Issuu on Google+

Editoração: Chico Lustosa - e-mail: composicao@metropolesjp.com.br / lustosa@onda.com.br

GM volta a ser a marca mais vendida no mundo Com ajuda do tsunami que atingiu o Japão em março, a GM volta a ser a marca de automóveis mais vendida do mundo, de acordo com o jornal norte-americano The Detroit News. Foram 4.536.000 unidades emplacadas pela GM desde o início do ano até 30 de junho, ante 3.710.000 da Toyota, a terceira colocada na lista das vendas globais. A marca japonesa sofreu uma queda acentuada de 23% no total de unidades negociadas. O segundo lugar passou a ser ocupado pela Volkswagen, com 4.130.000 unidades, mostrando certo vigor rumo ao grande objetivo de se tornar a marca mais vendida no mundo até 2018. Apesar da Toyota planejar uma forte recuperação a partir de setembro, não deverá ser o suficiente para deixar o terceiro lugar no ranking, já que será preciso não apenas aumentar a produção, mas vender todo o volume extra produzido e pode não haver tempo hábil para isso até o fim de 2011.

| 6 e 7 de agosto de 2011 |

9

Novo BMW Série 1 ganhará kit esportivo M Principal novidade fica por conta da opção de faixas na carroceria

Aircross automático Nova versão completa linha do modelo com visual aventureiro A Citroën acaba de lançar a versão automática do modelo Aircross a partir de R$ 60.350 na versão GLX. No caso do modelo topo de linha Exclusive, o carro passa a custar R$ 66.400 e vem com uma lista bem recheada de equipamentos e tem como opcional apenas o sistema de navegação por satélite (GPS), por R$ 2.400, e a pintura metálica (R$ 1.090). Entre os itens de série há ar-condicionado digital, freios ABS, sistema de som com entrada para iPod controles no volante, sensor de acionamento do limpador de para-brisa, entre outros equipamentos. A nova versão do Aircross vem com a mesma caixa automática seqüencial de quatro marchas oferecida no C4 Picasso. O motor é o mesmo 1.6 flex de 113 cavalos oferecido anteriormente com câmbio manual. Trata-se da opção que faltava para completar a linha e enfrentar os concorrentes que estão por vir, como o Renault Duster que chega em novembro e a nova geração do Ford EcoSport, prevista para o início do ano que vem.

Depois de ter lançado a nova geração do Série 1 no mercado europeu, a BMW parte para novidades como um kit esportivo M, já oferecido na geração anterior do hatch médio que ainda é vendida em alguns países, o que inclui o Brasil. Assim como das outras vezes, os itens do pacote vão ser aplicados apenas para incrementar a parte estética. Além dos para-choques com defletores de ar, haverá novos conjuntos de rodas para serem montadas com pneus de perfil baixo, inscrição “M” nas soleiras das portas e em outras partes do carro, inclusive na base do volante. Inédito mesmo será apenas a opção das faixas que vão do capô até a tampa traseira. Mais detalhes deverão ser divulgados no próximo Salão de Frankfurt (Alemanha), entre 15 e 25 de setembro.


10

| 6 e 7 de agosto de 2011 |

Chico Lustosa - e-mail: composicao@metropolesjp.com.br / lustosa@onda.com.br

Novo Kia Picanto chega a partir do dia 22 Compacto da marca coreana será oferecido em quatro versões A Kia confirma que o novo Picanto começa a ser vendido no mercado brasileiro no próximo dia 22 de agosto, em quatro versões de acabamento. Os preços ficarão entre R$ 34,9 mil a R$ 44,9 mil .O carro passa a ter motor 1.0 flex, de apenas três cilindros, 12 válvulas e 80 cavalos de potência, que poderá se acoplado ao câmbio manual de cinco marchas, ou automático de quatro. Segundo a reportagem publicada no site Carsale, em Sucesso do Novo Sandero confirma ótimo momento da Renault que cresceu três vezes mais que o mercado no acumulado do ano. O sucesso do Novo Renault Sandero, lançado em maio deste ano, impulsionou os resultados da Renault do Brasil no mês de julho, que cresceu 18,5% enquanto o mercado cresceu 0,9%, em comparação a julho do ano passado. No acumulado do ano, o crescimento foi de 23,5% em relação ao mesmo período de 2010, enquanto o mercado registrou um aumento de 8,1%. “A marca vem registrando crescimento gradativo nas vendas, movimento que já era previsto para o ano de 2011, fruto da nossa estratégia comercial em um mercado altamente competitivo como é o brasileiro”, ressalta Jean-Michel Jalinier, presidente da Renault do Brasil.

meados de junho, a geração atual do compacto da marca coreana já estava esgotada há mais de dois meses. A versão de entrada do novo Picanto já vem bem equipada de fábrica. Terá airbag, direção elétrica progressiva, ar condicionado manual, rádio com controle no volante (CD Player, MP3, entrada USB e conexão para iPod), controle remoto de travamento das portas, faróis de neblina, vidros elétricos e abertura “one tou-

ch” para o motorista, rodas de liga de 14”, espelho retrovisor externo com acionamento elétrico e setas em LED, banco traseiro rebatível e bipartido e revestimento de couro no volante e na alavanca de câmbio. Ao preço de R$ 39,9 mil, a segunda versão do novo Picanto com câmbio manual traz ainda teto solar, airbag lateral e de cortina, iluminação nos espelhos do parasol e lâmpadas LED nos faróis dianteiros e traseiros.

Toyota divulga teaser do novo sedã Camry Novo modelo chegará ao Brasil no fim do ano A nova geração do sedã Toyota Camry está prestes a ser apresentada oficialmente no fim do mês. Enquanto isso, a marca japonesa divulga um segundo teaser do carro que mostra o formato do farol, além de alguns detalhes da dianteira, como os contornos do para-choque, os faróis auxiliares e parte da grade.

Classilinha AGORA VOCÊ TEM MUITO MAIS VANTAGENS. Anuncie no Classilinha e ganhe anúncio no site www.metropolejornal.com.br

Vendedora/Balcão Sobrado VAGA DE VENDEDORA DE BALCÃO PARA LOJA DE INFORMÁTICA, com experiência de 6 meses. Interessadas encaminhar currículo para angelica.bigalves@uol.com.br 6a11

Terreno

SOBRADO NOVO NA VILA SÃO PEDRO 120m². C/ sala toda em gesso, parede c/ grafiato, todo o sobrado com sancas. 3 quartos, suíte, banh. social, lavabo, lavanderia com porcelanato. Inf: 8834-5460

Pedreiros/Carpinteiros Cozinheira MASSA FORTE PRECISA-SE DE 70 C O N T R A T A - S E C O Z I N H E I R A , HOMENS - 30 CARPINTEIROS, 30 AUXILIAR (2ª COZINHEIRA) para PEDREIROS, 5 ARMADORES, 15 trabalhar de segunda à sábado, das 8 SERVENTES. às 17h. Buffet por quilo. Interessadas Tel:9183-2974 /9984-2713 Osmar ligar para 3035-6631

VENDE-SE TERRENO NO BAIRRO ARISTOCRATA, 365m² caído para frente. Bem localizado. Mais informações ligue: (41) 9983-6932 3/8a 8/5

Chácaras CHÁCARAS a partir de 1.000,00m² São José dos Pinhais - Próx. BR-376 Entrada de R$ 10.000,00 + 20X R$ 1.000,00 - Aceita veículos www.imobiliariarevelacao.com.br 3383-5050 9668-0697 9654-4230 13/7a13/8

Exemplo:

Econômico / 5 edições Inteligente {Mínimo: R$ 15,00 Para anunciar ligue: 3383-6650 GOL 1.0 - 95 - Bordo - Liga leve, aro 15, insufilme. R$ 12.000,00. Ótimo estado. Informações: 9106-1534


Editoração: Chico Lustosa - e-mail: composicao@metropolesjp.com.br / lustosa@onda.com.br

| 6 e 7 de agosto de 2011 |

11

Renault Fluence é eleito o "Melhor Carro do Brasil", segundo o Jornal do Carro

Em um intervalo de pouco mais de um mês, o modelo Renault Fluence conquista o seu terceiro título de vencedor geral nas premiações realizadas pelas principais revistas especializadas do País. Desta vez, o Jornal do Carro – publicado pelo Jornal da Tarde (SP) e um dos mais tradicionais suplementos especializados em automóveis do Brasil – elegeu o Renault Fluence como o “Melhor Carro do Brasil”. Ele superou mais de 170 concorrentes, com preços sugeridos de até R$ 100 mil. Na edição deste ano da eleição “Melhor Carro do Brasil”, o bom desempenho

da Renault também se reflete com a vitória de quatro modelos da marca em suas respectivas categorias: Novo Sandero, Logan, Fluence e Grand Tour. Esta é a sexta edição da eleição “Melhor Carro do País” e, para chegar ao resultado, a equipe da redação do Jornal do Carro, com 30 anos de existência, levou em conta os mesmos critérios utilizados nas avaliações realizadas por eles, além de outros quesitos, como: preços, lista de itens de série e opcionais, mecânica e custo de manutenção. Com base em todas essas variáveis, o Renault Fluence conquistou o título em seu segmento “Seda médio”, além de ser o grande vencedor da pesquisa. De acordo com o Jornal do Carro, o novo sedã da Renault que chegou ao Brasil tem custo-benefício imbatível, projeto moderno, mecânica eficiente, boa dirigibilidade e amplo espaço interno.

Renault Novo Sandero Pelo quarto ano consecutivo, o Renault Novo Sandero venceu a categoria “Hatch 1.0” da edição deste ano da eleição “Melhor Carro do País”, segundo o Jornal do Carro. Lançado recentemente no mercado nacional, o modelo sofreu significativas evoluções em seu visual externo, ficando ainda mais moderno, além de receber melhorias no seu interior, ganhando em sofisticação, conforto e qualidade percebida. Segundo a equipe de profissionais do Jornal do Carro, as principais vantagens, que lhe asseguraram pela quarta vez o título em sua categoria foram a cabine espaçosa, preço competitivo e motorização. Renault Logan Na categoria “Sedã 1.0”, o Renaut Logan repete pela segunda vez consecutiva o seu desempenho no “Melhor Carro do País”, segundo o Jornal do Carro, e con-

quista o bicampeonato. Espaço interno, porta-malas, preço, robustez e confiabilidade mecânica, nível de equipamentos e a garantia de três anos - um diferencial no segmento - foram fatores decisivos para que o Logan superasse os seus concorrentes neste segmento da eleição. Renault Grand Tour A station wagon da Renault conquistou o título na categoria “Peruas médias”. Atualmente, disponível em uma única versão de acabamento - Dynamique 1.6 16V Hi-Flex -, ela apresenta uma imbatível relação custo-benefício. Por R$ 49.050, o consumidor tem uma station que oferece completa lista de itens de série: direção hidráulica, ar-condicionado digital, airbag duplo, freios ABS, volante revestido de couro, trio elétrico e rodas de liga leve, entre outros itens. Conforto e amplo espaço para passageiros e bagagem também são de série.


12

| 6 e 7 de agosto de 2011 |

Chico Lustosa - e-mail: composicao@metropolesjp.com.br / lustosa@onda.com.br

Governo lança plano de estímulos às montadoras Setor deverá ser beneficiado com a redução do IPI em novos projetos

O governo federal publicou uma medida provisória no Diário Oficial da União onde anuncia o lançamento do Plano Brasil Maior, que prevê incentivos e redução da alíquota do IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados) para a indústria automobilística e outros setores da economia brasileira. Para receber o pacote de estímulos, as empresas (entre elas, as montadoras de automóveis) deverão enquadrar seus projetos em requisitos obrigatórios, como valor de investimento, índice de inovação tecnológica, volume de exportação e percentual de conteúdo de fabricação local. A regulamentação beneficia desde tratores, caminhões, ônibus, utilitários, comerciais leves até carros de passeio, só não cita motocicletas. Os veículos importados e empresas de autopeças ficaram de fora. Segundo o governo, o plano atende apenas os fabricantes - as montadoras não teriam o compromisso de repassar a queda dos custos para o preço final do veículo vendido ao consumidor. O governo decidiu também estender por mais 12 meses a redução de alíquotas de veículos comerciais (caminhões, vans, furgões, utilitários, picapes e outros), até julho de 2012. As medidas terão prazo de validade até 31 de julho de 2016. As alíquotas deverão ser anunciadas ainda este mês por meio de decreto. Esta não é a primeira vez que o governo baixa o IPI para a indústria automotiva brasileira. Entre dezembro de 2008 e março de 2010, o imposto foi reduzido, devido à queda nas vendas de veículos causada pela crise financeira dos Estados Unidos, que repercutiu em vários países do mundo. Depois de aprovada, a medida teria até 90 dias para entrar em vigor. Pelo o que se deduz das novas regras, os benefícios não seriam repassados para os veículos atualmente em produção. A portaria dá a entender que as montadoras precisariam readequar seus projetos aos critérios estabelecidos pelo governo, o que se supõe que só atingiria futuros modelos a serem lançados no mercado. A intenção do governo com a nova regulamentação é aumentar a competitividade do setor automotivo nacional, concedendo benefícios vinculados ao cumprimento de exigências básicas, que favoreçam a produção local, de forma a fazer frente à concorrência dos veículos importados. Decisão semelhante foi tomada pela Argentina nos últimos meses.


automoveis6-08