Page 4

18

PUBLICAÇÕES LEGAIS/ NACIONAL

| Quinta-feira, 24 de março de 2011 |

Agostinho Zarpellon & Filhos S.A. - Indstria e Comr

cio

Saldos em R$ . 31.12.10 31.12.09

CNPJ (MF) nº 78.141.843/0001-03 IRATI - PR

Receita Operacional Receita Operacional Bruta

RELATÓRIO DA DIRETORIA

Deduções da receita Impostos sobre a Receita

Em cumprimento às disposições legais e estatutárias que regem a sociedade, submetemos à apresentação de V.Sas. as demonstrações contábeis relativas ao exercício findo em 31 de dezembro de 2010. Consignamos nossos agradecimentos aos clientes, fornecedores, funcionários e público em geral pelo apoio dado a Companhia. Irati - PR, 15 de Março de 2011

LUCROOPERACIONALBRUTO Custos das vendas Custos dos Produtos Vendidos

BALANCOS PATRIMONIAIS EM 31 DE DEZEMBRO DE 2010 E 2009 ATIVO CIRCULANTE Disponibilidade Aplicações Financeiras Clientes Estoques Imposto a Recuperar Outros Créditos ATIVO NÃO CIRCULANTE REALIZAVEL A LONGO PRAZO Depósitos Judiciais PERMANENTE Investimentos Imobilizado Intangível TOTAL DO ATIVO

Saldos em R$ . 31.12.10 31.12.09 98.002,61 550.118,96 260.726,83 206.704,41 2.516.290,15 43.592,88 3.675.435,84

219.522,29 511.366,15 431.755,28 239.566,01 2.465.422,50 34.796,65 3.902.428,88

26.727,24 26.727,24

27.876,41 27.876,41

1.838.984,27 4.034.047,78 3.254,26 5.876.286,31

1.838.984,27 3.792.611,84 2.440,40 5.634.036,51

9.578.449,39

9.564.341,80

PASSIVO CIRCULANTE Fornecedores Obrigações Trabalhistas e Sociais Obrigações Tributarias Adiantamento de Clientes Títulos a Pagar Outros Débitos PATRIMÔNIO LÍQUIDO Capital Social Prejuízos Acumulados

Saldos em R$ . 31.12.10 31.12.09 81.564,14 290.784,28 51.188,71 6.743,00 2.534.424,52 25.594,00 2.990.298,65

19.682,36 172.350,05 40.610,86 29.928,97 2.369.274,14 5.668,56 2.637.514,94

9.090.000,00 (2.501.849,26) 6.588.150,74

9.090.000,00 (2.163.173,14) 6.926.826,86

Prejuízo do Exercício Quantidade de Ações Prejuízo por Ação

4.220.942,27 4.220.942,27

(803.458,79) (803.458,79) 3.036.417,75

(586.502,83) (586.502,83) 3.634.439,44

(2.699.231,37) (2.699.231,37)

(2.718.592,60) (2.718.592,60)

(300.971,33) (836.012,93) (4.443,94) 63.421,01 (1.078.007,19) (740.820,81)

(1.135.806,69) (672.326,93) (97.238,03) 30.738,72 (1.874.632,93) (958.786,09)

429.752,95 429.752,95 (311.067,86) 69.000.000 (0,0045)

12.249,74 12.249,74 (946.536,35) 69.000.000 (0,0137)

DEMONSTRAÇÃO DO FLUXO DE CAIXA EXERCÍCIOS FINDOS EM 31 DE DEZEMBRO DE 2010 E 2009 Saldos em R$ 31.12.10 TOTAL DO PASSIVO

CAPITAL SOCIAL 9.090.000,00

9.578.449,39

PREJUÍZOS ACUMULADOS (1.216.636,79) (946.536,35) (2.163.173,14) (311.067,86) (27.608,26) (2.501.849,26)

9.090.000,00 9.090.000,00

ATIVIDADESOPERACIONAIS Resultado do Exercício Despesas que não afetam o caixa (+) Depreciações Variações nos Ativos e Passivos (Aumento) Redução de Clientes (Aumento) Redução impostos Recuperar (Aumento) Redução de outros Créditos (Aumento) Redução dos Estoques Aumento (Redução) Fornecedores Aumento (Redução) Obrigações Trabalhistas Aumento (Redução) Obrigações Tributárias Aumento (Redução) Adiantamentos de Clientes Aumento (Redução) de Títulos a Pagar Aumento (Redução) de Contas a Pagar

9.564.341,80

PATRIMÔNIO LÍQUIDO 7.873.363,21 (946.536,35) 6.926.826,86 (311.067,86) (27.608,26) 6.588.150,74

As notas explicativas são parte integrante das demonstrações contábeis NOTAS EXPLICATIVAS ÀS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS EM 31 DE DEZEMBRO DE 2010 E 2009 - (Em Reais) 4. Impostos a Recuperar O saldo inclui créditos por retenção sobre rendimentos de aplicações financeiras do exercício atual e anteriores e também sobre aquisições de insumos.

5. Investimentos Inclui participações societárias que totalizam 93,93% do saldo, como também depósitos compulsórios a Eletrobrás (2,73%) e reservas Florestais que somam 3,34%.

6. Imobilizado

Custo Reflorestamento 1.892.555 Terrenos 1.468.229 Edificações e Construções 656.756 Maquinários Industriais 3.180.043 Veículos 143.852 Instalações Elétricas 135.211 Móveis e Utensílios 71.942 Equipamentos de Informática 61.264 Instalações Telefônicas 2.696 Outras Imobilizações 62.207 TOTAL

31/12/10 Depreciação

Saldo 1.892.555 1.468.229

(563.524)

Custo 2.044.058 1.391.566

93.232

656.756

31/12/09 Depreciação

(549.576) (2.747.381) (321.030)

Saldo 2.044.058 1.391.566 107.180

(2.796.645) (44.596)

383.398 99.255

2.892.074 345.092

144.693 24.062

(87.251)

47.961

116.547

(78.968)

37.579

(38.246)

33.696

68.412

(38.065)

30.347

(56.277)

4.986

55.638

(55.638)

-

(1.730)

966

2.696

(1.303)

1.393

(52.439)

9.768 4.034.048

62.207

(50.473)

11.734 3.792.612

7. Títulos a Pagar Do saldo em aberto, 87% é referente à operações intercompany, sendo o restante dividas com outros fornecedores. 8. Capital Social O capital Social é de R$ 9.090.000,00 divididos em 69.000.000 ações ordinárias nominativas sem valor nominal. DIRETORIA Arno Marcos de Campos Diretor

Luiz Fernando Zarpellon Diretor

Acir Carlos Horst Técnico Contábil CRC – PR 21.257/O-1

PARECER DOS AUDITORES INDEPENDENTES Aos Srs. Acionistas AGOSTINHO ZARPELLON & FILHOS S.A INDÚSTRIA E COMÉRCIO (1) Examinamos o balanço patrimonial da AGOSTINHO ZARPELLON & FILHOS S.A. INDÚSTRIA E COMÉRCIO, levantado em 31 de dezembro de 2010, e as respectivas demonstrações do resultado, das mutações do patrimônio líquido e do fluxo de caixa correspondentes ao exercício findo naquela data, elaborados sob a responsabilidade de sua administração. Nossa responsabilidade é a de expressar uma opinião sobre essas demonstrações contábeis. (2) Nossos exames foram conduzidos de acordo com as normas de auditoria aplicáveis no Brasil e compreenderam: (a) o planejamento dos trabalhos, considerando a relevância dos saldos, o volume das transações e o sistema contábil e de controles internos da Sociedade; (b) a constatação, com base em testes, das evidências e dos registros que suportam os valores e as informações contábeis divulgadas; e (c) a avaliação das práticas e das estimativas contábeis mais representativas adotadas pela administração da Sociedade, bem como da apresentação das demonstrações contábeis tomadas em conjunto.

3.839.876,54 3.839.876,54

As notas explicativas são parte integrante das demonstrações contábeis

DEMONSTRAÇÃO DA MUTAÇÃO DO PATRIMÔNIO LÍQUIDO - EXERCÍCIOS FINDOS EM 31 DE DEZEMBRO DE 2010 E 2009 - (Em Reais)

1. Contexto operacional A empresa tem como objetivo social o comércio, indústria e exportação de madeiras em suas modalidades diversas e exploração de atividade agro-florestal. 2. Apresentação das Demonstrações Contábeis As demonstrações contábeis estão sendo apresentadas com base nas disposições contidas na Lei das Sociedades por Ações e foram elaboradas com base nas práticas contábeis adotadas no Brasil. 3. Principais práticas contábeis (a) Apuração do resultado O resultado é apurado pelo regime de competência de exercícios. Os rendimentos e encargos incidentes sobre os Ativos e Passivos Circulantes, bem como os efeitos de ajustes de valores do Ativo para o valor de realização ou de mercado, quando aplicável, estão reconhecidos no resultado. (b) Estoques Os estoques foram avaliados ao custo médio de aquisição ou produção, líquidos de impostos recuperados, não superando os preços de mercado. (c) Permanente Demonstrado ao custo de aquisição. As depreciações, amortizações e exaustão são calculadas com base no método linear às taxas usualmente aceitas e no prazo estimado de vida útil do bem. (d) Passivo circulante Demonstrado pelos valores conhecidos ou calculáveis acrescidos, quando aplicável, dos correspondentes encargos e variações monetárias incorridos até a data do balanço. (e) Imposto de Renda e Contribuição Social Não foram constituídas as provisões para imposto de renda e contribuição social, visto que foi apurado no exercício, prejuízo fiscal e base negativa de contribuição social.

Despesas Operacionais Vendas Administrativas Financeiras Receitas Financeiras RESULTADOOPERACIONAL Despesas/Receitas não Operacionais Resultado não Operacional

As notas explicativas são parte integrante das demonstrações contábeis

SALDOS EM 31/12/08 Prejuízo do exercício SALDOS EM 31/12/09 Prejuízo do exercício Ajustes do exercício anterior SALDOS EM 31/12/10

DEMONSTRAÇÃO DOS RESULTADOS EXERCÍCIOS FINDOS EM 31 DE DEZEMBRO DE 2010 E 2009

(3) Em nossa opinião, as demonstrações contábeis acima referidas representam adequadamente, em todos os aspectos relevantes, a posição patrimonial e financeira da AGOSTINHO ZARPELLON & FILHOS S.A. INDÚSTRIA E COMÉRCIO, em 31 de dezembro de 2010, o resultado de suas operações, as mutações de seu patrimônio líquido e o fluxo de caixa referente ao exercício findo naquela data, de acordo com as práticas contábeis emanadas da legislação societária brasileira. (4) Anteriormente, examinamos as demonstrações contábeis do exercício findo em 31 de dezembro de 2009 apresentadas para fins de comparação, sobre as quais emitimos parecer, sem ressalvas, datado de 24 de Março de 2010. Curitiba – PR, 4 de março de 2011

JC Souza, RADURÊS Auditores Independentes CRC PR nº 005.495/O-1

João Carlos de Souza Contador CRC 1SP nº 159.112/O-2 – T - PR

Caixa Líquido das Atividades Operacionais ATIVIDADES DE INVESTIMENTOS (Aumento) Redução do imobilizado Caixa Líquido das Atividades de Investimentos ATIVIDADES DE FINANCIAMENTO (Aumento) Redução das Aplicações Financeiras (Aumento) Redução de Empréstimos e Financeiros (Aumento) Redução de Ajustes Exercícios anteriores Caixa Líquido das Atividades de Financiamentos VARIAÇÃOLIQUIDADOCAIXA CAIXA-SALDOINICIAL CAIXA-SALDOFINAL

. 31.12.09

(311.067,86) 196.835,44 196.835,44 498.159,05 171.028,45 (50.867,65) (7.647,06) 32.861,60 61.881,78

(946.536,35) 236.941,39 236.941,39 1.068.995,19 790.284,95 (4.301,47) (33.796,19) 153.015,82 9.286,88

118.434,23

17.241,01

10.577,85

21.796,88

(23.185,97) 165.150,38 19.925,44

(3.463,19) 122.414,05 (3.483,55)

383.926,63

359.400,23

(439.085,24)

301.425,20

(439.085,24)

301.425,20

(38.752,81)

(437.646,74)

-

(77.257,23)

(27.608,26)

-

(66.361,07)

(514.903,97)

(121.519,68) 219.522,29 98.002,61

145.921,46 73.600,83 219.522,29

As notas explicativas são parte integrante das demonstrações contábeis DEMONSTRAÇÃO DO VALOR ADICIONADO EXERCÍCIOS FINDOS EM 31 DE DEZEMBRO DE 2010 E 2009

1. RECEITAS Receitas das Vendas e Serviços Demais Receitas 2. DESPESAS Materiais e Insumos Consumidos Outras Despesas Despesas Administrativas 3. RETENÇÕES Depreciações 4. VALORADICIONADOLÍQUIDO 5. VALORADICIONADORECEBIDO EMTRANSFERÊNCIA Receitas Financeiras Dividendos Recebidos 6. VALORADICIONADOTOTAL A DISTRIBUIR 7. DISTRIBUIÇÃOVALORADICIONADO Empregados Salários e Encargos de Empregados Benefícios a Empregados Tributos Federais Estadual Municipal RESULTADODOEXERCICIO

Saldos em R$ . 31.12.10 31.12.09 4.269.629,49 4.233.192,01 3.839.876,54 4.220.942,27 429.752,95 12.249,74 (1.782.003,46) (2.601.648,13) (1.238.784,60) (1.387.846,70) (305.415,27) (1.080.593,55) (237.803,59) (133.207,88) (196.835,44) (236.941,39) (196.835,44) (236.941,39) 2.290.790,59 1.394.602,49 63.421,01 62.163,27 1.257,74

30.738,72 29.421,79 1.316,93

2.354.211,60 2.665.279,46 1.861.820,67 1.764.210,04 97.610,63 803.458,79 379.237,92 424.220,87 (311.067,86)

1.425.341,21 2.371.877,56 1.837.504,35 1.752.524,91 84.979,44 534.373,21 119.671,33 413.728,92 972,96 (946.536,35)

As notas explicativas são parte integrante das demonstrações contábeis

editais24-03  

editais24-03