Issuu on Google+

w w w. m e t r o p o l e j o r n a l . c o m . b r

Quarta-feira

Ano 14 | Nº 3363 | 7 de agosto de 2013

Presidente: Ary Leonel da Cruz

Diário de Circulação Nacional

Governo viabiliza obras para eliminar gargalos rodoviários na Grande Curitiba » Pela primeira vez, o Governo do Estado está pro-

Antonio Costa

movendo um conjunto de obras para eliminar os principais gargalos de rodovias que ligam a capital a municípios da Região Metropolitana de Curitiba (RMC). São pontos críticos onde o trânsito de veículos afunila, provocando lentidão e congestionamentos. Até o fim de 2014, serão destinados R$ 420 milhões para a construção de contornos e duplicações de rodovias que cruzam municípios do entorno de Curitiba. Página 2

Profissionais da educação de Colombo usam a música como ferramenta pedagógica Obras de revitalização da Avenida das Torres e Avenida das Americas para a Copa do Mundo de Futebol FIFA 2014

SJP recebe ambulância do Governo do Estado

lutas e conquistas. De pessoas que deram sua vida em troca da liberdade, mas que deixaram heranças culturais que marcam a memória do Brasil. Página 11

Jazz é a atração Frota do Paraná desta quarta no chega a 6 milhões de veículos Teatro SESI

Prefeito Setim, secretário Brasílio de Castro, governador Beto Richa e o deputado Gilberto Ribeiro

Programa de combate ao crack em todo o país

Página 6

Página 7

Fruet fala de avanços na educação no Salamundo » O prefeito Gustavo Fruet destacou nesta terçafeira (6), durante a abertura do encontro internacional de educação Salamundo, avanços da educação municipal de Curitiba e falou sobre os desafios para esta área. Página 8

Fábio Rodrigues Pozzebom ABr

» O Programa Crack, É Possível Vencer”, do governo federal, está em todas as unidades da Federação. Os estados do Amazonas, Amapá, Maranhão, Tocantins, de Rondônia, Roraima e da Bahia, que ainda não tinham aderido ao programa, assinaram ontem (6) a participação. Além dos estados, 28 municípios também se juntaram aos 90 que já desenvolvem ações contra o crack. O ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, exaltou a articulação interministerial necessária para a execução do programa, lançado em dezembro de 2011. Página 3

infantil. A iniciativa da prefeitura por meio da Secretaria da Educação tem o objetivo de trabalhar a sensibilidade, autodisciplina, coordenação motora, e a capacidade de concentração e memorização das crianças. Página 4

Evento em Pinhais reuniu capoeiristas de diferentes lugares » Relembrar as tradições culturais brasileiras é valorizar nosso povo e a história deste país tão rico e promissor. Terra de muitos credos, povos, de grande miscigenação, de histórias de

Foto: PMSJP

» O prefeito Luiz Carlos Setim participou, junto com o governador Beto Richa, na manhã desta terça-feira (6) da entrega de ambulâncias adquiridas pelo Governo do Estado e repassadas para hospitais e unidades de Urgência e Emergência da capital e Região Metropolitana. A cerimônia aconteceu no Centro Municipal de Urgências Médicas Pinheirinho, em Curitiba. A ambulância destinada a São José dos Pinhais veio através de uma indicação do deputado estadual Gilberto Ribeiro. Página 3

» Educadores do pré ll, dos Centros Municipais de Educação Infantil (CMEI's) e professores do 1° e 2° anos do ensino fundamental de Colombo participaram de uma capacitação para realizar em sala de aula a iniciação musical na educação

A ministra-chefe da Casa Civil, Gleisi Hoffmann, durante a cerimônia de adesão de mais oito estados ao Programa Crack, É Possível Vencer

Editais página 12


2

| Quarta-feira, 7 de agosto de 2013 |

Editorial

Nada é mais sagrado para os brasileiros do que o tradicional feijão com arroz. É um costume antigo, mas a combinação desses dois grãos, de acordo com os nutricionistas, faz do feijão com arroz um dos alimentos mais nutritivos do planeta. Para os amantes do feijão com o arroz, a notícia é boa. O preço da cesta básica caiu em julho nas 18 capitais pesquisadas mensalmente pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese). A última vez em que houve recuo no preço em todas as localidades acompanhadas pelo órgão foi em maio de 2007, quando o levantamento era feito em 16 cidades (não participavam Manaus e Campo Grande). As retrações mais significativas foram registradas em Brasília (-8,86%), Florianópolis (-7,61%), Porto Alegre (-7,06%) e Goiânia (-7%). As menores variações ocorreram em Salvador (-0,18%), Vitória (-1,55%) e Manaus (-1,82%). A cidade de São Paulo continuou a ser a capital com o maior valor (R$ 327,44) para os gêneros alimentícios de primeira necessidade, apesar do recuo de 3,82% ocorrido no mês passado no custo da cesta paulistana. A capital do Espírito Santo (Vitória) vem em segundo lugar com R$ 310,73, seguida por Manaus (R$ 310,52) e Porto Alegre (R$ 305,91). Os menores valores médios foram observados em Aracaju (R$ 239,36), Salvador (R$ 259,73) e Campo Grande (R$ 264,87). Segundo o Dieese, o menor salário pago em julho para atender às despesas de uma família deveria ser R$ 2.750,83, ou seja, 4,06 vezes o mínimo em vigor (R$ 678,00). Para chegar a esse valor, o Dieese leva em consideração a determinação constitucional que estabelece que o salário mínimo deve ser capaz de suprir as despesas de um trabalhador e sua família com alimentação, moradia, saúde, educação, vestuário, higiene, transporte, lazer e previdência. Em junho, o mínimo necessário era maior e equivalia a R$ 2.860,21, ou 4,22 vezes o piso vigente. Já em julho de 2012, o valor necessário para atender às despesas de uma família chegava a R$ 2.519,97, o que representava 4,05 vezes o mínimo de então (R$ 622,00). Entre janeiro e julho deste ano, somente em Florianópolis a variação acumulada do preço da cesta básica apresentou queda (-2,08%). Nas demais 17 localidades houve alta, com os maiores aumentos verificados no Nordeste - região que atravessa período de forte seca: Aracaju (17,30%), João Pessoa (15,85%), Salvador (14,36%), Natal (13,34%) e Recife (12,46%). Belo Horizonte (0,89%), Goiânia (2,34%), Curitiba e Brasília (ambas com 3,08%) apresentaram as menores variações acumuladas. O privilégio de se consumir um feijão com arroz mais barato decorre da decisão do Senado, que aprovou no mês passado a Medida Provisória 609 que desonera produtos da cesta básica. A MP atinge 41 categorias de produtos das contribuições do Programa de Integração Social e de Formação do Patrimônio do Servidor Público (PIS/ Pasep) e da Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social (Cofins), enquanto o texto original do governo previa a desoneração de 19 categorias. Algumas dessas categorias foram incluídas no texto da MP pelos deputados em emendas quando a matéria estava na Câmara.

Foto - Antonio Costa

O feijão com arroz

Obras de revitalização da Avenida das Torres e Avenida das Americas para a Copa do Mundo de Futebol FIFA 2014

Governo viabiliza obras para eliminar gargalos rodoviários na Grande Curitiba Até o fim de 2014, serão destinados R$ 420 milhões para a construção de contornos e duplicações de rodovias que cruzam municípios do entorno de Curitiba Pela primeira vez, o Governo do Estado está promovendo um conjunto de obras para eliminar os principais gargalos de rodovias que ligam a capital a municípios da Região Metropolitana de Curitiba (RMC). São pontos críticos onde o trânsito de veículos afunila, provocando lentidão e congestionamentos. Até o fim de 2014, serão destinados R$ 420 milhões para a construção de contornos e duplicações de rodovias que cruzam municípios do entorno de Curitiba. As obras servirão para ampliar a capacidade de tráfego e levar mais desenvolvimento para Curitiba e cidades vizinhas. “Com as rodovias fluindo bem, é possível transportar cargas e chegar às indústrias da região com mais facilidade, diminuir o tempo de viagens, dar mais segurança aos pedestres e evitar acidentes”, diz o governador Beto Richa. Os contornos rodoviários estão sendo construídos em Campo Largo (BR-277) e Agudos do Sul (entre a PR-281 e PR-419). Na próxima semana, vai começar a duplicação da PR-417 (Rodovia da Uva), entre Curitiba e Colombo. Em 2014, terão início as duplicações da PR-092 (Rodovia dos Minérios), no trecho entre Curitiba e Rio Branco do Sul; e da PR-415, entre Piraquara e Pinhais. Também está programada pavimentação da PR-092, entre Cerro Azul e Doutor Ulysses. Neste trecho, a estrada ainda é de terra, isolando o município de Doutor Ulysses da malha rodoviária pavimentada do Estado. Contorno de Campo Largo vai facilitar transporte de cargas A obra do Contorno da BR-277 no município de Campo Largo deverá ser concluída no fim deste ano, agilizando o tráfego na principal ligação entre Curitiba e o interior do Estado. Pelo trecho, passam caminhões para o escoamento da produção agrícola e industrial paranaense no Porto de Paranaguá. O trabalho está sendo feito pela concessionária da rodovia, a CCR Rodonorte. A obra deveria começar apenas em 2017, segundo o contrato de concessão, mas foi antecipada pelo governador Beto Richa. A concessionária investe R$ 70 milhões na implantação de 11 km de nova pista na BR-277, além da construção de duas trincheiras, uma ponte, um viaduto (já entregue) e a ampliação de outros dois viadutos. A construção do contorno está gerando 1.600 empregos diretos e indiretos. Eva de Fátima dos Santos, 39 anos, é servente na obra há dois meses. “Agora tem um grupo de mulheres trabalhando aqui”, explica ela. “A obra, além de aumentar a segurança, é uma oportunidade de serviço para muitas pessoas”. Edson Souza, 40 anos, é taxista e acredita que o trabalho vai render mais com a construção do contorno. “Vai desafogar um pouco o trânsito de dentro de Campo Largo e também vai ser melhor trabalhar, a gente perde muito tempo nesta parte da BR-277.” Agudos do Sul sem o incômodo dos caminhões O Departamento de Estradas de Rodagem (DER-PR) já começou as obras de drenagem e de terraplanagem do Contorno de Agudos do Sul. Estão sendo instaladas manilhas ao longo de quase dois quilômetros da rodovia, ligando as PR-281 e PR-419 e desviando o trânsito de caminhões do Centro do município. O investimento é de R$ 1,7 milhão. Além da drenagem, serão feitas pavimentação asfáltica, terraplena-

gem e implantação de bueiros e galerias. Serviços complementares também serão executados, como meiofio, calçada e acabamentos. Serão necessários 150 dias para o término da obra, mas o DER-PR informa que esse prazo dependerá de questões climáticas. Para a vendedora Daniele Aparecida da Silva, que trabalha em Agudos do Sul, a obra trará diversos benefícios para os moradores e comerciantes. “Os caminhões não vão mais atrapalhar o trânsito e nem o estacionamento de veículos. Também não teremos mais poeira dentro das lojas”, disse Aparecida. O borracheiro e morador de Agudos do Sul João Carlos Munhoz também acredita que o contorno vai melhorar a economia local. “A nossa clientela vai aumentar com mais estrutura na cidade”, disse Munhoz. Duplicação da Rodovia da Uva será retomada na próxima semana O Departamento de Estradas de Rodagem do Paraná (DER-PR) começará na próxima segunda-feira, 5 de agosto, a duplicação da Rodovia da Uva, a PR-417, em Colombo. O trabalho deverá ficar pronto em dois anos. Serão investidos R$ 32 milhões, com a construção de mais uma pista, vias marginais, semáforos, ciclovias e calçadas com rampas de acesso. A duplicação começa no Contorno Norte, na PR-418, e segue até a entrada da cidade. São 6,5 quilômetros de rodovia, por onde passam mais de 16 mil veículos por dia. O vendedor autônomo Amarildo Tonial conta que a população de Colombo aguarda há dez anos pela duplicação da rodovia. “Precisamos desta obra, não dá mais para andar na rodovia, é muito tráfego de automóvel”, disse ele. “Hoje não tem acostamento, está tudo desarrumado, a expectativa é que fique bonito, que traga mais empresas para a região”. Parceria viabiliza duplicação da Rodovia dos Minérios O projeto de duplicação da Rodovia dos Minérios, a PR-092, já está em andamento. A duplicação será feita no trecho entre Curitiba e Rio Branco do Sul e é uma parceria do Governo do Estado com o Grupo Votorantim. As obras deverão começar em maio de 2014. Nesta primeira etapa, a Votorantim vai elaborar o Estudo de Viabilidade Técnica, Econômica e Ambiental (Evtea) e o projeto executivo da obra. Todo processo é acompanhado por fiscais do Departamento de Estradas de Rodagem do Paraná (DER-PR). Os estudos ficarão prontos em outubro. Com a duplicação serão beneficiadas cerca de 200 mil pessoas, como Levir Andrade, 43 anos, dono de uma oficina mecânica às margens da Rodovia dos Minérios, em Almirante Tamandaré. “A duplicação é prometida há muitos anos, fico feliz que agora vai sair”, disse Levir. “Vai trazer segurança e comodidade.” Maria de Lurdes Domakoski, 65 anos, conhece bem os problemas da Rodovia dos Minérios. Ela mora há 50 anos no bairro Planta Maria Clara, em Almirante Tamandaré. “Esta rodovia é muito perigosa, principalmente para pessoas idosas e crianças que precisam atravessá-la”, contou ela. O trabalho na Rodovia dos Minérios vai começar no fim da Avenida Mateus Leme, em Curitiba, e seguirá até a Estrada dos Romeiros, em Itaperuçu. Serão duplicados três quilômetros da rodovia dentro de capital e 19,7 quilômetros do traçado que passa por

Almirante Tamandaré e Itaperuçu. Além disso, a duplicação abrangerá 4,2 quilômetros da Estrada dos Romeiros, e mais 1,5 quilômetro de um trecho de contorno, em Itaperuçu, além do acesso ao pátio da Votorantim. A obra chegará à entrada de Rio Branco do Sul, até o cruzamento ferroviário. Asfalto até Doutor Ulysses e duplicação entre Pinhais e Piraquara O Governo do Estado vai concluir até outubro dois importantes projetos executivos de melhorias rodoviárias. A meta é ter em mãos o novo traçado da duplicação entre Pinhais e Piraquara (PR-415) e como ficará a pavimentação entre Cerro Azul e Doutor Ulysses. Para fazer os projetos, foram investidos mais de R$ 5 milhões na contratação das empresas. A intenção é licitar as obras em 2014. Os investimentos serão de R$ 120 milhões. O projeto entre Doutor Ulysses, um dos cinco municípios do Paraná que ainda está sem acesso pavimentado, e Cerro Azul prevê a pavimentação de 49 quilômetros, além de obras de drenagem, construção de acostamento e terceira faixas, onde houver necessidade, sinalização e construção de pontes. A previsão é investir cerca de R$ 60 milhões na obra, com o lançamento do edital de concorrência até o início do ano. PR-415 - As obras de duplicação entre Pinhais e Piraquara deverão começar no primeiro semestre de 2014. O projeto do DER-PR prevê ampliação da circulação entre os dois municípios, por onde passam mais de 25 mil veículos por dia, sendo que 90% são automóveis leves e motos. No primeiro trecho, entre o Rio Atuba e o Carrefour Pinhais, a proposta é implantar mais uma faixa de circulação nos dois lados da avenida João Leopoldo Jacomel. A nova faixa terá prioridade para os ônibus e será usada para conversões de veículos. Também serão construídas ciclovias, calçadas e passarelas. O segundo trecho da obra, entre Pinhais até Piraquara, terá seis faixas de circulação. Hoje, são somente duas faixas. O estudo da duplicação também aponta a necessidade de construir pontos de retorno, passarelas, ciclovia, calçadas e uma iluminação central. A estimativa é que a obra custe cerca de R$ 60 milhões. A PR-415 é utilizada como ligação também ao município de Quatro Barras e ao Contorno Leste de Curitiba, com acessos aos estados de São Paulo e Santa Catarina e ao Litoral do Paraná. “A duplicação da rodovia João Leopoldo Jacomel, entre Pinhais e Piraquara, foi prometida por outros governadores, mas está sendo cumprida somente nesta administração”, disse o prefeito de Piraquara, Marcus Maurício de Souza Tesserolli. “Desde a sua construção na década de 1970, a rodovia não teve nenhuma ampliação. Hoje o governo estadual torna esta necessidade uma realidade”, destacou o prefeito de Pinhais, Luiz Goulart. Circulação entre a capital e RMC melhor com obras da Copa O Governo do Estado também executa obras de mobilidade para a Copa do Mundo de 2014 projetadas para desafogar o tráfego na capital e cidades vizinhas. São elas: a revitalização da Avenida da Integração, que liga Curitiba a Pinhais; a Rua da Pedreira, entre Curitiba e Colombo; a alça da Avenida Salgado Filho e trechos dos corredores Aeroporto-Rodoferroviária (Avenida das Torres) e Mare-

chal Floriano. Os corredores e a alça vão facilitar o acesso ao aeroporto Afonso Pena, em São José dos Pinhais. Além destas obras, a Secretaria de Infraestrutura e Logística está ajudando a concessionária Arteris, que tem autorização do governo federal para explorar a BR 116, a rodovia Régis Bittencourt, entre Curitiba e São Paulo. A empresa estava com dificuldade em conseguir autorizações do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transporte (Dnit) para investir R$ 150 milhões no início do contorno entre Quatro Barras e Colombo. A obra, que vai se interligar ao Contorno Norte, prevê trincheiras e também viadutos e marginais. Com o apoio do Governo do Estado, a concessionária vai poder investir e agilizar o trâmite que estava emperrado no governo federal. Máquinas na estrada O que o Governo do Estado está fazendo para melhorar o tráfego em rodovias de Curitiba e Região Metropolitana Contorno de Agudos do Sul O que será feito: drenagem, pavimentação asfáltica, terraplenagem e implantação de bueiros e galerias, meio-fio, calçada e acabamentos Início da obra: julho de 2013 Contorno de Campo Largo O que será feito: 11 km de nova pista na BR 277, construção de duas trincheiras, uma ponte, um viaduto (já entregue) e a ampliação de outros dois viadutos Início da obra: novembro de 2011 (lançamento da pedra fundamental) Duplicação da PR-417/Rodovia da Uva (Curitiba e Colombo) O que será feito: construção de pistas marginais, ciclovias, novas calçadas com rampas de acesso, além de semáforos e paisagismo. Início da obra: 5 de agosto Duplicação da Rodovia dos Minérios (Curitiba e Rio Branco do Sul) O que será feito: duplicação de três quilômetros da PR-092 dentro de Curitiba e 19,7 quilômetros do trecho que passa por Almirante Tamandaré e Itaperuçu. Obra abrangerá 4,2 quilômetros da Estrada dos Romeiros e 1,5 quilômetro de um trecho de contorno, em Itaperuçu, além do acesso ao pátio da Votorantim. Conclusão do projeto: início de 2014 Previsão do início da obra: maio de 2014 Duplicação da PR-415 (Pinhais e Piraquara) O que será feito: no primeiro trecho, duas novas faixas na Avenida João Leopoldo Jacomel, ciclovias, calçadas, passarelas. No segundo trecho, quatro novas faixas de circulação entre Pinhais e Piraquara, calçadas, iluminação central Conclusão do projeto: outubro Previsão do início da obra: primeiro semestre de 2014 Pavimentação da PR-092 (Doutor Ulysses e Cerro Azul) O que será feito: drenagem, pavimentação asfáltica de 49 quilômetros, construção de acostamento e terceiras faixas, sinalização, construção de pontes Conclusão do projeto: outubro. Previsão de lançamento do edital de concorrência até o início de 2014 Saiba mais sobre o trabalho do governo do Estado em: www.facebook. com/governopr e www.pr.gov.br


| Quarta-feira, 7 de agosto de 2013 |

São José dos Pinhais recebe mais uma ambulância do Governo do Estado

3

Gleisi e mais três ministros recebem entidades ligadas à saúde

O prefeito Luiz Carlos Setim participou, junto com o governador Beto Richa, na manhã desta terça-feira (6) da entrega de ambulâncias adquiridas pelo Governo do Estado e repassadas para hospitais e unidades de Urgência e Emergência da capital e Região Metropolitana. A cerimônia aconteceu no Centro Municipal de Urgências Médicas Pinheirinho, em Curitiba. A ambulância destinada a São José dos Pinhais veio através de uma indicação do deputado estadual Gilberto Ribeiro. Os veículos, do modelo Mercedes Sprinter, no valor de R$ 180 mil cada, fazem parte do conjunto de 80 ambulâncias adquiridas pelo Governo do Estado para recompor a frota da Rede Paraná Urgência. “Necessidades todos os setores da nossa cidade têm e a população pode ter certeza que estamos olhando com carinho e com a devida atenção para a saúde do município. Um dos nossos maiores objetivos é fazer com que o são-joseense receba um

Foto: PMSJP

O veículo é padrão Siate, com UTI Móvel, e será destinado ao apoio da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da Colônia Rio Grande

As ambulâncias foram entregues aos prefeitos da RMC pelo governador Beto Richa

prefeito Setim. As chaves dos veículos estavam sendo entregues aos prefeitos pelas mãos do secretário estadual da Saúde, Michele Caputo Neto. Acompanhando a entrega também estavam presentes o secretário municipal de Saúde, Dr. Brasilio Vicente de Castro e o

atendimento cada vez melhor quando vai cuidar da sua saúde. Por isso trabalhar em parceria com o Governo do Estado, conseguindo trazer benefícios, como a entrega desta ambulância para São José dos Pinhais, é garantir mais cuidado e respeito com a população” disse o

deputado estadual Francisco Bührer. Além das ambulâncias, o governador Beto Richa também repassou computadores para as São José dos Pinhais. Estes equipamentos serão destinados às Unidades de Saúde e usados na área de Saúde do Trabalhador.

André Vargas comemora sanção do Estatuto da Juventude A presidente Dilma Rousseff sancionou nesta segunda-feira, 5/08 o Estatuto da Juventude. O texto é uma declaração dos direitos dos jovens, que atualmente alcança cerca de 51 milhões de brasileiros com idade entre 15 e 29 anos. O deputado federal André Vargas, vice-presidente da Câmara, que desde o início de seu mandato integra a Frente Parlamentar da Juventude, comemorou a sanção do projeto e declarou que a prioridade do seu mandato são as políticas públicas para a juventude. “Logo no começo do meu primeiro mandato como deputado federal relatei o ProJovem, projeto que garante profissionalização para a juventude e uma bolsa, que está disseminado pelo Brasil inteiro. Também temos acompanhado desde o começo do governo do presidente Lula políticas para a juventude como o ProUni, o sistema de cotas raciais e para escolas

públicas para as para as universidades, as novas universidades e a elaboração do Estatuto da Juventude que torna tudo isso direitos”, declara. O deputado lembra que as crianças e os adolescentes tinham seu estatuto que trata até 18 anos e da faixa de 18 a 29 anos não são adultos e nem adolescente, o que demandava de um tratamento legal para esta faixa. “São 51 milhões de pessoas nesta faixa etária, grande parte precisa estar inserida em programas de educação, de saúde, esporte, lazer, cultura muito específicos e principalmente de inserção no mundo profissional. Estamos dando um grande pass. Como presidente em exercício da Câmara, conduzi o processo votação do Estatuto em sua fase final e hoje foi um dia muito especial, especialmente para os jovens mais pobres que está excluída dos serviços públicos mais importantes e

que precisam estar incluídos”, defendeu. Entre as garantidas do novo Estatuto está a meiaentrada para estudantes e jovens de baixa renda e até o limite de 40% dos ingressos em eventos de lazer e desportivos os estudantes que comprovarem matrícula em instituição de ensino com o uso de carteirinha expedida “preferencialmente” pela Associação Nacional de Pós-Graduandos, pela União Nacional dos Estudantes (UNE), pela União Brasileira dos Estudantes Secundaristas (Ubes) e por entidades estudantis estaduais e municipais filiadas a essas organizações nacionais. Para o vice-presidente da Câmara, essa é uma forma de distribuir renda, já que prioriza os jovens de famílias com renda mensal de até dois salários mínimos. As regras do Estatuto da Juventude não se estendem aos jogos da Copa do Mundo de

2014 nem às Olimpíadas de 2016, cujas entradas (incluindo as vendidas com desconto) são reguladas pela Lei Geral da Copa. Vargas destaca que só o Estatuto não resolve os problemas dos jovens brasileiros, mas é um marco legal e sempre haverá algo a ser perseguido. “As estruturas passam a ser formatadas para que se possa dar um atendimento digno a esta faixa etária. Em Londrina, por exemplo, a prefeitura retomou a obra de mais uma Praça da Juventude. Nem só o Estatuto, nem só as praças são suficientes, é preciso ter atividades nas praças. As prefeituras vão ter que implementar estas políticas, constituam os conselhos municipais para fazer um debate sobre as políticas de saúde, precisamos enfrentar definitivamente o problema do crack e das drogas, que é algo que está sangrando a nossa juventude”, finaliza.

Brasília – A ministra-chefe da Casa Civil, Gleisi Hoffmann, juntamente com os ministros Alexandre Padilha (Saúde), Gilberto Carvalho (Secretaria Geral) e Ideli Salvati (Relações Institucionais), receberam nesta terça-feira (6) parlamentares e representantes de entidades civis ligadas à saúde, além do secretário geral da CNBB, Dom Leonardo Steiner, e o presidente da OAB, Marcus Coêlho. Na pauta, a apresentação do Projeto de Lei de iniciativa popular entregue ontem ao Congresso Nacional, junto com cerca de 1,9 milhão de assinaturas, que prevê a destinação de 10% do Orçamento Geral da União para a saúde. Gleisi disse que considera “importante e necessário o debate sobre a saúde e o seu financiamento, assim como a melhoria da gestão. Estamos empenhados em oferecer à população melhores serviços de saúde”.

Péricles apresentará estudo sobre contratos na CPI do Pedágio Ao participar da terceira reunião da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) do Pedágio da Assembleia Legislativa do Paraná, realizada nesta terça-feira, dia 6, o deputado estadual Péricles der Mello (PT), membro titular da CPI, protocolou requerimentos e teve o seu nome aprovado como depoente, para apresentar um estudo sobre contratos do início das concessões das rodovias paranaenses, a partir de 1998. O deputado vai falar sobre esses dados na reunião do próximo dia 20. Em um dos requerimentos, aprovado pela comissão, Péricles indica o nome do arquiteto e técnico da Secretaria de Estado do Planejamento, Germinal Poca, para atuar junto à CPI. “É um profissional com vasto conhecimento e vivencia sobre os temas abordados pela comissão, que poderá nos auxiliar e engrandecer nosso trabalho”, destacou o deputado. Poca também é vice-presidente do Fórum Nacional dos Transportes e sua participação na CPI ainda depende da liberação do Estado. Em outros dois requerimentos, Péricles solicitou que

a CPI encaminhe ofício à Agência Nacional dos Transportes, solicitando cópia dos projetos das concessões das estradas federais pedagiadas, assim como dos projetos em andamento. E também solicitou que o Conselho Gestor de Parcerias Público-Privadas do Paraná disponibilize estudos relativos às privatizações das estradas no Estado. TRANSPARÊNCIA Nas reuniões anteriores da CPI, Péricles defendeu que a participação da sociedade civil organizada é indispensável para a transparência dos trabalhos e pediu que fossem incluídos representantes de entidades, como o Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia (CREAPR); o Sindicato e Organização das Cooperativas do Estado do Paraná (Ocepar); a Federação das Indústrias do Estado do Paraná (Fiep); a Federação do Comércio do Paraná (Fecomércio); a Federação dos Trabalhadores na Agricultura do Estado do Paraná (Fetaep); o Sindicato dos Engenheiros; além das Centrais Sindicais; Associação dos Caminhoneiros; e Fórum Nacional dos Transportes.

Agência Brasil Brasília – O Programa Crack, É Possível Vencer”, do governo federal, está agora em todas as unidades da Federação. Os estados do Amazonas, Amapá, Maranhão, Tocantins, de Rondônia, Roraima e da Bahia, que ainda não tinham aderido ao programa, assinaram ontem (6) a participação. Além dos estados, 28 municípios também se juntaram aos 90 que já desenvolvem ações contra o crack. O ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, exaltou a articulação interministerial necessária para a execução do programa, lançado em dezembro de 2011. Ele também destacou que o resultado do programa é favorável. “O balanço que fazemos é extremamente positivo. É um programa onde muitos recursos serão alocados, envolvendo vários ministérios e uma integração entre estados brasileiros, municípios e entidades da sociedade civil. É um programa de difícil execução, ousado, mas que vai bem e vai atingir seus objetivos”, disse. O governo prevê gastar R$ 4 bilhões com o programa até 2014.

Fábio Rodrigues Pozzebom Abr

Programa de combate ao crack está em todo o país

O ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, participa da cerimônia de adesão de mais oito estados ao Programa Crack, É Possível Vencer

A ministra da Casa Civil, Gleisi Hoffmann, participou do evento e também citou o trabalho entre os órgãos do governo. “Quando costuramos o programa, nos baseamos na articulação e na participação sistêmica de todos esses entes e áreas do governo. Temos trabalhado arduamente na articulação de todos esses atores”, declarou. A ministra do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, Tereza Campello, chamou a atenção para a importância de dar oportunidades para aquele que conseguem se livrar da dependência do crack, reinserindo-o na sociedade. Para ela, o cidadão muitas vezes é bem-sucedido no tratamento, mas não tem expectativa de vida ou de futuro. O Ministério da Saúde, por sua vez, anunciou o aumento da verba destinada aos centros de Atenção Psicossocial Álcool e Drogas (Caps) em R$ 230 milhões. Os Caps atendem a dependentes químicos e pacientes com transtornos mentais durante 24 horas. Mais R$ 100 milhões serão investidos na construção de Caps em todo o país.


4

| Terça-feira, 7 de agosto de 2013 |

Musicalização será ministrada em sala de aula pelos profissionais da educação Cerca de 300 educadores e professores da Rede Municipal de Ensino participaram da capacitação de inicialização musical Pensar na iniciação musical na educação infantil nos anos iniciais do ensino fundamental significa trabalhar a sensibilidade, autodisciplina, coordenação motora, e a capacidade de concentração e memorização das crianças. E acreditando nisso, a Prefeitura de Colombo, através da Secretaria da Educação, Cultura e Esporte, realizou na última semana, na Regional Maracanã, uma capacitação em musicalização. Durante três dias, a atividade reuniu cerca de 300 educadores do pré ll, dos Centros Municipais de Educação Infantil (CMEI’s) e professores do 1° e 2° anos do ensino fundamental. De acordo com a coordenadora Pedagógica do Ensino Fundamental da Secretaria Municipal da Educação, Márcia Regina Ribeiro, a prática de musicalização para os alunos do pré II, 1º e 2º anos será aplicada durante este segundo semestre. “De forma lúdica e criativa a música será um instrumento na elaboração de outros conteúdos explorados em sala de aula.” Para a secretária da Educação, Cultura e Esporte, Aziolê Cavallari Pavin, a música é essencial na comunicação e expressão dos alunos, por isto estará inserida no contexto educacional a partir de agora. Ministrado pela professora de musicalização e coral, Haydée Seeling, o curso teve a intenção de rever a inicialização musical no perfil do cotidiano escolar, ampliar as variedades de linguagem e descobrir caminhos inovadores para a aprendizagem. A capacitação também teve a participação da psicóloga Fernanda Gorosito.

Oficinas Brincadeiras e cantigas de rodas cantadas em tons graves e agudos orientaram professores, de maneira lúdica e alegre, como chamar a atenção das crianças e envolvê-los no mundo encantado da poesia e da música. Com a missão de transformar a educação em uma ação integral com o intuito de formar seres humanos, conscientes e sensíveis, as oficinas trabalharam expressão corporal, comunicação desenvolvida em sala de aula e a linguagem artística. Quero brincar Autoras do livro “Quero Brincar - o Lúdico e a música Brincadeiras Musicais”, Fernanda Gorosito e Haydée Seeling, ao abordar o conteúdo enfatizaram no encontro, que a música em sala de aula não é somente mais uma disciplina, representa uma linguagem artística que contribui com a formação da criança. Segundo Haydée, a ideia de escrever sobre a literatura musical infantil surgiu quando observou que no Brasil o tema era carente. Rimas e poesias ao som de ritmos folclóricos foram elaborados em formas de linguagem coloquial que se tornaram um guia para o professor. “As canções são específicas e trabalham propriedades do som e instrumentos”, relata. Incentivar a criatividade e o raciocínio através de composições que levam os pequenos ao mundo da fantasia. De acordo com a psicóloga Fernanda esta é a proposta elaborada nas 53 canções que compõe o livro “Quero Brincar” .

A professora e palestrante Haydée Seeling orienta professores como chamar a atenção das crianças e envolvê-las no mundo da música

Professores e educadores da Rede Municipal de Educação participam de assessoramento de musicalização

Conferência Municipal de Assistência Social acontece hoje Encontro irá debater políticas públicas de amparo ao cidadão e eleger a nova gestão do Conselho de Assistência Social para o biênio 2013/2015 A Prefeitura Municipal de Colombo por meio do Conselho Municipal de Assistência Social realiza hoje, dia 7, no auditório da Regional Maracanã, das 8 às 17h, a X Conferência Municipal de Assistência Social. No encontro, a principal intenção será analisar, propor e deliberar as diretrizes para gestão e financiamento do Sistema Único de Assistência Social (SUAS) e, eleger a nova gestão do Conselho 2013/2015. O evento terá como tema central “A Gestão e o Financiamento na Efetivação do Sistema Único da Assistência Social”, que será abordado durante palestra proferida pela Assistente Social, Professora e Assessora do Instituto Portes Rocha, Lorena Ferreira. O tópico será dividido em seis eixos, entre eles: 1º- Confinamento obrigatório da assistência social, 2º- Gestão do SUAS: vigilância sócio assistencial, processos de planejamento monitoramento e avaliação, 3º- Gestão do trabalho, 4º- Gestão dos serviços, programas e projetos, 5º- Gestão dos benefícios no Suas e 6º- Regionalização. Segundo a presidente do Conselho, que coordena a conferência, Rosimeri Araújo, o encontro é um momento importante para aprimorar o olhar crítico sobre a Assistência Social com o objetivo de garantir a efetiva atuação de políticas públicas no amparo da aprovação dos direitos. “É um dever de todo cidadão ser um agente social, para que, todos sintam de fato incluídos na sociedade”, relata. Serviço:

X Conferência Municipal de Assistência Social Data: 7/08 (quarta-feira) - Horário: das 8 às 17 horas Local: Auditório da Regional Maracanã - Dorval Ceccon, 664 - Alto Maracanã.


5

| Quarta-feira, 7 de agosto de 2013 |

A gente tem o costume de querer tirar da cabeça aquilo que está no coração.

Céu nublado com muitas nuvens

TOME NOTA

Máx.24º Mín. 09º

Dia 08: Mín. 11º e Máx. 25º Dia 00: Mín. 10º e Máx. 20º Dia 10: Mín. 11º e Máx. 20º

PROGRAMAÇÃO DE CINEMA DO SHOPPING SÃO JOSÉ

Programação Sala

Filme

1

Os Escolhidos (Dub) - 14 Anos

2

Meu Malvado Favorito 2 (Dub) - Livre

2

RED 2 - Aposentados e ainda mais perigosos (Dub) - 14 Anos

Horários 12h00 F - 14h20 - 16h40 - 18h50 - 21h10 23h40 B 12h40 F - 15h00 - 17h10 - 19h20 21h30 - 00h00 B 11h30 F - 13h40 - 16h00 - 18h30 - 20h50 -

3

Os Smurfs 2 (Dub) - Livre

4

Wolverine: Imortal (Dub) - 14 Anos

13h50 - 16h30 - 19h10 - 21h50

5

Círculo de Fogo 3D - 12 Anos

22h00

5

Círculo de Fogo 3D (Dub) - 12 Anos

13h30 - 16h15 - 19h00

23h20 B

Legendas A Esta sessão será exibida SOMENTE Sexta-feira (09/08). B Esta sessão será exibida SOMENTE Sábado (10/08). C Esta sessão será exibida SOMENTE Sexta-feira (09/08) e Sábado (10/08). D Esta sessão será exibida SOMENTE Quinta-feira (15/08). E Esta sessão será exibida SOMENTE Domingo (11/08). F Esta sessão será exibida SOMENTE Sábado (10/08) e Domingo (11/08). G Esta sessão NÃO será exibida Terça-feira (13/08). I

Esta sessão NÃO será exibida Terça-feira (13/08) e Quinta-feira (15/08).

J

Esta sessão NÃO será exibida Segunda-feira (12/08).

K Esta sessão será exibida SOMENTE Terça-feira (13/08). L Esta sessão será exibida SOMENTE Terça-feira (13/08) e Quinta-feira (15/08). M Esta sessão NÃO será exibida Quarta-feira (14/08). N Esta sessão NÃO será exibida Sábado (10/08). P Esta sessão NÃO será exibida Sexta-feira (09/08) e Sábado (10/08). Q Esta sessão NÃO será exibida Quinta-feira (15/08). R Esta sessão NÃO será exibida Sábado (10/08) e Domingo (11/08). S Esta sessão NÃO será exibida Sexta-feira (09/08), Sábado (10/08) e Domingo (11/08).

Sopa Criolla Ingredientes: 2 colheres (sopa) de óleo de girassol 1 cebola picada 2 dentes de alho picados 1 colher (sopa) de pasta de ají panca 4 tomates sem pele e sem semente em cubos 500 g de filé-mignon cortado em cubos 1 litro de caldo de carne 1 folha de louro 1 colher (chá) de orégano 150 g de macarrão cabelo-deanjo 2 colher (sopa) de cebolinha picada 2 colher (sopa) de salsinha picada sal a gosto Modo de preparo Refogar, no óleo de girassol, a cebola e o alho por 2 minutos: Juntar a pasta de aji panca e refogar até o óleo separar da mistura: Colocar os tomates e depois a carne. Refogar por mais 10 minutos; Juntar o caldo, a folha de louro, o orégano e cozinhar por 30 minutos; Verificar o sal; Juntar o macarrão e cozinhar por 3 minutos; Servir em pratos fundos com a cebolinha e a salsinha por cima.

Carne contribui para resistência a antibióticos

© Coquetel/Ediouro Publicações 2005

George Sand, escritora de "Indiana" (?) zero: início Arma do índio

Jogos de "pubs" Efeito de remédios

31 (?) Today, importante jornal dos EUA Extensão oceânica

Conecta o micro ao telefone Tiloma

"Cidade de (?)", filme brasileiro O trabalho de difícil realização

Carta geográfica Forma do jornal

Sentir repulsão a

Déspota matricida romano

Aprovação dos noivos no altar

O dos "imortais" na posse é o fardão

Dar de (?): mostrar indiferença

(?) maldita, apelido da maconha Sensação no contato com a urtiga

"(?) sorte'', voto em provas de concursos A do Aedes aegypti aloja-se em poças

BANCO

A última mensagem do Titanic

Solução

A S S A D O

5) A novela é “Amor e Ódio” que foi exibida pelo SBT. Como aconteceu o primeiro encontro entre Regina (Suzy Rêgo) e José Maria (Daniel Boaventura)? a) Eles se encontram numa festa junina b) Ela é mordida por uma cobra e ela a socorre c) Ele para em sua fazenda e pede ajuda para trocar um pneu do carro d) Eles se encontram na estrada durante um passeio a cavalo

São disputados por partidos aliados de um governo Cozido no forno

O M B R

4) No ano de 2001, Lucélia Santos fez uma participação especial em “Malhação”. Qual dessas personagens foi interpretada pela atriz? a) Vera b) Nanda c) Dra. Jackie d) Dona Wilma

Manter sob efeito de calmantes

OS

3) A novela é “O Clone”. No final da trama, quem fez par romântico com Nazira (Eliane Giardini)? a) Antonio Calloni b) Dalton Vigh c) Perry Sales d) Raul Gazolla

Abriga a ilha de Marajó Roedor

S C E S A D U R A G R D O U S M P AR D U E B G U L S I E C R D O S

2) Na novela “Chocolate Com Pimenta” quem era o grande amor de Olga (Priscila Fantin)? a) Guilherme (Rodrigo Faro) b) Gabriel (Caco Ciocler) c) Danilo (Murilo Benício) d) Verme (Ângelo Paes Leme)

PALAVRAS CRUZADAS DIRETAS Opõe-se à Aluguel, receita, em inglês na con- Ação antitabilidade violência Aparelho confeccionado pelo protético

VA

1) Como se chamava a personagem da atriz Eliane Giardini, na novela “Avenida Brasil”? a) Monalisa b) Carminha c) Muricy d) Rita

R E E S P N T A T A C D A O D E O P A A N R O A J A A R

Depois do sucesso de público no ano passado, Adolfo Roitman, curador e diretor do Santuário do Livro em Jerusalém – lugar onde são exibidos os Manuscritos do Mar Morto – volta a Curitiba, a convite da Comunidade Israelita do Paraná e do Fundo Comunitário. No domingo, dia 11, às 16h, no auditório do Museu Oscar Niemeyer, ele apresentará a palestra “Personalidades em conflito: Herodes, Jesus, João Batista e a Comunidade do Mar Morto”. O tema está relacionado com a atual mostra que o Museu de Israel exibe sobre a vida do Rei Herodes. O evento será aberto, sendo a entrada uma lata de leite em pó infantil para doação.

Duas vezes por mês durante um ano, Lance Price, microbiólogo da Universidade George Washington, pediu que seus pesquisadores comprassem todas as marcas de frango, peru e carne de porco à venda em cada um dos principais supermercados de Flagstaff, Arizona. Enquanto os cientistas empurravam carrinhos de compras pelos corredores com pedaços de carne amontoados, os clientes, curiosos, perguntavam se eles estavam fazendo a dieta Atkins. Na verdade, Price e sua equipe estão tentando responder a questões preocupantes sobre a propagação dos germes resistentes a antibióticos em pessoas a partir de animais criados em fazendas industriais. Mais especificamente, eles estão tentando descobrir a quantidade de pessoas que têm contraído infecção urinária ao ingerirem carne comprada em supermercado em uma cidade norte-americana. Price descreve a si próprio como uma espécie de colecionador. Seu próprio congelador está repleto de uma mistura de amostras dos seios paranasais e ouvidos internos, tendo armazenado até mesmo a água de um narguilé. Entretanto, as milhares de embalagens de caldo de carne coletadas em Flagstaff, onde seu instituto de pesquisa sem fins lucrativos está situado, estão todas embaladas ordenadamente em congeladores localizados lá, marcados com códigos de barras para fins de identificação. Ele agora está investindo o poder do sequenciamento genético em uma tentativa ambiciosa de encontrar correspondências precisas entre os germes da carne e os de mulheres que sofrem de infecção urinária. Recentemente, apoiado nas mãos e nos joelhos em sua sala na Universidade de Washington, ele estudava a árvore genealógica de germes de algumas das amostras de carne, uma brochura de mais de 25 páginas que desfraldava como um rolo de papel toalha. As linhas e números nelas impressos mostravam os primeiros indícios que poderiam ajudar a responder a questão central investigada por Price: quantas mulheres de Flagstaff contraíram infecção urinária ao ingerirem carne comprada em um supermercado? Ele espera obter respostas preliminares neste trimestre. Alerta Pesquisadores têm nos alertado há anos a respeito dos antibióticos – remédios milagrosos que mudaram o curso da saúde humana no século 20 – estarem perdendo poder. Alguns advertem que se essa tendência não for interrompida, podemos voltar às condições que vivíamos antes dos antibióticos, quando as pessoas morriam de infecções comuns e as crianças não sobreviviam a infecções na garganta. Atualmente, as bactérias resistentes aos medicamentos causam cerca de 100 mil mortes por ano, mas principalmente entre pacientes com sistema imunitário enfraquecido, crianças e idosos. Há um amplo consenso quanto ao uso excessivo de antibióticos ter causado uma crescente resistência aos medicamentos. Muitos cientistas dizem existir evidências de que o uso intensivo de antibióticos para promover o crescimento mais rápido em animais criados em fazenda é um dos grandes culpados por isso, criando um reservatório de bacilos resistentes aos medicamentos que estão chegando até as comunidades. Mais de 70% de todos os antibióticos usados nos Estados Unidos são dados para animais. Grupos do agronegócio discordam e dizem que o principal problema é o uso excessivo de tratamentos com antibióticos em pessoas. Os bacilos raramente migram dos animais para as pessoas, e mesmo quando o fazem, o risco que representam para a saúde humana é desprezível, argumenta a indústria. Os cientistas dizem que o sequenciamento genético trará maior segurança para esse debate. Eles terão como rastrear os germes presentes nas pessoas até as suas origens, esteja ela em um animal de fazenda ou em outros pacientes hospitalizados. A deputada democrata Louise Slaughter, de Nova York, que defendeu uma legislação para controlar o uso de antibióticos em fazendas, disse que tal prova resolveria o problema.

C O L A T E R A L

Adolfo Roitman volta a Curitiba

D D E E S A A R M C A M R E N T B O

(Respostas: 1-c / 2-c /3-d / 4-d / 5-b)

Na esteira do seu sucesso estrondoso na internet, a Galinha Pintadinha salta das telas para os palcos. Com realização da Prime, a turnê oficial passa por Curitiba neste final de semana com o musical “Galinha Pintadinha – Cadê Popó?”, que traz os grandes sucessos dos DVDs e leva o público ao encontro dos personagens mais carismáticos e queridos das crianças. As apresentações serão realizadas no Teatro Positivo – Grande Auditório (R: Pedro Viriato Parigot de Souza, 5.300) com sessões às 17h, no sábado (10), e às 11h e 15h, no domingo (11). Com elementos visuais lúdicos e educativos, o espetáculo é extremamente interativo e a plateia é convidada a cantar, brincar e dançar com os personagens já conhecidos e favoritos pela criançada: a Galinha Pintadinha, o Pintinho Amarelinho, a Baratinha, a Borboletinha, o Galo Carijó, o Galinho, o Sapo, entre outros. Baseada nas canções de seus DVDs, o show segue valorizando o cancioneiro popular com uma roupagem moderna para a cultura tradicional brasileira. O musical foi adaptado para as apresentações em palco utilizando músicas, cenário e os bonecos que dão um verdadeiro show de animação. “A Galinha Pintadinha” possui mais de 600 milhões de acessos no site YouTube e mais de 1 milhão de DVDs oficiais vendidos. “Galinha Pintadinha – Cadê Popó?” é um show produzido pelos mesmos criadores dos DVDs. É dançante, lúdico, educativo e interativo. Crianças de todas as idades, pais, tios e avós: ninguém vai conseguir ficar parado. O espetáculo retrata a crise da Galinha Pintadinha, que desaparece por estar dividida entre a vida de estrela e mãe de família, deixando pais e crianças perplexos. A explicação, segundo a Baratinha, é que ela vai encerrar a carreira! Verdade ou mentira? Dispostos a encontrar a Galinha Pintadinha e desfazer a confusão, a banda Naftalinas embarca em uma divertida viagem pelas canções infantis que unem pais e filhos. Sucessos como “A casa da Galinha Pintadinha”, “Pintinho Amarelinho”, “Borboletinha”, “Mamama Papapa”, “Lava a Mão”, “A Barata”, “Galinha Pintadinha”, “O Sapo”, “Pai Francisco”, “Se Essa Rua Fosse Minha”, “Alecrim Dourado”, “Meu Galinho”, “Galinha Pintadinha 2” e “Quem Está Feliz”, fazem parte do repertório.

Shopping Sao Jose (09/08/2013 a 15/08/2013)

4/rent. 5/modem. 6/anojar. 9/dentadura — retângulo.

Galinha Pintadinha volta a Curitiba


6

| Quarta-feira, 7 de agosto de 2013 |

Fabio Deiverson Jazz Quintet é a atração desta quarta no Teatro SESI de SJP O saxofonista e compositor Fabio Deiverson apresenta-se com seu quinteto nesta quarta-feira (7), no Teatro Sesi São José dos Pinhais a partir das 20h. O quinteto formado pelos músicos Fabio Deiverson (saxofone), Paulinho Sabbag (piano), Emmanuel Bach (guitarra), Fernando Rivabem (bateria) e Flavio Lira (baixo), apresentará um repertório baseado em várias vertentes da música brasileira e do jazz, onde Fabio mostra também suas composições. O Secretário Municipal de Cultura, Amarildo Rosa está confiante em mais uma grande apresentação. “Estamos otimistas com a apresentação do Fabio Deiverson e seu quinteto, a cada apresentação de qualidade formamos uma platéia mais fiel ao Teatro Sesi São José dos Pinhais”, afirmou o Secretário. Integrante de uma família de músicos, Fabio Deiverson iniciou seus estudos de

Dia 30, Aciap e Sescap-PR organizam o curso Escrituração Fiscal Digital ICMS/IPI

harmonia e piano aos 9 anos. Aos 14 anos, demonstrou interesse pelo saxofone, estudando inicialmente sax alto, depois sax tenor, instrumento ao qual passou a se dedicar exclusivamente. Mais tarde, começou a escrever arran-

jos para gospel big bands, sempre buscando o estilo jazzístico em suas composições e arranjos. SERVIÇO Fabio Deiverson Jazz Quintet Data: 7/08/2013

Horário: 20:00 Local: Teatro Sesi São José dos Pinhais – Rua XV de Novembro 1800 – Centro Ingresso: R$ 10,00 (inteiro) e R$ 5,00 (meio-ingresso) Informações: (41) 33853095

Prefeitura realiza reunião com coordenação da Defesa Civil do Estado O vice-prefeito de São José dos Pinhais, Toninho da Farmácia, recebeu nesta terçafeira (6) membros da Coordenação da Defesa Civil do Estado, para discutirem sobre a elaboração do Plano de Trabalho com projetos de ação para a reconstrução das áreas atingidas pelas chuvas do mês de junho, que deve ser encaminhado nas próximas semanas ao Governo Federal. Em São José dos Pinhais o maior foco de reconstrução está nas casas atingidas pela enchente. A Prefeitura ainda tem o prazo de 52 dias para encaminhar o pedido de recursos. No Plano de Trabalho

devem estar dados referentes aos danos materiais causados pelas chuvas, a identificação das ações de reconstrução, acompanhadas das respecti-

Campo Grande (MS) conhece técnica usada em antipó de SJP

vas estimativas financeiras, as etapas ou fases de execução, o plano de aplicação dos recursos financeiros, o cronograma de desembolso

com a previsão do início e fim da execução das ações, bem como da conclusão das etapas ou fases programadas. Participaram da reunião o Tenente, João Claudio Schena e o Capitão Dorico Borba da Defesa Civil do Paraná, o Tenente Coronel do Corpo de Bombeiros, Fábio de Oliveira, representando a Defesa Civil de São José dos Pinhais, o agente Paulo Roberto Ramos, o chefe de gabinete do Prefeito Louir Berti, a secretária de Habitação Rita de Cássia Meyer e servidores municipais das secretarias de Segurança e Planejamento e Desenvolvimento Econômico.

Grupo Boticário e Famec realizam curso gratuito de informática Programa de Inclusão Digital e Informática Básica oferece 40 vagas em São José dos Pinhais. Inscrições vão até sexta-feira (9)

A Secretaria de Viação e Obras Públicas da Prefeitura de São José dos Pinhais recebeu a visita do Secretário de Obras de Campo Grande (MS), Semy Ferraz. Na manhã desta terçafeira, Semy esteve no município a fim de conhecer a técnica utilizada no anti-pó usado nas ruas da cidade. Acompanhado do Secretário de Obras de São José dos Pinhais, Leandro Rocha e dos técnicos da empresa Inconsel (responsável pelo fornecimento do produto ao município), a comissão de Campo Grande visitou alguns lugares específicos do município onde foi usado o anti-pó com óleo de xisto e onde esta sendo aplicado – como é o caso do Jardim Independência.

O antipó com óleo de xisto é a opção de trabalho da Prefeitura pela sua penetração na estrutura criando uma impermeabilização da base, durabilidade (no município, existem ruas onde o anti-pó foi aplicado há mais de dez anos e continua intacto) e a incorporação que ocorre do pó com a ação do sol, criando assim, uma boa estrutura para receber a massa asfáltica. O secretário de Campo Grande soube do produto utilizado e através da empresa fornecedora resolveu conhecer o produto, com a intenção de levar a técnica para uso em sua cidade. Participaram da visita o diretor técnico da Inconsel, Renè Pugsley e o gerente comercial, Júlio Moito Junior.

O Grupo Boticário e a Famec - Faculdades da Indústria do Sistema Fiep, estão com inscrições abertas para o Programa de Inclusão Digital e Informática Básica. O curso é gratuito e irá disponibilizar 40 vagas para pessoas da comunidade de São José dos Pinhais e região. O Programa tem duração total de 80 horas dividas em dois módulos. Para participar é preciso ter 18 anos ou mais e ter concluído o ensino fundamental. As inscrições vão até a próxima sexta-feira (9) e devem ser feitas na sede da Famec (Avenida Rui Barbosa, 5881 – Afonso Pena – São José dos Pinhais – PR). As aulas começam na próxima segunda-feira (12). Esta é a segunda edição do curso que, em 2012, certificou 103 pessoas em nove turmas. Em 2013, os alunos terão aulas de alfabetização digital, Windows 7, Internet Explorer e Office 2010 (Word, Excel e Power Point). “Queremos oferecer conhecimento e oportunidade de desenvolvimento pessoal e profissional para as pessoas das comunidades em que mantemos fábricas e centros de distribuição”, afirma Malu Nunes, gerente de Sustentabilidade do Grupo Boticário. Além do Grupo Boticário e da Famec, o curso conta com a parceria do Serviço Social da Indústria – SESI PR e BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social). As aulas serão presenciais com duração de duas horas em dias alternados. Os alunos podem optar em participar das aulas na sede da FAMEC (segundas quartas e sextas-feiras) ou em uma sala situada na fábrica do Grupo Boticário (terças e quintas), ambos em São José dos Pinhais. Mais informações pelo telefone (41) 3593-1200.

A Associação Comercial de São José dos Pinhais, por meio do Programa de Aprimoramento Profissional do Sindicato das Empresas de Serviços Contábeis e de Assessoramento, Perícias, Informações e Pesquisas no Estado (Sescap-PR) organiza, dia 30 de agosto, o curso Escrituração Fiscal Digital ICMS/IPI. O registro é de uso obrigatório para todos os contribuintes destes impostos. Trata-se de arquivo digital, que se constitui em um conjunto de escrituração de documentos fiscais e de outras informações de interesse dos fiscos das unidades federadas e da Secretaria da Receita Federal, bem como no registro de apuração de impostos referentes às operações e prestações praticadas pelo contribuinte. O objetivo, para com contabilistas, técnicos em contabilidade e usuários da Escrituração Fiscal Digital (EFD), é repassar conhecimento básico da legislação e aspectos práticos acerca da EFD. A capacitação, que será ministrada pelo auditor fiscal Luis Tutomu Kubota Ando, um dos responsáveis pela implantação da EFD no país, ocorre das 8h30 às 12h e das 13h30 às 18h na sede da entidade são-joseense. Informações 3525-0801. Investimento associados Sescap-PR e Aciap R$ 55,00; representados do Sescap-PR R$ 135,00; associados ao SICONTIBA, R$ 135,00; e demais interessados R$ 270,00.

FALECIMENTOS  Zoraide Prestes dos Santos, 84 anos. Sepultamento hoje, às 14 horas, no Cemitério Municipal de Palmas.  Eva Terezinha dos Santos, 56 anos. Sepultamento hoje, às 9 horas, no Cemitério Parque Senhor do Bonfim.  Glauber Filipe Palma Fernandes, 31 anos. Sepultamento hoje, às 10 horas, no Cemitério da Contenda.  Nestor Quintiliano da Cruz, 62 anos. Sepultamento hoje, às 9 horas, no Cemitério Rio de Una.  Santa Mercedes Oliveira, 44 anos. Sepultamento hoje, às 10 horas, no Cemitério Memorial da Vida.  José de Gouveia, 77 anos. Sepultamento hoje, às 16 horas, no Cemitério Padre Pedro Fuss. Serviço Funerário Municipal - São José dos Pinhais Rua Ângelo Zem, 55 Centro - Fone : 3382 1271


7

| Quarta-feira, 7 de agosto de 2013 |

TR, POUPANÇA E TBF TR MENSAL % abr mai 0,00 0,00

Frota do Paraná chega a 6 milhões de veículos

jun 0,00

jul 0,02

ano 0,02

12 m 0,03

POUPANÇA MENSAL % abr mai jun 0,5000 0,5000 0,5000

jul 0,5210

ano 3,57

12 m 6,20

ÍNDICES DIÁRIOS Período 9/7 a 9/8 10/7 a 10/8 11/7 a 11/8 12/7 a 12/8 13/7 a 13/8 14/7 a 14/8 15/7 a 15/8 16/7 a 16/8 17/7 a 17/8 18/7 a 18/8 19/7 a 19/8 20/7 a 20/8 21/7 a 21/8 22/7 a 22/8 23/7 a 23/8 24/7 a 24/8 25/7 a 25/8 26/7 a 26/8 27/7 a 27/8 28/7 a 28/8 29/7 a 29/8 30/7 a 30/8 31/7 a 31/8 1/8 a 1/9

O número de carros, motos, caminhões e ônibus, entre outros, equivale a mais da metade da população, que segundo o último Censo do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), em 2010, somava 10,4 milhões de pessoas

TR 0,0349 0,0377 0,0207 0,0000 0,0000 0,0084 0,0238 0,0229 0,0547 0,0000 0,0000 0,0000 0,0018 0,0274 0,0228 0,0487 0,0219 0,0000 0,0000 0,0000 0,0113 0,0480 0,0000 0,0000

TBF 0,6951 0,6979 0,6708 0,6327 0,6285 0,6585 0,6840 0,6831 0,7151 0,6451 0,6165 0,6220 0,6518 0,6876 0,6830 0,7190 0,6820 0,6136 0,6087 0,6377 0,6614 0,7183 0,6387 0,6480

CONSTRUÇÃO em % abr mai CUB/PR 0,21 0,11 CUB (Jun/2013): R$ 1.089,82

jun 0,22

Poupança 0,4902 0,4930 0,5036 0,4828 0,4828 0,4912 0,5067 0,5058 0,5378 0,4828 0,4828 0,4828 0,4846 0,5103 0,5057 0,5317 0,5048 0,4828 0,4828 0,4828 0,4828

ano 1,36

12 m 8,03

FAJ-TR / TR-FATOR

O Paraná alcançou a marca de 6.008.734 veículos em circulação. Com isso, a frota paranaense já é a terceira maior do Brasil, atrás apenas de São Paulo O Paraná alcançou nesta terça-feira (06) a marca de 6.008.734 veículos em circulação. Com isso, a frota paranaense já é a terceira maior do Brasil, atrás apenas de São Paulo (mais de 23,6 milhões) e Minas Gerais (8,5 milhões). O Estado responde sozinho por cerca de 40% dos veículos registrados em toda Região Sul. O número de carros, motos, caminhões e ônibus, entre outros, equivale a mais da metade da população, que segundo o último Censo do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), em 2010, somava 10,4 milhões de pessoas. Ou seja, existe um veículo registrado a cada dois paranaenses. “Todos os meses entram em circulação, em média, 31 mil veículos novos no Paraná. De janeiro a julho de 2013, foram quase 217 mil primeiros emplacamentos registrados”, conta o diretor-geral do Detran, Marcos Traad. Segundo ele, a frota do Estado mais do que dobrou na última década e não passava de 2,5 milhões de veículos em 2001. “É um crescimento que exige do poder público planejamento e investimentos em educação, fiscalização e engenharia. O Governo do Estado tem adotado uma série de medidas para melhorar os serviços e garantir segurança no trânsito. Além disso, também passou a auxiliar os municípios no planejamento de ações nesse sentido”, destaca Traad. CIDADES Curitiba é o município paranaense com mais carros nas ruas e já registra 1.331.277 veículos. Londrina, na região Norte, conta 334.916 veículos e Maringá, no Noroeste, tem 280.916. No ranking das maiores frotas, Cascavel registrou 186.205 veículos no último mês. Seguida por Ponta Grossa (165.758), São José dos Pinhais (160.110) e Foz do Iguaçu (142.994). Para auxiliar as cidades menores, que ainda não têm o trânsito municipalizado e também aproximar a gestão do trânsito das pessoas, o Detran do Paraná propôs uma parceria que garante apoio técnico e financeiro para questões de sinalização viária e engenharia. Em 2013, são 59 cidades conveniadas. Em 2014, serão atendidas mais 90. ATENDIMENTO Outra preocupação do Departamento é melhorar os serviços prestados aos usuários no mesmo ritmo do crescimento da frota. Para isso, a autarquia investe em serviços pela internet, através do sistema Detran Fácil, e em outras opções de atendimento, como os 300 totens que devem ser instalados até o final do ano em diferentes pontos do Estado. “O aumento na frota implica em mais carros sendo emplacados, vistoriados e registrados, mais motoristas renovando a Carteira Nacional de Habilitação, novos condutores examinados, mais certidões emitidas. É obrigação do governo atender esta demanda de forma satisfatória e eficaz. Por isso, o Detran está se modernizando”, explica o diretor de Tecnologia e Desen-

volvimento do Departamento, Hugo Seleme Collodel. ENGENHARIA Com mais de 722 mil veículos pesados, entre caminhões, reboques e ônibus, circulando nas estradas, o Governo do Paraná realiza obras importantes, como a duplicação da PR 445, entre Londrina e Cambé; a duplicação entre Maringá e Paiçandu; os contornos de Mandaguari e Campo Largo; a duplicação entre Matelândia e Medianeira; e as obras de duplicação da Rodovia do Café, que devem começar em setembro e representam investimento de R$ 1,2 bilhão ao longo dos sete anos de execução. Ao todo, são mais de R$ 840

OPINIÃO

milhões investidos na conservação e manutenção de 11,8 mil quilômetros de rodovias, mais de R$ 250 milhões aplicados em obras de duplicações e contornos e R$ 400 milhões na duplicação de vias na Região Metropolitana de Curitiba, além da retomada das obras nas rodovias concessionadas, com investimentos de R$ 1,5 bilhão. “Estamos investindo no maior programa de melhoria rodoviária no Brasil, recuperando a malha paranaense e modernizando as rodovias para permitir que o setor produtivo e os paranaenses possam usufruir de uma boa infraestrutura”, lembra o secretário de Infraestrutura e Logística, José Richa Filho.

EDUCAÇÃO Os projetos e ações de educação para o trânsito foram retomados e passaram a envolver as prefeituras. Em 2014, mais de 40,5 mil alunos da rede pública de ensino municipal, em 132 cidades paranaenses, vão trabalhar o tema durante as aulas. Campanhas e blitz educativas também uniram poder público e iniciativa privada, como a Associação de Bares e Restaurantes, empresas fabricantes de bebidas alcoólicas e associações de taxistas. Outras atividades são mantidas pela Escola Prática Educativa de Trânsito, administrada pelo Departamento de Estradas de Rodagem (DER), que já atendeu mais de 1,2 milhão de alunos.

*Darci Piana

Dia dos Pais incrementa comércio O comércio varejista espesetor fique na faixa dos 4,9%, ra movimento adicional nespraticamente a metade do ta semana, véspera do Dia dos desempenho do ano passado, Pais. Apesar do momento de que foi de 9% no Paraná. instabilidade econômica do A inflação e a taxa de jupaís, uma sondagem de intenros em patamares superiores ção de consumo feita pela Feaos de igual período de 2012, deração do Comércio do juntamente à alta do dólar, Paraná (Fecomércio PR) guilhotinam a performance aponta que 71% dos consumido comércio. Outras limitadores curitibanos pretendem ções no ambiente econômipresentear o pai. O Dia dos co brasileiro, tais como a fraPais está entre as cinco datas ca expansão do emprego, a de maiores vendas do varejo, inadimplência e o esgotaque incluem também o Natal, mento da capacidade de comDia das Mães, Dia dos Namopra dos consumidores contriDarci Piana, presidente do rados e Páscoa e Dia dos Pais. Sistema Fecomércio do Paraná buem para compor um amE todos têm em comum o apebiente tímido para as vendas. lo sentimental, um forte argumento para o Essa sutil retração do mercado reflete na posconsumo. tura dos empresários do comércio de bens, Os produtos que apresentam grande poserviços e turismo, que estão receosos quantencial de vendas são roupas e calçados, esto ao rendimento para o segundo semestre colhidos por 57% dos entrevistados. Em sedeste ano. Recentemente a Fecomércio PR guida vêm os eletroeletrônicos, celulares, ouviu a opinião dos empreendedores paprodutos de informática e perfumes. O setor ranaenses e a maioria das respostas mostrou de turismo e gastronomia também recebe um que as expectativas ainda são positivas. No estímulo extra nesta época, pois há aqueles entanto, esse foi o pior índice registrado em que preferem presentear o pai com uma viaonze anos de pesquisa. gem ou um almoço especial no segundo doO cenário econômico brasileiro já teve mingo do mês de agosto. dias melhores, mas, por enquanto, não há A pesquisa da Fecomércio PR revelou tammotivos para pânico. De modo geral, o cobém que a maioria dos consumidores, 46%, mércio continua a crescer, um pouco tímivai gastar entre R$ 60 e R$100. Outros 32% do, de fato, mas preparado para suportar planejam despender entre R$20 e R$50 no eventuais adversidades. Sob a luz de alerta presente e 22% vão desembolsar acima de que começou a piscar em todo o país, é preciR$100. so ter em mente que desaceleração é difeMesmo com a disposição de comprar rente de estagnação. O ritmo da economia manifestada pela população, o crescimento mostra sinais de enfraquecimento, porém, o nas vendas neste Dia dos Pais deve ser mesetor produtivo se esforça para não deixá-lo nor, da mesma forma que nas demais datas parar definitivamente. comemorativas do varejo já ocorridas em 2013. A projeção da Confederação Nacional Darci Piana do Comércio de Bens, Serviços e Turismo Presidente do Sistema Fecomércio (CNC) é de que a alta do faturamento do Sesc Senac Paraná

Foto Paulo Rosa/Detran

4/8 5/8 SELIC Jun/12 Jul/12 Ago/12 Set/12 Out/12 Nov/12 Dez/12

2,76809740 2,76809740

0,64% 0,68% 0,69% 0,54% 0,61% 0,55% 0,55%

0,01240190 0,01240190

Jan/13 Fev/13 Mar/13 Abr/13 Mai/13 Jun/13 * Jul/13

0,60% 0,49% 0,55% 0,61% 0,60% 0,61% 1,00%

* No mês corrente o valor da Selic é sempre 1,00% IR - MAIO * IR 2013: A terceira parcela do IR 2013 vence em 28/06. Para pagamento desta parcela há juros Selic de 1,60%. ** Para pagar atrasado um tributo cujo vencimento foi no mesmo mês, será cobrada a Selic do mês corrente (1,00%). Para atrasos que extrapolem o mês em curso, será cobrada taxa equivalente à soma da Selic dos meses em atraso, mais multa. PREVIDÊNCIA Competência: MAIO As empresas têm prazo para pagar até 20/6 e as pessoas físicas até 17/6. A partir desses prazos há multas de 4% a 100%, além de juros pela taxa Selic. EMPRESÁRIO/EMPREGADOR Contribui com 11% sobre o pró-labore, entre R$ 678,00 (R$ 74,58) e R$ 4.159,00 (457,49), através de GPS. AUTÔNOMO 1) Quem só recebe de pessoas físicas: recolhe por carnê 20% sobre os limites de R$ 678,00 (R$ 135,60) a R$ 4.159,00 (R$ 831,80). 2) Quem só recebe de pessoas jurídicas: a empresa recolhe 11% até o máx. de R$ 4.159,00 (R$ 457,49) e desconta do autônomo. 3) Quem recebe de jurídicas e físicas: têm desconto de 11% sobre o que recebe de jurídicas, até R$ 4.159,00 (R$ 457,49). Se não atingir este teto, recolhe 20%, via carnê, sobre a diferença até R$ 4.159,00. FACULTATIVO Contribui com 20% sobre qualquer valor entre R$ 678,00 (R$ 135,60) e R$ 4.159,00 (R$ 831,80), através de carnê. ASSALARIADOS Salário Contribuição (R$) Até 1.247,70 De 1.247,71 até 2.079,50 De 2.079,51 até 4.159,00

Alíquota 8,00% 9,00% 11,00%

EMPREGADOS DOMÉSTICOS Empregado Empregador Total

Alíquota % 8 a 11 12 20 a 23

R$ mín 54,24 81,36 135,60

SALÁRIO FAMÍLIA – MAIO/2013 Salário de até R$ 646,55 Salário de R$ 646,56 a 971,78

R$ máx 457,49 499,08 956,57

R$ 33,16 R$ 23,36

OUTROS ÍNDICES BTN + TR TJLP Sal. Mínimo FGTS UPC

Mar 1,570040 5,00 678,00 0,2466 22,31

Abr 1,570040 5,00 678,00 0,2466 22,31

IR – TABELA DE JUNHO Desconto na fonte e carnê-leão Base (R$) Alíquota Até 1.710,78 isento 1.710,79 a 2.563,91 7,5% 2.563,92 até 3.418,59 15,0% 3.418,60 até 4.271,59 22,5% Acima de 4.271,59 27,5%

Mai 1,570040 5,00 678,00 0,2466 22,31

Jun 5,00 678,00 0,2466 22,31

Dedução – R$ 128,31 R$ 320,60 R$ 577,00 R$ 790,58

Deduções: a) Assalariados: 1) - R$ 171,97 por dependente; 2) - pensão alimentícia; 3) - contribuição à Prev. Social; 4) - R$ 1.710,78 por aposentado a partir de 65 anos; 5) - contribuições à previdência privada e aos Fapi pagas pelo contribuinte; b) Carnê Leão: itens de 1 a 3 mais as despesas escrituradas no livro-caixa.


8

| Quarta-feira, 7 de agosto de 2013 |

O prefeito Gustavo Fruet destacou nesta terça-feira (6), durante a abertura do encontro internacional de educação Salamundo, avanços da educação municipal de Curitiba e falou sobre os desafios para esta área. O evento, no auditório do Teatro Positivo, prossegue até esta quarta-feira (07) e reúne pensadores, especialistas e personalidades de destaque nacional e internacional no debate sobre educação. A cerimônia de abertura contou com as presenças do ministro de Educação, Aloizio Mercadante, do vice-governador do Paraná e secretário estadual da Educação, Flávio Arns, da vice-prefeita de Curitiba, Mirian Gonçalves, da secretária municipal da Educação de Curitiba, Roberlayne Borges Roballo, e do presidente do grupo Positivo, Hélio Rotemberg. Segundo o prefeito, os bons resultados de Curitiba em índices nacionais, como Ideb e IDH, que colocam a cidade em posição de destaque em ralação as outras capitais, não são motivos para o comodismo. “Nossos desafios são amplos e nossas metas, ousadas. Vamos universalizar o atendimento no préescolar, ampliar o número de vagas para crianças de 0 a 3 anos e a qualidade das ações pedagógicas no ensino fundamental. Faremos com que o índice de alfabetização da cidade chegue próximo a

Valdecir Galor/SMCS

Prefeito Fruet fala de avanços na educação municipal no Salamundo

Avanços e desafios na educação em Curitiba foram apresentadas pelo prefeito Fruet

100%”, disse Fruet. Gustavo Fruet valorizou a importância do diálogo aberto, permanente e democrático entre as instituições públicas e privadas de educação. Também afirmou que a participação das equipes da educação municipal no evento é fundamental, tanto para apresentar importantes conquistas asseguradas por Curitiba na área, quanto para o processo de

reflexão e debate. O prefeito também falou da ampliação de vagas na educação infantil e na Educação de Jovens e Adultos (EJA), do programa Curitiba Mais Educação - cuja meta é qualidade e equidade no ensino municipal – que são programas desenvolvidos por esta gestão e que já alcançam resultados significativos. “O aumento gradativo no orçamento destinado à educação,

que chegará a 30% da receita do Município ao longo dos próximos quatro anos, somado a valorização dos profissionais da educação e um novo programa de formação continuada, além de importantes parcerias com o governo federal, tem garantido a Curitiba uma posição de vanguarda nesta área”, disse Fruet. As parcerias com o governo federal também foram ci-

tadas pelo prefeito, entre elas os recursos que estão sendo pleiteados para a construção de 34 Centros Municipais de Educação Infantil (CMEIs) para ampliação da oferta da educação integral e para a formação continuada dos profissionais. “Curitiba é um exemplo bem-sucedido de parceria entre municípios e governo federal”, disse o ministro Aluísio Mercadante. “O prefeito

Gustavo Fruet e sua equipe terão nosso apoio, pois vêm desenvolvendo importantes programas para o ensino fundamental da capital do Paraná”, disse Mercadante. O ministro da Educação fez a palestra inaugural do evento e enfatizou que na educação básica a prioridade tem de ser a Matemática, Português e Ciências. Outras matérias, segundo o ministro, são importantes para o desenvolvimento dos estudantes, mas o foco deve ser nas prioritárias. A cerimonia de abertura do Salamundo contou também com a as presenças do deputado federal Alex Canziani, dos reitores das universidade Positivo, José Pio Martins, e Federal do Paraná, Zaque Akel Sobrinho,do presidente do Sindicato das Escolas Particulares de Curitiba, Jacir Venturi, do presidente da Fecomércio, Darci Piana, e da presidente do grupo GRPCom, Ana Amélia Filizola. Entre os palestrantes do encontro estão o jornalista do The New York Times Paul Tough; os filósofos franceses Luc Ferry e André ComteSponville, o escritor peruano e prêmio Nobel de literatura em 2010 Mário Vargas Llosa. Também são palestrantes a presidente do Instituto Ayrton Senna, Viviane Senna e o economista e pesquisador em educação Cláudio de Moura Castro, entre outros.

Flores de inverno enfeitam ruas e praças da cidade Cesar Brustolin/SMCS

A estação tem cravinas, bocas-de-leão, amores-perfeitos e petúnias, em tons que passam pelo pink, amarelo, laranja, azul e branco

Milhares de mudas saíram do Horto Municipal nas últimas semanas. São as flores típicas de inverno, que já chegaram às ruas, canteiros, praças e parques da cidade. A estação tem cravinas, bocas-de-leão, amores-perfeitos e petúnias, em tons que passam pelo pink, amarelo, laranja, azul e branco. A cada ano, o Horto Municipal produz aproximadamente 6 milhões de mudas. As flores de inverno permanecem nos espaços públicos até o início do mês de novembro, quando começam a ser substituídas pelas espécies de verão. No total, Curitiba tem 1,5 milhão de flores plantadas. O Jardim Botânico é o local da cidade que concentra o maior número de flores.

“Há 150 mil unidades, substituídas a cada três meses”, conta a diretora do departamento de Produção Vegetal da Secretaria Municipal do Meio Ambiente, Erica Mielke. Para produzir 500 mil mudas a cada mês, os 70 funcionários que atuam no Horto Municipal do Guabirotuba contam com a preciosa ajuda da tecnologia. “Há uma máquina que nos permite fazer a semeadura de até 900 unidades por minuto”, explica Erica. Este mesmo processo levava mais de uma hora quando era feito de forma manual. Antes de chegarem às ruas, as flores passam por várias etapas, numa verdadeira linha de produção. Após a semeadura, as mudas são levadas para uma câmara de

germinação com temperatura constante, em torno de 22°C, onde permanecem por cerca de quatro dias. Em seguida, são transferidas para a estufa de desenvolvimento, onde ficam protegidas do frio, chuva ou ventos durante o período médio de um mês. A próxima etapa é a sala de repicagem, onde as mudas são transplantadas para as bandejas definitivas. Este setor conta com uma importante ajuda tecnológica. O processo é automatizado, o que permite mais eficácia e maior produção. “Com apenas dez pessoas atuando, a máquina de repicagem permite a produção máxima de 60 mil mudas num único dia. “Isso era uma meta impossível pouco tempo atrás”, diz a diretora.

Comitê de Aleitamento Materno é criado em Curitiba Em uma ação que integra a Semana Mundial de Amamentação, o secretário municipal de Saúde, Adriano Massuda, instituiu nesta terça-feira (6) o Comitê de Aleitamento Materno e Alimentação Complementar Saudável (Amacs) de Curitiba. A assinatura para implementação do Comitê ocorreu em reunião realizada na sede da Secretaria, com profissionais que atuam nas unidades de saúde, nas maternidades ligadas ao Sistema Único de Saúde (SUS) e representantes de organizações não-governamentais. Massuda destacou a importância desse espaço de debates devido à necessidade de se rediscutir o aleitamento com a própria sociedade. Ele analisa que as mulheres estão deixando de amamentar cada vez mais cedo devido ao estilo de vida e às pressões do mercado de trabalho. “É necessário chamar a aten-

ção da sociedade sobre a importância da amamentação”, enfatizou. O Comitê terá caráter técnico-científico, educativo, participativo e de mobilização social. Todas as ações serão desenvolvidas com base nas recomendações do Ministério da Saúde e da Organização Mundial da Saúde. O Comitê será responsável por subsidiar políticas públicas e ações de promoção, proteção e de apoio ao aleitamento materno em Curitiba. Entre as atividades previstas para serem desenvolvidas pelo Comitê estão a análise, monitoramento e divulgação das informações sobre aleitamento materno e alimentação complementar nos diversos níveis de atenção à saúde das crianças residentes em Curitiba. Também deve transmitir o conhecimento e sensibilização sobre o assunto. “Dentro do Programa Mãe Curitibana, queremos ampliar o Programa de Aleitamento Materno

(Proama) para todas as unidades de saúde de Curitiba. Precisamos difundir estes conhecimentos por toda a cidade”, salientou Massuda. A coordenadora do Proama, Claudete Teixeira Krause Closs, destacou a importância desse debate colegiado para fortalecer o trabalho de orientações às mães e gestantes. “Muitas mães têm dúvidas e precisam de orientações para agir corretamente durante a amamentação. Esse apoio é fundamental para que elas não desistam desse processo essencial para a saúde dos bebês”, enfatizou. O Comitê será composto por representantes de 22 instituições de Curitiba, entre conselhos de classe, associações da área de saúde, hospitais e maternidades credenciadas ao SUS, bancos de leite, secretarias municipais, entre outros, que se reunirão mensalmente.


| Quarta-feira, 7 de agosto de 2013 |

PUBLICAÇÕES LEGAIS / NACIONAL

9


10

| Quarta-feira, 7 de agosto de 2013 |

Norma de desempenho das edificações aumenta responsabilidades dos agentes da construção civil A Norma de Desempenho de Edificações Habitacionais (ABNT NBR 15.575) entrou em vigor em 19 de julho e passa a ser exigida para projetos protocolados após essa data. A normativa define novas obrigações para os projetistas, incorporadores ou construtores e também para os usuários. Os fornecedores de produtos e fabricantes também serão afetados. Ao mesmo tempo em que se espera um gradual avanço tecnológico na construção civil brasileira, a medida deve elevar o custo final dos empreendimentos imobiliários e, consequentemente, o preço de venda do imóvel. “Toda a cadeia produtiva da construção civil deverá movimentar-se, revisar procedimentos e contratos. Trata-se de uma mudança de cultura, que vai exigir mais comprometimento de todos os intervenientes da cadeia”, avalia a sócia e advogada do escritório Santos Silveiro, Lourdes Helena Rocha dos Santos. A normatização leva em conta a ótica dos usuários para estabelecer requisitos e critérios, com parâmetros determinados. Além dos requisitos gerais, são abordadas questões relacionadas aos sistemas estruturais, sistemas de pisos internos, vedações internas e externas, sistemas de coberturas e hidrossanitários. O desempenho passa a ser medido em três níveis: Mínimo (M), Intermediário (I) e Superior (S). O regramento traz referenciais técnicos inovadores. Entre eles, está o conceito de manutenibilidade, que determina que os produtos e sistemas empregados na edificação permitam a manutenção pelos usuários, sem comprometer a sua saúde e segurança. A norma também obriga que os projetos contenham a informação de sua Vida Útil, que se refere ao período pelo qual os materiais e seus sistemas devem atender às normas de desempenho. O

conceito difere-se da garantia legal, esta relacionada ao período em que a solução dos defeitos é assegurada pelo construtor ou incorporador, sem justificativa de mau uso ou envelhecimento natural. As exigências não se aplicam a obras já concluídas, em andamento ou em reforma, edificações com retrofit ou provisórias. Desse modo, não terá efeito retroativo. “Todavia, acredita-se que a norma passará de imediato a ser uma referência para mensurar a qualidade de projetos já idealizados, anteriormente a sua vigência. Vale ressaltar que o regramento faz referência a outras normas prescritivas que já estão em vigor e que devem ser atendidas durante a fase de projeto e execução das obras”, observa Lourdes. Ainda assim, a advogada do escritório Santos Silveiro sugere que, para obras em andamento, sejam adotadas algumas precauções para que construtoras e incorporadoras se resguardem de futuras demandas relacionadas à qualidade da edificação. “Os empreendedores já devem adequar seus procedimentos, lançando mão de manuais de uso e operação mais criteriosos e também fazer as necessárias inspeções prediais para avaliar se a edificação está se submetendo às manutenções indicadas no manual”, orienta. A norma deixa clara a responsabilidade do usuário final pela manutenção para assegurar a garantia oferecida pela incorporadora e a vida útil projetada. O mau uso ou a falta de conservação poderá eximir o incorporador ou construtor da responsabilidade pelo problema ocorrido. “Nesse sentido, deverá haver por parte do empreendedor uma maior atenção na confecção dos manuais de uso e manutenção dos imóveis, no memorial descritivo e mesmo nos folders publicitários”, recomenda Lourdes. O Memorial Descritivo deve ser claro e preciso em re-

lação aos materiais que serão utilizados na obra. Os Manuais de Uso deverão conter claramente as regras de uso e manutenção do imóvel, devem indicar quais as intervenções no imóvel são proibidas, bem como a forma correta do uso do imóvel, relacionando os procedimentos e periodicidade das manutenções e a forma de sua realização. Agentes e responsabilidades – As exigências vão demandar uma equipe multidisciplinar para a elaboração do projeto das edificações, com responsabilidades bem definidas. “O grande desafio será a implementação de procedimentos formais e confiáveis. Importante ressaltar que tudo deve ser documentado entre as partes envolvidas, durante a fase de projetos, execução da obra, entrega final e, após, o resultado das inspeções prediais”, avalia a sócia e advogada do escritório Santos Silveiro, Lourdes Helena Rocha dos Santos. No âmbito das relações contratuais entre os empreendedores e seus fornecedores de produtos, para os materiais sem normas brasileiras específicas ou que não tenham seus produtos com o desempenho caracterizado, é importante que o construtor exija que os fabricantes e/ou fornecedores forneçam resultados comprovando o atendimento ao regramento ou em normas específicas internacionais ou estrangeiras. Antes mesmo da contratação, deverá ser avaliado se o fornecedor contém a caracterização de seu desempenho, conforme estipula a norma. Outro ponto sensível é a relação entre os empreendedores e os projetistas. Lourdes observa que é imprescindível definir claramente o escopo das contratações e estabelecer por escrito as atribuições de cada parte. “A falta desta definição colocará todos como solidários na hipótese de sinistro”, alerta a advogada.

Opinião

Adelino Venturi

Juventude feliz Os jovens brasileiros foram brindados com dois eventos fundamentais para o seu desenvolvimento ético e moral, organizacional e institucional. O primeiro foi a realização ainda recente da Jornada Mundial da Juventude, no Rio de Janeiro, com a participação do Papa Francisco e jovens de todo o mundo – que extrapolou os limites religiosos e da própria Igreja Católica e ganhou a condição de universalidade. O segundo evento foi patrocinado pela presidente Dilma Rousseff. Há três dias, ela sancionou o Estatuto da Juventude. O texto é uma declaração dos direitos dos jovens, que atualmente alcança cerca de 51 milhões de brasileiros com idade entre 15 e 29 anos. O estatuto define os princípios e diretrizes para o fortalecimento e a organização das políticas de juventude em âmbitos federal, estadual e municipal. São eventos extraordinários, importantíssimos e oportunos. Eles colocam em cena o futuro do país. O momento é de altíssima responsabilidade para as atuais gerações. Não há como recuar dessa realidade. Neste momento, estamos modelando o país do futuro. Na atual realidade formidável ou crítica e caótica da juventude brasileira reside o próprio futuro. A realidade dos jovens de hoje é uma crônica anunciada de um status de organização social do Brasil do amanhã, que pode ser espetacular, realizador, promissor, ou funesto. A questão principal. A juventude brasileira é, hoje, o segmento social mais assediado pelos tentáculos do crime organizado. Eles alcançam os jovens em todos os seus ambientes – familiar, social e escolar. Enquanto em todo o mundo regride o uso e a conseqüente comercialização das

drogas, no Brasil aumenta a movimentação do crime organizado que promove essa visão de caos social. O Papa Francisco fez seu apelo. Disse que os jovens brasileiros devem se libertar, em todos os sentidos. Devem eles próprios assumir a responsabilidade pela construção do próprio futuro. O pontífice da Igreja Católica não falou de maneira explícita, mas ensejou que os jovens permaneçam nas ruas protestando contra os desmandos dos políticos. De fato, o jovem de hoje, liberto de conceitos arcaicos e de doutrinas ideológicas que se confrontam com os valores da democracia, tem todas as condições para desde agora arcar com a responsabilidade da construção do Brasil do amanhã. De outro lado, os jovens pouco podem contar com a participação das gerações atuais neste esforço gigantesco de preservar e construir os valores desta nação continental. As gerações atuais estão danado o péssimos exemplo: a atitude da apatia diante do descalabro da corrupção e das mordomias do setor público. Há, neste momento, inclusive, a perspectiva de redução das penas impostas aos réus do famigerado mensalão pelo Supremo Tribunal Federal. Se isto se confirmar será o fundo do poço. Cabe aos jovens, portanto, a decisão de passar por cima desse descalabro e com as próprias mãos pavimentar a estrada do seu futuro. Felizmente, eles já demonstraram que têm capacidade e atitude ética para empreender esse esforço gigantesco. Adelino Venturi e professor, empresário e membro do Conselho de Administração da Associação Comercial, Industrial, Agrícola e de Prestação de Serviço (Aciap), de São José dos Pinhais


| Quarta-feira, 7 de agosto de 2013 |

11

Evento reuniu capoeiristas de diferentes lugares e idades Relembrar as tradições culturais brasileiras é valorizar nosso povo e a história deste país tão rico e promissor. Terra de muitos credos, povos, de grande miscigenação, de histórias de lutas e conquistas. De pessoas que deram sua vida em troca da liberdade, mas que deixaram heranças culturais que marcam a memória do Brasil. Pensando nisso, a Prefeitura de Pinhais, na figura da Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer, em parceria com a Liga Brasileira de Capoeira (LBC), promoveu o 1º Interestadual de Capoeira Taça Pinhais que reuniu, no Ginásio Poliesportivo Tancredo de Almeida Neves, capoeiristas de diversos estados e municípios. Encontro que foi motivo de alegria para muitos profissionais e amantes da capoeira, assim como o presidente da LBC, Leonidas Sabino, ou melhor, Mestre Parafuso, aliás, Mestre é como todos os demais preferem ser chamados. “É uma oportunidade para difundir o esporte, estimular que mais pessoas pratiquem, além de mostrar que o município está preocupado em divulgar a arte e suas riquezas”, afirmou. “Pinhais foi o primeiro município que acredi-

tou em nossa proposta e atuou como grande parceiro, colaborando com o resgate das origens da capoeira”, elogiou o Mestre Parafuso. Durante um dia inteiro, os participantes puderam demonstrar suas habilidades para a arte, e os que mais se destacaram receberam premiações, entregues ao final da competição. Dentre os presentes, os renomados Mestres Sergipe e Piton, precursores do esporte no Paraná. E não foi difícil perceber a satisfação da primeira pessoa a gingar capoeira no Estado, ao falar de sua história e de participar de mais um evento que promove o esporte. Ao resgatar as lembranças das dificuldades vividas nos primeiros tempos, Mestre Sergipe também demonstra a paixão pela capoeira. “O foco é tirar crianças e adolescentes de caminhos errados, como os das drogas, além de estarem praticando uma atividade física, os incentivamos a continuar estudando”, afirmou. Para Sergipe este é um esporte que induz a boa vivência entre pessoas de diferentes idades, credos e classe social. “Em um mundo conturbado, de tantas coisas ruins, esta é uma válvula

de escape, uma excelente alternativa”, opinou. “Pode ser uma dança, um esporte, uma luta, mas antes de tudo é uma arte que faz parte da cultura e da história do Brasil, que marca a ânsia por liberdade dos escravos, que tanto fizeram por nosso país”, concluiu. Também contente em presenciar e fazer parte do encontro de capoeiristas tradicionais e os que estão iniciando, Mestre Kanelão, é professor de capoeira do Centro da Juventude de Pinhais, no Projeto PETI e nos CRAS do município. “Tenho cerca de 200 alunos, e vejo este evento como uma oportunidade de destacar os novos atletas, além de poder mostrar quão bonita é a prática”, destacou. Um dos apoiadores da iniciativa, o deputado Cleiton Kielse, exaltou a iniciativa da Prefeitura de Pinhais em contribuir com a promoção da prática desportiva. “Pinhais está de parabéns, pois a copeira preza a amizade e as boas práticas de vida que todo cidadão deve ter, além de tirar milhares de crianças das ruas”, declarou. Premiação Aos poucos eles foram chegando, com suas roupas brancas, como pede a

tradição, puderam homenagearam os grandes lutadores do Brasil, com gingados, saltos, que hora sinalizam uma luta, hora uma coreografia. Participaram do evento capoeiristas dos estados de Santa Catarina, São Paulo e Rio de Janeiro. E do Paraná, Pinhais, Araucária, São José dos Pinhais, Fazenda Rio Grande, Almirante Tamandaré, União da Vitória, Rio Branco do Sul, Bocaiúva, Lapa, Campo Magro, Caiobá, Antonina, Morretes, Paranaguá e Matinhos. Os três primeiros colocados receberam medalhas e troféus. Também foram entregues diplomas e condecorações de reconhecimento pelo trabalho social realizado por diversos mestres no Estado do Paraná. Projeto Mantido pela Liga Brasileira de Capoeira, pelos Mestres Emilio, Parafuso e Maguila, o Projeto Educacional Santo Expedito, atende mais de 150 crianças. Tendo como espaço físico a seda da LBC, o intuito é tirá-los das ruas, bem como ser uma opção de atividade saudável quando os pais estão trabalhando. “Uma de nossas exigências é que as notas na escola estejam

boas, assim como a convivência em casa, para que preservem o respeito aos seus familiares, amigos e professores”, esclareceu o vice-presidente da Liga, Mestre Emilio. Resgatando a história A capoeira surgiu no Brasil, como uma forma de resistência dos escravos trazidos da África no período colonial. Além de ser utilizada para defesa física, a capoeira foi uma forma de preservar a identidade dos escravos africanos, consolidada no Quilombo dos Palmares. A partir daí passou a ser vista como uma prática violenta, e proibida por um longo período. Em 1930, quando o Mestre Bimba fez uma apresentação da luta, o então presidente Getúlio Vargas, a reconheceu como esporte brasileiro. No Paraná Mestre Sergipe, hoje com 61 anos de idade, veio de Salvador, e com o auxílio de professores de Karatê, implantou o esporte, no ano de 1973, e assim outros Mestres foram chegando e contribuindo para difundi-lá. Atualmente a capoeira é praticada em escolas, academias especializadas, e outros lugares. Além disso, está presente em mais de 160 países.

Voleibol de Pinhais é destaque em competições Mais do que incentivar a prática desportiva, o Projeto Escola do Esporte, da Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer (Semel), tem como meta contribuir para que muitos jovens e crianças descubram seus talentos. Como é o caso dos times de voleibol, que vem revelando atletas e levando o nome do município para diferentes lugares, nas competições das quais participam. Tendo como técnico Carlos Pereira, quatro times - masculino e feminino - têm disputado, nos últimos meses, campeonatos a nível regional e estadual. São jovens que jogam nas categorias sub15 e sub18, e ficam em ótimas colocações, acumulando troféus e medalhas para a galeria. De acordo com Pereira, a disciplina dos atletas é fundamental para alcançar resultados positivos. “Todos levam muito a sério tanto o time quanto a escola. E isso é o mais importante, pois, a atuação em quadra é reflexo do rendimento escolar e vice-versa. O empenho deles é nítido, são ótimos alunos e ótimos atletas”, destaca o técnico. Outro aspecto favorável, segundo Carlos, é a estrutura oferecida pela Prefeitura de Pinhais, o que os motivando ainda mais. “Nos últimos anos houve uma melhora significativa em todo o suporte disponibilizado, seja em relação ao espaço físico para treinos, materiais, ou nas viagens para disputar campeonatos”, elogia Pereira. Para Carlos, a oportunidade de jogar fora da cidade os incentiva a se empenhar e representar muito bem o município.

E o trabalho em equipe é um fator preponderante neste processo, fala o diretor de Esportes, Mario Marques Guimarães Neto. “A Semel procura incentivar e ampliar o acesso ao desporto. A sensibilidade e o ótimo diálogo entre educadores e demais envolvidos são importantes para que cada vez mais atletas tenham a possibilidade de praticarem um esporte”, declara. “Assim como a equipe de vôlei, outras modalidades participam de competições e mostram como a Prefeitura de Pinhais está preocupada em promover a prática desportiva”, conclui. Conquistas Dentre as competições das quais participam, as últimas renderam ótimas colocações para ambos os times. No feminino sub15, as meninas foram campeãs da Copa Dom Pedro, realizada em comemoração ao

aniversário de Paranaguá, além de estarem liderando a Liga Escolar de Voleibol, que reúne escolas públicas, privadas e associações. A competição iniciou em abril e segue até o final deste ano, com jogos realizados em quadras de diferentes escolas e municípios, sendo Pinhais um deles. Já o sub18 feminino foi campeão dos Jogos da Juventude, entre times das regiões Metropolitana, Sul e litoral do Paraná, com isso, classificaram-se para a fase final dos Jogos Escolares, que acontece na próxima sexta-feira, em Foz do Iguaçu. Foram vice campeãs da Liga Paranaense de Vôlei do Paraná, jogando com outras 15 equipes. Além disso, também lideram a Liga Escolar dentro de sua categoria. No masculino, a equipe sub18 ficou em terceiro lugar nos Jogos da Juventude. O

sub15 foi campeão da Copa Dom Pedro e lidera a Liga Escolar. “Devido à formação recente dos times masculinos, eles ainda precisam adquirir mais experiência em competições, porém, os resultados já alcançados demonstram o potencial promissor”, falou Carlos. Uma história de sucesso Ex - jogadora do time de Pinhais, Ana Paula Moreira mostra que é possível realizar um grande sonho. Aos 15 anos a atleta, que jogou pelo município de 2011 a 2012, integra a seleção Paranaense de Voleibol e participa da seletiva que pode a classificar para a equipe brasileira. Para Ana Paula o início na Escola do Esporte em Pinhais possibilitou chegar onde está. “Foi a base de tudo, aprendi muita coisa com o time, que sempre esteve muito

unido e se manteve disciplinado”, conta, acrescentando ainda que a disciplina é fator fundamental para um atleta. A garota que começou a praticar o esporte há menos de dois anos descobriu que esta é sua verdadeira paixão. “Tenho o sonho de continuar jogando, me profissionalizar, jogar em outros times renomados”. E para isso ela se prepara intensamente, treina de cinco a seis vezes na semana, durante duas horas por dia, além de frequentar academia a tarde, ainda estuda no período da manhã. Ufa. De fato, uma rotina de muita dedicação. E quando questionada sobre o conselho que daria às meninas que possuem o mesmo sonho, Ana Paula diz que o importante é começar cedo, não desistir dos seus ideais, acreditar e correr atrás. “Ter foco e disciplina, esse é o caminho”, orienta. Projeto Escola do Esporte Organizado pela Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer, o projeto atende centenas de jovens e disponibiliza escolinhas gratuitas em diversas modalidades desportivas. O programa que tem como intuito incentivar o esporte e promover a inclusão social, já revelou e continua revelando, grandes talentos, que representam o município em competições a nível nacional. Para o secretário de Cultura, Esporte e Lazer, Ricardo Pinheiro, estes jovens são motivo de orgulho para o município. “A administração municipal os auxilia, e ao se destacarem servem de exemplo para novos atletas”.


12

PUBLICAÇÕES LEGAIS / NACIONAL

| Quarta-feira, 7 de agosto de 2013 |

O rei será coroado

GOVERNO DO ESTADO DO PARANÁ SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO SUPERINTENDÊNCIA DE DESENVOLVIMENTO EDUCACIONAL

Curitiba ganha mais um evento esportivo para o seu calendário, a 1ª Corrida Contra o Relógio – Rei do Parque, organizada pelos Amigos do Barigui, e com o importante apoio da Associação Esportiva Pro Correr de Incentivo ao Esporte e também da Caixa de Assistência dos Advogados (CAA-PR) e OAB Paraná. No próximo sábado (10) os atletas correm na pista do Parque Barigui, somando um total de 3,3KM. O evento, que promove a integração social e esportiva na cidade vai premiar os três primeiros colocados de cada categoria, são elas: masculino, feminino e por idade da CBAt. Para quem gosta de praticar exercícios físicos, é uma boa oportunidade de antecipar as comemorações, e começar a aproveitar o Dia dos Pais, de maneira saudável, alegre e divertida ao lado do pai. Isso sem contar no belo cenário, que é um dos grandes pontos turísticos de Curitiba, nada mais, nada menos que o Parque Barigui. A largada está prevista para às 7h. Quem ainda não se inscreveu pode correr que está em tempo: as inscrições acontecem até a véspera da corrida, sextafeira (09), através do site www.procorrer.org.br

AVISO DE LICITAÇÃO CONCORRÊNCIA PÚBLICA Nº 050/2013 – SEED/SUDE PROTOCOLO Nº 11.943.555-2 OBJETO: melhorias no Colégio Estadual General Eurico Gaspar Dutra, no Município de Virmond. DATA DE ABERTURA E LOCAL: 23 de setembro de 2013, às 09:30 (nove horas e trinta minutos), no Auditório da SUPERINTENDÊNCIA DE DESENVOLVIMENTO EDUCACIONAL, situada à Rua dos Funcionários, 1323, esquina Rua Recife, Cabral - 80.035-050 - Curitiba - Paraná. VALOR MÁXIMO: R$ 148.884,99 (cento e quarenta e oito mil, oitocentos e oitenta e quatro reais e noventa e nove centavos). RETIRADA DO EDITAL E DOS ELEMENTOS TÉCNICOS INSTRUTORES: acessar o site do Compras Paraná no endereço: www.comprasparana.pr.gov.br, localizar Consulta a Licitações: 1º Ano de Publicação: 2013, 2º Data de Abertura: preencher data inicial e data final (Obs.: a diferença entre a data inicial e a final não poderá ser superior a 60 dias), 3º Situação: Publicada, 4º Órgão: SEED, 5º Modalidade – Concorrência Pública, 6º Digitar a imagem de controle e clicar em pesquisar para obter as demais informações. Os elementos técnicos instrutores (CD) serão entregues às empresas interessadas, mediante o recolhimento do valor de R$ 10,00 (dez reais), via GRPR, em qualquer agência credenciada, com o Código de Receita 5355 (Diversos do Estado), indicando no campo “finalidade” o número do Edital e a Secretaria de Estado da Educação (CP nº 050/2013 – SEED/SUDE). A GRPR, devidamente autenticada, deverá ser apresentada na Comissão de Licitação de Obras e Serviços de Engenharia da Superintendência de Desenvolvimento Educacional – SUDE, no endereço acima citado. Informações: (41) 3250-8305 ou (41) 3250-8314. Curitiba, 05 de agosto de 2013. Comissão de Licitação de Obras e Serviços de Engenharia

SÚMULA DE RECEBIMENTO DE LICENÇA DE OPERAÇÃO FRANCISLAINE APARECIDA LARA PEREIRA ME torna público que recebeu do IAP a renovação da Licença de Operação nº 17950 para Beneficiamento Têxtil, situada a Rua Severino Massignan, 651- Pinhais/PR com validade: 25/07/2017. JUÍZO DE DIREITO DA TERCEIRA VARA CIVEL DO FORO CENTRAL DA REGIÃO METROPOLITANA DA COMARCA DE CURITIBA, ESTADO DO PARANÁ.EDITAL DE CITAÇÃO DE AFM INTERNACIONAL LTDA, NA PESSOA DE SEU REPRESENTANTE LEGAL, COM O PRAZO DE 20 (VINTE) DIAS. O Doutor IRINEU STEIN JÚNIOR, MM. Juiz de Direito da Terceira Vara Cível da Comarca de Curitiba, Estado do Paraná, na Forma da Lei, etc.FAZ SABER a todos quantos o presente edital virem ou dele conhecimento tiverem, em especial a empresa AFM INTERNACIONAL LTDA., pessoa jurídica de direito privado, inscrita no CNPJ/MF nº 10.447.067/0001-22, que por este Juízo tramitam os autos sob nº 1592/2011, de EXECUÇÃO DE TÍTULO EXTRAJUDICIAL,contra JOSE AFM INTERNACIONAL LTDA., proposto por MARJOS DO BRASIL EQUIPAMENTOS INDUSTRIAIS LTDA, o qual alega ser credora da importância de R$ 163.496,60 (cento e sessenta e três mil, quatrocentos e noventa e seis reais e sessenta centavos), oriundos de 13 (treze) cheques, sendo doze do Banco do Brasil e um do Banco Itaú, os doze primeiros de nº 850048, 850049, 850050, 850051, 850052, 850053, 850054, 850055, 850056, 850057, 850058 e 850059, sendo cada um no valor de R$ 13.333,05 (treze mil trezentos e trinta e três reais e cinco centavos), o décimo terceiro cheque de nº AA-000031 no valor de R$ 3.500,00 (três mil e quinhentos reais). Com base as planilhas acostadas aos autos, o valor executado atualizado até a data de 02 de julho de 2012, totaliza R$ 213.649,42 (duzentos e treze mil, seiscentos e quarenta e nove reais e quarenta e dois centavos), valor que calculado com os honorários advocatícios de 20% (vinte por cento), totalizam a quantia de 256.379,30 (duzentos e cinqüenta e seis mil, trezentos e setenta e nove reais e trinta centavos). Os títulos extrajudiciais (cheques) foram emitidos pela Executada para pagamento de uma dívida, ocorrendo que, ao serem apresentados para cobrança nas agências bancárias, os mesmos foram devolvidos pelo motivo 11, ou seja, “cheque sem fundos 1ª apresentação”, sendo todos os cheques reapresentados e devolvidos pelo motivo 12, ou seja, “cheque sem fundos - 2ª apresentação”. E para que chegue ao conhecimento de todos e no futuro não possam alegar ignorância, expediu-se o presente edital, que será afixado no lugar de costume deste Juízo e publicado na forma da lei, pelo qual fica o devedor acima nominado, devidamente CITADO dos termos da presente e para, querendo, no prazo legal de TRÊS DIAS, a contar do vigésimo primeiro dia da primeira publicação deste, pagarem a dívida no valor de R$ 163.496,60 (cento e sessenta e três mil, quatrocentos e noventa e seis reais e sessenta centavos), mais acréscimos legais, acrescida das custas processuais e demais despesas, ficando INTIMADO que poderá oferecer embargos no prazo de QUINZE DIAS, independente de penhora, deposito ou caução, nos termos do art. 736 do CPC. Do que para constar lavrei este que, lido e achado conforme, vai devidamente assinado. Dado e Passado nesta cidade de Curitiba, aos 25 de junho de 2013. Eu (a) Fernanda R. Guides Mequelin, funcionária juramentada o subscrevi. ALINE KOENTOPP. Juíza Substituta.

Juízo de Direito da 17ª Vara Cível do Foro Central da Região Metropolitana da Comarca de Curitiba. Edital de Citação dos réus em local incerto e os eventuais interessados, com o prazo de 30 (trinta) dias. Edital de citação do réu OSNI MEDEIROS LOPES, AUSENTES, INTERESSADOS E DESCONHECIDOS, com o prazo de trinta (30 dias). A Dra Vanessa Jamus Marchi, MM Juíza de Direito Substituta da17ª Vara Cível do Foro Central da Comarca de Curitiba – Estado do Paraná. FAZ SABER a todos que tiverem conhecimento do presente edital, que por este Juízo da Décima Sétima Vara Cível da Comarca de Curitiba –PR, tramitam os autos sob nº 24359-10-2011-8-16-0001 de ação de usucapião em que figura como requerente EVA PEREIRA DA SILVA e requerido OSNI MEDEIROS LOPES, ficando os requeridos, ausentes, interessados e desconhecidos, devidamente citados, dos termos da presente ação para que no prazo legal, apresentarem resposta aos termos da presente ação, consoante no art 231, inciso I do CPC, tudo em conformidade com os termos dos presentes autos a seguir presumidos: O autor requer que seja declarado seu domínio sobre o imóvel usucapiendo, o qual diz que mantém a posse mansa, pacifica e ininterrupta por 22 anos sobre o imóvel situado nesta cidade a saber: Localizado na Rua Dom José Marello, nº 32 esquina com a Rua Jorge de Poli, Bairro Xaxim nesta Capital possuindo 17,4x28m de área total e contem uma casa mista de alvenaria e madeira com aproximadamente 90m2 e outras duas benfeitorias de 68,60m² e 57m2, cadastrado junto a Prefeitura Municipal de Curitiba sob a inscrição imobiliária sobº 57.0.0023.0390.00-3. E Indicação Fiscal sob nº 82.175.167, limitam-se com os imóveis situados na Rua Dom José Marello, n 659 de propriedade de Nereu Romani e Joanita Bonerski e na Rua Jorge de Poli nº 241 de propriedade de Ademir Golveia. ADVERTENCIA: Ficam devidamente citados o requerido OSNI MEDEIROS LOPES, ausentes, interessados e desconhecidos, para apresentarem resposta no prazo de (15) quinze dias, sob pena de revelia nos termos do artigo 285 e 319 e consoantes no art 231, inciso I do CPC e eventuais interessados, mencionados ou não na inicial que se encontram em lugar incerto (art 942/CPC), para que querendo, também ofereçam resposta no mesmo prazo e com as mesmas advertências mencionadas no item anterior. O presente edital será afixado no lugar de costume do Fórum, localizado na Av. Cândido de Abreu, 535, Curitiba –PR, e publicado na forma da lei. Curitiba 23 de julho de 2013. Eu (a) Empregado Juramentado que o digitei e subscrevi. (a) Vanessa Jamus Marchi. Juíza de Direito Substituta.

PODER JUDICIARIO – COMARCA DA REGIÃO METROPOLITANA DE CURITBA FORO REGIONAL DE PINHAIS – VARA CIVEL E ANEXOS. EDITAL DE CITAÇÃO COM PRAZO DE TRINTA (30) DIAS. EDITAL n°083/2013. EDITAL DE CITAÇÃO DE GALON COMERCIO DE ALIMENTOS LTDA, na pessoa de seu representante legal e OSMAR MORSELLE. A Doutora Marcia Margarete do Rocio Borges – Juíza de Direito Substituta da Vara Civel e Anexos desta Comarca de Pinhais – Paraná, na forma da lei, etc. FAZ SABER aos que o presente edital, virem ou dele tiverem conhecimento que, perante este Juízo desta Vara Civel e Anexos da Comarca de Pinhais – Parana, respectiva, tramitam os autos de MONITORIA sob o n°316/2006 em que figura como requerente UNIBANCO – UNIÃO DE BANCOS BRASILEIROS S/A e requerido GALON COMERCIO DE ALIMENTOS LTDA e OSMAR MORSELLE, constando dos autos que o requerido encontra-se em lugar incerto e não sabido, pelo presente edital, com prazo de trinta(30) dias, que será publicado na forma da lei e afixado em lugar de costume na sede deste Juízo, localizado no endereço supra mencionado, vem CITAR, GALON COMERCIO DE ALIMENTOS LTDA ( CNPJ n° 02.847.508/000155), na pessoa de seu representante legal e OSMAR MORSELLE (CPF n°030.052.219-38), para que, querendo no prazo e 15(quinze) dias, efetue o pagamento ou ofereça embargos, sob pena de conversão do mandado inicial em mandado executivo nos termos do artigo 1102 A á 1102 C, do Código de Processo Civil (acrescido pela lei 9.079 de 14/07/95). Advertência: Ficando a parte citada ciente de que não apresentando embargos, presumir-se-ão verdadeiros os fatos articulados pela parte autora. (art. 285 e 319 do CPC).Conforme consta na minuta apresentada pela parte autora a seguir em parte transcrita:”A demanda tem por objeto a regularização das obrigações junto ao requerente, relacionado ao Contrato de Abertura de Credito em Conta Corrente n°0529/1181150-0. Os requeridos deixarem de efetuar o pagamento dos valores pactuados em referido contrato. Deu-se a causa o valor de R$32.851,55( trinta e dois mil oitocentos e cinqüenta e um reais e cinqüenta e cinco centavos) a data de 17/02/2006, fl 02/05 dos autos, que atualizado importa em R$84.776,40(oitenta e quatro mil, setecentos e setenta e seis reais e quarenta centavos), em 01/09/ 2012.” Tudo de conformidade com o respeitável despacho de fls. 180 a seguir em parte transcrito: “ Autos n° 316/2006. 1- Tendo em vista a não localização do paradeiro do requerido, defiro a citação por meio de edital. Pinhais, 24 de agosto de 2012. (as) Aline Koentopp – Juíza de Direito Substituta.” Para que chegue ao conhecimento de todos e no futuro não possam alegar ignorância, passei o presente edital que sera afixado em lugar de costume e publicado na forma da lei. Dado e passado, nesta cidade de pinhais, estado do Parana, aos 3 de maio de 2013. Eu, (a) Marcelo Kloss – escrevente juramentado o digitei e subscrevi. (a) Marcelo Kloss. Escrevente Juramentado Subscrição Autorizada pela Portaria 01/2009.

LOGERTON EMPREENDIMENTOS ADMINISTRAÇÃO E PARTICIPAÇÕES S/A CNPJ/MF - 02.035.936/0001-83 Balanço patrimonial em 31 de dezembro de 2012 e de 2011 Ativo

Passivo R$ 2011

2012 Circulante Caixa e bancos .................................................... Aplicações financeiras ....................................... Contas a receber clientes ................................... Outras contas a receber ..................................... Ativo não circulante Contratos de mútuo pessoa física ....................... Depósitos judiciais .............................................. Investimento ....................................................... Imobilizado .........................................................

2012

35.819 1.116.261 10.137.826 2.136 11.292.042

25.812 768.286 7.481.005 1.884 8.276.987

Circulante Fornecedores ...................................................... Obrigações trabalhistas a pagar ......................... Obrigações tributárias a recolher ...................... Dividendos a pagar ............................................. Outras contas ......................................................

11.800 73.417

11.800 73.417

Não circulante Investimentos de terceiros ................................. Receitas a realizar ..............................................

146.075 3.203.286 3.434.578

87.522 2.588.242 2.760.981

Patrimônio líquido Capital social ....................................................... Reservas de lucros ..............................................

14.726.621

11.037.968

331.145 84.587 99.992 1.762.786

R$ 2011

2.278.510

409.863 69.568 97.460 1.842.786 717 2.420.394

7.435 10.069.001 10.076.435

142.685 7.376.888 7.519.573

43.775 2.327.900 2.371.675 14.726.621

43.775 1.054.226 1.098.001 11.037.968

Capital social 43.775

Reserva de lucros 1.345.471

43.775

(300.000) 1.045.471

8.755

43.775

1.273.674 2.319.145

8.755

Demonstração dos resultados em 31 de dezembro de 2012 e de 2011 2012 Receita operacional bruta De vendas e serviços ......................................... Impostos sobre vendas e serviços ...................... Receita operacional liquida .............................. Custo serviços prestados / imóveis vendidos ..... Lucro bruto ........................................................ Despesas (Receitas) operacionais Administrativas e gerais ..................................... Financeiras: * Receitas ............................................................ * Despesas .......................................................... Lucro operacional ............................................. Resultado equivalência patrimonial ................... Resultado não operacional ................................. Lucro antes do imposto de renda e da contribuição social ........................................... Provisão contribuição social e imposto de renda Lucro (Prejuízo) líquido do exercício .............. Lucro (Prejuízo) por ação do capital social final .................................................................... Valor patrimonial da ação .................................

Reserva legal 8.755

4.255.429 (155.317) 4.100.112 (1.471.396) 2.628.716

3.656.094 (133.603) 3.522.492 (1.144.128) 2.378.364

254.853

604.433

(110.602) 629.437 773.688

(118.066) 183.131 669.498

1.855.028 58.554 5.796

1.708.866 35.781 (1.300)

1.919.378 (221.145) 1.698.233

1.743.347 (166.025) 1.577.322

193,97 270,89

DIRETORIA DALTON CANÇADO LOPES DE FARIA MARIO FRANCISCO DE OLIVEIRA CONTADOR: CGC - CONTABILIDADE GERAL E CONSULTORIA CRC-MG 5434 José Claudio dos Santos Dayrell Contador CRC/MG 053603/0-8 S/PR

180,16 125,41

R$ Total 1.398.001 1.577.322 (1.877.322) 1.098.001 1.698.233 (424.558) 0 2.371.675

Lucros acumulados 0 1.577.322 (1.577.322) 0 1.698.233 (424.558) (1.273.674) 0

Demonstração do fluxo de caixa em 31 de dezembro de 2012 e de 2011

R$ 2011 Das atividades operacionais Lucro líquido do exercício ................................. Ajustes para conciliar o resultado às disponibilidades geradas pelas atividades operacionais: Depreciações e amortizações .......................... Resultado de equivalência patrimonial ............ Lucro (Prejuízo) ajustado ................................ Decréscimo (acréscimo) em ativos Contas a receber de clientes ............................. Créditos diversos ............................................... (Decréscimo) acréscimo em passivos Fornecedores ..................................................... Obrigações trabalhistas e tributárias ................ Operações com parceiros passivos .................. Outros ................................................................ Disponibilidades líquidas geradas pelas atividades operacionais .................................... Das atividades de investimento Acréscimo do imobilizado ................................ Acréscimo de investimentos ............................ Caixa líquido utilizado pelas atividades de investimento ...................................................... Das atividades de financiamento com terceiros Operações com parceiros passivos .................. Caixa líquido gerado pelas atividades de financiamento com terceiros ........................... Das atividades de financiamento com acionistas Dividendos distribuídos ..................................... Caixa líquido utilizado pelas atividades de financiamento com acionistas .......................... Aumento das disponibilidades ............................ Disponibilidades No início do exercício ....................................... No final do exercício ........................................ Aumento das disponibilidades ............................

PODER JUDICIÁRIO - COMARCA DA REGIÃO METROPOLITANA DE CURITIBA FORO REGIONAL DE PINHAIS/PR - VARA CÍVEL E ANEXOS - Rua Vinte e Dois de Abril, n.º 199, Estância Pinhais, CEP: 83.323-240, Pinhais – PR - www.assejepar.com.br - EDITAL DE CITAÇÃO COM PRAZO DE TRINTA (30) DIAS - EDITAL n.º 116/2013 - EDITAL DE CITAÇÃO DE AUTO SUL MOTORS COMÉRCIO DE VEÍCULOS LTDA, na pessoa de seu representante legal, LOURIVAL CRISPIM. O Doutor Ruy Alves Henriques Filho Juiz de Direito da Vara Cível da Comarca de Pinhais – PR, na forma da lei, etc... FAZ SABER aos que o presente edital, virem ou dele tiverem conhecimento que, perante este Juízo desta Vara Cível e Anexos da Comarca de Pinhais – Paraná, respectiva, tramitam os autos de OBRIGAÇÃO DE FAZER sob o n.º 2924/ 2010 em que figura como requerente JHONATAN RICARDO MOREIRA RODRIGUES e requeridos AUTO SUL MOTORS COMÉRCIO DE VEÍCULOS LTDA, representado por, LOURIVAL CRISPIM, constando dos autos que os requeridos a seguir citados encontram-se em lugar incerto e não sabido, pelo presente edital, com prazo de trinta (30) dias, que será publicado na forma da lei e afixado em lugar de costume na sede deste Juízo, localizado no endereço supra mencionado, vem CITAR, AUTO SUL MOTORS COMÉRCIO DE VEÍCULOS LTDA (CNPJ nº 06.025.835/0001-82), na pessoa de seu representante legal, LOURIVAL CRISPIM (CPF nº 680.264.129-15), para que, querendo, no prazo de 15 (quinze) dias, apresente contestação. Advertência: Ficando a parte citada ciente de que não apresentando contestação, presumir-se-ão verdadeiros os fatos articulados pela parte autora. (Art. 285 e 319 do CPC). Conforme consta na petição inicial apresentada pela parte autora a seguir transcrita: “...DOS FATOS. Primeiramente cumpre esclarecer que o Autor foi proprietário do seguinte veiculo: VW/Gol 16V, Ano 1999, Modelo 2000, Cor Prata, Placa MAN 4883, Renavam 71.837928-4, CHASSI 9BWZZZ373YT003676. Referido veiculo esteve na posse do Autor até 11 de dezembro de 2008. Durante esse período, o Autor efetuou o pagamento de todos os débitos de IPVA, Licenciamento, Seguros e Multas, ou seja, o veiculo sempre esteve regularizado para com o Departamento de Transito DETRAN/PR. Entretanto, em dezembro de 2008 o Autor vendeu ou, mais especificamente, deu o veiculo como entrada na compra de outro automóvel, conforme se comprova pelo documento constante do anexo II. A transação foi realizada junto a empresa Ré - Auto Sul Motors Comercio de Veículos Ltda. E de se destacar que no ato da negociação foi entregue a empresa Ré todos os documento originais e o recibo de transferência do veiculo devidamente assinado, justamente para que a mesma pudesse realizar a transferência do veiculo para seu nome. Acontece que no ano subseqüente (2009) o Autor começou a receber em sua residência diversas multas de transito, as quais estavam sendo aplicadas em face do atual condutor do veiculo, também constatou que os débitos de IPVA, Licenciamento e Seguro Obrigatório estavam todos sendo lançados em seu nome, haja vista a falta de transferência do veiculo. Todas as provas dos fatos acima elencados estão inclusas no anexo III. Fica uma vez provado que a Re ao receber o veiculo do Autor, devidamente com documentos e recibo de transferência assinado, absteve-se de cumprir com sua obrigação e esta causando enormes prejuízos ao Autor. Como o Autor e uma pessoa responsável para com as suas obrigações, tentou de todos os meios suasórios possíveis resolver pendência que esta envolvendo o seu nome, contudo foi em vão. A preocupação do Autor e que a Ré descumpriu o que foi acordado entre as partes, ou seja, ele daria o documento original e a mesma faria a transferência do veiculo para o seu nome. Desse modo, fica demonstrada a má-fé da empresa Ré, que em nenhum momento se preocupou em regularizar o veiculo transferindo-o para sua propriedade. O Autor por diversas vezes procurou a empresa Ré no sentido de averiguar esta desagradável situação, na medida em que esta sendo cobrado por algo que não e mais de sua responsabilidade. Pior! Devido ao fato das reiteradas multas aferidas no veiculo, o Autor esta recebendo toda a pontuação das infrações em sua carteira de habilitação, tornando insustentável a presente situação, sob pena de perca da habilitação. Salienta-se que o autor esta a mercê de sofrer eventual ação de reparação de danos em decorrência de acidente de veiculo, execução de dividas pelo Estado, sem falar na esfera criminal. Com efeito, em continuando esta situação o Autor certamente sofrera diversos prejuízos, inclusive, irreversíveis, que podem trazer conseqüências patrimoniais e criminais graves. Portanto, não restando a possibilidade de solução na esfera amigável e extrajudicial, faz-se necessário o ajuizamento da presente demanda a fim de bloquear o mencionado veiculo, bem como obrigar a Re proceder a devida transferência do mesmo para sua propriedade, assumindo toda a responsabilidade sobre os débitos originados apos a data da venda. PEDIDOS - Pelo exposto, requer: O recebimento e processamento da presente a?ao pelo rito ordinário, haja vista a possibilidade de a obrigação recair sobre terceiros durante a instrução processual, o que ocasionara violação ao disposto no art. 280 do CPC; Seja, “inaudita altera pars”, determinado ao DETRAN/PR que proceda ao bloqueio do veiculo e a suspensão temporária das multas e pontos impostos ao Autor a partir da data da venda do veiculo (11 de dezembro de 2008), uma vez que nenhum prejuízo será causado a empresa Re ate final julgamento da ação; A citação da empresa ré, na pessoa de seu representante legal, no endereço Rua Uniflor, 191, Ap. 05, Pinhais - PR, CEP 83324-070, para que no prazo legal apresente defesa que entender necessária, sob pena de revelia e confissão; A procedência total da presente, para que ao final seja a empresa Re condenada a obrigação de efetivar a transferência do veiculo e assumir as dividas a partir da data da venda. no prazo estipulado por este D. Juízo, observadas as penas diárias que também deverão ser arbitradas, bem como a condenação ao pagamento das custas processuais e honorários advocatícios nos ditames e demais cominações legais; A produção de todas as provas em direito admitidas, em especial o depoimento pessoal do Autor e do representante da empresa Re, a oitiva de testemunhas, bem como a juntada de documentos supervenientes e demais provas necessárias a elucidação da causa. Por fim, requer o prosseguimento do feito em seus ulteriores termos e a devida expedição de edital para citação da requerida. Nestes Termos. Pede Deferimento. Curitiba, 27 de fevereiro de 2013.” Tudo de conformidade com o respeitável despacho de fls., 143 a seguir transcrito: “Autos nº 2924/2010. ...3. Intime-se. Após cumprida a determinação do item “2”, cite-se por edital nos termos do artigo 232 do Código de Processo Civil. ...Pinhais, 11 de dezembro de 2.012. (as) Ruy Alves Henriques Filho. Juiz de Direito.” Para que chegue ao conhecimento de todos e no futuro não possam alegar ignorância, passei o presente edital que será afixado em lugar de costume e publicado na forma da lei. Dado e passado, nesta cidade de Pinhais, Estado do Paraná, aos 7 de agosto de 2013. Eu, Marcelo Kloss – Escrevente Juramentado o digitei e subscrevi. Marcelo Kloss - Escrevente Juramentado - Subscrição autorizada pela Portaria 01/2009.

EDITAL DE PROCLAMAS CARTÓRIO DISTRITAL DE SÃO CASEMIRO DO TABOÃO. Rua Mateus Leme nº 1425 Centro Cívico – CEP: 80.530-010 - Fone: (41) 3352-3212 Fax: (41) 3352-3222 CURITIBA –PR. Faço saber que pretendem casar-se os contraentes: LUÍS ROBERTO ALVES DE MORAIS e ANDRESSA CHIARELLI DE SOUZA RAIMUNDO TOMPSON FELICIANO LEITE PINHEIRO e ROSANGELA LUDUGERIO SOBREIRA DOUGLAS RÓBSON DE OLIVEIRA PAZ e LILIANE DOS REIS RODRIGUES JULIANO WERNER TEITGE e TATIANE REGINA IGNACIO RODRIGO DA SILVA e MARYÉLE KETLYN SANTOS HAROLDO SCHWERDT e MARIA REGINA VERONEZI FABIO FRANCISCO DA SILVA e WERUSCKA FENTANES JAIR APARECIDO DE MOURA e IRENI DE FÁTIMA PALHANO TOMAZ PETERSON AUGUSTO VIEIRA e JESSICA MOURA NEVES DANIEL DVULHATKA e CRISTIANE DO ROCIO GUSSO GABRIEL TEIXEIRA MOURA e CLIO MOURA TAVARES Sabendo alguém de qualquer impedimento, oponha-o na forma da Lei. Curitiba, 06 de Agosto de 2013.

Demonstração das mutações do patrimônio líquido em 31 de dezembro de 2012 e de 2011

Saldo em 31 de dezembro de 2010 ....... Resultado do exercício .......................... Dividendos propostos ............................. Saldo em 31 de dezembro de 2011 ....... Resultado do exercício .......................... Dividendos propostos ............................. Constituição de reservas ........................ Saldo em 31 de dezembro de 2012 .......

. O valor é de R$45 e parte da renda será revertida ao Hospital Pequeno Príncipe. Vale lembrar aos participantes que na sexta-feira (09) acontece a retirada dos kits da corrida, na loja Procorrer, localizada na Avenida Vicente Machado, 320, das 9h às 19h. No dia da prova não estará sendo entregue os kits. Mais informações pelo site www.procorrer.org.br . Serviço O que: O rei será coroado - 1ª Corrida Contra o Relógio do Parque Barigui – Rei do Parque. Quando: Sábado (10), a partir das 7h. A concentração começa às 6h. Quanto: R$45 por pessoa. Local da corrida: Parque Barigui Rodovia do Café – km zero – BR 277 - Santo Inácio. Local da retirada dos kits: Loja Procorrer - Rua Vicente Machado, 320. A entrega acontece na sexta-feira (09), das 9h às 19h. As inscrições podem ser feitas até o dia 09 de agosto através do site www.procorrer.org.br .

2012

R$ 2011

1.698.233

1.577.322

19.315 (58.554) 1.658.994

7.058 (35.782) 1.548.598

(2.656.821) (253)

(333.154) 25.179

(78.718) 17.551 2.692.112 (717)

199.252 (34.864) 315.726

1.632.148

1.720.737

(634.358)

(775.496) (35.782)

(634.358)

(811.278)

(135.250)

(300.683)

(135.250)

(300.683)

(504.558)

(345.190)

(504.558) 357.982

(345.190) 263.586

794.098 1.152.080 357.982

530.512 794.098 263.586

JOSÉ MARCELO LUCAS DE OLIVEIRA Oficial

JUIZO DE DIREITO DA SETIMA VARA CIVEL. Cartorio da 7°Vara Civel Av. Candido de Abreu, 535 – 4° Andar Comarca de Curitiba – Estado do Parana. Dra. Kátia de Araujo Carollo – Escrivã Eduardo Mattana Carollo – E. Juramentado Carlos Ostrowski Junior- E. Juramentado. EDITAL DE CITAÇÃO DE C.C. BERRI COMERCIO VAREJISTA DE PRODUTOS ALIMENTICIOS, ATRAVES DE SEU REPRESENTANTE LEGAL e CARLOS CELSO BERRI, COM O PRAZO DE TRINTA (30) DIAS, NA FORMA ABAIXO: Edital de citação dos executados C.C. BERRI COMERCIO VAREJISTA DE PRODUTOS ALIMENTICIOS, através de seu Representante Legal, inscrita no CNPJ/MF. Sob n°08.822.204/0001-10 e CARLOS CELSO BERRI, brasileiro, inscrito no CPF/MF. Sob n°335.363.339-15, ambos atualmente em lugar incerto e não sabido, para, no prazo de 03(três) dias, efetuarem o pagamento da quantia reclamada R$35.504,92 (Trinta e Cinco Mil, Quinhentos e Quatro Reais e Noventa e Dois Centavos)(25/ 07/2011), acrescido de juros e correção monetária, ou indicar bens passiveis de penhora , sob pena de realizar-se tantos quantos bastem á satisfação do credito, e para, querendo apresentar embargos no prazo de 15(quinze) dias. Fixado os honorários advocatícios a serem pagos pelo executado em 10 (dez) por cento. Para o caso de pronto pagamento reduzidos os honorários para 5(cinco) por cento, nos autos de EXECUÇÃO DE TITULO EXTRAJUDICIAL, SOB N°202/2009, que tramita na 7° Vara Civel de Curitiba, sito na Av. Candido de Abreu, n°535, 4°, andar Edifício Fórum Civel, Centro Cívico, movida por BANCO BRADESCO S/A que em síntese aduz o seguinte: “O exeqüente pela Cédula de Credito Bancário – Empréstimo Capital de Giro n°2.48.298-1, concedeu a executada um empréstimo no valor de R$ 30.872,16(trinta mil e oitocentos e setenta e dois reais e dezesseis centavos) a ser por este atualizado na conta corrente n°2.482.981, que mantém na agencia local do exeqüente”. DESPACHO DE FLS. 525:” IDefiro o requerimento para citação dos executados por edital. Expeça-se edital de citação, com prazo de 30(trinta) dias. II- Cientifique-se a parte de que fica condicionada a citação por edital a apresentação de minuta, no prazo de 10(dez) dias, conforme determina o Código de Normas da Corregedoria geral da Justiça, em seu item 5.4.3.1. III- Após retirar o edital, devera a parte autora comprovar que procedeu a publicação do mesmo em jornal local, conforme dispõe o artigo 232, III do Código de Processo Civil. IV – Intime-se. Curitiba, 13 de dezembro de 2012(a) João Luiz Manasses de Albuquerque Filho – Juiz de Direito” . E para que chegue ao conhecimento de todos e ninguém no futuro alegue ignorância expedi o presente edital(sob Minuta), que será publicado e afixado no local de costume (art. 232, II e III, do CPC). Curitiba, 19 de Fevereiro do ano dois mil e treze. E Eu, (a) Katya de Araujo Carollo). Escrivã, que o fiz digitar, conferi e subscrevo. (SOB MINUTA). (a) João Luiz Manasses de Albuquerque Filho. Juiz de Direito.


| Quarta-feira, 7 de agosto de 2013 |

FAZENDA RIO GRANDE

CONTENDA

Prefeitura entrega apostilas para alunos da rede de educação infantil

Fórum municipal debate violência contra a mulher Prefeito Márcio Wozniack participou do encontro e disse que o assunto deve ser tratado com muita seriedade

A Prefeitura Municipal de Contenda, na Região Metropolitana de Curitiba, por meio do Departamento de Educação, entregou nesta semana material pedagógico adquirido para os alunos da rede de educação infantil. Segundo a Prefeitura, trata-se de investimento inédito na área, consistindo em apostilas individuais que garantem o trabalho de ensino e aprendizado desde o berçário. O material foi apresentado aos pais dos alunos em todos os Centros Municipais de Educação Infantil, com uma explicação detalhada da Secretária Municipal de Educação, Vera

Divulgação/PMFRG

Prefeito Márcio Wozniack fala da importância do evento no município

evento a delegada Araci Carmen Costa, de Curitiba e a desembargadora Denise Krüger Pereira, do Tribunal de Justiça do Paraná, além de Nelceli Garcia, coordenadora do PSF de Fazenda Rio Grande. Segundo Denise Pereira, é precisar alertar a população, principalmente feminina sobre seus direitos e alternativas para que não sejam vítimas de qualquer agressão. “Hoje há algumas formas de se combater isso, mas antes é preciso também conscientizar as mulheres do que pode ser feito, da forma de reação, pois muitas delas que sofrem agressões sentem medo no momento de denunciar isso, não se sentem protegidas,

mas com informações e ações esse quadro pode mudar de forma positiva”, disse. Na opinião da fisioterapeuta Beatriz Alquino, que integra o Conselho da Mulher Empreendedora da Associação Comercial e Industrial de FRG (Acinfaz); debates como esses ajudam a esclarecer dúvidas, assim como conscientizam as mulheres sobre os direitos para que os riscos possam ser menores. “É uma ação muito positiva, pois o município precisa debater esse tipo de ação que possa frear a violência contra a mulher, que é uma coisa muito constante em nossa sociedade, precisa ser combatida e o primeiro passo é a conscientização de to-

das as mulheres sobre isso”, comentou. Ana Lúcia também comentou as mudanças ocorridas dentro da sociedade atual. “Há uma preocupação muito grande com o número de adolescentes de 14 a 16 anos que já viraram mães, elas precisam de uma atenção muito especial, pois muitas não estão preparadas para isso, para essa realidade, que é bem diferente de anos atrás”, concluiu. Na última semana Ana Lúcia e o Marcio Wozniack estiveram em um evento na sede do governo do estado, onde foi assinada a entrada de FRG para o grupo de Cooperação para o Combate à Violência Contra a Mulher.

QUITANDINHA

Divulgação/PMQ

Município recepciona prefeitos da Região Metropolitana de Curitiba Prefeitos e representantes de 19 municípios da Associação dos Municípios da Região Metropolitana de Curitiba (Assomec) estiveram na semana passada em Quitandinha, participando de mais uma assembleia ordinária da entidade. Nesta ocasião as autoridades foram recepcionadas pelo prefeito anfitrião Márcio Rato no Café Avenida. O prefeito de Curitiba, Gustavo Fruet, também esteve presente. Coordenada pelo presidente e prefeito de Pinhais, Luizão Goular, o encontro teve como objetivo tratar da implantação da Casa da Mulher Brasileira, em Curitiba, a qual poderá ser aderida pelos municípios da Região Metropolitana para o trabalho de combate à violência contra as mulheres. Outro assunto abordado no encontro foi sobre a Conferência das Cidades e das Metrópoles, que neste caso foi tratado pelo secretário de Assuntos Metropolitanos de Curitiba, Neco Prado. O ex-prefeito de Quitandinha informou que recentemente foi realizada uma reunião com os delegados da Conferência das Cidades dos municípios da RMC, quando foi desenvolvida uma metodologia com eixos prioritários que serão

Lúcia Bochenek. A capa do material leva fotos dos alunos da rede, incluídas dentro do mapa do Município. De acordo com o prefeito Carlos Eugênio Stabach, o Carlão, que esteve presente no evento, “Trata-se de um dos mais importantes investimentos , e consistirá num avanço na área da educação do Município. A educação é a base da sociedade, e em razão disso não mediremos esforços para proporcionar às nossas crianças um ensino de qualidade e que garanta o futuro dessas gerações. A ideia é a aplicação em toda a rede municipal de ensino”.

Prefeitos que integram a Assomec foram recebidos pelo prefeito Márcio Rato

apresentados na Conferência Estadual que acontecerá nos dias 13, 14 e 15 de agosto, em Foz do Iguaçu. “Todos os municípios irão defender suas propostas. Porém, articulamos com os delegados algumas propostas prioritárias que defenderemos em conjunto para a Região Metropolitana”, afirmou Neco Prado. Entre outros temas debatidos no encontro da Assomec em Quitandinha estavam novas informações sobre as linhas metropolitanas do transporte coletivo e o resultado da última reunião do Conselho Estadual do Meio Ambiente. Elogiado pela recepção,

Márcio Rato destacou a importância do evento e a presença dos prefeitos da região. “Nós quitandinhenses estamos honrados por receber os prefeitos e representantes de outras cidades para esta reunião de trabalho da Assomec, onde podemos discutir e batalhar juntos para termos os nossos municípios cada vez melhor”, disse o prefeito, que ao final do encontro entregou aos prefeitos presentes uma cesta com artesanatos e produtos coloniais da Associação de Artesãos e Produtores Coloniais de Quitandinha. A reunião da Assomec contou também com a presença dos

prefeitos de Adrianópolis, Balsa Nova, Contenda, Campo Magro, Lapa, Rio Negro, Piên, Piraquara, Quatro Barras, Tunas do Paraná, bem como representantes de Campo Largo, Agudos do Sul, São José dos Pinhais, Campo do Tenente e Araucária. Também participaram do evento vereadores e secretários de Quitandinha e região, além de convidados em geral. Segundo o presidente e prefeito de Pinhais, Luizão Goular, o próximo encontro da entidade acontecerá no dia 29 de agosto, no município de Quatro Barras. A reunião terá como anfitrião o prefeito Loreno Tolardo.

Divulgação/PMC

As mulheres residentes em Fazenda Rio Grande, na Região Metropolitana de Curitiba, estão recebendo cada vez mais a atenção da administração. Diante da possibilidade de chegada de uma Delegacia da Mulher para o município, foi realizado na semana passada, no Teatro Municipal, o “Fórum Municipal dos Direitos da Mulher”, que abordou diversos temas desde os direitos femininos a questão da violência doméstica. A diretora de Políticas Públicas para as Mulheres do município, Ana Lúcia Pacheco, lembrou que há algum tempo tem se dedicado ao tema, mas somente agora ele ganhou o status que merece, com mais atenção da administração. “Sempre debati esse assunto com as pessoas na Câmara, para que tivéssemos essa melhoria na relação da mulher com a comunidade, que ela ganhasse mais respeito e finalmente estamos dando os primeiros passos nesse sentido”, disse. Para o prefeito Marcio Wozniack, o assunto deve ser tratado com a seriedade com a qual está sendo discutido. “Conhecemos a competência da Ana (Pacheco) e o conhecimento que ela tem à frente desse tema, tanto que já apresentou projetos encampados por nós para a vinda da delegacia da mulher e também outras propostas”, afirmou. Também participaram do

13

Apostilas foram entregues pelo prefeito Carlão em solenidade especial

ARAUCÁRIA

Agosto Azul aborda tabagismo e qualidade de vida em palestra Durante o mês de agosto em Araucária, diversas atividades serão realizadas para alertar a população masculina sobre a manutenção de hábitos saudáveis. Será o Agosto Azul, período dedicado ao fortalecimento das ações de prevenção e promoção da saúde do homem. Para que as ações programadas sejam melhor desenvolvidas nos serviços públicos de saúde e para que alguns cuidados sejam adotados com mais frequência pelo público masculino, profissionais da rede pública estão participando de palestras sobre assuntos variados, no anfiteatro da Prefeitura. Na manhã de ontem (6), os assuntos abordados no evento organizado pela Secretaria Municipal de Saúde (SMSA) foram: tabagismo e a saúde do homem, encontro ministrado pela pneumologista Maria de Guadalupe de Vilhena Cota; e, cuidados com a postura corporal e qualidade de vida, palestra apresentada pela fisioterapeuta Maria Isabel Ricardo. A Dra. Maria de Guadalupe iniciou sua palestra falando sobre fator cultural, uma característica que contribui para a baixa procura dos homens aos serviços de saúde. “Muitos atribuem a esses locais um aspecto feminino e acham que isso demonstraria fraqueza, o que não é verdade. Sabemos que os homens não possuem o hábito de tratar preventivamente de sua saúde, só que isso é preocupante porque quando resolvem procurar ajuda, a situação geralmente já está mais grave”, explica. Segundo a Organização Mundial da Saúde, o tabagismo é a principal causa de morte evitá-

vel em todo o mundo, sendo que 47% da população mundial masculina é fumante. Um dos fatores que pode estar relacionado ao homem fumar em maior quantidade em comparação com as mulheres é a associação do cigarro com a bebida alcoólica, pois essa ingestão faz com que grande parte da nicotina e seus derivados sejam eliminados junto com a urina. Essa combinação pode ainda aumentar o risco de desenvolvimento de tumores no público masculino. O câncer de boca é o 4º mais comum entre os homens e o 7º entre as mulheres. Uma pesquisa feita pelo Instituto do Câncer de São Paulo observou que enquanto 65% dos homens com câncer de bexiga tinham histórico de tabagismo, esse quadro caía para 25% das mulheres. A pneumologista da SMSA alerta que além disso, o sedentarismo e o tabagismo contribuem para a propensão a doenças cardiovasculares, principal causa de morte e de maior incidência entre os homens. A circunferência da cintura também seria outro fator de risco para o desenvolvimento dessas doenças, pois quanto maior a proporção de gordura abdominal, maiores seriam as chances da relação com patologias diversas. Com essas e outras informações a serem trabalhadas no dia a dia pelos serviços de saúde, a Secretaria Municipal de Saúde espera que os cuidados preventivos por parte do público masculino aumentem, para que casos que possam ser diagnosticados no início, assim sejam, reduzindo o número de complicações e mortes em situações evitáveis.


14

| Quarta-feira, 7 de agosto de 2013 |

Dirceu João Maschyo

E-MAIL: dirceumetropole@hotmail.com

São-joseense torna-se Mestre Nacional de Xadrez Depois de jogar 17 partidas em duas semanas, algo em torno de 80 horas de xadrez, o atleta de São José conseguiu subir 30 pontos no ranking da Federação Internacional de Xadrez (FIDE), totalizando 2.200 pontos de rating

GM Matsuura 0 x 1 William Cruz

Carlos Ferrero (no centro), também fez um bom torneio

Uma delegação de enxadristas de São José dos Pinhais participou nas últimas duas semanas, de dois dos maiores eventos de xadrez no país, o Aberto do Brasil de Maringá e o de Registro-SP. Os torneios reuniram jogadores de diversos estados brasileiros e também contou com a participação de atletas dos seguintes países: Argentina, Cuba, Estados Unidos, Itália, Sérvia, Japão e Paraguai. O destaque são-joseense foi William Ferreira da Cruz,

de 23 anos. Depois de jogar 17 partidas em duas semanas, algo em torno de 80 horas de xadrez, o atleta conseguiu subir 30 pontos no ranking da Federação Internacional de Xadrez (FIDE), totalizando 2200 pontos de rating. Essa pontuação lhe garante o título de Mestre Nacional de Xadrez, o primeiro da história do município. Nos 17 jogos, William enfrentou nove mestres, destaque para a vitória contra o Grande Mestre (GM) Everaldo Matsuura, enxadrista que já representou o Brasil em Copa do Mundo, e para os duelos contra os GM,s Axel Bachmann e José Fernando Cubas, números 2 e 3 do Paraguai, respectivamente. “Logicamente estou muito satisfeito com o meu desempenho, vou continuar trabalhando firme com meu treinador, o GM Sandro Mareco (Argentina), para conquistar coisas maiores e, quem sabe em 2014, disputar o circuito europeu de competições”, afirma o enxadrista. São José dos Pinhais teve outras boas atuações. Em Maringá, Carlos Federico Ferrero venceu a categoria para jogadores sem rating e Jefferson Lucas Munhoz Barbosa foi o melhor colocado entre os enxadristas até 18 anos. “Em breve o município deverá ter outros mestres, isso é a prova de que a parceria entre a Secretaria Municipal de Esporte e Lazer, através do secretário Thiago Bührer, com a Federação de Xadrez do Paraná (FEXPAR), vem dando certo tanto no âmbito do alto rendimento quanto para as categorias de base”, ressalta o presidente da FEXPAR, Paulo Virgilio Rios Rodriguez. GuiaSJP.com

Mulheres também marcam presença nos torneios de xadrez

Jefferson Barbosa ganhou o sub-18


Metropole7 8 13