Page 1

w w w. m e t r o p o l e j o r n a l . c o m . b r

Ano 11 | Nº 2620 | 29 de dezembro de 2010

Quarta-feira

Presidente: Ary Leonel da Cruz

Diário de Circulação Nacional

Lula fala do seu governo com otimismo

Delegado afirma que houve redução da criminalidade em SJP

Lula disse que durante os oito anos de governo trabalhou muito para provar que sua eleição não seria ruim para o país. "A minha chegada tinha que mudar o patamar de governança deste país. Nenhum presidente teve que provar qualquer coisa, mas eu sabia que tinha que provar a cada dia, que alguém saído do meio do povo teria condições de governar como todos os doutores que passaram pela Presidência deste país. Não podia só falar, tinha que provar, disse. Página 3

SEM BUROCRACIA

Aumenta número de empresas em SJP » De 1º de março a 1º de dezembro deste ano, 6.304 pessoas solicitaram consulta na Prefeitura de São José dos Pinhais para abrir sua empresa. Mesmo compreendendo um período de nove meses, o número já é 40% superior ao registrado nos anos anteriores, que girava na média de 4.500. O principal motivo que levou esse dado a crescer chama-se icad, o novo sistema online para cadastramento e licença de alvarás no município. Página 6

Wilson Dias/ABr

» Em tom de despedida,

O presidente Lula com o ministro Paulo Bernardo na inauguração da nova sede do CNPQ, em Brasília

» O trabalho velado da Polícia Civil durante a Operação de Final de Ano, em São José dos Pinhais, realizado nos últimos 60 dias, apresentou resultados positivos com a redução da criminalidade no município. A afirmação é do delegado titular da polícia local, Osmar Antônio Dechiche, ao afirmar que os assaltos contra estabelecimentos bancários, casas lotéricas e lojas comerciais, no centro da cidade, não aconteceram durante o período antes do Natal em razão da operação policial especial que começou no dia 1º de novembro. Página 11

Comércio de São José dos Pinhais liquida estoques » Quem conseguiu con-

ter o impulso natalino ainda poderá economizar até 70%, nos dias que antecedem a virada do ano, aproveitando as liquidações dos saldos de Natal nas principais lojas de móveis e eletro domésticos de São José dos Pinhais.

Na segunda-feira (27), algumas lojas pertencentes às grandes redes iniciaram a queima do estoque com promoções arrasadoras e conseguiram atrair milhares de são-joseenses com descontos que variavam entre 40% e 72%. Página 6

Presidente da Câmara de Colombo presta contas de sua gestão

PREÇOS

Feijão, carne e queijo puxam alta

O setor de vestuário ainda é o mais procurado no calçadão da Rua XV de Novembro

» O feijão, o queijo mussarela e a carne bovina foram os maiores responsáveis pela alta de preços em supermercados em 2010. Puxada principalmente por esses três itens, uma cesta composta por 35 produtos de maior consumo no país já subiu quase 15% neste ano e superou em aproximadamente 10 pontos percentuais o Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) acumulado durante o mesmo período. Página 7

Bombeiros salvam 147 pessoas no mar em 16 dias

Página 9

Foto Soldado Fernando Saraiva PM-PR

» O superintendente dos Portos Públicos do Paraná, Mario Lobo Filho, e o secretário especial para Assuntos da Copa, Algaci Túlio, apresentaram ontem (28) para autoridades, empresários, representantes do setor portuário e da sociedade civil organizada, o anteprojeto do Terminal de Passageiros de Paranaguá. O objetivo é debater com a sociedade e incorporar novas ideias ao futuro projeto executivo, que numa fase mais avançada definirá a execução das obras. Página 7

Página 8

Três veículos “estragam” a cada hora nas rodovias

PARANAGUÁ

Porto: Terminal de Passageiros

Nivaldo Bernardi é cidadão honorário de CGS

» Hoje é o Dia do Guarda-Vidas, profissional do Corpo de Bombeiros responsável pela proteção das pessoas em ambientes perigosos como no mar e rios. E para comemorar a data, os bombeiros da Polícia Militar do Paraná divulgam os resultados do trabalho destes profissionais, na costa leste, desde o início da Operação Viva o Verão 2010/ 2011, em 11 de dezembro. Até agora foram 147 salvamentos no litoral paranaense. Isso significa que todas essas pessoas tiveram atendimento rápido dos guarda-vidas, que os retiraram do mar, evitando consequências mais graves.

Despesas superam receita e resultado afeta superávit Página 7

Lula: Dilma fará um "extraordinário" governo Página 2

Casa pré-fabricada fica pronta em apenas 24 horas Caderno Imobiliário

O vereador presidente da Câmara de Colombo, Gilberto Agrolombo

» O vereador Gilberto Agrolombo, de Colombo, encerra o seu mandato como presidente do Legislativo referente período 2009/2010. Segundo ele, neste período, foi economizado pela casa mais de R$ 4 milhões. "Esta é uma forma de con-

tribuir financeiramente para o crescimento do município, uma vez que essa verba economizada, pode ser utilizada pelo executivo em outras áreas e atividades de maior necessidade".

Página 4

Prefeito Luizão: "2010 foi bom, mas 2011 será muito melhor para Pinhais" » O ano de 2010 praticamente já se foi. É hora de contabilizar as conquistas, analisar o que já foi feito e o que deixou de ser feito e se programar para que o próximo ano seja sempre melhor. É isso que o prefeito de

Pinhais, Luizão Goulart está fazendo. Após dois anos frente a administração municipal de Pinhais, ele acredita que muitos avanços vieram para a cidade, no entanto, reconhece que ainda falta muito pela frente. Página 11


2

| Quarta-feira, 29 de dezembro de 2010 |

Editorial

Política & Poder

Pé no freio em 2011 O Brasil vai começar 2011 e um novo governo com o pé no freio do crescimento da economia. O ministro da Fazenda, Guido Mantega, reconhece o fenômeno e situa a China como vilã da história. Ele explicou que o aumento dos juros na China deve intensificar a desaceleração da economia mundial no próximo ano, em razão do peso do país asiático no cenário global. Ele ressaltou, porém, que a desaceleração já era esperada, devido ao "refluxo" das medidas de estímulo adotadas durante a crise financeira mundial, iniciada em setembro de 2008, e que agora estão sendo retiradas. O governo chinês determinou o aumento dos juros numa tentativa de conter a inflação interna, segundo Mantega. E, quando o gigante asiático "coloca o pé no freio", isso afeta outros países, entre eles o Brasil, uma vez que os países emergentes agora também têm peso maior na economia mundial. Mantega afirmou que um dos motivos das pressões inflacionárias na China é a política anticíclica, adotada durante a crise, de concessão de crédito, que injetou US$ 1,2 trilhão no mercado. Ele disse que o valor "talvez tenha sido um pouco exagerado e acabou resultando numa bolha imobiliária". O ministro acrescentou ainda que a China é muito sensível ao aumento dos preços das commodities alimentícias. "Quanto menor a renda da população, maior o peso do custo dos alimentos na inflação." Mantega também admitiu a possibilidade de não cumprimento da meta cheia do superávit primário (economia para pagar juros da dívida pública) em 2010, equivalente a 3,1% do Produto Interno Bruto (PIB) - soma das riquezas e serviços produzidos no país. Ele disse que o governo está trabalhando para cumprir a meta cheia, mas admitiu a existência de dificuldades para estados e municípios. Ainda ontem, a Associação Brasileira de Supermercados (Abras), deu a péssima notícia. O feijão, o queijo mussarela e a carne bovina foram os maiores responsáveis pela alta de preços em supermercados em 2010. Puxada principalmente por esses três itens, uma cesta composta por 35 produtos de maior consumo no país já subiu quase 15% neste ano e superou em aproximadamente 10 pontos percentuais o Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) acumulado durante o mesmo período. Segundo a entidade, a cesta Abrasmercado subiu 14,88% de janeiro a novembro, alcançando o valor de R$ 300,47. De outubro a novembro, a alta foi de 4,80%. Já o IPCA acumula variação de 5,25% de janeiro a novembro deste ano. Em novembro, a inflação medida pelo índice registrou variação de 0,83% frente o mês de outubro. O feijão, produto com o maior aumento dentre os incluídos na cesta Abrasmercado, teve alta de 64,6% de janeiro a novembro. O queijo mussarela subiu 33,5% e a carne bovina (traseiro), 30,6%, no período. O aumento dos preços, entretanto, não comprometeu as vendas do setor. De janeiro a novembro, as vendas nos supermercados cresceram 4,33%, já descontada a inflação medida pelo IPCA. Para o setor o resultado é positivo. É o terceiro ano seguido de crescimento do faturamento dos supermercados. As vendas de fim de ano devem colaborar para que o resultado final seja ainda melhor do que o obtido até o final de novembro. De qualquer forma, a análise do ministro Mantega causa preocupação. A China, afinal, pode repetir os Estados Unidos com uma crise de grande porte como resultado da ganância do sistema financeiro.

ano

Metró ole

11 R$

RICHA EM BRASÍLIA O governador eleito Beto Richa (PSDB) deve viajar a Brasília para a posse da presidente eleita Dilma Rousseff no dia 1º, depois de sua posse na Assembléia Legislativa e no Palácio Iguaçu. O fato do governador paranaense, a esta altura já será, ir a posse da presidenta será é a demonstração prática do discurso tucano de que os governadores não farão oposição ao governo Dilma. Aliás, como governadores nem podem. Devem manter equilíbrio em favor de seus Estados. E, oposição é um papel mais afeito ao Legislativo. A lamentar que o Parlamento, em Brasília, nos Estados e nos municípios, tem a mania do fisiologismo, de boa parte alinhar-se ao governante de plantão. Dos partidos brasileiros, o mais próximo que se chegou a oposição foi quando o PT combateu os oito governos do PSDB e nestes oito últimos anos, o PSDB combateu o governo do PT. As demais legendas, salvo algumas exceções pessoais, foram uma piada. DIZ QUE A TV Sinal da Assembleia Legislativa vai transmitir no dia 1º de janeiro, ao vivo para todo o Paraná, a posse dos tucanos Beto Richa e seu vice, Flávio Arns. Prometeu transmitir a diplomação dos eleitos no último dia 17 e não o fez. Talvez por ser evento externo. Então agora deve mesmo fazê-lo porque a posse se dará no plenário da Assembléia. HISTÓRICA Esta será a primeira vez que a Assembéia fará a transmissão, que terá início às 9h30. Sete câmeras estarão espalhadas pela Casa para fazer a cobertura da solenidade. Equipes acompanharão desde a chegada do governador, a realização da sessão solene, até a sua saída, em direção ao Palácio Iguaçu, onde acontecerá a transmissão de cargo. A TV Sinal pode ser vista no canal 16 da NET; 99 da TVA e 21, quando da veneta, que é disponibilizado por TV aberta. DÁ-LHE ÁLVARO 1 O senador Álvaro Dias (PSDB) mantém-se uma das lideranças tucanas mais respeitadas no País. Em entrevista na condição de futuro líder da bancada tucana no Senado, anunciou que pretende estender o trabalho da oposição em conjunto com a sociedade e incentivar a prática entre outros partidos. DÁ-LHE ÁLVARO 2 "Trabalharemos como uma oposição contundente em muitos momentos e que buscará uma interação maior com segmentos da sociedade para ampliar suas forças. Queremos atuar para cumprir nosso papel de denunci-

Correspondência para roselivalerio@gmail.com

ar e fiscalizar o governo", prometeu Álvaro. TUCANOS DE LÁ... Qual a repercussão que o desempenho forte de Álvaro terá aqui no Paraná? O senador se firmando como nome forte do PSDB junto ao comando nacional do partido em função da atuação firme no Congresso Nacional, se garante contra qualquer iniciativa do PSDB estadual contra si. TUCANOS DAQUI Entre as lideranças tucanas paranaenses, Álvaro não é bem visto. Depois de anunciar apoio ao irmão, Osmar Dias (PDT), na disputa pelo governo contra o candidato do PSDB, ele se indispôs em definitivo com o partido. Na verdade foi só o toque final, lembrando que entre dezembro de 2009 e março de 2010, o senador criou todo tipo de empecilho para a candidatura de Beto Richa ser viabilizada internamente. DAS REFORMAS Para encerrar sobre a futura atuação de Álvaro no Senado. Ele fez a defesa das reformas políticas e tributária e avaliou que não saíram até agora porque não houve interesse do governo petista em realizá-las. "O governo federal hoje arrecada horrores e cada vez mais. Por isso, tem receio de perder receitas", disse ele. SEM FUTURO Para Álvaro, a visão do governo é "imediatista, oportunista". Ele ajunta: "Não há perspectiva de futuro. Se tivesse, a reforma ocorreria, já que certamente com a redução da carga tributária o país crescerá mais e o governo arrecadará mais, só que com o povo pagando menos", apontou. TORPEDOS... O ex-governador e senador eleito, Roberto Requião (PMDB) provocou o deputado estadual Luiz Claudio Romanelli (PMDB), que foi líder de seu governo na Assembléia. Pelo twitter, Requião perguntou se Romanelli estava junto dos deputados federais Cassio Taniguchi (DEM) e Luciano Pizzatto (DEM), os mais criticados entre os integrantes do futuro governo Richa. DE REQUIÃO "Caro Roma, vc está "se pegando" com esta gente? Explique isto para nós, seus amigos e eleitores", provocou Requião. Ao que Romanelli, até para fugir da resposta, tuitou em um único post: "Vou acender uma vela em intenção de iluminar a sua alma". ACABA AMANHÃ O prazo para justificar a ausência no segundo turno das eleições 2010 termina amanhã, quinta-feira. O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) já registrou mais de 10 milhões de justificativas de eleitores que não compareceram para votar. O documento de justificativa pode ser impresso da Internet. COMO FAZ Para justificar a ausência, o eleitor deve apresentar o Re-

querimento de Justificativa Eleitoral ao juiz da zona eleitoral em que estiver inscrito. O TSE informou que quem estava no exterior no dia da eleição e não votou deve justificar sua ausência em, no máximo, 30 dias após o retorno ao Brasil. SHOW DO PARANÁ Dilma não prestigiou o Paraná no ministério, salvo mantendo Paulo Bernardo, mas no dia da posse da presidenta, dois grupos do Paraná farão show. O primeiro será o Grupo Pés de Ouro de fandango , de Paranaguá. O show será das 10 às 11h. Das 12 às 13h será a vez de Vesselka: Grupo Folclórico Ucraniano Brasileiro Vesselka - Balé, de Prudentópolis. A festa será na Esplanada dos Ministérios. PRATO FRIO Então, o afável governador Pessuti está se dedicando a receber 'em' palácio, desafetos de Requião. Além de Luiz Henrique Bona Turra, o procurador demitido por Requião e reintegrado ao cargo por Pessuti, em fotografia oficial da Agência de Notícias, o governador apareceu com o advogado Nilson Sguarezi, que assinou nove das dez ações judiciais movidas pelos desafetos de Requião. CASSAÇÃO Sguarezi assinou como advogado, inclusive aquela ação recente, em que o exdeputado José Domingos Scarpelini pede a anulação da diplomação de Requião como senador eleito. Ou, seja, a cassação do mandato de senador. DINHEIRO CERTO A Secretaria estadual da Administração (Seap) começou no início da semana o processamento da folha de pagamento de dezembro. Ontem a noite os vencimentos, aposentadorias e pensões dos servidores públicos estaduais da administração direta e autárquica do governo foram depositados. EM CAIXA Os valores estarão disponíveis para saque nas contas de todos os servidores a partir desta quarta-feira, garantiu o governador Orlando Pessuti (PMDB). "O pagamento dos salários do funcionalismo não está, nem nunca esteve, comprometido, conforme têm reiterado os secretários que integram o grupo de transição por parte do atual governo", ele reafirmou. NO BOLSO A folha de pagamento dos cerca de 267 mil cargos da ativa e dos aposentados e pensionistas gira em tornou de R$ 700 milhões. Somando-se esses valores ao 13.º, pago no último dia 16, e aos salários e 13.º de professores temporários depositados no último dia 22, só neste mês, a Secretaria da Fazenda liberou mais de R$ 1,4 bilhão para despesas com pessoal.

Lula diz que Dilma fará um “extraor dinário ” “extraordinário governo e que não pode “deixar o carro parar ” Brasília - Em sua última visita a Pernambuco antes de deixar a Presidência da República, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva assegurou ontem (28) que a presidente eleita, Dilma Rousseff, dará continuidade aos programas iniciados durante sua gestão e que não pode “deixar o carro parar”. “Companheiros da Fiat, a Dilma fará um extraordinário governo e dará apenas sequência ao projeto que ela mesma ajudou a construir”, disse. “O carro já está andando a 110 quilômetros, e ela vai levar a 130 quilômetros, poderá reduzir a 119 quilômetros, quando estiver em uma curva, mas não poderá deixá-lo parar”, completou Lula ao discursar na cerimônia de lançamento da pedra fundamental da nova fábrica da Fiat do Brasil, no Complexo Industrial e Portuário de Suape (PE). Ao lembrar os investimentos feitos no Nordeste durante sua gestão, Lula disse que em dez anos a região poderá deixar de ser a mais pobre do país. “A Fiat agiu corretamente quando decidiu se instalar no Nordeste. Se depender de mim, sendo presidente ou não, mais indústrias irão se instalar no Norte e no Nordeste porque precisamos recuperar mais de um século de atraso”, afirmou. A nova fábrica da Fiat compreende uma área de 4,4 milhões de metros quadrados, e deve gerar 3.500 novos empregos diretos, quando estiver em plena operação. Inicialmente, a nova instalação terá capacidade para a produção de, aproximadamente, 200 mil veículos por ano. Em tom de despedia, Lula disse que durante os oito anos de governo trabalhou muito para provar que sua eleição não seria ruim para o país. “A minha chegada tinha que mudar o patamar de governança deste país. Nenhum presidente teve que provar qualquer coisa, mas eu sabia que tinha que provar a cada dia, que alguém saído do meio do povo teria condições de governar como todos os doutores que passaram pela Presidência deste país Não podia só falar, tinha que provar. Não só para mim mesmo, mas para as pessoas e para os trabalhadores”, disse. Segundo Lula, o maior legado que ele deixará como presidente da República será a certeza de que qualquer trabalhador poderá chegar à Presidência ou poderá mudar a história do país se persistir e perseverar.

Decreto de Pessuti vai proteger peemedebistas Apesar de se prestar como represália direta a Requião, governador garante liberdade de opinião e para fazer denúncias

HELVÉTICA

40 anos

1,20

Home Page: www.metropolejornal.com.br Diário de propriedade da Editora Interbairros Ltda - CNPJ 97.465.900/000227 Diretor Presidente: Ary Leonel da Cruz E-mail presidente: arycruz@metropolesjp.com.br Editor Chefe: Ary Laurindo - MTB 417 - Fone: (41) 3383-0421 Contatos Redação: redacaometropole@metropolesjp.com.br jornalmetropole@metropolesjp.com.br Redação: Rua Dr. Manoel Ribeiro de Campos, 937, esq. Visconde do Rio Branco Centro - São José dos Pinhais-PR - CEP 83005-310 Telefone Administração: (41) 3383-6650 Departamento Comercial: buturimetropole@hotmail.com Gerente Comercial: Maurício Orlando Mosson Fones: (41) 3024-6766 • 9973-1492 - cial@ctbametropole.com.br Publicações Legais: Representante - Edital Center Ltda. - Tel. (041) 3024-6766 cial@ctbametropole.com.br Filiado: Sindicato das Empresas Proprietárias de Jornais e Revistas do Estado do Paraná ADI - PR - Associação dos Diários do Interior Representante em Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Rio de Janeiro e Brasília: Central de Comunicação - SCS QD 02/Bl. D/Salas 1002/1003 - Edif. Oscar Niemayer CEP 70316-900 • Brasília • Distrito Federal Fones: (61) 3323-4071 • 8133-3400 As matérias opinativas, que venham assinadas, não expressam necessariamente a opinião deste jornal

Roseli Valério, de Curitiba Nenhum servidor público pode sofrer processo, responder sindicância interna ou ser punido administrativamente por delito de opinião ou por denunciar seus superiores por corrupção, é o que diz, em síntese o decreto assinado pelo governador Orlando Pessuti (PMDB). Essa iniciativa deve proteger, nos próximos meses, no aspecto do "delito de opinião", peemedebistas e simpatizantes do partido que são servidores do Estado. Quem assume o poder no Paraná em 1º de janeiro é o PSDB, teoricamente adversário do PMDB. Através desse decreto, porém, o primeiro beneficiado foi o advogado Luiz Henrique Bona Turra, que havia sido demitido do cargo de procurador do Estado pelo então governador Roberto Requião (PMDB), há cinco anos. Possivel-

mente porque o caso do procurador serve para atingir diretamente o ex-governador Roberto Requião (PMDB). É que o governador, em sua última semana de mandato, decidiu encaminhar ao Ministério Público Estadual (MPE) as denúncias que Bona Turra fez contra a gestão de Requião na época. Eram a respeito de supostas irrregularidades em contratos de concessão de serviços públicos e obras realizadas em 2003 e 2004. Não fosse a motivação política - Pessuti e Requião se atacam desde abril deste ano porque o atual governador demitiu vários requianistas - provavelmente o MPE não seria provocado para investigar as denúncias. Até agora ninguém tomou essa iniciativa, nem mesmo a oposição ao ex-governador na Assembléia Legislativa. O decreto de Pessuti assegura a Bona Turra a volta ao cargo até a conclusão do processo administrativo de revisão. Já a decisão final, se o pro-

curador será mantido ou exonerado, ficará para o próximo governador, o tucano Beto Richa. De acordo com o decreto, o governador do Estado determina que os agentes públicos que derespeitarem o que foi estabelecido (de não punir ou perseguir servidor por delito de opinião ou denúncia de corrupção), poderão ser acusados de coação ilegal, abuso de autoridade e desvio de poder. Caso por exemplo de chefes, diretores, de secretários de Estado e o próprio chefe do Executivo. Mas, ainda conforme o decreto, fica garantido o direito de representação judicial ao servidor ofendido por denúncia ou opinião de um funcionário. MEMÓRIA A explicação oficial para o decreto é que esse instrumento adapta as normas do governo estadual às diretrizes internacionais da Convenção das Nações Unidas contra a Corrupção, assinada pelo Brasil em de dezembro de 2003.

Mas o episódio com Bona Turra é emblemático. Em março de 2005 ele foi à Assembléia, a convite da oposição, para detalhar as acusações que havia feito durante uma reunião do diretório estadual do PT, partido ao qual era filiado, contra o governo Requião. A reação do governador na época foi mandar instaurar processo administrativo contra o procurador do Estado. O procurador foi considerado culpado de desrespeito às instituições, deturpação de fatos relativos à gestão pública e de ter quebrado o sigilo das informações oficiais. E repreendido por não ter conversado com o procurador-geral do Estado a respeito das dúvidas nos procedimentos que denunciou. Segundo Bona Turra, não foi dado a ele o direito de defesa e o processo se realizou sem depoimento de testemunhas, nem produção de prova pericial. E que além de tudo, foi excluído da sessão de julgamento.


| Quarta-feira, 29 de dezembro de 2010 |

3

Em oito anos, país passou da austeridade fiscal ao crescimento com redistribuição de renda De uma economia em crise, com pouco crescimento e inflação em ascensão, para o maior crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) em mais de duas décadas, com desemprego em queda e reconhecimento internacional. A política econômica do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, em oito anos de governo, foi marcada pela busca do crescimento com distribuição de renda. A atuação do governo Lula na área econômica pode ser dividida em duas fases: a austeridade fiscal durante a gestão de Antonio Palocci no Ministério da Fazenda, de 2003 a 2006, e o crescimento com reconhecimento internacional da administração Guido Mantega na pasta, que começou há quatro anos e continuará no governo da presidenta eleita Dilma Rousseff. Com a necessidade de reorganizar a economia após o processo eleitoral de 2002, Lula iniciou o mandato por meio de um forte aumento de juros, que combinado com um ajuste fiscal mais rigoroso, resultou num crescimento do PIB de 0,5% em 2003. Inicialmente tinha sido divulgada queda de 0,2%, mas os números foram revisados posteriormente. Em 2010, o presidente Lula termina o governo com um crescimento estimado da economia de pelo menos 7,5%. A média de crescimento até 2008, ano mais forte da crise econômica, chegou a 4,2% e entre 2010 e 2014 a expectativa para o crescimento médio está em torno de 6%, de acordo com estimativas do Ministério da Fazenda. Somente em 2009, por causa da crise econômica mundial, o PIB caiu. A demanda interna que era de 0.2% no início do governo deve alcançar, em 2010, 10,3%. Quanto a demanda externa, que em 2002 era de 0,2%, tudo indica que deverá ficar negativa em 2,8%, com o Brasil exportando menos em consequência, ainda, da crise financeira internacional. Contidos no primeiro mandato de Lula, os investimentos deslancharam na segunda metade do governo. A Formação Bruta de Capital Fixo (FBCF), que em 2002 representava -7,8% do Produto Interno Bruto (PIB), deve fechar 2010 em 19,1% na mesma comparação, de acordo com o Ministério da Fazenda. Os destaques são os investimentos da Petrobras, do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC). A alta dos investimentos e do consumo impulsionou a indústria. Exceto em 2009, quando o Brasil ainda sentia os efeitos da crise, e 2003, o setor teve forte expansão. De 2,75% em 2002, a indústria deve encerrar 2010 com 8,5% de crescimento. O reconhecimento internacional dessa política veio em 2008, quando o Brasil recebeu o grau de investimento, certificação das agências de risco de que o país não dará calote na dívida pública. O maior crescimento econômico também se refletiu em maior riqueza por brasileiro. O PIB per capita, que um ano após o início do governo era de R$ 13.931, fechou 2009 em R$ 16.414 e a estimativa do Ministério da Fazenda é que chegue a R$ 17.500 em 2011, em torno de US$ 10 mil. Os efeitos do aquecimento da economia, no entanto, não se concentraram na parcela mais rica da população e beneficiaram as camadas mais pobres da sociedade, motivada pela política de valorização real do salário mínimo e pelos benefícios sociais com o Programa Bolsa Família. Entre 2002 até 2010 mais de 75 milhões de brasileiros foram incluídos na classe C e a desigualdade de renda pelo índice Gini caiu de 0,58% para 0,54% em 2009, com dados na última Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad). Em consequência, houve redução da pobreza em 45%. Enquanto, o percentual de pobres em 2002 chegava a 26,7%, em 2009 caiu para 15,3% da população. A criação de empregos também foi considerada recorde pelo governo. Em 2002, foram gerados 961 mil postos de trabalho. Para este ano, a estimativa do Ministério da Fazenda é de 2,2 milhões. Em novembro, a taxa de desemprego, medida pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) atingiu 5,7%, o menor nível da história. A inflação medida pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) caiu de 12,5% para 5,85% (estimativa do boletim Focus do Banco Central, em 14 de dezembro). A meta a partir de 2006 foi definida em 4,5%, podendo variar dois pontos percentuais para cima ou para baixo.

Wilson Dias/ABr

A atuação do governo Lula na área econômica pode ser dividida em duas fases: a austeridade fiscal durante a gestão de Antonio Palocci no Ministério da Fazenda, de 2003 a 2006, e o crescimento com reconhecimento internacional da administração Guido Mantega na pasta

Presidente Lula fala durante inauguração do novo edifício sede do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq)

PR tem servidores com melhores salários e capacitação continuada A reorganização das carreiras públicas, num primeiro momento, e instituição do reajuste geral anual, numa segunda etapa, fizeram com que os salários dos trabalhadores do serviço público estadual mais que dobrassem, em boa parte dos casos, entre 2003 e 2010. Oito anos depois, o Governo do Paraná conta com quadros mais bem remunerados, com maiores perspectivas de ascensão profissional e com programas de capacitação continuada à disposição. Na questão mais sensível, a salarial, havia carreiras que não recebiam aumento nos vencimentos há anos. Além disso, encontravam-se com estruturas de remuneração defasadas. Entre os quadros e, inclu-

sive, dentro de um mesmo quadro, entre cargos e funções, distorções surgidas ao longo do tempo precisavam ser eliminadas. O caso mais evidente era o dos docentes do ensino superior. Professores com mesma titulação, tempo de serviço e carga horária tinham remunerações diversas de uma faculdade ou universidade para outra. PROFESSORES Diante da necessidade iminente de se melhorar a remuneração, mas de forma organizada e que não fizesse só acentuar as diferenças, e ainda dentro das limitações legais, orçamentárias e financeiras, o Governo do Paraná iniciou, em 2003, por meio da Secretaria de Estado da Adminis-

tração e da Previdência (Seap), o trabalho de reformulação dos quadros, um a um. O primeiro deles foi o do magistério da educação básica. Resultado de um trabalho conjunto com a Secretaria de Estado da Educação e com o sindicato da categoria (APP-Sindicato), foi elaborado um plano para os professores que se tornou referência nacional. De imediato, trouxe aumentos médios de 33% (de até 102%, em algumas situações), fora a instituição de mecanismos de ascensão na carreira que criaram perspectivas de aumento contínuo da remuneração, individualmente (conforme tempo de serviço e cursos de pós-graduação concluídos, por exemplo). O

plano passou a valer em 2004. Na sequência, os demais quadros gradativamente passaram por reestruturações. "Em 2006, todos os quadros do Executivo tinham sido contemplados com alguma intervenção que aumentou os salários e, melhor, tornou mais uniformes as carreiras públicas. Com as grandes distorções eliminadas, foi possível instituir, em 2007, o reajuste geral anual do funcionalismo", observa a secretária da Administração e da Previdência, Maria Marta Lunardon. Tendo o 1º de maio como referência, anualmente os salários passam a ser reajustados pela inflação. Entre 2007 e 2010, o índice de correção aplicado soma 20,5%.

Lula diz que seu governo se diferenciou por ter feito o óbvio O presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse que seu governo se diferenciou dos outros por ter tido a coragem de "fazer o óbvio". A afirmação foi feita ontem (27) durante a inauguração do novo edifício sede do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), onde se reuniu com o Conselho Nacional de

Ciência e Tecnologia. "Eu apenas pedi que o ministro apresentasse um programa [para a área de ciência e tecnologia] e que vocês fiscalizassem", disse ele a representantes da comunidade científica. "Antes, mesmo sendo cientistas, os ex-presidentes e ministros tinham medo de vir aqui [em eventos como este]. Eles não conversavam nem com reitores. Hoje, vários minis-

tros estão aqui, sem medo de participar da avaliação dessa comunidade", ressaltou o presidente. "O biodiesel foi patenteado em 1973, e só em 2003 houve uma política para ele. Isso poderia ter sido feito antes. Não fizeram porque não quiseram fazer o óbvio", argumentou o presidente, pouco antes de citar, também como exemplo, o centro de

enriquecimento de urânio em Aramar e o submarino nuclear. Por esses e outros motivos, o país, segundo Lula, passou por 25 anos de atrofiamento da economia. "Hoje importamos trilho porque não produzimos trilho. Isso porque alguém algum dia achou que trilho era coisa do passado", completou o presidente.


4

| Quarta-feira, 29 de dezembro de 2010 |

Presidente do Legislativo Gilberto Agrolombo presta contas de sua gestão Ver eador destaca o PPortal ortal da T ransparência como a maior conquista da sua gestão ereador Transparência Ao encerrar este ano, o vereador Gilberto Agrolombo também encerra o seu mandato como presidente do Legislativo referente período 2009/2010. “Aproveito este momento para apresentar aos cidadãos de Colombo os gastos realizados pelo legislativo enquanto eu estava como presidente, onde sempre mantive o meu compromisso de transparência com e a administração das verbas públicas”, disse. Segundo o presidente, é importante ressaltar que ao longo deste período houve uma contribuição com o município deixando junto ao mesmo a quantia aproximada de R$ 4.869.146,81; valor este referente a economia orçamentária alcançada, sendo esta a forma com que a casa parlamentar projetou para contribuir financeiramente para o crescimento do município, uma vez que, essa verba economizada, pode ser utilizada pelo executivo em outras áreas e atividades de maior necessidade. “É importante lembrar-se de forma positiva, que mesmo com a nossa economia não deixamos de investir em melhorias para o trabalho dos nossos servidores e o atendimento da nossa população, assim posso citar a modernizamos na área de informática desta casa, através de: aquisição de novos computadores, para os setores administrativos e legislativos, aquisição e legalização dos softwares utilizados, bem como, ampliação da informa-

Vereador Agrolombo apresenta balanço da sua gestão como presidente da casa

O quadro abaixo expressa a economia realizada nos dois anos: ANÁLISE GERAL

TELEFONES Úteis de Colombo P r e f e it u r a M u n ic ip a l d e C o lo m b o R u a X V d e N o v e m b ro , 1 0 5 , C e n tro / F o n e s : (4 1 ) 3 6 5 6 -8 0 8 0 /3 6 5 6 -8 0 0 0 C â m a r a M u n ic ip a l d e C o lo m b o R u a F r a n c is c o B u s a t o , 8 0 0 5 - C e n t r o / F o n e : ( 4 1 ) 3 6 5 6 - 8 2 0 0 R e g io n a l M a r a c a n ã R u a D o rv a l C e cc o n , 6 6 4 / F o n e : (4 1 ) 3 6 7 5 -5 9 0 0 R e g io n a l R o ç a G r a n d e R o d o v ia d a U v a , 1 8 3 7 / F o n e ( 4 1 ) 3 6 2 1 - 3 1 1 2 4 ª C ia d o 1 7 º B P M R u a P e d r o P a v in , 2 1 1 - C e n t r o / F o n e : ( 4 1 ) 3 6 5 6 - 3 1 3 1 D e le g a c ia d e P o líc ia d e C o lo m b o R u a J o s é C a v a s s in , 8 1 - C e n t r o / F o n e : ( 4 1 ) 3 6 5 6 - 3 4 9 8 D e le g a c ia d e P o líc ia A lt o M a r a c a n ã R u a C a s e m ir o d e A b r e u , 2 4 1 – J a r d im M ile n a F o n e : (4 1 ) 3 6 0 5 -0 2 6 3 S a n t a C a s a d e M is e r ic ó r d ia d e C o lo m b o R u a M a r e c h a l F lo r ia n o P e ix o t o , 8 4 2 9 - C e n t r o F o n e : (4 1 ) 3 6 5 6 -3 3 2 2 P r o n t o A t e n d im e n t o A lt o M a r a c a n ã R u a S ã o P e d ro , 8 5 5 F o n e : (4 1 ) 3 6 6 3 -5 0 2 8 H o s p it a l e M a t e r n id a d e A lt o M a r a c a n ã R u a S ã o P e d ro , 8 9 2 F o n e : (4 1 ) 3 6 7 5 -5 5 0 0 C e n t r a l d e A m b u lâ n c ia s A b e l S c u is s ia t o , 4 0 , M a r a c a n ã fo n e (4 1 ) 3 6 2 1 -0 1 0 1 A g ê n c ia d o T r a b a lh a d o r R u a D o rv a l C e cc o n , 6 6 4 - M a ra c a n ã F o n e : (4 1 ) 3 6 6 6 -6 0 6 6 o u 3 6 6 6 -4 1 5 0

tização dos processos”, enfatizou. Agrolombo informou ainda que “fizemos a pintura interna e externa da casa legislativa, modernizamos o plenário desta casa, envolvendo mobiliário e novo sistema de som. Além disso, fizemos a aquisição de um novo veículo e realizamos a manutenção geral nos existentes, de forma que, hoje possuímos três veículos em perfeito estado de conservação e utilização”, explicou o presidente. De acordo com ele, a inovação mais importante e que pode ser acompanhada pelos cidadãos de Colombo, foi a criação do Portal da Transparência aonde disponibilizouse de forma clara e de fácil acesso, todas as informações pertinentes a gestão do patrimônio e do dinheiro público. “Sendo assim, chego ao final desse meu mandato como presidente do Legislativo sabedor de haver cumprido da melhor maneira possível o desafio recebido, agradeço a todos a confiança em mim depositada ao longo destes dois anos que estive a frente do Legislativo e também os quase 12 anos de vida pública”, agradeceu Gilberto Agrolombo, lembrando da importância da sua parceria com a administração do prefeito J. Camargo. “Quero agradecer ao prefeito pela parceria que mantivemos nestes dois anos em que estive a frente da presidência da Câmara, foi um trabalho que mostrou ótimos resultados à população”, encerrou o vereador.


5

| Quarta-feira, 29 de dezembro de 2010 |

Metró ole Variedades É bem mais fácil recebermos um sorriso, quando sorrimos para alguém

Céu com muitas nuvens

PROGRAMAÇÃO DE CINEMA DO SHOPPING SÃO JOSÉ ATÉ O DIA 30/12/2010

Megamente (Dub) - Livre

12h50 I - 15h00 I - 20h20 G

2

As Crônicas de Nárnia: A Viagem do Peregrino da Alvorada (Dub) - 10 Anos

11h00 I - 13h30 I - 16h00 - 18h30 G - 21h00 G - 23h30 B

3

Aparecida - O Milagre - Livre

11h10 I - 13h20 I - 15h30

3

De Pernas Pro Ar - 14 Anos

17h40 G - 20h00 G - 22h10 G - 00h30 B

4

Tron: O Legado (Dub) - 10 Anos

11h20 I - 14h00 I - 16h40 G - 19h20 G - 22h00 G

5

Megamente 3D 3D (Dub) - Livre

11h30 I

5

As Crônicas de Nárnia 3D: A Viagem do Peregrino da Alvorada 3D (Dub) - 10 Anos

16h30 G - 21h45 G

5

Tron: O Legado 3D 3D - 10 Anos

19h00 G - 00h20 B

5

Tron: O Legado 3D 3D (Dub) - 10 Anos

13h50 I

TOME NOTA

REVEILLON NO PORTO BEACH FUN O Porto Beach Fun iniciou sua quinta temporada na praia de Guaratuba cheio de novidades. O espaço, que reúne sete operações em um

só lugar, todas interligadas por um deck posicionado de frente para a baía, oferece três ótimas opções para a festa da virada. No Porto Santo Canto, a diversão será regada a muito sertanejo e pagode com a dupla Serginho e Marcelo e o grupo Tentativa. No Porto Deck, a programação musical fica por conta da banda Mandai, com muita MPB, e eletrônico com o dj residente. Na ocasião, será servido um cardápio especial e os casais ganham uma champagne. Mais informações e reservas pelo fone 41 3472 3238, email marilize@portobeachfun.com.br ou site www.portobeachfun.com.br. EXPOSIÇÃO DE ARTE BRASILEIRA TEM INÍCIO EM DUBAI Foi inaugurada ontem em Dubai, nos Emirados Árabes, a exposição de arte brasileira "Brazilian Art Between Occidental and Oriental Civilization", promovida pela Galeria de Artes Abaporu, com sede no Brasil, à convite do Departamento de Turismo, Comércio e Marketing de Dubai. O evento aconteceu no Al Owais Foundation e teve a presença de mais de 200 celebridades, empresários e imprensa convidada pelo Governo de Dubai. Entre as obras apresentadas na exposição estão telas de Tarsila do Amaral, Di Cavalcanti, Portinari, Anita Malfatti entre outros artistas renomados. O acervo apresentado pela Galeria Abaporu e minuciosamente selecionado por sua curadora Marly Cruz, conta com 250 obras de mais de 50 artistas entre modernistas e contemporâneos.

1) Adivinhe qual é o ator que está vestido de Papai Noel? a) Marcos Pasquim b) Reginaldo Farias c) Rodrigo Hilbert d) Max Fercondini 2) Na novela “Mulheres Apaixonadas”, quem interpretou a avó de Dóris (Regiane Alves)? a) Marta Melinger b) Xuxa Lopes c) Lavínia Vlasak d) Carmem Silva 3) O saudoso cantor Cazuza teve sua vida retratada no cinema. Qual desses atores deu vida ao cantor no longa? a) Pedro Neschiling b) Daniel Oliveira c) Bruno Garcia d) Pedro Cardoso 4) Em “Cabocla”, Vera Holtz interpretou qual dessas personagens? a) Generosa b) Emerenciana c) Belinha d) Mariquinha 5) No final da novela “Chocolate com Pimenta”, o que aconteceu com a personagem Olga? a) Ela mudou-se da cidade de Ventura b) Ela casou-se com Danilo (Murilo Benício) c) Ela ficou sozinha a trabalhando como manicure d) Ela casou-se com o soldado Peixoto (Ângelo Paes Leme) e foi trabalhar como manicure (Respostas: 1-b / 2-d / 3-b / 4-a / 5-d)

FESTA DA VIRADA NO HYDDRA O Hyddra Concept Lounge é a mais nova balada de Caiobá. Inaugurada no último domingo, dia 26, ao som da dupla Jeann & Julio, a festa de abertura foi um grande sucesso e a casa promete trazer muito agito para o litoral paranaense. No dia 31, acontece a festa especial da virada, que será regada a muito samba e música eletrônica. Com capacidade para atender mais de 10 mil pessoas na área externa e 2 mil na parte interna, o início da comemoração está previsto para a meia-noite com a banda Bloco do Rio Belém. O dj BG promete continuar o agito com muita música eletrônica. Mais informações pelo fone (41) 3473 4440 ou site www.hyddralounge.com.br.

Brigadeirão Infalível Ingredientes: 1 lata de leite condensado 1 lata de creme de leite sem soro 1 xícara (chá) de chocolate em pó (ou achocolatado) 4 colheres (sopa) de açúcar 1 colher (sopa) de manteiga em temperatura ambiente 3 ovos manteiga para untar 1 xícara (chá) de chocolate granulado para decorar Modo de Preparo: Bata no liquidificador o leite condensado, o creme de leite, o chocolate em pó, o açúcar e a manteiga. Quando ficar homogêneo, despeje em uma forma com furo central (19cm de diâmetro) untada com manteiga. Cubra com papel de alumínio e asse em banho-maria em forno médio (180°C) por cerca de 1 hora e 30 minutos. Desenforme ainda morno e decore toda a superfície com o chocolate granulado. Leve à geladeira por cerca de 6 horas. Para fazer no microondas: Prepare o Brigadeirão como no modo de preparo convencional. Leve ao microondas por cerca de 8 minutos na potência alta. Desenforme ainda morno e decore toda a superfície com o chocolate granulado. Leve à geladeira por cerca de 6 horas.

Cientistas dizem ter criado teste para diagnóstico precoce de Alzheimer Cientistas britânicos dizem ter encontrado uma maneira de diagnosticar o mal de Alzheimer anos antes dos primeiros sintomas. Um exame de punção lombar combinado a uma ressonância magnética do cérebro poderiam identificar pacientes com os primeiros sinais de demência, segundo os pesquisadores. Atualmente não há cura ou um exame único para detectar a doença, que afeta mais de vinte milhões de pessoas ao redor do mundo. Os cientistas esperam que um diagnóstico precoce possa ser usado para selecionar pacientes para testar novos remédios e tratamentos contra a doença. Encolhimento do cérebro Apesar de haver muitos possíveis remédios e vacinas contra Alzheimer em fase de testes, é difícil aferir quão eficazes eles são porque frequentemente a demência só é diagnosticada quando já está em estágio mais avançado. Jonathan Schott e a equipe do Instituto de Neurologia da University College London desenvolveram um método que permitiria fazer o diagnóstico nos primeiros estágios da Síndrome de Alzheimer, o tipo mais comum de demência. Os exames checam duas coisas: o encolhimento do cérebro e a presença de níveis baixos de uma proteína, a amiloide, no líquido cérebroespinhal. Especialistas já sabem que em pacientes afetados pela síndrome há perda de volume no cérebro e um acúmulo incomum de amiloide no cérebro, o que significa menos amiloide no líquido cérebro-espinhal. Voluntários A equipe de cientistas decidiu então fazer os exames de punção lombar e ressonância do cérebro em 105 voluntários saudáveis. Os resultados, publicados na revista científica Annals of Neurology, revelaram que os cérebros dos indivíduos com baixos níveis de amiloide no líquido cérebro-espinhal (38%) encolhiam duas vezes mais rápido que os cérebros dos demais. Eles também tinham cinco vezes mais chances de possuir o gene de risco APOE4 e de ter níveis altos de outra proteína, chamada tau, que costuma ser associada a Alzheimer. Apesar de ainda ser muito cedo para qualquer dos voluntários desenvolver a síndrome, os pesquisadores acreditam que suas suspeitas serão confirmadas no futuro. Isso poderia permitir que os médicos verifiquem que drogas podem ser eficientes em impedir ou adiar o aparecimento dos sintomas de demência.

PALAVRAS CRUZADAS DIRETAS www.coquetel.com.br Herói de Tebas Registro de freqüência escolar (pl.)

Uma das sobrinhas da Margarida (HQ) Torcedor do Fluminense (pop. RJ) Agentes fixadores da água no organismo Desacompanhado É usada pelo alfaiate para tirar medidas

© Revistas COQUETEL 2007 Ligação (fig.)

Obras de Foi feita Paulo da costela de Adão Coelho (Bíblia)

Nome que os índios deram aos franceses

Nome da letra "S"

Função dos incisivos do castor

Estuda (o livro) Nicola (?), ator da TV

Elemento que oxida os metais (símbolo)

(?) e qual: idêntico

Círculo restrito e seleto de pessoas Compositor e cantor brasileiro, gravou "Deixa a Vida me Levar"

Cor; matiz

Parte mais fina da troposfera Marilyn Monroe, mito do Cinema Romance do Visconde de Taunay

80

(?) um por si: lema do grupo desunido

Exames

Pequeno bastão no qual se enrola o algodão a ser fiado

Ritmo musical (?) Johnson, ator

Ninfa do mar (Mit.) Prata (símbolo) Dama de companhia

Anaïs (?), escritora francesa

Na parte superior

Armação da roda da bicicleta Louco, em inglês Lixeiro (bras.) Sabor agradável ao paladar O macaco da "Turma do Pererê" (HQ) De preço elevadíssimo (fig.)

BANCO

Minuto (símbolo) Filho de Aarão (Bíblia)

Possessão norte-americana na Micronésia Utilidade; emprego

G A R I Oscar Niemeyer, arquiteto brasileiro

Hora (abrev.) Carbono (símbolo)

Júlio (?), imperador romano

Solução

N E T V E A R S O S T E E T R

1

M E A S I C R O Z L E S C I C A R A P I D A A G A O M A D A R I O N R H I C O

17h20 G - 22h30 B

E R E O R N C I I A N G U U E S A N O M

Harry Potter e as Relíquias da Morte - Parte 1 (Dub) - 12 Anos

E B C A D E R L I L I P O D O A T E T A M O L O M N A T O C E L I C M I L A N O C T R O

1

S A F I S M I I N D E R A I A S

Horários

Dia 30: Mín. 16º e Máx. 27º Dia 31: Mín. 15º e Máx. 26º Dia 01: Mín. 16º e Máx. 28º

3/mad. 4/solo. 5/édipo. 7/nereida. 12/sais minerais.

Sala Filme

Máx.27º Mín. 15º


6

| Quarta-feira, 29 de dezembro de 2010 |

Diminuição da burocracia com novo sistema motiva abertura de empresas em São José De 1º de março a 1º de dezembro, 6.304 pessoas solicitaram consulta na Prefeitura de São José dos Pinhais para abrir sua empresa. Mesmo compreendendo um período de nove meses, o número já é 40% superior ao registrado nos anos anteriores, que girava na média de 4.500. O principal motivo que levou esse dado a crescer chama-se icad, o novo sistema online para cadastramento e licença de alvarás no município. Mais do que uma ferramenta cômoda, já que o contribuinte não precisa sair de casa para abrir sua empresa, o icad ainda agiliza a tramitação diminuindo a burocracia. Um empreendimento simples pode ser aberto em cerca de 20 dias, tempo bastante inferior à média nacional, que é de 90 dias. O ICAD é um programa desenvolvido por uma empresa privada e comprado pela Prefeitura de São José. Além de ser um sistema que auxilia na abertura de empresas, ele também tem as opções de encerrar empreendimentos, alterar dados e acompanhar protocolos, tudo pelo computador. No Paraná, o icad implantado em São José é um dos pioneiros. Apenas Colombo e Curitiba implantaram esse sistema antes, sendo que na capital o programa é um pouco diferenciado por ter sido criado por outra companhia. O acesso é simples e pode ser feito de qualquer computador com internet. Basta se cadastrar no programa e ir seguindo o passo a passo de acordo com o que se deseja. Para abrir uma empresa, primeiramente é feito uma consulta dirigida à Secretaria de Urbanismo, que verifica a atividade e o endereço do local a ser aberto. Conforme o ramo podem ser exigidas vistorias ou até mais informações. Essa primeira fase, segundo o chefe da Divisão de Licenciamento do Urbanismo, Valfrido Pasqualin, é bastante rápida, com uma média de 3 a 5 dias para o pedido ser deferido ou não. "Recebemos cerca de 40 consultas por dia, todas em tempo real. Dependendo da facilidade do pedido e do horário enviado damos andamento em algumas horas", explica Pasqualin.

Comércio de São José dos Pinhais liquida saldos de Natal Quem conseguiu conter o impulso natalino ainda poderá economizar até 70%, nos dias que antecedem a virada do ano, aproveitando as liquidações dos saldos de Natal nas principais lojas de móveis e eletro domésticos de São José dos Pinhais. Na segunda-feira (27), algumas lojas pertencentes às grandes redes iniciaram a queima do estoque com promoções arrasadoras e conseguiram atrair milhares de são-joseenses com descontos que variavam entre 40% e 72%. Itens como televisores, camas, roupeiros, lavadoras, geladeiras, estofados e portáteis foram os mais procurados desde o início da semana nas lojas que anunciaram as promoções atrativas. Com isso, centenas de pessoas preferiram encarar a fila nas portas dos estabelecimentos desde o início da madrugada para garantir a compra do produto em promoção. Segundo o gerente da MM Mercado Móveis, Marcos Reis Teixeira, aproximadamente 1.500 pessoas passaram pela loja, no centro da cidade, nos últimos dois dias. "Nós iniciamos a semana liquidando os saldos de Natal e podemos dizer que a promoção foi um sucesso", diz Teixeira. De acordo com ele, a loja pretende superar em mais de 30% as vendas em relação aos últimos dois meses que antecederam o período natalino. Com as portas abaixadas e apenas uma entrada para os clientes, as prateleiras e balcões exibiam produtos como televisores com 50% de desconto; ventiladores de R$ 79 por R$ 39 (50%); ferro a vapor de R$ 19,90 por menos da metade do preço, além de mó-

veis e estofados que também foram inclusos na promoção. "A nossa linha de portáteis foi a mais procurada. Só ontem, vendemos 150 ventiladores com descontos de 50%". As promoções nos produtos de mostruário e sobras do Natal, nas grandes lojas de rede, não foram as únicas em São José dos Pinhais. Algumas lojas de confecções e calçados também comemoraram o sucesso nas vendas durante o período e fecharam suas portas depois do Natal com a promessa de retornar somente depois do Ano Novo. "Com o estoque zerado e a expectativa de muitas vendas em 2011, o negócio agora é descansar

esta semana", comemora a vendedora Eliana. F. S., que trabalha em uma galeria na Rua XV de Novembro. Já a administradora, Sônia Ivani de Souza, que gerencia uma loja de calçados no centro da cidade, lamenta o fracasso nas vendas. Apesar do grande movimento, ela conta que o ano passado foi melhor para o setor de calçados e bolsas, no mesmo período. "Não falo pelos outros, mas sim pela nossa unidade. Nossas vendas não superaram as expectativas e estamos aguardando o início do ano, quando nossa coleção de verão estará exposta", disse Sônia. Segundo ela, desde o início desta semana

os vendedores estão atendendo clientes que retornaram à loja para fazer a famosa troca dos produtos. LIQUIDAÇÃO INÉDITA Ao que tudo indica, uma nova rodada de promoções deve ocorrer no início do mês de janeiro com a tradicional liquidação do Magazine Luiza. Segundo os vendedores, uma mega promoção, batizada de 'Liquidação Fantástica', deverá ser lançada nas mais de 400 lojas da rede, inclusive em São José dos Pinhais, onde o público será atendido a partir das 6h para aproveitar descontos de até 70% na maioria dos produtos expostos.

A fachada da loja indicando promoções atraiu um grande público

A procura pelo melhor produto em promoção fez lotar o interior dessa loja

A gerente desta loja de calçados disse que as vendas foram menores que em 2009

O sucesso das vendas de Natal foi tamanho que esta loja, na Galeria Di Bruno, ainda não abriu durante a semana

Promovendo parcerias para o crescimento empresarial

Câmaras Setoriais contribuem para o desenvolvimento econômico Com o passar dos anos, a Aciap passou a formar núcleos empresariais responsáveis por áreas específicas da economia, referentes a setores compreendidos pela entidade, como o Comércio, Indústria, Agricultura e Serviços. Estes núcleos são denominados Câmaras Setoriais. A gestão da diretoria da instituição começa pelo Conselho Deliberativo, que é eleito pelos associados. Após a eleição da Diretoria Executiva pelo Conselho, as Câmaras Setoriais são formadas. Atualmente, existem nove Câmara Setoriais, sendo dos Advogados, Contadores, Comércio, Imobiliária, Madeira e Mobiliário, Turismo, Informática, Comércio Exterior e Consultores. COMÉRCIO "Na gestão 2009/2010, realizamos os seguintes programas: Reabilitação do Crédito; Dia do Comerciante e Campanha de Natal. Sempre com o objetivo de fortalecer o comércio local, atraindo a população para fazer suas compras no município. Elevar o potencial dos comerciantes é fundamental para o crescimento da cidade", diz Luiz Cesar Schlipake, empresário e coordenador da Câmara Setorial do Comércio 2009/2010.

FALECIMENTOS  Maria dos Santos, 87 anos. Sepultamento hoje, às 15 horas, no Cemitério Parque Senhor do Bonfim.  Izael Pinheiro, 35 anos. Sepultamento hoje, às 9 horas, no Cemitério Caminho do Céu. Serviço Funerário Municipal - São José dos Pinhais Rua Ângelo Zem, 55 Centro - Fone : 3382 1271


7

| Quarta-feira, 29 de dezembro de 2010 |

Metró ole Economia Feijão, carne e queijo puxam alta de preços em supermercados A cesta Abrasmercado subiu 14,88% de janeiro a novembro, alcançando o valor de R$ 300,47. De outubro a novembro, a alta foi de 4,80% São Paulo – O feijão, o queijo mussarela e a carne bovina foram os maiores responsáveis pela alta de preços em supermercados em 2010. Puxada principalmente por esses três itens, uma cesta composta por 35 produtos de maior consumo no país já subiu quase 15% neste ano e superou em aproximadamente 10 pontos percentuais o Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) acumulado durante o mesmo período. Os dados foram divulgados ontem (28) pela Asso-

ciação Brasileira de Supermercados (Abras), em São Paulo. Segundo a entidade, a cesta Abrasmercado subiu 14,88% de janeiro a novembro, alcançando o valor de R$ 300,47. De outubro a novembro, a alta foi de 4,80%. Já o IPCA acumula variação de 5,25% de janeiro a novembro deste ano. Em novembro, a inflação medida pelo índice registrou variação de 0,83% frente o mês de outubro. O feijão, produto com o maior aumento dentre os incluídos na cesta Abras-

mercado, teve alta de 64,6% de janeiro a novembro. O queijo mussarela subiu 33,5% e a carne bovina (traseiro), 30,6%, no período. O aumento dos preços, entretanto, não comprometeu as vendas do setor. De janeiro a novembro, as vendas nos supermercados cresceram 4,33%, já descontada a inflação medida pelo IPCA. Para o superintendente da Abras, Tiaraju Pires, esse resultado é positivo. Em nota, ele afirmou que 2010 é o terceiro ano seguido de crescimento do faturamen-

to dos supermercados. Pires acredita que as vendas de fim de ano devem colaborar para que o resultado final do ano seja ainda melhor do que o obtido até o final de novembro. “Devemos fechar o ano com um crescimento próximo de 4,5%”, estimou. “O faturamento do setor cresce ininterruptamente há três anos. Isso mostra que mais gente, principalmente das classes D e E, está entrando no mercado de consumo. Esperamos que 2011 mantenha essa tendência.”

Despesas superam receita e resultado afeta superávit primário Brasília – O Tesouro Nacional contabilizou receita líquida de R$ 58,452 bilhões no mês de novembro, com redução de R$ 3,885 bilhões na comparação com outubro, enquanto a despesa total cresceu R$ 2,818 bilhões de um mês para o outro. O resultado explica, em grande parte, a queda do superávit primário, a economia para pagamento dos juros da dívida, que, em novembro, registrou R$ 1,1 bilhão ante R$ 7,8 bilhões no mês anterior. Os números foram divul-

gados ontem (28) pelo secretário do Tesouro Nacional, Arno Augustin. Ele explicou que a queda deve-se a um fator sazonal (que ocorre em determinados períodos). Isso porque a arrecadação trimestral é contabilizada no mês subsequente ao trimestre, terminado nos meses de março, junho, setembro e dezembro. Ele espera, no entanto, que o “bom desempenho da economia” neste mês possibilite os quase R$ 12 bilhões que faltam para o Governo Central (Tesouro, Previdência Social e Banco Central)

atingir a meta de R$ 76,296 bilhões no ano. Augustin disse que o Tesouro alcançou uma economia de R$ 5,7 bilhões, mas a Previdência e o Banco Central tiveram déficits de R$ 4,4 bilhões e de R$ 151,8 milhões, respectivamente, no mês passado. O secretário continua otimista, contudo, porque, no acumulado de janeiro a novembro, o superávit somou R$ 64,6 bilhões, equivalentes a 1,84% do Produto Interno Bruto (PIB) estimado para 2010. “Acreditamos no bom desempenho

da economia em dezembro e estamos mirando a meta cheia”, afirmou. O secretário do Tesouro ressaltou que uma das principais variações reais sobre o crescimento nominal do PIB – soma das riquezas e serviços produzidos no país – são as despesas com pessoal, que caíram 4,8% neste ano. Ele acredita que 2011 também será um ano de contenção de despesas com pessoal, de modo a contribuir para a tendência de queda permanente na relação dívida/PIB nos próximos anos.

Porto de Paranaguá apresenta projeto do Terminal de Passageiros O superintendente dos Portos Públicos do Paraná, Mario Lobo Filho, e o secretário especial para Assuntos da Copa, Algaci Túlio, apresentaram ontem (28) para autoridades, empresários, representantes do setor portuário e da sociedade civil organizada, o anteprojeto do Terminal de Passageiros de Paranaguá. O objetivo é debater com a comunidade e incorporar novas ideias ao futuro projeto executivo, que numa fase mais avançada definirá a execução das obras. “Com isso, agilizamos o processo como um todo, o que garante que esta reivindicação tão antiga da população de Paranaguá seja respondida o mais rápido possível, no próximo governo”, destacou Lobo Filho. “Entendemos a urgência deste Terminal para o setor de serviços e o comércio da cidade, principalmente com a realização da Copa do Mundo de Futebol, em 2014”, completou ele. A instalação para recepção dos turistas deve contar com estacionamento para

ônibus, carros e motos, sala de embarque e desembarque, restaurante, mirante, lojas, ambulatório e espaços reservados para Alfândega, Policia Federal e Receita Federal. O projeto básico prevê um prédio moderno de três andares, com capacidade para abrigar até 2 mil pessoas. De acordo com o secretário Algaci Túlio, o projeto é ousado e vai atender os turistas dentro dos padrões internacionais. “Quem vier de outros países para assistir aos jogos da Copa em Curitiba terá a opção de chegar pelo mar e ter todo o conforto possível. Este terminal é um sonho do governador Orlando Pessuti e coloca o Paraná mais próximo dos objetivos de receber muito bem a todos que chegarem aqui”, disse. Segundo o presidente da Associação Comercial, Industrial e Agrícola de Paranaguá, Yahia Hamud, a iniciativa é inédita e atende um anseio histórico da comunidade local. “Nunca antes uma autoridade portuária

demonstrou esta vontade de concretizar o Terminal de Passageiros. O setor industrial e comercial da cidade está muito satisfeito e vê que o próximo superintendente está disposto a dar continuidade ao projeto”, ressaltou. Para Hamud, o Terminal transformará o Porto de Paranaguá em porta de entrada e saída de turistas para todas as regiões do estado, fazendo com que a cidade passe a ser um centro irradiador de turismo no Paraná. “De Paranaguá os visitantes podem seguir para as cidades históricas de Antonina e Morretes, visitar as praias do nosso Litoral, Curitiba que é a capital ecológica, Vila Velha e, até mesmo, Foz do Iguaçu, por avião”, enumera ele. MULTIUSO O projeto básico prevê a construção de um berço de atracação múltipla, capaz de receber os navios de turismo e navios do tipo PCC (Pure Car Carrier), que transportam carros pelo sistema de rolamento. A ampliação

será feita em um ângulo de 45° a leste do cais hoje existente, em seguida ao terceiro berço do Terminal de Contêineres de Paranaguá (TCP), que será construído e concluído em 2011. Segundo o superintendente da Appa, a vantagem do berço de uso compartilhado é que ele evita períodos de ociosidade fora da temporada de férias, quando cai o turismo marítimo em todo o país. “A grandeprocura por cruzeiros geralmente se dá entre os meses de novembro a março. No restante do ano, o novo berço receberá navios de veículos, que operam com rampa e são compatíveis com a estrutura que planejamos”, explica Lobo Filho. A implantação faz parte da relação de obras de infraestrutura para expansão do Porto de Paranaguá em curto prazo, já entregue para inclusão no PAC 2, do Governo Federal. O valor total é estimado em R$ 60 milhões e o prazo para início das construções depende de licenciamento ambiental emitido pelo Ibama.

TR, POUPANÇA E TBF TR MENSAL % set out 0,07 0,05

nov 0,03

dez 0,14

ano 0,69

12 m 0,69

POUPANÇA MENSAL % set out nov 0,57 0,55 0,53

dez 0,64

ano 6,90

12 m 6,90

ÍNDICES DIÁRIOS 27/11 a 27/12 28/11 a 28/12 29/11 a 29/12 30/11 a 30/12 1/12 a 31/12 1/12 a 1/1 2/12 a 2/1 3/12 a 3/1 4/12 a 4/1 5/12 a 5/1 6/12 a 6/1 7/12 a 7/1 8/12 a 8/1 9/12 a 9/1 10/12 a 10/1 11/12 a 11/1 12/12 a 12/1 13/12 a 13/1 14/12 a 14/1 15/12 a 15/1 16/12 a 16/1 17/12 a 17/1 18/12 a 18/1 19/12 a 19/1 20/12 a 20/1 21/12 a 21/1 22/12 a 22/1

0,0351 0,0638 0,1144 0,1105 0,1127 0,1406 0,0819 0,0663 0,0587 0,0871 0,1361 0,1209 0,1997 0,0888 0,0678 0,0702 0,0892 0,1100 0,1138 0,1035 0,0954 0,0637 0,0648 0,0935 0,1135 0,1254 0,1299

0,7754 0,8143 0,8352 0,8213 0,8335 0,8716 0,8425 0,8268 0,8091 0,8478 0,8671 0,8418 0,9107 0,8595 0,8283 0,8207 0,8599 0,8909 0,8847 0,8743 0,8616 0,8142 0,8153 0,8542 0,8944 0,9064 0,9109

CONSTRUÇÃO em % set out nov CUB/PR 0,27 0,12 0,16 CUB (Novembro / 2010): R$ 916,34

0,5353 0,5641 0,6413 0,5823 0,5666 0,5590 0,5875 0,6368 0,6215 0,6303 0,5892 0,5681 0,5706 0,5896 0,6106 0,6144 0,6040 0,5959 0,5640 0,5651 0,5940 0,6141 0,6260 0,6305

ano 8,35

12 m 8,49

FAJ-TR / TR-FATOR 24/12 25/12 26/12

2,71815646 2,71815732 2,71815732

0,01217815 0,01217815 0,01217815

SELIC Nov/09 0,66% Jul/10 Dez/09 0,73% Jun/10 Jan/10 0,66% Ago/10 Fev/10 0,59% Set/10 Mar/10 0,76% Out/10 Abr/10 0,67% Nov/10 Mai/10 0,75% Dez/10 * No mês corrente o valor da Selic é sempre 1,00%

0,86% 0,79% 0,89% 0,85% 0,81% 0,81% *1,00%

IR * IR 2010: A oitava parcela do IR 2010 venceu em 30/11. Para pagamentodeparcelas atrasadas há em dezembro juros selic de 6,76% mais multa ** Para pagar atrasado um tributo cujo vencimento foi no mesmo mês,será cobrada a Selic do mês corrente (1,00%). Para atrasos que extrapolem omês em curso, será cobrada taxa equivalente à soma da Selic dos meses ematraso, mais multa. PREVIDÊNCIA Competência: NOVEMBRO Vencimento empresas 20/12 e pessoas físicas 15/12. A partir disso há multas de 4% a 100% e juros (Selic) EMPRESÁRIO/EMPREGADOR Contribui com 11% sobre o pró-labore, entre R$ 510,00 (R$ 56,10) e R$ 3.467,40 (354,08), através de GPS. AUTÔNOMO 1) Quem só recebe de pessoas físicas: recolhe por carnê 20% sobre os limites de R$ 510,00 (R$ 56,10) a R$ 3.467,40 (R$ 381,41) . 2) Quem só recebe de pessoas jurídicas: a empresa recolhe 11% até o máx. de R$ 3.467,40 (R$ 381,41) e desconta do autônomo. 3) Quem recebe de jurídicas e físicas: têm desconto de 11% sobre o que recebe de jurídicas, até R$ 3.467,40 (R$ 381,41). Se não atingir este teto, recolhe 20%, via carnê, sobre a diferença até R$ 3.467,40 FACULTATIVO Contribui com 20% sobre qualquer valor entre R$ 510,00 (R$ 102,00) e R$ 3.467,40 (R$ 693,48), através de carnê. ASSALARIADOS Salário Contribuição (R$) Até 1.040,22 De 1.040,23 até 1.733,70 De 1.733,71 até 3.467,40

Alíquota 8,00% 9,00% 11,00%

EMPREGADOS DOMÉSTICOS Alíquota % 8 a 11 12 20 a 23

Empregado Empregador Total

R$ mín 40,80 61,20 102,00

SALÁRIO FAMÍLIA – OUTUBRO Salário de até R$ 539,03 Salário de R$ 539,04 a 810,18

R$ máx 381,41 416,09 797,50

R$ 27,64 R$ 19,48

OUTROS ÍNDICES BTN + TR TJLP Sal. Mínimo FGTS UPC

set 1,530928 6,00 510,00 0,3377 21,86

out 1,543410 6,00 510,00 0,3139 21,92

IR – TABELA DE OUTUBRO Desconto na fonte e carnê-leão Base (R$) Alíquota Até 1.499,15 isento 1.499,16 a 2.246,75 7,50% 2.246,76 a 2.995,70 15,00% 2.995,71 a 3.743,19 22,50% 3.743,19 em diante 27,50%

nov 1,544138 6,00 510,00 0,2939 21,92

dez 1,544656 6,00 510,00 0,2803 21,92

Dedução – R$ 112,43 R$ 280,94 R$ 505,62 R$ 692,78

Deduções: a) Assalariados: 1) - R$ 150,69 por dependente; 2) - pensão alimentícia; 3) - contribuição à Prev. Social; 4) - R$ 1.499,15 por aposentado a partir de 65 anos; 5) - contribuições à previdência privada e aos Fapi pagas pelo contribuinte; b) Carnê Leão: itens de 1 a 3 mais as despesas escrituradas.


8

| Quarta-feira, 29 de dezembro de 2010 |

OPINIÃO

CAMPINA GRANDE DO SUL

Campina Grande do Sul concedeu a mais importante honraria do município a Nivaldo Bernardi (Nei), no último dia 22, em cerimônia realizada no centro de eventos Aníbal Khoury. O título de cidadão honorário, conforme a lei 44/2010, foi aprovado por unanimidade pelos vereadores e sancionado pelo prefeito Luiz Assunção. "Este título é concedido em agradecimento a tudo o que o Nei fez pela nossa cidade, pelas nossas famílias e pelo companheirismo e humildade que ele representa", disse o presidente da Casa e autor da lei, vereador Wilson Waller. Em seu pronunciamento, o prefeito Luiz Assunção declarou apoio à iniciativa e falou sobre o merecimento da homenagem. "Qualquer progresso precisa começar de algum lugar. Sem os pioneiros, sem as pessoas que têm a coragem de plantar as sementes, nada é possível: nenhum emprego, nenhum progresso, nenhuma melhoria social. E o que o Nei fez não tem preço. Ele foi corajoso, arriscou e permitiu que Campina começasse o caminho do desenvolvimento. Somos muito gratos pelo seu trabalho atuante. É um título certamente merecido, pela dedicação que transformou o nosso município e trouxe, direta ou indiretamente, melhor qualidade de vida para todos que moram aqui". Emocionado, Nei Bernardi agradeceu a homenagem e exemplificou a história de desenvolvimento de Campina Grande do Sul. "Quando assumi a prefeitura, existia apenas uma linha de ônibus para Curitiba, que saía de manhã e voltava no fim da tarde. Quando terminei meu mandato, existiam quatro linhas. De lá pra cá, o crescimento do município continuou progressivamente. É bom olhar para trás e ver o quanto a nossa cidade avançou". Nei também aproveitou a ocasião para fazer um elogio ao trabalho da gestão do prefeito Luiz Assunção. "Talvez nenhum prefeito tenha feito tanto em tão pouco tempo. Em seu primeiro mandato, Assunção resolveu sérios problemas econômicos e administrativos e, ao mesmo tempo, encheu as ruas de obras. É uma pessoa que segue à risca a complexa burocracia

Foto PMCGS

Nivaldo Bernardi é o mais novo cidadão honorário de Campina Grande do Sul

Nivaldo Bernardi em sua homenagem que garante a legalidade dos atos do município, mas não esquece de cumprir os trabalhos necessários para o desenvolvimento de Campina". E deixou um conselho: "Torço para que você não canse. Persista no seu ideal". BIOGRAFIA Nivaldo Bernardi, filho de Ricieri Bernardi e Tereza Buzzi Bernardi, nasceu em Apiuna, Santa Catarina, em 1946, e migrou com sua família para Colombo. Em 1969, casou-se com Myrian Thomazine Bernardi. Eles tiveram dois filhos, Frederico e Guilherme Bernardi, e os netos Thais e Giulia Bernerdi. Estabeleceu-se no comércio em Campina Grande do Sul fundado com seu pai e irmãos o Posto Gralha Azul, em 1971. Também fundou junto com seus irmãos a Madegral - Indústria e Comércio de Madeiras Gralha Azul. Ingressou na política como prefeito do município entre os anos de 1982 e 1988. Em 1989 foi diretor da CFP Companhia Brasileira de Fomento, hoje Conab. Em 1992 disputou a elei-

ção para prefeito. De 1996 a 2000 foi vice-prefeito de Campina Grande do Sul e secretário de Indústria e Comércio. De 2000 a 2004 foi reeleito viceprefeito de Campina Grande do Sul, e a partir de 2005, assumiu seus negócios como empresário. PRESENÇAS Acompanharam a cerimônia de entrega do título de cidadão honorário de Campina Grande do Sul a Nivaldo Bernardi os vereadores Wilson Waller, Lucas Sehnem, Sérgio Cavagni, Eli Martins, Claudine Rodrigues, Eugênio Zanona e Amarildo Bandeira, além da juíza da comarca de Campina Grande do Sul, doutora Paula Priscila Candeo Haddad Figueira; promotor de Justiça, doutor Octacílio Sacerdote Filho; e padre Messias. De Quatro Barras, estiveram presentes o prefeito Loreno Tolardo e o presidente da Câmara, vereador Antonio César Totó Creplive. NOVA MESA DIRETIVA Durante a sessão que concedeu o título de cidadão honorário a Nei Bernardi, o presidente da Câmara, ve-

reador Wilson Waller, aproveitou a motivação do final de ano para se despedir da presidência e apresentar a nova mesa diretiva, que assumirá o biênio 2011-2012: Eugênio Zanona (presidente), Eli Martins (vice-presidente), Claudine Rodrigues (primeiro-secretário) e Ricardo Tchuck (segundo-secretário). MAIS HOMENAGENS A Câmara de Campina Grande do Sul também prestou uma homenagem à família de Quiélse Crisóstomo da Silva (in memorian). Como forma de reconhecimento aos relevantes trabalhos desenvolvidos por Quiélse no município, os vereadores entregaram uma homenagem à viúva Nilza Bodini Crisóstomo e aos seus quatro filhos, entre eles o deputado estadual Cleiton Kielse. Quiélse nasceu em Campina Grande do Sul em 20 de janeiro de 1937. Casou-se com Nilza Bodini Crisóstomo com quem teve quatro filhos: Kielse, Claudiane, o atual deputado estadual Cleiton Kielse e Fábio. Foi oficial M2 da cavalaria do exército, jogador do Coritiba Futebol Clube, professor da cadeira de urbanismo, saneamento e traçado de cidade, formou-se em Engenharia Civil, Arquitetura e Urbanismo na Universidade Federal do Paraná. Como engenheiro teve atuação relevante em vários cargos de poder publico estadual, revelando-se excelente engenheiro sanitarista quando atuou na Secretaria de Estado de Saúde. Foi deputado estadual por seis legislaturas, entre 1971 a 1991, período que por diversas vezes ocupou o cargo de 1º e 2º secretário da Assembleia Legislativa, além de presidente de diversas sessões daquela casa de leis. Teve outorgado o título de cidadão honorário do Paraná pela Assembleia Legislativa, teve outorgado o titulo de cidadão honorário por várias câmaras municipais de diversos municípios do Paraná. Em 1990 tomou posse como Conselheiro do Tribunal de Contas do Paraná. Em 1992 e em 1993 ocupou o cargo de vice-presidente concomitante ao cargo de presidente do Conselho Superior do Tribunal. No biênio de 1999 e 2000 ocupou o cargo de presidente do Tribunal de Contas do Paraná, quando implementou as novas diretrizes do Tribunal em vista da edição da Lei de Responsabilidade Fiscal, em maio de 2000. Em Campina Grande do Sul ficou eternizado no Parque de Eventos do município, que foi batizado com o seu nome.

Por Aroldo Murá G. Haygert

A memória paranaense Cabe a pergunta: qual é a situação do acervo histórico? Essa é questão a ser investigada pela equipe do secretário Paulino Viapiana. O governo que está chegando ao estado poderá marcar alguns pontos na área cultural se partir para um programa maduro de levantamento da memória paranaense na sua fronteira mais imediata, a da história oral. A quase solitária e ampla ação nesse sentido, e muito bem-sucedida, foi o projeto Memória Paranaense/Bamerindus, que colheu profissionalmente cerca de 350 depoimentos em UHF, nos anos 1980/90. Hoje é praticamente impossível conhecer a íntegra do trabalho. Ocorre que o insuperável acervo ficou inicialmente em poder do Banco Central, e depois teria ido para o Museu da Imagem e do Som (MIS), mas o destino das fitas é dado como inacessível ao público. Ou poucos privilegiados a elas chegaram. Na verdade, cabe a pergunta: qual é a situação do acervo histórico? Essa é questão a ser investigada pela equipe do secretário Paulino Viapiana. Ela poderá dizer os propósitos do poder público para a fitas. Outra ação importante com a mesma intenção, mas sem a amplitude do trabalho patrocinado pelo Bamerindus, foram os depoimentos dados a José Wille, na CBN/Curitiba. O projeto do Bamerindus ouviu paranaenses que construíram nossa história, ao longo do século 20, recolhendo o olhar memorialístico de atores de grandes momentos da realidade paranaense, de políticos como Ivo Arzua, Ney Braga, Euclides Scalco, a educadores como Ruy Wachowicz, dom Jerônimo Mazzaroto, Hélcio Buck e Silva, Ocyron Cunha, Cecília Westphalen, cientistas como Metry Bacilla, artistas e animadores culturais, como Ennio Marques Ferreira, o crítico Wilson Martins. O monumental esforço consumou-se a partir de concepção de Belmiro Valverde Castor. Foi capitaneado por João De Deus Freitas Neto, com o apoio de entrevistadores inseridos na história do estado: jornalistas Luiz Geraldo Mazza, Aramis Millarch, Hélio Puglieli, Renato Schaitza, equipe da qual também fiz parte. Num certo tempo, teve a ajuda de Eloi Zanetti. No âmbito do governo, pouco ou quase nada foi feito na área, a não ser tentativas semiamadoras patrocinadas por alguns servidores públicos. A proposta de seguir as pegadas do Bamerindus - sobretudo com alocação de recursos materiais essenciais - está contida no Projeto Memória Paranaense/ Uninter, existente há quatro anos, que já tem cerca de 40 fitas gravadas profissionalmente em estúdio. O projeto vem colhendo depoimentos inéditos e decididamente históricos, como os dos ex-ministros Karlos Rischbieter (Fazenda), Arzua (Agricultura) e Euclides Scalco. Arzua e Rischbieter foram personagens de capital participação nos governos Costa e Silva e João Figueiredo. Scalco, ministro de FHC, registrou seu amplo olhar sobre a geografia e os meandros socioeconômicos paranaenses, em suas passagens privilegiadas de construtor da sociedade. A ampla imersão de Fani Lerner na construção de políticas públicas para a infância - eis outro tento do projeto Uninter. Ex-governadores, como Jaime Lerner e Paulo Pimentel, assim como o ex-prefeito de Curitiba Saul Raiz - que estiveram no epicentro das grandes decisões históricas da vida do Paraná nos 50 anos - registraram, às vezes em mais de uma gravação, como viram, viveram e atuaram em episódios decididamente históricos. Há o olhar terno e sapiente de intelectuais, como o nonagenário poeta e mestre da língua de Camões, Leopoldo Scherner, registrado em DVD, assim como o arcebispo emérito Dom Pedro Fedalto faz uma ampla e irretorquível incursão pela história de Curitiba dos últimos 60 anos. Levanta dom Pedro datas, nomes e episódios com maestria e revelando memória prodigiosa. Os exemplos do Bamerindus e Uninter agora avultam quando mergulho na leitura de uma obra recente (e rara), escrita pela jornalista Maí Nascimento Mendonça e a bibliotecária Maria Thereza Brito de Lacerda - Os franceses no Paraná. O livro, que não está à venda e chega às mãos de público selecionado na sua primeira fase de distribuição, é prova de que a História se desvenda com pertinácia, muita pesquisa e capacidade de síntese. Não é trabalho que comporte ficar na "reserva de mercado" dos historiadores universitários. O livro é prova, sobretudo, de que o olhar jornalístico, como o de Maí, não tem limites, até para quebrar tabus históricos. Tal como fez o projeto Bamerindus, e faz o Memória/Uninter (em cuja equipe estão Luiz Geraldo Mazza, Celso F. do Nascimento, Eduardo Sganzerla, Geraldo Bolda e Hélio Puglielli). Aroldo Murá G. Haygert, jornalista, é coordenador do Memória Uninter, presidente do Instituto Ciência e Fé, autor da série de livros Vozes do Paraná. aroldo@cienciaefe.org.br


| Quarta-feira, 29 de dezembro de 2010 |

9

Delegado afirma que houve redução da criminalidade em São José dos Pinhais liciais estão percorrendo a cidade, infiltrados em filas de terminais, bancos, Correios, andando de ônibus, abordando pessoas suspeitas e efetuando prisões, ti-

rando de circulação elementos procurados pela Justiça, traficantes e assaltantes", explica Dechiche. Segundo ele, desde o início do trabalho velado, qua-

se uma dezena de crimes foram elucidados com a prisão dos autores e a sociedade obteve uma resposta da polícia. "Nós procuramos dar prioridade nos casos mais

Dechiche: "o sucesso da operação de Natal nos incentiva a continuar com o trabalho velado na cidade"

Foto Sesp

Corpo de Bombeiros comemora o salvamento de 147 pessoas no mar O Dia do Guarda-Vidas, profissional do Corpo de Bombeiros responsável pela proteção das pessoas em ambientes perigosos como no mar e rios, comemorado ontem (28), serviu também para brindar o sucesso da corporação na Operação Viva o Verão, na Costa Leste, onde os profissionais de salvamento estão desde o dia 11 de dezembro, quando foi lançada a operação. Até agora foram 147 salvamentos no litoral paranaense, o que significa que todas essas pessoas tiveram atendimento rápido dos guarda-vidas, que os retiraram do mar, evitando consequências mais graves. Nesta temporada, os 700 bombeiros em atuação no litoral estão presentes em 105 postos de guarda-vidas na orla marítima, e se mantêm atentos a situações adversas para, se necessário, realizar buscas, salvamentos e outros serviços terrestres como combate a incêndio. Também fazem trabalhos de prevenção que in-

graves e efetuamos a prisão de vários criminosos que estavam em dívida com a Justiça. Desmantelamos quadrilhas de assaltantes, prendemos pedófilos, homicidas e conseguimos esclarecer crimes hediondos ocorridos nos últimos me-

ses no município", disse Dechiche. Para ele, o trabalho secreto de investigação e as abordagens aos suspeitos devem continuar não só no centro da cidade, mas nos bairros, onde a incidência de crimes ainda preocupa as autoridades policiais.

RONDA POLICIAL

Foto Ademar Marques

O trabalho velado da Polícia Civil durante a Operação de Final de Ano, em São José dos Pinhais, realizado nos últimos 60 dias, apresentou resultados positivos com a redução da criminalidade no município. A afirmação é do delegado titular da polícia local, Osmar Antônio Dechiche, ao afirmar que os assaltos contra estabelecimentos bancários, casas lotéricas e lojas comerciais, no centro da cidade, não aconteceram durante o período antes do Natal em razão da operação policial especial que começou no dia 1º de novembro. "O número de homicídios caiu consideravelmente, assim como os roubos contra estabelecimentos que movimentam muito dinheiro no dia a dia, a exemplo das casas lotéricas e bancos, também não aconteceram. Desde o início da operação, nossos po-

Equipes de buscas e salvamentos dos Bombeiros estão atuando no litoral desde o início de dezembro

cluem orientações e advertências. Apenas no período de 17 dias de trabalho foram prestados 20.329 esclarecimentos, sendo 9.246 orientações e 11.083 advertências. "O corpo de bombeiros faz diversos salvamentos na praia, muitos deles simples, ou seja, aqueles em que a vítima sai sem maiores problemas, sem dificuldades respiratórias, mas há casos de afogamentos que vão do grau 1 ao grau 6, e cada

um deles reflete certa gravidade", disse o porta-voz do Corpo do Bombeiros do Paraná, capitão PM Leonardo Mendes dos Santos. O grau 1 é determinado pela tosse simples. Os outros graus dependem da gravidade do afogamento. O 6 é quando a vítima sofre parada cardiorrespiratória ainda com possibilidade de reversão. Nenhuma queimadura por água viva foi registrada até o mo-

Três veículos “estragam” a cada hora nas rodovias rumo ao litoral paranaense A Operação Final de Ano, nas estradas que dão acesso ao litoral do Estado, avança e com ela alguns números chamam a atenção. Desde a sexta-feira (17), inicio dos trabalhos, a cada hora, em média, três motoristas interromperam suas viagens, média de 72 por dia, 800 até a última segunda-feira (27), para um fluxo de 240 mil automóveis nos dois sentidos. O motivo das paradas: falta de uma revisão mais apurada no veículo antes de sair de casa. Dos 800 eventos registrados pela Ecovia, concessionária que administra a BR-277, o que corresponde a uma média de 3.200 pessoas atendidas, mais da metade, 456, precisaram ser removidos pelo serviço de guincho da concessionária, ou seja, a família precisou voltar para casa e ou levou um período maior de tempo para chegar ao destino. En-

tre as panes mais comuns registradas nas estradas rumo ao litoral estão: mecânica, seguida do pneu furado, elétrica e seca. "São itens de fácil checagem. Disponibilizar algumas horas antes da viagem para passar na oficina mecânica e verificar os itens básicos pode contribuir para um deslocamento seguro e sem transtornos", diz Marcelo Belão, coordenador de tráfego da Ecovia. Segundo ele, o que chama atenção nestes atendimentos é que os veículos removidos possuem placas de cidades próximas ao litoral do Estado. "Existe uma sensação de que viagem curta não exige uma checagem mais apurada do veículo, o que não é verdade, pois dirigir em estrada é diferente de fazer o percurso nas ruas de cidades", explica o coordenador de tráfego.

mento. Outros serviços também foram prestados neste período como o atendimento a 17 crianças que se encontraram perdidas na praia, e 1.886 trabalhos de prevenção. Com todo este esforço do Corpo de Bombeiros para prevenir afogamentos, até o momento, desde que começou a Operação Viva o Verão, foram registradas quatro mortes no litoral. "As mortes foram por afogamento ou por complicações pós-episódios de afogamento, isso já no ambiente hospitalar. Isto significa que algumas foram em regiões não protegidas, não assistidas pelo Corpo de Bombeiros em que não existiam guarda-vidas na região", afirma o capitão. Um dos casos aconteceu de manhã, em horário que não havia guarda-vidas no posto, o que contraria as advertências e orientações do Corpo de Bombeiros. "As pessoas devem buscar horários específicos para o banho de mar, que seja das 8h da manhã até às 20h, e em locais protegidos e locais assistidos", informa o capitão Leonardo. FERIADO Entre os dias 24 e 26 de dezembro, os bombeiros fizeram 70 salvamentos, 12.135 advertências e/ou orientações, e registraram uma morte. Também, neste período, auxiliaram oito crianças perdidas. O Corpo de Bombeiros do Paraná conta com infraestrutura adequada, bem como qualidade dos equipamentos disponíveis. O helicóptero da Polícia Militar e jet-skis, por exemplo, são usados para auxiliar os bombeiros nas buscas e salvamentos.

ALARDE A detenção de um andarilho, no bairro Afonso Pena, em São José dos Pinhais, feita por guardas municipais, na manhã de ontem (28), deu o que falar. Segundo a polícia, o rapaz é morador de rua e pulou o muro de uma residência causando um susto na moradora. Em seguida, uma equipe da GM chegou ao local e efetuou a prisão do elemento, que foi trazido para a DP sob acusação de assalto e de ter tentado molestar uma criança de cinco anos. A mãe da suposta vítima compareceu na delegacia e disse que as acusações contra o desconhecido eram infundadas e que não foi nada disso que aconteceu. Depois de desfeita a confusão, o detido assinou um termo circunstanciado e foi liberado. O delegado Osmar Dechiche disse que tudo não passou de sensacionalismo. CAMPEÃO DE MULTAS Um veículo Pólo, de cor azul, foi abordado por policiais do Batalhão de Polícia de Transito (BPTran), no início da tarde de ontem (28), no bairro Santa Felicidade, em Curitiba e causou surpresa nos agentes. Ao verificar a documentação, a PM constatou que o veículo estava "atolado" em multas e IPVA atrasados que chegavam ao valor de R$ 406 mil. O veículo, avaliado em pouco mais de R$ 15 mil, foi guinchado e o motorista seguiu o trajeto a pé. ANO NOVO EM CANA O acidente que vitimou fatalmente Ana Karina de Cruz de Souza, 25 anos, no dia de Natal, complicou a vida do principal acusado de ser o responsável pelo acidente. O ex-marido da vítima, Everton Luiz Carvalho, 29 anos, foi preso acusado de estar embriagado e provocar o acidente. A Polícia não arbitrou fiança e, segundo a delegada Márcia Marcondes, Carvalho deverá passar as festas de Ano Novo na cadeia até que a Justiça decida o seu futuro. DESCUIDADO Um assaltante se deu mal depois de um roubo e acabou sendo preso, na tarde de ontem (28) por policiais da DP de Furtos e Roubos de Curitiba. Acontece que depois de assaltar uma casa, o azarado, que havia saído da Colônia Penal Agrícola (CPA) por indulto de Natal, deixou cair sua carteira de identidade no local do crime. Depois disso, não foi difícil saber quem era a figura, localiza-la e dar-lhe voz de prisão. Crisielmo Rodrigo Serbelo, 31 anos, voltou para a hospedagem da CPA e, segundo a polícia, não deverá ganhar mais benefícios até o final da pena. ASSALTO Dois homens fortemente armados assaltaram uma loja de departamentos, na manhã de ontem (28), na Avenida Getúlio Vargas, no centro de Piraquara, e roubaram vários aparelhos celulares, notebooks e o dinheiro do cofre. Em seguida, de acordo com testemunhas, fugiram na garupa de duas motocicletas que os aguardavam nas imediações. A polícia da cidade está investigando a bronca e suspeita que os criminosos são da Região Metropolitana. SINISTRO A mania de acender uma vela na falta de energia elétrica custou caro para uma moradora da Rua Daisy Luci Berno, na Vila Guaíra, em Curitiba, na madrugada de ontem (28). A residência pegou fogo e não sobrou pedra sobre pedra no local, a não ser entulhos e muita cinza. Segundo o Corpo de Bombeiros, não houve vítimas porque a moradora havia saído e o trabalho maior foi para conter as chamas e evitar que o fogo se alastrasse pela vizinhança.


| Quarta-feira, 29 dezembro de 2010 |

11

Prefeito Luizão:

“2010 foi bom, mas 2011 será muito melhor para Pinhais” Muitas conquistas para a cidade, como o Bosque Municipal, a Guarda e o hospital marcaram os dois primeiros anos da atual gestão

O ano de 2010 praticamente já se foi. É hora de contabilizar as conquistas, analisar o que já foi feito e o que deixou de ser feito e se programar para que o próximo ano seja sempre melhor. É isso que o prefeito de Pinhais, Luizão Goulart está fazendo. Após dois anos frente a administração municipal de Pinhais, ele acredita que muitos avanços vieram para a cidade, no entanto, reconhece que ainda falta muito pela frente. Luizão iniciou seu trabalho em 2009 com a missão de levar a população os serviços que até então não chegavam e também dar uma nova identidade através de seu desenvolvimento econômico e sustentável. Hoje, com as ações executadas, a atual gestão municipal já conseguiu realizar mais de 80% do Plano de Governo, previsto para todo o mandato, além de por em prática outros projetos mais amplos. “Em todas as ações procuramos atender o anseio da comunidade, dando prioridade para as obras que levam mais qualidade de vida para as pessoas”, disse. Hospital e Maternidade Já no início do mandato, a administração municipal reabriu o Hospital e Maternidade e o município passou a contar com

um lugar onde as mães podem dar a luz aos seus filhos. Com Centro Cirúrgico e atendimento especializado, desde abril deste ano, a equipe médica do hospital já realizou mais de 800 partos. Bosque Municipal Outra grande ação da prefeitura que deu impacto ao município foi a implantação do Bosque Municipal. Inaugurado recentemente, o local é hoje a principal referência de lazer e entretenimento para a população local. “Ficamos completamente encantados com o novo bosque, moramos há mais de 20 anos em Pinhais e sempre quando queríamos passear com a família tínhamos que ir para Curitiba. Agora é diferente, o Bosque é ótimo”. Este foi o comentário de Luis Paulo de Souza que foi ao Bosque no último final de semana com a esposa e seus dois filhos. As pessoas Esta satisfação da comunidade está evidente em Pinhais. Não só as obras de asfalto, por exemplo, que hoje foram ampliadas expressivamente por todos os bairros da cidade, mas também o atendimento pessoal, que agora é feito de forma especializada e articulada. Os Centros de Referência em Assistência Social – Cras

foram melhores equipados, as equipes do Programa Saúde da Família foram ampliados, os programas sociais do governo federal como o Projovem Trabalhador e o Projovem Adolescente foram implantados e, por isso, o atendimento consegue chegar a quem interessa. 40 km de asfalto O asfalto é uma das prioridades na opinião dos moradores. Por isso, em 2010, a prefeitura ampliou expressivamente a capacidade de asfaltar a cidade. Por todos os bairros, a pavimentação está levando mais qualidade de vida para a comunidade. Em menos de dois anos, a prefeitura está conseguindo asfaltar cerca de 40 km de ruas. Guarda Municipal Há poucos dias Pinhais passou a contar com o trabalho da Guarda Municipal pelas ruas da cidade. Hoje, a Guarda oferece o trabalho de policiamento preventivo na cidade. “Nós queremos uma cidade mais segura, mais próspera, as pessoas precisam sentir-se bem onde vivem. Pinhais é uma cidade muito boa e que a cada dia está se tornando referência para a Região Metropolitana e também para o Paraná”, concluiu o prefeito Luizão.


| Quarta-feira, 29 de dezembro de 2010 |

Gazeta Press

Fiorentina está de olho em volante Henrique do Cruzeiro

Washington Alves/VIPCOMM

Henrique, volante do Cruzeiro

Depois de perder o lateral direito Jonathan, para o Santos, o Cruzeiro pode perder outro importante jogador do grupo. De acordo com o jornal italiano Gazzeta Dello Sport, o volante Henrique está na mira da Fiorentina. O clube da terra da bota estaria aguardando apenas a abertura da janela internacional de transferências, que acontece em janeiro, para oficializar o interesse no jogador celeste. A diretoria do Cruzeiro informou que não recebeu nenhuma sondagem sobre a possibilidade de saída de Henrique.

O volante cruzeirense vem sendo ventilado em clubes europeus desde o ano passado, quando o jogador começou a se destacar na Raposa. Os direitos econômicos de Henrique pertencem 50% ao Cruzeiro, e a outra metade é de um grupo de empresários. O atleta chegou ao time da Toca da Raposa no início de 2008 e, depois de muita desconfiança da torcida estrelada, o volante conseguiu se firmar no time titular e se destacou na disputa das duas últimas edições da Copa Libertadores e no Brasileirão deste ano.

Dirigente afirma que Ronaldinho ficará no Milan O sonho de contar com Ronaldinho Gaúcho já no início da temporada de 2011 não deve se tornar realidade para o Grêmio. Pelo menos é o que afirmou nesta terçafeira Umberto Gandini, diretor do Milan, que disse que o brasileiro permanecerá na equipe italiana, com a qual tem contrato até a metade de 2011, pelo menos "por enquanto". Segundo Gandini, que está em Dubai, nos Emirados Árabes Unidos, acompanhando um período de treinamentos do Milan antes do retorno das partidas oficiais, o presidente do Milan, Silvio Berlusconi, que também é primeiro-ministro da Itália, demonstrou vontade de que o brasileiro "jogue e permaneça no Milan". Com isso, Ronaldinho seria mantido no elenco rossoneri mesmo com as poucas oportunidades que vem recebendo do técnico Massimiliano Allegri na equipe titular. Além do Grêmio, que agendou reunião com dirigentes do Milan e estava confiante em repatriar o atleta, que foi revelado pelo clube de Porto Alegre, Palmeiras e Flamengo também haviam demonstrado interesse em contratar Ronaldinho para 2011. Como o clube gaúcho já teria inclusive acertado salários com o jogador, e estaria apenas esperando a liberação do Milan, a transferência do astro, que defendeu o Tricolor Gaúcho entre 1998 e 2001, pode se dar sem custos no segundo semestre de 2011, quando Ronaldinho estaria liberado para negociar novo vínculo.

Divulgação

12

Silvio Berlusconi,demonstrou vontade de que o brasileiro "jogue e permaneça no Milan"

NOTAS

F-1: Massa admite ano ruim e espera 2011 melhor O ano de 2010 realmente não foi dos melhores para Felipe Massa. Sem resultados expressivos, o brasileiro foi superado pelo companheiro Fernando Alonso e também se envolveu em polêmicas, como o jogo de equipe no fatídico GP da Alemanha. Mas, reconhecidos os problemas, o piloto da Ferrari segue para 2011 otimista de que tudo irá mudar. -O ano foi ruim para mim, um ano difícil. Não tenho medo e nem vergonha de falar disso. Mas sempre que fiz uma temporada ruim, a outra foi boa, mas faz parte-, completou o brasileiro, que se apoia nas mudanças na próxima tem-

porada para melhorar seu desempenho. -Em 2011, tudo vai mudar: carro novo, pneus novos. Vamos esperar. Eu quero voltar a brigar pelas primeiras colocações-, acrescentou Massa. Na próxima temporada, a Pirelli será a nova fornecedora de compostos para a categoria, fato que traz esperança ao brasileiro. Para o ano que vem, a Fórmula 1 terá algumas novidades além dos novos pneus: o retorno do sistema Kers e também a adição de asas traseiras, mudanças às quais as equipes terão que se adaptar. O Mundial de 2011 tem início no dia 14 de março, no GP do Bahrein.

Corinthians: Liédson não quer voltar ao futebol brasileiro O atacante Liedson não deixará o Sporting tão cedo. A imprensa portuguesa noticiava que o Corinthians tinha interesse na contratação do jogador, com passagem pelo Parque São Jorge em 2003, mas ele não se mostrou disposto a retornar ao futebol brasileiro. - Tenho um ano e meio de contrato, podendo renovar por mais um. Estou muito feliz aqui. Ninguém me procurou. Tudo o que sei sobre interesse de

outros clubes é pelos jornais. Mas a possibilidade de voltar ao Brasil é muito pequena ou quase não existe -, avisou, em entrevista ao jornal A Bola. Aos 33 anos, Liedson evitou dizer que encerrará a carreira no Sporting. - Sou tão jovem para pensar nisso. Tenho uma história bonita no Sporting, mas não posso adivinhar o dia de amanhã. Preciso viver este momento, cumprindo o meu contrato -, afirmou o ex-corintiano.


| Quarta-feira, 29 de dezembro de 2010 |

Casa pré-fabricada fica pronta em apenas 24 horas

Artigo

Uma nova década Adelino Venturi

Bebel Ritzmann

Finalização da obra: sistema construtivo proporciona à residência um alto isolamento térmico e acústico

Uma casa pré-fabricada em aço galvanizado e alumínio, cuja obra não gera resíduos, não polui o meio ambiente e economiza recursos naturais é a nova aposta da empresa curitibana Kurten para reduzir o déficit habitacional do Brasil. Trata-se de uma solução em sistemas construtivos, com grande rapidez de montagem e de baixo custo, que permite assegurar o sonho da casa própria e transformar a vida de famílias de baixa renda, podendo ser cons-

truída em apenas 24 horas. A estrutura da casa é em aço galvanizado e alumínio; as paredes, portas e cobertura, são como sanduíches em chapas de aço, alumínio e preenchimento em EPS; as janelas são em alumínio. Esse sistema construtivo proporciona à residência um alto isolamento térmico e acústico, tornando casa mais confortável e com maior privacidade. O valor aproximado de venda ao consumidor será de aproximadamente

de R$ 25.000,00 (vinte e cinco mil reais), para a residência de 33 metros quadrados. A casa já esta sendo testada pelos órgãos competentes para futura certificação da Caixa Econômica Federal, podendo, em um futuro próximo, ser financiada pelo Sistema Habitacional. Uma unidade da casa pré-fabricada metálica está aberta à visitação no show room da Kurten, situado na Rua Francisco Derosso, nº 200, Xaxim.

O ano de 2011 não é somente mais um, entre tantos que já vivemos. É o começo de uma nova década, a segunda do século 21 e do terceiro milênio. Os esotéricos adoram essas colocações, mas para todos nós é o início de um novo ciclo, de um novo tempo. Olhar no retrovisor também é importante, mas somente para que busquemos subsídios da nossa experiência passada, em nossa vida pessoal com os familiares e os amigos e, também, em nossa vida profissional e social, com nossos companheiros de trabalho na empresa e os parceiros nas ações sociais. Tivemos uma década de realizações muito importantes no setor imobiliário, em São José dos Pinhais e região. No campo profissional e empresarial, esse é o grande feito. O setor é, de fato, o maior referencial do moderno desenvolvimento da nossa cidade, que se consolida como um centro urbano emergente no cenário nacional, em razão da sua grande potencialidade empresarial. É esse o perfil de São José dos Pinhais construído na última década em regime de parceria entre poder público e sociedade civil. No campo específico das imobiliárias, devemos ressaltar o crescimento das empresas tradicionais e o surgimento de novos empreendimentos ávidos por uma fatia de mercado, de um mercado que registra um crescimento espetacular. Os novos são muito bem-vindos, principalmente quando seguem os bons

exemplos dos empreendimentos já existentes, no que tange a valores como profissionalismo e ética. São esses valores que consagram o setor imobiliário de São José dos Pinhais, hoje um dos melhores do país. No campo social, o nosso orgulho pela obtenção de resultados excelentes. Na semana passada destacamos aqui as parcerias em favor de entidades como APAE (Associação dos Pais e Amigos dos Excepcionais) e da APPAM (Associação dos Pais e Amigos das Crianças portadoras da Mielomeningocele). Citamos a participação da Havan, e hoje retificamos o valor que essa importante empresa doou à APPAM, de R$ 7 mil para R$ 9 mil, para se fazer justiça. Tivemos também o encontro entre colaboradores da entidade, com a presença do ilus-

tre deputado federal Leopoldo Meyer e o professor Brito, com a finalidade de unir esforços visando a construção de uma unidade hospitalar para atendimento das crianças portadoras da mielomeningocele e da síndrome de Down, aqui em São José dos Pinhais. Vamos acreditar que os sonhos serão realizados, no próximo ano e na próxima década, com a ajuda dos nossos amigos e parceiros e com as bênçãos de Deus. Bom Ano Novo e Boa Década a todos. Adelino Venturi é professor, empresário e membro do Conselho Deliberativo da Associação Comercial, Industrial, Agrícola e de Prestação de Serviço (Aciap), de São José dos Pinhais


4

| Quarta-feira, 29 de dezembro de 2010 |


Metropole 29-12-2010  

Metropole 29-12-2010

Advertisement
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you