810,00 38.030,80 (253.999,40) (98.738,91) (32.285,10) (13.663,67) (5.627,14) (103.684,58)

DESPESAS ASSISTENCIAIS Despesas Com Atividades Sociais e Culturais

(7.928,42) (7.928,42)

RECEITAS (DESPESAS) FINANCEIRAS Receitas Financeiras Despesas Financeiras

512,74 2.432,99 (1.920,25)

Deficits Líquido do Exercício CARMEN LUCIA FERREIRA Diretora Presidente CPF 567.889.919-87

(571,01) JOSÉ EDNILSON KOS Contador CRC PR 037970-O/2 CPF 769.068.179-49

O termo de cooperação prevê intensificar a pesquisa e a assistência técnica em cultivos de variedades de maçãs, pera, ameixa, nectarina, pêssego, caqui e uva. Também poderá haver difusão de tecnologia para o cultivo de framboesa e amora, frutas que têm proporcionado uma renda superior ao morango na região, observou a prefeita. Os recursos necessários para compra de mudas de frutíferas, de equipamentos e insumos serão captados pelos parceiros. VITRINE TECNOLÓGICA O termo de cooperação prevê a instalação de uma vitrine tecnológica tendo como objetivo a produção de frutas de clima temperado, com qualidade, na unidade do Iapar instalada na Lapa. Essa vitrine será um modelo para difusão de tecnologias para técnicos, estudantes e produtores rurais, contribuindo para o crescimento da fruticultura de clima temperado comercial no município da Lapa e de toda região Centro-Sul do Paraná. Estão previstas várias ações na unidade do Iapar, como testes de validação para novas tecnologias relacionadas à fruticultura temperada, avaliação do comportamento de novas espécies e variedades de frutíferas adequadas para a região, aprimoramento dos tratos culturais e fitossanitários e apoio na condução dos pomares. Haverá também ações de difusão de tecnologias como manejo dos pomares por meio de dias de campo, treinamentos e outros métodos de difusão. A região da Lapa é ideal para instalação dessa vitrine porque o clima, caracterizado por geadas frequentes durante boa parte do ano, é ideal para o cultivo de frutas temperadas e representativo para os municípios de Araucária, Campo do Tenente, Palmeiras, Porto Amazonas, Ponta Grossa, Contenda, Campo Largo, Rio Negro, Balsa Nova, Irati, São Mateus do Sul e outros. As culturas da macieira, pessegueiro, nectarineira, ameixeira, caquizeiro e videira têm expressão e potencial econômico na região, o que justifica o investimento. Recentemente, a instalação da unidade industrial para produção de sucos de uva em Campo Largo está estimulando o plantio de uva na região Centro-Sul, que precisa de um suporte da pesquisa e da tecnologia para alcançar bons resultados em produção e produtividade. Os responsáveis técnicos indicados para esse projeto são: Clandio Medeiros da Silva (Iapar), Antonio Leonardecz (Emater), e Adriano Corrêa (Prefeitura da Lapa).


8

| Terça-feira, 18 de março de 2014 |

Prefeitura corta custos e mantém tarifa de ônibus em R$ 2,70 O prefeito Gustavo Fruet anunciou na tarde desta segundafeira (17) o congelamento da tarifa do transporte coletivo para o usuário em R$ 2,70. Para garantir o valor, a Prefeitura está tomando medidas administrativas e judiciais. Administrativamente, a Prefeitura está retirando sete itens da tarifa técnica integrada, que representam R$ 0,15 e uma redução de R$ 47 milhões/ano no valor repassado às empresas que operam o transporte coletivo. O Município está também entrando na Justiça com uma ação declaratória com pedido de tutela antecipada questionando outros três itens da tarifa técnica. Se acatada pela Justiça, esta medida representará um corte de mais R$ 0,13. Ainda assim, para manter a tarifa do usuário em R$ 2,70, a Prefeitura manterá um subsídio mensal de cerca de R$ 2 milhões. “Desde que assumimos, iniciamos este processo de discussão e transparência em relação ao transporte. Em 2009, foi feita uma licitação que deveria equilibrar o sistema. Porém, desde então, o sistema caminha para o colapso, necessitando a cada ano mais subsídio”, explica o prefeito Gustavo Fruet. “Com base nas conclusões da comissão da tarifa da Urbs, no

relatório da CPI da Câmara e na auditoria do Tribunal de Contas, estamos revisando itens que foram incorporados à tarifa a partir da licitação de 2009, que desequilibrou o transporte coletivo”, completa o prefeito. Com os cortes administrativos, e concedida pela Justiça uma decisão favorável da Justiça em relação à ação declaratória, a tarifa técnica de Curitiba cairá para R$ 2,80. “A Justiça dirá se é justo que os usuários de ônibus paguem pelos custos que estão sendo questionados pela auditoria do Tribunal de Contas, CPI da Câmara e auditoria interna da Urbs. Caso contrário, será necessário rever a tarifa do usuário”, diz Fruet. Novo convênio Legalmente, o transporte metropolitano é de responsabilidade do governo do Estado. A Prefeitura de Curitiba não pode tomar decisões que extrapolem suas atribuições. Por meio de um convênio, o Estado delegava à Urbs o gerenciamento da Rede Integrada de Transportes (RIT). Este convênio está vencido desde o último sábado e não foi renovado. Portanto, a partir de agora, a responsabilidade pela operação e

pagamento das empresas metropolitanas é do governo do Estado. “Esperamos que o governo assuma sua responsabilidade e promova os mesmos cortes que nós fizemos para permitir que os usuários da região metropolitana continuem pagando a mesma tarifa dos usuários de Curitiba”, afirma o prefeito. Itens contestados na ação declaratória: a) Impostos exclusivos de veículos b) Impostos exclusivos de instalações c) Taxa de risco dos ônibus híbridos (Hibribus) Itens retirados administrativamente da tarifa: a) Redução do percentual de reajuste combustíveis b) Retirada do reajuste peças, acessórios e depreciação de veículos c) Redução do custo de manutenção da bilhetagem eletrônica d) Corte do custo de manutenção do Segbus e) Retirada do kit inverno f) Zerada a amortização de veículos substituídos pelo Híbrido g) Manutenção do desconto de bens exclusivos (ônibus utilizados para pagamento de outorga)

Foto: Maurilio Cheli/SMCS

Câmara Municipal aprova lei de incentivo à micro e pequena empresa

A Câmara Municipal de Curitiba aprovou, em primeira votação, nesta segunda-feira (17), o projeto de lei complementar que institui tratamento diferenciado para a microempresa, empresas de pequeno porte e ao microempreendedor individual.

A Câmara Municipal de Curitiba aprovou, em primeira votação, nesta segunda-feira (17), o projeto de lei complementar que institui tratamento diferenciado para a microempresa, empresas de pequeno porte e ao microempreendedor individual. A mensagem foi enviada pelo prefeito Gustavo Fruet à Câmara e prevê incentivos como a isenção de taxas e facilitação para o registro e abertura de firma, para estimular o empreendedorismo e o desenvolvimento econômico sustentável na cidade. A partir da promulgação da lei, microempresas em início de atividade (180 dias a partir da data de abertura) ficam isentas de pagamento de taxas de localização expediente, licenciamento ambiental e vigilância sanitária. A nova legislação também facilita a participação das microempresas e empresas de pequeno porte nas licitações feitas pela Prefeitura, assegurando a estes empreendimentos, como critério de desempate, a preferência nas contratações promovidas pelo Município. Entende-se por empate aquelas situações em que as propostas apresentadas pelas microempresas e empresas de pequeno porte sejam iguais ou até 10% superiores à proposta mais bem classificada.

O texto também prevê a promoção do desenvolvimento local e territorial por parte do Município. O instrumento para esta promoção é o Programa Curitiba Empreendedora e a criação do Espaço Empreendedor, que visa dar apoio à inovação e incentivo ao associativismo e cooperativismo. Estão previstos dez espaços deste tipo, um em cada Rua da Cidadania. O primeiro foi lançado em novembro do ano passado na Rua da Cidadania do Pinheirinho. O apoio a oferta de crédito é outro item constante da nova lei. Entre outras ações a administração municipal irá apoiar a oferta de linhas de microcrédito operacionalizadas por instituições financeiras com atuação no Município; a instalação de estruturas legais dirigidas para a garantia de crédito; a criação de cooperativas de créditos e a intermediação de microcrédito para alavancar investimentos. No estímulo à capitalização, a Lei autoriza a reserva de percentual do orçamento municipal ao apoio de programas de crédito. O projeto de lei aprovado nesta segunda faz parte de um pacote de estímulo às micro e pequenas empresas, lançado em novembro do ano passado. É o maior programa de incentivo ao segmento já implantado na cidade.

Metropole  

jornais

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you