Page 1

| Segunda-feira, 28 de março de 2011 |

PUBLICAÇÕES LEGAIS/ NACIONAL

11

PREFEITURA DE COLOMBO ESTADO DO PARANÁ 2ª PUBLICAÇÃO DO EXTRATO DA ATA DE REGISTRO DE PREÇOS Processo N° Licitação Ata de nº. Valor Objeto:

Contratante Contratado Vigência: Preços Registrados

1057716/2010 PREGÃO PRESENCIAL - 145/2010 262/2010 R$ 24.000,00 (vinte quatro mil reais). Contratação de empresa para serviços de apresentação artística e locação de brinquedos e equipamentos para a realização de eventos vinculados ao Programa Atitude. Município de Colombo - Secretaria Municipal de Ação Social e Trabalho JOÃO FLAUSINO DIAS ME, CNPJ nº. 00.263.484/ 0001-61 20 de dezembro de 2010 à 19 de dezembro de 2011. Encontram-se a disposição no Setor de Contratos, sito à Rua XV de Novembro, 105 Centro Colombo/PR ou pelo site www.colombo.pr.gov.br no link licitações.

Data da 2ª Publicação Colombo, 25 de março de 2011. Secretário: Denise Helena Giffhorn Camargo

DOTAÇÃO:

PRAZO:

DATA ASSINATURA

Objeto:

Contratante Contratado Vigência: Preços Registrados

1057513/2010 PREGÃO PRESENCIAL - 150/2010 264/2010 R$ 81.216,00 (Oitenta e um mil duzentos e dezesseis reais). Contratação de oficinas cultural para o desenvolvimento nos núcleos de atuação do Programa Atitude, sendo elas de Literatura, incentivo a leitura, graffite e hip hop. Município de Colombo - Secretaria Municipal de Ação Social e Trabalho ASSOCIAÇÃO DOS AMIGOS DO PARANÁ, CNPJ nº. 01.963.012/0001-84. 21 de dezembro de 2010 a 20 de dezembro de 2011. Encontram-se a disposição no Setor de Contratos, sito à Rua XV de Novembro, 105 Centro Colombo/PR ou pelo site www.colombo.pr.gov.br no link licitações.

Data da 2ª Publicação: Colombo, 25 de março de 2011. Secretário: DENISE HELENA GIFFHORN CAMARGO

2ª PUBLICAÇÃO DO EXTRATO DA ATA DE REGISTRO DE PREÇOS Processo N° Licitação Ata de nº. Valor Objeto:

Contratante Contratado Vigência: Preços Registrados

1065533/2010 PREGÃO PRESENCIAL - 155/2010 269/2010 R$ 17.799,00 (Dezessete mil setecentos e noventa e nove reais). Reforma de 510 cadeiras pertencentes ao Auditório e Setores Administrativos da Regional Maracanã. Município de Colombo - Secretaria Municipal da Administração. DAYMART INDÚSTRIA E COMÉRCIO DE MÓVEIS LTDA, CNPJ nº. 08.693.173/0001-44. 23 de dezembro de 2010 à 22 de dezembro de 2011. Encontram-se a disposição no Setor de Contratos, sito à Rua XV de Novembro, 105 Centro Colombo/PR ou pelo site www.colombo.pr.gov.br no link licitações.

Data da 2ª Publicação Colombo, 25 de março de 2011. Secretária: Rita de Cássia Camargo Gonçalves

EXTRATO DE CONTRATO DE LOCAÇÃO CONTRATO: PROCESSO: PARTES: OBJETO:

VALOR: DOTAÇÃO:

PRAZO:

DATA ASSINATURA

Nº 031/2011. DISPENSA DE LICITAÇÃO 08/2011. Município de Colombo/PR e Nilto Jacondo Wanck Locação do Imóvel situado a Rua Padre Francisco Bonatto, nº. 298 - Centro - Colombo/PR - Para uso da Junta Militar e Identificação. R$ 30.000,00 (trinta mil reais), pelos 24 (vinte e quatro) meses de locação. As despesas decorrentes do presente contrato serão atendidas através dos recursos de dotação orçamentária de 2011, LOA 1201/2010 - DO. 02.01.04.122.0004.2005.339036 - Desdobramento 15.00 (locação de imóveis) - Fonte de Recurso 0.1.000. O prazo de locação deste contrato será de 24 (vinte e quatro) meses, com início em 01 de março de 2011 à 28 de fevereiro de 2013 01 de março de 2011 Rita de Cássia Camargo Gonçalves

EXTRATO DE CONTRATO DE LOCAÇÃO CONTRATO: PROCESSO: PARTES: OBJETO:

VALOR: DOTAÇÃO:

PRAZO:

DATA ASSINATURA

Nº 038/2011. DISPENSA DE LICITAÇÃO 20/2011. Município de Colombo/PR e Dals Administradora de Bens Ltda. Locação de Loja dentro de um barracão, com metragem total de 3.240,00m2 (três mil duzentos e quarenta metros quadrados), localizado à Rua São Pedro, 594 - Jardim Nossa Senhora de Fátima Colombo - Paraná, para instalação da Regional do Maracanã. R$ 548.400,00 (trinta mil reais), pelos 24 (vinte e quatro) meses de locação. As despesas decorrentes do presente contrato serão atendidas através dos recursos de dotação orçamentária de 2011, LOA 1201/2010 - DO. 04.07.04.122.0008.2029.339039 - Desdobramento 15.00 (locação de imóveis) - Fonte de Recurso 0.1.000. O prazo de locação deste contrato será de 24 (vinte e quatro) meses, com início em 01 de março de 2011 à 28 de fevereiro de 2013 01 de março de 2011 Rita de Cássia Camargo Gonçalves

EXTRATO DA ATA DE REGISTRO DE PREÇOS Processo N° Licitação Ata de nº. Valor Objeto:

Contratante Contratado Vigência: Preços Registrados

Data: Secretário:

1055962/2010 Pregão Presencial - 01/2011 052/2011 R$ 39.000,00 (Trinta e nove mil reais). Contratação de empresa especializada para desenvolvimento de serviços técnicos necessários à elaboração do Plano de Habitação de Interesse Social PLHIS do município de Colombo e à capacitação institucional e de segmentos da sociedade civil para implementação do PLHIS, conforme quantidades e especificações constantes no Termo de Referência, que integra o Edital. Secretaria Municipal de Planejamento ECOTÉCNICA TECNOLOGIA E CONSULTORIA LTDA, CNPJ nº. 02.610.553/0001-91 17 de março de 2011 a 16 de março de 2012. Encontram-se a disposição no Setor de Contratos, sito à Rua XV de Novembro, 105 Centro Colombo/PR ou pelo site www.colombo.pr.gov.br no link licitações. Colombo, 17 de março de 2011. Gilmar de Oliveira Santini

Extrato do Empenho N° Empenho: 1839/2011 Data: 24/03/2011 Valor do Empenho: R$ 6.728,00 (seis mil setecentos e vinte e oito reais). Processo de Dispensa N°: 22/2011 Contratado: Êxito Arte Ind. De Artigos de Metais Ltda. Contratante: Prefeitura Municipal de Colombo Objeto: Aquisição de troféus personalizados em MDF, os quais serão utilizados pelo Departamento de Esporte no inicio do ano de 2011. Órgão Responsável: Departamento de Esporte

OBJETO:

VALOR:

Paço Municipal de Colombo Em 23 de março de 2011. JOSÉ ANTONIO CAMARGO Prefeito Municipal

O PREFEITO DO MUNICÍPIO DE COLOMBO, Estado do Paraná, no uso das atribuições que lhe são conferidas por Lei, RESOLVE Art 1º – Prorrogar pelo período de mais 12 (doze) meses a Portaria nº 136/2010, referente a Coordenadoria Especial do Programa Saúde da Família. Art. 2º - Esta Portaria produz efeitos desde o dia 01/03/2011. Dê-se publicidade. Paço Municipal de Colombo Em 23 de março de 2011. JOSÉ ANTONIO CAMARGO Prefeito Municipal

PORTARIA N.º 215/2011 O PREFEITO DO MUNICÍPIO DE COLOMBO, Estado do Paraná, no uso das atribuições que lhe são conferidas por Lei, resolve: I – Nomear a Sra. RUTILÉIA VERDAN DA SILVA, RG. 6.434.171-5, para ocupar o cargo em Comissão de Coordenador do Centro de Convivência Betel (Vó Joana), vinculada a Secretaria Municipal de Ação Social e Trabalho, a partir de 18/06/2008. Dê-se publicidade. Paço Municipal de Colombo Em 20 de junho de 2008. JOSÉ ANTONIO CAMARGO Prefeito Municipal

PORTARIA N.º 216/2011

PROCESSO Nº: PARTES: OBJETO:

1071089/ inexigibilidade 11/2011. Município de Colombo/PR - Fundação Nadar. Contratação de Entidade de Natação para projeto de Contra-Turno com alunos do Ensino Fundamental da Rede Municipal de Educação, visando o atendimento de crianças carentes na Prática e Aprendizado específico de Natação. Através do Chamamento Público 01/2011. VALOR: Pagará o contratante à contratada R$ 60.320,00 (sessenta mil trezentos e vinte reais). PRAZO: Imediato EMBASAMENTO LEGAL: Artigo 25. Inciso II Lei nº 8.666/93. DATA 25/03/2011

O PREFEITO DO MUNICÍPIO DE COLOMBO, Estado do Paraná, no uso das atribuições que lhe são conferidas por Lei, resolve: I – Nomear a Sra. RUTILÉIA VERDAN DA SILVA, RG. 6.434.171-5, para ocupar o cargo em Comissão de Coordenadora do Centro de Convivência Jardim Adriana, vinculada a Secretaria Municipal de Ação Social e Trabalho, a partir de 23/03/2011. Dê-se publicidade. Paço Municipal de Colombo Em 23 de março de 2011. JOSÉ ANTONIO CAMARGO Prefeito Municipal

Aviso de Licitação Edital – Chamamento Público Nº. 002/2011 Objeto: Constitui objeto da presente procedimento, a escolha de propostas financeira da Organização da Sociedade Civil de Interesse Público ou Pessoas Jurídicas de Direito Privado, sem fins econômicos de natureza filantrópica para a celebração de Termo de Parceria ou Contrato de Gestão, com a finalidade de co-gestão dos programas, projetos e serviços na Área de Proteção Social Básica e Proteção Social Especial de Média Complexidade no município de Colombo por intermédio da Secretaria Municipal de Ação Social e Trabalho, conforme especificações do termo de referencia Anexo ao edital. Data: 14 de abril de 2011, Às 09:00 Horas. Local de Abertura: Sede da Prefeitura Municipal de Colombo Preço Máximo: Constante no Edital. Informações Complementares poderão ser obtidas na Secretaria Municipal da Administração, sito a Rua XV de Novembro Nº. 105, Centro, Colombo Paraná, ou pelos fones: (041) 3656–8002 Ou 3656–8112 ou pelo site:www.colombo.pr.gov.br.

PORTARIA N.º 217/2011 O PREFEITO DO MUNICÍPIO DE COLOMBO, Estado do Paraná, no uso das atribuições que lhe são conferidas por Lei, resolve: I – Exonerar a pedido o Sr. ORANDINO DE MATOS, RG. 5.841.799-8, do Cargo em Comissão de Chefe da Divisão de Seleção e Treinamento, vinculado a Secretaria Municipal de Administração, a partir de 01/04/2011; Dê-se publicidade. Paço Municipal de Colombo Em 23 de março de 2011. JOSÉ ANTONIO CAMARGO Prefeito Municipal

Colombo, 24 de março de 2011. José Antonio Camargo Prefeito Municipal

ERRATA A Prefeitura Municipal de Colombo, vem pela presente corrigir a Portaria nº 40/2011, publicada no Jornal Metrópole edição nº 2637 de 20/01/2011, onde lê-se: Art. 1º - Designar os Servidores abaixo relacionados, para sem prejuízo de suas funções, constituírem a “Comissão Especial para Avaliação Técnica do Projeto referente ao Processo nº 1037649”, objetivando a celebração de Termo de Parceria para co-gestão de serviços de proteção social básica e serviços de proteção especial de média complexidade executados pela Secretaria Municipal de Ação Social e Trabalho: Leia-se: Art. 1º - Designar os Servidores abaixo relacionados, para sem prejuízo de suas funções, constituírem a “Comissão Especial para Avaliação Técnica do Projeto referente ao Processo nº 1077041”, objetivando a celebração de Termo de Parceria para co-gestão de serviços de proteção social básica e serviços de proteção especial de média complexidade executados pela Secretaria Municipal de Ação Social e Trabalho: Dê-se publicidade, Paço Municipal de Colombo Em 24 de março de 2011. JOSÉ ANTONIO CAMARGO Prefeito Municipal

PORTARIA N.º 213/2011

Nº 042/2011. DISPENSA DE LICITAÇÃO 18/2011. Município de Colombo/PR e Valdemar Nunes da Silva Locação de um imóvel localizado a Rua do Pintasilgo, 484, Jd Ana Rosa, Colombo/PR., para utilização do Pró-criando Ana Rosa. O valor do contrato, para efeito contábil, é de R$

Dê-se publicidade,

EXTRATO DE INEXIGIBILIDADE DE LICITAÇÃO.

EXTRATO DE CONTRATO DE LOCAÇÃO CONTRATO: PROCESSO: PARTES:

constante no anexo que integra o presente edital. II – Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação.

PORTARIA N.º 214/2011

2ª PUBLICAÇÃO DO EXTRATO DA ATA DE REGISTRO DE PREÇOS Processo N° Licitação Ata de nº. Valor

16.800,00 (Dezesseis mil e oitocentos reais), pelos 24 (vinte e quatro) meses de locação. As despesas decorrentes do presente contrato serão atendidas através dos recursos de dotação orçamentária de 2011, LOA 1201/2010 - DO. 09.01.08.243.0028.6079.339036 - Desdobramento 15.00 (locação de imóveis) - Fonte de Recurso 0.1.000. O prazo de locação deste contrato será de 24 (vinte e quatro) meses, com início em 01 de março de 2011 à 28 de fevereiro de 2013. 01 de março de 2011 Denise Helena G. Camargo

O PREFEITO MUNICIPAL DE COLOMBO, Estado do Paraná, no uso das atribuições que lhe são conferidas por Lei, RESOLVE: I – Nomear a Sra. ANA PAULA DOS SANTOS, RG. 8.118.097-0, como fiscal do Contrato nº 080/2011 referente ao Processo de Dispensa nº 25/2011, cujo objeto é a contratação de empresa especializada para serviços de confecção de placas de inauguração em aço inox nas dimensões 600mm x 400mm x 1,5mm, para serem utilizadas na identificação de obras executadas pela Prefeitura Municipal de Colombo, conforme quantidade e especificação

PORTARIA N.º 218/2011 O PREFEITO MUNICIPAL DE COLOMBO, Estado do Paraná, no uso das atribuições que lhe são conferidas por Lei, RESOLVE: I – Nomear a Sra. JULIANA GLEICE BERALDO CAVALHEIRO, RG. 6.675.806-0, como fiscal dos Contratos nº 083, 084 e 085/2011 referente ao Processo de Inexigibilidade nº 10/2011, cujo objeto é a aquisição de gêneros alimentícios da agricultura familiar para alimentação escolar, para atendimento aos alunos da rede municipal de ensino do município de Colombo. Dê-se publicidade, Paço Municipal de Colombo Em 23 de março de 2011. JOSÉ ANTONIO CAMARGO Prefeito Municipal

Aviso de Licitação Edital – Pregão Eletrônico Nº. 023/2011 Objeto: Aquisição através de Sistema de REGISTRO DE PREÇOS de aparelhos de ginástica para Academias ao Ar Livre os quais serão instalados em diversos pontos do Município de Colombo, conforme quantidades e especificações constantes no Termo de Referência (Anexo VI), que integra o Edital. Data: 11 de abril de 2011, Às 09:00 Horas. Sessão pública realizada por meio de internet, no endereço eletrônico www.caixa.gov.br, Preço Máximo: Constante no Edital. Critério de Julgamento: Menor Preço Global. Informações Complementares poderão ser obtidas na Secretaria Municipal da Administração, sito a Rua XV de Novembro Nº. 105, Centro, Colombo - Paraná, ou pelos fones: (041) 3656–8002 Ou 3656–8112 ou pelo site: www.colombo.pr.gov.br. Colombo, 25 de março de 2011. José Antonio Camargo Prefeito Municipal


12

PUBLICAÇÕES LEGAIS/ NACIONAL

PREFEITURA DE COLOMBO Estado do ParanĂĄ

| Segunda-feira, 28 de março de 2011 |

AGRO FLORESTAL IBICUI S/A CNPJ/MF. n° 78.171.188/0001-28 NIRE 4130000450-1 AVISO AOS ACIONISTAS Comunicamos que se encontram à disposição dos Senhores Acionistas, na sede da empresa, os documentos a que se refere o artigo 133 da Lei 6.404/76, relativos ao exercício social encerrado em 31/12/2010. Curitiba, 25 de março de 2011. Paulo Roberto Pizani DIRETOR-PRESIDENTE

     !"#$% &' % (")""*  +, , % '")-($% ")'&"),$ .  / 0  100  23"  4 )56$-1 -$$%$'-  $   '"  $  % '%  4 )1 ,!$'-$-$--$'"$3"$" -$ % '38$'"$% '%%$'"&-:

                              "  #   $  %&'()*+%     "       $ ,&(,,*(),,  &,$&#  - .      /           . 01%&2'3&(+%3345  6       /   5   57   .9: 0 ;;;<=>  <?;; (;&;%+&)),3&(&)'(<=>?@@ACD@EG"D  %+&H)&H,I      )&'&))) 0?  4 .9J-K   3H)&))))) / ;;;<@1<  << (2&;,(&))%(&(&)+)=M>=NO?@I>DCD@@I@I?0>DCI ''&H)&H'D  /  0    )&'&))) 0?  4 .9J-K   ,,&;H,+) ''&H)&H'D  /  0    '&'&2;2   & *  .P " /   J-&  ,,3&%%3+2  B ;;;<@C;?D  <@C;?D );&(%%&))(3&(&);)I0CDN?I@>=@D=>?I? D" ''&H)&'(  GI.   @    R<  '&,&2), @I*  .P 2'++(;*,)JJ-K   ;),&2'H,% ''&H)&'(  GI.   @    R<  '&'&2), @I*  .P 2'++(;*,)JJ-K   3%;&(+);+  ;;;<?E;@C  <E;@C1?E;@<?; ,3&%3(&))%+&(&)H(=M>=NO?"DNO?"DSEG"D  ?">@"DT? ''&2,&%,      )&,&))) 0?  4 .9J-K   ())&%H3;+ ''&2(&'H? I. > J K  )&,&))) 0?  4 .9J-K   (&())&))))) %%&2,&%(-K  )&,&))) 0?  4 .9J-K   ,H'&%,(;;

 ;;;<F;?;  ;;F ()&+)+&))32&(&,)%=M>=NO?@?@0>=>?@<0D M">M0 ''&H)&H'D  /  0    '&'&22' #*0?=#J#J-K   %,&%H22(  

;<;;  @G<EE;H; ('&+H3&))3,&(&,,(=M>=NO?@INUI0#?=>0?>M0DI? ''&H)&H'D  /  0    '&'&2(3  .P >  #J-K   '(&3();( 

IGUAĂ&#x2021;U CELULOSE, PAPEL S/A CNPJ/MF nÂş. 81.304.727/0001-64 NIRE 4130001022-6 AVISO AOS ACIONISTAS Comunicamos que se encontram Ă disposição dos Senhores Acionistas, na sede da empresa, os documentos a que se refere o artigo 133 da Lei 6.404/76, relativos ao exercĂ­cio social encerrado em 31/12/2010. Curitiba, 25 de março de 2011. Paulo Roberto Pizani DIRETOR-PRESIDENTE

IMARIBO S/A - INDĂ&#x161;STRIA E COMĂ&#x2030;RCIO CNPJ/MF NÂş 76.486.463/0001-77 NIRE 4130001199-1 AVISO AOS ACIONISTAS Comunicamos que se encontram Ă disposição dos Senhores Acionistas, na sede da empresa, os documentos a que se refere o artigo 133 da Lei 6.404/76, relativos ao exercĂ­cio social encerrado em 31/12/2010. Curitiba, 25 de março de 2011. Paulo Roberto Pizani DIRETOR-PRESIDENTE

ASSOCIAO DE EDUCAO F

BALANO P ATRIMONIAL ENCERRADO EM 31 DE DEZEMBRO DE 2010 E 2009



 &  ($&                  /        ,$  R    /          " %&'(),2 ,H+%   %'V,$ DW.   -K    . 01,&''H&+,++246  6R  /         .           /               .9 DDJ-   R . 01'&'H3&+%2;;4 P 6 

/  .     5        .9&  &'$& @   .      R& <"I' % ("),$)4* 4 ,$4"I,$ 

JK;F <$L$ ' % (")

PREFEITURA DE COLOMBO Estado do ParanĂĄ

DEMONSTRAO DO SUPERĂ VIT OU DFICIT DOS EXERCĂ?CIOS DE 2010 E 2009

PASSIVO

ATIVO CIRCULANTE DISPONĂ?VEL Caixa e bancos Aplicaes financeiras CONTAS A RECEBER Clientes e contas a receber ADIANTAMENTOS Adiant.para fornec/funcion.outros CRDIT OS DIVERSOS Impostos e crditos diversos DESPESAS ANTECIPADAS Seguros a apropriar

2010 3.020.280,22 2.277.040,24 224.775,65 2.052.264,59 540.269,21 540.269,21 122.212,49 122.212,49 58.895,41 58.895,41 21.862,87 21.862,87

2009 2.792.848,53 2.250.077,44 281.775,81 1.968.301,63 363.104,04 363.104,04 116.692,01 116.692,01 58.635,96 58.635,96 4.339,08 4.339,08

NO CIRCULANTE REALIZ.A LONGO PRAZO Contas a receber IMOBILIZADO Imobilizado (-) Depreciaes INTANGĂ?VEL Softwares e Sistemas (-) Amortizao Acumulada TOTAL DO ATIVO

639.461,98 51.650,00 51.650,00 585.599,21 1.048.001,85 (462.402,64) 2.212,77 19.555,96 (17.343,19) 3.659.742,20

631.927,31 24.650,00 24.650,00 604.663,58 998.686,47 (394.022,89) 2.613,73 17.132,26 (14.518,53) 3.424.775,84

CIRCULANTE DBIT OS FUNCIONAMENTO Obrigaes sociais a p agar Encargos sociais Obrigaes sociais aprendiz Fornecedores Instituies financeiras a p agar Outros imp.contribuies Outras obrigaes Provises trabalhist as Adiantamentos a aplicar

2010 1.106.820,64 1.106.820,64 68.788,32 58.534,65 276.251,44 41.637,07 13.270,02 10.751,48 12.512,20 422.134,87 202.940,59

2009 931.564,38 931.564,38 292.542,88 63.066,75 27.108,98 4.083,75 8.491,91 341.238,69 195.031,42

PATRIMNIO LĂ?QUIDO Patrimnio social Ajustes de exerc.anteriores Supervit/Dficit do exerccio Doaes p atrimoniais Reavaliao p atrimonial

2.552.921,56 2.421.386,36 413.601,11 (305.132,28) 23.066,37 -

2.493.211,46 2.306.265,47 115.120,89 71.825,10

3.659.742,20

3.424.775,84

SUPERĂ VIT OU DFICIT DO EXERCĂ?CIO ADMINISTRAO Receitas operacionais Despesas operacionais Resultado financeiro Outras receitas Outras despesas ESCOLA EPHETA Despesas operacionais CENTRO SOCIAL VILA GUAIRA Receitas operacionais Despesas operacionais Resultado financeiro ACOLIMENTO DE IDOSAS Receitas operacionais Despesas operacionais Resultado financeiro MENOR APRENDIZ Receitas operacionais Despesas operacionais

DEMONSTRAO DAS V Patrim. Social 1.975.089,01 331.176,46 2.306.265,47 2.306.265,47 115.120,89 2.421.386,36

Saldo em 01/01/2009 Transf.valor resultado exerc.2008 Supervit do Exerccio Saldo em 31/12/2009 Saldo em 01/01/2010 Transf.valor resultado exerc.2009 Ajustes de Exerccios Anteriores Realizao da Reserva de Reavaliao Doaes Patrimoniais Dficit do Exerccio Saldo em 31/12/2010

ARIAĂ&#x2022;ES P

Reavaliao 71.825,10 71.825,10 71.825,10 (71.825,10) -

2010 (376.957,38) (630.465,92) 5.984,10 (759.514,08) 120.039,25 3.092,91 (68,10) (153.649,31) (153.649,31) (95.642,41) 13.674,73 (109.313,93) (3,21) (173.289,14) 19.482,00 (192.738,02) (33,12) 676.089,40 7.344.499,71 (6.668.410,31)

DEMONSTRAO DAS ORIGENS E APLICAĂ&#x2022;ES DE RECURSOS

ATRIMONIAIS

Ajustes 413.601,11 413.601,11

Doaes p

atrim. 23.066,37 23.066,37

Supervit/Dficit 331.176,46 (331.176,46) 115.120,89 115.120,89 115.120,89 (115.120,89) 71.825,10 (376.957,38) (305.132,28)

Patrimnio Lquido 2.378.090,57 115.120,89 2.493.211,46 2.493.211,46 413.601,11 23.066,37 (376.957,38) 2.552.921,56

1. ORIGENS DOS RECURSOS Supervit do exerccio Depreciaes Diminuio ativo real. Longo prazo Aumento do patrimnio TOTAL DAS ORIGENS 2. APLICAĂ&#x2022;ES DE RECURSOS Aumento de imobilizado Aumento do intangvel Dficit do exerccio Aumento do ativ.realiz.longo prazo TOTAL DAS APLICAĂ&#x2022;ES 3. VARIAO DO CCL (ORIGENS-APLICAĂ&#x2022;ES)

* As notas explicativas so p arte integrante das demonstraes contbeis

DEMONSTRAO DAS V

NOTA 02 APRESENTAO DAS DEMONSTRAĂ&#x2022;ES CONTĂ BEIS Na elaborao das demonstraes financeiras de 2010 a entidade adotou as alteraes da Resoluo do Conselho Federal de Cont abilidade CFC n 1.152/ 2009 que aprovou a NBC T 19.18 Adoo da Lei 1 1.638/2007 e da Lei 11.941/09 que alterou os artigos da Lei 6.404/76 em aspectos relativos a elaborao e divulgao das demonstraes financeiras. As demonstraes contbeis foram elaboradas em observncia as prticas contbeis adot adas no Brasil, as quais abrangem a Legislao Societria, os Pronunciamentos, as orient aes e as interpretaes emitidas pelo Comit de pronunciamento contbeis (CPC) e as normas emitidas pelo Conselho Federal de Contabilidade (CFC) especialmente a resoluo n 877 de 2000 que aprovou a NBCT 10.19, alterada pelas resolues nmeros 926 e 966, que est abelecem critrios e procedimentos especficos de avaliao, de registros dos componentes e variaes p atrimoniais e de estruturao das demonstraes contbeis e as informaes mnimas a serem divulgadas em nota explicativa das entidades sem fins de lucros. Tendo como parmetro a convergncia com as normas internacionais e a resoluo 1.121/08, a entidade se baseou em pressupostos bsicos p ara a estrutura conceitual na elaborao e apresentao das demonstraes contbeis. NOTA 03 PRINCIPAIS PRĂ TICAS ADOTADAS a) Aplica es de liquidez imediat a: As aplica es financeiras est o demonstradas pelos valores originais aplicados, acrescidos dos rendimentos prrata at a dat a do balano. b) Ativo circulante (crditos) : Os valores desta conta esto registrados pelo valor original. c) Imobilizado: Os ativos imobilizados so registrados pelo custo de aquisio ou de construo, deduzida a depreciao. d) Depreciaes: foram calculadas pelo mtodo linear mediante aplicao de taxas admitidas pela legislao em vigor . e) Intangvel: Os ativos intangveis so registrados pelo custo de aquisio deduzida da amortizao. f) Amortizaes: foram calculadas pelo mtodo linear mediante aplicao de taxas admitidas pela legislao vigente. g) Passivos circulantes: Os passivos circulantes so demonstrados pelos valores conhecidos ou calcul veis, acrescidos, quando aplic vel, dos correspondentes encargos incorridos at a dat a do balano p atrimonial. h) Proviso p ara frias e encargos : As frias bem como os seus encargos foram provisionados com base nos direitos adquiridos pelos empregados at a dat a do balano. i) As receitas e as despesas: So apropriadas pelo regime de competncia e so reconhecidas, respeit ando os princpios da cont abilidade, oportunidade e competncia. j) Apurao do result ado: O resultado foi apurado segundo o regime de competncia. Os rendimentos e encargos incidentes sobre os Ativos e Passivos e suas realizaes esto reconhecidos no result ado. k) Prazos: Os ativos realizveis e os p assivos exigveis, at o encerramento do exerccio seguinte, so classificados como circulante. Os ativos exigidos aps o exerccio seguinte foram classificados como longo prazo. NOTA 04 ATIVO NO CIURCULANTE (REALIZĂ VEL A LONGO PRAZO) Este grupo representa valores a receber de empresas os quais esto cont abilizados pelo seu valor original. NOTA 05 ATVO NO CIRCULANTE (IMOBIIZADO) Os bens componentes do imobilizado foram reavaliados em exerccios anteriores. As aquisies e incorporaes ocorridas posteriormente esto sendo reconhecidas pelo custo de aquisio, tendo sido depreciados, conforme demonstramos no quadro abaixo: Bens Imveis Construes e benfeitorias Mveis e utenslios Mquinas e equip amentos Veculos Acervo bibliogrfico Benf. imveis em andamento Equip. de comunicao Instalaes Equip. de informtica Totais

Taxas 10% 10% 20% 10% 10% 10% 10%

Custo Depreciao 130.674,65 0,00 98.463,96 0,00 200.613,70 110.372,32 242.091,40 210.027,11 97.470,97 49.267,88 1.196,70 119,64 175.480,67 0,00 7.065,70 4.407,03 3.005,00 1.097,68 91.939,10 87.110,98 1.048.001,85 462.402,64

Residual 130.674,65 98.463,96 90.241,38 32.064,29 48.203,09 1.077,06 175.480,67 2.658,67 1.907,32 4.828,12 585.599,21

NOTA 06 ATIVO NO CIRCULANTE (INT ANGĂ?VEL) Os bens componentes do Intangvel esto sendo amortizados de acordo com a legislao, conforme demonstramos no quadro abaixo: Contas Direito de uso de software Totais

Taxas 20% -

Custo Amortizao 19.555,96 17.343,19 19.555,96 17.343,19

Residual 2.212,77 2.212,77

NOTA 07 DAS OBRIGAĂ&#x2022;ES SOCIAIS (P ASSIVO CIRCULANTE) As obrigaes foram cumpridas no prazo e as provisionadas esto represent adas pelo seu valor nominal, original e representa o saldo credor de obrigaes fiscais, empregatcias, tributrias, fornecedores e outras obrigaes bem como a provises sociais. NOTA 08 P ATRIMNIO LĂ?QUIDO O patrim nio l quido, com saldo inicial de R$ 2.493.21 1,46, passou a R$ 2.552.921,56 mediante a transferncia do supervit do exerccio de 2009 no montante de R$ 115.120,89, pela realizao da reserva de reavaliao no valor de R$ 71.825,10, pela incorporao de doaes p atrimoniais no valor de R$ 23.066,37, pela constituio de ajustes de exerccios anteriores de R$ 413.601,1 1 e pela incluso do dficit do exerccio no mont ante de R$ 376.957,38. Os valores acima descritos esto compreendidos nas seguintes cont as: Patrimnio Social, Supervit ou Dficit do Exerccio, Ajustes de Exerccios Anteriores e Doaes Patrimoniais. NOTA 09 REALIZAO DA RESERVA DE REAVALIAO Atendendo o disposto na Lei 11.638/2007 e NBC T 19.6 que trata da reavaliao de ativos, a Entidade realizou no ano de 2010 o valor de R$ 71.825,10, do saldo da reavaliao do imobilizado e cujo valor foi cont abilizado na conta do supervit/ dficit do exerccio. NOTA 10 AJUSTES DE EXERCĂ?CIOSANTERIORES A entidade em data de 02 de janeiro de 2010 realizou reconhecimento de ativos e ajustes de passivos na qual ambos foram alocados de acordo com as normas vigentes, perfazendo o montante de R$ 413.601,11 (quatrocentos e treze mil, seiscentos e um reais e onze centavos). Assim sendo, no foi efetuado novo ajuste na data de 31 de dezembro pois a administrao da entidade entendeu que t ais fatos levantados nesta data no represent am efeitos relevantes. A entidade realizou tambm a reclassificao das rubricas do Ativo e do Passivo, ambas de acordo com as normas vigentes. NOTA 11 RESUL TADO DO EXERCĂ?CIO O supervit do exerccio do ano de 2009 foi incorporado ao p atrimnio social. O dficit do ano de 2010 ser incorporado ao Patrimnio Social, em conformidade com as exigncias legais, est atutrias e de acordo com a resoluo 877/2000 que aprovou a NBC T 10.19 em especial no item 10.19.2.7 que descreve que o supervit ou dficit do exerccio deve ser registrado na cont a supervit ou dficit acumulado enquanto no aprovado pela Assembleia dos associados e aps a sua aprovao deve ser transferido para a conta do Patrimnio Social. NOTA 12 DOS RECURSOS Os recursos da entidade foram aplicados nas finalidades institucionais de conformidade com o Estatuto, demonstrados pelas despesas e investimentos patrimoniais. NOTA 13 RECEIT AS E DESPESAS As receitas e despesas foram classificadas e lanadas por projeto represent ando as diferentes atividades exercidas pela Entidade e demonstrando o custo de cada projeto. NOTA 14 PROVISO DE P ASSIVOS CONTINGENTES Em atendimento a Resoluo CFC 1.180/09 e com base em documento recebido da Assessoria Jurdica, const ando o processo trabalhista n 19981-2010-01 1-0900-3, movido por um aprendiz, cuja audincia conciliatria restou ineficaz e a audincia de instruo est agendada p ara maro de 201 1. A entidade no fez a proviso contbil, por entender existir grande possibilidade de xito neste processo e tambm por no existir valores apont ados at a dat a do encerramento do balano. NOTA 15 DEMONST AO DO FLUXO DE CAIXA A demonstrao do fluxo de caixa foi elaborada em conformidade com a resoluo do Conselho Federal de Contabilidade CFC n 1.125/08 que aprovou a NBC T 3.8 Demonstrao dos Fluxos de Caixa e t ambm de acordo com a resoluo 1.152/ 09 que aprovou a NBC T 19.18. O fluxo de caixa elaborado pela entidade adotou o mtodo indireto. NOTA 16 DOAĂ&#x2022;ES E CONTRIBUIĂ&#x2022;ES RECEBIDAS A entidade recebeu em 2010 doaes e/ou contribuies de pessoas fsicas e ou jurdica no valor de R$ 14.004,73.

SALDO ANTERIOR

NOTA 17 REDUO AO VALOR RECUPERĂ VEL DE ATIVOS Conforme a Resoluo 1.1 10/07 e NBC t 19.10, a entidade, atravs de deliberao de diretoria, efetuou o teste de recuperabilidade dos ativos da conta veculos. Para o exerccio de 201 1 a entidade poder determinar a vida til dos bens existentes no Ativo Imobilizado e Intangvel, bem como poder realizar o diagnostico da necessidade de realizao da Proviso p ara Perdas Imp airment, das demais contas, visando atender a Lei 11.638/07 e os Pronunciamentos Contbeis Tcnicos CPC 01, CPC 04 e CPC 27.

VALOR RECEBIDO

VALOR DEVOLVIDO/ GLOSADO

VALOR APLICADO

VALOR DISPONĂ?VEL

85,68

84.715,45

-

84.801,13

-

96.570,26

574.767,43

-

553.756,6

117.581,04

7.451,90

222.017,17

13.579,81

209.956,65

5.932,61

357,06

59.560,18

-

57.957,05

1.960,19

53.985,17

103.742,42

-

118.493,37

39.234,22

9.770,36

262.040,45

-

248.652,53

23.158,28

-

42.489,40

131,91

37.782,99

4.574,50

-

19.817,00

-

19.817,00

-

-

26.000,00

-

26.000,00

-

-

20.499,75

-

10.000,00

10.499,75

168.271,96

24.462,50 1.502.636,56

13.711,72

24.462,50 1.454.256,21

202.940,59

NOTA 19 APLICAO EM ASSISTNCIA SOCIAL A Entidade tem como atividade preponderante a Assistncia Social e prest a estes servios de forma gratuit a, continuada e planejada para os usurios que dela necessitar, sem qualquer discriminao de acordo com a Lei n 12.101 de 27 de novembro de 2009 e da resoluo n 16 de 5 de maio de 2010. Os servios, programas, projetos e benefcios socioassistenciais esto inscritos no respectivo Conselho Municip al de Assistncia Social da Cidade de Curitiba/PR. Os valores e as aplicaes em assistncia social esto registrados por seu valor original e de acordo com a sua competncia. Os custos da entidade em aplicaes na Assistncia Social no ano de 2010 foram: a) Despesas com Assistncia Social - projetos DESCRIO 2010 Educao especial Escola Ephet a 153.649,31 Centro Social Vila Guara 109.313,93 Menor Aprendiz 6.668.410,31 Totais 6.931.373,55 b) Total dos custos da Entidade - Assistncia social projetos e administrao DESCRIO 2010 Educao especial Escola Ephet a 153.649,31 Centro Social Vila Guara 109.313,93 Menor Aprendiz 6.668.410,31 Despesas administrativas e de apoio 988.229,97 Total das despesas 7.919.603,52 c) Demonstrativo do percentual da aplicao dos recursos em assistncia social DESCRIO 2010 Total das aplicaes em assistncia social 6.931.373,55

2009

71.204,41 436.667,48 507.871,89

115.120,89 34.880,41 15.500,00 165.501,30

49.315,38 2.423,70 376.957,38 27.000,00 455.696,46

76.275,41 76.275,41

52.175,43

89.225,89

Ativo Circulante no Incio do Perodo Ativo Circulante no Final do Perodo AUMENTO/DIMIN. ATIVO CIRCULANTE Passivo Circulante no Incio do Perodo Passivo Circulante no Final do Perodo AUMENTO/DIMIN. PASSIVO CIRCULANTE 4. AUMENTO/DIMINUIO DO CCL

2010 2.792.848,53 3.020.280,22 227.431,69 931.564,38 1.106.820,64 175.256,26 52.175,43

2009 2.593.102,28 2.792.848,53 199.746,25 821.044,02 931.564,38 110.520,36 89.225,89

* As notas explicativas so p arte integrante das demonstraes contbeis

DEMONSTRAO DO V

ALOR ADICIONADO - DVA (VALORES EXPRESSOS EM REAIS)

1 - RECEITAS A. RECEITAS DE DOAĂ&#x2022;ES , CONTRIBUIĂ&#x2022;ES E SUBSĂ?DIOS B. R ECEITAS DA PRESTAO DE SERVIOS C . OUTRAS RECEITAS 2 - INSUMOS ADQUIRIDOS DE TERCEIROS A. D ESPESAS ADMINISTRATIVAS B. ESTRUTURA E OPERAO DE APOIO C . SERVIOS DE TERCEIROS D . OUTRAS DESPESAS - PROVISĂ&#x2022;ES 3 - VALOR ADICIONADO BRUTO ( 1 - 2 ) 4 - RETENĂ&#x2022;ES A. DEPRECIAO 5 - VALOR ADICIONADO LĂ?QUIDO ( 3 - 4 ) 6 - VALOR ADICIONADO RECEBIDO EM TRANSFERNCIA A. R ECEITAS FINANCEIRAS 7 - VALOR ADICIONADO TOTAL A DISTRIBUIR ( 5 + 6 ) 8 - DISTRIBUIO DO V ALOR ADICIONADO A. SALĂ RIOS E ENCARGOS C. ENCARGOS FINANCEIROS, VARIAĂ&#x2022;ES MONETĂ RIAS E OUTROS D.

SUPERĂ VIT

OU DFICIT

DO EXERCĂ?CIO

2010 7.386.733,45 14.004,73 7.344.499,71 28.229,01 1.278.059,23 372.884,93 461.886,29 21.153,14 422.134,87 6.108.674,22 71.204,41 71.204,41 6.037.469,81

2009 6.623.579,28 40.933,31 6.572.645,97 10.000,00 930.007,82 437.770,54 371.065,12 121.172,16 5.693.571,46 34.880,41 34.880,41 5.658.691,05

155.912,69 155.912,69

150.973,95 150.973,95

6.193.382,50 6.193.382,50 6.534.430,11

5.809.665,00 5.809.665,00 5.652.618,36

35.909,77 (376.957,38)

41.925,75 115.120,89

* As notas explicativas so p arte integrante das demonstraes contbeis

DEMONSTRATIVO DOS FLUXOS DE CAIXA CORRESPONDENTE AOS EXERCĂ?CIOS FINDOS EM 31 DE DEZEMBRO DE 2010e 2009 MTODO INDIRETO FLUXOS DE CAIXA DAS ATIVIDADES OPERACIONAIS: SUPERĂ VIT OU D FICIT DO EXERCĂ?CIO AJUSTES DE EXERCĂ?CIOS ANTERIORES AJUSTES PARA CONCILIAR O RESULTADO S

2010 (376.957,38) 413.601,11

2009 115.120,89 -

DISPONIBILIDADES GERADAS NAS ATIVIDADES OPERACIONAIS

(+/-) DEPRECIACOES E AMORTIZAĂ&#x2022;ES 71.204,41 VARIAĂ&#x2022;ES NOS ATIVOS E PASSIVOS OPERACIONAIS (+/-) VARIAO NOS CLIENTES (200.996,59) (+/-) VARIAO DE CLIENTES INADIMPLENTES (1.777,50) (1.460,24) (+/-) VARIAO DE OUTRAS CONTAS A RECEBER (+/-) VARIAO DE DESPESAS ANTECIPADAS (17.523,79) (+/-) VARIAO ADIANTAMENTOS (5.520,48) 26.809,71 (+/-) VARIAO NOS CRDIT OS DIVERSOS (+/-) VARIAO NO REALIZĂ VEL A LONGO PRAZO (27.000,00) (+/-) VARIAO OBRIGAĂ&#x2022;ES TRABALHISTAS E TRIBUTĂ RIAS 131.120,53 11.950,36 (+/-) VARIAO COM OUTRAS OBRIGAĂ&#x2022;ES (+/-) VARIAO DE REPASSES A APLICAR 8.471,01 (+/-) VARIAO FORNECEDORES 14.528,09 46.449,24 (=) CAIXA LĂ?Q. OBTIDO/(APLICADO) NAS ATIV. OPERACIONAIS FLUXOS DE CAIXA DAS ATIVIDADES DE INVESTIMENTO (-) COMPRA DE IMOBILIZADO (28.672,71) (+) VENDA DE IMOBILIZADO/INVESTIMENTOS (=) CAIXA LĂ?Q. OBTIDO/(APLICADO) NAS ATIV. DE INVESTIMENTOS (28.672,71) FLUXOS DE CAIXA DAS ATIVIDADES DE FINANCIAMENTO (+) EMPRSTIMOS OBTIDOS/RECEBIDOS 9.186,27 (-) EMPRSTIMOS PAGOS/CONCEDIDOS (=) CAIXA LĂ?Q. OBTIDO/(APLICADO) NAS ATIV. DE FINANCIAMENTO 9.186,27 26.962,80 AUM./(DIMIN.) DO CAIXA E CAIXA EQUIVALENTE DO PERĂ?ODO 2.250.077,44 CAIXA E CAIXA EQUIVALENTE NO INĂ?CIO DO PERĂ?ODO CAIXA E CAIXA EQUIVALENTE NO FINAL DO PERĂ?ODO 2.277.040,24

224,13 82.754,36 (1.810,69) (8.004,13) 19.167,64 (5.921,47) 105.560,71 (11.960,50) 295.130,94 (41.619,13) (41.619,13) 3.673,98 3.673,98 257.185,79 1.992.891,65 2.250.077,44

* As notas explicativas so p arte integrante das demonstraes contbeis

NOTA 20 IMUNIDADE TRIBUTĂ RIA A Entidade imune a incidncia de impostos por fora do artigo 150, inciso VI alnea câ&#x20AC;? e seu p argrafo 4 e artigo 195 p argrafo 7 da Constituio Federal de 05 de outubro de 1988. Curitiba/PR, 31 de dezembro de 2010.

NOTA 18 SUBVENĂ&#x2022;ES E PROJET OS No exerccio de 2010, a entidade recebeu recursos Pblicos oriundos dos projetos e Instituies ou rgos Pblicos abaixo, cujos valores foram aplicados nas atividades previstas nos referidos planos. Ficam demonstrados no quadro abaixo os valores recebidos, bem como os valores aplicados at o encerramento do balano. Tambm ficam evidenciados os saldos de cada projeto que devero ser aplicados no decorrer o exerccio de 201 1. RGO PBLICO/ RESPONSĂ VEL PELO RECURSO Projeto FAS SAC PPD EPHETA Prefeitura Municipal de Curitiba Projeto Projeto Menor Aprendiz Prefeitura Municipal de Curitiba Projeto Educacional Especial SEED Secretaria de Educao do Est ado do PR. Projeto CRAS Vila Guaira Prefeitura Municipal de Curitiba Projeto Secret.Municipal Finanas Prefeitura Municipal de Curitiba Projeto Fas Adolescentes Inseridos Prefeitura Municipal de Curitiba Projeto Capacitao Jovem Adul.V.Guaira Prefeitura Municiapal de Curitiba Projeto Materiais e Equipamentos COMTIBA Prefeitura Municipal de Curitiba Projeto FAD Epheta Prefeitura Municipal de Curitiba Projeto COMTIBA Epheta Prefeitura Municipal de Curitiba Projeto Ministrio Pblico V ila Guaira Ministerio Publico do Trabalho TOTAL

2010

ARIAĂ&#x2022;ES DO CCL

NOTAS EXPLICATIVAS S DEMONSTRAĂ&#x2022;ES FINANCEIRAS EM 31 DE DEZEMBRO DE 2010 NOTA 01 CONTEXT O OPERACIONAL A ASSOCIAO DE EDUCAO F AMILIAR E SOCIAL DO PARANĂ , fundada em 14 de janeiro de 1952, uma Associao de fins no econmicos, de carter beneficente, religioso, assistencial, cultural educacional e profissionalizante, declarada de Utilidade Pblica Est adual pela Lei n 3.195 de 17 de julho de 1957, de Utilidade Pblica Federal pelo Decreto n 52.645 de 10 de outubro de 1963, Inscrita no CNPJ sob n 76.586.585/0001-35 e certificada como Entidade Beneficente de Assistncia Social. Tem por finalidade, promover a assistncia social reforando os valores da Instituio familiar , promovendo a incluso de pessoas em situao de pobreza e vulnerabilidade social e atua ainda nas reas da educao especial, sade e promoo humana, cultura, esporte e lazer . Para o cumprimento de suas finalidades a entidade mantm a Escola de Educao Especial Epheta, para deficientes auditivos e o Centro Social da Vila Guara p ara atendimentos as pessoas carentes. Mantm ainda, em cumprimento aos objetivos estatut rios um rg o suplement ar para o desenvolvimento do programa permanente de prepara o e coloca o do menor aprendiz em atividades profissionais, atravs de convnios com instituies pblicas e privadas.

2009 115.120,89 (487.897,07) 28.428,22 (631.261,71) 108.455,85 10.000,00 (3.519,43) (106.813,00) (106.813,00) (72.246,38) 15.880,29 (88.223,26) 96,59 (142.973,17) 19.541,93 (163.010,86) 495,76 925.050,51 6.549.728,84 (5.624.678,33)

* As notas explicativas so p arte integrante das demonstraes contbeis

TOTAL DO PASSIVO

* As notas explicativas so p arte integrante das demonstraes contbeis

<@C / 0  100 

AMILIAR E SOCIAL DO PARANĂ

CNPJ N. 76.586.585/0001-35 Rua Bento Viana n 765 - Bairro Ă gua V erde CEP: 80.240-110 - CURITIBA PR

Total da despesa de manuteno da entidade 988.229,97 Custo total 7.919.603,52 Receita total 7.542.646,14 % da receita aplicada em assistncia social - projetos 91,89% % da receita aplicada em assistncia social - tot al 105,00% d) Iseno da cot a patronal do INSS Base de clculo dos salrios DESCRIO 2010 Salrios de contribuio 5.376.482,54 Contribuintes autnomos 342.061,34 Total base de clculo 5.718.543,88 e) Benefcios obtidos com a iseno das contribuies Sociais DESCRIO 2010 Contribuio previdenciria cot a patronal 1.143.708,78 Percentual de terceiros 311.835,99 Seguro acidente do trabalho RA T 53.764,83 Totais dos benefcios 1.509.309,60 Assistncia social aplicada 7.919.603,52 Valor aplicado a maior 6.410.293,92

Zita Szczepanik Presidente CPF n 354.966.069-34

Ildo Beninc Contador CRC RS 025471/O-3 S-PR CPF n 094.288.449-34

RELATRIO DOS AUDITORES INDEPENDENTES SOBRE AS DEMONSTRAĂ&#x2022;ES FINANCEIRAS A Presidente da ASSOCIAO DE EDUCAO F AMILIAR E SOCIAL DO PARANĂ . 1. Examinamos as demonstraes financeiras da ASSOCIAO DE EDUCAO FAMILIAR E SOCIAL DO PARANĂ , que compreendem o Balano Patrimonial em 31 de dezembro de 2010 e as respectivas demonstraes do dficit das operaes, das mutaes do p atrimnio social e dos fluxos de caixa p ara o exerccio findo naquela data, assim como o resumo das principais prticas contbeis e demais notas explicativas. Responsabilidade da administrao sobre as demonstraes financeiras 2. A administrao da ASSOCIAO DE EDUCAO F AMILIAR E SOCIAL DO PARANĂ responsvel pela elabora o e adequada apresent a o dessas demonstraes financeiras de acordo com as prticas contbeis adot adas no Brasil e pelos controles internos que ela determinou como necessrios p ara permitir a elabora o de demonstra es financeiras livres de distor o relevante, independentemente se causada por fraude ou por erro. Responsabilidade dos auditores independentes 3. Nossa responsabilidade a de expressar uma opini o sobre essas demonstraes financeiras com base em nossa auditoria, conduzida de acordo com as normas brasileiras e internacionais de auditoria. Essas normas requerem o cumprimento de exigncias ticas pelo auditor e que a auditoria seja planejada e executada com o objetivo de obter segurana razovel de que as demonstraes financeiras esto livres de distoro relevante. 4. Uma auditoria envolve a execuo de procedimentos selecionados p ara obteno de evid ncia a respeito dos valores e das divulga es apresent ados nas demonstra es financeiras. Os procedimentos selecionados dependem do julgamento do auditor, incluindo a avaliao dos riscos de distoro relevante nas demonstraes financeiras, independentemente se causada por fraude ou por erro. Nessa avaliao de riscos, o auditor considera os controles internos relevantes para a elaborao e adequada apresent ao das demonstraes financeiras da ASSOCIAO DE EDUCAO F AMILIAR E SOCIAL DO PARANĂ para planejar os procedimentos de auditoria que so apropriados nas circunstncias, mas no para expressar uma opinio sobre a eficcia desses controles internos da ASSOCIAO DE EDUCAO F AMILIAR E SOCIAL DO PARANĂ . Uma auditoria inclui, tambm, a avaliao da adequao das polticas contbeis utilizadas e a razoabilidade das estimativas contbeis feit as pela administrao, bem como a avaliao da apresent ao das Demonstraes Financeiras tomadas em conjunto. 5. Acreditamos que a evidncia de auditoria obtida suficiente e apropriada p ara fundamentar nossa opinio. Opinio 6. Em nossa opinio, as demonstra es financeiras anteriormente referidas apresentam adequadamente, em todos os aspectos relevantes, a posio p atrimonial e financeira da ASSOCIAO DE EDUCAO F AMILIAR E SOCIAL DO PARANĂ , em 31 de dezembro de 2010, o desempenho de suas operaes e os seus fluxos de caixa para o exerccio findo nessa dat a, de acordo com as prticas contbeis adotadas no Brasil. Outros assuntos Demonstraes do valor adicionado 7. Examinamos, tambm, a demonstrao individual do valor adicionado (DV A), referente ao exerccio findo em 31 de dezembro de 2010, cuja apresent ao requerida pela legisla o brasileira e Normas Contbeis Brasileiras e como informao suplement ar pelas IFRS que no requerem a apresent ao da DV A. Essa demonstrao foi submetida ao mesmo procedimento de auditoria descrito anteriormente e, em nossa opinio, esto adequadamente apresent adas, em todos os seus aspectos relevantes, em relao s demonstraes financeiras tomadas em conjunto. Auditoria dos valores correspondentes ao exerccio anterior 8. Os valores correspondentes ao exerccio findo em 31 de dezembro de 2009, apresentados para fins de comparao, foram anteriormente por ns audit ados de acordo com as normas de auditoria vigentes por ocasio da emisso do relatrio em 12/04/2010, que no conteve nenhuma modificao. Porto Alegre, 15 de maro de 201 1 Nilton Antonio Tiellet Borges Contador CRC/RS Sâ&#x20AC;? PRâ&#x20AC;? 015.233/O-8 TSA

AUDITORES ASSOCIADOS SS CRC/RS Sâ&#x20AC;? PRâ&#x20AC;? 4.240


| Segunda-feira, 28 de março de 2011 |

PUBLICAÇÕES LEGAIS/ NACIONAL

13

Comissão Permanente de Licitações

Comissão Permanente de Licitações

PROCESSO ADMINISTRATIVO Nº. 3550/2011

Processo Administrativo nº. 2253/2011

PREGÃO PRESENCIAL Nº. 024/2011

PREGÃO PRESENCIAL Nº. 025/2011

TIPO: MENOR PREÇO – POR ITEM

TIPO: MENOR PREÇO – POR LOTE

OBJETO: Aquisição de caixas de bombom de chocolate, conforme solicitação da Secretaria Municipal de Ação Social e Relações do Trabalho, especificações e quantidades conforme anexo I deste Edital.

OBJETO: Registro de preço para aquisição de gêneros alimentícios para atender a demanda das Secretarias solicitantes; especificações e quantidades estimadas constantes no anexo I do Edital.

LEGISLAÇÃO: Leis Federais nº. 8.666/1993 e 10.520/2002 Lei Complementar n° 123/2006, Lei Municipal nº. 260/2005 e Decreto Municipal nº. 1254/2009.

LEGISLAÇÃO: Leis Federais nº. 8.666/1993 e 10.520/2002, Lei Complementar n° 123/2006, Lei Municipal nº. 260/2005 e Decretos Municipais nº. 1095/2005 e 1254/2009.

DATA PARA ENTREGA DOS DOCUMENTOS PARA CREDENCIAMENTO, DA DECLARAÇÃO DE QUE A PROPONENTE CUMPRE OS REQUISITOS DE HABILITAÇÃO E DOS ENVELOPES DE PROPOSTA DE PREÇOS E DE HABILITAÇÃO: 07 de abril de 2011, até às 09h00min.

DATA PARA ENTREGA DOS DOCUMENTOS PARA CREDENCIAMENTO, DA DECLARAÇÃO DE QUE A PROPONENTE CUMPRE OS REQUISITOS DE HABILITAÇÃO E DOS ENVELOPES DE PROPOSTA DE PREÇOS E DE HABILITAÇÃO: 07 de abril de 2011, até às 14h00min.

LOCAL DA REALIZAÇÃO DA SESSÃO PÚBLICA DO PREGÃO: Prefeitura Municipal de Fazenda Rio Grande, situada à Rua Jacarandá, 300 – Nações.

LOCAL DA REALIZAÇÃO DA SESSÃO PÚBLICA DO PREGÃO: Prefeitura Municipal de Fazenda Rio Grande, situada à Rua Jacarandá, 300 – Nações.

O edital completo estará à disposição dos interessados dos dias 28 de março a 07 de abril de 2011, na Secretaria Municipal de Planejamento e Finanças – Setor de Licitações.

O edital completo estará à disposição dos interessados dos dias 28 de março a 07 de abril de 2011, na Secretaria Municipal de Planejamento e Finanças – Setor de Licitações.

Fazenda Rio Grande/PR, 25 de março de 2011.

Fazenda Rio Grande/PR, 25 de março de 2011.

Luiz Rafael Lopes Pregoeiro

Luiz Rafael Lopes Pregoeiro

Editais28-03  

Editais28-03

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you