Page 1

| Terça-feira, 25 de janeiro de 2011 |

9

Acidentes: o perigo pode estar dentro de casa Muitos acidentes que atingem os menores de cinco anos acontecem em casa. Mas acessórios e dicas podem livrar sua família dessa estatística. As crianças são naturalmente curiosas e, especialmente quando muito jovens, não têm noção dos perigos. Por isso, quando entram em contato com os itens mais comuns em uma casa, conseguem causar grandes acidentes. Gavetas viram alicates de dedos, produtos de limpeza viram veneno e geladeiras, esconderijos perigosos. Para que você tenha tranqüilidade em casa com crianças menores de cinco anos, existem dicas de organização doméstica que podem ajudar, como guardar medicamentos longe do acesso de olhos que não distinguem comprimidos de balinhas. Mas também uma série de equipamentos que podem, se não impedir, minimizar a gravidade dos acidentes. São adesivos antiderrapantes para banheiros, travas para a porta da geladeira, protetores para tomadas, etc. O local onde acontece a maior parte dos acidentes, segundo o especialista, é a cozinha. Depois, vem o banheiro, o corredor (quem diria?), as escadas, os quartos e a sala. A seguir, contamos onde mora o perigo e como evitá-los. Cozinha - Deixe o botijão de gás do lado de fora. Se este estiver dentro da cozinha, mantenha a válvula desligada quando não estiver usando o fogão. - Prefira as “bocas” (queimadores) de trás do fogão. Além disso, os cabos de panelas devem ser virados para dentro e para trás; - Tome cuidado com toalhas compridas. A criança pode se sentir tentada a puxá-las, entornando substâncias em alta temperatura sobre si mesmas; - Proteja as tomadas e recolha os fios dos eletrodomésticos; - Os materiais de limpeza deve estar em suas embalagens originais e fora do alcance das crianças, em armários altos e trancados; - Fósforos e isqueiros também devem ser armazenados com cuidado, isto é, em locais altos e trancados; - A mesma regra vale para os objetos cortantes (garfos, facas, copos de vidro, espetos, etc.), que devem ser armazenados em gavetas e armários com travas. Sirva líquidos e alimentos á criança, preferencialmente em utensílios plásticos ou acrílicos; Banheiro - Mantenha o piso seco e use tapetes antiderrapantes, principalmente no chuveiro, onde quedas devido à espuma são comuns; - Cosméticos, medicamentos e apa-

relhos elétricos devem ser mantidos em armários trancados, longe do alcance das crianças. Cuidado especialmente com os enxaguantes bucais; - Se houver aquecedor a gás no banheiro, mantenha o espaço sempre ventilado. Além disso, o aparelho precisa de manutenção periódica; - Aparelhos elétricos não devem ser mantidos nas tomadas após o uso, mesmo que desligados; - Sempre manter a porta do banheiro fechada. A tampa do vaso sanitário também. Nas crianças, as partes mais pesadas do corpo são a cabeça e os membros superiores, assim, elas perdem facilmente o equilíbrio ao se inclinarem para a frente e isso aumenta muito o risco de afogamento. Quarto das crianças - Prefira móveis de cantos arredondados; - As camas devem ter proteções laterais e os espaços entre as grades têm de ser de 5 a 7 cm para evitar que cabeça se prenda entre elas; - Depois das brincadeiras, os brinquedos têm de ser guardados para evitar quedas e tropeços; - Para evitar asfixia, prenda os cobertores e lençóis nos “pés” da cama; - Posicione os móveis longe das janelas; - Coloque protetores nas tomadas; - As janelas devem ter grades ou redes de proteção; - Cuidado com bolinhas de borracha ou gude, pois podem ser engolidas e provocar asfixia. Quarto do adulto

- Não se deve fumar na cama, por causa do risco de incêndio. (e lembre que a fumaça do cigarro causa mais mal a quem a aspira do que para quem fuma!); - As tomadas devem ter protetores e os fios têm de ser curtos, como no resto da casa; - Televisões e outros aparelhos devem ser colocados sobre móveis estáveis, para que as crianças não tenham condições de movimentá-los; - Evite usar a mesma tomada para dois ou mais eletrodomésticos, o chamado “T” (essa vale para a casa toda); - Guarde perfumes e cosméticos em armários altos e trancados. Cuidado maior com os medicamentos, pois às vezes, devido ao gosto ou a aparência que alguns têm, são procurados pela criança. Devem ficar em lugar alto e inacessível. Sala de estar - Bebidas alcoólicas exigem os mesmos cuidados do que os medicamentos, ou seja, têm de ser guardadas em armário alto e trancado; - Aparelhos eletrônicos, por causa do risco de choque e queimadura, devem ser mantidos fora do alcance das crianças, com fios curtos e presos; - Prefira móveis de cantos arredondados; - Evite ter portas de vidro na casa. Se tiver, sinalize-as; - Evite cortinas e persianas com cordas compridas, que possam ser alcançadas pelas crianças, oferecendo risco de estrangulamento. Janelas e sacadas precisam estar protegidas por

telas e redes. Além de instalar o equipamento, é importante ficar atento à qualidade do material, bem como à sua data de validade. - Os móveis: Não os coloque próximos a janelas, facilitando o acesso das crianças. Nas paredes procure usar tintas atóxicas. Na fase em que costumam levar tudo à boca, crianças menores de três anos podem se sentir motivadas a lamber paredes e móveis. Alguns pigmentos podem conter substâncias como o chumbo e o monóxido de carbono. Vale ficar atento. (essa também vale para todos os cômodos). Corredores e escadas - Os corredores devem ser iluminados, de dia e à noite, com piso antiderrapante, sem tapetes e outros objetos que atrapalhem a circulação; - Nas escadas, use grades ou portões de proteção no topo e na base (de acordo com a idade que a criança tem); Lavanderia e áreas externas - A piscina deve ter cerca ou grade de proteção (com portão trancado), lona de cobertura e se possível, alarme; - Para proteger seu filho contra intoxicações no jardim, informe-se sobre as espécies de plantas venenosas mais comuns; - Pesticidas, herbicidas e outros produtos tóxicos que costumam ser armazenados na garagem devem ser trancados; - Jamais utilize ou armazene álcool líquido em casa; - Mantenha baldes e bacias vazios, em local alto. Para acidentes fatais com balde, o mesmo nem precisa estar cheio, basta um pouco d’água; - O tanque de roupas deve ter fixação adequada. Além disso, evite deixálo cheio de água. - Se tiver animal de estimação, mantenha sempre limpo o espaço destinado a este, e a água e ração longe dos olhos, especialmente dos menores de quatro anos; - Por último, tenha sempre à mão telefones de emergência.Se você não souber o que fazer, certamente uma boa orientação poderá salvar a vida de seu filho! Fonte: www.revistacrescer.globo.com Claudia Zarpelon Setim Diretora do Colégio Milenium Pricila Rebello Coordenadora de 5ª a 7ª série do Colégio Milenium

educacao25-01  

educacao25-01

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you