Page 1

w w w. m e t r o p o l e j o r n a l . c o m . b r

Sábado/Domingo

Presidente: Ary Leonel da Cruz

Foto ANPr

Ano 13 | Nº 3192 | 1º e 2 de dezembro de 2012

Diário de Circulação Nacional

Encontro abre canais entre governo e novos prefeitos » O governo do Estado fez cerca de 3 mil atendimentos durante o Encontro de Prefeitas e Prefeitos Eleitos, que terminou nesta sexta-feira (30), em Foz do Iguaçu. Foram três dias de intensa troca de informações entre representantes do Estado e gestores municipais que assumirão em janeiro. O evento reuniu 1,6 mil pessoas, representando quase todos os municípios do Estado, e serviu como um "curso intensivo" sobre acesso a recursos, linhas de crédito e trâmites necessários para parcerias nas mais diversas áreas. Página 3

Foram três dias de intensa troca de informações entre representantes do Estado e gestores municipais que assumirão em janeiro

Divulgação AC

Arquidiocese de Curitiba inaugura Presépio de Natal

Com uma área total de 28 metros quadrados, o presépio foi preparado com belas imagens de gesso, de até dois metros de altura

» Após quase três semanas de trabalho realizado por sacerdotes e funcionárias da Mitra Arquidiocesana, foi inaugurado oficialmente na tarde da última quinta-feira (29), o tradicional Presépio de Natal de Curitiba. O arcebispo Dom Moacyr José Vitti, acompanhado de colaboradores da Mitra, fez a benção do presépio durante o ato solene de inauguração. Página 4

Dilma veta distribuição de royalties para áreas licitadas

» Apesar de considerar abaixo do esperado, o ministro da Fazenda, Guido Mantega, declarou ontem (30) na capital paulista que está satisfeito com o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) de 0,6% no terceiro trimestre, em com-

paração com os três meses anteriores, divulgado nessa manhã pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). No entanto, confirmou que novas medidas de estímulo estão sendo preparadas. Página 6

IPC de Curitiba tem variação de 0,78% » Nos últimos 30 dias terminados em 23 de novembro, o Índice de Preços ao Consumidor (IPC) do município de Curitiba apresentou variação de 0,78%. Na comparação com as semanas anterio-

res observa-se aceleração na taxa devido aumentos de preços em itens dos grupos Transporte e Comunicação (1,15%) e Despesas Pessoais, que variaram 1,15% e 1,65%, respectivamente. Página 6

Bancada federal aprova 17 emendas para o Paraná

Encontro de Prefeitos é fundamental para futuro

Página 3

Página 3

Projeto Ong em Ação é premiado pela Itaipu » "Em Ação: Pré-Vestibular Gratuito" foi o grande vencedor em Curitiba da sétima edição do Banco de Projetos, uma das ações anuais do Força Voluntária, programa dos colaboradores da Usina Itaipu Binacional. Para marcar a premiação, o programa promoveu uma solenidade na última segunda-feira (26), no Auditório do Edifício Parigot de Souza, com a participação da diretoria, emprePágina 4 gados, voluntários e convidados da Ong.

Divulgação

» A presidente da República, Dilma Rousseff vetou o Artigo 3º do projeto de lei aprovado na Câmara dos Deputados que muda as regras de distribuição dos royalties do petróleo de campos já em exploração. Além disso, todos os royalties dos futuros contratos serão destinados à educação. O ministro da Educação, Aloizio Mercadante, disse que a decisão da presidenta Dilma tem um "grande significado histórico". "Todos os royalties, a partir das futuras concessões, irão para a educação. Isso envolve todas as prefeituras do Brasil, os estados e a União, porque só a educação vai fazer o Brasil ser uma nação efetivamente desenvolvida", disse.

Mantega anuncia medidas de estímulo à economia

Governo convoca Coritiba faz último jogo do ano no 96 agentes para Couto Pereira penitenciárias Página 9

Adelino Venturi Jr fez apresentação do projeto perante dirigentes e técnicos da Itaipu Binacional

» A Secretaria estadual da Justiça, Cidadania e Direitos Humanos está contratando mais 96 servidores para atuarem em estabelecimentos penais de Curitiba e Região Metropolitana, além de Cruzeiro do Oeste, Foz do Iguaçu, Maringá e Ponta Grossa. São 68 agentes penitenciários, sendo 59 femininos e nove masculinos; e 28 agentes de monitoramento, sendo sete femininos e 21 Página 7 masculinos.

Editais página 7


2

| 1º e 2 de dezembro de 2012 |

Editorial

A fragilidade do PIB O otimismo crônico do ministro Guido Mantega não é suficiente para se afirmar que a economia brasileira seja uma estrela ascendente na constelação dos chamados emergentes, ou BRICs – que reúne as economias do Brasil, Índia, China e Rússia. O aumento de 0,6% da atividade econômica, de julho a setembro, comparado ao trimestre anterior, acena com uma melhora em relação aos aumentos de 0,2%, de janeiro a março, e de 0,1%, de abril a junho; mas, frustrou expectativas, e é revelador de que a economia não tem força, pelo menos nessa etapa inicial em que mostra algum sinal de recuperação da estagnação que durou mais de um ano. O diagnóstico foi divulgado em nota do Instituto de Estudos para o Desenvolvimento Industrial (Iedi) tão logo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) anunciou o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB), soma dos bens e serviços produzidos pelo país no trimestre passado. A análise qualitativa do Iedi destaca o “baixo dinamismo econômico” no período analisado, e ressalta que o que mais contribuiu para o PIB foi a queda acentuada das importações de bens e serviços, quando se esperava mais do consumo doméstico e dos investimentos. De acordo com o Iedi, a fraca recuperação da economia brasileira é determinada, principalmente, pelo comportamento do investimento, que teve grande declínio na indústria, em meses passados, e melhor desempenho de julho a setembro, quando cresceu 1,1%, ante -1,8% no trimestre anterior. O declínio anterior contagiou, porém, outros setores da economia, e apesar da melhora recente ainda “é cedo para que isso tenha reflexo nas decisões de investir dos empresários”. Quem sustentou o crescimento do PIB em grande parte foi o setor agropecuário, que avançou 2,5% no trimestre passado, comparado ao segundo trimestre do ano, e aumentou 3,6% em relação ao mesmo período de 2011. Resultado movido especialmente pelo bom desempenho das colheitas de café e milho, que cresceram 14,5% e 27,1%, respectivamente, segundo a presidente da Confederação da Agricultura e da Pecuária Brasileira (CNA), senadora Kátia Abreu (PDS-TO). Ela lembrou, contudo, que o desempenho da agropecuária no terceiro trimestre foi menor que os 4,6% de crescimento no trimestre anterior, em virtude da entressafra agrícola. Período em que as atenções do produtor rural estavam voltadas, segundo ela, para o planejamento da safra 2012/2013, que está sendo plantada. Pela ótica do economista Fábio Bentes, da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), o “fraco resultado” divulgado pelo IBGE não garante crescimento expressivo do PIB em 2013. Acredita, porém, que a atividade econômica marcha para uma expansão de 1,5% este ano, empurrada pela agropecuária, pelo consumo das famílias e pela atividade comercial, que cresceu 0,4% no trimestre passado, comparado ao trimestre anterior, e 1,2% em relação a igual período de 2011.

AB Notícias

abnoticias@abcom.com.br (41) 3014-6764

NOVA UNIDADE Cerca de 70 novos funcionários iniciaram as atividades na Unidade de Beneficiamento de Feijão da Cooperativa Castrolanda, em Castro, nos Campos Gerais. Foram investidos R$ 15 milhões na fábrica, que possuí 9 mil metros quadrados de área construída.

VIAS MELHORES O município de Capitão Leônidas Marques, oeste do estado,vai receber os repasses até o final deste ano para recuperação de estradas rurais. Trata-se da primeira patrulha do programa estadual para melhorar a estrutura das vias rurais e os custos com a recuperação das estradas em geral.

HABITAÇÃO Moradias a custo zero beneficia famílias que necessitam de auxílio em Borrazópolis, norte do estado. Trata-se do programa Minha Casa, Minha Vida, Sub 50, que tem o objetivo de atender as carências habitacionais de municípios com menos de 50 mil habitantes.

REVELANDO O BRASIL A exposição “Fronteira Invisível” do fotoógrafo Sergio Ranalli, destaca a riqueza humano pelos recônditos do País e também do exterior. A mostra é uma compilação de 30 fotografias dos seus últimos quatro anos de andanças pela Brasil. A exposição está no Show Room A. Yoshii, com entrada gratuita.

CICLOVIAS Para facilitar o uso das bikes no dia-dia serão investidos R$ 22 milhões na ampliação de ciclovias em Curitiba. Os recursos também serão aplicados na renovação de ramais existentes e na recuperação de calçadas do centro da cidade.

PREVENÇÃO As taxas de incidência de alguns tipos de tumor caem no Brasil, devido a medidas preventivas. Dados do Instituto Nacional do Câncer (inca) revelam que Curitiba foi a capital que mais apresentou queda no número de casos de câncer no colo do útero (-9,4%).

MULHER EM DESTAQUE Em Guarapuava, centro-sul do estado, acontece até o dia 05 de dezembro, campanha para discutir e conscientizar sobre a violência contra a mulher. Além de palestras, debates e mesa-redonda, a programação contempla atividades em escolas e mostra de artesanato feita por mulheres da região.

MEDITAÇÃO Os benefícios de parar, respirar fundo e acalmar a mente estão cada vez em mais evidência nos dias atuais. Além disso, já foi comprovado que a prática da meditação traz inúmeros benefícios à saúde, entre eles estão: A diminuição da dor, melhora na vida sexual, aumento da resistência da mente, melhora na capacidade de manter o foco, fortalece o cérebro, entre outros.

CURSOS

GRATUITOS

Senac vai investir R$ 1,5 milhão em capacitação para alunos de Apucarana, norte do estado. Serão ofertadas a partir do ano que vem na região aproximadamente 500 novas oportunidades em cursos de diferentes áreas de atuação profissional.

COMPETITIVIDADE O Paraná é o quinto do País em ambiente para negócios. Ranking de competitividade de estados brasileiros, lançado pelo Centro de Liderança Pública (CPL), mostra que o estado ganhou pontos com a qualidade das redes de telecomunicações e de estradas, com a legislação para sustentabilidade e com a promoção da mão de obra, ficando com 5,9 pontos finais.

CENTRO POLIESPORTIVO Com o objetivo de proporcionar melhores condições de vida à população, o município de Pato Bragado, oeste do estado, oferece aulas gratuitas de hidroginástica e natação. A piscina localizada no Centro Poliesportivo Cristal, é destinada principalmente para crianças e pessoas da terceira idade, que podem desfrutar de aulas em diversos horários.

BALANÇO Cooperativas do Paraná crescem 10% e faturam R$ 35 bilhões. Industrialização e alta nos preços das commodities, garantiram crescimento seis vezes maior no Produto Interno Bruto (PIB), mesmo em ano de seca e crise na avicultura, em relação à temporada passada.

SAFRA DE VERÃO Colheita de batatas deverá ser a maior da história na região dos Campos Gerais. A estimativa para a primeira safra de 2012/2013 é que sejam colhidas 90 mil toneladas do tubérculo – 4 mil toneladas a mais que o mesmo período do ano passado. O resultado positivo será obtido pela ampliação da área plantada, que totaliza 2,8 mil hectares.

NOVAS ESCOLAS Aproximadamente 15 mil estudantes serão beneficiados com a construção de 18 novas escolas em todo o Paraná, em 2013. Seis delas serão na região oeste do estado. O investimento previsto é de R$ 60 milhões, em parceria entre o Governo do Estado e o Governo Federal.

OPORTUNIDADE Foram abertas as inscrições para o programa Ciência sem Fronteiras (CsF), do governo federal, que concede bolsas de estudos em cursos de ensino superior. Os candidatos podem pleitear o benefício na modalidade “sanduíche”, em que parte da graduação é realizada no exterior, para os seguintes países: Austrália, Alemanha, Canadá, Coréia do Sul, Espanha, Estados Unidos, Grã-Bretanha, França, Holanda, Hungria, Itália, Japão, Noruega, Portugal e Suécia. Os interessados têm até o dia 14 de janeiro para preencher um formulário. Mais informações no site do Programa.

Ministro da Educação suspeita que servidores liberaram dados em troca de dinheiro São Paulo – O ministro da Educação, Aloizio Mercadante, disse ontem (30) que há indícios de que os servidores da pasta liberaram dados da pasta para faculdades em troca de dinheiro, conforme revelou a Operação Porto Seguro, da Polícia Federal (PF). Mercadante defendeu ainda a ampliação da estrutura para fiscalizar a emissão de diplomas de graduação. A investigação da PF revelou que funcionários do ministério forneceram dados sigilosos para faculdades. De acordo com o ministro, Esmeraldo Malheiros - que ocupava o cargo de assessor na consultoria jurídica do ministério, é funcionário concursado desde 1983 e um dos indiciados não tinha competência para conceder benefícios relevantes às instituições. “Os indícios são que ele recebeu vantagem. Mas ele tinha uma função pouco relevante no que diz respeito a autorizar cursos. A avaliação de cursos quem faz é o Inep [ Instituto Nacional de Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira], são professores de universidades federais”. Enquanto Márcio Alexandre Barbosa Lima, servidor da área de banco de dados e também indiciado, podia apenas consultar o sistema, sem fazer alterações. “É evidente que esses servidores desonraram a função que exerciam, comprometeram o sigilo funcional”, ressaltou. Os dois servidores foram afastados dos cargos. O ministro não acredita, no entanto, que dados do sistema do ministério possam ter sido fraudadas. Ao comentar o caso, Mercadante defendeu a ampliação da estrutura para fiscalizar a emissão de diplomas de ensino superior. “Houve um crescimento de 150% no número de matrículas no ensino superior na última década. Então, a estrutura de fiscalização tem que crescer para que a gente possa dar competência”, disse, após participar de evento promovido pela Confederação Nacional da Indústria (CNI). Segundo o ministro, existe um projeto de lei em tramitação na Câmara dos Deputados para criar um órgão específico para a fiscalização, como forma de aumentar o número de profissionais dedicados a esse trabalho. “Tem um projeto de lei tramitando na Câmara para criar uma autarquia própria para que a gente possa contratar mais profissionais para melhorar a qualidade da supervisão e regulação”, ressaltou. De acordo com o ministro, caso existam fraudes na emissão de diplomas pelas faculdades envolvidas no esquema investigado pela PF, elas serão facilmente detectadas pela sindicância da pasta. “A sindicância, imagino que termine em uma semana, porque o trabalho da Polícia Federal foi muito bem feito naquilo que diz respeito ao MEC [Ministério da Educação]. As denúncias são muito bem fundamentadas, são consistentes, os indícios são muito concretos”, disse.

Assembleia debate projeto de incentivo ao esporte na segunda-feira O incentivo ao esporte no estado através da aplicação de recursos oriundos do ICMS é proposto pelo projeto de lei nº 748/11, que começa a ser discutido na sessão plenária da Assembleia Legislativa desta segunda-feira (3). A pauta dos trabalhos do Plenário – a Ordem do Dia – traz ainda outras 16 proposições e 16 indicações parlamentares. De acordo com os autores do projeto de lei 748/11, deputados Reni Pereira (PSB), Cesar Silvestri Filho (PPS), André Bueno (PDT) e Ney Leprevost (PSD), o objetivo é reformular e ampliar a abrangência da Lei Municipal de Incentivo ao Esporte, que existe em Curitiba e já beneficiou mais de 16 mil atletas, estendendo esse incentivo a todas as regiões do Paraná. Os parlamentares argumentam que a proposta propicia meios de afastar crianças e adolescentes das ruas, do crime e da violência, educando e de-

senvolvendo-as através da prática esportiva. “Trata-se da promoção de hábitos saudáveis, diretamente vinculados aos esportes, e oferece perspectivas àqueles que possuem dificuldades de ordem social, para buscar uma vida mais digna”, justificam os proponentes. Conforme a proposta, o contribuinte do ICMS (Imposto sobre Operações Relativas à Circulação de Mercadorias e Prestações de Serviços de Transporte Interestadual e Intermunicipal e de Comunicação) que apoiar financeiramente um projeto desportivo devidamente certificado pela Secretaria do Esporte do Estado, será beneficiado com redução do valor a ser recolhido a título do referido tributo. Os autores acreditam que projeto tem ainda a virtude de estimular a responsabilidade social. O projeto, que será votado em primeiro turno na segunda-feira, prevê que

“para fins de apuração da parte do valor do ICMS a recolher, que poderá ser destinada aos projetos desportivos, serão fixados os percentuais aplicáveis ao valor do saldo devedor do ICMS apurado pelo contribuinte, tendo esses percentuais uma variação de 0,01% a 3%, de acordo com escalonamento por faixas de saldo devedor anual, não ultrapassando o limite de 0,5% da arrecadação da parte estadual do ICMS no exercício anterior”. Executivo – Três matérias de autoria do Poder Executivo também iniciam o processo de tramitação em Plenário. Uma delas é a proposição de nº 154/12, que autoriza a construção de Pequenas Centrais Hidrelétricas (PCHs); a outra, a de nº 566/12, que institui a Taxa de Licenciamento para Uso ou Ocupação da Faixa de Domínio das Rodovias (TFDER) administradas pelo Departamento de Estradas

de Rodagem (DER); e a terceira é o projeto de lei 567/ 12, dispondo sobre a criação do Conselho Estadual de Povos Indígenas e Comunidades Tradicionais (CPICT/PR) na estrutura organizacional da Secretaria de Estado da Justiça, Cidadania e Direitos Humanos (SEJU). Do Tribunal de Contas, em segunda discussão, será votado o projeto nº 548/12, que regulamenta a concessão das gratificações de função e pelo exercício de encargos especiais aos servidores efetivos daquele órgão. E em redação final, os deputados apreciam o projeto de lei 506/12, de autoria do Poder Executivo, transferindo para a Coordenação da Região Metropolitana de Curitiba (COMEC) a outorga da concessão do serviço de transporte intermunicipal relativo à Região Metropolitana de Curitiba (RMC), retirando essa competência do Departamento de Estradas de Rodagem (DER).


| 1º e 2 de dezembro de 2012 |

Encontro abre canais entre governo e novos prefeitos Foram três dias de intensa troca de informações entre representantes do Estado e gestores municipais que assumirão em janeiro O governo do Estado Metropolitana de Curifez cerca de 3 mil atentiba –, disse que o endimentos durante o Encontro foi importante contro de Prefeitas e também para fortalecer Prefeitos Eleitos, que a luta dos estados e muterminou nesta sextanicípios por mais recurfeira (30), em Foz do sos. “Marcamos a vonIguaçu. Foram três dias tade que o Paraná tem de intensa troca de inde pensar um novo pacformações entre repreto federativo, com dissentantes do Estado e tribuição mais justa dos gestores municipais que recursos. Pelo viés técassumirão em janeiro. O nico, os prefeitos inteevento reuniu 1,6 mil ragiram com o corpo pessoas, representando técnico do governo esquase todos os municítadual, abrindo portas pios do Estado, e serviu para uma relação que como um “curso intenserá importante daqui sivo” sobre acesso a repara a frente”, disse. cursos, linhas de crédito Para o prefeito de O governo do Estado fez cerca de 3 mil atendimentos durante o Encontro de Prefeitas e trâmites necessários e Prefeitos Eleitos Entre Rios do Oeste, para parcerias nas mais Jones Heiden, o enconte para prestar bons serviços, e gestão, para colocar algumas tro apresentou uma prévia dos diversas áreas. Para o governador Beto Ri- no Paraná estamos de portas soluções em prática no curto caminhos a serem seguidos para cha – que teve um gabinete no abertas para os municípios”, prazo”, disse o secretário do a obtenção de apoios e parceMeio Ambiente, Jonel Iurk. local para atender prefeitos –, o afirmou. rias. “Por ser meu primeiro manSebastiani destacou que o Na área de Esporte, boa parte dato, surgem dúvidas sobre as saldo do encontro é muito positivo tanto para o governo do encontro propiciou relação di- dos atendimentos foi relaciona- portas onde precisamos bater na Estado quanto para os municí- reta dos novos prefeitos com o da à infraestrutura. “Muitas ve- hora de ir atrás de recursos, enpios. “Da nossa parte, identifi- governador Beto Richa. Segun- zes os prefeitos chegam com pe- tão precisamos desse entrosacamos com mais precisão as ne- do ele, o Governo do Estado re- didos para construção de quadras mento”, disse o prefeito, que cessidades e dificuldades dos cebeu também, dos prefeitos que e estádios. Mostramos que inves- conheceu projetos em estandes municípios. E os prefeitos saem estão terminando o mandato, o timento no ser humano para a da Cohapar, Indústria e Comérdaqui com um grande volume reconhecimento pela aproxima- prática esportiva tem que andar cio e Agricultura. de informações, que certamen- ção com os líderes locais empre- paralelamente ou até antes, para Opinião semelhante tem o te agilizarão a execução de pro- endida nos últimos dois anos. depois se partir para a infraes- prefeito de General Carneiro, jetos e programas”, avalia Richa. “Isso nos anima a trabalhar ain- trutura”, comentou o secretário Joel Ferreira, também assuminSomente o secretário da da mais, sabendo que temos uma de Esportes, Evadro Roman. do seu primeiro mandato. “É Para o diretor-geral do De- difícil se inteirar de todos os Saúde, Michele Caputo Neto, tarefa importantíssima a realiatendeu mais de 150 prefeitos, zar em conjunto com os novos tran, Marcos Traad, o encontro assuntos da administração logo permitiu ao governo apresentar no início. Esse encontro facilique receberam informações so- prefeitos”, afirmou. PROBLEMAS COMUNS as ações que vem desenvolven- tou muito nesse sentido”, disse. bre programas e recursos dispoProblema comum a boa pardo e que podem ajudar os preníveis e apresentaram as demanA possibilidade de converte dos municípios, a disposição feitos eleitos em suas adminis- sar com diversos secretários e das localizadas. “O evento encurtou muito o caminho. Se ti- do lixo e a preocupação em ade- trações. “Em quase dois anos de deputados estaduais num mesvéssemos que receber em Curi- quar os aterros sanitários foi um gestão colocamos em prática mo local foi a principal vantatiba todos esses prefeitos, leva- tema presente nas conversas muitos projetos importantes. gem destacada pelo prefeito de ríamos alguns meses. Ganha- sobre meio ambiente, assim Colocamos a casa em ordem, fi- Mato Rico, Marcel Mendes Sanmos tempo e avançamos em um como a poluição dos rios e de zemos o dever de casa e agora o tos. “É uma oportunidade única entendimento com os municí- matas ciliares. “Praticamente anúncio do aporte de recursos termos todas as ações de goverpios”, avaliou. Caputo Neto in- todos os municípios têm pro- em diferentes áreas coroou de no estadual centralizadas, com centivou os prefeitos a partici- blemas com lixões a céu aberto êxito o evento e deu uma mos- qualidade e disposição de atenparem dos Consórcios Intermu- e existe a preocupação de pro- tra do que o governo continua- dimento, ao invés de tentarmos mover a coleta seletiva e a reci- rá a desenvolver”, avaliou. nicipais de Saúde. agendar reuniões na capital e APROVAÇÃO O secretário-chefe da Casa clagem dos materiais. Alguns conciliar a agenda de diversos O presidente da Associação secretários, o que demoraria Civil, Luiz Eduardo Sebastiani, prefeitos já levaram um nível disse que a intenção do gover- detalhado de informações, o dos Municípios do Paraná muito tempo”, ressalta. Santos no é reproduzir eventos este no que facilitará o contato com o (AMP), Gabriel Samaha – que é conheceu projetos voltados às plano regional. “O governo exis- governo estadual no início da prefeito de Piraquara, na Região áreas de moradia e agricultura.

Para eleitos do PR, Líderes Públicos é fundamental para planejar mandato ministrar e montaram um “mapa” dos setores que merecem maior atenção. Onze temas relacionados ao desenvolvimento econômico foram analisados com o auxílio do Sebrae/PR. Na avaliação da prefeita eleita em Paranacity, no noroeste do Paraná, Ednea Batista, a orientação do Encontro foi útil para delinear e dar um rumo nos primeiros dias de gestão. “A questão do plano dos 100 dias foi fundamental, principalmente no que diz respeito à intenção de tornar o município empreendedor. A união de entidades e o governo do Estado, trazendo força aos novos prefeitos só enriquece. As experiências compartilhadas nas palestras, conversas, oficinas também serão repassadas para os secretários.” No seu primeiro mandato

na Prefeitura de Paulo Frontin, Jamil Pech aproveitou a ocasião para fazer contato com outros gestores. “Estamos no extremosul do Paraná e eventos como esse ajudam na troca de experiências com outras cidades e, até mesmo, fortalecer os municípios de nosso entorno e recuperar a ideia de que o povo não precisa sair em busca de oportunidades, eles terão o apoio do município para empreender”, observou. “O evento superou minhas expectativas”, disse a prefeita Ana Lúcia Mazeto, do município de Califórnia, na região norte do Estado. “A importância que o Sebrae/PR, governo estadual e demais entidades envolvidas com o Líderes Públicos demonstraram para com as prefeituras foi muito significativa. O estímulo ao empreendedoris-

Luiz Costa/La Imagen

Planejar os 100 primeiros dias de governo, para construir um mandato de quatro anos com resultados e foco no desenvolvimento. Essa foi a tônica do Encontro de Prefeitas e Prefeitos Eleitos – Gestão 2013/2016, realização do Sebrae/PR e governo do Estado que mobilizou mais de 1,5 mil pessoas entre prefeitos eleitos, vice-prefeitos, assessores e futuros secretários municipais, nesta semana em Foz do Iguaçu. A oficina “Prioridades/ Ações de Governo para o Desenvolvimento Municipal – do discurso à prática”, ação do Programa de Estudos Avançados para Líderes Públicos comandada pelo Sebrae/PR, fez a diferença. Os eleitos fizerem uma reflexão, levantando pontos fortes e fracos, sobre a realidade dos municípios que vão ad-

Iniciativa do Sebrae/PR em parceria com o governo do Estado reuniu futuras prefeitas e prefeitos em Foz do Iguaçu

mo, às competências e à capacidade da equipe de trabalho será o desafio de nossa gestão. Para isso, vou pedir auxílio ao Sebrae/PR de Apucarana, assim que minha equipe de secretários estiver formada”, prevê a prefeita. Este foi o segundo ano que Jucerlei Sotoriva, prefeito eleito de Santa Helena, no oeste paranaense, participa do evento. “Em 2009, participei enquanto era vereador no município, mas, agora, no primeiro mandato na prefeitura, minha responsabilidade em assimilar os temas é ainda maior. A questão do planejamento como ponto principal para uma gestão eficaz foi um ótimo recurso para guiar nos primeiro dias de mandato, para que a população não sinta a transição. Depois, nosso foco será a implementação total da Lei Geral da Micro e Pequena Empresa”, ressaltou Sotoriva. Do sudoeste do Paraná, o prefeito eleito Mário Paulek, de Mariópils, comentou que pretende investir no fortalecimento dos pequenos negócios do município. “70% da nossa economia gira em torno da agricultura familiar, principalmente a produção leiteira. Neste Encontro, percebemos que incentivar os agricultores familiares e formar pequenas agroindústrias podem incentivar, em consequência, o comércio local, ou seja, estimulando que as pessoas façam o dinheiro girar dentro da cidade”, destacou.

3

Bancada federal aprova 17 emendas para o Estado A Bancada Federal do Paraná se reuniu nesta semana para decidir o destino de mais de R$ 855 milhões em verbas federais para o Estado. Para o deputado André Vargas (PT-PR), foram aprovadas emendas muito importantes nas áreas da saúde, educação e infra-estrutura. O deputado ressalta que uma das aprovações muito significante para Londrina foi a emenda de R$ 40 milhões para o Teatro Municipal da cidade. “Nós fizemos a solicitação em sintonia com o prefeito eleito Alexandre Kireeff e o com o atual prefeito, Gerson Araujo, que assumiu o compromisso de iniciar esta obra, para que a gente possa liberar recurso para o ano que vem, para se tratar de uma obra continuada. A prefeitura já tem R$ 6 milhões depositados na conta, recurso conquistado através de uma emenda de bancada de minha autoria”, lembrou. Também foram aprovadas emendas para o Instituto Federal do Paraná, com a intenção de garantir os equipamen-

tos as novas sedes na região Norte, uma emenda para Universidade Federal Tecnológica, que segundo Vargas, terá investimentos em Londrina e Apucarana, com a criação de três novos cursos de engenharia em cada campi e a implantação do Polo Tecnológico em Cornélio Procópio. Foram aprovadas ainda duas emendas na área de saúde que somam R$ 160 milhões para o Governo do Estado, para serem utilizadas em atenção básica e estruturação de hospitais. “Pretendemos garantir um ´pedaço´ dessa emenda para investimento nos hospitais da Zona Norte e Zona Sul de Londrina”, declarou Vargas. O deputado lembra que esta é apenas uma etapa da aprovação. “Estas emendas foram apresentadas à Comissão Mista de Orçamento, onde deverão ser aprovadas e depois seguem para plenário para votação dos congressistas. Mas vamos trabalhar muito para que todas sejam mantidas e mais, para que sejam empenhadas e pagas”, reforça.

Emendas aprovadas: Emendas de remanejamento de despesa R$ 20.000.000 - Adequação de contorno da BR-376 R$ 37.000.000 - Adequação do trecho rodoviário BR 376 R$ 4.600.000 - Proteção social para crianças e adolescentes em situação de trabalho infantil Emendas de Apropriação de despesa R$ 40.000.000 - Teatro Municipal de Londrina R$ 70.000.000 - Acesso Rodoviário BR 277 - Cascavel R$ 30.000.000 - Aquisição de equipamentos para IFPR R$ 30.000.000 - Aquisição de equipamentos UTFPR R$ 49.200.000 - Aquisição de Imóvel TRT Curitiba R$ 60.000.000 - Aquisições de maquinas e equipamentos para recuperação de Estradas Vicinais nos municípios de até 50 mil habitantes R$ 50.000.000 - Estruturação da rede de serviços de serviços de Atenção Básica de Saúde - Curitiba R$ 80.000.000 - Atenção Básica de Saúde - Paraná R$ 80.000.000 - Estruturação de unidades de Saúde - Paraná R$ 20.000.000 - Estruturação Hospital do Câncer de Umuarama R$ 52.000.000 - Estruturação Hospital Evangélico de Curitiba R$ 50.000.000 - Estruturação Santa Casa de Misericórdia de Curitiba R$ 80.000.000 - Adequação Porto de Paranaguá R$ 35.000.000 - Fomento ao setor agropecuário de Toledo R$ 40.000.000 - Mobilidade Urbana e Trânsito Motorizado em Maringá R$ 30.000.000 - Aquisição de equipamentos em instituições federais de ensino superior R$ 60.000.000 - Aquisição de equipamentos em universidades estaduais.


4

| 1º e 2 de dezembro de 2012 |

Projeto da Ong em Ação é premiado pela Itaipu Binacional

Promovendo parcerias para o crescimento empresarial

Com investimentos recebidos da Binacional, instituição vai preparar alunos de baixa renda para os vestibulares da UFPR e UTFPR "Em Ação: Pré-Vestibular Gratuito" foi o grande vencedor em Curitiba da sétima edição do Banco de Projetos, uma das ações anuais do Força Voluntária, programa dos colaboradores da Usina Itaipu Binacional. Para marcar a premiação, o programa promoveu uma solenidade na última segunda-feira (26), no Auditório do Edifício Parigot de Souza, com a participação da diretoria, empregados, voluntários ou não, e convidados da Ong que inspirou o nome do projeto vencedor e na prática, a grande responsável pelo trabalho. Durante a cerimônia, o diretor geral da Itaipu Binacional, Jorge Samek, fez a entrega simbólica do prêmio no valor de R$ 9.993,04 a Adelino Venturi, representante da ONG Em Ação, que coordena o projeto. O repasse já havia sido feito na semana passada à instituição. A solenidade serviu para confraternizar e marcar mais um ano de sucesso do Banco de Projetos. Com os investimentos, a instituição poderá preparar mais alunos de baixa renda para os vestibulares da UFPR e UTFPR. Samek salientou a importância do terceiro setor e a inclusão social realizada no País nos últimos anos. "Os mesmos empregados que dão o seu melhor na empresa também estão dando o melhor na comunidade, em atividades voluntárias", reconheceu o diretor geral ao comparar a excelência da hidrelétrica que em 2012 deve bater

Hoje (sábado 01), começa horário diferenciado de fim de ano no comércio são-joseense Para 2012, a Associação Comercial, Industrial, Agrícola e Prestação de Serviço de São José dos Pinhais (Aciap) sugere um horário de comércio por adesão nos primeiros domingos de dezembro. Informações 3525-0801. 01 (sábado), 9h às 21h; 02 (domingo), 10h às 19h (facultativo); 03 a 07 (segunda a sexta), 9h às 20h; 08 (sábado), 9h às 21h; 09 (domingo), 10h às 19h (facultativo); 10 a 14 (segunda a sexta), 9h às 21h; 15 (sábado), 9h às 21h; 16 (domingo), 10h às 19h; 17 a 21 (segunda a sexta), 9h às 22h; 22 (sábado), 9h às 21h; 23 (domingo), 10h às 19h; 24 (segunda), 9h às 18h; 31 (segunda), 09h às 14h.

Advogado Adelino Venturi Júnior e integrantes da Ong em Ação recebem o prêmio de quase R$ 10 mil da Itaipu Binacional

seu próprio recorde de produção de energia ultrapassando os 94,6 milhões de MWh atingidos em 2008. Já Adriano Bardou, líder da equipe do projeto vencedor, reconheceu a importância do trabalho desenvolvido pela "Em Ação" e agradeceu tanto à Itaipu como ao Programa Força Voluntária. Para a assessora de Responsabilidade Social, Heloisa Covolan, são vários os ganhos para o voluntário. "Ele desenvolve um olhar focado no outro e exercita a sua cidadania e isso reflete na empresa, onde apresenta maior liderança, melhor capacidade de avaliação de projetos e influencia positivamente o que está a sua volta", analisa. "Em Ação - Pré-Vestibular Gratuito" atendeu este ano, em Curitiba, 450 alunos entre adolescentes e adultos. Em Guarapuava foram cerca de 100 alunos atendidos, além de outros de dois mil em aulas pela internet - com apoio do Click Sesi.

Com o valor repassado pelo Banco de Projetos, foram adquiridos livros, computadores e uma impressora para melhorar a qualidade do curso, que, na forma presencial acontece aos sábados e domingos, das 8h às 20h, e é ministrado por professores voluntários. Ao final da cerimônia, o Coral da Melhor Idade Nissei fez uma apresentação especial de Natal. BANCO DE PROJETOS O Banco de Projetos é uma ferramenta que apoia financeiramente projetos elaborados e desenvolvidos pelos colaboradores e colaboradoras da Itaipu em instituições sociais em diversas áreas. Para a gestora do Programa Voluntariado Empresarial, Lilian Paparella, o Banco de Projetos é completo porque desenvolve pessoas, melhora as instituições e estreitos relacionamentos. "É a união da necessidade, do desejo e da possibilidade, tendo como reflexo a melhoria

de todos os atores envolvidos", enaltece. BALANÇO Neste ano, oito projetos foram escolhidos, seis de Foz do Iguaçu, um de Curitiba e um de Medianeira. Esta foi a primeira vez que projetos de municípios lindeiros puderam se inscrever. Para concorrer ao prêmio, os projetos tiveram que apresentar orçamentos dos gastos e a documentação das instituições completa e atualizada. A utilização dos recursos foi acompanhada pelo voluntariado do núcleo do programa Força Voluntária. Desde sua criação, em 2006, até hoje, o Banco de Projetos teve 85 projetos inscritos, dos quais 55 foram selecionados - em um total de investimentos que soma R$ 378 mil reais. PREMIAÇÃO EM FOZ Em Foz do Iguaçu, a solenidade de premiação acontece no dia 12 de dezembro, às 14h, no Auditório Integração.

FALECIMENTOS  Ivone Riesemberg Xavier, 72 anos. Sepultamento hoje, às 10 horas, no Cemitério São João Batista, Vila Braga, São José dos Pinhais.  Juraci Pereira, 62 anos. Sepultamento hoje, às 17 horas, no Cemitério Municipal Rio Grande do Sul.  Benedito José de Souza, 73 anos. Sepultamento hoje, às 09 horas, no Cemitério Memorial da Vida, São José dos Pinhais. Serviço Funerário Municipal - São José dos Pinhais Rua Ângelo Zem, 55 Centro - Fone : 3382 1271

Arquidiocese de Curitiba inaugura Presépio de Natal dois metros de altura, doadas pelo Santuário Nossa Senhora de Fátima, do bairro Tarumã. Dom Moacyr e o chanceler da Arquidiocese, padre Élio José Dall'Agnol, chamaram a atenção para o valor do Natal que é a contemplação do nascimento de Jesus e o Presépio é um símbolo forte que leva o cristão a meditar sobre o mistério da encarnação. A visitação está aberta desde ontem (30) e segue até o dia 10 de janeiro de 2013, das 18 horas às 23 horas.

Foto Arquidiocese de Curitiba

Após quase três semanas de trabalho realizado por sacerdotes e funcionárias da Mitra Arquidiocesana, foi inaugurado oficialmente na tarde da última quinta-feira (29), o tradicional Presépio de Natal de Curitiba. O arcebispo Dom Moacyr José Vitti, acompanhado de colaboradores da Mitra, fez a benção do presépio durante o ato solene de inauguração. Com uma área total de 28 metros quadrados, o presépio foi preparado com belas imagens de gesso, de até

Arcebispo de Curitiba, Dom Moacyr Vitti, fez a benção do Presépio de Natal


5

| 1º e 2 de dezembro de 2012 |

Metró ole Variedades "Quando alguém evolui, evolui tudo que está à sua volta." Paulo Coelho

Dia 02: Mín. 17º e Máx. 26º Dia 03: Mín. 16º e Máx. 28º Dia 04: Mín. 16º e Máx. 28º

PROGRAMAÇÃO DE CINEMA

PETROBRAS REALIZA SIMULADO DE EMERGÊNCIA NA REPAR Na manhã da próxima terça-feira (04), a Refinaria Presidente Getúlio Vargas (Repar), em Araucária, realizará um exercício simulado de emergência e abandono, em conjunto com a Defesa Civil, Corpo de Bombeiros, Polícia Militar, Polícia Rodoviária Federal, Departamento de Trânsito, Guarda Municipal e PAM (Plano de Auxílio Mútuo). O treinamento terá início às 9 horas e deverá envolver cerca de 3200 pessoas, entre a força de trabalho da Repar e demais empresas do entorno, ligadas ao PAM de Araucária. Para o exercício, será simulada uma ocorrência operacional na refinaria com impacto externo. A realização de simulados de emergência e abandono atende à Diretriz 11 Contingência - de Segurança, Meio Ambiente e Saúde da Petrobras, e tem como objetivos treinar as equipes que atuam no controle de emergências, avaliar procedimentos e preparar a força de trabalho para enfrentar situações dessa natureza. Serviço: Simulado de Combate à Emergência na Petrobras Data: 04/12/2012 Horário: 9 horas Local: Refinaria Presidente Getúlio Vargas (Repar), Rodovia do Xisto, 476, km 16 – Araucária – PR.

Máx. 26º Mín. 16º

Pudim de Pão Ingredientes: 3 unidades de pão francês 1 1/2 copo de leite 1 copo de açúcar 2 unidade de ovo 50 gr de queijo ralado 4 colheres (sopa) de farinha de trigo 2 colheres (sopa) de margarina Modo de Preparo: Coloque aproximadamente 1 dedo de açúcar no fundo de sua fôrma refratária. Regue com 8 colheres de sopa de água e leve ao microondas por 6 a 8 minutos em potência alta, sempre observando para não queimar. Deixe no microondas em tempo de espera. Retire e espalhe a calda por toda a superfície do refratário, com o auxílio de uma colher, não esquecendo o cone central. Reserve. Descasque os pães e corte-os em fatias. Coloque numa tigela e cubraos com leite (facilita o liqüidificar). Coloque o pão e todos os demais ingredientes no liqüidificador e bata. Despeje na fôrma caramelizada e leve ao microondas em potência média, por cerca de 12 a 15 minutos.

5) Qual personagem era a mulher de Chico (Marcos Palmeira), em “Andando Nas Nuvens”, e qual atriz interpretou essa personagem? a) Janete - Eliane Giardini b) Gonçala - Suzana Vieira c) Bete - Viviane Pasmanter d) Lúcia Helena - Júlia Lemmertz

Duas espécies da fauna brasileira

Linguagem popular Fruto de polpa branca semelhante à goiaba

Estrela, em inglês General Electric (sigla)

Peça pa- Atualizara unir ção do chapas valor do de metal aluguel

67

Área para vinhos (?) coisa: isso Pedras que iniciam o jogo, no xadrez Local de venda de bebidas Custosos

Exame de urina Fruta seca

Anno Domini (abrev.) Local de trabalho do jangadeiro

Precede o valor em dólares

M

A

R

(?) dentária, estrutura da boca Categoria do judô Milho torrado

Capital das Bahamas

Clube de futebol alagoano 700, em algarismos romanos

Cobrem o corpo do gato

Meiguice; ternura (fig.) Sistema de freios de carros

BANCO

Solução

IG

4) Quem interpretou Olívia na novela “Força de Um Desejo”, exibida pela Globo em 1999? a) Tereza Piffer b) Louise Cardoso c) Cláudia Abreu d) Isabel Fillardis

Estudo das montanhas (Geol.) Mensageiro genético Felicidade

Morar; habitar

3) Em qual dessas novelas, a atriz Lolita Rodrigues viveu Helena? a) “Amor e Ódio” b) “Louca Paixão” c) “Uga Uga” d) “Chiquititas”

Acirrar Carvão, os ânimos em inglês

R I A A R

2) Como se chamava a personagem vivida por Glória Pires na novela “Suave Veneno”? a) Carlota b) Clarice c) Lavínia d) Antônia

© Revistas COQUETEL 2008 Às (?): às pressas (?) Beach, circuito automobilístico dos EUA

A C O A A L

1) Como se chamava a personagem da atriz Leona Cavalli na minissérie “Amazônia”, que foi exibida pela Rede Globo? a) Ianká b) Maria Ninfa c) Lola d) Justine

PALAVRAS CRUZADAS DIRETAS www.coquetel.com.br

G A E B A R D A N C C R A B S

(Respostas: 1-d / 2-c / 3-b / 4-c / 5-d)

Lotomania: Acumulada há mais de cinco concursos, a Lotomania deve pagar R$ 5 milhões no sábado. Para apostar, é necessário escolher 50 números. Ganha quem acertar 20, 19, 18, 17, 16 números ou ne-

Timemania: Outra modalidade que continua sem ganhador na faixa principal de premiação e sorteia R$ 7,5 milhões também no sábado. O prêmio pode garantir uma aposentadoria de mais de R$ 31 mil por mês ao ganhador, caso ele invista todo dinheiro na Poupança da CAIXA.

Você é o que você come. A ingestão de comida e bebida certa, assim como a forma de comer ou beber, é importante para sua saúde e de seus dentes. O consumo de alimentos demasiadamente ácidos pode levar ao desgaste do esmalte (a camada que recobre externamente os dentes) e expor a dentina, que está logo abaixo do esmalte. Um estudo multicêntrico mostrou que a erosão dentária está aumentando nos Estados Unidos. (1) O que é a erosão dentária? Como você sabe, o esmalte é a camada externa dos dentes. A erosão dentária ocorre quando o esmalte se desgasta ou reduz pela ação de ácidos. Há dois tipos de erosão dentária: 1. Erosão intrínseca — É causada por ácido gástrico ou regurgitação decorrente de problemas médicos ou psicológicos (por exemplo, refluxo ácido, anorexia, bulimia). 2. Erosão extrínseca – Ocorre quando os ácidos relacionados com a alimentação (por exemplo, consumo de açúcar, refrigerantes dietéticos, sucos de fruta, bebidas carbonatadas) contribuem para tornar a boca muito ácida. Sinais da erosão dentária Quando o esmalte do dente desgastase, vários problemas podem ocorrer: - Agravamento da erosão. - Descoloração dos dentes, com exposição da dentina é exposta. A dentina tem cor amarelada. - Sensibilidade dentinária, porque o esmalte desgastado expõe a dentina, que é mais porosa do que o esmalte, sendo mais sensível ao toque, ao ar, à força da mordida e à exposição ao ácido. - Pontas dos dentes frontais com aparência transparente. - Se notar mudanças como essas em sua boca, consulte seu dentista. O que pode ser feito para melhorar seus dentes? Ao consultar seu dentista, você pode discutir os próximos passos necessários para reduzir a erosão dentária: - Há quanto tempo você sofre de erosão dentária? - Determine a frequência da ingestão de ácidos e a forma em que são consumidos. - Consulte um nutricionista com o objetivo de avaliar sua dieta e reduzir a ingestão de ácidos. - Descubra se você sofre de refluxo gástrico, regurgitação ou distúrbios alimentares. - Identifique os dentes que precisam ser substituídos por restaurações estéticas e/ou próteses. A erosão dentária afeta pessoas em todas as faixas etárias e parece estar relacionada com a hipersensibilidade dentinária. (2) Os alimentos e bebidas ácidas devem ser eliminados porque causam a erosão dos dentes. Para aliviar a dor, pode-se usar um creme dental dessensibilizante com baixa abrasividade. Pode-se considerar a aplicação de selantes ou agentes adesivos para reduzir a progressão da erosão. A aplicação de flúor ajuda a aumentar a resistência dos dentes aos alimentos ácidos Consulte seu dentista e discuta as opções para tratar a erosão dentária e quais as soluções estéticas disponíveis.

R A E N S T I A D E I T R A M C A A N D Ç U A

Mega da Virada e Bolão CAIXA: Na última quinta-feira (29), começaram as apostas para a Mega da Virada, maior prêmio das Loterias da CAIXA. A previsão inicial é de R$180 milhões, que serão pagos ao apostador que acertar as

nhum. Além de marcar as opções no bilhete, o apostador pode escolher uma quantidade inferior a 50 números e deixar que o sistema complete o jogo, ou não marcar nada e deixar que o sistema escolha todos os números (Surpresinha). Se quiser repetir o mesmo jogo por duas ou quatro semanas, escolhe a Teimosinha. E ainda pode fazer uma nova aposta em que o sistema selecione os outros 50 números não registrados no jogo original (Aposta-Espelho).

C A L O R O G R N E G R I A R E B A S S S A A R S D S A U D O L O S

seis dezenas do concurso 1.455. A Mega da Virada será sorteada no último dia de 2012. Apostadores podem se organizar em grupos, com amigos, familiares ou colegas de trabalho e ter mais chances de ganhar. Basta escolher os números da aposta, marcar a quantidade de cotas e registrar em qualquer uma das lotéricas do país. O apostador também pode comprar cotas de bolões organizados pelas lotéricas. Neste caso, poderá ser cobrada uma Tarifa de Serviço adicional de até 35% do valor da cota.

Erosão dentária: saiba como ela pode afetar seus dentes

A R E P A J U N S A T P E

LOTERIAS DA CAIXA SORTEIAM MAIS DE R$ 15 MILHÕES NESTE SÁBADO As Loterias da Caixa Econômica Federal vão sortear mais de R$ 15 milhões em prêmios neste sábado (1º). O valor previsto para a Mega-Sena é de R$ 2,5 milhões. A Lotomania e a Timemania continuam acumuladas e devem pagar R$ 5 milhões e R$ 7,5 milhões, respectivamente. Os prêmios serão sorteados no Caminhão da Sorte, estacionado na Praça São José dos Bandeirantes, em Jaguapitã (PR). Com o valor do prêmio da Mega-Sena deste sábado, um único ganhador poderá comprar uma frota de 100 carros populares ou 12 casas no valor de R$ 200 mil cada. Mas se o sortudo quiser investir, aplicando o prêmio na Poupança da CAIXA, receberá mensalmente mais de R$ 10 mil em rendimentos. Para participar com mais facilidade, clientes da CAIXA com acesso ao Internet Banking CAIXA (IBC) podem fazer suas apostas da Mega-Sena pelo computador. Basta ter conta corrente no banco e ser maior de 18 anos. A aposta mínima na Mega-Sena é de R$ 2 e pode ser efetuada até as 19h (horário de Brasília) nos dias de sorteio, em qualquer uma das mais de 11.900 lotéricas do país.

3/ado. 4/coal — star. 5/araçá. 6/nassau. 8/orogenia.

TOME NOTA

Nublado com pancadas de chuvas e trovoadas


6

| 1º e 2 de dezembro de 2012 |

TR, POUPANÇA E TBF TR MENSAL % ago set 0,01 0,00

Novas medidas de estímulo serão anunciadas na próxima semana O ministro Guido Mantega analisa que a reação da economia brasileira durante os últimos trimestres reflete a recuperação de todos os setores econômicos São Paulo – Apesar de considerar abaixo do esperado, o ministro da Fazenda, Guido Mantega, declarou ontem (30) na capital paulista que está satisfeito com o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) de 0,6% no terceiro trimestre, em comparação com os três meses anteriores, divulgado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). No entanto, confirmou que novas medidas de estímulo estão sendo preparadas. “A taxa não foi tudo aquilo que esperávamos, mas estamos na direção certa”, avaliou. Mantega anunciou que o governo federal, como forma de continuar estimulando a economia, tomará novas medidas de incentivo. Segundo ele, essas medidas serão no âmbito do financiamento. O anúncio oficial deve acontecer nos próximos dias. “Vamos deixar para a próxima semana”, disse. Mantega salientou que a reação da economia brasi-

leira durante os últimos trimestres reflete a recuperação de todos os setores econômicos. Porém, o crescimento do terceiro trimestre foi aquém do esperado. “Não foi tão alto quanto esperávamos. Nenhum analista previu um crescimento inferior a 1%”. Mantega referia-se às cerca de 40 consultorias que realizaram previsões a respeito do PIB. De acordo com ele, o crescimento de 0,6% foi puxado pelo setor de agronegócios, que obteve crescimento de 2,5%. “Foi um bom resultado. Isso reflete que esse setor vai ter um recorde na produção de grãos”, avaliou. A surpresa nos dados do IBGE, para o ministro, foi o desempenho do setor de serviços, que representa mais de 60% do PIB nacional. “A sua variação afeta o PIB e teve crescimento zero”, disse. Para o quarto trimestre, o ministro prevê um crescimento de 1% na economia e, para o próximo ano, o PIB deverá crescer 4%.

Copel renova concessão de transmissão A Companhia Paranaense de Energia (Copel) vai antecipar a renovação de seu contrato de concessão de transmissão que vence em 2015, dentro das novas regras da Medida Provisória 579, do governo federal. A decisão foi aprovada na assembleia geral dos acionistas da empresa, nesta sexta-feira (30). Na mesma assembleia, foi aprovada a não-renovação da concessão de quatro usinas. A Copel considera que dessa forma preserva a saúde financeira da companhia e contribui significativamente para a modicidade da tarifa elétrica almejada pela MP 579. “A decisão foi tomada levando-se em conta a perenidade da empresa, a manutenção da qualidade dos serviços prestados à população e a preservação de empregos, sem deixar de atender as expectativas dos acionistas”, diz o presidente da Copel, Lindolfo Zimmer. O contrato de concessão que terá renovação antecipada para 2013 representa 1.700 km de linhas de transmissão, que correspondem a 86% do total de linhas de transmissão da empresa no Paraná. O contrato será esten-

dido até 2042. Com a nova MP 591 publicada nesta sexta (30), o valor da indenização pela concessão de transmissão da Copel será maior que os R$ 894 milhões previstos anteriormente pela MP 579. A expectativa da Copel é que este valor passe de R$ 1 bilhão. A Copel vive momento importante de expansão dos negócios de transmissão, com novos empreendimentos em diversos estados brasileiros. Em 2011 e 2012, a Copel ganhou concorrências para construção de mais de 3.500 km de linhas de transmissão, no Paraná e em outros estados, parte delas em consórcio com a chinesa State Grid, a maior empresa de transmissão de energia do mundo. Estes novos contratos não sofrem impacto da MP 579. A renovação da concessão de transmissão também mantém suporte às atividades da Copel Telecom, que acaba de implantar a sua rede de fibra óptica em todos os 399 municípios do Para-

ná. É o primeiro estado do Brasil com 100% de fibra óptica. Na geração, a Copel tem contratos até 2015 para as usinas Parigot de Souza (Antonina), Chopim I (Itapejara D’Oeste) e Mourão (Campo Mourão), além de Rio dos Patos (Prudentópolis) com contrato até 2014. Estes equipamentos serão devolvidos à União ao fim dos contratos, conforme as novas regras da MP 579. A Copel irá participar do leilão da Usina Parigot de Souza, que deve ocorrer depois de 2015. A manutenção da operação destas usinas nos atuais contratos garante para a Copel maiores receitas que as oferecidas pela antecipação proposta pela MP 579, além da segurança financeira para os planos de expansão e de melhoria contínua dos serviços públicos que a Companhia oferece. As quatro usinas representam apenas 6% da potência instalada da companhia, com 260 MW em Parigot de Souza; 8,2 MW em Mourão; 1,98 MW em Chopim I e 1,72 MW em Rio dos Patos.

Medidas econômicas tomadas pelo governo são estruturais São Paulo – O ministro da Fazenda, Guido Mantega, rejeitou a crítica de que as medidas de estímulo à economia que vêm sendo adotadas pelo governo sejam paliativas e argumentou que o conjunto de ações tem efeito estrutural. Para ele, não há esgotamento do modelo de estímulos usado para impulsionar a economia brasileira. “Achar que reduzir a taxa de juros para esse patamar é uma medida paliativa é uma piada. Isto é uma medida estrutural na economia brasileira. A redução de tributos, como nós estamos fazendo, é uma mudança estrutural. Desoneração da folha de pagamentos é uma mudança estrutural”, disse durante entrevista coletiva sobre o crescimento de 0,6% do Produto Interno Bruto (PIB). Na oportunidade, ele anunciou que novas medidas de estímulo, no âmbito financeiro, devem ser anunciadas na próxima semana. Para o ministro, essas ações do governo compõem um processo de transformação, que resultarão em uma economia mais competitiva, com custos financeiros e tributários menores, além de gerar maior oferta de infraestrutura. “É um conjunto de medidas estruturais”, definiu.

De acordo com ele, as medidas com objetivos de curto prazo são minoritárias, representadas por ações como redução do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) para eletrodomésticos da linha branca e automóveis. Além disso, algumas das medidas, como a desoneração da folha de pagamentos e a redução das tarifas de energia, futuramente, surtirão efeitos na economia, já que devem entrar em vigor apenas no próximo ano. Outras ações já tomadas, por sua vez, devem demorar a apresentar resultados, como a redução da taxa de juros. “Todo mundo sabe que ela não surte efeito imediato, exige alguns meses para fazer efeito. Isso tem sido retardado pela crise internacional, que causa uma expectativa negativa na economia internacional”, declarou. A desvalorização do câmbio, de acordo com ele, é outro caso de medida que precisa de tempo para mostrar resultados na economia. Isso porque os exportadores já haviam feito vendas no mercado futuro, com outro câmbio. “Então, a economia está se adaptando a essa nova situação, muito mais estimulante para a produção. E ela já está começando a surtir efeito”, informou.

Em dezembro, a Copel inaugura mais duas usinas, Mauá, com 361MW, e a Pequena Central Cavernoso, com 19 MW. Dessa forma, o parque de geração da empresa conta atualmente com 21 usinas e potência de 4.932 MW. A Copel está construindo a Usina Colíder, no Mato Grosso, e vai participar em dezembro do leilão para a construção da Usina Sinop, também no Mato Grosso. MP 579 – A Medida Provisória 579, de setembro, cria novas regras para os contratos de concessão do setor elétrico. A MP propõe aos concessionários a antecipação dos contratos que venceriam em 2015, mas com valores menores de receita. A MP também prevê as indenizações que o governo federal fará às empresas pelos ativos não amortizados, como usinas e linhas de transmissão que as empresas construíram. As companhias que optarem por não renovar continuam a operação das usinas e linhas de transmissão com base nos contratos atuais, mas terão que repassar os equipamentos à União em 2015.

Índice de Preços ao Consumidor de Curitiba tem aumento de 0,78% Nos últimos 30 dias terminados em 23 de novembro, o Índice de Preços ao Consumidor (IPC) do município de Curitiba apresentou variação de 0,78%. Na comparação com as semanas anteriores observa-se aceleração na taxa devido aumentos de preços em itens dos grupos Transporte e Comunicação (1,15%) e Despesas Pessoais, que variaram 1,15% e 1,65%, respectivamente. Os itens que mais contribuíram, isoladamente, para esta 3ª prévia, na ordem da maior para a menor contribuição foram: gasolina (9,82%), pacotes turísticos nacionais (40,46%), aluguel de moradia (1,24%), tomate (-33,85%), passagem aérea (16,23%), automóvel de passeio e utilitário usados (-0,91%), álcool combustível (4,30%), casas noturnas (5,46%), arroz (6,73%) e tênis para adulto (-4,93%).

out 0,00

nov 0,00

ano 0,29

12 m 0,38

POUPANÇA MENSAL % ago set out 0,51 0,50 0,50

nov 0,50

ano 5,95

12 m 6,58

ÍNDICES DIÁRIOS Período 3/11 a 3/12 4/11 a 4/12 5/11 a 5/12 6/11 a 6/12 7/11 a 7/12 8/11 a 8/12 9/11 a 9/12 10/11 a 10/12 11/11 a 11/12 12/11 a 12/12 13/11 a 13/12 14/11 a 14/12 15/11 a 15/12 16/11 a 16/12 17/11 a 17/12 18/11 a 18/12 19/11 a 19/12 20/11 a 20/12 21/11 a 21/12 22/11 a 22/12 23/11 a 23/12 24/11 a 24/12 25/11 a 25/12 26/11 a 26/12

TR 0,0000 0,0000 0,0000 0,0000 0,0000 0,0000 0,0000 0,0000 0,0000 0,0000 0,0000 0,0000 0,0000 0,0000 0,0000 0,0000 0,0000 0,0000 0,0000 0,0000 0,0000 0,0000 0,0000 0,0000

TBF 0,5098 0,5367 0,5740 0,5379 0,5391 0,5450 0,5331 0,4924 0,5184 0,5289 0,5609 0,5195 0,5194 0,5192 0,5070 0,5324 0,5716 0,5711 0,5414 0,5819 0,5575 0,5070 0,5324 0,5073

CONSTRUÇÃO em % jul ago out CUB/PR 5,32 0,31 0,16 CUB (outubro/2012): R$ 1.071,50

Poupança 0,4134 0,4134 0,4134 0,4134 0,4134 0,4134 0,4134 0,4134 0,4134 0,4134 0,4134 0,4134 0,4134 0,4134 0,4134 0,4134 0,4134 0,4134 0,4134 0,4134 0,4134 0,4134 0,4134 0,4134

ano 7,63

12 m 8,19

FAJ-TR / TR-FATOR

27/11 28/11 SELIC Out/11 Nov/11 Dez/11 Jan/12 Fev/12 Mar/12 Abr/12

2,76797879 2,76800265

0,86% 0,86% 0,91% 0,89% 0,75% 0,82% 0,71%

0,01240137 0,01240147

Mai/12 Jun/12 Jul/12 Ago/12 Set/12 Out/12 * Nov/12

0,74% 0,64% 0,68% 0,69% 0,54% 0,61% 1,00%

* No mês corrente o valor da Selic é sempre 1,00% IR - NOVEMBRO * IR 2012: A oitava parcela do IR 2012 vence em 30/11. Para pagamento desta parcela há juros Selic de 4,90%. ** Para pagar atrasado um tributo cujo vencimento foi no mesmo mês, será cobrada a Selic do mês corrente (1,00%). Para atrasos que extrapolem o mês em curso, será cobrada taxa equivalente à soma da Selic dos meses em atraso, mais multa. PREVIDÊNCIA Competência: OUTUBRO As empresas têm prazo para pagar até 20/11 e as pessoas físicas até 16/11. A partir desses prazos há multas de 4% a 100%, além de juros pela taxa Selic. EMPRESÁRIO/EMPREGADOR Contribui com 11% sobre o pró-labore, entre R$ 622,00 (R$ 68,42) e R$ 3.916,20 (430,78), através de GPS. AUTÔNOMO 1) Quem só recebe de pessoas físicas: recolhe por carnê 20% sobre os limites de R$ 622,00 (R$ 124,40) a R$ 3.916,20 (R$ 783,24). 2) Quem só recebe de pessoas jurídicas: a empresa recolhe 11% até o máx. de R$ 3.916,20 (R$ 430,78) e desconta do autônomo. 3) Quem recebe de jurídicas e físicas: têm desconto de 11% sobre o que recebe de jurídicas, até R$ 3.916,20 (R$ 430,78). Se não atingir este teto, recolhe 20%, via carnê, sobre a diferença até R$ 3.916,20. FACULTATIVO Contribui com 20% sobre qualquer valor entre R$ 622,00 (R$ 124,40) e R$ 3.916,20 (R$ 783,24), através de carnê. ASSALARIADOS Salário Contribuição (R$) Até 1.174,86 De 1.174,87 até 1.958,10 De 1.958,11 até 3.916,20

Alíquota 8,00% 9,00% 11,00%

EMPREGADOS DOMÉSTICOS Empregado Empregador Total

Alíquota % 8 a 11 12 20 a 23

R$ mín 49,76 74,64 124,40

SALÁRIO FAMÍLIA – NOVEMBRO/12 Salário de até R$ 608,80 Salário de R$ 608,81 a 915,05

R$ máx 430,78 469,94 900,72

R$ 31,22 R$ 22,00

OUTROS ÍNDICES BTN + TR TJLP Sal. Mínimo FGTS UPC

Ago 1,569947 5,50 622,00 0,2610 22,30

Set 1,570040 5,50 622,00 0,2589 22,30

IR – TABELA DE NOVEMBRO Desconto na fonte e carnê-leão Base (R$) Alíquota Até 1.637,11 isento 1.637,12 a 2.453,50 7,5% 2.453,51 até 3.271,38 15,0% 3.271,39 até 4.087,65 22,5% Acima de 4.087,65 27,5%

Out 1,570040 5,50 622,00 0,2466 22,31

Nov 1,570040 5,50 622,00 0,2466 22,31

Dedução – R$ 122,78 R$ 306,80 R$ 552,15 R$ 756,53

Deduções: a) Assalariados: 1) - R$ 164,56 por dependente; 2) - pensão alimentícia; 3) - contribuição à Prev. Social; 4) - R$ 1.637,11 por aposentado a partir de 65 anos; 5) - contribuições à previdência privada e aos Fapi pagas pelo contribuinte; b) Carnê Leão: itens de 1 a 3 mais as despesas escrituradas no livro-caixa.


| 1º e 2 de dezembro de 2012 |

PUBLICAÇÕES LEGAIS/ NACIONAL

7

Rodada de negócios aponta oportunidades para pequenas empresas Evento realizado pelo Sebrae/PR e Petrobras estimula empreendedores a negociar com grandes empresas da cadeia produtiva do petróleo, gás e energia, além de outras grandes empresas As micro e pequenas empresas têm tudo para serem fornecedoras de grandes empresas. O que precisam é apostar em capacitação, qualificação e excelência. Essa foi a tônica de mais um evento realizado pelo Sebrae/ PR com o objetivo de inserir os pequenos negócios num mercado altamente competitivo. O evento, realizado na sede do Sebrae/PR, na capital paranaense, contou com uma palestra ministrada pelo engenheiro de equipamentos sênior da Unidade de Operações da Petrobras, Jaime Shigueru, que apresentou oportunidades às pequenas empresas de serem fornecedoras da Petrobras, sobretudo em tempos de pré-sal. "Na palestra, os empresários de vários segmentos tiveram a chance de enxergar diversas oportunidades de negócio envolvendo a exploração do pré-sal", explica o consultor do Sebrae/PR, Pedro Cesar Rychuv Santos. Além da palestra, durante dois dias, foram realizadas rodadas de negócios com 20 empresas- âncora (grandes empresas que buscam contratações de fornecedores), que negociaram com 86 empresas fornecedoras, sendo dessas 80% delas micro e pequenas empresas. Segundo o consultor do Sebrae/PR, as empresas de micro e pequeno porte têm que quebrar o paradigma e começar a fornecer para grandes. "Os dirigentes das empresas têm que ver as ocasiões favoráveis para o fornecimento de seus bens e serviços e não usar as dificuldades como entraves, e sim, como uma oportunidade de grandes realizações mostrando seu potencial para entrar nesse mercado de maneira diferenciada."

PARA TODOS OS GOSTOS Shigueru apontou que diversos segmentos podem fornecer, de forma direta ou indireta, para grandes empresas como a Petrobras. "Nós temos oportunidades desde a linha de metal mecânica, serviços de segurança e meio ambiente, parte de prestação de serviços, de tecnologia, jardinagem, enfim, existe vaga para todos os setores." A Petrobras, somente na área de exploração e produção de petróleo, tem uma verba destinada de 236,5 bilhões de dólares entre 2012 e 2016. Participaram das rodadas de negócios empresas de diversas áreas de atuação. Marcia Bernini e Fernanda Silva, da Galvão Locações, imobiliária com quatro lojas em Curitiba, disseram que o objetivo era se fazer presente. "São vários colaboradores dessas empresas que vem de fora e muitas vezes precisam locar um imóvel. Nós conseguimos criar oportunidades de locação nessas rodadas", avaliam. Antônio Mororo, da Moldurama do Brasil, empresa do setor madeireiro com sede em Tubarão, Santa Catarina, viu a oportunidade na magnitude do projeto do pré-sal. "O Brasil vai ter que investir por três ou quatro anos em infraestrutura e a Petrobras precisará construir ou ampliar em vários setores e isso me fez ver que temos chance de fornecer nessa fase". Ser referência de produto é o objetivo de Simone Soares, da Movelaria Paranista. Empresa do setor moveleiro há 21 anos e localizada em Almirante Tamandaré, na Região Metropolitana de Curitiba, pro-

Em visita esta semana à Assembleia Legislativa, o diretor da Secretaria Especial de Editoração e Publicações do Senado Federal - SEEP, Florian Madruga, doou à Casa cópias da Constituição do Estado do Paraná em braille, que passarão a integrar o acervo do Centro de Pesquisa e Documentação, órgão vinculado à Diretoria Legislativa da Assembleia. Neste momento o Centro está empenhado na reconstituição, organização e digitalização dos processos lá armazenados. Encadernados, os Anais desde 1970 estão sob a guarda do Legislativo, mas não foram arquivados de forma padronizada. Em muitos casos os processos estão incompletos, faltando páginas ou com páginas em mau estado. Mediante um trabalho intensivo de pesquisa, os onze servidores do setor levantam junto ao Palácio Iguaçu, à Biblioteca Pública do Paraná e ao Arquivo Público, as partes que faltam para complementar a documentação. PADRONIZAÇÃO "A inexistência de um padrão para o arquivamento do material, até mesmo a forma descui-

dada e desorganizada com que ele foi guardado, dificulta muito a pesquisa, inclusive pelos nossos próprios servidores. Tivemos que começar quase que do zero, pela higienização desse material, numeração das páginas e a complementação do que estava faltando. Quando essa etapa estiver concluída, teremos também toda a documentação da Assembleia digitalizada e integrada ao sistema, de forma que possa ser consultada tanto fisicamente quanto via internet", explica a titular da Diretoria Legislativa, Lucília Felicidade Dias, prevendo que isso poderá acontecer já no início do próximo ano. "Não podemos nos esquecer de que se trata de uma tarefa meticulosa e que deve ser realizada com todos os cuidados, atestando devidamente as alterações e acréscimos em cada um dos processos. A intenção da atual Mesa Executiva é dotar a Casa de um banco de dados eficiente, que sirva não apenas aos nossos parlamentares e à administração, mas possa ser acessado por quem tiver interesse em consultá-lo, a qualquer tempo, conferindo maior transparência à atuação

Foto: Sandro Nascimento/Alep

Assembleia vai abrir Centro de Pesquisa à consulta pública

Servidores do Centro de Pesquisa e Documentação da Assembleia Legislativa estão empenhados na reconstituição, organização e digitalização dos processos armazenados por décadas no Legislativo

do Legislativo". acrescenta. Além da Diretoria Legislativa, outros setores da Casa também deverão fazer um levantamento completo de sua documentação. "Já avançamos bastante", comemora a diretora Lucília Dias. "Digitalizamos toda

a produção legislativa relativa ao período de 2012 a 2009. Estamos iniciando a produção de 2008. A DL já dispõe de todo essa material em PDF. E vamos trabalhar também com Diários Oficiais antigos, buscando preencher as profundas lacunas que encontramos".

Marília Vargas e Ariadne Oliveira cantam com a Orquestra Sinfônica A apresentação da Orquestra Sinfônica do Paraná deste domingo (02) reúne duas importantes e respeitadas cantoras brasileiras, a soprano Marília Vargas e a mezzo-soprano Ariadne Oliveira. Participa também o coro Feminino Collegium Cantorum de Curitiba, fundado pela maestrina Helma Haller em 2000. O concerto terá a regência do maestro Osvaldo Ferreira. A primeira parte do programa apresenta duas obras inéditas, a Abertura Sinfônica nº 3, Op. 20, do compositor português José Manuel Joly, e a La Damoiselle Élue, do compositor francês Claude Debussy. "No ano em que se comemora 150 anos de Debussy, apresentamos sua melhor obra, composta em sua juventude e escrita para coro feminino com solos de soprano, contralto ou mezzo-soprano. Na realidade foi escrita sob um bonito poema que fala sobre o amor entre dois jovens. Na segunda parte do concerto, vamos apresentar a emblemática Sinfonia Nº 1, de Johannes Brahms", explica o maestro. REPERTÓRIO O compositor e maestro português demostra em suas composições uma fusão dos vários estilos europeus. O antigo folclore português e o polifonismo renascentista estão presentes nas suas primeiras peças; foi nesse período que escreveu as primeiras quatro sinfonias. Encerra a apresentação a Sinfonia Nº 1 em Do menor, Op. 68, de Johannes Brahms (1833-1897), compositor alemão. A obra foi escrita entre 1854 e 1876, quando o compositor estava com 40 anos. Estreou em Karlsruhe, em 4 de novembro de 1876, sob a regência de Felix Otto Dessoff. Um mês e meio mais tarde foi apresentada em Viena e recebida pela crítica com grande entusiasmo. SOLISTAS Marília Vargas conduz uma intensa carreira de concertos no Bra-

sil e no exterior. Iniciou seus estudos de canto com Neyde Thomas aos doze anos de idade e estreou no Teatro Guaíra, como o personagem pastorzinho, na Tosca. Apresenta-se regularmente como solista com diversas orquestras nacionais e estrangeiras divulgando a música brasileira. Ariadne Oliveira - natural de Curitiba, estreou no papel de Rosina da ópera "O Barbeiro de Sevilha", no Theatro São Pedro, São Paulo, em 2005. Também se dedica à música sinfônica; entre suas várias performances estão o solo de "El Amor Brujo", de Manuel Falla, com a Orquestra Sinfônica de São Paulo (OSESP), e o recital no Teatro Argentino de La Plata, a convite do renomado maestro Reinaldo Censabella. Ariadne atua como solista em grandes orquestras brasileiras e sob a batuta de renomados maestros. COLLEGIUM CATORUM Criado por Helma Haller, em 2000, o grupo se dedica à divulgação da música de concerto paranaense e brasileira, incluindo a estreia e divulgação das obras dos compositores contemporâneos. A proposta principal é uma "oficina permanente de Canto Coral". As integrantes do conjunto são musicistas profissionais que atuam na área pedagógica. SERVIÇO Concerto da Orquestra Sinfônica do Paraná. Data: 2 (domingo). Horário: 10h30. Local: Auditório Bento Munhoz da Rocha Netto - Guairão. Classificação: 7 anos. Ingressos: R$ 10,00. Meia-entrada conforme prevista em lei e desconto de 50% para associados do Cartão Teatro Guaíra.

duz cadeiras de alta durabilidade. "Ser fornecedora de uma grande empresa é um cartão de visita para outros clientes", enfatiza. RODADAS DE NEGÓCIOS O Sebrae/PR tem um cadastro desde 2007 com cerca de 450 empresas com a finalidade de estabelecer um relacionamento comercial com a Petrobras e demais empresas-âncora de outros setores. "Em algumas rodadas de negócios, três ou quatro empresas têm a possibilidade de contratar e conhecer os serviços de empreendimentos de micro e pequeno porte", comenta Pedro Cesar Santos, consultor do Sebrae/ PR. Ele ainda complementa que a finalidade das rodadas de negócios realizadas pelo Sebrae/PR é que as pequenas e as grandes empresas além de estabelecerem uma aproximação realizem parcerias futuras. CADEIA PRODUTIVA Pedro Cesar Rychuv Santos conta que já passaram pelo projeto mais de 400 empresas, que se beneficiaram com capacitações, palestras, seminários, consultorias especializadas, rodadas de negócios, encontros empresariais, missões técnicas e exposição em feiras do setor. "O que percebemos é que as empresas que passaram pelo projeto evoluíram e muitas têm fornecido para a cadeia produtiva do petróleo, gás e energia", conclui o consultor do Sebrae/PR.

Governo convoca 96 agentes para atuarem em penitenciárias A Secretaria estadual da Justiça, Cidadania e Direitos Humanos está contratando mais 96 servidores para atuarem em estabelecimentos penais de Curitiba e Região Metropolitana, além de Cruzeiro do Oeste, Foz do Iguaçu, Maringá e Ponta Grossa. São 68 agentes penitenciários, sendo 59 femininos e nove masculinos; e 28 agentes de monitoramento, sendo sete femininos e 21 masculinos. Os profissionais já foram selecionados em Processo Seletivo Simplificado (PSS) e serão contratados por um período de um ano, podendo ter o contrato de trabalho ampliado por até mais um ano. A relação dos aprovados que estão sendo convocados para o trabalho, com a documentação exigida, pode ser acessada em www.justica.pr.gov.br Os aprovados deverão se apresentar nesta segunda-feira (03), no Miniauditório do Palácio das Araucárias, Rua Jacy Loureiro de Campos, s/n, Centro Cívico, Curitiba-PR. Os convocados para a função de Agente Penitenciário deverão comparecer às 8h30 da manhã. Os convocados para a função de Agente de Monitoramente deverão comparecer no mesmo endereço às 14 horas. A escolha de vaga será realizada pela ordem de classificação.


8

| 1º e 2 de dezembro de 2012 |

Dirceu João Maschyo E-MAIL: dirceumetropole@hotmail.com

MÁSTER/COLOMBO

Ana Terra x União decidem a 2ª vaga Depois de perder na última rodada no fim do jogo contra o Imperial, a equipe do Ana Terra pode ir para a final com um empate diante do União Guaraituba

Ana Terra vai para a última rodada precisando de um empate para conquistar a vaga na final

A equipe do Imperial utilizou jogador irregular e deve perder seis pontos

O jogo estava dominado pelo Ana Terá até os 35 minutos do 2º tempo

Auxiliar Adelaida Amarrilla, Nilton Buss capitão do Imperial, arbitro Leandro Nunes, Elizio capitão do Ana Terra e o auxiliar Cristiano Teixeira

Técnico Cidinho lamentou a virada do adversário

Laguna, jogador importante no ataque do azulão, não jogou contra o Imperial

Braca acabou cometendo uma penalidade, que iniciou a reação do Imperial

O máster/45 do Ana Terra perdeu de virada, por 2x1 do Imperial, no jogo válido pela penúltima rodada da fase de classificação, realizado sábado, 24, no Estádio do União Guaraituba. Após dominar a maior parte do jogo a equipe do Ana Terra leva o gol da virada nos acréscimos da partida, cinco minutos antes do Imperial empatar a partida. Se tivesse vencido o confronto, o azulão do técnico Cidinho estaria classificado para a final do campeonato uma rodada antes da decisão. Só um empate Apesar da derrota, que deixou o Ana Terra em 3º lugar na classificação, com 5 pontos, dois a menos que o Imperial que foi a 7 pontos, o azulão pode conquistar a vaga para a final, só com um empate diante do União Guaraituba, hoje à tarde, na última rodada que acontece no Estádio do Imperial. Isso porque o Imperial utilizou dois jogadores de forma irregular, na vitória diante do Ana Terra, com isso pode perder seis pontos. Segundo a presidente da Liga Rosi Fernandes, o caso entra na pauta de julgamentos da próxima terça-feira, 4 de dezembro, e o Imperial deve ser penalizado. Domínio evidente A equipe do Ana Terra foi superior ao Imperial, durante praticamente todo o jogo, teve mais posse de bola, produziu várias jogadas claras de gol, e teve uma postura tática segura, o suficiente para dominar a partida. O azulão acabou abrindo o marcador aos 30 min de forma natural, com um gol do atacante Jones, um reflexo

direto do melhor futebol praticado pelo Ana Terra. Na etapa complementar, o Ana Terra continuou melhor, e poderia até ter ampliado o marcador, pois surgiram várias oportunidades de gol. Mas tudo começou mudar, quando faltavam 5 minutos para o término da partida, quando o atacante Braça acabou cometendo uma penalidade, de forma bastante ingênua, que o volante Nilton Bus não perdoou, e empatou a partida. A forma de como o time do azulão levou o gol, acabou desarticulando a equipe, e o Imperial pressionou os últimos 5 minutos e conseguiu, fazer o gol da vitória, marcado pelo próprio Nilton Bus. Classificação Essa foi a primeira derrota do Ana Terra na competição, um resultado injusto, por tudo o que a equipe fez na partida contra o Imperial. No entanto, como o Imperial utilizou dois jogadores irregulares e pode perder seis pontos, a equipe do Ana Terra poderá conquistar a classificação para a final do campeonato, com um simples empate contra o União Guaraituba, na última rodada desta fase, que acontece neste sábado dia 1º de dezembro. Ana Terra – Beto; Chinek, Wilian, Leandrão e Miltinho (Milton); Binho, Neizão, Joãozinho e Elizio (Rachid); Jones e Braça; Técnico: Cidinho; aux: Romildo; Massagista: Zé Carlos; Imperial – Adelino; Amarildo, Andorinha, Wilson I e Nilton Bus; Wilson II, Gilmar, Vino e Thuca; Zé Luiz e Vina; Técnico: Mano; Aux: Zé.


| 1º e 2 de dezembro de 2012 |

9

Goleiro Weverton do Atlético está confiante para 2013 "O que eu penso para o ano que vem é ser campeão pelo Furacão, conquistar o título do Paranaense e fazer um bom Brasileirão", diz o jogador

Coritiba faz último jogo do ano no Couto Pereira

A felicidade pela conquista do acesso ainda é grande para o goleiro Weverton. Mas, aos poucos, ela vai dando lugar à expectativa. O arqueiro rubro negro, um dos personagens mais importantes para a conquista da vaga na Primeira Divisão, já começa a fazer planos para 2013. "Não dá para não pensar em 2013. Vivemos isso. Minha vida é essa, é o futebol, é o Atlético. O que eu penso para 2013 é ser campeão pelo Atlético, procurar ser campeão estadual, fazer um bom Brasileirão e tentar chegar lá em cima. Brigar por uma vaga na Libertadores, brigar lá em cima, porque é o lugar que esse clube merece", conta o goleiro rubro negro. Weverton foi um dos destaques da campanha do Furacão na Série B do Campeonato Brasileiro. Com o acesso já no currículo pela Portuguesa, o arqueiro atleticano foi fundamental para que o time atleticano conquistasse a vaga na Primeira Divisão. Em um dos últimos lances do Atlético na competição, aos 43 minutos do segundo tempo do duelo contra o Paraná Clube, o goleiro rubro negro defendeu finalização cara a cara de Douglas Packer, evitando o segundo gol paranista. "Quando eu consegui chegar 'inteiro' em cima dele eu falei: 'agora não tomo mais gol'. É muito rápido, mas quando você chega 'inteiro'

na bola e sabe que vai pegar você pensa: 'aqui ele não faz'", lembra Weverton. "Fiquei feliz com a defesa porque sei que ajudou no acesso", completa. Weverton Pereira da Silva chegou ao Atlético Paranaense em maio deste ano e disputou 33 partidas na Série B do Campeonato Brasileiro, todas como titular. O goleiro, de 24 anos, é natural de Rio Branco, no Acre, e não esconde o orgulho pelo seu Estado. "Cheguei a jogar profissionalmente lá no Acre. Depois, tive a oportunidade de jogar a Copa São Paulo com o Juventus (AC), que foi o clube que me criou. Fui bem na Copa São Paulo e o Corinthians me contratou. Então, começou a minha história. Uma história difícil, porque é realmente difícil sair alguém do Acre para estar onde eu estou hoje. Sou muito feliz por isso", explica o goleiro. E o amor pela sua terra, representado pela bandeira do Acre, não deixou de estar presente na comemoração do acesso rubro-negro, no último sábado (24), ainda no gramado do estádio Janguito Malucelli (Ecoestádio). "Sempre que tenho a oportunidade de fazer uma homenagem, seja em uma camisa ou bandeira, eu faço, porque sei que é muito difícil alguém sair de lá e ter a oportunidade de representar o Estado, de mostrar", afirma Weverton.

Atletiba do Sub-18 será terça-feira no Alto da Glória Mais um grande desafio, com muita rivalidade, acontece no início da próxima semana quando Coritiba e Atlético entram em campo na próxima terça-feira (4) para decidir o título de Campeão do Sub18. A partida está marcada para as 15h30, no Estádio Couto Pereira. Como na primeira partida da final o Coritiba perdeu para o Furacão, pelo placar de 1 x 0, o alviverde agora precisa vencer o adversário por dois gols de diferença para ficar com o título. Para isso, o Coritiba está contando mais do que nunca com o apoio da sua torcida no Alto da Glória. Caso o alviverde vença o Atlético por um gol de diferença no tempo normal, o campeão será conhecido nos pênaltis. Quem quiser acompanhar a decisão do estadual Sub-18 deve ficar atento às orientações. Os portões estarão abertos a partir das 15h. A torcida coxa branca entrará pelo portão 1 da Mauá. Já os torcedores do Atlético-PR devem entrar pelo portão do visitante, localizado na Rua Floriano Essenfelder.

Coritiba espera lotar o Couto Pereira neste domingo, contra o Figueirense

O Coritiba encerra diante do Figueirense a sua participação no Campeonato Brasileiro de 2012 com a oportunidade de terminar a competição mais uma vez com uma das maiores médias de público do país. Sexto colocado na média de público ano passado, o Coxa ocupa a sétima colocação neste ano, com média de 13.068 pagantes por partida. Além do alviverde,

na 38ª rodada, outras nove equipes jogam em casa: Flamengo, Portuguesa, Atlético-GO, Náutico, São Paulo, Atlético-MG, Grêmio, Santos e Fluminense jogam a última rodada em casa. Os tricolores cariocas, que já confirmaram o título da edição deste ano, encaram um clássico diante do Vasco na última rodada, O Fluminense é o clube que aparece logo em segui-

da ao Coxa na classificação, com 13.043 pagantes por partida. Entre os sete primeiros colocados, apenas Bahia e Coritiba não encararam clássicos regionais nesta temporada. Já Corinthians e São Paulo fecham o ano com três clássicos em casa cada um. Grêmio e Atlético-MG realizam o clássico nesta última rodada. E o Sport fez o clássico na Sé-

rie A ainda no primeiro turno. Domingo é dia de se despedir do Couto Pereira na temporada, venha a campo, incentive a equipe e mostre todo o amor da nação alviverde pelo Coxa na última rodada do Brasileirão. O Coritiba entra em campo, amanhã (2), às 17h, contra o Figueirense pela 19ª rodada do returno do Campeonato Brasileiro 2012.

Coxa precisa vencer o Furacão por dois gols de diferença


10

Editoração: Chico Lustosa - e-mail: composicao@metropolesjp.com.br / lustosa@onda.com.br

| 1º e 2 de dezembro de 2012 |

J2 é o carro de entrada e de imagem da JAC Carismático, compacto chinês tem bom pacote de equipamentos e desempenho arisco

Honda mostra Civic Si 2013 em Los Angeles Nona geração do modelo foi redesenhada para atender ao gosto do consumidor norte-americano A Honda mostrou no Salão de Los Angeles a versão Si do Civic, redesenhado para atender o gosto do mercado dos Estados Unidos, onde a nona geração do sedã não teve boa aceitação. O esportivo continua sendo equipado com o motor de 2,4 litros de 204 cavalos de potência acoplado a uma transmissão manual de seis velocidades.

O modelo chegará às concessionárias norteamericanas em janeiro, custando cerca de US$ 22.600 (cerca de R$ 47.600). A marca japonesa vai oferecer também a versão cupê, que foi exibida no Salão do Automóvel de São Paulo e que poderá chegar ao mercado brasileiro, como importado, em 2014.

Ford Falcon GT de 550 cv é viatura na Austrália Sedã esportivo recebeu equipamentos e modificações para entregar 101 cv a mais A Ford da Austrália desenvolveu uma versão especial do Falcon GT para a polícia do estado de Nova Gales do Sul. Equipada com um bloco V8 com compressor, que desenvolve 551 cavalos de potência, a viatura é o carro mais rápido que a marca já produziu no país (a versão original tem 450 cv). O aumento de potência foi conseguido graças a adoção de novos bicos injetores e de um sistema de escape redimensionado. Com todos os equipamentos necessários para o trabalho operacional, o sedã custa 100 mil dólares australianos (cerca de R$ 218.300).

Apesar de todo o potencial para perseguir criminosos e motoristas infratores, o carro tem como função principal atrair a atenção de jovens fãs de carros em eventos automotivos e conscientizá-los sobre os perigos de dirigir em alta velocidade. O novo Falcon utilizado pela polícia australiana chega a lembrar o famoso Falcon XB cupê (foto acima) utilizado na saga cinematográfica “Mad Max”. Nos filmes, o carro dirigido pelo policial Max Rockatansky (interpretado por Mel Gibson) pelas estradas da Austrália foi batizado de Interceptor e utilizava um motor V8 de 351 polegadas cúbicas.

Mantendo a sua política de oferecer carros completos com preços competitivos, a JAC Motors lançou na última terça-feira (27), em Camaçari (BA), o compacto J2, que chega em versão única partindo de R$ 30.990. Mesmo sendo um modelo de entrada, o carrinho segue o discurso da marca chinesa de “oferecer mais por menos” e ainda tem o apelo da garantia de seis anos. A carroceria de 3,53 metros de comprimento, 1,47 metro de altura, 1,64 metro de largura embala um pacote de equipamentos formado por ar condicionado, direção com assistência elétrica, vidros, travas e retrovisores com acionamento elétrico, duplo airbag frontal, freios com ABS e EBD (sistemas anti-travamento e de distribuição de frenagem), rodas de liga leve de 14 polegadas, sensor de estacionamento, entre outros. Apesar do bom entre-eixos de 2,39 metros, o exíguo porta-malas oferece apenas 120 litros, o suficiente para ficar lotado com apenas duas pequenas malas. O trunfo do J2 fica por conta do conjunto mecânico herdado do irmão maior J3, o já conhecido bloco de 1,4 litro (1.332 cc) de 108 cavalos de potência e 13,8 kgfm de torque, que bebe apenas gasolina. De acordo com a JAC, o propulsor permite o compacto ir da imobilidade aos 100 km/h em apenas 9,8 segundos e atingir a velocidade máxima de 187 km/h. O câmbio é manual de cinco marchas. De acordo com Sérgio Habib, presidente da JAC Motors do Brasil, “o J2 sofreu cerca de 360 alterações estéticas e mecânicas antes de começar a ser comercializado no Brasil”. A meta da

empresa é vender cerca de 800 carros por mês. Antes de entrar no carro, a impressão é de estar diante de um carro pacato e de vocação apenas urbana. Ao se acomodar no banco do motorista, dar a partida e começar a acelerar, o compacto mostra que o investimento da JAC em trocar o motor de 1,0 litro utilizado no mercado chinês pelo bloco maior deu certo. Ao volante do J2 O compacto de 915 quilos é esperto nas acelerações, mesmo com ar-condicionado ligado e três pessoas a bordo, e embala com facilidade. O ronco do motor de 1,4 litro fica mais encorpado a medida que o giro sobe. O contagiros pequeno e de difícil leitura registra 3 mil rpm a 110 km/h e denota que o motor tem disposição para ir além. Apesar de ser um carro curto e de perfil “altinho”, o J2 não rola muito em curvas mais acentuadas devido o acerto da suspensão recalibrada para o piso das ruas e estradas brasileiras. No entanto, o carrinho sofre um pouco com o deslocamento de ar de veículos maiores, como ônibus e caminhões. Já a direção de assistência elétrica tem um bom peso na hora de manobrar o carro, mas peca pela folga e pelo volante de aro fino demais. Outras pequenas falhas do carrinho são a falta de limpador e lavador do vidro traseiro (não é oferecido nem como opcional) e de um computador de bordo, que seria muito útil para ajudar a aferir o consumo, uma vez que o tanque de combustível tem capacidade de apenas 35 litros.

metropole1-12-12  

metropole1-12-12

Advertisement