Issuu on Google+

PUB

PUB

PORTUGAL quarta-feira 6 novembro 2013 ano 6, nº 1974 Lisboa 14° | 19°

Porto 17° | 19°

www.readmetro.com Diretor: Diogo Torgal Ferreira

Emprego continua a ser grande incógnita Nacional. Dúvidas sobre a “durabilidade” da melhoria do mercado de trabalho nas previsões de outono da Comissão Europeia. Cenário económico em linha com troika e Governo pág. 04

Sport

Liga dos Campeões. Águias derrotadas na Grécia (1-0) Eficácia ditou resultado. A quase total por parte do Olympiacos e a sua falta do lado do Benfica pág. 15

Mundo

Novembro mais natalício Nicolás Maduro acredita que o Natal é quando o homem quiser pág. 06

Cronista

Chega ao grande ecrã a história do fundador do WikiLeaks, Julian Assange, por um ator inglês que foi aconselhado a não avançar com a ideia. Mas Benedict Cumberbatch considerou que esta tinha pertinência págs. 10 e 11 GETTY

Sérgio H. Coimbra Um português na capital dos EUA pág. 02 PUB


1

JORNAL

www.readmetro.com QUARTA-FEIRA, 6 DE NOVEMBRO DE 2013

02

Opinião

SÉRGIO H. COIMBRA

ONLINE

JORNALISTA

Um português em Washington

facebook www.facebook.com/HuffPostCelebrity “A atriz de 34 anos da série ‘Homeland’, Claire Danes, aparece em topless e mais sexy do que nunca numa sessão fotográfica feita para a revista Interview.”

twitter @realDonaldTrump [Donald Trump]

Todos descendentes de Moisés, sim, mas naquela casa a partilha do pão tem a solenidade do sabat: orações, silêncios, lavar de mãos com o púcaro... Para uma ovelha tresmalhada do rebanho de David a coisa pode ser “tricky”. De facto, o jantar é mais um pequeno-almoço, já que acontece no início de um novo dia; só que neste caso o início do dia começa quando aparecem as primeiras estrelas, que na minha terra

é quando ele acaba; mais ainda, estávamos a entrar no sábado, para os que me rodeiam dia de descanso, ou seja, domingo. Ao fim de umas jarras de néctar das delicadas encostas da Galileia já nada me confunde. A não ser, claro, os ensaios religiosos trocados entre convivas ortodoxos e reformistas. Debaixo dessa saraivada de relâmpagos teológicos, senti-me mais perdido que Daniel na cova com as feras antes de ser acudido por D--s.

“Mentiras e incompetência – as duas palavras que estão mais associadas com o [programa de saúde] ObamaCare!”

vídeo do dia

Veja Greta Gerwig como protagonista de um clip em direto de “Afterlife”, dos Arcade Fire, realizado por Spike Jonze. Venha escrever connosco. Entre em facebook.com/metroportugal

Herge del Rio. Tina Ratax e a lei Rui Tavares

“Isto não é sobre arranjar um lugar para eu ser eleito, o que quero é criar um espaço de liberdade à esquerda” Palavras do eurodeputado, em declarações à agência Lusa, admitindo ser de novo candidato ao parlamento europeu por um partido que esteja aberto a realizar em eleições primárias abertas a não militantes. DR

Numa altura em que tanto se especulou acerca da lei que pretendia estabelecer como dois o limite máximo de cães permitidos por apartamento e de quatro no caso de gatos, importa reafirmar aqui o meu amor incondicional pelos meus animais de estimação. Tenho um cão e uma gatinha linda, a Tina Ratax, e eles fazem parte integrante da família, assim como fariam outros, se fosse essa a minha opção. Por isso, é muito difícil aceitar que uma lei possa vir impor-me um determinado limite. Bem sei que a ideia era a de salvaguardar o bem-estar dos animais, contrariar práticas de abandono que podem representar consequências graves para a saúde dos cidadãos, mas também sei que uma lei tem de ser justa e, no caso em concreto, acho muito bem que a referida lei tenha sido atirada para o lixo, lugar de onde, aliás, nunca devia ter saído.


www.readmetro.com QUARTA-FEIRA, 6 DE NOVEMBRO DE 2013

Fraude motiva cortes da EDP Porto. O objetivo dos cortes foi pôr fim a algumas ligações indevidas e ao fornecimento a clientes que não pagaram. O ministro do Ambiente, Ordenamento do Território e Energia afirmou ontem num debate no Parlamento que os cortes no abastecimento de energia que a EDP levou a cabo no Bairro do Lagarteiro, no Porto, deveram-se à resolução de “problemas de fraude”. Segundo Jorge Moreira da Silva, a EDP realiza cerca de 300 a 400 ações deste género por ano, numa centena de bairros em todo o País. O governante garantiu que “está atento” ao cumprimento das obrigações de concessão deste serviço público do Estado a um operador privado. “Se se verificar que existem falhas desta empresa ou outra concessionária estaremos atentos”, salientou.

NACIONAL | 03

ACAP

Pneus perigosos Cerca de um terço das 900 viaturas inspecionadas pela Associação Automóvel de Portugal (ACAP) tinha os pneus num estado considerado “muito perigoso para a circulação rodoviária”, necessitando de uma intervenção urgente. Os resultados da campanha “Pneus? Muito mais que um acessório, a sua segurança” indicam ainda que 48% dos pneus analisados não tinha a pressão correta.

ANSR

417 mortos na estrada

A EDP revelara que o objetivo do corte de energia, na semana passada era pôr fim a algumas ligações indevidas. © ANTONIO RILO/CM

Nas estradas portuguesas houveram este ano mais de 95.000 acidentes rodoviários, um aumento de 401 em relação a 2012, mas o número de mortos desceu 14,7%. Segundo a Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária (ANSR), ocorreram 95.125 acidentes com vítimas e danos materiais entre 1 de janeiro e 31 de outubro. No mesmo período do ano passado tinham-se registado 94.724.

Lisboa. EMEL quer carros de fiscalização nas ruas A EMEL aguarda autorização da Comissão Nacional de Proteção de Dados (CNPD) para colocar nas ruas de Lisboa automóveis com câmaras a fazerem a leitura das matrículas dos veículos estacionados, e a fiscalizarem os pagamentos, disse o presidente à Lusa. “Pedimos autorização para leitura de matrículas nas zonas residenciais de Lisboa”, o eixo central da cidade que inclui a Avenida da República, Campo de Ourique ou Expo, afirmou António Júlio de Almeida, presidente da EMEL.

Parques

11 é o número de parques de estacionamento que a EMEL quer construir na cidade de Lisboa, até 2017 – será um total de 2.500 novos lugares, num investimento avaliado em 30 milhões de euros. PUB


www.readmetro.com QUARTA-FEIRA, 6 DE NOVEMBRO DE 2013

NACIONAL | 04

Dúvidas sobre a consistência Conjuntura. Nas previsões de outono publicadas ontem, a CE mantém o cenário económico acordado entre troika e Governo nas últimas avaliações. Dúvidas sobre emprego.

Reações Partidos políticos reagem

Moçambique. Portuguesa foi raptada Uma cidadã portuguesa foi esta manhã raptada na Matola, Moçambique, por três homens armados, disse à Lusa fonte da comunidade. O rapto ocorreu no interior da empresa onde a portuguesa era gestora financeira. Este é o terceiro rapto conhecido envolvendo cidadãos portugueses. Os outros dois foram raptados em Moçambique há mais de uma semana.

“Confirmam o cenário macroeco-

No entanto, nas previsões de outono publicadas ontem pela Comissão Europeia (CE), é mantido o cenário macroeconómico acordado entre Governo e troika nas últimas avaliações. Bruxelas espera que o País feche o ano com uma recessão de 1,8% do PIB, mas que regresse ao crescimento já em 2014 (0,8%), seguida de novo crescimento em 2015 (1,5%). A CE refere que Portugal já saiu da recessão técnica no segundo trimestre do ano e que os mais recentes indicadores suportam a ideia de que a atividade económica vai dar a volta e começar a crescer de forma mais consistente no final deste ano. Bruxelas sustenta ainda que o mercado de trabalho estabilizou em linha com as melhorias da atividade

Corrupção

económica, mas que para a queda da taxa de desemprego o turismo e a agricultura deram os maiores contributos. Por essa razão, a melhoria do mercado de trabalho “levanta questões de durabilidade”. Assim, a CE mantém a expetativa que a taxa de desemprego atinja os 17,4% este ano, que suba para o seu máximo histórico de 17,7% no próximo ano, mas desça em 2015 para os 17,3%. Numa conferência de imprensa de apresentação das previsões, o comissário europeu dos Assuntos Económicos, Olli Rehn, disse que, caso o Tribunal Constitucional declare inconstitucionais as medidas da proposta de Orçamento do Estado para 2014, é “importante” que o Governo as reformule ou substitua.

1nómico quer para 2013, quer para 2014, com a novidade de antever uma recuperação maior para 2015”, afirmou pelo PSD Miguel Frasquilho. O PS rejeitou qualquer “tentativa”

2de identificar “riscos” nas decisões do Tribunal Constitucional. O PCP considerou que previsões

3confirmam que a política do Governo é “profundamente errada” e sublinhou a relevância da instituição assumir que o Orçamento para 2014 poderá ter normas inconstitucionais. O BE defendeu que a CE

4confirma “um cenário negro” para o emprego em 2014.

Portugal/Angola. Cimeira adiada, mas há cooperação O ministro angolano da Justiça afirmou ontem que se mantém a cooperação entre Portugal e Angola, mas referiu que a cimeira bilateral não vai decorrer em fevereiro, como previsto, e só depois através de “contactos bilaterais”. “A cooperação bilateral mantém-se, não há dificuldade nenhuma e não me cabe aqui fazer interpretações ou comentários sobre o que o Presidente da República [angolano] já disse”, afirmou Rui Mangueira.

Energia

Denunciantes com proteção “nula”

Contribuição extra sobre setor energético

Portugal oferece uma proteção “nula ou muito limitada” aos denunciantes de casos de corrupção, revelou a Transparência Internacional. Segundo a organização não-governamental, em Portugal têm proteções legais “extremamente limitadas” e podem mesmo ser sujeitos a processo crime ou cíveis por difamar outras pessoas, especialmente aqueles que estão em posições de poder.

O ministro do Ambiente, Ordenamento do Território e Energia, Jorge Moreira da Silva, afirmou que está determinado em aplicar a contribuição extraordinária sobre o setor energético, que permitirá arrecadar mais 150 milhões de euros, e não garante que a mesma não se possa repetir nos próximos anos.

Justiça

Mais juízes e magistrados no novo mapa judiciário A ministra da Justiça disse no Parlamento que o novo mapa judiciário aumenta 15% o atual quadro de juízes e 19% o de magistrados do Ministério Público, o que significa um aumento da “estabilidade das magistraturas”. Paula Teixeira da Cruz tentou assim desfazer as preocupações recentemente manifestadas por sindicatos e associações que diziam haver um decréscimo de efetivos.

metro vence Escolha do Consumidor O jornal metro foi anunciado como o vencedor da edição deste ano dos prémios “Escolha do Consumidor” no segmento dos Jornais Gratuitos. A distinção tem por objetivo conhecer o grau de satisfação e aceitabilidade dos consumidores em relação a determinado produto ou serviço. © LAURA HAANPÄÄ


www.readmetro.com QUARTA-FEIRA, 6 DE NOVEMBRO DE 2013

ECONOMIA | 05

O dia a dia dos mercados Petróleo

Euribor 6m

Psi-20

$93.46 (-1.23%)

0,341 (-0,29%)

6.321,51 (+0,29%)

Euro para: Dólar 1,347; Libra 0,839; Real 3,083

Salários

Sem esperar pelo Estado A reforma do IRC foi apresentada pelo secretário de Estado dos Assuntos Fiscais, Paulo Núncio, a 14 de outubro. © BRUNO SIMÃO

Reforma sem grande impacto Estudo. Empresas aplaudem reforma do imposto, mas afirmam que não terá impacto relevante na redução do desemprego e consolidação orçamental, revela um estudo da Deloitte. Numa altura em que se ultima a nova reforma do IRC para dar entrada em vigor em 2014, as empresas portuguesas exigem mais, nomeadamente no que respeita ao impacto das medidas ao nível do desemprego e consolidação orçamental. Esta foi uma das conclusões do estudo da Deloitte, a que o metro teve

acesso – o documento teve como objetivo sondar a opinião de gestores financeiros e responsáveis fiscais de sociedades com operações em Portugal sobre as medidas propostas. Apesar de uma larga maioria (60%) afirmar que as medidas previstas no anteprojeto foram ao encontro ou superaram as expetativas, são

muitas as sugestões deixadas pelos inquiridos neste estudo. Se os inquiridos destacam um impacto positivo no que respeita à atração de Investimento Direto Estrangeiro (81%), ao relançamento da economia (67%) e ao apoio à competitividade e às empresas, em particular às PME (66%), as medidas complementadas na reforma são ainda consideradas negativas ou irrelevantes quanto ao seu contributo para a redução do desemprego (segundo 53% dos inquiridos) e para a consolidação orçamental (segundo 63% dos inquiridos).

Aeronáutica. Ponte de Sor com campus universitário em 2014 Um campus universitário dedicado ao setor aeronáutico vai ser construído no aeródromo de Ponte de Sor, no Alto Alentejo, num investimento de 4,5M€. Segundo o presidente do município, “este investimento vai surgir em 2014 e é um dos mais pesados que esta autarquia alguma vez fez”. O projeto vai contemplar, segundo Hugo Hilário, o trabalho desenvolvido pelas escolas profissionais

de pilotos e pelas universidades que se dedicam à engenharia aeronáutica, entre outras vertentes. O projeto nasceu de uma parceria com quatro universidades estrangeiras e duas nacionais para “disponibilizar” aos alunos a formação necessária. Além de universidades dos EUA, Irlanda e Inglaterra, o projeto envolve a Universidade da Beira Interior e o Instituto Superior de Educação e Ciência de Lisboa.

Objetivo do campus é disponibilizar a alunos do mundo inteiro formação prática e teórica na área aeronáutica. © GETTY IMAGES

O ministro da Economia, Pires de Lima, disse ontem que as empresas não têm de esperar que o Estado aumente o salário mínimo para subirem os salários que considerem possíveis.

Espanha

28% do PIB não declarado As atividades económicas não declaradas em Espanha representam 28% do PIB e implicam que, anualmente, os cofres públicos deixam de receber mais de 80 mil M€.

Combustíveis. Mais consumo no terceiro trimestre O consumo dos combustíveis aumentou entre julho e setembro, face ao trimestre anterior, com destaque para o GPL Auto, que registou uma subida de 41,3%, segundo dados ontem divulgados pela Associação Portuguesa de Empresas Petrolíferas (APETRO). No caso das gasolinas e do gasóleo houve um crescimento das vendas de 11,9% e 8,5% no terceiro trimestre de 2013, face ao trimestre anterior e de 0,7 e 2,2% face ao período homólogo. A APETRO justificou a subida com a sazonalidade, mas antecipa que até ao final do ano se possa verificar a mesma tendência. O GPL Auto foi o combustível com maior crescimento trimestral (41,3%) e homólogo (43,2%), refere-se no relatório sobre a evolução do mercado de combustíveis rodoviários no segundo trimestre.


www.readmetro.com QUARTA-FEIRA, 6 DE NOVEMBRO DE 2013

MUNDO | 06

Irão

Acordo nuclear em breve Um acordo entre o Irão e a comunidade internacional sobre o programa nuclear iraniano poderá ser concluído ainda esta semana, durante conversações em Genebra, na Suíça, admitiu ontem o chefe da diplomacia de Teerão.

Índia

Estreia para Marte A primeira missão da Índia rumo a Marte completou com sucesso a sua primeira fase ao entrar na órbita terrestre 44 minutos após o seu lançamento. A descolagem do foguetão que levava a bordo a sonda que irá orbitar aquele planeta sucedeu às 14h38 locais (09h08 em Lisboa).

Mulheres de armas na defesa do Afeganistão Uma oficial da polícia afegã mostra as suas qualificações durante uma sessão de treino em Mazar-e-Sharif, capital da província de Balkh, norte do Afeganistão. O contingente da Força Internacional de Assistência à Segurança no Afeganistão, da NATO, está preparado para deixar o país a 31 de dezembro 2014, uma vez terminada a entrega de todas as responsabilidades ao nível de segurança às autoridades de Cabul. © EPA

Alemanha. Embaixador do RU chamado O embaixador britânico na Alemanha foi chamado ao Ministério dos Negócios Estrangeiros para esclarecer notícias que dão conta da existência de um sistema de espionagem na embaixada do Reino Unido (RU) em Berlim. O chefe da diplomacia alemã, Guido Westerwelle, avisou em comunicado que “espiar comunicações a partir de uma sede diplomática viola a lei internacional”.

EUA. Espionagem é uma coisa, comércio é outra O secretário de Estado norte-americano solicitou aos dirigentes europeus para não permitirem que a polémica sobre a alegada espionagem dos EUA dificulte as negociações para a criação de uma zona de comércio livre entre Bruxelas e Washington. Essas negociações “são uma questão distinta”, afirmou Kerry em Varsóvia, capital da Polónia.

Feliz Natal, venezuelanos Polémica. Nicolás Maduro diz compreender as dificuldades que o seu povo atravessa, associadas à grave crise financeira do país... de maneira que antecipou o Natal para novembro. Mexer no calendário natalício e proceder às respetivas celebrações quase dois meses antes do suposto permitirá, nas palavras do líder da Venezuela, “derrotar a amargura” que se instalou nos venezuelanos. “Quisemos decretar a chegada do Natal porque queremos a felicidade para todo o povo”, declarou Maduro, acrescentando que os trabalhadores vão receber dois terços dos respetivos subsídios e pensões já nos próximos dias 10 e 11 de novembro. Para o sucessor de Hugo Chávez, o Natal antecipado é “a vacina ideal” contra “quem quiser inventar tumultos e violência”; até porque, fri-

sou, ninguém resiste “a um cântico natalício”. Os preceitos cristãos dizem que o nascimento de Jesus Cristo se celebra a 25 de dezembro – assim sucede desde o longínquo ano 354, cortesia do Papa Libério. Já Maduro decretou que o Natal também pode ser em novembro porque “a vida é muito curta”. Entretanto, a inflação vai em 48% e já falta leite nas lojas, além de outros 15 produtos essenciais. A denúncia consta de um relatório do Banco Central, ao qual o governo respondeu com o anúncio da importação de 400.000 toneladas de produtos alimentares e de higiene. Palavra de presidente. RUI ALEXANDRE COELHO

Secretaria da Felicidade Secretaria de Estado da Suprema Felicidade Social é o nome do novo vice-Ministério criado pelo do governo venezuelano chefiado por Nicolás Maduro. • A nova entidade foi criada no fim de outubro passado e tem por missão primordial ficar encarregue da gestão de todas as atividades relacionadas com os projetos sociais promovidos pelo executivo com sede em Caracas. • Rafael Rios, ex-deputado da Assembleia Nacional, é o titular de uma pasta destinada a responder a necessidades especiais de segmentos da população como crianças, inválidos, idosos e sem-abrigo.


PUB


2

www.readmetro.com QUARTA-FEIRA, 6 DE NOVEMBRO DE 2013

08 © PEDRO LOURENÇO

CULTO

Santificada seja a “xungaria” Disco. “Xungaria no Céu” é o novo projeto da irresistível trupe da Flor Caveira: um projeto ambiciosamente brega que leva Tiago Guillul, Samuel Úria ou Manuel Fúria para os universos hip hop ou lo-fi e que conta com a produção de Martim.

Patty Smith

“Tinha-o visto com a sua mulher, Laurie [Anderson], na cidade, há pouco tempo, e pressenti que estaria doente. A luz habitual [da Laurie] estava obscurecida. Quando o Lou se despediu, os seus olhos escuros pareciam ter uma tristeza infinita e benevolente” Parte de um texto da cantora e compositora sobre Lou Reed, publicado na revista New Yorker. GETTY IMAGES

O “slogan” da editora Flor Caveira sempre foi “Religião & Panque Roque” e a pessoa de Tiago de Oliveira Cavaco (aka Tiago Guillul; aka Tiago Lacrau) tem sido a face mais porta-estandarte do trabalho do coletivo. Já se tinha notado, no seu disco “V” uma maior ligação ao hip hop, uma faceta que vem ao de cima em “Xungaria no Céu” (download grátis em optimusdiscos.com): algumas vezes no estilo das canções; outras vezes na forma como são construídas; ou então pela reunião do grupo de amigos que colaboraram nas canções. “Não sei se o Tiago tem andado a ouvir mais Jay-Z ou Wu-Tang Clan, mas está claramente a puxar para esse lado”, diz ao metro Martim, produtor e músico que colaborou neste disco – juntamente com Samuel Úria, Os Pontos Negros, Lacraus, João Coração, Jorge Cruz, Bruno Morgado, Alex D’Alva Teixeira, Manuel Fúria, Nick Nicotine ou José Camilo. Assim sendo, temos agora “Religião & Ipópe”?

“O disco nasce do Tiago e das suas canções”, explica Martim. “Ele tem um método de trabalho muito

interessante: escreve as canções, grava as maquetas em casa e depois convida artistas a regravar os temas – malta da Flor Caveira e não só!” Foi assim que também Martim entrou no projeto. Recebeu um convite para dar a volta à sua maneira a uma canção de Tiago e o feedback foi o melhor possível: “Cravou-me logo para gravar o resto do disco cá em casa! E aparecia todos os dias com pessoas diferentes. Foi ótimo porque num mês conheci músicos da praça que são meus ídolos”, conta o produtor. Através de Martim, percebemos o método de trabalho de Tiago: “Ele dá-nos sempre uma base de trabalho, que normalmente é um loop. Por exemplo, em ‘Tou Pronto’ é um loop que arranjou do tema ‘99 Problems’ do Jay-Z (risos).” Depois “tudo o que se grava, fica! Pregos e tudo!” É a genuinidade da “xungaria”. O coletivo tem concertos marcados para o Vodafone Mexefest, no dia 29 de novembro, e dia 30 no Barreiro Rocks. “Em palco ainda se nota mais esse lado hip hop. É um espetáculo só com computador a disparar beats e comigo a fazer scratch com um rato! Assumidamente chunga!” Mas, em princípio, sem carteiras gamadas. Tudo abençoado. BRUNO MARTINS


09

Ondjaki vence Prémio José Saramago 2013 Literatura. Aos 36 anos de idade, o escritor angolano Ondjaki é o grande vencedor da edição de 2013 do Prémio José Saramago, anunciado ontem na emblemática Casa dos Bicos. Esta é a 8.ª edição do galardão, instituído pela Fundação Círculo de Leitores, que distingue autores com obra editada em língua portuguesa, no último biénio, menores de 35 anos à data de publicação da obra. Ondjaki foi galardoado para o Prémio José Saramago pelo seu romance “Os Transparentes”. Curioso verificar que o prémio foi anunciado no mesmo dia em que foi publicado o seu novo livro, “Uma Escuridão Bonita”, que conta com ilustrações de António Jorge Gonçalves. O Prémio José Saramago é o 2.º galardão que o escritor angolano

+ info • Obra: Ondjaki é autor de 19 títulos. salientando-se “O Assobiador”, “Há Prendisajens com o Xão”, “Quantas madrugadas tem a noite”, “Materiais para confecção de um espanador de tristezas”, “Os vivos, o morto e o peixe-frito”, “O voo do golfinho” ou “Uma escuridão bonita”. • Prémio Saramago já galardou nomes como Gonçalo M. Tavares, Adriana Lisboa, Valter Hugo Mãe, João Tordo ou Andréa del Fuego.

recebe este ano, depois do Prémio Fundação Nacional do Livro Infantil, pela obra de ficção juvenil “A bicicleta que tinha bigodes”, que lhe tinha já valido o Prémio Bissaya Barreto, no ano passado. Ondjaki, pseudónimo literário de Ndalu de Almeida, é um termo da língua umbundu que significa “guerreiro”. O autor estreou-se literariamente em 2000 com o livro de poesia “actu sanguíneu”, que lhe valeu uma menção honrosa do Prémio António Jacinto nesse mesmo ano. O escritor é autor de 19 títulos, mas sobre a obra distinguida, Maria de Santa Cruz, membro do júri, assinala tratar-se de um “romance experimental, de original e criativa estruturação [...] convocando os mais diversos tipos AGÊNCIA LUSA de discurso”.

Cinema

Filme sobre Camané hoje na Cinemateca O filme “Camané – As Gravações de Sempre de Mim”, que o realizador Bruno de Almeida fez em torno de um álbum do fadista, estreia-se hoje na Cinemateca (21h30), em Lisboa. O trabalho “documenta as gravações do quinto álbum de Camané, ‘Sempre de Mim’ (2008), centrando-se no trabalho no estúdio de gravação”, diz a Cinemateca.

Música

The Weatherman e Richie Campbell no Eurosonic Os músicos portugueses Richie Campbell e The Weatherman vão atuar no festival Eurosonic Noorderslag, de 15 a 18 de janeiro, em Groningen, na Holanda. Este é um evento anual que gravita em torno da recente música que se faz na Europa e que vai contar com mais de 70 artistas.

Concertos. Destroyer no Musicbox Os Destroyer são uma das bandas que vão atuar em Lisboa, no Musicbox, nas comemorações do 7.º aniversário da sala do Cais do Sodré. Hailu Mergia, Remy Kolpa Kolpa, Sensible Soccers e Ermo são outros dos destaques entre os dias 5 e 7 de dezembro. O coletivo de Dan Bejar, os Destroyer, tem concerto marcado para dia 6 de dezembro e vem apresentar o seu mais recente EP, “Five Spanish Songs”. O primeiro dia é de entrada gratuita; os outros dois vão custar €8 e €12, respetivamente.

Festival. Arcade Fire vão estar no Primavera Sound Os Arcade Fire estão já confirmados para atuar no festival Primavera Sound de Barcelona em 2014, entre 29 e 21 de maio. A banda acaba de editar o seu quarto álbum de originais, intitulado “Reflektor”. Ainda não se sabe se a banda canadiana também marcará presença na edição do Porto, entre 5 e 7 de junho.

Edvard Munch “celebra” 150 anos na cidade de Génova As obras do famoso artista norueguês Edvard Munch estão expostas no Palazzo Ducale de Génova, em Itália. A mostra retrospetiva do criador de pinturas icónicas como “O Grito” ou “Inger Barth” (quadro na fotografia) vai estar patente até ao mês de abril do próximo ano. Esta é uma das muitas celebrações programadas para o 150º aniversário do pintor, um dos precursores do expressionismo alemão nascido a 12 dezembro de 1863. © EPA


www.readmetro.com QUARTA-FEIRA, 6 DE NOVEMBRO DE 2013

10

“Julian Assange aconselhou-me a não avançar com a ideia” 7ª arte. A história do fundador da polémica organização sueca WikiLeaks finalmente chega ao grande ecrã em “O Quinto Poder”. O ator inglês Benedict Cumberbatch conta-nos como foi dar um tom humano a este jornalista. JOHN-MIGUEL SACRAMENTO EM HOLLYWOOD

Filho da nobreza britânica ao ponto de ter na árvore frondosa genealógica uns familiares que foram almirantes de submarino quando não estavam a administrar o consulado vital de Bizâncio-Constantinopla-Istambul durante o reinado augusto da Rainha Vitória, é natural que o rapaz, Benedict, seja agora considerado um novo felino em cena. De proporções Olivier. Ronronante, aos passos de cá

para lá e com a cauda em tiquetaque de intriga. Com assentos de couro bem talhado e a técnica impecável que os expressionistas de palco londrinos ainda dominam como poucos. Ainda sobre o banquete Benedict: a ementa de boas maneiras, adquiridas nos melhores colégios privados da vizinhança, abre-se em diversas frentes depois de iniciada segundo o solfejo de Shakespeare. A voz? Herdada como quem não quer a coisa mas,

parece, adequadíssima a tudo que é personagem capaz de esconder e mostrar com a mesma sofisticação. Melhor ainda, nos compêndios o timbre dele foi identificado como semelhante ao do rugido de um leopardo bebé aninhado numa carteira Cartier aberta e apinhada de lenços Hermès. Este ano, além de ter a coragem de pegar numa personagem tão perseguida e encurralada como é o fundador da WikiLeaks, Julian Assange, apareceu já como ameaça de veludo no último “Star Trek – Além

da Escuridão”. Até final da estação fílmica vai ainda mostrar alguns outros pontilhados da sua pele transformativa -- atenção, sobretudo, a “12 Years a Slave”, de Steve McQueen, e a “August: Osage County”, com Meryl Streep. Ele até sabe cantar e tocar piano! Que vamos ter à vista na ementa, sempre? Um vocabulário dramático extenso de morrer, que, em “O Quinto Poder”, vai do sotaque australiano à urgência febril de um idealista fugindo da mira que lhe aponta a maior potência militar mundial.

Diferentes pontos de vista

“Eu respondi [a Julian Assange] dizendo que achava a história pertinente e que não via, no texto, a tendência acusatória ou negativa que ele parecia descortinar”


CINEMA | 11

Qual foi, num primeiro momento, a sua prioridade face à personagem Julian Assange? A pessoa existe, é polémica, está acusada de vários crimes embora seja considerada santa para muita gente. Suponho que, por causa disto tudo, o seu trabalho de retrato podia ter causado processos judiciais ou incidentes internacionais gravíssimos. Como foi, no início?

A minha primeira função foi a de o humanizar. Era preciso dar-lhe as nossas três dimensões, um processo fundamental porque, quando começou a fazer parte das nossas vidas, o homem foi sempre rotulado com caraterísticas de cariz tablóide. Não interessa estar aqui a discutir se a pessoa real sofreu, às mãos dos media, algo tão sério como o chamado assassinato de personalidade, atentados à sua boa reputação, etc. Não interessa discutir aqui se ele é herói ou diabólico. Para mim, o principal trabalho estava na duplicação de indivíduo que, neste preciso momento, se encontra a liderar um movimento cheio de ideias extraordinárias. Por outro lado, se vamos a falar de integridade artística, acrescento que tentei sempre manter o meu contacto com o Julian e trabalhar com a ajuda de variadíssimos pontos de vista. É verdade que o seu nome, voz, talento, postura, vão continuar a ser usados em grandes projetos do cinema norte-americano, tipo “The Lost City of Z” com realização de Guillermo del Toro;

ou que vai mesmo entrar na nova série “Star Wars” realizada pelo JJ Abrams?

O Guillermo e eu abandonámos a nossa relação de trabalho da forma mais amigável. Não teve nada a ver com o facto de eu ter preferido fazer outro filme. Teve a ver com aquele filme em particular, com aquele trabalho. É uma coisa entre nós dois. E mais não digo. Quanto ao “Star Wars”, obviamente que adoraria participar. Aliás, já disse ao JJ Abrams, com quem amei trabalhar no último “Star Trek”, que, para o “Star Wars”, eu até nem me importaria de fazer apenas de espadachim luminoso, ou de emprestar a minha voz para um efeito especial qualquer; ou, até, para fazer de extra que passa o tempo a correr de um lado para o outro. Não, agora a sério. Acho que essa história começou com a minha participação no “Star Trek”. Não há nada confirmado, não há convites recebidos, não há personagens disponíveis, ou seja, é tudo boato e ninguém sabe de nada. Agora, que eu era um grande fã de “Star Wars”, era. O Han Solo foi um dos meus grandes heróis quando era miúdo. Voltando ao Julian Assange e ao filme, de todo o trabalho investigativo que fez, acha que há substância nas alegações de violação? Não sou especialis-

ta legal. Não estou a par de todos os lados da discussão. Sinceramente, acho que isso não fazia parte do trabalho que me foi exigido. No filme,

Retrato de um homem

“[Assange] foi sempre rotulado com caraterísticas de cariz tablóide. Não interessa estar aqui a discutir se a pessoa real sofreu, às mãos dos ‘media’, algo tão sério como o chamado assassinato de personalidade, atentados à sua boa reputação” os eventos conhecidos são levados até certo ponto. Dali para a frente só podemos especular. Aqui, agora, acho que não há vantagem nenhuma em especular. Aquilo que aconteceu entre aquelas duas pessoas ainda não veio à luz do dia. Há muita investigação por fazer. Acha que o Julian vive cheio de medo, por exemplo de que acabe extraditado para os Estados Unidos da América?

Bom, obviamente que ele terá de sentir esse medo. Inteligente como é, deve haver ali uma razão para se sentir com medo. Eu, pela minha parte, não trabalho nem para o governo sueco, nem para o governo norte-americano e, por isso, não deveria sequer comentar. Sei que o Julian é uma personalidade bastante contenciosa. Em tudo o resto, não sei nada. Volto a repetir: não sou especialista na matéria. Chegou a falar com o Sr. Assange?

Tentei falar com ele. Trocámos emails por uma terceira via, através de amigos comuns. Foi ele quem entrou em contacto comigo. Aconselhou-me vivamente a não avançar com a ideia porque o texto que ser-

viu de base vinha de dois relatos contraditórios. Acrescentou que a ideia era venenosa e potencialmente perigosa para ele e para a organização dele. Foi uma troca muito breve e simples. Eu respondi dizendo que achava a história pertinente e que não via, no texto, a tendência acusatória ou negativa que ele parecia descortinar. Acrescentei que iria tentar ajudar no retrato tendo por ferramenta um sentido absoluto de integridade. Ele faria parte da história. Mas era preciso trazer para o terreno a complexidade da situação. Como foi filmar em Berlim? O Daniel Bruhl deve ter-lhe proporcionado uma visita guiada... Fomos

a um bar de tapas. Comida magnífica. Adoro Berlim. Estava frio, mas, talvez porque tenho lá família e amigos, gostei muito de lá estar. Acho que a cidade é fascinante. Tão bonita. O restaurante giratório no topo da torre de rádio, em Berlim Leste, é um espanto. A cidade é uma autêntica inspiração e, realmente, um lugar maravilhoso para visitar.


www.readmetro.com QUARTA-FEIRA, 6 DE NOVEMBRO DE 2013

Street Fashion Londres

Correio do leitor

LAZER | 12

Horizontais: 1. O sentido do cheiro. Grau de abaixamento

Palavras cruzadas

ou elevação de voz. 2. Bater com a testa. Tecido. 3. Naquele lugar. Dissociar as moléculas em iões. 4. Junta. Óxido ou hidróxido de cálcio. Assume expressão alegre. 5. Avisar ou intimar para comparecer em juízo ou cumprir qualquer ordem judicial. Escudeiro. 6. Encontrar. Utensílio que se enfia no dedo para empurrar a agulha, quando se cose. 7. Antiga possessão portuguesa na costa da Índia. Encosto. 8. Despido. Nome da letra M. Anuência. 9. Ajuizado. Sofrimento físico ou moral. 10. Vaso para beber, de boca larga e pouco fundo. Que tem veia de doido ou veneta. 11. Altar cristão. Tornar loiro.

Mudar o mundo

Verticais: 1. Base aérea portuguesa. Pessoa importante, influente. 2. Cão pequeno de pêlo comprido e lustroso, procedente da Pomerânia. Vedar. 3. Fresta. Levanta. 4. O espaço aéreo. Emprega-se para excitar ou animar (interj.). Eia (interj.). 5. Tomba. Enredo (fig.). 6. Permuta. Peça de qualquer aparelho a que o pé imprime movimento. 7. Planta da família das valerianáceas, cuja flor é muito aromática. Germe (fig.). 8. Sinal gráfico que serve para nasalar a vogal a que se sobrepõe. Aqui está. A minha pessoa. 9. Epiderme, especialmente a do rosto. Ficar doido. 10. Indústria de oleiro. Forma passageira e facilmente mutável de se comportar e sobretudo de se vestir. 11. Malandro. Grande porção.

Sudoku

•••••

Solução cruzadas Horizontais: 1. Olfacto, Tom. 2. Turrar, Tela. 3. Ali, Ionizar. 4. Une, Cal, Ri. 5. Citar, Aio. 6. Achar, Dedal. 7. Goa, Apoio. 8. Nu, Eme, Sim. 9. Atinado, Dor. 10. Taça, Aveado. 11. Ara, Alourar. Verticais: 1. Ota, Magnata. 2. Lulu, Coutar. 3. Frincha, Iça. 4. Ar, Eia, Ena. 5. Cai, Trama. 6. Troca, Pedal. 7. Nardo, Ovo. 8. Til, Eis, Eu. 9. Tez, Adoidar. 10. Olaria, Moda. 11. Mariola, Ror.

O que veste a Hannah Eason? “Sapatos, macacão e blazer Topshop e mala e óculos de sol Zara.” O que bania? “Livrava-me de tudo o que é foleiro.” MICHELLE-PARRIS

Há sempre alguém que surge do nada em missão de mudança. Mandatados por uma força desconhecida com crédito energético inesgotável e seguros do objetivo a atingir, indicam-nos o caminho. São iluminados que se destacam do comum dos mortais; nas ciências, artes, desporto e política encontramos diversos casos que a história regista para o bem comum. Exemplo? Albert Enstein. Outro exemplo? Mahatma Gandhi. (...) Dito isto, e tendo em conta as diferenças, também nós temos alguém [Professor Paulo Morais] com energia inesgotável e seguro da missão a que se propôs. Tem a corrupção como tema e aborda a tragédia sem medo. Fala do parlamento, sistema bancário, e, não omitindo nomes, provoca urticária a quem não se sente filho de boa gente. São homens assim que mudam o mundo.

Solução sudoku

FERNANDO MARQUES, MOITA

PUB

ESPECIALISTAS EM LEILÕES IMOBILIÁRIOS

AMI: 1827 – Val.: 06/06/2015

IMÓVEIS VENDA DE IMÓVEIS A PARTIR DE COMERCIAIS 200€/M2

PORTO

LISBOA

16 DE NOVEMBRO 2013 – 15 H

17 DE NOVEMBRO 2013 – 15 H

HOTEL NOVOTEL PORTO GAIA

HOTEL VILLA RICA

LUGAR DAS CHÃS, AFURADA VILA NOVA DE GAIA

AV. 5 DE OUTUBRO 295 LISBOA

CONTACTOS

LISBOA 21 382 84 60 PORTO 22 608 18 24 geral@euroestates.pt www.euroestates.pt www.facebook.com/EuroEstates


PEQUENOS ANÚNCIOS

COBRIMOS QUALQUER OFERTA!

FUNERÁRIA ABREU, LDA.

FUNERAIS 750€ - 990€

PAGAMOS O VALOR MÁXIMO

24 HORAS

COMPRAMOS

OURO E PRATA ATA ESTAMOS ABERTOS O ANO INTEIRO

Segunda a Sexta das 9h às 19h • Sábados das 9h às 13h Avenida António Augusto de Aguiar, 181 (próximo do El Corte Inglês e Praça de Espanha)

Tel.: 21 386 87 03 • Tel.: 96 194 96 01

AS SUAS JANELAS E ESTORES TÊM PROBLEMAS? Prateleiras, móveis ou varões de cortinados por montar?

Peça já o seu orçamento GRÁTIS... Ligue hoje mesmo

VENDE-SE

PRÉDIO EM SÃO ROMÃO

SEIA

93 943 75 99

SOLUÇÕES PARA CRÉDITO C/S PROBLEMAS BANCÁRIOS

Ex: 5.000€, prestação 101.76€, Taeg: 14%, Tan: 11.500%, prazo 84 meses, MIC: 8547.84€ Med. Indep.- Cred. Concedido por Entidades Autoriz.” Andreia Moreira Rua Delfim de Lima n.º 2262 , Lj M Canelas

227129142 / 92 914 72 31

AZEVEDO, PINHO & JESUS, LDA

Desde 1951 Somos uma empresa de confiança Avaliador Oficial credenciado pela Casa da Moeda

PENHORES E COMPRA E VENDA DE OURO • PRATA • JÓIAS • MOEDAS • RELÓGIOS

COMPRAMOS CAUTELAS DE PENHOR ABERTO À HORA DO ALMOÇO

Rua dos Sapateiros, 115 - 1.º esq.º, Lisboa (saída do metro da Baixa/Chiado)

Tels.: 21 346 54 11 • 21 342 94 83 • 21 321 93 46 Fax: 21 321 14 97 | E-mail: geral@apj.com.pt

 R/c, 1.º e 2.º Andar + Sótão + Arrecadação  T7, Transformado em T2+2  1 Escritório  2 Lareiras  1 WC  Todo remodelado, pavimento, carpintarias, wc, instalação eléctrica, canalizações e tlf., telhado/cobertura completamente nova.

91 765 17 04

CREDITOK Problemas Bancários? A Creditok tem a Solução ideal deal para si!

218 479 195 912 277 988 968 851 452 Análise Grátis

Pessoal Habitação Empresarial

www.creditok.webs.com

EMPRESA REGISTADA PARA O DEVIDO EFEITO TO EX: 5.000€ - 100,47 em 60M total 6,628€ / Taxa de Juro 11,25 TAEG 17,9

35 Anos

Preço 45.000€ (negociáveis)

casasaoromao1@gmail.com

Faça o seu Crédito:

Associação para a Promoção e Desenvolvimento Sócio-Familiar

Aviso Convocatória Assembleia Geral Ordinária Nos termos do Artigo 17.º n.º 2 alínea c) dos Estatutos, convoco a Assembleia Geral, a reunir em Sessão Ordinária, na sua Sede, no próximo dia 15 de Novembro, pelas 13h30, com a seguinte ordem de trabalhos: - Informações Gerais; - Apresentação, Discussão e Votação do Orçamento e Plano de Atividades para o Ano de 2014, assim como o Relatório e Parecer do Conselho Fiscal; Nota: Se à hora marcada nesta convocatória não estiverem presentes metade dos associados com direito a voto, a Assembleia reunirá meia hora depois, com qualquer número de presentes, conforme o ponto 1, do Artigo 19.º. Amadora, 25 de Outubro de 2013 Presidente da Mesa e Assembleia Etelvina Falcão

A fazer clínica Osteopática em Portugal

TEM DORES

Na Coluna Vertebral, Joelhos, Musculares ou DORES em outras articulações?

TRATE-SE PELA OSTEOPATIA

A nossa experiência de mais de 35 anos de Clínica Osteopática tem resolvido inúmeros casos clínicos e também poderemos solucionar o seu problema!

CONSULTA E TRATAMENTO – 25 EUROS Faça a sua marcação das 14h às 19h00 Tratamento Personalizado Qualidade, Rigor e Experiência

Tel. 91 189 92 54 E-mail centro.drborgesdesousa@hotmail.com

O QUE É A OSTEOPATIA?

É uma terapia manual com diagnostico e tratamento diferente de qualquer outra terapia para avaliar as alterações de mobilidade das articulações e dos tecidos, com ou sem dores, que são responsáveis pelas manifestações de doenças

Centro Osteopático Dr. Borges de Sousa Morada: Av. do Conde n.º 5823 – Loja 4465-093 São Mamede de Infesta


3

www.readmetro.com QUARTA-FEIRA, 6 DE NOVEMBRO DE 2013

14 © GETTY IMAGES

SPORT

MIGUEL OLIVEIRA O que esperar da corrida, no domingo, em Valência?

António Salvador

“Escusam de traçar cenários de chicotadas ou saídas porque não valerá a pena. O Sp. Braga é gerido de dentro para fora e não de fora para dentro e quem me conhece já sabe que não cedo a pressões” Palavras do presidente do Sp. Braga, à agência Lusa, afastando a hipótese de despedir o técnico Jesualdo Ferreira em quem tem uma confiança “inabalável”. Os arsenalistas perderam os últimos quatro jogos da Liga. MANUEL ARAÚJO

O português corre pela última vez esta época, domingo, em Espanha. O piloto de Almada, 18 anos, vai testar a mota do futuro, numa corrida com cariz social.

Vai ser a última prova do campeonato e, em princípio, vamos ter algumas componentes novas – motor diferente e novo chassis – para testarmos na mota, que já é pré-2014. Portanto estamos já a pensar na próxima época. Para mim será uma corrida tranquila e vou encará-la com calma, porque já tenho o meu 6.º lugar da geral garantido.

“POSSO LUTAR PELO TÍTULO”

Esta é a sua segunda época em Moto3. Já conquistou três pódios – foi uma vez 2º e duas vezes 3º. Está a correr tudo como esperava?

Está a correr um pouco melhor do que esperava. Quando começámos sabíamos que seria complicado, pois estávamos a desenvolver uma mota nas corridas com pouco tempo de testes. Havia o envolvimento da Mahinda com a Suter para desenvolver o chassis e o motor, mas era arriscado. Esperávamos estar no top 10, mais próximo do 10.º do que do 5.º, mas ficámos acima das expetativas. E fizemos tempos de corrida muito curtos em relação ao ano passado. É uma categoria que está a evoluir e demos um grande passo.

Os seus objetivos passam por ser sempre a subir até ao MotoGP?

Penso que tenho capacidade para isso. No final de 2014 começo a transitar para Moto2. A longo prazo é esse o objetivo. No ano que vem quero lutar pelos três primeiros no campeonato do mundo em Moto3. Olhando para o futuro vê-se com capacidade para lutar por um título em qualquer uma das três categorias?

Acredito a 200% nas minhas capacidades. Sei que sou capaz de lutar pelo título e por vitórias. Mas para se ganhar num campeonato do mundo é preciso ter sorte, ser rápido e ter a melhor mota. Não tive muito a sorte do meu lado e talvez não tenha a melhor mota neste momento. No próximo ano espero fazer a Mahindra ganhar. Vai então permanecer na Mahindra?

Tudo indica que sim, em Valência

vamos fechar os últimos detalhes. Vai depender do grande chefe, mas as intenções da Mahindra são positivas, pretendem que continue. Eu também pretendo continuar. Mas é preciso olhar bem para o futuro.

Como está a decorrer o curso de Medicina Dentária?

De forma um pouco atribulada. Tenho de ir estudando quando posso, mas tenho pouco tempo para o fazer. Mas é um curso muito giro, estou a gostar bastante e espero dentro de quatro anos começar a exercer. Sei que não vai ser fácil, mas acho que é possível. Vai correr com um capacete especial, no domingo, em Valência.

Sim, foi um capacete desenhado por uma menina da Associação Almadense Rumo ao Futuro. Foi uma causa que nós abraçámos em setembro e temos tentado ajudá-los com a minha imagem. Assim fizemos esta ação na qual os utentes da Associação desenharam o capacete. Depois o desenho foi votado no Facebook, nós adaptámos o desenho vencedor ao meu capacete e aos patrocinadores e vou usá-lo LUÍS CARMO em Valência.


15

São Roberto no milagre grego Champions. Benfica perdeu em Atenas, graças a uma grande exibição do guardião espanhol, que tinha estado mal na Luz. O Benfica até entrou melhor, mandão, no Georgios Karaiskakis, frente ao Olympiacos. Só que Cardozo e Markovic, em excelente posição, não conseguiram enganar Roberto. Os gregos, que nada tinham feito para chegarem ao golo, ficaram em vantagem numa cabeçada de Manolas, aos 13 minutos. Note-se OLYMPIACOS que o central cabeceou sem oposição na área encarnada. Antes do intervalo Matic também falhou um golo dando com o calcanhar... na atmosfera! Refira-se que Maxi e Amorim entraram no 11 das águias. No

Olympiacos, Weiss nem esteve no banco (!) e o ataque foi entregue a Saviola (saiu aos 46m) e Mitroglu. Na segunda metade as águias voltaram a entrar melhor, mas Markovic falhou em boa posição. Depois Gaitán (bom jogo), assistiu Sílvio, mas este também não foi feliz. Numa segunda parte de total domínio enBENFICA carnado (com contornos de massacre), Jesus lançou Lima, Djuricic e Cavaleiro, só que “São” Roberto, que tinha facilitado na Luz, defendeu tudo o que havia para defender e deixou L.C. o Benfica em maus lençóis.

1 0

Liga dos Campeões

“Juve” e Real empatam Juventus e Real Madrid empataram ontem 2-2, em Itália, com um dos golos dos espanhóis a ser apontado por Ronaldo. O Real Madrid, líder do Grupo B, está perto de se apurar para os “oitavos” da Liga dos Campeões. Uma nota nesta 4ª ronda da prova para o empate 1-1 do último Anderlecht, fora, frente ao PSG, no Grupo do Benfica. Note-se que Man. City e Bayern estão nos “oitavos”.

Ténis

Nadal perto da liderança O espanhol Rafael Nadal está mais perto de terminar o ano como número um, depois de ontem ter vencido o compatriota David Ferrer, por 6-3 e 6-2, no Masters de Londres. O tenista conseguirá segurar a liderança mundial caso bata ou Tomas Berdych ou Stanislas Wawrinka nos restantes jogos do grupo A do torneio. À hora de fecho desta edição jogava Djokovic contra Federer.

Futebol. Dragões jogam hoje na Rússia Paulo Fonseca referiu ontem, em conferência de imprensa, que o jogo frente ao Zenit, da 4.ª jornada do Grupo G da Champions, tem “grande importância”, mas não vai “decidir nada nesta fase”. Já Hulk, ex-jogador do FC Porto, afirmou que os dragões vão fazer “tudo para ganhar”, atendendo à importância da partida. Porém, se o Zenit jogar “com sabedoria” o golo aparecerá “na hora certa”. Diga-se que a UEFA despenalizou o médio belga Witsel que jogará com o FC Porto.

A equipa de Paulo Fonseca joga hoje em São Petersburgo, às 17h (SPTV1). © LUIS VIEIRA PUB


www.readmetro.com QUARTA-FEIRA, 6 DE NOVEMBRO DE 2013

Portugal sobe no ranking de nível de inglês Línguas. Estudo analisou 60 países. Elevada taxa de desemprego no País pode justificar procura crescente pela aprendizagem desta língua. Portugal ocupa a 17.ª posição do Índice de Proficiência em Inglês (English Proficiency Index-EF EPI), a que o metro teve acesso. Entre os 60 países que compõem o ranking, Portugal surge à frente, por exemplo, da vizinha Espanha. No ranking de 2012 Portugal ocupava a 19.ª posição, num universo de 54 países analisados, o que demonstra uma tendência positiva ao nível da proficiência em inglês no nosso país, que passa agora de “Proficiência Moderada” a “Proficiência Elevada”. “A situação económica que se vive em Portugal, que culmina numa elevada taxa de desemprego ainda

número

17.º é o lugar ocupado por Portugal na lista. Mas enquanto o resto da Europa já é proficiente em inglês ou faz grandes esforços, a França encontra-se numa trajetória completamente diferente.

mais agravada no caso dos jovens, faz com que se verifique uma procura crescente pela aprendizagem de inglês”, explica Charlotte Lowe, Country Manager da EF Education First. Este é um ranking realizado pela EF Education First, líder em educação internacional.

16 blog do fecho

“O Twitter anda de mãos dadas com os ‘hashtags’. É impossível escrever 140 caracteres sem o sinal ‘#’! Mas antes de ser uma ferramenta das redes sociais, o que significava o ‘#’”? http://mashable.com

Mundo

Sport

Pussy Riot na Sibéria

Três finalistas conhecidas

Nádia Tolokónnikova, uma das jovens do grupo punk russo Pussy Riot condenada a dois anos de prisão, será transferida para uma prisão na Sibéria. Nádia e mais duas mulheres estão presas por “vandalismo” e “incitamento ao ódio religioso”.

A neozelandesa Valerie Adams, a jamaicana Shelly-Ann Fraser-Pryce e a checa Zuzana Hejnova são as finalistas do troféu que distingue a melhor atleta mundial do ano, anunciou a Federação Internacional de Atletismo. Adams é a campeã mundial do lançamento do peso. Fraser-Pryce venceu a medalha de ouro nos 100, 200 e na estafeta 4x100. Hejnova é campeã mundial nos 400m barreiras.

Culto

Gaiteiros com Deolinda Os Gaiteiros de Lisboa vão tocar hoje à noite com os Deolinda. Os dois grupos têm estado a trabalhar juntos e vão apresentar as canções a partir das 21h no Cinema São Jorge, em Lisboa, um concerto integrado no Misty Fest.

O silêncio na 11.ª hora do 11.º dia do 11.º mês do ano Um turista passa por uma construção com papoilas no National Memorial Arboretum, situado em Alrewas, Staffordshire, Reino Unido. Este monumento vai acolher no próximo dia 11 de novembro uma iniciativa muito especial: dois minutos de silêncio na décima primeira hora do décimo primeiro dia do décimo primeiro mês do ano. Este ato simboliza o momento em que as armas se calaram no final da I Guerra Mundial em 1918. © CHRISTOPHER FURLONG/GETTY IMAGES

Metro Portugal Arruamento B à Rua José Maria Nicolau, nº3 1549-023 LISBOA - PORTUGAL METRO PORTUGAL Título licenciado a Transjornal – Edição de Publicações, SA pertencente à PROPRIEDADE Metro International, SA, EDITORA Transjornal – Edição de Publicações, SA., Capital Social €4.048.845,00, Contribuinte 505338602, registada na C.R.C de Cascais nº 505338602, Principal acionista Metro News – Publicações, S.A (100%) CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO Francisco Pinto Barbosa, Luís Santana, Pedro Araújo e Sá, Gonçalo Sousa Uva e António Zilhão. Depósito Legal: 220825/04, ERC nº 124635, Periodicidade Diária Distribuição Gratuita Impressão Lisgráfica, Impressão e Artes Gráficas S.A. Rua Consiglieri Pedroso 90, Casal de Santa Leopoldina, 2730-053 Queluz de Baixo. DEPARTAMENTO COMERCIAL DIRETOR COMERCIAL Ricardo Branco Diretora Adjunta Ana Silveira Agências Adriana Macedo, Margarida Rego, Paula Tavares, Raquel Pinto, Daniel Barata; Diretos Andreia Carolino, Fátima Guerreiro, Filomena Mestre, João Rodrigues, Luís Farinha, Ricardo Afonso Planeamento Maria da Luz Veiga Tel. 210494204/210494815; Fax 21 049 31 34 PORTO Tiago Medeiros, Gabriela Raposo Tel. 22 532 23 00 Fax 22 532 23 99 E-mail publicidade@metroportugal.com DESIGN GRÁFICO Rui Gonçalves, António Garcia MARKETING João Aleixo, Rita Costa Passatempos Marta Tavares (passatempos@metroportugal.com) Ativações e Eventos João Aleixo (coordenador) Joana Gil, Marta Brigham CHEFE DE DISTRIBUIÇÃO José Magalhães Distribuição António Caldeira, Orlando Lopes (Porto) DIRETOR Diogo Torgal Ferreira Editor Executivo Magalhães Afonso Coordenador Bruno Martins Redação Luís Carmo, Patrícia Tadeia, Rui Alexandre Coelho, Raquel Madureira (Porto) Editora gráfica Sónia Santos Grafismo Filipa Rosa, Rita Alves, Túlio Vasco Fotografia Laura Haanpää Assistente Ana Rodrigues Revisão Catarina Poderoso.


20131106_pt_lisbon