Issuu on Google+

| Quarta-feira, 30 de março de 2011 |

Construção civil fica mais cara, puxada pela mão de obra

Desde o começo do ano, o índice acumula alta de 1,21% e, nos últimos 12 meses, de 7,45%

ciado, principalmente, pelos reajustes salariais concedidos em duas localidades, Salvador e Porto Alegre. Na capital gaúcha, os profissionais receberam adicionais previstos no acordo coletivo da categoria, que elevaram os ganhos na média

em 1,30%. Na capital baiana, as correções tiveram variação média de 0,56%. No segmento materiais, equipamentos e serviços, o índice perdeu força, passando de 0,65% para 0,60%. Nos últimos 12 meses, a variação alcançou 5,72%. O que mais

tem encarecido são as instalações elétricas, embora tenham apresentado percentual menor do que em fevereiro (de 2,56% para 1,30%). Desde o começo do ano, esses serviços acumulam um aumento de 5,89% e, nos últimos 12 meses, de 18,29%.

Copa do Mundo 2014 oferece 128 oportunidades de emprego A Copa de 2014 criará 128 grandes oportunidades para as pequenas empresas do setor da construção civil, principalmente no período préevento. A informação consta no ‘Mapa de Oportunidades para as Micro e Pequenas Empresas nas Cidades-Sede’, levantamento inédito do Sebrae encomendado à Fundação Getúlio Vargas (FGV). A construção civil é um dos nove setores da economia em que o Sebrae trabalha para identificar oportunidades de negócios e capacitar pequenas empresas. O setor absorverá a maior parte (R$ 22,8 bilhões) dos R$ 33 bilhões a serem investidos pelo poder público e iniciativa privada em infraestrutura, turismo e consumo, segundo dados do Ministério do Esporte. As 128 oportunidades mais promissoras para as pequenas empresas da construção civil nas 12 cidades-sede surgem na condição de fornecedores ou prestadores de serviços para as grandes empresas. São atividades como consultoria, prestação de serviços, fornecimento de matéria-prima, insumos e equipamentos, representantes comerciais e agentes do comércio de eletrodomésticos, móveis e artigos de uso doméstico, comércio varejista de ferragens, madeira e materiais de construção. “O Sebrae quer transformar o desafio desse trabalho no seu legado. A ideia é aproveitar a oportunidade da Copa para aumentar o nível de competitividade e promover o desenvolvimento das pequenas empresas. Este grande evento é um elemento motivador para a criação,

José Alencar, uma vida com dignidade Adelino Venturi

Arquivo AEN

O Índice Nacional de Custo da Construção - Mercado (INCC-M), medido pelo Instituto Brasileiro de Economia (Ibre) da Fundação Getulio Vargas (FGV), atingiu 0,44%, em março, resultado maior do que o de fevereiro (0,39%). Desde o começo do ano, o índice acumula alta de 1,21% e, nos últimos 12 meses, de 7,45%. O INCC é um dos subcomponentes do Índice Geral de Preços-Mercado (IGP-M). As taxas subiram em índices superiores aos do mês anterior em quatro das sete capitais onde a pesquisa é realizada: Salvador, com 0,62% ante 0,41%; Brasília, com 0,15% ante 0,04%; Belo Horizonte, com 0,54% ante 0,31%; e Porto Alegre, com 1,02% ante 0,24%. Nas demais, as correções ocorreram com variações menores: São Paulo, com 0,34% ante 0,46%; Rio de Janeiro, com 0,35% ante 0,42%; e Recife com 0,33% ante 0,92%. A taxa do setor da mão de obra aumentou na média em mais do que o dobro (de 0,12% para 0,27%) e acumula em 12 meses alta de 9,36%. Esse crescimento foi influen-

Artigo

melhoria e internacionalização de novos produtos e serviços”, destaca o gerente de Serviços do Sebrae, Vinícius Lages. O mapeamento demonstra que quando se trata do fornecimento de insumos relacionado ao comércio atacadista, a oportunidade surge por meio da complementação de materiais que, pela ausência de previsibilidade do demandante ou por urgência,

são comprados em empresas, normalmente locais e de menor porte. Além disso, as chances de atuação dos empreendimentos locais relacionadas ao comércio ou à indústria no fornecimento de materiais frágeis (como vidro) serão expressivas, pois o transporte por longas distâncias é muito caro e difícil. RAIO X Na área de projetos, cha-

mou a atenção o potencial de oportunidades para os serviços especializados de arquitetura. Já em administração, serviços complementares como alimentação, transporte, controle patrimonial, comércio de ferramentas e equipamentos de pequeno porte e transporte de pessoal também podem ser explorados.

O mundo das pessoas dignas perdeu um mestre da sabedoria, um homem simples, um grande homem, com a morte de José Alencar Gomes da Silva. Ele era um bom mineiro, um mineiro da cepa, da Zona da Mata, que começou a vida como um garoto prestador de serviços gerais e chegou à glória do poder, em Brasília, inicialmente como senador e depois vice-presidente da República, nos dois mandatos do presidente Luiz Inácio Lula da Silva. O garoto bom menino também se transformou em um grande empresário, um empreendedor bem sucedido respeitador das boas relações entre capital e trabalho, alguém que não se deixou envolver pela ganância e pela visão mesquinha do lucro fácil. José Alencar teve o bom senso e a coragem de ver o mundo também pelo visor da política e, com certeza, fez promessa de fé de não se deixar levar pelo canto de sereia dos políticos demagogos. No Senado e no Palácio do Buriti ele foi guardião da moralidade pública, porque da privada aprendeu no seio familiar, em uma cultura familiar própria dos mineiros, inteligente, ponderada, calma, sem arroubos de grandeza. O homem simples de trato quase simplório com os amigos e, no seu tempo de homem público, com o povo brasileiro, teria a missão divina de ser o grande exemplo de temperança. Sua alma branda demonstrou ser forjada no aço das minas do seu estado natal. Ele enfrentou o drama de

uma enfermidade fatal com a serenidade dos grandes homens, dos fortes e dos justos, sem lamentos ou protestos, mas com determinação, com a fé cristã que o abrangeu desde a infância. A cada internação para uma cirurgia - das dezessete que realizou em oito anos - os brasileiros tinham a impressão de que José Alencar teria chegado ao fim. Mas, ele ressurgia vibrante, otimista, radiante por mais uma vitória, disposto para o trabalho no apoio aos programas e projetos do governo ao qual servia como vice-presidente e, não raro, como chefe da nação na ausência do titular. Nesta condição ele nunca extrapolou. Manteve-se sereno fazendo as coisas na medida certa sem a pretensão de ser poder, somente de servi-lo. A perda de um homem desse porte moral é uma infelicidade. Mas, todos nós que vivemos no mundo dos dignos, das pessoas de bem e de bom caráter, podemos afirmar que somos felizes pelo seu legado. José Alencar viveu com grande intensidade o mundo da política, mas navegou ao largo, longe das tempestades dos crápulas, dos que fazem do poder instrumento dos seus interesses escusos, daqueles com cara de santo e alma de demônio. Com absoluta certeza, José Alencar foi um mestre da moralidade, um artífice da dignidade. Adelino Venturi é professor, empresário e membro do Conselho Deliberativo da Associação Comercial, Industrial, Agrícola e de Prestação de Serviço (Aciap), de São José dos Pinhais


2

| Quarta-feira, 30 de marรงo de 2011 |


| Quarta-feira, 30 de marรงo de 2011 |

3


6

| Quarta-feira, 30 de março de 2011 |

Classilinha AGORA VOCÊ TEM MUITO MAIS VANTAGENS. Anuncie no Classilinha e ganhe anúncio no site www.metropolejornal.com.br

Renda Extra TRABALHE EM CASA RESPONDENDO CARTAS. Ganhos p/produção. Interessados enviar carta para STC – Cx. Postal 528 CEP 83323-980 ou acesse www.trabalheemcasaoverdadeiro.c om.br/1096892 01a30

3737/7817-2669 www.autosportveiculos2.com.br CELTA 2005 VHC 4 ptas,trio elétrico,ldt,parachoque da cor,gps,a vista,fina ent.20%+60x520,00 ou (cons)ent.500,00+50x348,00.aceito carro/moto(-) valor. Sem consulta SPC/Serasa. 3013.6378/9125.9721

PALIO WEEKEND 98 1.5 com vidros e travas elétricas, rodas de liga leve ar quente ótimo estado. A vista ou 900,00 (novecentos) de entrada + 469,00 p/ mês. Ac. troca 3349-8200/7814-3171 www.autosportveiculos2.com.br

CRÉDITO DE CONSÓRCIO para aquisição de carro, moto, caminhões etc... R$ 18.000,00 a R$ 70.000,00. Ligue já (41) 9630-7338 29a02

Distribuidora

Automóveis Chega de Pagar Aluguel FIAT UNO MILLE 93 ,2p, cinza ar qte, limp dês trás,cd player, ótimo estado, a vista ou 300,00 +36x349,00, ac troca por maior valor -3349-8200/7817-2669 www.autosportveiculos2.com.br

Crédito de Consórcio

VENDE-SE DISTRIBUIDORA AGUA MINERAL NO CENTRO DE SJP. R$ CHEGA DE PAGAR ALUGUEL! A 35,000,00. Aceita-se propostas. Tel oportunidade bate a sua porta. carta 3556-1307 / 84313152 23a01 cont.70 mil ent.15 mil+126x760,00 ou (cons)ent.800,00+143x588,00 p/ compra de casa,apto,terreno,capital de giro. sem consulta SPC/Serasa. 3013.6378/9125.9721 Trabalhar para S.T.C no conforto do OPORTUNIDADE! SAIA DOS JUROS seu lar respondendo cartas com ABUSIVOS DO FINANCIAMENTO. nossos impressos informativos C a r t a c o n t . 1 0 0 m i l e n t . 2 2 conquistando sua independencia mil+160x900,00 ou (cons) ent. financeira. Solicite-nos o mais rápido 1.000,00+143x823,00 p/ casa, apto, possível, sua proposta de trabalho terreno, construção, reforma ou independente, enviando-nos seu nome capital de giro, sem consulta completo e endereço. Cx Postal 16077 SPC/Serasa. 3013.6378/9125.9721 - CEP 81.611-970 e obtenha informações detalhadas para o sucesso (41) 9906-5661 18/3a18/4

Renda Extra?

VW PARATI 2000 GIII 1.6 4 pts, gasolina/gnv, ar cond, dir hidr, vidros/travas eletr,rodas de liga, ótimo estado, a vista ou 900,00+578,00 p/ mês. Ac. troca 3349-8200/7817-2669 www.autosportveiculos2.com.br GOL 96 PRATA metálico 4 pneus novos, ar quente, alarme, desembaçador e limpador traseiro, otimo estado a vista ou 900,00(novecentos) +48xde 369,00 3349-8200/7814-3171 C O N T R A T A - S E A U X I L I A R D E COZINHA E COZINHEIRA para inicio www.autosportveiculos2.com.br imediato. Restaurante de buffet por VW GOL 2001 1.0 MI alarme, insulfilm, kilo, segunda a sábado das 8 às 18 som, ótimo estado, a vista ou 60 x horas. Ligar para 3035-6631 29a08 449,00. Ac. troca 3349-8200/3227-

Cozinheira e Auxiliar Tupperware QUER COMPRAR OU REVENDER TUPPERWARE. Falar com Sirlei pelo tel. (41) 3385-5678 / 8501-5785 ou pelo e-mail sirleicostapereira@hotmail.com 24a30

Exemplo:

Econômico / 5 edições Inteligente {Mínimo: R$ 15,00 Para anunciar ligue: 3383-6650 GOL 1.0 - 95 - Bordo - Liga leve, aro 15, insufilme. R$ 12.000,00. Ótimo estado. Informações: 9106-1534


| Quarta-feira, 30 de março de 2011 |

7

A Comissão de Conciliação do Creci/PR, chamada de Crecicon, foi deferida pelo Prêmio Innovare, na sua IV edição. A procuradoria jurídica do Conselho inscreveu a prática para divulgar o trabalho realizado, desde 2004, com a finalidade de resolver conflitos, de forma conciliatória, entre consumidores e corretores de imóveis ou imobiliárias. O deferimento do projeto pelo Instituto mostra que a iniciativa ajuda a desburocratizar a justiça e evita que a discussão vá até o Poder Judiciário. O Creci/PR já realizou 729 audiências das quais 367 foram consideradas frutíferas, ou seja, não geraram processos administrativos. O Crecicon é composto por corretores de imóveis voluntários, cada turma possui três conciliadores, nomeados por portarias. Atualmente 54 profissionais trabalham no processo e são coordenados por um conselheiro do Creci/PR. Todas as sessões são acompanhadas por um agente público que assessora e lavra os termos de audiência. A prática é executada de forma simples, o denunciante prejudicado por um corretor ou imobiliária vai até o Conselho e narra os fatos, a partir disso gera-se uma denuncia em que as partes envolvidas são intimidas para a audiência conciliatória, com o prazo máximo de 30 dias. O Crecicon é regulamentado pela Resolução do Cofeci nº 325/92 e normatizado no Creci/PR pelo ato 005/2004. As audiências do Crecicon são realizadas na Sede do Conselho, em Curitiba, e nas nove Regionais (Londri-

CuritibaCVB

Projeto do Creci/PR é deferido pelo Prêmio Innovare

Projeto tem a finalidade de resolver conflitos, de forma conciliatória, entre consumidores e corretores de imóveis ou imobiliárias

na, Maringá, Cascavel, Foz do Iguaçu, Pato Branco, Ponta Grossa, Umuarama, Guarapuava e Matinhos). O Coordenador Jurídico do Creci/PR, Carlos Zanetti, relata que o Crecicon é uma ferramenta importante. “A tentativa de conciliação dentro das instalações do Creci/

PR com o emprego correto dos recursos públicos acaba por diminuir o custo da justiça, tendo em mente a resolução dos casos que são possíveis com a composição de interesses conciliáveis”. O Presidente do Creci/ PR, Alfredo Canezin, afirma que o deferimento da prática

pelo Instituto Innovare reconhece a importância do trabalho realizado pelo Conselho. “Este reconhecimento é muito importante pra mim e para todos que estão envolvidos nesta prática, foram sete anos de muito trabalho e aprimoramento que agora estão homologados”. Relata

Casa Cor Paraná comemora 18 anos e acontece em junho Em Curitiba, após um grande período de edições voltadas à revitalização do patrimônio arquitetônico da capital, a Casa Cor retorna a ocupar uma espetacular residência centralizada em belíssimo parque natural, e se prepara para mais uma vez surpreender o seu público: propostas inovadoras e arrojadas, mantendo a tendência de mostrar arquitetura de interiores e exteriores ancorada em espaços capazes de tornar o evento um excelente e atrativo programa cultural voltado para a família. Seguindo a política adotada pela Casa Cor, numa campanha em prol da sustentabilidade e respeito ao meio ambiente, o evento da Capital Ecológica do Brasil, apresenta seus expositores como entendedores de que a sustentabilidade é uma atitude em relação ao futuro.

Foto: Divulgação

Evento vai apresentar inovações e tendências que trazem mais beleza e modernidade para a vida do homem contemporâneo

Evento é conhecido por apresentar inovações de arquitetura e decoração. Na imagem, lounge no Jardim, de Lupercio Manoel e Souza, no evento de 2010 Da mesma forma, a valorização dos costumes de uma comunidade e preservação da memória de uma sociedade podem

Grupo Baram busca novas tecnologias na Espanha É em busca das últimas tendências para o setor da construção, que o Grupo Baram – líder nacional em andaime e soluções para a construção, desembarca em Zaragoza, na Espanha, para participar da SMOPYC – Salão Internacional da construção, que acontece de 5 a 9 de abril. O diretor-presidente da empresa, Josely Rosa, chega à cidade espanhola com a missão de estabelecer contatos e acompanhar as principais tendências e novidades para o segmento, apresentadas durante o evento. “Investir em eventos como esse significa absorver mais conhecimento, conhecer novas tecnologias e estabelecer contatos com lideranças de setores internacionais da indústria, comércio e prestadores de serviços”, avalia Josely. Em 2010, a Baram esteve presente em 29 feiras, promovidas nas cidades do Rio de Janeiro, São Paulo e Brasília, entre outras. Para 2011, a expectativa é marcar presença nas principais feiras nacionais e mundiais. SOBRE A SMOPYC Em 30 anos de história, a SMOPYC se firmou como a segunda maior feira do setor no cenário mundial, atrás apenas da Bauma Alemanha. A última edição do SMOPYC, realizada na Feira de Zaragoza entre 22 e 26 de abril de 2008, alcançou os melhores resultados de todos os tempos.

ser consideradas atitudes tão sustentáveis quanto o uso de equipamentos e produtos ecologicamente corretos. Sobre o imóvel, o projeto e as novidades do evento 2011 Localizado no tradicional bairro Mossunguê, em uma área de 10.000 m2 de um parque natural na conhecida Rua Paulo Gorski, Casa Cor comemora sua 18ª Edição com 47 ambientes em um belíssimo imóvel unifamiliar, projeto dos anos 80, assinado pelo renomado arquiteto paranaense Tito Livio Calderari. Focará tradicionais temas residenciais onde os expositores preparam ambientes que estarão apresentando tendências, inovações e belíssimas criações no setor “interiorismo” e promovendo o “novo morar”. Para contemplar o entretenimento que hoje se produz na Casa Cor, no belíssimo parque será construído amplo pavilhão

para abrigar o setor de Gastronomia e Festas, com a presença de ambientes como Cervejaria, Cocktail Bar, Lounge Balaroti, Bistrot e Cafeteria, operados pela empresa O Chef Sou Eu. Completa o mix de ambientes áreas voltadas à atividades recreativas e educacionais para os pequenos visitantes, como a Brinquedoteca e Sítio da Gralha Azul, além da instalação da Loja da Casa e o Centro de Atendimento Técnico Balaroti (setor para suporte aos expositores durante as obras). Como novidades, inédito Lounge de Entrada Social e a Praça Casa Cor, neste ano preparada para total interatividade do público junto à natureza. Além disso, nova construção junto ao corpo da casa original para abrigar o espaço O BOM GOURMET, composto por três ambientes totalmente voltados para atividades em torno da boa mesa e da arte de bem receber.

também que o procurador jurídico do Conselho foi muito importante neste processo. “O Dr. Antonio Linares Filho participou deste o inicio do Crecicon, redigiu o Ato 005/ 2004 e sempre acreditou no projeto, portanto merece a minha gratidão pelo trabalho realizado”.

OPINIÃO

SERVIÇO: Conselho Regional de Corretores de Imóveis do Paraná – Creci/PR Rua General Carneiro, 680, Centro, Curitiba/PR – contato: (41) 3262-5505 Horário de funcionamento 8h30 às 12h e das 13h30 às 18h.

POR DAPHNIS CITTI DE LAURO

Condomínios: varas especializadas Seria extremamente útil a criação de varas especializadas em condomínios. A lentidão do andamento dos processos judiciais é uma realidade conhecida por todos. Uma matéria publicada no “Clipping Eletrônico” da Associação dos Advogados de São Paulo (AASP), de novembro de 2007, assinada por Alessandro Cristo, revela que “as rotinas dos cartórios são as maiores responsáveis pela demora na tramitação dos processos no Poder Judiciário brasileiro”. Esse estudo cita pesquisa da FGV de São Paulo, mostrando que “cerca de 80% do tempo de tramitação das ações judiciais no Brasil é gasto nos cartórios”. Isso se deve a rotinas desnecessárias, precariedade de instalações das varas nos fóruns e a falta de informatização. Não há funcionários suficientes, mas se houver a contratação de mais gente, não há espaço nas salas. O Poder Judiciário não tem verba suficiente. A Constituição Federal, no seu artigo 2º, diz que “São Poderes da União, independentes e harmônicos entre si, o Legislativo, o Executivo e o Judiciário”. Mas a Constituição não é cumprida. As custas processuais que são pagas para distribuição e andamento dos processos, vão praticamente todas para o Executivo. Assim, o Poder Judiciário depende do Poder Executivo. Logo, o Poder Judiciário não é independente. Como não tem autonomia financeira, as taxas arrecadadas pelos Tribunais deveriam ficar com o Judiciário, pois, atualmente, esse dinheiro é recolhido pelo Estado é só é repassada parte dele.

São Paulo tem mais de 18 milhões de processos em andamento. Seu Poder Judiciário é um dos maiores do País. Para diminuir a morosidade, a solução passa, dentre outras medidas, pela informatização, mas como depende de verba dos outros Poderes, não tem dinheiro suficiente. Outros fatores de atraso no andamento dos processos são, tendo em vista a generalidade do Direito, as decisões proferidas muitas vezes contra a jurisprudência dominante, contra matérias já assentadas pela Segunda Instância, gerando uma profusão de recursos que se poderia evitar e que levam, em média, quatro anos para serem julgados. Enquanto isso, os condôminos pontuais têm que sustentar os inadimplentes. A forma ideal para resolver essas dificuldades é a criação de varas especializadas e exclusivas em problemas condominiais, cujos juízes, conhecedores profundos da matéria, poderiam julgar mais rapidamente, melhor e com mais facilidade. Já existem no Brasil varas especializadas da infância e da juventude, varas especializadas em crimes contra o sistema financeiro nacional e de lavagem de dinheiro, varas especializadas do idoso, varas especializadas em direito ambiental e agrário, etc. O Tribunal de Justiça de São Paulo tem plano para criação de varas especializadas em violência doméstica. Porque não se criar varas especializadas em condomínios? Daphnis Citti de Lauro, advogado, é autor do livro “Condomínio: Conheça Seus Problemas”. Mais informações www.dclauro.com.br


8

| Quarta-feira, 30 de marรงo de 2011 |


imobiliario30-03