Page 1

w w w. m e t r o p o l e j o r n a l . c o m . b r

Sexta-feira a Domingo

Presidente: Ary Leonel da Cruz

Foto: Elias Dias/SMCS

Ano 14 | Nº 3292 | 26 a 28 de abril de 2013

Os documentos foram assinados pelo prefeito Gustavo Fruet e pelos secretários municipais de Assuntos Metropolitanos

Legislativo de Colombo recebe grupos de Desbravadores

» A Prefeitura de Curitiba está

trabalhando para aumentar a aproximação com os municípios da Região Metropolitana, por meio de políticas públicas integradas. Além da transferência do know-how de programas como o Armazém da Família, já estão em andamento iniciativas como a

» Com o obje-

Página 6

Rosilete dos SJP realiza Baile Santos é campeã das Rosas para emérita da WIBA melhor idade Página 6

O prefeito Setim comentou sobre a oferta de vagas provenientes da industrialização e desenvolvimento econômico do município

tivo de ampliar a oferta de trabalho e colocação de trabalhadores em vagas no município a Secretaria de Trabalho, Emprego e Economia Solidária de São José dos Pinhais reuniu representantes da área de recursos humanos de empresas são-joseenses de diversos segmentos para apresentar os projetos do município, bem como os serviços voltados aos trabalhadores e empregadores. Página 3

Alimentos fazem inflação semanal diminuir

Foto: ANPr

Página 14

Página 10

SJP apresenta projetos para empregadores

ao prefeito uma lista com reivindicações da categoria. Destas solicitações 31 já foram atendidas pela administração Setim ou estão em processo de aplicação ainda para este ano.

» O prefeito Luiz Carlos Setim recebeu em seu gabinete, na manhã desta quinta-feira (25) o Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de São José dos Pinhais (SINSEP). Os representantes do Sindicato entregaram

Página 7

» A Polícia Militar

Furacão tem o melhor aproveitamento em 2013

coordena a Operação Nhapecani, que reúne forças de segurança em mais de 350 pontos de fiscalização em todo o Paraná, desde as 18h da última quarta-feira (24). Trabalham para retirar criminosos de circulação 3,1 mil policiais militares, 300 policiais civis, 50 policiais federais e 230 policiais rodoviários federais. Página 8

capacitação e qualificação de servidores públicos, por meio do Instituto Municipal de Administração Pública (Imap). Esta semana, a Prefeitura assinou com municípios da região nove convênios que darão respaldo legal para ampliar ainda mais a integração.

Casa, vereador José Renato Strapasson (Pelé), deu as boas vindas a todos e convidou o vereador Renato Lunardon para fazer uso da Página 4 tribuna.

Prefeitura inicia pauta de negociação com SINSEP

Operação coloca quatro mil policiais nas ruas e rodovias

Curitiba e municípios da RMC preparam políticas conjuntas

Foto: PMSJP

» Na sessão ordinária realizada na terça-feira (23), os vereadores de Colombo receberam a visita de vários grupos de Desbravadores do município. O presidente da

Diário de Circulação Nacional

Página 14

A Polícia Militar realiza a operação em mais de 350 pontos de fiscalização no Paraná

Editais página 13


2

| 26 a 28 de abril de 2013 |

Editorial

Juros em alta A autoridade monetária demonstra que não medirá conseqüências para barrar uma aceleração inflacionária, que neste momento seria um desastre para a economia brasileira no cenário de uma grave crise internacional. Ontem, o diretor de Política Econômica do Banco Central, Carlos Hamilton Vasconcelos Araújo, disse que cresce a convicção de que o Comitê de Política Monetária (Copom) poderá “ser instado a refletir sobre a possibilidade de intensificar o uso do instrumento de política monetária (da taxa Selic)” para evitar aumento da inflação. No último dia 17, o comitê decidiu por seis votos a favor elevar a taxa Selic em 0,25 ponto percentual para 7,5% ao ano. Araújo foi um dos diretores que votou pelo aumento da Selic. De acordo com a ata da reunião do Copom, divulgada ontem, o colegiado entendeu que havia necessidade de elevar a taxa Selic para neutralizar os riscos de que a inflação continue alta, principalmente no próximo ano. Segundo a ata, a inflação mostra resistência, entretanto, o Copom reiterou que “incertezas internas e, principalmente, externas cercam o cenário prospectivo para a inflação e recomendam que a política monetária seja administrada com cautela”. O diretor ressaltou que embora reconheça que a inflação e as projeções para os preços estejam elevados, não há descontrole. “Vou discordar daqueles que argumentam que a inflação no Brasil está fora do controle. Não está e nem estará”, enfatizou. Para o colegiado, o ritmo da atividade doméstica só tende a aumentar neste e no próximo ano, o que pode gerar ainda mais pressão na alta de preços para o consumidor. Devem contribuir para essa expansão os efeitos defasados de medidas tomadas pelo governo para aumentar o consumo, aumento da oferta de crédito e programas como o Bolsa-Família. Por outro lado, o cumprimento das metas de superávit primário, os programas de concessão de serviços públicos e a gradual recuperação da confiança dos empresários criam perspectivas de intensificação dos investimentos e da recuperação da produção industrial. Aliado à demanda, o baixo nível de desemprego contribui para a persistência da inflação. Isto porque, segundo o Banco Central (BC), este cenário favorece a concessão de aumentos de salários incompatíveis com o crescimento da produtividade no País - esta, inclusive, é crítica recorrente nos discursos do presidente da autoridade monetária, Alexandre Tombini. No cenário internacional, o Copom considera que permanecem altos os riscos para a estabilidade financeira global e classifica o ambiente externo como “complexo”. Para o BC, há evidências de acomodação dos preços nos mercados internacionais de commodities.A despeito das previsões dos membros do Copom de que o processo de reavaliação da situação internacional pode contribuir para a queda dos principais preços (como os das commodities), recorde-se que o Copom decidiu aumentar a taxa básica de juros da economia, a Selic, de 7,25% para 7,5% na reunião da semana passada. Em outras palavras, todos os membros do comitê concordaram que uma ação de política monetária era necessária, mas foi vencida a ideia de esperar mais uma reunião para aumentar a Selic. “Em momentos como o atual, a política monetária deve se manter especialmente vigilante, de modo a minimizar riscos de que níveis elevados de inflação como o observado nos últimos doze meses persistam”, afirmaram os membros do comitê em ata.

AB Notícias

abnoticias@abcom.com.br (41) 3014-6764

ÁREAS REGULARIZADAS Duas áreas somando 68 mil metros quadrados do Porto de Antonina, litoral do estado, que não constavam no inventário da Administração dos Portos de Paranaguá e Antonina, foi regularizada. As duas áreas pertencem agora oficialmente ao Estado do Paraná. Os terrenos, que antes pertenciam ao Banestado, haviam sido comprados em 1987, porém apenas um contrato de compra e venda provava a negociação.

ESTRADA BOIADEIRA A região Noroeste do estado está comemorando a continuidade das obras da Estrada Boiadeira. Já incluída no PAC – Programa de Aceleração do Crescimento – o asfaltamento da estrada chegou até a cidade de Cruzeiro do Oeste, na rodovia PR-323. Com previsão para tÉrmino em 2016 a revitalização, cujo investimento gira em torno de 279,1 milhões de reais, segue agora para o trecho entre o município e Serra Dourada.

VAGAS NO IFPR Mais de quatro mil vagas para o segundo semestre estão sendo oferecidas pelo Instituto Federal do Paraná, IFPR. As inscrições vão até o dia 10 de maio pela internet. As vagas são para os cursos técnicos à distância de Agente Comunitário, com 2.280 vagas, 1.240 para Transações Imobiliárias e 560 para Hospedagem. Para mais informações acesse o site www.ifpr.edu.br

LULUZINHA A história de Luluzinha, personagem conhecida dos quadrinhos e dos desenhos animados, será republicada em uma tiragem limitada. O livro contém suas primeiras tirinhas, datadas da década de 40 e 50 e é uma comemoração aos mais de setenta anos da personagem. Além dos quadrinhos, a edição traz também dados e curiosidades sobre a história de Luluzinha e sua turma.

CAMPANHA DO AGASALHO Mais de 13 mil pessoas deverão ser atendidas pela Campanha do Agasalho 2013 em Ponta Grossa. A campanha já começou, e aguarda a doação para cumprir a meta de arrecadar cerca de 100 mil peças este ano. As doações podem ser feitas até o dia 23 de julho nos 120 pontos de arrecadação espalhados pela cidade. No ano passado a campanha conseguiu arrecadar mais de 104 mil agasalhos, quase dois mil cobertores e 74 colchões.

FEIRA DE LIVROS Com o intuito de incentivar o hábito da leitura, acontece neste sábado em Guarapuava a feira do livro integrante do projeto Vamos Ler. Promovido pela Secretaria de Educação e Cultura do município, o evento ocorre no Calçadão da XV, em frente a Praça 9 de De-

zembro. Entre às 9h e às 12h o local será tomado por apresentações musicais, recitais de poesia e contação de história.

REFERÊNCIA NA PISCICULTURA A região do município de Toledo, oeste do estado, se destaca na produção de peixes. Durante a semana a cidade recebeu a coordenadora nacional de Pesca e Aqüicultura do Sebrae, Newman Costa, a gerente de agronegócio do Sebrae em Brasília e mais 15 produtores para estudar o desenvolvimento da piscicultura na região. A intenção é tentar levar ao Distrito Federal as técnicas utilizadas pelos produtores locais.

CARNE De acordo com pesquisa publicada na revista Nature Medicine o consumo de carne vermelha pode aumentar o risco de doenças cardiovasculares. Isso porque o metabolismo da substância L-carinitina, nutriente da carne vermelha, pelas bactérias do intestino facilita o acumulo de gordura nas paredes arteriais. A substância pode ser encontrada também em energéticos e até em forma de suplemento alimentar. Seu uso controlado auxilia na perda de peso, porém em excesso é prejudicial à saúde.

OCUPE O PASSEIO Fortalecendo o movimento Ocupe o Passeio, campanha que visa a reocupação e revitalização do Passeio Público, em Curitiba, acontece neste sábado no local a “Vinada Cultural”. Sob organização do jornal Gazeta do Povo, dez cachorros quentes, indicados por leitores do jornal, serão vendidos pelo preço único de 6 reais, dos quais 1 real será revertido para a Associação dos Amigos do Hospital de Clínicas. Além dos cachorros-quentes o evento contará com apresentações e com a 1ª regata de pedalinhos.

PROJOVEM Atendendo cerca de 30 alunos, a Agência do Trabalhador da cidade de Entre Rios do Oeste, região oeste do estado, começou nesta semana as aulas dos cursos de Administração e Serviços Pessoais. O curso é realizado através do programa Projovem Trabalhador, do Governo Federal. O projeto tem como objetivo promover a qualificação profissional, oferecendo formação e alternativas de renda para jovens de 18 a 29 anos.

PRIMEIRA ESCOLA DE TEATRO A região dos Campos Gerais ganhou sua primeira escola de teatro. Para desenvolver e promover a formação de atores na região foi criado em Ponta Grossa o Centro de Estudos Cênicos Integrados, Ceci, que atenderá pessoas a partir de quatro anos de idade. O Ceci disponibilizará também cursos de canto lírico e popular, artes circenses, e de danças como o sapateado.

Presidentes do Senado e da Câmara vão entrar com recurso contra decisão do STF Agência Brasil Brasília – O presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), disse que vai apresentar (25) um agravo regimental, recurso utilizado pelo Congresso, para que o Supremo Tribunal Federal (STF) reveja decisão que suspendeu a tramitação do projeto de lei que inibe a criação de novos partidos. O senador Rodrigo Rollemberg (PSB-DF) apresentou pedido de mandado de segurança à Corte para evitar que o Senado Federal apreciasse o projeto de lei. O pedido foi acatado pelo ministro Gilmar Mendes, provocando tensão entre os poderes. “Da mesma forma que nunca influenciamos nas decisões do Judiciário, não aceitamos que o Judiciário influa nas questões do Legislativo. Consideramos isso uma invasão e vamos entrar com agravo regimental para dar ao Supremo uma oportunidade de fazer uma revisão dos seus excessos”, disse Renan. A Comissão de Constituição e Justiça da Câmara aprovou anteontem (24) projeto que limita os poderes do Supremo, submetendo algumas decisões do STF ao controle do Legislativo. No início da noite, o ministro Gilmar Mendes deu liminar suspendendo a tramitação do projeto de lei que visa a dificultar a criação de partidos. Segundo o presidente do Senado, o recurso vai ser apresentado ainda hoje (25) para que o ministro reconsidere a posição e evite agravamento da situação e instalação de uma crise. A posição foi compartilhada pelo presidente da Câmara dos Deputados, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), que endossou a crítica ao Judiciário. “Não aceitamos essa intromissão na nossa competência. Essa Casa não interfere na maneira de votar dos ilustres ministros do Supremo, também não aceitamos que interfiram aqui no nosso processo correto, constitucional e regimental de expressar nossos votos”, acrescentou Alves. Para o deputado, a justificativa de que o STF apenas reagiu à uma provocação não minimiza a indisposição entre os poderes. “Foi provocado de forma equivocada. Esperamos que o STF reveja a posição e faça Justiça ao papel regimental desta Casa”, completou. Em Brasília, a presidente Dilma Rousseff assinou decreto de nomeação da ministra Maria Cristina Irigoyen Peduzzi, do Tribunal Superior do Trabalho (TST), e do desembargador Guilherme Calmon Nogueira da Gama, do Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF2), como novos integrantes do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) para o biênio 2013-2015. A nomeação dos membros do CNJ foi publicada no Diário Oficial da União de ontem (25). O CNJ tem a atribuição de aperfeiçoar o trabalho do Sistema Judiciário brasileiro, quanto ao controle e à transparência administrativa e processual. Entre as principais atividades do órgão está a supervisão do cumprimento dos deveres funcionais dos juízes. A instituição é responsável por desenvolver ferramentas eletrônicas e promover parcerias para garantir a agilidade e transparência nas atividades do Judiciário.

Assembleia: Grupo de trabalho vai estudar explosões em caixas eletrônicos A criação de um grupo de trabalho conduzido pelo Ministério Público do Paraná, em especial pelo Centro de Apoio Operacional das Promotorias de Justiça de Defesa do Consumidor, com representantes das instituições financeiras, da Polícia Militar e da Polícia Civil, da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-Paraná) e do Procon, foi o principal resultado da reunião realizada nesta quarta-feira (24), na Assembleia Legislativa, pela Comissão de Defesa do Consumidor, para a posterior criação de um projeto de lei que contribua para a diminuição dos casos de explosões de caixas eletrônicos no estado. O deputado Leonaldo Paranhos (PSC), presidente da comissão, encaminhou a proposta. Segundo ele, o texto legal a ser proposto poderia, por exemplo, estabelecer caixas exclusivos para saques, e outros somente para prestação de serviços bancários diversos e sem opção de saques.

“A reunião foi extremamente produtiva, porque tivemos aqui todos os envolvidos, bancos, órgãos de defesa do consumidor, as forças de segurança do Estado, como as polícias, além do Ministério Público. O objetivo é que este grupo de trabalho possa apresentar uma proposta, como esta das faixas de sinalização. Em alguns pontos haveria dinheiro nos caixas, em outros apenas o serviço de movimentação bancária, sem dinheiro. Isso facilitaria inclusive o monitoramento, porque onde não tem dinheiro o crime organizado não vai buscar. E onde tem haverá mais facilidade de controle por parte dos mecanismos de segurança”, afirmou. De acordo com os representantes dos bancos, vários instrumentos estão sendo utilizados para diminuir a incidência de explosões ou violações dos caixas eletrônicos, como sistema interno de controle por câmeras de segurança. O deputado

Nereu Moura (PMDB), membro da comissão, indagou os participantes em relação ao número de ocorrências registradas. Dados apresentados pela Polícia Militar mostram que no primeiro trimestre de 2012, em relação a 2011, houve diminuição de 37% destas ocorrências. “Houve uma diminuição modesta nesta ilicitude”, destacou o coronel da PM Milton Fadel Júnior. O posicionamento da Polícia Civil manifestado durante a reunião vai no sentido de que se melhore principalmente o nível de informação e de agilidade no registro das ocorrências por parte dos bancos, além de efetiva reestruturação e investimentos em equipamentos e manutenção. “Houve casos em que fomos notificados quatro dias depois do ocorrido, ou então porque não tivemos acesso às filmagens em razão do equipamento estar desligado. Em outro caso a porta da agência es-

tava aberta, sem trava. Só existe crime quando há vítima, autor e, especialmente, uma oportunidade”, alertou o delegado titular do Centro de Operações Policiais Especiais da Polícia Civil (Cope), Amarildo Antunes. No Brasil existem cerca de duzentos mil caixas eletrônicos. A informação foi repassada pelo representante da empresa Diebold Procomp, Pedro Kazuo, especializada na fabricação destes terminais eletrônicos. Ele reconhece também que diversos ajustes de segurança estão sendo feitos para evitar as violações. “Cada banco exige um nível maior de segurança para os equipamentos. Temos feito um trabalho muito forte do ponto de vista técnico, principalmente das novas máquinas. A questão é das máquinas já instaladas. Mas reconhecemos que os explosivos são artefatos que são difíceis de blindar”, ponderou Kazuo.


| 26 a 28 de abril de 2013 |

3

Secretaria de Trabalho apresenta serviço e projetos para empregadores de São José dos Pinhais Com o objetivo de ampliar a oferta de trabalho e colocação de trabalhadores em vagas no município a Secretaria de Trabalho, Emprego e Economia Solidária de São José dos Pinhais reuniu representantes da área de recursos humanos de empresas são-joseenses de diversos segmentos para apresentar os projetos do município, bem como os serviços voltados aos trabalhadores e empregadores. O secretário da pasta, Miguel de Paula, lembrou do cenário econômico em que o município se encontra, ressaltando que parte desta conquista foi proveniente do esforço político iniciado no passado, ainda na primeira gestão do prefeito Setim, quando os deputados Francisco Bührer, Leopoldo Meyer, eram vereadores, e "Muito contribuíram para o desenvolvimento do Município". O secretário também apresentou programas e serviços prestados às empresas. "Queremos ser úteis na busca de mão de obra para os empresários e eficazes na

Foto: PMSJP

"Temos hoje, com o governo Beto Richa, uma retomada do senso de industrialização no Paraná, e São José dos Pinhais está inserida neste contexto", disse o prefeito Setim

Prefeito Setim e o secretário Miguel de Paula durante a solenidade

obtenção de vagas ao trabalhador", explicou Miguel se referindo ao trabalho diferenciado da Agência do Trabalhador de encaminhar o trabalhador, observando seu perfil e anseios, sendo satisfatório para as duas partes. O prefeito Setim co mentou sobre a oferta de vagas provenientes da in-

dustrialização e desenvolvimento econômico do município lembrando o primeiro momento em que foi prefeito, no ano de 1997, e agora. "Temos hoje, com o governo Beto Richa, uma retomada do senso de industrialização no Paraná, e São José dos Pinhais está inserida neste contexto. A Agência do Trabalhador de

São José dos Pinhais é a segunda no Paraná no atendimento e colocação de vagas de trabalho, e continua semeando, através da qualificação da mão de obra, cumprindo a legislação atendendo a necessidade do município". O encontro reuniu cerca de 60 profissionais de recursos humanos e contou

Gilmar Mendes diz que "é melhor fechar STF" se Legislativo aprovar PEC 33 Agência Brasil Brasília - O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Gilmar Mendes voltou a criticar hoje (25) a proposta de emenda à Constituição que vincula decisões da Corte ao Congresso Nacional. O ministro destacou o fato de o texto ser aprovado na Comissão de Constituição e Justiça da Câmara sem uma análise mais detalhada e disse que é "melhor que se feche o Supremo Tribunal Federal" se a proposta for aprovada pelo Legislativo. "Não há nenhuma dúvida, [a proposta] é inconstitucional do começo ao fim, de Deus ao último constituinte que assinou a Constituição. É eviden-

te que é isso. Eles [Legislativo] rasgaram a Constituição. Se um dia essa emenda vier a ser aprovada, é melhor que se feche o Supremo Tribunal Federal", disse Mendes. A Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 33 condiciona o efeito vinculante de súmulas aprovadas pelo STF ao aval do Poder Legislativo e submete ao Congresso Nacional a decisão sobre a inconstitucionalidade de leis. De autoria do deputado Nazareno Fonteles (PT-PI), a PEC ainda estabelece que é preciso quórum de nove ministros, e não mais de seis, para anular emendas constitucionais aprovadas pelo Congresso.

Gilmar Mendes destacou a "gravidade" de o texto ter sido aprovado por votação simbólica, sem manifestações em sentido contrário. "É constrangedor, eu acredito, por uma comissão que se chama de Constituição e Justiça. Onde está a Constituição e a Justiça nesta comissão?", criticou. Ontem, o presidente da Câmara dos Deputados, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), afirmou que vai atrasar a tramitação da proposta para avaliar se o texto é constitucional. Para o ministro Marco Aurélio Mello, a decisão de analisar a proposta com mais cautela foi acertada. "A postura de Vossa Excelência confirma as minhas palavras de

ontem, a confiança absoluta na Câmara dos Deputados e no Senado da República como dois grandes colegiados", disse ele, ao deixar o STF. O ministro Ricardo Lewandowski também minimizou uma crise entre Legislativo e Judiciário. "Os poderes estão funcionando. Cada qual toma as atitudes que entendem dentro de sua esfera de competência e assim é que funciona a democracia. Quando os poderes agem dentro de sua esfera de competência, a meu ver, não há o que se falar em retaliação. E muito menos crise. Pelo contrário, os poderes estão ativos, funcionando e não há crise nenhuma".

PPS aciona STF contra proposta que limita poderes da Corte

Foto: Roberto Stuckert Filho/PR

Agência Brasil Brasília - A proposta que pretende limitar os poderes do Supremo Tribunal Federal (STF), submetendo algumas decisões ao Congresso Nacional, também foi questionada pelo PPS em mandado de segurança protocolado na tarde de ontem (25) na Suprema Corte. Mais cedo, o assunto foi objeto de questionamento pelo PSDB. Assinada pelo presidente da legenda, Roberto Freire (PPSSP), o texto pede que a tramitação do projeto seja suspensa e que, no mérito, seja arquivado. O parlamentar destaca que a proposta é inconstitucional, por violar o princípio de separação entre poderes, e vai contra o Regimento Interno da Câmara dos Deputados. "É evidente, pois, que tal sistema demonstra clara tendência de abolir a separação dos poderes, uma vez que se imiscui em

competência do Supremo Tribunal Federal, transformando o Poder Legislativo em instância revisora do Poder Judiciário", destaca o mandado de segurança. A Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 33 condiciona o efeito vinculante de súmulas aprovadas pelo STF ao aval do Poder Legislativo e submete ao Congresso Nacional a decisão sobre a inconstitucionalidade de leis. De autoria do deputado Nazareno Fonteles (PT-PI), a PEC ainda estabelece que é preciso quórum de nove ministros, e não mais de seis, para anular emendas constitucionais aprovadas pelo Congresso. Para o PPS, o aumento do quórum será fonte de "embaraços institucionais, além de franca renovação de uma concepção de Estado autoritária", em desacordo com as inovações trazidas com a Constituição de 1988. O relator do mandado de segurança é o ministro Antonio Dias Toffoli, que já está com o caso do PSDB.

Presidente Dilma Roussef passa em revista à guarda de honra na Casa Rosada, ontem (25) na chegada a Buenos Aires para visita oficial à Argentina.

com a presença do vice-prefeito Toninho da Farmácia, do deputado estadual Francisco Bührer, presidente do Conselho Municipal do Trabalho, Maurício Valenga, o superintendente da Gerar Francisco Essert, equipe da Secretaria do Trabalho e secretários municipais.

Apoio à Pessoa com Deficiência realizou 1.024 atendimentos em 2013, efetivando 116 colocações. A agência do trabalhador também atende trabalhadores que tenham sido demitidos sem justa causa e necessitem receber o seguro-desemprego.

LEI Durante o evento o prefeito Setim e o secretário Miguel de Paula assinaram o documento que sancionou a Lei 2.149 de 19 de abril de 2013, que cria a Semana Municipal de Segurança e Saúde do Trabalhador, que será realizada sempre na última semana do mês de maio, a partir de 2014, com o objetivo de promover ações que orientem e previnam o trabalhador.

QUALIFICAÇÃO A Secretaria do Trabalho também mantém oferta de cursos gratuitos aos moradores de São José dos Pinhais desempregados e maiores de 16 anos, tendo já inscrito em 2013 425 pessoas em cursos como Condutor de Transporte de Passageiros, Soldador, Operador de Empilhadeira, Mecânica Básica Industrial, Logística Industrial e Inspetor de Qualidade. No programa de Economia Solidária foram oferecidos os cursos de Técnicas de Vendas, Preparo de Massas e Pizzas e corte e Costura. Através do Centro de Capacitação para o Trabalho a Secretaria de Trabalho oferece ainda o ano inteiro os cursos de Auxiliar de Cozinha, Camareira, Garçom, Vendas, Manicure e Pedicure, Salgados e Lanches para Lanchonete e Bolos para Festas e Docinhos.

AGÊNCIA DO TRABALHADOR A Agência do Trabalhador funciona junto à Secretaria de Trabalho, Emprego e Economia Solidária, e oferece os serviços de intermediação de mão de obra. Desde janeiro de 2013 já prestou 23.500 atendimentos, com a efetivação de 1.560 trabalhadores contratados em vagas da agência. Dentro do Programa de

Leandro da Nifer discute falhas no serviço postal do município O vereador Leandro da Nifer fez uso da palavra em tribuna, durante a sessão ordinária da Câmara dessa terça-feira (23), para comentar falhas nos serviços dos correios em São José dos Pinhais. Na mesma ocasião, o vereador apresentou requerimento solicitando a formação de uma comissão especial que irá analisar e propor soluções ao problema. Segundo Leandro, o Sintcom - Sindicato dos Trabalhadores nos Correios do Paraná pediu apoio da Casa e dos vereadores para debater sobre a situação da instituição no município. "Tem havido constantes atrasos na entrega de correspondências, fato que tem causado descontentamento e prejuízos à população. Sabemos que a responsabilidade não é dos trabalhadores e, sim, das péssimas condições de trabalho e falta de efetivo", explicou o vereador. Os correios, em São José dos Pinhais, conta com 70 funcionários, sendo 38 no centro de distribuição do Afonso Pena e 32 no centro. "O ideal seria um efetivo de, pelo menos, cem funcionários", disse o vereador, que também destacou a precária estrutura dos materiais de trabalho como vestuário, calçados, bicicletas e motos. Além disso, os espaços físicos são inadequados, segundo Leandro, e os funcionários sofrem com a carga excessiva de trabalho que é de cerca de 2 a 3 horas extras por dia. "Em São José dos Pinhais há apenas duas agências próprias dos correios, na Borda do Campo e Rua XV de Novembro, e mais duas franqueadas no Afonso Pena e Centro. Precisamos de mais uma agência própria e a volta das agências comunitárias da área rural que, atualmente é de apenas três", sugeriu Leandro. Pensando em solucionar o problema, o vereador apresentou, na ocasião, requerimento que foi aprovado por unanimidade, solicitando a formação de uma comissão especial para analisar e propor soluções. Tal comissão será composta de três vereadores que terão o prazo de dois meses para concluir os trabalhos. "Vamos promover audiência pública com autoridades, comunidade e funcionários da instituição para expor a situação, pois esse é um serviço essencial e de direito do contribuinte", finalizou.


4

| 26 a 28 de abril de 2013 |

Legislativo recebe grupos de Desbravadores A visita se deu em função das comemorações ao Dia Municipal dos Desbravadores

DIR.) Presidente José Renato Strapasson, juntamente com o vereador Renato Lunardon, o senhor Celso Formigheri, as alunas Desbravadoras Nota 10 e o ex-vereador Gilberto Taborda Ribas

Celso Formigheri expôs sobre os trabalhos comunitários desenvolvidos pelos Desbravadores

O vereador Renato Lunardon explanou sobre a importância dos trabalhos desenvolvidos pelos Desbravadores no município

Na sessão ordinária realizada na terça-feira (23), os vereadores de Colombo receberam a visita de vários grupos de Desbravadores do município. O presidente da Casa, vereador José Renato Strapasson (Pelé), deu as boas vindas a todos e convidou o vereador Renato Lunardon para fazer uso da tribuna. Na ocasião o vereador Renato Lunardon explanou sobre a importância dos trabalhos desenvolvidos pelos Desbravadores no município e agradeceu a oportunidade de poder homenagear as alunas Jenifer Soares Coelho e Tatiane Evelise Ferreira como sendo as “Desbravadoras Nota 10”. Lembrou ainda que foi o ex-vereador, Gilberto Taborda Ribas autor da Lei 1127/ 2009 que instituiu o dia 23 de abril como sendo o Dia Municipal dos Desbravadores. Quem também fez uso da tribuna livre, foi o senhor Celso Formigheri representando o senhor Ary Marques que expôs sobre os trabalhos comunitários desenvolvidos pelos Desbravadores. “Hoje temos 750 Desbravadores em Colombo que desenvolvem trabalhos comunitários, ambientais e de amor ao próximo”, disse. O vereador Lunardon explanou também sobre o trabalho voluntário que é desenvolvido em algumas comunidades de Colombo por meio do programa Fome Zero do governo federal. Segundo ele são atendidas mais de mil famílias cadastradas, totalizando quatro mil pessoas beneficiadas diretamente. “O atendimento prestado por mais de 20 voluntários acontece toda segunda, quinta e sexta-feira, são mais de 40 horas dedicados a ajudar ao próximo”, disse. Encerrando este momento, o presidente José Renato Strapasson (Pelé) agradeceu a visita e parabenizou o senhor Formigheri, bem como o vereador Lunardon pelo trabalho realizado. Mencionou ainda que o Legislativo se coloca a disposição e admira a doutrina destes jovens, pois uma formação de referência os tornará adultos melhores

O SESC COLOMBO convida ARROZ, FEIJÃO e MÚSICA - Instrumental Show “100 anos de MPB” Sinopse: Durante o horário do almoço, venha saborear o melhor da Música Popular Brasileira nesta apresentação que resgatará antigas e eternas melodias do nosso país Data: 30 de abril Horário: 11h30 as 13h30 Local: Praça de Alimentação do Colombo Park Shopping (Rua Dorval Ceccon, 664 - Colombo) Informações: 3621-8901


6

| 26 a 28 de abril de 2013 |

Prefeitura inicia pauta de negociação com SINSEP O prefeito Luiz Carlos Setim recebeu em seu gabinete, na manhã desta quinta-feira (25) o Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de São José dos Pinhais (SINSEP). Os representantes do Sindicato entregaram ao prefeito uma lista com reivindicações da categoria. Destas solicitações 31 já foram atendidas pela administração Setim ou estão em processo de aplicação ainda para este ano. Exemplos delas são às referentes aos laudos ambientais, à progressão simples, à diminuição da terceirização e à contratação de novos servidores efetivos. Na reunião também foi informado que para outras 37 reivindicações, será criada pela Prefeitura uma comissão que irá analisar a viabilidade ou não destas reinvidicações. Também foi explicado que para alguns dos outros pedidos há impedimento constitucional. Na avaliação do prefeito Setim as conversas com o sindicato foram bem produtivas. "Nós entendemos as reivindicações do Sindicato dos Servidores, e eles tam-

Prazo de declaração do IR 2013 Pessoa Física termina em 30 de abril bém precisam entender e nos dar um voto de confiança, pois a maioria dos problemas apresentados são recorrentes de anos anteriores. Hoje estamos dando o primeiro passo nestas negociações, assim como o SINSEP temos total interesse em proporcionar satisfação ao trabalho dos servidores". Diante do que foi exposto, a Prefeitura apresentou propostas ao SINSEP, que serão levadas a discussão através de uma assembleia

própria. A Prefeitura também colocou a disposição do sindicato o secretário de Administração, José Carlos Alves Silva, para prestar esclarecimentos a quaisquer dúvidas que surjam. O próximo encontro foi marcado entre a administração e o Sindicato, no dia 3 de maio. Também fizeram parte da mesa de discussão o vice-prefeito Toninho da Farmácia, a secretária de Educação Neide Setim, o secretário

de Administração José Carlos Alves Silva, o secretário de Finanças Pedro Setenareski Filho, o secretário municipal de Saúde Brasilio Vicente de Castro Filho, o secretário municipal de Planejamento Rafael Muhlmann, a coordenadora do Sistema de Controle Interno Rosi Bassa, chefe de gabinete do prefeito Lourival Louir Berti Júnior e a procuradora do município Inger Kalben Silva.

Prefeitura de São José dos Pinhais realiza 1º Baile das Rosas para melhor idade A Prefeitura de São José dos Pinhais, através da Secretaria de Assistência Social, realizou nesta quinta-feira (25), na igreja da Malhada, o Baile das Rosas. O evento foi destinado aos grupos de terceira idade do município. Essa foi a primeira edição do Baile das Rosas e logo na entrada cada uma das mulheres recebeu uma rosa. No total, participaram do evento mais de 1000 idosos, que fazem parte dos 44 grupos de Melhor Idade de São José dos Pinhais. "Esse envolvimento da administração pública com a terceira idade é muito importante porque resgata um pouco do saudosismo, resgata a autoestima da terceira idade, e o baile é uma maneira deles se divertirem e se relacionarem. A população da terceira idade, e eu me enquadro nela, sente falta de carinho, por isso esse congraçamento é muito positivo, e faz com que haja um reencontro, uma aproximação das pessoas", declarou o prefeito, Luiz Carlos Setim, e completou: "Quero ver esse salão cada vez mais cheio". Prestigiaram também o evento, o vice-prefeito Toninho da Farmácia, o secretário de Assistência Social, Professor Imar Augusto, a vereadora Nina Singer e o cantor Tony Mathias. O objetivo do baile é reunir os idosos para que possam ter convivência com pessoas da mesma idade, e para que possam se divertir e interagir. "Sabemos que os idosos tem a necessidade de praticar coisas novas, e nós não queremos que os idosos fiquem dentro de casa. Queremos os idosos felizes e alegres, participando ativamente das nossas programações", declarou o Secretário de Assistência Social, professor Imar Augusto. "Adorei o baile. Foi muito boa a surpresa, e é muito gostoso a gente receber uma rosa. Participo de todos os bailes que a Prefeitura realiza e faz 35 anos que eu faço parte do grupo de melhor idade", declarou à senhora Lina Vion, eleita a Mais Bela Idosa 2012 e fundadora do primeiro grupo de idosos do município, fundado em 1978. "Esse baile é importantíssimo. Eu já tive comprovação de alguns

Endereço: Rua XV de Novembro, 1.800 - Centro Informações: 41 3385-3095 Hora do Conto Infantil 27/04 - Sábado Horário: 15h Local: Espaço da Cultura Shopping São José Endereço: Avenida Izabel A

FALECIMENTOS  Pedro Bueno de Lima, 78 anos. Sepultamento hoje, às 09 horas, no Cemitério Parque Senhor do Bonfim.  Ivone Odeli, 51 anos. Sepultamento hoje, às 10 horas, no Cemitério Memorial da Vida.  Manoel de Matos, 64 anos. Sepultamento hoje, às 10 horas, no Cemitério de Cachoeira, São José dos Pinhais.  Noêmia Pereira Silva Lago, 41 anos. Sepultamento hoje, às 09 horas, no Cemitério Padre Pedro Fuss.  Anita França, 81 anos. Sepultamento hoje, às 09 horas, no Cemitério Memorial da Vida.  Marco Antônio Ferreira, 49 anos. Sepultamento hoje, às 09 horas, no Cemitério Jardim da Saudade II. Serviço Funerário Municipal - São José dos Pinhais Rua Ângelo Zem, 55 Centro - Fone : 3382 1271

idosos que estavam adoecidos que começaram a participar dos grupos de melhor idade e melhoraram. Essa valorização é de extrema importância, para que eles troquem experiências entre si. Vejo a felicidade no rosto de cada um aqui. O professor Imar esta de parabéns por esse baile, e parabenizo também o prefeito Setim que tem incentivado esses eventos, e espero que continue esse excelente trabalho", declarou a vereadora Nina Singer. Segundo a Secretaria de Assistência Social, ainda esse ano, aconteceram mais três bailes, além de passeios à Morretes e à Guaratuba, além dos encontros semanais da terceira idade, na Casa do Idoso. "Reunimos aqui experiências, aprendizado, e principalmente a história de São José dos Pinhais. Vemos a alegria nos olhos e no rosto dos nossos idosos, o que nos estimula a trabalhar ainda mais pelos nossos munícipes", finalizou o professor Imar Augusto.

Secretaria de Cultura divulga agenda cultural desta semana Show - Kátia Drumond e Ricardo Verocai *COM MUV SAMBA SOUL E GROOVES DE FUNK 26/04 - Sexta-feira Horário: 20h Local: Teatro Sesi São José dos Pinhais

Segundo a Receita Federal, mais de 16,4 milhões de contribuintes já prestaram contas ao órgão quanto a declaração Imposto de Renda Pessoa Física 2013 (IR). A Receita recebeu, até às 16h de ontem (25), 16.411.797 milhões de declarações das informações ano-base 2012. Está obrigado a declarar quem teve rendimento tributável superior a R$ 24.556,65 em 2012. Quem perder o prazo estará sujeito à multa mínima de R$ 165,74, limitada a 20% do imposto devido. Além da internet (www.receita.fazenda.gov.br), a declaração pode ser entregue em disquete no Banco do Brasil e Caixa Econômica. A Receita alerta para o risco das pessoas deixarem para enviar a declaração nos últimos dias, pois muitos contribuintes podem encontrar dificuldades devido ao acúmulo de acessos ao endereço da Receita. *** DIA DO DIAGRAMADOR A Aciap parabeniza aos profissionais da área de diagramação pela homenagem no calendário comemorada em 28 de abril, no próximo domingo.

Redentora. 1.434 - Centro Informações: 41 3283-6193 Teatro - Kafka - A Vigília 27/04 - Sábado Horário: 20h Local: Teatro Sesi São José dos Pinhais Endereço: Rua XV de Novembro, 1.800 - Centro

Informações: 41 3385-3095 Teatro - Kafka - A Vigília 19/04 - Domingo Horário: 19h Local: Teatro Sesi São José dos Pinhais Endereço: Rua XV de Novembro, 1.800 - Centro Informações: 41 3385-3095


7

| 26 a 28 de abril de 2013 |

TR, POUPANÇA E TBF TR MENSAL % jan fev 0,00 0,00

mar 0,00

abr 0,00

ano 0,00

12 m 0,07

POUPANÇA MENSAL % jan fev mar 0,50 0,50 0,50

abr 0,50

ano 2,02

12 m 6,27

ÍNDICES DIÁRIOS Período 30/3 a 30/4 31/3 a 1/5 1/4 a 1/5 2/4 a 2/5 3/4 a 3/5 4/4 a 4/5 5/4 a 5/5 6/4 a 6/5 7/4 a 7/5 8/4 a 8/5 9/4 a 9/5 10/4 a 10/5 11/4 a 11/5 12/4 a 12/5 13/4 a 13/5 14/4 a 14/5 15/4 a 15/5 16/4 a 16/5 17/4 a 17/5 18/4 a 18/5 19/4 a 19/5 20/4 a 20/5 21/4 a 21/5 22/4 a 22/5

TR 0,0000 0,0000 0,0000 0,0000 0,0000 0,0000 0,0000 0,0000 0,0000 0,0000 0,0000 0,0000 0,0000 0,0000 0,0000 0,0000 0,0000 0,0000 0,0000 0,0000 0,0000 0,0000 0,0000 0,0000

TBF 0,5435 0,5694 0,5598 0,5585 0,5588 0,5443 0,5140 0,4885 0,5143 0,5404 0,5377 0,5314 0,5820 0,5011 0,5022 0,5287 0,5843 0,5668 0,5812 0,5399 0,5289 0,5003 0,5267 0,5507

CONSTRUÇÃO em % dez jan fev CUB/PR 0,23 0,18 0,26 CUB (fevereiro/2013): R$ 1.079,94 O vice-governador e secretário da Educação, Flávio Arns, conversa com o primeiro-ministro e chefe de governo da República da Macedônia, Nikola Gruevski

Alimentos fazem inflação semanal diminuir na terceira prévia do mês Agência Brasil

São Paulo – O Índice de Preços ao Consumidor Semanal (IPC-S), medido pelo Instituto Brasileiro de Economia (Ibre), da Fundação Getulio Vargas (FGV), apresentou variação de 0,54% na terceira semana do mês de abril. O resultado é 0,11 ponto percentual abaixo da taxa registrada na semana anterior. O índice do grupo alimentação, principal responsável pela redução do IPC-S, passou de 1,37% para 1,13%. Nessa classe de despesa, destacou-se o item hortaliças e legumes, cuja taxa passou de 11,93% para 9,77%. Também registraram decréscimo em suas taxas de variação os grupos habitação (de 0,62% para 0,50%); educação, leitura e recreação (de 0,05% para -0,4%); transportes (de 0,28% para 0,24%); comunicação (de 0,24% para -0,04%) e despesas diversas (de 0,28% para 0,24%). Já os grupos que apresentaram acréscimo foram os de saúde e cuidados pessoais (de 0,6% para 0,79%) e vestuário (de 0,4% para 0,56%).

Paraná e Macedônia podem estreitar relações para indústria, comércio e educação O vice-governador e secretário da Educação, Flávio Arns, recebeu, nesta quinta-feira (25), no Palácio Iguaçu, o primeiro-ministro e chefe de governo da República da Macedônia, Nikola Gruevski. A comitiva macedônica está no Paraná para estreitar relações e aproximar investidores nas áreas de indústria e comércio. A colaboração bilateral entre o Brasil e o país do leste europeu foi destacada pelo vice-governador. “Essa proximidade vai trazer muitos benefícios para o nosso Estado. A partir desse momento, aprofundaremos nossas relações principalmente nas áreas de indústria, comércio e educação”, disse Arns. Em visita pela primeira vez ao Brasil, o primeiro-ministro Nikola Gruevski apresentou a política de atração de investimentos do país. “Nosso país possui um ambiente de negócios favorável e temos atraído grandes corporações. Somos competitivos e temos investido na qualificação de mão de obra”, explicou Gruevski.

Durante a passagem por Curitiba, a comitiva se encontrará com empresários paranaenses em um fórum empresarial promovido pela Federação das Indústrias do Estado do Paraná (Fiep). O encontro tem como objetivo promover a aproximação entre os setores produtivos paranaense e da Macedônia. ACORDOS Em Brasília, o governo macedônico assinou acordo de cooperação educacional com o Brasil, que tem por objetivo o fortalecimento do intercâmbio entre os dois países nos diferentes níveis e modalidades de ensino. O documento também prevê o aperfeiçoamento de docentes e pesquisadores, bem como a troca de experiências na área da educação. Também foi tratada com o governo federal a abertura de Embaixada no Brasil, que será a primeira da Macedônia na América do Sul. A República da Macedônia se tornou independente da antiga Iugoslávia socialista em 1991.

Poupança 0,4134 0,4134 0,4134 0,4134 0,4134 0,4134 0,4134 0,4134 0,4134 0,4134 0,4134 0,4134 0,4134 0,4134 0,4134 0,4134 0,4134 0,4134 0,4134 0,4273 0,4273 0,4273 0,4273 0,4273

ano 0,44

12 m 8,15

FAJ-TR / TR-FATOR

24/4 25/4 SELIC Fev/12 Mar/12 Abr/12 Mai/12 Jun/12 Jul/12 Ago/12

2,76809740 2,76809740

0,75% 0,82% 0,71% 0,74% 0,64% 0,68% 0,69%

0,01240190 0,01240190

Set/12 Out/12 Nov/12 Dez/12 Jan/13 Fev/13 * Mar/13

0,54% 0,61% 0,55% 0,55% 0,60% 0,49% 1,00%

* No mês corrente o valor da Selic é sempre 1,00% IR - ABRIL * IR 2012: A ultima parcela do IR 2012 vence em 30/11. Para pagamento desta parcela há juros Selic de 6,00%. ** Para pagar atrasado um tributo cujo vencimento foi no mesmo mês, será cobrada a Selic do mês corrente (1,00%). Para atrasos que extrapolem o mês em curso, será cobrada taxa equivalente à soma da Selic dos meses em atraso, mais multa. PREVIDÊNCIA Competência: MARÇO As empresas têm prazo para pagar até 20/2 e as pessoas físicas até 15/2. A partir desses prazos há multas de 4% a 100%, além de juros pela taxa Selic. EMPRESÁRIO/EMPREGADOR Contribui com 11% sobre o pró-labore, entre R$ 678,00 (R$ 74,58) e R$ 4.159,00 (457,49), através de GPS. AUTÔNOMO 1) Quem só recebe de pessoas físicas: recolhe por carnê 20% sobre os limites de R$ 678,00 (R$ 135,60) a R$ 4.159,00 (R$ 831,80). 2) Quem só recebe de pessoas jurídicas: a empresa recolhe 11% até o máx. de R$ 4.159,00 (R$ 457,49) e desconta do autônomo. 3) Quem recebe de jurídicas e físicas: têm desconto de 11% sobre o que recebe de jurídicas, até R$ 4.159,00 (R$ 457,49). Se não atingir este teto, recolhe 20%, via carnê, sobre a diferença até R$ 4.159,00. FACULTATIVO Contribui com 20% sobre qualquer valor entre R$ 678,00 (R$ 135,60) e R$ 4.159,00 (R$ 831,80), através de carnê. ASSALARIADOS

CNI entrega prêmio para projetos inovadores Agência Brasil Brasília – A Confederação Nacional da Indústria (CNI) premiou dia 23, 12 empresas por projetos considerados inovadores. Entre as ideias ganhadoras do Prêmio Nacional de Inovação está a introdução de atividades para melhorar a qualidade de vida dos funcionários, desenvolvimento de equipamento para produção de saltos e palmilhas de sapatos e a criação de um sistema de análise de aeronaves para manutenção preventiva. O prêmio foi criado em parceria com o Movimento Brasil Competitivo (MBC) e tem apoio do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação e da Financiadora de Estudos e Projetos (Finep). Os 981 inscritos enviaram projetos em três categorias: gestão da inovação, modelo de negócios e projeto de inovação tecnológica. Este ano, o prêmio, que está em sua segunda edição, fez parceria com o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) e o MBC para contemplar, pela primeira vez, participantes do Programa Agente Local de Inovação. O programa do Sebrae disponibiliza profissionais especializados para prestar consultoria a micro e pequenas empresas. Três dos 12 ganhadores de 2013 foram empresas que usaram o Agente Local de Inovação. Os ganhadores na categoria gestão da inovação

foram a 3M do Brasil, de São Paulo, na modalidade grande empresa; Unum Tecnologia e Consultoria em Informática, do Ceará, na modalidade média empresa; e a Infoway, do Piauí, na modalidade pequena empresa. A 3M foi premiada por um projeto que introduziu metas de inovação para cada área de negócios; a Unum, por um programa de geração de ideias e a Infoway, por um projeto para qualidade de vida dos funcionários, reconhecimento e valorização. As três empresas ganharam cursos de gestão para representantes a serem indicados, além de crédito pré-aprovado para participação em editais do Serviço Social da Indústria (Sesi) e Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai). Na categoria modelo de negócios, a Natura, de São Paulo, foi a vencedora na modalidade grande empresa, por um projeto para alinhar cadeia de abastecimento e gestão sustentável; a Higra Industrial Ltda., do Rio Grande do Sul, ganhou na modalidade média empresa com um projeto de focado na personalização de soluções conforme a necessidade do cliente e qualificação de fornecedores e a Tecverde Engenharia, do Paraná, por um projeto para maior eficácia e sustentabilidade na construção de casas populares. Os ganhadores foram premiados com cursos de educação executiva e viagem a países referência em inovação.

Salário Contribuição (R$) Até 1.247,70 De 1.247,71 até 2.079,50 De 2.079,51 até 4.159,00

Alíquota 8,00% 9,00% 11,00%

EMPREGADOS DOMÉSTICOS Empregado Empregador Total

Alíquota % 8 a 11 12 20 a 23

R$ mín 54,24 81,36 135,60

SALÁRIO FAMÍLIA – MARÇO/2013 Salário de até R$ 646,55 Salário de R$ 646,55 a 971,78

R$ máx 457,49 499,08 956,57

R$ 33,16 R$ 23,36

OUTROS ÍNDICES BTN + TR TJLP Sal. Mínimo FGTS UPC

Dez 1,570040 5,50 622,00 0,2466 22,31

Jan 1,570040 5,00 678,00 0,2466 22,31

IR – TABELA DE MARÇO Desconto na fonte e carnê-leão Base (R$) Alíquota Até 1.710,78 isento 1.710,79 a 2.563,91 7,5% 2.563,92 até 3.418,59 15,0% 3.418,60 até 4.271,59 22,5% Acima de 4.271,59 27,5%

Fev 1,570040 5,00 678,00 0,2466 22,31

Mar 1,570040 5,00 678,00 0,2466 22,31

Dedução – R$ 128,31 R$ 320,60 R$ 577,00 R$ 790,58

Deduções: a) Assalariados: 1) - R$ 171,97 por dependente; 2) - pensão alimentícia; 3) - contribuição à Prev. Social; 4) - R$ 1.710,78 por aposentado a partir de 65 anos; 5) - contribuições à previdência privada e aos Fapi pagas pelo contribuinte; b) Carnê Leão: itens de 1 a 3 mais as despesas escrituradas no livro-caixa.


8

| 26 a 28 de abril de 2013 |

Operação coloca quatro mil policiais em ruas e rodovias para combater o crime A Polícia Militar coordena a Operação Nhapecani, que reúne forças de segurança em mais de 350 pontos de fiscalização em todo o Paraná, desde as 18h da última quarta-feira (24). Trabalham para retirar criminosos de circulação 3,1 mil policiais militares, 300 policiais civis, 50 policiais federais e 230 policiais rodoviários federais. O resultado será apresentado no fim do trabalho, desencadeado para aumentar a segurança pública em território paranaense, uma das metas do Governo de Beto Richa. A operação foi lançada pelo subcomandante-geral da PM, coronel José Vilmar Becker, e pelo Comandante do 6.º Comando Regional da PM, coronel Péricles de Matos, também coordenador da Nhapecani. Os policiais fazem abordagens, fiscalizam veículos, pessoas e estabelecimentos comerciais, em busca de armas, drogas e foragidos da Justiça. São empregadas mil viaturas e, somente em Curitiba e região metropolitana, são 150 pontos de bloqueio. A incidência de crimes violentos contra a pessoa, como homicídios e lesões corporais, furtos e roubos são reduzidos com esta ação, que está na quarta edição. As áreas foram analisadas de acordo com dados estatísticos debatidos em reuniões entre as instituições de segurança. A terceira edição da "Operação Nhapecani", realizada no mês passado, abordou, em dois dias, 33.984 mil pessoas, deteve 156 delas detidas e apreendeu 41 adolescentes. As equipes vistoriaram 19.476 mil veículos, o que resultou na apreensão de 466 e recuperação de nove, que foram roubados ou furtados. Mais de 10 quilos de maconha, o equivalente a 11.149 pedras de crack e 20 armas de fogo foram apreendidos.

Foto Divulgação/AEN

Incidência de crimes violentos contra a pessoa, como homicídios e lesões corporais, furtos e roubos são reduzidos com esta ação, que está na quarta edição

Policiais nas ruas com o objetivo de retirar criminosos de circulação

NHAPECANI O nome da operação se refere ao falcão nhapecani (Thrasactus harpya) que aparece no brasão da Polícia Militar do Paraná. A operação, que está na quarta edição, surgiu ao longo das reuniões periódicas feitas com todos os setores de inteligência e em parceria com os órgãos participantes. Outras edições da operação obedecem a um planejamento antecipado e à observação dos índices estatísticos de criminalidade, sem data específica ou horário determinado. Pela PM, os batalhões especializados também participam das ações, sendo eles: o Batalhão de Polícia Militar Ambiental (BPMA), o Batalhão de Patrulha Escolar (BPec), o Batalhão de Polícia de Trânsito (BPTran) e o Regimento de Polícia Montada (RPMon). Além deles, participam o Batalhão de Operações Especiais (Bope), o Batalhão de Policia Guarda (BPGD) e o Batalhão de Polícia de Fronteira (BPFron).

Policiais civis recebem treinamento para grandes eventos e de sociologia Alunos dos cursos de formação técnico-profissional de investigador de polícia da Escola Superior de Polícia Civil (ESPC), em Curitiba, assistiram, nesta semana, palestras sobre identificação de moeda falsa e diversidade étnico-sociocultural. As palestras seguem orientações da Secretaria Estadual da Segurança Pública para inserir o conceito e aplicações de polícia cidadã em seus treinamentos. A palestra sobre identificação de moeda falsa foi dada por um representante do serviço secreto norte-americano, que deu instruções que possibilitam ao policial diferenciar notas de dólar falsas de verdadeiras, como por exemplo marca d'água, a tinta e o papel, bem como cores, retratos e números de série. De acordo com o diretor da ESPC, Luís Fernando Viana Artigas Junior, o conhecimento auxilia no preparo para grandes eventos, como a Copa do Mundo 2014. Ele reforça que a escola busca novos treinamentos, para melhor atendimento à população. "Sempre realizamos cursos de extensão para complementar o treinamento. São horas extras para fornecer o máximo de conhecimento possível para os policiais dentro da Escola. Os servidores têm que se capacitar constantemente para que possa sempre melhorar a qualidade do serviço prestado", afirma. CIDADANIA Também foi oferecida palestra sobre diversidade étnicosociocultural, do professor da Universidade Federal de Minas Gerais Fernando Antônio de Carvalho Dantas. Foram abordados temas relacionados à sociedade brasileira, aspectos históricos e culturais, relação dos cidadãos com escravos e indígenas, preconceito, racismo, cidadania e direito à diferença étnica e cultural, além de contribuições da população para desenvolvimento da sociedade brasileira. Dantas afirma que a importância da palestra para investigadores é acabar com a discriminação. "A Escola Superior de Polícia Civil está de parabéns, pois esta é uma atitude extremamente avançada no que diz respeito à capacitação dos agentes públicos. É um reconhecimento da diversidade de identidades que compõe a sociedade brasileira", afirmou. As palestras foram realizadas na ESPC, na Vila Izabel, em Curitiba. Puderam participar alunos e policiais da Polícia Civil de todo o Estado, também integrantes de outros órgãos como guardas municipais, policiais rodoviários estaduais e federais, integrantes das forças armadas e outras unidades que combatem à criminalidade. APERFEIÇOAMENTO Os alunos policiais da ESPC fazem parte da maior contratação de policiais da história do Paraná, na qual foram chamados, no primeiro semestre de 2012, 3.120 policiais civis e militares e bombeiros. As contratações fazem parte do programa Paraná Seguro, criado para reestruturar e reequipar as forças de segurança do Estado. Também por meio do Paraná Seguro estão sendo adquiridas 1.470 viaturas que irão reforçar o policiamento em todas as regiões do Estado.


DIA DO AMIGO O CCAA realizou a Semana do Amigo entre os dias 17 e 20 deste mês. Os alunos celebraram a amizade e levaram seus amigos até a entidade de ensino para confraternizar. Houve lanche especial com cachorro quente, pipoca e suco e várias atividades extras que os professores apresentaram em sala, além da diversão no espaço externo com cama elástica. Valores como a amizade são um dos pilares do CCAA.

ESTUDANTE LANÇA SEU PRIMEIRO LIVRO Dia 18 de abril, Camila Sofia Bueno de Aká completou 11 anos e lançou seu primeiro livro por meio da Editora Instituto Memória com o apoio do Colégio Tradição. Estudante da Instituição há oito anos, hoje ela se encontra no 6º ano e seu livro inicia a coleção "PRIMEIRO LIVRO" do Instituto Memória. O livro intitula-se "PINK, PARIS E CRISTAL", conta a experiência de Camila Sofia com três cachorrinhas e incentiva o cuidado amoroso aos cães e demais bichinhos de estimação. O evento contou com a presença do diretor do Instituto Memória, Anthonny Leahy, Maria Claret Trevisan diretora do Colégio TRADIÇÃO, professores e demais funcionários do Colégio, além dos amigos e familiares que se confraternizaram em torno da festa de aniversário e do lançamento do livro. É importante salientar que a Editora Instituto Memória, em Curitiba, incentiva os novos escritores e investe agora em jovens escritores para dar seqüência à coleção "PRIMEIRO LIVRO". "Sou muito grata ao Colégio TRADIÇÃO pelo Ensino de Qualidade destinado aos estudantes, ao apoio que nos foi dado neste momento tão especial por toda a Equipe do Colégio, em especial Maria Claret, Dionei, Jaqueline, Cristiane e Vânia assim como o incentivo de Anthonny Leahy, diretor do Instituto Memória e também a todos que prestigiaram o evento" palavras de Renata Jurach Bueno, escritora e mãe de Camila Sofia.

9

Fotos: Rosane Gondro

| 26 a 28 de abril de 2013 |

Os noivos com seus orgulhosos dos pais

Núpcias de Ana Nairye Canalli & Gabriel Rhenns - Esses caros jovens uniram-se no entardecer do dia 09 de março de 2013, alteando emoções com a belíssima cerimônia, e com o discurso Bíblico proferido pelo ancião da congregação da Testemunhas de Jeová, pedindo pelas suas vidas e as do que, deles, vierem e, ali, colocando as suas alianças de casamento. Ana Nairye e Gabriel Rhenns deram começo à família "Canalli e Rhenns", deixando a casa de seus pais Marcio Canalli e Ana Beti Canalli / Aurélio Rhenns e Edilamar Rhenns, com o coração enternecido pelo amor recebido deles e os ensinamentos que fortalecerão o novo lar. A elegância tomou conta de anfitriões, padrinhos e convivas, enternecidos com a beleza terna de Ana Nairye e o carinho de Gabriel Rhenns em todo o transcorrer do fidalgo evento. A cerimônia religiosa teve inicio com a entrada dos avós, e em seguida o elegante noivo com sua mãe Edilamar, trajando um elegante Costume super Slim, seguidos dos Padrinhos. Enquanto o medieval Castelo D'firenze era inundado com maravilhosos acordes dos violinos, violoncelo, flauta e sax, a dama de honra Manuela

SANDRA DO VALLE - "Morrer não é acabar, é a suprema manhã." (Vitor Hugo). A notícia do falecimento de SANDRA DO VALLE deixou desolada não somente a sociedade SãoJoseense, mas principalmente seus inúmeros amigos. Esposa dedicada e sócia de seu marido Fernando do Valle, comandou a Imobiliária do Valle por muitos anos, sempre irradiando muita simpatia e alegria, e em todos os eventos que participava era figura de destaque. Vai à mulher, esposa e mãe dedicadas, deixando exemplos de honradez e do dever cumprido. Que Deus a receba no Paraíso com a mesma alegria com que ela soube espalhar durante sua permanência no mundo dos vivos. À família enlutada, os sentidos pêsames desta Coluna. Fica aqui o convite para a missa de 7º dia, que será logo mais (26/04), às 19h00 na Catedral de São José dos Pinhais.

Tradicionais avós maternos com linda noiva e neta

Foggiato, entrava anunciando a chegada aos salões da deslumbrante noiva Ana Nairye, conduzida pelo afetuoso pai, Marcio Canalli. Adentrou esplendorosamente linda, usando um vestido exclusivo, modelagem da avó da noiva, Dona Ana Nilce, e da Designer em moda, a mãe da noiva Ana Beti, que com todo carinho buscaram para a neta e filha um modelo princesa todo em renda francesa com ricos bordados em sobreposição de renda guipir e cristais swarovsk. Os salões requintados com as cores e flores do tipo rosa sweet avalanche, lisianthus rosa e alstroemeriascor assinado por Mario Decorações, que, ao primeiro olhar, sobressaía à elegância das toalhas brancas ricamente bordadas, saídas do Ateliê da avó. E tudo o mais correspondeu à magnificência das núpcias, e como os aparadores majestosos onde o Bufê da Casa ofereceu o melhor das iguarias. Convidados inebriados com o total encanto das Bodas têm muito a comentar através dos tempos, em especial quando da animação da festa a doce noiva apresentou-se com o segundo vestido para dança assinado por Justin Alexander. Parabéns aos nubentes, com votos de muitas felicidades!


10

| 26 a 28 de abril de 2013 |

Prefeito Gustavo Fruet durante a reunião mensal da Associação dos Municípios da Região Metropolitana de Curitiba (Assomec), realizada na Secretaria Municipal de Meio Ambiente, aonde ocorreu a assinatura dos convênios

Curitiba e municípios da RMC preparam políticas públicas conjuntas A Prefeitura de Curitiba está trabalhando para aumentar a aproximação com os municípios da região metropolitana, por meio de políticas públicas integradas. Além da transferência do knowhow de programas como o Armazém da Família, já estão em andamento iniciativas como a capacitação e qualificação de servidores públicos, por meio do Instituto Municipal de Administração Pública (Imap). Esta semana, a Prefeitura assinou com municípios da região nove convênios que darão respaldo legal para ampliar ainda mais a integração, com ações conjuntas em áreas de interesse comum. Os documentos foram assinados pelo prefeito Gustavo Fruet e pelos secretários municipais de Assuntos Metropolitanos, Valfrido Eduardo Prado, e de Abastecimento, Aldo Fernando Klein Nunes, com prefeitos de municípios

vizinhos. A assinatura ocorreu na noite de quarta-feira (24), durante a reunião mensal da Associação dos Municípios da Região Metropolitana de Curitiba (Assomec), realizada na Secretaria Municipal de Meio Ambiente, com a presença de 22 representantes de municípios. “Não há como pensar em Curitiba sem pensar na Região Metropolitana”, afirmou Fruet. Os novos contratos envolvem 16 municípios da RMC. “A institucionalização é o primeiro passo, é a porta de entrada para que possamos iniciar uma política pública integrada. É a integração que queremos para a Região Metropolitana”, enfatizou o secretário de Assuntos Metropolitanos. Abastecimento Fruet frisou que os convênios assinados na área de Abastecimento pretendem incentivar especialmente os pequenos pro-

Seminário vai discutir política estadual de educação ambiental no PR A Secretaria do Meio Ambiente e Recursos Hídricos e o Centro de Apoio Operacional às Promotorias de Proteção ao Meio Ambiente do Ministério Público do Paraná promovem, sexta-feira (26), das 8h às 17h, em Curitiba, o Seminário “Política de Educação Ambiental do Paraná”. O objetivo é discutir a regulamentação da Lei 17.505/2013 que cria a Política Estadual de Educação Ambiental e o Sistema Estadual de Educação Ambiental no Paraná. Além de Curitiba, o Seminário também será realizado em Cascavel e Londrina. A ideia é alinhar as ações já existentes - desenvolvidas por entidades públicas, privadas e sociedade civil organizada – com a Lei Estadual de Educação Ambiental que estabelece as diretrizes, objetivos e conceitos para nortear as ações de todos os segmentos e em todos os níveis de ensino formal e não formal. A educação ambiental no ensino formal fará parte dos currículos das instituições de ensino públicas e privadas, da educação básica, educação infantil, ensino fundamental e ensino médio. As inscrições podem ser feitas pelo site www.sema.pr.govbr. Informações sobre o Seminário e a programação podem ser obtidas, pelos fones (41) 3304-7745 /3304-7763 ou pelo endereço eletrônico edambiental@sema.pr.gov.br

dutores da Região Metropolitana, para que tenham espaço para venda de sua produção em Curitiba. “Temos uma relação de dependência. Curitiba não produz o suficiente para seu consumo e muitos municípios da região não têm consumo suficiente para absorver toda a produção”, afirmou o prefeito. Segundo ele, a proposta é incentivar esses produtores por meio de programas no Mercado Municipal, nos Armazéns da Família, nos sacolões e nas feiras. Durante a reunião foram assinados dois convênios e um aditivo sobre o programa Armazéns da Família, com os municípios de Agudos do Sul, Mandirituba e Almirante Tamandaré. O secretário de Abastecimento, Aldo Fernando Klein Nunes, informou que já foram firmados convênios com 12 municípios para o programa Armazém da Família e outros dois estão em andamento. A maior parte possui armazém próprio, porém em alguns casos, como Almirante Tamandaré, município conurbado com Curitiba, a prefeitura faz o cadastramento das famílias e os beneficiados podem utilizar os armazéns da capital. “O convênio com Almirante estabelece prazo de seis meses para que eles tenham uma unidade própria. Para a maioria transferimos o know-how e fazemos o processo burocrático de compra. Nesses municípios não há estrutura de compra, de logística e torna-se muito caro o programa, o que inviabilizaria o projeto”, disse Klein Nunes. Curitiba possui 33 Armazéns da Família e a compra em grandes quantidades permite praticar preços até 30% mais baixos do que os cobrados no mercado normal. Integração Para que as ações práticas como essas possam ser desenvolvidas foram oficializados mais sete Convênios de Cooperação Técnica com os municípios de São José dos Pinhais, Rio Negro, Lapa, Campo Largo, Campo Magro, Balsa Nova e Agudos do Sul. Estão em andamento outros seis processos para convênio com os municípios de Adrianópolis, Lapa, Piên, Piraquara, Quitandinha e Campo do Tenente, e o objetivo é chegar aos 29 municípios da Região Metropolitana. Prado explicou que este é um “convênio genérico” e, em seguida, a partir de aditivos ou convênios específicos, como foi firmado em relação aos Armazéns da Família, será possível implantar novos projetos técnicos, como o Metrogeo. O projeto em desenvolvimento pretende oferecer uma base de dados com informações confiáveis de Curitiba e municípios da Região Metropolitana em diversas áreas- como educação, saúde, segurança e transporte. Essas informações deverão ser disponibilizadas através de um portal na internet, para que as prefeituras possam gerenciar de forma mais racional os recursos públicos aplicados nesses segmentos.

Foto: Elias Dias/SMCS

Gustavo Fruet fala sobre mensagens destinadas à Câmara para resolver dívidas herdadas A Prefeitura de Curitiba encaminhou à Câmara de Vereadores, nesta quarta-feira (24), duas novas mensagens destinadas a equacionar dívidas deixadas pela gestão anterior. Na primeira mensagem o prefeito Gustavo Fruet pede aos vereadores a aprovação da abertura de um crédito adicional especial, no valor de R$ 114.062.318,94, destinado a pagar parte da dívida total. O segundo documento dispõe sobre o reconhecimento das dívidas com valores acima de RS$ 100 mil, referentes a despesas também não empenhadas até 31 de dezembro de 2012. Outras duas mensagens ainda serão enviadas à Câmara nas próximas semanas, desta vez para o tratamento das dívidas dos pequenos credores. Uma delas solicitará um crédito específico para o pagamento de dívidas com valores até R$ 100 mil, não empenhadas. Outra tratará da inversão da ordem de pagamento para os que têm créditos de até R$ 100 mil com empenho – os chamados restos a pagar. O objetivo da Prefeitura é saldar as dívidas do menor para o maior valor. A dívida com pequenos credores chega a R$ 4,8 milhões e representa 68% do total de fornecedores. Crédito O crédito adicional de R$ 114,06 milhões será utilizado principalmente para os pagamentos de despesas da gestão anterior referentes à contratação de obras e serviços de saúde (veja detalhamento abaixo). Os recursos serão alocados do próprio caixa da Prefeitura, provenientes de anulações parciais de dotações orçamentárias, superávit financeiro, apurado no balanço patrimonial no exercício de 2012, e do excesso de arrecadação real e por tendência. A segunda mensagem, que trata do reconhecimento de dívidas com valores acima de R$ 100 mil, visa regularizar uma situação que impede a Prefeitura de realizar os pagamentos. Como essas despesas não foram previstas em orçamento, na prática é como se elas não existissem. A aprovação do projeto dará respaldo legal para que a Prefeitura quite essas dívidas, que somam aproximadamente R$ 221 milhões. Com a aprovação da autorização de reconhecimento da dívida pelo Legisla-

tivo, a Prefeitura poderá regularizar as despesas e instituir um plano de pagamento, mediante a adesão dos interessados, que deverão aceitar a novação da dívida (substituição de contrato anterior por um novo). O projeto de lei enviado à Câmara prevê o parcelamento dos valores em duas categorias. A primeira engloba créditos de até R$ 1 milhão. Este montante será pago em 24 parcelas mensais, a partir de janeiro de 2014. No segundo grupo estão os que têm créditos a receber acima de R$ 1 milhão. Para estes, o pagamento será feito 36 parcelas mensais, também a partir de janeiro de 2014. O perfil da dívida De acordo com dados apurados pelo Comitê de Transparência e Responsabilidade Financeira - criado no início de janeiro por decreto do prefeito Gustavo Fruet para reavaliar todas as despesas do Município - a gestão anterior deixou, no final do ano passado, uma dívida de R$ 571 milhões. Deste valor apenas R$ 167,4 milhões tinham previsão orçamentária. O restante, no valor de R$ 403 milhões, são despesas não empenhadas, ou seja, feitas sem estar incluídas no orçamento. Os chamados restos a pagar são despesas previstas no orçamento 2012, mas que não foram pagas e cuja quitação ficou para 2013. Desse total, a Prefeitura já quitou, até o início de abril, R$ 74,4 milhões, e ainda faltam R$ 92,9 milhões – valor que será pago durante o exercício de 2013. O maior volume, porém, sequer foi incluído no orçamento. São R$ 403 milhões, dos quais foram pagos até o início de abril R$ 54,14 milhões, cobertos com o crédito especial aprovado pela Câmara Municipal em fevereiro. Esse montante representa a soma de 2.295 despesas, feitas com 433 fornecedores (vários deles são credores de mais de uma despesa). A lista de fornecedores inclui empresas privadas, pessoas físicas, empresas estatais e órgãos da administração pública.

Detalhamento O crédito adicional especial de R$ 114.062.318,94 será utilizado para pagar as seguintes despesas: - R$ 13.367.743,01 para atender despesas da gestão anterior referentes à Lei 8.786/ 95, que autoriza a custear despesas com tratamento de saúde dos funcionários acometidos por doenças graves e programa de saúde - R$ 74.900.493,09 – para atender despesas da gestão anterior com a prestação de serviços ao Sistema Único de Saúde dos hospitais habilitados e prestadores assistenciais , bem como, do financiamento das ações estratégicas de saúde do Município com o Ministério da Saúde. - R$ 803.714 – para o pagamento de despesas da gestão anterior com a prestação de serviços de instrução e qualificação profissional dos Liceus de Ofício. - R$ 16.945.603,99 – para atender as despesas da gestão anterior com obras de mobilidade importantes para a cidade, entre elas, a implantação da Linha Verde (trecho entre a Universidade Federal e a Av. Victor Ferreira do Amaral); revitalização da Av. Marechal Floriano, a reforma da Alameda Carlos de Carvalho, além de obras de infraestrutura urbana (pavimentação e drenagem), habitacionais, recuperação ambiental e desassoreamento de rios. - R$ 470.711,70 – para pagamento de despesa da gestão anterior com consultorias. - R$ 491.966,50 – para atender despesas da gestão anterior com a revitalização do Parque do Centenário da Imigração Japonesa, implantação do Parque Vista Alegre, implantação de barracão de reciclagem para o Programa Ecocidadão. - R$ 163.220,80 – para atender despesas da gestão anterior referentes à requalificação, modernização e ampliação do Mercado Municipal de Curitiba. - R$ 224,066,37 – para atender despesas da gestão anterior com a construção do Clube da Gente Tatuquara e do Centro de Esporte e Lazer do Uberaba. - R$ 4.131.828,76 – para atender despesas da gestão anterior referentes à prestação de serviços de recuperação e implantação de pavimentação de ruas em vias do Município. - R$ 2.562.970,72 – para atender despesas da gestão anterior com a reforma da Rodoferroviária; implantação do Sistema Integrado de Monitoramento (SIM); execução de obras de desalinhamento de estações-tubo no eixo norte-sul e a fabricação de 32 plataformas de elevação vertical para atender pessoas com deficiência.


| 26 a 28 de abril de 2013 |

ARAUCÁRIA

PIRAQUARA

Redes municipal e estadual de educação realizam encontro de integração

Foto Bruno Oliveira/PMP

Prefeito Marquinhos, que também é professor da rede estadual, participou da abertura do encontro e falou sobre a importância da interação entre as redes

Secretária Loireci Dalmolin durante palestra com profissionais da Educação

serolli (Marquinhos), participou da abertura do encontro e falou sobre a importância da integração entre as redes. "É uma necessidade que reflete diretamente na educação dos piraquarenses. Espero que a partir de agora a integração aconteça de fato e

LAPA

Leila Klenk participa de reunião com Fernanda Richa A prefeita do município da Lapa, na Região Metropolitana de Curitiba, Leila Klenk e a secretária de Inclusão e Ação Social, Maria Aparecida Batista Bueno, participaram de uma reunião com a secretária de Estado da Família e Desenvolvimento Social do Paraná, Fernanda Richa, para apresentar os projetos municipais em relação à assistência e inclusão social, além de discutir melhorias e recursos necessários nesta área. Durante o encontro, Fernanda Richa falou sobre programas assistenciais do Governo do Estado e anunciou que técnicos da Secretaria Estadual da Família

virão à Lapa no dia 08 de maio, para apresentar o programa "Família Paranaense". Este programa, segundo Fernanda Richa, é estratégico e tem como atribuição articular as políticas públicas de várias áreas do Governo, visando o desenvolvimento, o protagonismo e a promoção social das famílias que vivem em maior situação de vulnerabilidade e risco no Paraná. Além disso, estabelece uma rede integrada de proteção às famílias por meio da oferta de um conjunto de ações intersetoriais, planejadas de acordo com a necessidade de cada família e das especificidades do território onde esta reside.

Leila Klenk e Maria Bueno com a secretária de Estado Fernanda Richa

sibilidade de resolver pequenos problemas e facilitar algumas situações se houver uma amplitude maior na integração entre as duas redes, principalmente na ruptura que hoje existe na passagem da rede municipal para estadual, onde os alunos sofrem e os profissionais da escola também", explicou. De acordo com a Secretária de Educação, Loireci Dalmolin, somente com o entendimento e o esforço entre as duas redes será possível superar essa dificuldade na transição. "Há um rompimento referente ao que o ensino do primeiro ao quinto ano propõe, com o do sexto ao nono ano. Buscando soluções e identificando essas dificuldades juntos é que vamos conseguir superar esse problema", finalizou.

que gere boas proposta para melhorar cada vez mais o sistema educacional em nosso município", destacou. Durante a tarde os participantes também assistiram à palestra da professora Doutora Andrea Gouveia da UFPR, sobre o Regime de Colaboração entre Estados e Municípios, e as apresentações das duas redes, que foram expostas pela Secretária Municipal de Educação, Loireci Dalmolin e pelo o Chefe do NRE AM Norte, Professor Antônio Sérgio Carneiro Ferraz. INTEGRAÇÃO A vice-diretora do Colégio Romário Martins e 1ª dama do município professora Ana Mazon Tesserolli, explicou brevemente como surgiu a ideia da realização desse momento. "Observamos a pos-

Dia do Trabalhador terá atividades especiais no município Na quarta-feira (1º de maio), Dia do Trabalhador, a Prefeitura de Araucária irá realizar uma ação para celebrar a data, das 8h às14h, na Secretaria Municipal de Trabalho e Emprego (SMTE). Os serviços realizados diariamente na Agência do Trabalhador e outras atividades especiais serão disponibilizados para a população no feriado, como ficou definido em uma reunião realizada na tarde de ontem (25), na sede da SMTE, que contou com a participação de representantes de várias secretarias. As atividades serão bem variadas e atenderão desde crianças, com atividades recreativas, a adultos, com serviços e orientações sobre o mercado de trabalho. Algumas empresas parceiras estarão disponibilizando vagas de emprego e fazendo seleções. A SMTE espera um público de mil pessoas aproximadamente, incluindo confecção de carteiras de trabalho, cadastros para o ProJovem e para os cursos ofertados pelo Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec). Representantes de uma universidade estarão presentes para inscrever interessados em participar de um programa de bolsa social estudantil. "Vamos fazer esse evento com o desafio de não despender muitos recursos, mas não podíamos deixar esta data em branco. Sabemos que o essencial é o trabalho que a SMTE executa no dia a dia, a preocupação com o trabalhador e o bom atendimento que presta sempre", explica o viceprefeito Rui Souza. Com essas intermediações constantes entre as empresas, a Prefeitura visa impactar diretamente na economia do

município, estimulando a geração de renda e proporcionando melhores condições de vida para os araucarienses. "Com a qualificação da mão de obra local e o suporte para pequenos e microempresários estamos colaborando para geração de novos empregos e para o fortalecimento do nosso município", diz o secretário de Trabalho e Emprego, Clodoaldo Sizenando. ASSESSORAMENTO JURÍDICO Questões jurídicas serão contempladas pela ação. Alunos que estão se formando em direito realizarão assessoramento jurídico sobre questões trabalhistas para quem necessite. PALESTRA Às 9h, haverá uma palestra para pequenos e microempresários sobre empreendedorismo, inovação, políticas públicas e desenvolvimento econômico. As vagas são restritas e os interessados deverão confirmar presença até o meio dia de terça-feira (30), pelo e-mail smte@araucaria.pr.gov.br ou pelo telefone 3901-5173, com Fernanda. PRONATEC Em breve iniciarão alguns cursos oferecidos por meio do Pronatec, são 335 vagas para beneficiários do seguro desemprego, estudantes do ensino médio e cadastrados no serviço social dos bairros. As ofertas são para capacitações nas áreas de soldagem, ajuste mecânico, auxiliar administrativo, torneiro mecânico, caldeireiro, dentre outras. PÚBLICO INFANTIL A Secretaria de Esporte e Lazer estará presente com atividades direcionadas para crianças, com distribuição de algodão doce, piscina de bolinha, cama elástica e outros equipamentos de diversão.

CAMPO LARGO

Nova escola estadual tem aprovação da comunidade A satisfação de estudar e de trabalhar em uma escola nova é geral entre alunos, professores e funcionários do Colégio Estadual Geraldina da Mota, em Campo Largo, na Região Metropolitana de Curitiba. Desde março deste ano mais de 300 alunos estudam no novo prédio, que está recebendo os últimos acabamentos. A nova escola construída pelo Governo do Estado era esperada pela comunidade escolar há quase dez anos. Antes disso, as aulas aconteciam em um barracão improvisado. Agora, são dez salas de aula, salas administrativas e pedagógicas, refeitório e quadra coberta. "Estamos no céu. Melhorou muito o nosso trabalho. A estrutura do outro prédio era muito precária e limitava as atividades", contou a professora de Educação Física, Paula Amanda Fragoso. O colégio conta também com espaços para lazer dos alunos e para o contraturno. Outra melhoria foi na quadra, antes

ventilação. Agora é outra coisa. Além do espaço, nós também temos equipamentos novos o que facilitou bastante o nosso trabalho", disse Denise. Foto Hedeson Alves

As redes municipal e estadual de ensino de Piraquara, na Região Metropolitana de Curitiba, deram um importante passo nesta quarta feira (25) em busca de uma melhor integração entre as duas esferas. Foi realizado no auditório da Câmara Municipal, o primeiro momento de integração entre a Rede Estadual e Rede Municipal de Educação de Piraquara do ano de 2013. O evento contou com a participação de gestores, professores, diretores, pedagogas, conselhos, entre outros profissionais das duas redes. O objetivo principal do encontro foi a formulação de ações que visem diminuir, e se possível eliminar as dificuldades existentes no que se refere a transição dos alunos do 5º ano da rede municipal, para o 6º ano da estadual. Por meio de debates e a organização de grupos os participantes trabalharam pautados em quatro objetivos definidos previamente. O prefeito de Piraquara, que também é professor da rede estadual, Marcus Tes-

11

Nova escola era esperada pela comunidade há dez anos

improvisada e que agora é quadra coberta. "Estávamos ansiosos para usar a quadra nova. Era uma coisa nunca tivemos e era muito ruim, porque não dava para jogar bola direito", disse o aluno Wabdon Lopes de Souza Junior, do 7° ano. Para aqueles que preferem atividades mais calmas, a escola conta com mesas de xadrez e de pingue-pongue no pátio. "É completamente diferente dar aula aqui. Comparado ao que era, é como estar em um mundo

novo, diferente, espaçoso", disse a professora de Arte, Tatiana Hasse. Além dos professores e alunos, a nova estrutura também melhorou o trabalho dos demais funcionários da escola. É o caso da merendeira Denise do Rocio Naconecny, que agora trabalha em uma cozinha grande e repleta de equipamentos novos. "Chovia bastante na cozinha antiga e antes de começar a trabalhar tinha que secar tudo. Era bem complicado, não tinha

COMUNIDADE A comunidade escolar organizou uma comissão composta por pais, alunos e professores para acompanhar as obras da nova unidade. Após a conclusão da obra, a comissão vai se reunir para verificar o resultado final. Para o presidente da comissão, Antônio Moreno Arroio, que tem dois filhos que estudam na escola, o novo prédio está de acordo com o que os pais esperavam. "Não queremos nem lembrar do outro prédio. É passado. Agora, a realidade é bem diferente", disse. Antes de começarem as aulas, a direção, professores e os pais conversaram com os alunos sobre os cuidados que eles deveriam ter com a escola, uma forma contribuir para preservar uma conquista tão aguardada pela população.


12

PUBLICAÇÕES LEGAIS/ NACIONAL

| 26 a 28 de abril de 2013 |

DEMONSTRAĂ‡ĂƒO DO RESULTADO DO SEMESTRE E EXERCĂ?CIO FINDOS EM 31 DE DEZEMBRO DE 2012 (Em R$ Mil)

GUARARAPES ADMINISTRADORA DE CONSĂ“RCIOS S/C LTDA. Curitiba - PR

2Âş/Sem/12

BALANÇO PATRIMONIAL EM 31 DE DEZEMBRO DE 2012 (Em R$ Mil) ATIVO

PASSIVO 2012 78 23 49 49 4 4 2 2 1.219 600 600 398 51 151 602 134 468 14 243 (229) 3 69 (66) 1.297

ATIVO CIRCULANTE DISPONIBILIDADES TĂ?TULOS E VALORES MOBILIĂ RIOS Cotas Fundo de Investimento OUTROS CRÉDITOS Rendas a Receber Diversos OUTROS VALORES E BENS Despesas Antecipadas ATIVO NĂƒO CIRCULANTE REALIZĂ VEL A LONGO PRAZO OUTROS CRÉDITOS Obrig. P/Rec. ConsĂłrcios - Grupos Encerrados CrĂŠditos PrevidenciĂĄrios Diversos INVESTIMENTOS Participação em Controlada no PaĂ­s Outros Investimentos IMOBILIZADO DE USO Outras Imobilizaçþes de Uso (-) Depreciaçþes Acumuladas INTANGĂ?VEL Sistema de Processamento de Dados (-) Amortizaçþes Acumuladas TOTAL DO ATIVO

2011 9 4 4 4 1 1 1.187 535 535 356 57 122 628 140 488 19 243 (224) 5 69 (64) 1.196

PASSIVO CIRCULANTE OUTRAS OBRIGAÇÕES Fiscais e Previdenciårias Obrig. Rec. Cons. Grupos Encerrados Diversas

PASSIVO NĂƒO CIRCULANTE EXIGĂ?VEL A LONGO PRAZO OUTRAS OBRIGAÇÕES Recursos Pendentes Recebimento - Grupos Fiscais e PrevidenciĂĄrias Diversas PATRIMĂ”NIO LĂ?QUIDO Capital Social De Domiciliados no PaĂ­s PrejuĂ­zos Acumulados

TOTAL DO PASSIVO

2012

2011

229

143

229 67 136 26

143 49 74 20

665

643

665

643

665 398 255 12

643 356 275 12

403

410

1.003 (600)

1.003 (593)

1.297

1.196

DEMONSTRAĂ‡ĂƒO DAS MUTAÇÕES DO PATRIMĂ”NIO LĂ?QUIDO DO SEMESTRE E EXERCĂ?CIO FINDOS EM 31 DE DEZEMBRO DE 2012 EVENTOS CAPITAL REALIZADO

SALDOS NO IN�CIO DO PER�ODO 1.003 TRANSAÇÕES DE CAPITAL COM OS SÓCIOS Absorção de Prejuízos com Recursos de Sócios -

MUTAÇÕES DO PER�ODO

2Âş SEMESTRE 2012 TOTAIS DEMONSTRAĂ‡ĂƒO RESULTADO ABRANGENTE

EXERCĂ?CIO 2012 TOTAIS DEMONSTRAĂ‡ĂƒO RESULTADO ABRANGENTE

R$ mil EXERCĂ?CIO 2011 TOTAIS DEMONSTRAĂ‡ĂƒO RESULTADO ABRANGENTE

(599)

404

-

410

-

407

-

43

43

43

92

92

35

35

-

(44)

(44)

(44)

(99)

(99)

(32)

(32)

1.003

(600)

403

(1)

403

(7)

410

3

OUTROS AJUSTES E RECLASSIFICAÇÕES Reversão de Provisão Ajustes determinados Banco Central do Brasil RESULTADO DO PER�ODO SALDOS NO FINAL DO PER�ODO

PREJUĂ?ZOS ACUMULADOS

-

(1)

(1)

(1)

(7)

(7)

3

3

NOTAS EXPLICATIVAS Ă€S DEMONSTRAÇÕES CONTĂ BEIS DO SEMESTRE FINDO EM 31 DE DEZEMBRO DE 2012 (Em Reais Mil) NOTA 1. CONTEXTO OPERACIONAL $$GPLQLVWUDGRUD WHP SRU REMHWR D SUHVWDomR GH VHUYLoRV HVSHFtÂżFRV H LQHUHQWHV Ă administração e lançamento de consĂłrcios para a aquisição de bens mĂłveis, bem como a venda e colocação junto ao pĂşblico, dos planos de consĂłrcios por ela elaborados, obedecendo aos ditames legais prĂłprios. NOTA 2.APRESENTAĂ‡ĂƒO DAS DEMONSTRAÇÕES CONTĂ BEIS DA AMINISTRADORA E DOS GRUPOS DE CONSĂ“RCIOS As demonstraçþes contĂĄbeis estĂŁo sendo apresentadas de acordo com as normas e instruçþes do Banco Central do Brasil; o Plano ContĂĄbil das Instituiçþes do Sistema Financeiro Nacional - COSIF; e com a observância das disposiçþes contidas na Lei das Sociedades por Açþes, Lei nÂş 6.404/76 alterada pelas Leis nos 11.638/07 e 11.941/09, nos pronunciamentos, nas orientaçþes e nas interpretaçþes emitidas pelo ComitĂŞ de Pronunciamentos ContĂĄbeis (“CPCâ€?). Em aderĂŞncia ao processo de convergĂŞncia com as normas internacionais de contabilidade, alguns pronunciamentos contĂĄbeis e suas interpretaçþes foram emitidos pelo ComitĂŞ de Pronunciamentos ContĂĄbeis (CPC), as quais serĂŁo DSOLFiYHLVjVLQVWLWXLo}HVÂżQDQFHLUDVVRPHQWHTXDQGRDSURYDGRSHOR&01 Os pronunciamentos contĂĄbeis jĂĄ aprovados foram: Resolução nÂş 3.566/08 - Redução ao Valor RecuperĂĄvel de Ativos (CPC 01); Resolução nÂş 3.604/08 - Demonstração do Fluxo de Caixa (CPC 03); Resolução nÂş 3.750/09 - Divulgação sobre Partes Relacionadas (CPC 05); Resolução nÂş 3.823/09 - ProvisĂľes, Passivos Contingentes e Ativos Contingentes (CPC 25); Resolução nÂş 3.973/11 - Evento Subsequente (CPC 24); Resolução nÂş 3.989/11 - Pagamento Baseado em Açþes (CPC 10); 5HVROXomRQž3ROtWLFDV&RQWiEHLV0XGDQoDGH(VWLPDWLYDH5HWLÂżFDomR de Erro (CPC 23). Atualmente, nĂŁo ĂŠ possĂ­vel estimar quando o CMN irĂĄ aprovar os demais pronunciamentos contĂĄbeis do CPC. Em conformidade com a Resolução nÂş 1.184/2009, do Conselho Federal de Contabilidade (CFC), informamos que a conclusĂŁo da elaboração das demonstraçþes contĂĄbeis relativas ao semestre encerrado em 31 de dezembro de 2012, foi autorizada pela Diretoria em 21/fev./2013. NOTA 3.PRINCIPAIS DIRETRIZES CONTĂ BEIS DA ADMINISTRADORA Dentre as principais diretrizes adotadas para a elaboração das demonstraçþes contĂĄbeis, ressaltamos: a) APURAĂ‡ĂƒO DO RESULTADO O resultado ĂŠ apurado em obediĂŞncia ao regime de competĂŞncia. A taxa de administração dos grupos de consĂłrcios ĂŠ registrada na Administradora por ocasiĂŁo do recebimento da contribuição mensal dos consorciados. b) CAIXA Caixa ĂŠ representado por disponibilidades em moeda nacional. c) TĂ?TULOS E VALORES MOBILIĂ RIOS (VWmRUHSUHVHQWDGRVSRUFRWDVHPIXQGRVGHLQYHVWLPHQWRVGHUHQGDÂż[DHDYDOLDGRV ao valor justo, com os rendimentos apropriados ao resultado pelo regime de competĂŞncia. d) OUTROS CRÉDITOS – REALIZĂ VEL L/P EstĂŁo representados por crĂŠditos a receber junto a consorciados de grupos encerrados, crĂŠditos previdenciĂĄrios e diversos (emprĂŠstimos a grupos), cujos valores estĂŁo registrados por valores originais e/ou atualizados, de acordo com a sua natureza. e)INVESTIMENTOS Avaliados pelo custo de aquisição, e ajustados por avaliação pelo mĂŠtodo de equivalĂŞncia patrimonial quanto Ă  participação em controlada, conforme descrito a seguir: GUARARAPES ADMINISTRADORA DE FUNDOS LTDA. (*) 2012 2011 - NÂş de quota de Capital 14.100.000 14.100.000 - Valor do PatrimĂ´nio LĂ­quido 146 146 Informaçþes s/o Investimento na Empresa - NÂş de Quotas PossuĂ­das 13.576.890 13.576.890 - Percentual de Participação 96,29% 96,29% Valores ContĂĄbeis do Investimento - Saldo no InĂ­cio do ExercĂ­cio 140 140 - Resultado da Avaliação -6 - Saldo no Final do PerĂ­odo 134 140 (*) Empresa nĂŁo examinada por Auditores Independentes e nĂŁo apresentada para ÂżQVGHFiOFXORGHHTXLYDOrQFLDSDWULPRQLDO f)OUTROS INVESTIMENTOS Avaliados pelo custo de aquisição, representados por valores de terrenos de propriedade da administradora, nĂŁo utilizados no desempenho da atividade social. A seguir demonstramos a movimentação do Ativo - Outros Investimentos no exercĂ­cio de 2012: Descrição 2011 Depr. 2012 Terrenos 488 (20) 468 Total 488 (20) 468 g)IMOBILIZADO Demonstrado pelo custo de aquisição, ajustado por depreciaçþes acumuladas, com taxas estabelecidas em função da vida Ăştil do bem, como segue: - Instalaçþes, MĂłveis e Equipamento de Uso 10% a.a. - Sistema de Comunicação 10% a.a. A seguir demonstramos a movimentação do Ativo Imobilizado no exercĂ­cio de 2012: Descrição 2011 Deprec. Baixas 2012 MĂłveis e Equipamentos de Uso 83 83 Benfeitorias em ImĂłveis Terceiros 160 160 Depreciação Acumulada (80) (1) (81) Amortização Acumulada (144) (4) - (148) Total 19 (5) 14

Descrição Sistemas de Processamentos de Dados Amortização Acumulada Total

2011 Amort. Baixas 69 (64) (2) 5 (2) -

2012 69 (66) 3

i) REDUĂ‡ĂƒO DO VALOR RECUPERĂ VEL DE ATIVOS NĂƒO MONETĂ RIOS (IMPAIRMENT) É reconhecida uma perda por impairment se o valor de contabilização de um ativo ou de sua unidade geradora de caixa excede seu valor recuperĂĄvel. Uma unidade JHUDGRUDGHFDL[DpRPHQRUJUXSRLGHQWLÂżFiYHOGHDWLYRVTXHJHUDĂ€X[RVGHFDL[D substancialmente independentes de outros ativos e grupos. Perdas por impairment sĂŁo reconhecidas no resultado do perĂ­odo. $SDUWLUGHRVYDORUHVGRVDWLYRVQmRÂżQDQFHLURVH[FHWRRXWURVYDORUHVHEHQV e crĂŠditos tributĂĄrios, sĂŁo revistos, no mĂ­nimo, anualmente para determinar se hĂĄ alguma indicação de perda por impairment. A Circular nÂş 3.387/08, do BACEN, que passou a produzir efeitos a partir de 01/ jul./2008, dispĂľe sobre procedimentos aplicĂĄveis no reconhecimento, mensuração e divulgação de perdas no valor recuperĂĄvel de ativos disciplinados pelo BACEN, e determina o atendimento ao pronunciamento tĂŠcnico CPC 01, de 14/set./2007, do ComitĂŞ de Pronunciamentos ContĂĄbeis (CPC). j)PASSIVO CIRCULANTE E NĂƒO CIRCULANTE Demonstrados por valores conhecidos ou calculĂĄveis, incluindo, quando aplicĂĄvel, os encargos e as variaçþes monetĂĄrias incorridas. I) Fiscais e PrevidenciĂĄrias SĂŁo valores constituĂ­dos principalmente de retençþes e provisĂľes referentes DRV HQFDUJRV VRFLDLV H ÂżVFDLV LQFLGHQWHV VREUH D IROKD GH SDJDPHQWR H VREUH o faturamento no valor de R$ 29, (R$ 26 em 2011), e valores parcelados junto Ă Secretaria da Receita Federal do Brasil no valor de R$ 293, (R$ 298 em 2011) segregados no valor de R$ 38 no curto prazo (R$ 23 em 2011), e R$ 254 no longo prazo, (R$ 275 em 2011). II) Obrigação de Recursos Consorciados Grupos Encerrados Os valores nĂŁo retirados por Consorciados Desistentes e/ou ExcluĂ­dos, relativos a grupos encerrados encontram-se atualizados Ă s taxas vigentes no mercado ÂżQDQFHLURHHVWmRLQFOXVRVHFRQVLJQDGRVVREDUXEULFDÂł2EULJDo}HVSRU5HFXUVRV Consorciados - Grupos Encerradosâ€?. III) Diversas (curto e longo prazo) SĂŁo valores constituĂ­dos principalmente de provisĂŁo para pagamentos a efetuar de despesas administrativas, valores a pagar de salĂĄrios, provisĂľes para fĂŠrias e 5HFXUVRVD,GHQWLÂżFDU6$*'RFXPHQWRQRPRQWDQWHGH5 5HP  NOTA 4. PATRIMĂ”NIO LĂ?QUIDO a)Capital Social O Capital Social, totalmente subscrito e integralizado estĂĄ composto de 1.003.500 quotas, no valor nominal de R$ 1,00 cada uma, pertencentes a quotistas domiciliados no PaĂ­s. b)Movimentação da Conta PrejuĂ­zos Acumulados A movimentação da conta no exercĂ­cio de 2012 estĂĄ assim demonstrada: DESCRIĂ‡ĂƒO VALORES Saldo Inicial 1Âşsem (599) Absorção de PrejuĂ­zos pelo SĂłcio 43 Resultado do 2Âş Semestre (44) Saldo Final (600) NOTA 5.PRINCIPAIS DIRETRIZES CONTĂ BEIS DOS GRUPOS DE CONSĂ“RCIOS Dentre as principais diretrizes adotadas para a elaboração das demonstraçþes contĂĄbeis, ressaltamos: a)ESCRITURAĂ‡ĂƒO CONTĂ BIL A escrituração contĂĄbil dos grupos de consĂłrcios a partir de 01/jul./2005 obedece Ă s regras da Carta-Circular nÂş 3.147/04 com posteriores alteraçþes introduzidas pela Carta-Circular nÂş 3.192/05, do Banco Central do Brasil. b)ATIVO CIRCULANTE I) Disponibilidades e Aplicaçþes Financeiras Representam o montante de recursos disponĂ­veis (livres, grupos em formação e vinculados a contemplaçþes) e outros crĂŠditos ainda nĂŁo utilizados pelos grupos GHFRQVyUFLRV2VDOGRGDVDSOLFDo}HVÂżQDQFHLUDVLQFOXLRVUHQGLPHQWRVDXIHULGRV computados “pro rata temporisâ€?, os quais sĂŁo atribuĂ­dos aos grupos por meio de um rateio diĂĄrio proporcional a participação de cada grupo no total das receitas, de acordo com as diretrizes da Circular nÂş 3.432, de 03/fev./09, do BACEN. II) Outros CrĂŠditos Representam os valores a receber dos consorciados jĂĄ contemplados, os quais referem-se Ă s parcelas vincendas a tĂ­tulo de fundo comum e fundo de reserva, calculados com base no valor do bem vigente no mĂŞs e aplicĂĄveis aos consorciados contemplados Normais, em Atraso, em Cobrança Judicial, sendo que o valor dos Bens Apreendidos ou Retomados foram avaliados pelo valor de mercado, a seguir demonstrados: 2012 2011 - Bens Apreendidos ou Retomados 22 22 - Normais 1.423 1.509 - Em atraso 49 57 - Em cobrança judicial 93 132 Total 1.587 1.720

h)INTANG�VEL Correspondem aos direitos adquiridos que tenham por objeto bens incorpóreos GHVWLQDGRV j PDQXWHQomR GD DGPLQLVWUDGRUD RX H[HUFLGRV FRP HVVD ¿QDOLGDGH 2V DWLYRV LQWDQJtYHLV FRP YLGD ~WLO GH¿QLGD VmR JHUDOPHQWH DPRUWL]DGRV GH IRUPD linear no decorrer de um período estimado de benefício econômico, os quais estão demonstrados pelo custo de aquisição, ajustado por amortizaçþes acumuladas, com taxas estabelecidas em função da vida útil do bem, como segue: - Sistema de Processamento de Dados 20% a.a. A seguir demonstramos a movimentação do Ativo Intangível no exercício de 2012:

c)CONTAS DE COMPENSAĂ‡ĂƒO I) PrevisĂŁo Mensal de Recursos a Receber de Consorciados Demonstram a previsĂŁo de recebimentos de contribuiçþes (fundo comum e fundo de reserva) de consorciados para o mĂŞs seguinte ao do encerramento das demonstraçþes contĂĄbeis, inclusive de consorciados em atraso, deduzidos de taxa de administração e de prĂŞmio de seguro. O montante foi calculado com base no valor do bem vigente nas datas dos balanços, conforme determinação do Banco Central do Brasil. II) Contribuiçþes Devidas ao Grupo Referem-se Ă s contribuiçþes (fundo comum e fundo de reserva) devidas pelos FRQVRUFLDGRVDWLYRVDWpRÂżQDOGRVJUXSRVFDOFXODGRVFRPEDVHQRYDORUGREHP vigente nas datas dos balanços. III) Valores dos Bens a Contemplar Correspondem ao valor dos bens a serem contemplados em assembleias futuras, calculado com base no preço dos bens nas datas dos balanços. d)PASSIVO CIRCULANTE I) Obrigaçþes com Consorciados Referem-se aos valores recebidos dos consorciados nĂŁo contemplados a tĂ­tulo de fundo comum para a aquisição de bens ou serviços, os quais sĂŁo atualizados com

Ilmos. Srs. Diretores e Quotistas da GUARARAPES ADMINISTRADORA DE CONSÓRCIOS S/C LTDA. Curitiba - PR Examinamos as demonstraçþes contåbeis da GUARARAPES ADMINISTRADORA DE CONSÓRCIOS S/C LTDA., que compreendem o balanço patrimonial em 31 de GH]HPEUR GH  H DV UHVSHFWLYDV GHPRQVWUDo}HV GR UHVXOWDGR H GRV ÀX[RV de caixa da administradora e as demonstraçþes consolidadas das variaçþes nas disponibilidades de grupos e dos recursos de consórcio para o semestre e exercício ¿QGRVQHVVDGDWDDVVLPFRPRRUHVXPRGDVSULQFLSDLVSUiWLFDVFRQWiEHLVHGHPDLV notas explicativas. Responsabilidade da Administração sobre as Demonstraçþes Contåbeis A administração da entidade Ê responsåvel pela elaboração e adequada apresentação dessas demonstraçþes contåbeis de acordo com as pråticas contåbeis adotadas no Brasil aplicåveis às instituiçþes autorizadas a funcionar pelo Banco Central do Brasil e pelos controles internos que ela determinou como necessårios para permitir a elaboração de demonstraçþes contåbeis livres de distorção relevante, independentemente se causada por fraude ou erro. Responsabilidade dos Auditores Independentes Nossa responsabilidade Ê a de expressar uma opinião sobre essas demonstraçþes contåbeis com base em nossa auditoria, conduzida de acordo com as normas brasileiras e internacionais de auditoria. Essas normas requerem o cumprimento de exigências Êticas pelos auditores e que a auditoria seja planejada e executada com o objetivo de obter segurança razoåvel de que as demonstraçþes contåbeis estão livres de distorção relevante. Uma auditoria envolve a execução de procedimentos selecionados para obtenção de evidência a respeito dos valores e divulgaçþes apresentados nas demonstraçþes contåbeis. Os procedimentos selecionados dependem do julgamento do auditor, incluindo a avaliação dos riscos de distorção relevante nas demonstraçþes contåbeis, independentemente se causada por fraude ou erro. Nessa avaliação de riscos, o

auditor considera os controles internos relevantes para a elaboração e a adequada apresentação das demonstraçþes contĂĄbeis da instituição para planejar os procedimentos de auditoria que sĂŁo apropriados nas circunstâncias, mas nĂŁo para H[SUHVVDUXPDRSLQLmRVREUHDHÂżFiFLDGRVFRQWUROHVLQWHUQRVGDLQVWLWXLomR8PD auditoria inclui tambĂŠm a avaliação da adequação das prĂĄticas contĂĄbeis utilizadas e a razoabilidade das estimativas contĂĄbeis feitas pela administração, bem como a avaliação da apresentação das demonstraçþes contĂĄbeis tomadas em conjunto. $FUHGLWDPRV TXH D HYLGrQFLD GH DXGLWRULD REWLGD p VXÂżFLHQWH H DSURSULDGD SDUD fundamentar nossa opiniĂŁo com ressalvas. Base para OpiniĂŁo com Ressalvas As demonstraçþes contĂĄbeis da empresa controlada Guararapes Administradora de Fundos Ltda., tomadas para avaliação do investimento nessa empresa pelo valor do patrimĂ´nio lĂ­quido, conforme descrito na nota explicativa nÂş 3, letra “câ€?, nĂŁo foram examinadas por auditores independentes, bem como, nĂŁo foram apresentadas para ÂżQVGHFiOFXORGDHTXLYDOrQFLDSDWULPRQLDO NĂŁo foram acrescidos dos encargos moratĂłrios de multas e juros os impostos e/ou contribuiçþes, pendentes de recolhimento, que por consequĂŞncia dos lançamentos o 3DWULP{QLR /tTXLGR GD $GPLQLVWUDGRUD HVWDULD HP GHVDFRUGR FRP R GHÂżQLGR SHOR BACEN. A administração nĂŁo processou a anĂĄlise sobre a capacidade de recuperação dos valores registrados nos ativos nĂŁo monetĂĄrios, conforme assunto normatizado pelo Pronunciamento TĂŠcnico CPC nÂş 01. OpiniĂŁo com Ressalvas Em nossa opiniĂŁo, exceto quanto aos efeitos dos assuntos descritos no parĂĄgrafo Base para OpiniĂŁo com Ressalvas, essas demonstraçþes contĂĄbeis apresentam adequadamente, em todos os aspectos relevantes, a posição patrimonial e ÂżQDQFHLUD GD GUARARAPES ADMINISTRADORA DE CONSĂ“RCIOS S/C LTDA HP  GH GH]HPEUR GH  R GHVHPSHQKR GDV RSHUDo}HV H RV Ă€X[RV de caixa da administradora e as demonstraçþes consolidadas das variaçþes nas disponibilidades de grupos e dos recursos de consĂłrcio para o semestre e exercĂ­cio ÂżQGRV QHVVD GDWD GH DFRUGR FRP DV SUiWLFDV FRQWiEHLV DGRWDGDV QR %UDVLO aplicĂĄveis Ă s instituiçþes autorizadas a funcionar pelo Banco Central do Brasil.

OUTRAS DESPESAS/RECEITAS OPERACIONAIS Receitas de Prestação de Serviços Despesas de Pessoal Outras Despesas Administrativas Despesas TributĂĄrias Resultado de Participaçþes em Controlada Outras Receitas/Despesas Operacionais RESULTADO OPERACIONAL RESULTADO NĂƒO OPERACIONAL RESULTADO LĂ?QUIDO DO PERĂ?ODO/EXERCĂ?CIOS PrejuĂ­zo por Quota

ExercĂ­cios 2012

(44) 97 (73) (56) (14) (6) 8 (44) (44) (0,044)

(119) 206 (151) (106) (30) (32) (119) 20 (99) (0,099)

2011

(71) 255 (196) (120) (42) 1 31 (71) 39 (32) -0,032

DEMONSTRAĂ‡ĂƒO DAS VARIAÇÕES NAS DISPONIBILIDADES DE GRUPOS DO SEMESTRE E EXERCĂ?CIO FINDOS EM 31 DE DEZEMBRO DE 2012(Em R$ Mil) ExercĂ­cios 2Âş/Sem/12 2012 2011 DISPONIBILIDADE INICIAL DO PERĂ?ODO 241 617 430 DepĂłsitos BancĂĄrios 36 68 24 Aplicaçþes Financeiras do Grupo 43 219 249 Aplicaçþes Financeiras Vinculadas a Contemplaçþes 162 330 157 RECURSOS COLETADOS 907 1.937 2.171 Contribuiçþes para Aquisição de Bens 777 1.626 1.773 Taxa de Administração 94 201 244 Contribuiçþes ao Fundo de Reserva 4 8 7 Rendimentos de Aplicaçþes Financeiras 6 13 22 Multas e Juros MoratĂłrios Recebidos 4 9 11 PrĂŞmios de Seguros 22 49 72 Custas Judiciais 0 2 8 Outros 0 29 34 ( - ) RECURSOS UTILIZADOS (997) (2.162) (2.225) Aquisição de Bens (844) (1.720) (1.647) Taxa de Administração (92) (201) (251) Multas e Juros MoratĂłrios (2) (5) (7) PrĂŞmios de Seguro (22) (50) (73) Custas Judiciais (1) (9) Devolução a Consorciados Desligados (37) (185) (238) DISPONIBILIDADE FINAL DO PERĂ?ODO 151 392 376 DepĂłsitos BancĂĄrios 40 76 32 Aplicaçþes Financeiras do Grupo 36 79 176 Aplicaçþes Financeiras Vinculadas a Contemplaçþes 75 237 168 DEMONSTRAĂ‡ĂƒO DOS FLUXOS DE CAIXA PELO MÉTODO INDIRETO DO SEMESTRE E EXERCĂ?CIO FINDOS EM 31 DE DEZEMBRO DE 2012(Em R$ Mil) 2Âş/Sem./12 Fluxos de Caixa das Atividades Operacionais Resultado do PerĂ­odo antes do IRPJ e da CSLL (44) Ajustes para Reconciliação do Resultado do PerĂ­odo com a Geração de Caixa das Atividades Operacionais: 52 ReversĂŁo/ProvisĂŁo para CrĂŠditos de Liquidação Duvidosa Depreciaçþes e Amortizaçþes 3 EquivalĂŞncia Patrimonial 6 Absorção de PrejuĂ­zos com Recursos de SĂłcios 43 Ganho na alienação de investimentos Resultado do PerĂ­odo Ajustado 8 (Aumento) Diminuição em Ativos Operacionais 16 Aplicaçþes Financeiras TĂ­tulos e Valores MobiliĂĄrios Outros CrĂŠditos 1 TĂ­tulos e Valores MobiliĂĄrios 17 Outros Valores e Bens (2) Aumento (Diminuição) em Passivos Operacionais (21) Outras Obrigaçþes (21) Caixa LĂ­quido das Atividades Operacionais antes do Imposto de Renda e Contribuição Social 3 Caixa LĂ­quido das Atividades Operacionais 3 Redução/Aumento de Caixa e Equivalentes de Caixa 3 Caixa e Equivalentes de Caixa no InĂ­cio do PerĂ­odo 20 Caixa e Equivalentes de Caixa no Fim do PerĂ­odo 23

2012

2011

(99)

(32)

125 7 6 92 20 26 (115) (66) (65) 17 (1) 108 108

43 9 (1) 35 11 (60) (60) 26 26

19 19 19 4 23

(23) (23) (23) 27 4

base no preço dos bens nas datas dos balanços. II) Valores a Repassar Registra os valores recebidos dos consorciados e ainda nĂŁo repassados pelos grupos relativos Ă taxa de administração, prĂŞmios de seguro, multas e juros moratĂłrios, custas judiciais, despesas de registro de contratos de garantia, multa rescisĂłria e outros. III) Obrigaçþes por Contemplaçþes a Entregar Registra os crĂŠditos a repassar aos consorciados, pelas contemplaçþes nas assembleias, acrescido da respectiva remuneração. IV) Recursos a Devolver a Consorciados Desligados Registra o valor dos recursos a serem devolvidos aos consorciados ativos pelos excessos de amortizaçþes e aos consorciados desistentes ou excluĂ­dos, pelo valor das contribuiçþes, deduzidos de multas, quando aplicĂĄvel. V) Recursos do Grupo Registra os recursos dos grupos a serem rateados aos consorciados ativos quando do encerramento dos grupos. e)CONTAS DE COMPENSAĂ‡ĂƒO I) Recursos Mensais a Receber de Consorciados Demonstram os valores das contribuiçþes mensais dos consorciados, previstas para o mĂŞs seguinte ao do encerramento das demonstraçþes contĂĄbeis. II) Obrigaçþes do Grupo por Contribuiçþes Referem-se Ă s contribuiçþes (fundo comum e fundo de reserva) devidas pelos FRQVRUFLDGRVDWLYRVDWpRÂżQDOGRVJUXSRVFDOFXODGRVFRPEDVHQRYDORUGREHP vigente nas datas dos balanços. III) Bens a Contemplar - Valor Correspondem ao valor dos bens a serem contemplados em assembleias futuras, calculado com base no preço dos bens nas datas dos balanços. NOTA 6.RESUMO DAS OPERAÇÕES DE CONSĂ“RCIO a)Taxa de Administração A taxa de administração mĂŠdia arrecadada nos grupos de consĂłrcios estĂĄ distribuĂ­da da seguinte forma: - AutomĂłveis 11,12 % - Motocicletas 14,73 % b) Informaçþes Relativas Ă  Administração de Grupos de ConsĂłrcios 2012 2011 NĂşmero de Grupos Administrados em Andamento 8 11 NĂşmero de Consorciados Ativos 389 606 Total de Bens Entregues dos Grupos em Andamento 435 568 NĂşmero de Bens Entregues no PerĂ­odo 91 103 NĂşmero Total de Consorciados Desistentes/ExcluĂ­dos 2.037 2.526 Bens Pendentes de Entrega - Clientes 3 13 Taxa de InadimplĂŞncia 30,85% 47,52% NOTA 7. OUTRAS INFORMAÇÕES a) SISTEMA DE ANĂ LISE DE GRUPOS/COTAS DE CONSĂ“RCIO Atendendo ao disposto no artigo 1Âş, da Circular nÂş 3.394, de 09/jul./2008, que dispĂľe sobre a remessa ao Banco Central do Brasil de informaçþes relativas a operaçþes de consĂłrcio, atravĂŠs do Sistema de AnĂĄlise de Grupos/Cotas de ConsĂłrcio SAG, a administradora realiza mensalmente, atĂŠ o dia 30 do mĂŞs subsequente ao da data-base, por meio do Documento 2080 - Posição de Cotas e de Grupos das Operaçþes de ConsĂłrcio - Bens ImĂłveis e MĂłveis, consonante ao mencionado na Carta-Circular nÂş 3.335, de 01/ago./2008. b) COMPONENTE ORGANIZACIONAL DE OUVIDORIA Atendendo ao disposto nas Circulares nos 3.501, de 16/jul./2010 e 3.503, de 26/jul./2010, do Banco Central do Brasil, a estrutura do Componente Organizacional de Ouvidoria foi implementada, estando Ă  mesma de acordo com a natureza e complexidade dos produtos, serviços, atividades, processos e sistemas da administradora. c) CONTROLES INTERNOS Nos termos da Circular nÂş 3.078, de 10/jan./2002 do Banco Central do Brasil, estĂŁo implantados os procedimentos pertinentes ao sistema de controles internos, os quais estĂŁo sendo acompanhados e revisados pela administração da sociedade. d) ADESĂƒO AO PROGRAMA DE RECUPERAĂ‡ĂƒO FISCAL - REFIS IV A Lei nÂş 11.941, de 27/maio/2009, instituiu o REFIS IV - Programa de Recuperação Fiscal dos dĂŠbitos junto Ă  Secretaria da Receita Federal do Brasil - RFB, destinado Ă  quitação de dĂŠbitos junto Ă  Secretaria da Receita Federal do Brasil - RFB, Ă  Procuradoria Geral da Fazenda Nacional e ao Instituto Nacional de Seguro Social - INSS. Em 27/ nov./2009, a administradora protocolou seu pedido de adesĂŁo ao REFIS IV, referente Ă s contribuiçþes previdenciĂĄrias, as quais estavam inscritas em DĂ­vida Ativa. O dĂŠbito ajustado informado pela administradora com o REFIS IV ĂŠ de R$ 293 (R$ 298 em 31/dez./2011), demonstrado nas rubricas contĂĄbeis como REULJDo}HV ÂżVFDLV H SUHYLGHQFLiULDV QR SDVVLYR FLUFXODQWH H QR SDVVLYR QmR circulante exigĂ­vel a longo prazo nos montantes de R$ 38 (R$ 23 em 2011) e R$ 255, (R$ 275 em 2011), respectivamente. De acordo com o disposto no artigo 1Âş, da Lei nÂş 11.941/09, a administradora optou em parcelar o referido dĂŠbito em 180 (Cento e Oitenta) parcelas mensais, as quais serĂŁo acrescidas da taxa de juros do Sistema Especial de Liquidação e CustĂłdia SELIC. A Administradora iniciou em 30/nov./2009 o pagamento das prestaçþes do parcelamento, cujo pagamento no exercĂ­cio foi de R$ 5, (R$ 6 em 2011). SERGIO LUIZ BERTOLDI DIRETOR

LUCIANO JOAO CABRAL CRC TEC CONT 043890/O-5

RELATĂ“RIO DOS AUDITORES INDEPENDENTES

EDITAL DE PUBLICAĂ‡ĂƒO DE SENTENÇA. A Doutora CRISTINE LOPES, MMa. JuĂ­za de Direito Substituta Designada da Secretaria da 10ÂŞ (dĂŠcima) Vara CĂ­vel do Foro Central da Comarca da RegiĂŁo Metropolitana de Curitiba, Capital do Estado do ParanĂĄ, na forma da lei, FAZ SABER a todos quantos virem o presente, ou dele tiverem conhecimento, que nos autos da AĂ‡ĂƒO DE INTERDIĂ‡ĂƒO, autuada sob o nÂş 2081/2009, em que sĂŁo requerentes IVONE MARCHANEK TRINDADE, DIRCE MARIA MARCHANEK DE SOUZA e JORGE MARCHANEK e ĂŠ requerida CLEMENA MARCHANEK, portadora da C.I. RG nÂş 171.292/PR, inscrita no CPF/ MF sob o nÂş 043.756.369-08, foi prolatada a sentença Ă s fl. 144 a 146, a seguir transcrita: “[...] Trata-se de pedido de interdição de Clemena Marchanek, formulado por Ivone Marchanek Trindade, Dirce Maria Marchanek De Souza e Jorge Marchanek, no qual os requerentes alegam que sĂŁo filhos da interditanda, bem como postulam a interdição da mesma, eis que esta ĂŠ portadora de Alzeimer, salientando que a mesma ĂŠ beneficiĂĄria do INSS, bem como possui bens que a inda devem ser inventariados. Requerem, assim, a procedĂŞncia da presente ação, com a nomeação da primeira requerente como curadora definitiva da requerida. (...) Ante o exposto, acolho o parecer ministerial e, de consequĂŞncia, julgo procedente o pedido inicial formulado e decreto a interdição de Clemena Marchanek, declarando-a absolutamente incapaz de exercer pessoalmente os atos da vida civil, na forma do art. 3°, inciso II, do CĂłdigo Civil. Nomeio sua curadora, a Sra. Ivone Marchanek Trindade, que nĂŁo poderĂĄ por qualquer modo alienar ou onerar bens mĂłveis, imĂłveis ou de qualquer natureza, pertencentes Ă  interdita, sem autorização judicial. Dispensada a prestação de contas e especialização da hipoteca legal, nos termos ministeriais. Inscreva-se a sentença no Registro Civil. Publiquese na Imprensa Oficial por 3 (trĂŞs) vezes, com intervalo de 10 (dez) dias (1184-CPC). Intime-se a curadora para o compromisso. Oficie-se ao CartĂłrio eleitoral, comunicando o teor de presente decisĂŁo. Custas na forma da lei. Cumpra-se, no que for aplicĂĄvel, o CĂłdigo de Normas da egrĂŠgia Corregedoria Geral da Justiça. Publiquese. Registre-se. Intimem-se. [...]â€? E, para que chegue ao conhecimento de todos e ninguĂŠm no futuro alegue ignorância, expedi o presente Edital que serĂĄ publicado e afixado no local de costume (art. 232, II e III, do CPC). NADA MAIS. DADO E PASSADO nesta cidade de Curitiba, Capital do Estado do ParanĂĄ, aos doze dias do mĂŞs de abril do ano de dois mil e treze. Eu,(a) Paula Cristina Costa, Supervisora de Secretaria, o digitei e subscrevi.(a) CRISTINE LOPES. JuĂ­za de Direito Substituta Designada.

DÉCIMA PRIMEIRA VARA CĂ?VEL DA COMARCA DA REGIĂƒO METROPOLITANA DE CURITIBA - FORO CENTRAL DE CURITIBA. EDITAL de CITAĂ‡ĂƒO de ELE EME JOIAS E RELOGIOS LTDA., com PRAZO de 20 (vinte) dias. A Dra. PATRĂ?CIA DE FĂšCIO LAGES DE LIMA, MMÂŞ. JuĂ­za de Direito Substituta da 11ÂŞ Vara CĂ­vel da Comarca de Curitiba, Estado do ParanĂĄ, FAZ SABER que por este cartĂłrio e juĂ­zo, tramitam autos de AĂ‡ĂƒO DE ORDINĂ RIA DE COBRANÇA, nÂş275/2009, proposta por BANCO HSBC BANK BRASIL BANCO MULTIPLO e em face de ELE EME JOIAS E RELOGIOS LTDA 04.944.016/0001-03, onde determinouse a citação do requerido, e esgotados foram todos os meios possĂ­veis para localização deste, estando portanto, atualmente, em lugar incerto e nĂŁo sabido, ficam, por edital, ELE EME JOIAS E RELOGIOS LTDA., CITADO de todos os termos da ação em referĂŞncia para, no prazo de quinze (15) dias, contados da publicação deste em Jornal Oficial ou de Circulação Comercial, atravĂŠs de advogado constituĂ­do, responder os termos da inicial da ação, sob pena de nomeação de Curador Especial e prosseguimento do feito independentemente de seu conhecimento.Dado e passado nesta cidade de Curitiba - PR, aos Vinte e Seis (26) dias do mĂŞs de Março (03) de dois mil e treze (2.013). Eu (Renata Ferreira), Escrevente Juramentado, que o digitei, conferi e subscrevo. (a) PATRĂ?CIA DE FĂšCIO LAGES DE LIMA - JuĂ­za de Direito Substituta.

ĂŠnfase Conforme mencionado na nota explicativa nÂş 7, letra “dâ€?, a administradora optou por realizar a consolidação dos dĂŠbitos tributĂĄrios a nĂ­vel federal, nos moldes do parcelamento regulamentado pela Lei nÂş 11.941/09. A efetivação dos benefĂ­cios registrados contabilmente em 31 de dezembro de 2012 estĂĄ condicionada Ă realização dos procedimentos administrativos e consolidação dos dĂŠbitos pelo ĂłrgĂŁo de controle e arrecadação, fato que ainda nĂŁo foi apresentado atĂŠ a presente data. Cabe ressaltar que a Administradora nĂŁo efetuou o pagamento de oito parcelas no exercĂ­cio de 2012 e que poderĂĄ acarretar o cancelamento do referido parcelamento. As demonstraçþes contĂĄbeis foram elaboradas no pressuposto da continuidade dos negĂłcios da administradora, tendo em vista que, o patrimĂ´nio lĂ­quido ajustado da administradora vem sendo reduzido em relação aos nĂ­veis previstos na Circular nÂş 3.433, de 03/mar./09, atravĂŠs da apresentação de prejuĂ­zos de forma consecutiva. A administração esta se empenhando em adequar esta situação, atravĂŠs de ingresso de recursos dos sĂłcios para amortização de prejuĂ­zos, conforme nota n. 4, letra “bâ€?. Nossa opiniĂŁo nĂŁo contĂŠm ressalva relacionada a esses assuntos. Outros Assuntos Auditoria dos Valores correspondentes ao PerĂ­odo Anterior 2VYDORUHVFRUUHVSRQGHQWHVDRH[HUFtFLRDQWHULRUÂżQGRHPGHGH]HPEURGH DSUHVHQWDGRVSDUDÂżQVGHFRPSDUDELOLGDGHIRUDPDQWHULRUPHQWHSRUQyVDXGLWDGRV com emissĂŁo de relatĂłrio, em 24 de janeiro de 2012, com ressalvas quanto: (a) empresa controlada Guararapes Administradora de Fundos Ltda., tomada para avaliação do investimento nessa empresa pelo valor do patrimĂ´nio lĂ­quido, nĂŁo foi examinada por auditores independentes; e (b) a administração nĂŁo processou a anĂĄlise sobre a capacidade de recuperação dos valores registrados nos ativos nĂŁo monetĂĄrios, conforme assunto normatizado pelo Pronunciamento TĂŠcnico CPC nÂş 01. Curitiba, 21 de fevereiro de 2013. GRUNITZKY AUDITORES INDEPENDENTES S/S CRC-PR NÂş 4552/O-5 RICARDO LUIZ MARTINS CONTADOR CRC-RS NÂş 036.460/O-8 T/PR


| 26 a 28 de abril de 2013 |

PUBLICAÇÕES LEGAIS/ NACIONAL

PREFEITURA DE COLOMBO PORTARIA Nº 260/2013 A PREFEITA MUNICIPAL DE COLOMBO, Estado do Paraná, no uso de suas atribuições que lhe são conferidas por Lei; RESOLVE: I – Conceder a pedido licença sem vencimentos ao Servidor Público Municipal, Humberto Ramon Blanco Rodriguez, RG 17937725, matrícula nº 7536, “2º Padrão” a partir de 25 de Abril de 2013, pelo período de um ano, Dê-se publicidade. Paço Municipal de Colombo Em 25 de Abril de 2013. IZABETE CRISTINA PAVIN Prefeita Municipal

REGISTRO DE PREÇOS para realização Exames de A - Z de média e alta complexidade solicitados pelos médicos do Sistema Único de Saúde conforme edição atualizada da Revista da Classificação Brasileira Hierarquizada de Procedimentos Médicos (CBHPM) publicada pela Associação Médica Brasileira (AMB). Data: 14 de maio de 2013 às 09:00 Horas. Local de Abertura: Sede da Prefeitura Municipal de Colombo. Preço Máximo: Constante no Edital. Critério de Julgamento: Menor Preço / Maior Desconto Global. Informações Complementares poderão ser obtidas na Secretaria Municipal da Administração, sito à Rua XV de Novembro Nº. 105, Centro, Colombo Paraná, ou pelos fones: (041) 3656-8002 ou 3656-8102 ou pelo site: www.colombo.pr.gov.br. Colombo, 25 de abril de 2013. Izabete Cristina Pavin Prefeita Municipal

PORTARIA Nº 253/2013 O PREFEITO MUNICIPAL DE COLOMBO, Estado do Paraná, no uso de suas atribuições que lhe são conferidas por Lei, RESOLVE: I - Exonerar a pedido, o Servidor Público Municipal ROSEMARA APARECIDA EDLING, RG 6.161.317-0, do cargo de Agente de Serviços, Limpeza e Alimentação, na função de Auxiliar de Serviços Gerais, a partir de 01/05/ 2013. II - Exonerar a pedido, o Servidor Público Municipal ALAIUCILENE PEREIRA FRANÇA, RG 6.382.609-0, do cargo de Professor, na função de Professor, a partir de 01/05/2013. III - Exonerar a pedido, o Servidor Público Municipal ALEXANDRE VICENTE DE CASTRO REINERT, RG 6.995.512-6, do cargo de Agente Universitário, na função de Médico Generalista do 2º Padrão, a partir de 01/05/2013. IV - Exonerar a pedido, o Servidor Público Municipal CLAUDETE DA ROCHA, RG 7.968.256-0, do cargo de Professor, na função de Professor do 1º Padrão, a partir de 01/05/2013. V - Exonerar a pedido, o Servidor Público Municipal CLAUDETE DA ROCHA, RG 7.968.256-0, do cargo de Professor, na função de Professor do 2º Padrão, a partir de 01/05/2013. VI - Exonerar a pedido, o Servidor Público Municipal VANILZA CORREA, RG 5.900.021-7, do cargo de Agente de Serviço, Limpeza e Alimentação, na função de Auxiliar de Serviços Gerais, a partir de 01/05/2013. Dê-se publicidade, Paço Municipal de Colombo Em 25 de Abril de 2013. IZABETE CRISTINA PAVIN Prefeita Municipal

Extrato do Contrato nº 055/2013 - Concorrência Pública 03/2012 Objeto: Serviços reparos e manutenção Unidade Básica Saúde Maracanã Valor total: R$ 145.702,29 (Cento e quarenta e cinco mil, setecentos e dois reais e vinte e nove centavos). Contratante: Secretaria Municipal de Saúde - Dalimar de Lucca Moreira Contratado: Camargo e Camargo Construções e Serviços LTDA., CNPJ Nº. 07.928.501/0001-81. Prazo: Execução 90 (noventa) dias Colombo, 24 de abril de 2013.

Extrato do Contrato nº 055/2013 - Concorrência Pública 03/2012 Objeto: Serviços reparos e manutenção Unidade Básica Saúde Maracanã Valor total: R$ 145.702,29 (Cento e quarenta e cinco mil, setecentos e dois reais e vinte e nove centavos). Contratante: Secretaria Municipal de Saúde - Dalimar de Lucca Moreira Contratado: Camargo e Camargo Construções e Serviços LTDA., CNPJ Nº. 07.928.501/0001-81. Prazo: Execução 90 (noventa) dias Colombo, 24 de abril de 2013.

Extrato do Contrato nº 055/2013 - Concorrência Pública 03/2012 Objeto: Serviços reparos e manutenção Unidade Básica Saúde Maracanã Valor total: R$ 145.702,29 (Cento e quarenta e cinco mil, setecentos e dois reais e vinte e nove centavos). Contratante: Secretaria Municipal de Saúde - Dalimar de Lucca Moreira Contratado: Camargo e Camargo Construções e Serviços LTDA., CNPJ Nº. 07.928.501/0001-81. Prazo: Execução 90 (noventa) dias Colombo, 24 de abril de 2013.

Aviso de Licitação Edital - Pregão Presencial Nº. 031/2013 Objeto: Contratação de Empresa Especializada através do Sistema de

COLOMBO PREVIDÊNCIA PREVIDÊNCIA DOS SERVIDORES PÚBLICOS MUNICIPAIS DE COLOMBO

PORTARIA n° 010/2013 A COLOMBO PREVIDÊNCIA – PREVIDÊNCIA DOS SERVIDORES PÚBLICOS MUNICIPAIS DE COLOMBO, pelo Diretor Superintendente, no uso das atribuições que lhes são conferidas pela lei n. 960/2006, RESOLVE: I - Nomear a Srta. SANDRA MARA BONTORIN, RG. 8.907.525-4, como fiscal do Contrato nº 06/2013, referente à Dispensa de Licitação 5/ 2013, cujo objeto é a Contratação de empresa para transporte de móveis e equipamentos da Colombo Previdência para a nova sede da Autarquia. II – Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação. Dê-se publicidade Colombo, 25 de Abril de 2013. Eliseu Ribeiro dos Santos Diretor Superintendente

PORTARIA Nº 251/2013 A PREFEITA MUNICIPAL DE COLOMBO, Estado do Paraná, no uso de suas atribuições que lhe são conferidas por Lei, e considerando o contido no Processo Administrativo nº 01140820: RESOLVE: I – Exonerar a pedido, o Servidor Público Municipal Humberto Ramon Blanco Rodriguez, RG 17937725, do cargo de Diretor do Departamento de Medicina, vinculado a Secretaria Municipal de Saúde, a partir de 11 de Abril de 2013; II – Conceder licença sem vencimentos ao Servidor Público Municipal, Humberto Ramon Blanco Rodriguez, RG 17937725, matrícula nº 5713 a partir de 11 de Abril de 2013, por um período de 1 ano, devendo após esta data retornar para sua função. Dê-se publicidade, Paço Municipal de Colombo Em 24 de Abril de 2013. IZABETE CRISTINA PAVIN Prefeita Municipal

13


14

| 26 a 28 de abril de 2013 |

Rosilete dos Santos torna-se campeã emérita da WIBA Foram mais de dez anos como boxeadora profissional até a decisão mais difícil de sua carreira. Não foi nenhuma adversária que tirou o sono da campeã mundial Rosilete dos Santos, mas sim a decisão para encerrar a carreira e entregar os dois cinturões conquistados com muito suor. "A idade e as contusões me fizeram ter essa atitude. Estava difícil também perder peso antes das lutas e também influenciou", disse Rosilete, atualmente com 37 anos. Após a vitória sobre a argentina Carina Britos, no último sábado (20), a boxeadora anunciou a aposentadoria e o fim de uma hegemonia na categoria. Porém, uma decisão publicada nesta semana, garantiu o título eterno. Rosilete dos Santos foi contemplada como campeã emérita da Associação Mundial de Boxe Feminino (Wiba). A decisão da entidade pegou a atleta de surpresa, mas deixou Rosilete muito contente. "É o reconhecimento de uma carreira vitoriosa, embora o Brasil não me reconheça tanto. Mas meu nome ficará eternizado no mundo do Boxe e do esporte. E o melhor de tudo, o título veio da Wiba, que é a maior entidade do boxe feminino do mundo, na sede do boxe e dos esportes, que são os Estados Unidos", ressaltou. A boxeadora ainda fará uma luta de despedida, no

dia 28 de junho, dia em que completa 38 anos. Ela deixa os ringues após 49 lutas - 33 como profissional e 16 como amadora -, com 42 vitórias. Mas o esporte não deixará a vida de Rosilete. "Quero trabalhar com o boxe. Vou ajudar a divulgar o esporte e ensinar o boxe aos nossos jovens. Tenho certeza que eu e o Macaris (do Livramento - marido de Rosilete) poderemos criar outros campeões", afirmou a lutadora. Em suas últimas lutas, Rosilete dos Santos teve o apoio do Governo do Estado, através de patrocínios da Copel. Ajuda que, segundo ela, auxiliou muito em suas conquistas. "É uma grande empresa e todo atleta precisa de um grande patrocinador. Sou muito grata a Copel, que mesmo no final da minha carreira foi fundamental para mim", disse. "Tenho que agradecer também ao governador Beto Richa pelo apoio que me sempre me deu. Precisamos de políticos assim, que apoiem o esporte em nosso Estado", completou. Currículo amador: estreou em 2001 e fez 16 lutas (14 vitórias, um empate e uma derrota) pela categoria até 54 kg. Currículo profissional: estreou em 2003 e fez 33 lutas (28 vitórias e cinco derrotas) Ranking: é a 6ª colocada no ranking mundial do Boxrec (www.boxrec.com) Títulos: campeã mundial

pela CMB (Comissão Mundial de Boxe) desde 2008 e campeã mundial da Wiba (Women's International Boxing Association) desde 2011 Histórico: Nasceu em Castro e, até os 18 anos, trabalhou na roça. Depois, passou a trabalhar como empregada doméstica. O interesse pelo boxe surgiu quando assistiu a uma luta de Macaris do Livramento em Castro. Começou a trabalhar com ele, treinando durante parte do dia e ajudando na montagem dos ringues. Estreou no boxe amador em 2001. Em 2003, iniciou no boxe profissional. Em 2008, tornou-se a primeira lutadora nascida do Brasil a conquistar um título mundial de boxe, vencendo o cinturão da Comissão Mundial de Boxe. Em 2011, ganhou o título mundial da Wiba.

Foto Divulgação

Decisão da entidade surpreendeu a boxeadora, que está com 37 anos e anunciou sua aposentadoria dos ringues

Boxeadora fará luta de despedida no dia 28 de junho, em São José dos Pinhais

Campanha do Furacão tem o melhor aproveitamento em 2013 Os números da equipe do Sub-23 do Atlético Paranaense no returno do Estadual 2013 já se igualam ao maior aproveitamento conquistado em um turno na atual fórmula da competição, iniciada em 2011. Até então, a melhor campanha dos rubro-negros tinha sido registrada no título do primeiro turno de 2012, com 78,7% dos pontos conquistados. Porcentagem mínima que será alcançada pelos atleticanos no apito final do árbitro no domingo (28), contra o Operário, no Germano Krüger. Com uma vitória ou empate em Ponta Grossa, o Sub23 superará a marca de 2012 e registrará um novo recorde. Com três pontos conquistados contra o Fantasma, o aproveitamento subiria dos atuais 86,6% para 87,8%. Já

com um ponto somado, ele cairia para 81,8%, mesmo assim ultrapassando a porcentagem da campanha de 2012. Com oito vitórias e dois empates, o Atlético Paranaense soma 26 pontos em dez partidas e lidera o segundo turno do Estadual. O Londrina é o segundo colocado, com um ponto a menos. Com uma vitória sobre o Operário no domingo (28), na última rodada, o Furacão conquista o returno, e a vaga na decisão, sem precisar contar com outro resultado. Neste domingo (28), os meninos do Sub-23 do Atlético entram em campo às 15h50, para enfrentar o Operário no Estádio Germano Krüger, em Ponta Grossa, pela última rodada do Paranaense 2013.

Furacão joga contra o Operário no domingo, em Ponta Grossa

Coritiba recebe o Londrina no Couto Pereira Depois de uma semana completa de treinamentos, no CT da Graciosa, a equipe do Coritiba se prepara para a partida contra o Londrina, atual vice-líder do Paranaense 2014, neste domingo (28), no Estádio Couto Pereira. A equipe coxa branca ocupa a terceira colocação da tabela do campeonato, com 18 pontos, enquanto que o Londrina é o segundo do Paranaense, com 25 pontos ganhos em dez jogos. Também neste domingo (28), o Paraná Clube vai até Paranavaí, no interior do Estado, para a partida contra os donos da casa, o Atlético Clube Paranavaí (ACP), no Estádio Waldemiro Wagner. O Tricolor da Vila Capanema é o quarto colocado no Paranaense, com 16 pontos ganhos, enquanto que o adversário é o vice-lanterna do campeonato, com apenas cinco pontos em dez jogos.


16

| 26 a 28 de abril de 2013 |

metropole26-4-13  

metropole26-4-13

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you