Issuu on Google+

w w w. m e t r o p o l e j o r n a l . c o m . b r

Ano 14 | Nº 3328 | 19 de junho de 2013

Quarta-feira

Presidente: Ary Leonel da Cruz

Diário de Circulação Nacional

Richa apoia manifestações e condena atos de vandalismo Foto Jonas Oliveira/ANPr

» O governador Beto Richa disse nesta terçafeira (18) que apoia manifestações públicas em prol dos interesses da população, mas que os atos de vandalismo registrados na noite de segunda-feira (17) contra o Palácio Iguaçu, em Curitiba, merecem o repúdio da sociedade paranaense e não representaram a vontade da maioria das pessoas que participaram da manifestação. "É lamentável que uma manifestação pacífica e democrática, com a participação de grande número de pessoas que reivindicava suas propostas e apresentava suas ideias terminou com atos de vandalismo contra o patrimônio público", disse. Página 2

Secretário da Agricultura de Colombo reúne-se com secretário de estado Governador Beto Richa fala sobre o protesto e os atos de vandalismo

Vacinação Contra Febre Aftosa

Foto: PMSJP

Neste ano, durante a primeira fase da campanha, foram atendidos 945 produtores

» O protesto contra o aumento do transporte público em São Paulo, que estava concentrada em frente à prefeitura desde o início da aglomeração se dividiu e parte dos manifestantes deixou o local, dirigindo-se à Avenida Paulista, onde ocupou todas as faixas da via. Havia muitos manifestantes também na Praça da Sé. A Rodovia Raposo Tavares, que liga a cidade de São Paulo ao interior do estado, também foi bloqueada. Página 3

Página 6

no encontro estiveram em pauta a busca de parcerias por financiamentos agrícolas, projetos para a agricultura, aumentar a patrulha mecanizada e também questões que envolvem a Ceasa. Página 4

Pinhais conclui pavimento entre os bairros Jardim Cláudia e Alto Tarumã » Mais uma importante obra de infraestrutura viária foi concluída pela Prefeitura de Pinhais neste mês. A rua Tanagra, que liga os bairros Alto Tarumã e Jardim Cláudia, agora está asfaltada, com meio-fio e sistema de drenagem e captação das águas das chuvas novinhos em folha. Ao todo, cerca de 500 metros de via ganharam pavimento - entre as ruas Belo Ho-

rizonte e Milton Anselmo da Silva - e agora deixam de ser um problema para representar mais uma etapa da grande transformação em curso na região. Página 10

População dá recado duro aos políticos, diz Rossoni » O deputado Valdir Rossoni, presidente da Alep, confirmou ontem (18) durante sessão plenária e fez um alerta durante seu pronunciamento. Ele disse que as manifestações que ocorreram anteontem (17), em todo o Brasil, são algo ainda não decifrado como um todo, mas que ficou muito claro o grau de descontentamento da população em muitos aspectos. Página 2

Marcelo Camargo Abr

Manifestantes ocupam vários locais em São Paulo

» A Campanha de Vacinação Contra Febre Aftosa que ocorreu durante todo o mês de maio em São José dos Pinhais, cumpriu sua meta diante calendário oficial do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. São José dos Pinhais presta um apoio diferenciado quanto à vacinação de seu rebanho, pois é um dos poucos municípios do estado que distribuem as doses de vacina contra a febre aftosa de forma gratuita.

» O secretário da Agricultura e Abastecimento de Colombo, Marcio Toniolo reuniu-se com o secretário de estado da Agricultura e do Abastecimento, Norberto Ortigara. Entre os pontos abordados

RMC e Litoral ganham reforço no suprimento de energia Página 9

Gurgel rejeita PEC que impede MP de investigar crimes Protesto contra aumento das passagens do transporte público, gastos na Copa do Mundo e a corrupção tomou as ruas da capital paulista

Página 2


2

| Quarta-feira, 19 de junho de 2013 |

Editorial Gurgel rejeita PEC que impede Ministério Público de investigar crimes

Realidade e bom senso Governador Beto Richa fala sobre o protesto e os atos de vandalismo

Richa diz que apoia manifestações e condena atos de vandalismo Cerca de 10 mil pessoas participaram da passeata em Curitiba. No final do ato, um grupo isolado tentou invadir a sede do executivo estadual, o Palácio Iguaçu Agência Paranaense de Noticias O governador Beto Richa disse nesta terça-feira (18) que apoia manifestações públicas em prol dos interesses da população, mas que os atos de vandalismo registrados na noite de segunda-feira (17) contra o Palácio Iguaçu, em Curitiba, merecem o repúdio da sociedade paranaense e não representaram a vontade da maioria das pessoas que participaram da manifestação. “É lamentável que uma manifestação pacífica e democrática, com a participação de grande número de pessoas que reivindicava suas propostas e apresentava suas ideias, terminou com atos de vandalismo contra o patrimônio público”, disse Beto Richa. Cerca de 10 mil pessoas participaram da passeata em Curitiba. No final do ato, um grupo isolado tentou invadir a sede do executivo estadual, o Palácio Iguaçu. Um portão e diversas vidraças foram quebrados e paredes do prédio foram pichadas. “Os próprios manifestantes, pessoas de bem, repudiaram a atitude dos baderneiros, e limparam as paredes externas do Palácio”, afirmou Richa. RECONHECIMENTO O governador disse que a série de manifestações que ocorreram em outras cidades do Estado e do País tem todo o apoio e reconhecimento do governo estadual. “Foi como uma panela de pressão que explodiu. Dentro continha muitas insatisfações da população, acumuladas ao longo dos últimos anos”, destacou Richa. Ele disse que a gota d’água para a realização do ato foi o aumento da tarifa de ônibus em Curitiba, associada ao sentimento de insatisfação da população com a conduta de políti-

cos, o processo do mensalão e a falta de sintonia dos governantes com os legítimos interesses da população. “Eu sou o único governador no País que reduziu a tarifa do transporte público e promoveu condições aos prefeitos das grandes cidades do Paraná poderem fazer o mesmo. Todos os prefeitos das cidades paranaenses que foram beneficiadas com a isenção do ICMS sobre óleo diesel reduziram a passagem do ônibus”, disse Richa. VANDALISMO Foram abordadas nove pessoas por dano ao patrimônio público e, dessas, sete foram conduzidas ao 1.º Distrito Policial, no Centro de Curitiba. Também já foram identificadas as fisionomias de outras 42 pessoas que participaram de atos de violência. A PM investiga fotografias e filmagens registradas durante a manifestação e a tentativa de invasão do palácio. Policiais do serviço velado, à paisana, acompanharam e monitoraram as ações durante o ato. “A polícia atuou para garantir a ordem e a segurança das pessoas e do patrimônio público. As pessoas que participaram do vandalismo serão identificadas e enquadradas no Código Penal”, afirmou o secretário estadual da Segurança Pública, Cid Vasques. Yuri Sfair, 26 anos, Ricardo Lacerda Franzen, 20 anos, Vinícius Maschio, também de 20 anos, e Alexandre Henrique Tostes Santana, 37 anos, foram autuados por crime contra o patrimônio público. Cristian Nelson do Nascimento, 19 anos, Weslen dos Santos Camargo, da mesma idade, e Pedro Henrique Ribeiro Barbosa, 29 anos, foram levados para a delegacia, assinaram termo circunstanciado por desacato e foram liberados.

População dá recado duro aos políticos, diz Valdir Rossoni O deputado Valdir Rossoni, presidente da Alep, confirmou ontem (18) durante sessão plenária e fez um alerta durante seu pronunciamento. Ele disse que as manifestações que ocorreram anteontem (17), em todo o Brasil, são algo ainda não decifrado como um todo, mas que ficou muito claro o grau de descontentamento da população em muitos aspectos. “Não tenham dúvida que nós, do Poder Legislativo, estamos recebendo um recado duro das ruas e como somos representantes do povo, precisamos ouvir, refletir e seguir o caminho das mudanças dentro da lei”, disse Rossoni. Ele disse que a divulgação dos salários é uma das etapas da reforma administrativa da Casa que devem ser cumpridas. Ressalvou que faz parte de uma Casa onde

existem 54 deputados e todos podem fazer sugestões. “Mas como presidente eu tenho que cumprir a lei.” Segundo Rossoni, o que todo o Brasil presenciou ontem tem relação com um modelo político repelido pela sociedade. “É um aviso para os políticos. Temos que prestar atenção no movimento da população. É uma panela de pressão, um acúmulo de reivindicações da população que não aceita mais o sistema político. Quando digo sistema político, me refiro à corrupção, aos problemas na Saúde, Educação e Segurança”, afirmou. “Nós que somos políticos temos que respeitar o movimento popular, a força do povo.” O deputado disse que se os políticos brasileiros não tomarem cuidado, não tomarem as atitu-

des que a população espera, o movimento que se viu nas ruas tende a aumentar. Rossoni revelou que a Assembleia vai tomar outras medidas administrativas, de enxugamento da máquina administrativa. “Nessa próxima etapa da reforma é mandar uma lei para extinguir uma série de cargos que hoje não são mais necessários”. Disse que são cargos que não são mais ocupados desde que começaram as mudanças na Casa há dois anos e meio. “Isso é dar respostas à população”, afirmou. População dá recado duro aos políticos, diz Rossoni. A Comissão Executiva da Assembleia Legislativa do Paraná vai publicar a lista dos funcionários e respectivos salários no próximo dia 17 de julho, cumprindo o que exige a Lei de Transparência.

Fotos: Sandro Nascimento (Alep /)

No passado não muito distante, qualquer "especialista" em política econômica não admitia debater sobre a estratégia de aumento da taxa Selic como mecanismo de combate à inflação. Isto acontecia - e ainda é passível de se repetir - porque tais especialistas também nunca admitiram que a economia brasileira tem uma característica muito singular: é oligopolizada. Esses tabus, hoje, estão caindo por terra. A própria autoridade monetária reverte sua posição pragmática de não defender a elevação dos juros para conter a ganância dos preços; que é praticada pelos próprios oligopólios. Ontem, o presidente do BC, Alexandre Tombini, reconheceu que o atual ciclo de aumento de juros pelo Banco Central (BC) contribuirá para elevar a confiança da população na economia. Em audiência na Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado, ele reafirmou o compromisso da autoridade monetária em manter a inflação sob controle. "O Banco Central está vigilante e fará o necessário, com a devida tempestividade, para colocar a inflação [no acumulado de 12 meses] em declínio no próximo semestre e manter essa tendência para os próximos anos." Tombini ressaltou que, apesar de estar caindo mês a mês, a inflação oficial, medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), ainda está aumentando no acumulado em 12 meses. Segundo ele, essa tendência permanecerá até o início do segundo semestre, quando, enfim, a inflação também cairá no acumulado em 12 meses. De acordo com Tombini, choques de oferta em produtos agrícolas, como a seca nos Estados Unidos no ano passado e o aumento no preço de hortaliças provocado pelas chuvas no início do ano, foram os responsáveis pela alta da inflação no começo de 2013. Segundo ele, a inflação estava convergindo para o centro da meta até meados do ano passado, quando fatores externos passaram a pressionar os índices. "A intensidade dos choques não foi desprezível. Em junho de 2012, o IPCA acumulado em 12 meses estava em 4,9%. Todos os índices estavam em trajetória declinante. Na época, o Banco Central projetava que a inflação fecharia o ano em 4,7%, mas os choques empurraram os índices para cima", explicou. Tombini negou ainda ter havido falhas na comunicação do Banco Central no período de disparada da inflação, no início do ano. Ele destacou que as atas das reuniões do Comitê de Política Monetária (Copom) indicaram que a autoridade monetária estava preocupada com os preços. "Em janeiro, o Banco Central explicitou a preocupação com inflação e não compartilhou a hipótese de que cortes adicionais dos juros seriam desejáveis. Em março, sinalizamos que, num futuro próximo, ocorreriam aumentos na Selic [juros básicos da economia]. Em abril, iniciamos um ciclo de ajuste [aumento] na Selic, que se intensificou em maio", destacou. O presidente do Banco Central ressaltou ainda que, no fim deste mês, o órgão divulgará as novas previsões oficiais para a economia brasileira no Relatório de Inflação. Ele não adiantou números, mas disse que a previsão de crescimento para o Produto Interno Bruto (PIB) ficará "ao redor de" 3% neste ano. No último documento, a estimativa estava em 3,1%. Como se observa, agora vale tudo para conter a ganância dos predadores, os oligopólios, é óbvio.

Brasília – O procurador-geral da República, Roberto Gurgel, disse ontem (18), em debate público sobre a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 37, que torna a investigação criminal exclusiva das polícias Civil e Federal, que a participação ativa do Ministério Público (MP) na investigação criminal é fundamental para proteção dos direitos da sociedade. “Negar ao Ministério Público a possibilidade de investigar será incapacitar, não a instituição, mas a sociedade brasileira para o exercício pleno do direito à efetividade da tutela penal, notadamente contra a criminalidade de colarinho branco”, destacou Gurgel. Segundo integrantes do Colégio de Procuradores da República, o objetivo do debate de hoje é alertar o Congresso Nacional sobre a necessidade de rejeitar a PEC 37, que está para ser votada pela Câmara dos Deputados. Além disso, o Ministério Público Federal (MPF) propõe a discussão de propostas para aprimorar a regulamentação das investigações criminais por meio de lei ordinária. Ao falar sobre a proposta, Gurgel indagou a quem interessa retirar o poder de investigação do Ministério Público: “Será que está relacionado às nossas falhas? Tenho absoluta certeza de que não. Isso se deve, exclusivamente, às virtudes do Ministério Público no cumprimento de sua missão”, afirmou. O procurador defendeu um novo modelo de investigação criminal para o país, levando em consideração os avanços da sociedade, que se defronta com novos tipos de crimes, como os cibernéticos, e ressaltou que o atual modelo de investigação policial foi instituído no século 19. De acordo com Gurgel, hoje, a investigação deve ser integrada por vários órgãos, diferentemente do que propõe a PEC 37. Para ele, é preciso aprimorar os avanços que a atuação do Ministério Público representou nessa área a partir da Constituição de 1988. “Seria um retrocesso estabelecer o monopólio da investigação pela polícia, pois a Constituição consagrou o Ministério Público como defensor da sociedade. Por isso, continuaremos na luta contra a PEC 37”, acrescentou. Um dos convidados do encontro, o ex-presidente do Supremo Tribunal Federal (STF) Ayres Britto disse que a PEC 37 investe “contra a instituição [Ministério Público] que mais sabe dar conta do recado que lhe foi atribuído pela Constituição, que é a investigação criminal”. Segundo ele, se a emenda for aprovada pelo Congresso, o Ministério Público “será reduzido a um mero ornamento gráfico”. Ayres Britto considera o monopólio da investigação criminal “um contrassenso”, por ser a polícia subordinada ao Poder Executivo e ter como tarefa cuidar da segurança pública, enquanto ao Ministério Público cabe zelar pela ordem jurídica, da qual a segurança pública é apenas um capítulo. “Todo inquérito criminal é uma investigação [função da polícia], mas nem toda investigação é um inquérito criminal [responsabilidade do Ministério Público]”, explicou Ayres Britto. Para ele, é preciso manter também o poder de investigação de órgãos como o Banco Central, o Tribunal de Contas e a Receita Federal, que a PEC também extingue.

Deputado Valdir Rossoni, presidente da Assembleia Legislativa do Paraná


| Quarta-feira, 19 de junho de 2013 |

3

Rossoni reafirma que divulgação de salários no Portal da Transparência será mais um avanço importante O chefe do Legislativo avaliou ainda os movimentos organizados de protesto nas capitais brasileiras e em outros centros, em relação ao aumento no preço das passagens do transporte

RECADO O chefe do Legislativo avaliou ainda os movimentos organizados de protesto nas capitais brasileiras e em outros centros, em relação ao aumento no preço das passagens do transporte. "Um aviso para os políticos, de que temos que prestar atenção no movimento da população brasileira. É uma panela de

pressão, um acúmulo de reivindicações da população, que não aceita mais o nosso sistema político com corrupção, com equívocos, desacertos, problemas na segurança e na saúde. E nós, que somos políticos, temos que aceitar e reconhecer a força do povo", avaliou. CAIXA DE RESSONÂNCIA Rossoni disse também que a Casa estará aberta para que os manifestantes possam utilizar o espaço para se pronunciar. "Coloquei-me à disposição do movimento para abrir a Casa e que possam inclusive, de forma organizada, fazer o uso da palavra. Somos a favor do movimento", asseverou Rossoni, ainda durante entrevista coletiva no Comitê de Imprensa.

Foto: Nani Gois (Alep)

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Valdir Rossoni (PSDB), informou o Plenário nesta terçafeira (18) que mais uma etapa do processo de transparência em curso na Casa deverá ser cumprido até o dia 17 de julho próximo, com a publicação dos salários dos servidores no Portal da Transparência. Rossoni destacou que ainda existem alguns ajustes de ordem técnica e jurídica acerca do processo de divulgação, mas reafirmou o compromisso aos deputados e à população. Segundo o deputado, este é mais um dos importantes avanços alcançados no Poder Legislativo. "Temos etapas da reforma administrativa que devem ser cumpridas. E uma das etapas é divulgar o salário", disse. "E vamos tomar outras medidas. Nesta etapa da reforma vamos encaminhar um projeto para o Plenário para extinguirmos uma série de cargos que não são mais necessários, fruto deste trabalho de gestão".

VAGA DO TC O presidente deputado Valdir Rossoni (PSDB), disse nesta terça-feira (18) que todos os trâmites para a aposentadoria do conselheiro do Tribunal de Contas, Hermas Brandão, foram cumpridos, inclusive com a publicação do decreto de aposentadoria pelo Governo do Estado. Rossoni disse que os ofícios que indicam a vacância do cargo serão lidos na sessão desta quarta-feira (19) ou na de segunda-feira (24). A partir disto, segundo Rossoni, o processo para a escolha do novo conselheiro poderá ser iniciado.

Presidente da Alep, deputado Rossoni (PSDB) durante a entrevista coletiva

O presidente em exercício da Câmara dos Deputados, deputado André Vargas (PT-PR), em entrevista na manhã desta terça-feira (18) à Globo News, disse que mais do que fazer avaliações de segurança pública, é preciso interpretar o movimento reivindicatório que acontece em todo o País. Vargas acompanhou ontem a tentativa de invasão do Congresso Nacional por manifestantes. "Essa é uma manifestação com demandas reais, do mundo real, que deve ter críticas em relação aos governos, aos meios de comunicação. Na impede que amanhã aconteça outra manifestação espontânea em qualquer outro lugar", avaliou Vargas. Quanto à segurança para a manifestação marcada para a próxima quinta-feira, o presidente em exercício da Câmara disse confiar que o governador do Distrito Federal, Agnelo Queiroz, continuará realizando um bom trabalho. "Apesar do número diminuto de policiais, não teve ocupação. Os policiais se comportaram de maneira exemplar, não tivemos cenas de violência aqui, apesar das provocações naturais de um momento como esse", disse o presidente. "Esse é um movimento legítimo, democrático, que é a expressão de uma parte da juventude que quer se fazer ouvir, precisamos nos esforçar para entender isso". O presidente em exercício da Câmara frisou que embora o movimento que toma as ruas do Brasil não tenha líderes identificados para que seja possível alguma forma de negociação, há legitimidade por trás das ações. "Os pleitos são por mais segurança, saúde, melhoria no transporte coletivo, gastos da Copa do Mundo e direitos humanos", enumerou o presidente. André Vargas disse, ainda, que no Congresso Nacional há um esforço do PT e de vários outros partidos para realizar reformas que possibilitem mais participação dos pobres, das minorias e da juventude.

Arnaldo Alves/ANPr

André Vargas diz que Manifestantes se dividem e manifestações são ocupam vários locais em São Paulo legítimas, democráticas

Protesto contra aumento das passagens do transporte público, gastos na Copa do Mundo e a corrupção tomou as ruas da capital paulista

Agência Brasil São Paulo - O protesto contra o aumento do transporte público em São Paulo, que estava concentrada em frente à prefeitura desde o início da aglomeração se dividiu e parte dos manifestantes deixou o local, dirigindo-se à Avenida Paulista, onde ocupou todas as faixas da via. Havia muitos manifestantes também na Praça da Sé. A Rodovia Raposo Tavares, que liga a cidade de São Paulo ao interior do estado, também foi bloqueada, mas ainda não se sabe se esse protesto também é contra o aumento das tarifas do transporte público urbano. Em frente à prefeitura, alguns manifestantes, após tentar, sem sucesso, invadir a prefeitura, destruíram e atearam fogo a um carro da Rede Record. Uma agência do Banco Itaú, próxima à prefeitura, também teve a fachada depredada e todas as vidraças destruídas. Mais cedo, um grupo de ativistas tentou invadir a prefeitura. Os manifestantes ultrapassaram grades de ferro e derrubaram uma porta da entrada do prédio. Houve confronto com a Guarda Civil Metropolitana. Um grupo de manifestan-

tes fez um cordão humano em frente à prefeitura para tentar evitar mais depredação na sede do Poder Executivo municipal. No entanto, várias vidraças da prefeitura continuaram sendo quebradas. Segundo a última atualização da Polícia Militar (PM), divulgada às 18h45, a manifestação contra o aumento do transporte público em São Paulo reúne cerca de 10 mil pessoas. A manifestação começou pacificamente na Praça da Sé. Além da reivindicação principal, pela redução do preço do transporte urbano, os manifestantes erguem faixas e cartazes com críticas aos gastos excessivos com as obras da Copa do Mundo e pedindo mais recursos para a saúde e a educação. CORDÃO HUMANO Um grupo de manifestantes fez um cordão humano em frente ao prédio da prefeitura de São Paulo para tentar evitar que a sede do Executivo municipal fosse depredada por um grupo mais radical. Eles pediram que a manifestação transcorresse sem violência e impediram que outros participantes do ato continuas-

sem a tentar invadir o local. Mais cedo, vários ativistas tentaram invadir a prefeitura. Eles chegaram a ultrapassar as grades de ferro que servem de anteparo e derrubaram uma porta da entrada do prédio. Houve confronto com a Guarda Metropolitana. "O nosso movimento não usa branco nem veste a bandeira do Brasil. Tem identidade combativa. O aumento da tarifa já é uma agressão. Isso aqui é um ato de legítima defesa", disse Wagner Luís em referência às depredações. Ele é fotógrafo e milita em movimentos sociais há 14 anos. A manifestação contra o aumento do transporte público

em São Paulo reúniu, segundo a última atualização da Polícia Militar (PM), às 18h45, cerca de 10 mil pessoas. O grupo, que se concentrou na Praça da Sé, na região central da cidade se dividiu em duas frentes: parte seguiu para o Parque dom Pedro, e um grupo maior foi para o prédio do Executivo municipal. A manifestação começou pacificamente na Praça da Sé. Além da reivindicação principal, pela redução do preço do transporte, os ativistas ergueram algumas faixas e cartazes contra os gastos excessivos com as obras da Copa do Mundo, pedindo mais recursos para a saúde e educação.

Aprovado projeto com regras mais rigorosas para o setor de combustíveis Critérios mais rigorosos para a abertura de empresas do setor de combustíveis e que fortalecem a atuação dos auditores fiscais estão sendo instituídos no Paraná. Com 47 votos favoráveis, os deputados aprovaram na sessão plenária desta terça-feira (18), em segunda discussão, o projeto de lei nº 120/13, do Poder Executivo, que trata da concessão, alteração, renovação e cancelamento da inscrição no cadastro de contribuintes do ICMS de estabelecimentos desse setor. O projeto prevê a cassação da inscrição estadual do estabelecimento comercial em caso de irregularidade ou se a dívida dele com o Fisco superar o capital social da empresa. Segundo o deputado Ademar Traiano (PSDB), líder do Governo na Assembleia, essa é uma forma de combater a concorrência desleal no setor de combustíveis, em benefício dos empresários que pagam seus impostos em dia, apertando o cerco contra a sonegação do ICMS no ramo de combustíveis.

Um dos pontos que torna mais rigorosa a cobrança de impostos é o que permite ao Governo do Paraná exigir das empresas, antes de autorizar o pedido de inscrição, alteração ou renovação da inscrição, uma garantia para o cumprimento das obrigações tributárias futuras. A garantia poderá ser exigida em forma de fiança bancária, seguro garantia ou depósito administrativo, de acordo com o caso. A proposta em debate prevê também que as empresas existentes serão recadastradas se houver alteração da composição societária, mudança de endereço, débitos repetidos ou falta de pagamento do imposto. Nesta sessão o Plenário rejeitou uma emenda, apresentada pelo deputado Rasca Rodrigues (PV), prevendo a suspensão da inscrição no cadastro de contribuintes do ICMS por apenas seis meses. Traiano argumentou que a emenda tornava muito branda a possibilidade de punição aos estabelecimentos que infringirem a lei.


4

| Quarta-feira, 19 de junho de 2013 |

Secretário municipal da Agricultura reúne-se com secretário de estado Encontro teve o objetivo de incrementar e incentivar a agricultura familiar do município

Marcio Toniolo reúne-se com o secretário de Estado, Norberto Ortigara para atrair investimentos e programas de agricultura para Colombo

O secretário municipal da Agricultura e Abastecimento de Colombo, Marcio Toniolo esteve reunido com o secretário de estado da Agricultura e do Abastecimento, Norberto Ortigara. Na conversa, foram tratados de assuntos para incrementar e incentivar a agricultura familiar da cidade. “Fomos muito bem recebidos pelo secretário Ortigara que sinalizou muita vontade em incentivar os nossos produtores, como também em oferecer recursos para Colombo. Nos sentimos muito tranquilos em contar com a parceria do Estado”, destacou o secretário Toniolo. Entre os pontos abordados no encontro estiveram em pauta a busca por financiamentos agrícolas, projetos para a agricultura, aumentar a patrulha mecanizada e por fim questões que envolvem a Central de Abastecimento do Paraná-Ceasa-PR. Também participou da reunião o vereador Sidnei Campos.

Prefeitura realiza a Conferência Pacto pela alfabetização na Municipal de Educação idade certa aborda inclusão Propostas serão levadas para a Conferência Estadual que será realizada em social em Colombo setembro próximo e também para a Conferência Nacional A prefeitura de Colombo, por meio da Secretaria da Educação, Cultura e Esporte promove neste dia 20, das 8h às 17h, no auditório, da Regional Maracanã, a “Conferência Municipal de Educação”. O objetivo é discutir ações e propostas que serão apresentadas na Conferência Estadual de Educação a ser realizada entre os dias 24 a 26 de setembro e na Conferência Nacional de Educação - CONAE, que acontecerá em fevereiro de 2014, no Distrito Federal. A secretária Municipal da Educação, Aziolê Cavallari Pavin, afirma que na conferência do município haverá um tema central “Todos juntos por uma educação de qualidade” e estará dividido em sete eixos

temáticos, quando de forma democrática, profissionais da educação básica, técnica e superior do âmbito público e privado, e vários setores, tais como, entidades sindicais e científicas, instituições religiosas, entidades parlamentares e órgãos de fiscalização e controle irão avaliar diretrizes, metas e estratégias que poderão compor o Plano Nacional de Educação. Segundo a coordenadora Escolar Estadual no município, Elenize do Rocio Lunardon, na ocasião será possível sistematizar, modificar ou realizar emendas, de acordo com as necessidades de Colombo. “É interessante à participação de pais, alunos, educadores, enfim toda a sociedade civil, porque

a Conferência Municipal se trata de um espaço democrático, onde todos terão a chance de dar sua opinião e contribuir com a educação do nosso país”, relata. CONAE A Conferência Nacional da Educação - CONAE, tem o objetivo de reunir documentos com propostas de todo o Brasil para resultar na elaboração de idéias que poderão complementar o Plano Nacional de Educação. De acordo com o chefe da área Metropolitana Norte, Sérgio Ferraz, as ações e propostas municipais e estaduais colaboram com a elaboração do contexto do Sistema Nacional de Educação. A CONAE será realizada de 17 e 21 de fevereiro de 2014, em Brasília.

Aproximadamente 240 professores da rede municipal de ensino, cadastrados no Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa - PNAIC, se reuniram na última semana, no Auditório da Regional Maracanã, para participar de uma aula especial. O desafio foi compreender e desenvolver estratégias de alfabetização com práticas pedagógicas inclusivas. Durante a aula, ministrada pelos profissionais do Centro de Atendimento Especializado à Criança - CAEC, temas induziram à reflexões sobre conceitos e sugestões de possíveis adaptações em salas de aulas. Entre os assuntos abordados, se destacaram deficiência visual, intelectual, física, neuromotora, autismo, altas habilidades e transtorno de aprendizagem. De acordo com a professora Patrícia Rodrigues Ferreira Brotto, coordenadora do Pacto, um dos fatores primordiais do Programa é melhorar o índice de desenvolvimento dos alunos na Educação Básica - IDEB, traçando estratégias de ensino para que todas as crianças da rede municipal sejam alfabetizadas até os oito anos de idade. “Nosso objetivo é criar mecanismos, construir alternativas que atendam as necessidades de nossos alunos para ga-

rantir que sejam alfabetizadas na idade certa,” argumenta. Pacto O Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa é um programa do Governo Federal desenvolvido em parceria com o município com a intenção de capacitar o professor alfabetizador, para melhor atender as necessidades dos alunos de primeira a terceira série dentro da sala de aula. São realizados planejamentos e avaliações, com estratégias no processo de desenvolvimento da aprendizagem. A meta é alfabetizar na idade certa, até oito anos de idade. A carga horária de capacitações para os educadores prevê para o ano letivo 120 horas. Durante o ano de 2013, as aulas serão de caráter informativo, divididas em etapas, para atingir metas estipuladas no ensino da língua portuguesa. Em 2014, o foco das ações serão relacionadas ao ensino da matemática. De acordo com a secretária Municipal de Educação, Cultura e Esporte, Aziolê Cavallari Pavin, o Pacto pela Alfabetização na Idade Certa representa uma alternativa para um posicionamento à altura das ações que a Prefeitura e a comunidade escolar realizam.


5

| Quarta-feira, 19 de junho de 2013 |

“O maior bem que pode existir em um Estado é ter verdadeiros filósofos.” (René Descartes)

Céu com muitas nuvens com nevoeiros pela manhã

PROGRAMAÇÃO DE CINEMA DO SHOPPING SÃO JOSÉ

Máx.17º Mín. 13º

Dia 20: Mín. 13º e Máx. 15º Dia 21: Mín. 12º e Máx. 17º Dia 22: Mín. 11º e Máx. 17º

Farofa de Arroz com Presunto Ingredientes: 200 gr de manteiga 8 fatia(s) de bacon em tiras 15 unidade(s) de azeitona verde picada(s) 15 unidade(s) de azeitona preta picada(s) 1 lata(s) de milho verde 3 unidade(s) de tomate sem semente(s) 10 fatia(s) de presunto sem capa de gordura em tiras 2 1/2 copo(s) de Arroz cozido (s) quanto baste de farinha de mandioca crua Refogue o bacon na manteiga e adicione o restante dos ingredientes. Misture bem. A quantidade de farinha de mandioca é de acordo com o gosto.

DICAS DE MAQUIAGEM DE ALICE SALAZAR AGORA EM LIVRO O espelho mexe diretamente com a autoestima das mulheres. E na maioria das vezes, elas são realmente vaidosas, mas por falta de conhecimento em técnicas simples – como usar o curvex nos cílios – ficam limitadas a maquiagens mal feitas e que acabam por ressaltar aquilo que elas querem tanto esconder, como olheiras e espinhas. Nesta sua primeira obra, Alice Salazar ensina como ficar com uma pele encantadora e olhos radiantes mesmo depois de um dia de trabalho daqueles – ou até mesmo depois de um fora na balada; ajuda a leitora a identificar qual é o tipo de pele – normal, seca, oleosa, mista –, e a valorizar morenas, loiras, negras, ruivas e orientais de acordo com cada tom de pele e cabelos. Como ela diz, “depois de ler esse livro, as mulheres deixarão de ser meio bonitas para serem superbonitas!”. Carregar esta bíblia de beleza é sempre estar De bem com o espelho.

4) Quem é o autor do livro “O Que É Isso Companheiro”, que virou filme estrelado por Pedro Cardoso, Fernanda Torres e Cláudia Abreu? a) Fernando Gabeira b) Ricardo Blat c) Manoel Carlos d) Glória Peres 5) Quem foi o autor da novela “Negócio da China”? a) Walcyr Carrasco b) Sílvio de Abreu c) Tiago Santiago d) Miguel Falabella

© Coquetel/Ediouro Publicações 2005

Atual líder da Igreja "(?) uma Católica vez", frase de fábulas Objetivo

Piada Hiato de "coelho"

Substituição

Negrinho de uma perna só (Folcl.) Denunciado Gás de letreiros

Em volta; circunvizinho Casa indígena Algarismo (abrev.)

Agora

32

(?) Dolabella, ator Amarrar

A parte anterior do barco Sovaco Asa-(?), tipo de biquíni Imposto industrial Puxador de água

Vocábulo contrário a outro Grama (símbolo)

Vontade; disposição

Palavra de espanto Nilo e Amazonas

Congresso Nacional

E, em inglês

A cidade de objetos gigantes

Inferior a todos

Cinema (red.) Animal australiano acinzentado

Objeto como o anel de ouro A forma do anel

O 14o salário (sigla)

Afinal

BANCO

(?) Toledo, humorista

Daniela Mercury, cantora baiana

Peça sanitária para higiene

Consoantes de "mora" Comitê Olímpico Internacional

Solução

T O R E O C A A R R E D O R

3) Qual desses atores é filho da atriz Tônia Carrero? a) Marcos Frota b) Marcelo Farias c) Cecil Thiré d) Paulo Vilhena

Sílaba de "ardil"

A R I

2) Ramiro foi personagem de Humberto Martins em qual dessas produções? a) “Escrito Nas Estrelas” b) “Uga Uga” c) “Caminho das Índias” d) “Tempos Modernos”

PALAVRAS CRUZADAS DIRETAS Ato de Cada preceito pegar fogo da Igreja Que tem (Rel.) asas

A N T O N I M O

1) Qual dessas personagens foi interpretado pela atriz Deborah Evelyn em “Insensato Coração”? a) Leila b) Cecília c) Alice d) Eunice

A E N R E A D O A T L A G A E N P I M J O E C

todos os sucessos, até o número acústico de rock que eles fizeram nesse tour. As versões mais conhecidas, os movimentos e o vestuário mais famoso de Freddie Mercury foram imortalizados nessa gravação. Informações: (41) 33150808 / 33173107.

I P M A N D A M S C I P E A D E L A T N O N J A E D AD O I P I A XI R O D O O E P A P A R L A M I T U C O A L A P I S O N B I D E N F I M

(RESPOSTAS: 1- D/ 2-C / 3-C / 4-A / 5-D)

at Wembley 1986”, réplica do último show de Freddie Mercury. Com realização da Seven Entretenimento e Ponto Uno, a apresentação acontece às 20 horas no Teatro Positivo Grande Auditório (R: Pedro Viriato Parigot de Souza, 5.300). O show, com cerca de duas horas de duração, contempla

Muitas vezes interpretada como doença, a dor no nervo ciático – aquela que se inicia na região lombar, passa pelas nádegas e vai até a parte mais baixa de uma ou das duas pernas – é na verdade um sintoma de outro problema. Na grande maioria das vezes, cerca de 90% das queixas, o motivo é uma hérnia de disco que, segundo dados do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), afeta cerca de cinco milhões de brasileiros. Os outros 10% podem ter causas como atividades físicas pesadas, posturas erradas, tumores e fraturas na coluna. De acordo com o médico Alexandre Elias, neurocirurgião especialista em coluna, chefe do setor de cirurgia da coluna vertebral na Unifesp (Universidade Federal de São Paulo), a hérnia de disco é uma doença que ocorre pelo desgaste ou trauma dos discos vertebrais lombares ou cervicais, que acabam pressionando as raízes nervosas mais próximas, provocando a dor. Com o passar do tempo, o problema chega a interferir na qualidade de vida, até mesmo limitando atividades rotineiras. “Além da dor no nervo ciático, acompanhada de dormência e fraqueza que correm para as pernas e dedos, o paciente pode apresentar ainda sintomas como formigamento e dor na região do quadril”, alerta Elias. “Mais comum em pessoas entre 30 e 50 anos, o problema acontece quando o disco intervertebral é enfraquecido ou sobrecarregado, sofrendo pequenas fissuras e rompendo as fibras que o constituem. Isto faz com que o núcleo pulposo (um material semelhante a uma gelatina de cor esbranquiçada que fica dentro de cada disco e que serve como amortecedor da coluna) ultrapasse seus limites, isto é, vá para fora do disco, pressionando o nervo que passa bem ali ao lado, no caso o ciático”, reforça o profissional. Outros fatores Fatores como envelhecimento natural, exercícios físicos intensos praticados por atletas “de fim de semana”; o vício de manter a coluna com postura errada, ou o hábito de carregar pesadas mochilas nas costas (que começa ainda na infância) prejudicam a coluna ao longo do tempo e também levam à dor no nervo ciático.

3/and — ipi. 7/arredor. 8/delatado — incêndio. 10/mandamento.

GOD SAVE THE QUEEN FAZ SHOW EM TRIBUTO À BANDA BRITÂNICA Eleita recentemente como a melhor banda tributo do mundo pela revista Rolling Stone, a argentina God Save The Queen volta a Curitiba, no domingo, dia 23 de junho, para show inédito. Pablo Padín (voz e piano), Francisco Calgaro (guitarra e teclados), Matías Albornoz (bateria) e Ezequiel Tibaldo (baixo) apresentam o show da turnê 2013, que traz o repertório de um dos concertos mais marcantes da história do Queen, “Live

Dor no nervo ciático é sintoma de hérnia de disco em 90% dos casos


6

| Quarta-feira, 19 de junho de 2013 |

São José dos Pinhais divulga números da Campanha de Vacinação Contra Febre Aftosa A Campanha de Vacinação Contra Febre Aftosa que ocorreu durante todo o mês de maio em São José dos Pinhais, cumpriu sua meta diante calendário oficial do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. São José dos Pinhais presta um apoio diferenciado quanto a vacinação de seu rebanho, pois é um dos poucos municípios do estado que distribuem as doses de vacina contra a febre aftosa de forma gratuita. Em geral a responsabilidade sanitária do rebanho fica a cargo do Estado. A Campanha de Vacinação Contra Febre Aftosa é dividida em duas fases, no mês de maio são imunizados os animais (bovinos e bubalinos) de 0 a 24 meses, e em novembro o restante do rebanho com idade superior aos 24 meses. Segundo, Henrique Ventura, veterinário da Divisão de Pecuária da Secretaria Muni-

Acesso aos estabelecimentos comerciais e residências está mantido cipal de Agricultura e Abastecimento, essa primeira faixa etária de animais atinge hoje 4.386 animais, os quais foram todos vacinados. São José dos Pinhais possui hoje um rebanho com cerca de 10.360 cabeças. "A Secretaria Municipal

de Agricultura e Abastecimento promove o fornecimento gratuito das doses contra a febre aftosa, além de cadastros atualizados e acompanhamento do produtor, isso garante mais interação entre as partes e integridade do rebanho de nosso município",

afirmou a secretária Daniella Fávaro Setim. Neste ano, durante a primeira fase da campanha, foram atendidos 945 produtores, tanto nos postos volantes quanto na sede da Secretaria Municipal de Agricultura e Abastecimento.

Equipe Socioambiental conscientiza população sobre o Projeto Rio Ressaca Nos últimos meses, uma equipe socioambiental está visitando os bairros Águas Belas, Centro, São Pedro e Cruzeiro para fazer um questionário com os moradores destas regiões para explicar o Projeto Parque Linear do Rio Ressaca, parceria entre a Prefeitura de São José dos Pinhais e a Caixa Econômica Federal. A equipe, coordenada pela assistente social Alexandra Hermes, é composta pelas também assistentes sociais Luciana Wilsk e Benedita Reis, pelo engenheiro ambiental Rafael Lima, o jornalista Raphael Ramirez e a técnica administrativa Isadora Marquette. Esta equipe realiza visitas domiciliares a todas as famílias do perímetro do Rio Ressaca, um total de 4421 famílias, correspondente aos bairros citados anteriormente. Em suas abordagens com a população, a equipe aborda os cinco temas principais do Projeto Rio Ressaca: Educação, Segurança Alimentar, Trabalho e Renda, Resíduos Sólidos e Saúde. Estes assuntos são conversados durante o cadastramento nas casas dos moradores e em reuniões que estão sendo realizadas nos bairros, que geralmente contam com a presença de palestrantes e dos moradores de cada região. Um viés importante do pro-

jeto é o cuidado com o meio ambiente. O Rio Ressaca sofreu muito nos últimos anos, recebendo muita sujeira e lixo, o que resultou em grandes enchentes. Para conscientizar a população a produzir menos lixo, a equipe socioambiental está distribuindo ecobags para a população, para que diminua o uso de sacolas plásticas, uma das grandes vilãs da poluição em nossas matas e rios. REGIÃO CENTRAL Após concentrar as suas ações nos bairros Xingu e Águas Belas, a equipe iniciou recentemente suas abordagens na região central de São José dos Pinhais, e pede a participação dos moradores no Centro. "Muitas pessoas que moram no Centro não têm noção que fazem parte da grande bacia do Rio Ressaca, mas elas não só fazem parte, como são agentes importantes na manutenção do bem estar de toda esta região", explica Alexandra Hermes, coordenadora da equipe socioambiental. Os moradores desta região estão resistindo à participação nas pesquisas e reuniões por não se reconhecerem parte da bacia do Rio Ressaca; porém, o Centro, desde a Avenida das Torres até a Avenida Rui Barbosa, está no perímetro da

grande bacia que compõe o Rio, e caso não haja cuidados no destino correto de lixo e da rede de esgoto, por exemplo, isto pode afetar na limpeza do rio e no Projeto. O PROJETO PARQUE LINEAR DO RIO RESSACA O Projeto Parque Linear do Rio Ressaca tem como objetivo trazer vida novamente a um dos rios mais importantes da cidade. Além de fazer uma limpeza em toda a extensão do Ressaca, e inserir ciclovia nos dois lados do rio - assim incentivando cuidados com o meio ambiente e um estímulo para a prática de exercícios físicos. Dividido em três partes, o projeto encontra-se atualmente em seu segundo trecho, localizado entre as ruas Ângelo Moro Redeschi e Avenida Rui Barbo-

sa. Esta ação socioambiental está sendo realizada por uma equipe terceirizada, contratada pela empresa Espaço de Vida Propaganda e Marketing Ltda., vencedora da licitação realizada para este serviço junto à Secretaria de Habitação de São José dos Pinhais. Enquanto as atividades da equipe estão sendo realizadas na comunidade, as obras de limpeza do Rio Ressaca estão sendo realizadas pela empresa de engenharia SIAL. Vale ressaltar que várias Secretarias do Município de São José dos Pinhais estão envolvidas nas ações e desempenho do Projeto Parque Linear do Rio Ressaca, como Habitação, Saúde, Meio Ambiente, Educação, Comunicação Social e Urbanismo.

Guarda Municipal passa por requalificação anual A Guarda Municipal de São José dos Pinhais iniciou nesta semana a requalificação para todos integrantes da corporação. Com duração de seis semanas, sendo 25 guardas por turma, totalizará 40 horas de curso para cada agente. Os guardas estão passando por aulas de tiro prático, noções de primeiros socorros, regras de segurança, conduta estande de tiro, manuseio do armamento, manutenção do armamento, pista de tiro onde são simuladas situações que os guardas enfrentam no cotidiano, saque rápido e tiro de precisão, sempre destacando a consciência, a segurança e se é necessário atirar. Essa é a primeira requalificação realizada inteiramente pela GM, desde o conteúdo teórico até as aulas práticas de tiro, ministradas por guardas municipais que se especializaram para tanto.

A requalificação da Guarda Municipal acontece anualmente, onde 65% do curso é prático. Além das aulas teóricas e práticas, os guardas ainda passam por palestras defesa pessoal, totalizando no final do curso, 80 horas de requalificação. GUARDA MUNICIPAL O ultimo concurso realizado para a Guarda Municipal foi em 2012, e hoje o município conta hoje com cerca de 185 guardas municipais para o atendimento da população e para garantir uma São José dos Pinhais mais segura. Durante os sete ano de existência, a Guarda Municipal ofereceu cursos de qualificação em muitas áreas de segurança pública para todos os agentes, além daqueles que buscaram se especializar em determinada área, e hoje ajudam a formar e requalificar a corporação.

Avenida das Américas ficará bloqueada por cerca de sete meses, segundo Prefeitura

O Departamento Municipal de Trânsito (Demutran) da Prefeitura de São José dos Pinhais está comandando os bloqueios totais e parciais da Avenida das Américas, na altura da construção das duas trincheiras, sendo na Rua Claudino dos Santos e Rua Joaquim Nabuco. Segundo o departamento, o acesso aos estabelecimentos comerciais e residências está mantido. Em alguns locais, devido ao grande fluxo nas vias que se transformaram em desvios, é mais seguro que os motoristas busquem as ruas próximas do que tentar entrar naquelas que são mais perto de suas empresas e casas. Os projetos são da Coordenação da Região Metropolitana de Curitiba (Comec), órgão do governo do Estado, com apoio da Prefeitura. O investimento é custeado pelo governo Federal, com base no Plano de Aceleração do Crescimento (PAC) da Copa 2014. O objetivo principal é a melhoria do tráfego entre São José e a Capital por causa do Aeroporto Internacional Afonso Pena, localizado no bairro Afonso Pena.


7

| Quarta-feira, 19 de junho de 2013 |

TR, POUPANÇA E TBF TR MENSAL % mar abr 0,00 0,00

Aprovada MP que impõe novas regras ao sistema financeiro A MP visa a adequar as regras às normas estabelecidas no Tratado de Basileia 3 (Basileia, na Suíça), que objetiva tornar o sistema financeiro mais resistente às crises Agência Brasil Brasília - O plenário do Senado aprovou ontem (18) a Medida Provisória (MP) 608, também chamada de MP de Basileia. A medida estabelece novas regras para a constituição do chamado patrimônio de referência dos bancos e cria novas opções de capitalização dessas instituições financeiras, entre outros pontos. A MP visa a adequar as regras do sistema financeiro brasileiro às normas estabelecidas no Tratado de Basileia 3 (Basileia, Suíça), que objetiva tornar o sistema financeiro mais resistente às crises. Além disso, estabelece novos critérios que dificultam a divisão de dividendos em caso de crise nas instituições bancárias e permite que letras financeiras emitidas pelos bancos possam ter maior liquidez.

Pelas regras atuais, os bancos quando precisavam recorrer aos créditos tributários, não recebiam em dinheiro, mas de forma parcelada, em média, em dois três anos, sob diversas formas, como títulos e debêntures. Com a MP, o repasse desses recursos e, em caso de falência ou prejuízo no ano anterior, terá maior liquidez, ou seja, será pago em dinheiro. Por outro lado, os bancos não poderão mais contabilizar como patrimônio de referência os créditos tributários decorrentes de retenções feitas quando os empréstimos são concedidos. O objetivo é garantir maior solidez no caso de instabilidade no sistema financeiro. Como não recebeu qualquer alteração por parte dos senadores, o texto da MP seguirá agora para sanção presidencial.

Fórum aprova novas medidas para reduzir gases de efeito estufa Importantes medidas para contabilizar e reduzir a emissão dos Gases de Efeito Estufa (GEE) - responsáveis pelo aquecimento global e que contribuem para as mudanças do clima - foram aprovadas nesta terçafeira (18) pelo Fórum Paranaense de Mudanças Climáticas. Uma das ações de maior repercussão foi a iniciativa que prevê a descentralização das reuniões do Fórum, que serão realizadas em seis regiões do Paraná. O objetivo é estimular os municípios paranaenses a produzirem seus inventários das emissões de gases. Atualmente, apenas Curitiba possui o inventário - levantamento que contabiliza as emissões de diferentes fontes e setores para proposição de medidas de redução e adaptação de gases de efei-

to estufa, seja em âmbito privado ou público. Presidida pelo secretário do Meio Ambiente e Recursos Hídricos, Luiz Eduardo Cheida, a primeira reunião de 2013 do Fórum contou com representantes de 50 instituições como a Federação das Indústrias do Paraná (Fiep), Organização das Cooperativas do Paraná (Ocepar), Federação da Agricultura do Estado do Paraná (Faep), universidades, organizações não governamentais, empresas públicas e privadas. REGISTRO O secretário Cheida, informou ao Fórum que nos próximos dias assinará a resolução que lança o Registro Público Estadual de Emissões de Gases de Efeito Estufa. A ação faz parte

Intervenções do Banco Central não seguram câmbio e dólar fecha em alta de 0,56% Agência Brasil Brasília – As intervenções do Banco Central (BC), que ofertou dólares no mercado futuro, não conseguiram conter a alta da moeda norte-americana. O dólar comercial fechou nesta terça-feira (18) em R$ 2,1782 para venda, com alta de 0,56% e no maior nível desde 30 de abril de 2009. Esta foi a terceira sessão seguida em que a moeda norte-americana encerra em alta. A princípio, a cotação caiu com as atuações seguidas do Banco Central. Pela manhã, a autoridade monetária vendeu US$ 4,49 bilhões em leilões de swap cambial tradicional (que equivalem à venda de dólares no mercado futuro) depois que o dólar chegou a R$ 2,1832, na máxima do dia. Depois das operações do BC, o dólar chegou a cair a

R$ 2,1605, por volta das 13h20. No entanto, a cotação voltou a subir nas horas seguintes, até se aproximar de R$ 2,18 no fim da sessão. Mais cedo, o presidente do BC, Alexandre Tombini, disse que o Brasil está preparado para a alta do dólar. Segundo ele, o câmbio flutuante protege as reservas internacionais dos choques externos. Tombini ressaltou que as pressões sobre o dólar intensificou-se com a reunião do Federal Reserve (Fed), Banco Central norte-americano. Hoje, os diretores do Fed discutem se retiram os estímulos monetários que sustentaram os Estados Unidos nos últimos anos por causa da recuperação da economia do país. Com menos dólares em circulação, a moeda norte-americana fica mais cara em todo o planeta.

da Agenda Verde para o Paraná. “O objetivo do Registro é acompanhar os resultados e as medidas para redução dos gases de efeito estufa em diversos processos industriais. A participação das empresas, indústrias e de outros setores deve ser voluntária”, explicou o secretário Cheida. Durante a reunião foi criado um grupo de trabalho que vai discutir instrumentos econômicos e fiscais - previstos na Política Estadual de Mudanças Climáticas (Lei 17.133/2012) - para incentivar a adesão das indústrias ao Registro Público de Estadual de Emissões de GEE. De acordo com o coordenador de Mudanças Climáticas da Secretaria do Meio Ambiente, Carlos Garcez, a resolução vai pre-

ver, conforme permite a Lei Estadual, que todas as indústrias que aderirem voluntariamente ao Registro Público de Emissões possam ser beneficiadas com instrumentos financeiros. São três as ferramentas que serão discutidas em um primeiro momento pelo grupo de trabalho, entre elas a criação de um selo de reconhecimento público para as empresas que participarem no Registro e para as que comprovarem a redução de emissões ou a compensação dos gases emitidos. Também poderão ser definidos incentivos fiscais e financeiros para a adesão ao Registro Público de Emissões, especialmente para entidades privadas que, comprovada e voluntariamente, atenuarem suas emissões de gases de efeito estufa.

mai 0,00

jun 0,00

ano 0,00

12 m 0,02

POUPANÇA MENSAL % mar abr mai 0,50 0,50 0,50

jun 0,50

ano 3,04

12 m 6,20

ÍNDICES DIÁRIOS Período 21/5 a 21/6 22/5 a 22/6 23/5 a 23/6 24/5 a 24/6 25/5 a 25/6 26/5 a 26/6 27/5 a 27/6 28/5 a 28/6 29/5 a 29/6 30/5 a 30/6 31/5 a 1/7 1/6 a 1/7 2/6 a 2/7 3/6 a 3/7 4/6 a 4/7 5/6 a 5/7 6/6 a 6/7 7/6 a 7/7 8/6 a 8/7 9/6 a 9/7 10/6 a 10/7 11/6 a 11/7 12/6 a 12/7 13/6 a 13/7

TR 0,0000 0,0000 0,0000 0,0000 0,0000 0,0000 0,0000 0,0000 0,0000 0,0000 0,0000 0,0000 0,0000 0,0000 0,0000 0,0000 0,0000 0,0000 0,0000 0,0000 0,0000 0,0000 0,0000 0,0000

TBF 0,6011 0,6165 0,5815 0,5451 0,5499 0,5775 0,6104 0,5950 0,5782 0,5702 0,5885 0,5739 0,6027 0,6463 0,6365 0,6394 0,6170 0,5828 0,5640 0,5923 0,6306 0,6370 0,6493 0,6267

CONSTRUÇÃO em % mar abr CUB/PR 0,37 0,21 CUB (Maio/2013): R$ 1.087,41

mai 0,11

Poupança 0,4273 0,4273 0,4273 0,4273 0,4273 0,4273 0,4273 0,4273 0,4273 0,4273 0,4273 0,4551 0,4551 0,4551 0,4551 0,4551 0,4551 0,4551 0,4551 0,4551 0,4551 0,4551 0,4551 0,4551

ano 1,13

12 m 8,14

FAJ-TR / TR-FATOR

18/6 19/6 SELIC Mai/12 Jun/12 Jul/12 Ago/12 Set/12 Out/12 Nov/12

2,76809740 2,76809740

0,74% 0,64% 0,68% 0,69% 0,54% 0,61% 0,55%

0,01240190 0,01240190

Dez/12 Jan/13 Fev/13 Mar/13 Abr/13 Mai/13 * Jun/13

0,55% 0,60% 0,49% 0,55% 0,61% 0,60% 1,00%

* No mês corrente o valor da Selic é sempre 1,00% IR - MAIO * IR 2013: A terceira parcela do IR 2013 vence em 28/06. Para pagamento desta parcela há juros Selic de 1,60%. ** Para pagar atrasado um tributo cujo vencimento foi no mesmo mês, será cobrada a Selic do mês corrente (1,00%). Para atrasos que extrapolem o mês em curso, será cobrada taxa equivalente à soma da Selic dos meses em atraso, mais multa. PREVIDÊNCIA Competência: MAIO As empresas têm prazo para pagar até 20/6 e as pessoas físicas até 17/6. A partir desses prazos há multas de 4% a 100%, além de juros pela taxa Selic. EMPRESÁRIO/EMPREGADOR Contribui com 11% sobre o pró-labore, entre R$ 678,00 (R$ 74,58) e R$ 4.159,00 (457,49), através de GPS. AUTÔNOMO 1) Quem só recebe de pessoas físicas: recolhe por carnê 20% sobre os limites de R$ 678,00 (R$ 135,60) a R$ 4.159,00 (R$ 831,80). 2) Quem só recebe de pessoas jurídicas: a empresa recolhe 11% até o máx. de R$ 4.159,00 (R$ 457,49) e desconta do autônomo. 3) Quem recebe de jurídicas e físicas: têm desconto de 11% sobre o que recebe de jurídicas, até R$ 4.159,00 (R$ 457,49). Se não atingir este teto, recolhe 20%, via carnê, sobre a diferença até R$ 4.159,00. FACULTATIVO Contribui com 20% sobre qualquer valor entre R$ 678,00 (R$ 135,60) e R$ 4.159,00 (R$ 831,80), através de carnê.

Dólar “defasado” dificulta recuperação da indústria, diz CNI Agência Brasil Brasília – Mesmo com a alta do dólar nos últimos dias, o presidente da Confederação Nacional da Indústria (CNI), Robson Andrade, ressaltou que a cotação da moeda estrangeira está defasada e tem contribuído para a dificuldade de recuperação do setor. “O dólar defasado favorece importações, principalmente importações de produtos manufaturados”, disse Andrade, após participar ontem (18) de audiência pública na Comissão de Assuntos Econômicos, no Senado. Apesar de defender o preço do dólar em um patamar mais elevado, Robson Andrade disse que outros fatores são fundamentais para trazer mais competetividade ao setor industrial. “Não trabalhamos para a subida do dólar. Trabalhamos para a competitividade da indústria por infraestrutura, custo do trabalho, inovação, pela redução da carga tributária no Brasil que é extramente elecada”, explicou. Durante a audiência, a CNI apresentou aos senadores o Mapa Estratégico da Indústria 2013-2022, que estabelece metas e diretrizes para melhoria da indústria nacional e aumento da competitividade. O Banco Central (BC) tem feito várias intervenções no mercado de câmbio para conter a alta da moeda norte-americana. O governo também retirou o Imposto sobre Operações Financeiras (IOF) de 1% cobrado sobre a venda de moeda estrangeira no mercado futuro para aumentar a oferta e segurar a cotação.

ASSALARIADOS Salário Contribuição (R$) Até 1.247,70 De 1.247,71 até 2.079,50 De 2.079,51 até 4.159,00

Alíquota 8,00% 9,00% 11,00%

EMPREGADOS DOMÉSTICOS Empregado Empregador Total

Alíquota % 8 a 11 12 20 a 23

R$ mín 54,24 81,36 135,60

SALÁRIO FAMÍLIA – MAIO/2013 Salário de até R$ 646,55 Salário de R$ 646,56 a 971,78

R$ máx 457,49 499,08 956,57

R$ 33,16 R$ 23,36

OUTROS ÍNDICES BTN + TR TJLP Sal. Mínimo FGTS UPC

Mar 1,570040 5,00 678,00 0,2466 22,31

Abr 1,570040 5,00 678,00 0,2466 22,31

IR – TABELA DE JUNHO Desconto na fonte e carnê-leão Base (R$) Alíquota Até 1.710,78 isento 1.710,79 a 2.563,91 7,5% 2.563,92 até 3.418,59 15,0% 3.418,60 até 4.271,59 22,5% Acima de 4.271,59 27,5%

Mai 1,570040 5,00 678,00 0,2466 22,31

Jun 5,00 678,00 0,2466 22,31

Dedução – R$ 128,31 R$ 320,60 R$ 577,00 R$ 790,58

Deduções: a) Assalariados: 1) - R$ 171,97 por dependente; 2) - pensão alimentícia; 3) - contribuição à Prev. Social; 4) - R$ 1.710,78 por aposentado a partir de 65 anos; 5) - contribuições à previdência privada e aos Fapi pagas pelo contribuinte; b) Carnê Leão: itens de 1 a 3 mais as despesas escrituradas no livro-caixa.


8

| Quarta-feira, 19 de junho de 2013 |

Paisagens construídas por processos poéticos integram mostra no Museu da Fotografia

O Museu da Fotografia Cidade de Curitiba recebe nesta quarta-feira (19), a partir das 19h, a exposição coletiva Caixa D'Água, que reúne fotografias e vídeos dos artistas Fábio Noronha, Gabriele Gomes, Juliana Gisi e Cintia Ribas. O tema central da mostra é a paisagem, que obtém diferentes construções, influenciadas pela diversidade poética dos artistas. Na ocasião, será lançado o catálogo da exposição. A entrada é franca. Na linguagem visual de Caixa D'Água, as produções fotográficas são constituídas a partir de projeção de imagem com a utilização de pro-

jetor e retroprojetor. É uma técnica impregnada de procedimento poético, que usa elementos extraídos de imagens e impressos em livros, revistas, jornais, fotografias e figuras de propaganda, incorporadas de forma minuciosa, confundindo o artifício do recorte e sua transferência. Os artistas - Formada em Pintura e com especialização em Poéticas Visuais pela Escola de Música e Belas Artes do Paraná - Embap, Cintia Ribas participou de várias exposições, sendo que se dedica à pesquisa e a projetos em diversas linguagens das artes plásticas. Juliana Gisi, artista plás-

tica e doutora em Artes Visuais pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul, também é formada em Pintura pela Escola de Música e Belas Artes do Paraná - Embap, mesma instituição na qual realizou especialização em História da Arte do Século XX. Atuando como professora na Universidade Federal do Paraná, tem experimentos nas artes, principalmente em fotografia. Doutor em Poéticas Visuais pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul, o artista plástico Fábio Noronha é professor da Escola de Música e Belas Artes do Paraná, na qual se graduou em Pintura e es-

pecializou-se em História da Arte do Século XX. A curitibana Gabriele Gomes estuda Artes Plásticas no Istituto per l´Arte e il Restauro (Florença/Itália) e na Escola de Música e Belas Artes do Paraná - Embap. A artista integra mostras de arte contemporânea dentro e fora do país, das quais se destacam a 3ª Bienal de Artes Visuais do Mercosul (Santander Cultural, Porto Alegre/RS - 2001) e Arte Brasileño de Hoy (Sala de Armas da cidade de Pamplona Espanha). Em 1997, recebeu o Prêmio do Programa Abra/ Coca-Cola de Exposições (Paço das Artes - São Paulo/SP). Informações: (41) 3321-3260

Em show no Paiol, Trio Quintina revive os 15 anos de carreira

O Trio Quintina apresenta nesta quinta-feira (20), às 20h, no Teatro do Paiol, o Show de Carreira, que faz uma retrospectiva do trabalho desenvolvido pelo grupo curitibano desde a sua estreia, em 1998. No repertório estão músicas que marcaram a trajetória do trio, compostas pelos seus próprios integrantes: Gabriel Schwartz (flauta, sax, clarinete, percussão e voz), Gustavo Schwartz (guitarra, cavaquinho, percussão e voz) e Fabiano Silveira (violão de sete cordas e voz). As composições do Trio Quintina são inspiradas nos vários ritmos brasileiros, como o samba, baião, xote, choro, afoxé e frevo, sempre aliados às influências contemporâneas da música mundial. Os destaques são as canções Balão Azul gravada no primeiro CD A Caixinha Mágica (1998), Amiga do CD Balaio da Menina (2002), Belo Horizonte do CD Pára-dias de Chuva (2004) e Cuidado do CD Quintina Orquestra Trio (2009). Com cinco CDs gravados, o trio conquistou definitivamente o reconhecimento do público e a cena cultural curitibana. Levando sempre a música brasileira na bagagem, seja em composições próprias ou interpretando grandes compositores nacionais, o Trio Quintina percorreu em turnês itinerantes países da América Latina e da Europa, com apresentações na Espanha, França, Holanda, Suíça e Itália. SERVIÇO: Show de Carreira com o Trio Quintina. Local: Teatro do Paiol - Praça Guido Viaro, s/nº - Prado Velho. Data e horário: 20 de junho de 2013 (quinta-feira), às 20h. Ingressos: R$ 20 e R$ 10 (meia-entrada)


| Quarta-feira, 19 de junho de 2013 |

A Secretaria de Esporte e Lazer da Prefeitura Municipal de São José dos Pinhais, SEMEL, toda semana divulga a programação dos eventos esportivos e de lazer que são realizados ou apoiados pela Prefeitura. Confira os dias e horários dos eventos que serão realizados entre os dias 14 e 23 de junho. A SEMEL também informa que os agendamentos estão sujeitos a alterações, portanto os eventos podem ser confirmados nos telefones dos responsáveis. PROGRAMAÇÃO Evento: CAMPEONATO REGIONAL INFANTO DE VOLEI Data: 19/06 – (quarta-feira) Horário: 16h00 as 22h00 Local: Ginásio Ney Braga II Responsável: Alex/Esporte – 3381-5938 Evento: CAMPEONATO METROPOLITANO DE FUTSAL 2013 Data: 19/06 – (quarta-feira) Horários: 20h30 sub13: SJP/Semel x Coritiba Futsal/ Cancun 21h00 sub17: SJP/Semel x Coritiba Futsal/Cancun Local: Ginásio Ney Braga I Responsável: Éderson/Esporte – 3381-5927 Evento: ATIVIDADES COM O ÔNIBUS DO LAZER Data: 19/06 – (quarta-feira) Horário: 8h30 as 11h30 Local: CEMEI Julia Pallú Responsável: Ketryn/Re-

Divulgação/PMSJP

Semel divulga programação dos próximos dias

Eventos esportivos acontecem em São José dos Pinhais domingo (23)

creação – 3381-5924 Evento: ATIVIDADES COM O ÔNIBUS DO LAZER Data: 20/06 – (quinta-feira) Horário: 8h30 as 16h30 Local: Esc. Professor Pedro Constantino da Rocha Responsável: Ketryn/Recreação – 3381-5924 Evento: FESTA JUNINA PROGRAMA MATURIDADE ATIVA Data: 20/06 – (sexta-feira) Horário: 7h30 as 9h00 Local: Ginásio Ney Braga II Responsável: Ricardo/Recreação – 3381-5924 Evento: FESTIVAL DE BASQUETE ATLETA DO FUTURO Data: 22/06 – (sábado) Horário: 8h00 as 18h00 Local: Ginásio Ney Braga I Responsável: Adilson/Esporte – 3381-5927 Evento: FESTIVAL DE

MINI VOLEI ATLETA DO FUTURO Data: 22/06 – (sábado) Horário: 8h00 as 18h00 Local: Ginásio Ney Braga II Responsável: SEMEL/ SESI Evento: CAMPEONATO METROPOLITANO DE FUTSAL 2013 GS METAIS Data: 22/06 – (sábado) Horário: 19h00 as 22h30 Local: Ginásio São Marcos Responsável: Nivarlei/Esporte – 3283-5630 Evento: CAMPEONATO AMADOR DE FUTEBOL – JUNIORES 2013 Data: 22/06 – (sábado) Horários: 13h30: São Domingos x Sartori 15h30: Araguari x Leão Branco Local: Estádio Atílio Bortolotti Responsável: Cleber/Esporte – 3381-5928 Evento: CAMPEONATO AMADOR DE FUTEBOL –

JUNIORES 2013 Data: 22/06 – (sábado)) Horários: 13h30:Ypê x Atalanta 15h30: Nacional x Jardim Alegria Local: Estádio Moacir Tomelin Responsável: Cleber/Esporte – 3381-5928 Evento: TORNEIO ABERTO DE FUTSAL Data: 23/06 – (domingo) Horário: 8h00 as 17h00 Local: Ginásio Colônia Rio Grande Responsável: Paulo/Esporte – 3283-6590 Evento: CAMPEONATO AMADOR DE FUTEBOL – JUNIORES 2013 Data: 23/06 – (domingo) Horários: 9h00: Riacho Doce x Internacional 11h00: Parma x Clube do Lago Local: Estádio Moacir Tomelin Responsável: Cleber/Esporte – 3381-5928.

9

Região de Curitiba e Litoral ganham reforço no suprimento de energia Nova subestação transformadora de energia começou a ser instalada em São José dos Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba. A Subestação Curitiba Leste vai operar em extra-alta-tensão (525 e 230 mil volts) e reforçar o suprimento de eletricidade na RMC e litoral paranaense. Serão investidos R$ 106 milhões no empreendimento, que inclui linha de transmissão de 525 mil volts com 29,4 quilômetros de extensão, conectando a nova unidade à subestação Curitiba, da Eletrosul. As obras das linhas aguardam licença ambiental e preveem o seccionamento de duas linhas de 230 mil volts. A Subestação Curitiba Leste vai aumentar a disponibilidade de energia na RMC e municípios do litoral, que vêm crescendo em ritmo acelerado. “Maior oferta de energia significa maior atratividade para a instalação de grandes empresas na região, mais conforto para as famílias e menos riscos de desligamentos para os segmentos que dependem da energia elétrica para empreender ou prestar serviços de qualidade”, afirmou o governador Beto Richa. A entrada em operação do conjunto está prevista para maio de 2014. A obra será realizada pela Marumbi Transmissora de Energia S.A, empresa integrada pela Copel (majoritária, com 80% de participação) e pela Eletrosul (20%). Conectada a outras cinco subestações de grande porte, a Subestação Curitiba Leste tornará o sistema elétrico da região mais seguro e confiável, servindo como mais uma alternativa de desvio de fluxo de carga em caso de emergência e evitando o corte no fornecimento de energia para os consumidores.

Nova subestação transformadora de energia em São José dos Pinhais


10

| Quarta-feira, 19 de junho de 2013 |

Diga não à violência contra a pessoa idosa Em Pinhais, o Dia Mundial de Conscientização da Violência Contra a Pessoa Idosa, foi marcado por atividades que reforçam a importância da valorização dos idosos Dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), apontam que o Brasil tenha hoje cerca de 17, 6 milhões de idosos. Eles, assim como os demais cidadãos têm seus direitos resguardados pela Constituição Federal, e, ainda, no Estatuto do Idoso. Porém, infelizmente muitas dessas pessoas, após muitos anos de vida, enfrentam a violência. Por isso, o dia 15 de junho, é reservado para lutar contra esta realidade. Em Pinhais, o Dia Mundial de Conscientização da Violência Contra a Pessoa Idosa, foi marcado por atividades realizadas no Bosque Municipal, no centro da cidade. Para iniciar uma caminhada. Animação é o que não faltou, não importa a idade, mesmo que os passos sejam mais lentos - ou não, já que a maioria esbanja disposição e saúde -, o que importa sim, é a vontade de mostrar que ainda há muito para viver, há muito para fazer. Mesmo que já tenham feito tanto. O ponto de partida foi o Centro de Convivência do Idoso (CCI), local de encontro constante dessa galera. E até o Bosque, onde se concentraram as atividades do dia, canções, gritos de guerra: “viva a terceira idade”, “viva a vida”, “viva a alegria”. Dentre a programação, apresentações de taekwondo, conduzida pelo mestre Jean. Música gaúcha, com direito a traje típico completo, do chapéu à bombacha, com as duplas Otávio e Iris, Ana e Benedito. E as meninas vestidas de verde e roxo, sentadas lado a lado, além do figurino, combinavam movimentos e gestos, que davam conta de uma coreografia que pode ser resumida em uma pequena frase: “que graciosidade”. O músico e usuário do CCI, Luis Carlos, deu o tom no violão para uma canção que muito tem a ver com o dilema de muitos idosos. Que acompanhada por um coral uníssono, fez emocionar. “Couro de boi”, de Tonico e Tinoco, traz em sua letra: “Conheço um velho ditado, que é do tempo dos agaís. Diz que um pai trata dez filhos, dez filhos não trata um pai”. E essa é uma realidade vivida por muitos deles, já que o abandono é um dos problemas enfrentados. Motivos para ser feliz Mas dentre este triste ce-

nário, existem as alternativas para escapar e buscar a alegria na companhia de pessoas que compartilham das mesmas necessidades. Realidades próximas, por conta da idade, dos filhos que, muitas vezes, já crescidos e com suas vidas, acabam afastando-se dos pais. Em Pinhais, o Centro de Convivência do Idoso (CCI), é onde se constroem e fortalecem amizades, vínculos fortes. Também é palco de festa - leiase, muita festa - onde a tristeza e tempo ruim, não tem vez. Frequentadora assídua do CCI, há três anos, Ingrid Heckmann, de 72 anos, faz jus aos elogios e mostra toda uma alegria de viver, de sorriso fácil, fala: “Para nós é muito bom, estarmos reunidos mais uma vez”. E o mais importante de tudo: “Me sinto jovem novamente”. Mas ela reconhece que os problemas existem e a causa é justa. “Precisamos lutar contra todas as coisas ruins que acontecem com os idosos, é importante mostrar que temos direitos”. E nesse sentido afirma. “O trabalho realizado no CCI é nota mil”. O prefeito Luizão Goulart, presente no evento, agradeceu a participação e empenho de todos, em especial das Secretarias de Assistência Social e de Saúde, envolvidos na iniciativa, que visa principalmente a valorização da pessoa idosa. Exaltou o trabalho realizado em Pinhais, de atenção aos idosos, que dentre outros serviços, concentra atividades voltadas ao público, no CCI. “Muitos idosos sofrem violência, abandono, mas neste local, encontram amparo, amizades, momentos de descontração, de alegria, sentem-se mais jovens e saudáveis”. Rosangela Santos, secretária de Assistência Social de Pinhais, destacou que é importante que essa mensagem seja levada para todas as famílias. “Precisamos cuidar de quem cuidou de nós. Tratar bem, quem dedicou uma vida inteira por nós”, declarou. Além de parabenizar a bonita festa realizada para conscientizar a população em relação ao assunto. Violência Dentre as formas de violência mais recorrentes sofridas pelos idosos, estão a física; a psicológica, com insultos, ameaças, chantagem, entre outros atos, que geram danos emocionais; econômica ou fi-

nanceira, que é a exploração imprópria e ilegal ou uso não consentido de recursos financeiros; negligência, recusa ou omissão de cuidados. Há também o abandono, quando da ausência da prestação de socorro dos familiares, responsáveis governamentais ou instituições. E ainda a violência sexual. Em tempo, entre as informações citadas acima, no informativo disponibilizado pela Secretaria Municipal de Saúde, consta um importante recado. De que toda a pessoa idosa, até que se prove o contrário, é competente para tomar decisões sobre sua vida, portanto, o respeito à sua autonomia precisa existir. Se faz necessário lembrar que, qualquer pessoa, seja o idoso violentado ou testemunhas, pode e deve denunciar. Estatuto do Idoso No artigo 2º, da Lei nº 10.741, do Estatuto do Idoso, está descrito que: “O idoso goza de todos os direitos fundamentais inerentes à pessoa humana, sem prejuízo da proteção integral de que trata esta Lei, assegurando-lhe, por lei ou por outros meios, todas as oportunidades e facilidades, para preservação de sua saúde física e mental e seu aperfeiçoamento moral, intelectual, espiritual e social, em condições de liberdade e dignidade”. Já no artigo 4º consta: “Nenhum idoso será objeto de qualquer tipo de negligência, discriminação, violência, crueldade ou opressão, e todo atentado aos seus direitos, por ação ou omissão, será punido na forma da lei”. Presença Além da ilustre presença dos usuários do CCI, do prefeito Luizão Goulart, da secretária de Assistência Social, Rosangela Santos, representando o Legislativo Municipal as vereadoras Cecilia Padovan, Marcia Ferreira e Rosa Maria. A Guarda Municipal de Pinhais também acompanhou a caminhada até o Bosque, garantido a segurança e organizando o trânsito, para a passagem dos participantes. Serviço O Centro de Convivência do Idoso (CCI) fica na rua Guilherme Weiss, 450, Vila Tarumã. Mais informações pelos telefones: 3912-5674 e 3912-5675. Vamos romper o silêncio. Para denunciar, disque 100 ou 0800410001.

Prefeitura conclui pavimento entre os bairros Jardim Cláudia e Alto Tarumã Mais uma importante obra de infraestrutura viária foi concluída pela Prefeitura de Pinhais neste mês. A rua Tanagra, que liga os bairros Alto Tarumã e Jardim Cláudia, agora está asfaltada, com meio-fio e sistema de drenagem e captação das águas das chuvas novinhos em folha. Ao todo, cerca de 500 metros de via ganharam pavimento – entre as ruas Belo Horizonte e Milton Anselmo da Silva – e agora deixam de ser um problema para representar mais uma etapa da grande transformação em curso na região. O serviço foi desenvolvido pela Secretaria de Obras Públicas e integra o calendário de intervenções desenvolvido ao longo do ano em vários pontos da cidade. Mais do que um progresso, o asfalto da rua Tanagra também representa um alívio para os moradores, que até então eram forçados a conviver com a poeira e a lama. Entregue, a via também ajudará na circulação de veículos e pedestres na região, desafogando o tráfego da avenida Jacob Macanhan, que divide seis bairros do município.

Para o comerciante Antônio Nascimento, que mora e trabalha próximo à rua Tanagra, a conclusão do asfalto da via é a promessa de um novo começo. “Sempre estivemos aqui, mas é como se não existíssemos”, lembra. “Há muitos anos esperamos obras como essa e tantas outras que agora chegaram ao bairro, e, vendo como as coisas estão se transformando, conseguimos realmente acreditar em um futuro melhor”. Segundo o Prefeito de Pinhais, Luizão Goulart, mais que simples rotina ou uma fase do plano de melhorias estruturais da cidade, a entrega é um orgulho. “Asfaltar uma rua é entrar na casa das pessoas e oferecer uma nova realidade, outras condições de vida. É mais que aplicar pavimento”, enfatiza. “É isso que nos move, mesmo com algumas dificuldades, a trabalhar com afinco para cumprir o nosso papel e criar condições para que os habitantes de Pinhais estejam cada vez mais satisfeitos e, com isso, sejam ainda mais felizes”, conclui.


| Quarta-feira, 19 de junho de 2013 |

11

LAPA

PIRAQUARA

Secretaria Municipal de Cultura e Esporte inaugura novo espaço

Passeio ciclístico marca comemoração do aniversário da cidade

Local está preparado para receber alunos e alunas, com espelhos, barras e equipamentos como colchonetes, camas elásticas, step e pesos

Aconteceu na manhã do domingo (16), o Passeio Ciclístico em celebração ao aniversário do município da Lapa, na Região Metropolitana de Curitiba. O evento teve a concentração na Alameda David Carneiro, no centro da cidade, e reuniu cerca de 120 ciclistas, que mesmo com o tempo fechado pedalaram pelas principais ruas do município. “A ideia do passeio ciclístico é incentivar o uso da bicicleta como meio de transporte urbano sustentável, visando à inclusão social e ao cuidado com a saúde dos lapeanos”, conta o diretor de Esportes da Lapa, Marcos Boczkoski Junior. Durante o passeio ainda foram sorteados diversos brindes e duas bicicletas entre os participantes. As ganhadoras das bicicletas foram Neidi Metz e Emanuele Saboia. O Departamento de Esportes agradece as empresas Jeca Bikes, Seara, Gástem e a Profit Studio, que ajudaram na realização do evento.

Divulgação/PML

Bruno Oliveira/PMP

No último sábado (15) a Secretaria de Cultura e Esporte de Piraquara inaugurou um novo espaço, uma sala especial para as aulas de ginástica. O local está preparado para receber os alunos e alunas, com espelhos, barras e equipamentos como colchonetes, camas elásticas, step e pesos. Na oportunidade, os presentes puderam ter dicas de nutrição, estética e suplementos alimentares com profissionais especializados. Segundo o secretário de Cultura e

Esporte, Pedro Alcindo Zaro, “o espaço deve incentivar os alunos a continuarem a se movimentar, pois é uma nova estrutura para a prática de atividades físicas”. A sala fica na nova sede da Secretaria, na Avenida Getúlio Vargas, 535. O vereador Ernani Winter esteve presente na inauguração. A Secretaria oferece, além da ginástica, aulas de Hap ki do, Jiu-jitsu, Capoeira, Muay-thai, Tae kwon do, futebol, vôlei e futsal. Mais informações pelo telefone 3673-8714.

ALMIRANTE TAMANDARÉ

A Conferência Nacional da Educação (Conae) é realizada em cinco etapas: municipal, intermunicipal, regional, estadual e nacional. Na última sexta-feira (14), em Rio Branco do Sul, foi realizada a fase intermunicipal da Conferência. Participaram os representantes de quatro municípios da área metropolitana norte: Almirante Tamandaré, Campo Magro, Itaperuçu e Rio Branco do Sul. Cada município levou para a fase intermunicipal as questões debatidas na fase municipal. Em Almirante Tamandaré, estas discussões foram realizadas nas unidades de ensino, dia 11 de maio e contaram com a participação de mais de 700 pessoas. Todos os municípios desenvolvem a conferência seguindo os sete eixos temáticos: 1) O PNE e o Sistema Nacional de Educação: organização e regulação; 2) Educação e Diversidade: Justiça Social, Inclusão e Direitos Humanos; 3) Educação, Trabalho e Desenvolvimento Sustentável: Cultura, Ciência, Tecnologia, Saúde e Meio Ambiente; 4) Qualidade da Educação: Democratização do Acesso, Permanência, Avaliação, Condições de Participação e Aprendizagem; 5) Gestão Democrática, Participação Popular e Controle Social; 6) Valorização dos Profissionais da Educação: Formação, Remuneração, Carreira e Condições de Trabalho; 7) Financiamento da Educação, Gestão, Transparência e Controle Social dos Recursos. Cada eixo temático tem uma pequena introdução que

Divulgação/PMAT

Município participa da fase intermunicipal da Conae

Prefeito Aldnei Siqueira participou da Conferência Nacional da Educação

situa a problemática do eixo e, em seguida, um elenco de propostas para discussão, com indicação do ente federado a quem cabe a iniciativa de encaminhar os processos necessários para viabilizar a realização de cada proposta. Seguindo este encaminhamento, as propostas definidas na fase municipal foram levadas à fase intermunicipal, bem como as propostas da intermunicipal serão discutidas na fase regional. Até se chegar as definições que serão apresentadas na fase nacional, que acontecerá em fevereiro do próximo ano. CONAE A Conferência é um espaço democrático de debate, proposição e acompanhamento da política educacio-

nal brasileira. A realização das fases visa contribuir para o desenvolvimento da Educação Nacional, a partir da garantia de ampla participação e envolvimento social. Com o apoio do poder público, as Conferências da Educação vem se consolidando como instrumentos de gestão educacional desde 2008, quando ocorreu a Conferência Nacional de Educação Básica (Coneb). Desde então, as Conferências são organizadas de modo a incluir questões fundamentais relativas a todos os níveis e modalidades da educação escolar. Para tanto, os debates e proposições são realizadas em diferentes espaços sociais, políticos e institucionais. Integram os trabalhos os segmentos da educação e os setores ligados à esfera educacional, por meio

de seus órgãos de representação. PRESENTES Compuseram a mesa na solenidade de abertura as seguintes autoridades: o chefe do núcleo regional de Educação área norte, Sergio Ferraz; Marlei Fernandes, presidente da APP Sindicato; os prefeitos Aldnei Siqueira (Almirante Tamandaré), Louvanir Menegusso (Campo Magro) e Neneu Artigas (Itaperuçu); os secretários de Educação Amauri Johnsson, que na ocasião representou o prefeito do município Rio Branco do Sul, Gibran Jhonsson, professor Zeca Schilinting (Almirante Tamandaré), Jefinho Gonçalves (Itaperucu) e Ivone Cecília (Campo Magro). Durante o dia, participaram das atividades representantes dos quatro municípios.

Evento ganhou a adesão de gente de todas as idades no último domingo

ARTIGO

*Padre Reginaldo Manzotti

O oitavo dos Dez Mandamentos da Lei de Deus (parte II) Continuando o artigo sobre o oitavo Mandamento, “Não levantarás falso testemunho contra teu próximo” (Ex 20, 16), no Catecismo da Igreja Católica diz: “Um falso testemunho, um perjúrio, acontece quando é emitida publicamente uma palavra contrária à verdade. Isso tem uma gravidade particular. Diante de um tribunal, torna-se um falso testemunho. Quando está sob juramento, trata-se de perjúrio.” (CIC 2476) O juízo temerário também é um atentado a este mandamento e precisamos combatê-lo. Quando tomamos como verdade algo sem fundamento suficiente e não temos consistência, ou seja, não sabemos se realmente é e assumimos como verdadeiro, sem sustentação, acabamos fazemos juízo temerário da pessoa. Isso é algo extremamente negativo, porque destruímos a imagem de alguém a partir de um juízo não fundamentado. Devemos sempre lutar contra esse julgamento apressado. Também precisamos tomar cuidado, procurando investigar, se for importante, e cuidar na interpretação daquilo que nos contam, filtrando sempre as informações que nos passam. A maledicência também está envolvida neste processo, quando alguém, sem uma razão objetivamente válida, fala do defeito do outro, por exemplo, para outra pessoa. Se, por acaso, sabemos algo de alguém e nos dispomos a contar para os outros, sem motivo, isso é maledicência. Já a calúnia ultrapassa a maledicência, distorce a verdade e prejudica a reputação de uma pessoa. A ironia também. Ela deprecia. Uma pessoa irônica contribui para desmerecer o próximo. A ironia não é uma virtude. Mas a gravidade de uma mentira pode levar ao pecado mortal. Ou seja, a mentira é um pecado venial e se torna mortal quanto fere gravemente a virtude da justiça e da caridade. A Igreja pede que a verdade seja vivida principalmente no exercício da autoridade, dos políticos. Ela é muito direta no exercício da autoridade civil: a verdade tem que levar ao bem comum. A Igreja também coloca esta questão para todos aqueles que trabalham nos meios de comunicação: o dever de buscar a verdade e que ela seja passada de tal forma que forme uma consciência crítica. Busque a veracidade dos fatos. Busque a justiça e a verdade na política, na organização, na comunicação, na imprensa. Busque a verdade que forme o povo de Deus, em bases sociais, lembrando que toda a falta cometida contra verdade exige reparação do autor da mentira e quando se torna impossível reparar um erro publicamente, deve pelo menos fazê-lo secretamente. A caridade e o respeito à verdade devem ditar a resposta a todo pedido de informação ou de comunicação. O bem e a segurança do outro e o respeito à vida privada são razões suficientes para se calar aquilo que não deve ser conhecido. O dever de evitar o escândalo impõe, muitas vezes, uma estrita descrição. Ninguém é obrigado a revelar a verdade aquém não tem o direito de conhecê-la. Cito o texto bíblico: “Uma disputa entre orgulhosos faz correr sangue; suas injúrias fazem sofrer os ouvidos” (Eclo 27, 16). Uma linguagem cheia de blasfêmias é horripilante e sua grosseria fará com que não se queiram ouvi-la. Cada um deve manter a justa reserva da vida privada das pessoas. Toda a pessoa tem o direito da justiça e da caridade, de ter uma boa reputação. Foto Divulgação/Evangelizar

Equipe de profissionais e convidados durante inauguração do novo espaço

Padre Reginaldo Manzotti é coordenador da Associação Evangelizar é Preciso – obra que objetiva a evangelização pelos meios de comunicação – e pároco reitor do Santuário Nossa Senhora de Guadalupe, em Curitiba (PR). Apresenta diariamente programas de rádio e TV que são retransmitidos e exibidos por milhares de emissoras do país e exterior. Site: www.padrereginaldomanzotti.org.br.


12

PUBLICAÇÕES LEGAIS / NACIONAL

| Quarta-feira, 19 de junho de 2013 |

Remédio para osteoporose Rezar é a única pode ajudar a combater alternativa quando câncer de mama asteroides estiverem próximos a Terra, diz diretor da Nasa Nos últimos anos e principalmente meses, um assunto vem assustando a população mundial: os objetos que circulam no espaço. De acordo com o diretor da Agência Espacial Americana (Nasa), Charles Bolden, quando um asteroide estiver a caminho da Terra só há uma alternativa: rezar. Bolden disse aos legisladores na Câmara dos Representantes dos Estados Unidos que rezar é o que podemos fazer quando asteroides ou meteoros desconhecidos estiverem em rota de colisão com o nosso planeta. Tal explanação veio junto a um pedido da Nasa para que o governo americano financie programas para detectar e desviar objetos que estejam próximos da Terra. Apesar de já muito discutido anteriormente, as ameaças do espaço só se tornaram mais agravantes após a queda de um meteorito na Rússia no dia 15 de fevereiro, que deixou muitas pessoas feridas além de estragos materiais. Os políticos, preocupados com os fenômenos, convidaram o diretor da

Nasa para falar sobre o programa espacial e também sobre métodos de prevenção contra objetos vindo do céu. Os legisladores acabaram não gostando muito do que foi ouviram, porém, deputados governistas e da oposição se mostraram bastante receptivos a ideia de injetar mais recursos para tentar evitar tragédias. Vale lembrar que a Nasa, atualmente, consegue detectar cerca de 95% dos grandes asteroides que passam perto do nosso planeta, isto é, somente aqueles que possuem diâmetro igual ou superior a 1 Km. Diferentemente dos asteroides pequenos, aqueles que apresentam apenas 50 metros de diâmetro, ao qual somente 10% foram detectados. Os asteroides que possuem potencial para destruir a Terra, em média, atingem a Terra a cada 1000 anos. "Pelas informações de que dispomos, não sabemos quando um asteroide ameaça a população dos EUA", afirmou John Holdren. "Mas se acontecer nas próximas semanas, rezem", aconselhou.

Estudo afirma que dinossauros foram extintos antes do imaginado De acordo com um estudo realizado nos Estados Unidos, os dinossauros foram extintos cerca de 33 mil anos após um asteroide ter atingido a Terra. Assim sendo, a tese derruba a teoria de que os animais teriam sumido quase dez vezes mais cedo que a atual constatação. Conforme a publicação na revista científica “Science”, o asteroide pode não ter sido a única causa da extinção dos dinossauros. De acordo com o geólogo Paul Renne, que liderou a pesquisa na Universidade da Califórnia, em Berkeley, naquela época os ecossistemas já estavam em uma fase de deterioração, tudo isso em decorrência de uma grande erupção vulcânica que ocorreu na Índia. O pesquisador diz que o clima do nosso planeta deveria estar em um “ponto de inflexão”, ou seja, um desvio, quando o imenso asteroide se chocou com a Terra e assim, acabou provocando temperaturas muito baixas que acabaram com a vida dos dinossauros. O asteroide que teria contribuído para a extinção dos dinossauros teria caído no local onde está situada a Península de Yucatán, no Mé-

xico. Estudos anteriores ditavam que teria levado aproximadamente 300 mil anos entre a chegada do asteroide e a extinção dos gigantes animais. Porém, o novo estudo, que é totalmente baseado em técnicas de radiométrica de alta precisão, indica que o fato tenha acontecido em um tempo bem menor. Teorias sobre a extinção dos dinossauros sempre existiram, alguns cientistas acreditam, inclusive, que os répteis tenham desaparecido antes mesmo da queda do asteroide. Confiantes na sua teoria, Renne e seus colegas reexaminaram tanto a data da extinção dos dinossauros quanto a formação da cratera e assim, descobriram que os eventos aconteceram em uma janela de tempo muito menor do que era espero, ou ao menos, do que se acreditava. "Os dados anteriores diziam que eles (a extinção dos animais e a cratera) eram diferentes em idade, que diferiam em cerca de 180 mil anos e que a extinção aconteceu antes do impacto, o que impediria totalmente que existisse uma relação causal", afirmou Renne, que estuda as ligações entre extinções em massa e vulcanismo.

SÚMULA DE RECEBIMENTO DE LICENÇA DE OPERAÇÃO QUIMITEC QUÍMICA INDUSTRIAL LTDA torna público que recebeu do IAP, a Licença de Operação nº 7644 para, Indústria e Comércio de Produtos Químicos para Tratamento de Águas e Assistência Técnica, situada a Rua Porecatu, 335, Pinhais/PR com validade 06/07/2013.

SÚMULA DE RECEBIMENTO DE LICENÇA DE OPERAÇÃO FRANCISLAINE APARECIDA LARA PEREIRA ME torna público que recebeu do IAP a renovação da Licença de Operação nº 17950 para Beneficiamento Têxtil, situada a Rua Severino Massignan, 651-Pinhais/ PR com validade: 17/02/2013.

Um remédio aprovado na Europa para ser usado no tratamento de osteoporose pode impedir o crescimento de células que causam câncer de mama, afirma um estudo realizado pelo Instituto Duke de Câncer, localizado na Carolina do Norte, nos EUA. O medicamento bazedoxifeno teve resposta positiva mesmo em casos de tumores que já não respondem aos tratamentos tradicionais, segundo a pesquisa. Em análises de laboratório feitas em células cultivadas e em animais, o remédio inibiu o crescimento das células cancerígenas que dependem do hormônio estrogênio, inclusive aquelas que já haviam desenvolvido resistência a outros remédios usados contra o câncer de mama, como o tamoxifeno e os inibidores de aromatase.

Atualmente, pacientes que já não respondem ao tratamento com os dois remédios são submetidas à quimioterapia, que costuma provocar fortes efeitos colaterais, afirmam os cientistas. “Descobrimos que o bazedoxifeno se associa ao receptor de estrogênio e interfere em sua atividade. Mas o surpreendente é que percebemos que ele também degrada o receptor, eliminando-o”, disse o pesquisador Donald McDonnell, do Instituto Duke, durante o encontro anual da Sociedade de Endocrinologia dos EUA, realizado no sábado (15). Para chegar ao resultado, os pesquisadores usaram diversos tipos de células de câncer de mama, inclusive as que já não respondiam ao Lapatinib, medicamento usado em algumas pacientes com tumores avançados.

SÚMULA DE PEDIDO DE LICENÇA AMBIENTAL A Terra Mater Participações e Empreendimentos Ltda., torna público que requereu ao Instituto Ambiental do Paraná – IAP, Licença Ambiental de Operação para implantação do empreendimento de extração mineral de Caulim e Areia, na localidade denominada Contenda, Município de Tijucas do Sul, Estado do Paraná, com referência ao processo DNPM nº.: 802.684/ 1977.

SÚMULA DE PEDIDO DE LICENÇA AMBIENTAL A Terra Mater Participações e Empreendimentos Ltda., torna público que requereu ao Instituto Ambiental do Paraná – IAP, Licença Ambiental de Operação para implantação do empreendimento de extração mineral de Caulim, Argila e Areia, na localidade denominada Ambrósio, Município de Tijucas do Sul, Estado do Paraná, com referência ao processo DNPM nº.: 826.662/1996 e 826.592/2010.

SÚMULA DE RECEBIMENTO DE LICENÇA AMBIENTAL A Terra Mater Participações e Empreendimentos Ltda., torna público que recebeu ao Instituto Ambiental do Paraná – IAP, Licença Ambiental de Instalação nº 16796, valida até 13/05/2014, para implantação do empreendimento de extração de areia e caulim, na localidade denominada Contenda, Município de Tijucas do Sul, Estado do Paraná, com referência ao processo DNPM nº.: 802.684/1977.

SÚMULA DE RECEBIMENTO DE LICENÇA AMBIENTAL A Terra Mater Participações e Empreendimentos Ltda., torna público que recebeu ao Instituto Ambiental do Paraná – IAP, Licença Ambiental de Instalação nº 16830, valida até 16/05/2017, para implantação do empreendimento de extração de areia, argila e caulim, na localidade denominada Ambrósio, Município de Tijucas do Sul, Estado do Paraná, com referência ao processo DNPM nº.: 826.662/96 e 826.592/10.

SUMULA DE RECEBIMENTO DE LICENÇA DE OPERAÇÃO Brasmeincol Metalúrgica Industrial Colombo Ltda, torna público que recebeu do IAP,Licença de Operação de Indústria e Comércio de Perfilados de Aço, Chapas, Montagem de Artefatos de Aço, implantado na Rua Olimpio Cardoso, 414, Parque Industrial Guaraituba I, Colombo, Paraná, nº 18455, validade 06/06/2017.

ERRATA A empresa ASSOCIAÇÃO FEMININA DE PROTEÇÃO À MATERNIDADE E A INFÂNCIA DE CURITIBA inscrita no CNPJ nº 76.626.993/0001-73 vem retificar o BALANÇO PATRIMONIAL publicado na data de 29/04/2013. Onde se lê: BALANÇO PATRIMONIAL ENCERRADO EM 31 DE DEZEMBRO DE 2011 Leia-se: BALANÇO PATRIMONIAL ENCERRADO EM 31 DE DEZEMBRO DE 2012

EDITAL DE PROCLAMAS CARTÓRIO DISTRITAL DE SÃO CASEMIRO DO TABOÃO. Rua Mateus Leme nº 1425 Centro Cívico – CEP: 80.530-010 - Fone: (41) 3352-3212 Fax: (41) 3352-3222 – CURITIBA –PR. Faço saber que pretendem casar-se os contraentes: MARIO GEFFER e DILMA GONÇALVES DE BONFIM THEODORO AUGUSTO DE CARVALHO DE MATTOS e MANOELA MENEGHINI HAENSCH EDSON LUIZ KAVIATKOSKI e LUCIANE MARIA FABRI ERICK FERNANDES MASTECK e ANA PAULA DE ANDRADE RAPHAEL ALVES DE AGUIAR e CYNTHIA IZUMI AKIMURA ANTUNES JACOB e VERIDIANA HIPÓLITO DE SOUZA LUÍS GUSTAVO CORAIOLA e THAÍSE FORMIGARI FONTANA RUBENS WILLIAN FIUZA DE TOLEDO e LUCIANA DE OLIVEIRA DIEMEIER Sabendo alguém de qualquer impedimento, oponha-o na forma da Lei. Curitiba, 18 de junho de 2013. JOSÉ MARCELO LUCAS DE OLIVEIRA Oficial

EDITAL DE PROCLAMAS JUÍZO DE DIREITO DA 18ª (DÉCIMA OITAVA) VARA CIVEL DO FORO CENTRAL DA COMARCA DA REGIÃO METROPOLITANA DE CURITIBA, CAPITAL DO ESTADO DO PARANÁ. EDITAL DE INTIMAÇÃO DO EXECUTADO MC CONSTRUÇÕES CIVIS LTDA (CPF/CNPJ n.º 79.125.704/0001-40), na pessoa de seu representante legal - PRAZO: QUARENTA (60) DIAS. PARA os fins do que trata o art. 475 –J , CPC. Processo: 0009764-35.2013.8.16.0001. Classe Processual: Cumprimento de Sentença. Assunto Principal: Despesas Condominiais.Valor da Causa: R$ 38.835,74. Exequente: Condomínio do Conjunto Residencial Bella Vista (CPF/CNPJ 73.911.737/0001-30, representado por ESTER MARTINS (RG 47419158- SSP/PR E CPF/CNPJ: NÃO CADASTRADO) Rua Senador Acioli filho, 159 – Cidade Industrial – Curitiba – Pr- CEP: 81 310-000. Executado: MC Construções Civis Ltda (CPF/CNPJ n.º 79.125.704/0001-40). Av. Arquiteto Nildo Ribeiro da Rocha, 2.469 – Vila Emilia – Maringá – PR. FAZ SABER a todos quantos virem o presente ou dele conhecimento tiverem, que perante este Juízo e Cartório da 18ª Vara Cível, tramitam os autos da ação acima, ficando a parte executada MC CONSTRUÇÕES CIVIS LTDA –CPF/CNPJ 79.125.704-0001-40) na pessoa de seu representante legal, intimada para no prazo para publicação de 15 (quinze) dias, a contar da intimação deste despacho, na forma do disposto no art. 232, inc III, CPC, e de 40 (quarenta) dias para que se considere realizada a intimação (inciso IV, do mesmo dispositivo legal), “ que para querendo efetuar o pagamento das contribuições vencidas e inadimplidas nos meses de dezembro/2004 a novembro/2006, bem como aquelas que se venceram e não foram quitadas no curso da demanda (artigo 290 CPC), cujo valor atualizado é de R$ 46.948,36 (quarenta e seis mil novecentos e quarenta e oito reais e trinta e seis centavos). DESPACHO (seqüência 10.1) “ 1. Na hipótese de o cumprimento de sentença voltar-se contra o réu revel citado por edital, a incidência da multa de 10% (dez por cento) descrita no art. 475-J, CPC, entendo que exige prévia intimação do executado, na forma do disposto no art. 238, CPC. 2.Todavia, persistindo a circunstância que ensejou a citação editalícia do réu, também possível a respectiva intimação para o pagamento do valor devido pelo mesmo meio. 3.Assim, defiro a intimação da pessoa jurídica executada, por Edital, com prazo para publicação de 15 (quinze) dias, a contar da intimação deste despacho, na forma do disposto no art. 232, inc. III, CPC, e, de 40 (quarenta) dias para que se considere realizada a intimação (inciso IV, do mesmo dispositivo legal), para os fins de que trata o art. 475-J, CPC. Curitiba, 14 de maio de 2013 (as) Dr. José Eduardo de Mello Leitão Salmon, Juiz de Direito Substituto. Intime-se. Diligências). Curitiba, 13 de junho de 2013. Eu, (Luanda Aparecida Matheus da Silveira), Analista Judiciária,que o digitei e subscrevi. (a) JOSÉ EDUARDO DE MELLO LEITÃO SALMON.JUIZ DE DIREITO SUBSTITUTO.

CARTÓRIO DISTRITAL DE COLÔNIA MURICI JOSÉ JAVORSKI – OFICIAL Alameda Bom Pastor, 171 – Campina – São José dos Pinhais - PR Fone (41) 3283-4371 – Fone/Fax (41) 3383-0588

EDITAL DE PROCLAMAS Faço saber que pretendem se casar: EDMUNDO TRATCH com ALEXANDRA FERREIRA DOS SANTOS EDMUNDO DA COSTA PEVIDE JUNIOR com DERLIANE APARECIDADO NASCIMENTO FELIPE DA SILVA DOS SANTOS com JHENIFER AMANDA GARCIA CRISTIAN CEZAR DA SILVEIRA com ELIZIANE APARECIDA VIEIRA JEAN DE ARAUJO com FLAVIANE TAILINE VOSGERAU CARLOS ROBERTO LEITE com SILVIA CRISTINA MOREIRA DA SILVA Se alguém souber de algum impedimento, oponha-o na forma da Lei, no prazo de 15 (quinze) dias. São José dos Pinhais, 17 de junho de 2.013. JOSÉ JAVORSKI Oficial

TABELIONATO E REGISTRO CIVIL DE SANTA QUITÉRIA. Av. N. Sra. Aparecida, 305, loja 13, Seminário – CEP: 80.440-000. Tel: (41) 3342-7372 Fax: (41) 3343-2333 – CURITIBA -PR Faço saber que pretendem casar-se e apresentarem os documentos exigidos pelo artigo 1.525 do Código Civil Brasileiro: EMERSON CARNEIRO MEIRA FILHO e MYRIAM REGINA DE AZEVEDO WILLYAN OSTI FERNANDES e FERNANDA LOUIZE MONTEIRO BROCARDO Sabendo alguém de qualquer impedimento, oponha-o na forma da Lei, no prazo de quinze dias. O referido é verdade e dou fé. Curitiba, 18 de Junho de 2013. CID ROCHA JÚNIOR OFICIAL

EDITAL DE PROCLAMAS CARTÓRIO DISTRITAL DO BOQUEIRÃO RUA MAL. FLORIANO PEIXOTO, Nº 5636, HAUER, CEP: 81630-000. CURTIBA – PARANÁ Faz saber que pretendem se casar: BRUNO CARDOSO FERRARI e ALINE LEITE FLORIANI HALLAN HERMINIO COMIN e ANDRESSA MAIARA BOZZA KELVIN RAFAEL MARTINS FIGUEIRA e TAMILA MARA PINTO JORGE LUIZ MARTINS e TANIA CRISTINA IGNASZEWSKI GUILHERME TOSATO CHINELLI e JAQUELINE OTOBONI THEODORO EMERSON MELO e NILAYNE GODOY DA ROCHA JORGE PINHEIRO DOS SANTOS e CIMÔNIA ALVES PEREIRA CHRISTYAM ALCANTARA PAULO DA SILVA e KARIEN MATTOS DE SOUZA GEORGIA PRISCILA GASTALDI e TAINÁ GOMES MARCIANDRO MENDONÇA DA SILVA e ANA PAULA RIBEIRO TIAGO DOUGLAS GAI e ANDREIA NUNES BALIS MARCOS ANTONIO MISSAU e TATIANE CARVALHO DOS SANTOS CELSO MARQUES VIEIRA e CRISTIANA CASSIA DA SILVA Se alguém souber de algum impedimento, oponha-o na forma da lei e no prazo de quinze dias. Curitiba, 18 de junho de 2013. WALDOMIRO BAPTISTA NETO OFICIAL

JUIZO DE DIREITO DA DÉCIMA QUARTA VARA CIVEL - COMARCA DE CURITIBA – PR. EDITAL DE CITAÇÃO E INTIMAÇÃO DO DEVEDOR TECNAUT ENGENHARIA E INSTALAÇÕES INDUSTRIAIS LTDA ME, na pessoa de seu representante legal, por estarem em lugar incerto ou não sabido.CITANDO E INTIMANDO: Tecnaut Engenharia e Instalações Industriais Ltda Me, inscrito (a) no CNPJ sob nº 04.420.639/0001-87.Ação: Execução por titulo extrajudicial. Nº DOS AUTOS: 34032/2010. Nº UNIFICADO: 0034032-61.2010.8.16.0001. CREDOR: ENGESE ENGENHARIA LTDA. DEVEDOR: TECNAUT ENGENHARIA E INSTALAÇÕES INDUSTRIAIS LTDA ME. PRAZO: 20 (vinte) dias. OBJETIVO: para no prazo de 03 (três) dias, pagarem o valor da divida de R$ 27.142,84 (vinte e sete mil cento e quarenta e dois reais e oitenta e quatro centavos) a verba honorária, a incidir sobre o total do debito perseguido será de 10% (dez por cento) a qual será reduzida pela metade em caso de pagamento em 03 (três) dias e mais acréscimos legais. INTIMANDO-O para no prazo de 15 (quinze) dias oferecerem embargos querendo. E para que chegue ao conhecimento de todos mandou passar o presente edital que será fixado no local de costume e publicado na forma da lei. Dado e passado nesta Cidade de Curitiba, Capital do Estado Paraná aos trinta dias do mês de maio do ano de dois mil e treze. Eu (a) Edson Martins de Carvalho, Escrevente Juramentado, os subscrevi. (a) Cesar Ghizoni. Juiz de Direito.


| Quarta-feira, 19 de junho de 2013 |

13

Secretaria de Turismo faz Tecpar amplia atuação workshop para fomentar na certificação de setor em Quatro Barras produtos orgânicos Foto Divulgação/Câmara Municipal QB

Câmara Municipal de Quatro Barras sedia workshop na manhã de hoje

A Secretaria de Estado de Turismo, em parceria com a Fomento Paraná e a Prefeitura de Quatro Barras, na Região Metropolitana de Curitiba, realiza hoje (19), na Câmara Municipal daquele município, um workshop com o tema “Turismo e o crédito orientado”. Serão abordados temas como linhas de crédito e gestão de negócios em processos participativos e associativos, bem como a importância da formalização e cadastramento das atividades. O curso começa às 9h e terá palestras do secretário estadual de Turismo, Jackson Pitombo, do presidente da Fomento Paraná, Juraci Barbosa Sobrinho, e do prefeito Loreno Bernardo Tolardo. Os participantes poderão consul-

tar técnicos das instituições promotoras. Pitombo explicou que o principal objetivo é aproximar dirigentes públicos e privados envolvidos no desenvolvimento do Setor Turístico. “O workshop é excelente oportunidade para esclarecermos dúvidas, proporcionarmos orientações e identificarmos oportunidades de investimentos e melhoria do segmento”, concluiu Pitombo. Outras edições acontecerão neste ano. Estão programadas para dia 30 de agosto, em Paranaguá, e 7 de novembro, em Foz do Iguaçu. Existe também a possibilidade de workshops em outros municípios, por meio de parcerias. Para isso basta entrar em contato com a Fomento Paraná e Secretaria de Turismo do

Paraná pelos telefones (41) 3883-7017 e (41) 3313-3541. PROJETO A primeira etapa do projeto, realizada no ano passado, contou com dois seminários, realizados em Foz do Iguaçu e em Paranaguá, e com a participação da Secretaria de Turismo do Paraná, em “Seminários de créditos”, coordenados pelo Sebrae, BNDES e Federação das Indústrias do Estado do Paraná (Fiep), e também participação de instituições financeiras privadas. PROGRAMAÇÃO Data: 19/06/13 - quarta-feira Horário: 9h às 17h Local: Câmara Municipal Endereço: Rua 25 de janeiro, 448 – Centro – Quatro Barras/PR

Para atender o programa paranaense de certificação de produtos orgânicos, o Tecpar Cert - a unidade certificadora do Instituto de Tecnologia do Paraná - vai promover, de 24 a 28 de junho, um curso para 20 bolsistas que atuam nos núcleos de agroecologia das instituições parceiras espalhadas em todas as regiões do Estado. Eles serão capacitados para auxiliar os produtores a se adequarem à regulamentação da certificação de produtos orgânicos. Numa segunda etapa, vão atuar também como auditores nos demais núcleos. O Tecpar é atualmente o maior certificador de produtos orgânicos no Paraná, atuando também em outros estados e países por meio de parcerias. A Tecpar Cert tem seu principal foco no fomento à agricultura familiar, coordenando o Programa Paranaense de Certificação de Produtos Orgânicos. O Paraná tem 100 mil pequenos produtores, segundo dados do Ministério do Desenvolvimento Agrário. Destes, cerca de 6,5 mil produzem orgânicos, conforme levantamento do IBGE Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. "Queremos apoiar e ampliar esse segmento, o que exige mais trabalho e recursos", diz o gerente de certificação de produtos e coordenador do Pograma de Orgânicos, Fábio Corrales. Contando com a parceria das universidades estaduais, da Universidade Federal Tecnológica do Paraná (UTFPR) de Pato Branco e do Centro Paranaense de Referência em Agroecologia, o programa, financiado pela Secretaria da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, subsidia a certificação das propriedades, compulsória conforme prevê regulamentação publicada pelo Ministério da Agricultura em outubro de 2011. O curso terá duração de 40 horas e será ministrado pela empresa Academia Tecnológica de Sistemas de Gestão, na sede do Tecpar. Mais dois cursos estão previstos para o ano que vem. A meta é chegar a 60 profissionais, explica Corrales. "No início, o programa previa atender até 400 famílias, mas percebemos que a demanda é muito maior e

podemos chegar a mil famílias, dependendo dos recursos que tivermos", diz ele. SELO OBRIGATÓRIO Com a publicação da Instrução Normativa n° 46 pelo Ministério da Agricultura, qualquer produto dito orgânico, para entrar no país, precisa ser certificado de acordo com essa regulamentação, desde a matéria-prima até o produto final e ostentar o selo "Orgânico Brasil". A unidade de certificação do Tecpar, criada em 1997, foi o primeiro organismo credenciado junto ao ministério, em 2011, no âmbito do Sistema Brasileiro de Avaliação da Conformidade Orgânica. Atualmente, o instituto certifica alguns dos mais importantes vinhedos e vinhos orgânicos do Chile para entrada no Brasil. São vinhos das uvas Cabernet, Carmenere, Pinot noir, Chardonnay e Sauvignon Blanc, que só podem ser comercializados como orgânicos em território nacional se ostentarem o selo do Ministério da Agricultura (Orgânico Brasil). Além dos vinhos, o Tecpar Cert também está certificando a quinoa e a kiwicha (amaranto, planta sagrada dos incas e tida como o produto vegetal mais completo em termos de nutrição) produzidas no Peru e comercializadas no mercado brasileiro. No Brasil, o Tecpar certifica o café produzido por cooperativas e por grandes produtores de Minas Gerais e, ainda, as castanhas do Brasil produzidas pela empresa Econut, em Itacoatiara, no Amazonas, entre outros produtos. No Paraná, o instituto certifica a produção orgânica da avícola Gralha Azul, em Francisco Beltrão, e as hortaliças produzidas pela Chácara Sabores da Natureza, em Colombo. Ambos fornecem para as grandes redes de supermercados no Estado. A certificação basicamente dos pequenos produtores paranaenses é feita basicamente em produtos da olericultura, grãos, adubos, melado de cana-de-açúcar, açúcar mascavo, geleias, picles, conservas, temperos, chás e condimentos.


14

| Quarta-feira, 19 de junho de 2013 |

ARTIGO

A dignidade à flor da pele

Adelino Venturi “Desculpe o transtorno. Estamos mudando o país”. Com este extraordinário recado, a juventude brasileira justificou o grande espetáculo da democracia e da cidadania, que os brasileiros aplaudem cheios de emoção. Se antes havia o temor de uma geração de jovens apática e desinteressada pela nação, esse temor se dilui e se transforma em atitude elevada, politicamente correta, como gostam de afirmar os ideológicos, uma verdadeira atitude cidadã; que relembra as Diretas-Já e o Fora Collor. Os 20 centavos que serviram de tema no lançamento do movimento “Passe Livre”, em São Paulo, transformaram-se em milhões, bilhões de méritos pelo repúdio a um status bilhardário na construção de estádios, ou arenas, incompatíveis com a realidade crítica e, em alguns lugares nos grotões caótica, das políticas sociais, principalmente saúde e educação. Nada mais salutar do que compartilhar este momento de civismo e cidadania. É salutar destacar algumas opiniões e momentos deste evento pelas fantásticas redes sociais.

Começamos pela indignação de um ilustre homem público, o ministro Joaquim Barbosa, presidente do Supremo Tribunal Federal (STF):”Somos o único caso de democracia no mundo em que condenados por corrupção legislam contra os juízes que os condenaram. Somos o único caso de democracia no mundo em que as decisões do Supremo Tribunal podem ser mudadas por condenados. Somos o único caso de democracia no mundo em que deputados após condenados assumem cargos e afrontam o Judiciário. Somos o único caso de democracia no mundo em que é possível que condenados façam seus habeas corpus, ou legislem para mudar a lei e serem libertos.” Destaco, também, uma manifestação de um jovem estudante gaúcho, manifestações de alguns companheiros professores e jornalistas veiculadas pelo Facebook. Em particular, esta do jovem Diego Lopes: Acho que não era esse tipo de nacionalismo que os organizadores e idealizadores da Copa esperavam ver dos brasileiros. Imagino que o governo esperava ver aquele nacionalismo infantil e pré-escolar de quem se satisfaz com um gol do Brasil ou em vestir a camisa da seleção, essas

bobagens que nos acompanham desde a copa de 58. Cinco taças de ouro que não mudam nada. No entanto, eis que surge esse nacionalismo surpreendente de quem se preocupa com uma sociedade mais justa e menos corrupta, um nacionalismo de quem não se contenta em deixar para os outros a responsabilidade sobre o destino político do país. No final das contas, o melhor legado que a Copa vai nos deixar é a indignação que ela provoca. Agora, todo esse movimento precisa superar alguns desafios se não quiser acabar em nada. Primeiro precisa superar a imagem negativa gerada pela minoria violenta que transforma um ato cívico em vandalismo. Depois, precisa superar a tendência antidemocrática de muitas pessoas que, no calor da indignação, desejam simplesmente impor sua vontade sem dar abertura ao diálogo. E por último, e mais importante, é vencer o desafio de transformar todo esse movimento em um resultado real e positivo para todos. Adelino Venturi é professor, empresário e membro do Conselho Deliberativo da Associação Comercial, Industrial, Agrícola e de Prestação de Serviço (Aciap), de São José dos Pinhais


Metropole19 6 13